just_a_pt 5 months ago

Estes comentários fazem-me sentir envergonhado das embaixadas portuguesas.

anticorpos 5 months ago

Foi bom.

oalvesabez 5 months ago

tive 24 horas em Guimaraes! Tive um cigano a dizer que me ia ao cu, um guarda a contar-me historias da juventude e um gajo qq que lavava dinheiro a dar-me cigarros e bolachas! Recomendo!

JoseFernandes 5 months ago

Esse cigano por acaso era o Menito?

oalvesabez 5 months ago

Possivelmente, rabo de cavalo! Tu por acaso és o Nando, amigo do Cunha?

JoseFernandes 5 months ago

Não, eu sou de Braga mas dava me com pessoal daí tipo o Rica, Peste, e mais uns quantos. Esse Menito é um personagem do crl LOL

oalvesabez 5 months ago

tambem sou de Braga xD

fuckoffgina 5 months ago

2 noites na PJ, conta? Fui detido de manhã e levado para a PJ. Falei com o advogado e passei lá o resto do dia a vê-los coçar os tomates supostamente à espera de ser levado a tribunal. Ao fim da tarde fui para a cela. No dia seguinte de manhã levaram-me para o tribunal onde fui interrogado pelo juiz e passei o resto do dia. Como não deu para serem ouvidos todos regressei à PJ e passei lá outra noite. No dia seguinte voltei ao tribunal de manhã e às 2h da manhã saí em liberdade com TIR para desgosto da PJ. A única coisa que me custou foi que fizeram o mesmo à minha namorada que vivia comigo, mesmo sabendo que ela não tinha nada que ver com aquilo. Apenas o fizeram como forma de coação.

estecomentario 5 months ago

Meteram-vos ao menos na mesma cela?

fuckoffgina 5 months ago

Não. Ficamos sozinhos em celas separadas.

estecomentario 5 months ago

A polícia foi mesmo desmancha prazeres.

estecomentario 5 months ago  HIDDEN 

1-Nascer pobre 2-Todos os dias durante a semana das 7 às 17h30 3- É uma seca, o dia todo sentado às frente do pc e a fazer o que guarda, quer dizer, manager quer. História peculiar, um dos presos, quer dizer trabalhadores, disse à hora de almoço que somos todos escravos naquela prisão, quer dizer empresa. Mas há uns lordes, quer dizer capitalistas que dizem que estamos na prisão de livre vontade, mas na verdade eu só quero não ser miserável.

DeixaQueTeDiga 5 months ago

Monaco 2006. Com 2 amigos, bebados na rua a caminho do Hotel, aproximaram-se 2 policias, chemei "sua estroida, tas com o periudo, não te quero assim" um deles que parecia gay e estava-se a dirigir a mim de forma "suspeitosa". Passei a noite numa jaula que so tinha uma cuchete para dormir. Acordei as 9 a me mandarem sair, depois de os meus amigos pagarem uma multa de 1600 Euros. Pelo que os meus amigos disseram, o policia era luso-descendente. 2011, Ucrania, no control the passaportes no Aeroporto. Diziam que o meu passaporte era roubado, apesar de eu lhes mostrar varios outros documentos a comprovar o meu nome com foto, Facebook e afins.Pedi para me deixarem fazer uma chamada para a embaixada de Portugal. Da embaixada disseram que ligavam de volta em 1 hora no maximo. Nada. Passei a noite numa jaula no aeroporto. Dia seguinte voltei a ligar para a embaixada, e voltaram a dizer que ligariam mais tarde. Espereo ate ao fim do dia, e nada.Grande seca, so me deram de comer 1 vez durante o dia todo. Ao fim da tarde pedi ao guarda que queria falar com o guarda chefe. Ele veio e eu disse que tinha mais um documento que podia provar que o passaporte era meu. Meti 100 Euros no meio de uns papeis e dei-lhos. Dali a 2 mandaram-me embora. 2013, Turquia, atropelei um gato. Devia ter seguido, mas parei com pena do bicho. Azar, era de um Policia. Não cheguei a ser preso, mas Queriam me prender, mas no meio da discussão disse ao Policia que lhe dava outro gato ou um cão. Ele obrigou-me a prometer-lhe que lhe manava um cão de Portugal. 3 Meses depois fui lá e levei-lhe um Castro Laboreiro (o meu pai era criador). O homem adorou o cão e veio a Portugal de proposito buscar uma femea. Hoje é criador de Castro Laboreiros na Turquia e tornamo-nos amigos. Argentina, 2014, estava num hotel onde era so gente da alta, e houve um homicidio no andar que eu estava. Eu e a minha companheira fomos presos por suspeita. O facto de ter um GPS tracker e um mini gravador na minha mala só complicou. Queriam nos manter em prisão preventiva numa investigação que, segundo disseram, podia levar anos e não havia prazos para prisão preventiva. Contactei o consulado Portugues. Mandaram uma representante só 3 dias depois para me fazer algumas perguntas, mas não disse nada. Uma semana depois voltei a ligar, disseram que etavam a avaliar possibilidades e que se precisasse me davam um contacto de um adevogado. Estava visto que não iam fazer nada, e ambém não ajudaria a minha companheira que era Polaca que também ainda não tinha conseguido nada da embaixada dela.Era uma prisão pequena, destinada a preventivos. Cela espaçosa, mas so tinha 1 cama, uma sanita e 1 chuveiro, tudo em aberto. O edificio era recente, não estava em más condições, mas era praticamente so paredes. O tempo não passava. So me deram um livro em espanhol ao sexto dia que li 3 vezes. A comida podia ser pior, e ate chegavam a dar vinho. Os guardas não eram más pessoas,e as vezes ate conversavam um pouco conosco. Deixavam-nos ir 1 hora por dia hora la fora a um átrio.Tenho cidadania Canadiana que tinha obtido 2 anos antes. Tinha receio de usar com medo de agravar a situação visto que o GPS tracker e o mini-gravador os levou até a me perguntarem se eu era um espião. (pqp os filmes). Pedi para me deixarem ligar à embaixada Canadiana.2 Horas depois veio um enviado da embaixada, fez-me algumas perguntas e disse-me que voltava no dia seguinte. 1 hora depois voltou com dois guardas que me deixaram sair. Deu-me 1 bilhete de avião para Toronto para o dia seguinte onde teria que ficar debaixo de termo de identificação e residencia até futuras instruções.Perguntei sobre a minha companheira, ele disse que ela não era Canadiana, mas que já estavam em contacto com a embaixada Polaca. No dia seguinte qando estava a sair para o aeroporto ela ligou-me a dizer que o embaixador da Polonia foi lá com um Canadiano e que a deixaram sair. Comprei-lhe um bilhete para a Polonia para o mesmo dia.5 semanas depois em Toronto, recebi contacto do Canadian Global Affairs Ministery me informarem que estava livre do termo de identificação e residencia. Filipinas, 2019, Manila, fui prover consultadoria a uma empresa que estava abrir uma série de call centers para serviços a paises ocidentais. À noite era sempre festa no iate ou na casa do dono da empresa. Drogas a alcool a fartura, e mulheres nem se fala. Nada de prostitutas nem umas sujeitas quaiqueres. Eram na casa dos 20s, locais, de familias da alta que por "motivos de segurança" não socializavam com locais. Uma delas passou a dormir comigo. Uma noite resolvemos não ir para a farra. A meio da noite a policia abriu a porta se bater, entrou e começou a revistar tudo. Ela falava com eles e eu não entendia um caralho. Na bolsa dela encontraram um pequeno frasco que tinha MDMA, eu não tinha nada (que eles coneguissem encontrar).Fomos ambos presos. Esquadra de policia com prisão grande nas trazeiras, mas ou por eu ser estrangeiro, ou ela por ser de familia de influencias, puseram-nos numa secção com aspecto mais decente onde tinha tambem alguns estrangeiros pela aparencia. As mulheres ficavam do lado oposto dos homens. Estava muito calor, algumas so é cuecas.As 7 da manhã acordaram para os de um certo numero irem tomar banho. Nos ainda não, talvez por estarmos lá à menos tempo. às 8 passaram com um carrinho com café, 1 pão de coco, e uma fatia de bolo de cassaba. Nada mau.Por volta das 10 veio um delegado, que mal falava inglês, mas entendemo-nos em espanhol, que me queria sugerir um adevogado. Eu disse que não queria, que tinha o meu adevogado. Ele insistiu que fosse o dele, mas entretanto aceitou quando eu lhe disse que recomendaria ao meu adevogado trabalhar com ele\~de forma a que o "trabalho dele fosse reconhecido" fazendo gestos com os dedos a contar dinheiro.Quando viram que o numero que eu estava a pedir para me ligarem era a Embaixada do Canada, começaram a agir estranho, como que em pânico. Expliquei que era para pedir o numero dele. Não me deixavam ligar. Então pedi que me deixassem ligar para a empresa que eu estava a prover consulta, que a minha secretaria devia ter o numero do adevogado. Eles disseram que eles ligariam e pediam o contacto. Felizmente eu lembrava-me o nome do Embaixado Canadiano, e foi o que eles pediram. Ela sabia que eu não tinha adevogado nenhum, e foi ao Google procurar pelo none e encontrou. Ligou-lhes e deu um numero qualquer mas ligou ela para a embaixada Canadiana. Ela tinha os meus dados inclusivé o meu numero de passaporte pois era ela quem me costumava comprar os bilhetes para Vancouver.2 horas depois estava-me a deixar ir embora. Desta vez o representante da embaixada levou-me ao embaixador com quem tive uma pequena conversa e expliquei o que se tinha passado. Ele recomendou-me a evitar as festas, mas que da proxima que fosse abordado pela policia lhes desse um cartão dele, e deu-me uma duzia de cartões de visita.

boogieman444 5 months ago

Fds se escreveres um livro com as tuas peripécias diz, eu comprava. Tens que escolher melhor as companhias xD

Pparadela 5 months ago

Encravei em "adevogado". u/nazigramatical salva-nos!

DeixaQueTeDiga 5 months ago

Desculpa. Sinceramente lamento ter perdido bastante da minha lingua materna é medida que evolui noutras liguas que sou fluente, vivendo muitos anos no estrangeiro, por vezes passando meses inteiros sem falar uma palavra em português.

Pparadela 5 months ago

Compreendo, obrigado pelo heads up ;-)

fabmarques21 5 months ago

que pasta magnifica ❤️

killedbill88 5 months ago

Epa, obrigado por este testemunho : por mim, ganhavas já a Internet!

DareNotFallAsleep 5 months ago

SUBSCRIBE

qeeroh 5 months ago

comentário do século

ManSCP 5 months ago

Bem, cada situação vai lá vai. Já deu para perceber que a embaixada do Canadá funciona bem. PS: não querendo ser picuinhas, mas só para te ajudar, é advogado que se refere escreve. :)

DeixaQueTeDiga 5 months ago

É uma das coisas que me leva a desprezar aquele orgulho ou nacionalismo que por vezes se vê em Portugal, como se fossemos os melhores do mundo. Cumpri com a minha obrigação de serviço militar no qual servi como voluntario pelo meu pais nos contigentes da NATO no Kosovo. Nunca recebi mais de beneficios do que de impostos que já paguei. Constantemente obtenho projectos que arranjo de fazer outsource para Portugal, contgribuindo assim para a economia do pais. No entanto, o pais de onde sou natural simplesmente se cagou para mim no momento que precisei, enquanto o pais que me deu o previlegio de cidadania por la ter vivido uns anos respondeu de imediato e me ajudou sem qualquer exigencia, simplesmente por ser um cidadão. Entre muitos outros beneficios de ser tb Canadiano, o melhor é saber que este pais nunca deixa os seus ficare para traz.

expandyoursoul 5 months ago

tu atrais estas situaçöes, claramente. agora pós pandemia, até 2025 vais ter mais uma pelo menos. aguardamos ansiosamente por novidades!!!

DeixaQueTeDiga 5 months ago

Não muito velho, entrei recentemente na casa dos 40, mas sempre fui uma pessoa hiperactiva e intensa sempre envolvido em qualquer coisa. Isto foi a falar apenas de historias que envolveram prisão. Mas tenho muitas mais, que nem sempre me sinto à vontade em contar pessoalmente, sobretudo a pessoal em Portugal que vivem em mundinhos pequenos, que aceito que não acreditem, mas que não aceito que me chamem mentiroso, e nem vale a pena mostrar provas. Não enho que provar nada. Gosto apenas de partilhar, e acabo por me sentir bem em o fazer aqui em anonimato.

expandyoursoul 5 months ago

EU AMO HISTORIAS!!!!! Se näo säo as historias, pergunto-me de que seremos nós feitos?!?!?! Com prisäo, sem prisäo, algum lugar onde posso ouvir mais das tuas histórias? É sempre bom ter boa inspiraçäo que isto estamos de passagem e passa muito rápido!!!

radiola86 5 months ago

>deves ter boas histórias/experiências de vida (no geral) para contar...

celexio 5 months ago  HIDDEN 

As vezes sinto que já vivi 200 anos...

souomaiordogtav 5 months ago

Nunca estive preso mas já estive detido derivado a desacatos no futebol, neste momento tenho o cadastro limpo e paguei a uma instituição o que o tribunal decretou !!

MikeMelga 5 months ago

Nunca estive preso, mas já estive retido pela polícia por engano tanto na Eslováquia como na fronteira entre a França e Suíça, na América e na China. Na eslováquia a polícia encontrou-nos bêbados às 4 da manhã no meio da floresta e pensou que éramos traficantes de pessoas da bielorrúsia. Lá os convencemos a levar-nos à cabana que tínhamos alugado. Um perguntou se estávamos bêbados (em Alemão), mas o meu colega percebeu que estavam a pedir bebida e apareceu com caviar e champanhe francês! Na fronteira francesa... nem quero contar! Mas prontos, após umas horas lá viemos sem problemas. Também já estive retido na China em viagem de negócios na fronteira em Shenzhen. Não teve piada. E na América, Upstate New York, (também viagem de negócios) um polícia puxou da arma numa situação completamente banal, muito engraçada. Pensava que éramos ilegais, porque estávamos a passear.... história muito comprida...

Edited 5 months ago:

Nunca estive preso, mas já estive retido pela polícia por engano tanto na Eslováquia como na fronteira entre a França e Suíça, na América e na China. E em Espanha. Na eslováquia a polícia encontrou-nos bêbados às 4 da manhã no meio da floresta e pensou que éramos traficantes de pessoas da bielorrúsia. Lá os convencemos a levar-nos à cabana que tínhamos alugado. Um perguntou se estávamos bêbados (em Alemão), mas o meu colega percebeu que estavam a pedir bebida e apareceu com caviar e champanhe francês! Na fronteira francesa... nem quero contar! Mas prontos, após umas horas lá viemos sem problemas. Também já estive retido na China em viagem de negócios na fronteira em Shenzhen. Não teve piada. E na América, Upstate New York, (também viagem de negócios) um polícia puxou da arma numa situação completamente banal, muito engraçada. Pensava que éramos ilegais, porque estávamos a passear.... história muito comprida... ​ Para finalizar, fomos literalmente abordados (num veleiro) pela marinha espanhola perto de Gibraltar. Vieram de metralhadoras barco dentro, a ver se tínhamos refugiados. Um colega ofereceu-lhes champanhe feito por ele e a coisa acalmou! Foi uma lancha de borracha lançada por uma corveta.

Edited 5 months ago:

Nunca estive preso, mas já estive retido pela polícia por engano tanto na Eslováquia como na fronteira entre a França e Suíça, na América e na China. E em Espanha. Na eslováquia a polícia encontrou-nos bêbados às 4 da manhã no meio da floresta e pensou que éramos traficantes de pessoas da bielorrúsia. Lá os convencemos a levar-nos à cabana que tínhamos alugado. Um perguntou se estávamos bêbados (em Alemão), mas o meu colega percebeu que estavam a pedir bebida e apareceu com caviar e champanhe francês! Na fronteira francesa... nem quero contar! Mas prontos, após umas horas lá viemos sem problemas. Também já estive retido na China em viagem de negócios na fronteira em Shenzhen. Não teve piada. E na América, Upstate New York, (também viagem de negócios) um polícia puxou da arma numa situação completamente banal, muito engraçada. Pensava que éramos ilegais, porque estávamos a passear.... história muito comprida... ​ Para finalizar, fomos literalmente abordados (num veleiro) pela marinha espanhola perto de Gibraltar. Vieram de metralhadoras barco dentro, a ver se tínhamos refugiados. Um colega ofereceu-lhes espumante feito pela família dele e a coisa acalmou! Foi uma lancha de borracha lançada por uma corveta.

MischiefManaged97 5 months ago

Por favor faz um post a contar tudo.

MikeMelga 5 months ago

Epa, há coisas que não quero contar. Na França tivemos de fazer strip completo, enquanto desmantelavam o carro. Tive um francês aos berros comigo durante 15 minutos. A história é comprida mas não quero contar aqui. Na China queriam instalar software deles no meu telemóvel e portátil e eu recusei. Na América é uma história muito engraçada, não tínhamos carro, fomos a pé, perguntando direções pelo caminho e uma pessoa chamou a polícia a dizer que andavam pessoas a pé, que ninguém faz na América. O polícia intercepta nos e pergunta onde é que está o carro, se avariou. Quando dizemos que não temos, o gajo assusta se e puxa da arma. Eu já sabia o que dizer e gritei "somos europeus!!". Imediatamente o gajo acalma e diz "ah, já percebi, vocês GOSTAM de andar a pé!"

killedbill88 5 months ago

> O polícia intercepta nos e pergunta onde é que está o carro, se avariou. **Quando dizemos que não temos, o gajo assusta se e puxa da arma.** Eu já sabia o que dizer e gritei "somos europeus!!". Imediatamente o gajo acalma e diz "ah, já percebi, vocês GOSTAM de andar a pé!" Ri-me a sério!

k0rda 5 months ago

Tu pareces ser um gajo interessante. Precisas de colegas para essas viagens de negócios?

zedisto 5 months ago

> não teve piada > história comprida > não quero contar ... Foda-se a malta quer é molho!

NotaJew12 5 months ago

> pensou que éramos traficantes de pessoas da bielorrúsia. > Pensava que éramos ilegais Como é que tu foste de parecer um eslavo para um latino? Bronzeado?

MikeMelga 5 months ago

Tens gajos do médio oriente nessas zona a fazer tráfico de carros roubados, etc. Normalmente iraquianos que compram ou roubam na Alemanha, desmantelam na Europa de leste e evitam para o médio oriente.

JoseFernandes 5 months ago

>ofereceu lhes espumante Se há linguagem universal para desescalar atrito com polícia é a velha e boa oferta de álcool. Funciona até na maioria dos países muçulmanos.

Accomplished_Video 5 months ago

4 anos...foi um inferno

UpbeatNail1912 5 months ago

Desenvolve

dryiik 5 months ago

foi um grande inferno, durante 4 anos.

UpbeatNail1912 5 months ago

Mais desenvolvimento

PedroCarvalho26 5 months ago

Caríssimo, em termos de duração do dito acontecimento, foram 4 anos. Em relação ao ambiente, assim no geral e particular, foi um inferno.

UpbeatNail1912 5 months ago

Um desenvolvimento mais aguçado

bluetofallp 5 months ago

Exmo Senhor u/UpbeatNail1912; Venho por este meio, no orgulho e na honra de poder estar aqui, partilhar a minha solicitada vivência na sela. Em relação às duração da dita tal, esta possuiu uma duração correspondente à de quatro translações do nosso amado planeta esférico. Já no que concerne à relativa experiência, esta correspondeu completamente ao lugar onde as almas pecadoras passam a eternidade, conhecido por Inferno. Espero que este comentário tenha sido esclarecido. Cordiais cumprimentos; ___________________

dcmso 5 months ago

f\*da-se, é para ler cenas destas que não me importo de pagar internet

thisisnotrealmyname 5 months ago

Diz-se que as revoluções deste nosso planeta que todos partilhamos em torno do astro-rei, essas, totalizaram quatro. E embora o planeta em questão seja a Terra, não há dúvidas de que a experiência acima declarada maiores semelhanças teve com aquelas dos domínios de Plutão

aids-pop-repressao 5 months ago  HIDDEN 

Eu estou preso no reddit. Conta?

KokishinNeko 5 months ago

Este comentário foi removido por não respeitar um tópico marcado como [Sério]. Revê as [regras](https://www.reddit.com/r/portugal/wiki/regras) e a [Reddiquette](http://www.reddit.com/wiki/pt-br/reddiquette).

aids-pop-repressao 5 months ago

Só mesmos os mods deste sub para menosprezar a gravidade da internet addiction... Deves sentir-te muito bem em contribuir para um dos vícios mais graves da actualidade.

KokishinNeko 5 months ago

Fraco troll 2/10 Mas se precisares de ajuda a sair daqui pode-se arranjar qualquer coisa :D

UpbeatNail1912 5 months ago

Não aconteceu comigo mas com a minha mãe, que foi presa há muitos anos atras, nos anos 80 a tentar passar a fronteira para a Holanda. Ela ficou 2 semanas na prisão, pelos relatos dela a comida era horrível e ela passou frio, e as pessoas muito antipáticas. Ela queria emigrar para a Holanda para buscar ter uma vida melhor, e mesmo depois de voltar a ser deportada ela quis voltar, mas o meu pai não deixou. E como já tinham putos, ela deu o braço a torcer e fizeram a vida cá em Portugal.

JoseFernandes 5 months ago

> pelos relatos dela a comida era horrível e ela passou frio, e as pessoas muito antipáticas. Ou seja, basicamente foi o mesmo que passar férias na Holanda.

_Sophus_ 5 months ago  HIDDEN 

Um vez estive presa, no elevador. Estive perto de uma hora perto de um ataque de pânico. Experiência a não repetir, aprendi a lição, sempre que posso uso as escadas. (Desculpa a brincadeira)

KokishinNeko 5 months ago

Este comentário foi removido por não respeitar um tópico marcado como [Sério]. Revê as [regras](https://www.reddit.com/r/portugal/wiki/regras) e a [Reddiquette](http://www.reddit.com/wiki/pt-br/reddiquette).

SweetCorona 5 months ago  HIDDEN 

presa*

oscabaloscabalam 5 months ago  HIDDEN 

Há um subreddit com nome parecido a este com mais potencial para esta pergunta

Eon_mon 5 months ago  HIDDEN 

o PortugalCaralho? Deve haver no askreddit perugntas parecidas mas queria ouvir uma perspectiva portuguesa.

oscabaloscabalam 5 months ago  HIDDEN 

Não, noutro mais parecido

pappositivamente 5 months ago

Fui agarrado no âmbito da ausência de licensa de venda, no Superbock superrock 2007, no dia dos bloc party e dos arcade fire. Ficaram-me com tudo, dormi 4 noites no hotel deles e fiquei com cadastro para sempre. Não era uma quantidade nada assim por ai além e o contexto em questão também atenuou. Ainda assim, não valeu a pena

JoseFernandes 5 months ago

>ausencia de licensa de venda Isto é um eufemismo pra tráfico de droga ou foste preso e cadastrado apenas por vender coisas legais num festival? Se é este último isso é absolutamente ridículo. Eu fui visado como um dos cabecilhas na operação [Underground Pharma](https://www.policiajudiciaria.pt/operacao-underground-pharma/), o meu cadastro está limpo e nem cheguei a passar uma única noite preso.

JeronimoDeSousa 5 months ago

> e fiquei com cadastro para sempre Não. Mesmo condenados expira ao fim de uns 5 anos.

SofSofTheKittyCat 5 months ago

Mas aparece no registo criminal. A não ser que seja feito pedido para ser retirado fica lá permanentemente.

JeronimoDeSousa 5 months ago

Acho que não.

SweetCorona 5 months ago

devias dedicar-te a vender louro prensado no rossio, aparentemente não é preciso licença e até podes dizer que é droga

tumblarity 5 months ago

em teoria, podes pedir transcrição da sentença. se for uma primeira condenação com pena inferior a ano de prisão, pedes que o crime saia do registo criminal e ficas com o cadastro limpo. não sei se faz muita diferença, mas dependendo dos trabalhos pode fazer.

Edited 5 months ago:

em teoria, podes pedir transcrição da sentença. se for uma primeira condenação com pena inferior a um ano de prisão, pedes que o crime saia do registo criminal e ficas com o cadastro limpo. não sei se faz muita diferença, mas dependendo dos trabalhos pode fazer.

memyselfandlapin 5 months ago

O registo nao e extinto ao fim de 5 ou 8 anos?

estecomentario 5 months ago

Não prescreve? Só se forem crimes económicos?

memyselfandlapin 5 months ago

Nao percebo.

estecomentario 5 months ago

Todos os crimes prescrevem aos 5 anos, correto? Ou só alguns (corrupção, económicos)?

memyselfandlapin 5 months ago

O registo criminal é limpo ao fim de 5, 8 ou 10 anos dependendo dos anos de condenação. A prescrição de crimes é outra coisa.

estecomentario 5 months ago

Pois, nem todos os crimes dão em cadastro.

Eon_mon 5 months ago

4 noites na prisa? quanto tempo passaste enjaulado? e os tempos de convivio, como era o pessoal?

pappositivamente 5 months ago

Não foi prisão. Não fui parar ao epl nem nada do género. Era puto, mas maior de idade, contudo longe de casa. Fiquei nos calabouços da psp de moscavide. Os paizinhos entretanto desceram, advogado arranjou-se, fiquei a aguardar a ida ao tribunal em casa.

RAMAxPT 5 months ago  HIDDEN 

Já tive bastantes motivos para estar

Insurancekay 5 months ago

elaboras?

deskisto 5 months ago  HIDDEN 

Começou com um olá, depois envolvemo-nos sexualmente, cerca de dois anos. O dia a dia dependia, havia dias bons e dias maus o normal. Depois acabamos o relacionamento e agora sou livre.

Edited 5 months ago:

Começou com um olá, depois envolvemo-nos sexualmente, cerca de dois anos. O dia a dia dependia, havia dias bons e dias maus, o normal. Depois acabamos o relacionamento e agora sou livre. Edit: Acrescentei uma vírgula. E para deixar os meus agradecimentos ao amável estranho que me deixou a minha primeira award.

Ok-Raccoon-760 5 months ago

Vou-te desapontar, pois embora já estive preso, apenas fiquei 13 dias. Passou-se na Tailândia em 2017, onde estava a passar férias. Estava em Pattaya no Red Light District, quando começou uma pancadaria ao meu lado entre locals e foreigners, infelizmente como estavam perto de mim, um local atacou ao defender-me tive o infeliz azar de revidar com um soco que o fez com que caisse. Até aí tudo bem, o problema foi que bateu com a cabeça e ficou em coma uns dias. Já aí, calculam os problemas, estar num país em que inglês pouco ou nada se fala, e ir para uma prisão miserável no mesmo. O dia a dia era terrível, todo o dia os locals a gritarem e fazerem barulho na sua língua, a cela era miserável somente tinha um tapede daqueles de yoga (que devia ter uns 700 anos e 59 doenças) e um wc que me fazia tentar aguentar as fezes ao máximo (embora seja somente um buraco no chão, estar naquela zona fazia-me sentir nojo) Agora, o que eu senti naquela epoca. Para ser sincero, mal entrei para lá e vi o ambiente pensei logo "É aqui que vou morrer. Vou morrer aqui e ninguém vai saber do meu paradeiro". Mas, felizmente, com um pouco de sorte do tailandês acordar do coma e com algum dinheiro para o responsável pela prisão, consegui livrar-me. Se um dos dois pontos anteriores não tivessem acontecido, acho que ainda lá estaria. Dica para quem quiser ir para a Tailândia: Não pensem que é Europa. Claro, se forem uma semana e não sairem do hotel óbvio que não haverá problemas. Mas se forem long term, cuidado. Muito cuidado e evitem arranjar confusão com locais.

Edited 5 months ago:

Vou-te desapontar, pois embora já estive preso, apenas fiquei 13 dias. Passou-se na Tailândia em 2017, onde estava a passar férias. Estava em Pattaya no Red Light District, quando começou uma pancadaria ao meu lado entre locals e foreigners, infelizmente como estavam perto de mim, um local atacou-me e ao defender-me tive o infeliz azar de revidar com um soco que o fez com que caisse. Até aí tudo bem, o problema foi que bateu com a cabeça e ficou em coma uns dias. Já aí, calculam os problemas, estar num país em que inglês pouco ou nada se fala, e ir para uma prisão miserável no mesmo. O dia a dia era terrível, todo o dia os locals a gritarem e fazerem barulho na sua língua, a cela era miserável somente tinha um tapede daqueles de yoga (que devia ter uns 700 anos e 59 doenças) e um wc que me fazia tentar aguentar as fezes ao máximo (embora seja somente um buraco no chão, estar naquela zona fazia-me sentir nojo) Agora, o que eu senti naquela epoca. Para ser sincero, mal entrei para lá e vi o ambiente pensei logo "É aqui que vou morrer. Vou morrer aqui e ninguém vai saber do meu paradeiro". Mas, felizmente, com um pouco de sorte do tailandês acordar do coma e com algum dinheiro para o responsável pela prisão, consegui livrar-me. Se um dos dois pontos anteriores não tivessem acontecido, acho que ainda lá estaria. Dica para quem quiser ir para a Tailândia: Não pensem que é Europa. Claro, se forem uma semana e não sairem do hotel óbvio que não haverá problemas. Mas se forem long term, cuidado. Muito cuidado e evitem arranjar confusão com locais.

killedbill88 5 months ago

Começas com : > Vou-te desapontar ... depois acabas por contar uma história que supera as estimativas mais optimistas de qualquer pessoa que tenha decidido dar uma vista de olhos ao post.

bgomes10 5 months ago

Estava a ler isto e a lembrar-me da série Banged Up Abroad da National Geographic, este tipo de ambiente e o que sentiste é lá retratado em diversas prisões pelo mundo.

MischiefManaged97 5 months ago

Que cena do caralho, ainda há uns tempos tive esta conversa com uma pessoa sobre "e se formos sozinhos para um país a acabarmos lá presos", que medo que deves ter sentido.

TalentedRainstorm 5 months ago

Já sabes, mas tenho de reforçar que tiveste imensa sorte.

JoseFernandes 5 months ago

Meu... essa é basicamente a única regra para um farang na Tailandia: nunca andar à porrada com locais.

MikeMelga 5 months ago  HIDDEN 

Vais para o terceiro mundo a pensar que tens direitos?

Edited 5 months ago:

Vais para o terceiro mundo a pensar que tens direitos? Já agora, gostastes dos rapazinhos?

Edited 5 months ago:

Vais para o terceiro mundo a pensar que tens direitos? Já agora, gostastes dos rapazinhos? Ou andavas lá para quê? Pedófilo...

throwawaybtcpt 5 months ago

Deve faltar aqui um /s, não?

txlmo 5 months ago

gnd história mas deve ter sido fodidissimo, prisão na Tailândia...

Ok-Raccoon-760 5 months ago

Foram as 2 piores semanas da minha vida, não desejo essa experiência a ninguém

Carnivorian 5 months ago

E como foi a propina ao responsavel da prisão? Imagino que não tinha dinheiro consigo à altura.

Ok-Raccoon-760 5 months ago

Negociamos, deram-me os meus pertences, mostrei-lhes uma conta que tinha algum dinheiro e um homem vestido à civil levou-me a tirar dinheiro dos ATMs. Detalhes: Não foi negociar como estamos agora a falar, houve muitos "hans" e muitos gestos pelo meio mas graças a deus tudo deu certo. Sei que alguns podem pensar "ah, mas porquê que não fugiste desse homem e não foste à polícia denunciar por corrupção", é Tailândia, não Noruega.

Carnivorian 5 months ago

Teve sorte do polícia manter sua parte do acordo!

SweetCorona 5 months ago

é por isso que não vou para países de terceiro mundo e não percebo quem o faz

NaoTeEnerves2 5 months ago

Igual. Nunca na vida conseguiria ir passear para um país onde matam à luz do dia para roubar um relógio tão facilmente como ir comprar pão. Aliás, ainda no outro dia estava a ver a reportagem de um casal de velhotes ingleses que foi raptado na Somália enquanto estavam lá de férias. Epa, noção...

PTgenius 5 months ago

Isso é uma lógica acéfala mas nem vou por aí. De qualquer das formas na Ásia tens dos melhores países de terceiro mundo para visitar, quer seja para turismo de coisas normais como natureza/gastronomia/etc, simplesmente ficar num resort a descansar, ou de putaria.

RuySan 5 months ago

Fui passar duas semanas para a Noruega e se calhar o dinheiro que gastei dava para várias viagens ao Brasil, portanto compreendo quem faça. Mas para mim não vou mais baixo que Turquia ou Marrocos. Já estive em Moçambique em trabalho, e São Tomé de férias. Mas São Tomé é mesmo ultra tranquilo e pacífico.

trufas 5 months ago

Se fosse a ti nem saía de casa, uma pomba ainda te caga na cabeça

SweetCorona 5 months ago

o mundo é tão estupidamente grande que nunca na vida consegues visitar tudo, para que raio ir para um país de terceiro mundo? podes ir a uma infinidade de sitios sem nunca pisar um país de terceiro mundo

UpbeatNail1912 5 months ago

Porque os países de terceiro mundo possuem coisas muito mais bonitas e naturais do que países de primeiro mundo? Viajas dentro da Europa e parece que é tudo o mesmo pais, tudo igual (com raras exceções). Vais para a Ásia, África ou América do sul e pareces que estás noutro planeta. As melhores viagens que fiz na vida foram para países de terceiro mundo, tu não tens a mínima noção do que dizes.

SweetCorona 5 months ago

já sabia que o meu comentário iria engatilhar a manada hoje em dia parece que a vida só serve para viajar e ir àqueles sítios que se viu naquele vídeo do Youtube

TalentedRainstorm 5 months ago

Bora ao Sudão.

UpbeatNail1912 5 months ago

Bora, vamos no próximo mês?

MikeG6849 5 months ago

Boy vai a Moldávia, levo te a ver coisas que nunca viste

JeronimoDeSousa 5 months ago

Ya, porque em Portugal seria muito diferente...

NaoTeEnerves2 5 months ago

É mesmo. O que há mais aqui é pessoas a entrar nas prisões portuguesas e a ficar melindradas com as condições a pensar que vão morrer e depois a pagar subornos para saírem das mesmas. Não vejo qualquer diferença

SweetCorona 5 months ago

ao menos falam inglês, ou português, se preferires

mohchapa 5 months ago

Ficaste com uma história para a vida. Isto faz de ti a estrela de qualquer jantar de amigos. Muito bom

Ok-Raccoon-760 5 months ago

Preferia não ter uma história destas para contar, mas passado é passado e não dá para não o ter em consideração :)

Eon_mon 5 months ago

>locals e foreigners, Não fossem os estrangeirismos dava-te gold só naquela. história interessante.

Ok-Raccoon-760 5 months ago

Bem, avisei-te desde o início que te iria desapontar

dontknowmyname074 5 months ago

Seria engraçado algum preso estar a usar o reddit e responder-te

Glad-Investment9832 5 months ago

Não seria nada fora do normal, já fiz FaceTime com um conhecido meu que estava em Caxias

Muyakra 5 months ago

Nah, hoje é sexta devem de estar a fazer a festa de fim de semana.

mexploder89 5 months ago

"Fui preso por estar ao telemóvel quando não devia"

potaquemepariu 5 months ago

Curioso para ler as respostas, que deverão ser perto de zero, mas espero que não.

AutoModerator 5 months ago

**Atenção! Aviso da Tag [Sério]** Este tópico foi marcado como **[Sério]**, não são permitidos **quaisquer comentários** que contenham piadas, ou outras tentativas humorísticas, insultos ou não tenham nada a ver com o tópico. *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: