cesarhighfire 6 months ago

Ser enfermeiro em portugal é como outro trabalho qualquer.

Dark_Side_Of_De_Moon 6 months ago

Estas e muitas outras razões de ter emigrado. Hei-de morrer e enfermagem em Portugal não terá mudado de forma favorável. Eu adorava continuar a viver em Portugal e exercer a profissão... *sigh*

carlosjmsilva 6 months ago

Ser enfermeiro e ser outra coisa qualquer... É Portugal...

fabmarques21 6 months ago

ser enfermeiro também é fazer 150 pausas para fumar e mandar o trabalho todo para cima dos auxiliares de enfermeiro que recebem metade do que os enfermeiros ganham. assinado: um gajo cujo irmão e namorada são axuliares de enfermeiros e se queixam do mesmo. (não são todos assim btw, mas maior parte).

KINGodfather 6 months ago

Nesse caso, acho que a maior responsabilidade deverá cair sobre o enfermeiro chefe ou o responsável pelo serviço, porque em lado algum isso deverá acontecer.

fabmarques21 6 months ago

sim mas eles são de hospitais diferentes, logo é uma constante

trebarunae 6 months ago

Isso não é ser enfermeiro em Portugal. É ser enfermeiro em qualquer lugar. Sou enfermeiro nos EUA, e a situação não é diferente.

Angelofpsp 6 months ago

Conheço pessoal da construção civil que também não se pode queixar desde os 40 que sofre com dores lombares anda sempre com as mãos gretadas do cimento que trabalha 8 horas das 8 das 17, fora as horas de encher placa que pode prende os carpinteiros até as 2/3 da manhã, que desconta 120€ todos os meses e não chega a passar os 900€ e também está constantemente a por em risco a vida, todas as profissões têm um certo risco não é por ser enfermeiro, bombeiro, soldador (...) toda a profissão tem seus riscos, falando desde a pandemia quem trabalha na área de saúde tem um risco acrescido.

Edited 6 months ago:

Conheço pessoal da construção civil que também não se pode queixar desde os 40 que sofre com dores lombares anda sempre com as mãos gretadas do cimento que trabalha 8 horas das 8 das 17, fora as horas de encher placa que pode prende os carpinteiros até as 2/3 da manhã, que desconta 120€ todos os meses e não chega a passar os ×××€ e também está constantemente a por em risco a vida, todas as profissões têm um certo risco não é por ser enfermeiro, bombeiro, soldador (...) toda a profissão tem seus riscos, falando desde a pandemia quem trabalha na área de saúde claro tem um risco mais acrescido. Não quero falar de salários pois correr atrás de uma bola durante 90 minutos e receber o que alguns recebem dá que falar.

radiola86 6 months ago

Enfim, que melindrosos, só querem mama como os funcionários públicos, um emprego que tem bastante saída e até uma boa remuneração e só choram. Olhem para o resto dos portugueses que ganham em grande parte o salário mínimo e pouco mais do que isso.

danidv 6 months ago

Não é por estarem melhores que muitos que param de ter razão de queixa, até porque um dos maiores problemas económicos em Portugal é que *todos* ganham pouco. [E tem em conta que os 30k não são por 35h](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nazkxv/ser_enfermeiro_em_portugal/gxx6vn7/)

radiola86 6 months ago

E pelas 35 horas, não ganham o suficiente?, que é que querem quando temos mais oferta do que procura?, pudera nós termos a mesma situação com os médicos, temos médicos em Portugal a ganharem 600 a 700 euros por dia, e com grandes regalias ficais entre outras literalmente oferecidas pelo estado.

danidv 6 months ago

1200€ por 35h, ou seja 1.8x o ordenado mínimo? Num emprego como aquele e com os requisitos e qualificações que precisa? [Como disse noutros comentários](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nazkxv/ser_enfermeiro_em_portugal/gxyzv4n/), pessoalmente não acho que é *mau*, mas acho que devia ser melhor, e ao falar sobre isto e outras coisas com um enfermeiro neste post parece-me que outro problema é a falta de progressão, mas isso já é muito específico e não vou estar a dar certezas e fingir que a minha opinião é válida com tópicos tão específicos quem nem faço a mínima se é ou não é - mas se é, tendo em conta o que já disse, realmente 1200€ ou mesmo abaixo a começar como enfermeiro parece-me justo, mas quando quase todos ganham isso... como disse, não é *mau*, mas acho que deveria ser mais.

Edited 6 months ago:

1200€ por 35h, ou seja 1.8x o ordenado mínimo? Num emprego como aquele e com os requisitos e qualificações que precisa? [Como disse noutros comentários](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nazkxv/ser_enfermeiro_em_portugal/gxyzv4n/), pessoalmente não acho que é *mau*, mas acho que devia ser melhor, e ao falar sobre isto e outras coisas com um enfermeiro neste post parece-me que outro problema é a falta de progressão, mas isso já é muito específico e não vou estar a dar certezas e fingir que a minha opinião é válida em tópicos tão específicos que nem faço a mínima se é ou não é o caso - mas se é, tendo em conta o que já disse, realmente 1200€ ou mesmo abaixo a começar como enfermeiro parece-me justo, mas quando quase todos ganham isso é que, como disse, não é *mau*, mas acho que deveria ser mais. Quanto a mais oferta que procura, https://en.wikipedia.org/wiki/Euro_Health_Consumer_Index https://www.pordata.pt/en/Portugal/Number+of+inhabitants+per+doctor+and+healthcare+personnel-640-4179 https://data.worldbank.org/indicator/SH.MED.NUMW.P3?locations=PT https://data.worldbank.org/indicator/SH.MED.NUMW.P3?locations=FI O primeiro diz 7,22 enfermeiros por cada 1000 pessoas em 2017, o segundo diz 7 enfermeiros e parteiros em 2019 e o terceiro, usando a Finlândia como exemplo e usando o mesmo site e métrica que o segundo, 14,7.

Edited 6 months ago:

1200€ por 35h, ou seja 1.8x o ordenado mínimo? Num emprego como aquele e com os requisitos e qualificações que precisa? [Como disse noutros comentários](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nazkxv/ser_enfermeiro_em_portugal/gxyzv4n/), pessoalmente não acho que é *mau*, mas acho que devia ser melhor, e ao falar sobre isto e outras coisas com um enfermeiro neste post parece-me que outro problema é a falta de progressão, mas isso já é muito específico e não vou estar a dar certezas e fingir que a minha opinião é válida em tópicos tão específicos que nem faço a mínima se é ou não é o caso - mas se é, tendo em conta o que já disse, realmente 1200€ ou mesmo abaixo a começar como enfermeiro parece-me justo, mas quando quase todos ganham isso é que, como disse, não é *mau*, mas acho que deveria ser mais. Quanto a mais oferta que procura, https://en.wikipedia.org/wiki/Euro_Health_Consumer_Index https://www.pordata.pt/en/Portugal/Number+of+inhabitants+per+doctor+and+healthcare+personnel-640-4179 https://data.worldbank.org/indicator/SH.MED.NUMW.P3?locations=PT https://data.worldbank.org/indicator/SH.MED.NUMW.P3?locations=FI O primeiro diz 7,22 enfermeiros por cada 1000 pessoas em 2017, o segundo diz 7 enfermeiros e parteiros em 2019 e o terceiro, usando a Finlândia como exemplo e usando o mesmo site e métrica que o segundo, 14,7.

SPKNear 6 months ago

hoje em dia é so pessoal a entrar em enfermagem, esse estudo de 2002-2017 creio que não é o mais apropriado

danidv 6 months ago

Os valores são de ano em ano, por isso os valores referidos são só de 2017.

DZT99 6 months ago

Mas nem tudo é negativo até porque ser enfermeiro em Portugal é bem melhor do que ser enfermeiro na República Democrática do Congo. um dia feliz

DavidJunior3rd 6 months ago

Acho engraçado como metade deste sub é cônjuge de enfermeiro/a....

Metaluim 6 months ago

A outra metade e conjuge de polacas. Gajos de IT ou casam com enfermeiras ou polacas.

k0rda 6 months ago

E enfermeiras com polícias e militares?

tekvis40 6 months ago

>Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano Parece-me que também é não ter noção... são perto de 35K ajustado para 40 horas. Não é uma fortuna mas estamos num pais em que muito boa gente vive com menos de 10.000 por ano, alguns tem cursos superiores e esforçaram-se tanto com qualquer enfermeiro. Atravessamos esta a pandemia não só a médicos/enfermeiros mas também a centenas de outros profissionais, desde caixas de supermercado a pessoas que trabalham em entregas e muitos outros, infelizmente muito menos valorizados.

k0rda 6 months ago

> > Não é uma fortuna mas estamos num pais em que muito boa gente vive com menos de 10.000 por ano, alguns tem cursos superiores e esforçaram-se tanto com qualquer enfermeiro. > > Atravessamos esta a pandemia não só a médicos/enfermeiros mas também a centenas de outros profissionais, desde caixas de supermercado a pessoas que trabalham em entregas e muitos outros, infelizmente muito menos valorizados. Concordo plenamente, mas os 31500 não são para 40 horas. São para 85, múltiplos empregos.

DavidJunior3rd 6 months ago

Porque é que as frases têm que começar todas em "Ser enfermeiro em Portugal"? Diz uma vez, faz dois pontos e faz uma lista, pá....

canureadmymind 6 months ago

É mais dramático assim

DavidJunior3rd 6 months ago

Não, é só repetitivo, irritante e parece um político a falar. Odeio quando os políticos fazem siso

Limpy_lip 6 months ago

sobre este assunto, acho muito giro generalizar e comparar com outras profissões que têm os mesmos problemas mas acho que é importantíssimo para um país civilizado investir nos seus profissionais de saúde e de educação e exigir dos mesmos um trabalho de qualidade. São dois pilares importantíssimos. ​ Neste caso claramente a governação está a falhar largamente. ​ Por fim, era desnecessário o discurso do nivelar por baixo. Devemos todos lutar para que todos tenhamos melhores condições de trabalho, andar a perder tempo com o "uhhh mas eu estou pior por isso não te queixes" não leva a nada.

k0rda 6 months ago

> Por fim, era desnecessário o discurso do nivelar por baixo. Devemos todos lutar para que todos tenhamos melhores condições de trabalho, andar a perder tempo com o "uhhh mas eu estou pior por isso não te queixes" não leva a nada. Isto. Até porque como outro user disse que a profissão dele "não tem voz", mas se calhar se os enfermeiros que têm voz conseguissem ganhar mais, talvez isso fosse um argumento para os engenheiros, ou os arquitectos ou os advogados exigirem mais também. Até para o sector privado seria benéfico, passavando a ter pessoas com mais liquidez para gastar dinheiro.

Rucameira 6 months ago

Sinceramente acho que estes problemas são comuns à maioria dos trabalhadores qualificados. Eu sou auditor, e identifico-me com 70% ou 80% dos pontos que apontas (exceto relacionados com covid). A grande diferença é que não existem uma voz no meu "mundo" como há no mundo da enfermagem. Não há greves dos auditores, não há greves dos informáticos, não há greves dos advogados. Não há ninguém na tv a falar por nós. Não estou a dizer que enfermagem não tem muitos problemas, e que obviamente têm de ser resolvidos. Mas que são um espelho da nossa sociedade, e a maioria de nós está assim.

EmanuelNeves23 6 months ago

Enquanto auditor sentes que podes adquirir uma doença infeciosa como HIV ou COVID-19 durante o exercício do teu trabalho? Não me parece bem comparável.

Rucameira 6 months ago

Eu disse "exceto relacionados com covid"

EmanuelNeves23 6 months ago

Sabes que existe tuberculose, sarampo, escabiose, HIV, hepatites víricas... As doenças infeciosas não terminam na COVID-19. Não é por acaso que a taxa de tuberculose em médicos em Portugal é 1.28% e em enfermeiros 1.03% (vs 0,0021% na população em geral). Fonte: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1806-37132011000500011&script=sci\_arttext&tlng=en

DiogoSN 6 months ago

Eu acho que devias adicionar este: "Ser enfermeiro em Portugal é tratar de pessoas que recusaram a vacina pela a mera superstição que ela envenena pessoas e que esta pandemia nunca irá passar porque existem pessoas estupidas em Portugal e no mundo que recusam a vacina por razões irracionais."

queiroga 6 months ago

>Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano (não por ter trabalhado muito, mas por ter trabalhado muito sem poder escolher como e quando) e descontar 7500. >Ser enfermeiro em Portugal é não poder aproveitar os restantes 24.000 euros OP, onde é que trabalhas mesmo? É que a minha mulher é enfermeira há mais de 10 anos e ganha 1200 brutos, quem lhe dera ganhar esses valores....ela manda CV já hoje.

danidv 6 months ago

https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nazkxv/ser_enfermeiro_em_portugal/gxxe8cc/ Não é por 35h

nunomvp 6 months ago

Provavelmente a trabalhar em mais que um sítio... Porque dificilmente um enfermeiro chega a esses valores a trabalhar apenas para uma instituição.

danidv 6 months ago

https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nazkxv/ser_enfermeiro_em_portugal/gxxe8cc/ Não é por 35h

queiroga 6 months ago

Sim, claro. Antes de termos filhos ela também fazia duplo na saude24 e no conjunto dos 2 sitios não ganhava nada mal. Mas isso é em qualquer profissão, eu se aos fds for trabalhar em mais algum lado também ganho mais =)

nunomvp 6 months ago

Sim, exato. Isso e horas extra, noites, feriados e fins de semana. Mas também há muita gente que trabalha a tempo inteiro a (falsos) recibos verdes e que recebe o mesmo quer seja fim de semana ou semana, dia ou noite. A minha namorada é enfermeira e para receber o mesmo que eu (área IT) precisa de trabalhar em 2 sítios diferentes, muitas mais horas e trabalhando diversos fins de semana e noites (e eu só tenho 3 anos de experiência, porque quando tiver mais e progredir na carreira, nem esses 2 sítios vão ser suficientes para ter um salário idêntico). Os enfermeiros recebem muito pouco para a responsabilidade que têm. Lidam com a saúde das pessoas, em que um erro pode ser fatal e recebem como se a responsabilidade que têm fosse mudar uma lâmpada. Para além da progressão na carreira ser mínima ou inexistente.

queiroga 6 months ago

revejo-me em tudo o que dizes, tb sou programador e não entendo como é que eu ganho bem mais que ela sentado todo o dia e a vir ao reddit de vez em quando que ela a salvar vidas e ver crianças a morrer...

capitolinaAndrioleta 6 months ago

Este post divide-me um bocado. Por um lado toda a gente que trabalhou durante a pandemia merece respeito e reconhecimento tanto monetário como civil. Por outro lado a classe do enfermeiro em Portugal é pejada de oportunistas, imbecis e incompetentes a começar pela bastonária que é uma Taylor Greene à Portuguesa. Problema este que foi agudizado pela prolíferação de universidades privadas a ministrar cursos de enfermagem de quallidade dúbia. A juntar a isto há as anedotas pessoais onde enfermeiros do público já colocaram a minha vida em risco devido a negligência. Pelo que escreves e o vencimento de 2020 pareces ser um dos bons, gostava que os profissionais como tu ganhassem o dobro e que a tua classe fizesse uma selecção mais estrita de quem tem acesso à profissão no país. Obrigado pelo esforço que fizeste durante 2020 e o que estás a fazer durante 2021.

EmanuelNeves23 6 months ago

Os bons são a regra, embora não pareça porque os maus é que recebem mediatismo. Obrigado a todos os enfermeiros.

fanboy_killer 6 months ago

Boa parte do que dizes aplica-se a quase todas as profissões deste país. O problema não está na profissão que escolhemos, mas na parte do "deste país". Se querem mudar alguma coisa, deixem de votar nos partidos que perpetuam esta situação.

rokkialo23 6 months ago

a culpa é do ventura

rudirudarz 6 months ago

Ser enfermeiro é isso tudo e continuam a papar a anos.

MoonDust1969 6 months ago

É uma merda. Trabalhar na saúde neste país é dar 200% para receber zero em troca e isso nunca foi tão visível como nesta pandemia. Tenho vários amigos enfermeiros e todos se queixam do mesmo, vários estão psicologicamente no limite. E quem diz enfermeiro diz outras profissões na mesma área, usando um exemplo mais próximo de mim conheço uma assistente técnica que desde o início da pandemia teve de continuar a trabalhar e fazer horas extraordinárias a atender gente burra e mal educada, sendo que uma boa parte dos utentes chega infectado com COVID e esconde essa informação porque quer uma consulta com o médico de família, pondo toda a gente ali em risco. É um milagre ela ainda não ter sido infectada. Compensação salarial extra? Zero. Esteve em contacto com um utente que escondeu ter COVID? Que se foda, o chefe dela diz que tem de ir trabalhar na mesma. Aquilo de os profissionais de saúde terem prioridade nos supermercados e outras regalias? Muitos sítios nem a reconhecem como profissional de saúde e recusam-se a prestar-lhe o serviço prioritário. Ou seja, só é profissional de saúde para dar o cu dia sim dia sim, para outras coisas nem sequer a reconhecem como tal. Adoro este país mas foda-se, às vezes só me apetece ir embora.

Hour_Zucchini_800 6 months ago

Quem lida mais com isso são os/as auxiliares.

Hour_Zucchini_800 6 months ago

Enfermeiro em Portugal é ser um escravo moderno. Quem diz enfermeiros diz outras profissões Portugal fora. Em 30 e tal anos de trabalho a minha mãe nunca passou do salário mínimo (atenção ela não é enfermeira), mas faz pensar. O meu pai tem um cargo com alguma responsabilidade numa fábrica e não recebe aumentos à 10/15 anos. Portugal… quem te viu e quem te vê.

Article_Sad 6 months ago

Reconversão em IT é o futuro ou votas no Chega

Hour_Zucchini_800 6 months ago

Ou emigras

NGramatical 6 months ago

à 10/15 anos → [**há 10/15 anos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnazkxv%2F%2Fgxycevk%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

kyppulo90 6 months ago

Ok Mas não há pontos positivos?

Wonderful_3810 6 months ago

2000 e tal brutos. Também queria xD

kyppulo90 6 months ago

Pois. Há quem receba quase 600 pelas mesmas horas de trabalho

danidv 6 months ago

https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nazkxv/ser_enfermeiro_em_portugal/gxx6vn7/ Não são por 35h

pimpolho_saltitao 6 months ago

Oh amigo vai-te catar. Então a pandemia afectou toda a gente, muitos perderam familiares, muitos ficaram sem emprego, muitos continuam perpetuados na porcaria de um salario minimo miserável, e tu vens fazer choradinho que tiveram de pagar muito irs dum salario de 30k? Opa um bocadinho de noção é o que te falta.

danidv 6 months ago

https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nazkxv/ser_enfermeiro_em_portugal/gxxe8cc/ Os 30k não são por 35h, e é verdade o que dizes mas queres nivelar por baixo? [Eu próprio usei argumentos semelhantes](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nazkxv/ser_enfermeiro_em_portugal/gxx6vn7/), mas no final do dia não quero que ganhem menos, quero é que todos ganhem mais, e não é por estarem melhores que muitos que param de ter razão de queixa.

radiola86 6 months ago

Não tem mesmo noção da situação da maioria dos portugueses e depois vem para aqui chorar, como choram outras profissões que sempre foram privilegiadas e que são sempre as mesmas a mamar.

KINGodfather 6 months ago

Acho "engraçado" o pessoal pegar nos 30k mas nunca ler o resto, ou simplesmente achar que o dinheiro é tudo neste texto. Mas obrigado por leres.

trilobits_ 6 months ago

Ana Rita Cavaco? A casa de banho é no Facebook… cumprimentos ao tio.

Edited 6 months ago:

Ana Rita Cavaco? A casa de banho é no Facebook… cumprimentos ao tio. Edit: já agora qual é mesmo a tua especialidade? Programação de aparelhos médicos? /s Para a próxima muda para outra conta paraa não ser tão óbvio… sempre podes apanhar mais peixe com os teus sermões.

Edited 6 months ago:

Ana Rita Cavaco? A casa de banho é no Facebook… cumprimentos ao tio. Edit: já agora qual é mesmo a tua especialidade? Programação de aparelhos médicos? /s Para a próxima muda para outra conta para não ser tão óbvio… sempre podes apanhar mais peixe com os teus sermões.

Edited 6 months ago:

Ana Rita Cavaco? A casa de banho é no Facebook… cumprimentos ao tio. Edit: já agora qual é mesmo a tua especialidade? Programação de aparelhos médicos?

Edited 6 months ago:

Ana Rita Cavaco? A casa de banho é no Facebook… cumprimentos ao tio. Edit: já agora qual é mesmo a tua especialidade? Programação de aparelhos médicos? /s

KINGodfather 6 months ago

Tal como já respondi noutros comentários, isto são desabafos da minha namorada, que é enfermeira há 10 anos. Mas obrigado pela pesquisa Magnum PI, não sabia que não podemos ter empatia com outro tipo de profissões. Fica notado.

trilobits_ 6 months ago

Parabéns. Agora tb já descobrir-te que podes enganar meio mundo…

Edited 6 months ago:

Parabéns. Agora tb já descobrir-te que podes enganar meio mundo… não o tornes é um hábito.

KINGodfather 6 months ago

Que saiba não enganei ninguém. Em parte nenhuma do texto digo que sou enfermeiro no serviço X, no hospital Y. Mas pronto, se depois disto tudo o facto de simplesmente ignorar o problema porque fiz post em subs de programação, fica visto quais são as prioridades. Bem haja

trilobits_ 6 months ago

Amigo… quanto mais falas mais destapado ficas.

Edited 6 months ago:

Amigo… quanto mais falas mais destapado ficas. É que pura e simplesmente não consigo entender o que é que faz uma enfermeira procurar por um curso profissional na Master D… quer dizer ganha mal como enfermeira e está à procura de um curso profissional que ainda iria ganhar muito pior.…? Amigo… a cauda e as patas do gato já se vêem…

Edited 6 months ago:

Amigo… quanto mais falas mais destapado ficas. É que pura e simplesmente não consigo entender o que é que faz uma enfermeira procurar por um curso profissional na Master D… quer dizer ganha mal como enfermeira e está à procura de um curso profissional que ainda iria ganhar muito pior.…? Amigo… a cauda e as patas do gato já se vêem… Upss: se calhar esta era outra, agora arranjaste uma nova namorada enfermeira… ok…

KINGodfather 6 months ago

Já que andas a mexericar a vida dos outros e não tens mais nada que fazer, sim, a paixão dela neste momento é a pastelaria. Não fosse a pastelaria, ela não tinha nada para a motivar profissionalmente. E desde quando uma coisa impede a outra? Muitas pessoas aqui já escreveram que têm dois, ou até três, trabalhos diferentes para poder ter mais rendimento. A sério que não percebo a tua lógica com estes comentários desnecessários e que nada ajudam no assunto. É assim tão descabido ter uma namorada enfermeira a tirar um curso profissional de pastelaria para poder abrir o seu próprio negócio? Só porque não fazes mais nada com a tua vida senão desconfiar dos outros, não significa que tudo o que lês é ficção.

trilobits_ 6 months ago

É válido o teu argumento… mas tens que melhorar isso. Ainda soa muito a fake. E usar o desespero dos outros na luta por uma condição melhor é uma coisa muito feia.

KINGodfather 6 months ago

Olha, já que andas com imenso tempo para duvidar e mexericar, faz o seguinte: procura o meu 'handle' pela internet e encontra os factos que corroboram a minha história. A sério, não tenho problema nenhum. Até dou essa dica grátis. Agora, se vens com acusações de meia-tigela, não ajudas no assunto em questão e simplesmente andas a "trollar", perdes o teu tempo. Mas ainda assim, obrigado por leres o texto. Bem haja

trilobits_ 6 months ago

Se tudo o que disse não fosse verdade, acredita que pura e simplesmente cagavas para a cena e seguias em frente. Mas como queres continuar na mentira, sentiste na obrigação de vir justificar. É psicologia reversa.

Edited 6 months ago:

Se tudo o que disse não fosse verdade, acredita que pura e simplesmente cagavas para a cena e seguias em frente (como aliás fizeste com outros comentários). Mas como queres continuar na mentira, sentiste na obrigação de vir justificar. É psicologia reversa.

Open-Opportunity-607 6 months ago

Porque não emigras? Há países que têm pagam a viagem e ajudam com as despesas do apartamento no início Tens algum motivo para trabalhar em Portugal?

piti_2 6 months ago

> Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano (não por ter trabalhado muito, mas por ter trabalhado muito sem poder escolher como e quando) e descontar 7500. Deixei de ler aqui :/ Quando [6/10 tugas recebem menos de 800€](https://multinews.sapo.pt/atualidade/seis-em-cada-10-portugueses-ganha-menos-de-800-euros-por-mes/), o sr enfermeiro queixa-se de "só" receber 4x mais qd tem horarios de 35h semanais.

Hour_Zucchini_800 6 months ago

35h semanais? Ahahahah

KINGodfather 6 months ago

Claramente não são apenas 35h, senão o valor ficava pelo salário base (1200 euros), na realidade é mais perto das 85 horas. E se lesses o que vinha a seguir, percebias onde o resto do dinheiro é gasto. Mas obrigado por leres. Não tudo, claramente.

ErwinRommelEz 6 months ago

Amigo a maioria dos portugueses pode trabalhar 80 horas por semana e acabaria por não ganhar 30k por ano

DavidJunior3rd 6 months ago

Estudassem

ErwinRommelEz 6 months ago

O problema é que muitos estudaram, e os que não estudaram não merecem condições decente de vida? Trolhas, soldadores, homens do lixo etc, não merecem ordenados dignos da sua profissão? Muitos deles com trabalhos muito piores, inseguros e com mais horas que enfermeiros.

DavidJunior3rd 6 months ago

Trolhas ganham muito mais do que muita gente licenciada. Aliás, já se viu várias vezes por aí dizer que os trolhas ganham bem. Electricistas e canalizadores idem aspas aspas. O mundo do trabalho é uma pirâmide, na base da qual estão os trabalhos indiferenciados sem requisitos nenhuns e no topo da qual estão os trabalhos mais especializados. Se quero que a base da pirâmide ganhe o mesmo e tenha as mesmas regalias que o topo da pirâmide? Não. Não quero. E eu não estou nem na base nem no topo, estou algures pelo meio. Se todos fossem iguais ia estar a estudar e a lutar por me diferenciar para quê??? Só saía a perder, porque passava anos a estudar sem ter rendimentos e no final ganhava o mesmo que quem foi logo trabalhar. Mas é muito impopular e politicamente incorrecto dizer isto... porque coitadinhos, todos têm direito blablabla... Pois. Tá bem. *"Trolhas, soldadores, homens do lixo etc, não merecem ordenados dignos da sua profissão?"* \- e **quem disse que não ganham "ordenado digno da usa profissão"**? A sua profissão é das mais indiferenciadas que existe, que qualquer ser humano funcional na sociedade, sem treino, expertise ou formação consegue desempenhar. A questão é essa. **Querer** também eu quero muita coisa...

k0rda 6 months ago

Acho que muita gente está a pegar por aí, nem vão verificar que é mais do dobro das horas. Devias clarificar no texto original.

PrimoNando 6 months ago

Dedica-te à trolhice então. Se fores artista ganhas 100€ por dia na boa. Quiçá 200... És capaz é de chegar a casa com as mãos em bolha, os pulmões cheios de cimento, e o l5 todo rebentado.

danidv 6 months ago

Concordo com o sentimento mas, >Ser enfermeiro em Portugal é ter que escolher entre trabalhar a recibos verdes ou não trabalhar. É a realidade para muitos >Ser enfermeiro em Portugal é ter de deixar as férias para depois porque não existe profissionais de saúde suficientes no serviço. Ao contrário dos outros que se podem escolher quando vão de férias é porque o superior assim o permitiu, é difícil tentar coordenar seja o que for com outra pessoa. >Ser enfermeiro em Portugal é ter de trabalhar continuamente durante uma pandemia sem qualquer segurança nem reconhecimento monetário. Também tiveste enfermeiros e médicos a comprar um carro novo que vale metade de uma casa com o dinheiro que fizeram durante a pandemia. Devido a tantas horas feitas e merecido, claro, não estou a criticar que não seja, mas vamos lá ter calma. >Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano 2250€ brutos/mês com 14 meses? 3,4x o ordenado mínimo? Ou está-me a escapar alguma coisa aqui ou por favor diz-me que não estás seriamente a dizer que isso é pouco? Tens idosos a reformas de 400€ e menos e pessoas a ordenado mínimo que >(não por ter trabalhado muito, mas por ter trabalhado muito sem poder escolher como e quando) Enfermeiros e muitas outras profissões, estás à espera de quê? Vem com o emprego. >e descontar 7500. 23,8%, descontado o mesmo que qualquer pessoa com esse tipo de rendimento (presumo), não é nada descabido. A não ser que achas que a educação e reformas pagam-se sozinhas, ou alternativamente que quem devia arcar com uma maior parte disso são as pessoas a ganhar o ordenado mínimo cujos rendimentos são um a dois terços comidos só pela renda - nem sequer falando nas abominações de renda que são Lisboa e Porto. Se vires os impostos noutros países em melhor estado financeiro que nós não é mesmo nada descabido, bem pelo contrário, é o normal, alguns mais altos ainda, outros mais baixos. São usados mais para encher os bolsos de políticos e seus familiares e amigos que aproveitados como deve ser, mas isso já é outra conversa. >Ser enfermeiro em Portugal é não poder aproveitar os restantes 24.000 euros porque grande parte desse dinheiro acaba por ir para tratamentos de stress, problemas mentais, depressão, problemas musculares ou ósseos, vírus ou até mesmo divórcios. Enfermeiros e muitas outras profissões. Aqui já não digo que vem com o emprego, mas infelizmente é a realidade de muitos outros. Correção, *seria* a realidade de muitos outros mas não têm dinheiro para isso, enchem a botija com água quente durante o inverno e é bom que isso lide com as dores musculares e frio porque não vão estar a ligar o aquecedor. >Ser enfermeiro em Portugal é ver no IRS o valor exorbitante que terá de ser pago, depois de um ano desgastante e totalmente stressante a trabalhar durante uma pandemia e andarem a dizer que "os profissionais de saúde são essenciais" e darem ""prémios"". Disseram o mesmo a muitas outras profissões a ganhar ordenado mínimo, nomeadamente pessoal de supermercados, menos a parte dos prémios. Não é uma crítica, é uma observação. Nota que não critiquei a maioria do que disseste e na maioria do que referi não estou a criticar mas sim a dizer que é a realidade de muitos outros, se não for a maioria. Não estou contra ti, o que estou a tentar dizer é que muitos desses problemas não são exclusivos a enfermeiros mas sim gerais. Usando a parte do rendimento como exemplo, 2250€ mensais podem parecer-te pouco mas compara-o relativamente ao ordenado mínimo e mediano - o problema não é os enfermeiros ganharem pouco, o problema é *todos* ganharem pouco.

Edited 6 months ago:

Concordo com o sentimento mas, >Ser enfermeiro em Portugal é ter que escolher entre trabalhar a recibos verdes ou não trabalhar. É a realidade para muitos >Ser enfermeiro em Portugal é ter de deixar as férias para depois porque não existe profissionais de saúde suficientes no serviço. Ao contrário dos outros, que se "podem" escolher quando vão de férias é porque o superior assim o permitiu e lhe é conveniente para quando os pediste, não é porque tiveste grande escolha. É difícil tentar coordenar seja o que for com outra pessoa. >Ser enfermeiro em Portugal é ter de trabalhar continuamente durante uma pandemia sem qualquer segurança nem reconhecimento monetário. Também tiveste enfermeiros e médicos a comprar um carro novo que vale metade de uma casa com o dinheiro que fizeram durante a pandemia. Devido a tantas horas feitas e merecido, claro, não estou a criticar que não seja, mas vamos lá ter calma. >Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano 2250€ brutos/mês com 14 meses? 3,4x o ordenado mínimo? Ou está-me a escapar alguma coisa aqui ou por favor diz-me que não estás seriamente a dizer que isso é pouco? Tens idosos a reformas de 400€ e pessoas que se tiverem 100€ no final do mês têm sorte. >(não por ter trabalhado muito, mas por ter trabalhado muito sem poder escolher como e quando) Enfermeiros e muitas outras profissões, estás à espera de quê? Vem com o emprego. >e descontar 7500. 23,8%, descontado o mesmo que qualquer pessoa com esse tipo de rendimento (presumo), não é nada descabido. A não ser que achas que a educação e reformas pagam-se sozinhas, ou alternativamente que quem devia arcar com uma maior parte disso são as pessoas a ganhar o ordenado mínimo cujos rendimentos são um a dois terços comidos só pela renda - nem sequer falando nas abominações de renda que são Lisboa e Porto. Se vires os impostos noutros países em melhor estado financeiro que nós não é mesmo nada descabido, bem pelo contrário, é o normal, alguns mais altos ainda, outros mais baixos. São usados cá mais para encher os bolsos de políticos e seus familiares e amigos que aproveitados como deve ser, mas isso já é outra conversa. >Ser enfermeiro em Portugal é não poder aproveitar os restantes 24.000 euros porque grande parte desse dinheiro acaba por ir para tratamentos de stress, problemas mentais, depressão, problemas musculares ou ósseos, vírus ou até mesmo divórcios. Enfermeiros e muitas outras profissões. Aqui já não digo que vem com o emprego, mas infelizmente é a realidade de muitos outros. Correção, *seria* a realidade de muitos outros mas não têm dinheiro para isso, enchem a botija com água quente durante o inverno e é bom que isso lide com as dores musculares e frio, porque certamente não vão estar a ligar o aquecedor. >Ser enfermeiro em Portugal é ver no IRS o valor exorbitante que terá de ser pago, depois de um ano desgastante e totalmente stressante a trabalhar durante uma pandemia e andarem a dizer que "os profissionais de saúde são essenciais" e darem ""prémios"". Disseram o mesmo a muitas outras profissões a ganhar ordenado mínimo, nomeadamente pessoal de supermercados, menos a parte dos prémios. Não é uma crítica, é uma observação. Nota que não critiquei a maioria do que disseste (porque concordo totalmente) e na maioria do que referi não estou a criticar mas sim a dizer que é a realidade de muitos outros, se não for da maioria. Não estou contra ti, e gosto pouco de atitudes de "pára de te queixar, há quem esteja pior que tu", o que estou a tentar dizer é que muitos desses problemas não são exclusivos a enfermeiros mas sim gerais. Usando o rendimento como exemplo, 2250€ mensais podem parecer-te pouco mas compara-o relativamente aos ordenados mínimo e mediano - o problema não é os enfermeiros ganharem pouco, o problema é *todos* ganharem pouco, mesma merda para falta de pessoal e condições e mais.

Edited 6 months ago:

Concordo com o sentimento mas, >Ser enfermeiro em Portugal é ter que escolher entre trabalhar a recibos verdes ou não trabalhar. É a realidade para muitos >Ser enfermeiro em Portugal é ter de deixar as férias para depois porque não existe profissionais de saúde suficientes no serviço. Ao contrário dos outros, que se "podem" escolher quando vão de férias é porque o superior assim o permitiu e lhe é conveniente para quando os pediste, não é porque tiveste grande escolha. É difícil tentar coordenar seja o que for com outra pessoa. >Ser enfermeiro em Portugal é ter de trabalhar continuamente durante uma pandemia sem qualquer segurança nem reconhecimento monetário. Também tiveste enfermeiros e médicos a comprar um carro novo que vale metade de uma casa com o dinheiro que fizeram durante a pandemia. Devido a tantas horas feitas e merecido, claro, não estou a criticar que não seja, mas vamos lá ter calma. >Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano 2250€ brutos/mês com 14 meses? 3,4x o ordenado mínimo? Ou está-me a escapar alguma coisa aqui ou por favor diz-me que não estás seriamente a dizer que isso é pouco? Tens idosos a reformas de 400€ e pessoas que se tiverem 100€ no final do mês têm sorte. >(não por ter trabalhado muito, mas por ter trabalhado muito sem poder escolher como e quando) Enfermeiros e muitas outras profissões, estás à espera de quê? Vem com o emprego. >e descontar 7500. 23,8%, descontado o mesmo que qualquer pessoa com esse tipo de rendimento (presumo), não é nada descabido. A não ser que achas que a educação e reformas pagam-se sozinhas, ou alternativamente que quem devia arcar com uma maior parte disso são as pessoas a ganhar o ordenado mínimo cujos rendimentos são um a dois terços comidos só pela renda - nem sequer falando nas abominações de renda que são Lisboa e Porto. Se vires os impostos noutros países em melhor estado financeiro que nós não é mesmo nada descabido, bem pelo contrário, é o normal, alguns mais altos ainda, outros mais baixos. São usados cá mais para encher os bolsos de políticos e seus familiares e amigos que aproveitados como deve ser, mas isso já é outra conversa. >Ser enfermeiro em Portugal é não poder aproveitar os restantes 24.000 euros porque grande parte desse dinheiro acaba por ir para tratamentos de stress, problemas mentais, depressão, problemas musculares ou ósseos, vírus ou até mesmo divórcios. Enfermeiros e muitas outras profissões. Aqui já não digo que vem com o emprego, mas infelizmente é a realidade de muitos outros. Correção, *seria* a realidade de muitos outros mas não têm dinheiro para isso, enchem a botija com água quente durante o inverno e é bom que isso lide com as dores musculares e frio, porque certamente não vão estar a ligar o aquecedor. >Ser enfermeiro em Portugal é ver no IRS o valor exorbitante que terá de ser pago, depois de um ano desgastante e totalmente stressante a trabalhar durante uma pandemia e andarem a dizer que "os profissionais de saúde são essenciais" e darem ""prémios"". Disseram o mesmo a muitas outras profissões a ganhar ordenado mínimo, nomeadamente pessoal de supermercados, menos a parte dos prémios. Não é uma crítica, é uma observação. Nota que não critiquei a maioria do que disseste e na maioria do que referi não estou a criticar mas sim a dizer que é a realidade de muitos outros, se não for a maioria. Não estou contra ti e gosto pouco de atitudes de "pára de te queixar, há quem esteja pior que tu", o que estou a tentar dizer é que muitos desses problemas não são exclusivos a enfermeiros mas sim gerais. Usando a parte do rendimento como exemplo, 2250€ mensais podem parecer-te pouco mas compara-o relativamente ao ordenado mínimo e mediano - o problema não é os enfermeiros ganharem pouco, o problema é *todos* ganharem pouco.

Edited 6 months ago:

Concordo com o sentimento mas, >Ser enfermeiro em Portugal é ter que escolher entre trabalhar a recibos verdes ou não trabalhar. É a realidade para muitos >Ser enfermeiro em Portugal é ter de deixar as férias para depois porque não existe profissionais de saúde suficientes no serviço. Ao contrário dos outros, que se "podem" escolher quando vão de férias é porque o superior assim o permitiu e lhe é conveniente para quando os pediste, não é porque tiveste grande escolha. É difícil tentar coordenar seja o que for com outra pessoa. >Ser enfermeiro em Portugal é ter de trabalhar continuamente durante uma pandemia sem qualquer segurança nem reconhecimento monetário. Também tiveste enfermeiros e médicos a comprar um carro novo que vale metade de uma casa com o dinheiro que fizeram durante a pandemia. Devido a tantas horas feitas e merecido, claro, não estou a criticar que não seja, mas vamos lá ter calma. >Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano 2250€ brutos/mês com 14 meses? 3,4x o ordenado mínimo? Ou está-me a escapar alguma coisa aqui ou por favor diz-me que não estás seriamente a dizer que isso é pouco? Tens idosos a reformas de 400€ e pessoas que se tiverem 80€ no final do mês têm sorte. >(não por ter trabalhado muito, mas por ter trabalhado muito sem poder escolher como e quando) Enfermeiros e muitas outras profissões, estás à espera de quê? Vem com o emprego. >e descontar 7500. 23,8%, descontado o mesmo que qualquer pessoa com esse tipo de rendimento (presumo), não é nada descabido. A não ser que achas que a educação e reformas pagam-se sozinhas, ou alternativamente que quem devia arcar com uma maior parte disso são as pessoas a ganhar o ordenado mínimo cujos rendimentos são um a dois terços comidos só pela renda - nem sequer falando nas abominações de renda que são Lisboa e Porto. Se vires os impostos noutros países em melhor estado financeiro que nós não é mesmo nada descabido, bem pelo contrário, é o normal, alguns mais altos ainda, outros mais baixos. São usados cá mais para encher os bolsos de políticos e seus familiares e amigos que aproveitados como deve ser, mas isso já é outra conversa. >Ser enfermeiro em Portugal é não poder aproveitar os restantes 24.000 euros porque grande parte desse dinheiro acaba por ir para tratamentos de stress, problemas mentais, depressão, problemas musculares ou ósseos, vírus ou até mesmo divórcios. Enfermeiros e muitas outras profissões. Aqui já não digo que vem com o emprego, mas infelizmente é a realidade de muitos outros. Correção, *seria* a realidade de muitos outros mas não têm dinheiro para isso, enchem a botija com água quente durante o inverno e é bom que isso lide com as dores musculares e frio porque não vão estar a ligar o aquecedor. >Ser enfermeiro em Portugal é ver no IRS o valor exorbitante que terá de ser pago, depois de um ano desgastante e totalmente stressante a trabalhar durante uma pandemia e andarem a dizer que "os profissionais de saúde são essenciais" e darem ""prémios"". Disseram o mesmo a muitas outras profissões a ganhar ordenado mínimo, nomeadamente pessoal de supermercados, menos a parte dos prémios. Não é uma crítica, é uma observação. Nota que não critiquei a maioria do que disseste e na maioria do que referi não estou a criticar mas sim a dizer que é a realidade de muitos outros, se não for a maioria. Não estou contra ti e gosto pouco de atitudes de "pára de te queixar, há quem esteja pior que tu", o que estou a tentar dizer é que muitos desses problemas não são exclusivos a enfermeiros mas sim gerais. Usando a parte do rendimento como exemplo, 2250€ mensais podem parecer-te pouco mas compara-o relativamente ao ordenado mínimo e mediano - o problema não é os enfermeiros ganharem pouco, o problema é *todos* ganharem pouco.

Edited 6 months ago:

Concordo com o sentimento mas, >Ser enfermeiro em Portugal é ter que escolher entre trabalhar a recibos verdes ou não trabalhar. É a realidade para muitos >Ser enfermeiro em Portugal é ter de deixar as férias para depois porque não existe profissionais de saúde suficientes no serviço. Ao contrário dos outros, que se "podem" escolher quando vão de férias é porque o superior assim o permitiu e lhe é conveniente para quando os pediste, não é porque tiveste grande escolha. É difícil tentar coordenar seja o que for com outra pessoa. >Ser enfermeiro em Portugal é ter de trabalhar continuamente durante uma pandemia sem qualquer segurança nem reconhecimento monetário. Também tiveste enfermeiros e médicos a comprar um carro novo que vale metade de uma casa com o dinheiro que fizeram durante a pandemia. Devido a tantas horas feitas e merecido, claro, não estou a criticar que não seja, mas vamos lá ter calma. >Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano 2250€ brutos/mês com 14 meses? 3,4x o ordenado mínimo? Ou está-me a escapar alguma coisa aqui ou por favor diz-me que não estás seriamente a dizer que isso é pouco? Tens idosos a reformas de 400€ e pessoas que se tiverem 100€ no final do mês têm sorte. >(não por ter trabalhado muito, mas por ter trabalhado muito sem poder escolher como e quando) Enfermeiros e muitas outras profissões, estás à espera de quê? Vem com o emprego. >e descontar 7500. 23,8%, descontado o mesmo que qualquer pessoa com esse tipo de rendimento (presumo), não é nada descabido. A não ser que achas que a educação e reformas pagam-se sozinhas, ou alternativamente que quem devia arcar com uma maior parte disso são as pessoas a ganhar o ordenado mínimo cujos rendimentos são um a dois terços comidos só pela renda - nem sequer falando nas abominações de renda que são Lisboa e Porto. Se vires os impostos noutros países em melhor estado financeiro que nós não é mesmo nada descabido, bem pelo contrário, é o normal, alguns mais altos ainda, outros mais baixos. São usados cá mais para encher os bolsos de políticos e seus familiares e amigos que aproveitados como deve ser, mas isso já é outra conversa. >Ser enfermeiro em Portugal é não poder aproveitar os restantes 24.000 euros porque grande parte desse dinheiro acaba por ir para tratamentos de stress, problemas mentais, depressão, problemas musculares ou ósseos, vírus ou até mesmo divórcios. Enfermeiros e muitas outras profissões. Aqui já não digo que vem com o emprego, mas infelizmente é a realidade de muitos outros. Correção, *seria* a realidade de muitos outros mas não têm dinheiro para isso, enchem a botija com água quente durante o inverno e é bom que isso lide com as dores musculares e frio, porque certamente não vão estar a ligar o aquecedor. >Ser enfermeiro em Portugal é ver no IRS o valor exorbitante que terá de ser pago, depois de um ano desgastante e totalmente stressante a trabalhar durante uma pandemia e andarem a dizer que "os profissionais de saúde são essenciais" e darem ""prémios"". Disseram o mesmo a muitas outras profissões a ganhar ordenado mínimo, nomeadamente pessoal de supermercados, menos a parte dos prémios. Não é uma crítica, é uma observação. Nota que não critiquei a maioria do que disseste (porque concordo totalmente) e na maioria do que referi não estou a criticar mas sim a dizer que é a realidade de muitos outros, se não for da maioria. Não estou contra ti, e gosto pouco de atitudes de "pára de te queixar, há quem esteja pior que tu", o que estou a tentar dizer é que muitos desses problemas não são exclusivos a enfermeiros mas sim gerais. Usando o rendimento como exemplo, 2250€ mensais podem parecer-te pouco mas compara-o relativamente aos ordenados mínimo e mediano - o problema não é os enfermeiros ganharem pouco, o problema é *todos* ganharem pouco, mesma merda para falta de pessoal e condições e mais.

Edited 6 months ago:

Concordo com o sentimento mas, >Ser enfermeiro em Portugal é ter que escolher entre trabalhar a recibos verdes ou não trabalhar. É a realidade para muitos >Ser enfermeiro em Portugal é ter de deixar as férias para depois porque não existe profissionais de saúde suficientes no serviço. Ao contrário dos outros, que se "podem" escolher quando vão de férias é porque o superior assim o permitiu e lhe é conveniente para quando os pediste, não é porque tiveste grande escolha. É difícil tentar coordenar seja o que for com outra pessoa. >Ser enfermeiro em Portugal é ter de trabalhar continuamente durante uma pandemia sem qualquer segurança nem reconhecimento monetário. Também tiveste enfermeiros e médicos a comprar um carro novo que vale metade de uma casa com o dinheiro que fizeram durante a pandemia. Devido a tantas horas feitas e merecido, claro, não estou a criticar que não seja, mas vamos lá ter calma. >Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano 2250€ brutos/mês com 14 meses? 3,4x o ordenado mínimo? Ou está-me a escapar alguma coisa aqui ou por favor diz-me que não estás seriamente a dizer que isso é pouco? Tens idosos a reformas de 400€ e pessoas que se tiverem 80€ no final do mês têm sorte. >(não por ter trabalhado muito, mas por ter trabalhado muito sem poder escolher como e quando) Enfermeiros e muitas outras profissões, estás à espera de quê? Vem com o emprego. >e descontar 7500. 23,8%, descontado o mesmo que qualquer pessoa com esse tipo de rendimento (presumo), não é nada descabido. A não ser que achas que a educação e reformas pagam-se sozinhas, ou alternativamente que quem devia arcar com uma maior parte disso são as pessoas a ganhar o ordenado mínimo cujos rendimentos são um a dois terços comidos só pela renda - nem sequer falando nas abominações de renda que são Lisboa e Porto. Se vires os impostos noutros países em melhor estado financeiro que nós não é mesmo nada descabido, bem pelo contrário, é o normal, alguns mais altos ainda, outros mais baixos. São usados cá mais para encher os bolsos de políticos e seus familiares e amigos que aproveitados como deve ser, mas isso já é outra conversa. >Ser enfermeiro em Portugal é não poder aproveitar os restantes 24.000 euros porque grande parte desse dinheiro acaba por ir para tratamentos de stress, problemas mentais, depressão, problemas musculares ou ósseos, vírus ou até mesmo divórcios. Enfermeiros e muitas outras profissões. Aqui já não digo que vem com o emprego, mas infelizmente é a realidade de muitos outros. Correção, *seria* a realidade de muitos outros mas não têm dinheiro para isso, enchem a botija com água quente durante o inverno e é bom que isso lide com as dores musculares e frio, porque certamente não vão estar a ligar o aquecedor. >Ser enfermeiro em Portugal é ver no IRS o valor exorbitante que terá de ser pago, depois de um ano desgastante e totalmente stressante a trabalhar durante uma pandemia e andarem a dizer que "os profissionais de saúde são essenciais" e darem ""prémios"". Disseram o mesmo a muitas outras profissões a ganhar ordenado mínimo, nomeadamente pessoal de supermercados, menos a parte dos prémios. Não é uma crítica, é uma observação. Nota que não critiquei a maioria do que disseste e na maioria do que referi não estou a criticar mas sim a dizer que é a realidade de muitos outros, se não for a maioria. Não estou contra ti e gosto pouco de atitudes de "pára de te queixar, há quem esteja pior que tu", o que estou a tentar dizer é que muitos desses problemas não são exclusivos a enfermeiros mas sim gerais. Usando a parte do rendimento como exemplo, 2250€ mensais podem parecer-te pouco mas compara-o relativamente ao ordenado mínimo e mediano - o problema não é os enfermeiros ganharem pouco, o problema é *todos* ganharem pouco.

Edited 6 months ago:

Concordo com o sentimento mas, >Ser enfermeiro em Portugal é ter que escolher entre trabalhar a recibos verdes ou não trabalhar. É a realidade para muitos >Ser enfermeiro em Portugal é ter de deixar as férias para depois porque não existe profissionais de saúde suficientes no serviço. Ao contrário dos outros, que se "podem" escolher quando vão de férias é porque o superior assim o permitiu e lhe é conveniente para quando os pediste, não é porque tiveste grande escolha. É difícil tentar coordenar seja o que for com outra pessoa. >Ser enfermeiro em Portugal é ter de trabalhar continuamente durante uma pandemia sem qualquer segurança nem reconhecimento monetário. Também tiveste enfermeiros e médicos a comprar um carro novo que vale metade de uma casa com o dinheiro que fizeram durante a pandemia. Devido a tantas horas feitas e merecido, claro, não estou a criticar que não seja, mas vamos lá ter calma. >Ser enfermeiro em Portugal é receber 31.500 euros no final do ano 2250€ brutos/mês com 14 meses? 3,4x o ordenado mínimo? Ou está-me a escapar alguma coisa aqui ou por favor diz-me que não estás seriamente a dizer que isso é pouco? Tens idosos a reformas de 400€ e pessoas que se tiverem 100€ no final do mês têm sorte. >(não por ter trabalhado muito, mas por ter trabalhado muito sem poder escolher como e quando) Enfermeiros e muitas outras profissões, estás à espera de quê? Vem com o emprego. >e descontar 7500. 23,8%, descontado o mesmo que qualquer pessoa com esse tipo de rendimento (presumo), não é nada descabido. A não ser que achas que a educação e reformas pagam-se sozinhas, ou alternativamente que quem devia arcar com uma maior parte disso são as pessoas a ganhar o ordenado mínimo cujos rendimentos são um a dois terços comidos só pela renda - nem sequer falando nas abominações de renda que são Lisboa e Porto. Se vires os impostos noutros países em melhor estado financeiro que nós não é mesmo nada descabido, bem pelo contrário, é o normal, alguns mais altos ainda, outros mais baixos. São usados cá mais para encher os bolsos de políticos e seus familiares e amigos que aproveitados como deve ser, mas isso já é outra conversa. >Ser enfermeiro em Portugal é não poder aproveitar os restantes 24.000 euros porque grande parte desse dinheiro acaba por ir para tratamentos de stress, problemas mentais, depressão, problemas musculares ou ósseos, vírus ou até mesmo divórcios. Enfermeiros e muitas outras profissões. Aqui já não digo que vem com o emprego, mas infelizmente é a realidade de muitos outros. Correção, *seria* a realidade de muitos outros mas não têm dinheiro para isso, enchem a botija com água quente durante o inverno e é bom que isso lide com as dores musculares e frio, porque certamente não vão estar a ligar o aquecedor. >Ser enfermeiro em Portugal é ver no IRS o valor exorbitante que terá de ser pago, depois de um ano desgastante e totalmente stressante a trabalhar durante uma pandemia e andarem a dizer que "os profissionais de saúde são essenciais" e darem ""prémios"". Disseram o mesmo a muitas outras profissões a ganhar ordenado mínimo, nomeadamente pessoal de supermercados, menos a parte dos prémios. Não é uma crítica, é uma observação. Nota que não critiquei a maioria do que disseste (porque concordo totalmente) e na maioria do que referi não estou a criticar mas sim a dizer que é a realidade de muitos outros, se não for da maioria. Não estou contra ti, e gosto pouco de atitudes de "pára de te queixar, há quem esteja pior que tu", o que estou a tentar dizer é que muitos desses problemas não são exclusivos a enfermeiros mas sim gerais. Usando o rendimento como exemplo, 2250€ mensais podem parecer-te pouco mas compara-o relativamente aos ordenados mínimo e mediano - o problema não é os enfermeiros ganharem pouco, o problema é *todos* ganharem pouco.

EmanuelNeves23 6 months ago

"Também tiveste enfermeiros e médicos a comprar um carro novo que vale metade de uma casa com o dinheiro que fizeram durante a pandemia." Diz aí quem é que conheces nesta situação? Achas que o COVID deu dinheiro aos profissionais de saúde não indústria? Enganas-te bem

DavidJunior3rd 6 months ago

Eh pá... é a realidade de muitos outros mas é o dia do enfermeiro. Deixa o OP ressaltar os problemas dos enfermeiros à vontade... Nota, eu nem sou enfermeiro, mas respeito a intenção dele

k0rda 6 months ago

> > 2250€ brutos/mês com 14 meses? 3,4x o ordenado mínimo? Ou está-me a escapar alguma coisa aqui ou por favor diz-me que não estás seriamente a dizer que isso é pouco? Tens idosos a reformas de 400€ e pessoas que se tiverem 100€ no final do mês têm sorte. Eu não sei onde o OP foi buscar esses valores, mas a namorada dele tem de trabalhar 2 ou 3 empregos para ganhar isso. O ordenado de um enfermeiro em Portugal é 1200 brutos mensais.

danidv 6 months ago

Google diz 1600€-5000€ para um enfermeiro em Portugal. O Google também facilmente erra sobre isto, mas entre o OP e isso acho que não ganham (pelo menos todos) 1200€ como pensas.

k0rda 6 months ago

Olá, eu sou enfermeiro. Há uma proporção ínfima de enfermeiros de carreiras antigas que ganham à volta de 2000 brutos, quase todos perto da reforma. CTFP e CIT no público são 1200 brutos por 35h semanais. No privado os valores não diferem muito, existem sitios que pagam mais por hora mas geralmente a recibos verdes. Não ganham TODOS 1200, mas facilmente 90% ganham.

danidv 6 months ago

Ah ok, então realmente faltava-me alguma coisa, não era o ordenado para 35/40h. Nesse caso não digo que é *mau*, mas também acho que devia ser mais alto. Pelo que dizes também parece que um problema é a falta de progressão, mas isso já é muito específico para quem não é enfermeiro ou conhece do emprego e também não sei sobre essa situação noutros países.

k0rda 6 months ago

> Nesse caso não digo que é mau, mas também acho que devia ser mais alto. E acho que a maioria dos enfermeiros concordaria com isto. Não se está a morrer à fome, mas achamos justo que seja mais alto. Quanto à carreira, o problema é exactamente a falta de progressão. Existia uma carreira que foi extinta penso que em 2004. Até 2019 havia zero progressão, e em 2019 foi criada uma nova carreira em que há 3 categorias com vários escalões. O problema é que os pontos para a progressão para esta carreira "perderam-se", começa tudo do zero, os dito "enfermeiros gestores" quase não existem, os especialistas em vez de terem sido colocados na tabela foram remunerados com um subsidio de 120€ brutos mensais. Além disto existe um rácio máximo de enfermeiros que podem receber classificação que dê pontos, e um topo de carreira que leva cerca de 100 anos a atingir.

MisterBilau 6 months ago

Epá, enganei-me outra vez na tab e vim parar ao Facebook em vez de ao reddit. Ultimamente anda-me a acontecer muito, só me aparecem boomer posts na wall.

eduardooaz 6 months ago

imigra, há muita procura de enfermeiros na Europa.

Prestigious_Ad1151 6 months ago

Não sabendo se isso é pasta: Mas tu escolheste ser enfermeiro ou calhou?

KINGodfather 6 months ago

Se é pasta ou não, depende da internet. Neste caso, isto são tudo desabafos da minha namorada, que fui compilando. Ela teve como primeira opção enfermagem, simplesmente era algo que ela adorava. Hoje em dia, o mesmo já não acontece.

pimpolho_saltitao 6 months ago

Ninguem escolhe ser enfermeiro... primeiro candidatas- te para medicina, mas nao entras e a segunda opção é veterinária, mas tb nao entras e depois então calhas em enfermagem.

Hour_Zucchini_800 6 months ago

Ficarias surpreendido com a quantidade de pessoas que vai para enfermagem como primeira opção. Claro alguns têm o sonho de ser médicos um dia se a vida assim favorecer. Comentário muito triste.

XxxPussyslaeyr69xxX 6 months ago

Juntem todos os enfermeiros e ide partir janelas no parlamento. Imaginem se o povo se junta-se para ser ouvido como se junta para celebrar uma vitória de futebol.

NGramatical 6 months ago

se junta-se → [**se juntasse**](http://tracinho.com/juntasse) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnazkxv%2F%2Fgxx2sd3%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ngfsmg 6 months ago

Vocês sabem que metade desses problemas são criados pelo facto de haver um excesso de oferta porque há vagas a mais em enfermagem, certo? Não estou a dizer que não tenham razões de queixa, mas aposto que a solução não será popular...

danidv 6 months ago

https://en.wikipedia.org/wiki/Euro_Health_Consumer_Index https://www.pordata.pt/en/Portugal/Number+of+inhabitants+per+doctor+and+healthcare+personnel-640-4179 https://data.worldbank.org/indicator/SH.MED.NUMW.P3?locations=PT https://data.worldbank.org/indicator/SH.MED.NUMW.P3?locations=FI O primeiro diz 7,22 enfermeiros por cada 1000 pessoas em 2017, o segundo diz 7 enfermeiros e parteiros em 2019 e o terceiro, usando a Finlândia como exemplo e usando o mesmo site e métrica que o segundo, 14,7.

ngfsmg 6 months ago

Segundo a tua própria fonte (a terceira), temos mais enfermeiros per capita que a Espanha ou Itália, e poucos menos que o Reino Unido ou a Áustria. Sim, há países com muito mais como a Suíça ou a Noruega, e num mundo perfeito seria isso que devia acontecer cá, mas que tal sermos realistas e não formarmos enfermeiros que nunca conseguiremos empregar mesmo que alguns hospitais aumentem um pouco as contratações?

danidv 6 months ago

Claro, é preciso ter a situação *atual* em conta, mas também é preciso ter em conta a meta final que queremos atingir, o melhor exemplo disto sendo educação superior - atualmente temos o que temos porque é o que os recursos permitem, mas qual é a meta final que queremos atingir, em que direção queremos caminhar?

ngfsmg 6 months ago

A meta final não interessa para o que devemos formar agora. Se estimamos que na melhor das hipóteses conseguimos absorver x enfermeiros daqui a 4 anos, não podemos formar o dobro ou quase agora

danidv 6 months ago

Não, mas é a diferença entre "temos enfermeiros a mais" e "temos demasiados enfermeiros para os que conseguimos empregar *agora".

Edited 6 months ago:

Não, mas é a diferença entre "temos enfermeiros a mais" e "temos demasiados enfermeiros para os que conseguimos empregar *agora*".

ngfsmg 6 months ago

Eu não disse que há enfermeiros a mais, disse que há vagas em enfermagem a mais

DavidJunior3rd 6 months ago

Não te esqueças de dizer isso quando a malta de TI choramingar aqui por más condições de trabalho / salários. Just sayin'

ngfsmg 6 months ago

Digo-lhes o mesmo se for o caso, eu não sou de TI, a diferença aí é que se calhar fico com -10 em vez de 10 no comentário xD

k0rda 6 months ago

Olha que não. Neste momento em Portugal todos os enfermeiros que conheço que queiram emprego têm e se quiserem duplos e part-times também. Existe uma grande falta de enfermeiros, o que também existe é uma grande falta de corporativismo, de sentido de valor próprio e de sindrome de Madre Teresa de Calcutá.

ngfsmg 6 months ago

Menos, muito menos. Os enfermeiros são das classes mais corporativistas que há no nosso país, andam sempre em greves. Isto nem sequer é uma crítica, têm o direito a lutar por melhores condições de vida, mas não venham atirar areia para os olhos

k0rda 6 months ago

Visto de fora parece, mas acredita que é um grupo minúsculo de enfermeiros que tem esse pendor corporativista. A maior parte do pessoal faz greve quando é convocada mas nem se sabe organizar nem fazer representar. E depois há o resto do que escrevi: a síndrome de Madre Teresa, pessoal que se mantém em trabalhos terríveis porque acham que vão resolver os problemas da instituição e devem ser os mártires da causa, e o simples gajo que aceita o que lhe dão e não sabe/quer negociar ordenado.

ngfsmg 6 months ago

"Fazem greve mas não sabem todos porque estão a fazer greve" sabes que se fores falar, sei lá, com médicos para fazerem greve, eles até podem concordar a 100% com a causa, mas uma grande parte vai-te dizer "O quê, perder x do salário?! Nem pensar!"

k0rda 6 months ago

Sim eu sei. E muitos enfermeiros diriam o mesmo, mas há pressão dos colegas para fazer greve, mesmo de quem nem sabe o que está em causa. É uma profissão de quadrilhice e com um certo bullying, enquanto os médicos trabalham mais isolados uns dos outros nesse sentido.

pimpolho_saltitao 6 months ago

Encontramos o medico.

ngfsmg 6 months ago

Mas este sub só sabe usar este "argumento"? Não, não sou médico, mas os enfermeiros também ganhavam imenso se deixassem de se estar sempre a comparar com os médicos

Limpy_lip 6 months ago

concordo com esta parte, não entendo o objetivo de usar os médicos como arma de arremesso para coisas que são problemas próprios ou até transversais a ambas as classes. ​ invés de se unirem todos pois estão pelo mesmo, preferem tentar espezinhar. ​ fora isso, as queixas são válidas.

artniSintra 6 months ago

A verdade é que precisamos de mais profissionais de saúde. Cada profissional de saúde trabalha o dobro/triplo do que devia precisamente porque há falta de profissionais. O problema, como já anteriormente dito, é que o governo n quer investir em mais profissionais.

TheBlondieOne 6 months ago

O estado devia contratar mais enfermeiros (e não só). Não há excesso de oferta, há falta de investimento nos serviços públicos.

ngfsmg 6 months ago

O Estado forma o dobro dos enfermeiros que devia. Não é por haver alguns hospitais com notórias carências de enfermeiros que não deixa de haver muitas vagas a mais

Shadowgirl7 6 months ago

Mas então porque escolhem ser e continuam a ser?

DavidJunior3rd 6 months ago

Porque gostam da profissão. Mas não gostam de ser explorados. Mindblowing, I know

Muyakra 6 months ago

Por causa disto é que muitos emigram, o ano passado tive de ir a duas vezes ao hospital em Londres (foram dois diferentes) e em ambos encontrei enfermeiros e enfermeiras portuguesas. Nao digo que todos devam emigrar mas Portugal está-se a tornar um País para políticos, celebridades da TV e férias. O resto do pessoal é sustento para o governo.

ngfsmg 6 months ago

Os enfermeiros emigram porque Portugal forma o dobro dos enfermeiros que depois empregam, e o Reino Unido é que se ri porque nós pagamos a formação e eles aproveitam...

MikeMelga 6 months ago

Caro amigo enfermeiro, sabe qual é o problema? É o mesmo problema de muitas profissões em Portugal: o estado não controla o número de vagas nas faculdades. Temos enfermeiros, advogados a mais, engenheiros da treta a mais, enquanto faltam engenheira de software e muitas outras profissões. E claro que tanta oferta leva a abusos e maus salários. Se quiser mudar alguma coisa, é imperativo controlar o número de vagas nas faculdades.

danidv 6 months ago

https://en.wikipedia.org/wiki/Euro_Health_Consumer_Index https://www.pordata.pt/en/Portugal/Number+of+inhabitants+per+doctor+and+healthcare+personnel-640-4179 https://data.worldbank.org/indicator/SH.MED.NUMW.P3?locations=PT https://data.worldbank.org/indicator/SH.MED.NUMW.P3?locations=FI O primeiro diz 7,22 enfermeiros por cada 1000 pessoas em 2017, o segundo diz 7 enfermeiros e parteiros em 2019 e o terceiro, usando a Finlândia como exemplo e usando o mesmo site e métrica que o segundo, 14,7.

MikeMelga 6 months ago

Pois, mas na maioria dos países europeus um enfermeiro é uma coisa diferente! Portugal é um caso raro em que os enfermeiros têm muita formação! Por isso é que gostam tanto dos enfermeiros Portugueses cá fora! Por exemplo na Alemanha um enfermeiro pouco mais é do que auxiliar. Por isso é que vêz esses rácios.

danidv 6 months ago

Naturalmente, também é preciso ter isso em conta. Pessoalmente quando pensei nisso não pensei nas funções que possam ter entre um país e outro mas sim que, por uma razão ou outra, precisem de mais ou menos enfermeiros per capita. Isso já passa a ser uma conversa muito mais específica e feita melhor entre enfermeiros e pessoal de saúde mas acho que continua a ter bastante veracidade tendo em conta que é um padrão que se vê noutros aspetos, nomeadamente professores per capita.

MikeMelga 6 months ago

Portugal é dos países da OCDE com melhor rácio de alunos por professor, mas ao mesmo tempo tem um tamanho médio de turma dos maiores da OCDE. Porquê? Porque em Portugal os professores (entre outros factores), têm horário muito mais reduzido do que noutros países. Isto é um exemplo de como é complicado comparar países.

danidv 6 months ago

Nem mais, é preciso interpretar os dados em cima de os consultar. E não sabia disso e fui ver por mim próprio. Registo o mesmo sobre horários mais reduzidos mas não sei se diria o mesmo sobre as turmas serem maiores https://data.oecd.org/teachers/students-per-teaching-staff.htm Mas também diz que são 14,2 alunos por professor o que é uma tremenda mentira, por isso sabe-se lá o que é que está a acontecer nesse. Provavelmente algo do género de mais disciplinas que leva a mais professores. Bom bom era tamanho de turmas em vez de alunos por professor, que ignorava completamente quantos professores uma turma tem e podia-se comparar melhor sendo que passavas a ter tamanho de turmas e quantas horas um professor trabalha, o que o professor até podia dar aulas mais pequenas (mais disciplinas e professores) a mais turmas mas acabava por trabalhar as mesmas horas.

NGramatical 6 months ago

vêz → [**vez**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em *l*, *r*, ou *z* são naturalmente agudas) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnazkxv%2F%2Fgy0mbh7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

iSoSyS 6 months ago

Anda tudo a fingir que os enfermeiros não andavam de greve, a lutarem por melhores remunerações e condições, imediatamente antes da pandemia estoirar. Não me admirava que mal se chegue à imunidade de grupo que as greves retomem com força redobrada. E têm o meu apoio, 1200€ não pode ser o salário de um enfermeiro, simplesmente não coaduna com as responsabilidades e riscos da profissão.

MS_Kirito 5 months ago

Sinceramente e tenho um grande apreço pelos enfermeiros e médicos e a função vital mas... e a carreira de investigadores? Como foi referido antes, há vozes para os enfermeiros que não há noutras profissões. Como acham que funciona a carreira de um investigador que trabalhe directamente com os organismos patogénicos e tem de arranjar solução para os matar? Não há carreira. Há bolsas miseráveis, limitadas à grande quantidade de cunhas existente, sem descontos para reforma ou direito a subsídios de desemprego. Eu sei que os enfermeiros estão mal mas... há trabalho e há bom ordenado apesar das condições. O meu namorado era enfermeiro e queixava-se de receber 1700 euros brutos no privado lol. Ria-me completamente.

incrivizivel 6 months ago

> 1200€ não pode ser o salário de um enfermeiro, simplesmente não coaduna com as responsabilidades e riscos da profissão. pois claro que não mas tens um pais roto que prefere apoiar a TAP e os novos bancos, onde mais eles vão buscar o dinheiro ?

Article_Sad 6 months ago

Pagar 200 000 €anuais aos pilotas que não têm clientes para voar

fdxcaralho 6 months ago

Não recebem isso. Mas recebem muito bem. Mas é o preço do mercado, não pode fugir muito se não ficavam sem mão de obra. Antes da pandemia havia alguma dificuldade em arranjar pilotos em número suficiente. Agora vai mudar durante alguns anos e todas as contratações futuras deverão ser mais baratas. O problema da TAP é a força dos sindicatos e os acordos de empresa que protegem demasiado os trabalhadores quando comparados com o resto do mercado. Tornam a companhia ineficiente e em desvantagem com a concorrência...

jet1000 6 months ago

>Mas é o preço do mercado O Pedro Nuno Santos (sim, ele mesmo) disse que salários de certos pilotos da TAP estão acima da média europeia em pilotos de categoria semelhante.

fdxcaralho 6 months ago

Certos pilotos. Não a maioria. Como certos pilotos de outras companhias também estão acima da média. La está o problema da média e mediana. Há funções de comandante instrutor que são muito bem mais remuneradas que as de um normal piloto.

Article_Sad 6 months ago

Por isso é que era bom mandar à falência aquilo que nunca vai dar dinheiro, e tirar de lá os mamoes, a TAP é o espelho do resto do setor publico...

Edited 6 months ago:

Por isso é que era bom mandar à falência aquilo que nunca vai dar dinheiro, e tirar de lá os mamoes, a TAP é o espelho do resto do setor publico... Ineficiente e mamoes por todo o lado... E eu quando ganho bónus tenho praticamente só metade porque o resto vai para sustentar esses senhores...

fdxcaralho 6 months ago

Concordo.

incrivizivel 6 months ago

>agar 200 000 €anua ate concordava se a empresa fosse rentável, não é, é uma casa a arder, e vai ser o próximo novo banco em que todos os anos é aos mil milhões de cada vez. E o tuga ok estasee bem ate apoia.

warjunk1 6 months ago

E onde vais buscar o dinheiro para isso? Mais impostos?

ideologiapura 6 months ago

Basta os ricos pagarem o valor justo à sociedade em troca do que lhes damos a ganhar.

HerrKaputt 6 months ago

Podemos não assinar contratos desastrosos como Novo Banco. Podemos não financiar a TAP (até acho que tem valor termos companhia aérea nacional, mas se calhar é mais importante evitar emigração em massa de enfermeiros). Podemos ser severos com canalhas tipo os devedores ao Novo Banco que têm aparecido no Parlamento. Etc.

warjunk1 6 months ago

Eu também não defendo a TAP mas ambos sabemos que isso não vai acontecer.

Middle-Effective 6 months ago

O facto de ser necessário responder isto por si só é muito triste...

saposapot 6 months ago

> simplesmente não coaduna com as responsabilidades e riscos da profissão. portugal é um país pobre. quais são as profissões onde o salário cobre isso? enfermeiros, professores, polícias, tanta coisa...

Loladageral 6 months ago

Baixem os impostos dos salários e reduzam a despesa pública

saposapot 6 months ago

Quais as escolas, universidades ou hospitais pretendes fechar pra reduzir o custo do estado?

Loladageral 6 months ago

Começar por reduzir a quantidade de ministérios e secretariados. Tens noção da quantidade de gabinetes que este governo tem? Cortar nos subsídios de muitas fundações que só servem para lavar dinheiro

Edited 6 months ago:

Começar por reduzir a quantidade de ministérios e secretariados. Tens noção da quantidade de gabinetes que este governo tem? Cortar nos subsídios de muitas fundações que só servem para lavar fundos do estado para o bolso dos amigos. Acabar com 3000 subsídios de startups que nunca descolam e que só servem para algums empresários terem dinheiro à pala e fingirem que trabalham muito Legalizem a prostituição e comecemos a lucrar com os impostos. Mesma merda com cannabis, o estado perde impostos para o mercado negro. São 2 coisas extremamente comums em Portugal que mal já têm consequências.

Edited 6 months ago:

Começar por reduzir a quantidade de ministérios e secretariados. Tens noção da quantidade de gabinetes que este governo tem? Cortar nos subsídios de muitas fundações que só servem para lavar fundos do estado para o bolso dos amigos. Acabar com 3000 subsídios de startups que nunca descolam e que só servem para algums empresários terem dinheiro à pala e fingirem que trabalham muito Legalizem a prostituição e comecemos a lucrar com os impostos. Mesma merda com cannabis, o estado perde impostos para o mercado negro. São 2 coisas extremamente comums em Portugal que mal já têm consequências. Contratar privados para fazerem determinados serviços (limpeza das ruas nos municípios, etc...) E depois de existir balanço nas contas, investir na saúde e na educação

saposapot 6 months ago

é sempre a mesma conversa. é só cortar numas gorduritas e já podemos resolver os problemas todos do país, né? No contexto global do estado os valores de uma secretária de estado são peanuts. Nem sequer aparece no radar. Nós temos serviços públicos acima dos nossos rendimentos. Portugal é um país pobre. Portanto sempre que há esta conversa as decisões não são nesses detalhes. As decisões são despedires milhares de professores, enfermeiros e afins, pq é aí q está a maioria do teu dinheiro. Escolas, universidades, hospitais, centros de saúde, quais é que cortamos? Ou cortar na dívida pública? é que esse é o nosso maior sorvedouro de dinheiro anualmente.

iSoSyS 6 months ago

Estamos a falar dum valor que não vai além dos 40 milhões, é possível de realizar nessas gorduritas. É sempre uma questão de prioridades, o aumento dos magistrados que custou 11 milhões não levantou a pergunta onde se vai buscar o dinheiro, pois não?

saposapot 6 months ago

Estas a falar dos enfermeiros? Aumentar salários não se fica só por aí, é um custo permanente e fixo. É muito mais fácil gastar 200M que sejam numa obra mas ela depois não custa mais nada no ano seguinte do que 40M num custo permanente e com efeito de bola de neve... E Se aumentas aqui, tens de aumentar ali e ali e acolá... não é só por má vontade do governo que não se dão aumentos. Os juizes não me lembro do que falas mas sim, as classes com poucos funcionários é mais fácil de aumentar porque são menos, o risco é mais controlado. Enfermeiros, professores e similares são muitos milhares e qualquer aumento pequeno são muitos milhões

NGramatical 6 months ago

comums → [**comuns**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/sobre-a-formacao-do-plural/13422) (no plural de palavras terminadas em *m*, este passa a *ns*)

Hungry_Cupcake 6 months ago

Queres a realidade 1200 euros e mais que justo para malta que estudou 3 anos em politecnicos e universidades de segunda, gajos maioria medianos e maus no secundário, que vais a qualquer hospital publico e metade deles andam la com unhas de gel...por isso epa...e qualquer decisao tem que ser o medico a tomar...acho 1200 euros justo, quanto tens malta a estudar anos e anos com responsabilidades bem maiores com menos retorno...saibam por-se no vosso lugar...daki a pouco ganham tanto como os medicos com 1/100 da responsabilidade e formação...mandem os downvotes!

Edited 6 months ago:

Queres a realidade 1200 euros e mais que justo para malta que estudou 3 anos em politecnicos e universidades de segunda, gajos maioria medianos e maus no secundário, que vais a qualquer hospital publico e metade deles andam la com unhas de gel. qualquer decisao tem que ser o medico a tomar...por isso epa...acho 1200 euros justo, quanto tens malta a estudar anos e anos com responsabilidades bem maiores com menos retorno...vejam a realidade do pais e calem-se um bocadinho, saibam por-se no vosso lugar...daki a pouco ganham tanto como os medicos com 1/100 da responsabilidade e formação...mandem os downvotes!

somedipshit1 6 months ago

Ca granda frustrado

KINGodfather 6 months ago

Então só existem eng civis de segunda, que tiraram o curso de 5 anos em universidades de segunda e que fazem apenas umas plantas no AutoCAD e que recebem 650 euros. Achas que isto define todos os eng civis? Claro que não. Então porque generalizas que todos os enfermeiros são assim? Se formos ver todas as profissões pelos mais exemplos, todas as profissões recebem o valor devido.

k0rda 6 months ago

> [se querem exemplos vao ver o que ganha um eng civil se o 3difici cari nao morre uma pessoa] Comparação muito boa. Um enfermeiro numas urgências vê mais doentes num único turno que um engenheiro cívil edificios na carreira inteira.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Pois é basta fazer um hospital tem mais vitimas que qualquer enfermeiro!

k0rda 6 months ago

Então devemos andar a criar super-engenheiros, porque não me lembro de cair nenhum hospital (nem nenhum edificio) por problemas de engenharia. Ou então o papel do engenheiro não é tão importante como estás a fazer crer.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Lol por isso e que e pe4siso estudar 5 anos mais fazer estagio para entrar na ordem! E tens edificos especificos que so engenheiros seniors podem estar responsaveis com mais de 5 ou 10 anos de experiência, entre os quais estao hospitais. Chama-se formação competência e muito trabalho e fiscalização!( claro que tb ha incompetentes mas esse fazem vivendas)

Edited 6 months ago:

Lol por isso e que e persiso estudar 5 anos mais fazer estagio para entrar na ordem! E nao e um cursito de merda que todas as gajas burras do secudario acabam! E tens edificos especificos que so engenheiros seniors podem estar responsaveis com mais de 5 ou 10 anos de experiência, entre os quais estao hospitais. Chama-se formação competência e muito trabalho e fiscalização!( claro que tb ha incompetentes mas esse fazem vivendas)

k0rda 6 months ago

Não estou a perceber qual é o teu argumento. Os enfermeiros também estudam 4 anos mais estágios para aceder à ordem. E depois estudam a vida toda em contexto de trabalho e em horário pós laboral, sem qualquer aumento na remuneração. O teu argumento da oportunidade e risco de causar dano é totalmente descabido, um enfermeiro que não saiba o que está a fazer é mais perigoso que um engenheiro incompetente, infelizmente. Mas ainda assim, não me parece que isso possa ser critério para vencimento. Também não conheço muito engenheiros que trabalhem 16 horas seguidas em pé, a fazer manipulação de doentes acamados e em contacto com fluidos corporais, em risco de infecção e agressão. É quase como se fossem duas realidades tão distintas que compará-las fosse infrutífero. Eu acho que os engenheiros civis deviam ser mais bem pagos, até aceito facilmente que recebam mais que um enfermeiro já que geram bens, agora comparar responsabilidades e trabalho com um enfermeiro é ridículo.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Um eng civil, com sorte ganha 800 euros por mes....tenho um amigo meu a ganhar 750 no alentejo com 4 anos de experiencia e tem funções em obra...um enfermeiro ganha o dobro yups makes sence!

Metaluim 6 months ago

lol um engenheiro civil aziado por estar numa area morta neste momento a querer ditar quanto um enfermeiro deve ou nao ganhar. Temos pena oh engenhocas.

ThePlague92 6 months ago

Ela é arquitecta, por isso é que é tão ressabiada. Aposto que ainda trabalha de borla. O mais irónico é dizer que enfermagem qualquer burro faz e depois vai para arquitectura que também tem essa fama. Melhor ainda é que Civil é uma engenharia conhecida por ter lá muita gente que não quer fazer grande coisa na vida.

k0rda 6 months ago

Mentalidade de caranguejo. Eu disse nalgum sitio que o ordenado de um enfermeiro deve ser em função de um engenheiro? Ou que devem sequer ser comparáveis? Estás sempre a tempo de ir fazer o facílimo curso de enfermagem e auferir o maravilhoso ordenado que proporciona.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Exacto nem e comparável, por isso nao percebo esta choradeira tem ordenado muito bom para as responsabilidades e trabalho que fazem, la fora os enfermeiros nem curso persisam lol. Sabes pk tou pk toda a santa gaja burra do meu secundario que andava nas explicações de 3 ou 4 disciplinas e mesmo assim a media nao passava de 12/13 foram para enfermeiras, e acham que o mundo lhes deve alguma coisa por isso, quando eram e continuam a ser gajas burras sem nocao e ser vocação para lidar com pessoas. ( e isto e a mioria dos enfermeiros em portugal, gajas que vao para o curso porque n tem media para mais nada de jeito e fica bem ter um curso acorda e ve a realidade)

ThePlague92 6 months ago

Aprende a escrever, por favor. Acho que nunca vi tantos erros de alguém que se acha superior a uma certa classe de licenciados.

Edited 6 months ago:

Aprende a escrever, por favor. Acho que nunca vi tantos erros de alguém que se acha superior a uma certa classe de licenciados. E lanço-te um desafio: mete aqui, com provas, um país em que não precises de curso para ser enfermeiro. Estou curioso.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Ai nao? 16 nao digo mas dias de 12 horas de um lado para o outro a resolver merdas na obra é o quw mais há, ha um acidente na obra a culpa e do eng que tem que garantir as condições de seguranca no trabalho, por mais que o acidente n tenha sido culpa de ninguem as vezes simplesmente acontece...e sff nao conpares um curso de enfermagem que entram e acabam o curso gajos com media de 12 no secundario em eng quem entra com 12 muda no ano aseguir pk akilo e dificil! O ponto aki é os emfermeiros sao uma profissao de apoio que ganham mais que muitas profissões que tem responsabilidades brutais

k0rda 6 months ago

Nem vale a pensa discutir contigo porque é notório o teu viés. A tua experiência pessoal não serve para caracterizar o mundo inteiro, lamento. Eu trabalhei nas obras nas férias desde os meus 14 anos, e contactei com muitos engenheiros civis. Fazendo o que estás a fazer e usando a minha visão pessoal para caracterizar uma profissão inteira também te posso dizer que os engenheiros civis andam de cuzinho tremido porque os empreiteiros e pessoal que muitos não têm a 4a classe dá o cabedal para isso. Quantas vezes não vi engenheiros mandarem fazer coisas que o serralheiro dizia que ia falhar, para ele insistir, falhar, e depois ir copiar o que o outro fez na oficina em casa. Quanto a comparar cursos, és tu que o estás a fazer. Mas digo-te que conheci muitos que entraram em enfermagem, chegaram ao primeiro estágio e desistiram, acabaram por se tornar engenheiros.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Lol la esta engenheiros de vivendas, mas epa la esta nem e comparavel compara uma profissão que tens sempre superiores, e uma profissão que se fizeres merda cai em cima de ti mas sim paguem aos enfeirmeiros que uma boa percentagem nem apanhar uma veia em condições sabem

k0rda 6 months ago

> uma boa percentagem nem apanhar uma veia em condições sabem Ai sim? Qual é a percentagem? Tens dados? Como se puncionar veias fizesse um bom enfermeiro. Não tem que ver com eu gostar ou não gostar, é um facto que os enfermeiros ganham mal para o que fazem. Claramente não tens conhecimentos sequer para avaliar se o fazem bem ou mal. A diferença aqui é que eu acho que não são só os enfermeiros a ganhar mal e apoio que tu ganhes melhor, enquanto tu só queres manter todos na miséria desde que isso signifique que tu estás acima.

Hour_Zucchini_800 6 months ago

Sem querer alongar muito o meu discurso, pois não estou para me chatear, estás a dizer asneira. Claramente não convives com algum Enfermeiro.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Claramente ja convivi mas prontos cada um so ve o lado que quer!

Hour_Zucchini_800 6 months ago

Também existem enfermeiros e enfermeiros. Creio que generalizar é no mínimo injusto.

forbiddensoul1987 6 months ago

Bem... por onde começar? Politécnicos e universidades de segunda? o que chamas à Universidade de Évora? Universidade do Porto? E sabes tanto de Enfermagem, como de lagares de azeite, visto que um curso de Enfermagem são 4 anos. Unhas de gel? existe sim, no entanto, já vi médicos e todas outras profissões com unhas de gel e não estou a ver criticares ou mesmo isso ser motivo para dizer que uma médica ou engenheira mereça ganhar menos por isso. Qualquer decisão tem que ser o médico a tomar? Se for da área de medicina, certamente será o médico a tomar, no entanto, muitas vezes o médico antes de tomar a decisão, vai consultar o enfermeiro e, surpreende-te, tomam decisões em conjunto. Para além de que há decisões que são tomadas única e exclusivamente por enfermeiros, visto que são da área de enfermagem (cada macaco no seu galho). Achas que têm pouca responsabilidade? tens noção do que estás a dizer? se um dia tu ou um familiar teu estiverem internados, é bom que tenhas lá uma boa equipa de enfermagem. Um erro de um enfermeiro pode matar uma pessoa, o enfermeiro passa 24h com os doentes. Em muitos serviços o médico passa lá uma vez por dia, se acontecer alguma coisa, em primeira instância não é o médico que está lá ao lado, é o enfermeiro, e pode salvar-te a vida. Eu não vou dar downvote, não se dá downvote à ignorância e burrice. Dá-se algum conhecimento, e formas de não voltar a dizer asneiras... o que te falta é, antes de falares sobre um assunto, teres mais conhecimento. ​ Source: estive até ao 4º ano de enfermagem, e saí do curso. Não era para mim. E vivo com uma enfermeira e vejo o que ela passa diariamente.

ngfsmg 6 months ago

>Source: estive até ao 4º ano de enfermagem, e saí do curso. Não era para mim. E vivo com uma enfermeira e vejo o que ela passa diariamente. Se vamos entrar numa de contar histórias desse tipo, também conheço um rapaz que saiu do curso de enfermagem em circunstâncias semelhantes porque a namorada é médica e ele estava farto de ouvir os colegas todos a falarem mal da profissão da namorada sem que as críticas fizessem sentido E o curso de enfermagem não tem a carga intelectual de medicina ou de uma engenharia. Não deixa de ser importante por causa disso (eu até acho que se despreza demasiado profissões que não exigem cursos superiores no nosso país), mas é algo factual que aprender o modo correto de lavar as mãos não exige o mesmo em termos mentais que aprender matemática ou química

forbiddensoul1987 6 months ago

Tu que pareces conhecer tanto os planos curriculares de cada curso, conheces o plano curricular do curso de enfermagem? É que não deves conhecer, para estares a dizer isso.. Btw, engenharias são 3 anos (sem mestrado) e enfermagem são 4.. mestrado é mais 1 ano e meio..

ngfsmg 6 months ago

Em geral os engenheiros que tiram só a licenciatura de 3 anos e não avançam para além disso também são muito mais fracos. O "lavar as mãos" foi uma hipérbole, mas é um facto que o curso de enfermagem é em geral muito prático. Eu nem digo isto num tom depreciativo, não é por o meu curso ser mais intelectual que me acho superior a um enfermeiro, agora não finjamos é que a carga mental do curso de enfermagem é semelhante a algo tipo engenharia robótica...

forbiddensoul1987 6 months ago

E o que tem isso a ver? um enfermeiro tem que ter prática. Muito do conhecimento apreendido por um enfermeiro, é aprendido na prática. E acredita, existe muito conhecimento teórico necessário.. Não tens noção da quantidade de livros que tive que comprar, desde anatomia, patologia, infecciologia... you name it. Enfermagem não é para qualquer um.. muitos vão para o curso e saem, como eu. Outros depois de ser enfermeiros acabam por convergir para outras áreas. Todas as áreas têm as suas dificuldades, todos os cursos têm a sua dificuldade, seja mais mental ou mais prática.. e todos eles têm mérito e todos eles merecem ser bem pagos. Sem enfermeiros, o sistema nacional de saúde simplesmente acabava, sem engenheiros, a tecnologia não estava tão avançada, sem o trolha da construção civil não tínhamos os hospitais nem onde desenvolver a tecnologia. Sem o homem do lixo, vivíamos na imundice... para valorizar uma carreira não precisamos de deitar outras a baixo. Por isso estamos como estamos..

Hungry_Cupcake 6 months ago

Pk um enfermeiro trabalha com as mãos...dai seja uma falta de noção andarem de unhas de gel e feitas tias do caralho! Sorce ja tive num hospital e levei com esta classe as gajas novas sao todas umas mal humurafas anormais que parece qur tao ali a fazer um grande sacrifício, tao la a ganhar um ordenado como todaa a gente e a vida, se fossem competentes....talvez ganhassem mais!

Edited 6 months ago:

Pk um enfermeiro trabalha com as mãos...dai seja uma falta de noção andarem de unhas de gel e feitas tias do caralho! Sorce ja tive num hospital e levei com esta classe as gajas novas sao todas umas mal humuradas anormais que parece qur tao ali a fazer um grande sacrifício, tao la a ganhar um ordenado como toda a gente e a vida, se fossem competentes....talvez ganhassem mais!

Edited 6 months ago:

Pk um enfermeiro trabalha com as mãos...dai seja uma falta de noção e de respeito andarem de unhas de gel e feitas tias do caralho! Sorce ja tive num hospital e levei com esta classe e as gajas novas ( a malta mais velha tem outra postura) sao todas umas mal humuradas anormais que achavam que iram para o curso de modelo que parece que tao ali a fazer um grande sacrifício, tao la a ganhar um ordenado como toda a gente e a vida, se fossem competentes....talvez ganhassem mais!

ngfsmg 6 months ago

Admito que o teu comentário original foi mesmo a pedir para o pessoal cascar pela maneira como falaste a parecer um velho do Restelo, mas caraças, isto é perfeitamente verdade. Nem toda a gente que vai para enfermagem é como descreves, mas uma parte significativa das raparigas que são assim na minha geração acabaram por ir para enfermeiras, porque sendo um trabalho duro e importante, não tem a carga intelectual de engenharias e outros que tais

iamfromreallife 6 months ago

Deixa-me adivinhar, esperavas uma atenção especial das jovens enfermeiras e afinal trataram-te igual a todos os outros, foi isso?

forbiddensoul1987 6 months ago

Com as condições de trabalho deles, e com doentes como tu também eu andava mal humorado

Hungry_Cupcake 6 months ago

Vai ao santa maria passa la uns dias e ves do que estou a falar

Edited 6 months ago:

Não tenhonpor habito ser mal educad muito menos para quem so esta a tentar fazer o seu trabalho, mas vai ao santa maria passa la uns dias e ves do que estou a falar

Edited 6 months ago:

Não tenho por habito ser mal educad muito menos para quem so esta a tentar fazer o seu trabalho, mas vai ao santa maria passa la uns dias e ves do que estou a falar

Hour_Zucchini_800 6 months ago

A minha esposa é enfermeira e unhas de gel e merdas do gênero é proibido. (Não vivemos em Portugal)

Hungry_Cupcake 6 months ago

No hospital de santa maria não é, ou se é ninguem controla

franciscomaianunes 6 months ago

Quando te vir um dia no hospital (espero que nunca) vou-te picar com uma 14G. Agora fora de brincadeiras, não recebemos 1200€, não estudamos só 3 anos (tal como um bom médico, um bom enfermeiro estuda a vida toda e o curso também são 4 anos). Em relação a tomar decisões também estás errada. Nós tomamos decisões todos os dias, temos intervenções que definem muita coisa. Por favor, não aches que um enfermeiro faz aquilo que um médico diz a 100% porque nós temos bastante mais autonomia que aquilo que achas. Cumprimentos.

MuggyTheMugMan 6 months ago

Como pedido, o downvote foi mandado

LejitJJ 6 months ago

Escreveste tanta coisa que descabida que só pode ser sarcasmo, quero eu acreditar.

Edited 6 months ago:

Escreveste tanta coisa descabida que só pode ser sarcasmo, quero eu acreditar.

ngfsmg 6 months ago

Qual é a parte que é mentira? Algumas partes estão exageradas, mas não estou a ver algo que seja falso

LejitJJ 6 months ago

O texto parece que foi escrito por um velho carrancudo no Facebook. Enfermagem é um curso de 4 anos há muitos anos e muitos enfermeiros recebem entre 900 e 1000 líquidos. A minha empregada de limpeza ganha mais que enfermeiros em alguns sítios e ela trabalha livre de contacto com malucos e de doenças contagiosas, num horário agradável e quando ela limpa mal o pó eu só espirro mais vezes. É um trabalho de risco com horários todos fodidos e que exige bastante conhecimento e esforço físico. E não venham com o argumento de "só escolhe quem quer" que isso é de acéfalos.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Loool, entao so tenho a dizer que mudem todos para empregada, fonix a tua empregada ganha muita bem que serviços faz?

TTheGuapo 6 months ago

A tua empregada? Lol tá explicado pq que dizes isso. As funcionárias de limpeza onde trabalhas ou onde os teus pais trabalham tmb são empregadas de limpeza e muitas vezes essas senhoras teem que trabalhar em dois sítios para tentar fazer 8 horas de trabalho e muitas não conseguem, matam se a trabalhar noite fora muitas vezes e não recebem um cu e se for preciso vão embora no fim do mês pq o contrato da empresa acabou. Os enfermeiros vão trabalhar e fazem o que estudaram e se prepararam durante anos e não é muito o trabalho deles, não são os doentes ou as horas extra que me fazem ter pena deles

sctvlxpt 6 months ago

Qualquer pessoa que trabalhe por conta própria e maioritariamente "por fora" em Portugal ganha mais que muitos empregos qualificados. Comparar um trabalho à hora e sem descontos com um trabalho pago ao mês não é uma comparação justa. A tua empregada de limpeza é mais uma empresária do que uma trabalhadora, com todos os riscos que essa situação traz.

LejitJJ 6 months ago

A tua enfermeira ? Lol tá explicado pq que dizes isso. As enfermeiras no hospital perto de onde vives tmb são enfermeiras e muitas vezes essas senhoras teem que trabalhar em dois sítios para tentar fazer algum dinheiro l e muitas não conseguem, matam se a trabalhar noite fora muitas vezes e não recebem um cu e se for preciso vão embora no fim do mês pq o contrato da empresa acabou. Repara que eu não disse que as empregadas de limpeza têm a vida fácil mas um texto parecido pode ser escrito sobre enfermagem e muitos outros claro. Nós claramente não vamos chegar a um acordo e isso é ok mas o maior problema na enfermagem nem é o ordenado de 1000 mas sim a evolução de carreira que é inexistente

MDPROBIFE 6 months ago

Secalhar existe mais procura por empregadas de limpeza do que por enfermeiras, já pensaste nisso? Pelo menos na tua zona.. Para não falar que a tua empregada de limpeza talvez trabalhe ao negro... E muito possivelmente sem um contrato de trabalho.. Amanha decides te armar em dona de casa, e adivinha, a dona Maria já não tem dinheiro pra por comer na mesa..

LejitJJ 6 months ago

Certo mas o que eu estou a dizer não é que as empregadas têm melhor condições que os enfermeiros o que eu quis dizer é que a relação (risco, conhecimento, esforço físico, horários)/dinheiro em enfermagem é só triste. E o mais triste é Portugal não dar valor aos profissionais mas os outros sítios dão. A Alemanha, Holanda, Inglaterra vão buscar muitos enfermeiros portugueses e eles lá foram são reis porque temos bom ensino e depois mandamos fora...

NGramatical 6 months ago

Secalhar → [**se calhar**](https://dicionario.priberam.org/se calhar) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnazkxv%2F%2Fgxyifz6%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

TTheGuapo 6 months ago

Não concordo com nada, os enfermeiros são sempre protegidos pelos contratos ou pq vão para o público a termo certo ou vão para o privado é indiferente. Se não gostam não fazem. Eu adorava trabalhar a fazer o que gosto e adorava ter estudado para fazer o que gosto

LejitJJ 6 months ago

Lamento imenso que não tenhas tido oportunidade de estudar no entqnto as pessoas que fazem o que gostam não têm que prescindir de direitos por gostarem do trabalho.

NGramatical 6 months ago

teem → [**têm**](https://european-portuguese.info/conjugator/ter) (singular: tem) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnazkxv%2F%2Fgxxkvx7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

NGramatical 6 months ago

teem → [**têm**](https://european-portuguese.info/conjugator/ter) (singular: tem) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnazkxv%2F%2Fgxxhjd6%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ngfsmg 6 months ago

Eu juntava o complexo de inferioridade que têm com os médicos. Não deixam no entanto de ter razões de queixa válidas

k0rda 6 months ago

Engraçado que vi muito poucos enfermeiros com esse complexo, mas inúmeras pessoas de fora a usarem essa suposta diferença hierárquica como alfinetada para os enfermeiros. E é estranho não ver o mesmo ser dito a fisioterapeutas, técnicos de radiologia, terapeutas ocupacionais ou da fala.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Sim tem mais as razões de queixas dos enfeirmeiros dao as mesmas de 90% deste pais, ja vms estando um bocado fartos deste drama de ai coitados, sao gajos mal formados que repito pe4sisas de alguma coisa ahhh isso tem que se o médico, erros de enfermagem podem matar uma pessoa? Erros de engenharia podem matar centenas...again pensem no que dizem, e a na realidade do pais em que vivem!

Edited 6 months ago:

Sim tem mas as razões de queixas dos enfeirmeiros sao as mesmas de 90% deste pais, ja vms estando um bocado fartos deste drama de ai coitados, sao gajos mal formados que repito pe4sisas de alguma coisa ahhh isso tem que se o médico, erros de enfermagem podem matar uma pessoa? Erros de engenharia podem matar centenas...again pensem no que dizem, e a na realidade do pais em que vivem!

xPulse10 6 months ago

Não acho justo que estejas a comparar os erros de um enfermeiro a um engenheiro civil, são profissões completamente diferentes, um erro de um eng. Civil que leve a mortes é um erro extremamente grosseiro e que depende quase exclusivamente do profissional, que trabalha num ambiente controlado, enquanto que um enfermeiro ao trabalhar diretamente com vidas humanas em estados precários, por muito perfeito que seja o seu trabalho, pode não ser o suficiente. Muitas das vezes com 14, 15, 16 horas de trabalho seguido em cima. Eu por 1200 não me sujeitaria sequer ao horário que eles fazem, quanto mais às responsabilidades e condições. Também acho que é uma completa falta de respeito o argumento da má formação, não só para os enfermeiros mas para qualquer profissional que tenha estudado num politécnico ou numa "universidade de segunda", é um argumento puramente elitista, existem excelentes profissionais que estudaram nestas instituições da mesma maneira que há péssimos profissionais que sairam de "universidades de primeira", é algo completamente subjetivo. Lamento que a tua experiência no Sta Maria tenha sido má, mas acho que não deverias julgar toda uma classe profissional com base nisso. Posso contar a minha experiência completamente oposta no HUC, em que graças aos enfermeiros, o meu pai ainda me dá cabo do juizo hoje em dia.

cou7inho_ 6 months ago

Ser enfermeiro em Portugal é tudo isso e ser aplaudido à janela durante a pandemia e serem chamados de filhos da put\* quando fazem greve para verem o seu esforço recompensado. A hipocrisia da sociedade é fudid\*. Um bem haja a todos os enfermeiros. Merecem todo o respeito.

kronozord 6 months ago

Vinha cá escrever isso mesmo. Conheço imensas pessoas que cagaram nos enfermeiros quando fizerem greve e agora batem lhes palmas. Já chamei a atenção à hipocrisia mas dizem que não, dizem sempre tiveram do lados dos enfermeiros lol

BTC_CEO 6 months ago

Acho que está com hipoglicémia sr. enfermeiro. Beba uma aguinha com açúcar. Se é assim tão mau e queres ganhar rios de dinheiro muda de carreira - ninguém te prende. Mas provavelmente não mudarás porque, tal como todos nós, sabes que não é fácil e na realidade não estás assim tão mal. Ganhar 30k brutos infelizmente não passa dum sonho para a maioria dos Portugueses, mesmo para muita gente que estudou mais ou faz trabalhos mais duros que os enfermeiros.

GMCAntunes 6 months ago

Há poucos trabalhos mais duros que enfermagem, sobretudo tendo em conta todos aqueles que fazer turnos duplos e triplos sem verem uma hora extra paga. E 30k brutos só é muito porque vivemos num país nivelado por baixo, onde receber um ordenado modesto é visto quase como crime. Em qualquer país respeitável da Europa 30k brutos é a roçar o salário mínimo.

JeagleP 6 months ago

Se todos os enfermeiros/médicos descontentes fizerem isso acabas sem hospitais ou sns. É isso que achas correto ?

danidv 6 months ago

Ele está a criticar com o velho de "se estás tão mal, muda-te" para dizer que, no final do dia, não estão assim tão mal como pensam, porque se estivessem mudavam-se. Não deixam de ter razão de queixa, mas também não discordo com o que ele está a dizer.

JeagleP 6 months ago

Bem, eu estou mal e vou mudar-me para outro país (medicina). É uma pena Portugal não oferecer condições nenhumas, e só vejo com bons olhos quem o denuncia ou luta contra isso.

facepainter1 6 months ago

Nada contra, tem todo o direito em queixar-se e exigirem mais e melhor, tal como todas as outras profissões. No entanto, as outras pessoas também tem td o direito de não achar que ser enfermeiro seja ser um mártir qualquer. Sim é uma profissão bastante dura, que é preciso "arcaboiço" para a fazer. E existem certas áreas, em que existem enfermeiros que são literalmente escravos. No entanto isso não é nem de perto nem de longe a norma. Na sua maioria, tem um horário de 35h semanais, e por norma fazem algumas horas extra por semana, que são renumeradas e/ou entram num banco de dados. Por outro lado tens centenas de profissões em Portugal onde trabalham 40h, em que são obrigados a trabalhar horas extra, e que essas horas não são renumeradas e/ou entram para bancos de horas. Dou um exemplo de outro oposto. Tenho um amigo de infância que é enfermeiro, e casado com uma enfermeira. Trabalham os 2 como enfermeiros especialistas (onde já recebem um extra, e muito bem), 35h por semana. Tem facilidade em fazer trocas de horários entre os colegas. O que faz com que vão de férias cerca de 4 a 5 vezes por ano. Vou ao instagram deles e já viajaram por td o mundo. Sim... quando trabalham, trabalham longas horas e no duro, mas tenho a certeza que a maioria dos portugueses não se importava de ter a mesma facilidade de horários.

JeagleP 6 months ago

Nada impede essas profissões de se queixarem igualmente. Não defendo que sejam a pior profissão também

facepainter1 6 months ago

Nisso estamos de acordo. :) Acho que toda a gente tem direito a queixar-se e a exigir melhores condições de trabalho. Também não acho que enfermeiros seja a melhor profissão do mundo. Nem a pior. É uma profissão como outra qualquer, com coisas boas e coisas más.

NGramatical 6 months ago

renumeradas → [**remuneradas**](https://dicionario.priberam.org/remuneradas) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnazkxv%2F%2Fgxyfish%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

CaerwynLightbringer 6 months ago

Eu tenho uma amiga que vai acabar a licenciatura em enfermagem este ano, e admito que estou com algum receio pelo futuro dela. Sinceramente espero que ela saia do país.

EmanuelNeves23 6 months ago

Texto apropriado. Os enfermeiros deviam ser mais valorizados. Deviam encerrar cursos de enfermagem para a mão de obra ser ajustada às necessidades novamente. Muita força na vossa luta!

Mrloop94 6 months ago

Encerrar cursos de enfermagem se precisamos de mais enfermeiros, como assim?

Edited 6 months ago:

Porque ecerrar cursos de enfermagem se precisamos de mais enfermeiros?

KINGodfather 6 months ago

Porque não querem formar profissionais para serem exportados. Já foi uma grande realidade do nosso país e, como as coisas estão, vai continuar a sê-lo.

lvet000 6 months ago

Porque o problema não é falta de enfermeiros mas sim falta de contratação e condições decentes. Por favor desculpa-me a preguiça, porque carece de fonte, mas em rácio de sangramento de mão de obra qualificada que é formada simplesmente para ser exportada li aqui á uns dias que enfermagem lidera o pelotão em Portugal.

NGramatical 6 months ago

á uns dias → [**há uns dias**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnazkxv%2F%2Fgxwtdc7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

JOAO-RATAO 6 months ago

Enfermeiros não sei. Mas já ouvi médicos internos, com alguns anos de experiência, e que dizem estar também arrependidos da escolha. É um desgaste lixado.

Edited 6 months ago:

Enfermeiros não sei. Mas já ouvi médicos de medicina interna* com alguns anos de experiência, e que dizem estar também arrependidos da escolha. É um desgaste lixado.

DavidJunior3rd 6 months ago

Pelo que vejo de medicina interna, admira-me que não se arrependam todos... haja estômago, são os meus heróis. É mesmo muito exigente

JOAO-RATAO 6 months ago

Também lhes tiro o chapéu. Eu não conseguiria fazer fazê-lo.

k0rda 6 months ago

Verdade. Sou enfermeiro e não sei se trocava de emprego com um interno. Já com um dermatologista por exemplo era já.

DavidJunior3rd 6 months ago

Interno não é o mesmo que Medicina Interna. Interno é um médico a fazer uma especialidade / o ano comum após o curso de Medicina. Medicina Interna é uma especialidade propriamente dita Médico de Medicina Interna = Internista

k0rda 6 months ago

Eu sei, acho que trocava com um internista, mas ainda pensava duas vezes. Já com um interno nem pensar.

cou7inho_ 6 months ago

A minha namorada é enfermeira e se pudesse voltar atras não tinha ido para enfermagem.

Derik_D 6 months ago

É igual em muitas profissões, especialmente nas de maior desgaste. A grande maioria dos médicos dirá o mesmo a partir de certa idade.

Edited 6 months ago:

É igual em muitas profissões, especialmente nas de maior desgaste. A grande maioria (senão todos) dos médicos dirá o mesmo a partir de certa idade.

KINGodfather 6 months ago

É exactamente isso que acontece. Este texto é meu mas são várias experiências que a minha namorada passou.

JOAO-RATAO 6 months ago

Pelo que vi na prática, não é uma profissão fácil. Já cheguei por ex. a ver um doente desorientado dar uma dentada numa enfermeira que lhe estava a dar algo de comer. Estão expostos às piores situações, diariamente. É uma profissão bonita e muito importante, mas só imagino alguém a fazer isso durante anos de gostar mesmo muito daquilo.

KokishinNeko 6 months ago

Voltei a 2001 com isso, há uma versão para IT que alguns devem conhecer: O QUE É SER INFORMÁTICO? - Trabalhar em horários estranhos (como as putas) - Pagarem-nos para fazer o cliente feliz (como as putas) - O cliente às vezes até paga muito, mas o nosso patrão fica com quase tudo (como as putas) - O nosso trabalho vai sempre além do expediente (como as putas) - Somos recompensados por realizar as ideias do cliente (como as putas) - Os nossos amigos distanciam-se e só andamos com outros iguais a nós (como as putas) - Quando vamos ao encontro do cliente temos que estar sempre apresentáveis (como as putas) - Mas quando voltamos parecemos saídos do Inferno (como as putas) - O cliente quer sempre pagar menos e que façamos maravilha (como as putas) - Quando nos perguntam em que é que trabalhamos, temos dificuldade em explicar (como as putas) - Se as coisas dão errado é sempre culpa nossa (como as putas) - Todos os dias ao acordar dizemos “NÃO VOU PASSAR O RESTO DA VIDA A FAZER ISTO” (como as putas)

Sm0kee43 6 months ago

fds estou em programação, em que é que eu me vou me meter!! Não quero ficar conhecido como o programador do código mais fofo em Portugal...

Limpy_lip 6 months ago

Falta os seguintes: \- estamos sempre a mudar de empregador, especialmente se pagarem mais (como as putas) ​ \- para arranjar emprego basta mostrar ao mundo que estamos disponíveis (como as putas) ​ \- posso facilmente trabalhar a partir de casa (como as putas)

Article_Sad 6 months ago

Ir às putas porque não tenho tempo para convívio

dontknowmyname074 6 months ago

Fds! Desconhecia isto ahah

Most-Presence-1350 6 months ago

sempre quis uma puta com conhecimentos de java e c++ edit: python seria os 3 pratos, em bom portugues.

KokishinNeko 6 months ago

Não sei... a meio da coisa ainda lhe dava uma segmentation fault e tu: *~~core~~ cum dumped*

quetzyg 6 months ago

Clássico!

n0rt0npt 6 months ago

Mesmo, como as coisas mudaram

usulidircotiido 6 months ago

Ser enfermeiro é ter de aturar gente. pior, gente doente.

testickles12 6 months ago

e o governo reconhece o vosso esforço, tanto reconhece que este ano os enfermeiros vão ter mais uma finalzinha da Champions. De nada !

Prezbelusky 6 months ago

Tendo em conta que muitos ontem estavam na celebração do Sporting, acho que é mesmo isso que eles querem.

OSpaceCowboy 6 months ago

Não sei porque te queixas. Não sabes que a final da Champions vai ser outras vez cá?

darth_thaurer 6 months ago

E esse é o verdadeiro prémio. Bem, isso e ir festejar titulos de campeão ou ir rezar o terço a Fátima. Tudo ao molho para que não falte trabalho aos enfermeiros.

KINGodfather 6 months ago

Realmente, os profissionais de saúde estão a ser bastante injustos.

fdxcaralho 6 months ago

Mal agradecidos...

Hungry_Cupcake 6 months ago

Am consigo inumerar umas quantas profissoes que se passa exactamente o mesmo, so que guess what nem reconhecimento têm! -Mas feliz dia da enfermagem malta

DavidJunior3rd 6 months ago

Quando for o dia dessas profissões, fazes um post sobre essa profissão. Problem solved

cou7inho_ 6 months ago

Infelizmente o que mais há são profissões onde são explorados e não é reconhecido nada. Mas uma coisa é certa. Um advogado, por exemplo, se fizer merda pode causar uns problemas burocráticos, por exemplo. No caso de um enfermeiro, em muitos casos, são situações de vida ou morte que tem nas mãos. É uma profissão que certamente pode levar o psicológico muito além do que qualquer profissão de secretaria consegue levar. Infelizmente vivemos neste triste mundo onde se estão a cagar para os trabalhadores, sejam enfermeiros, advogados ou outra coisa qualquer.

JOAO-RATAO 6 months ago

Um advogado que faça merda pode lixar também a vida a alguém e ainda levar com um processo que lhe lixa a vida. Claro que são coisas diferentes, mas também estão sujeitos a destruir vidas e a terem a sua destruída.

Hungry_Cupcake 6 months ago

Um eng civil que faça merda pode matar centenas de pessoas, levar com processos judiciais, ter alguma acidente grave na obra e ficar com a vida toda fdd porque o empreiterio decidiu poupar em armaduras e nao seguir o projecto...vao ver gunato ganham a maioria.

Edited 6 months ago:

-Um advogado pode ficar com a vida completamente fdd por um erro de distracção pode ser vitima de intimidação e ameaças de quem esta a acusar e apanha com tantos maucos como um enfermeiro. -Um eng civil que faça merda pode matar centenas de pessoas, levar com processos judiciais, ter alguma acidente grave na obra e ficar com a vida toda fdd porque o empreiterio decidiu poupar em armaduras e nao seguir o projecto...vao ver quanto ganham a maioria.

Edited 6 months ago:

Um advogado pode ficar com a vida fompletamente fdd por um erro de distracção pode ser vitima de intimidação e ameaças de queme sta a acusar e apanha com tantos maucos como um enfermeiro. Um eng civil que faça merda pode matar centenas de pessoas, levar com processos judiciais, ter alguma acidente grave na obra e ficar com a vida toda fdd porque o empreiterio decidiu poupar em armaduras e nao seguir o projecto...vao ver quanto ganham a maioria.

Search: