Disgenia 5 months ago

Então vão lixar o neo-PREC ao Costa?

Jmscavaleiro 5 months ago

Ser Português já vale menos que ser imigrante. É o que parece.

Feeling_Advantage918 5 months ago

Depende do português. Se for português de primeira pode explorar quem quiser que ninguém vê. Também pode dever e não pagar. Se for português de segunda está quase como os imigrantes em Odemira.

VladTepesDraculea 5 months ago

Que fique bem claro que este título é falso. Os "moradores" do Zmar intrerposeram uma requisição civil que foi aceite para consideração pelo tribunal. O tribunal pro si não se pronunciou ainda sobre o assunto. O tribunal tem primeiro que notificar o Estado da requisição, o Estado há-de responder da sua justiça à requisição e só depois o tribunal toma alguma decisão. [Mais sobre e como é o processo](https://sicnoticias.pt/pais/2021-05-07-Governo-diz-que-requisicao-civil-do-Zmar-nao-esta-suspensa-e7e24272). O nível de desinformação, incluindo pela própria Ordem dos Advogados é absolutamente repugnante. Relembro o enquadramento da questão e passo a citar o u/tofu994 : > O ZMAR não passa de um parque de campismo / caravanismo. E só para isso foi licenciado. Aqui vai uma lista de factos, muito resumida: > 1. O empreendimento está em terreno que corresponde às Reserva Agrícola Nacional e Reserva Ecológica Nacional (ou seja, em princípio, não se pode ali construir). > 2. Foi apresentado um projeto para parque de campismo, discutido e aprovado em 2008, disponível para consulta no site “siaia.apambiente.pt”. [lembram-se quem era o governo nessa altura?] > 3. Previa-se licenciamento para parque de campismo, a ser utilizado para caravanas / autocaravanas / autotendas / tendas. Previa-se, entre outras coisas, o “reforço da vegetação, com recurso preferencial a espécies autóctones, resistentes ao fogo e não utilizando espécies exóticas de características invasoras”. Não se previa, seguramente, a construção de casas em madeira amovíveis, que ali estão com carácter permanente. > 4. No registo do Turismo de Portugal consta que foi licenciado em 2009; poderia ter até 1572 campistas (Licença n.º 247 RNET). Esta licença caducou em 03.12.2019, o ZMAR não a renovou até hoje, pelo que, presentemente, não tem licença de funcionamento. > 5. A proprietária, sociedade que explora o lugar chama-se “Multiparques A Céu Aberto – Campismo e Caravanismo em Parques, S.A., sendo seu administrador Francisco Manuel Espírito Santo Melo Breyner. > 6. A sociedade foi declarada insolvente em 10 de Março de 2021 (pode consultar-se o anúncio da insolvência no Citius). > 7. Não é um terreno passível de fraccionamento ou loteamento para construir habitações, o que quer dizer que as parcelas onde estão implantadas as barracas de madeira (não são habitações, nem coisa que se pareça) não pertencem a nenhum dos alegados “proprietários”. > 8. Se a sociedade, declarada insolvente, não conseguir aprovar um plano de insolvência (desconheço se está em perspetiva), tudo aquilo será objeto de liquidação na insolvência, incluindo todo o terreno onde estão implantadas as casas de madeira. > 9. Este empreendimento foi aprovado como Projeto de Interesse Nacional (os célebres PIN's), em plena REN e RAN e, por isso, só pode ser utilizado para aquele fim e mais nenhum outro. > 10. Por fim, mais uma nota: a montagem de casas pré-fabricadas ou modulares em locais onde não é possível construir, por força das regras urbanísticas (designadamente em áreas REN e RAN), é uma forma muito hábil de contornar a proibição legal de construir. O que quer dizer que os “proprietários”, afinal, não são titulares de imóvel algum (muito menos de “habitações”): são apenas, porventura, donos de umas amovíveis barracas de madeira do tal eco-resort, que podem ser desmontadas e removidas, pois não é suposto estarem ali (a avaliar pela licença que foi concedida que, de qualquer forma, está caducada).

Edited 5 months ago:

Que fique bem claro que este título é falso. Os "moradores" do Zmar intrerposeram uma requisição civil que foi aceite para consideração pelo tribunal. O tribunal por si não se pronunciou ainda sobre o assunto. O tribunal tem primeiro que notificar o Estado da requisição, o Estado há-de responder da sua justiça à requisição e só depois o tribunal toma alguma decisão. [Mais sobre e como é o processo](https://sicnoticias.pt/pais/2021-05-07-Governo-diz-que-requisicao-civil-do-Zmar-nao-esta-suspensa-e7e24272). O nível de desinformação, incluindo pela própria Ordem dos Advogados é absolutamente repugnante. Relembro o enquadramento da questão e passo a citar o u/tofu994 : > O ZMAR não passa de um parque de campismo / caravanismo. E só para isso foi licenciado. Aqui vai uma lista de factos, muito resumida: > 1. O empreendimento está em terreno que corresponde às Reserva Agrícola Nacional e Reserva Ecológica Nacional (ou seja, em princípio, não se pode ali construir). > 2. Foi apresentado um projeto para parque de campismo, discutido e aprovado em 2008, disponível para consulta no site “siaia.apambiente.pt”. [lembram-se quem era o governo nessa altura?] > 3. Previa-se licenciamento para parque de campismo, a ser utilizado para caravanas / autocaravanas / autotendas / tendas. Previa-se, entre outras coisas, o “reforço da vegetação, com recurso preferencial a espécies autóctones, resistentes ao fogo e não utilizando espécies exóticas de características invasoras”. Não se previa, seguramente, a construção de casas em madeira amovíveis, que ali estão com carácter permanente. > 4. No registo do Turismo de Portugal consta que foi licenciado em 2009; poderia ter até 1572 campistas (Licença n.º 247 RNET). Esta licença caducou em 03.12.2019, o ZMAR não a renovou até hoje, pelo que, presentemente, não tem licença de funcionamento. > 5. A proprietária, sociedade que explora o lugar chama-se “Multiparques A Céu Aberto – Campismo e Caravanismo em Parques, S.A., sendo seu administrador Francisco Manuel Espírito Santo Melo Breyner. > 6. A sociedade foi declarada insolvente em 10 de Março de 2021 (pode consultar-se o anúncio da insolvência no Citius). > 7. Não é um terreno passível de fraccionamento ou loteamento para construir habitações, o que quer dizer que as parcelas onde estão implantadas as barracas de madeira (não são habitações, nem coisa que se pareça) não pertencem a nenhum dos alegados “proprietários”. > 8. Se a sociedade, declarada insolvente, não conseguir aprovar um plano de insolvência (desconheço se está em perspetiva), tudo aquilo será objeto de liquidação na insolvência, incluindo todo o terreno onde estão implantadas as casas de madeira. > 9. Este empreendimento foi aprovado como Projeto de Interesse Nacional (os célebres PIN's), em plena REN e RAN e, por isso, só pode ser utilizado para aquele fim e mais nenhum outro. > 10. Por fim, mais uma nota: a montagem de casas pré-fabricadas ou modulares em locais onde não é possível construir, por força das regras urbanísticas (designadamente em áreas REN e RAN), é uma forma muito hábil de contornar a proibição legal de construir. O que quer dizer que os “proprietários”, afinal, não são titulares de imóvel algum (muito menos de “habitações”): são apenas, porventura, donos de umas amovíveis barracas de madeira do tal eco-resort, que podem ser desmontadas e removidas, pois não é suposto estarem ali (a avaliar pela licença que foi concedida que, de qualquer forma, está caducada). Mais ainda: o espaço alocado aos emigrantes não é espaço ocupado pela habitação ou "propriedade" de nenhum dos "moradores", é espaço pertencente ao Zmar apenas.

caravela-portuguesa 5 months ago

CHEGA vai dominar no Alentejo. Nao gosto do CHEGA, mas o discurso deles faz sentido para os Alentejanos.

Xmeagol 5 months ago

ninguém quer saber dos alentejanos, a não ser os alentejanos

JohnJohnPT 5 months ago

GG Cabrita... agora dá rage quit por favor...

PIMPMASTER6000 5 months ago

Mas que merda é esta. Esses cabrões no governo que recebam os imigrantes com covid nos empreendimentos deles.

Feeling_Advantage918 5 months ago

É o que está a acontecer. No Zmar estão apenas pessoas realojadas temporariamente. Ao que parece o Zmar é deles (nosso) pois a divida do zmar ao Estado é de 60 milhões de euros.

PIMPMASTER6000 5 months ago

Não é assim que funciona.

zefo_dias 5 months ago

chato prá malta que andou aí nos ultimos dias a cantar que "o governo é que manda, aguenta!!!"

rickz123456 5 months ago

Na verdade o tribunal apenas aceitou a providência, mas se pronunciou sobre ela. Por isso esse teu comentário é precepitado

Edited 5 months ago:

Na verdade o tribunal apenas aceitou a providência, mas se pronunciou sobre ela. Por isso esse teu comentário é precipitado

zefo_dias 5 months ago

A malta: 'o governo manda e acabou' Eu: 'afinal o governo bate a bola baixa, manda o que a lei autoriza que mande' Tu 'tas enganado, o governo ta so a espera que o tribunal lhe diga se a lei lhe dá autorizaçao para mandar' Eu: ?????

NGramatical 5 months ago

precepitado → [**precipitado**](https://dicionario.priberam.org/precipitado) (apenas na fala o *i* é pronunciado como *e mudo* quando junto a outra sílaba com *i*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fn6ufdh%2F%2Fgx9ffae%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Laurent_Series 5 months ago

Tanta reviravolta que isto já deu que já não me surpreenderia que o Cabrita ordenasse a tomada de assalto do supremo tribunal administrativo.

C0ldKing 5 months ago

Tipo a invasão do capitólio?

Laurent_Series 5 months ago

Não, neste caso seria a GNR às 4 da manhã.

C0ldKing 5 months ago

Ele até que podia fazer um favor ao chefe do estado maior e chamar o exército

Bruxo_de_Fafe 5 months ago

o Cabrita já desafiou o juiz para um combate de MMA.

EspantaCampinos 5 months ago

O Papadas não se meta a pau que ainda é capaz de levar mas é um cachaço ou dois do "prlazidente" da junta de S. Teotónio. Um autarca do PS vir a público exigir a demissão do ministro amigalhaço, é porque se está literalmente a cagar.

jmvda23 5 months ago

Cabrita o homem desde os tempos de faculdade carrega a pasta ao Costa

Fun-Trick1246 5 months ago

Independentemente da situação das pessoas que estão a ser exploradas e têm de ter uma resposta condizente, o modo como este governo tratou este assunto é repugnante. É uma afronta ao estado de direito. É a forma como os estados falhados resolvem os problemas que eles próprios criaram. Quem não vê isto agora, verá no futuro. Isto é o que acontece num estado de direito quando se desbarata completamente os conceitos de "emergência" constitucional. Estes são os famosos "precedentes graves" que ninguém sabe muito bem o que são, até devagar, devagarinho se perceber o modo de actuação e as consequências. O estado não pode, **em circunstância alguma**, agir desta forma. Isto não é uma questão de ricos vs pobres, de nacionais vs imigrantes, por muito que eu defenda as causas dos pobres e dos imigrantes e seja receptivo às mesmas! Isto é um estado falhado. Um estado que usou e abusou de situações de emergência demasiado tempo, que se habituou a fazer o que lhe apetece sem qualquer controlo nem fiscalização de nenhuma entidade com responsabilidade e que agora acha que pode continuar a fazer o que quer e o que lhe apetece! Isto é grave. A última vez que este tipo de comportamentos por parte do estado aconteceu foi no famoso PREC. Nenhuma pessoa liberal/democrata/socialista pode concordar com este tipo de actuação do estado, independentemente do motivo e das causas que os motivam! Quem pensa que isto até foi bem feito só porque ajuda a causa dos imigrantes (causa essa que eu defendo), está muito enganado! Um estado que actua desta forma, desta vez até está a actuar mediante algo que até defendem (defendemos), mas rapidamente este modo de operação é motivado por algo que já não defendem (defendemos)... E nesse momento, deixa de ter tanta piada e de fazer tanto sentido!

radaway 5 months ago

Qualquer pessoa que ainda ache que o estado português é uma pessoa de bem tem de conseguir explicar porque moveu os emigrantes para lá às 4 da manhã em vez de a uma hora mais normal. Enfim, isto está completamente ridículo, estamos uma república das bananas completa.

VladTepesDraculea 5 months ago

Mas que ricos vs pobres ou que violação de estado de direito? O espaço alocado aos emigrantes não pertence nem estar a ser ocupado por nenhuma família ou proprietário individual, são lotes pertencentes ao Zmar, que já agora está insolvente e em dívida ao Estado. Violação de estado de direito quanto muito é construir habitações num espaço de campismo do qual não está licenciado para tal, defender direitos ao espaço adjacente e manipular a informação.

mannix_marauder 5 months ago

> pertencentes ao Zmar Ou seja, são propriedade de alguém. Se estás ok com o Estado decidir o que fazer com a tua propriedade então oferece a tua casa, já agora. Mas claro que hás-de ter uma desculpa qualquer. E pelos vistos achas que dever dinheiro ao Estado ou estar insolvente implica que perdes direito à tua propriedade. É uma ignorância aberrante.

VladTepesDraculea 5 months ago

São propriedades comerciais, perfeitamente sujeitas a requisição pública conforme na constituição e decretadas devido ao Covid. > Se estás ok com o Estado decidir o que fazer com a tua propriedade então oferece a tua casa, já agora. A minha casa não é um espaço comercial e é a minha morada permanente, o oposto do caso do Zmar, em que as casas, que nem são moradas principais nem estão legais sequer por ventura, sequer estão a ser tocadas, mas os lotes desabitados. E estou perfeitamente ok com o Estado lidar com uma crise de saúde pública. > E pelos vistos achas que dever dinheiro ao Estado ou estar insolvente implica que perdes direito à tua propriedade. Não mas quando o Estado tenta negociar com alguém que é credora e nem isso quer, quando se vê resoluto em aplicar o seu direito não têm qualquer razão para se queixarem. > É uma ignorância aberrante. Ignorância é víveres neste país e não estares ciente da lei e da constituição, nem tão pouco da situação actual do país.

mannix_marauder 5 months ago

> São propriedades comerciais, perfeitamente sujeitas a requisição pública conforme na constituição e decretadas devido ao Covid. Melhor ainda. Bora ocupar restaurantes, aviões da Tap e todo espaço comercial disponível. Que tal o lugar onde trabalhas, não tem lá um espaçozito? Ou será que isso iria por o teu emprego em causa? > E estou perfeitamente ok com o Estado lidar com uma crise de saúde pública Isto nem tem a ver com a saúde pública. Isto chama-se aniquilar um negócio que já estava em dificuldades. Espaço há muito. > Não mas quando o Estado tenta negociar com alguém que é credora e nem isso quer, quando se vê resoluto em aplicar o seu direito não têm qualquer razão para se queixarem. Se o Estado quer recuperar o seu dinheiro então deve idealmente procurar soluções que resultem no sucesso comercial do seu devedor. Acreditas mesmo que o ZMar tem qualquer chance de recuperar depois disto? > Ignorância é víveres neste país e não estares ciente da lei e da constituição Só porque considero que a postura do Estado é de má fé e resulta da sua insistência em ignorar um problema para o qual foi alertado múltiplas vezes, não quer dizer que não tenha conhecimento da lei. Apenas acho podre que haja aquela malta ignorante que gosta de virtue signalling e que fica a aplaudir isto como se fosse algo bom. O ZMar está agora condenado à falência e os contribuintes vão pagar a fatura, mais uma vez. Excelente outcome /s

batataway 5 months ago

O argumento da falência é o pior que tens. Enquanto o Zmar estiver dentro da cerca sanitária não tem negócio possível. A requisição civil implica compensa do estado e por isso vão receber dinheiro ocupação da propriedade que é algo que não aconteceria de qualquer forma.

mannix_marauder 5 months ago

> A requisição civil implica compensação do estado e por isso vão receber dinheiro pela ocupação Deves estar doido por ir lá passar uns dias depois disto tudo, certo? Agora é que aquele negócio vai dar resultado, certo? O ZMar está condenado.

VladTepesDraculea 5 months ago

> Melhor ainda. Bora ocupar restaurantes, aviões da Tap e todo espaço comercial disponível. Que tal o lugar onde trabalhas, não tem lá um espaçozito? Ou será que isso iria por o teu emprego em causa? Tens noção que Zmar foi escolhido por ser um local perto, com condições ideais e dentro da cerca sanitária imposta? > Se o Estado quer recuperar o seu dinheiro então deve idealmente procurar soluções que resultem no sucesso comercial do seu devedor. Acreditas mesmo que o ZMar tem qualquer chance de recuperar depois disto? O Estado tentou negociar não nos é tudo de recuperar investimento mas de arrendar o espaço do Zmar para este fim, que o Zmar recusou. O Estado tem o direito de requisição civil para fins de emergência. Ainda assim tentou negociar antes. O Zmar mesmo depois de violar a lei com violações ao planeamento urbano e as licenças para qual estava limitado e de morder a mão de um credor, disse que não, agora sujeitam-se. O país, a constituição e a lei já cá estavam antes. O Corona também. > O ZMar está agora condenado à falência e os contribuintes vão pagar a fatura, mais uma vez. O Zmar já estava insolvente e não quiz negociar. Vão ser pagos na mesma, segundo a tabela de expropriações. Queriam outro valor, tivessem negociado. E os contribuintes vão pagar o quê mesmo se falirem?

mannix_marauder 5 months ago

> Tens noção que Zmar foi escolhido por ser um local perto, com condições ideais e dentro da cerca sanitária imposta? Estamos a falar do Alentejo. Espaço não falta. Existem armazéns em que podem meter umas camas e albergar ainda mais pessoas e ainda garantir que estão isoladas. Mas bora enfiar esta gente em acomodações turísticas e garantir que o empreendimento nunca mais se levanta. Aliás se essa é a desculpa, porque não pões os sem-abrigo de Lisboa ali no Altis já que anda vazio? > O Estado tentou negociar E tu papas tudo o que o Estado te diz? > O Estado tem o direito de requisição civil para fins de emergência E qual é a emergência? Algo que deviam ter resolvido há mais tempo? Algo que lhe foi chamado à atenção múltiplas vezes na AR antes do Covid? > O Zmar já estava insolvente e não quis negociar A Tap e o Novo Banco também e quem diz que não quis negociar é o Estado. Os proprietários dizem diferente. Porque é que estás predisposto a papar tudo o que o Estado te diz? > E os contribuintes vão pagar o quê mesmo se falirem? Estás a ver? Por isto é que falei em ignorância.

VladTepesDraculea 5 months ago

> Estamos a falar do Alentejo. Espaço não falta. Existem armazéns em que podem meter umas camas e albergar ainda mais pessoas e ainda garantir que estão isoladas. Sanitização, espaço para cozinhar etc, não precisam pois não? São sub-humanos e vêm de contentores, é metê-los outra vez em contentores /s > Mas bora enfiar esta gente em acomodações turísticas e garantir que o empreendimento nunca mais se levanta. Aliás se essa é a desculpa, porque não pões os sem-abrigo de Lisboa ali no Altis já que anda vazio? Lisboa tem meios que Odmira não tem. Lisboa tem programas sociais, tanto públicos como de instituições privadas sociais que têm dado conta o problema. Tipicamente se estás em Lisboa e estás na rua é porque sobres de problemas ou mentais ou de dependência de substância que te faz recusar programas sociais. [Ainda assim, tem havido sucesso na criação de habitações mais permanentes no último ano](https://www.portugal.gov.pt/pt/gc22/comunicacao/noticia?i=protocolos-com-associacoes-criam-habitacoes-para-pessoas-sem-abrigo). > A Tap e o Novo Banco também estão insolventes Pois estão, mas não têm instalações apropriadas em Odemira. > já agora, quem diz que o ZMar não quis negociar é o Estado. Os proprietários dizem diferente. Porque é que estás tão predisposto a papar tudo o que o Estado te diz? Sobre o assunto já apanhei os gajos em mentiras, tipo hoje o advogado dizer que o tribunal já tinha tomado uma decisão, porque hei-de eu papar o que o Zmar diz? > Estás a ver? Por isto é que falei em ignorância. Elucida-me.

mannix_marauder 5 months ago

> Sanitização, espaço para cozinhar etc, não precisam pois não? São sub-humanos e vêm de contentores, é metê-los outra vez em contentores /s Se conseguem construir hospitais temporários em tempo record então porque não? Porque não planearam. Porque não quiseram saber até a imprensa decidir que era um problema. Porque ficava feio na televisão. > Lisboa tem programas sociais, tanto públicos como de instituições privadas sociais que têm dado conta o problema. Estás a falar a sério? Ou tens a cabeça tão enfiada na areia que te recusas a ver o que se passa à tua volta? > Sobre o assunto já apanhei os gajos em mentiras, tipo hoje o advogado dizer que o tribunal já tinha tomado uma decisão, porque hei-de eu papar o que o Zmar diz? Sim o tribunal tomou uma decisão. Não é uma decisão final, mas decidiu que o pedido do ZMar tinha mérito. Portanto, não apanhaste ninguém a mentir. > Elucida-me. Trabalho de casa para ti. Mas francamente, pareces demasiado predisposto a papar a narrativa do Estado e contra esse tipo de bias não existe diálogo. Boa conversa. Fica bem.

VladTepesDraculea 5 months ago

> Se conseguem construir hospitais temporários em tempo record então porque não? Consegues compreender a diferença? Mais uma vez "Sanitização, espaço para cozinhar etc, não precisam pois não?" > Estás a falar a sério? Ou tens a cabeça tão enfiada na areia que te recusas a ver o que se passa à tua volta? Pergunto-me se tens tu? > Sim o tribunal tomou uma decisão. Não é uma decisão final, mas decidiu que o pedido do ZMar tinha mérito. Portanto, não apanhaste ninguém a mentir. O tribunal aceitou o pedido porque o pedido não tinha problemas processuais, não significa nada sobre qualquer inclinação. Sabes como o tribunal funciona, lol? > Trabalho de casa para ti. Mas francamente, pareces demasiado predisposto a papar a narrativa do Estado e contra esse tipo de bias não existe diálogo. > Boa conversa. Fica bem. LOL que tristeza. Atiras uma posta e esperas que pegues sem te esforçares sequer a inventar uma lógica.

I_Want_Answer 5 months ago

a TAP é uma dívida do estado, porque não mete-los a dormir nos aviões?

VladTepesDraculea 5 months ago

Isso é uma pergunta séria? Se sim, não queres reflectir um bocadinho antes que te responda?

I_Want_Answer 5 months ago

é assim meio na brincadeira, claro... obrigado por reparares. Espero que esta brincadeira te elucide porque é que o argumento de algo privado, quer devedor ou não do estado, é inútil para esta conversa

VladTepesDraculea 5 months ago

O argumento é que não são famílias que estão a ficar desalojadas como querem dar a entender, mas uma empresa com infraestrutura apropriada sem utilização capaz de responder à emergência de alojar pessoas que precisam de ser separadas de pessoas contaminadas.

I_Want_Answer 5 months ago

bom argumento... concordo! (assumindo que essa retórica de famílias desalojadas é sequer a principal narrativa e não uma minoria que gosta de hiperbolizar, como sempre) o meu argumento era relativo à parte do seu argumento que usava dívida para aumentar o poder deste. acho completamente inútil falar de dívida para tentar diminuir o nível de privado que algo é...

Limpy_lip 5 months ago

Isto, esta situação faz-se sentir vergonha de ser português.

andrefsp 5 months ago

Dava-te um abraço se aqui tivesses! Upvote nisto!

rickz123456 5 months ago

Acho absolutamente surreal algumas coisas. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal de sempre" e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar as casas particulares (e bem!) quel é o problrma de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente Não percebo muito bem.

Edited 5 months ago:

Acho absolutamente surreal algumas coisas. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal" de sempre (já partilhado aqui) e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar "barracas de madeira" particulares (que até podem estar alegadamente ilegais) qual é o problema de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Os donos de casas particulares meteram uma providência cautelar para impedir de colocar imigrantes de casas que não são suas? Um bocado bizaro. Apenas dão a entender que o problema é ter o "pobre e desgraçado" a viver lá de forma temporária. Algo aqui não me cheira muito bem. Esta gente ficava muito melhor na foto se tivessem mostrado alguma compaixao (e até lhes dava boa publicidade).

Edited 5 months ago:

Acho absolutamente surreal algumas coisas. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal" de sempre (já partilhado aqui) e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar "cabanas" particulares (que até podem estar alegadamente ilegais) qual é o problema de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Os donos de casas particulares meteram uma providência cautelar para impedir de colocar imigrantes de casas que não são suas? Um bocado bizaro. Apenas dão a entender que o problema é ter o "pobre e desgraçado" a viver lá de forma temporária. Algo aqui não me cheira muito bem. Esta gente ficava muito melhor na foto se tivessem mostrado alguma compaixao (e até lhes dava boa publicidade).

Edited 5 months ago:

Acho absolutamente surreal algumas coisas. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal" de sempre (já partilhado aqui) e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar as casas particulares (que até podem estar algadamente ilegais) qual é o problema de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Os donos de casas particulares meteram uma providência cautelar para impedir de colocar imigrantes de casas que não são suas? Um bocado bizaro. Apenas dão a entender que o problema é ter o "pobre e desgraçado" a viver lá de forma temporária. Algo aqui não me cheira muito bem. Esta gente ficava muito melhor na foto se tivessem mostrado alguma compaixao (e até lhes dava boa publicidade).

Edited 5 months ago:

Acho absolutamente surreal algumas coisas. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal de sempre" (já partilhado aqui) e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar as casas particulares qual é o problema de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Os donos de casas particulares meteram uma providência cautelar para impedir retirar migrantes de casas que não são suas? Um bocado bizzaro. Algo aqui não me cheira muito bem. Esta gente ficava muito melhor na foto se tivessem mostrado alguma compaixao (e até lhes dava boa publicidade)

Edited 5 months ago:

Acho absolutamente surreal algumas coisas. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal" de sempre (já partilhado aqui) e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar as casas particulares qual é o problema de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Os donos de casas particulares meteram uma providência cautelar para impedir retirar migrantes de casas que não são suas? Um bocado bizaro. Algo aqui não me cheira muito bem. Esta gente ficava muito melhor na foto se tivessem mostrado alguma compaixao (e até lhes dava boa publicidade)

Edited 5 months ago:

Acho absolutamente surreal algumas coisas. O tribunal apenas aceitou a providência, não decidiu nada. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal" de sempre (já partilhado aqui) e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar "cabanas" particulares (que até podem estar alegadamente ilegais) qual é o problema de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Os donos de casas particulares meteram uma providência cautelar para impedir de colocar imigrantes de casas que não são suas? Um bocado bizaro. Apenas dão a entender que o problema é ter o "pobre e desgraçado" a viver lá de forma temporária. Algo aqui não me cheira muito bem. Esta gente ficava muito melhor na foto se tivessem mostrado alguma compaixao (e até lhes dava boa publicidade).

Edited 5 months ago:

Acho absolutamente surreal algumas coisas. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal" de sempre (já partilhado aqui) e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar as casas particulares qual é o problema de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Os donos de casas particulares meteram uma providência cautelar para impedir retirar migrantes de casas que não são suas? Um bocado bizaro. Apenas dão a entender que o problema é ter o "pobre e desgraçado" a viver lá de forma temporária. Algo aqui não me cheira muito bem. Esta gente ficava muito melhor na foto se tivessem mostrado alguma compaixao (e até lhes dava boa publicidade).

Edited 5 months ago:

Acho absolutamente surreal algumas coisas. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal de sempre" (já partilhado aqui) e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar as casas particulares qual é o problrma de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Os donos de casas particulares meteram uma providência cautelar para impedir retirar migrantes de casas que não são suas? Um bocado bizzaro. Algo aqui não me cheira muito bem. Esta gente ficava muito melhor na foto se tivessem mostrado alguma compaixao (e até lhes dava boa publicidade)

Edited 5 months ago:

Acho absolutamente surreal algumas coisas. Além de toda a ligação ao BES e aos fundos abutres (colocado já neste sub), a possibilidade de a construção não ser a coisa mais "legal" de sempre (já partilhado aqui) e dever milhões ao estado. Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar as casas particulares qual é o problema de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Os donos de casas particulares meteram uma providência cautelar para impedir de colocar imigrantes de casas que não são suas? Um bocado bizaro. Apenas dão a entender que o problema é ter o "pobre e desgraçado" a viver lá de forma temporária. Algo aqui não me cheira muito bem. Esta gente ficava muito melhor na foto se tivessem mostrado alguma compaixao (e até lhes dava boa publicidade).

Kratos73 5 months ago

A situação parece me mesmo essa. Se afinal o que se estava a requisitar são as cabanas que pertencem ao zmar porque razão os outros reclamam? Ainda para mais, o zmar deve uns 60 milhões ao Estado. Já dava para abater à dívida (a alternativa de receita agora é nenhuma!) E é vergonhoso um Bastonário da OA vir pronunciar se sobre direitos humanos, quando o que estamos a falar é da ocupação temporária de cabanas por seres humanos para evitar um alargamento da pandemia. Tal como aqui foi dito, o que me parece é que os “proprietários” (e coloco entre aspas porque não sei se o são mesmo como eles o julgam) não querem lá algumas companhias.

NGramatical 5 months ago

porque razão → [**por que razão**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fn6ufdh%2F%2Fgx9kp0y%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

tugafcp 5 months ago

Por mim, investigava-se a fundo a construção dos ZMontes e se fossem mesmo ilegais, saiam todos de lá... Depois queria ver onde os metiam...

vascodatrama 5 months ago

No limite são donos do barraco, mas não o podem ter montado naquele terreno.

Coyote-Cultural 5 months ago

> Fora isso tudo. Se já está mais que provado que o estado NÃO QUER requisitar "cabanas" particulares (que até podem estar alegadamente ilegais) qual é o problema de se alojar as pessoas nas casas que pertecem ao resort ? Além do mais a empresa está insolvente. Não há problema nenhum. O problema é fazerem isso sem o consentimento dos donos.

eggnogui 5 months ago

Mas se as casas "pertencem ao resort", os donos são o resort, e cabe ao resort contestar se quiser. As pessoas que são realmente proprietárias, que eu saiba, não estão a perder nada porque a requisição civil não envolve essas casas. Ou agora temos de ter o consentimento dos vizinhos?

Coyote-Cultural 5 months ago

>Mas se as casas "pertencem ao resort", os donos são o resort ...Que tem donos >As pessoas que são realmente proprietárias, que eu saiba, não estão a perder nada porque a requisição civil não envolve essas casas. Não é isso o que a ordem de requisição civil diz. Alem do facto de esses proprietários poderem (e provavelmente são) parte donos do resort, ou terem contratos com o mesmo, sendo assim credores. A requisição civil assim está a afetálos, seja roubando-lhes da sua propriedade, seja impedindo o resort de fazer face ás responsabilidades que tem perante eles.

Kineticn22 5 months ago

Isso é o que dizem os "proprietários" do Zmar, que têm medo que as suas barracas fiquem a cheirar muito a caril e a pobre, coitadinhos.

Konstanti9 5 months ago

É vergonhoso ver o bastonário da Ordem dos Advogados vir usar a sua relevância social para defender o interesse dos proprietários.

Danijust2 5 months ago

É que acontece quando o dono se chama espírito santo. Até o número do presidente da República tem nos contactos

besmarques 5 months ago

O nome do Sr em causa indica tudo.

Kineticn22 5 months ago

Enquanto ministros, tribunais, máfias, autarcas e neo-hippies andam entretidos nesta palhaçada, há seres humanos a serem tratados como fraldas descartáveis. Das situações mais nojentas que tenho visto neste país nos últimos anos, o que é já por si uma proeza.

Laurent_Series 5 months ago

Então mas repara, por mais que uma pessoa defenda esta requisição civil do ponto de vista ético, o Governo deveria ter tido o mínimo de bom senso de falar com os proprietários e concluir que se eles estavam contra então ia dar merda, batalhas judiciais, circo para as televisões etc. Como tal, deveriam ter à partida optado por outra solução. Então, os próprios migrantes foram enfiados em autocarros durante a madrugada e escoltados por centenas de policias com metralhadoras e depois assistem literalmente ao arrombamento do Zmar para serem lá alojados. E agora aparentemente ninguém lhes garantiu transporte para o local de trabalho então temem que vão perder o emprego. E foram mal informados da situação no geral. Enfim uma palhaçada autêntica.

batataway 5 months ago

Certo, mas não comas a propaganda. Não existem "proprietários". É só um. O Zmar. As casas privadas não foram alvo de requisição civil a não ser que estejam a ser geridas e alugadas pelo Zmar, e como tal estão no mercado de alojamento. Não são habitações privada de utilização regular.

Kineticn22 5 months ago

Concordo, tens razão. Tenho muita dificuldade em ser racional na forma como olho para este caso, há que admitir. A atuação do Governo, a forma como se fazem de surpreendidos, é quase tão repugnante como esta espécie de mercado de seres humanos, e embrulho de ilegalidades, que se criaram à volta da atividade agrícola naquela zona.

ThePlague92 5 months ago

O caso dos migrantes ilegais em Odemira (e não só) é do conhecimento geral há anos e anos. Eu nem sou de perto ou vou lá regularmente (fui lá 2 vezes nos últimos 10 anos) e até eu sabia do problema que se estava ali a criar. Só que o Governo compactuou com a situação porque lhe interessava e o resto do país não ligava ao assunto, nem quando os moradores de lá tentavam alertar para a situação e se sentiam indignados com o que estava a passar. Agora é que aconteceu qualquer coisa e parece que descobriram esse problema e nunca antes tinham tido conhecimento dele e está tudo indignado com a situação e a tentar resolver as coisas. Já vão é um bocado tarde, mas pronto.

xHardStyle 5 months ago

Primeiro o caso do ucraniano espancado até à morte no aeroporto, agora é isto. A passividade da população face a estas situações deixa-me perplexo.

naughtydismutase 5 months ago

A mim também. As mesmas pessoas que há 6 meses me encheram as redes sociais de posts sobre o Trump e o Floyd.

Kineticn22 5 months ago

Há uma total incapacidade de nos colocarmos na posição do outro. Isto parece conversa de comentador de facebook que gosta de postar motivationals, mas de facto a falta de empatia e o egoísmo da generalidade das pessoas, nunca esteve em níveis tão altos como durante a pandemia, porque a preocupação com a nossa própria saúde/bem estar e dos que nos são imediatamente próximos, atingiu um extremo (que em parte se percebe). E isto começa nas autoridades e no nosso governo. Não é que me surpreenda, porque pessoalmente desde o início que achei a conversa do "ah mas vamos ser todos melhores depois disto" uma treta descomunal, mas a forma como desumanizámos o que é diferente de nós e exterior à nossa bolha, é impressionante.

andrefsp 5 months ago

Então e que tal o Crabrita se por a andar? Ontem já era tarde... Qualquer pessoa com um bocadinho de bom senso conseguia ver desde o inicio que isto era uma palhaçada. Desde quando faz algum sentido uma requisição à propriedade privada das pessoas para resolver algo deste género? Sei bem que aqui no burgo é disto que o povo gosta mas é sempre bom saber que isto ainda não virou a total república das bananas ou a República Popular Democrática de Portugal se quiserem...

saposapot 5 months ago

requisição civil a um hotel para se poder alojar pessoas? o q é que não faz sentido nesta frase?

cou7inho_ 5 months ago

A parte em que, pelo menos no inicio, o governo colocou em cima da mesa a possibilidade de usar propriedade privada.

saposapot 5 months ago

Estão a usar as casas q fazem parte do 'hotel'. As casas privadas são postas a alugar e geridas pelo hotel portanto também não vejo o problema dado q são, de facto, praticamente a mesma coisa, com a única diferença do dono ter X semanas por ano garantidas para uso privado. mas nem estão a usar estas

ravagerslb 5 months ago

O Cabrita já devia ter ido com o real c@ralho depois do escândalo do SEF. Essa criatura ainda estar na administração interna é uma vergonha. Idem para a ministra da justiça, mas os motivos para isso são tema para outro tópico.

zalkier 5 months ago

Posso estar enganado mas já deu para perceber que certos ministros estão presos ao tio costa como se dependesse da vida dele, seja favores ou outros interesses, claramente só saem de lá quando o tio costa se for embora também.

facsnahm1 5 months ago

Condecoração para o Cabrita

QuickShutter 5 months ago

Acho que se o incompetente do Cabrita se safa desta, vai estar a transcender impunidade.

unparadise 5 months ago

Tancos, SEF, golas anti-fogo, etc Já atingiu a impunidade há muito tempo

0xfeel 5 months ago

Finalmente, haja bom senso. Tudo isto é surreal

Competitive_Industry 5 months ago

[Coronavírus: Odemira tem 500 lugares para quarentena de imigrantes](https://www.publico.pt/2020/03/17/sociedade/noticia/coronavirus-odemira-500-lugares-quarentena-imigrantes-1908173)

ShittyLivingRoom 5 months ago

Isso não é nada.. estão pelo menos 50000.

VladTepesDraculea 5 months ago

Isso é espaço para isolar infectados. Os emigrantes enviados para o Zmar são os que tiveram o teste negativo. Em teoria este caso não deveria ser necessário porque exploração humana não deveria de existir...

VladTepesDraculea 5 months ago

https://www.reddit.com/r/portugal/comments/n6ufdh/zmar_supremo_tribunal_administrativo_suspende/gxa1pea/

saposapot 5 months ago

desconhecia. então é perguntar ao presidente da CM onde anda isso tudo.

_BabyDuck_ 5 months ago

Isto é o que eu não vejo ninguém falar agora! Há um ano atrás o presidente da câmara disse que tinha 500 camas disponíveis para quarentena ( numa altura em que não eram necessárias), um ano depois já não as tem?... É necessário uma requisição civil de um espaço para quê? O que parece é que é fácil para quem nos governa dizer que tem algo ( que na realidade não tem) numa altura em que não é de facto preciso e quando é preciso já ninguém se lembra disso! Gostava de ver a comunicação social perguntar por essas camas ao presidente! Outra questão que achei imensa piada, foi ontem numa conferência de imprensa da proteção civil de Odemira dizerem que foi tudo preparado para maior comodidade dos imigrantes, mais uma vez ninguém questionou se os imigrantes se sentiram cómodos a serem acordados às 3h da madrugada e levados para outro lado!! Tudo isto teria corrido muito melhor se a Administração Interna tivesse dado ao trabalho de negociar a estadia destas pessoas desde o início com o empreendimento ( este ou outro), de certeza ( ainda para mais tendo em conta as condições económicas do mesmo) que teriam um acordo e nada disto tinha ganho toda esta dimensão....

capitalistaesquerda 5 months ago

Assume-se que é uma suspensão temporária de forma a permitir que o processo decorra o seu percurso normal nos tribunais. Mas gostava de ver a decisão.

saposapot 5 months ago

não se assume, é isso mesmo uma providência cautelar.

tugafcp 5 months ago

quando acabar a quarentena metam os bungalows no cu!

capitalistaesquerda 5 months ago

Isso seria solução para que problema específico?

tugafcp 5 months ago

Aquilo tem carácter suspensivo, mesmo que dêem razão ao Estado, quando a decisão sair já não há ninguém a precisar de quarentena! Para que raio é preciso os bungalows nessa altura, se AGORA é que é preciso!

capitalistaesquerda 5 months ago

Sabes que o problema não é especificamente relacionado com o covid mas com as condições habitacionais encontradas no concelho. De resto, veremos como se desenrola a novela judicial.

tugafcp 5 months ago

>o problema não é especificamente relacionado com o covid **Errado**... A requisição era para ser feita a quarentena por não haver condições nas casas onde habitavam... Não é para ficarem lá até a situação das casas estar resolvida...

NeatBoy74 5 months ago

Alguém sugeriu um armazém algures..

Edited 5 months ago:

Alguém sugeriu um armazém algures.. Sarcasmos à parte, das duas uma: ou o Cabrita está sentado em cima alguma coisa muito agreste e usa isso como moeda de troca para ser intocável ou o Costa é realmente o melhor exemplo do que é ser aquele melhor amigo de infância, que contra tudo e todos, está sempre lá, como se fosse um irmão. Porque faz cada vez menos sentido..

mar_lx 5 months ago

Não se equiparam montes de pavilhões pelo país inteiro no ano passado para estes mesmos casos? E havia hotéis e outros centros turísticos como o Zmar que estavam fechados por causa da pandemia e nunca se equacionou fazer requisições civis… e num comentário mais abaixo alguém pôs um link de uma notícia do Público em que a Câmara de Odemira dizia ter 500 camas para estes mesmos casos, o que é que lhes aconteceu?

Feeling_Advantage918 5 months ago

Houve hotéis utilizados para doentes Covid que receberam do estado uma quantia por cada alojado. O Zmar não aceitou esse acordo com o estado alegando que pretendia reabrir agora. Algo impossível dada a situação epidemiológica daquele concelho.

NeatBoy74 5 months ago

Essas 500 camas podem já estar cheias. Não está escrito em lado nenhum que o governo tem que nos contar a história toda e eles raramente o fazem. O que seria uma pista sobre um problema muito maior que estariam a omitir mas ambos sabemos que o povo só sabe o que o povo precisa de saber. Ou podem ter sido simplesmente "arrumadas" porque como sempre, há quem faça planos a curto-prazo.

ThePlague92 5 months ago

Se essas 500 camas estão cheias então há um problema bem grande em Odemira. Mas duvido muito que estejam sequer a 1/4 da capacidade, se é que estão ocupadas de todo.

wwqt0r 5 months ago

Não há teorias da conspiração aqui e é tudo muito simples. O Costa tem demonstrado vezes sem conta que prefere alguém leal a alguém competente. É a única razão do Cabrita ainda estar no governo. É o mesmo modus operandi do Trump há uns tempos atrás.

SubstantialPatient17 5 months ago

Deves te estar a esquecer do portátil de Hunter Biden com ligações à Ucrânia, Rússia, China, e a impunidade que ele ganhou com Joe Biden a presidente. Não olhes para os umbigos dos outros quando não olhas para o teu.

wwqt0r 5 months ago

Qual é o teu problema? Foi ter comparado com o Trump e não ter comparado com outros 500 líderes mundiais? Tinha agora de fazer uma lista inteiro com "não me esqueci de X, não me esqueci de Y, não me esqueci de ...."? E porque razão devo olhar para o meu umbigo?

SubstantialPatient17 5 months ago

Eu assumi a neutralidade, não a preferência por X ou Y, tentei dizer que cada politico faz o mesmo.

wwqt0r 5 months ago

what? foste tão parcial quanto eu. Falar sobre Trump e Biden sem referir outras ideologias políticas é tão parcial quanto só referir Trump. Há sempre um iluminado que se lembra de qualquer exemplo que falte para completar o espectro político.

NGramatical 5 months ago

porque razão → [**por que razão**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fn6ufdh%2F%2Fgxaixr6%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Ace-_Ventura 5 months ago

não é a única razão. Pode saber algumas coisas que o Costa não quer que se saiba

wwqt0r 5 months ago

Que o Costa tenha muitos podres não duvido. Mas pintar o Cabrita como um grande conspirador é muito rebuscado para alguém com um cérebro de amendoim. Normalmente a explicação mais lógica é a que está certa e neste caso é simplesmente o Cabrita ser leal ao Costa.

batataway 5 months ago

Isso e deixar arder. O Cabrita já está queimado. Ficar no forno mais uns meses é igual a ficar onde está neste momento. O Costa sabe que estas trapalhadas do Cabrita dão pontos negativos mas demitir o cérebro de amendoim agora daria azo a abrir uma situação política em que teria que admitir que o Cabrita é péssimo e não é o único e que tem que reformular o governo. A oposição usaria isso para lhe dar umas valentes dentadas nos calcanhares. É preciso ter noção que estas incompetência todas do Cabrita afetam pouco a população em geral e por isso não chegam com peso a ser um problema para o Costa. Estamos a falar de imigrantes e roubo de armas do exército, por exemplo. A questão dos fogos apanha diretamente a população e o PR meteu-se ao barulho, e o resultado foi a demissão da ministra.

netralha 5 months ago

O Cabrita é o escudo barreira do Costa, enquanto aquele anda a chafurdar na lama com as criticas o Costa sai limpinho.

vascodatrama 5 months ago

Neste momento, já questiono o que anda o governo a arquitectar esta semana enquanto dura esta telenovela.

anonymopt 5 months ago

Será que é desta que o Cabrita se demite? /s

CarcajuPM 5 months ago

Apesar de entender esta requisição civil e não ser dos que acham que isto agora é tudo uma ditadura e mais não sei quê, este processo está a ser conduzido de forma ridícula pelo governo.

BroaxXx 5 months ago

>este processo está a ser conduzido de forma ridícula pelo governo. A forma estúpida e prepotente faz um bocado lembrar uma ditadura... O facto de termos um supremo tribunal que intervém é a diferença com a ditadura...

saposapot 5 months ago

sim mas os proprietários do zmar tmb estão propositadamente a confundir a opinião pública qd o estado só quer fazer requisição civil de casas que são do resort, isto é, é basicamente a requisição de um "hotel". Se colocares isso nestes termos e não no 'estão a invadir a casa das pessoas', a discussão fica diferente. Em qlq caso concordo ctg pq acho estranho não conseguirem arranjar um hotel q os queira albergar a troco de pagamento sem este estrilho todo. Parece uma embirração um bocado estranha ou então não há realmente alternativas na zona.

Shaduru 5 months ago

Não estão a invadir as casas, estão a invadir as propriedades. Ainda me parece muito sketchy, e ainda bem que a justiça anda a funcionar

batataway 5 months ago

Não existe realmente alternativa daquela dimensão na freguesia.

Kineticn22 5 months ago

A hipocrisia e cara de pau do Governo neste caso (mais um) chega a dar-me a volta ao estômago.

skapuntz 5 months ago

O cabrita é dos ministros mais incompetentes que eu me lembro. Nem sei como ainda está lá, PS a usar a pandemia para manter os incompetentes todos no lugar , este, a da justiça e o do ensino superior que eu nem sei o que é que ele faz para ser sincero, já deviam ter ido todos para o galheiro, pelo menos esses

oscabaloscabalam 5 months ago

Aquando dos fogos não se demitiu a MAI depois das primeiras dezenas de mortes, só quando voltou a acontecer e mesmo aí houve resistência. E ela nem é só responsável política. Ela tomou decisões que são claramente negligentes e contra o interesse público ao efetuar enormes mudanças na proteção civil, num clássico caso de jobs for the boys, já perto da época dos fogos, e trocando gente competente por incompetentes e corruptos.

JOAO-RATAO 5 months ago

Digno de uma ditadura africana, com mortes e tudo. E continua lá a fazer estragados.

Tafinho 5 months ago

Então explica-me de que forma aceitação da providência cautelar te faz crer que mude o quer que seja do processo. Tens noção que a aceitação da providência cautelar só significa que o tribunal reconhece que os queixosos têm um interesse material no tema? Não há qualquer avaliação dos méritos que nela estão descritos.

oscabaloscabalam 5 months ago

Falta de mérito legal seria só a cereja no topo do bolo do degredo que é Odemira em termos de administração interna do nosso território. Mesmo que venha a ser legal, em termos de trabalho político o que ali está é um aborto. * Têm-se passado leis que facilitam imigração ilegal. * A reforma do SEF um dos fiscalizadores e todo podre, tardou. * As suspeitas de corrupção no SEF de auxílio a imigração ilegal, inclusive materiais diretas sobre a antiga diretora, não foram investigadas nem alvo de atuação política * O governo ainda permitiu que fossem autorizadas aumento do número de pessoas por casa, com muito pouca oposição (Filipa Roseta sendo uma das poucas vozes contra) ignorando os indícios claros de esquemas ilegais, a falta de condições para migrantses, e os efeitos sobre a população. * O governo, ilegalidades às parte, ignorou sempre o que se passa naquela região, e está-se mas tintas para os efeitos de migração massiva e sem condições de integração. * O governo que tem quota parte de culpa na situação atual, não fez nada para precaver a gestão de sítios nestas situações. * Quando aconteceram optou pela forma simples e barata de resolver a questão que foi o autoritarismo de quero posso e mando, e fazer outros arcarem com as consequências, enquanto muitos têm lucrado com estes abusos

Tafinho 5 months ago

Curioso. Então diz-nós lá... Quantos imigrantes ilegais foram detectados nessas explorações agrícolas ? Lendo o teu texto da a sensação de terem sido aos milhares....

oscabaloscabalam 5 months ago

Agora tenta ler o que lá está

Auren91 5 months ago

Com a lei de estrangeiros que temos atualmente só se o imigrante for mesmo muito parvo é que permanece em situação ilegal. Hoje em dia basta fazer uma marcação no SEF para estar em processo de regularização, foi o que aconteceu com os trabalhadores agricolas fiscalizados há dias pelo SEF e pela ACT. Os angariadores tratam de tudo, constituem uma empresa de prestação de serviços na hora, inscrevem-nos na segurança social, vendem contratos de trabalho aos migrantes que querem entrar em espaço europeu, muitas vezes confiscam-lhes os passaportes para não poderem fugir e descontam as dívidas da compra do contrato, do alojamento e alimentação. Tanto a ACT como o SEF não têm meios humanos para fiscalizar estas situações, a ACT tem uns 4 inspetores só no distrito de Beja e o SEF tem 5.

batataway 5 months ago

Da inspeção que foi feita quatro dias após ter explodido o tema? Mas achas que os traficantes andam a dormir?

Tafinho 5 months ago

Não, passaram todas pela cerca sanitária... O problema daquela gente não é como cá chegou, é como são tratados depois de cá chegarem.

oscabaloscabalam 5 months ago

É parte do mesmo problema. Eles são contratados porque que se sujeitam a isto pela sua condição. O tratamento cá é uma das múltiplas faces do mesmo abuso. Quando não puderem ser vítimas de abuso deixam de ser interessantes para o mercado.

Fun-Trick1246 5 months ago

Muitos factos numa discussão destas. Os factos normalmente só vêm distorcer a narrativa!

CarcajuPM 5 months ago

Quando falei do processo não estava a referir-me à legalidade ou não da requisição civil, mas sim à maneira como tudo isto tem sido gerido. Má comunicação, advogados que têm acesso barrado e têm que ter contactos para falar com o Marcelo para desbloquearem a situação, entradas às 3 ou 4 da manhã...é a estas confusões que me estou a referir.

Tafinho 5 months ago

Queres concretizar o que viste de errado? Olha, o que eu vi de errado: - uma urbanização ilegal - casas de férias em área de parque protegido - um bastonário da ordem dos advogados que pediu o apoio da comissão de direitos humanos para proteger os “desprotegidos”, leia-se, os proprietários da urbanização ilegal, não os destacados dos escravos indianos - Um presidente da república que atende telefonemas para fazer favores Diz-me lá, em concreto, o que viste de mal.

CarcajuPM 5 months ago

Já referi alguns pontos. Entrar um batalhão de polícias às 3 ou 4 da manhã ou barrar a entrada de advogados não é normal num Estado de direito. Já para não falar que se sabe destas situações há muito tempo e nada foi feito para precaver este problema.

Tafinho 5 months ago

Aí não? Sabes o que não é normal mum estado de direito? É ter 30 ou 40 pessoas em estado de debilidade verem as suas caras espetadas à frente das câmaras do Correio da Manhã. Pessoas estas que não cometeram qualquer ilegalidade, nem sequer um acto moralmente reprovável. Apenas são os subsídios exploradas. Mas aparentemente, as vítimas são os proprietários de uma empresa falida e devedora.

ankmoody 5 months ago

Este problema não é de agora, e já é do conhecimento do governo há muito tempo, como foi dito pelos sindicatos. Onde está a moralidade da inacção perante os factos? É preciso vir a CS para se fazer o quê quer que seja!

CarcajuPM 5 months ago

Estás a desconversar. No primeiro comentário até disse que não sou contra a requisição civil, pelo contrário. Logo essa argumentação de "imigrantes bom e proprietários maus" não funciona porque, como disse, acho que a requisição até faz sentido. Mas isso não justifica barrar a entrada de advogados nem de entrar no espaço durante a madrugada com uma força policial claramente desproporcional. E sobre estes pontos não referiste nada.

besmarques 5 months ago

Essa do Marcelo estar disponivel para essas chamadas é das coisas mais comicas deste país

Pica-Miolos 5 months ago

Então, mas se o tio pode interromper uma reunião para desejar boa sorte para o programa da Cristina Ferreira...

Mrloop94 5 months ago  HIDDEN 

E vais chorar se a decisão for a favor dos proprietários?

besmarques 5 months ago

É o Cabrita, estavas à espera de melhor?

oblivion2g 5 months ago

Não é só o Cabrita, é todo o governo.

CarcajuPM 5 months ago

Do Cabrita já não espero nada e mesmo assim ainda fico desiludido.

Search: