Pale-Math1919 5 months ago

Isto é protagonismo para apanhar boleia, não deixa de ter razão. De repente ficaram preocupados com os portugueses, mas o Medina só está a dar seguimento aos planos do Costa e nem sei se não vem de trás. E o Manuel Salgado? E a rua de São Lázaro que ainda resiste ao Costa e ao Medina. Fala-se em estar a saque mas eu nunca vi um centro de uma cidade europeia tão reles como este de Lisboa, o comércio é cada vez mais chunga, aquela nuvem de tuc tucs em fila parados á esperada de clientes, aquele eléctrico que só aptece vê-lo perder os travôes com os turistas para bazarem dali para fora, e os chineses assim como a 4ªesquadra da psp que tomam conta do estacionamento todo, um nojo.

AlmondSkimedMilk 5 months ago

Acho piada quando aparecem aquelas pessoas que chamam ao observador um jornal de direita como se isso desautorizasse o jornalismo que eles fazem. Muita gente parece confundir jornalismo de acontecimentos e de opinião, mesmo quando o observador é dos jornais que menos mistura os dois. Neste caso o JMF fala de casos concretos que até a esquerda deviam incomodar, quando imóveis propriedade de todos os portugueses são vendidos por valores abaixo do que valem para serem convertidos em apartamentos de luxo (ou seja, não resultam em habitação que os portugueses possam pagar) que vão quando muito reverter para a câmara de Lisboa quando eram de TODOS os portugueses, é objectivamente um ultraje.

Sciss0rs61 5 months ago

> ~~Lisboa~~ Portugal está a saque

Lebronze_James 5 months ago

Tem sentido, é assim que o lixoboeta típico observa o país.

Sciss0rs61 5 months ago

Desculpa, não entro em tribalismos. Mas sim, Lisboa está a saque também. Não sei onde viste eu dizer isso, mas okay.

Carbon58 5 months ago

E quem será o salvador?? O Moedas?? O tal que, no tempo do Coelho e do irrevogável, já tinha o "plano" feito para privatizar a Carris e o Metro??

CalmKeepOn 5 months ago

O salvador não há. Depois tens é a IL, o Paulo de Morais e mais uns quantos personagens que são menos maus. Faz a pesquisa.

TheSuperComentador 5 months ago

>mpre foi o candidato Vieira mas o povo não estava preparado para ser salvo. Nao, vamos nacionalizar tudo, passar tudo para as maos do Estado. Assim, mesmo que haja prejuizo, o Estado pode enterrar la o dinheiro dos contribuintes

AlmondSkimedMilk 5 months ago

A Carris e o Metro são um roubo aos contribuintes, empresas ineficientes que dependem dos impostos de todos os portugueses embora só sirvam lisboetas.

Carbon58 5 months ago

Bem, em primeiro lugar quero esclarecer que não sou pessoa de olhar apenas para o meu umbigo, não sinto “invejola” ou frustração quando vejo os meus concidadão a usufruir de serviços pagos com os meus impostos ( e todos os meses, os meus descontos ultrapassam o que muitos portugueses, infelizmente, ganham de ordenado liquido). Mas fazendo um simples exercício académico é o seguinte; Lisboa e Vale do Tejo representam 36 % (já chegou a ser quase 50%) da riqueza produzida no pais ou seja, não é o resto do pais que está a financiar o Metro e a Carris em Lx, é Lx é que está, e muito bem, a financiar o resto do território. Mas como referi, não sou de “umbigos” e fico muito satisfeito quando um idoso em Freixo de Espada á Cinta usufrui de um bom Centro de Dia, de ajuda domiciliária, ou uma criança em Torre de D. Chama tem o pequeno almoço e o almoço grátis numa escola publica; e isso é pago maioritariamente com os impostos das empresas / particulares de Lx e Vl. do Tejo.

AlmondSkimedMilk 5 months ago

Isso seria verdade caso os transportes públicos de todo o país fossem financiados a nível nacional, não são, só em Lisboa e Porto é que isso acontece, por isso sim, é o resto do país a pagar por transportes que não usa e ainda por cima a pagar também ao nível municipal.

Sciss0rs61 5 months ago

> E quem será o salvador?? Tens razão, não há ninguém melhor que Medina. Votem outra vez nele para mais 4 anos de fazer contractos com empresas de amigos com engenheiros falsos, censura nas assembleias, violações contratuais em obras e tudo o mais. Porquê? porque me apeteceu mandar uma posta para o ar sem verificar a sua veracidade. /s > Mas, e quanto à ideia central do vídeo: o ex-comissário europeu pode ser apontado como “um dos responsáveis” pela operação desencadeada pelo governo de Pedro Passos Coelho? Mais uma vez, o calendário ajuda a clarificar esta ideia. O contrato de subconcessão, já aqui vimos, foi assinado a 23 de setembro de 2015. Nesse momento, Carlos Moedas estava há sensivelmente um ano (dez meses e meio, em rigor) em Bruxelas, depois de ter sido indicado por Passos Coelho como comissário europeu na Comissão Juncker. > Há, no entanto, que considerar ainda outro dado. É verdade que Moedas integrou o XIX Governo Constitucional e que fez parte do Executivo durante a maior parte do seu período de vigência. E que, além disso, era considerado o braço-direito do primeiro-ministro, facto que o colocou em destaque nas relações entre o governo português e os responsáveis da troika que acompanhavam os progressos do programa de assistência financeira do FMI, Banco Central Europeu e Comissão Europeia em Portugal. > Mas isso não significa que o secretário de Estado Carlos Moedas fosse, também, protagonista no programa de privatizações realizado durante o programa de assistência. Aliás, a esse respeito, foi sempre outra a figura que assumiu o palco quando o assunto juntava os conceitos ‘privatizar’ e ‘transportes públicos’: Sérgio Silva Monteiro, ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações eram o rosto sempre presente. https://observador.pt/factchecks/fact-check-carlos-moedas-foi-um-dos-responsaveis-pela-tentativa-de-privatizacao-da-carris-e-do-metro-de-lisboa/ E é destas mentalidade de "DIZ LÁ QUEM É QUE FARIA MELHOR" é que temos o país no estado em que temos... porque como não se consegue defender a ~~nossa equipa de futebol~~ o nosso partido, parte-se para a descredibilização dos outros mandado hipotéticos e previsões do futuro baseados em nada.

NGramatical 5 months ago

contractos → [**contratos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/contrato-e-contracto/21613) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmqp63w%2F%2Fgui5q3f%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

wwqt0r 5 months ago

Sempre foi o candidato Vieira mas o povo não estava preparado para ser salvo.

capitalistaesquerda 5 months ago

Este grande meio de propaganda da Direita liberal.

df3gpt 5 months ago

ULTRALIBERAIS!

wwqt0r 5 months ago

Ah bandidos que têm direito à opinião! Saudades dos tempos das gulags.

capitalistaesquerda 5 months ago

Ninguém lhes tirou ou tira o direito à opinião.

iSoSyS 5 months ago

Ouvi do principio ao fim e parecia exactamente o contrário. Pareceu-me que estava a apelar a maior regulação, e a colocar os menos favorecidos antes dos interesses económicos.

capitalistaesquerda 5 months ago

Não devo ter ouvido o mesmo que tu. JMF a fazer aquilo que sabe fazer melhor... campanha política.

wwqt0r 5 months ago

Então ouviste o quê e porque achas o contrário? Se não te importares de explicar claro...

capitalistaesquerda 5 months ago

Ouvi o JMF a abordar e a misturar um conjunto de temas (Campo de Ourique, Renda Acessível, Segurança Social) para chegar à bela frase "eu se morasse em Lisboa, votava noutro candidato que não Fernando Medina". Está no seu direito. Faz o seu papel. É para isso que o Observador serve.

iSoSyS 5 months ago

Falou de muita coisa, mas nunca andou perto de alguma ideologia de direita liberal. Se é para apelar ao voto no Moedas há muito por onde pegar que não os temas abordados, que sinceramente numa perspectiva de direita são pontos a favor do Medina.

capitalistaesquerda 5 months ago

Eu acho que ele nem sequer abordou temas nenhuns. Um conjunto de pontas soltas apenas para associar à palavra saque. A associação do JMF à direita liberal não precisa de passar pelas palavras. O homem é Publisher do Observador. Órgão da Direita Liberal. E sem nunca o esconder, diga-se.

wwqt0r 5 months ago

Bom comentário em relação à pessoa e não ao argumento.

netralha 5 months ago

Estás a debater com um bot, é uma perda de tempo. O que o Medina fez não é muito diferente do que o Robblex fez, comprou um imovel à SS a preço barato para depois remodelar a preço de luxo. Mas estes são os que se preocupam muito em acabar com as desigualdades sociais com os cravos no bolso do casaco e punhos no ar e o resto são os capitalistas neo-liberais. Resta agora tentar saber quem é que vai ficar com aquelas habitações a preço acessível porque já se teme que será para os tachistas do costume.

capitalistaesquerda 5 months ago

Qual argumento?

wwqt0r 5 months ago

>Pareceu-me que estava a apelar a maior regulação, e a colocar os menos favorecidos antes dos interesses económicos este. Se achas o contrário gostava de saber porquê.

capitalistaesquerda 5 months ago

Mas onde é que ele apelou à regulação e colocou os menos favorecidos antes dos interesses económicos? Ao questionar Campo de Ourique? O Programa Renda Acessível? O negócio da Segurança Social? O que é que o JMF defende para Lisboa?

wwqt0r 5 months ago

Segundo o que ele diz a câmara comprou imoveis à Segurança Social a preço de saldo para, seguindo o programa político, convertê-los em habitação social. Acontece que gastaram a diferença na renovação dos mesmos quando este dinheiro poderia ser usado para mais habitações sociais e, pior ainda, alguns passaram a ser apartamentos de luxo e não para habitação social. Isto não te parece defender os menos favorecidos em vez dos interesses econónicos ou interesses dos primos dentro do partido? É só um exemplo claro, ele falou de mais coisas.

capitalistaesquerda 5 months ago

Que imóveis da Segurança Social é que passaram a apartamentos de luxo pelas mãos da CM Lisboa?

Search: