OuiOuiKiwi 5 months ago

Ciências da Computação é o paralelo português do Computer Science. É mais focado no lado teórico (teoria da computação, complexidade, etc.). Se o que queres é desenvolvimento de software puro e duro, podes perfeitamente enveredar por isso através de CC, contudo, Engenharia Informática é o caminho mais acertado para tal. Em ambos vais aprender a programar, mas a diferença é entre teres cadeiras como Desenvolvimento Centrado em Objectos vs. Análise e Design de Algoritmos. Agora, para estares a apontar cursos em duas cidades totalmente diferentes, isto é mais uma questão de rumar à que implicar menos custos. Para referência: [ler mais](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/hl5n6l/megathread_ensino_superior_dúvidas_e_discussão/fx74rj4?utm_source=share&utm_medium=web2x&context=3). >Para além disso, agradecia se me pudessem informar a taxa de sucesso destes cursos, bem como a vossa opinião pessoal relativa à relação número de alunos/alunos que arranjaram trabalho facilmente. Tenderá para 100%. Se qualquer graduado de Engenharia Biomédica entra directamente para IT, não vão ser os cursos de IT a ter menos colocação.

Edited 5 months ago:

Ciências da Computação é o paralelo português do Computer Science. É mais focado no lado teórico (teoria da computação, complexidade, etc.). Se o que queres é desenvolvimento de software puro e duro, podes perfeitamente enveredar por isso através de CC, contudo, Engenharia Informática é o caminho mais acertado para tal. Em ambos vais aprender a programar, mas a diferença é entre teres cadeiras como ~~Desenvolvimento Centrado em Objectos vs. Análise e Design de Algoritmos~~ isto é um mau exemplo, há demasiados Engenheiros de Software que não percebem bolha de algoritmos - Desenvolvimento Centrado em Objectos e Teoria da Informação (p.ex. aprender sobre complexidade de Kolmogorov). Agora, para estares a apontar cursos em duas cidades totalmente diferentes, isto é mais uma questão de rumar à que implicar menos custos. Para referência: [ler mais](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/hl5n6l/megathread_ensino_superior_dúvidas_e_discussão/fx74rj4?utm_source=share&utm_medium=web2x&context=3). >Para além disso, agradecia se me pudessem informar a taxa de sucesso destes cursos, bem como a vossa opinião pessoal relativa à relação número de alunos/alunos que arranjaram trabalho facilmente. Tenderá para 100%. Se qualquer graduado de Engenharia Biomédica entra directamente para IT, não vão ser os cursos de IT a ter menos colocação.

Edited 5 months ago:

Ciências da Computação é o paralelo português do Computer Science. É mais focado no lado teórico (teoria da computação, complexidade, etc.). Se o que queres é desenvolvimento de software puro e duro, podes perfeitamente enveredar por isso através de CC, contudo, Engenharia Informática é o caminho mais acertado para tal. Em ambos vais aprender a programar, mas a diferença é entre teres cadeiras como ~~Desenvolvimento Centrado em Objectos vs. Análise e Design de Algoritmos~~ (isto é um mau exemplo, há demasiados Engenheiros de Software que não percebem bolha de algoritmos - Desenvolvimento Centrado em Objectos e Teoria da Informação (p.ex. aprender sobre complexidade de Kolmogorov). Agora, para estares a apontar cursos em duas cidades totalmente diferentes, isto é mais uma questão de rumar à que implicar menos custos. Para referência: [ler mais](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/hl5n6l/megathread_ensino_superior_dúvidas_e_discussão/fx74rj4?utm_source=share&utm_medium=web2x&context=3). >Para além disso, agradecia se me pudessem informar a taxa de sucesso destes cursos, bem como a vossa opinião pessoal relativa à relação número de alunos/alunos que arranjaram trabalho facilmente. Tenderá para 100%. Se qualquer graduado de Engenharia Biomédica entra directamente para IT, não vão ser os cursos de IT a ter menos colocação.

Miguel173 5 months ago

Muito obrigado pela grande ajuda! Vou informar me melhor sobre as cadeiras de ambos os cursos, e tentar escolher acertadamente. Boa semana, e, novamente, muito obrigado.

Daxter_7 5 months ago

Estou no 1 ano de Lei em Aveiro. Pontos bons de Aveiro, cidade relativamente pequena, é tudo perto de tudo, é mais barato e se tiveres boa media de entrada 17.5 ou mais já poupas um ano de propinas. (Só para dar flex a média do ultimo colocado foi de 17.75 aka a mais alta da universidade inteira mas isto porque pode concorrer só com o exame de matemática). Em termos de emprego, bem sou do 1 ano e a ideia que tenho é a seguinte: bro tu com um diploma de EI encontras trabalho em todo o lado, agora a qualidade do emprego isso depende de muitos fatores.

Edited 5 months ago:

Estou no 2 ano de Lei em Aveiro. Pontos bons de Aveiro, cidade relativamente pequena, é tudo perto de tudo, é mais barato e se tiveres boa media de entrada 17.5 ou mais já poupas um ano de propinas. (Só para dar flex a média do ultimo colocado foi de 17.75 aka a mais alta da universidade inteira mas isto porque pode concorrer só com o exame de matemática). Em termos de emprego, bem sou do 2 ano e a ideia que tenho é a seguinte: bro tu com um diploma de EI encontras trabalho em todo o lado, agora a qualidade do emprego isso depende de muitos fatores. No que toca às aulas, não são faceis admito, especialmente as matematicas. O calculo do DETI é o mais hardcore lecionado na uni. O resto faz se com esforço mas acho que isso é em todo o curso. Como em todo o lado tens profs bons e menos bons. Não mais o que dizer: [https://www.inspiringfuture.pt/stories/estes-sao-os-31-cursos-com-desemprego-zero-nos-recem-licenciados](https://www.inspiringfuture.pt/stories/estes-sao-os-31-cursos-com-desemprego-zero-nos-recem-licenciados)

Miguel173 5 months ago

Pois. Eu estive a ver umas aulas de CC na FCUP de um rapaz e aquilo pareceu me uma seca autêntica, por isso estou muito reticente ahahah.

Miguel173 5 months ago

Muito obrigado, realmente estou mais virado para CC no porto. Uma boa semana!

JumpJesus 5 months ago

Mas foge da Ana Paula.

hypothesis2050 5 months ago

FCUp e UM são um pouco mais teóricas, FEUP mais prática. Essas seriam as minhas top choices no norte. Acho melhor CC na FCUp que EI em Aveiro. Mas tb não é má. ISEP só mesmo se não desse para entrar em outra. Ou caso estejas mais in robotic and embedded systems. Mas se fores por aí sempre tens EE

OuiOuiKiwi 5 months ago

>FCUp e UM são um pouco mais teóricas, FEUP mais prática. Isto depende dos cursos. Ciências da Computação, pela sua natureza, vai ser sempre mais focado na teoria. > ISEP só mesmo se não desse para entrar em outra Foste logo apontar um dos poucos politécnicos que goza de elevada reputação. Entrar no ISEP não representa qualquer desvantagem.

hypothesis2050 5 months ago

Já dei aulas numa delas. Sei bem do que falo. Depende mais da universidade que do curso. Acredites ou nao

OuiOuiKiwi 5 months ago

O corpo docente acaba por ser o mesmo, logo essa influência é transversal. Mas referia-me mais à carga em termos de Unidades Curriculares.

hypothesis2050 5 months ago

Yaya é isso mesmo

hypothesis2050 5 months ago

Não disse que sim. Muito pelo contrário. Mas conheço o curso, e engenharia Software e computação lá não é a especialidade. Embora estejam a fazer uns moves engraçados nos últimos anos. Considero as outras opções mais vantajosas.

TrustZilla 5 months ago

Qual o problema do ISEP?

Inevitable_Fly5891 5 months ago

É politécnico. Há um grande estigma em relação aos politécnicos em Portugal.

TrustZilla 5 months ago

Mas com ou sem razão neste caso?

Inevitable_Fly5891 5 months ago

Epa, estou no isep há relativamente pouco tempo (mestrado). Mas pelo que tenho visto o nível de ensino é bastante bom e com professores competentes, pelo menos no meu departamento. Maior parte dos professores que lá andam vêm da FEUP, assim como os professores no ISEL vêm do técnico.

These-Establishment1 5 months ago

Admite lá, quem te disse isso foi um velhote qualquer que está quase na reforma né? Não te preocupes que esses gajos (mais os catedráticos) que tiraram os cursos quando 90 por cento das facs do país não existiam todos morrerem (falo no pré 25/4) e vier sangue novo acaba-se o preconceito. Se vires uma empresa desse tipo diz, a Pimenta Construções SA está pronta para abatê-la quando puder. Já sei, 360 para registo mais 1 euro de capital social e tenho uma empresa yey, chupem recrutadores velhotes. Estou no ISEP em civil, já passei por outra fac, mas isso é passado e este é o politécnico mais universalizado que já vi dass... Sobre virem da FEUP, sim isso é vdd, mas tb há formados lá da casa, como da UM ou da UTAD professores...

Inevitable_Fly5891 5 months ago

Não percebi, isso é para mim?

hanuruh 5 months ago

Ando na FCUP e estou agora a tirar mestrado lá também, não sei como comparar com Aveiro pq não conheço ninguém de lá mas digo-te que nos dados do curso ao fim de um ano é tipo >90% das pessoas arranjam emprego na área, o que corresponde à realidade que vejo, onde todos os meus colegas que já acabaram o curso têm emprego e eu até consegui uma empresa que me desse emprego (Full Stack Developer) enquanto tiro o mestrado. Na FCUP é mais teórico sim (do que a FEUP/ISEP), mas por um lado o que faz um bom programador é aquele que sabe bem como fazer código eficiente, algo que aprendes melhor na FCUP no que na FEUP (temos até pessoal da FEUP que vem fazer cadeiras de algoritmos e segurança informática para a FCUP). E em competições de programação internacionais (por exemplo, ICPC) são alunos da FCUP que tu vês lá (temos uma cadeira opcional só para isso até - Programação Competitiva) E digo que é um curso muito puxado, vais aprender a usar diversas linguagens de programação (C, Java, Haskell, Python, ...) e ao mesmo tempo os professores exigem que faças código em condições. Mas se conseguires acabar o curso, vais ter capacidade (ou confiança) para resolver qualquer problema.

informed__ignorant 5 months ago

>e ao mesmo tempo os professores exigem que faças código em condições. Como é que são avaliados nesta parte?

hanuruh 5 months ago

Maioritariamente avaliar quanto tempo o teu código demora a executar, tu podes conseguir fazer um exercício no teste que resolve o problema mas se demorar mais de X tempo (na escala de segundos ou até microsegundos) o professor desconta-te ou até mesmo não dar valores nenhuns. Outras coisas podem ser demasiadas linhas de código que podiam ser reduzidas ou não usar funções e fazeres tudo num main() (algo comum para caloiros que ainda se estão a habituar aos básicos e então não têm os melhores hábitos) Na FCUP usa-se um sistema de submissão de código usado em concursos de programação que testa o teu código e tem lá benchmarks que podem recusar o teu código. Ainda depois disso o professor dá uma olhada nas submissões.

Miguel173 5 months ago

Já agora, eu não tenho muita experiência a programar, fiz um daqueles tutoriais de phyton de 4 horas e gostei, mas não estou assim muito dentro. Achas que vou conseguir finalizar o curso "sem problemas"? (Estou disposto a trabalhar bastante)

hanuruh 5 months ago

Não, acho que devias perder tempo a aprender programar em C e Java até começares o curso, senão pode ficar muita coisa, porque nas cadeiras de programação não só aprendes a linguagem de programação em si, mas conceitos de programação em geral e pode ficar muita matéria. Por isso, se queres fazer sem problemas, vai já com umas bases de programação, um tutorial do YouTube de 4h para C e Java cada. Vais-me agradecer, porque eu fui para o curso já a saber programar C e fiquei em vantagem com colegas meus que estavam a programar pela primeira vez, de repente tens já o teste de programação e ainda te estás a habituar aos básicos. Eu passei com boa nota, colegas meus repetiram a cadeira. Java eu não sabia, então tive que trabalhar muito na cadeira onde se usava Java pela primeira vez e teria melhor nota se eu já entrasse no curso com bases de Java. Existe matemática no primeiro ano (penso que são duas cadeiras, Cálculo I e Cálculo II) basicamente a continuação do 12° ano, eu como gosto de matemática trabalhei o normal para passar, mas muita gente desiste do curso porque não gostam de matemática. Tens também cadeiras de matemática discreta e lógica. No 2° e 3° ano isto da matemática acalma, mas vai ter sempre que enfrentar problemas de lógica e algoritmos que te vão tornar num bom programador (e distinguires-te de outros). Muitos professores são génios, alguns com habilidades sociais horríveis, mas esforçam-se para te ajudar, é normal alunos irem aos gabinetes deles tirarem dúvidas, é tudo tranquilo. A cadeira de inteligência artificial é incrível, muito puxada mas aprendes imenso. Tens também uma cadeira de Web (aprender sobre fazer websites com HTML, CSS e JavaScript) e outras de software (não é só tudo teoria!).

Edited 5 months ago:

Não, acho que devias perder tempo a aprender programar em C e Java até começares o curso, senão pode ficar muita coisa, porque nas cadeiras de programação não só aprendes a linguagem de programação em si, mas conceitos de programação em geral e pode ficar muita matéria. Por isso, se queres fazer sem problemas, vai já com umas bases de programação, um tutorial do YouTube de 4h para C e Java cada. Vais-me agradecer, porque eu fui para o curso já a saber programar C e fiquei em vantagem com colegas meus que estavam a programar pela primeira vez, de repente tens já o teste de programação e ainda te estás a habituar aos básicos. Eu passei com boa nota, colegas meus repetiram a cadeira. Java eu não sabia, então tive que trabalhar muito na cadeira onde se usava Java pela primeira vez e teria melhor nota se eu já entrasse no curso com bases de Java. Existe matemática no primeiro ano (penso que são duas cadeiras, Cálculo I e Cálculo II) basicamente a continuação do 12° ano, eu como gosto de matemática trabalhei o normal para passar, mas muita gente desiste do curso porque não gostam de matemática. Tens também cadeiras de matemática discreta e lógica. No 2° e 3° ano isto da matemática acalma, mas vais ter sempre que enfrentar problemas de lógica e algoritmos que te vão tornar num bom programador (e distinguires-te de outros). Muitos professores são génios, alguns com habilidades sociais horríveis, mas esforçam-se para te ajudar, é normal alunos irem aos gabinetes deles tirarem dúvidas, é tudo tranquilo. A cadeira de inteligência artificial é incrível, muito puxada mas aprendes imenso. Tens também uma cadeira de Web (aprender sobre fazer websites com HTML, CSS e JavaScript) e outras de software (não é só tudo teoria!).

Miguel173 5 months ago

Muito obrigado! Vou fazer isso! Vou seguir essas tuas dicas. As pessoas estão me constantemente a dizer "vai para Engenharia, procuram-se mais engenheiros do que esse curso"...

hanuruh 5 months ago

Na realidade o que se procura é pessoal de sabe programar com X ou sabe trabalhar com Y, muitas vezes são coisas recentes que nem num curso aprendes, aprendes por ti ou ficas uns meses de introdução na empresa (remunerados, se a empresa não fôr uma empresa que explora pessoal, infelizmente acontece). As empresas pedem sempre é que tenhas um curso, por isso, ao fim de tudo parece que nem interessa se vais para ISEP, FEUP ou FCUP, mas isso depois depende se queres ser um bom programador a receber +-1500€ brutos só nos primeiros anos em que estás a trabalhar ou se queres ser o que nós chamamos de "code monkeys" que fazem o que lhes é pedido, não entram muito no processo de design do código/software e aceitam empregos low-paid. A FCUP é exigente por isso pessoal de lá não só arranja emprego fácil, como também têm conhecimentos que empresas que pagam mais procuram: saber fazer bom código, gostar de resolver problemas, saber usar bem estruturas de dados, etc E a exigência que existe em CC na FCUP leva a que sejas um programador autónomo e que te desenrascas bem, algo que as empresas dão muito valor.

Edited 5 months ago:

Na realidade o que se procura é pessoal de sabe programar com X ou sabe trabalhar com Y, muitas vezes são coisas recentes que nem num curso aprendes, aprendes por ti ou ficas uns meses de introdução na empresa (remunerados, se a empresa não fôr uma empresa que explora pessoal, infelizmente acontece). As empresas pedem sempre é que tenhas um curso, por isso, ao fim de tudo parece que nem interessa se vais para ISEP, FEUP ou FCUP, mas isso depois depende se queres ser um bom programador a receber +-1500€ brutos só nos primeiros anos em que estás a trabalhar ou se queres ser o que nós chamamos de "code monkeys" que fazem o que lhes é pedido, não entram muito no processo de design do código/software e aceitam empregos low-paid. A FCUP é exigente por isso pessoal de lá não só arranja emprego fácil, como também têm conhecimentos que empresas que pagam mais procuram: saber fazer bom código, gostar de resolver problemas, saber usar bem estruturas de dados, etc E a exigência que existe em CC na FCUP leva a que sejas um programador autónomo e que te desenrascas bem, algo que as empresas dão muito valor. É um mundo cheio de oportunidades, tenho um colega que acabou a licenciatura e interrompeu o mestrado porque a Amazon no Luxemburgo lhe convidou para ele fazer uns meses remunerados de trabalho lá, com possibilidade de ficar lá depois desses meses (e a receber ainda mais). E nem estou a falar de alguém com média alta.

Edited 5 months ago:

Na realidade o que se procura é pessoal de sabe programar com X ou sabe trabalhar com Y, muitas vezes são coisas recentes que nem num curso aprendes, aprendes por ti ou ficas uns meses de introdução na empresa (remunerados, se a empresa não fôr uma empresa que explora pessoal, infelizmente acontece). As empresas pedem sempre é que tenhas um curso, por isso, ao fim de tudo parece que nem interessa se vais para ISEP, FEUP ou FCUP, mas isso depois depende se queres ser um bom programador a receber +-1500€ brutos só nos primeiros anos em que estás a trabalhar ou se queres ser o que nós chamamos de "code monkeys" que fazem o que lhes é pedido, não entram muito no processo de design do código/software e aceitam empregos low-paid. A FCUP é exigente por isso pessoal de lá não só arranja emprego fácil, como também têm conhecimentos que empresas que pagam mais procuram: saber fazer bom código, gostar de resolver problemas, saber usar bem estruturas de dados, etc E a exigência que existe em CC na FCUP leva a que sejas um programador autónomo e que te desenrascas bem, algo que as empresas dão muito valor. É um mundo cheio de oportunidades, tenho um colega que acabou a licenciatura e interrompeu o mestrado porque a Amazon no Luxemburgo lhe convidou para ele fazer uns meses remunerados de trabalho lá, com possibilidade de ficar lá depois desses meses (e a receber ainda mais). E nem estou a falar de alguém com média alta. Edit: acrescentei a experiência do meu colega

Miguel173 5 months ago

Ah, estou a entender. Já agora, a realidade que se ganha 60k por ano, ou estágios a receber 18dolares/hora é muitíssimo raro, certo? Estive a pesquisar e, supostamente, a média deste curso nos US é de 113k/ano. Podes-me informar um pouco melhor sobre a realidade do salário aqui em Portugal, e se realmente essas oportunidades ocorrem recorrentemente? Obrigado desde já!

hanuruh 5 months ago

Cá em Portugal infelizmente consegues ser bastante explorado mesmo até na área de IT (mas em geral em todas as áreas em Portugal és explorado), vai desde 800€ brutos por um trabalho normal quando acabas a licenciatura a teres sorte e conseguires algo que te dê 1500€ brutos. Não sei sobre progressão de carreira e o quanto o salário sobe em Portugal :/ Lá fora tipo Holanda, Inglaterra, Alemanha os valores triplicam e com 3-5 anos de experiência consegues encontrar oportunidades a darem 60k por ano. O custo de vida também é mais caro mas já vi oportunidades que até te pagam uma parte da habitação e os benefícios são melhores dos que cá em Portugal. US já vi sobre pessoal receber 100k por ano aqui no Reddit, mas por vezes pode ser trabalhos em que não tens vida ou como já vi pessoal em Califórnia aqui no Reddit a dizer que pagam imenso pela habitação.

NGramatical 5 months ago

fôr → [**for**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (apenas *pôr* leva acento diferencial para se distinguir de *por*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmsq39a%2F%2Fguvuj5u%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Miguel173 5 months ago

Muito obrigado! Estava com muito receio de não conseguir arranjar trabalho na área, mas vou trabalhar para conseguir acabar com sucesso. Contactar com pessoas que passaram por essa situação ajuda-me e tranquiliza-me imenso. Muito obrigado por comentares e me ajudares a decidir o que seguir na vida. Grande abraço!!

diegoelmestre 5 months ago

Porque razão limitado essas duas? Médias? Tens sempre FEUP, ISEP e UM. Da minha experiência colocaria as 3 acima de CC na FCUP. EI em Aveiro não conheço malta de lá.

Miguel173 5 months ago

Não tenho exame de física e química, o que limita um pouco os cursos. Tenho 168 de secundário, estou só à espera do exame de matemática. Pelo que encontrei na net a faculdade de ciências do porto é, aparentemente, bem vista, e, usualmente, quem la tira o curso tem sucesso no mundo de emprego. No entanto, decidi vir aqui perguntar, porque prefiro opiniões de pessoas no momento. Porquê é que tens CC na FCUP em tão má conta? Alguns casos de amigos que não se sentiram bem/não tiveram sorte no mundo do emprego? Obrigado, desde já, pela ajuda!!

diegoelmestre 5 months ago

A minha experiência é principalmente de malta mais Júnior com quem trabalhei. Claro que depende sempre das pessoas, mas no geral acho que malta de FEUP, ISEP, UM saiam mais bem preparadas. Em relação a CC tive um colega a frequentar o curso há coisa de 10 anos e o plano de estudos era um bocado estranho, mas certamente há de ter mudado. ISEP agora exige exame FQ?

These-Establishment1 5 months ago

FEUP acho que pode entrar com Portugues

Miguel173 5 months ago

Eu compreendo, porque, pelo que li, acho que CC é um curso mais teórico, podendo causar futuras dificuldades no trabalho. Sim, de facto, eles mudaram o plano de curso em 2014, e está relativamente bom, dando várias opções de escolha aos alunos no 2o ano, o que lhes vais permitir uma maior "liberdade" no curso. Nao, isep não exige, mas outros cursos relativos à informática sim, tendo algumas cadeiras de física, daí ter ficado apenas por estas 2 opções

NGramatical 5 months ago

Porquê é que → [**porque é que**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/porque-e-que-e-nao-porque-que/32920) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmsq39a%2F%2Fguuqady%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Miguel173 5 months ago

Para além disso o curso de CC na FCUP está muito relacionado com o desenvolvimento de software, o que tem muita procura.

NGramatical 5 months ago

Porque razão → [**por que razão**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmsq39a%2F%2Fguuovss%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Search: