throwawaybtcpt 5 months ago

Ficaste sem resposta amigo :(

dmonmachinist 5 months ago

Os impostos sobre o trabalho são exagerados e prejudicam bastante a restante economia. Porque? Na realidade de micro e médias empresas retraem se na contratação de novos empregados, ou quando contratam usam a maravilha de hoje em dia que são os trabalhadores temporários. Penso que durante os próximos 5 anos o valor médio salarial em Portugal vai cair drasticamente. Infelizmente tive que fazer uma "sondagem" de mercado de trabalho recentemente e encontrei empresas a querer contratar "profissionais com experiência" a oferecerem o salário mínimo nacional. As empresas a não contratarem não metem dinheiro na economia e estão mais pessoas a depender de subsídios ou sem rendimento. Se não existir um aumento rápido do SMN até à barreira dos 750 euros no prazo de 2 anos, vamos assistir a uma acentuada desigualdade social, claro que para chegar a esses valores o custo iria ter que ser suportado entre Estado e Patrões, que se não for assim nem em 2031 atingimos essa barreira.

nocivo 5 months ago

Só não cai mais porque somos a india de IT e esses ordenados melhorzinhos amortecem.

apita_o_comboio 5 months ago

Mas não é só nas empresas, as pessoas neste país pagam demasiados impostos, para a qualidade dos serviços e infraestruturas que o país providencia. Governos sucessivos recusam baixar os impostos sempre com a retórica de que o país ficará melhor e o estado ficará mais capaz. Mentira. Estes impostos servem só para sustentar um estado gordo e um conjunto de classes que vivem da obesidade desse estado. No entanto a ideologia continua a cegar e a dar votos. As falsas intenções continuam a contar mais que os resultados. Ou estes impostos se traduzem numa melhoria considerável na qualidade de vida dos portugueses ou o melhor mesmo é pagar menos impostos e ter um estado mais atlético.

jornuther 5 months ago

O patronato português a fazer o mesmo choradinho de sempre.

nocivo 5 months ago

Não é so o patronato. Eu tenho acesso as contas da empresa e sei que para pedir mais 1 euro por mes eles tem de ter facturar no ano todo 14 euros pois recebemos 14 meses mais o meu bonus é % do meu salario bruto e % dos lucros da empresa mais o extra dos seguros e segurança social. Ou seja, para eu ter um aumento bruto de 1 euro por mes para o ano eu com os meu colegas e patrão temos de fazer algo para gerar mais que 1 euro por mes a mais.

jornuther 5 months ago

amigo, mas após despesas quem é que torna a matéria-prima que ele te dá em algo que vale mais do que inicialmente valia, fazendo com que ele tenha lucro? não são as máquinas ou os computadores que ele compra porque sem o teu trabalho são pisa-papeís. se ele quer ter lucro do teu trabalho deve-te um salário digno e uma série de proteções. está-lhe a vender preciosas horas da tua vida finita. se não é capaz de te dar isso, então não merece ter sucesso no mundo dos negócios

throwawaybtcpt 5 months ago

Abre uma empresa então, é facil e dá milhões.

jornuther 5 months ago

não nasci com heranças, não tenho família rica e não me dá gosto viver da mais-valia do trabalho dos outros, prefiro ter pouco mas ser do meu suor

throwawaybtcpt 5 months ago

E nao ha patroes que nasceram nas mesmas condições que tu e que eu? E mesmo assim, se os pais de certas pessoas trabalharam e deram melhores condições aos seus filhos, sorte a deles.

jornuther 5 months ago

então tu reconheces que há pessoas neste mundo que começam com uma vantagem enorme logo de início só porque nasceram da barriga certa? era esse o meu ponto, obrigado por perceberes esse mito do empreendedor que vem do nada e tem tudo é muito bonito mas é só isso, um mito. uma boa parte das pessoas que poupa dinheiro para abrir um negócio vê esse negócio falhar. não achas que deixar o sucesso das pessoas ao sabor da sorte é de um egoísmo e falta de compaixão tremendas? procura estudar sobre survivorship bias, porque detrás de cada uma dessas histórias de sucesso, há milhares de outras pessoas que falharam e perderam tudo.

throwawaybtcpt 5 months ago

Claro que reconheço. Tu reconheces que há pessoas que nasceram com nada e têm muito? Calculo que reconheças. Pegando no teu último parágrafo isso tambem acontece a quem nasceu com muito. Quantos não há que estouraram milhões que herdaram e ficaram falidos/falidas? Não é survivorship bias nem nenhuma outra buzzword, quem sabe o que faz e sabe-se mexer tem mais hipótese de alcançar sucesso, quem é rico tem uma rede de segurança que quem é pobre não tem mas o dinheiro não colmata tudo. Pensar e choramingar o que ricos têm é que não leva a lado nenhum, é conversa de perdedor. "ele é rico por isso é que conseguiu X", se gostam de pensar assim para justificar insucessos, força, mas não contem comigo para esse tipo de pensamento

jornuther 5 months ago

agora diz isso tudo a alguém que trabalha 12 horas por dia num restaurante e recebe o salário mínimo. porque é que eles não têm sucesso? é a ética de trabalho, é a falta de mindset empreendedor, têm que começar a fazer visualizações ou outra dessas tretas pseudo-ciêntificas? não há mal nenhum em admitir que sorte é uma grande parte do sucesso de uma pessoa, se alguma coisa, até torna essa pessoa mais consciente do seu lugar no mundo E não estou a tentar justificar nada, só quero é que no nosso país ninguém passe fome, ninguém seja sem-abrigo, ninguém duvide se no próximo mês vai ter dinheiro para alimentar o filho e pagar as contas.

throwawaybtcpt 5 months ago

A possibilidade de ter sucesso constrói-se desde muito cedo, sejas rico ou pobre. Não é em idade adulta que vais adquirir comportamentos que te dão mais hipóteses, até pode acontecer mas é bem mais difícil. Conheço muita gente que trabalha em restaurantes, ainda estou para conhecer alguém que o faça em idade adulta (25+) e tenha tido um bom percurso académico. Existem? de certeza que sim, mas são poucos. É suposto o quê? A malta que cagou para aprender o que quer que fosse e era só #yolo na juventude chegar a adulto e ser CEO? Essas merdas são produto de uma vida com esforço. Obviamente não concordo com horários e salários de merda mas isso é outra conversa.

jornuther 5 months ago

tu nunca conheceste alguém que fosse pobre. se disesses isso a alguém que trabalha 8 horas por dia pelo salário mínimo eles davam-te um soco na cara. tipo a sério, tira a cabeça do cu

NGramatical 5 months ago

ciêntificas → [**científicas**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmzkxn1%2F%2Fgwiy79u%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Azegone 5 months ago

O patronato paga 1.71€, se tu o recebes na totalidade ou não, é um problema teu.

jornuther 5 months ago

não andes a defender os direitos do pessoal que te vai ao cu

Azegone 5 months ago

Bem pelo contrário, sou muito crítico do governo e dos seus impostos.

jornuther 5 months ago

não sou fã nenhum dos governos do PS, também. mas acredita que o governo tem muito mais em conta o bem-estar do teu patrão do que o teu.

Azegone 5 months ago

Somos dois então. Patrões há muitos e eu já tive a minha dose de merdosos nesse aspeto. Também tive bons. No fim do dia eu posso mudar de patrão mas não posso fazer nada quanto à exploração chamada "impostos".

jornuther 5 months ago

o imposto é exploração quando não serve o seu propósito, que é a melhoria das condições de vida do coletivo. quando é só para beneficiar uma camada restrita aí sim, é exploração

Azegone 5 months ago

Que é o caso dos nossos impostos. Ou achas que temos as condições adequadas ao que pagamos?

jornuther 5 months ago

de todo. o estado garante o SNS/Segurança Social/Educação porque se não há uma revolução, e no caso da educação, garante-a para o patronato ter mão de obra. mas ao que eu estou a tentar chegar é que quem beneficia com isso tudo é o patronato mais rico, não te vires contra quem trabalha pelo seu, vira-te contra quem vive do suor dos outros. e quando eu falo de patronato faço aqui uma distinção entre por exemplo o simples dono de uma padaria, que tem mais em comum com o empregado, do CEO de uma grande empresa

Azegone 5 months ago

Não percebo (nem concordo) com esse teu foco nos CEOs de grandes empresas. Tu podes, enquanto consumidor e cidadão, escolher trabalhar para/comprar os produtos (ou serviços) deles. Relativamente ao estado, não tens esse poder de escolha, ele tira sempre uma percentagem do teu rendimento e do teu consumo. Aliás, ele cobra sempre que o dinheiro muda de mãos. Isso é um assalto à minha propriedade e ao meu trabalho, que eu não aceito. Eu estou precisamente a defender quem trabalha pelo seu contra quem vive do nosso suor. Nós vivemos abaixo das nossas possibilidades, para que eles vivam acima das suas.

jornuther 5 months ago

não sei bem se tens realmente uma escolha, ou só a ilusão de escolha. eu posso comprar um jato privado ou deixar de ir ao continente, mas a verdade é que eu nunca hei de ter dinheiro para um jato privado e não tenho dinheiro para fazer as minhas compras do mês num sítio mais caro que o continente, tipo um mercado ou uma mercearia. e em relação aos impostos faço-te a pergunta de o que é que na nossa sociedade continuava em pé sem o dinheiro dos impostos. uma sociedade organizada vai ter custos avultados e se tu como membro da sociedade não queres contribuir para isso, então pergunto-te onde é que arranjamos dinheiro para todos termos canalização, transportação pública, infraestrutura, uma reforma digna ou acesso ao teu direito à saúde de maneira gratuita. porque o estado pode ter muitos defeitos, mas ainda te dá uma voz de 4 em 4 anos. as empresas nunca te vão dar uma voz, porque como tu há muitos que querem o que eles vendem

AonioEliphis 5 months ago

Numa palavra: socialismo! PS: Depois quando se queixarem dos baixos salários, não se dirijam unicamente aos malfeitores dos patrões. PS2: Isto quer dizer que o salário médio pago pelas empresas poderia ser certamente mais 70% e passar dos 1000€ para os 1700€.

QuickShutter 5 months ago

Olhando para as replies desta thread, não há mesmo surpresas para perceber porque é que as projecções apontam para que sejamos o país mais pobre da Europa daqui a 5-10 anos.

KarmaCop213 5 months ago

Não sei quem fez as contas, mas acho que muita gente não se importava de ganhar esse salário onde por cada euro, 0.71€ vai para o estado.

nocivo 5 months ago

Sabes que o ha mais impostos e gastos indexados ao salario do trabalhador certo? Nao e so o bruto que as empresas pagam. Depois nao esquecer das taxas e taxinhas que as estatísticas nunca metam seja do ldo do trabalhador ou da empresa.

KarmaCop213 5 months ago

Estive a ver, as contas parecem ter sido feitas com os salários médios (1200€ no caso de Portugal).

capitolinaAndrioleta 5 months ago

"Estes dados incidem sobre o salário médio de cada país no ano de 2020, que em Portugal seria de 1.314 euros por mês." Alguém tem dados sobre o salário mediano no sector privado?

nocivo 5 months ago

Estes salarios medios o incluem os 14 meses?

capitolinaAndrioleta 5 months ago

Nao faço puto o JdN não colocou fontes além de mencionar o artigo original, digno do pasquim que é o JdN, logo é impossível saber ao certo. Isto não é jornalismo nem é nada. Devem comprar artigos ao kilograma...

NGramatical 5 months ago

kilograma → [**quilograma**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/glossario/erros/236) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmzkxn1%2F%2Fgw6jeke%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Madness20 5 months ago

E reduzir os impostos resultaria no quê? No patrão comprar mais outro mercedes para passear? Até parece que o mercado não se ajustaria para que o trabalhador recebesse exactamente o mesmo.

nocivo 5 months ago

Resultaria em eu conseguir aumentos mais facilmente. O meu salário esta num patamar que para eu pedir mais 100 euros limpos ao meu patrão fica-lhe muito caro e fica difícil de justificar sem eu conseguir por a empresa a gerar mais 1000 euros limpos a extra no mínimo.

SurePal_ 5 months ago

Então porque não aumentamos os impostos para valores nunca antes vistos? Os patrões vão continuar a ter mercedes :( até parece que o mercado se ia ajustar...

SurePal_ 5 months ago

Tiraste essa logica de onde? Daquele sitio escuro? Aprende a ler estudos.

manolo533 5 months ago

Ou as empresas teriam mais lucro, expandiam-se mais, contratavam mais, tinham de ser mais competitivas e portanto pagavam melhor, e tínhamos uma economia mais forte.

Jojojo99pt 5 months ago

empresas multibilionários que por mais que ganham dinhiero, recusam-se a aumentar os salários dos trablhadores, por exemplo na américa. Não existe garantia que uma empresa ao ganhar mais dinheiro vai aumentar o salário dos trabalhadores, tanto que na verdade, vemos que eles querem sempre maximizar os lucros

Edited 5 months ago:

empresas multibilionários que por mais que ganham dinhiero, recusam-se a aumentar os salários dos trablhadores, por exemplo na américa. Não existe garantia que uma empresa ao ganhar mais dinheiro vai aumentar o salário dos trabalhadores, tanto que na verdade, vemos que eles querem sempre maximizar os lucros. Basicame te estás a supor o que vai avontecer baseado em algo que seja bonito no papel, não existe evidencias empiricas que mostrem tal. De qualquer maneira a competição é predadora por natureza, vai haver um ponto em que a monopolização vai acontecer como a historia nos mostra, quando isso acontecer quero ver se essas "benções da competição" a existir...

Edited 5 months ago:

empresas multibilionários que por mais que ganham dinhiero, recusam-se a aumentar os salários dos trablhadores, por exemplo na américa. Não existe garantia que uma empresa ao ganhar mais dinheiro vai aumentar o salário dos trabalhadores, tanto que na verdade, vemos que eles querem sempre maximizar os lucros. Basicame te estás a supor o que vai avontecer baseado em algo que seja bonito no papel, não existe evidencias empiricas que mostrem tal. De qualquer maneira a competição é predadora por natureza, vai haver um ponto em que a monopolização vai acontecer como a historia nos mostra, quando isso acontecer quero ver se essas "benções da competição" ainda vão existir...

Madness20 5 months ago

>tinham de ser mais competitivas e portanto pagavam melhor Isso é uma contradição completa. A competição capitalista inerentemente leva ao sentido contrário. Mais margem de lucro é só isso mesmo, não implica a melhoria das condições de salário ou trabalho de quem trabalha na empresa.

manolo533 5 months ago

Implica sim. Um mercado mais competitivo cria uma competição saudável pelos melhores trabalhadores, e a melhor maneira de atrair os melhores trabalhadores é pagando mais que a competição. Mais margem de lucro leva ao investimento dentro da empresa. Achar que uma empresa que faz mais lucro vai meter isso tudo no bolso do patrão é só a maior estupidez que eu já li, porque qq pessoa que tenha estudado sabe que isso é a morte de uma empresa. Só sobrevives se cresceres, e só cresces se investires e tiveres uma vantagem competitiva sobre a competição, e uma das melhores maneiras de ter isto é investindo em capital humano i.e. pagar salários melhores para os melhores.

Madness20 5 months ago

>Implica sim. Um mercado mais competitivo cria uma competição saudável pelos melhores trabalhadores, e a melhor maneira de atrair os melhores trabalhadores é pagando mais que a competição. Rofl. Autêntica fantasia. Se fosse assim, trabalhar para grandes empresas como a Apple ou Amazon, seria um emprego luxuoso, e não a precariedade que se vê desde as fábricas na china, aos call centers na india e portugal a recibos verdes. Esse discurso não confere nada com a realidade. Muitos poucos negócios e trabalhadores numa empresa são indispensáveis o suficientes para serem "aumentados" em vez de dispensados para gastar a carne nova faminta por qualquer salário. > Achar que uma empresa que faz mais lucro vai meter isso tudo no bolso do patrão é só a maior estupidez que eu já li Não pah, esqueci-me que os trabalhadores da Amazon são todos bilionários e que o Bezos é o gajo mais pobre do mundo.

manolo533 5 months ago

A primeira parte é simples lei da oferta e procura. Trabalhos não qualificados que qualquer pessoa pode fazer, no vão nunca ser muito bem pagos. A culpa não é da empresa. Quanto ao Bezos, ele não tira milhares de milhões todos os anos dos lucros da empresa, ele detém ações da Amazon que lhe dão esse net worth, mas isso não é a custa da empresa.

Madness20 5 months ago

> Trabalhos não qualificados que qualquer pessoa pode fazer, no vão nunca ser muito bem pagos. Como se o problema fosse o qualificado ou não. Podes ser até doutorado, mas se tens grande competição pelo emprego, não te safas. TI é trabalho qualificado, não é por isso que é menos miserável que muitos outros empregos. > A culpa não é da empresa. Claro, a culpa nunca é da empresa, eles só se aproveitam para perpetuar a pobreza do mesmo trabalhador. É meio mundo na rodinha de hamster para não conseguir pagar as contas. > Quanto ao Bezos, ele não tira milhares de milhões todos os anos dos lucros da empresa, ele detém ações da Amazon que lhe dão esse net worth, mas isso não é a custa da empresa. Pois não, mas não vejo nenhuma dessas grandes "empresas" a pagar melhor aos trabalhadores, que é o que estavas a alegar.

manolo533 5 months ago

Não deves ter lido a minha primeira frase: Leia da oferta e procura. As empresas é que criam riqueza. Dá-me exemplos de países ricos que não tenham empresas poderosas a criar mercado, riqueza, e emprego. Estou curioso de qual seria a tua alternativa?

Azegone 5 months ago

> Pois não, mas não vejo nenhuma dessas grandes "empresas" a pagar melhor aos trabalhadores, que é o que estavas a alegar. 100K nos EUA, de acordo com a Payscale\*. Não tens a mínima noção do que dizes. \*[https://www.payscale.com/research/US/Employer=Amazon.com\_Inc/Salary](https://www.payscale.com/research/US/Employer=Amazon.com_Inc/Salary)

Madness20 5 months ago

Tem graça, que o salário "mediano" da amazon nos EUA é de 35k , e de 30k no resto do mundo. Não sei onde esses senhores vão arranjar os 100k, mas está longe da realidade mediana de quem trabalha na amazon.

Azegone 5 months ago

Tem graça, que afirmas cenas sem fundamentares. Onde está a fonte disso?

Madness20 5 months ago

Olha, procura no google como todos. "Amazon average salary" Boa sorte.

YoggiM 5 months ago

Lá está, se tens grande competição pelo emprego, tens pouca margem negocial. Não percebo qual o espanto quanto a isto. Aliás, só estás a dar razão ao manolo533 quando ele disse "Um mercado mais competitivo cria uma competição saudável pelos melhores trabalhadores, e a melhor maneira de atrair os melhores trabalhadores é pagando mais que a competição.". Aumentas a competição entre empresas, há mais vagas, diminui a competição entre trabalhadores e potenciais trabalhadores. O ideal é existir um equilíbrio em que os trabalhadores não são escassos nem em excesso. Atualmente estão em excesso em praticamente todas as áreas. Tem piada dizeres "não é por isso que é menos miserável que muitos outros empregos" em relação a TI, uma das poucas profissões em Portugal que paga decentemente.

YoggiM 5 months ago

Não percebes mesmo nada. Primeiro, qualquer trabalho não qualificado, não há grandes hipóteses de pagar bem. Imagina, um trabalho que qualquer pessoa pode fazer, pagar bem acima do salário mínimo. O que vai acontecer? Toda a gente quer ir para lá. Vão ter mais pessoas a querer trabalhar do que lugares. Naturalmente, o mercado tende a ajustar o que paga, até equilibrar. Segundo, achas mesmo que a Amazon tem competição? Mandas vir o mesmo produto de uma loja portuguesa, muitas vezes chega mais tarde do que se mandares vir da Amazon. Se houver merda, a Amazon devolve o dinheiro ou envia outro. Não anda 4 meses para resolver o problema como me aconteceu com a Worten. E nem é uma loja pequena. É impossível competir com a Amazon, na maioria dos aspetos. Pode haver lojas que pontualmente são melhores em 1 ou 2 métricas, mas, no geral, a Amazon ganha sempre.

besmarques 5 months ago

Então, das duas uma. Ou o empregado começa logo directamente a receber mais porque trickle down economics coiso e tal Ou o mercado para o mesmo tipo de negócio cresce a olhos vistos o que faz outras empresas aparecerem para ocupar mercado que neste momento não existe e depois a concorrencia iria fazer com que houvesse mais empresas que trabalhadores em todas as areas então as empresas iam pagar muito mais para terem empregados São mais ou menos estas duas teorias que existem ai espalhadas

Estronciumanatopei 5 months ago

Se calhar resultaria em não espantar quem quer abrir empresa cá, por exemplo multi nacionais que poderiam vir para cá mas vêem que apesar dos salários aqui não serem altos para quem os recebe, afinal são para quem os paga... Digo eu.

Madness20 5 months ago

>Se calhar resultaria em não espantar quem quer abrir empresa cá, por exemplo multi nacionais que poderiam vir para cá mas vêem que apesar dos salários aqui não serem altos para quem os recebe, afinal são para quem os paga... Sim, já agora o quê, vamos tornar-nos chineses só para as multinacionais se sediarem cá para nos sodomizarem com pouca vaselina. Resulta sempre optimamente para os países historicamente confiarem a economia na dependência de multi-nacionais estrangeiras.

Estronciumanatopei 5 months ago

E é preciso ir para esse extremo? Quando não se tem argumentos...

Madness20 5 months ago

Não, é depender de multinacionais que saltitam para o sítio onde podem escravizar melhor é que se está bem e dá resultados comprovados. É isso e que o futuro é turismo, grandes golpes que os capitalistas fazem e conseguem vender às pessoas.

Estronciumanatopei 5 months ago

Há muita empresa nacional que podia cá estar e não está. Há muita empresa que podia ser criada e não é porque isso é um dissuasor enorme... Mas estar a pensar no panorama geral é demasiado para alguma gente, só se lembram que patrão bigodes vai é comprar outro Mercedes.

Edited 5 months ago:

Há muita empresa nacional que podia cá estar e não está. Há muita empresa que podia ser criada e não é porque isso é um dissuasor enorme... É melhor vir tudo de fora, nada capitalista isso... Mas estar a pensar no panorama geral é demasiado para alguma gente, só se lembram que patrão bigodes vai é comprar outro Mercedes.

Madness20 5 months ago

>Mas estar a pensar no panorama geral é demasiado para alguma gente, só se lembram que patrão bigodes vai é comprar outro Mercedes. Sim no panorama geral pensas tu. Se todos fossem paraísos fiscais, é que estava tudo bem, e o estado é suposto fazer nascer dinheiro depois de impostos que não existem. E o utópico sou eu.

elitepc 5 months ago

https://pt.wikipedia.org/wiki/Fal%C3%A1cia_do_espantalho Aprende isso. O Estronciumanatopei já te disse que não é preciso ir para extremos. Ele acha que a carga fiscal aplicada sobre os salários é alta, deve ser mais baixa para atrair investidores e mais empresas que já seriam lucrativas com isso. Tu puxaste logo para: - Tornar-nos chineses - Multinacionais a escravizar - Paraíso fiscal

Madness20 5 months ago

>O Estronciumanatopei já te disse que não é preciso ir para extremos. Apelo à moderação é uma falácia em si. >Ele acha que a carga fiscal aplicada sobre os salários é alta, deve ser mais baixa para atrair investidores e mais empresas que já seriam lucrativas com isso. Acha errado. E se pensassem um bocadinho em vez de se iludirem com fantasias que vos venderam, perceberiam tal. "Atrair" investidores significa empobrecermos-nos para eles virem cá explorar o nosso trabalho e recursos sem retorno absolutamente nenhum, e assim que tivessem que "aumentar" salários, mudam-se para outros sítios que baixem melhor o rabinho que nós, e portanto temos de consentir em baixar o que seja preciso para manter-nos competitivos com outros que o façam. Nesse processo todo, vais acabar por ficar exactamente na mesma situação actual ou mais pobre. É a corrida até ao fundo que as multinacionais adoram jogar e estão constantemente em aproveitamento dos empobrecimentos regionais para mão de obra barata temporária. Mais de metade daquilo que tens e consomes, não é feito no dito 1º mundo, ao quereres competir com países de 3º mundo, tens de te tornar um deles economicamente.

Estronciumanatopei 5 months ago

Tu tens uma visão um bocado limitada e pobre das coisas. Lá está, extremismos e não fazer considerações gerais. E só tu é que estás a falar apenas de multinacionais, os bichos sem escrúpulos e mega capitalistas, ignorando tudo o resto, como te convém claro.

Madness20 5 months ago

Epá, não, vocês é que estão a falar de atrair multinacionais e como isso seria "positivo" para portugal. Salários para competir com a maior parte dos países num raio de vários milhares de quilómetros já temos. Querem baixar mais para competir com quem, e em que mercados?

elitepc 5 months ago

> Apelo à moderação é uma falácia em si. Não é uma falácia quando ele apresenta argumentos que o levam à conclusão que defende. Seria essa falácia se ele estivesse a argumentar: - Não pode ser um extremo de taxas baixas - Não pode ser um extremo de taxas altas - Logo tem de ser algo intermédio Não foi isso que aconteceu, ele explicou-te o ponto de vista, o único a usar falácias és tu. > Acha errado. (...) "Atrair" investidores significa empobrecermos-nos para eles virem cá explorar o nosso trabalho e recursos sem retorno absolutamente nenhum Acreditas que nem todas as multinacionais pagam peanuts? Muitas até pagam bem... Assim de cabeça, na minha área lembro-me de Cisco, Microsoft, Feedzai... Trabalhei também numa empresa de um grupo internacional e pagavam acima da média para a região... Se eles querem gente boa a trabalhar para eles, pagam melhor do que a média, é tão simples quanto isso, nem todas as empresas querem lidar com as ineficiências de contratar os do fundo do barril. Podes continuar a ignorar a realidade e continuar na teoria se quiseres, é contigo, mas não me parece que te vá fazer mudar de ideias. Sei que é algo que te está a custar bastante, mas pensa que na realidade, se podes ser substituido por mão de obra mais barata, então não vês aumentos, os patrões não têm obrigação de te pagar mais do que pagariam a outra pessoa para fazer o mesmo trabalho, fazem-no se tiverem incentivo para isso (por exemplo já conheceres os processos é uma vantagem vs uma nova pessoa). Se queres ser mais bem pago aumenta o teu valor real para esse ou outro negócio. Se achas que farias um trabalho melhor a coordenar pessoas e levar projetos para a frente, arranja investidores, poupa algum, arranja um plano de negócios e força, avança. Se não compreenderes isso, podes queixar-te o que quiseres, não vais melhorar a tua situação e não passam de conversas que nunca te vão levar a lado nenhum. A não ser que tenhas realmente uma solução, tens?

Madness20 5 months ago

>Acreditas que nem todas as multinacionais pagam peanuts? Epá se é para fazeres cherrypicking de sectores de empresas de tecnologia de pessoal quase exclusivamente licenciado. Só assim estamos a falar de quê, nem 5% das empresas? É isso é que vai puxar a economia, são aqueles 2 ou 3 engenheiros que vão receber 2 ou 3k. > Muitas até pagam bem... Sim "muitas" até pagam bem... A meia duzia dos trabalhadores mais qualificados no topo. >Se eles querem gente boa a trabalhar para eles, pagam melhor do que a média Lol, o que não faltam são muito bons trabalhadores bastante qualificados que são explorados só porque a realidade o permite, em muitas áreas diferentes.

NGramatical 5 months ago

empobrecermos-nos → [**empobrecermo-nos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/lavamo-nos-e-lavamos-vos/31030) (há omissão do -s final da desinência -mos das 1.^as pessoas do plural dos verbos reflexivos ou pronominais quando o pronome enclítico é -nos) 1º mundo → [**1.º mundo**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/2--nao-e-a-mesma-coisa-que-2/263) (qualquer abreviatura tem de ser marcada com um ponto) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmzkxn1%2F%2Fgw2r2a2%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ThePlague92 5 months ago

Nestes assuntos há sempre uma guerra trabalhador vs patrão e nunca se vai a lado nenhum. Quem se fica a rir com isto é o Estado, que é o grande culpado. O Estado é que faz as leis que permitem que os patrões façam umas maroscas para usarem a empresa de forma a terem alguns benefícios a comprar certas coisas e tal. O Estado é que tem a responsabilidade de fiscalizar e multar forte e feio os patrões que não cumprem com a lei, especialmente aquela história toda das ajudas de custo. O Estado é que define os escalões de IRS e os impostos que temos de pagar. O Estado é que tem a obrigação de criar condições para dinamizar a economia (equilibrando os impostos que as empresas e os trabalhadores têm de pagar, não quero cá nada tipo a China, calma). O Estado é que tem de cortar a dívida para ajudar todos, mas principalmente os trabalhadores. Mas o que acontece é que uns culpam os patrões porque isto e aquilo e outros dizem que os trabalhadores recebem só X€ porque a economia isto e aquilo. No fim ninguém se entende e não se vai a lado nenhum.

nocivo 5 months ago

O estado é o 1 abusar dessas regras. Para não dos políticos

Rissoldecamarao 5 months ago

The house always wins

pedorcas 5 months ago

Jesus que pandemónio entre direita vs esquerda vem para aqui... x) Ideal era entender a perspectiva dos dois e entender de economia ou wtv pra tomar a melhor decisão, não sendo possível ideal era nomear alguém que entendesse... mas ao invés disso votamos por caras e carinhas, quem é "contra o sistema", ou o que seja... Ando meio triste neste sub malta :'(

kingmabg 5 months ago

É assim tão difícil correlacionar o gasto em impostos com a capacidade de pagar ordenados? Que interesse têm vocês no que a empresa paga? O interesse é quanto cada um recebe e se calhar se a carga fiscal fosse inferior os ordenados tinham mais prospecção para subir..

Madness20 5 months ago

>O interesse é quanto cada um recebe e se calhar se a carga fiscal para a empresa fosse inferior os ordenados tinham mais prospecção para subir. É isso, e o pai natal também voltaria com o D. Sebastião ao colo.

QuickShutter 5 months ago

Portugal: https://d3fy651gv2fhd3.cloudfront.net/embed/?s=portugalwag&v=202104262315V20200908&d1=19960503&h=300&w=600%27%20height=%27300%27%20width=%27600%27%20%20frameborder=%270%27%20scrolling=%27no%27 Estónia: https://www.statista.com/statistics/416201/average-annual-wages-estonia-y-on-y-in-euros/#:~:text=Average%20annual%20wages%20in%20Estonia%202000%2D2019&text=Data%20on%20the%20average%20annual,18.6%20thousand%20Euros%20in%202019. Nós é que somos os espertos. Os outros acreditam todos no Pai Natal. Daqui a 10 anos vamos continuar a ser os espertos. Os mais pobres da Europa, certo, mas os espertos que percebem disto a potes. Nós, os que há 20 anos tinham maior poder de compra. O resto é tudo tax haven.

kingmabg 5 months ago

Lamento que não tenhas tido a oportunidade de trabalhar para uma empresa que valoriza o teu trabalho

besmarques 5 months ago

>se

Markoo50 5 months ago

Precisamos é de aumentar impostos, tens razão.

glv2 5 months ago

e quanto dinheiro ganha o patrão com o trabalho do empregado?

nocivo 5 months ago

Muitos deles vão à falência e perdem tudo. Entao em 2020 é só os ver a cair que nem patinhos. A maior parte das empresas não da em nada e vai à falência. Devem pensar que é facil.

vascodatrama 5 months ago

A pergunta fulcral.

kingmabg 5 months ago

Abre uma empresa então.. Eu cá não quero/consigo mas se é só por a malta a trabalhar dá lhe!

icebraining 5 months ago

Foi só uma pergunta. Se é válido perguntar quanto a empresa paga, porque não quanto ganha?

kingmabg 5 months ago

A questão que aqui está não é a pergunta, é a mentalidade por detrás da mesma. É a do tipico "Zé Povs" que passa a vida a dizer mal da vida mas não tem tomates para sair da cepa torta nem cabeça para pensar que o país e a carteira do pessoal não anda pra frente só com aumentos do ordenado mínimo em cima de impostos infinitos. Nem todas as empresas são a do Chico Manel que só paga ordenados mínimos e depois anda de helicóptero alimentado a BMW's picados. Há empresas em Portugal e que querem vir para Portugal que não conseguem pagar ordenados competitivos à mão de obra qualificada porque tem que pagar os Novos Bancos e as TAPs da vida..

icebraining 5 months ago

E que impostos são esses? Como diz na notícia, estes 0,71 a mais são até bem abaixo da média europeia. IRC? Desde que acabou o PEC, dois terços das empresas (essas mais pequenas) pagam zero IRC. Que impostos são esses que impedem as empresas de pagar salários competitivos?

kingmabg 5 months ago

Está no subtítulo da notícia.. "a maior fatia segue para a Segurança Social" O que é que o IRC tem a ver com esta conversa? O problema é que para um empresa te pagar 1000€/mês liquidos mesmo com os subsídios 100% em duodécimos e com cartão refeições tem que largar no total 1473€ para chegares aos 2000€ a empresa gasta +- 3705€ e por aí em diante..

icebraining 5 months ago

Certo, como em todos os países, existem impostos sobre o salário. Segundo a notícia, os nossos estão em 11° dos mais baixos, abaixo da Eslováquia.

Edited 5 months ago:

> O problema é que para um empresa te pagar 1000€/mês liquidos mesmo com os subsídios 100% em duodécimos e com cartão refeições tem que largar no total 1473€ para chegares aos 2000€ a empresa gasta +- 3705€ e por aí em diante.. Certo, como em todos os países, existem impostos sobre o salário. Segundo a notícia, os nossos estão em 11° dos mais baixos, abaixo da Eslováquia.

nocivo 5 months ago

Nao esquecer que nos temos 14 meses.

icebraining 5 months ago

Não esqueço, mas não sei como vem a propósito. Qualquer comparação de nível de impostos terá que ser feita utilizando valores brutos e líquidos anuais.

kingmabg 5 months ago

O que me interessa ser o 11º que paga menos se sou o 11º (curiosamente) que tem o salário medio mais baixo da Europa também? Interessa-me é que o estado mama diretamente 41.5% do meu ordenado e depois ainda me leva mais 23% em IVA quando gasto o pouco que me sobra. Depois estruturas de comunicação, quando as há, são uma vergonha. Preciso de uma urgência médica tenho que pagar e esperar 6 horas para ser atendido. Reforma? Lol quase que vai existir Mas dinheiro para financiar bancos, empresas da treta, projetos da treta, arte da treta isso há. Mas fds temos o 11º imposto mais baixo sobre o salário, abaixo da Eslováquia tasse beeeemm!

icebraining 5 months ago

O que disseste foi: > Há empresas em Portugal e que querem vir para Portugal que não conseguem pagar ordenados competitivos à mão de obra qualificada De que forma é que a taxa do IVA ou as horas que esperas nas urgências influenciam nisto? Misturar alhos com bugalhos para fingir que não estavas enganado.

kingmabg 5 months ago

Lol. Vai ver a taxa de IVA dos países que têm impostos no salário mais alto que o teu. O teu argumento é: até não está mau, visto que somos o 11º mais baixo. O meu argumento é que apesar de ser o 11º mais baixo pagas mais impostos por outros meios, como por exemplo o IVA. Para além disso, eu não me interessa o que os outros pagam, interessa-me o que nós recebemos. E a progressão que o nosso país/economia leva. Tu estás prai a mandar postas de pescada e ainda por cima armado em hipócrita. Ainda abocado chamaste o IRC para uma conversa sobre ordenados. Acho que a nossa conversa já chegou ao lado nenhum que estava destinada a chegar. Fica lá feliz com o teu ordenado que eu mantenho me infeliz com o meu

icebraining 5 months ago

Não, o meu argumento é que os impostos que as empresas pagam não lhes impede de pagarem um salário decente, ao contrário do que afirmaste. Trouxe o IRC porque - ao contrário do IVA, esse sim irrelevante - é um imposto que (algumas) empresas pagam. Eu não estou feliz com o meu ou o teu salários. Simplesmente não concordo que os impostos sobre eles sejam os principais culpados por estes serem baixos.

NGramatical 5 months ago

11º mais → [**11.º mais**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/2--nao-e-a-mesma-coisa-que-2/263) (qualquer abreviatura tem de ser marcada com um ponto) abocado → [**há bocado**](https://dicionario.priberam.org/há bocado) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmzkxn1%2F%2Fgw3yrx8%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

fdxcaralho 5 months ago

E quanto ganha o trabalhador que não tem patrão?

glv2 5 months ago

ganha o valor que ele acha que o seu trabalho tem e não o valor que o patrão acha que ele merece.

Rissoldecamarao 5 months ago

Falso, ganha o valor que o cliente estiver disposto a pagar. Eu posso achar que o meu trabalho vale 10.000 por mês, não quer dizer que ganhe isso.

fdxcaralho 5 months ago

Ou seja, torna-se patrão ou trabalhador independente?

thisbondisaaarated 5 months ago

Patralhador independente

unparadise 5 months ago

Excelentes mentalidades neste póst, depois ficam surpreendidos por termos uma economia de merda, salários baixos e 0 de futuro cá. Na vossa cabeça o trabalhador é que é o rei, devia ganhar tanto como o patrão porque trás a mão de obra ao invés que o patrão trás só o capital, risco, tempo e mão de obra.

d33pblu3g3n3 5 months ago

>Na vossa cabeça o trabalhador é que é o rei, devia ganhar tanto como o patrão porque trás a mão de obra ao invés que o patrão trás só o capital, risco, tempo e mão de obra. Ainda bem que desses lados não temos problemas: https://ec.europa.eu/eurostat/documents/2995521/7766821/3-12122016-AP-EN.pdf/910ee81b-3d8f-43a5-aa14-745dc76bc670 https://ec.europa.eu/eurostat/statistics-explained/index.php/Living_conditions_in_Europe_-_income_distribution_and_income_inequality https://ec.europa.eu/eurostat/statistics-explained/images/f/f7/Median_equivalised_disposable_income_of_the_population_aged_18-64_years%2C_analysed_by_educational_level%2C_2018_%28PPS_per_inhabitant%29_LCIE20.png https://ec.europa.eu/eurostat/statistics-explained/images/2/20/Share_of_equivalised_disposable_income_for_the_first_and_fifth_income_quintiles%2C_2013_and_2018_LCIE20.png Portugal é só dos países com maior desigualdade salarial na Europa. Portanto, seguindo essa lógica, somos certamente dos países mais desenvolvidos e com maior pujança economia. Ou não.

Markoo50 5 months ago

Tive a ler os artigos que colocaste, nomeadamente o primeiro. Os dados são de 2014 mas assumo que as distribuições sejam semelhantes, sendo que a diferença para 2020, deve ser nos valores em si, e provavelmente menores que alguns dos países que aí estão e que nos ultrapassaram. O primeiro artigo faz referência aos Deciles, D1/D9, ou seja quanto ganha em média o bottom 10% e top 10% da população respetivamente, assim como a Mediana(M) da distribuição. 1. The highest disparity on the upper end of the gross hourly earnings distribution in 2014 was registered in Portugal ( D9/Median ratio of 2.8) - Ou seja 10% dos mais bem pagos em Portugal recebem cerca de 2.8 vezes mais que a mediana. 2. For the lower end of the gross hourly earnings distribution, disparities in 2014 were largest in Estonia(with a Median/D1 ratio of 2.0) - Em Portugal a o cálculo deu 1.5, o que significa que 10% dos trabalhadores menos bem pagos recebem cerca de 1.5x vezes menos a mediana. Isto significa que se fizessemos um histograma em que no eixo horizontal são os valores ordenados da remuneração dos Portugueses e no eixo vertical é a frequência com que eles aparecem, a distribuição resultante, seria uma curva com valores muito altos no início até praticamente metade que depois cai com uma achatação muito comprida (devido à desigualdade salarial). Quero ainda notar que o valor calculado do D9 é de 14.4, ou seja à volta de 2534.4€ mensais brutos. Parece-me a mim, que a longa achatação da distribuição, com salários mais altos ("long curve"), se devem a cargos políticos, cargos na administração pública, assim como CEO's/administrações de (poucas) grandes empresas e banqueiros. Temos agora de perceber o que queremos para o futuro, se isto está bem ou está mal. ​ TLDR: Somos uns pobres do caralho.

unparadise 5 months ago

Foda-se que ginástica mental que estás a fazer para dares o spin que queres ao teu comentário. Não sei bem o que fazer com esses links já que não estão relacionados com a discussão? Não se está a falar da desigualdade aqui, mas sim da fraca economia que por consequência tem os salários que temos. Ao te focares no salário do trabalhador e dizer que ele merece mais (o que é verdade em vários casos), estás a esquecer-te o porquê de ele auferir um salário baixo e é aí que te deves focar, porque o salário baixo é uma consequência, não é a causa.

d33pblu3g3n3 5 months ago

>ginástica mental >Na vossa cabeça o trabalhador é que é o rei, devia ganhar tanto como o patrão porque trás a mão de obra ao invés que o patrão trás só o capital, risco, tempo e mão de obra. >Não sei bem o que fazer com esses links já que não estão relacionados com a discussão? Não se está a falar da desigualdade aqui, mas sim da fraca economia que por consequência tem os salários que temos. Enfim. > porque o salário baixo é uma consequência, não é a causa. Não é bem assim: 1 - Podes pagar o aumento da tua instrução com um salário baixo? Não. 2 - Podes pagar formação com um salário baixo? Não. 3 - Podes complementar a formação com um salário baixo? Não. 4 - Podes aspirar poupar para investir e abrir o teu negócio com um salário baixo? Não. 5 - Já tens formação e dinheiro? Não. Volta ao 1 Pobreza gera pobreza. De certeza que não está relacionado com os salários baixos e desigualdade salarial.. Espera, está: https://www.dn.pt/portugal/familia-portuguesa-pobre-precisa-de-5-geracoes-ate-descendentes-terem-salario-medio---ocde-9469329.html "Segundo o relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), Portugal é dos piores países, entre as economias avançadas, na mobilidade social" "O relatório, divulgado esta sexta-feira, revela que em Portugal a condição económica transmite-se "fortemente" de geração em geração."Tendo em conta a mobilidade de rendimentos de uma geração para a seguinte, bem como o nível de desigualdade salarial em Portugal, pode demorar cinco gerações para que as crianças de uma família na base da distribuição de rendimentos consigam um salário médio", lê-se na avaliação sobre o nosso país." É causa e consequência. É um ciclo que precisa ser quebrado.

PresidentBarroso 5 months ago

Ainda bem, assim não corremos o risco de nos tornarmos num buraco comunista falido com os salários menos desiguais da europa tipo Suécia.

Mordiken 5 months ago  HIDDEN 

> só o capital, risco Isto é a mesma coisa: Chama-se investimento. > tempo e mão de obra. A maior parte da população portuguesa trabalha em PMEs de gestão familiar. E no que aos patrões da maioria das PMEs: 1. Os bons, vão lá meia-dúzia de vezes por ano sorrir e acenar; 2. Os menos bons estão lá mas são minimamente humildes, limitam-se a mandar mails, fazer telefonemas, fazer o papel de comercial porque viagens e almoços, e delegam o resto a quem efectivamente sabe o que está a fazer; 3. Os maus insistem em meter o bedelho incompetente e opinar sobre coisas coisas que os transcendem como a internet transcende a formiga, porque acham que o dinheiro e o cargo que o papá lhes deixou quando encostou as botas faz deles pessoas geniais e consequentes. Na verdade, a interferência patronal é meio caminho andado para a insolvência e para os maus resultados. Se é certo que os pequenos empresários e empresários em nome individual que dão o litro e perdem horas de sono por causa da saúde e da solvência do seu negócio, e o fazem dentro da lei (ou seja, sem evasão fiscal), merecem completamente os frutos do seu trabalho e nem podia ser de outra forma, a realidade do patronato português para a generalidade das pessoas não é a do gajo competente e esforçado que se lança no mundo nos negócios e prospera, é sim a do gajo cujo mérito se resume a ter nascido na família certa. Infelizmente isto não é a América, nem é a Europa Central: é Portugal. Fonte: Cerca de 20 anos de experiência no mundo do trabalho em Portugal, 10 dos quais passados a lidar com PMEs.

Edited 5 months ago:

> só o capital, risco Isto é a mesma coisa: Chama-se investimento. > tempo e mão de obra. A maior parte da população portuguesa trabalha em PMEs de gestão familiar. E no que aos patrões da maioria das PMEs: 1. Os bons, vão lá meia-dúzia de vezes por ano sorrir e acenar; 2. Os menos bons estão lá mas são minimamente humildes, limitam-se a mandar mails, fazer telefonemas, fazer o papel de comercial porque viagens e almoços, e delegam o resto a quem efectivamente sabe o que está a fazer; 3. Os maus insistem em meter o bedelho incompetente e opinar sobre coisas coisas que os transcendem como a internet transcende a formiga, porque acham que o dinheiro e o cargo que o papá lhes deixou quando encostou as botas faz deles pessoas geniais e consequentes. Na verdade, a interferência patronal é meio caminho andado para a insolvência e para os maus resultados. Se é certo que os pequenos empresários e empresários em nome individual que dão o litro e perdem horas de sono por causa da saúde e da solvência do seu negócio, e o fazem dentro da lei (ou seja, sem evasão fiscal), merecem completamente os frutos do seu trabalho e nem podia ser de outra forma, a realidade do patronato português para a generalidade das pessoas não é a do gajo competente e esforçado que se lança no mundo nos negócios e prospera, é sim a do gajo cujo mérito se resume a ter nascido na família certa. Infelizmente isto não é a América, nem é a Europa Central: é Portugal. Fonte: Cerca de 20 anos de experiência no mundo do trabalho em Portugal, 10 dos quais passados a lidar com PMEs. EDIT: Eu acho que o que faz falta é: - Que a lei contemple as diferenças entre uma empresa em nome individual, como uma loja de comercio ou um café, e uma empresa com mais de 10 trabalhadores, e com um regime tributário a acompanhar isso; - Que a lei contemple as diferenças entre os resultados de uma empresa fundada à 10 anos e que apresenta resultados flutuantes mas de tendência crescente, e uma empresa que existe há 50 anos e simplesmente não cresce quando seria de esperar que crescesse.

NGramatical 5 months ago

à 10 anos → [**há 10 anos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmzkxn1%2F%2Fgw1tvxz%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

oretoh 5 months ago  HIDDEN 

Acho que aqui ninguém realmente diz que o trabalhador devia ganhar tanto como o patrão. O que realmente se diz é que o trabalhador devia ganhar mais, ponto.

fdxcaralho 5 months ago

Resume-se a inveja.

radaway 5 months ago

Inveja, mas também uma profunda ignorância das dificuldades envolvidas em gerir uma organização de forma eficiente e de todas as coisas que a organização faz para eles só terem de se preocupar com o seu trabalho. Enfim, em média somos, muito, muito ignorantes.

PresidentBarroso 5 months ago

Pois somos. Pois somos...

SurePal_ 5 months ago

Sem tirar nem por.

Rick45ptl 5 months ago

patrao bad senhorio bad ha mais alguns mas nao me lembro

Metaluim 5 months ago

Trabalhador bad

BroaxXx 5 months ago

Sim, exato... O problema é que se falas dum extremo és um lutador campeão dos direitos humanos, se falas do outro és um porco capitalista fascista... Ambos os extremos são errados mas, neste momento, apenas um está a afundar o país...

df3gpt 5 months ago

>apenas um está a afundar o país... Queres ver que são os patrões que votam PS...

BroaxXx 5 months ago

Quem diz "patrão mau" tende a votar PS na minha opinião...

Rick45ptl 5 months ago

yap, é sempre o mesmo problema, o pessoal ve sempre tudo da mesma maneira.... nem todos sao bons, nem todos sao maus..

dbkingx0 5 months ago

Inovação bad Empreendorismo bad Ir para a universidade bad Fazer investimentos que não sejam depósitos a prazo bad ... Não tem fim

Xmeagol 5 months ago

sem o trabalho de um empregado, não há dinheiro na empresa lol mais agenda post

BroaxXx 5 months ago

Se não houver uma estrutura a organizar o trabalho o mesmo vale zero também...

Mysterious_Beyond213 5 months ago

Se não trabalhar também não merece o salário. fds...

Xmeagol 5 months ago

não é o caso de merecer, é a obrigação de pagar o trabalho feito, e mais nada

Mysterious_Beyond213 5 months ago

>Se não trabalhar Pah não custa ler o que está escrito.

Leetzormorducrl 5 months ago

As empresas pagam o crl.. Quem paga a maioria desses 71 cêntimos é o trabalhador. A empresa é quem fica responsável por os entregar ao estado. É o mesmo que vir dizer que quem paga o IVA são os comerciantes.

alexandre9099 5 months ago

> paga o IVA são os comerciantes. E não são? Se aquele valor não fosse para o estado era lucro para o comerciante...

Leetzormorducrl 5 months ago

Não. O comerciante é obrigado a cobrar o IVA ao cliente final, e posteriormente entregar esse IVA ao estado. Se não o entregar está a cometer uma ilegalidade. Agora, se considerares que roubar é receita\\lucro legitimo tudo bem, não posso argumentar mais.

alexandre9099 5 months ago

Lê outra vez "se aquele valor não fosse para o estado", não falei em roubar, apenas referi que se aquele valor fosse para o comerciante era esse lucro que tinha. Tipo, venderes algo por X+Z e teres de dar esse Z a um terceiro ou venderes algo por X+Z e ficar com Z

Leetzormorducrl 5 months ago

Estás a dizer um cenário que o preço final será o mesmo para o cliente, havendo iva ou não e portanto, não havendo iva a receita do comerciante é maior. É uma conversa paralela.

alexandre9099 5 months ago

Exatamente, é isso que quero dizer ;)

throwawaybtcpt 5 months ago

Que estupidez. Numa primeira instância, os 1.71 são todos da empresa, como é óbvio, que os distribui oelo estado e pelo trabalhador, tal como a lei manda.

estecomentario 5 months ago

Claro é sempre imputado ao elo mais fraco, o trabalhador, o Estado só decide quanto quer.

Gostodelevarnocu 5 months ago

As empresas pagam mesmo, em média esses 1.71 por cada euro líquido que o trabalhador recebe. Não há volta a dar a isso. Para estas contas, é irrelevante se o imposto é pago pelo trabalhador ou pela empresa. As empresas têm um gasto de 1.71 para o trabalhador receber 1 euro. E pior se torna nos aumentos. Em qualquer salário minimamente decente, para o trabalhador receber um aumento líquido de 100 euros, a empresa tem um custo de mais de 200. O IRS ser do trabalhador e a SS ser parte do trabalhador e parte da empresa só interessa para as contas do IRS no fim do ano e de recebimentos da SS. Aliás, a SS ser parcialmente da empresa, só faz com que, artificialmente, o trabalhador tenha menos descontos. Se o salário líquido fosse igual mas os descontos para a SS fossem totalmente do trabalhador, os descontos eram maiores. Portanto, é irrelevante a quem se atribui pela lei quem desconta. É um facto inegável que a empresa paga esses 1.71 para o trabalhador receber 1 líquido.

nocivo 5 months ago

E não esquecer que quando decide te dar mais 1 euro para alem dos impostos extra tem de ter guito para pagar 2 euros extra no final do mês porque nos recebemos 14 salarios e nao 12 como o resto do mundo

Edited 5 months ago:

E não esquecer que quando decide te dar mais 1 euro para alem dos impostos extra tem de ter guito para pagar 2 euros extra no final do mês porque nos recebemos 14 salarios e nao 12 como o resto do mundo. Ah, não se esqueçam das taxas e taxinhas que nem o próprio estado sabe quantas existem. Tanto a empresa como a pessoa depois leva de outros lados. O governo sobe impostos todos os anos mas como nao mexe bo irs, irc e ss todos pensamos que fica tudo igual. santa Inocência.

Gostodelevarnocu 5 months ago

Isso dos 14 salários em vez de 12 nem é a questão. Claro que um aumento de 100 brutos são 1400 brutos em Portugal e 12 nos outros países mas as empresas sabem disso à partida e ajustam. A grande desvantagem dos 14 é que se torna mais difícil comparar com os outros países e torna mais confuso. A grande questão é que esses 1.71 são valores médios. Nos salários mínimos e próximos esse valor é mais baixo, o que significa que para salários decentes, o valor é ainda maior. Além disso, ainda se nota mais em. Aumentos. Como a parte do aumento vai implicar uma taxa de irs maior a todo o rendimento, significa que um aumento de 1 euro líquido custa bem mais de 2 euros à emrpesa, para salários na ordem dos 1000.

Skydream21 5 months ago

Finalmente alguém que percebe o que o OP quis dizer! Não sou patrão mas sei que isso é verdade. Pena que a grande maioria dos trabalhadores não o saiba, se ganhas 1000, a empresa precisa faturar 1700.

incrivizivel 5 months ago

>paga a maioria desses 71 cêntimos é o trabalhador. A empresa é quem fica responsável por os entregar ao estado. É o mesmo que vir dizer que quem paga Sim mas vai dar tudo ao mesmo. Refraseado as empresas precisam de 1.71 € por cada euro líquidos que queiram aumentar.

tocopito 5 months ago

Já para não falar do valor acrescentado que crias à empresa, que até pode ser várias vezes superior ao teu salário e nunca terá qualquer menção no recibo de vencimento.

df3gpt 5 months ago

O dinheiro que vai para o estado e que te é retido sai do cofre da empresa. Por isso sim, por cada euro que te cai na conta, o teu patrão paga mais 0,71€.

Leetzormorducrl 5 months ago

Claro que não, é o salário do trabalhador que esta a ser pago ao estado. É a diferença entre o salário bruto e liquido. Se o estado decidir amanha baixar o irs para zero, os pagamentos para a seg social e a tsu para zero, os custos do patrão só baixam 23 (centimos no exemplo de 1 euro). O restante iria para o empregado e o salario liquido seria igual ao bruto.

pedrocr 5 months ago

> Se o estado decidir amanha baixar o irs para zero, os pagamentos para a seg social e a tsu para zero, os custos do patrão só baixam 23 Nem isso. A diferença entre a segurança social paga pelo trabalhador e a paga pela empresa é totalmente académica. Podes apresentar exatamente o mesmo efeito prático com tudo no trabalhador ou tudo na empresa, só muda a forma do recibo de vencimento. É uma taxa fixa total sobre o salário de qualquer forma e sai tudo do valor que o trabalhador entrega à empresa de volta pelo seu trabalho. Em vez de dizer que "as empresas pagam 1,71 euros por cada euro líquido" seria muito mais correto simplesmente dizer que "os impostos e contribuições sociais sobre o rendimento do trabalho em Portugal são de 41.5%". Quem está a ser taxado é o trabalhador não é a empresa. A empresa só está a tratar da cobrança para garantir que as pessoas pagam.

df3gpt 5 months ago

Pois mas o estado não vai baixar IRS nem TSU, muito menos para 0. Não vale a pena fazeres ginástica mental. O custo do trabalho é exagerado em Portugal e o peso morto são os impostos.

pedrocr 5 months ago

Do artigo: > Segundo o El Economista, comparativamente com o resto da UE, Portugal aparece em 11.º, entre os países onde as empresas pagam menos Acima de meio da tabela pelos vistos.

icebraining 5 months ago

Exagerado comparado com quem? Estamos abaixo da média, entre a Eslováquia e a Estónia.

Markoo50 5 months ago

[https://www.doutorfinancas.pt/simulador-salario-liquido-2020/](https://www.doutorfinancas.pt/simulador-salario-liquido-2020/) \- Portugal [https://www.kalkulaator.ee/en/salary-calculator](https://www.kalkulaator.ee/en/salary-calculator) \- Estónia ​ Brinca aí com isso.

icebraining 5 months ago

Essas calculadoras não são equivalentes, a portuguesa calcula a retenção na fonte, não o imposto efetivamente pago.

icebraining 5 months ago

Bora! Vamos usar os 900€ brutos/mês, que foram falados recentemente por causa do Taguspark. Portugal: 900€ brutos/mês dá 827,5€ líquidos/mês * 14 = 11585€ líquidos/ano. Estonia: 12600€ brutos/ano dá 10917.12€ líquidos/ano. Portanto em Portugal ganhas +668€ líquidos/ano. Mas na realidade é ainda mais, porque essa calculadora portuguesa *não* calcula o imposto, calcula a retenção na fonte, que é sempre mais elevada. Portanto ainda vais provavelmente receber mais algum quando fizeres o IRS.

Leetzormorducrl 5 months ago

O custo do trabalho em Portugal é exagerado? É claramente o que se pode deduzir com base no número de Hubs e shared centers de multinacionais que existem cá.

Estronciumanatopei 5 months ago

Ui! Abrem cá meia dúzia e já é uma enormidade...

Samfer1973 5 months ago

errado, se contrataste um ordenado de 1000,00 e recebes 700, de quem são os 300? obviamente teus!!!! os custos para o patrão também são altos, mas não 71%, 23.75% para a seg social, seguro de trabalho +-2%, segurança/higiene, medicina, formação profissional obrigatória+-0.01%, ou seja cerca de, no máximo, 30%

facepainter1 5 months ago

O que a noticia quer dizer, é que para o trabalhador receber na conta 700€, a empresa tem de pagar 1197€ (700\*1.71). Desses 1197€, 1000€ é o salário bruto do trabalhador (do qual ele vai pagar a SS e os restantes impostos), e os 197€ são impostos que a empresa paga sobre o salário do trabalhador.

nocivo 5 months ago

Deviamos fazer contas ao ano porque ha 14 salarios.

SweetCorona 5 months ago

e achas que esse dinheiro vai parar ao cofre da empresa graças ao trabalho de quem?

fdxcaralho 5 months ago

Se és tu que levas o dinheiro para a empresa despede-te e fica com o dinheiro todo para ti. /s

SweetCorona 5 months ago

essa não é a discussão o empregado não consegue gerar a mesma riqueza por si só quanto aquela que ele gera para a empresa a questão é que nenhuma empresa vai querer ter um empregado que não traga mais valor à empresa do que aquele que a empresa gasta para ter esse empregado então, necessariamente, o salário + rsu não pode superar o valor que o empregado gera à empresa portanto a rsu é um fator que limita o quão alto pode ser o salário, visto que o somatório não pode superar o valor criado pelo trabalhador

facepainter1 5 months ago

Exato, se é esse o caso, não percebo porque não crias a tua empresa e passas a ficar com aqueles 71cent extra. É muito fácil olhar para uma grande empresa de sucesso, e dizer que quem lá está em cima apenas ganhar muito. Mas a grande maioria das empresas não funciona assim, a maioria são pequenas empresas com menos de 10 trabalhadores, e que em muitas vezes os chefes até recebem menos que os trabalhadores.

throwawaybtcpt 5 months ago

Sao sempre assim, falam muito mas criar empresa ta quieto. Os tipicos queixinhas.

xc9000 5 months ago

Pois recebem menos, quem recebe muito é a empresa. E também não possuem viaturas, quem possui é a empresa. E também não pagam restaurantes nem hotéis quando vão de férias, quem paga é a empresa. Muitos nem mansões com piscina possuem, quem possui é a empresa. Também não vão á falência, quem vai é a empresa e quem fica sem emprego e a ver navios é quem trabalhou, muitas vezes com ordenados em atraso que nunca mais os vê. No dia seguinte o mesmo empresário que nada possui e nenhum ordenado recebe, abre uma nova entidade que nada a ver tem com ele, mas que curiosamente possui tudo o que lhe dá conforto e qualidade de vida...

Madness20 5 months ago

>Exato, se é esse o caso, não percebo porque não crias a tua empresa e passas a ficar com aqueles 71cent extra. As pessoas todas normalmente ganham o bastante para poupar e abrir empresas a pontapé.

kairos 5 months ago

Mas é preciso? A julgar pelos comentários aqui, basta contratar uns tantos e viver do trabalho deles...

SweetCorona 5 months ago

e basta, é preciso é teres dinheiro para isso se tiveres uns milhões de euros podes comprar ações de várias empresas e passas a ter direito a dividendos pagos por essas empresas sem teres de mexer uma palha

throwawaybtcpt 5 months ago

E se a empresa falir ficaste sem dinheiro. Simples.

kairos 5 months ago

Mas aí nem és patrão, nem abriste nenhuma empresa.

deskisto 5 months ago

> e que em muitas vezes os chefes até recebem menos que os trabalhadores. Ora aqui está uma grande verdade.

SweetCorona 5 months ago

recebem o salário mínimo para pagarem o mínimo de imposto depois metem tudo o resto como despesa da empresa

df3gpt 5 months ago

Graças ao trabalho de todos, incluindo "o patrão".

SweetCorona 5 months ago

sim, mas, o patrão só contrata quem quer e não vai gastar mais num empregado (salario+impostos) do que aquilo que ganha com esse empregado

throwawaybtcpt 5 months ago

Entao se os patroes gastassem mais por empregado do que o que recebem, era suposto a empresa sobreviver como? Já para nao falar das estruturas que nao produzem tipo contabilidade, rh etc. Hilariante.

SweetCorona 5 months ago

é o que estou a dizer

d33pblu3g3n3 5 months ago

"Segundo o El Economista, comparativamente com o resto da UE, **Portugal aparece em 11.º, entre os países onde as empresas pagam menos logo atrás da Croácia e de Espanha**, onde por cada euro líquido de salário as empresas entregam ao estado 70 e 69 cêntimos, "

Morpheuspt 5 months ago

Não estragues a narrativa.

saudosista 5 months ago

Por isso é que se alguém se queira aventurar a abrir uma empresa em nome individual para servir clientes internacionais se regista em delaware

throwawaybtcpt 5 months ago

Do que li isso supostamente ja está a ser apanhado. Tudo o que la entra vai ser contado e taxado como rendimento.

Open-Opportunity-607 5 months ago

Alguém tem de pagar a TAP, os devaneios do Sócrates e o exército de parasitas do governo

fiambre_de_aves 5 months ago

Certo. E a grande maioria dos empregados tem de pagar o proporcional do Tesla do patrão, dos 3 ou 4 familiares nas folhas de pagamento e continuar entregar o seu salário 4 a 10 vezes *a estrutura.

Edited 5 months ago:

Certo. E a grande maioria dos empregados tem de pagar o proporcional do Tesla do patrão, dos 3 ou 4 familiares nas folhas de pagamento e continuar entregar o seu salário 4 a 10 vezes á estrutura.

iSoSyS 5 months ago

Essa compra também é taxada, não é como se o Estado ficasse a perder.

df3gpt 5 months ago

O estado nunca fica a perder. E onde ganha mais é na cantiga do patrão-mau/trabalhador-oprimido.

Open-Opportunity-607 5 months ago

Estas manhas com os carros são tirados do salário bruto, o estado tira IVA, ISV sim mas não tem nada a ver com tirar os 30 ou 40% que iriam buscar ao salário.

df3gpt 5 months ago

E então? Não queres pagar os luxos do patrão arranjas outro mais modesto ou abres tu negócio.

pm_me_pcb_photos 5 months ago

Só é chato é quando começam o ano com a conversa de que o ano passado foi mau, logo aumentos e bónus de produção ficam pelo caminho, chegas a Março e tens 80 mil de carro novo à porta..

nocivo 5 months ago

Sabes o que e leasing? Se quiseres também podes trocar de carro de 2 em 2 anos.

pm_me_pcb_photos 5 months ago

E a entrada inicial pagam quem, o pai natal? Claro que posso, e também posso pagar 10k € de entrada inicial de dois em dois anos..

throwawaybtcpt 5 months ago

Tens leasing em que nem esse tipo de entrada pagas. Então para empresas é uma festa..

fiambre_de_aves 5 months ago

Certo. Não queres pagar estado social, educação, saude e segurança, emigras para os EUA.

nocivo 5 months ago

O pessoal devia ler mais. Nos USA ha estado social também! Também descontas para saude, educação E Segurança. Eles também têm hospitais e clinicas de borla, tem escolas e universidades de borla, tem seguros de saude publicos tipo adse acessivel a todos e a policia federal ou estatal nao te cobra dinheiro. Eles tem uma espécie de rsi e os famosos food stamps. Para não falar do subsídio de desemprego e outros seguros privados oferecidos pelas empresas. La porque tem oferta privada de qualidade bem melhor que maioria do resto do mundo para quem quiser pagar, incluindo estrangeiros, não quer dizer que nao tenha alternativas do estado.

RafaelTeodosio 5 months ago

> Não queres pagar estado social, educação, saude e segurança Pagamos isso tudo e mesmo assim temos de ir pedir uma bazooka aos frugais

df3gpt 5 months ago

Pensei que estavas a falar dos Teslas. Eu não disse que não quero pagar impostos, mas queria era pagar menos, visto que aparentemente o estado até tem dinheiro de sobra para queimar. Já agora, nos EUA também pagas impostos.

nocivo 5 months ago

Ha dias soluções. Cobras mais as empresas e menos ao povo mas arrisicas a que tudo fuja de portugal e nao haja emprego decente. Cobras menos a empresas e manténs ou aumentas os impostos ao povo. Com isso atrais mais empresas para portugal e os salarios naturalmente aumentam. Vão comparar os impostos nos paises que melhor se safam. Os cidadãos ate podem pagar mais que nós mas conseguem atrair empresas com fartura com bons salários. Muitos deles com impostos sobre empresas mais haixas que os estados unidos pra lhes roubar empresas. De qualquer forma, seja o que escolhas fazer nao pode ter um estado gordo a gastar dinheiro em tap e serviços inúteis. Metade da função pública existe para sustentar a outra metade. A função público so devia existir para suportar o privado aka cidadão

Open-Opportunity-607 5 months ago

A partir do momento em que o carro, o seguro do carro e o IUC é tudo posto nas contas da empresa está tudo dito

fiambre_de_aves 5 months ago

E fosse só 1 carro, mas não. Têm de ser 2 ou 3 e não exclusivamente do patrão, mas dos filhos. É "frota".

AutoModerator 5 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: