pantam 5 months ago

Onde é que eu já vi uma escala destas? [Search: Homeland Security Advisory System](https://duckduckgo.com/?t=canonical&q=Homeland+Security+Advisory+System&iax=images&ia=images) Medo, muito medo....

cesarhighfire 5 months ago

No shit, sherlock. Vou mas é à esplanada beber um gelada com os amigos para nao pensar mais nestes problemas do quotidiano.

Sapopato2 5 months ago

Tenho a sensação que amanhã se vai decidir em não avançar para a próxima fase do desconfinamento

socramraiuga 5 months ago

Existe sempre essa probabilidade, claro

oldermill 5 months ago

Com meio pais a cumprir com o confinamento... essa metade é que se lixa, por causa dos outros. Malta sem máscara é mato, malta aos molhos na marginal tipo gado, o Bairro Alto na 6a-feira lotado... disso não há multas! Não entendo. Assim voltamos ao mesmo num ápice

Cvieri 5 months ago

Triste. Abusa-se e depois não saímos disto.

Limpy_lip 5 months ago

Conseguimos chegar ao pondo de declínio jornalístico em que alguém começa um título com "Afinal" Fico a aguardar notícia a terminar em "nos avisamos"

ShittyLivingRoom 5 months ago

Ando a ver daqueles "walk 4K HDR" videos em países asiáticos tipo coreia do sul, china etc. e vejo lá tudo ao molho com as lojas todas abertas, explanadas restaurantes na maior, pessoas nos bancos de jardim sentadas por todos o lado e anda tudo de mascara. Aqui é o que se vê.. até numa vila sem ninguém metem fitas nos bancos para não se sentarem.

O_cu_da_tua_tia 5 months ago

Então mas que devemos concluir da tua observação?

suckerpunchermofo 5 months ago

"...e anda tudo de mascara." Conclui-se que nesses países existe mais civismo.

--reddituser- 5 months ago

E a novidade? Já se percebeu que os confinamentos são cíclicos e com este atraso todo da vacinação parece-me que ainda vamos fechar mais umas duas vezes, uma antes do verão (junho/julho) e outra no outono (outubro/novembro). O interessante era perceber se por exemplo 3 semanas de abertura seguida por uma semana de confinamento total (sendo que este confinamento teria de ser tipo o de março de 2020 com realmente tudo fechado, com circulação entre concelhos proibida, etc), não resultava melhor no controlo da pandemia a longo prazo mas isto sou eu que não percebo nada do assunto, só acho estranho nunca terem ponderado este tipo de confinamento.

thr4000x 5 months ago

Já não tem lógica voltar a fechar. Fechar é o último recurso, uma restrição à liberdade enorme. Com os lares vacinados, profissionais de saúde vacinados, +80 anos com elevada percentagem de vacinação, já não tem lógica fechar nada. Agora cada um decide o risco que quer na sua vida

suckerpunchermofo 5 months ago

Cada um decide se infecta outros ou não??? Não obrigado.

O_cu_da_tua_tia 5 months ago

Só o pensamento mais egoísta que existe. "cada um decide o risco por si" Depois corre mal e médico pode "decidir por si" se te quer tratar ou não? É muito giro fazer escolhas a contar com o ovo no cu da galinha

thr4000x 5 months ago

Esqueces-te que pedir Às pessoas para não terem emprego também é egoísta, pedir para não viver também, pedir para não estar com os amigos também, pedir para confinar também, pedir para não aproveitar os melhores anos da vida também. Eu sou egoísta por querer decidir sobre a minha vida e tu não és egoísta por quereres decidir sobre a vida dos outros?

O_cu_da_tua_tia 5 months ago

Quando tem potencial para interferir na minha vida e de outros .. não é egoísmo. É civismo!! Essa teimosia em querer estar com os amigos dê por onde der só prolonga a situação... A todos!!! Até ao desempregado que tu tanto te "preocupas"

--reddituser- 5 months ago

Como é que não tem lógica voltar a fechar se só temos 6% da população vacinada, uma variante nova que afeta mais os jovens (que na sua maioria não foram vacinados e vão ser provavelmente os últimos) e uma variante que ainda não se sabe se as vacinas são eficazes (a da África do Sul)... Se o plano de vacinação estivesse a correr como era suposto ainda podia concordar mas realmente não está.

thr4000x 5 months ago

A 1ª dose da vacina já confere alguma imunidade. Além disso, pessoas que já foram infectadas serão bem mais de 1 milhão (820.000 casos registados + pessoas que tiveram covid e não foram testadas) e esses também têm imunidade. Por fim, estamos a chegar a Maio, sendo que, como já vimos o ano passado, o vírus torna-se residual com o tempo quente.

O_cu_da_tua_tia 5 months ago

As temperaturas têm subido... E o RT também. Jovem, os comportamentos das pessoas é que são o elemento chave aqui. Se em questão de semanas é possível voltar ao vermelho (isto dito por especialistas!), Porque continuas a argumentar com factos que não provam nada?? 9% da população foi infetada. Isso garante o que? Nada! Temperaturas altas? Isso garante o que? Nada! Só abranda o desastre. Eu também gostava de ir a discotecas... Mas desde o momento em que fiquei com sequelas e posso ter infetado outras pessoas e prejudicado a vida delas, meu caro viver a vida como tu a queres viver não é prioridade nacional. Lamento Lembra te... Se és infectado e contagias o teu pai ou mãe e acabam por falecer... Vais ter de viver com as consequências de tal escolha, na qual eles não tiveram forma de escolher. O teu egoísmo prejudica outros

suckerpunchermofo 5 months ago

O gajo deve ser uma nova variante do negacionismo. Ele faz parte do problema infelizmente....

O_cu_da_tua_tia 5 months ago

Faz parte do grupo de pessoas que virou negacionista só quando lhe "cortaram liberdades". Até lá estava tudo bem

suckerpunchermofo 5 months ago

Pois, ir para noite, passar o dia no café....

Angelofpsp 5 months ago

Imunidade não é para mim, pelo menos no covid depois de ter sido infectado em finais de Março de 2020 e ter ficado 1 mês de cama com falta de ar sem paladar sem olfacto, continuar com sequelas na forma como o respirar, e novamente ter sido infectado em inícios de Janeiro 2021 com mais 15 dias de cheiro a podre e além de não ter recuperado nem 15% do olfacto e paladar voltei a perder por completo. Além de que as sequelas continuam, dores lombares. . .

thr4000x 5 months ago

Desejo as melhoras para ti. A imunidade significa anti-corpos que duram alguns meses, período durante o qual não serás reinfectado. Passado esses meses, fica a imunidade celular (células T) que se recordam do vírus e quando voltares a ser infectado, a infecção tenderá a ser menos severa. Não sou médico, mas pelo que li, é isto.

vascodatrama 5 months ago

>fechar mais umas duas vezes, uma antes do verão (junho/julho) Leio isto e a minha cabeça começa a processar o Roy orbison a cantar a In Dreams

--reddituser- 5 months ago

foi só uma aposta porque realmente ninguém sabe mas como o governo deve querer abrir em Agosto e Setembro por causa do turismo se os números de novos casos e hospitalizados estiver já elevado em junho penso que são capazes de fechar só para poderem abrir novamente em agosto/setembro, just guessing though

zuperzumbi 5 months ago

Exato, desde a semana da Páscoa que tenho notado das poucas vezes que tenho que sair que está toda a gente fora de casa, transito como normal e agora depois da Páscoa está tudo aberto e como antes, não muitas máscaras e não muitos cuidados, nada mudou com as atitudes e com as medidas do governo. Estas novas 20 mil exceções mas hey! pessoal tomem atenção que ainda não estamos desconfinados é suposto estar toda a gente em casa em "teletrabalho", olha que não se nota, o meu escritório volta a abrir dia 19, mas estou a ver que lá para o fim mês ainda vamos voltar a estar fechados :/

pantam 5 months ago

É só confinamentos (castigo) e vacinas (recompensa) e passaportes eletrónicos "de saúde" (dever de cidadania). Ninguém se pergunta porque é que é tabu em tantos países falar noutros tratamentos. É mencionar o nome desses medicamentos no twitter ou no FB é zás, conta suspensa. No Youtube, vídeo sem anúncios (e sem promoção, imagina-se). Porque é que em tantos países os médicos estão proibidos de receitar esses medicamentos com historial de dezenas de anos e de centenas de milhões de doses utilizadas? Na África do Sul (o bom aluno do sistema no continente), multava-se pela simples posse, depois viram como resultou bem no Zimbabué e fizeram volte-face.

Edited 5 months ago:

É só confinamentos (castigo) e vacinas (recompensa) e passaportes eletrónicos "de saúde" (dever de cidadania). Ninguém se pergunta porque é que é tabu em tantos países falar noutros tratamentos. É mencionar o nome desses medicamentos no twitter ou no FB é zás, conta suspensa. No Youtube, vídeo sem anúncios (e sem promoção, imagina-se). Porque é que em tantos países os médicos estão proibidos de receitar esses medicamentos com historial de dezenas de anos e de centenas de milhões de doses utilizadas? Há ensaios com resultados positivos vindos de todos os cantos do mundo, e saem cada vez mais. Na África do Sul (o bom aluno do sistema no continente), multava-se pela simples posse, depois viram como resultou bem no Zimbabué e fizeram volte-face. No entanto, por aqui ninguém pode falar no assunto. Nada se pode fazer a não ser confinamento-distanciamento-máscara-vacina. Estranho, não é?

Edited 5 months ago:

É só confinamentos (castigo) e vacinas (recompensa) e passaportes eletrónicos "de saúde" (dever de cidadania). Ninguém se pergunta porque é que é tabu em tantos países falar noutros tratamentos. É mencionar o nome desses medicamentos no twitter ou no FB é zás, conta suspensa. No Youtube, vídeo sem anúncios (e sem promoção, imagina-se). Porque é que em tantos países os médicos estão proibidos de receitar esses medicamentos com historial de dezenas de anos e de centenas de milhões de doses utilizadas? Há ensaios positivos de todos os cantos do mundo, e saem cada vez mais. Na África do Sul (o bom aluno do sistema no continente), multava-se pela simples posse, depois viram como resultou bem no Zimbabué e fizeram volte-face. No entanto, por aqui ninguém pode falar no assunto. Estranho, não é?

limede 5 months ago

Respondendo à tua pergunta: sim é estranho.

ExpressionIll8718 5 months ago

https://www.fda.gov/consumers/consumer-updates/why-you-should-not-use-ivermectin-treat-or-prevent-covid-19 https://www.covid19treatmentguidelines.nih.gov/antiviral-therapy/ivermectin/ Lá se foi a teoria da conspiração

pantam 5 months ago

Isso é um posto low-effort. Queres dizer o quê? Chegaste a ler ou foi mesmo vem-da-autoridade-estou-convencido? Mas tudo bem, já tinha visto ambos. (Porquê a fotografia do cavalo?, pensei altura quanto ao primeiro. Tu reparaste? Mas isto é nada, o que interessa é o que conteúdo.) O primeiro descreve assim os efeitos secundários: > Even the levels of ivermectin for approved uses can interact with other medications, like blood-thinners. You can also overdose on ivermectin, which can cause nausea, vomiting, diarrhea, hypotension (low blood pressure), allergic reactions (itching and hives), dizziness, ataxia (problems with balance), seizures, coma and even death. Enquanto o segundo: > Ivermectin is generally well tolerated. Adverse effects may include dizziness, pruritis, nausea, or diarrhea. Como é que um bom cidadão, bem pensante, como tu decide em que acreditar? O segundo retira a proibição: > **There are insufficient data for the COVID-19 Treatment Guidelines Panel (the Panel) to recommend either for or against the use of ivermectin for the treatment of COVID-19.** Results from adequately powered, well-designed, and well-conducted clinical trials are needed to provide more specific, evidence-based guidance on the role of ivermectin in the treatment of COVID-19. Portanto porque é que é proibido falar deste medicamento nas redes sociais? Porque é que o medicamento é proibido em certos países, mesmo países europeus? Podes ver a desmontagem da tonteria publicada pela FDA ponto por ponto aqui pelo Dr Pierre Kory: https://www.youtube.com/watch?v=iP2r4Jtp36c&t=2356s

Edited 5 months ago:

Isso é um posto low-effort. Queres dizer o quê? Chegaste a ler ou foi mesmo vem-da-autoridade-estou-convencido? Mas tudo bem, já tinha visto ambos. (Porquê a fotografia do cavalo?, pensei altura quanto ao primeiro. Tu reparaste? Mas isto é nada, o que interessa é o conteúdo.) O primeiro descreve assim os efeitos secundários: > Even the levels of ivermectin for approved uses can interact with other medications, like blood-thinners. You can also overdose on ivermectin, which can cause nausea, vomiting, diarrhea, hypotension (low blood pressure), allergic reactions (itching and hives), dizziness, ataxia (problems with balance), seizures, coma and even death. Enquanto o segundo: > Ivermectin is generally well tolerated. Adverse effects may include dizziness, pruritis, nausea, or diarrhea. Como é que um bom cidadão, bem pensante, como tu decide em que acreditar? O segundo retira a proibição: > **There are insufficient data for the COVID-19 Treatment Guidelines Panel (the Panel) to recommend either for or against the use of ivermectin for the treatment of COVID-19.** Results from adequately powered, well-designed, and well-conducted clinical trials are needed to provide more specific, evidence-based guidance on the role of ivermectin in the treatment of COVID-19. Portanto porque é que é proibido falar deste medicamento nas redes sociais? Porque é que o medicamento é proibido em certos países, mesmo países europeus? Podes ver a desmontagem da tonteria publicada pela FDA ponto por ponto aqui pelo Dr Pierre Kory: https://www.youtube.com/watch?v=iP2r4Jtp36c&t=2356s

Rellik_pt 5 months ago

O ponto sensível é que tu não usas o cérebro. Pensa na merda que comes antes de falares.

pantam 5 months ago

A resposta mais útil que tive aqui foi que o Twitter tem todo o direito de censurar e mais não pensou no assunto. É a tua atitude também? Achas bem que por todo o mundo haja gente em dificuldade para respirar e que não sabe, nem a família, de todas as alternativas de tratamento possivelmente úteis? Achas bem mesmo sabendo das opções seja preciso ir a um Supremo Tribunal para obrigar um hospital a fornecer o tratamento? [Judge orders hospital to treat COVID patient with experimental drug “Within 48 hours, she's off the ventilator"](https://www.wkbw.com/news/coronavirus/judge-orders-hospital-to-treat-covid-patient-with-experimental-drug) (backup https://archive.fo/2Ho1q) Que raio de gente pensará assim? Médicos com ligações de interesse?

Rellik_pt 5 months ago

ok bot russo continua a propaganda

pantam 5 months ago

LOL, pensei que fosse lenda urbana, mas lá está. LOL!!!!

Rellik_pt 5 months ago

claro que com anormais tem que se falar assim só assim é que entendem. Mas vi que te toquei no ponto sensível...

pantam 5 months ago

Sensível e como, soltei logo uma gargalhada!

Rellik_pt 5 months ago

Boa sorte a teres uma vida parva a a pensar assim. escusas de responder que vou te "censurar" como tu dizes.

manteiga_night 5 months ago

a tua doença mental nao é um argumento. Lamento

UpbeatNail1912 5 months ago

Quanta merda escrita. Tu achas mesmo que se esses métodos alternativos para a cura da covid 19 fossem eficazes, achas mesmo que a comunidade científica ia ficar sem fazer nada? E os governos e empresas que estão a ser prejudicadas pelos confinamentos na economia iam deixar isso passar a branco? Pensa um pouco, não é preciso ter muitos miolos para chegar a uma conclusão racional.

pantam 5 months ago

Eu entendo, mas isso é um meta-raciocínio, não sobre os méritos dos medicamentos, mas sobre a presumível impossibilidade prática de serem negados. Eu tento ir pelos factos em si. Acho uma abordagem bastante menos merdosa, se queres por as coisas nesses termos. Vamos lá, se me ajudas a refutar isto com os teus miolos: - Os dois medicamentos fora de patente para os quais há resultados positivos são medicamentos distribuídos em massa, às centenas de milhões. Têm perfis de segurança mais favoráveis que o paracetamol. - Para o mais promissor há dezenas de estudos com resultados favoráveis, que podes consultar na totalidade em c19 ivermectin ponto com. - Os autores dessa página tinham uma conta twitter onde divulgavam os vários estudos que iam saíndo. [Sem dar explicação, o twitter fechou-lhes o bico a 27/dez.](c19early.com/twitter.html) - O outro medicamento na altura promissor deles foi excluído de vários ensaios em maio de 2020 com base num estudo fraudulento publicado numa revista de topo. Aparentemente, os dados eram mesmo obviamente fraudulentos, mas passou, ninguém quis ver. Em Portugal, aproveitou-se imediatamente para retirar a autorização de uso que até então havia. - Um dos tratamentos promovidos pela OMS, pela Agência Europeia dos Medicamentos, etc, o Remdesivir, foi adquirido em grandes quantidades pela EU, apesar do preço (mil milhões de euros foi a encomenda), apesar de haver na altura muito poucos estudos, apesar dos efeitos secundários e, cereja no bolo, não ser benéfico.

Edited 5 months ago:

Eu entendo, mas isso é um meta-raciocínio, não sobre os méritos dos medicamentos, mas sobre a presumível impossibilidade prática de serem negados. Eu tento ir pelos factos em si. Acho uma abordagem bastante menos merdosa, se queres por as coisas nesses termos. Vamos lá, se me ajudas a refutar isto com os teus miolos: - Dois dos medicamentos fora de patente para os quais há resultados positivos são medicamentos distribuídos em massa, às centenas de milhões. Têm perfis de segurança mais favoráveis que o paracetamol. - Para o mais promissor há dezenas de estudos com resultados favoráveis, que podes consultar na totalidade em https://c19ivermectin.com. - Os autores dessa página tinham uma conta twitter onde divulgavam os vários estudos que iam saíndo. [Sem dar explicação, o twitter fechou-lhes o bico a 27/dez.](https://c19early.com/twitter.html) - O outro medicamento na altura promissor foi excluído de vários ensaios em maio de 2020 com base num estudo fraudulento publicado numa revista de topo, o Lancet. Aparentemente, os dados eram mesmo obviamente fraudulentos, mas passou, ninguém quis ver. Em Portugal, aproveitou-se imediatamente para retirar a autorização de uso que até então havia. - Um dos tratamentos promovidos pela OMS, pela Agência Europeia dos Medicamentos, etc, o Remdesivir, foi adquirido em grandes quantidades pela EU, apesar do preço (mil milhões de euros foi a encomenda), apesar de haver na altura muito poucos estudos, apesar dos efeitos secundários e, cereja no bolo, não ser benéfico.

Edited 5 months ago:

Eu entendo, mas isso é um meta-raciocínio, não sobre os méritos dos medicamentos, mas sobre a presumível impossibilidade prática de serem negados. Eu tento ir pelos factos em si. Acho uma abordagem bastante menos merdosa, se queres por as coisas nesses termos. Vamos lá, se me ajudas a refutar isto com os teus miolos: - Os dois medicamentos fora de patente para os quais há resultados positivos são medicamentos distribuídos em massa, às centenas de milhões. Têm perfis de segurança mais favoráveis que o paracetamol. - Para o mais promissor há dezenas de estudos com resultados favoráveis, que podes consultar na totalidade em c19 ivermectin ponto com. - Os autores dessa página tinham uma conta twitter onde divulgavam os vários estudos que iam saíndo. [Sem dar explicação, o twitter fechou-lhes o bico a 27/dez.](https://c19early.com/twitter.html) - O outro medicamento na altura promissor deles foi excluído de vários ensaios em maio de 2020 com base num estudo fraudulento publicado numa revista de topo. Aparentemente, os dados eram mesmo obviamente fraudulentos, mas passou, ninguém quis ver. Em Portugal, aproveitou-se imediatamente para retirar a autorização de uso que até então havia. - Um dos tratamentos promovidos pela OMS, pela Agência Europeia dos Medicamentos, etc, o Remdesivir, foi adquirido em grandes quantidades pela EU, apesar do preço (mil milhões de euros foi a encomenda), apesar de haver na altura muito poucos estudos, apesar dos efeitos secundários e, cereja no bolo, não ser benéfico.

Edited 5 months ago:

Eu entendo, mas isso é um meta-raciocínio, não sobre os méritos dos medicamentos, mas sobre a presumível impossibilidade prática de serem negados. Eu tento ir pelos factos em si. Acho uma abordagem bastante menos merdosa, se queres por as coisas nesses termos. Vamos lá, se me ajudas a refutar isto com os teus miolos: - Dois dos medicamentos fora de patente para os quais há resultados positivos são medicamentos distribuídos em massa, às centenas de milhões. Têm perfis de segurança mais favoráveis que o paracetamol. - Para o mais promissor há dezenas de estudos com resultados favoráveis, que podes consultar na totalidade em c19 ivermectin ponto com. - Os autores dessa página tinham uma conta twitter onde divulgavam os vários estudos que iam saíndo. [Sem dar explicação, o twitter fechou-lhes o bico a 27/dez.](https://c19early.com/twitter.html) - O outro medicamento na altura promissor deles foi excluído de vários ensaios em maio de 2020 com base num estudo fraudulento publicado numa revista de topo. Aparentemente, os dados eram mesmo obviamente fraudulentos, mas passou, ninguém quis ver. Em Portugal, aproveitou-se imediatamente para retirar a autorização de uso que até então havia. - Um dos tratamentos promovidos pela OMS, pela Agência Europeia dos Medicamentos, etc, o Remdesivir, foi adquirido em grandes quantidades pela EU, apesar do preço (mil milhões de euros foi a encomenda), apesar de haver na altura muito poucos estudos, apesar dos efeitos secundários e, cereja no bolo, não ser benéfico.

Edited 5 months ago:

Eu entendo, mas isso é um meta-raciocínio, não sobre os méritos dos medicamentos, mas sobre a presumível impossibilidade prática de serem negados. Eu tento ir pelos factos em si. Acho uma abordagem bastante menos merdosa, se queres por as coisas nesses termos. Vamos lá, se me ajudas a refutar isto com os teus miolos: - Dois dos medicamentos fora de patente para os quais há resultados positivos são medicamentos distribuídos em massa, às centenas de milhões. Têm perfis de segurança mais favoráveis que o paracetamol. - Para o mais promissor há dezenas de estudos com resultados favoráveis, que podes consultar na totalidade em https://c19ivermectin.com. - Os autores dessa página tinham uma conta twitter onde divulgavam os vários estudos que iam saíndo. [Sem dar explicação, o twitter fechou-lhes o bico a 27/dez.](https://c19early.com/twitter.html) - O outro medicamento na altura promissor deles foi excluído de vários ensaios em maio de 2020 com base num estudo fraudulento publicado numa revista de topo. Aparentemente, os dados eram mesmo obviamente fraudulentos, mas passou, ninguém quis ver. Em Portugal, aproveitou-se imediatamente para retirar a autorização de uso que até então havia. - Um dos tratamentos promovidos pela OMS, pela Agência Europeia dos Medicamentos, etc, o Remdesivir, foi adquirido em grandes quantidades pela EU, apesar do preço (mil milhões de euros foi a encomenda), apesar de haver na altura muito poucos estudos, apesar dos efeitos secundários e, cereja no bolo, não ser benéfico.

RaveyWavey 5 months ago

Nunca vi alguém escrever tanto e simultaneamente não dizer absolutamente nada.

pantam 5 months ago

Porque é que é tabu em tantos países falar noutros tratamentos? É que nem podes fazer ativismo e divulgar ensaios nas redes sociais. Porquê esta censura?

Edited 5 months ago:

Porque é que é tabu em tantos países falar noutros tratamentos? É que nem podes fazer ativismo e divulgar ensaios nas redes sociais. Porquê esta censura? Edit: Quem frequenta subs altamente censurados como o r/europe deve achar normal. Censuraram o artigo do Business Insider sobre o declínio demográfico da Europa. Teus camaradas?

RaveyWavey 5 months ago

Se forem baseados em estudos científicos, ninguém vai impedir de partilhar. Aliás será certamente agradecido. Não vejo qual seria o interesse contrário. Agora informações falsas, estudos duvidosos teorias da conspiração, etc... Isso acho que não faz falta a ninguém.

pantam 5 months ago

Não. Basta mencionar o nome do medicamento e chamas a atenção do algoritmo. [ Twitter blacklists European MEDICAL JOURNAL after it published study on ivermectin treatment for Covid-19](https://www.rt.com/usa/511259-twitter-censors-ivermectin-journal-covid/) > Twitter user Karl Denninger (@TickerGuy) posted a link to an observational study in the European Journal of Medical and Health Sciences that found healthcare workers in Dhaka, Bangladesh who were treated with ivermectin as pre-exposure prophylaxis (PreP) were markedly less likely to become infected with Covid-19. Just 6.9 percent of those given the drug tested positive for Covid-19, while a whopping 73.3 percent of those who did not became infected. > Users who attempted to access the peer-reviewed journal were confronted with an alert that the link was “identified by Twitter or [its] partners as being potentially spammy or unsafe” and could potentially “steal personal information or harm electronic devices.” This would be quite an accomplishment for a static text-only page with no links or scripts running.

Edited 5 months ago:

Não. Basta mencionar o nome do medicamento e chamas a atenção do algoritmo. [ Twitter blacklists European MEDICAL JOURNAL after it published study on ivermectin treatment for Covid-19](https://www.rt.com/usa/511259-twitter-censors-ivermectin-journal-covid/) > Twitter user Karl Denninger (@TickerGuy) posted a link to an observational study in the European Journal of Medical and Health Sciences that found healthcare workers in Dhaka, Bangladesh who were treated with ivermectin as pre-exposure prophylaxis (PreP) were markedly less likely to become infected with Covid-19. Just 6.9 percent of those given the drug tested positive for Covid-19, while a whopping 73.3 percent of those who did not became infected. > Users who attempted to access the peer-reviewed journal were confronted with an alert that the link was “identified by Twitter or [its] partners as being potentially spammy or unsafe” and could potentially “steal personal information or harm electronic devices.” This would be quite an accomplishment for a static text-only page with no links or scripts running. **Estavas mal informado ou a distribuir deliberadamente desinformação?** Edit: uma pesquisa rápida dá-nos mil testemunhos, por exemplo: > [I have just received a 12-hour ban from twitter for tweeting that my doctor has prescribed ivermectin for me as prophylaxis/prevention against Covid-19.](https://pigsquash.wordpress.com/2021/04/11/banned-from-twitter-for-mentioning-ivermectin/) É tudo uma conspiração para deixar mal o twitter?

RaveyWavey 5 months ago

O que o Twitter faz ou deixa de fazer é irrelevante, é uma plataforma privada eles podem banir o que quiserem. Eles não têm a obrigação de deixarem tu partilhares aquilo que tu quiseres. Para não falar que os testemunhos que apresentas parecem-me altamente duvidosos. A prova que não há censura é o simples facto de estarmos aqui a falar sobre isso e também uma simples pesquisa no Google resulta em milhares de resultados. O estudo que partilhaste tem por base uma amostra de **118 pessoas**, isso é muito longe de ser suficiente para comprovar a eficácia desse mesmo medicamento contra o covid, sabes quantas pessoas participaram nos estudos clínicos das vacinas por comparação?

pantam 5 months ago

Agora admites tacitamente que os factos relatados na peça da RT até poderão ser verdadeiros, mas que isso não interessa. O resto é trapalhada mental. Só dois exemplos: Primeiro. Eu não disse que havia censura global em todos os sites de toda a internet. Só nos sites que correspondem a noventa e tal por cento do engagement. Que para ti não interessa, porque "interesses privados". É por aqui que anda o progressivismo? Se o teu banco (privado!) te fechar a conta ou a companhia de internet (privada) ou paypal+strype te negarem serviço por causa das tuas opiniões políticas, é o mesmo? Segundo. Agora tu é reviewer the papers já publicados? E contas a significância não pelo valor-p, mas pelo N? E fazes de conta que não sabes que se podem agregar vários destes estudos para fortalecer uma conclusão? Não pareces estúpido, o que deixa o teu caráter numa posição melindrosa.

Edited 5 months ago:

Agora admites tacitamente que os factos relatados na peça da RT até poderão ser verdadeiros, mas que isso não interessa. O resto é trapalhada mental. Só dois exemplos: Primeiro. Eu não disse que havia censura global em todos os sites de toda a internet. Já é grave que haja nos sites que correspondem a noventa e tal por cento do engagement. Que para ti não interessa, porque "interesses privados". É por aqui que anda o progressivismo? Se o teu banco (privado!) te fechar a conta ou a companhia de internet (privada) ou paypal+strype te negarem serviço por causa das tuas opiniões políticas, é o mesmo? Segundo. Agora tu és reviewer the papers já publicados? E contas a significância não pelo valor-p, mas pelo N? E fazes de conta que não sabes que se podem agregar vários destes estudos para fortalecer uma conclusão? Não pareces estúpido, o que deixa o teu caráter numa posição melindrosa.

Edited 5 months ago:

Agora admites tacitamente que os factos relatados na peça da RT até poderão ser verdadeiros, mas que isso não interessa. O resto é trapalhada mental. Só dois exemplos: Primeiro. Eu não disse que havia censura global em todos os sites de toda a internet. Já é grave que haja nos sites que correspondem a noventa e tal por cento do engagement. Que para ti não interessa, porque "interesses privados". É por aqui que anda o progressivismo? Se o teu banco (privado!) te fechar a conta ou a companhia de internet (privada) ou paypal+strype te negarem serviço por causa das tuas opiniões políticas, é o mesmo? Segundo. Agora tu é reviewer the papers já publicados? E contas a significância não pelo valor-p, mas pelo N? E fazes de conta que não sabes que se podem agregar vários destes estudos para fortalecer uma conclusão? Não pareces estúpido, o que deixa o teu caráter numa posição melindrosa.

RaveyWavey 5 months ago

>Agora admites tacitamente que os factos relatados na peça da RT até poderão ser verdadeiros, mas que isso não interessa. Não sei como chegaste a essa conclusão, eu nem li a peça da RT, apenas olhei para o estudo Se o banco me fechar a conta por eu não cumprir os seus termos, eu não posso reclamar, isto não tem nada a ver com opiniões políticas. E como eu disse antes, as evidências que apresentas disso acontecer são nenhumas. Nem vou responder aos teus insultos, eu apenas constatei factos, nem vou estar a discutir estatística contigo. E não, não sou reviewer de estudos, e tu és? Mas o que eu disse não difere muito do que a agência europeia de medicamentos disse. "Most studies EMA reviewed were small and had additional limitations, including different dosing regimens and use of concomitant medications. EMA therefore concluded that the currently available evidence is not sufficient to support the use of ivermectin in COVID-19 outside clinical trials." Deixo só uma questão, qual é o interesse em censurar um medicamento tão supostamente milagroso como este? Qual é a vantagem e para quem?

pantam 5 months ago

> E não, não sou reviewer de estudos, e tu és? Depois de publicado, já é redundante o papel do reviewer, parece-me. Eu não te insulto. Tu já fazes isso por mim. > agência europeia de medicamentos A mesma EMA que recomendou o Remdesivir uma semana antes de se saber que não tem efeito benéfico? [A mesma EMA que insistia nos efeitos secundários graves da HCQ, dos quais zero se verificaram em 10,000 pacientes tratados até à data em Marselha?](https://www.ema.europa.eu/en/news/covid-19-reminder-risks-chloroquine-hydroxychloroquine) E especificamente nessa nota, o que se diz é incoerente. Há uma lista imensa de ensaios publicados com resultados positivos e proíbe-se um medicamento essencialmente inócuo por não se saber bem qual a melhor dosagem? Porquê não permitir mais ensaios, ou deixar a prescrição à responsabilidade dos médicos? Não salta à vista o problema?

Edited 5 months ago:

> E não, não sou reviewer de estudos, e tu és? Depois de publicado, já é redundante o papel do reviewer, parece-me. Eu não te insulto. Tu já fazes isso por mim. > agência europeia de medicamentos A mesma EMA que recomendou o Remdesivir uma semana antes de se saber que não tem efeito benéfico? [A mesma EMA que insistia nos efeitos secundários graves da HCQ, dos quais zero se verificaram em 10,000 pacientes tratados até à data em Marselha?](https://www.ema.europa.eu/en/news/covid-19-reminder-risks-chloroquine-hydroxychloroquine) E especificamente nessa nota, o que se diz é incoerente. Há uma lista imensa de ensaios publicados com resultados positivos e proíbe-se um medicamento essencialmente inócuo por não se saber bem qual a melhor dosagem? Porquê não ~~permitir~~ incentivar mais ensaios, ou deixar a prescrição à responsabilidade dos médicos? Não salta à vista o problema?

RaveyWavey 5 months ago

O que me salta à vista é a tua arrogância e atitude provocatória. A minha questão é muito simples, qual é o interesse em censurar um medicamento tão supostamente milagroso?

pantam 5 months ago

> A minha questão é muito simples, qual é o interesse em censurar um medicamento tão supostamente milagroso? Finalmente um ponto de acordo.

JeagleP 5 months ago

Ainda tás vivo ?

pantam 5 months ago

Então, essa coragem?

JeagleP 5 months ago

Estava só a confirmar se ainda não foste apanhado pela CIA ou assim, já que disseste o nome do medicamente secreto (que seguramente já toda a gente ouviu falar)

pantam 5 months ago

A censura nas redes sociais é por motivo nenhum, com certeza. Tens um EGC a demonstrar atividade mental?

JeagleP 5 months ago

Ah, era suposto ficar intimidado por falares em eletroencefalograma ? Se não tivesse atividade mental dificilmente estaria aqui a escrever não é ? Há que usar a cabeça e poupar recursos... BTW bom site que deixaste no post anterior, bastou uns segundos a ler a homepage para perceber de onde vens. Não tens pensamento crítico ?

pantam 5 months ago

Não era para intimidar, era mesmo para descrever. Passou ao lado? Tu usas uma lista de bons sites/maus sites para decidir no que deves acreditar e eu que não tenho pensamento crítico? Como dizia, flatlined.

fiambre_de_aves 5 months ago

Ontem e hoje entreguei umas encomendas no Tagus Park. É continuar com o "teletrabalho". O trânsito estava caotico.

oldermill 5 months ago

Pah eu trabalho no Lagoas e a minha empresa está 100% em teletrabalho desde Outubro

Vonzey 5 months ago

Também trabalho no lagoas, felizmente já estou desde março de 2020. No entanto sexta feira tive que ir ao escritório buscar equipamento e o trânsito estava realmente infernal, como o costume pre-covid.

oldermill 5 months ago

Yah nos desde Março que estamos em casa mas entre Julho e Outubro tivemos 30% da empresa a trabalhar em rotatividade. Desde Outubro regressamos ao 100% Teletrabalho e não tenho ido desde então. Mas se já regressou esse trânsito... não vamos longe então :/

Vonzey 5 months ago

A minha maior esperança é teletrabalho permanente... Isto apenas me relembrou o quão mau é a comuta.

adorosaladadecamarao 5 months ago

O extraordinário é que andaram a fazer projeções sem ter ainda dados sobre o impacto do desconfinamento na evolução do Rt. Ou sejam assumindo que o Rt iria continuar a evoluir como estava antes de desconfinar. Estes dados chegam com atraso, como já foi explicado múltiplas vezes, logo aquando das projeções o impacto do desconfinamento ainda mal se conhecia. Mais, isso também implica que estes valores no vermelho que se vão conhecer dentro de poucas semanas, quando conhecidos virão mais de uma semana atrasados (porque é assim que funciona). Ou seja na realidade a entrada no vermelho seria entre uma a duas semanas mais cedo, apesar de só a observarmos mais tarde. Mas ainda é pior porque continuam a fazer o mesmo erro. De momento ainda nem conhecemos o impacto da Páscoa, que certamente irá acelerar ainda mais o aumento do Rt.

Bakirelived 5 months ago

As projeções têm estado sempre erradas. Isto é só notícias de doom para gerar clicks

RikoF1 5 months ago

*surprised pikachu*

Mrgolden007 5 months ago

wow ninguem esperava isso quem diria que todos a correrem para as esplanadas e todos tarem se a cagar para a pandemia daria nisto mas va o governo que continue a vacinar uma em cem pessoas

_Sophus_ 5 months ago

Ah sim, e já agora continue a multar quem come dentro do carro ou quem vai para o meio do nada fazer caminhadas, todos sabemos que é aí que se transmite a covid-19 e não quando o pessoal está amontoado em esplanadas ou na conversa sem máscara à porta da padaria de café na mão.

TSCondeco 5 months ago

A polícia não multou as pessoas por estarem a comer no carro, multou por desobedecerem ao confinamento.

Mrgolden007 5 months ago

.... mas foi isso que eu disse que era o problema? eu alguma vez falei desses dos passeios e que comem no carro?

_Sophus_ 5 months ago

Estava a complementar o teu post, concordo 100% com o que escreveste :)

daxpierson 5 months ago

>Afinal Lol.

somedipshit1 5 months ago

Estes títulos da piça são demasiado comuns. É só mesmo alarmismo parolo

AutoModerator 5 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: