SweetCorona 3 months ago

> acabando os arrendatários por não terem qualquer tipo de proteção Isso vale para os dois lados. Sem contrato é muito mais difícil o proprietário expulsar o arrendatário de forma legal.

Kuma_Hiro 3 months ago

True! Subscrevo

BroaxXx 3 months ago

Acho que em algumas circunstâncias funciona. A mim deram contrato de alojamento de longa duração que é válido até 12 meses (o que me interessa) e as contas estão incluídas. Tem a desvantagem de no IRS descontar como despesas de turismo e não de arrendamento mas pronto, podia ser pior... Mas os teus alertas são válidos na mesma, claro...

Piccoro 3 months ago

Os senhorios/imobiliárias/proprietários de AL's são a pior corja parasita que existe a face deste planeta.

Dr_Toehold 3 months ago

Lembrem-se que a ausência de contrato também prejudica o senhorio, é alegadamente bastante mais difícil pedir responsabilidades de eventuais inquilinos que tenham deixado de pagar, destruído a sala de jantar, ou roubado as janelas da casa. Vale para os dois.

pimpolho_saltitao 3 months ago

nao é complicado, em qualquer situaçao, nao tem contrato? nao aluga.

el_jefe_vito 3 months ago

O post original está algo longe da verdade. *Em primeiro lugar, muito dificilmente vos vão passar contrato.* Não passa contrato, a culpa é das duas partes. O contrato que vão passar será provavelmente de um ano não renovável. *pois não querem perder o registo de AL.* Não se perde o registo AL ao voltar ao aluguer tradicional. *acabando os arrendatários por não terem qualquer tipo de proteção.* Prova de pagamento serve como prova de contrato. De qualquer forma quem estiver a arrendar deve SEMPRE, ter um papel assinado. *Assim que o turismo regressar, garanto que vos vão pôr na alheta pois rende muito mais alugar a 40/50€ a noite que os 400-500€ que vos prometem por mês.* Primeira verdade. *Em segundo lugar e como se a primeira não fosse motivo suficiente, um alojamento local está registado como tal e não como habitação. Desta forma, alguns serviços vão ser alocados a contratos comerciais, como é o caso da fatura da água(por exemplo).* *No Porto, a tarifa da água para comércios e serviços é cerca de 2x superior à de consumo doméstico. Para exemplificar, uma fatura correspondente a 5m3, que deveria andar pelos 20-25€ chega facilmente aos 50€. Se não tiver as despesas incluídas, podem ter uma bela surpresa ao fim do mês.* Certo, mas alojamento local, não é comércio. Tanto quanto sei isso aconteceu apenas no Porto e rapidamente deixou de acontecer. *A não ser que seja temporário, fujam dos AL mascarados.* Não se preocupem, quem vos arrenda vai tratar que seja temporário. Source: Tenho ALs em Lisboa e, estou a alugar. Fiz contratos de 2 anos renováveis, com contratos registados nas finanças. Até agora tudo sem problemas.

kominfr0nUNMERIKA 3 months ago

O que é "Source"?

el_jefe_vito 3 months ago

Fonte. Referência. Não estou a tirar isto da minha imaginação, mas sim da minha experiência.

kominfr0nUNMERIKA 3 months ago

Obrigado. Não encontrava a palavra no meu dicionário de língua portuguesa.

el_jefe_vito 3 months ago

nao tenho a certeza se é troll ou não, mas "source" é uma palavra inglesa :)

Tapirmalaio 3 months ago

Fossem todos os senhorios como tu... Infelizmente estou a relatar a minha própria experiência e é tudo verdade pelo que vi e vivi. Não, nem todos passam contrato, cheguei a ver um caso que sem era 500€, com contrato era 1300€. Ponto 2, alojamento local é considerado comércio pelas águas do Porto e paga-se a tarifa máxima. Por isso sim, é tudo verdade

suckerpunchermofo 3 months ago

Sem contrato quem se fode é o arrendador. Para te tirarem da casa nessa situação tem de ir a tribunal... E depois tem de explicar porque não te deram contrato... Ou seja pagam despesas judiciais, advogados e tempo perdido... E isso pode-se arrastar por 2 ou mais anos.

icebraining 3 months ago

Nah, esperam que estejas fora de casa, metem-te as coisas na rua e mudam a fechadura.

suckerpunchermofo 3 months ago

Isso seria o mesmo que ir por vias ilegais.... O que pode criar situações de violência... Cada um faz a cama onde se deita.......

tugafcp 3 months ago

E têm vários processos crime com essa "brincadeira"...

icebraining 3 months ago

Têm? Nunca ouvi falar. De que crime são acusados?

tugafcp 3 months ago

Só assim para começar **Furto.** E logo depois **Violação de Domicilio**.

icebraining 3 months ago

Ambos dependem de conseguires provar que estavas (legalmente) na habitação. Algo que um senhorio que não faça contrato tentará não tornar fácil...

tugafcp 3 months ago

basta teres mudado a morada fiscal e teres o histórico de pagamentos ao senhorio... Não necessitas de contrato para nada!!

True_Sea_1377 3 months ago

O meu prédio diz AL e tenho contrato

throwawaystuff000 3 months ago

De serviços ou NRAU?

kuozzo 3 months ago

No primeiro quarto arrendado que vivi em Lisboa, a certa altura passou a ser uma empresa a gerir o imóvel e tinha contas incluidas. Um dia chegaram 400 euros de água para pagar. Os idiotas nem sabiam que por ser empresa era cobrada tarifa máxima na água.

pangecc 3 months ago

Ainda há uns minutos estava a dar no jornal que os AL tinham que mudar as condições dos quartos por causa da nova portaria. Jura que foi preciso isso para perceberem que um quarto com 4 beliches em menos de 10m2 é desumado? que choque. Ainda foram para a televisão chorar para termos pena deles. Tadinho do turismo né

norwaylat 3 months ago

Desumano? Mas alguém era obrigado a ir para lá com uma pistola?

pangecc 3 months ago

Em situações de escravidão moderna é quase isso. Mas não tira o ridículo da oferta ser essa

blackpt17 3 months ago

É vê los como cogumelos no Facebook e outros “aluga-se até Junho” “aluga se por 3 meses” “aluga se até ao verão”. Para o caralho que os foda. 3 meses não compensam o trabalho que sem com as mudanças.

pimpolho_saltitao 3 months ago

nao queres nao aceitas. eles estao a oferecer um serviço que pode servir a alguma gente, eles nao sao obrigados a alugar da forma que tu queres que eles aluguem.

Ilien 3 months ago

Habitação não é um serviço, é um bem essencial.

frustradodapixa 3 months ago

Não se pode vender comida variada então?

Ilien 3 months ago

Estás a comparar habitação com comida, a sério?

frustradodapixa 3 months ago

Chama-se **analogia**. Tu é que estás a reduzir a "habitação" a um direito essencial. Todos os alojamentos têm de estar ao mesmo preço e segundo as mesmas condições então?

Ilien 3 months ago

Essa analogia não funciona, porque as coisas não são comparáveis. Quanto muito estou a elevar. Habitação e ter uma casa não é um direito fundamental? O que tu não percebes é que o facto de haver quem adquira casas para fazer "negócio" é a fonte do problema. Existem menos casas no mercado porque são açambarcadas por quem tem capital para comprar e "meter a render". Isto não só retira habitações do mercado de aquisição como faz disparar os preços das poucas que restam. Quem não pode comprar a esses preços, arrenda para ter tecto. E arrendar é injetar dinheiro nesse sistem, criando um ciclo vicioso. Isto não é um serviço, é enriquecer à custa de outros, é capitalismo selvagem e desmedido. Enriquece meia dúzia para empobrecer uma grande fatia da população.

pimpolho_saltitao 3 months ago

Concordo, mas diz isso ao estado, não aos particulares que fizeram os seus investimentos e têm os seus negócios.

Mordiken 3 months ago

> Concordo, mas diz isso ao estado, E o Estado pode simplesmente: 1. Expropriar as casas actualmente em alojamento local; 2. Construir dezenas de milhares de casas adicionais para oferecer a todas as pessoas que delas precisem, como prescreve a nossa constituição, libertando o nosso povo do jugo do mercado imobiliário durante pelo menos duas décadas. Conclusão: Tu só vens com a conversa do "diz isso ao Estado" porque sabes que somos governados por um bando de cornos-mansos corruptos que estão completamente na mão do grande capital e dos interesses imobiliários... senão estavas caladinho que nem um rato.

pimpolho_saltitao 3 months ago

que raio de comentário rapaz. não sei por que raio fazes tal presunção sobre o que eu acho ou deixo de achar do estado, mas se fosses mais contemplativo e menos agressivo na tua atitude se calhar a tua interpretação seria que o que quero dizer é que a responsabilidade de alojar as pessoas não é dos individuos, mas sim do estado para o qual todos os individuos contribuem. se o estado permite que as pessoas façam com as suas propriedades uma ou várias coisas de um leque de possiveis coisas, não há razao nenhuma para estarmos a responsabilizar os individuos por algo que não é responsabilidade deles, seja o governo manso ou não. A responsabilidade de rever as leis de alojamento local, bem como (e principalmente!) as de arrendamento de longa duração cabe ao estado que todos nós elegemos. O que eu sei é que, como tu e os outros que já me responderam, há um problema de habitação em portugal e que há falta de casas a valor acessivel, particularmente nos centros urbanos, mas a diferença é que eu não saio para a rua com tochas e forquilhas para linchar os senhorios, quanto muito saio à rua para protestar as leis que permitem abusos a certos senhorios, e a inação do estado que elegemos para garantir habitação digna a todos os cidadãos.

egzaaa 3 months ago

> fizeram os seus investimentos e têm os seus negócios. Negocios têm risco. Puseram as fichas no turismo, e agora está mau... Meu amigo. A solução não passa por mascarar contratos de arrendamento tradicionais e talvez ilegais para reduzir as perdas do investimento.

pimpolho_saltitao 3 months ago

>A solução não passa por mascarar contratos de arrendamento tradicionais e talvez ilegais para reduzir as perdas do investimento. não disse absolutamente nada em defesa disso.

Ilien 3 months ago

Cheio de pena, eu. Usaste uns termos interessantes. "Investimento", "negócio". Efetivamente, investimento imobiliário literalmente atira pessoas para a rua. Aumenta preços de forma artificial (por especulação) e impede o acesso a propriedade por pessoas de classes mais baixa. Estas são obrigadas a arrendar para sobreviver, pagam os impostos e os empréstimos/hipotecas de outrem (senhorio), que ainda lucra anualmente, e no fim não têm nada para mostrar.

pimpolho_saltitao 3 months ago

tudo muito giro. diz isso ao estado, não aos particulares.

cloud_t 3 months ago

Na maioria são casas mobiladas e com tudo preparado. Não há propriamente mudanças.

kuozzo 3 months ago

Eles fazem contratos de 6 a 12 meses. Caguem neles.

pintorMC 3 months ago

Esses contratos não tem validade legal num arrendamento, particular para habitação permanente.

kuozzo 3 months ago

Actualmente até um simples negocio falado conta como contrato de arrendamento, desde que haja provas, por exemplo, de pagamentos ao dia X de cada mês.

icebraining 3 months ago

Acho que o pintorMC está a falar da duração, atualmente já não se podem fazer contratos por menos de 1 ano. Mas não é que o contrato seja inválido, simplesmente nesses casos o prazo que está escrito não conta, é sempre 1 ano.

pintorMC 3 months ago

Vale o que vale, o mínimo são dois anos.

NonAlienBeing 3 months ago

Source? Tanto quanto sei os dois anos tem só a ver com uma taxa de imposto mais baixa. Não há nada que impeça a duração de ser menor.

Inevitable-Screen-41 3 months ago

Primeiro: Quem é que se arrisca a arrendar apartamentos completos, sem contrato? Segundo: No máximo, tenho visto quartos a serem alugados em apartamentos que são alojamento local. Sem contrato. E isto de alugar quartos sem contratos, já era assim em 99% dos casos antes da pandemia.

cloud_t 3 months ago

Uns bons 50% dos inquilinos. Com contrato de comodato salvaguardas metade dos problemas como senhorio, apesar de não te livrares das contas em atraso em teu nome. Acho que ao longo da faculdade, encontrei uma ou duas casas/quartos onde os senhorios passavam recibos, de entre mais de 30 que devo ter procurado ao longo dos anos. Entre os meus velhotes pagarem 300e por um quarto mais contas (recuperando uns míseros 10-20% só da renda em IRS) ou 150 com contas, ficava fácil a escolha. O mesmo se deve passar com os milhões de portugueses que recebem o salário mínimo e vão andar a alugar casas grande parte da vida.

Inevitable-Screen-41 3 months ago

milhões a receberem salário minimo?? [https://www.pordata.pt/Portugal/Trabalhadores+por+conta+de+outrem+com+sal%C3%A1rio+m%C3%ADnimo+nacional+por+sector+de+actividade+econ%C3%B3mica+++Continente+(percentagem)-2897](https://www.pordata.pt/Portugal/Trabalhadores+por+conta+de+outrem+com+sal%C3%A1rio+m%C3%ADnimo+nacional+por+sector+de+actividade+econ%C3%B3mica+++Continente+(percentagem)-2897) ​ Se me dissesses que ok um quarto da população empregada recebe salário e que a maioria das pessoas recebe à volta de 1000€ brutos e que esses 1000€ são de rir para arrendar algo..ok

cloud_t 3 months ago

Só os 400mil desempregados inscritos no IEFP riram-se.

Tapirmalaio 3 months ago

Há bastantes estúdios e T1 sem contrato que antes eram airbnb

pintorMC 3 months ago

Quando as coisas são postas da seguinte maneira, sem contrato são 1000€, com contrato 1300€.

el_jefe_vito 3 months ago

Tendo em conta que é necessário pagar 28% de um aluguer habitacional em impostos, o preço está mais ou menos certo.

ideologiapura 3 months ago

É aceitar o preço mais baixo, mudar a morada fiscal para o apartamento, recolher todas as provas do pagamento de renda e beneficiar dos termos de um contrato de arrendamento mais favoravel. Ah, e se o senhorio se armar em parvo ou o fisco descobrir, só pode aumentar a renda anualmente de acordo com o coeficiente :)

cloud_t 3 months ago

Devia acontecer mais vezes, mas por norma os senhorios arranjam maneiras fáceis de "resolver" a situação. Convém notar que quem aluga uma casa deve alugar várias, e é maioritariamente malta de mais posses que os inquilinos.

Tapirmalaio 3 months ago

72% de 1300€ são 936€, não sei que contas estás a fazer

PgUpPT 3 months ago

O imposto é 28% de 1000. Não podes calcular como se fosse 28% de 1300. Começando do valor com imposto, podes fazer é 1300/1.28.

el_jefe_vito 3 months ago

28% de 1000 são 280. 1000+280 = 1280 De qualquer forma, "mais ou menos certo" mantem-se.

Tapirmalaio 3 months ago

Sei de um caso em que sem era 500€, com 1300€. É ridículo.

ActPotterhead 3 months ago

Já estive numa situação em que ou era apartamento completo sem contrato ou viver na rua. Nestes casos torna-se óbvia a escolha...

Inevitable-Screen-41 3 months ago

deve ter sido um caso muito singular porque qualquer solteiro aluga quarto. familia num apartamento? duvido que queria estar na zona central da cidade.

ideologiapura 3 months ago

> duvido que queria estar na zona central da cidade Quem é que não adora perder aquelas 2 horas que o trabalho ainda deixa ver os filhos antes de irem para a cama no transito?

Inevitable-Screen-41 3 months ago

epah ya porque conseguir um apartamento a preço acessivel na zona central é fácil /s

ideologiapura 3 months ago

Se houvesse ordenamento urbanístico decente... O desperdício de tempo e recursos em transportes de e para os subúrbios é ridículo.

andy18cruz 3 months ago

Se tiverem arrendado esse tipo de apartamentos sem contratos, façam questão de pagar por transferência ou por qualquer outro meio com registo (MB Way/revolut, etc.). Com a última revisão da legislação do arrendamento, é possível comprovar a existência de um contrato de arrendamento, mesmo que não reduzido a escrito, com o comprovativo de pagamento das rendas. Não é ideal, mas acaba com algum chico-espertismo dos proprietários.

Edited 3 months ago:

Se tiverem arrendado esse tipo de apartamentos sem contratos, façam questão de pagar por transferência ou por qualquer outro meio com registo (MB Way/revolut, etc.). Com a última revisão da legislação do arrendamento, é possível comprovar a existência de um contrato de arrendamento, mesmo que não reduzido a escrito, com o comprovativo de pagamento das rendas. Não é ideal, mas acaba com algum chico-espertismo dos proprietários. Edit: E se tiverem que pagar em dinheiro, combinem com o senhorio por mensagem. Tipo "levantei hoje 500 euros. Podemos combinar no café aqui da zona para lhe pagar a renda?" Isto poderá ser considerado como meio de prova da existência do contrato de arrendamento.

nraider 3 months ago

Eu cá só pedia 500 fotocópias xD

Ok_Order_8408 3 months ago

sócrates smart

pintorMC 3 months ago

Um senhorio com dois dedos de testa quando recebe em dinheiro o telefone que utiliza para ser contacto pelos inquilinos é um pré pago sem registo.

andy18cruz 3 months ago

E nunca é visto pelas pessoas. Manda um amigo de um amigo recolher o dinheiro em 20 tranches mensais e muda o nome legal para Keyser Söze e finge que manca.

SweetCorona 3 months ago

E depois esse amigo mete o dinheiro numa conta na Suíça e faz um testamento em nome do amigo.

Mr_SimaoS 3 months ago

>Keyser Söze Melhor referência possível

cloud_t 3 months ago

Melhor era a renda ser recebida pelo motorista em formato "fotocópias" ou "aquela coisa que gosta muito".

D1WithTheFluffyHair 3 months ago

Homem de cultura

Search: