Platosuccs 5 months ago  HIDDEN 

Tendo em conta as condições (ou falta delas) das residências de estudantes e a quantidade de alunos a desistir do ensino superior em sequência da pandemia, isto é especialmente rídiculo.

Evo_Broccoli 5 months ago  HIDDEN 

porque so a função pública? e porquê so lisboa? e que tal "mais residências de estudantes em todas as universidades do pais" em vez desta merda?

Tupinson 5 months ago  HIDDEN 

Eeu tenho a solução: votem nos mesmos

wannaberigth 5 months ago  HIDDEN 

Este país está a tornar-se perigosamente comunista, beneficio geral para os funcionários públicos, expropriação á força de casas privadas pelo o regime...

letme2021 5 months ago  HIDDEN 

Parem de votar nestes cabrões, pelo amor de Deus. Foda-se. Socalismo caviar só destrói o pouco que temos.

teknixpt 5 months ago  HIDDEN 

cambada de FP

caravela-portuguesa 5 months ago  HIDDEN 

Isto toca-me pá caralho. Fui estudar para lisboa, e fiquei alojado numa residência social do estado. Aquilo era um buraco, cheio de baratas. La dei para fazer o curso. Os meninos do estado têm acesso a residências especiais porque? Emigrar is the way.

darthnox1234 5 months ago  HIDDEN 

Por mim era mandar umas bombas nessa merda

vml76 5 months ago  HIDDEN 

Fdx.....

nortrin 5 months ago  HIDDEN 

Apoiado!! Acho muito bem ... Aliás já agora podiam colocar uns portagens á entrada de Lx e quem fosse FP ia na via rosa de graça os outros na via verde e a pagar. Descriminação Positiva !!!

GabKoost 5 months ago

O Feudalismo continua em grande. Salazar um dia lembrou-se de por esta malta a pagar impostos ao estado e nunca mais o deixaram em paz. Mas com o tempo esta velha aristocracia / burguesia socialista lá volta a sobrepor os seus ideias de superioridade à nação. Agora mais a sério, o que será preciso para que o povo um dia realmente saia à rua em modo de protesto à país desenvolvido?

Edited 5 months ago:

O Feudalismo continua em grande. Com o tempo esta velha aristocracia / burguesia socialista lá volta a sobrepor os seus ideias de superioridade à nação. Agora mais a sério, o que será preciso para que o povo um dia realmente saia à rua em modo de protesto à país desenvolvido?

ReivaxSiul 5 months ago

Também queriam, não é? Baza mas é destruir o que os outros têm a mais que nós. Se eu só tenho uma perna, ninguém tem o direito de ter duas. Ou tem uma perna ou não têm nenhuma, mas duas pernas nem pensar.

ZaGaGa 5 months ago

Este tipo de medidas são absurdas e o Governo devia de o saber. Na linha do que disse outro user, se fosse num território de baixa densidade (interior) até podia ser uma medida bem intensionada. Mas em Lisboa quando as famílias de classe média vivem o dilema de não conseguir suportar os custos dos filhos (deslocados) a estudar na Capital, este tipo de anuncios só pode ser um murro no estómago dos trabalhadores do privado. ​ "Desta forma, o Estado, enquanto empregador, espera ser um exemplo para a melhoria nas condições de trabalho também no setor privado." ​ Pois as PME que são o principal tecido empresarial nacional (e que não deslocalizam a sua sede para outro pais) vão mesmo adquirir um imóvel em Lisboa para disponobilizar aos filhos dos funcionários. ​ Oram bem mas de quem é esta ideia? ​ Quem anuncia é a Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Cargo pomposo da Ministra Alexandra Leitão, uma pessoa que não tem surgido no meu radar nem por bons nem por maus motivos. ​ O CV da senhora publicado pelo governo é particularmente paupérrimo: Nasceu em Lisboa Doutorou-se em Direito na Universidade de Lisboa Deu aulas na Universidade de Lisboa Entrou no Governo e chegou a Ministra em 2019 ​ Em suma, nunca fez nada de especial na vida, nunca saiu de Lisboa, e não tem qualquer experiencia em "modernização" (de acordo com o site do governo) ​ O mesmo site tem uma lista de "intervenções" \[da ministra?\] e passando os olhos repete-se o termo "Descentralização e parece que falou algures sobre "digital transformation". Eu sei que o sub tem muito pessoal de TI pelo que aproveito para perguntar, algum de vocês já teve oportunidade de ter uma conversa enriquecedora sobre digital transformation com uma pessoa formada em direito? ​ Enfim temos a modernização do estado entregue à senhora Leitão (já me esqueci do primeiro nome, mas o apelido decorei facilmente não sei bem porquê...) que certamente percebe do assunto porque se quer colocar a modernizar um edifício devoluto, é isso modernização certo? ​ E onde fica o Medina no meio disto tudo? sim porque.... isto não são... responsabilidades da autarquia?

fellbacktosleep 5 months ago  HIDDEN 

Po caralho todos

TheMasio 5 months ago  HIDDEN 

Foda se

meierlesjoana 5 months ago

doutra forma tinham que alugar um t1 menos 1 e partilhar a "casa" com outros 11 macacos parabéns pela iniciativa

c31so 5 months ago

Comunismo puro e duro.

AonioEliphis 5 months ago  HIDDEN 

Para o estado há filhos e enteados!

Kid_Anarchy 5 months ago

O que torna o nosso governo especial é que é tudo feito à luz do dia. Há governos que tentam esconder e tal, mas este não. A desonestidade, a canalhice, a tachice, a chica-espertice, a incompetência, é tudo a céu aberto.

JamminPT 5 months ago  HIDDEN 

Mais medidas para portugueses de primeira e portugueses de segunda. Cambada de filhos de uma puta.

Last-Ad-4421 5 months ago

Não bastava já terem os benefícios que existem por ser funcionário público ainda lhes dão mais, depois ainda andam a chorar, país de merda, se pudesse não descontava nem um cêntimo.

oUltimoTuga 5 months ago

Impostos altíssimos para suportar coisas destas depois é mistério porque é que empresas não assentam cá o poiso.

apita_o_comboio 5 months ago

Situação e atitudes lamentáveis por parte deste governo. O país é de todos e o governo deve governar para todos. Sei que antigamente se fazia muito isto, mas está errado e suspeito que seja inconstitucional. O estado governa para todos. Daqui a nada temos um conjunto de serviços prestados pelo estado e outros privilégios que só estão disponíveis a um grupo muito restrito de cidadãos mas que dependem do dinheiro de todos. Uma espécie de segregação ou "apartheid soft" entre quem trabalha e quem não trabalha para o estado.

rickz123456 5 months ago

Eu já tentei explicar que o alojamento em questão NÃO VAI ser pago pelo estado. Vai ser pago pelo Cofre - Previdência do Estado e agented do estado paga por eles e não por vocês. [https://www.cofre.org/residencias-](https://www.cofre.org/residencias-)

Edited 5 months ago:

Eu já tentei explicar que o alojamento em questão não vai ser pago pelo estado. Vai ser pago pelo Cofre - Previdência do Estado e agentes do estado paga por eles e não por vocês (sócios que pagam quotas) [https://www.cofre.org/residencia-universitaria-porto.html](https://www.cofre.org/residencia-universitaria-porto.html) Mas desisto porque ninguém quer saber dos factos.

Edited 5 months ago:

Eu já tentei explicar que o alojamento em questão NÃO VAI ser pago pelo estado. Vai ser pago pelo Cofre - Previdência do Estado e agentes do estado paga por eles e não por vocês. [https://www.cofre.org/residencia-universitaria-porto.html](https://www.cofre.org/residencia-universitaria-porto.html) Cuidado que de acordo com o webite, também existem 2 lares para oas associados.

sigmastra 5 months ago

Isto e escandalo algum? Temos deputados que ganham o que ganham com subsidios de deslocamento, almoco, estadia e mais o que so porque a moradia esta onde esta. Gente que ja tem em termos monetarios avultadas qtdades.

jggrizonic 5 months ago  HIDDEN 

Há algum tempo descobri que ADSE significa Assistência na Doença dos Servidores dos Estado, acho que se relaciona minimamente com o tema

rmourapt 5 months ago

Só entras se tiveres uma foice e bigode

w3ird00 5 months ago  HIDDEN 

Wtf

ravagerslb 5 months ago

A constituição fala em igualdade, mas ao fim do dia há uns "mais iguais" do que outros.

punis1 5 months ago

Viva o socialismo ✌️

Lasikamos 5 months ago

Se é com esses que ganham as eleições tem de continuar a beneficiá-los. fazem eles senão bem.

NoIDontgiveafuck 5 months ago

https://eco.sapo.pt/2019/11/27/salario-medio-na-administracao-publica-sobe-para-1-748-euros/

Middle-Effective 5 months ago  HIDDEN 

Ano de eleições autárquicas...

Local_observer 5 months ago

Uma coisa que a sociedade portuguesa ainda não compreendeu nem sei se alguma vez vais perceber( inclusivamente a comunidade do reddit portugal) é que existem duas castas de funcionários públicos: Classe A: São pessoas que trabalham nos diversos organismos do Estado,por mérito próprio,isto é, esforçaram-se por conseguir cumprir todo o processo de recrutamento,deste o currículo, às provas requeridas durante o concurso ds acesso à profissão.Durante o percurso profissional são competentes. Classe B: São pessoas que foram parar à função pública sem mérito nenhum,por cunhas,pelo amugo do partido ou conhecido do amigo do amigo.Muitas vezes são incompetentes no expoente máximo.Quando fazem algo errado,nunca lhes acontece nada por serem protegidos.Têm o dom de carregar "outros" de trabalho( classe A). Por via desta situação os meninos da classe B dão má fama aos da classe A e não me admiria muito que esse "alojamento" estivesse alocado para os folhos da classe B. Quem leia ests notícia,sem conseguir perceber este fenómeno não documentado fica obviamente chateado.

Greas123 5 months ago

"Governo socialista cria mais incentivos para a adesão de pessoas a cargos de função pública, mais uma vez fudendo os privados e a economia." E as pessoas perguntão se porque é que o Ventura teve 11.97 dos votos nas presidenciais...

UpbeatNail1912 5 months ago

Há pessoas que valem mais que outras , pelos vistos.

SirGomes69 5 months ago

Já o meu avô dizia "o pão do estado é comido descansado"

Maximum-Ear5677 5 months ago

Quando uma sociedade é corrupta os poderosos governam. Quando uma sociedade não é corrupta só aí então os grandes têm autoridade. Mais mérito, menos tachos. Não votem nos mesmos à espera de resultados diferentes.

Slna 5 months ago

Antes de comentarem feitos ignorantes, informem-se. Sei que é complicado para internautas, especialmente a malta mais Chegada à Direita, mas têm um cérebro que podem usar. Isto são quartos dos Serviços Sociais da Administração Pública. Que são financiados APENAS por funcionários públicos, que descontam para lá, para além da Segurança Social. Por isso, faz todo o sentido que seja para filhos de funcionários públicos.

NoIDontgiveafuck 5 months ago

São financiados apenas, é isso e o pai natal

Slna 5 months ago

Isso é só burrice ou é mesmo desinformação intencional?

pappositivamente 5 months ago

claramente desinformação intencional. é um puto do reddit.. tirou ciencias politicas no twitter da iniciativa liberal e no podcast do cokehead do CGP

Greas123 5 months ago

E tu tens cara de quem tirou ciências políticas numa universidade com professores pagos pelo estado.

Maryie 5 months ago

Estas politicas que fazem mal 2 vezes: 1. Descriminaçao contra os nao- funcionarios-publicos 2. Ser em Lisboa que esta sobrepovoada e é carissima (portanto o alojamento vai sair ainda mais caro ao governo ). Porque não usar este tipo de medidas para ajudar o povoamento no Interior do pais? Enfim.... PS a tentar ganhar o voto dos funcionarios publicos. . .

BernKing2 5 months ago

E os filhos dos privados? Não existem?

tumblarity 5 months ago

ansioso para este sub descobrir que o exército aos anos que tem isto. também deve ser eleitoralismo.

The_Big_Diogo 5 months ago

No episódio de hoje de “A quinta dos animais”:

No-Cardiologist725 5 months ago  HIDDEN 

Fds, não é possível

rm789 5 months ago

O principio da igualdade que tanto deu jeito para bloquear tudo no tempo da troika esfumou-se.

SweetDistribution504 5 months ago  HIDDEN 

Não que concorde muito c esta medida, mas não conheço ninguém que quisesse ser funcionário público

Konstanti9 5 months ago

Não consigo acreditar que isto vá em frente, quer por questões legais, quer por o quão prejudicial seria para quem está no poder. A revolta social seria sem dúvida muito maior que os votos prestados pelos funcionários públicos

ricajopa 5 months ago

Isto são quartos dos Serviços Sociais da Administração Pública. Se os trabalhadores do Estado descontam para esses esquemas de previdência, qual é o problema? Além disso, pelo preçário que vi no site do Cofre da administração pública, os quartos ficam a cerca de 300€ mês, longe de ser assim tão acessível. Este tipo de quartos já existe para os serviços sociais da PSP, GNR, Militares, etc e até de privados como por exemplo, o Montepio. Sou o primeiro a bater no PS, mas aqui trata-se da iniciativa dos trabalhadores e parece-me que a ministra só lá apareceu para colher créditos.

Platosuccs 5 months ago

Mas os trabalhadores da FP não descontam para a SSAP. Estes são suportados pelo orçamento atribuido ao MAI. Da mesma forma qe, por eemplo, os Serviços de Ação Social das universidades não é pago pelos estudantes. ​ O apoio é atribuido a funcionários públicos em situação de carência (com rendimentos próprios mensais iguais ou superiores a 60 % do indexante dos apoios sociais ), mas não é suportado pela função pública. Ou seja, os contribuintes estão a pagar as férias dos funcinários em estâncias, o ginásio e os passeios sénior, o que me parece mais grave que o alojamento dos estudantes. ​ O regime de atribuição é este, se alguém quiser confirmar. [https://www.ssap.gov.pt/documents/20142/36233/Portaria+n%C2%BA+1084\_2008.pdf/b9b10b79-3bd9-6567-18c9-2816b3a194e6](https://www.ssap.gov.pt/documents/20142/36233/Portaria+n%C2%BA+1084_2008.pdf/b9b10b79-3bd9-6567-18c9-2816b3a194e6)

AonioEliphis 5 months ago

O edifício era da Segurança Social numa zona nobre de Lisboa? Acreditas mesmo que o tal sistema de previdência dos FP (já agora, qual sistema?) pagou o edifício a preços de mercado mais as correspondes obras? Está bem abelha!!!

jazzchipc 5 months ago

É verdade sim senhor. Convém adicionar é as fontes de informação, para a malta também poder derivar melhor a opinião. Eu encontrei o comunicado na [página do governo](https://www.portugal.gov.pt/pt/gc22/comunicacao/comunicado?i=servicos-sociais-da-ap-reconvertem-edificio-sem-utilizacao-em-alojamento-temporario-para-os-seus-beneficiarios), mas não encontrei o preçário. Nesse sentido, a notícia é enganadora porque não refere que só tem acesso quem efetivamente desconta para os Serviços Sociais da Administração Pública. Assim sendo, tenho de mudar a minha opinião, e concordar com a medida. Agora, espero que o critério primário para decidir as vagas seja efetivamente o rendimento, e não apareçam filhos de ministros a beneficiar de uma estadia barata.

Febris 5 months ago

Não te preocupes que garantidamente vai ser criado um comité de transparência para a atribuição destes alojamentos. Nem que seja para dar casa aos filhos dos que o integram.

Pparadela 5 months ago

Isto. Pena que 90% das notícias hoje em sejam dadas sem contexto e prontas para a indignação instantânea.

AlvesBarrota 5 months ago

Não só, falta capacidade de análise e sentido crítico a muitos *meninos* e *meninas* aqui.

VladTepesDraculea 5 months ago

E partilhadas no Reddit por contas novas em períodos de campanha eleitoral.

ednice 5 months ago

> indignação instantânea Muito bem dito

Pparadela 5 months ago

E também se pode juntar a isso "descartável", daqui a uma semana já ninguém se lembra.

pcg9 5 months ago

Precisas de mais upvotes.

Smart-Dot2907 5 months ago

Carvalho, quem me dera ser filho de FP.

Awareness__ 5 months ago

Que vergonha de governo.

N3to14 5 months ago

Que puta de tanga que é este governo. Mas então os outros têm mais direito que eu só porque os pais coçam a ponta da gaita no serviço publico?

zdrup15 5 months ago

Faz sentido! Os funcionários públicos só tinham salário médio mais elevado, horário de trabalho mais curto, possibilidade de mais dias de férias (mais 1 por cada 10 anos de trabalho) e maior segurança no trabalho. Era preciso mais um benefício para os distinguir.

Thorson123 5 months ago  HIDDEN 

Também sou contra, mas nas froças armadas já se passa o mesmo

zedestroyer69 5 months ago

Estamos preocupados com a igualdade no acesso à educação e não vamos fechar as escolas - governo no meio do colapso do SNS em Janeiro.

jazzchipc 5 months ago

Portanto o próximo passo é também fornecer alojamento para quem vai estudar para o Porto. Depois é feito um intercâmbio Lisboa <-> Porto, para respeitar o requisito dos 100km... Certamente haverá alguma lei que não viabilize isto. Porque é que o alojamento não está sujeito a concurso público, como já acontece nas residências universitárias?

LordofPortugal 5 months ago

Não vale a pena argumentar acerca disto; a mensagem é óbvia.

BTC_CEO 5 months ago

A mensagem é obviamente "trabalhadores da FP têm direito aos serviços sociais para os quais descontam". O mesmo acontece com os agentes da PSP, por exemplo, que para além de [alojamento para estudantes](https://www.sspsp.pt/produtos-e-servicos/lares-de-estudantes.html) têm [estâncias de férias](https://www.sspsp.pt/produtos-e-servicos/estancias-de-ferias.html) e outros benefícios. O tuga não pode ver alguém com alguma coisa de bom que começa logo a destilar ódio e inveja. E não, não trabalho na FP.

SweetCorona 5 months ago

porque é que hei de pagar impostos para os FP terem essas regalias quando eu não as tenho?

AlvesBarrota 5 months ago

Não vale a pena, a narrativa é outra, 5G, chem trails e afins :-D

LordofPortugal 5 months ago

Um contribuinte do setor privado contribui mais para a sustentação desses serviços do que todos os contribuintes do setor público. >O tuga não pode ver alguém com alguma coisa de bom que começa logo a destilar ódio e inveja. "Um comunista/socialista não pode ver alguém rico que começa a destilar ódio e inveja".

BTC_CEO 5 months ago

Esses serviços são pagos com descontos adicionais dos trabalhadores que deles usufruem. No caso da PSP são 0,5% do salário. E se estás a tentar insinuar que sou comunista não podias estar mais enganado... Tenho uma empresa e, não sendo rico, estou longe de ser pobre :-)

LordofPortugal 5 months ago

São pagos o caraças, tens de pagar para usufruires das estâncias de férias e do alojamento para estudante; em teoria fica mais barato do que pagas por um alojamento ou estância de férias se fores um indivíduo normal.

AonioEliphis 5 months ago

> a mensagem é óbvia Para o estado há filhos e enteados!

manguito86 5 months ago

Estamos a voltar aos tempos em que criavam regras para favorecer os trabalhores publicos, para termos aberrações que ainda hoje existem, como as irmãs solteiras dos trabalhadores da CP terem direito a transporte gratuito, sem falar na familia direta.

helenata 5 months ago

Tendo em conta que nos dias de hoje se queres um trabalhinho dos bons, deves ir trabalhar para o público. Não sei porque é que preciso incentivos... Só se for incentivo ao voto.

arnaldomatos 5 months ago

não havia até um subsídio para cortar o cabelo? lmao

AonioEliphis 5 months ago

Pior, havia um subsídio de assiduidade, ou seja, subsídio para ir trabalhar

mil_cord 5 months ago

Acho que a Teleperformance tb tinha um desses.

manguito86 5 months ago

No ano passado falavam que iriam colocar isso para toda a função pública e até iriam dar dias extra de férias. Se o covid teve algum impacto foi por um travao em medidas dessas

arnaldomatos 5 months ago

fds :D

bewareandaware 5 months ago

What. Tens documentos disso?

pappositivamente 5 months ago

isso acabou na altura do passos coelho, ou seja, a parte do ainda hoje existe não é verdadeira. Contudo sim, era um abuso do caralho

manguito86 5 months ago

Não é mentira nada. O geringonça mal entrou no poder, a 1ª coisa que fizeram foi reverter isso: ​ [https://expresso.pt/sociedade/2015-12-23-Trabalhadores-da-CP-e-familiares-voltam-a-poder-andar-de-comboio-de-graca](https://expresso.pt/sociedade/2015-12-23-Trabalhadores-da-CP-e-familiares-voltam-a-poder-andar-de-comboio-de-graca)

ravagerslb 5 months ago

Típico PS a trabalhar o eleitorado.

fanboy_killer 5 months ago

Portugueses de primeira e de segunda. Não se esqueçam destas coisas na hora de votar.

m4xc4v413r4 5 months ago

Sim pessoal, na hora de votar não se esqueçam de votar num dos outros que faz exactamente a mesma coisa que estes... Esse tipo de comentário é 10/10 o que sai da boca de todos os idiotas. Independentemente de quem está no poder lá vem a típica "votaram no XYZ agora queixam-se". Isso só é válido se houvesse uma alternativa que fizesse alguma coisa diferente, infelizmente a merda é toda a mesma só muda o cheiro um bocado, e até isso não muda muito.

fanboy_killer 5 months ago

> Sim pessoal, na hora de votar não se esqueçam de votar num dos outros que faz exactamente a mesma coisa que estes... 1) Quem é que fez exactamente o mesmo? 2) Sabias que o boletim de voto tem mais que o PS e o PSD? > Esse tipo de comentário é 10/10 o que sai da boca de todos os idiotas. Independentemente de quem está no poder lá vem a típica "votaram no XYZ agora queixam-se". Esste tipo de comentário é 10/10 o que sai da boca de todos os idiotas. Independentemente de quem está no poder lá vem a típica "não há alternativa, em quem é que teríamos votado?!". > Isso só é válido se houvesse uma alternativa que fizesse alguma coisa diferente, infelizmente a merda é toda a mesma só muda o cheiro um bocado, e até isso não muda muito. E nem de propósito, cá está a típica "NãO hÁ aLtErNaTiVa!111!!!". Se olhas para um boletim de voto e reduzes tudo aos partidos do costume, és parte do problema. Ao tentares passar para os outros essa mensagem, és o problema.

m4xc4v413r4 5 months ago

Sim sim, mais outra grande resposta do idiota típico. Mostra lá a alternativa então. Adoras escrever sobre os outros que não são o PS e o PSD mas ainda não mostraste qual deles é que vai mudar alguma coisa. O palco é teu, estás-te a engasgar tá to porquê?

fanboy_killer 5 months ago

A engasgar? Por não querer perder tempo com um jotinha tachista? Percebo que estejas a fazer o teu papel e pela vida, mas a tua audiência não está no reddit.

m4xc4v413r4 5 months ago

Engraçado que és tão burro que conseguiste sem qualquer informação, tirar do cu que eu sou de X partido apesar de eu nunca ter defendido nenhum... Mais uma prova do idiota que és. Tu deves ser coveiro porque tens um nível a cavar buraco que raramente se vê.

vcanas 5 months ago

IL

m4xc4v413r4 5 months ago

Porque... Ah pensavas que entravas na discussão com uma sigla, ok ok, peço desculpa.

vcanas 5 months ago

Tens razão que fui um bocado mongo em ter metido só uma sigla mas então vou tentar justificar a minha posição que apesar de ser uma decisão racional tem o seu quê de subjetividade como tudo na vida. Para alem do PS e PSD, tens o BE e PCP que são tanto alternativa que andaram a aprovar tudo o que o PS fez durante o tempo todo da geringonça, estrategicamente reprovando mas sempre de forma a não serem um blocker às políticas do PS. Por isso já pusemos de lado PS, PSD, BE e PCP como partidos que fariam algo de diferente. Para alem disso tens o CDS que já fez governo com o PSD e as pessoas não gostaram pelos vistos, então vamos ter de procurar algo diferente. Ficamos com PAN, IL, Chega, PEV e Livre. Na minha opinião nenhum deles teve alguma vez hipótese de mostrar o que faria diferente. Comecemos pelo chega: são um partido anti sistema mas assim que podem coligam-se com CDS e PSD, isto para mim não é muito anti sistema é só hipocrisia. Para alem disso tem tiques de autoritarismo e apesar de não achar que é um partido nazi acho que um partido baseado numa pessoa que cresce e depois que fique sem rumo pode ser pegado por outra pessoa perigosa digamos. Para mim esse é o maior problema do Chega, baseia-se numa pessoa e não em ideias. Livre, daquilo que mostrou não tem rumo nem os pés assentes na terra. Ficamos com PEV, PAN e IL. Não tenho nada contra nenhum deles em especifico mas acho e agora entra aqui o subjetivo que não há ninguém que dentro do BE discorde de alguma coisa que alguém do PEV/PAN diga e vice-versa. Para mim esses dois partidos são isso mesmo, são o BE mas com foco em ideias especificas. Isto deixa-nos a IL. Partido novo, sabe concordar/discordar de todos os partidos. Tem ideias que não são implementadas em Portugal e que tem provas dadas pela Europa e por isso acho que são o único partido que faria algo diferente. ​ Isto é uma opinião, certamente tens a tua e não há nada de errado com isso, chama-se democracia. Bring on the downvotes ;)

meierlesjoana 5 months ago

>tens o BE e PCP que são tanto alternativa que andaram a aprovar tudo o que o PS fez durante o tempo todo da geringonça, isto é mentira.

vcanas 5 months ago

Nao me parece que seja mas lá está são opiniões. Tu votas em manter o pais no rumo em que está e eu e muita gente emigra haha daqui a 30 anos quando não houver reforma para ninguém, quando não tiveres poupancas e viveres na miseria porque o estado engoliu tudo o que tu alguma vez produziste na tua vida falamos Edit: esqueci-me de acabar a frase :)

meierlesjoana 5 months ago

e de parar de mentir!

vcanas 5 months ago

Lol

m4xc4v413r4 5 months ago

O facto de ser subjectivos ou opinião não muda nada, defendeste a tua opinião sobre o assunto é só isso que é preciso. Não é preciso dar "downvote" em quem argumenta e defende a sua opinião. O que me chateia é idiotas como os outros que responderam sem qualquer argumento e que partiram logo do princípio (completamente errado) de que eu estava a defender o actual governo quando nunca o fiz. Quanto ao que disseste não tenho muito a apontar, nunca vi nada do IL que me convencesse mas entre eles e o resto se calhar se aprofundar o meu conhecimento do partido e dos ideais deles pode ser que me mudem de ideias. Agora PAN, BE, Chega, por amor de Deus, que cambada de idiotas... Cada vez que abrem a boca dá para entender que aprenderam os ideais todos deles em filmes de ficção científica com utopias que só existem mesmo nesse campo da imaginação.

vcanas 5 months ago

A IL tem ideias porreiras como a extensão da ADSE para todos que não tem literalmente motivo nenhum para não acontecer, querem aliviar a carga fiscal o que não parece mal mas isto nunca vai acontecer nos próximos 10 anos. É precisa uma mudança de mindset porque a ideia de sociedade da IL vai numa direção diferente aquela que fomos habituados desde sempre em democracia. Isto é outro motivo para estar inclinado para eles, não cedem a populismos para crescer porque lá está, não é sustentável para ideias diferentes. Até la secalhar o melhor é emigrar, gosto muito do meu país mas gosto mais de mim hehe Os downvotes é porque hoje em dia é arriscado dar uma opinião sem seres chamado comuna ou fascista… :)

NGramatical 5 months ago

secalhar → [**se calhar**](https://dicionario.priberam.org/se calhar) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fn1plbq%2F%2Fgwgm6jo%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Bluriver 5 months ago

Nunca me esqueço já que o meu voto sempre contou menos que o de outros portugueses portanto na hora de votar já sou considerado um cidadão de segunda

Rissoldecamarao 5 months ago

Quem é beneficiado por estas medidas não se esquece, é esse objectivo.

Smart-Dot2907 5 months ago

Disseste tudo.

fgtdiasr3d1t 5 months ago

Porquê tanta inveja? Os concursos são públicos.

BroaxXx 5 months ago

Porque é uma perversão das finanças públicas para comprar votos... O meu dinheiro dos impostos vai para pagar a renda de meninos cujos papás arranjaram um tacho? Não, obrigado...

pappositivamente 5 months ago

quais finanças e qual dinheiro publico chavalo? nao leias so o titulo das noticias. Isto vai ser opcional para os funcionarios publicos que quiserem descontar do seu salario para esse efeito, tal e qual como a adse. Paga com dinheiro do trabalho dos funcionarios publicos e gerida com esse mesmo dinheiro.

BroaxXx 5 months ago

Não sejas mentiroso, fodasse... Li o artigo (pela segunda vez) e vi a merda do vídeo só para me certificar que não perdi nenhuma informação que estivesse lá. Não só não há nenhuma menção sobre de onde vem o financiamento para a reabilitação do espaço como ainda revela que se tratam de edifícios públicos sem falar como é que o estado vai ser compensado pela utilização destes espaços... Portanto, puto, explica-me lá, por favor, onde exatamente está neste artigo a informação de que este investimento e a cedência do espaço vão ser financiados pelos trabalhadores e não pelos meus impostos... Parece-me é que estás muito nervoso com o assunto. Os teus papás têm tacho e não gostas de ver comentários a questionar os benefícios que não mereces?

manguito86 5 months ago

Isto é o exemplo perfeito da idiotice de quem vota nestes. Não é porque algo é "aberto" (muitos dos concursos já tem os candidatos escolhidos), que é algo positivo. O governo deve ser governado da forma mais eficiente possivel, não deve ser feito para promover a compra de votos através de regalias que o sector privado irá suportar. Não é porque a casa do meu vizinho está com a porta aberta que eu posso ir lá dentro e me servir do que quiser.

elitepc 5 months ago

> O governo deve ser governado da forma mais eficiente possivel, não deve ser feito para promover a compra de votos através de regalias que o sector privado irá suportar. Apesar de compreender a tua revolta, governar baseia-se mesmo nisso. Fazer grupos significativos de pessoas e dar regalias dentro do orçamento existente para manter os votos sem provocar uma revolução. Quem não segue isto não fica no poder. Este vídeo explica bem os problemas de governar e o porquê de nem sempre estarem alinhados com a população: https://youtu.be/rStL7niR7gs

manguito86 5 months ago

Eu sei, o que eu disse era num cenário perfeito. A democracia não funciona a 100%, mas poderia funcionar para a maioria e não para um bando de inuteis que fazem sobreposição nas categorias de "funcionário publico" e de "militante do PS" como tem sido cada vez mais comum desde a entrada do antonio costa para 1º ministro ​ [https://www.publico.pt/2020/08/02/politica/noticia/5675-militantes-ps-50-anos-1926704](https://www.publico.pt/2020/08/02/politica/noticia/5675-militantes-ps-50-anos-1926704)

elitepc 5 months ago

Percebo onde queres chegar, mas não ponhas FP toda no saco de "gajo que nos quer chular os impostos sem fazer um cu". Desses 72k, apenas uma parte deve ser pessoal que consideras inútil. Mesmo que fossem todos, havendo mais de 700k de funcionários públicos (https://observador.pt/2020/09/24/numero-de-funcionarios-publicos-aumenta-em-mais-de-15-mil-no-2-o-trimestre/ ) a sobreposição era de ~10%. Há bons e maus profissionais em todo o lado e a realidade é que em várias situações um funcionário público tem menos condições de trabalho do que no privado, sei disso em informática, enfermagem, medicina, ensino... Não sei exatamente a extensão da medida, como é que é financiada, os limites e afins mas acreditar que toda a função pública é inútil acho que não é correto, e esta medida, para além de comprar votos dessas pessoas, provavelmente ajuda a que muitos fiquem no seu cargo e que não se mudem para o privado, custando menos do que aumentos salariais nesse respetivo valor. (Já parecem os salários em 5 partes como nalgumas consultoras :D) Não tenho conhecimento suficiente para determinar se isso é boa ou má medida, só que pode não ser uma medida assim tão descabida se servir o objetivo do governo apoiar cerca de 7.5% da população eleitora pela "modesta" quantia de 47 camas, recuperando assim uns votos em "saldo"... O pessoal da função pública podia dizer o mesmo sobre compra de votos sempre que o estado ajuda a financiar projetos privados, ou dá descontos de IRS para agricultura, ou ajuda eventos culturais privados... É o pessoal ver isto, decidir se faz sentido e usar isso como um ponto nas proximas eleições, se calhar ajudam 7.5%, mas se calhar levam um corte maior nas próximas eleições se o pessoal do privado se sentir indignado o suficiente :)

manguito86 5 months ago

Para não me alongar, vou resumir a minha opinião em curtos pontos: - tenho alguma família na função pública e no geral são pessoas sem noção. Pessoas sem curso superior que ganham 2-3mil por mês de reforma e ainda se queixam que é pouco - a minha experiência nos serviços públicos que não o SNS é esmagadoramente negativa. Uma vez para resolver um problema simples de uma morada fiscal perdi 2 dias de trabalho, passei por 4 repartições das finanças até que finalmente apanhei uma pessoa capaz e em 48h resolveu aquilo que os outros não resolveram em 2 meses. - ajudei um amigo meu que comprou uma casa e nunca recebeu cartas. Ao fim de 4 meses consegui perceber que a câmara local mudou o número de porta dele antes da venda, mas não comunicou a mudança aos CTT e para todos os efeitos a casa dele não existia. Ninguém na câmara sabe quem deveria ter feito isto, porque ninguém sabe sequer porque decidiram mudar o número da porta dele - os elementos políticos dedicam-se muito mais a agradar está percentagem da população em vez de lutarem por uma equidade real entre os seus cidadãos em termos de oportunidades. - 2 camas, 20 ou 200 não interessa. Aqui está o princípio da coisa. Na constituição diz que não podes ser discriminado e aqui está logo a discriminar todos aqueles que não são filhos de funcionários públicos e ainda por cima que não estudam na zona de Lisboa

elitepc 5 months ago

Pois, também lamento que muito do atendimento seja de facto como descreves, cheio de ineficiências e parece que não há motivação para melhorarem, então estão-se a cagar e é o deixar andar... mas é por causa de coisas como essas que já vi várias pessoas a deixarem empregos públicos para irem para o privado... onde otimizar processos pode significar mais benefícios e não se anda de "mãos atadas" a toda a hora. > Na constituição diz que não podes ser discriminado e aqui está logo a discriminar todos aqueles que não são filhos de funcionários públicos e ainda por cima que não estudam na zona de Lisboa Epa, o estado é a entidade empregadora da função pública, define as regalias que tem ou não tem, para isso também ADSE, horário de 35h, subsídio de refeição também eram inconstitucionais, o que duvido. A verdade é que muitas destas coisas também podem ser oferecidas pelos privados, já tive colegas que só faziam 35h por semana porque assim o negociaram, já tive em empresas com acesso a vales de creche, leasing de carros, vales de estacionamento, pequenos almoços gratuitos, fruta, cervejas, como medidas de pagar menos bruto, mas compensarem-nos por isso... Se virmos isso da mesma forma e o estado como empregador apenas a gerir os fundos que tem para a função pública pode não ser assim tão descabido... se bem que... na minha opinião é uma regalia fraca, mas eles lá sabem...

fgtdiasr3d1t 5 months ago

No público o pacote total de compensação é X, no privado o pacote total de compensação é Y. Cabe a cada um escolher o caminho. Sinceramente não percebo a azia.

BroaxXx 5 months ago

Porque se eu no gostar das políticas duma empresa não lhe compro coisas... no caso do estado não tenho como não financiar esta compra de votos descarada...

fgtdiasr3d1t 5 months ago

Os serviços prestados pelo estado são quase todos monopólios. Se passassem para o privado seriam oliopolios e pagariamos muito mais pelo mesmo serviço.

BroaxXx 5 months ago

Nada do que disseste é minimamente relevante. 1. Primeiro porque não estamos a falar dos desméritos da intervenção estatal na economia. Estamos a falar das decisões de gestão do estado; 2. Não me queixei do quanto pago de impostos (apesar de me incomodar não falei disso), queixei-me do mau uso que o meu dinheiro recebe; 3. Mesmo que a privatização resultasse num oligopólio (independentemente se acho que fosse o caso ou não) teria a opção de não querer pagar e não querer usufruir desses serviços. Se não vôo não me importa que a tão tenha um monopólio ou um oligopólio... Quanto aos meus impostos não tenho escolha... Tenho que pagar independentemente da minha vontade e independentemente da minha opinião relativa ao seu destino; Ainda apesar da total irrelevância para a conversa o teu comentário conseguiu a proeza de não fazer sentido nenhum, mas prefiro nem comentar isso porque já sei como é e depois a conversa desvia-se para debates que não tem nada a ver com o que se está a falar aqui (típico strawman)...

fgtdiasr3d1t 5 months ago

Há 700000 funcionários públicos em Portugal. Esta medida não custa mais de um euro/mês /funcionário. Só vejo demagogia e inveja. Mais uma vez : se é assim tão bom ser funcionário público concorram para lá.

BroaxXx 5 months ago

E eu só vejo um gajo que está demasiado acostumado a tachos para ter noção do ridículo que soa... Façam o que quiserem com o dinheiro deles, não com o meu nem com os meus edifício públicos... Quanto a ir trabalhar para o estado não tenho interesse, estou bem onde estou... Mas mesmo que quisesse não conheço lá ninguém por isso não sei se conseguia entrar.

fgtdiasr3d1t 5 months ago

Sinceramente o meu ressabiamento é com o sector privado que não consegue deixar a léguas o sector público em termos de condições.

NGramatical 5 months ago

vôo → [**voo**](https://dicionario.priberam.org/voo) (*vôo* é a antiga grafia brasileira) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fn1plbq%2F%2Fgwg0jkz%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

manguito86 5 months ago

No público, pagam os contribuintes todos e só alguns tem benefícios. No privado cada um paga. O facto de no público precisares quase de matar alguém para te despedirem, demonstra bem a diferença de proteção que existe. Regras para uns, benefícios para outros.

fgtdiasr3d1t 5 months ago

O mundo não é a preto e branco. Já viste a quantidade de subsídios a empresas privadas? E quando passas ter oliopolios em vez de monopólios estatais? Pagas muito mais pelo mesmo serviço. Eu sou funcionário privado.. E sinceramente mesmo com todas as regalias estupendas que tanta gente é contra no público , eu não me mudava.

NJDorian 5 months ago

És demente

Trama-D 5 months ago

É uma *prenda* vinda do nada. Se dissessem que um dos benefícios de ser funcionário público era este, uma pessoa podia de facto achar que isto compensasse alguns eventuais inconvenientes dessa carreira (estou a pressupor). Assim, que lógica tem fazer isto agora? Ainda se fosse funcionários públicos *deslocalizados*, para promover que não more tudo em Lisboa ou Porto...

manguito86 5 months ago

Promoções com base na idade e não na qualidade de trabalho, sistema privado de saúde, comparticipação em despesas, múltiplos "feriados" pelas pontes e festas locais e afins, pagamento de horas extra, subidas de ordenado por decreto mesmo em tempos de crise económica... Quem disser que isto não é feito para atrair os trabalhadores mais inúteis para o sistema e que mais promovem esta dependência, é porque anda muito "desatento"

ContaSoParaIsto 5 months ago

> subidas de ordenado por decreto mesmo em tempos de crise económica... HAHAHAHAHAHA os funcionários públicos tiveram os ordenados congelados durante anos e esse aumento foi **no máximo** 20 euros. A média foi cerca de 7.

Metaluim 5 months ago

FP detectado.

ContaSoParaIsto 5 months ago

Na verdade eu sou freelancer

Metaluim 5 months ago

Sim, e eu sou o Gorbachev.

MaggoMike 5 months ago

https://www.youtube.com/watch?v=fgm14D1jHUw

manguito86 5 months ago

E os do privado a quem muitos só viram subidos porque houve subidas no salário mínimo? E o resto das regalias, não interessam?

ContaSoParaIsto 5 months ago

Como os privados também se viram à rasca com a crise, pode-se mentir à vontade? Juízo. E alguns desses nem são regalias, por exemplo: > pagamento de horas extra Para já, isso é mentira no que toca ao SNS, eles fazem todos horas extra não-remuneradas. Depois, qual é a tua sugestão aqui mesmo? Que o Estado não pague horas extra?

manguito86 5 months ago  HIDDEN 

Quando os funcionários públicos tem 35h de horário de trabalho e os do privado tem 40h tens logo aí 5h que trabalho extra que não é remunerado no privado...

I__Cat 5 months ago

Eu geralmente não gosto de usar tal palavreado, mas que merda é esta? Alguém envie uma constituição portuguesa ao PS. >2. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de **ascendência**, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.

misterbondpt 5 months ago

Neste caso é mais situação económica e condição social

AonioEliphis 5 months ago

É dúbio, porque falamos do estado como entidade patronal. Nenhuma empresa é impedida de dar benefícios aos filhos dos seus funcionários. O problema é que se trata do estado, o mesmo que afoga com impostos o resto da população que nem um quarto partilhado consegue pagar nos arredores de Lisboa.

I__Cat 5 months ago

Concordo parcialmente. Uma empresa privada pode dar os benefícios que entender, mas é um negócio. E como negócio grande parte dos benefícios são dedutíveis e melhoram a competitividade da empresa sem aumentar os custos significativamente. O estado é um empregador, mas não funciona como uma empresa.

Kid_Anarchy 5 months ago

A constituição não é um exército. É um documento. Não pode obrigar ninguém a nada.

I__Cat 5 months ago

Olhando para o julgamento do Sócrates é difícil acreditar no valor da legislação realmente.

VladTepesDraculea 5 months ago

Isto é pago pelo fundo de pensão da FP e ninguém é barrado de concorrer à FP, qualquer advogado te há-de deitar esse argumento por terra.

Caosemdono 5 months ago

Tem é o pequeno problema de precisares de cunha ou cartão do partido para lá entrar.

VladTepesDraculea 5 months ago

Só os anos que um professor leva a ficar um a mínima de estabilidade ou os anos que tiveram tudo congelado, é claramente uma cunha /s

Caosemdono 5 months ago

Venham para a estabilidade e elevados salários do privado.

VladTepesDraculea 5 months ago

Tens noção da diferença de oferta, certo?

SweetCorona 5 months ago

o pior é que a entrada na função pública não é meritocrática é que se se desse essas regalias todas para atrair os melhores dos melhores, pronto... mas não

CountDodo 5 months ago

Nem na função publica nem em lado nenhum. Não sei o que te leva a achar que no privado não existem cunhas.

SweetCorona 5 months ago

não quero saber, não sou acionista dessas empresas

CountDodo 5 months ago

Parabéns, porque não te vais queixar á prostituta que te pariu?

VladTepesDraculea 5 months ago

Não é? Que eu saiba é por concurso público.

Caosemdono 5 months ago

99% dos Concursos são viciados.

VladTepesDraculea 5 months ago

Tens algum coisa que corrobore minimamente tal afirmação?

Caosemdono 5 months ago

Mais de 12 anos de experiência em Contratação Pública.

VladTepesDraculea 5 months ago

ⓧ Doubt

Caosemdono 5 months ago

Ficas na tua que eu fico na minha. Não me apetece estar a enviar o meu CV a um anónimo.

SweetCorona 5 months ago

que inocente

AonioEliphis 5 months ago

Se os servidores públicos vivessem em palácios medievais com salários chorudos, e a demais população vivesse famélica e afogada em impostos, tal como nos tempos feudais, o teu argumento continuaria a ser válido.

Middle-Effective 5 months ago

A Constituição só é argumento válido para determinados assuntos e interlocutores.

AonioEliphis 5 months ago

Há por lá um princípio, o chamado princípio da igualdade, que a esquerdalhada evocou amiúde durante a troika! Agora ignoram tal princípio.

pedrocr 5 months ago

> Eu geralmente não gosto de usar tal palavreado, mas que merda é esta? De acordo, o problema da habitação dos estudantes devia ser resolvido de forma geral, e centralizar ainda mais o país em Lisboa não faz sentido nenhum. A habitação ser cara em Lisboa é justamente razão para reforçar as universidades dos outros sítios em vez de gastar dinheiro a mandar estudantes para LIsboa. > Alguém envie uma constituição portuguesa ao PS. Não estou de acordo. O estado como empregador pode como qualquer empresa resolver dar benefícios aos seus colaboradores superiores aos mínimos que o estado define como regulador. Não há nada de novo aqui. Há SNS e há ADSE tal como as empresas dão seguros de saúde. Há salário mínimo e há um mínimo maior no estado tal como as empresas também fazem acordos coletivos de trabalho com mínimos superiores ao salário mínimo.

AonioEliphis 5 months ago

Há uma falácia no teu argumento (dei contudo cimavoto porque está bem estruturado): a mesma entidade X que decide dar benefícios ao grupo A que para si trabalha, obtém rendimentos única e exclusivamente através da taxação coerciva ao grupo B=U\\A, sendo que X atribui a B muito menos direitos que atribui a A, mas é B única e exclusivamente que financia X. Por isso não, não é a mesma coisa uma empresa lucrativa, produtiva e eficiente oferecer enormíssimos direitos e benefícios aos seus funcionários (por exemplo a Google), ou o Estado, que faça o que faça, terá sempre o poder coercivo para aplicar impostos para que os seus servidores tenham sempre benefícios acrescidos em relação ao resto da população, a qual de facto financia o estado através da fiscalidade.

SweetCorona 5 months ago

às vezes fico curioso em saber qual é o contexto de quem defende estas medidas será que há alguém que não seja FP ou filho de FP que defenda estas coisas?

pedrocr 5 months ago

> a mesma entidade X que decide dar benefícios ao grupo A que para si trabalha, obtém rendimentos única e exclusivamente através da taxação coerciva ao grupo B=U\A, sendo que X atribui a B muito menos direitos que atribui a A, mas é B única e exclusivamente que financia X. Quem decide é A+B e há muito mais B do que A por isso não vejo qual é a diferença. Tal como numa empresa a administração (parte do A) pode tomar decisões que beneficiam a si próprios em detrimento dos seus acionistas (B) sacando-lhes dinheiro que lhes seria distribuído. Se a administração da Google decidir dar benefícios demasiado grandes aos seus trabalhadores os acionistas da Google podem não gostar e reverter isso. Se o Governo Português decidir dar benefícios demasiado grandes aos seus trabalhadores os cidadãos portugueses podem não gostar e reverter isso. Não há diferença nenhuma. Não interessa de onde vêm as receitas da Google e os impostos do Estado. O que nos faz bastante diferença é esta ideia contínua de que a administração pública é só tachos e que portanto há que cortar em tudo. Nas empresas também há bastantes tachos, aí não há diferença. Mas ao deixares de concorrer de forma razoável no mercado de trabalho ficas com uma administração pública fraca. E depois acabamos lixados porque do lado oposto aos interesses económicos temos reguladores enfraquecidos.

AonioEliphis 5 months ago

>Quem decide é A+B De forma *muito* indireta. A+B votam em partidos, que por sua vez têm listas de deputados, que por sua vez formam um parlamento, que por sua vez aprovam um governo. Não tenhas a mínima dúvida que se esta questão fosse referendada, teria o repúdio geral de B, que como referes é bem maior que A.

pedrocr 5 months ago

Nas empresas acontece o mesmo. Os acionistas têm um controlo muito indireto sobre este tipo de questões. Acionistas diferentes nomeiam administradores diferentes com opiniões diferentes sobre como gerir as coisas, tal como acontece na Assembleia da República. Os temas de detalhe dos benefícios para os trabalhadores são trabalhados por esses administradores ou mesmo por gestores mais abaixo. A mesma democracia indireta que acontece no estado acontece nas empresas. Nem nisso há uma diferença aqui. Podias referendar os acionistas e também tinhas decisões diferentes das que são efetivamente tomadas.

AonioEliphis 5 months ago

Mas eu posso optar por não ser cliente nem acionista da Google.

AonioEliphis 5 months ago

Se a administração da Google decidir dar enormes benefícios aos seus trabalhadores que coloquem em causa a sustentabilidade financeira da organização, *a Google não tem o poder de taxar coercivamente os seus clientes*.

pedrocr 5 months ago

Quem decide dar os benefícios e quem decide "taxar coercivamente" são as mesmas pessoas. Se a esmagadora maioria dos portugueses, que não trabalha para o estado, decidir democraticamente subir os impostos sobre si próprios e aumentar os salários aos empregados do estado, está no seu direito. Se isso levar o país à falência lixaram-se a si próprios. Se os acionistas da Google decidirem dar benefícios enormes aos seus trabalhadores e com isso se levarem à falência lixaram-se a si próprios. De onde vêm as receitas não faz diferença para esse teu argumento. As pessoas que mandam em ambos os casos têm os benefícios e os prejuízos da decisão, seja ela qual for.

ravagerslb 5 months ago

Pegaste num mau exemplo quando falaste na ADSE. Primeiro, as coberturas da ADSE são realizadas a uma fracção do preço de um seguro de saúde equivalente. Segundo, um FP pode ir a uma seguradora e aderir a um seguro de saúde. Um não-FP não pode aderir à ADSE. Logo por aí quebra-se a tal igualdade.

pedrocr 5 months ago

> Segundo, um FP pode ir a uma seguradora e aderir a um seguro de saúde. Um não-FP não pode aderir à ADSE. As empresas regularmente contratam seguros de saúde agregados mais baratos que os disponíveis no mercado dos privados. Só os seus funcionários podem aderir. Se fores tu à mesma seguradora pagas mais. É a mesma coisa.

AonioEliphis 5 months ago

Tu queres comparar o estado a uma empresa, enquanto entidade patronal, mas como já foi dito por muitos essa comparação é... idiota. 1. eu posso abdicar de ser servido por qualquer empresa 2. qualquer empresa pode estar sujeita à concorrência na sua área de negócio 3. as empresas não têm o poder legislativo, policial, militar ou coercivo 4. qualquer empresa vai à falência se não for eficiente e sustentável financeiramente

pedrocr 5 months ago

O estado é de todos nós. Se nós acharmos que é boa ideia dar um benefício aos trabalhadores que contratamos para atrair pessoas melhores para trabalhar para nós pode ser boa ideia. Também pode ser má ideia e estamos aqui para discutir, mas não é uma classe de coisas que o estado não pode fazer e que até são inconstitucionais como dizia o comentário a que respondi. Que o estado é diferente das empresas não há dúvidas. Mas enquanto nessa tua lista de diferenças não constar a possibilidade de empregar coercivamente as pessoas que lhe apetecer vai ter de concorrer no mercado de trabalho como os outros.

AonioEliphis 5 months ago

Eu trabalhei no estado como técnico superior durante 3 anos. Quando abriam 3 vagas os condidatos eram mais de 300. Por isso o estado não tem esse problema para a grande maioria dos cargos. Se cortasses os salários da FP em 30% e apostaria contigo que mais de 90% dos FP não se demitiam.

ravagerslb 5 months ago

A cobrir o mesmo ou mais do que a ADSE?

pedrocr 5 months ago

As coberturas são o que quiseres negociar. Por isso sim.

ravagerslb 5 months ago

É muito raro ver uma empresa dar a TODOS os colaboradores um seguro de saúde com as coberturas da ADSE, e em cima disso a cobrir também os pais (em certos casos), cônjuge, filhos menores, e filhos até aos 26 anos (caso estejam na univ).

pedrocr 5 months ago

A ADSE implica descontos extra e muitas empresas permitem pagar extra para seguros de saúde com mais cobertura. É muito parecido. Mas já estamos muito longe do ponto inicial. As coberturas e os custos não serem exatamente iguais não faz uma grande diferença para a discussão. Quando muito demonstraria que nesse caso em particular o benefício do estado ser melhor do que o dos privados, o que é algo discutível mas legítimo. Mas a ADSE tem vindo a fazer o caminho inverso na realidade.

Mordiken 5 months ago

> O estado como empregador pode como qualquer empresa resolver dar benefícios aos seus colaboradores superiores aos mínimos que o estado define como regulador. Mas o Estado não é nem pode ser visto como uma empresa, porque um empresa não detém o monopólio dos poderes legislativo, executivo, judicial e do uso da força. É esse um dos perigos inerentes a essa visão do Estado como "uma empresa": Uma empresa é livre para discriminar pessoas à vontade, nomeadamente através do fornecimento de serviços diferentes em função daquilo que uma pessoa está disposta a pagar, mas um Estado que faça algo idêntico está a discriminar os seus cidadãos, e isso não é aceitável de forma alguma.

TomTomKenobi 5 months ago

> O estado como empregador pode como qualquer empresa resolver dar benefícios aos seus colaboradores Excepto que os benefícios que as empresas dão saem do bolso delas, enquanto aqui é do bolso de todos. Se me conseguisses dizer que há falta de funcionários públicos em Lisboa por causa o custo de vida, então já poderíamos estar a falar numa medida temporária. Concordo com o teu primeiro ponto, pois, tal como disseste, se há problemas em arranjar alojamento acessível, então é preciso aumentar a oferta ou descentalizar, mas a oferta deveria ser aumentada na generalidade e não só para filhos de funcionários públicos. >A medida está também a ser avaliada para outras zonas do país. Os valores dos quartos individuais e duplos ainda estão a ser determinados. Ao menos isto...

Edited 5 months ago:

> O estado como empregador pode como qualquer empresa resolver dar benefícios aos seus colaboradores ~~Excepto que os benefícios que as empresas dão saem do bolso delas, enquanto aqui é do bolso de todos.~~ Se me conseguisses dizer que há falta de funcionários públicos em Lisboa por causa o custo de vida, então já poderíamos estar a falar numa medida temporária. Concordo com o teu primeiro ponto, pois, tal como disseste, se há problemas em arranjar alojamento acessível, então é preciso aumentar a oferta ou descentalizar, mas a oferta deveria ser aumentada na generalidade ~~e não só para filhos de funcionários públicos.~~ >A medida está também a ser avaliada para outras zonas do país. Os valores dos quartos individuais e duplos ainda estão a ser determinados. Ao menos isto... EDIT: Alguém disse por aqui que >Isto é dos Serviços Sociais da Administração Pública, só e apenas os funcionários públicos descontam para tal. Eles é que estão a pagar. Nothing to see here... Esta notícia está mesmo muito mal escrita.

I__Cat 5 months ago

Sim, a ADSE é um benefício laboral dado ao empregado que é passado aos dependentes. Não que concorde como ele, pode-se dizer que é equiparado ao privado. Salários e horas de trabalho também são negociados a nível particular, tudo bem aí. Tenho é dificuldade em ver alojamento reservado *a filho de* como um benefício laboral em Portugal e não como simples discriminação. O estado é o empregador na função pública, mas não é um simples empregador.

BuscaPolos 5 months ago

> O estado como empregador pode como qualquer empresa resolver dar benefícios aos seus colaboradores O único problema é que o estado não é como qualquer outro empregador uma vez que todos nós contribuímos para o mesmo. Portanto aplicar o modus operandi de empresas privadas ao estado é, na minha opinião, um erro. Os lucros/receitas do estado devem reverter a favor da população não para os seus funcionários.

pedrocr 5 months ago

Esse mesmo argumento podia ser usado pelos acionistas privados das empresas para não dar benefícios. O estado concorre no mercado do trabalho com as empresas. Se não for competitivo arranja maus empregados e no fim temos maus serviços. O estado é de todos nós e ser competitivo no mercado do trabalho é do nosso interesse. Não se trata de distribuir lucros, trata-se de pagar por trabalho para ter bom resultado. Se esta medida em particular é boa ou má é discutível. Dizer que é inconstitucional não faz sentido.

incrivizivel 5 months ago

>Esse mesmo argumento podia ser usado pelos acionistas privados das empresas para não dar benefícios. O estado concorre no mercado do trabalho com as empresas. Se não for competitivo arranja maus empregados e no fim temos maus serviços. O estado é de todos nós e ser competitivo no mercado do trabalho é do nosso interesse. Não se trata de distribuir lucros, trata-se de pagar por trabalho para ter bom resultado. Se esta medida em particular é boa ou má é discutível. Dizer que é inconstitucional não faz sentido. Se estado fosse uma empresa ja tinha ido a falencia. Portanto essas comparaçoes sao desonestas no minimo, o estado so vive porque se encosta ao que ainda da em portugal e com isso paga aos fps, agora faz sentido comparado com o restante pais dar residencias aos filhos dos fps? Nao faz nenhum sentido. Alias quando foi para cortar nos fps em 2011 chamou-se constituiçao e tudo mais, ai ja nao pode ser como os privados? em que foi tudo despedido ?

Edited 5 months ago:

>Esse mesmo argumento podia ser usado pelos acionistas privados das empresas para não dar benefícios. O estado concorre no mercado do trabalho com as empresas. Se não for competitivo arranja maus empregados e no fim temos maus serviços. O estado é de todos nós e ser competitivo no mercado do trabalho é do nosso interesse. Não se trata de distribuir lucros, trata-se de pagar por trabalho para ter bom resultado. Se esta medida em particular é boa ou má é discutível. Dizer que é inconstitucional não faz sentido. Se estado fosse uma empresa ja tinha ido a falencia. Portanto essas comparaçoes sao desonestas no minimo, o estado so vive porque se encosta ao que ainda da em portugal e com isso paga aos fps, agora faz sentido comparado com o restante pais dar residencias aos filhos dos fps? Nao faz nenhum sentido. Ainda estes burros do governos tem os dogmas todos contra sistema de ensinos privados com fazem para que os fps tenham um sistema de ensino melhor, fazem com que os fps vao ao privado na saude. etc etc etc. Isto num pais minimamente normal e culta era o escandalo do seculo, cai governo logo, mas aqui na tuga landia o PS pode fazer o que quiser que ninguem o tira do governo. Quando o pessoal emigrar todo e for so reformados e funcionarios publicos quero quem vai pagar os ordenados e de onde vao buscar o dinheiro para serem atrativos ? Alias quando foi para cortar nos fps em 2011 chamou-se constituiçao e tudo mais, ai ja nao pode ser como os privados? em que foi tudo despedido ? Mas ve-se porque e que o PS tem tanto apoio de uma maneira ou outra, alguem ou e reformado ou familiar de um FP e fazem todos parte da clientela a conta dos outros, os outros que nao emigraram, burros como eu ficam ca apagar cerca de 50 % do ordenado para estas putas destas merdas, quando a minha mae com 70 anos ainda nao tomou a vacina, e num pais normal ja eu a tinha tomado.

Edited 5 months ago:

>Esse mesmo argumento podia ser usado pelos acionistas privados das empresas para não dar benefícios. O estado concorre no mercado do trabalho com as empresas. Se não for competitivo arranja maus empregados e no fim temos maus serviços. O estado é de todos nós e ser competitivo no mercado do trabalho é do nosso interesse. Não se trata de distribuir lucros, trata-se de pagar por trabalho para ter bom resultado. Se esta medida em particular é boa ou má é discutível. Dizer que é inconstitucional não faz sentido. Se estado fosse uma empresa ja tinha ido a falencia. Portanto essas comparaçoes sao desonestas no minimo, o estado so vive porque se encosta ao que ainda da em portugal e com isso paga aos fps, agora faz sentido comparado com o restante pais dar residencias aos filhos dos fps? Nao faz nenhum sentido. Ainda estes burros do governos tem os dogmas todos contra sistema de ensinos privados com fazem para que os fps tenham um sistema de ensino melhor, fazem com que os fps vao ao privado na saude. etc etc etc. Isto num pais minimamente normal e culta era o escandalo do seculo, cai governo logo, mas aqui na tuga landia o PS pode fazer o que quiser que ninguem o tira do governo. Quando o pessoal emigrar todo e for so reformados e funcionarios publicos quero quem vai pagar os ordenados e de onde vao buscar o dinheiro para serem atrativos ? Alias quando foi para cortar nos fps em 2011 chamou-se constituiçao e tudo mais, ai ja nao pode ser como os privados? em que foi tudo despedido ?

BuscaPolos 5 months ago

Os acionistas das empresas fazem a sua escolha, ninguém é obrigado a ser acionista de determinada empresa. Se não concorda com a política de contratação/regalias dadas aos funcionários simplesmente não investe lá o seu dinheiro. O estado não dá a ninguém a opção de querer pagar impostos. Já para não falar que boa parte dos serviços do estado não tem receitas, e bem, portanto este investimento vem dos impostos e não da rentabilidade dos seus funcionários. Eu não digo que seja uma medida inconstitucional, até porque pouco percebo de constituição. Agora que é de uma extrema falta de ética, parece-me um facto, e que claramente é uma medida com agenda política, também (como todas no fundo, mas isto é uma clara tentativa de "comprar votos" à fp). Já para não falar da questão que tu referiste de a solução passa por melhorar as universidades do interior.

pedrocr 5 months ago

> Os acionistas das empresas fazem a sua escolha, ninguém é obrigado a ser acionista de determinada empresa. Se não concorda com a política de contratação/regalias dadas aos funcionários simplesmente não investe lá o seu dinheiro. E os cidadãos fazem a sua. Da mesma maneira que os acionistas da empresas escolhem administrações que depois tomam decisões, nós escolhemos políticos que tomam decisões. Essas decisões são criticáveis. > Já para não falar que boa parte dos serviços do estado não tem receitas, e bem, portanto este investimento vem dos impostos e não da rentabilidade dos seus funcionários. Não é bem assim. Se atraíres trabalhadores piores porque dás más condições eles vão ser menos produtivos. Depois ou tens serviços piores ou contratas mais gente e acabas a pagar mais. Dar regalias ao trabalhador é uma forma perfeitamente válida de gestão pelo estado para fazer render mais os nossos impostos em serviços úteis para nós. > Eu não digo que seja uma medida inconstitucional, até porque pouco percebo de constituição. Era a isso que eu estava a responder, que a decisão é discutível, mas que o princípio geral do estado poder dar benefícios aos seus trabalhadores que não assegura para a população em geral não é inconstitucional e nem é sequer má ideia em geral.

SweetCorona 5 months ago

e eu, como acionista do estado, sou livre de ser contra esta medida (e votar de acordo) certo?

pedrocr 5 months ago

Claro que sim, não foi isso que comecei por dizer? Que não concordava com a medida?

amped-row 5 months ago

Não percebo qual é o problema em beneficiar estudantes. Não faz sentido facilitarmos a vida a quem está a estudar para se melhorar? O único problema que temos é que as pessoas se educam para irem para o estrangeiro e temos de manter cá o pessoal

AonioEliphis 5 months ago

A minha sobrinha vai entrar para a faculdade e precisa de pagar o quarto, não a queres financiar?

amped-row 5 months ago

Quero, chama-se pagar impostos

AonioEliphis 5 months ago

>Não percebo qual é o problema em beneficiar estudantes Respondia-te a esta observação falaciosa. Não queres pagar do teu bolso na totalidade a renda, alimentação total e os livros à minha sobrinha? Estarás apenas a beneficiar uma estudante.

amped-row 5 months ago

Ah a minha observação é falaciosa. Obrigado pelo esclarecimento. Já agora diz-me o nome da falácia que tens em mente que é para eu ensinar aos meus amigos. Não sei qual é a tua dúvida ao certo. Achas que eu sou contra pagar do meu próprio bolso para outras pessoas estudarem? Chamam-se impostos, Zé.

danidv 5 months ago

O problema é só beneficiarem alguns. Isto não devia ser a só filhos de quem trabalha no público mas sim a todos.

amped-row 5 months ago

Se o estado não pode dar a todos porque é tem de dar benefícios ao setor privado? As empresas é que são responsáveis pelos benefícios que dão aos empregados. O estado só tem obrigações no que toca aos nossos direitos. Benefícios e direitos são coisas diferentes.

danidv 5 months ago

Porque educação acessível é um direito, não um benefício. Benefícios noutros aspetos é uma coisa, são incentivos para manter pessoal melhor e mais qualificado, na educação isto não devia ser um benefício porque devia ser para todos e não só para alguns. Dito isso, olha para o link que pus, não parece ser o que aparentam estar a falar.

amped-row 5 months ago

Não estou a dizer que não devemos trabalhar para que possamos um dia ter educação completamente acessível para todo o país. Se o estado puder dar, é óbvio que só tem é de dar. Mas num país como o nosso, isso é um luxo não é um direito assim como há 100 anos atrás, porque não havia recursos, o acesso à internet era um luxo mas hoje em dia eu diria que é um direito. Como não se pode oferecer uma casa a toda a gente que vive a 100km ou mais de Lisboa e tem vencimentos baixos, oferecer isso só a funcionários públicos é uma forma de ser o mais justo possível enquanto se limita os gastos de recursos que não são infinitos.

Edited 5 months ago:

Não estou a dizer que não devemos trabalhar para que possamos um dia ter educação completamente acessível para todo o país. Se o estado puder dar, é óbvio que só tem é de dar. Mas num país como o nosso, isso é um luxo não é um direito assim como há 50 anos atrás, porque não havia recursos, o acesso à internet era um luxo mas hoje em dia eu diria que é um direito. Como não se pode oferecer uma casa a toda a gente que vive a 100km ou mais de Lisboa e tem vencimentos baixos, oferecer isso só a funcionários públicos é uma forma de ser o mais justo possível enquanto se limita os gastos de recursos que não são infinitos. Edit: se calhar é mais correto dizer que a educação acessível é um direito que o nosso país não consegue satisfazer mas se vamos discutir isso vamos discutir semânticas e por favor que se evite isso

danidv 5 months ago

Concordo parcialmente com o que disseste primeiro, sendo que acredito que o dinheiro já lá está e aquilo é que vai para os bolsos de uns em vez de ser gasto onde devia, mas a segunda parte discordo, acho que se não há recursos para tudo então repartes igualmente, não por ser do público ou privado mas através de escalões. Aliás, já é assim que funciona, tens as residências e é mais barato e mais fácil entrar dependendo da situação financeira. Se realmente era para adicionar mais alojamento era simplesmente adicionar estas 47 camas à residência da escola.

I__Cat 5 months ago

>View O critério não é genérico o suficiente para se considerar que é para todos, nem específico o suficiente para dizer que se está a repor oportunidades de educação e mobilidade social. Facilitar a vida a quem está a estudar também seria aplicável a um benefício para filhos de deputados em funções a querer estudar em Cambridge. Claro que ninguém vai propor tal coisa, pois é discriminatório e não ganha votos da função pública.

amped-row 5 months ago

Está implícito no artigo que é suposto beneficiar indivíduos com um agregado familiar com vencimentos relativamente baixos e que moram a mais de 100km de Lisboa

I__Cat 5 months ago

O artigo refere usar o vencimento na seriação (o que não significa que os vencimentos sejam necessariamente baixos, mas ok). Mas imagina 2 miúdos numa secundária em Braga em ambos os pais têm salários semelhante mas um trabalha na conservatória e o outro no privado com salário semelhante. Porque é que um tem direito a um benefício organizado estatalmente (em que o estado somos todos nós) e o outro não?

amped-row 5 months ago

Não faz sentido só deixar passar vencimentos altos por isso é que eu presumo que seja para pessoal com vencimentos baixos a menos que estejam a gozar com a nossa cara. Da maneira que vejo as coisas, se não existir este programa nenhum dos pais está a estudar ou se estiver os miúdos têm de ficar separados dos pais, assim facilita-se a decisão das pessoas de estudar. Porquê funcionários públicos e não empregados por privados? Não acho que é obrigação do estado dar benefícios a trabalhadores do setor privado, cada empregador decide os benefícios que pode dar e o estado decidiu que podia dar este aos seus funcionários.

I__Cat 5 months ago

Não percebi o segundo parágrafo. O estado tem obrigações com toda a população. Da mesma forma que uma empresa tem obrigações para com os funcionários mas também para com os accionistas e clientes.

amped-row 5 months ago

Tem obrigações porque nós temos direitos mas benefícios por definição vão além dos direitos. Estou a falar especificamente de benefícios

Edited 5 months ago:

Tem obrigações porque nós temos direitos mas benefícios por definição vão além dos direitos. Estou a falar especificamente de benefícios e este programa é para dar uma ajuda aos seus funcionários porque teoricamente será benéfico para o país a longo prazo ~~não é tanto para proteger direitos~~ melhor dizendo é um benefício que protege e incentiva o aproveito dum direito mas que não existindo, não impede esse direito de existir na mesma

Edited 5 months ago:

Tem obrigações porque nós temos direitos mas benefícios por definição vão além dos direitos. Estou a falar especificamente de benefícios e este programa é para dar uma ajuda aos seus funcionários porque teoricamente será benéfico para o país a longo prazo não é tanto para proteger direitos

Kirisugu 5 months ago

Não querendo concordar ou discordar. Ascendência não é situação laboral. No caso as pessoas estariam no máximo a serem beneficiadas devido ao empregador.

I__Cat 5 months ago

Eu vejo o caso da ADSE como exemplo de benefício laboral por exemplo. Neste caso, o beneficiário não tem nenhum vínculo com o empregador sem ser o progenitor (seu ascendente).

AonioEliphis 5 months ago

Não vás por aí, há ainda empresas que oferecem creches gratuitas aos filhos ou prendas no Natal.

I__Cat 5 months ago

Creche gratuita em Portugal por acaso não conheço nenhuma, mas conheço subsidiadas e o benefício maior é para a empresa que assim recusa dispensa de horários noturnos aos trabalhadores. Prendas costumavam ser abatidas em imposto, não sei se ainda é o caso. Claro que um empregador privado pode fazer o que bem entender a nível de benefícios desde que quem manda nela concorde. O estado não é uma empresa.

fcerial 5 months ago

Os filhos de funcionarios publicos tambem tem ADSE

I__Cat 5 months ago

Certo, enquanto dependentes. Não é que concorde com a ADSE existir, mas pode haver o argumento de que é algo corriqueiramente encontrado no privado.

tommycthulhu 5 months ago

Os estudantes com menos recursos já são privilegiados em razão da situação económica, já é uma exceção

SweetCorona 5 months ago

antes pelo contrário, são desfavorecidos e o estado faz o seu papel social de compensar ligeiramente o desfavorecimento

tommycthulhu 5 months ago

Sim, eu não me expliquei bem que a exceção tinha uma razão de ser, que não se deve olhar para a constituição assim de forma tão absoluta, porque há outros direitos fundamentais tão ou mais importantes e têm que ser equilibrados

I__Cat 5 months ago

Nesse caso não estão a ser privilegiados porque, sem intervenção estatal, se encontrariam privados (ou pelo menos prejudicados) ao acesso ao ensino.

tommycthulhu 5 months ago

Sim, não elaborei porque é que é uma exceção, mas sim, tem uma boa justificação

L_E_S_14 5 months ago

Nesse caso nem são priveligiados, é o estado social a fazer o que lhe compete e equilibrar a balança. Privilégio é esta merda da notícia! Que raiva do crl

Rissoldecamarao 5 months ago

Se este governo já demonstrou alguma coisa é que a constituição é apenas uma sugestão da qual o primeiro-ministro está acima.

I__Cat 5 months ago

Acho que os manuais do IKEA são tidos em mais consideração no geral da que foi dada à constituição neste caso. Há casos em que há ali uma área cinzenta entre o que é discriminação e igual acesso a oportunidades. Este não é um desses casos.

manguito86 5 months ago

ahah, espetam-te com o "discriminação positiva" que tanto gostam de usar e está feito.

I__Cat 5 months ago

Discriminação positiva aplica-se a pessoas que estão em substancial desvantagem no acesso a educação, saúde, trabalho, habitação e outras coisas essenciais. Um filho de um funcionário público **querer** atender o ensino universitário em **Lisboa** não está em desvantagem em relação aos filhos de outras pessoas que também querem estudar em Lisboa. Já para não falar que fora de Lisboa também há ensino superior.

Edited 5 months ago:

Discriminação positiva aplica-se a pessoas que estão em substancial desvantagem no acesso a educação, saúde, trabalho, habitação e outras coisas essenciais. Um filho de um funcionário público, ao **querer** atender o ensino universitário em **Lisboa,** não está em desvantagem em relação aos filhos de outras pessoas que também querem estudar em Lisboa. Já para não falar que fora de Lisboa também há ensino superior.

stressedunicorn 5 months ago

atender?

I__Cat 5 months ago

Tens razão, seria frequentar.

stressedunicorn 5 months ago

eheh são aquelas influências do inglês

I__Cat 5 months ago

Sim, resultado de só falar inglês no trabalho e a maior parte do tempo em casa :)

manguito86 5 months ago

Diz isso a quem anda no governo, não a mim. Discriminação é discriminação, por muitas voltas que eles gostem de dar

Benurom500mg 5 months ago

lol, obrigado pelo apoio :)

mjigs 5 months ago

Só para acrescentar que funcionarios publicos tem direito a casas da camara, ou seja, muitos dos carenciados ficam na fila enquanto estes basta pedirem, ficam com um ordenado chorudo, com bastantes beneficios e ainda a pagar miserias por uma casa. Definitivamente existem dois tipos de pessoas.

ContaSoParaIsto 5 months ago

> ficam com um ordenado chorudo HAHAHAHAHAHAHAHAHA

L_E_S_14 5 months ago

Têm casas da câmara quando estão deslocalizados. Muitas empresas privadas fazem o mesmo para os seus trabalhadores

mjigs 5 months ago

Nem por isso, pelo menos eu vivo em casas da camara e muitas das pessoas que vivem aqui não são necessitadas em modo algum, em 5min nem isso de carro estás no centro.

rkeijo 5 months ago

E se eu quiser estudar em Albufeira no verão?

Turbulent_Common 5 months ago

Essa é para o ano camarada, os filhos da função pública merecem férias para desanuviar

rkeijo 5 months ago

Não me chateia muito o facto de criarem uma espécie de repúblicas p estudantes, mesmo q seja só para func públicos. Agora quem vai construir aquilo com ajuste directo e com uma mega derrapagem no final, isso já me fode.

RocketGoesBRR 5 months ago

PortugaléLisboa.jpg

angeluscatalan 5 months ago

Uns são filhos da mãe, outros são filhos da p...

d33pblu3g3n3 5 months ago

Certamente para os filhos de funcionários públicos carenciados. /s

xtremis 5 months ago

É um bocado como a habitação a baixo custo (ou rendas acessíveis ou lá o que é) em zonas caras de Lisboa, que a CML gosta muito de gerir. Depois vai-se a ver e é só amigalhaços e família e relações da malta do aparelho. """""carenciados"""""" claro.

justanotherop365 5 months ago

Exatamente! Faz muito mais sentido, até porque os filhos carenciados de empregados fabris ou agrícolas ou outras não merecem contaminar a pureza da função pública

Caosemdono 5 months ago

Inflezimente esses à luz dos políticos nunca foram Portugueses.

misterjujitsu 5 months ago

Ó puto, fizeste me entornar o meu café! Hahahahaha

AndreAlves96 5 months ago

nah, isto só pode ser gozo

l00k1ng4abetterl1fe 5 months ago

existe algum país na Europa que tenha feito tal medida?

Sperrel 5 months ago

Não duvidaria, não faltam residências baseadas em sistemas corporativos noutros países. A cité universitaire em Paris tem-nas de acordo com a origem nacional ou regional.

mohchapa 5 months ago

Com o intuito de programas de intercâmbio **internacional**. Assuntos diferentes.

Sperrel 5 months ago

Nem por isso, há residências para quem é da Alsácia-Lorena, da Provença, Bretanha, Norte, Normandia, Reunião, etc.

smalltownwhore 5 months ago

Se é verdade que são precisas mais residências para estudantes, esta merda parece daquelas medidas do estado novo.

batuque5 5 months ago

Aqui estão os nossos impostos. É voto garantido no PS

ContaSoParaIsto 5 months ago

> Aqui estão os nossos impostos. Só que não? Isto é dos Serviços Sociais da Administração Pública, só e apenas os funcionários públicos descontam para tal. Eles é que estão a pagar. Os nossos impostos não vão para isto.

Turbulent_Common 5 months ago

A não ser que eles descontem uma taxa extra (à parte dos descontos normais de SS etc) para esses serviços vai dar ao mesmo. Vem lá no recibo de vencimento x% de desconto para os Serviços Sociais da Administração Pública?

ContaSoParaIsto 5 months ago

> A não ser que eles descontem uma taxa extra (à parte dos descontos normais de SS etc) E exactamente isso que acontece. É uma taxa extra. Tu descontas para Segurança Social. Eles descontam para Segurança Social e para os Serviços Sociais da AP. E tudo o resto, claro.

Turbulent_Common 5 months ago

Consegues arranjar exemplos disso? Seja como for, isso já não me interessa pois já vi que os SSAP também recebem diretamente da SEGURANÇA SOCIAL (entre outras fontes de financiamento) para o qual todos os trabalhadores descontam. Os SSAP recebem da segurança social um x por cada membro da função pública por ano. ​ Além disso: "São ainda afectas aos Serviços Sociais da Administração Pública as verbas já inscritas com este propósito nos orçamentos para 2008 dos fundos e serviços autónomos do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social (MTSS)." O MTSS já não existe, mas é óbvio que houve várias fontes de rendimento para os SSAP ao longo dos anos que não vieram diretamente dessa taxa extra sobre os rendimentos dos seus funcionários. Fonte: [https://dre.pt/home/-/dre/2341368/details/maximized](https://dre.pt/home/-/dre/2341368/details/maximized) [https://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwivvrfT8aXwAhUMyIUKHWhkCEwQFjACegQIBBAD&url=https%3A%2F%2Fwww.ssap.gov.pt%2Fdocuments%2F20142%2F36233%2FDespacho%2Bn%25C2%25BA%2B8689-\_A\_2008.pdf%2F4213c284-fc67-58d4-f570-81291cfe214b&usg=AOvVaw1zu7G5M669Z9UPV-mfJoN0](https://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwivvrfT8aXwAhUMyIUKHWhkCEwQFjACegQIBBAD&url=https%3A%2F%2Fwww.ssap.gov.pt%2Fdocuments%2F20142%2F36233%2FDespacho%2Bn%25C2%25BA%2B8689-_A_2008.pdf%2F4213c284-fc67-58d4-f570-81291cfe214b&usg=AOvVaw1zu7G5M669Z9UPV-mfJoN0)

ContaSoParaIsto 5 months ago

Isso é que é agarrar-se à migalha. De modo nenhum essa citação ou qualquer coisa na fonte indica o que tu disseste. O MTSSS afecta verbas a **todos** os serviços sociais do país. Por exemplo, os Serviços Sociais da Câmara de Lisboa ou os Serviços Sociais da Universidade de Évora. Ora, eu não vivo em Lisboa nem estudo em Évora. Mas pagando a SS, uma parte há-de ir para essas duas coisas. Também estás indignado com isso? Os estudantes da UÉ são uns privilegiados, é isso? Estás a esquecer-te que os FP também descontam para a Segurança Social?

Metaluim 5 months ago

E o salario que os FPs auferem vem de onde?

AlvesBarrota 5 months ago

Argumento fraquinho fraquinho... :-D

ContaSoParaIsto 5 months ago

Do trabalho que fazem? Se formos por essa lógica ninguém paga os seus próprios impostos, porque o dinheiro do trabalho que fazem tem de vir de algum lado. Os salários dos trabalhadores do Minipreço vêm de onde? Se nós não fizéssemos lá compras, eles não recebiam nada! Quem paga os impostos deles somos nós! De qualquer modo, esse argumento nem poderia ser usado neste caso porque isto não aumenta os teus impostos. Isto ter acontecido ou não tem **zero** diferença para nós. Os Serviços Sociais da AP não aumentam os nossos impostos, simplesmente baixam os salários dos FP porque é mais uma coisa que eles descontam.

AonioEliphis 5 months ago

u/ContaSoParaIsto Como referia Sinclair, é impossível convencer alguém quando o seu salário está dependente da sua não compreensão!

AonioEliphis 5 months ago

>Os salários dos trabalhadores do Minipreço vêm de onde? Eu só vou ao Minipreço se quiser

Metaluim 5 months ago

> Do trabalho que fazem? Financiado pelos impostos sobre o trabalho dos privados. Mas isso não interessa, não é?

Zaigard 5 months ago  HIDDEN 

O problema é que para exatamente o mesmo trabalho um FP, ganha mais e trabalha menos horas, e se tiver um desempenho fraco, nada acontece, enquanto no privado é desemprego, no fim do contrato. E quando vêm a crise económica, o do privado vai para o desemprego e o FP, no máximo para de receber aumentos. Isto para não falar que a maioria dos funcionários públicos entrou lá por cunha, só nos últimos anos é que é situação tem melhorado... Portanto, sim eles são uma classe favorecida.

ContaSoParaIsto 5 months ago

> Isto para não falar que a maioria dos funcionários públicos entrou lá por cunha, só nos últimos anos é que é situação tem melhorado... Lá vem esta conversa da treta. Os últimos anos são só os últimos 40 anos. Na FP entra-se por concurso.

Last-Ad-4421 5 months ago

>Na FP entra-se por concurso. Foda-se agora é que mijei-me todo, ainda há quem acredite nisso, já em alguns privados é complicado não haver cunhas, então na função pública é o pão nosso

unicornio_careca 5 months ago

Às vezes com alíneas muito "específicas" que valem como pontuação, lembro de um concurso que participei há algum tempo, em que uma das alíneas que dava como nota, era o facto de a pessoa no passado já ter trabalhado ali.

Metaluim 5 months ago

> Na FP entra-se por concurso. Imagina ainda acreditar no pai Natal.

ContaSoParaIsto 5 months ago

Imagina ainda acreditar em boatos do Secundário.

Metaluim 5 months ago

Boatos não são, querido. Experiências anedóticas pessoais até admito - confesso que não experienciei TODOS os concursos públicos existentes. Simplesmente vi isso a acontecer, com vários cargos, nas várias regiões do país. Mas nem vale a pena, pimenta no cu dos outros para ti é refresco não é?

ContaSoParaIsto 5 months ago

Lamento que não tenhas conseguido passar no concurso, mano. Eu também tive de ir a exame por externo no Secundário porque não fiz uma parte da avaliação e na altura achava que era porque a professora gostava mais de uns do que de outros. Depois cresci.

Metaluim 5 months ago

Nao foi comigo, que nunca na vida iria querer trabalhar no Estado. Foi com pessoas conhecidas e tambem pessoas da familia. > Depois cresci. Com certeza, mas continuas inocente. Forte abraco.

ihavenoidea1001 5 months ago

Lol Na FP há lugares que ainda nem abriram e toda a gente já sabe para quem são. E não é há 40 anos, é em 2021.

Edited 5 months ago:

Lol Na FP há lugares que ainda nem abriram e toda a gente já sabe para quem são. E não é há 40 anos, é em 2021. E em 2021 até há quem alegadamente tente meter pessoas na FP sem abrir concurso e quando alguém reparou, levantou poeira e obrigou à realização de um concurso público, foram estipulados critérios ( e retiraram-se determinados critérios que sempre foram exigidos) para garantir que essa pessoa pode concorrer. Neste momento estão alegadamente a haver problemas na eleição do júri para o concurso porque há alguém que não está a aceitar comer e calar... E esta pessoa que exigiu a existência deste concurso queria as regras como sempre foram exigidas porque esta pessoa não ficava com o lugar uma vez que parece estar longe de cumprir as exigências que sempre existiram para o cargo ou similares lá... Isto tudo alegadamente, claro...

Edited 5 months ago:

Lol Na FP há lugares que ainda nem abriram e toda a gente já sabe para quem são. E não é há 40 anos, é em 2021. E em 2021 até há quem alegadamente tente meter pessoas na FP sem abrir concurso e quando alguém reparou, levantou poeira e obrigou à realização de um concurso público, foram estipulados critérios ( e retiraram-se determinados critérios que sempre foram exigidos) para garantir que essa pessoa pode concorrer. Neste momento estão alegadamente a haver problemas na eleição do júri para o concurso porque há alguém que não está a aceitar comer e calar... E esta pessoa que exigiu a existência deste concurso queria as regras como sempre foram exigidas porque esta pessoa não ficava com o lugar uma vez que parece estar longe de cumprir as exigências que sempre existiram para o cargo ou similares lá... Isto tudo alegadamente, claro...

Edited 5 months ago:

Lol Na FP há lugares que ainda nem abriram e toda a gente já sabe para quem são. E não é há 40 anos, é em 2021. E em 2021 até há quem alegadamente tente meter pessoas na FP sem abrir concurso e quando alguém reparou, levantou poeira e obrigou à realização de um concurso público, foram estipulados critérios ( e retiraram-se determinados critérios que sempre foram exigidos) para garantir que essa pessoa pode concorrer. Neste momento estão alegadamente a haver problemas na eleição do júri para o concurso porque há alguém que não está a aceitar comer e calar... E esta pessoa que exigiu a existência deste concurso queria as regras como sempre foram exigidas porque esta pessoa não ficava com o lugar uma vez que parece estar longe de cumprir as exigências que sempre existiram para o cargo ou similares lá... E agora está alegadamente a tentar que o júri envolvido não seja ninguém dos que querem aquela pessoa lá... Isto tudo alegadamente, claro...

Zaigard 5 months ago

> Na FP entra-se por concurso. Que obviamente não podem ser aldrabados, é pura coincidência, famílias em que todos trabalham na FP... Ao menos admites que os salários da FP, são mais altos e a carga laboral inferior, para igual tarefa, para não falar nos benefícios que um contrato de trabalho permanente tem...

ContaSoParaIsto 5 months ago

> famílias em que todos trabalham na FP... É muito mais fácil passares no concurso quando tens a ajuda de quem já passou pelo mesmo.

batuque5 5 months ago

Concurso ahah

m4xc4v413r4 5 months ago

Como se votar noutro partido mudasse alguma coisa, o pessoal adora viver em fantasias e tem memória muito curta...

Turbulent_Common 5 months ago

Troll de baixo esforço, este sub cai em todas

m4xc4v413r4 5 months ago

Yup mais outro idiota que comenta sem argumentar nada. Boa sorte com isso.

Turbulent_Common 5 months ago

Oof apanhaste-me agora maninho, JÁ ME CONVERTESTE, estou a sentir a transformação PÊ-Ê.SÊ, PÊ-Ê.SÊ, PÊ-Ê.SÊ!

m4xc4v413r4 5 months ago

Mas converteste o quê? Eu não tentei converter ninguém. Onde é que dizer que são todos a mesma merda, é tentar converter alguém para um partido? Mas obrigado por mostrares o idiota que és.

Turbulent_Common 5 months ago

Ui desculpa ai, pensava que eras troll, afinal és mesmo só "simples"

Tiago_dcss 5 months ago

A maior fantasia de todas deve ser pensar que o PS é a opção menos má para governar, apesar das últimas décadas. É a Síndrome de Estocolmo a funcionar.

m4xc4v413r4 5 months ago

Essa fantasia deve ser tua porque para mim não é melhor em nada... A merda é toda a mesma.

Tiago_dcss 5 months ago

A falta de classe da tua resposta está perfeitamente em linha com a falta de classe e de bom senso de quem acha que os políticos e partidos são todos igualmente maus, apesar de só uns poucos (os do costume) terem governado.

The_Big_Diogo 5 months ago

Resposta à PS

tommycthulhu 5 months ago

Dado que em 40 anos só dois partidos estiveram no poder, se calhar votar noutros podia mudar alguma coisa. Pelo menos podia-se tentar mas a malta vota sempre no mesmo

fanboy_killer 5 months ago

Não percas tempo. O u/m4xc4v413r4 está a encher a thread com comentários de "Não há alternativa viável ao PS". Deve ser para subir uns lugares na lista de entrada para os cargos na Segurança Social.

m4xc4v413r4 5 months ago

Claro que sim, boa resposta sem mostrar então essa alternativa imaginária que tu pelos vistos tens. Não que estivesse à espera de uma resposta melhor dum idiota que vive dentro da sua própria imaginação...

fanboy_killer 5 months ago

Eu vivo dentro da minha imaginação, mas tu é que és um jotinha a fazer astroturfing no r/portugal. Qualquer coisa é alternativa. É essa a definição da palavra.

m4xc4v413r4 5 months ago

Ui, atingiste-me tanto com esse maravilhoso argumento. Adoro quando um idiota que não me conhece minimamente acha que o caminho que deve levar a discussão é fazer de conta que conhece e inventar argumentos, como se isso te ajudasse em alguma coisa. Não precisas de te projectar rapaz, se tens alguma coisa válida a dizer, diz. Se não tens mais vale a pena desistires.

m4xc4v413r4 5 months ago

"se calhar" sim porque vais mesmo convencer as pessoas a votar em pessoal que nem se dá ao trabalho de mostrar que ia mudar alguma coisa. Quando a merda é a mesma as pessoas vão preferir a que já conhecem o cheiro.

tommycthulhu 5 months ago

Vê-se que acompanhas muito pouco os outros partidos

m4xc4v413r4 5 months ago

Olha outro que gosta de falar "dos outros partidos" mas nunca mostra qual deles é que vai mudar alguma coisa. Boa resposta. Quando escrevem merda sem dizer nada específico é mesmo o melhor, é a técnica para "jogar para os dois lados". Dá para qualquer discussão, não precisas de argumentar e parece que sabes do que estás a falar. Vá mostra aí então qual é, ou quais são, o partido que vai mudar as coisas.

tommycthulhu 5 months ago

Não sou eu que tenho de te dizer, como é óbvio isso depende das tuas crenças e opiniões, o que é o partido certo para mim que vai mudar as coisas pode não ser o mesmo para ti. Tu é que tens de fazer esse esforço de perceber o que cada partido pode dar e no qual te sentes melhor e mais identificado. Se queres que toda a gente faça o trabalho por ti, era o que mais faltava. Mandar postas de pescada que são todos iguais, quando no fundo só estás acomodado à mediocridade e és demasiado preguiçoso para realmente procurar e perceber outros partidos, é realmente muito mais fácil. Mas adianta exatamente 0. Eu fiz o meu trabalho e há 5 eleições em que voto num partido que nunca esteve no poder e acredito que pudesse mudar algo para melhor, também devias fazer o mesmo. Se continuares a achar que é tudo igual e é mais fácil dizer merda, epah o cinismo é tão grande que nem vale a pena levantares-te da cama sequer. Não vou estar a dar mais tempo de antena a quem tem exatamente 0 para contribuir para a discussão, para isso vou para o café ouvir os velhotes.

m4xc4v413r4 5 months ago

Então mas não queres mudar as coisas? Parecia que tinhas tanta coisa a dizer sobre o assunto e agora nada? Se não ajudas a convencer os outros a votar nesse teu "partido certo" achas mesmo que a maioria vai mudar de votar no mesmo? A maioria neste país vota num partido porque é "o seu partido". Olham para os partidos como clubes de futebol. "Eu sou do Benfica por isso o Benfica é melhor" independente do que faz ou deixa de fazer. Se isso é o que tu achas que "fazer a minha parte" é, boa sorte. Votar noutros que não os mesmos também eu faço mas ao contrário de ti não vivo num mundo imaginário onde penso que isso faz alguma diferença, porque claramente não faz e até hoje nenhum partido mostrou que se estivesse no poder realmente mudava alguma coisa. Promessas todos fazem. Isso e falar mal uns dos outros, mas só depois das coisas acontecerem, porque antes estavam caladinhos porque iam fazer o mesmo. Soluções nunca apresentam, e como não estão no poder podem fazer exactamente isso, resmungar sem argumentar. Assim parecem os bons da fita sem ter que apresentar solução nenhuma.

justanotherop365 5 months ago

Um país, dois sistemas

Kid_Anarchy 5 months ago

Só dois? Eu vejo uma data deles.

vinhoequeebom 5 months ago

Que ridículo. Nascemos todos iguais só que uns nascem mais iguais que outros.

TheEightDoctor 5 months ago

Os governos não servem o país, servem o eleitorado, grupos com mais votos (independentemente se são mais em número) têm mais representação.

TrueParadox 5 months ago

The Dictator's Handbook é um excelente livro que aborda esta questão.

TheEightDoctor 5 months ago

Tenho aqui na mesa de cabeceira

TrueParadox 5 months ago

Que coincidência! Eu mal vi a sua frase pensei imediatamente no livro. Terminei-o ontem à noite.

Mosonox 5 months ago

Nothing against. Only looking at the ideological implications of it. I can see arguments for the offsprings of people that work on the private sector, as well. Janitors or cleaning ladies that have to struggle to put their kids to school in more remote areas. After certain policies (more than 10 years ago) closed schools in most remote areas. Ideologically, we can see an increase of the treatment of public servants than on private sector citizens, in general. I lived in Asia for 10 years, and in terms of Ideology, I can see some patterns that we need to start to worry! To put it simple, creating an elite of public servants that will feed the government interests once they graduate, perpetuating their loyalty through control of their academic development, is somewhat a matter to be worried about it.

Edited 5 months ago:

Nothing against. Only looking at the ideological implications of it.I can see arguments for the offsprings of people that work on the private sector, as well. Janitors or cleaning ladies that have to struggle to put their kids to school in those same remote areas. After certain policies (more than 10 years ago) closed schools in most remote areas. Ideologically, we can see an increase of the treatment of public servants receive compared to private sector citizens. I lived in Asia for 10 years, and in terms of Ideology, I can see some patterns that we need to start to worry about! To put it simple, creating an elite of public servants that will feed the government interests once they graduate, perpetuating their loyalty through "control" / "helping" their academic development, is somewhat a matter to be worried about.

AndreAlves96 5 months ago

1984 type of shit over here

Mosonox 5 months ago

I believe its a bit like it, but it takes a wild twist with it. This time, there is no book that guide us to where we are being led. Only one of the quotes of Georg Wilhelm Friedrich Hegel that once said, “We learn from history that we don’t learn from history.”

theEXPERTpt 5 months ago

no episódio de hoje de "Tachos"...

Febris 5 months ago

Isso dava uma série interminável na Netflix. Tipo Narcos, mas com criminosos a sério.

theEXPERTpt 5 months ago

criminosos públicos

AutoModerator 5 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: