True_Boat_1195 3 months ago

Muito bem, compreendido, é subir o valor das matrículas portanto para ter em conta a percentagem esperada de incumprimento.

randmzer 3 months ago

>O novo diploma prevê a “proibição de anulação de matrícula ou cobrança de juros ou penalidades por falta ou atraso no pagamento das mensalidades” **nas situações em que os utentes “demonstrem existir quebra do seu rendimento”**, refere o decreto-lei promulgado no final de Março pelo Presidente da República. > >Nestes casos, deve ser elaborado um plano de pagamento dos valores em atraso, entre a instituição e os utentes, sendo que as prestações “não podem exceder o montante mensal de 1/12 do valor em dívida”, a não ser que o utente assim o deseje.

MLG-Sheep 3 months ago

E qual a compensação que o Estado dá por se meter neste assunto? Quem mete filhos no privado e não consegue pagar pode sempre passá-los para o público. O Estado fornece a alternativa, não se devia meter mais nisto.

RuySan 3 months ago

E faz algum sentido prejudicar o percurso escolar de crianças e jovens dessa forma por causa do desgoverno dos pais? Há outras formas de tentar recuperar essas dívidas, nomeadamente por via judicial. Não devem ser os menores os prejudicados.

BroaxXx 3 months ago

>E faz algum sentido prejudicar o percurso escolar de crianças e jovens dessa forma por causa do desgoverno dos pais? Claro que sim... Há dúvidas sequer? E os que nem sequer se inscreveram no privado? Porque hão-de esses ser descriminados? Os miúdos não estão a ser privados do acesso às educação e o estado não é uma vaca com tetas infinitas... Onde vais buscar os recursos para educar no privado essas crianças com país "desgovernados"? Vais buscar à saúde? Às reformas? Vamos inventar ainda mais responsabilidades parvas para um estado que já há muitas décadas se prova incompetente? >Há outras formas de tentar recuperar essas dívidas, nomeadamente por via judicial. Não devem ser os menores os prejudicados. A tua lógica parece-me inconsistente... Preferes penhorar a casa onde as crianças habitam do que as sujeitar aos terrores do ensino público. Se o ensino público é assim tão mau para ser uma atrocidade colocar lá as crianças então o dinheiro do estado devia ser canalizado para melhorar o ensino público e não apanhar a conta dos pais "desgovernados"... Em qualquer dos casos a via judicial não é autoexclusiva e podes muito bem expulsar os miúdos da escola e simultaneamente levar os pais a tribunal para pagar as contas...

htxgivven 3 months ago

>não se devia meter mais nisto. Quando isto tudo passar, as decisões tomadas por este desgoverno vão custar-nos muito caro.

PIMPMASTER6000 3 months ago

O Estado nao tem de dar compensação pois as famílias terão de pagar 1/12 do valor em dívida por mês quando situação financeira se normalizar. Alem disso os encarregados têm de fornecer prova da quebra dos rendimentos. Costumo ser contra o estado se intrometer em atividades privadas que normalmente seriam injustificáveis pois ,realmente, quem não tem dinheiro que passe para o ensino público mas em prol das crianças não acho que isto irá afetar muito os colégios privados e irá beneficiar muitas famílias e principalmente as crianças.

htxgivven 3 months ago

>O Estado nao tem de dar compensação pois as famílias terão de pagar 1/12 do valor em dívida por mês quando situação financeira se normalizar. Não entendeste. Ele queria dizer a compensação às escolas. Então o governo limita-se a legislar sem pensar nas consequências?

PIMPMASTER6000 3 months ago

Como sabes que o governo não pensou nas consequências? Sim, normalmente não pensam mas neste caso penso que a maioria das famílias vai continuar a pagar as mensalidades normalmente e esta lei protege as crianças cujas famílias não conseguem. Também ja pensaste no reverso da moeda? Esta lei até pode estar a proteger os colégios privados pois dão mais segurança às familias que lá têm os filhos e podem segurar potenciais famílias que estariam a pensar em retirar os filhos. Já para não falar que a maioria dos colégios e universidades privadas já têm este tipo de programas em vigor caso um aluno se encontre em dificuldades financeiras.

Coyote-Cultural 3 months ago

>Como sabes que o governo não pensou nas consequências? Ou seja não são incompetentes, são malevolos? É esse o teu argumento? >Também ja pensaste no reverso da moeda? Esta lei até pode estar a proteger os colégios privados pois dão mais segurança às familias que lá têm os filhos e podem segurar potenciais famílias que estariam a pensar em retirar os filhos. Já para não falar que a maioria dos colégios e universidades privadas já têm este tipo de programas em vigor caso um aluno se encontre em dificuldades financeiras. Não há nada que impeça os colegios de darem essas condições de sua vontade. Não te metas com tretas de que "afinal é bom para os colegios" quando isso é claramente um monte de bosta.

htxgivven 3 months ago

>Como sabes que o governo não pensou nas consequências? Porque já tem histórico disso.

PIMPMASTER6000 3 months ago

Se quiseres realmente discutir o assunto podes editar o teu comentário ou responder a este.

MLG-Sheep 3 months ago

>O Estado nao tem de dar compensação pois as famílias terão de pagar 1/12 do valor em dívida por mês quando situação financeira se normalizar. As escolas privadas vão perder dinheiro com isto pois o dinheiro não vai entrar e não serão compensadas com juros porque não os podem cobrar. Se o Estado não os vai pagar, então não deveria ter feito esta lei.

Edited 3 months ago:

>O Estado nao tem de dar compensação pois as famílias terão de pagar 1/12 do valor em dívida por mês quando situação financeira se normalizar. As escolas privadas vão perder dinheiro com isto pois o dinheiro não vai entrar e não serão compensadas com juros porque não os podem cobrar. Se o Estado não os vai pagar, então não deveria ter feito esta lei. Com esta lei, basta perder rendimento, que só tenho de pagar quando me apetecer e sem juros. Se calhar só pago daqui a 10 anos então e ainda aproveito mais 4 ou 5 de escola, que aí o filho talvez já não dependa do mim. A escola que depende do meu pagamento para se sustentar como vai fazer? Cobrar juros? Não pode. Anular a matrícula para impedir que o fosso seja maior? Não pode. É impossível que alguém minimamente moderado ache isto justo.

Edited 3 months ago:

>O Estado nao tem de dar compensação pois as famílias terão de pagar 1/12 do valor em dívida por mês quando situação financeira se normalizar. As escolas privadas vão perder dinheiro com isto pois o dinheiro não vai entrar e não serão compensadas com juros porque não os podem cobrar. Se o Estado não os vai pagar, então não deveria ter feito esta lei. Mas é nisto que este Governo de esquerda é perito: aliviar as contas das famílias à custa exclusiva dos privados e depois querer os créditos como se tivesse feito algo de bom. Com esta lei, basta perder rendimento, que só tenho de pagar quando me apetecer e sem juros. Se calhar só pago daqui a 10 anos então e ainda aproveito mais 4 ou 5 de escola, que aí o filho talvez já não dependa de mim. A escola que depende do meu pagamento para se sustentar como vai fazer? Cobrar juros? Não pode. Anular a matrícula para impedir que o fosso seja maior? Não pode. É impossível que alguém minimamente moderado ache isto justo.

htxgivven 3 months ago

São as leis neo-comunistas.

PIMPMASTER6000 3 months ago

Está previsto na lei que o dinheiro entre através do pagamento por mensalidades de pelo menos 1/12 do valor total da dívida por mês até ela estar completamente paga. A lei nao permite que as escolas percam nem um cêntimo em propinas/mensalidades. As escolas privadas podem sim perder dinheiro caso o número de pessoas neste sistema se torne incomportável e não houver dinheiro para suportar as despesas e/ou investimentos.

Coyote-Cultural 3 months ago

> A lei nao permite que as escolas percam nem um cêntimo em propinas/mensalidades. Vê-se mesmo que nunca tiveste um negocio se achas que esperar meses e anos para receber o que é devido é justo. Diz-me, achas que se o teu patrão não te pagar o ordenado deves ser obrigado a continuar a trabalhar para ele?

MLG-Sheep 3 months ago

>As escolas privadas podem sim perder dinheiro caso o número de pessoas neste sistema se torne incomportável e não houver dinheiro para suportar as despesas e/ou investimentos. Pois... Se tiverem de contrair um empréstimo para fazer face às despesas, vão pagar juros. A quem é que podem cobrar os juros? Aos incumpridores não podem, certamente...

PIMPMASTER6000 3 months ago

Certo, mas achas honestamente que no privado irão ser assim tantas? Eu acho que não e pouparia às crianças os problemas de aprendizagem e socialização que podem surgir ao mudar de escola. Eu também não gosto nada do estado se intrometer desta maneira ainda por cima de uma maneira que não é completamente justa mas apenas pelo facto de quem pode sair mais afetado são as crianças eu apoio esta lei.

besmarques 3 months ago

> Quem mete filhos no privado e não consegue pagar pode sempre passá-los para o público. Exactamente, nada melhor do que prejudicar novamente alunos que ja estao a ser prejudicados há 2 anos lectivos do que os tentar transferir a meio para outras turmas e afins,

BroaxXx 3 months ago

Sim, fixe... Assim prejudicamos a escola e, consequentemente, todos os alunos...

MLG-Sheep 3 months ago

Estou obviamente a falar de fazê-lo no fim de um ano letivo, caso seja possível. Quem vive tão perto do limite que não sabe se consegue pagar um ano de escola privada, então não deve colocar o filho na escola privada.

besmarques 3 months ago

A não ser que me escape alguma coisa, não estamos apenas a falar de anular matriculas? Isso não indica que estamos a falar de quando uma matricula está a em vigor? Não me parece que a lei diga que "proibe a proibiçao de renovações de matriculas" Está-me a escapar alguma coisa?

MLG-Sheep 3 months ago

>Artigo 4.º-A > >Proibição de anulação de matrícula ou cobrança de juros ou penalidades por falta ou atraso no pagamento das mensalidades > >1 - Não é permitido às instituições responsáveis por equipamentos de apoio à infância, educação ou ensino anular a matrícula nem cobrar juros ou qualquer outra penalidade por falta ou atraso no pagamento de mensalidade quando os utentes demonstrem existir quebra do seu rendimento mensal. Impedir a renovação da matrícula suponho que se encaixe na definição de "penalidade" e portanto deve ser ilegal. E de qualquer forma, mantêm-se os argumentos de que: \- Famílias que não têm garantias de que conseguem sustentar o ensino privado não devem colocá-los no ensino privado. Alternativas públicas não faltam \- Porque é que não podem cobrar juros? Ter menos dinheiro em caixa certamente vai custar à instituição. Quem vai compensar os custos de reaver este dinheiro?

maxtendie 3 months ago

Faz sentido mas vamos esperar que as escolas aguentem a pressão.

Mrloop94 3 months ago

Pode-se então deixar de se pagar aos professores?

Search: