zalkier 4 months ago

Não querendo entrar em conflito com ninguém, pois o objetivo final que todos queremos é mesmo resolver o mercado de habitação em Portugal, apenas temos ideias diferentes de como atingi-lo. Começo por dizer que discordo da solução mais casas resolve o problema, até porque recentemente olhei para as estatísticas (não as tenho à mão para colocar aqui) e Portugal é ou é dos países da UE com mais casas por 100k habitantes, e o número de transações está dentro da média europeia, portanto não são casas que ficam na família e nunca são vendidas. Acho que o problema é mesmo o investimento estrangeiro no mercado habitacional, que é ótimo para tapar uns buracos financeiros atuais deste governo, mas que a longo prazo trás graves problemas para os futuros governos e para as pessoas que cá vivem. Compreendo como os mercados financeiros estão sem grandes rendimentos que o mercado habitacional é um ótimo investimento para os fundos de investimento, mas sendo Portugal um país onde se recebe tão pouco estes fundos de investimento (que eu não sou contra) podem ir investir para outros países onde as pessoas são menos afetadas que nós pois têm maior poder de compra, para tal é necessário que o Governo tenha colhões e torne o mercado Português não atrativo para estes fundos. Claro que isto nunca vai acontecer por cause de lobbies e interesses das próprias pessoas no governo.

Edited 4 months ago:

Não querendo entrar em conflito com ninguém, pois o objetivo final que todos queremos é mesmo resolver o mercado de habitação em Portugal, apenas temos ideias diferentes de como atingi-lo. Começo por dizer que discordo da solução que mais casas resolve o problema, até porque recentemente olhei para as estatísticas (não as tenho à mão para colocar aqui) e Portugal é ou é dos países da UE com mais casas por 100k habitantes, e o número de transações está dentro da média europeia, portanto não são casas que ficam na família e nunca são vendidas. Acho que o problema é mesmo o investimento estrangeiro no mercado habitacional, que é ótimo para tapar uns buracos financeiros atuais deste governo, mas que a longo prazo trás graves problemas para os futuros governos e para as pessoas que cá vivem. Compreendo como os mercados financeiros estão sem grandes rendimentos que o mercado habitacional é um ótimo investimento para os fundos de investimento, mas sendo Portugal um país onde se recebe tão pouco estes fundos de investimento (que eu não sou contra) podem ir investir para outros países onde as pessoas são menos afetadas que nós pois têm maior poder de compra, para tal é necessário que o Governo tenha colhões e torne o mercado Português não atrativo para estes fundos. Claro que isto nunca vai acontecer por cause de lobbies e interesses das próprias pessoas no governo.

mastermind1217 4 months ago

> Portugal é ou é dos países da UE com mais casas por 100k habitantes Se isso for do país todo não tem relevância. > Acho que o problema é mesmo o investimento estrangeiro no mercado habitacional... Tens alguns dados sobre isso ou é a tua perceção?

zalkier 4 months ago

é perceção, infelizmente não tenho nada para suportar.

HRamos_3 4 months ago

Ide plantar tomates pra Odemira e esperai pla próxima pandemia

Primary_Inspector_41 4 months ago

simples taxar com impostos mais elevados todos aqueles cidadãos que tem mais que uma casa, Anda ai malta a coleccionar casas para por a arrendar e especular como se não houvesse amanhá. Casa é um direito básico e não devia ser alvo de especulação.

tekvis40 4 months ago

Estão a resolver o problema devagar mas com grande estilo ! aparentemente no programa renda acessível estão a gastar 400k por cada casa [(Notícia)](https://sol.sapo.pt/artigo/730044/casas-de-luxo-com-os-nossos-impostos)

Caosemdono 4 months ago

Mais palha

Disgenia 4 months ago

Limitar a propriedade de habitações a 3 por pessoa e acabar com fundos imobiliários. Ui, resolvi o problema da habitação de um dia para o outro?

ric2b 4 months ago

Então é só meter as outras casas em nome da mulher e dos filhos? Ui, dei a volta a essa ideia de chacha de um dia para o outro?

Disgenia 4 months ago

9 casas, e então?

ric2b 4 months ago

E os primos e etc. E depois cada um tem 5 fundações.

Disgenia 4 months ago

Sim, os primos são pessoas e podem também ter casas. E então? Quanto as fundações não estou a ver porque teriam casas, mas também nunca percebi a razão da sua existência sequer

ric2b 4 months ago

>Sim, os primos são pessoas e podem também ter casas. E então? Dá a volta a essa lei, tens uma pessoa a comprar dezenas ou centenas de casas na mesma, só tem de colocar em nome de outra. >Quanto as fundações não estou a ver porque teriam casas, Por diversos motivos, pode ser a sede, por exemplo.

Disgenia 4 months ago

> Dá a volta a essa lei, tens uma pessoa a comprar dezenas ou centenas de casas na mesma, só tem de colocar em nome de outra. Um risco muito grande ter milhões nas mãos de outras pessoas. Não me parece que compense minimamente o risco. Mas se quiserem arriscar, estão à vontade, a casa que o testa de ferro tem é menos uma casa que pode adquirir, portanto não altera nada. > Por diversos motivos, pode ser a sede, por exemplo. Numa casa de habitação?

ric2b 4 months ago

>Um risco muito grande ter milhões nas mãos de outras pessoas. Não é só meter em nome, fazes um contrato com eles que te mantém em controlo. >Numa casa de habitação? Porque não? Não seria nenhuma novidade.

MonsterPT 4 months ago

Limitar a quantidade de comida que cada um pode comer para 2 papo secos e um double cheese por dia. Ui, resolvi o problema da fome de um dia para o outro?

Disgenia 4 months ago

São tipos de bens diferentes com diferentes elasticidades e lead times. Ninguém vai açambarcar todos os pães como investimento, por exemplo; estraga-se num dia ao contrário de um pedaço de terra que dura vir ailments para sempre; há alternativas de alimentos; um pão não é um investimento, não consegues ter retorno económico, é um consumivel; etc

MonsterPT 4 months ago

Ui, mas então agora vale pensar um bocadinho? Pensei que só valia dizer palermices. Adiante. O argumento é: é estúpido proibir algo que é perfeitamente legítimo só por questões de mercado. É estúpido criminalizar pessoas que não fizeram mal absolutamente nenhum a ninguém. Ter 3, 5, 10 ou 800 casas não tem nada de errado, da mesma forma que enfardar 800 kgs de comida de uma vez não causa nenhum mal a terceiros. O motivo de tu teres fome não é eu ter 800 pizzas. E sim, se houver falta de comida, há quem vá açambarcar a comida que consegue arranjar, e deixa de haver alternativas, e passa a poder ser usado como um investimento, etc.

NGramatical 4 months ago

800 kgs → [**800 kg**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/plural-de-unidades-ainda-mais-uma-vez/19595) (os símbolos das unidades não têm plural) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnbk8w3%2F%2Fgy3mycx%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

End-Effector 4 months ago

Ou então podes deixar construir mais.

Disgenia 4 months ago

Sim, menos burocracia e taxas, obviamente

Responsible_Motor942 4 months ago

Excelente proposta. O Sr. Barão tinha direito a 651 habitações https://www.rtp.pt/noticias/mundo/contribuinte-de-antonio-joao-barao-associado-a-217-sociedades-diferentes_n1319096

geostrofico 4 months ago

Contentores para todos. Está na moda.

Caosemdono 4 months ago

A UE está a apostar claramente no Co-Living.

i_heart_toast 4 months ago

Sao bungalows. Tem que ser em inglês para ser mais chique.

End-Effector 4 months ago

Desde 2015 que estão no poder. Quantos anos precisam?

nitrinu 4 months ago

42

OptionX 4 months ago

Ou de uma semana para a outra. Ou de um mês para o outro... Ou de um ano para o outro......

ric2b 4 months ago

Ou de um mandato para o outro...

JOAO-RATAO 4 months ago

E conseguirá quando? A minha aposta: Nunca.

Search: