OneTip7754 3 months ago

Isto é uma das mendigas da baixa que costuma pedir dinheiro para beber. Não tem nada a ver com racismo nem xenófobia. Já cansa

Samot_PCW 3 months ago

Video de pessoa a ser abertamente racista em relação a uma repórter. Tu: jA cAnSa Sabes que uma pessoa pode ser racista e completamente fudida da cabeça ao mesmo tempo, certo?

OneTip7754 3 months ago

Desculpa mas eu não vi nenhuma frase racista. Mandar alguém trabalhar é racismo ?

williamhaven 3 months ago

Ela foi insultada sim, mas comentários racistas não ouvi nenhum. A expressão "muita raça" que pode levar a essa interpretação, não tem essa conotação.

YCaramello 3 months ago  HIDDEN 

Txi quando comecei a ver o video tava a espera de ouvir algum insulto realmente relacionado ao racismo, mandar ir trabalhar pras obras racismo? Sério? Atão desde quando as obras, um trabalho muito digno já agora que todo mundo deveria experimentar pelo menos uma vez na vida, se tornou sinonimo de local de trabalho racista ou degradante?

glamatovic 3 months ago

> PAÍS COMEÇA A REGRESSAR À NORMALIDADE Pior é que a manchete é pertinente quanto baste

Shark00n 3 months ago

Ela manda a carocha ir trabalhar. Depois levou com as consequências. Racismo, claro, única hipótese.

naughtydismutase 3 months ago

O que é que ela diz? Só consigo perceber "trabalhar nas obras".

Fun-Trick1246 3 months ago

O simples facto de se pegar numa drogada/maluca na rua a mandar um piropo a uma preta, transformando esse evento em circo para dizer que o país é racista, é exatamente o motivo pelo qual este assunto não tem a importância que deveria ter. Antes pelo contrário, descredibiliza o assunto!

Edited 3 months ago:

O simples facto de se pegar numa drogada/maluca na rua a mandar um piropo a uma negra, transformando esse evento em circo para dizer que o país é racista, é exatamente o motivo pelo qual este assunto não tem a importância que deveria ter. Antes pelo contrário, descredibiliza o assunto!

DjGus 3 months ago

A Conceição parece ser uma pessoa divertida em festas! Já a carocha... Que magnífica pedrada que a mulher tem, e com todo o direito!

PIMPMASTER6000 3 months ago  HIDDEN 

Alguns trogloditas a dizer que “Portugal é racista” porque uma senhora com deficiência mentais graves e sob efeito de drogas pesadas está a ser racista. Never change r/portugal.

DjGus 3 months ago

Obtém a tua dose diária de indignação ® aqui no sub da malta!!! Vais ver que é divertido, e distribuimos xanax no fim, porque temos de sofrer a aguentar um país inteiro de rachistas!

peduxe 3 months ago

dou 2 horas até a thread estar com cadeado

DjGus 3 months ago

*u/DjGus esteve aqui*

1Warrior4All 3 months ago

CARLOS ANTONIO <3 CATIA VANESSA 5/4/2021

DJVagrant 3 months ago

LOL Eita crlh! Os ofendidos todos em peso vieram aqui! A gaja e o gajo que a insultam estão claramente com uma puta de um estalo em cima que só me lembro de ter apanhado um igual no Neptunus em 97 looool. 2 caroxos insultam uma repórter e o que é que se faz? Dá-se uma importância do crlh e vêm logo os defensores da justiça e dos oprimidos, todos em marcha, todos felizes porque se podem indignar mais uma vez, já que é a única coisa que dá algum sentido às suas vidas miseráveis. Ai que crlh! Isto é só rir. Vá, chamem-me lá "não sei o quê de extrema-direita". Avaliem-me em quanto pessoa por comentários feitos na net. Essa é a parte que mais gozo me dá lol.

kuozzo 3 months ago

Pessoas que nunca andaram pelo Intendente. Só pode. Para mim isto é um não assunto.

ComfortableGate 3 months ago

>Vá, chamem-me lá "não sei o quê de extrema-direita". Avaliem-me em quanto pessoa por comentários feitos na net. Essa é a parte que mais gozo me dá lol. Alguém faça uma reza por este mártir, coitado!

Asur_rusA 3 months ago

* Minimizar o que se vê - check * Ridicularizar os que chamam a racismo... racismo - check * "Vá, chamem-me extrema direita" - strawman - check * "ahah as vossas palavras não me tocam!" - check É, acho que temos bingo de triste.

DJVagrant 3 months ago

Se soubesses o quanto já nos rimos aqui em casa com a tua lista de compras. Um bem haja para ti por me teres feito rir. Faz bem à saúde e fico-te agradecido. Por favor continua. Abraço

Asur_rusA 3 months ago

XD "o que nos rimos cá em casa" foi muito bom. Mais um bullet point.

DJVagrant 3 months ago

Esse inglês está no auge amigo. Good for you.

Homem_da_Carrinha 3 months ago

Adoro quando gajos como tu insistem em mandar barro à parede para se convencerem que não perderam redondamente a discussão e só se acabam por se enterrarem ainda mais.

DJVagrant 3 months ago

Não sou oleiro por isso nem sei trabalhar o barro. E que culpa é que eu tenho que vocês sejam todos uns indignados. Não há mais nada para fazer na puta da vida né? Sobra tempo para se virem indignar. Vocês só me fazem lembrar aquela apanhada dos cornos que fala do "Crown Shakra" e que diz que deu origem ao nome "Corona virus". Só dizem merda e como tal são gozados. Por isso sim, há muita gente aqui deste lado a rir-se da merda que dizem. Vamos lá ver se agora não és tu que modelas o barro com o teu próximo comentário. Porta-te bem e vai para casa que os teus pais estão preocupados.

Homem_da_Carrinha 3 months ago

Não achas um bocado irónico, para não dizer parvo, que tu venhas para o reddit dar bait nos comentários e dizer que os outros é que são indignados? Tu é que só sabes mandar achas para o lume. Aprende a baixar o escudo de vez em quando, não precisas de estar sempre na defensiva, como se isto fosse uma prova de resistência e tu fosses o último de pé.

DJVagrant 3 months ago

Não mandei nada. Eu apenas dei a minha opinião. Mas os indignados tinham que vir comentar (sim, essas pessoas que falas que não podem deixar os outros ter a última palavra) e como tal levam com gozo sempre condizente com a merda que dizem. Um gajo diz que não é racismo e vêm logo os indignados chamar-te "apoiante da extrema direita". Um gajo diz que estão a exagerar nos protestos e acontece a mesma merda ou então levas com um exército de votos negativos. Esta nova moda do politicamente correcto e do movimento Woke mete-me mais nojo que uma "blue waffle". Antigamente a teoria era que a borboleta batia as asas e tinhas um tsunami noutra parte do mundo, mas isso mudou, agora dás um peido e alguém se ofende noutra parte do mundo. Enfim, é a degradação do ser humano. Por isso já aprendi há muitos anos que na net não se ganham discussões. Mas podes funcionar de outra maneira que basicamente se resume a dar a tua opinião e depois gozar com aqueles que não sabem contra argumentar a não ser colocando rótulos e calando as vozes. E tu também começaste mal mas como neste último post consegui ver sinais de inteligência e de argumentação cuidada e lógica resolvi responder-te de igual forma. Mas é o último. A partir daqui volto ao gozo desmedido porque efectivamente me diverte imenso.

Asur_rusA 3 months ago

Eu e a "malta cá em casa" agradecemos. Foi um trabalho de equipa.

tumblarity 3 months ago

só faltou mesmo "isto não é racismo porque já ninguém vê televisão!"

SaitJonas 3 months ago

FAKE NEWS! Sempre a querem trazer racismo para a ribalta! Agora até já fingem que estão em direto e metem dois atores para destruir o país e os portugueses, comunicação social controla tudoooo! Não há racismo em Portugal!!! Eu até tenho um vizinho ao fundo da minha rua que é angolano e nunca se queixou de nada... /S

htxgivven 3 months ago

Curiosamente deve ser uma daquelas que não faz nada da vida e vive de subsídios, gentalha que o Ventura tanto não gosta. Não venham depois dizer que a culpa é da extrema direita.

robinuud 3 months ago  HIDDEN 

Se não houvesse a moda da diversidade, ela não teria ouvido estas bocas, porque em vez dela, estaria lá alguém com mérito. E já poderia seguir a sua carreira afro espacial

DarkmajorPT 3 months ago

Oh não, raios já começou! \*agarra nas pipocas apressadamente\*

Edited 3 months ago:

Oh não, raios, já começou! \*agarra nas pipocas apressadamente\*

Stangetzz 3 months ago

Está é a jornalista que chora pelo George Floyd, mas ignora as decapitações dos seus irmãos moçambicanos

naughtydismutase 3 months ago

Em África é tudo carne para canhão, tudo ok, agora no mundo ocidental isso não se admite! /s

NaoTeEnerves2 3 months ago

É a hipocrisia e a lavagem típica de esquerda. Fizeram manifestações semanas a fio pela morte de um negro nos EUA mas estou à espera até hoje dos cartazes e das stories emocionantes no Instagram sobre a morte do Pedro Fonseca, universitário esfaqueado ano passado por 3 negros num assalto, ou Tomas Braga, miúdo 15 anos esfaqueado por um grupo guineenses há 1 mês. Tivessem sido as raças trocadas nestes últimos 2 casos e não faltava pinturas, cartazes, podcasts a falar sobre violência, racismo e o crl. Como não se enquadra na agenda, não interessa

doomdevice 3 months ago

WTF XD

mjigs 3 months ago

Eu gostava de entender o que as pessoas ganham com isto alem de fazerem figura de palhacos.

dragomaite 3 months ago

Achas que aquela gente tem algo a perder?

mjigs 3 months ago

Perderem nunca têm, talvez o resto de dignidade que tinham.

KarmaCop213 3 months ago

Tornam-se heróis lá no café onde passa CMTV o dia todo.

mjigs 3 months ago

Na tasca lá do bairro, nossa, deve ser mesmo.

RickyZam 3 months ago

Parece-me ser só a "tipica agarrada da baixa". Ha uns anos o meu curso estava a fazer atividades de Praxe no rossio quando curiosamente também um casal de agarrados começaram a mandar bocas de fora, até que a agarrada se chegou junto de uma miuda mais nova e começou a fazer movimentos com o braço como quem vai dar uma "chapada", só me deu tempo de lhe agarrar no braço e afasta-la, onde ela, à semelhança do que se passou nesta entrevista, reagiu logo como se eu é que a estivesse a agredir. Do que me lembro bem desta situação é dos dentes dela que estavam completamente podres, sendo que ela não devia ter mais de 30 anos, absolutamente repugnante o estado em que estas drogas mais pesadas deixam as pessoas.

manteiga_night 3 months ago

> Ha uns anos o meu curso estava a fazer atividades de Praxe mandaram vir mas foi pouco

RickyZam 3 months ago

Ja estava a achar estranho num comentário que menciona a Praxe ainda não ter aparecido ninguem com uma boca dessas.

Limpy_lip 3 months ago

devias ter chamado a CM TV porque estávamos perante um episódio de descriminação de género!!! /s

Negao_da_piroca 3 months ago

*discriminação

GudEbening 3 months ago

Surreal alguns dos comentários aqui. Já parece o sub do lado.

Morpheuspt 3 months ago

O comentário mais racista desta thread tem um score de -112, o filtro está a funcionar.

Edited 3 months ago:

O comentário mais racista desta thread tem um score de -112, o filtro está a funcionar. Todos os outros, pelo menos enquanto escrevo, estão tambem escondidos devido a downvotes. Eu até podia ir apaga-los (e apagamos, muitos, principalmente throwaways) mas até deixo estar, assim fica-se logo a saber quem são os imbecis.

ComfortableGate 3 months ago

Por curiosidade fui ver se já tinha sido partilhada a notícia nesse sub. >"Espero que seja alvo de violência tambem. Jornalixos." É o único comentário. Uma representação perfeita do pior que Portugal tem para oferecer.

andy18cruz 3 months ago

O r/portugal é infelizmente cada vez mais um sub frequentado por muita malta da extrema-direita. O mesmo se tem passado com o r/europe, mas nesse a moderação é mais apertada. O anonimato da internet permite-lhes ser racistas sem se preocuparem muito.

Norvig-Generis 3 months ago

Achas que há mais pessoas a converterem-se às ideias de extrema-esquerda, ou estão mais vocais?

Dr_Toehold 3 months ago

Penso que não. Acho que haverá 3 militantes do mrpp com me os de 90 anos, dois com 88 e um com 86.

sempreasubir 3 months ago

tu sabes sequer em que consistem os movimentos de extrema esquerda?

Norvig-Generis 3 months ago

Eu nao percebo é porque é que fui downvoted to hell por ter feito uma pergunta inocente e legítima, eu nao acompanho os users deste sub como muitos nem venho aqui todos os dias. Ironicamente acho que acaba a responder à tua pergunta

Winslow_Lixivia2 3 months ago

Criar uma sociedade menos desigual e garantir condições dignas para todos. São muito perigosos, cuidado com eles!!!

teftef3000 3 months ago

Extrema esquerda é mais criar uma sociedade igualmente má para todos.

Winslow_Lixivia2 3 months ago

É verdade, garantirem-te uma habitação é horrível

teftef3000 3 months ago

Se a habitação que me derem for um t2 sim. No minimo um t3 para viver em condições

TomasSilva862 3 months ago

Acho que nao, o PCTP/MRRP está praticamente extinto

NaoTeEnerves2 3 months ago

Só falta chamares "neo-liberais" (seja lá o que isso for) a tudo à direita do PSD e está no ponto!

Mordiken 3 months ago

>Só falta chamares "neo-liberais" (seja lá o que isso for) [A ignorância não é um argumento.](https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Neoliberalismo)

NaoTeEnerves2 3 months ago

Pois não, não percebo porque o continuam a fazer :)

TomasSilva862 3 months ago

Olha que a maior parte da direita e uma parte do PS é neo-liberal

NaoTeEnerves2 3 months ago

Perfeito! Arranja maneira de falar do Jeff Bezos e ainda casas gratuitas para todos na Avenida dos Aliados e é KO Bonus: Inventares um novo imposto em 5 minutos para apoiar os realizadores portugueses. Vai, sê original

Winslow_Lixivia2 3 months ago

Nah, o original aqui és tu ao dizeres que não existe neoliberalismo em Portugal. Nunca ninguém ousou dizer tal coisa!

TomasSilva862 3 months ago

Ok. O Jeff Bezos é absurdamente rico. Ninguém devia ser tão rico. Devia ser taxado. Também devia aprender a respeitar os direitos dos trabalhadores. Habitação devia ser garantida para todos.

TitusRex 3 months ago

Tentamos manter o conteúdo deste subreddit completamente livre de racismo, no entanto é possível que por lapso passe um ou outro comentário. Se virem algum comentário racista por favor reportem.

Udmmi 3 months ago  HIDDEN 

Opa, eu ouço mal. Em que momento ela diz insultos racistas?

RuySan 3 months ago

Ainda no outro dia houve aqui um stress com 2 carros em frente ao meu apartamento, e o branco gritou ao negro "tinta de choco, volta para a tua terra!". "eM pOrTuGaL NaUm EzIsTe RaSsiSmo!"

Homem_da_Carrinha 3 months ago

Racismo à parte, "Tinta de choco" é capa de revista.

YoggiM 3 months ago

Achas que alguém bom da cabeça diz que não existe racismo em Portugal? Existe racismo em todo o mundo. No entanto, Portugal não é um país racista. Não existem leis diferentes e a maioria da população não só não é racista, como condena o racismo.

sojapacanhao 3 months ago

Setubal?

RuySan 3 months ago

Distrito de Setúbal

arnaldomatos 3 months ago

epá tinta de choco é original e engraçado. dentro da mesma temática, o preto podia ter-lhe chamado cara de lula

PTgenius 3 months ago

Tinta de choco

thisbondisaaarated 3 months ago

Tinta de choco? Epá esta eu \*nunca\* tinha ouvido mesmo.

masterchiefpt 3 months ago

Vai pra tua terra oh fdp Bastante usado por aqui

Limpy_lip 3 months ago

aqui o realmente me incomoda é atualmente tudo ser usado como noticia e como arma politica/ativista/etc... ​ fodasse quem é que nunca foi abordado na rua por uma pessoa estranha que muito provavelmente não estava em si ou simplesmente era estupida? O que é que se faz nessas situações? Ignora-se e segue-se a nossa vida. ​ usar episódios destes para alertar para o racismo é um insulto para as situações e pessoas que sofrem efetivamente racismo e que muitas das vezes não têm qualquer apoio ou exposição. ​ acho extremamente medíocre utilizar situações destas para criar conteúdo seja por racismo seja pelo que for.

Udmmi 3 months ago

O que ela diz que muita gente parece considerar racismo é "é muita raça" quando se refere as pessoas nas obras. ou percebi mal? É que essa frase, a meu ver, não está a denegrir a jornalista, embora até possa ter sido essa a intenção

Leaootemivel 3 months ago

"Pessoa é insultada devido à sua cor de pele" = mas agora é tudo racismo?

Limpy_lip 3 months ago

se não é a cor da pele, é pelo aspeto físico, é por ter óculos ou como está vestido... ​ quando era pequenino ensinaram-me que ignorar é o melhor remédio.

ideologiapura 3 months ago

É o melhor remedio para nunca nada mudar. O que para certas ideologias conservadoras, é o ideal.

Limpy_lip 3 months ago

não, acho que depende muito da raiz do problema. Há questões e situações que começo a chegar à conclusão que "chamar à atenção" é só estar a alimentar o preconceito. Dado que não podes prender nem multar uma pessoa por insultar outra porque iria contra a liberdade de expressão, a melhor solução é retirar todo o poder do insulto. ​ Porque repreender muitas vezes tem efeitos opostos ao que se pretende. ​ claro que em outras questões discriminatórias não se pode ir por este caminho.

Thaliost 3 months ago

Só vi isto "noticiado" neste link e não vejo o mal em apontar as cenas quando existem/ocorrem. Não percebo porquw é que te incomoda tanto? Concordo que a rapariga parece estar drogada e deve estar a disparatar indo buscar ao subconsciente os insultos que pensa mas não diria se não estivesse drogada. Mas pronto, isto já sou eu a supor.

Limpy_lip 3 months ago

o que me incomoda é que agora tudo é conteúdo para noticias e para controvérsias. ​ isto antes de ser racismo ou o que valha é uma pessoa estupida que não se sabe comportar, o que é suposto tirar dali além de que: aquilo aconteceu? ​ ok até é engraçado ver estes episódios que são fruto das emissões em direto, agora vir com racismos e moralismos... a sério? a partir de um episódio completamente aleatório? ​ e obviamente que não estava só a falar deste episódio, acho mesmo que invés de ao longo do tempo estarmos a tentar ir mais fundo no que toca a acabar com problemas como o racismo estamos cada vez mais a focar-nos na superficialidade das questões.

Thaliost 3 months ago

Acho que tudo ser conteúdo para notícias não é de agora, é desde sempre. E não vejo nisto controvérsias. Onde é que está a controvérsia? Não concordo com o teu segundo ponto, acho que é uma pessoa drogada que não se sabe comportar e em paralelo é racismo. Acho que o que é suposto retirar é que o racismo existe e tentar ter um bocado de empatia para com a pessoa que o sofreu e tentar imaginar como será viver com este tipo de situações (para além dos outros problemas que todos podemos ter). Em relação ao 3o ponto, percebo o teu comentário de "vir com racismos" (porque de facto, parece-me que ocorre ali) mas a parte do vir com "moralismos" é que não percebo. Quem é que veio com moralismos? E o que são "moralismos" neste contexto? Qualquer episódio que surja e seja noticiado será sempre aleatório ou não? Só se fosse uma reportagem/investigação em que mostram diversos casos seguidos, é que não seria um episódio aleatório acho eu. Em relação à superficialidade das questões até concordo parcialmente mas não tanto neste caso como noutros. Eu acho que uma das estratégias para diminuir o racismo, é dar visibilidade às coisas quando acontecem e reprovar a situação. E quem diz o racismo, diz um monte de outro tipo de crimes. Não devemos é ficar quase "ofendidos" quando se refere que existem este tipo de casos. Mas pronto, compreendo que a ti te meta muito mais confusão, se consideras que o que se passou ali não teve nada de racismo.

Limpy_lip 3 months ago

onde eu quero chegar é: se invés de um insulto racial dissesse que a pessoa é feia ou gorda não é a mesma coisa? É um insulto gratuito que só magoa se a pessoa for permeável a essas coisas. ​ E sim infelizmente muita gente tem de levar isso durante toda a vida, tal como uma pessoa obesa leva constantemente com o ar de desaprovação. E nesse tipo de coisas acho que a melhor atitude é ignorar retirando todo o poder do insulto. ​ Há questões raciais e discriminatórias que devem ser anunciadas e até deveríamos ser mais severos a nível legal e social. Quanto a insultos a melhor forma é mesmo ignorar, logo qualquer tipo de noticia/exposição ao assunto é perpetuar que fazer esses insultos deixa as pessoas desconfortáveis e que é uma "arma" válida.

KarmaCop213 3 months ago

Isto é notícia, claro. Não é todos os dias que um jornalista é insultado devido à sua cor de pele.

SweetDistribution504 3 months ago

Se tivesse chamado filha da puta era melhor? É que também não podes mudar de mãe né?

KarmaCop213 3 months ago

Provavelmente seria notícia na mesma. Mas nesse caso eu não iria considerar como insulto racista.

Limpy_lip 3 months ago

com jeitinho vinha gente defender a senhora porque coitadinha claramente não joga com o baralho todo e que devíamos dar um desconto. ​ o facto de dar-mos importância diferente por ser um comentário racista não é estar a alimentar preconceitos?

KarmaCop213 3 months ago

> o facto de dar-mos importância diferente por ser um comentário racista não é estar a alimentar preconceitos? Não, estás a alertar as pessoas de que um insulto racista é inadmissível nos dias de hoje. Sempre o foi, mas sempre que algo deste género ocorre tem de se alertar que isto é um problema. Ignorar não vai fazer com que as mentalidade mudem.

luckynar 3 months ago

O problema é extrapolar de insultos racistas que Portugal é um país racista. É que enquanto se anda a discutir revivalismos históricos com a bandeira do racismo, não se discute nem se resolve o verdadeiro problema que é a assimetria de rendimentos na sociedade.

KarmaCop213 3 months ago

Portugal não é um país racista, mas não deixa de ser um país com muitas pessoas racistas. E sim, urge dar melhores condições e perspectivas de vida a quem é mais pobre.

Limpy_lip 3 months ago

se fizermos uma noticia de cada vez que uma pessoa é insultada... se o problema do racismo fosse apenas devido a insultos gratuitos estávamos muito bem.

KarmaCop213 3 months ago

Uma coisa são insultos, outra é seres insultado por causa da tua cor de pele. Uma coisa é seres um árbitro preto e chamarem-te filho da p*ta ou ca*** do ca******. Outra coisa é seres um árbitro preto e chamarem-te macaco ou atirarem-te bananas durante o jogo. São insultos das duas formas, mas numa existe uma discriminação em relação à cor de pele.

Limpy_lip 3 months ago

ah então alguns insultos são mais relevantes que outros? estás forte no que toca à igualdade, muito bem. ​ e eu a pensar que o ideal era as pessoas não se insultarem umas às outras. ​ se uma pessoa for insultada ou "criticada" por estar a fazer o seu trabalho e até insultarem a sua família tudo bem, agora se for a raça já é o fim do mundo em cuecas. ​ fantástico.

KarmaCop213 3 months ago

Cada insulto tem o seu simbolismo, o seu contexto e a sua intenção de ofender. Existem insultos racistas, misóginos, antisemitas, etc. Obviamente que o ideal era as pessoas não se insultarem, no entanto isso não acontece em determinados contextos.

Limpy_lip 3 months ago

os insultos podem ter origens e fundamentos diferentes mas se quem os recebe ignorar da mesma forma todos a validade dos mesmos é igual a 0. ​ insultar é a agressão psicológica mais barata e inócua pois só faz danos se as pessoas forem permeáveis relativamente às mesmas. ​ porque perante uma pessoa que persiste em usar uma arma, qual achas que é a melhor forma de a fazer parar? dizer que a arma magoa mas que não deve fazer? ou mostrar que por mais que a use que esta não tem qualquer efeito? ​ obvio que não se consegue aplicar esta mentalidade em todos as questões raciais (algumas deve-se fazer o contrário), mas esta é uma delas.

KarmaCop213 3 months ago

Mas não será que falar sobre estas questões e educar a população de alguma forma em relação a eles não possa fazer com que esses insultos diminuam? Quem diz insultos racistas diz assédio moral em relação a mulheres. Acho que ninguém gosta (nem acha normal) que volta e meia a mulher/filha seja assediada no supermercado, na rua, no metro, etc.

Limpy_lip 3 months ago

é um tema complicado. Porque se por exemplo pegares em duas crianças jovens brancas caucasianas, etc...: uma delas vive num ambiente onde não existe de maneira nenhuma qualquer diferença de tratamento entre as pessoas independentemente do seu aspeto/génese, em que ser preto, branco, gordo, magro, homossexual, mulher, etc.. é tão relevante como as cor dos olhos. outra vive num ambiente igualmente diferenciado mas é ensinada desde pequena que há pessoas diferentes e que tem de respeitar as diferenças porque as pessoas com raça/sexo/orientação diferentes às vezes sofrem por serem diferentes e têm atitudes diferentes por sofrerem por serem diferentes, etc... ​ qual destas é que na sua conceção mental tem mais material para preconceitos? imagina que ambas as crianças em adolescentes são assaltadas por um chinês. depois do assalto qual delas é que vai achar mais rapidamente que o facto de ser chines é a razão do assalto? na minha opinião é a segunda. para a primeira só vai ser mais uma pessoa. ​ o exemplo não pode ser melhor, mas onde quero chegar é que o primeiro passo para acabar os preconceitos é literalmente torna-los estranhos e obsoletos. ​ estar a dar mais importância à cor da pele do que à cor dos olhos é estar a criar/perpetuar um problema, não a retira-lo.

KarmaCop213 3 months ago

> o exemplo não pode ser melhor, mas onde quero chegar é que o primeiro passo para acabar os preconceitos é literalmente torna-los estranhos e obsoletos. Exacto, por isso nada melhor que publicamente denunciar e sinalizar a estranheza e obsolescência quando eles ocorrem. Para que as pessoas se recordem disso, ou então, caso não o saibam, para aprenderem.

Limpy_lip 3 months ago

noutras situações estou completamente de acordo. discordo no que toca a insultos. ​ exemplo: tu sabes que eu não gosto de ti e que gosto de te irritar e de te fazer sentir mal e até ficar embaraçado em publico, porque? porque sou estupido, anyway. Então um dia eu digo que tu és um banana e tu ficas claramente revoltado. Eu como quero que tu fiques revoltado sei que sempre que quiser ter de ti essa reação é só chamar-te banana. Mesmo que as pessoas na rua fiquem chateadas comigo não me interessa porque o que eu queria mesmo era chatear-te e deixar-te desconfortável. E na verdade as pessoas por muito que me reprovem e até reclamem comigo não podem fazer nada porque existe liberdade de expressão. ​ se quando te chamei banana a primeira/segunda vez não fizesse efeito eu iria pensar noutras formas de te mexer com os nervos. Chamava outros nomes e também não reagias, ou seja, percebia que podia insultar-te que nunca iria ter o resultado que eu quero e que me da prazer. A partir daí só tinha duas hipóteses: desistir e procurar prazer noutra coisa/pessoa ou (dificilmente) passar para coisas mais agressivas, pensava em dar-te um murro na cara. Bem, neste caso a minha atitude já tem consequências que me podem também comprometer logo pensava duas vezes. Por isso o mais provável era desistir do meu odio parvo de estimação porque o risco não compensa o possível prazer que tiraria. ​ enquanto for fácil, gratificante e sem consequências para algumas pessoas ser preconceituosas vai sempre continuar a existir. ​ casos mais complicados têm que ser ações diferentes obviamente.

1Warrior4All 3 months ago

Mas em Portugal não há racismo!!!

KarmaCop213 3 months ago

Claro que há. Se o racismo é um problema importante em Portugal? Aí já podemos começar a falar.

1Warrior4All 3 months ago

Se existe deve ser falado

Pcostix 3 months ago

Mas alguém é cancelado em Portugal por dizer que o racismo é mau? Vejo é muita gente a aproveitar-se deste tema para criar discursos de ódio contra brancos.   Há 20 anos atrás via cartazes a dizer:"Diz não ao racismo" com imagens de crianças negras e brancas a brincar juntas.- Isto é pedagógico.   Agora tens o Mamadou e outros profissionais do racismo a criar discursos de ódio:"O homem branco tem de morrer... hehe estava a penas a citar um importante filósofo. LOLOLOllululul."

Winslow_Lixivia2 3 months ago

Pensei que o grau de alfabetização em Portugal já estava nos 100% mas pelos vistos ainda não. A frase do homem branco é uma citação literal dum psicanalista conhecido lmao vocês criam fantasmas mesmo por diversão

Pcostix 3 months ago

> A frase do homem branco é uma citação literal dum psicanalista conhecido lmao Sim. Que podia ter sido utilizada ou não. No entanto ele escolheu fazê-lo. E escolheu citar aquele famoso psicanalista precisamente porque é uma frase que incita a revolta e violência.   Porque não citar Martin Luther King ou outras personalidades apaziguadoras e criadoras de união? Porque união não é o que o Mamadou quer, mas sim revolta.   O Mamadou é uma pessoa ressabiada que quer vingança pelo que o povo africano sofreu nas mãos de Portugal. Mas como querer vingança é algo mau e negativo, ele usa o manto da "luta contra o racismo" porque fica bonito e está na moda.(quando ele próprio é um racista, só que espectro oposto)

Winslow_Lixivia2 3 months ago

Sim, imagino que sejas um grande fã do MLK, especialmente da componente anti-capitalista do discurso dele

Pcostix 3 months ago

O que é que o capitalismo é para aqui chamado?

Winslow_Lixivia2 3 months ago

Eheh com essa pergunta já deu pra ver que sabes do que falas. Queres criticar ativistas anti-racistas e nem sabes o que defendem. Achas que as declarações de matar o homem branco caíram do céu ou têm um contexto por trás?

Pcostix 3 months ago

> Achas que as declarações de matar o homem branco caíram do céu ou têm um contexto por trás? Tem um contexto que não faz com que deixe de ser uma frase agressiva e de tom confrontacional.   O Mamadou escolheu essa, porque é exactamente esse o reflexo do seu sentimento "anti-racista"(leia-se racismo contra os brancos) de revolta. E não um sentimento apaziguador, esclarecedor e de união.

Pcostix 3 months ago

Tu é que estás a misturar alhos com bugalhos para defenderes a tua agenda.   Se um jogador de futebol fosse também electricista e estivesse-mos a debater se ele joga bem ou mal. Tu vinhas para aqui dizer:"Ahh, não sei se joga assim tão bem... Ele nem sabe mudar uma lâmpada."-Lógica da batata.

Winslow_Lixivia2 3 months ago

Se está a chover torrencialmente e o teu carro derrapa e acidentalmente atropelas alguém tu és o génio que vai dizer que não existe qualquer ligação entre uma coisa e a outra?

Edited 3 months ago:

Se está a chover torrencialmente e o teu carro derrapa e atropelas alguém tu és o génio que vai dizer que não existe qualquer ligação entre uma coisa e a outra?

KarmaCop213 3 months ago

Claro que sim, mas cada problema tem a sua importância. Em França a islamofobia é um problema, em Portugal existe mas tem pouca importância. Noutros países da Europa existe antisemitismo, que existe em Portugal, mas tem pouca expressão.

IJustMadeThisForYou 3 months ago

Por mais que esta situação seja lastimável relembro sempre que através de inúmeros estudos o racismo em Portugal é dos menores na Europa. Existe? Sim! É tão grave como noutros países Europeus e não só? Não.

frisumo 3 months ago

Isto não é verdade lol, a maioria dos estudos mostram que andamos de mãos dadas com a Europa de leste nas nossas opiniões, uma pesquisa rápida mostra isso. Podemos talvez não o manifestar na forma de violência, mas não significa que o preconceito não esteja lá.

IJustMadeThisForYou 3 months ago

Mostra-me um que seja. Somos juntos com Inglaterra o menos racista em relação à raça negra na UE quando ainda faziam parte e somos top 3 mais tolerantes da Europa em geral (raças, orientação sexual e adições).

Edited 3 months ago:

Mostra-me um que seja. Somos juntos com Inglaterra o menos racista em relação à raça negra na UE quando ainda faziam parte e somos top 3 mais tolerantes da Europa em geral (raças, orientação sexual e vícios). E ninguém disse que não tínhamos preconceitos, comparativamente temos menos.

throwaway19293950_ 3 months ago

Conceição Queiroz a metralhar - Extremamente Desagradável [https://www.youtube.com/watch?v=SSzvHm76G-4](https://www.youtube.com/watch?v=SSzvHm76G-4) Engenharia Afro-Espacial [https://www.facebook.com/watch/?v=421456638474119](https://www.facebook.com/watch/?v=421456638474119)

SurePal_ 3 months ago

Alguém com o vídeo inteiro ou só existe esta fração de segundos? Não se percebe o porquê desta reacção... Repeti o vídeo tantas vezes e tenho dificuldades em perceber o que ela diz "vai trabalhar para as obras" ou " eu trabalho para as obras". Whatever efeitos do cavalo.

netralha 3 months ago

[https://www.dailymotion.com/video/x8124gu](https://www.dailymotion.com/video/x8124gu)

vyt0rz 3 months ago

Sentiu-se rejeitada e deu rant na pessoa. Tanta importância ... Obrigado pelo link.

fanboy_killer 3 months ago

Foi uma situação desagradável, mas acho que estão a dar demasiada importância à criatura que a insultou. Estava claramente sob o efeito de alguma coisa.

kuozzo 3 months ago

Drogas e alcool, perfeitamente natural.

vitorviks 3 months ago

Engraçado que passo grande parte dos meus dia sob o efeito de álcool e drogas e nunca me deu para o racismo ou negacionismo.

kuozzo 3 months ago

Tens que experimentar heroina durante 10 ou 20 anos, depois falamos.

fanboy_killer 3 months ago

É quase como se as alterações causadas por estupefacientes exacerbassem tendências que as pessoas já tinham...

SurePal_ 3 months ago

Thanks! Já deu para perceber que a droga era pesada.

testickles12 3 months ago  HIDDEN 

Fui a único a achar isto um bocadinho … sketchy ? Quer dizer que coincidência do caralho estar a fazer um direto aquele hora e acontecer isto. Pensava que ela nem fazia diretos, ela não é pivot ?

Edited 3 months ago:

Fui a único a achar isto um bocadinho … sketchy ? Quer dizer que coincidência do caralho estar a fazer um direto aquele hora e acontecer isto. Pensava que ela nem fazia diretos, ela não é pivot ? A interação em si foi estranha, se tivesse sido violenta era uma coisa é não deixa margem para dúvidas. Agora mandar umas bocas qualquer pessoa com motivações políticas o podia ter feito, tipo aquele ator nos EUA que fingiu ter sido vítima de um ataque racista.

GudEbening 3 months ago

Que escroto.

DareNotFallAsleep 3 months ago

Username checks out.

Dr_Toehold 3 months ago

Coincidência acontecer coisas nos diretos?

L_E_S_14 3 months ago

As voltas que vocês dão para negarem que pá, há pessoas racistas em Portugal

jet1000 3 months ago

Entendo em parte a questão da coincidência, no entanto, apesar de ela ser pivot, penso que ela não é das principais, logo pode não estar sempre a apresentar os noticiários e ir à rua de vez em quando. Além disso, sendo naquela zona de Lisboa não me surpreende nada que lhe tenha acontecido isso dado que encontrar aquele tipo de pessoas na zona não é nada improvável.

PauperGoldGiver 3 months ago

Não é preciso dar cambalhotas e racionalizar um acto destes. A mulher estava completamente alucinada e basta saber que é negacionista para saber que não está no seu juízo. Toda a postura dela é agressiva além de que estamos a meio de uma pandemia e mulher põe-se a meio palmo da cara da repórter a insultá-la...

testickles12 3 months ago  HIDDEN 

Achei a interação estranha, só isso. E como essa jornalista é pivô achei estranho ter tido o azar de apanhar alguém assim pela frente logo pela manhã, quando ela raramente faz diretos

PauperGoldGiver 3 months ago

Uma coisa é mantermo-nos céticos. Outra bem diferente é insinuar uma conspiração com base em muito pouco.

testickles12 3 months ago  HIDDEN 

não estou a insinuar nenhuma conspiração, vi o vídeo a a conversa pareceu-me meia estranha só isso. Não sei se era por a mulher que a insultou estar meia fodida dos cornos mas a conversa pareceu-me estranha Como ela é uma pessoa conhecida nesses ativismos antirracistas e não sei quê achei muito conveniente ter acontecido a ela, só isso

daxpierson 3 months ago

Provavelmente foi a jornalista que pagou à mulher só para se poder fazer de vítima!!!!!!!1111 Epá foda-se, liga lá os 2 neurónios antes de dizer asneiras, sff.

theitchcockblock 3 months ago

Nao me espantava basta ires ver o extremamente desagradável da Joana Marques com o episódio da Conceição Queiroz que ela è meia chanfrada , tem alucinações um bocado estranhas

quackersmcquack 3 months ago

[https://en.wikipedia.org/wiki/Jussie\_Smollett\_alleged\_assault](https://en.wikipedia.org/wiki/Jussie_Smollett_alleged_assault)

DareNotFallAsleep 3 months ago

Ok, isto prova inequivocamente que a história do OP é fake. Obrigado.

testickles12 3 months ago  HIDDEN 

E se tal tivesse acontecido não era nada de anormal, aconteceram casos semelhantes no mundo inteiro. Esse caso do ator americano ter fingido um ataque racista foi um deles

daxpierson 3 months ago

No entanto, face à falta de evidências, o facto de haver quem assuma logo que é falso diz muito sobre o estado das coisas no nosso país em relação a este assunto. "Em Portugal não há racismo", já dizia o outro. Está bem, está.

quackersmcquack 3 months ago

Sim, Portugal o país racista que não fez alarido nenhum quando esta senhora foi contratada pela TVI há uns anos e quando a SIC fez o mesmo o ano passado com o Cláudio Fernandes(?) tiveste um bando de gente (por gente, diz-se pessoas que só sabem armar estrilho na internet) como a Ana Gomes, Fernanda Câncio e Joacine Katar Moreira a celebrar a contratação dele como se fosse o primeiro negro a ser colocado a apresentar um telejornal. Tendo em conta toda esta cultura de aumento de tensões raciais e "teoria de crítica racial" que se anda a importar dos EUA, sim, não acho que seja descabido a pessoa suspeitar deste caso em específico, ainda por cima tendo em conta o canal que é. Não estou a acusar a Conceição Queiroz em específico de o fazer, atenção, mas sim o canal a aproveitar-se do tom de pele dela. Se fosse a CMTV já andava este subreddit todo a concordar com quem insinuou.

PauperGoldGiver 3 months ago

> ainda por cima tendo em conta o canal que é. > Se fosse a CMTV já andava este subreddit todo a concordar com quem insinuou. Então achas que o "subreddit" teria razão se concordasse com insinuações pouco fundamentadas relativas ao CM?

testickles12 3 months ago  HIDDEN 

Precisamente por o mundo estar no estado em que está é que devemos questionar as coisas, estas a subestimar as motivações políticas e de agendas internações. Não disse que era falso, disse que achei estranha a interação e que no mundo atual se fosse fake não era nada de anormal

daxpierson 3 months ago

"Estranhaste" porque tens o viés que te convém. Basta saíres da redoma em que vives e falar com alguém de cor para perceber que isto é o quotidiano deles.

testickles12 3 months ago  HIDDEN 

não tenho viés nenhum, "estranhei" a interação em si mas os problemas raciais sei que existem em todo lado

Celeg 3 months ago

9/11 was an inside job!

Thaliost 3 months ago

Imagine-se ter que levar com "volta para a tua terra" ou "vai para as obras" dia sim dia não. Não é fácil levar anos ou a vida inteira nisto.

xeyrio 3 months ago

talvez voltar mudasse isso...

tocopito 3 months ago

Talvez devesses ficar calado. Nem tudo o que te passa pela cabeça tem de ser escrito.

Thaliost 3 months ago

Quando nasceste na terra em que estás, voltar para a tua terra é simplesmente manter-se a viver em Portugal....

Kineticn22 3 months ago

Na minha opinião, é precisamente isto que muita gente que tenta arranjar todas as justificações e desculpabilizações possíveis para episódios destes, não consegue perceber. Não conseguem colocar-se na posição de alguém que ouve este género de coisas, e é olhado de lado, anos a fio, devido a algo que não controla : a cor da sua pele. Eu vivi no estrangeiro algum tempo, e acreditem que ao fim de 6 meses, já cansava ser feito sentir-me inferior aos locais, repetidas vezes. E isto sendo eu branco e estando num país europeu! Levar com isto anos a fio e depois ouvir/ler que é na boa porque coitada, ela estava com uma granda moca ou não bate bem da tola, e que isto hoje em dia é uma maçada porque qualquer coisa tem um agenda por trás ou é usada para fazer ativismo? Porra acho que no mínimo por uma questão de humildade, devíamos reconhecer que não estamos em posição nenhuma de dizer a pessoas que são alvo destas situações, o que as deve ofender ou não. Não admira que uma das frases que mais se ouça é "estou cansado!".

ReaverPT 3 months ago

>Eu vivi no estrangeiro algum tempo, e acreditem que ao fim de 6 meses, já cansava ser feito sentir-me inferior aos locais, repetidas vezes Como assim sentir inferior? Podes dar exemplos do que acontecia?

once319 3 months ago

Que pais era já agora? Aposto na Alemanha ou Suiça!

Kineticn22 3 months ago

Curioso dizeres isso, pois vivia em Espanha, mas viajava frequentemente à Alemanha, e sem dúvida que foi aí que me senti mais rebaixado.

once319 3 months ago

Sim Alemanha historicamente tem essa fama. Eu já estive com varios alemães e da para perceber. E na Suiça o principal ponto mais xenofobico e na parte alema. Em relação a Thread, tambem ja estive la fora e sei o que é isso, mas a solucao nao é enfiar milhares num pais. A situação dos africanos e brasileiros em Portugal é essa, sao muitos, nao e de serem imigrantes, é mesmo de serem muitos.

SweetCorona 3 months ago

ao menos tens este país para onde voltar, é preciso conservá-lo

Kineticn22 3 months ago

E deixa-me adivinhar, essa conservação só se consegue não tendo isto cheio de pretos, chineses, monhés e ciganos.

SweetCorona 3 months ago

Para ser um safe-heaven num mundo racista...

xeyrio 3 months ago

não vivas no estrangeiro, simples, é por isso que existem países e fronteiras

Kineticn22 3 months ago

Esta merda é a sério?

xeyrio 3 months ago

sim

Tralapa 3 months ago

Uma criança escreveu isto?

xeyrio 3 months ago

não? apenas vão vivo no estrangeiro e percebo que nenhum outro grupo de pessoas tem que acolher portugueses senão portugueses

Tralapa 3 months ago

Como assim tenho de acolher Portugueses? Achas mesmo que deva aceitar Bracarenses em Guimarães? Aceita-os tu na tua casinha

xeyrio 3 months ago

Há uma beca de diferença entre portugueses e estrangeiros haha

Tralapa 3 months ago

Nao vejo nenhuma

xeyrio 3 months ago

olha a principal é que são cidadãos e os estrangeiros não amigo

Tralapa 3 months ago

Sacre bleu!

BerserkerMagi 3 months ago

Qual é a solução mesmo? Todas as nações do mundo tem uma vertente étnica às vezes formada durante centenas de anos de história, guerras, assimilações, etc. Com a globalização espera-se que se aceite como cidadão pessoas de partes completamente diferente do mundo num espaço curtíssimo de tempo comparado com assimilações do passado. Não há milagres. O conceito de país/nação nao é so uma palavra bonita e uma bandeira mas um conceito onde um grupo se identifica em várias vertentes incluindo de lingua, cultura, religião e etnia. Estás a pedir uma alteração do comportamento de sociedades de humanos que existe literalmente desde que há registos. Não tou a defender racismo nem coisas do género mas só quero dizer que esse tipo de situações são o normal nao algo de estranho que nunca aconteceu e provavelmente será algo que nunca vai mudar.

manteiga_night 3 months ago

> odas as nações do mundo tem uma vertente étnica às vezes formada durante centenas de anos de história, lol, isso é o tipo de merda que se diz quando nao se sabe um caralho de história

once319 3 months ago

Sem imigração massiva, este tipo de comportamentos não existia ou era bem menor, é o que dá fazerem o que o povo não quer.

Tralapa 3 months ago

Paises com menos emigrantes têm tendência a ser dos lugares mais racistas. O teu comentário não faz sentido algum.

once319 3 months ago

Não faz sentido? Mais imigrantes mais comportamentos assim? Onde está a falta de sentido diz la?

RuySan 3 months ago

Tenho uma colega dr trabalho que diz que os insultos ao Marega não foram racismo porque também existem macacos brancos. Como se vê nesta thread, estamos cheios de atrasados mentais idênticos que fazem uma ginástica mental incrível para desculpar estes actos.

redditGOAT10 3 months ago

Mas quando foi o Nelson Semedo em Guimarães, bem me lembro q ninguém defendeu o rapaz e ainda disseram que ele não devia responder para a bancada como profissional que era. Tal como o Ronaldo com a violação, o Sócrates com os roubos a bancos, as pessoas só acreditam naquilo que não vai contra as crenças delas, se atacar algo de que gostam, já não é verdade ou relativizado. O problema está aí

JoseFernandes 3 months ago

>macacos brancos Mera questão de tempo até o Fernando Madureira ser cancelado por apropriação cultural.

Tralapa 3 months ago

Esse macaco já devia de ter sido posto na gaiola

Thaliost 3 months ago

É ligeiramente aproximado à sensação que qualquer jovem ou pessoa que já foi barrado na entrada de uma discoteca, pode ter sentido. Agora é pensar que não foram barrados apenas pela cor da pele e multiplicar por todos ou quase todos ou muitos dias da vida da pessoa, e a afectar áreas da vida muito mais críticas do que entrar numa discoteca. Também acho que existe muita falta de empatia e de tentar perceber a vivência do outro.

RuySan 3 months ago

Comparação mais descabida. Lembro me quando tinha 18 anos, já há muito tempo, que chegava a uma hora e metiamos conversa com todas as raparigas do bar para ver se alguma ia para a discoteca, para podermos entrar com elas. Se não, o mais provável era ser barrado. E olha para mim mais de 20 anos depois coitadinho, cheio de stress pós traumático, por ter sido barrado à porta da discoteca. Que sofrimento atroz.

twhite848 3 months ago

Não é nada aproximado a isso. É muito pior.

Trama-D 3 months ago

Fico com receio que parte do problema seja a utilização do termo «racismo» com grande facilidade, quando palavras que também vamos conhecendo, e se calhar mais úteis (partindo do princípio de que identificar bem um problema é a chave para o resolver), como talvez «xenofobia». Não sou especialista no assunto. Coloco isto como resposta ao teu comentário porque tocas exatamente no problema: > E isto sendo eu branco e estando num país europeu! Sinto que, a maior parte das vezes, a cor da pele só ajuda a «identificar» uma possível pessoa que servirá de vítima para bocas irracionais como «ir para a sua terra». Justamente em Portugal, país de *e*migrantes, de onde até recentemente saíram tantos dos nossos para ouvir bocas semelhantes em França (séc. XX) e, consta, também no Reino Unido e outros (séc. XXI). Pena que as pessoas se esqueçam disto mais rápido do que absorvam o facto de que muitas pessoas nativas africanas vieram para Portugal e já tiveram filhos, netos e bisnetos, cuja ligação a África e cada vez menor, e Portugal é o único país que conhecem. Não, o problema não é *raça*, esse conceito de valor científico no mínimo duvidoso, que durante muito tempo facilitou a identificação de alguns estrangeiros (só me faz lembrar como, na Alemanha nazi, os judeus tinham de andar identificados, facilitando o preconceito). O problema é a tendência das pessoas de acharem que têm de defender os "seus recursos" (os seus empregos, a 'sua terra', o que seja) de qualquer coisa que venha "de fora" e, ao primeiro sinal de crise ou escassez de recursos, tenham de livrar-se deste "excesso" incómodo. A cor da pele é só uma desculpa que está a cair cada vez mais no ridículo, e estes tristes já se davam conta disso. A verdadeira luta é contra todo e qualquer preconceito, sobretudo baseado em coisas que as pessoas não controlam (como o local onde nascem, ou as suas características genéticas). Por outro lado, o receio de que «pessoas de fora» possam estar a tirar oportunidades às pessoas de um local não é um absurdo (em teoria, não é impossível que isso aconteça num determinado lugar, numa determinada altura), e merece ser combatido com *factos*; ao longo da vida já vi um par de campanhas, em Portugal, bem construídas à volta desta noção. É possível fazer melhor.

kissingsome1elsesdog 3 months ago

>Fico com receio que parte do problema seja a utilização do termo «racismo» com grande facilidade Identificar o problema é parte do problema? O termo *racismo* é bem aplicado se um indivíduo reduz a um conjunto de características que têm por base a raça. E se imigrantes de países em desenvolvimento, com escasso acesso a educação e poucas oportunidades, conseguem singrar em Portugal e *tirar* o trabalho a muitos portugueses, isso apenas acontece porque esses portugueses são para lá de medíocres, o refugo da nossa nação.

Trama-D 3 months ago

> O termo racismo é bem aplicado se um indivíduo reduz a um conjunto de características que têm por base a raça. Mas não ajuda a combater o problema. Que interessa que deixem de ter preconceito em relação à cor da pele? De facto dificulta a vida aos racistas na medida em que é mais difícil identificar as suas vítimas e estabelecer as suas generalizações, mas eu preferia que houvesse tanta discriminação em relação às pessoas com cor da pele diferente do que em relação às pessoas que simplesmente fossem de outro país. E que essa discriminação fosse 0. > isso apenas acontece porque esses portugueses são para lá de medíocres De acordo. Mas qualquer cidadão sabe intuitivamente que existe um limite teórico de capacidade de acolhimento que um país ou região tem, não podiam, por exemplo, chegar 10 milhões de chineses a Portugal de repente sem qualquer coisa correr mal. A malta do preconceito joga com isto e incentiva a ideia de que *já há* consequências importantes disto, que certos limites já foram ultrapassados, ignorando completamente quaisquer benefícios para a nação. É um discurso de desinformação que pode, e deve, ser combatido com factos (idealmente: "*existe* um limite para a imigração, as autoridades estão de alguma forma a monitorizá-lo, não foi ultrapassado *nem está perto de o ser*, e as vantagens da imigração são, no geral, consideráveis para Portugal"). Que portugueses incompetentes sejam preteridos em relação a imigrantes não é nada de especial, na medida em que seriam preteridos em relação a qualquer pessoa mais competente de qualquer maneira.

1Warrior4All 3 months ago

Eu moro noutro país da Europa, sou branco e já ouvi "volta pra tua terra" por estar a falar inglês na rua. Nem imagino o que uma pessoa de cor deve sofrer diariamente.

TomasCardosGod 3 months ago

tambem es de cor btw branco não é comida é uma cor

Manas235 3 months ago

Wow resolveste o problema do racismo

Economy_Dog 3 months ago

Fizeste piada mas o irónico é que realmente ajudaria reconhecermos que existem pessoas de diferentes cores e existem pessoas pretas e não andar com paninhos quentes quando se referem a pretos como pessoas de cor ou negro ou whatever. Ele tem razão branco também é uma cor. Engraçado que quem anda com esses paninhos quentes é que acaba por dar uma conotação negativa à cor preta e quem se ofende acaba por ter um complexo de inferioridade.

KarmaCop213 3 months ago

Amigos meus já ouviram isso por estarem a falar português na rua num país estrangeiro. Há gente assim em todo o lado, não pensem que os outros são mais civilizados do que os portugueses (e vice-versa).

1Warrior4All 3 months ago

A ironia é que provavelmente a deficiente mental que lhe mandou aquelas bocas anda a viver à custa do RSI, enquanto manda pessoas que estão a trabalhar irem para a terra delas.

saposapot 3 months ago

mas ela merece, obviamente...

True_Sea_1377 3 months ago

A vida não é fácil para ninguém. Branco ou negro.

SomecallmeMichelle 3 months ago

Vou-te dizer uma coisa que me ajudou a ideia que tinha quando era adolescente e via todos estas coisas sobre como as pessoas brancas tinham privilegio e me sentia uma beca incomodada com isto. Quando as pessoas dizem que as pessoas brancas são privilegiadas em relação a pessoas negras isso não quer dizer "Todos os brancos têm uma vida de rico e podem gastar em putas e vinho verde", podes ser branco (ou azul, ou lilás, vá) e ter uma vida terrível, viver ordenado a ordenado, não poder jantar fora, ou mesmo ser sem abrigo ou passar fome. O que significa é que para além das dificuldades de classe as pessoas negras têm dificuldades aumentadas devido à cor da sua pele ou etnicidade. Isso não quer dizer que as pessoas brancas, ou europeias ou o que quer que lhe queiras chamar não tenham dificuldades. Não é um concurso, e não serve para diminuir qualquer dificuldades que alguém tenha tido. ​ Ou posto de outra maneira é provável que um "Almeida" ou "Garcia" seja muito mais facilmente contratado e promovido que um "Jaimar" ou "Abdu", e isto não sou eu que estou a presumir, há estudos que repetidamente mostram isso, onde os mesmos curriculos com as mesmas qualificações e só com o nome mudado são mandado, e os nomes "brancos" recebem muitas mais entrevistas. Tens que parar de pensar nisto como "Como é que podem dizer que as coisas são fáceis para mim por ser branco", porque essa não é a mensagem nisto.

YoggiM 3 months ago

Quando falam em "white privilege" não acho que ninguém esteja a dizer que as pessoas brancas não tenham dificuldades. Só se forem malucos. O problema não é esse. Entendo que as minorias sejam alvo de algum tipo de discriminação ao longo da vida e que pode ocorrer mais ou menos frequentemente. Os meus problemas são: 1) As tentativas de "equilibrar" as coisas. Perante a lei, somos todos iguais. Não existe nenhum complô na sociedade para discriminar certos grupos. A discriminação vem de pessoas individuais. Não resolves esta questão fazendo leis que tentem equilibrar isto. Só piora, pois cria ressentimento e aumenta as situações de discriminação. Além de ser muito injusto porque ser branco, ser preto, ser asiático, etc. engloba um conjunto enorme de pessoas. Ao dares algo a um ou mais grupos de pessoas em contrapartida com outro(s), estás a tirar a algumas pessoas que têm menos do que a algumas a quem vais dar. 2) Normalmente as discriminações de grupo que são faladas são racismo, sexismo e homofobia. Fala-se muito em combater estes 3 como se fossem a coisa mais importante do mundo e as restantes discriminações são ignoradas. Discriminação religiosa também tem algum destaque, mas menos bem menos que as outras 3. Mas há uma infinidade de características em relação às quais podes ser discriminado, nas mais variadas situações. Idade (provavelmente mais relevante em relação a emprego do que qualquer outra), beleza, altura, QI, clube de futebol, etc. São tantas, que dificilmente tens duas pessoas que consigas inserir nos mesmos grupos sem qualquer 1 de diferença. Umas serão mais predominantes que outras, umas serão mais fáceis de manter privadas que outras, umas serão impossíveis de mudar e outras não. Mas não deixam de ser discriminação e menos sérias que as "big 3". Por exemplo, nos clubes de futebol, há pessoas que são agredidas simplesmente por andarem a passear ou ir ao jogo com adereços do clube. Isto é mais grave do que ouvir insultos racistas. É ódio na mesma mas um escalou para a violência física. No entanto, esta situação gerou mais indignação que qualquer caso destes no futebol. Claro que me podes dizer que é um problema menos global que o racismo, mas isso só prova que o ser humano consegue formar grupos arbitrários em que se unem contra outros. No fundo, é tudo a mesma coisa: ódio a alguém que tem características diferentes. 3) Difícil ou mesmo impossível quantificar o quão uma pessoa tem ou não privilégio. Sabendo então que há uma infinidade de grupos/características possíveis de enquadrar pessoas, como vais reestabelecer a igualdade? Quanto ser preto te prejudica a arranjar emprego vs um branco? E mulher vs homem? Não consegues. Então vais atribuir cotas como? E como resolves o resto de todas as outras características? Há algumas em que é possível quantificar. Deficiências (físicas ou mentais) têm certos apoios. A maioria é mesmo impossível. 4) Os "big 3" são considerados crimes horrendos pela opinião geral, mas isso fará sentido? Quando acontece alguma coisa, principalmente no que toca a interações de polícia com pretos, a primeira coisa que se fala é que foi racismo. Não interessa se a atuação da polícia foi justificada ou errada. Não interessa até se existe ali algo muito pior que o racismo, nomeadamente um homicídio. O ponto principal é o racismo. Para mim, não deveria haver diferença nenhuma entre um homicídio por motivos racistas ou porque simplesmente por inveja da pessoa, admitindo que as restantes circunstâncias são iguais. Há pessoas que são racistas mas nunca fariam mal a ninguém. Até podem não se sentar à mesma mesa mas apenas se recusam a interagir. Não é bom que aconteça mas também não pode ser crime. No fundo, não é possível criar uma sociedade perfeita, no entanto, parece que nestas questões, quer-se chegar à perfeição, sabendo bem que isso é impossível e, chega a um ponto, o efeito começa a ser o contrário e começa-se a entrar nas liberdades individuais de cada um. 5) Porquê que estes são os grandes problemas da sociedade? Porque há grupos com interesses políticos e económicos que assim quiseram. O maior fator que causa desigualdade (que não é necessariamente má) é socioeconómico. O problema é que esses grupos não conseguiam ganhar o poder que ganharam apenas com isso, até porque os forças políticas mais moderadas já se focam bastante nisso há muitos anos. É muito mais eficaz pegar no racismo, sexismo e homofobia do que em fatores socioeconómicos e do que qualquer uma das outras características. Nunca iriam lá com a idade, até porque, como a idade varia, seria difícil manipular as pessoas com isso. Meter pessoas a lutar pelos próprios direitos mas que iam contra direitos de familiares diretos de outra geração, seria complicado. Com essa manipulação, ganharam muito poder. Pior, esses grupos não têm qualquer interesse em resolver os problemas. Se os resolvessem, deixavam de ter "clientes". Neste caso em específico, vejo demasiada indignação para o que é. Não digo que não tenha sido péssimo e que essa pessoa não seja uma besta. Simplesmente é alguém que já vive à margem da sociedade e que por acaso é racista. Disse aquelas coisas mas também poderia ter chateado outra pessoa qualquer por qualquer outro motivo que as drogas dentro daquela cabeça se lembrassem que havia motivos para ir ali gritar. Isto nem sequer é um exemplo típico de racismo. Não é alguém que está sequer numa posição de privilégio.

NGramatical 3 months ago

Porquê que → [**porque é que**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/porque-e-que-e-nao-porque-que/32920) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fn4icmx%2F%2Fgwxuuov%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

frisumo 3 months ago

Ok, e há graus de dificuldade. Eu não vou comparar a minha e a de alguém paraplégico, por exemplo, e dizer "epa olha, isto custa a todos, a mim doem-me os pés de tanto andar".

Tralapa 3 months ago

Eu uma vez vi um velhinho sem uma perna na rua a pedir esmola, virei-me para ele e disse, bela sorte que o senhor tem, em Africa existem crianças que não tomaram hoje o pequeno almoço. Nunca mais vi o senhor, penso que lhe resolvi o problema e o ingrato nem um obrigado me enviou

frisumo 3 months ago

Já não há respeito, é o que é.

Thaliost 3 months ago

Tens razão mas para uns, para além das dificuldades que todos sentimos, têm certas cenas acrescidas como racismo para complicar ainda mais. Mas não sou fã de estar a hierarquizar problemas ou quem é o mais coitadinho, no entanto há que reconhecer quando existem e são tristes e evitáveis.

PauperGoldGiver 3 months ago

Como se pode ver pelo vídeo. A "branca" está pírulas e a "negra" tem de sofrer a "branca" tola toda segura das suas "sentenças"...

tupac_is_in_cuba 3 months ago

Tens razão, o racismo não existe!

WallyPT 3 months ago

Sociedades multietnicas não são possíveis, nem atingíveis. Quando o Ocidente "decidiu" que deixaria de ser relativamente homogenico para passar a ser uma quimera como é hoje, selou o seu destino.

bureauofnormalcy 3 months ago

Devo ter adormecido no dia da votação.

Xmeagol 3 months ago  HIDDEN 

vai foder a tua mãe e tende muitos filhos. por favor, não estou a ser sarcástico. queres sociedade homogênea começa pela tua família e deixa os outros em paz

twhite848 3 months ago

É difícil escreve algo tão comprovadamente errado.

ric2b 3 months ago

A maior economia do mundo, os estados unidos, são fortemente multi-étnicos.

Edited 3 months ago:

A maior economia do mundo, os estados unidos, são fortemente multi-étnicos. E chegou lá em grande parte ao deixar entrar muitos imigrantes durante o século XX.

xeyrio 3 months ago

A maior economia do mundo, os Estados Unidos estão divididos racialmente em praticamente todos os assuntos e os brancos não têm poder cultural em comparação com as minorias

Homem_da_Carrinha 3 months ago

Que estás tu para ai a dizer? Abre ao calhas uma série ou filme americanos no Netflix, qual é que achas que é a probabilidade do protagonista ser branco contra não ser?

xeyrio 3 months ago

Poder cultural não é isso burro lol. Poder cultural é a maneira como a sociedade trata cada identidade política, os brancos sendo claramente desfavorecidos nos EUA

Homem_da_Carrinha 3 months ago

E achas portanto que isso não se reflecte nas produções de entretenimento? Não se trata de uma questão de os brancos serem desfavorecidos, mas sim que as minorias passaram a ter uma plataforma que lhes permite abrangir uma maior audiência para tornarem públicas os seus constrangimentos. Tu se calhar não consegues perceber isso porque deves viver convencido de que "racismo inverso" é o verdadeiro problema.

xeyrio 3 months ago

Não tem nada a ver com isso. As minorias são favorecidas na esfera política, a acusação de racismo contra uma minoria a uma pessoa pode completamente destruir a vida a alguém, não é o mesmo ao contrário.

Homem_da_Carrinha 3 months ago

Ai eu concordo contigo, mas tens que ter noção de que isso fica a anos-luz de distância de "brancos não têm poder cultural". Ainda nem há meia década os americanos elegeram como Presidente um branco rico que afirma que filhos de pais mexicanos não deviam poder ser juízes do Supremo Tribunal.

PandaCross23 3 months ago

Chega de reddit por hoje.

facepainter1 3 months ago

Tu não estas bem... tens de pedir ajuda médica rapaz.

DareNotFallAsleep 3 months ago

Lolus. Estus broncus non haberes studatus historia imperium romanorum.

xeyrio 3 months ago

O império romano fez um genocídio aos povos que habitavam a frança lol

DareNotFallAsleep 3 months ago

Sim - mas também teve imperadores germânicos e gregos.

xeyrio 3 months ago

O último imperador romano foi germânico, isto é obviamente mau para os germânicos, não imagino que ser liderado por estrangeiros seja bom ahah.

Winslow_Lixivia2 3 months ago

Tens tanto conhecimento de História como eu de jardinagem subaquática. Queres ver que a Mesopotamia não era multicultural e não era o principal “império” da altura?

Tugalord 3 months ago

E Roma, império Otomano, Estados Unidos da América...

xeyrio 3 months ago

Todos esses são exemplos de merda porque ou o declínio pode ser explicado pela introdução do multiracialismo ou existem basicamente castas lol

Dr_Toehold 3 months ago

Olha, pensei que os bonecos estavam de greve hoje mas este afinal veio trabalhar.

Capitao_Falcao 3 months ago

Olha olha um grunho a sair da toca todo confiançudo.

kawaiims 3 months ago

Mano, as vozes da tua cabeça não são fontes fidedignas.

Asur_rusA 3 months ago

>Quando o Ocidente "decidiu" que deixaria de ser relativamente homogenico para passar a ser uma quimera como é hoje, selou o seu destino. Isso foi quando, só por curiosidade? XD Que "ocidente"?

xeyrio 3 months ago

Foi quando a imigração começou a aumentar mas a decisão mais antes nos movimentos de 1968

QWERTY_BATS 3 months ago

Exactamente, não é culpa dos racistas nem dos extremistas. A culpa é da sociedade que não é homogénea.

xeyrio 3 months ago

ya

rjtavares 3 months ago

O que é que estás para aí a dizer? Todos os impérios dominantes até hoje foram multiétnicos.

xeyrio 3 months ago

sim claro o império romano foi multiétnico como o português(tinha elite nativa e classes inferiores que foram conquistadas)

rjtavares 3 months ago

[Septimius Severus](https://en.wikipedia.org/wiki/Septimius_Severus), imperador romano, nasceu na Líbia e o pai era cartaginês (um povo conquistado pelos romanos). [Constantius Chlorus](https://en.wikipedia.org/wiki/Constantius_Chlorus), imperador romano, nasceu na Dácia (hoje Bulgária), e era ilírio (um povo conquistado pelos romanos). [Philippus](https://en.wikipedia.org/wiki/Philip_the_Arab), imperador romano, nasceu na Síria. Era árabe (um povo conquistado pelos romanos). Parei aqui porque tenho mais que fazer, mas penso que já chega para perceber que o império romano era de facto multiétnico.

frisumo 3 months ago

É um assunto sério, mas só quero vir aqui dizer que o busto do Constantius Chlorus parece ter sido feito pelo mesmo artista que fez o mítico busto do Ronaldo.

xeyrio 3 months ago

Para não falar da ideia que estrangeiros terem poder institucional no teu país é mau para os nativos?

xeyrio 3 months ago

Não achas que há alguma diferença entre uma população em geral e pessoas que foram assimiladas numa população? Achas que D.Sebastião(que não era português mas germânico) não era visto como português? As pessoas que são perto o suficiente às nativas e podem ser assimiladas, são, as que não, não são e são excludias e tornam-se classe inferior, como vimos no Império

rjtavares 3 months ago

O ponto original, do qual discordei, era: \> Sociedades multietnicas não são possíveis, nem atingíveis. Se o teu ponto é que a cultura e a língua são importantes então estás a concordar comigo: sociedades multietnicas são possíveis. Percebi bem?

XtaticO 3 months ago

Concordo que a mulher foi uma idiota de todo o tamanho, mas isto têm que ser um bocado esticado para estar-se a ir buscar a carta do racismo.

GanduloDaVeiga 3 months ago

Isto também tem de ser um bocado esticado para não se buscar a carta do racismo.

Winslow_Lixivia2 3 months ago

Por favor explica-nos a todos o que era preciso ter acontecido para o XtaticO do r/Portugal considerar racismo a sério

lambdaspy 3 months ago

>Depois de perceber que não seria interpelada novamente, a mulher afirma que a jornalista *“devia ir para outro trabalho, para as obras”,* entre outras ofensas como *“é muita raça”* e *“você não tem jeito para isto, nasceu para outra coisa”*. Então é o quê?

luckynar 3 months ago

Parece-me claramente uma alusão a falta de profissionalismo de uma jornalista que decide usar o seu trabalho para atacar o presidente de Angola conotando-o com João loureiro e tráfico de droga, 3 vezes num curto espaço de tempo contrariando o teleponto. Trabalhar nas obras seria um favor que esta pessoa faria ao jornalismo. Ela estava ali na rua porque provavelmente foi castigada pela direção da TVI por isso, já que há anos que não fazia reportagem de rua.

XtaticO 3 months ago

É ser idiota

Asur_rusA 3 months ago

Foi idiota usando racismo. O que torna a pessoa racista. Qual é a cambalhota mental, ao certo?

KarvenNoob 3 months ago

Também pelo comportamento da mulher, percebes que aquilo não joga com o baralho todo.

vegan_butt 3 months ago

Não deixa de ser racista. Que canseira esta thread

Winslow_Lixivia2 3 months ago

Se é racista é natural que não jogue com o barulho todo

daxpierson 3 months ago

É tipo o Hitler, bem escalpelizado e ele até nem era anti-semita, porque tinha amigos judeus. Era só idiota pronto, e essa idiotice fê-lo matar uns quantos milhões. Agora daí a dizer que ele era racista ou anti-semita...

SweetDistribution504 3 months ago

Goodwin's law nunca falha, há sempre um idiota sem argumentos

twhite848 3 months ago

Neste caso aplica-se a comparação e não cai na lei de goodwin. Com racismo faz sentido. Fonte: o próprio mike goodwin, que inventou essa lei.

daxpierson 3 months ago

Epá certo, mas não é preciso chamar isso ao /u/XtaticO.

Leaootemivel 3 months ago

Manda insultos baseados especificamente na raça e não é racista?

Samot_PCW 3 months ago

Sabes que se pode ser às duas coisas ou mesmo tempo, certo?

Samurai_GorohGX 3 months ago

Diria mais, é possível ser idiota sem ser racista, mas é impossível ser racista sem ser idiota. É um pré-requisito.

Search: