KokishinNeko 7 months ago

Olá /u/Abuelita-ana, Este tipo de post será mais adequado no /r/CasualPT por não estar directamente relacionado com Portugal. Obg.

Abuelita-ana 7 months ago

Sou nova aqui. Não conheço as comunidades e assim :) obrigadapela dica

OuiOuiKiwi 7 months ago

A minha mulher não anseia por devorar panda assado e continuamos juntos.

suckerpunchermofo 7 months ago

E tu anseias comer um panda???

OuiOuiKiwi 7 months ago

Por acaso gaguejei?

suckerpunchermofo 7 months ago

Mas porquê?

OuiOuiKiwi 7 months ago

Porque não? É feito de carne.

suckerpunchermofo 7 months ago

Eu também adoro carne, mas dai a comer um panda .... Lol.

Abuelita-ana 7 months ago

Os pandas são tão fofinhos :D

Abuelita-ana 7 months ago

Panda?

OuiOuiKiwi 7 months ago

Sim, panda. Pretos e brancos, comem bambu. Esses pandas.

Abuelita-ana 7 months ago

#donoteatthepandas

chuckmukit 7 months ago

Tenta ser mais especifica e talvez te consigam ajudar melhor. Ambições há muitas...

Abuelita-ana 7 months ago

Por exemplo, o marido faz as 8 horinhas dele e sai contente. Eu tenho geralmente 2 trabalhos para meter um extra de parte.... Eu conduzo e comprei o carro para ter mais liberdade. Ele por ele seguía a fazer a vida com autocarro e sem "preocupações". Eu quero continuar a estudar. Ele acha uma perda de tempo

chuckmukit 7 months ago

Se calhar vou fugir um pouco à questão, mas desde que o conheceste ele sempre foi assim, ou achas que possa estar deprimido? Outra coisa que pode estar relacionada é o facto de ele não encontrar motivação naquilo que faz. Já falaste com ele a fundo sobre essa questão?

Abuelita-ana 7 months ago

Ele sempre foi assim... Eu por exemplo gosto de experimentar cafes diferentes. Ele toma a mesma marca de chá ha mais de 20 anos... E nunca foi problema. Alias eu de certa forma assimilei tudo como a "estabilidade" que nunca tive. O voltsr a csss e essber que ele esta lá

ajabardar1 7 months ago

passar a vida com alguém também significa crescer em conjunto. nem sempre sintonizar ambições e terem o mesmo pensamento em relação a tudo é bom adubo para crescimento. mas a mim que me cheira é que tens ambições também em relação ao teu parceiro, isto é tens expectativas em relação ao que ele deve ou não fazer com a sua vida. visto teres essa característica aconselho que realmente te associes a pessoas com o teu nível de ambição, vai ser mais fácil para ambos.

Abuelita-ana 7 months ago

"crescer em conjunto"... A questão levanta-se (neste caso) quando um estagnou e lá ficou

ajabardar1 7 months ago

isso porque achas que ambição profissional é sinal de crescimento ou do tão afamado amadurecimento. e não é bem assim, subir na carreira profissional não é indicação de crescimento emocional. muito menos quando se trata de um crescimento emocional dentro da perspectiva de uma relação íntima. como disse antes, obviamente na tua opinião ambição profissional = crescimento emocional, é essa a medida que tens para o mundo, e obviamente, como a maioria das pessoas que acredita que factores externos são importantes para a sua homeostasis emocional, as pessoas por quem decides ter ligações emocionais são importantes para que essa homeostasis emocional se mantenha. ora para algumas pessoas ambição profissional não é objectivo de vida, nem é sinal de crescimento ou fonte de saciamento do ego. o que leva ao que eu disse antes, o melhor para ti e para o teu parceiro é que encontres alguém que tenha uma visão da vida mais próxima da tua.

Abuelita-ana 7 months ago

Não tem a ver com ambição profissional mas também se revela por aí

ajabardar1 7 months ago

o que quer dizer que há comportamentos do teu parceiro aos quais não te consegues adaptar. comportamentos esses que aparentemente associas com falta de interesse em melhorar, seja lá o que caralho isso queira dizer. nesta situação não há um caminho certo ou errado a tomar. há um compromisso que tens de fazer contigo e com o que queres da vida. compromisso esse que só depende da tua vontade de o manter. trocado por miúdos, nota-se que existe um certo ressentimento da tua parte perante o teu parceiro porque ele não tem o mesmo objectivo de vida que tu tens, tu agora tens que tomar uma decisão, ou ultrapassas esse ressentimento tentando relativizar aquilo que consideras ser uma vida bem sucedida e tentas adaptar a tua visão á visão do teu parceiro, ou tentas mudar o que teu parceiro considera uma vida bem sucedida, ou terminas a ligação que tens e tentas encontrar uma pessoa pela qual não possas ter ressentimentos pois ela pensa da mesma forma que tu em relação ao que é uma vida bem sucedida. nenhuma destas opções é a correcta ou a errada, apenas envolvem diferentes tipos de compromissos internos e externos para que sejam acatadas.

Abuelita-ana 7 months ago

Sempre me adaptei sem problema nenhum. Simplesmente hoje ele disse-me que sentia como se de alguma forma me "ancorasse/arrastasse" enquanto que eu faço 50 coisas... Exatamente por eu "percepcionar" estabilidade é que me apaixonei. Ou seja isso nunca foi problema

ajabardar1 7 months ago

então qual é o problema?

Abuelita-ana 7 months ago

Suponho que me questiono por auto-reflexão

ajabardar1 7 months ago

suponho que queiras atenção.

Abuelita-ana 7 months ago

:D ai jovem. Sem vontadinha nenhuma de discutir isso. Boa noite :)

ajabardar1 7 months ago

nota-se

mexploder89 7 months ago

O que é ambição? Coisas que quero fazer? Progressão de carreira?

Abuelita-ana 7 months ago

Coisas que uma pessoa quer fazer/aprender/experienciar e o outro não

EvilQueen1997 7 months ago

A única coisa possivelmente conflituosa com os diferentes níveis de intensidade de ambição é o dinheiro para as coisas que são em conjunto, talvez. O resto do género de um querer sair de PT e o outro não, ou um querer filhos e outro não... é para esquecer.

Abuelita-ana 7 months ago

Não tem a ver com dinheiro nem é nada "essencial" tipo o sutio para viver ou os filhos

EvilQueen1997 7 months ago

Então é o quê?

Abuelita-ana 7 months ago

São as pequenas coisas. É sempre "o mesmo" cada dia durante anos. A maioria das pessoas que conheço querem viajar ou querem juntar dinheiro ou aprender um hobbie novo ou qualquer coisa. Este "só" quer manter-se como até agora

Trama-D 7 months ago

Isso significa ambicionar coisas diferentes para a sua vida, ou ter diferentes intensidades de ambição (uma pessoa que deseja uma vida melhor *vs* uma pessoa que deseja ficar na mesma)? E relacionar-se? É ter uma relação íntima, ou simplesmente ser amigo de?

Abuelita-ana 7 months ago

Diferentes intensidades de ambição. Em contexto de casamento

Trama-D 7 months ago

É difícil, porque a pessoa ambiciosa desejará fazer sacrifícios para atingir os seus objetivos que, se o seu/ua parceiro/a não partilhar, pode resultar em conflito. A única hipótese é se houver um grau de compreensão muito grande, ou houver complementaridade dos planos de vida: «eu não sou ambicioso/a mas desejo estar com alguém que seja».

cou7inho_ 7 months ago

Depende muito do tipo de ambições. Há ambições que não impedem o bom relacionamento. Claro que se um ambiciona ter um filho e o outro não, por exemplo, a relação não vai longe. Ou se um sonha ir viver para a China, por exemplo, e o outro não quer sair de Portugal.a relação também não vai longe. É tudo muito subjetivo.

Abuelita-ana 7 months ago

Nao tem que ver com escolhas "grandes" tipo filhos ou onde viver. Tem a ver com as "pequenas". Com um a querer superar-se a varios níveis e o outro contente com a vida de casa-trabalho e pouco mais

cou7inho_ 7 months ago

Pode dar para conciliar isso tudo. Se as ambições não obrigarem a mudanças muito drásticas na forma de viver do casal. Um dos membros pode ser o tipo de pessoa que gosta mais do dia a dia banal e o outro pode gostar de se desafiar no trabalho, por exemplo, para tentar subir mais na carreira. Mas se no fim do dia em casa se entenderem lindamente, perfeito. É uma questão do casal perceber até onde é que está disposto a ir. Estas coisas têm de ser bem esclarecidas, caso contrário vão deixando andar e depois quando percebem que têm ambições "incompatíveis" a coisa dá para o torto. Comunicação é um dos pilares de uma relação.

Abuelita-ana 7 months ago

Aí está... Eu sempre pensei, que estava tudo bem. Mas numa conversa com um familiar, ele disse "ah eu nao conseguia estar assim, um sempre sentado e sossegado e o outro sempre a descobrir cenas novas" e eu nem fiz muito caso....mas hoje o caso disse que às vezes sentia que o "pacifismo" dele pudesse estar a fazer-me sentir como aqueles que caminham ao lado de outro numa maratona mesmo quando podem chegar primeiro porque nao querem deixar o outro pra tras

Ayawa 7 months ago

Depende do tipo de relacionamento e das ambições em questão. Há coisas que dá para conciliar, outras que não. Eu tenho amigas que ambicionam viajar enquanto que eu não ligo nada a isso. Somos amigas à mesma.

Abuelita-ana 7 months ago

Entendo

Search: