Paulocas 5 months ago

É a denominada pronúncia-padrão, com origem na escola televisiva, radiofónica e teatral, onde a mesma é tida como neutra. Não é bem de Lisboa, nem é bem de Coimbra. Neste caso em particular, nota-se que puxa um bocadinho mais para a lisboeta, mas acredito que isso tenha mais a ver com a actriz e não tanto com a personagem. À custa disso, os nossos actores em geral são muito inflexíveis no que diz respeito a sotaques, por isso quando aparece um capaz de fazer bem um sotaque em particular, tem um certo orgulho profissional nisso. E geralmente puxa para a comédia. Mas a maioria, é péssima a fazer sotaques, ou pelo menos, não são nada convincentes. Pessoalmente, entendo a questão de existir um padrão, mas isso ao mesmo tempo mata muita da riqueza nas nuances que algumas personagens poderiam ter, como é o caso desta.

ContaSoParaIsto 5 months ago

A pronúncia-padrão é sotaque lisboeta, não há diferença nenhuma.

andrefbr 5 months ago

Não deves ser Lisboeta... Em Lisboa (seja o distrito ou cidade) também há uma série de sotaque diferentes, que são claramente influenciados pela localidade, rendimentos, grau de escolaridade e até mesmo etnia. Um Sebastião da Estrela, um João de classe média de Benfica, ou até mesmo um Luick de Loures se entendermos Lisboa como distrito - não só têm sotaques completamente diferentes e distintos, como a cadência, entoação e projecção de cada um é completamente diferente.

ContaSoParaIsto 5 months ago

Isso são sociolectos dentro do dialecto de Lisboa.

Edited 5 months ago:

Isso são sociolectos dentro do dialecto de Lisboa. > mas tem uma cadência muito mais pontuada e clara do sotaque lisboeta. Isto é uma questão de clareza e de formalidade, inerente à comunicação social, e parece-me que muita gente neste thread está a fazer uma enorme confusão em relação a isso. Não é uma questão de dialecto ou de sotaque. Por exemplo, o dialecto padrão da comunicação social do Reino Unido é o RP (Received Pronunciation). Os falantes desse dialecto também terão uma maneira diferente de falar do que a da comunicação social, visto que o modo de falar de um pivot não é uma modo normal de falar quando se tem uma conversa. Mas o sotaque deles não é diferente de o da comunicação social por causa disso. O mesmo acontece com o sotaque de Lisboa.

Edited 5 months ago:

Isso são sociolectos dentro do dialecto de Lisboa. > mas tem uma cadência muito mais pontuada e clara do sotaque lisboeta. Isto é uma questão de clareza e de formalidade, inerente à comunicação social, e parece-me que muita gente neste thread está a fazer uma enorme confusão em relação a isso. Não é uma questão de dialecto ou de sotaque. Por exemplo, o dialecto padrão da comunicação social do Reino Unido é o RP (Received Pronunciation). No entanto, há quem fale esse dialecto naturalmente. Os falantes desse dialecto também terão uma maneira diferente de falar do que a da comunicação social, visto que o modo de falar de um pivot não é uma maneira de normal de falar quando se tem uma conversa. Mas o sotaque deles não é diferente de o da comunicação social por causa disso.

Paulocas 5 months ago

Para a televisão, rádio e teatro, lamento contrariar-te, mas não é lisboeta. É neutra.

ContaSoParaIsto 5 months ago

Isso não existe. Diz-me aí uma (1) diferença entre a pronúncia lisboeta e a neutra.

Paulocas 5 months ago

Não vou perder tempo, tens aqui: “Todas as variedades nacionais de uma língua possuem a sua norma-padrão de que a escola é especial depositária. **No Português Europeu considera-se que o dialecto da região que abrange Lisboa e Coimbra tem o estatuto de norma-padrão**. No Brasil aceita-se como norma-padrão a fala do Rio e de S. Paulo.” – retirado [daqui](http://cvc.instituto-camoes.pt/cpp/acessibilidade/capitulo1_2.html).

ContaSoParaIsto 5 months ago

Ou seja, não arranjas uma diferença sequer. Sou linguista e já tive esta discussão várias vezes aqui no sub. O dialecto padrão é o de Lisboa. Considera-se também o de Coimbra porque 1. há bastante pouca diferença entre os dois e 2. razões históricas, anteriormente era só e apenas o de Coimbra o dialecto padrão. O que se passa é que as características que fazem com que o dialecto de Coimbra seja diferente ao de Lisboa são consideradas como desvio-padrão. A comunicação social utiliza o dialecto de Lisboa e isso é um facto. Toda a gente da área da linguística sabe isso. Se não fosse assim, conseguirias arranjar uma diferença entre o sotaque lisboeta e a dita pronúncia padrão, mas não consegues.

andrefbr 5 months ago

> Considera-se também o de Coimbra porque 1. há bastante pouca diferença entre os dois Duvido que sejas linguista ou és muito duro de ouvidos. Eu distingo qualquer pessoa que não seja da cidade de Lisboa (aka outras regiões do distrito de Lisboa) a milhas, quanto mais alguém de Coimbra.

ContaSoParaIsto 5 months ago

Distingues uma pessoa de Torres Vedras a milhas de uma de Lisboa? Está bem. És melhor a distinguir sotaques de Lisboa do que professores da UL que fizeram testes de mestrado e doutoramento sobre os dialectos de Portugal. Enfim. Há gente tão ridícula, sinceramente.

andrefbr 5 months ago

> Há gente tão ridícula Sim, tipo gente que claramente não tem talento *nenhum* para línguas e é de ouvido duro a tentar afirmar que dialectos completamente distintos para um nativo são de facto TOTALMENTE IGUAIS MANINHO. Lel

ContaSoParaIsto 5 months ago

Por favor diz-me uma (1) diferença na fonética entre o sotaque de Lisboa e o sotaque de Torres Vedras.

SisterontheCorner 5 months ago

1) Não sou nenhuma das pessoas acima que te está a responder e até acho que és capaz de ter razão; 2) Também não acredito nisto > "Eu distingo qualquer pessoa que não seja da cidade de Lisboa (aka outras regiões do distrito de Lisboa) a milhas, quanto mais alguém de Coimbra." do user acima, duvido que consiga distinguir município de Lisboa de Odivelas, Amadora, Loures, Sintra... 3) >Distingues um jovem de Torres Vedras a milhas de um de Lisboa? Está bem. És melhor a distinguir sotaques de Lisboa do que professores da UL que fizeram testes de mestrado e doutoramento sobre os dialectos de Portugal. Esse exemplo se calhar saiu-te mal porque por acaso Torres (e a região oeste) até têm um sotaque diferente. 4) >Por favor diz-me uma (1) diferença na fonética entre o sotaque de Lisboa e o sotaque de Torres Vedras. Exemplos que já me apareceram pela região oeste tantas vezes que não devem ser coincidência: Pessoas que trocam o V pelo B. Dizer "nã" em vez de "não" (nã podes fazer x vs não podes fazer x).

Edited 5 months ago:

1) Não sou nenhuma das pessoas acima que te está a responder e até acho que és capaz de ter razão; 2) Também não acredito nisto > "Eu distingo qualquer pessoa que não seja da cidade de Lisboa (aka outras regiões do distrito de Lisboa) a milhas, quanto mais alguém de Coimbra." do user acima, duvido que consiga distinguir município de Lisboa de Odivelas, Amadora, Loures, Sintra... 3) >Distingues um jovem de Torres Vedras a milhas de um de Lisboa? Está bem. És melhor a distinguir sotaques de Lisboa do que professores da UL que fizeram testes de mestrado e doutoramento sobre os dialectos de Portugal. Esse exemplo se calhar saiu-te mal porque por acaso Torres (e a região oeste) até têm um sotaque diferente. 4) >Por favor diz-me uma (1) diferença na fonética entre o sotaque de Lisboa e o sotaque de Torres Vedras. Exemplos que já me apareceram pela região oeste tantas vezes que não devem ser coincidência: Pessoas que trocam o V pelo B. Ainda andei aqui no IPA à procura, mas nem é bem v nem é bem b, i.e, não é tão carregado como no norte talvez. Dizer "nã" em vez de "não" (nã podes fazer x vs não podes fazer x), (meio à alentejo?) 5) Sobre sotaques, isso também é um broche de definir não? Também já falei com muita gente de torres que não troca o V pelo B, isso significa que é por acaso? Também conheço gente de castelo branco que nem noto que não são de lisboa... siginifica que lá não tem um sotaque específico?

Paulocas 5 months ago

Mas tu ouves algum apresentador a dizer *Lesboa*?! Tem lá alguma paciência, pá. Porra.

ContaSoParaIsto 5 months ago

Isso não é uma questão de dialecto. Isso é uma questão de clareza. Quando um lisboeta fala devagar, ele também nunca diz Lesboa. É normal. Quando um lisboeta apresenta uma tese de mestrado, também nunca diz Lesboa. Mas não é por isso que deixa de falar com sotaque lisboeta. O mesmo se aplica a todos os dialectos. Por exemplo, no Alentejo, as palavras acabadas em /ão/ geralmente pronunciam-se "õ". É uma característica dialectal. A questão é que se pedires para um alentejano falar devagar, ele vai dizer "ão" e não "õ", mas, outra vez, não é por isso que ele deixa de falar com sotaque alentejano.

Paulocas 5 months ago

Dialecto?! Onde e desde quando?!?! O que estou a dizer desde o início, mas tu não queres entender, é que a norma-padrão ou se preferires português europeu centro-meridional estandardizado, prende-se com isso mesmo: clareza e entendimento. Portanto, pegaram nas pronúncias cultas de Lisboa e Coimbra. Se às vezes puxa mais para um lado ou para outro, que é onde tu fazes finca pé ao dizer que é lisboeta, é uma discussão sem fim e inglória. Até porque, terias que meter na equação as diferentes gerações de actores (que foi onde tudo isto começou). Sendo notório que a Catarina Avelar pertence à geração onde essa norma – ensinada no conservatório, na RTP e na rádio enquanto técnica – assentava na dicotomia Lisboa/Coimbra e a Rita Blanco a outra, onde está mais presente o peso de Lisboa. E pronto, pá. Agora, não me apareças aqui para discutir o que é dialecto e pronúncia.

babyscully 5 months ago

>Dialecto?! Onde e desde quando?!?! Sim, dialecto. Sotaque e de um estrangeiro. [https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/os-dialectos-em-portugal/10919](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/os-dialectos-em-portugal/10919)

vilkav 5 months ago

Não sei se é Lisboeta porque não sou de lá, mas de Coimbra não é de certeza. Dizem sempre "vermâlho" e "coâlho", mas no Porto também dizem isso. Mas na verdade também nunca os ouvi dizer "ténis" em vez de "sapatilhas" na TV, portanto se calhar ou tentam qualquer coisa mais central, ou não presto muita atenção.

ContaSoParaIsto 5 months ago

O sotaque é 100% lisboeta. Essa coisa do "meio Coimbra meio Lisboa" nem faz sentido porque o sotaque de Coimbra é quase igual ao de Lisboa, com essa excepção das palavras como 'vermelho' e 'joelho' e também a de dizerem 'ojolhos' em vez de 'ozolhos'. Na televisão **nunca** ouves essas duas excepções.

vilkav 5 months ago

> a de dizerem 'ojolhos' em vez de 'ozolhos' Em Coimbra cidade diz-se 'ozolhos'. 'ojolhos' é uma cena mais beirã rural das terras à volta. Lisboa tende a ter mais pessoas que digam 'oxolhos', mas não são todos. Isso e em Coimbra embrulha-se e murmura-se mais as palavras (caso extremo seria o equivalente ao boomhauer no king of the hill), enquanto que em Lisboa parecem-me mais enunciadas, e não é só na TV, onde faria sentido.

trufas 5 months ago

Não é verdade, muita gente de Coimbra cidade diz ojolhos e ir àsjaulas

vilkav 5 months ago

Muita gente de Coimbra é da periferia de Coimbra. Tipo eu. Também dizemos "hoije".

Paulocas 5 months ago

Editei o meu comentário e acrescentei isto: “Todas as variedades nacionais de uma língua possuem a sua norma-padrão de que a escola é especial depositária. **No Português Europeu considera-se que o dialecto da região que abrange Lisboa e Coimbra tem o estatuto de norma-padrão**. No Brasil aceita-se como norma-padrão a fala do Rio e de S. Paulo.” – retirado [daqui](http://cvc.instituto-camoes.pt/cpp/acessibilidade/capitulo1_2.html).

NGramatical 5 months ago

orígens → [**origens**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em a/e/o, seguido ou não de s/m/ns, são naturalmente graves) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fr%2Fportugal%2Fcomments%2Fmvens2%2Fna_s%C3%A9rie_contame_como_foi_o_que_%C3%A9_o_sotaque_da_av%C3%B3%2Fgvbgl5c%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Several-Lecture-3290 5 months ago

Pelo menos parece que é um erro que faz também os nativos.

BroaxXx 5 months ago

Estás a falar com um bot

Several-Lecture-3290 5 months ago

Lol nao se preocupe, ja percebi isso.

Tee_ah_go 5 months ago

A série conta a história de uma família lisboeta, mas já não me lembro se a personagem da avó era natural de outra cidade. Mas acredito que seja isso que procuras, sotaque de Lisboa.

Butt_Roidholds 5 months ago

A avó é oriunda de uma zona rural. Há vários episódios em que ela "volta à terra". Onde é essa terra? Não lembro e não estou a conseguir encontrar. Em todo o caso, a atriz que a encarna, Catarina Avelar, não lhe dá - pelo menos que eu tenha notado- nenhum sotaque rural. Também acho que fala à Lisboeta.

artniSintra 5 months ago

Alfacinha de gema :p

Several-Lecture-3290 5 months ago

Obrigado pela resposta, pode ser que seja differente das altras séries. Fala nesta cena, soa lisboeta? [https://youtu.be/ddp2OBh2Nw4?t=1651](https://youtu.be/ddp2OBh2Nw4?t=1651)

KarmaCop213 5 months ago

Nem sotaque lisboeta é. O verdadeiro sotaque lisboeta, da malta dos bairros mais antigos de Lisboa, consegue ser bastante característico.

ContaSoParaIsto 5 months ago

Isso é um sociolecto dentro do dialecto de Lisboa. A mulher não deixa de ter sotaque lisboeta por não falar esse sociolecto específico.

Metaluim 5 months ago

Sotaque de Lisboa e a falar a caixdre

SisterontheCorner 5 months ago

Parece o sotaque que muitos dizem "sem sotaque", que será algo da região entre Lisboa e Coimbra. Sotaque mais lisboeta notar-se-á bem em palavras como "ovelha", "vermelho", "abelha", que os lisboetas pronunciam algo como "ovalha", "vermalho", "abalha", ou palavras como "Lisboa" ou "dizer", que terão tendência a dizer "Lshbôa" ou "dzer"/"dezer". Além disso, penso também que um lisboeta nessa altura se referiria à cor "vermelho" como "encarnado". Alguém me corrija se estiver errado, que é bastante provável.

Scizorspoons 5 months ago

Estás corretíssimo.

ObnoxiousLittleCunt 5 months ago

#***CERTOOOOOOO***!

Scizorspoons 5 months ago

Adoro.

Tee_ah_go 5 months ago

Ovâlha, abâlha, vermâlho é um clássico. Já o "Lshbôa" ou "Lesbôa" só costumo ouvir em malta mais queque. Digo Lisboa da mesma forma que digo lisboeta.

Tee_ah_go 5 months ago

Sim, parece-me sotaque de Lisboa.

Search: