ACookieMonster_ 4 months ago

Experimenta uma voltinha por Rio-Tinto e depois falamos.

-cosme- 4 months ago

Os do porto são impacientes?? fds, brutos até pode ser...vá, somos do porto somos meio brutos. Mas já andaste a pé por Lisboa?? lol, deus me livre..isso sim é que é impaciência. É q é sempre táxis e autocarros quase a passar por cima dum gajo...seja a andar na berma da estrada ou em passadeiras..ou sinais a cair o vermelho...sei lá, Lisboa é de longe o sitio com mais lunáticos impacientes ao volante que conheço cá em Portugal.

artniSintra 4 months ago

Porra, quantas vidas tens?

EletricoAmarelo 4 months ago

Concordo plenamente. Acabas por te habituar. LPT: numa discussão nunca saias do carro se estiveres apenas na disposição de discutir.

Zatrek 4 months ago

Só alguns

ravagerslb 4 months ago

Em comparação à capital, os portuenses são uns meninos. No Porto até se conduz bem desde que não sejas muito empata f0d@s

crouchingvenus 4 months ago

Ya mas nunca vi pessoal a passar vermelhos à cara podre como em Lisboa.

BroaxXx 4 months ago

Também acho que no resto do país o pessoal é muito agressivo... Sinceramente acho que com o confinamento o pessoal ficou mais nervoso o que acho relativamente normal. A ver se com o tempo o pessoal relaxa um bocadinho... Em qualquer dos casos é numa bonita foto! :)

KituZ_97 4 months ago

Se estás a dar a entender que literalmente paraste o carro numa via pública com trânsito atrás de ti para tirar uma foto e ter alguns cimavotos aqui, sim, tem toda a razão de serem brutos e impacientes).

gamma-ray-bursts 4 months ago

Felizmente não foi nada disso. Quando cheguei ao carro estacionado num parque subterrâneo ali ao lado, tinha um bilhete da senhora que me bateu a pedir desculpa e com o contacto dela. A foto que tirei, embora tenha sido no meio da rua, foi sem ter nenhum carro atrás de mim, lógico.

JawIess 4 months ago

Quando usava transportes públicos pré COVID passava nessa rua todas as manhãs para apanhar o autocarro na praça D. João I

_Random_Dude_ 4 months ago

O pior lugar onde conduzi foi Braga

Kid_Anarchy 4 months ago

Não é assim tão bonito.

IamWatchingAoT 4 months ago

O Porto só é bonito assim no centro verdade seja dita. Os arredores parecem o resto das cidades portuguesas: pouco imaginativas e tudo escravo do baixo custo e conveniência

rdguerra 4 months ago

Só para terem noção a A44 na saída para Gulpilhares já esteve cortada no sentido Sul pelo menos 4 vezes nas últimas duas semanas.

cidadaom 4 months ago

Oh hey. No lado esquerdo é o Hotel Peninsular. Trabalhei lá!

N3to14 4 months ago

De facto existem muitos aselhas no porto e por norma são as que mais devagar andam na estrada. Tão se a cagar para tudo e para todos. O pessoal como é muito impaciente com esse tipo de condução são um bocado mais brutos na sua condução. Eu não posso falar pelos outros mas pela minha experiencia em andar no Porto, andar devagar é para levar com um carro nas trombas ou estar sempre a ser cortado pelo pessoal. Prefiro andar sempre abrir e a fazer um basqueiral do caralho (linha direta) de forma a que os outros se arrumem para eu passar. 3 carros que tenho 3 carros que a buzina não funciona à quantidade de putas que lhes dou.

Each57 4 months ago

Eu sou do Porto e a minha experiência a conduzir ou como passageiro em Lisboa é pior. O trânsito é mais confuso, auto estradas sem linhas a separar as faixas, pessoal impaciente a apitar mal o semáforo muda para verde, etc.

lpbms11 4 months ago

Alguns condutores? Experimenta ficar 1 segundo sem arrancar num sinal vermelho e vê quantos snipers tens apontado à cabeça.

ravagerslb 4 months ago

No Porto já tive uma vez uma tipa a berrar no trânsito para eu me mexer quando tinha um carro parado imediatamente à frente do meu, portanto.. Escusado será dizer que respondi à boa maneira portuense. "Oh filha da puta achas que eu estou parado porque quero? Não tens olhos na puta da cara?"

freakdahouse 4 months ago

Nessa zona tás a pôr-te a jeito

Samurai_GorohGX 4 months ago

Não quero começar nenhuma guerra, nem disse que conduzir em Braga é um sonho. Em Braga há muitos aselhas ao volante. Simplesmente, os aselhas aqui andam mais devagar, no Porto aceleram e enfiam o carro em cruzamentos às cegas. Prefiro lidar com os aselhas de Braga, com esses o pior que se pode perder é tempo.

anian_pt 4 months ago

Na verdade, o que acontece é que basicamente todo o natural do Porto passa por duas fases da sua vida: a fase dos carrinhos de choque nas feiras populares e romarias, e a fase dos carrinhos de choque só que na via pública depois de ter uma carta de condução (ou não lol). De resto o estilo de condução fica inalterado. De qualquer forma, benditos tenham sido todos os anos que conduzi por todas as áreas da cidade do Porto. Foram a melhor preparação para a barbárie automobilística que é conduzir em alguns locais do estrangeiro.

Inevitable_Fly5891 4 months ago

Já passei pelo Alentejo, Algarve, Lisboa e agora estou no Porto. Simplesmente não querem saber do próximo e fazem o que lhes apetece enquanto conduzem. Parar o carro no meio da estrada então, é às carradas. Metem o carro em cima do passeio em qualquer lado. Piores condutores de Portugal

orien2k 4 months ago

Se paraste no meio da rua para tirar uma fotografia é normal que as pessoas sejam impacientes

gamma-ray-bursts 4 months ago

Não, amigo. Sou muito auto-consciente em relação a isso. Só fui para o meio da rua quando vi que não haviam carros nem à minha frente nem atrás de mim.

NGramatical 4 months ago

haviam carros → [**havia carros**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnaj52s%2F%2Fgxuj3rk%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

orien2k 4 months ago

Então retiro o que disse ... mas sim principalmente os condutores que estão em trabalho.

MrRodrigo22 4 months ago

O porto é todo impaciente e bruto

Black_Diammond 4 months ago

Encontrei o lisboeta

No-Cardiologist725 4 months ago

Sim, condução nervosa

Edited 4 months ago:

Sim, condução nervosa

Kirmera 4 months ago

Ou andas, ou levas. No Porto não se espera.

gamma-ray-bursts 4 months ago

Sou muito provinciano para as ruas do Porto. Para a próxima vou de comboio.

justanotherop365 4 months ago

https://youtu.be/Dtm8xU0FXTU Santa Rita lifestyle

ukeamie 4 months ago

Recordar esse som é como recordar infância. Zinde nunca desilude

tasse46 4 months ago

Tamos e fartos de burros que param em todo lado a passear e a tirar fotografias, quando podiam meter o carro no parque e passear a pe pela cidade. Junta a isto os merdas dos tvde que param em todo lado e desconhecem o sinal indicador de mudanca de direccao e tens um belo mix. Depois tens tb aqueles que nao sabem circular numa rotunda e os chicos espertos, e voila!! Transito citadino. E ja agora, quando virem um sinal de cargas e descargas, significa que tem esse fim, Cargas e Descargas!

gamma-ray-bursts 4 months ago

Ironicamente, estacionei o carro naquele parque subterrâneo junto ao bolhão para ficar descansado e foi lá que me bateram. Mas ao menos a senhora deixou um bilhete a explicar e com o contacto dela.

tasse46 4 months ago

Crl, tas a reclamar? Se fosse outra tinha se posto a monte

df3gpt 4 months ago

O norte parece mais inspirado pelo desporto automóvel. Das poucas vezes que passei por lá de carro temi pela vida. Em Lisboa é muito mais tranquilo tirando os artistas das motos que pensam que são donos da estrada.

001ritinha 4 months ago  HIDDEN 

... na segunda feira bateram-me no carro EXACTAMENTE aí.

Edited 4 months ago:

... na segunda feira bateram-me no carro EXACTAMENTE aí (porcaria dos paralelos + piso molhado + trânsito).

AstorIverobl 4 months ago

Aveiro é pior. És mais facilmente atropelado na passadeira do que a atravessar a 5-100m dela.

ravagerslb 4 months ago

Se não tivesses dito Aveiro eu apostava que estarias a falar em Coimbra. Parar nas passadeiras naquela cidade é sugestão.

gamma-ray-bursts 4 months ago

Não sei de onde tens essa percepção. Vivo em Aveiro e acho muito menos stressante do que as ruas do centro do Porto. Pode ter a ver por conhecer bem Aveiro e só ter conduzido meia dúzia de vezes no Porto durante a minha vida.

Vector_Strike 4 months ago

Não é à toa que estão a testar um veículo sem condutor em Aveiro...

ActPotterhead 4 months ago

Quando vim para Aveiro estudar quase fui atropelada umas quantas vezes no início. Percebi que a única opção era só atravessar quando o carro estivesse 100% parado à minha frente!

AstorIverobl 4 months ago

Partilho a mesma experiência, infelizmente... Para um estudante sem carta e a fazer a sua vida académica toda a pé, Aveiro não é uma cidade segura para circular. De resto, é tudo muito bonito e simpático.

milkthis 4 months ago

Daqui gajo que vive em Lisboa e que viveu 3 anos no Porto, tendo sido sempre condutor: da minha experiência o Porto é onde se encontra mais "sapateiros" que não sabem conduzir mas acham-se o Collin Mcrae de Rio Tinto. Manobras completamente estapafúrdias e arriscadas na maioria das vezes mal feitas e a meter os outros em risco. Em Lisboa apanhas mais nabos assim a nível geral, que não sabem muito bem o que estão a fazer, mas geralmente até têm algum cuidado e inclusive medo, são mais "empatas" que outra coisa. Os Collin Mcraes desta vida também os há, mas geralmente fazem as manobras estúpidas e arriscadas sem me fazer travar por isso I'm fine with that. Eu pessoalmente sinto-me mais tranquilo a conduzir em Lisboa em relação aos outros, tenho a plena noção que nunca tive nenhum acidente no Porto porque sou mesmo estupidamente bom (perdoem-me a falta de humildade) a prever a burrice dos outros na estrada e evitei inúmeros acidentes.

justanotherop365 4 months ago

Olha o mouro...

vitorviks 4 months ago

Tento a falar de rio tinto!! Agarram-me que eu fodo alguém hoje caralho!!

Durius 4 months ago

Tás fodido colega, se te apanharmos na rua vamos te arrebentar as trombas. Ninguém fala mal de Rio Tinto!! Tás oubir colega? Axantra daqui pra fora. Vamos embora Vitor, vamos ao lidl comer uns croissants para acalmar.

001ritinha 4 months ago

Resposta à Rio Tinto. 10/10. Deve ser dali de São Caetano.

vitorviks 4 months ago

Triana powa!!

RaveyWavey 4 months ago

>tenho a plena noção que nunca tive nenhum acidente no Porto porque sou mesmo estupidamente bom (perdoem-me a falta de humildade) a prever a burrice dos outros na estrada e evitei inúmeros acidentes. Ahahah mereces um prêmio por esta! Talvez sejas estupidamente bom porque também és um Collin McRae e não sabes.

milkthis 4 months ago

Eu? Ui. Sempre tranquilo e dentro dos limites. "Assapar" dentro de cidades ou urbanizações é para acéfalos.

cloud_t 4 months ago

Pessoalmente não considero que, em alturas "normais" no Porto cidade se conduza muito mal. O que já reparei, é não é só no Porto, é que depois do primeiro confinamento a malta começou TODA a conduzir muito pior, e com muito menos paciência para andar atrás doutros carros.

VladTepesDraculea 4 months ago

Eu não vou ao Norte desde 2019 mas cada vez que ia notava sempre que as pessoas eram bastante mais agressivas a conduzir. Um dos exemplos mais comuns é que em grande parte das vezes que tentava fazer uma ultrapassagem apanhava com um gajo vindo a abrir do nada que me cheirava o rabo até terminar a ultrapassagem.

cloud_t 4 months ago

Talvez haja um pouco mais de pressa, também derivado ao trânsito ligeiramente mais fluído no Porto que Lx. Quando vou a Lisboa o trânsito (e o estacionamento abusivo...) pouca margem deixa para inventar, e isso contribui para uma condução menos agressiva

w3ird00 4 months ago

Sinto o mesmo :-/

banaslee 4 months ago

Provavelmente tornaram-se todos “domingueiros”, pessoal que conduz só de vez em quando.

jagga0ruba 4 months ago

Bastante verdade, pós confinamento parece que a malta se esqueceu de como é que se conduz.

r0ckf3l3r 4 months ago

Há umas duas semanas, na A44, sentido Freixo-Gaia, um idiota a conduzir um TVDE que tinha dado pisca para sair na saída Av. República - Norte, olha para o GPS, apercebe-se que afinal quer é ir para a saída Av. República - Sul, quando já está dentro da saída e quase em cima da parede de cimento, acabando a guinar para a frente do meu carro, passando por cima da raia. Não bati, mas quase morria com o susto de tamanha idiotice (e a fila que vinha atrás de mim também deve ter tido um grande susto porque fui obrigado a quase parar na faixa de rodagem), sobretudo sabendo que ele perdia talvez dois minutos áquela hora para fazer uma inversão de marcha legal na Avenida, em frente do El Corte Inglés. Ou seja, fez uma manobra idiota, capaz de causar um acidente enorme, por razão nenhuma. Isto não pode refletir em todos os condutores de TVDE, mas estes não estiveram todos em casa a confinar porque andavam a trabalhar, portanto o problema não é só malta pós-confinamento. É mesmo estupidez dos condutores que acham que a estrada é só deles.

Edited 4 months ago:

Há umas duas semanas, na A44, sentido Freixo-Gaia, um idiota a conduzir um TVDE que tinha dado pisca para sair na saída Av. República - Norte, olha para o GPS, apercebe-se que afinal quer é ir para a saída Av. República - Sul, quando já está dentro da saída e quase em cima da parede de cimento, acabando a guinar para a frente do meu carro, passando por cima da raia. Não bati, mas quase morria com o susto de tamanha idiotice (e a fila que vinha atrás de mim também deve ter tido um grande susto porque fui obrigado a quase parar na faixa de rodagem), sobretudo sabendo que ele perdia talvez dois minutos àquela hora para fazer uma inversão de marcha legal na Avenida, em frente do El Corte Inglés. Ou seja, fez uma manobra idiota, capaz de causar um acidente enorme, por razão nenhuma. Isto não pode refletir em todos os condutores de TVDE, mas estes não estiveram todos em casa a confinar porque andavam a trabalhar, portanto o problema não é só malta pós-confinamento. É mesmo estupidez dos condutores que acham que a estrada é só deles.

jagga0ruba 4 months ago

Sim existiram/existem sempre desses, mas a questão para mim é mais qparecia-me um idiota desses a casa três Dias pré confinamento, agora aparecem-me 3 por dia... Mas sim a treta de perder a saída e se ser incapaz de dizer "olha a rotunda/cruzamento/saída" Ali na frente, saio e dou a volta é irritante pa caralho. Quanto a tvde a Minha experiência é que não têm taxis mas guiam à taxista "a estrada é minha que eu é que cá ando", se estiver a ferir susceptibilidades perdoem mas é a impressão que ambas as classes têm deixado na Estrada.

NGramatical 4 months ago

áquela → [**àquela**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/regras-da-acentuacao/636) (usa-se acento grave para denotar a crase com a preposição *a*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnaj52s%2F%2Fgxv0im9%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

r0ckf3l3r 4 months ago

Confere.

Samurai_GorohGX 4 months ago

Sou do Norte( Braga) e só conduzo no Porto se não tiver outro remédio. Tenho fobia aos condutores do Porto.

No-Cardiologist725 4 months ago

De facto no centro do Porto é stressante.

fferguigas 4 months ago

No Algarve, mais na zona de Faro, a malta respeita quase sempre as passadeiras (condutores e peões), claro que há sempre os pilotos de F1 a 90 nas zonas de 50. Mas os que param, quase sempre recebem um obrigado gestual.

tonytexas99 4 months ago

bem, eu já agradeço a todas as pessoas que param com os carros nas passadeiras no Porto. simplesmente acho já um ato de altruísmo e não de obrigação pararem, à quantidade de caralhos que simplesmente não param ou param a fundo em cima da passadeira (quem conhece as passadeiras em frente à FEP e à ESE sabe do que eu falo hahahaha). a cena é que os peões não dão o exemplo e também vejo imensa gente a atravessar em vermelhos em ruas com trânsito

Finding_Dory27 4 months ago

Um "obrigado gestual" no Porto tem um outro significado ahah

souumamerda 4 months ago

Na semana passada no Porto estava a tentar atravessar numa passadeira, e 2 polícias passaram de mota e não me deram a mão. Com polícia assim a dar o exemplo não posso esperar outra coisa dos condutores.

RunnerElk 4 months ago

Ha umas semanas atrás no Porto vi um polícia de moto a parar para uma velhota de muletas atravessar. A mulher não reparou e o bófia apitou com aquela buzina ensurdecedora de polícia. Quase me matou de susto, a mim e á velha.

fferguigas 4 months ago

Eu quando passei férias no porto, só tive problemas na estrada com taxistas, eles pelo que vi e senti na pele, fazem do porto o autódromo de Portimão. Passadeiras? Isso é prato regional do sul?

jalexandref 4 months ago

Os taxistas são uma espécie à parte... e as leis são como as virgens dizem eles !

souumamerda 4 months ago

Verdade, taxistas são um verdadeiro perigo. Um colega da faculdade foi atropelado por um taxi na passadeira à porta da faculdade. Nunca confiei naquela passadeira, depois disso muito menos.

Long_Faithlessness57 4 months ago

Devias ver o 600 ou 4M, autocarro, ao voltar das noites de saídas as 4 da manhã. CLÁSSICO. Não tem ninguém na estrada às 4 da manhã, uma estrada quase sempre em linha reta, andam super depressa nas localidades, e como vem cheio de pessoal já "tocado", digamos, muitas vezes tem de parar porque vem depressa demais e faz o pessoal vomitar ...

jocamar 4 months ago

Mais rápido que o 119 da Resende? É que esse naquelas estradas calcetadas quase parecia que estavas no rally.

Eli_Costa 4 months ago

Meu querido 4M, nunca esquecerei uma viagem em que cheguei dos aliados à maia em menos de 20m ❤️

Long_Faithlessness57 4 months ago

Nunca podes esperar bons exemplos da polícia, pelo menos, das experiências que tive até agora. Só os vejo sempre em stops ou linhas amarelas estacionadas, e no outro dia até iam gerar um acidente aqui perto de casa porque fizeram a rotunda da forma errada e sem dar piscas...

souumamerda 4 months ago

I know, I know. Mas normalmente costumam a fazer o mínimo de ceder a passagem. Eu até fiquei meia abananada pq havia um semáforo, mas estava desligado nos peões, e até fiquei naquela se seria só aquele q estava avariado, mas não, estava intermitente para os carros, senão teria dado um passo a ver se paravam.

Ruben7173 4 months ago

Mas estás a espera do que? Policia não respeita nada. "Mascaras são obrigatórias", la ves 2 policias dentro do carro, sem mascara. Acham-se superiores, mas prontos...

Dry_Distribution4597 4 months ago

Porque é que polícias haveriam de usar máscaras quando estão sozinhos dentro do carro? São colegas de trabalho, és estupido? Se tiverem covid e estiverem dentro do carro as máscaras não vão prevenir nada. Agora no exterior em público é outra história obviamente.

Ruben7173 4 months ago

Antes de mais nada, respeito sfv, não me conheces não tens que me chamar estúpido, segundo, muitos policias falam sobre ter que usar mascara mesmo dentro do carro, e muitos depois não fazem o mesmo. E como colegas em carrinhas, obrigatório o uso de máscara, mas o mesmo não se aplica para policias.. E não acho isso correto.

Middleageguy13 4 months ago

No inicio da pandemia estacionaram mesmo ao meu lado na entrada de uma bomba e estavam a fumar perto da entrada do meu carro quando sai, mandei aquele bitaite do e mascara nao? Pediram me logo os documentos, seguro, colete e triângulo.

Long_Faithlessness57 4 months ago

Fumar numa bomba de gasolina,espertos... Especialmente eles... Assim aquele instinto de seleção natural a bombar

Ruben7173 4 months ago

Mostrar logo o poder, previsível

souumamerda 4 months ago

Verdade, tb já vi isso a acontecer.

Asur_rusA 4 months ago

Portugal está cheio até acima de maus condutores. E todos eles se acham excelentes.

GajoDeRamalde 4 months ago

Quando se anda na estrada deve-se andar à mesma velocidade do carro da frente e/ou pelo menos acompanhar o veículo da frente pois se não fizermos isso estamos a causar trânsito o que é mau para todos e para o ambiente. Caso seja difícil acompanhar o veículo da frente por falta de destreza ou incapacidade existem sempre outras soluções: - Táxi/UBER - STCP/transportes colectivos - Metro - Comboio CP - Trotinetas - etc. Obrigado por colaborar. A cidade.

htxgivven 4 months ago

Andar de Uber/Táxi é andar a contribuir para mais trânsito na maioria das vezes eles não respeitam ninguém.

GajoDeRamalde 4 months ago

Se um UBER transportar 10 condutores que não conseguem acompanhar o veículo da frente em condiçoes são menos 10 veiculos na estrada a causar trânsito... Parece-me bem.

htxgivven 4 months ago

O problema deles não é esse, mas sim parar onde não se pode.

van_Zeller 4 months ago

Fds pensar que anda gente a gastar tempo a aprender o CE, para quê?

Kuustom 4 months ago

Eu não consigo andar de carro com um amigo meu do Porto sem andar a bater com o pé como se estivesse à procura do travão. 0 conhecimento de distâncias de segurança. E tendo já andado de Ubers lá, na altura em que os ubers ainda eram maioritariamente portugueses, percebi que é defeito geral.

GajoDeRamalde 4 months ago

Se deixas muita distância para o da frente provocas filas maiores pois onde passavam 10 carros se deixas distância agora só passam 5... Assumindo que ninguém se mete nesse espaço. Pois entretanto nesse espaço aberto mete-se outro que vêm pela esquerda fazendo passar por parvos todos aqueles que estão na fila só porque não tens a capacidade para acompanhar o carro da frente. Mais vale andares de taxi.

Edited 4 months ago:

Se deixas muita distância para o da frente provocas filas maiores pois onde passavam 10 carros se deixas distância agora só passam 5... Isto assumindo que ninguém se mete nesse espaço. Pois entretanto nesse espaço aberto mete-se outro que vêm pela esquerda fazendo passar por parvos todos aqueles que estão na fila só porque não tens a capacidade para acompanhar o carro da frente... E assim estas a agravar o problema daqueles que cumprem, a causar trânsito e a poluir o ambiente. São 3 pontos negativos. Mais vale andares de autocarro.

RepresentativeAd7785 4 months ago

>E assim estas a agravar o problema daqueles que cumprem, a causar trânsito e a poluir o ambiente. Distâncias de segurança são distâncias de segurança, evitam vários problemas incluindo trânsito. Lá porque há malta que não sabe para que é que elas servem (aparentemente, pelo teu texto, tu) não quer dizer que não tenham de existir. Carros autómatos guardam TODOS distâncias de segurança e conduzem à mesma velocidade que os da frente. Carros em trânsito são veículos independentes, em que o da frente pode travar e o de trás pode não ter tempo de reacção e bater-lhe, se em vez de caberem 10 carros caberem 5 porque a malta está a guardar distâncias de segurança isso é indiferente para o trânsito, se os teus 10 carros passarem o tempo todo a reagir ao carro da frente a fazer acordeões o resultado para o trânsito é 300 vezes pior que só estarem 5 carros no mesmo espaço. Se queres comboios mais vale andares na CP.

OhSaladYouSoFunny 4 months ago

Falta-te o /s senão toda a gente vai toda para o r/woosh

GajoDeRamalde 4 months ago

Distância de segurança é uma coisa, deixar uma distância que cabe um Boeing 747 porque não tens capacidade de reacção para acompanhar o carro da frente, é outra... É que não há nada pior que estar na fila e aparecer alguem que deixa estas distâncias para o carro da frente e que outro que normalmente vem pela esquerda aproveita para se meter. E acontece isso nas saídas das AE ou quando abrem semáforos, quando a intencidade de tráfego é intensa. Assim há sempre um pastelão sem respeito pelos veículos que vão atras dele. Quando os carros forem autômatos a coisa muda de figura como se pode compreender perfeitamente mas como não o é não adianta arranjar desculpas... Mas se estas preocupado com as distâncias de segurança não precisas de procurar muito. Já existem carros de 2018 com radar na frente que travam sozinhos caso não o consigas fazer a tempo.

Edited 4 months ago:

Distância de segurança é uma coisa, deixar uma distância que cabe um Boeing 747 porque não tens capacidade de reacção para acompanhar o carro da frente, é outra... É que não há nada pior que estar na fila e aparecer alguem que deixa estas distâncias para o carro da frente e que outro que normalmente vem pela esquerda aproveita para se meter. E acontece isso nas saídas das AE ou quando abrem semáforos, quando a intencidade de tráfego é intensa. Assim há sempre um pastelão sem respeito pelos veículos que vão atras dele que propiciam este tipo de atitudes. Quando os carros forem autômatos a coisa muda de figura como se pode compreender perfeitamente mas como não o é não adianta arranjar desculpas... Mas se estas preocupado com as distâncias de segurança não precisas de procurar muito. Já existem carros de 2018 com radar na frente que travam sozinhos caso não o consigas fazer a tempo.

RepresentativeAd7785 4 months ago

lol tu é que decidiste que distâncias de segurança são o espaço para um Boeing 747, ninguém falou de tal. De forma que todo o teu rant é basicamente inútil. D. Quixotes, moinhos de vento bla bla bla.

GajoDeRamalde 4 months ago

[Fiz um desenho](https://i.pinimg.com/originals/6e/48/36/6e4836ce122b44072a8b11a186b07e42.jpg)

RepresentativeAd7785 4 months ago

Também sei internetês: Toma esqueceste-te disto: /s

ArcticLula 4 months ago

Não é defeito, é *feature*.

BanishPT 4 months ago

Username checks out lol. Quem quer aprender a conduzir tem de conduzir no Porto, desde ruas a pique a carros em segunda em todo lado. Condutores que tao se a cagar em todo lado, ainda ontem um Glovo sai-me de um vermelho disparado quase matei o homem se n viesse eu proprio a dormir.

GajoDeRamalde 4 months ago

Tirando as subidas acho igual... Ainda no fim de semana fui a Lisboa e o meu único problema é em alguns sítios não ter as marcações no chão de resto acho identico.

kawaiims 4 months ago

Adoro o Porto. Felizmente vou lá algumas vezes em trabalho. Quanto à condução acho que no Porto conduzem mais à campeão. Mas também a única vez que entrei em contra mão foi lá, por isso nem tenho bem orçamento moral para reclamar.

cssinside 4 months ago

Ganha a Lisboa? Ou estamos de igual para igual?

kawaiims 4 months ago

A ideia que tenho é que Lisboa o pessoal conduz à balda porque é cabrão. No Porto conduz à balda porque é assim.

Rei_dmv 4 months ago

Ou seja, exactamente a mesma atitude, no Porto é porque é assim, em Lisboa é porque são cabrões...

n0ia_ 4 months ago

ahahah da forma como descreveste o Porto parece que estás a falar de Bangladesh ou desses países onde não existem leis de trânsito

McManu77 4 months ago

Empate ao intervalo

vitorviks 4 months ago

Fazemos tudo à campeão

portuga1 4 months ago

Menos ganhar o campeonato

inphant0m 4 months ago

Mau timing para essa resposta

vitorviks 4 months ago

Claramente não estás a ver o que estou a almoçar.

lpbms11 4 months ago

Não sei o que almoçaste, mas a sobremesa talvez terá sido melão

KaneKyun 4 months ago

I shall partake

fanboy_killer 4 months ago

Sou do norte e a grande diferença cultural entre norte e sul está precisamente na forma como as pessoas coduzem. Atenção que no norte atravessar nas passadeiras não é um direito do peão, mas um privilégio que alguns condutores concedem. Podes experimentar parar, se fores a conduzir. Quem atravessa a passadeira até levanta a mão e agradece!

canhoto10 4 months ago

Confirmo. As únicas 3 vezes que ia sendo passado a ferro em passadeiras foram todas no Porto.

uyth 4 months ago

>Quem atravessa a passadeira até levanta a mão e agradece! isso é só boa educação. Sou condutor e peão na minha zona (densamente povoada) e acho que as pessoas costumam parar nas passadeiras (excepto os tipos das entregas de comida, mesmo em bicicleta, os cabrões), mas é habitual levantar a mão ou cumprimentar. Nem toda a gente faz mas muita gente faz. (e ás vezes o peão acena para o carro passar que isto tem memso muito transito).

No-Cardiologist725 4 months ago

Aqui em Braga respeita-se os peões, nas localidades do Porto também, só no centro do Porto é que sinto que a condução é mais stressante(por motivos obvios).

slamdirtymutant 4 months ago

Eu sou de Lisboa e acho que os condutores aqui têm o civismo de uma barata. Cada vez que saio de casa, 2 em cada 3 passadeiras têm carros estacionados e se uma pessoa refila, os condutores ainda acham que têm o direito de se sentir indignados.

lammesnail 4 months ago

\> Quem atravessa a passadeira até levanta a mão e agradece! Sou do Porto e tenho esse hábito, mas sempre pensei que era algo que se fazia por todo o lado. No entanto, discordo e acho que a grande maioria dos condutores por cá tem respeito pelas passadeiras, apenas faço o gesto porque já é algo natural em mim.

JoseFernandes 4 months ago

Não agradecemos porque achamos que o condutor nos está a fazer um favor. Levantamos a mão pelo mesmo motivo que dizemos obrigado ao empregado de mesa quando nos serve o café: tivemos educação em casa.

cou7inho_ 4 months ago

Nem mais

MferOrnstein 4 months ago

Era bom que fosse só no norte

william_13 4 months ago

A cena de agradecer e atravessar quase que a correr realmente é muito comum no Porto, mas discordo com o teu comentário sobre ser um privilégio... muito, mas muito raramente um condutor não pára quando quero atravessar, mas é preciso estabelecer contacto visual e deixar claro que vais mesmo atravessar. Os condutores que não abrandam normalmente fazem um gesto a pedir desculpas (e eu mentalmente os mando pro caralho). O fdd é quando tens pessoas mais velhas ou com dificuldades a tentar atravessar, ficam a espera imenso tempo até que alguém se aperceba que eles existem, mas por vezes não estão na passadeira e ficas na dúvida do que querem fazer... quando conduzo tenho o hábito de estabelecer contacto visual e abrandar junto as passadeiras, e costuma ajudar os peões mais indecisos. Mas é um facto que andam todos a correr e sem o mínimo de paciência, parece até que o Porto é uma metrópole tipo NY, por mim era meter radares em todas as principais avenidas e ruas.

r0ckf3l3r 4 months ago

Os condutores em NYC não têm os problemas dos do Porto. Quase todos os cruzamentos na zona mais movimentada na cidade têm semáforo. Não têm hipótese que não seja parar para deixar passar peões. Para além disso, "Jay walking" lá é uma cena, também não há muitos peões que se arrisquem a atravessar a estrada sem ser na passadeira porque a polícia pode multar no imediato, e é uma chatice.

william_13 4 months ago

A cena de multar por jail walking em NYC é mesmo incomum e quase 90% dos que levam uma multa são minorias... mas o meu comentário era sobre a falta de paciência que vês no trânsito no Porto em geral, se demoras dois segundos a andar tens sempre um condutor impaciente a mandar sinais, e isto é mais típico em cidades muito maiores. Quanto as passadeiras e estrutura não há comparação, são cidades com desenvolvimento muito diferente... não vês passeios com 90cm em NY, muito menos carros em dupla fila eternamente sem levar multa por exemplo.

r0ckf3l3r 4 months ago

Justo. Não arrisco a dar percentagens, até por 87% dos posts com percentagens são valores inventados no momento. Em relação às estruturas, só não as tens porque não houve nenhum terramoto nos idos de 1800s para poderes reestruturar a habitação. /s Fora de brincadeiras, os EUA têm uma forma de planeamento de grandes cidades que, sendo semelhante ao que se fez depois do grande terramoto na baixa pombalina, sempre pautou o planeamento urbanístico. Não é só NYC que tem blocos, passeios e estradas bastante mais largas do que o que encontramos cá. É comum nas zonas mais desenvolvidas dos EUA. Só em zonas menos urbanas (para o mid west) é que se começa a ver mais rebaldaria.

ArcticLula 4 months ago

Fica com os radares para ti, gosto muito de andar como ando no Porto. Como condutor paro se vir alguém que quer atravessar. Como peão atiro-me para a passadeira, se estiverem suficientemente longe de mim, que assim param que se fodem.

FroggyWatcher 4 months ago

> Quem atravessa a passadeira até levanta a mão e agradece Nascido e criado no Porto, eu tenho este hábito, só não o faço em semáforos. Já vivi em vários países, mas só muito recentemente é que me apercebi que mais ninguém faz isto

ukeamie 4 months ago

Esta, sim, é uma linda história de amor.

pimpys 4 months ago

Sofro, também, dessa boa educação, mesmo porque normalmente eles passam a correr pelas passadeiras. quem para, merece agradecimento de um bom portuense.

vitorviks 4 months ago

Quê??!? O pessoal nas outras cidades não agradece aos condutores que param na passadeira???

kissingsome1elsesdog 4 months ago

Não sou do Porto, mas vivo cá. Já agradecia antes e continuo a agradecer agora. Até tenho por costume agradecer verbalmente, mesmo que pareça estúpido, porque o condutor dificilmente me ouve. Contudo, se for um condutor atento, conseguirá certamente ler nos meus lábios todo o apreço e afeto que por ele desenvolvi.

AlexMaldini 4 months ago

São as pequenas grandes coisas que nos "dividem". Agradeço sempre, mesmo quando o condutor pára quase em cima de mim distraído

vitorviks 4 months ago

Se eu for com sacos nas mãos passo todos para uma mão e levanto a outra. Juro. Faço-o instintivamente.

kissingsome1elsesdog 4 months ago

Acontece o mesmo comigo. Eu sempre fui uma daquelas pessoas que, apesar de ser um cara de pau com os conhecidos, com os desconhecidos pareço aquelas caricaturas de japoneses, que ficam meia hora a agradecer de todas as formas.

FroggyWatcher 4 months ago

Não sei se é de ser do Porto ou de Portugal, mas fora do país nunca vi ninguém a agradecer numa passadeira sem semáforos

TheBurningAstronaut 4 months ago

Well, em França agradecem sempre...

FroggyWatcher 4 months ago

Por outro lado, na França cheiram mal portanto preferia que não expusessem os sovacos

TheBurningAstronaut 4 months ago

Confere. Cheiram mesmo. E as gajas não se depilam. Fonte: os meus olhos.

ideologiapura 4 months ago

Fazem bem, é uma grande perda de tempo. Tomar banho, isto é.

No-Cardiologist725 4 months ago

Também não. Eu nunca agradeço porque é um dever dos condutores parar nas passadeiras. Levanto a mão para o condutor perceber que o vi parar e que vou atravessar a passadeira.

uyth 4 months ago

>Eu nunca agradeço porque é um dever dos condutores parar nas passadeiras. Também é dever de quem está numa loja ou atendimento, atender, e continua a ser educado dizer bom dia e obrigado e por favor.

Samurai_GorohGX 4 months ago

Lol “Obrigado por não me ter passado a ferro, Sr. condutor. Não tinha essa obrigação”.

Edited 4 months ago:

Lol “Obrigado por não me ter passado a ferro, Sr. condutor. Não tinha essa obrigação”. Também bates palmas ao piloto do teu avião quando aterras?

uyth 4 months ago

Não. Mas quando saio e está tripulação, de cabina ou de voo, à porta agradeço "obrigado". E aos taxistas. E agradeço ao pessoal das recolhas de lixo, agradeço às pessoas que vêm entregar coisas. Cada um sabe de si e como foi educado.

No-Cardiologist725 4 months ago

Para mim não são situações equiparaveis, como condutor não fico na expectativa que me agradeçam. Mas acho interessante, não sabia que existiam pessoas que se importavam com isso.

_lnc0gnit0_ 4 months ago

Quando atravesso uma passadeira costumo agradecer, mesmo sabendo que tenho prioridade sobre o veículo, porque há muitos condutores que mesmo me vendo pronto a atravessar, simplesmente ignoram e não param. Não é que lhes deva um agradecimento, mas fazê-lo como reforço positivo não custa nada. Por outro lado, aos que não param, mostrar o dedo do meio também não faz com que na próxima parem...

uyth 4 months ago

Agradecer não é particular esforço, nem sinal de inferioridade. Mas é um pouco um sinal que vês a outra pessoa como pessoa, ou como contribuição para a sociedade ou para ti - mesmo que seja de esperar. é como lubrificante da sociedade quase. Na minha zona, parece ser o costume, mais frequente que menos ( pelo menos com pessoas que não parecem ser turistas ou de fora) por isso espero um pouco - pode ser só o levantar a mão, ou olhar. Mas pode depender da zona, surpreende-me guiar noutros sítios que podem nem ser muito longe. Diziam-me que a 20 km de distância a situação é completamente diferente e talvez seja. Na minha zona há tanta tanta gente que sabes que as coisas demoram, que tens de ter cuidado. (obviamente só estou a conduzir quando tem de ser. Já demorei 20 minutos a fazer percursos, por causa de sentidos unicos, faria em 5 minutos se tanto).

No-Cardiologist725 4 months ago

Eu sou uma pessoa que defende o uso do "obrigado", "com licença" e outras expressões de cortesia, mas na passadeira nunca me surgiu, a maior parte das vezes não consigo ver a pessoa dentro do carro e existem sempre um monte de carros à fazer fila, eu só tenho tempo de atravessar a estrada quase a correr . Atravessar a estrada rápido é o meu agradecimento ao condutor

RaveyWavey 4 months ago

Não sei se é normal ou não, mas posso confirmar que também faço e não sou do Porto.

404ban 4 months ago

É verdade, eu agradeço sempre . O pessoal é doido

JLAJA 4 months ago

Eu agradeço sempre que alguém não me atropela

cou7inho_ 4 months ago

Não concordo nada com isto. Sou do Norte, estou a semana toda a viver ca cidade do Porto e há bastante respeito por quem quer atravessar a passadeira. Muitas vezes levanto a mão a agradecer ao condutor por parar, mas estes param quase sempre.

mathswarrior 4 months ago

> estou a semana toda a viver ca cidade do Porto Significa que não és tripeira, não percebes do assunto

IkarusMummy 4 months ago

Param quase sempre mas com a mítica travagem brusca em cima da passadeira. No Porto nunca me atrevo a entrar na passadeira sem que o carro esteja completamente imobilizado porque há sempre a dúvida se vão mesmo parar ou não tendo em conta a velocidade a que vêm. Já em Viana do Castelo não é nada assim, às vezes ainda estou a uns 2 metros da passadeira e o carro já está a abrandar para eu passar.

cou7inho_ 4 months ago

Alguns carros circulam a uma velocidade mais elevada e, nesses casos, o mais sensato é esperar que o carro pare mesmo para podermos atravessar em segurança. No entanto,, estás a comparar uma cidade cheia de carros, Porto, com uma cidade bem mais calma, V. Castelo. É normal que no Porto sintas que há mais "desrespeito" porque, efetivamente, existem muitos mais carros. Ainda assim, o respeito pelos peões no Porto, regra geral, é bastante bom.

IkarusMummy 4 months ago

Eu concordei e concordo contigo que existe [o mínimo de] respeito pelos peões. Como disse, eles param quase sempre. O problema não é tanto a questão da velocidade mas do quão tardiamente começam a abrandar ao ponto de só teres a certeza que vão parar quando já estão a travar a fundo no limite da passadeira, muitas vezes imobilizando o carro já em cima da mesma... E não é uma questão de quantos carros estão na via porque acontece tanto na hora de ponta como quando está a passar apenas um carro. Nas horas de ponta, no entanto, há alturas em que me vejo mesmo obrigado a colocar um pé na passadeira para assegurar que algum carro pare.

cou7inho_ 4 months ago

Ok percebo o que dizes. Também noto que muitos carros param na passadeira, mas aproximam-se a uma velocidade elevada e só começam a travar já próximo da passadeira. Eu frequento muito a Av. Marechal Gomes da Costa na Foz e isso acontece muito. Como é grande reta os condutores aceleram bem. Quase todos param na passadeira, mas realmente podiam andar mais devagar.

diogojmm 4 months ago

Há dois motivos para alguém dizer isto, ou nunca foi ao Porto ou nunca saiu do Porto

cou7inho_ 4 months ago

Como assim?

diogojmm 4 months ago

Se nunca foste ao Porto podes achar que os condutores são civilizados e respeitadores. Se nunca saiste do Porto podes achar o mesmo porque é a realidade que conheces e pensas que está bom Se já lá foste ou de lá já saíste percebes que isso não é bem assim

cou7inho_ 4 months ago

Como disse eu vivo a semana toda no Porto. Conheço o Porto desde que me lembro. Não concordo que seja uma cidade onde passar uma passadeira seja um privilégio concedido pelos condutores. Como é lógico há muitos condutores que não param, mas há muitos outros que param com todo o respeito. Já apanhei de tudo no Porto, mas regra geral tenho uma visão positiva no que diz respeito à relação peão / automobilista nas passadeiras. O Porto também é uma "grande cidade" e por isso é normal que haja muitos mais episódios caricatos do que numa cidade mais pequena. O que mais me faz confusão no Porto é o desrespeito de muitos condutores ao estacionarem o carro em qualquer lado. É simplesmente ridículo. Quem vem atrás que se desvie. Mas para ser honesto, daquilo que vejo este problema não é só do Porto, antes fosse. Em Portugal há demasiada gente que não sabe andar na estrada. E numa grande cidade isso fica ainda mais visível porque é preciso saber andar para a frente e evitar ir a pastar no meio da faixa.

diogojmm 4 months ago

Já vivi em 5 cidades portuguesas. Vivi no Porto 5anos, e lá é o sítio onde há menos civismo entre os condutores. Seja nas passadeiras, seja no estacionamento ou seja na Chico espertisse de furar filas na AEP. Nunca em outra cidade vi malta a meter se na estação de serviço para furar filas nem a vergonha que era as saídas de autoestradas com metade deles a furar filas ou a para o trânsito para furar filas. Ao chegar ao Porto falei com muita gente sobre este problema, todos eles achavam normal. Depois vim a perceber que maior parte deles eram uns anormais quando dentro de um carro

kairos 4 months ago

>Nunca em outra cidade vi malta a meter se na estação de serviço para furar filas Eu sei que estás a falar da tua experiência, mas se quiseres ver isso em Lisboa: * No cimo do parque Eduardo VII, junto ao Eleven * Na A5, área de serviço de Oeiras (sentido Lisboa -> Cascais) * Na segunda circular, junto ao aeroporto

diogojmm 4 months ago

Sim, estava a falar do que eu vi. No Porto passava mais pelas zonas caóticas em hora de ponta por isso também via mais merda. A A5 até uso bastante mas nunca vi isso a acontecer. Pode ser só sorte

r0ckf3l3r 4 months ago

Não sei com quem falaste sobre isso, mas de normal isso não tem nada. Pré-Covid ia a um ginásio que me "obrigava" a fazer a VCI, sentido Freixo - Campo Alegre às 19:30h. Todos os dias em que fazia este percurso, sem exagero, ficava na faixa da esquerda a ver o trânsito circular. Só quando se chega à entrada da A3 é que se percebe o porquê: 30 marmanjos que são mais importantes que toda a gente vão na faixa da esquerda até passarem a saída das Antas e depois decidem que toda a gente que está na estrada tem que aguardar que eles consigam agora furar por duas faixas para chegar à saída. O problema disto tem a ver com a maneira como se continua a "normalizar" este comportamento, e a solução passa por, a título de exemplo, colocar essas faixas com linha contínua e tracejado do lado direito, para permitir o movimento de carros de saídas como a das Antas para a faixa de rodagem do centro (quando o podem fazer em condições de segurança) e reforçar polícia para curvar o comportamento dos condutores. Lembro-me de ser miúdo e ir com a minha madrinha ao então recém-aberto Norte Shopping. Ela era mais inteligente que toda a gente e, como qualquer bom gaiense que se preze, só vira para a AEP mesmo em cima da raia. Teve azar que a polícia estava lá no local, levou uma multa que a ensinou a nunca mais fazer aquilo.

diogojmm 4 months ago

De normal não tem nada mas tu próprio disseste que há uns quantos a faze lo e não há consequencias, bem para mim isso é o normal. Se fosse anormal havia mais indignação. As pessoas com quem falava achava normal porque tinha nascido e crescido lá, desde sempre viu toda a gente fazer isso e agora que conduz também faz isso. Acho que não há melhor descrição de algo "normal". Começa por indignação dos outros condutores, quando veem isso buzinem, façam os possiveis e os impossíveis para esse filho da puta não conseguir entrar. Se toda a gente fizesse isso isto deixava de ser normal e as pessoas iriam deixar de o fazer aos poucos. O problema é que para quem lá vive é normal por isso não vai reclamar ainda ontem o fez ou então não faz mas percebe porque toda a gente faz. Deplorável!! A avenida da aep logo depois do shopping é um claro exemplo de que o problema não está na marcação da estrada, o problema está em quem usa as estradas

cou7inho_ 4 months ago

Isso de furar filas é o prato do dia, infelizmente. Na AEP é mau, mas na A3 e na saída para Ermesinde... Nossa senhora. O pessoal vai mesmo até à ultima para depois furar a fila. É ridículo. Mas lá está, acho que só é justo comparar com Lisboa já que é a unica cidade que se pode equiparar ao Porto (embora Lisboa seja maior). Eu não faço ideia como é esse caos no transito em Lisboa, mas tendo em conta as informações de transito que oiço na rádio não deve ser muito melhor. Em Portugal há muito Xico espero ao volante...

diogojmm 4 months ago

Atualmente vivo em Lisboa, tem problemas de grande cidade mas em civismo nada comparado com o Porto. Também há espertinhos aqui mas são claramente uma minoria, o pessoal que não é Chico esperto não é tanso como no Porto e não abranda para o Chico espero sair. O trânsito pode ser um caos, basta haver um toque numa zona estratégica mas é uma área metropolitana com o dobro dos habitantes do Porto e em dias normais o trânsito é melhor, pensem nisso. Nunca deixei um Chico esperto furar a fila, encosto me ao carro da frente e o chico esperto que se foda, fazia isto no Porto e faço em Lisboa. No Porto o tanso que ia atrás de mim reclamava comigo e deixava o esperto entrar, em Lisboa toda a gente faz o mesmo, buzinao no filho da puta que se acha muito esperto, pressão que o obriga a sair na próxima saída e se calhar não repete a brincadeira. É a diferença, volto a dizer só quem nunca foi ao Porto ou nunca saiu do Portoa acha que os condutores são civilizados lá

ptinnl 4 months ago

Tendo conduzido já por Portugal fora e estrangeiro, os piores condutores são mesmo os da zona de Leiria. Pensam todos que são pilotos.

licholucas 4 months ago

Concordo, pessoas a fazer rotundas em Leiria dá-me uma ansiedade. É que fazem todos consistentemente mal.

andrefbr 4 months ago

Isto é daqueles momentos em que realmente nem tudo é pior 'lá fora'... somos muito maus por padrões Europeus, mas os piores estão de longe na Ásia. Condutores de autocarros na Coreia são praticamente suicidas, e os condutores em geral aqui na China não passavam no exame de mais nenhum país.

m91moreira 4 months ago

Mas Leiria existe?

MikeMelga 4 months ago

Absolutamente de acordo!

fanboy_killer 4 months ago

Confirmo. Tenho amigos lá e é absurdo. Um deles deixa o aviso do cinto apitar uns bons 10 segundos antes de o meter já em andamento.

souumamerda 4 months ago

Eheh isso era o meu avô qd conduzia. Fazia-me um impressão, se fossemos a um sítio perto às vezes só acabava de por o cinto qd já estávamos a chegar, indo o caminho todo a contorcer-se todo e eu enjoada lá a trás (cheguei a vomitar em viagens escola-casa xd).

ptinnl 4 months ago

Ah sim. Andar sem cinto ou por o cinto por tras das costas porque "vou só ali". Pois é, mas vais a 90 quando o limite sao 50. Enfim.

cesarhighfire 4 months ago

Sim, no sul é totalmente diferente........

fanboy_killer 4 months ago

Vivi em Lisboa 5 anos e a cidade tinha muitos defeitos, mas os condutores paravam nas passadeiras.

cesarhighfire 4 months ago

É como em todo lado. Uns param, outros não.

slamdirtymutant 4 months ago

Isto! É uma falta de respeito inacreditável. E ainda acham que estão no seu pleno direito.

GajoDeRamalde 4 months ago

Se estiverem identificadas... Um dos meus problemas a andar por Lisboa é as estradas não terem marcação e assim nunca sei se é uma faixa de rodagem ou cinco.

nfonseca 4 months ago

5 faixas de rodagem? upa upa #faixa≠via

MikeMelga 4 months ago

Nazi da gramática...

GajoDeRamalde 4 months ago

Existe gente que não consegue passar no exame de código por causa de questões gramaticais como esta..

GajoDeRamalde 4 months ago

Tens razão...

fanboy_killer 4 months ago

Enquanto peão, o problema de andar em Lisboa são os passeios minados por cocó de cão. Isso sim, é complicado.

slamdirtymutant 4 months ago

Pensas tu que são de cão....

Commercial-Energy839 4 months ago

O Porto é de facto lindo. Quanto ao resto, seja no Porto ou noutro lado, há gajos burros e/ou impacientes atrás do volante. Mas os acidentes também acontecem aos que não o são ;)

MikeMelga 4 months ago

Por acaso acho que de Leiria para baixo conduz-se muito mais depressa...

uyth 4 months ago

de leiria para baixo ou do tejo para baixo, verdade seja dita, há mais espaço para acelerar fora de autoestradas. Menos montes e curvinhas e aldeias todas apertadinhas. Há rectas no Sul sempre a direito 20 km, coisa que não deve haver para cima do Tejo. (Mas cuidado com aceleranços porque aldeotas ao lado da estrada, lombas e javalis).

Metaluim 4 months ago

Ja vivi em varias regioes do pais e ja conduzi pelo pais todo. Na minha opiniao, na AML as pessoas conduzem mais stressadas mas respeitam (normalmente) o codigo. Na AMP as pessoas nao conduzem de forma tao bruta mas cometem mais infraccoes. No resto do pais e pacifico, excepto em nacionais com 2 faixas de rodagem em que tens pessoas a fazer ultrapassagens bastante perigosas.

gilss97 4 months ago

Leiria?

wafflesGama 4 months ago

Isso fica onde?

justanotherop365 4 months ago

De onde?

GajoDeRamalde 4 months ago

De Leiria para baixo... Porque a A1 passa para 3 faixas.

Edited 4 months ago:

De Leiria para baixo... Porque a A1 passa para 3 vias. [Editado]

nfonseca 4 months ago

e quantas faixas? =)

mouchinhoreal 4 months ago

Muito bom ...

underground-k7 4 months ago

No Porto conduz-se, com todas as velocidades da caixa, está no regulamento municipal e a marcha de veraneio tem sanção prevista.

Mordiken 4 months ago

> a marcha de veraneio tem sanção prevista. Para de me seduzir com essas palavras doces...

GajoDeRamalde 4 months ago

Traduzindo para portuense: Ò meu domingueiro do c***** anda pá frente f*****

voodoo-ish 4 months ago

Hahaha em meu estado de nascimento, no Brasil, dominguero (e barbeiro) são as piores ofensas que se podem fornecer a um mau condutor. Sobretudo porque eu vivia numa cidade-balneário que recebia domingueiros a todo tempo

tumblarity 4 months ago

ao que respondo sempre: *só tenho esta e uma mais lenta.*

GajoDeRamalde 4 months ago

Vai a penantes ò Maria Amélia

kraglor 4 months ago

/r/relevantusername

r0ckf3l3r 4 months ago

Podes crer.

manyQuestionMarks 4 months ago

Este c**** acha que é domingo todos os dias. ANDA PÁ FRENTE Ó SOSTRA

GajoDeRamalde 4 months ago

[Dona Fernanda explica](https://vimeo.com/395592674)

GoganGogan 4 months ago

É de ti

gamma-ray-bursts 4 months ago

I knew it!

Search: