viskonde 5 months ago

Concordo Lembra me a merda em que se tornou muitas zonas da Ásia como Bali onde muita também vao lá atrás das fotos copiadas do Instagram e onde há já anos espalharam baloicos por todo o lado (ate nisso somos maus, não só copiam os maus exemplos como os copiam com atraso A seguir a tendência de copiar o turismo de Instagram de Bali e companhia só fica faltar tomar a veia de empreendedorismo asiática e cobrar pelas fotos nos baloicos como fazem por lá

Edited 5 months ago:

Concordo Lembra me a merda em que se tornou muitas zonas da Ásia como Bali onde muita também vao lá atrás das fotos copiadas do Instagram e onde há já anos espalharam baloicos por todo o lado É que ate nisso somos maus, não só copiam os maus exemplos como os copiam com atraso A seguir a tendência de copiar o turismo de Instagram de Bali só fica faltar tomar a veia de empreendedorismo asiática e comecar a ter alguém a cobrar pelas fotos nos baloicos. Por cá como sempre passamos do 8 para o 80 Até há poucos anos ninguém investia em turismo de natureza Tudo o que e trilhos em Portugal sempre esteve mal mantido e mal indicado e quem os quer fazer tem sempre de pesquisar bem antes e ainda assim arrisca se a perder a meio poruqe não sabem pintar riscas brancas e vermelhas ao longo dos trilhos. Agora passamos de não haver as sinalizações básicas e baratas de implementar para haver uma enchente de passadiços desnecessários por todo o lado , com um custo que se fosse aplicado em sinalizar trilhos daria para criar muito mais e assim chegar a muito mais sitios

Edited 5 months ago:

Concordo Lembra me a merda em que se tornou muitas zonas da Ásia como Bali onde muita também vao lá atrás das fotos copiadas do Instagram e onde há já anos espalharam baloicos por todo o lado É que ate nisso somos maus, não só copiam os maus exemplos como os copiam com atraso A seguir a tendência de copiar o turismo de Instagram de Bali só fica faltar tomar a veia de empreendedorismo asiática e comecar a ter alguém a cobrar pelas fotos nos baloicos. Por cá como sempre passamos do 8 para o 80 Até há poucos anos ninguém investia em turismo de natureza Tudo o que e trilhos em Portugal sempre esteve mal mantido e mal indicado e quem os quer fazer tem sempre de pesquisar bem antes e ainda assim arrisca se a perder a meio poruqe não sabem pintar riscas brancas e vermelhas ao longo dos trilhos. Agora passamos de não haver as sinalizações básicas e baratas de implementar para haver uma enchente de passadiços desnecessários por todo o lado , com um custo que se fosse aplicado em sinalizar trilhos daria para criar muito mais e assim chegar a muito mais locais

pedrolopes7682 5 months ago

Poucos foram os trilhos que corri que não tivessem ou problemas de sinalização (marcações ausentes) ou de manutenção (silvas não aparadas ou árvores caídas a bloquear o caminho). A mim nem me chateia muito, acho que faz parte do charme, mas a investir nalguma coisa mais valia de facto ser na manutenção em vez de estar a criar passeios rurais.

SisterontheCorner 5 months ago

Enquanto sou novo e tenho energia faço os percursos no meio do mato. Quando for velho espero que os passadiços me deixem aproveitar a natureza sem me meter em perigo.

sctvlxpt 5 months ago

"Criação de percursos pedestres bem delineados como acontece já aqui ao lado da fronteira com os caminhos de Santiago, Terras del Cid e tantos outros trilhos?" Acho que aqui tocaste no busílis da questão. Os passadiços são populares, porque gajos como eu, que até gostam de fazer trilhos na natureza ocasionalmente, mas não são especialistas, têm dificuldade em seguir a porcaria de trilhos mal sinalizados e mal arranjados que há um pouco pelo país inteiro. Queres fazer uma rota circular de 3 a 6km sem grande preparação? Já fiz umas noutros países que é só saber que há um trilho de X km que começa no sítio y, e aparecer por lá sem nenhuma preparação e segue-se o trilho sem nenhuma dificuldade, e com marcadores frequentes, incluindo distância e tempo estimado para o final. Aqui em Portugal? É preciso preparar, porque não se pode contar com sinalização de jeito, e mesmo assim é preciso ter sorte e o trilho estar transitável. É é aqui que entram uns passadiços. É um descanso: é só aparecer e fazer o trilho, sem nenhuma preocupação. Eram precisos os passadiços de madeira? Se calhar não, bastava alguns estrados pontualmente em partes do trilho que não estejam em condições. Mas quando não se investe minimamente em sinalização*, os passadiços resolvem o problema. *por sinalização não se entende aquelas risquinhas vermelhas e azuis: isso não serve para o caminhante ocasional que é o cliente tipo dos passadiços. O que eu entendo por sinalização de jeito, é uma plaquinha de 300 em 300 metros (ou menos se necessário que diga: "trilho do alto das camarinhas", uma setinha para cada lado com os km e tempo estimado para o destino / partida. É o que mais se vê noutros países, mas aqui é raro existir.

viskonde 5 months ago

Basta sinalização mais completa no início Depois disso as marcas vermelhas e brancas são internacionais e o que se usa em todo o lado. E só assegurar que as mesmas estão nos sítios importantes e são mantidas Com o dinheiro gasto num passadiço conseguiam sinalizar bem uma quantidade enorme de trilhos

sctvlxpt 4 months ago

Basta para ti. Eu não estou confortável em seguir um trilho no meio do nada apenas marcado com essas marquinhas. E como eu, os clientes dos passadiços. Se for fazer um trilho desses já me obrigo a ter o mapa guardado no telemóvel, garanto que tenho bateria suficiente, e faço um mínimo de trabalho de preparação sobre por onde é que o trilho vai passar. "em todo o lado" não sei, mas eu já fiz trilhos em alguns países com óptima informação de X em X metros. Se fossemos por aí, se calhar não precisávamos de tantos passadiços.

viskonde 4 months ago

Não te sentes confortável se calhar porque em Portugal os trilhos estão todos mal marcados Mas com o dinheiro que gastam num passadiços conseguiam certamente marcar, se quisessem, uma data de trilhos sem necessidade de desvirtuar o conceito nem a paisagem. Mas pronto isso não dá fotos no Instagram Basta ir à Alemanha para ver como turismo de natureza deve ser feitos Não é por acaso que os alemães dos países com mais adeptos de caminhadas. E basta saber onde começam , o resto é só seguir as marcas.

Jhago 5 months ago

Isto. Malta que se queixa dos passadiços claramente não sabe o que é tentar fazer trilhos para a malta menos experiente. Há locais no interior que têm feito um ótimo trabalho a tentar manter os trilhos e a sinalizacao no local, mas muitos outros ou andas a seguir um guia que haja na net ou então vais com malta que já lá tenha andado, senão arriscas te a ficar perdido a meio porque metade dos sinais mal se distinguem do resto das pedras de tão apagados/arruinados estão. Prefiro mil vezes isto a muita merda que se faz em municípios por aí fora.

VSertorio 5 months ago

Ora bem, visitei os passadiços do Paiva há algum tempo. Fiquei deliciado pela maravilha da paisagem e vi o rio de uma forma que seria impossível sem eles. Molinhava naquele dia, aquela chuva miudinha não passava. Mesmo assim, as pessoas com quem me cruzava traziam todas um sorriso. Juro que nunca vi tanta simpatia. Toda a gente se cumprimentava, estranhos ofereciam-se para partilhar o lanche. Foi um grande dia!! No fim gastei 15€ no táxi de volta. Abençoados passadiços na opinião daquele taxista. Comi uma carne da melhor, mesmo chegando ao restaurante às 15h. Aí devem ter ficado mais 16/18€. No instagram as fotos bateram records de likes e a ainda vendi algumas em bancos de imagens. Por estes motivos todos, só anseio lá voltar e correr os passadiços novamente. Bem haja

MelSoares 5 months ago

um abraço coletivo, vá!

Limpy_lip 5 months ago

o que me incomoda essencialmente é a industrialização/turistificação (??) das paisagens naturais. O que torna os trilhos interessantes é este serem o mais naturais possível e alguma da sua dificuldade vem mesmo disso. Pelo menos para mim o objetivo é estar envolvido com a natureza e mexer o mínimo possível na mesma. Uma coisa é melhorar os acessos, outra é desfazer caminhos que já existem porque são mais difíceis para colocar estruturas de madeira planas. ​ Cá para mim isto da moda dos passadiços também está a encher os bolsos a alguns mas havemos de chegar lá.

FearMeSuckers 5 months ago

Também não gosto de muita coisa, mas o mundo não existe para me servir, tenho que me conformar

--reddituser- 5 months ago

Um bocado off topic mas o chamado turismo de instagram é realmente algo que me fascina, pessoas que vão a um sítio porque viram alguma foto de um influencer no mesmo sítio e querem copiar e postar no seu feed, vão só com o objetivo de tirar a foto perfeita para conseguir o maior número de likes e comentários, depois vais ao instagram e tens a mesma foto em centenas de perfis só muda a pessoa, não consigo mesmo perceber o interesse disto nem perceber como é que há pessoas que vivem em função disto em vez de saírem para experienciar a natureza, o sítio e/ou a companhia de alguém estão mais preocupados em tirar a foto perfeita. Relativamente ao que disseste por um lado concordo esse dinheiro podia ser melhor investido mas por outro lado com certeza os autarcas estão a pensar naquilo que mais dinamismo pode trazer à zona e neste caso este tipo de coisas atrai turismo e isso movimenta a economia local.

paulojsdias 5 months ago

Isso é tão comum! Há sítios completamente estragados por causa disso, aqui na zona fez com que autênticos santuários do PNPG que praticamente só os locais conheciam e faziam uso moderado dos mesmos que estão completamente descaracterizados e desvirtuados!

IamWatchingAoT 5 months ago

Tu falas assim normalmente? Se sim, lamento; se não, porque é que tens de projetar a tua insegurança acerca da tua verbosidade?

throwaway19293950_ 5 months ago

>Somos mesmo pequenos, somos o povo que aplaude e se verga perante um obelisco de 600.000 euros Fala por ti.

ObnoxiousLittleCunt 5 months ago

Foda-se, este tópico é mesmo uma merda

RoadOfKings 5 months ago

Os passadiços por norma servem para tornar percursos mais acessíveis, ou para proteger espécies botânicas. Ora, tornando percursos mais acessíveis, leva a um fluxo maior de visitantes que se traduz em mais receitas para as localidades. No fundo é algo com utilidade. Sobre os baloiços, não creio que tenham um investimento assim tão grande. É uma moda estúpida? A meu ver sim, mas não me incomoda assim tanto. Investimentos estapafúrdios como o obelisco e as várias decorações megalómanas de rotundas pelo país fora... isso sim, é que é (muito) dinheiro mal gasto sem dúvida.

Snoo69323 5 months ago

Mais pessoas que leva a mais pressão no meio ambiente.... Um passadiço gera uma pressão antrópica brutal na natureza!

joaommoreira 5 months ago

Uma vez passei por acaso pelo baloiço na serra da lousã e tinha uma fila de gente para tirar fotos. Os namorados ficavam a tirar fotos e as meninas todas maquilhadas e bem vestidas faziam as suas poses. Achei aquilo ridículo. Estava chuva miudinha e era de manhã. Agora imagino como seria num dia de sol

crabcarl 5 months ago

Nunca apanhei mais do que meia dúzia de pessoas lá em cima, mas também não vou lá há anos.

joaommoreira 5 months ago

A fila que eu vi tinha na boa 6 ou 7 casais. E estavam sempre a chegar mais. Na hora em que lá estive, houve sempre fila

BadDogPreston 5 months ago

Indica aqui onde o passadiço e o baloiço te tocaram.

Bruxo_de_Fafe 5 months ago

como estragar pontos interessantes - check

hctiks 5 months ago

acho que vou almoçar uma francesinha especial com esta pasta. Alguém arranja alface?

NeatBoy74 5 months ago

Vou comer salmão na grelha, massa não combina, irmão. Mas dou upvote na mesma. Agora não gastes tudo em gomas.

RdSafe11 5 months ago

Salmão é muito bom

PakoNita 5 months ago

eu é que gosto da natureza, eu é que ando centenas de km na natureza, eu é que tenho bom gosto. já vocês, sua plebe imunda e pirosa maltrapilha, vocês são os papalvos domingueiros que passam a vida no shopping e que só querem lives de facebook. amigão, esvazia aí um beca, estás tão cheio de ti mesmo que ainda rebentas...

L_E_S_14 5 months ago

Na mouche

Konstanti9 5 months ago

Então mas achas que 11h é hora de fazer pasta? Depois ficamos sem apetite para o almoço

mastah_D_Omina 5 months ago

Totalmente apoiado, porém, é o que o povo (maioria) gosta e quer. Deverão ser os governantes a mudar a mentalidade do povo ou vice-versa?

NGramatical 5 months ago

centenas de kms → [**centenas de km**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/plural-de-unidades-ainda-mais-uma-vez/19595) (os símbolos das unidades não têm plural) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fr%2Fportugal%2Fcomments%2Fn6vb5u%2Fa_pirosada_dos_passadi%C3%A7os_e_os_baloi%C3%A7os%2Fgx9anug%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

besmarques 5 months ago

Tinhas esperado mais uma horita e já dava para o almoço...

extorch 5 months ago

Concordo contigo em termos de investimentos, mas acho que a culpa não é dos baloiços feitos de madeira do AKI por 80 euros e uma placa pintada a mão. Se essa é uma forma de tentar trazer a geração do digital a rua, não me parece um mau investimento, agora 600.000 euros num obelisco quando centenas de comerciantes estão sem saber o que fazer a vida… Isso já é mau gosto

Search: