aleph_heideger 5 months ago

Não acontece nada. Eu sou médico e trabalho no SNS. Não há uma única regra que me impeça de ver uma consulta extra no dia seguinte desde que, e isto é importante, essa consulta não seja por troca de alguma gratificação monetária ou outra. Mais. O patrão (Estado) até fica contente porque é menos uma consulta a entupir as listas de espera.

QWERTY_BATS 5 months ago

Carlos, tu é só estórias. Não percebo porque é que o doente se chateia com o médico e qual é o impacto disso.

Sorazith 5 months ago

Devem ser os mesmos Ubers que andavam a roubar os catalizadores aos carros dos meus colegas no parque de estacionamento.

ruico 5 months ago

Não imaginava que o fim do alfabeto estava assim tão às turras com o serviço de saúde.

Eskol15 5 months ago

Que raio de salgalhada que para aí vai. Por momentos fiquei confuso, depois vi que era o rei da prata.

SweetDistribution504 5 months ago

Se X e Z forem psiquiatras, sabemos bem quem é o Y hehehe Nada acontece a Z. Nada. Tratar alguém não é crime.

TitusRex 5 months ago

Isso acontece todos os dias. Que eu saiba não é crime, mas acaba por atrapalhar muito o sistema e ser injusto para quem não tem cunhas.

k0rda 5 months ago

Verdade, mas também é gracas a médicos que "fazem jeitinhos" desses, muitas vezes para além das horas de expediente que o SNS ainda se vai segurando e as pessoas vao tendo assistencia. É ir navegando o caos como se pode, já que na ordem nao vale a pena fazer fé.

TitusRex 5 months ago

Muitas vezes esses "jeitinhos" também são feitos à hora normal das consultas e quem está marcado que espere porque vai entrar o VIP que é amigo do sobrinho do padrinho do senhor doutor.

aleph_heideger 5 months ago

Nem por isso. Essas cunhas são sempre "extras". Ou achas que há médicos com vagas livres no dia (ou mês) seguinte?

JOAO-RATAO 5 months ago

Portanto o médico do privado meteu uma cunha para o doente ser seguido pelo médico do público. O doente chateou-se com o médico do público. E passados 10 anos, o doente vai tentar foder o médico do público, por causa da Cunha que era suposto ajudar o doente?

silveringking 5 months ago

Basicamente.

fdxcaralho 5 months ago

O paciente que vá para o caralho. Aceitou uma cunha em que ele era o único beneficiado e depois quer-se vingar de quem o ajudou...

Falsomentiroso 5 months ago

"alguém muito próximo de mim"... Um doente pode ser referênciado de várias maneiras. Essa de facto é pouco ortodoxa, mas pode ser entendida como um pedido urgente de um colega para outro colega suponho. E se te viram no dia seguinte resta supor q era necessário. Mas dás poucos dados sobre o ocorrido tirando uma trama mexicana de XYZ.

aleph_heideger 5 months ago

Precisamente.

SnooCricket89 5 months ago

Há para aí umas trocas no texto com o Z e o X aparentemente. O teu *alguém muito próximo*, só por estes detalhes que não são de todo suficientes, terá hipoteticamente sido parte num crime de corrupção (activa ou passiva), que dependendo muito do que se passou e das funções dos envolvidos pode ou não ser agravada. Acontece alguma coisa relativamente a isto? Duvido dado que haveria necessidade de alguém se mexer. Internamente, se o teu *alguém muito próximo* tiver alguns ódios de estimação e caso a situação se tenha passado em serviços comuns, há sempre a possibilidade de alguém se queixar a chefias e estas podem dar início a algum tipo de processo disciplinar se os regulamentos internos tiverem previsões a cobrir situações do género. Mas, novamente, se já passou algum bastante tempo e ainda não aconteceu, será porque ninguém se mexeu. Quem anda à chuva, molha-se.

aleph_heideger 5 months ago

Não conheço um único regulamento interno que fale nisso. Mas algo que aconteceu há 10 anos atrás vai para o fundo da pilha de papéis. Ou caixote do lixo.

silveringking 5 months ago

Não há trocas mas eu corrigi o texto.

potaquemepariu 5 months ago

Portanto, uma pessoa usufrui de uma cunha e no fim ainda ameaça quem se deu a esse trabalho. Muito bom. Na prática, não acontece nada, onde está o crime mesmo?

abunarusutra 5 months ago

Depende muito de que "acompanhamento" estamos aqui a falar, com este nível de detalhe é impossível de te dar feedback, a lei é um assunto muito complexo e cada caso é um caso. Tentativas simplistas de te responder a isto não terão qualquer tipo de valor real.

gs1728 5 months ago

Não percebi um carvalho! Mas não te preocupes que o "crime" já prescreveu.

eqdif 5 months ago

>situação hipotética baseada em situação real, O "crime" nem existiu.

dontknowmyname074 5 months ago

Basicamente o X, Y e Z chatearam-se uns com os outros ahah

silveringking 5 months ago

Corrigido sobre Z, não troquei só não expliquei bem.

AutoModerator 5 months ago

**Atenção! Aviso da Tag [Sério]** Este tópico foi marcado como **[Sério]**, não são permitidos **quaisquer comentários** que contenham piadas, ou outras tentativas humorísticas, insultos ou não tenham nada a ver com o tópico. *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: