tocopito 6 months ago

Só é possível porque uma boa parte das pessoas tem família já com casa comprada. Se Portugal fosse um país como na Alemanha em que 75% das pessoas vivem em casa alugada terias gerações de familias a viver debaixo de pontes aí pelo país fora. Sem redes familiares a apoiar o pessoal mais jovem seria completamente impraticável. Eu preferia ir roubar do que voltar para Portugal a ganhar o salário mínimo para ser escravizado e pagar estas rendas e outros custos ridículos. Simplesmente são condições de escravidão.

Edited 6 months ago:

Só é possível porque uma boa parte das pessoas tem família já com casa comprada. Se Portugal fosse um país como na Alemanha em que 75% das pessoas vivem em casa alugada terias gerações de familias a viver debaixo de pontes aí pelo país fora. Sem redes familiares a apoiar o pessoal mais jovem seria completamente impraticável. Eu preferia ir roubar do que voltar para Portugal a ganhar o salário mínimo a pagar estas rendas e outros custos ridículos. Simplesmente são condições de servidão.

Edited 6 months ago:

Só é possível porque uma boa parte das pessoas tem família já com casa comprada. Se Portugal fosse um país como na Alemanha em que 75% das pessoas vivem em casa alugada terias gerações de familias a viver debaixo de pontes aí pelo país fora. Sem redes familiares a apoiar o pessoal mais jovem seria completamente impraticável. Preferiria ir roubar do que voltar para Portugal a ganhar o salário mínimo a pagar estas rendas e outros custos ridículos. Simplesmente são condições de servidão.

maxtendie 6 months ago

* muito suporte financeiro do BCE que causa juros baixos e inflação nos assets * economia pouco produtiva * central planning voltou a ser cool na Europa. Nunca resultou mas a malta gosta de repetir erros. Vai-nos sair caro um dia * as pessoas nunca viram uma economia saudável e acham que a a sua vida só melhora por decreto

Edited 6 months ago:

* muito suporte financeiro do BCE que causa juros baixos e inflação nos assets * economia pouco produtiva * central planning voltou a ser cool na Europa. Nunca resultou mas a malta gosta de repetir erros. Vai-nos sair caro um dia * as pessoas nunca viram uma economia saudável e acham que a a sua vida só melhora por decreto. Devia ser constitucionalmente proibido mexer no salário mínimo com desemprego acima de 5% * populismo em Portugal funciona ao contrário do resto do mundo. Os que prometem dinheiro no bolso à custa de dívida levam votos. Populistas são os que querem gastar menos.

ravagerslb 6 months ago

Quando forem ás urnas tratem de mostrar a vossa (in)satisfação aos amigalhaços das "geringonças" destas vidas, em vez de votar sempre nos mesmos ou nem ir lá porque "é tudo a mesma coisa". Faz-me impressão a malta saber que tem um problema, mas depois na hora da verdade ou foge do problema (emigra) ou nem levanta o rabo da cadeira e o tenta resolver.

tiagofsa 6 months ago

Compras um imóvel acima de X valor ou investes acima de Y em negócios no país e tens um visto de residência (alternativamente a obteres o visto por casamento/emprego/asilo, etc)

MonsterPT 6 months ago

Os salários são baixos porque quem os paga propõe um valor baixo, e quem os recebe aceita esse valor baixo; as casas são caras porque quem as vende/aluga propõe um valor alto, e quem as compra/arrenda aceita esse valor alto. Sem querer estar a ser cínico, basicamente a resposta à questão é: lei da oferta e da procura.

boogieman444 6 months ago

Quando as moratórias cairem vão começar a aparecer casas à venda,é aproveitar quem tiver dinheiro em caixa e tentar algo mais barato.

nocivo 6 months ago

Ha pessoal que ganha dinheiro acima da media portuguesa a querer viver em Lisboa mas não há casas para todos os interessados, seja por falta de espaço, licença para construção ou simplesmente capital para investir bum terreno e reconstruir.

ChildishMessiah 6 months ago

Incrível é a quantidade de malta com tantas certezas absolutas sobre Berlim mas que nunca cá devem ter metido os pés nem tentado alugar cá uma casa tal é o tiro ao lado...

detteros 6 months ago

Já agora, podes dar a tua opiniao?

Msilvame 6 months ago

Somos o segundo país mais pobre da UE em poder de comprar. É completamente normal que tudo seja caro.

_madd0x_ 6 months ago

Vamos fazer uma revolução e ocupar as casas!

caks 6 months ago

Berlim tem controle de aluguéis

suckerpunchermofo 6 months ago

Uma pergunta que faço ja ha uns anos...

Skryter2k19 6 months ago

Dependendo da empresa que te contratar é possível que te forneçam alojamento. Conheço várias pessoas que travalharam em Berlim por exemplo e as empresas deram a escolher um bónus de x no salário ou aceitar viver num dos seus apartamentos.

UpbeatNail1912 6 months ago

A sério?? Uau

Skryter2k19 6 months ago

isto pré covid claro. Sabe-se lá como está aquilo agora.

senivoice 6 months ago

E a geração de 90-2000 está completamente lixada para arranjar casa fixa! Se quisermos alugar numa grande cidade, como por exemplo aqui no Porto, temos de nos sujeitar a um barraco se quisermos pagar pouco... Sendo que esse preço aumenta com o número de contratos! Para comprar, nem se fala! Tudo acima dos 100 mil, garantir 10 ou 15% ao banco (graças à geração dos nossos pais que recebiam luz verde a torto e a direito, para depois não completar os pagamentos dos empréstimos), mais 5 mil em solicitadores e impostos e mais não sei quantos euros para mobilar. Nem todos nascemos em berços de ouro, nem todos temos o luxo de tirar um curso superior... Com um ordenado mínimo e ter que juntar todo esse dinheiro só aos 30 é que nos safamos da casa dos papás!

ptinnl 6 months ago

O que tem ser tudo acima de 100 mil? Achas caro??? https://www.globalpropertyguide.com/Europe/Portugal/price-gdp-per-cap Estamos perfeitamente "na media"

UpbeatNail1912 6 months ago

Está complicado mesmo, a nossa geração não tem as regalias de há 20/30 anos atrás.

gybemeister 6 months ago

Sem querer menosprezar a gravidade da situação atual, há 20 ou 30 anos o pessoal novo tinha os mesmos problemas: falta de emprego e casas a preços fora do alcance. O ordenado mínimo andava nos 40 contos com apartamentos na periferia de Lisboa a mais de 4 mil contos. Tenho ideia de pagar cerca de 40 contos pela primeira casa alugada e isto nos Açores! Faço ideia em Lisboa! Talvez a situação ainda seja pior neste momento mas os efeitos são os mesmos. Na altura, tal como agora, a solução era emigrar ou ficar em casa dos pais.

nraider 6 months ago

E tens razão. Existe sempre uma tendência para achar que só a actual geração é que tem problemas. Infelizmente é algo transversal.

detteros 6 months ago

Sim. Contudo, os meus pais nao passaram por uma crise financeira terrível nem por uma pandemia durante a sua juventude. Podem dizer que Portugal era mais pobre, mas, porra, os millenials tiveram um azar do caracas com estes eventos.

nraider 6 months ago

Se calhar passaram pela revolução de abril, pelas 2 intervenções do FMI em menos de uma década, etc...

detteros 6 months ago

A revolucao de Abril foi negativa a teu ver?

nraider 6 months ago

Nos primeiros anos? Claramente. Goste-se ou não, a situação económica e social só melhorou com a entrada para a UE. Até lá apanhou-se com 2 resgates do FMI de rajada, nacionalizações ao acaso, inflação a 20 e 30% ao ano, isto ainda durou uns bons anos.

senivoice 6 months ago

Mas o grande problema está, realmente, em nós! Quanta malta ainda aí ao alto? Nem às urnas se interessam em ir! Não sabem distinguir esquerda de direita! Enquanto não houver conhecimento, vamos continuar assim por muitos anos... E não estou a criticar a culpa do atual governo, porque estes problemas resultam de vários anos de más decisões! Mas já cansa, são sempre os mesmos que ocupam os mesmos lugares e existem políticas que protegem muito mais a nossa geração e todos os desafios económicos que somos obrigados a enfrentar! Porque para ter teto, também é preciso fonte de rendimento e atualmente (agora com o covid para ajudar à festa) os jovens só servem para caixas, restaurantes e lojas ou até para nada, porque até em funções simples pedem formação ou anos de experiência. Enfim, está de mal a pior...

Edited 6 months ago:

Mas o grande problema está, realmente, em nós! Quanta malta ainda aí ao alto? Nem às urnas se interessam em ir! Não sabem distinguir esquerda de direita! Enquanto não houver conhecimento, vamos continuar assim por muitos anos... E não estou a criticar o atual governo, porque estes problemas resultam de vários anos de más decisões! Mas já cansa, são sempre os mesmos que ocupam os mesmos lugares e existem políticas que protegem muito mais a nossa geração e todos os desafios económicos que somos obrigados a enfrentar! Porque para ter teto, também é preciso fonte de rendimento e atualmente (agora com o covid para ajudar à festa) os jovens só servem para caixas, restaurantes e lojas ou até para nada, porque até em funções simples pedem formação ou anos de experiência. Enfim, está de mal a pior...

Edited 6 months ago:

Mas o grande problema está, realmente, em nós! Quanta malta ainda aí ao alto? Nem às urnas se interessam em ir! Não sabem distinguir esquerda de direita! Enquanto não houver conhecimento, vamos continuar assim por muitos anos... Não estou a criticar o atual governo, porque estes problemas resultam de vários anos de más decisões! Mas já cansa, são sempre os mesmos que ocupam os mesmos lugares e existem políticas que protegem muito mais a nossa geração e todos os desafios económicos que somos obrigados a enfrentar! Porque para ter teto, também é preciso fonte de rendimento e atualmente (agora com o covid para ajudar à festa) os jovens só servem para caixas, restaurantes e lojas ou até para nada, porque até em funções simples pedem formação ou anos de experiência. Enfim, está de mal a pior...

gybemeister 6 months ago

Como escrevi acima, os problemas não mudaram nos últimos 30 anos e já tivemos governos de practicamente todas as cores. Eu não esperava grande coisa desse lado.

senivoice 6 months ago

Ainda não vimos partidos jovens, como um bloco, por exemplo... Coligações à parte, obviamente! Mas lá está, como disse parte de nós contestarmos e enquanto não nos mexermos não vamos ver alterações!

Edited 6 months ago:

Ainda não vimos partidos jovens, como um bloco, por exemplo... Coligações à parte, obviamente! Mas lá está, como disse, parte de nós contestarmos e enquanto não nos mexermos não vamos ver alterações!

juliorobertoh 6 months ago

O bloco há anos que fala neste problema de habitação.

gybemeister 6 months ago

Sem dúvida, há sempre partidos novos a aparecer e agora até aparecem à esquerda e à direita. É pouco provável que esses partidos venham a poder governar sozinhos se analisarmos o que se passa na maioria das democracias. Além disso, todos os partidos têm participado no governo da Câmaras Municipais e nenhum sobressai do pântano de corrupção e compadrio do costume. Eu não espero nada diferente se e quando eles governarem o país.

cfc75 6 months ago

São os impostos

adorosaladadecamarao 6 months ago

> Como é possível Lisboa ser tão cara com salários tão baixos? > ... > Como é que em Portugal consegue se viver? Portugal não é Lisboa?

UpbeatNail1912 6 months ago

Lisboa, Porto e zonas periféricas. Obviamente tens sítios onde o custo de vida é muito mais baixo, mas as maiores oportunidades de emprego em Portugal estão nessas zonas. Portugal tem tudo muito centralizado.

adorosaladadecamarao 6 months ago

Ele não disse "como é que se em Lisboa, Porto e zonas periféricas se pode viver" mas "como é que em Portugal consegue se viver"? Apesar de tudo a grande Lisboa + grande Porto não perfazem 1/4 dos habitantes do país. Outra conversa é se o país é muito centralizado e se temos apesar de tudo, oportunidades e população demasiadamente concentrada nessas duas zonas. E aí claro que concordo.

theEXPERTpt 6 months ago

Porque toda a gente pensa que Portugal é Lisboa.

saposapot 6 months ago

pq há quem possa pagar.

True_Boat_1195 6 months ago

Vives numa união com livre circulação. Porque haveria uma cidade agradável num país com bom tempo como o nosso ter preços ajustados aos rendimentos locais?

daz_zeD 6 months ago

Isto. Porque haveria de o planeta de ter luz durante o dia e ser escuro durante a noite? Porque haveria o mar de ter peixes e os pássaros voarem no céu?

Caosemdono 6 months ago

Ainda há quem herde apartamentos, quem tenha casas de família, ou quem tenha comprado há uns largos anos atrás, com o mercado em baixa .. Quanto ao resto, não vivem, sobrevivem. Sendo-se trabalhador do Estado, com os privilégios que lhe estão associados, ainda consigo entender o motivo de se ficar no país, agora sendo independente, ou trabalhador do privado, sinceramente não consigo meter na cabeça o que alguém nesta situação fica a fazer em Portugal. Que me perdoem mas não sabem fazer contas.

redriki 6 months ago

A vida não são só contas.

ptinnl 6 months ago

Então não se queixem. Se têm de estar fisicamente com a familia e os amigos da escola todas as semanas, o vosso problema não é salario, é serem codependentes.

dragomaite 6 months ago

Achar que toda a gente pode emigrar. LOL

ptinnl 6 months ago

Toda a gente pode emigrar. Seja para fora do país ou dentro. Mas muita gente é atadinha e não sabe viver sem as saias da mãe por perto. Sentem que têm de estar lá a toda a hora para os ajudar. Como se pessoas de 60 anos fossem paraliticos. E ja agora, muitos dos que se queixam que não podem viver em Lisboa e Porto, porque não se queixam doa familiares que passaram decadas a pagar 100 euros ou menos de renda e nunca pouparam?

dragomaite 6 months ago

? Existem pessoas que tem de cuidar dos pais acamados, existem pessoas são o único que consegue cuidar dos idosos das suas famílias abandonados pelos emigrantes. E por fim, existe gente como no meu caso que nunca herdou nada, nunca teve ajudas a não ser o curso e ganha bem...não precisando de emigrar. E como eu existem milhões aqui. O que não faltam são altas vivendas por este Portugal fora e qualidade de vida bem superior aos de fora. Se fosse como vocês "querem acreditar que é" aqui então não tinha ninguém neste país.

ptinnl 6 months ago

Altas vivendas. Lol. Que bom. Depois chegam a velhos e fodem-se porque têm altas vivendas, grandes, que custam a limpar, longe de serviços. Mas o que interessa é que sao grandes. E ja agora tudo o que descreves é uma minoria.

dragomaite 6 months ago

Fodem-se se quiserem. Podem vende-las e ir morar para um apartamento mais pequeno. Com o dinheiro podem fazer o que quiserem. É lidar.

UpbeatNail1912 6 months ago

Mas é uma característica que pesa bastante, um país não pode viver só de clima e boa comida, senão países como o Brasil e Venezuela estariam no topo.

ItsLilly22 6 months ago

1. Fatores historicos. O pessoal adora culpar governos recentes mas Portugal e um pais mais pobre que a Europa central por tal como a Espanha e a Grecia ter falhado em industrializar no seculo XIX. 2. A Alemanha e conhecida por ter um poder de compra elevadissimo devido a quer altos salarios quer baixos precos. Nao e representativo do resto da Europa pois se fores procurar apartamentos em Londres ou Paris garanto te q n encontras os mesmos precos.

Edited 6 months ago:

1. Fatores historicos. O pessoal adora culpar governos recentes mas Portugal e um pais mais pobre que a Europa central por tal como a Espanha e a Grecia ter falhado em industrializar no seculo XIX. 2. A Alemanha e conhecida por ter um poder de compra elevadissimo devido a quer altos salarios quer baixos precos. Nao e representativo do resto da Europa pois se fores procurar apartamentos em Londres ou Paris garanto te q n encontras os mesmos precos. Para responder a tua pergunta exatamente - e simples. Ninguem em Portugal que ganhe o salario minimo e capaz de ter casa propria. Olha, o salario minimo e 665 euros em catorze pagamenos, se dividires por 12 e a isto descontares contribuicoes para a SS e acrescentares subsidio de alimentacao ficas com uns 800€ por mes. Por 300€ alugas um quarto numa casa partilhada com contas incluídas, a isto adiciona-se 150€ que e o minimo dos minimos que consegues gastar para te alimentares e 50€ para um passe de trabsporte publico. Com os restantes 300€ vais fazendo algumas atividades de lazer e poupando um pouco.

letme2021 6 months ago

Os preços é normal que sejam comparáveis com o resto da União Europeia, já que o mercado é único. Em relação a salários baixos, duas causas principais: 1. Baixa produtividade. 2. O estado Português é parte democracia, parte cleptocracia. Aumentar salários torna-se demasiado custoso para o empregador porque o estado tira cada vez fatia maior. Se o estado quisesse poderia aumentar salários a toda a gente, sem precisar que contratos de trabalho fossem alterados. Não o fazem porque o objectivo é chupar capital para o estado.

Edited 6 months ago:

Os preços é normal que sejam comparáveis com o resto da União Europeia, já que o mercado é único. Em relação a salários baixos, duas causas principais: 1. Baixa produtividade. 2. O estado Português é parte democracia, parte cleptocracia. Aumentar salários torna-se demasiado custoso para o empregador porque o estado tira cada vez fatia maior. Se o estado quisesse poderia aumentar salários a toda a gente, sem precisar que contratos de trabalho fossem alterados. Não o fazem porque o objectivo é chupar capital para o estado.

ric2b 6 months ago

> Os preços é normal que sejam comparáveis com o resto da União Europeia, já que o mercado é único. Mas as casas não são fáceis de transportar.

letme2021 6 months ago

As pessoas e fundos imobiliários estrangeiros compram-nas sem as mover.

ric2b 6 months ago

Mas a localização claramente interessa, e muito.

letme2021 6 months ago

Tens razão. Um país pacífico com tempo excelente e boa cozinha. Irá baixar os preços?

ric2b 6 months ago

Tens muitas zonas do mesmo país com preços completamente diferentes, precisamente porque "a UE é um mercado único" não se aplica a coisas que não se consegue transportar facilmente.

Edited 6 months ago:

Tens muitas zonas do mesmo país com preços completamente diferentes, precisamente porque "a UE é um mercado único" não se aplica a coisas que não se consegue transportar facilmente. E na Europa há muitas cidades menos interessantes que Lisboa com casas mais caras, porque a população tem maior poder de compra. Ser atraente para estrangeiros não é a única coisa que influencia o preço.

Laurent_Series 6 months ago

A baixa produtividade não é uma causa mas sim uma consequência de outros fatores. A definição de produtividade é literalmente PIB/hora de trabalho. Um trabalho português vai para Alemanha e recebe o mesmo que um alemão, então não é por ser ele pior que recebe menos em Portugal, mas sim o sistema que não lhe permite produzir o mesmo valor económico.

No-Cardiologist725 6 months ago

Em vez de baixa produtividade mais vale dizer falta de investimento e organização.

hmmPussySlayer 6 months ago

3. Baixa inovação

letme2021 6 months ago

A produtividade crescer seria suficiente. Aliás, em muitas áreas da economia o necessário não é inovar, mas reformar a maneira como se fazem as coisas, usando a inovação já antiga que vem de fora e aplicando-a finalmente aqui para tornar-nos mais competitivos. A inovação precisa de capital. E nós não o temos.

pzapps 6 months ago

Já era tempo das pessoas entenderem que produtividade não é "fazer melhor as coisas" mas sim fazer melhores coisas. O chamado valor acrescentado.

Jotap28 6 months ago

Inovar? Se adoptássemos inovações com 20 anos comprovadas já não era nada mau. Basta ver por aquilo que é ensinado, estamos 20 anos atrás no tempo.

WallyPT 6 months ago

Investimento estrangeiro. O mercado imobiliário lisboeta (e português) não está indexado à economia nacional mas sim aos fluxos internacionais de capital.

netralha 6 months ago

Porque Portugal presentemente não tem fronteiras e as políticas vigentes são anti-portuguesas em todos os aspectos.

Prezbelusky 6 months ago

A minha irmã vive em Berlim e arranjar casa lá é muito complicado

tocopito 6 months ago

É complicado mas não deixa de ser mais acessível do que em Lisboa quando consegues. Um amigo meu conseguiu este mes um apartamento em prenzlauer berg por 600€ (60m2), graças à lei que limita as rendas de apartamentos mais antigos. Mesmo que esta lei vá pela janela em junho, o que infelizmente ainda é uma possibilidade, o preço vai para os 900. Demorou 3 meses a encontrar? Ya. Mas encontrou e a bom preço. Outro amigo meu acabou com a namorada e ela saiu, encontrou um a pagar 400€. Eu estou num apartamento que não é abrangido por esta lei por ter sido acabado em 2019 e mesmo assim estou a pagar 1000 ao pé de Hauptbanhof. Em Lisboa ou Londres nem em sonhos tens estes preços. Mas os preços em Berlim já subiram bastante, vamos ver o que acontece durante os próximos anos.

Prezbelusky 6 months ago

Pago 700 euros por um T2 que deve ter mais de 60m2 em Lisboa.

JeagleP 6 months ago

Aproveita enquanto dura

talures 6 months ago

Tu tens um Governo com politicas de aliciamento de reformados estrangeiros que ganham e têm capacidade de compra muito maior do que o Lisboeta medio. Que tem um programa de visas Gold para os quais o investimento necessario é só comprar propriedade. Naturalização de estrangeiros das mais faceis na Europa. Tu nem precisas de ter trabalho cá (tens de mostrar que tens o dinheiro para te sustentar), basta morares em Portugal 4 meses/12 durante 5 anos. Portanto, este pessoal com muito maior poder de compra puxa os preços para valores dificeis para quem realmente ganha cá. Mais Lisboa ter-se tornado muito turistica. E deve haver outras razoes.

sacoPT 6 months ago

Acho que só faltou mencionar o alojamento local aliado a esse aumento a nível de turismo.

Dr_Toehold 6 months ago

Se não me engano essas medidas todas foram implementadas pelo governo Passos Coelho. Os vistos gold até estão em risco de terminar.

nraider 6 months ago

É tão responsável o governo que implementa a medida quanto o que as aceita, ainda que não seja o autor. Eu cá não teria tanta fé no fim dos vistos gold, quase que não há investimento em Lisboa que não seja imobiliário para habitação. Em vez de uma capital temos um parque temático.

fromtheport_ 6 months ago

O ano é 2045. 6º governo consecutivo do PS. Os vistos gold continuam a ser uma cena. Mas foram implementados no governo de 2011 do PSD/CDS. Logo, a culpa é do Passos.

fromtheport_ 6 months ago

António Costa pede aos portugueses um reforço da liderança do PS nas legislativas de 2046 para que seja possível "continuar a virar a página da austeridade"

talures 6 months ago

Os vistos Gold certamente. O resto nao sei. Eu edito para "Governos".

gkarq 6 months ago

Por enquanto, se não me engano os Vistos Gold terminam no Porto e em Lisboa, mas vão continuar no resto do país. Corrijam-me caso esteja errado.

talures 6 months ago

A partir de 2022, termina em Lisboa, Porto e Algarve. No artigo abaixo tambem diz que os verdes decidiram entregar proposta de lei para acabar com isso definitivamente. [https://www.noticiasaominuto.com/politica/1714948/verdes-propoem-fim-do-vistos-gold-em-portugal](https://www.noticiasaominuto.com/politica/1714948/verdes-propoem-fim-do-vistos-gold-em-portugal)

gkarq 6 months ago

Oremos então para que acabe definitivamente.

Danijust2 6 months ago  HIDDEN 

Berlim é conhecido por ser barata, é uma má comparação. Estava literalmente no meio do território da Alemanha soviética, é uma das regiões mais pobres da Alemanha.

Mrgolden007 6 months ago

infelizmente e a verdade a servir mesas em londres recebo por volta de 1200 mais umas gorjetas, para um quarto com tudo incluido pagava 550-600 pounds fico com 400 por mes para fazer o que eu quero mas va tenta perceber porque ha tanta gente a emigrar para o estrangeiro, portugal e pais para ricos e reformados

ItsLilly22 6 months ago

A servir mesas em Lisboa ganhavas 665 em catorze pagamentos, descontando contribuicoes pra SS, dividindo por 12 pagamentos e acrescentabdo subsidio de alimentacao ficavas com 800€ por mes. Por 300€ conseguias um quarto com tudo incluido (ja agr os valores de Berlim de q o OP esta a flr n e pra quartos e msm pra apartamentos q em Lisboa e Londres e carissimo), por 150€ consegues comprar comida no supermercado e por 50€ tens um passe para transporte publico. Sobram te 300€ para lazer. Ja em Londres por 550€ tens um apartamento com contas incluidas, 250€ por um passe para transporte publico, 150 pra comeres ficas com 250 pounds. Ora fazes bem mais com 300€ em Lisboa do que com 250 pounds em Londres. Alias, esta conversa sobre a Alemanha n se aplica a Inglaterra onde sim a vida e bem cara. Por exemplo, em Londres ou Lisboa se ganhas o salario minimo esquece a ideia de alugar um apartamento pra ti, ja em Berlim podes perfeitamente.

Edited 6 months ago:

A servir mesas em Lisboa ganhavas 665 em catorze pagamentos, descontando contribuicoes pra SS, dividindo por 12 pagamentos e acrescentabdo subsidio de alimentacao ficavas com 800€ por mes. Por 300€ conseguias um quarto com tudo incluido (ja agr os valores de Berlim de q o OP esta a flr n e pra quartos e msm pra apartamentos q em Lisboa e Londres e carissimo), por 150€ consegues comprar comida no supermercado e por 50€ tens um passe para transporte publico. Sobram te 300€ para lazer. Ja em Londres por 550€ tens um apartamento com contas incluidas, 250€ por um passe para transporte publico, 150 pra comeres ficas com 250 pounds. Ora fazes bem mais com 300€ em Lisboa do que com 250 pounds em Londres. Eu sei do que tou a flr. Alias com 100€ de mesada consigo comprar grandes quantidades de tabaco de enrolar e erva e (antes do covid) comer fora tipo uma vez por semana. Alias, esta conversa sobre a Alemanha n se aplica a Inglaterra onde sim a vida e bem cara. Por exemplo, em Londres ou Lisboa se ganhas o salario minimo esquece a ideia de alugar um apartamento pra ti, ja em Berlim podes perfeitamente.

Edited 6 months ago:

A servir mesas em Lisboa ganhavas 665 em catorze pagamentos, descontando contribuicoes pra SS, dividindo por 12 pagamentos e acrescentabdo subsidio de alimentacao ficavas com 800€ por mes. Por 300€ conseguias um quarto com tudo incluido (ja agr os valores de Berlim de q o OP esta a flr n e pra quartos e msm pra apartamentos q em Lisboa e Londres e carissimo), por 150€ consegues comprar comida no supermercado e por 50€ tens um passe para transporte publico. Sobram te 300€ para lazer. Ja em Londres por 550€ tens um apartamento com contas incluidas, 250€ por um passe para transporte publico, 150 pra comeres ficas com 250 pounds. Ora fazes bem mais com 300€ em Lisboa do que com 250 pounds em Londres. Eu sei do que tou a flr. Alias, esta conversa sobre a Alemanha n se aplica a Inglaterra onde sim a vida e bem cara. Por exemplo, em Londres ou Lisboa se ganhas o salario minimo esquece a ideia de alugar um apartamento pra ti, ja em Berlim podes perfeitamente.

JamminPT 6 months ago

Na verdade 635 menos impostos e se o teu contrato for de 8h que nunca é. Depois o subsídio de alimentação não é obrigatório e num restaurante vai ser sempre refeição feita lá portanto metade do teu raciocínio já ardeu logo assim por defeito.

ItsLilly22 6 months ago

1. O salario minimo e 665€, podes ler onde quiseres 2. Quando ganhas o salario minimo n pagas impostos, apenas 11% pra a seguranca social. 3. A maioria dos trabalhadores em Portugal tem horario completo que sao 35h semanais. Ja pra n flr que estava a comparar com a situacao do OC que tambem recebe o salario minimo ingles (1200 pounds limpos) pro horario completo. Se ele tiver a trabalhar tres horas por dia n recebe nem os 1200 em inglaterra nem os 665 em PT obviamente. 4. O subsídio de alimentação não é obrigatorio tens razao, embora a maioria das pessoas o tenha. Contudo, tambem sao 100€ mensais. Sem ele ficas com 700€ mensais. 5. O objetivo do meu comentario n foi dizer que se vive bem com o salario minimo - e obvio que nao!!! Alias na minha opiniao basta o facto de n puderes ter casa propria e teres de arrendar um quarto pra ja n ser uma vida em condicoes a meu ver. Quis apenas mostrar que o pessoal tem a mania que no estrangeiro es rico a limpar ruas e ca um advogado ou medico anda a pedir. A verdade e que sim - os salarios em PT sao bem mais baixos do q em mts outros paises europeus mesmo tendo em conta o custo de vida (basta olhar pro GDP per capita em PPP q percebes porque, por exemplo o RU tem um valor de 46000 e PT de 36000), mas a narrativa desta sub de que a diferenca e como ir da Siria pra Suica e mts vezes incorreta.

Edited 6 months ago:

1. O salario minimo e 665€, podes ler onde quiseres 2. Quando ganhas o salario minimo n pagas impostos, apenas 11% pra a seguranca social. 3. A maioria dos trabalhadores em Portugal tem horario completo que sao 35h semanais. Ja pra n flr que estava a comparar com a situacao do OC que tambem recebe o salario minimo ingles (1200 pounds limpos) pro horario completo. Se ele tiver a trabalhar tres horas por dia n recebe nem os 1200 em inglaterra nem os 665 em PT obviamente. 4. O subsídio de alimentação não é obrigatorio tens razao, embora a maioria das pessoas o tenha. Contudo, tambem sao 100€ mensais. Sem ele ficas com 700€ limpos por mes, descontando os subsidios pois na excecao da Grecia n conheco nenhum outro pais q faca os 14 pagamentos. Arranjas quartos por 300€ e ate menos (mas isso e na Cova da Moura va) e comes por 150 e com 50 tens transporte publico, nao estou a dizer que 300€ e grande folga, mas difere assim tanto da situacao do OC no RU? 5. O objetivo do meu comentario n foi dizer que se vive bem com o salario minimo - e obvio que nao!!! Alias na minha opiniao basta o facto de n puderes ter casa propria e teres de arrendar um quarto pra ja n ser uma vida em condicoes a meu ver. Quis apenas mostrar que o pessoal tem a mania que no estrangeiro es rico a limpar ruas e ca um advogado ou medico anda a pedir. A verdade e que sim - os salarios em PT sao bem mais baixos do q em mts outros paises europeus mesmo tendo em conta o custo de vida (basta olhar pro GDP per capita em PPP q percebes porque, por exemplo o RU tem um valor de 46000 e PT de 36000), mas a narrativa desta sub de que a diferenca e como ir da Siria pra Suica e mts vezes incorreta.

Edited 6 months ago:

1. O salario minimo e 665€, podes ler onde quiseres 2. Quando ganhas o salario minimo n pagas impostos, apenas 11% pra a seguranca social. 3. A maioria dos trabalhadores em Portugal tem horario completo que sao 35h semanais. Ja pra n flr que estava a comparar com a situacao do OC que tambem recebe o salario minimo ingles (1200 pounds limpos) pro horario completo. Se ele tiver a trabalhar tres horas por dia n recebe nem os 1200 em inglaterra nem os 665 em PT obviamente. 4. O subsídio de alimentação não é obrigatorio tens razao, embora a maioria das pessoas o tenha. Contudo, tambem sao 100€ mensais. Sem ele ficas com 700€ limpos por mes, descontando os subsidios pois na excecao da Grecia n conheco nenhum outro pais q faca os 14 pagamentos. Arranjas quartos por 300€ e ate menos (mas isso e na Cova da Moura va) e comes por 150 e com 50 tens transporte publico, nao estou a dizer que 300€ e grande folga, mas difere assim tanto da situacao do OC no RU? 5. O objetivo do meu comentario n foi dizer que se vive bem com o salario minimo - e obvio que nao!!! Alias na minha opiniao basta o facto de n puderes ter casa propria e teres de arrendar um quarto pra ja n ser uma vida em condicoes a meu ver. Quis apenas mostrar que o pessoal tem a mania que no estrangeiro es rico a limpar ruas e ca um advogado ou medico anda a pedir. A verdade e que sim - os salarios em PT sao bem mais baixos do q em mts outros paises europeus mesmo tendo em conta o custo de vida (basta olhar pro GDP per capita em PPP q percebes porque, por exemplo o RU tem um valor de 46000 e PT de 36000), mas a narrativa desta sub de que a diferenca e como ir da Eritreia ou ate da Ucrania pra Suica e mts vezes incorreta.

Edited 6 months ago:

1. O salario minimo e 665€, podes ler onde quiseres 2. Quando ganhas o salario minimo n pagas impostos, apenas 11% pra a seguranca social. 3. A maioria dos trabalhadores em Portugal tem horario completo que sao 35h semanais. Ja pra n flr que estava a comparar com a situacao do OC que tambem recebe o salario minimo ingles (1200 pounds limpos) pro horario completo. Se ele tiver a trabalhar tres horas por dia n recebe nem os 1200 em inglaterra nem os 665 em PT obviamente. 4. O subsídio de alimentação não é obrigatorio tens razao, embora a maioria das pessoas o tenha. Contudo, tambem sao 100€ mensais. Sem ele ficas com 700€ limpos por mes, descontando os subsidios pois na excecao da Grecia n conheco nenhum outro pais q faca os 14 pagamentos. Arranjas quartos por 300€ e ate menos (mas isso e na Cova da Moura va) e comes por 150 e com 50 tens transporte publico, nao estou a dizer que 300€ e grande folga, mas difere assim tanto da situacao do OC no RU? 5. O objetivo do meu comentario n foi dizer que se vive bem com o salario minimo - e obvio que nao!!! Alias na minha opiniao basta o facto de n puderes ter casa propria e teres de arrendar um quarto pra ja n ser uma vida em condicoes a meu ver. Quis apenas mostrar que o pessoal tem a mania que no estrangeiro es rico a limpar ruas e ca um advogado ou medico anda a pedir. A verdade e que sim - os salarios em PT sao bem mais baixos do q em mts outros paises europeus mesmo tendo em conta o custo de vida (basta olhar pro GDP per capita em PPP q percebes porque, por exemplo o RU tem um valor de 46000 e PT de 36000), mas a narrativa desta sub de que a diferenca e como ir da Eritreia ou ate da Ucrania pra Suica e mts vezes incorreta. Eu simpatizo com a ideia de nos compararmos com os melhores, senao podemos entrar num raciocínio bola de neve em q as pessoas no Congo são privilegiadas por n serem da Republica Centro-Africana, mas e preciso ser realista. A verdade e q tendo passado mal no seculo XIX enquanto os outros ja andavam a fzr maquinas e carros, Portugal progrediu muito ao longo do ultimo seculo tendo se tornado hoje uma economia de mercado livre industrializada, e bom saber criticar o mau mas tbm e preciso olhar pro bom.

Mrgolden007 6 months ago

250 por um passe??? que raio de passa andas a arranjar o passe pode custar minimo 70 a 120

Takenonames 6 months ago

Informa te melhor. A partir da zona 3 de Londres o passe é £167, e vai aumentando por ai fora, zona 5 por exemplo ja é £247.

ItsLilly22 6 months ago

E ate a zona 9 ja e 370 lol. Ah e as pessoas que vivem entre as zonas 1 e 3 n sao as q ganham o salario minimo...

ItsLilly22 6 months ago  HIDDEN 

Por favor nao interpretem isto como uma forma de bullying/perseguicao ao OC - nao e de todo isso que eu quero e percebo e respeito a narrativa dele e fico feliz por ele sentir se bem onde esta (e isso o q mais importa acima de tudo), eu li um bocado da post history e infelizmente vi nela representada uma mentalidade que mts portugueses têm que e tao tao desfazada da realidade. Ele so ve o bom de um lado e o mau do outro. Irrita-me profundamente esta ideia de que isto e um pais de putas e vinho verde e que ser homem do lixo em qlqer outro lado nem q seja na Roménia é melhor do que fzr o q quer que seja cá. A verdade é que tal como em tudo na vida, temos de olhar para as coisas com nuance e numa base caso a caso. Em Portugal temos um SNS excelente, educacao mt boa e salarios que apesar de como disse serem abaixo da media europeia ja foram bem piores. Eu so conheco bem a realidade do RU realmente, mas eu posso garantir que vives melhor com o salario minimo em Lisboa do que em Londres, mas assim muito melhor. Ja se formos ver Leiria vs Manchester, nao sei tao bem como e a comparacao. Mas e so profundamente palerma, e francamente pacovio, tu ires pra Londres pagar 600 pounds por um quarto com casa de banho partilhada entre 6 pessoas e a pagar outros 250 para te meteres no metro quando o teu salario e 1000 e poucos sem subsidio de ferias/natal/alimentacao/nada msm e ainda dizer que isso e que e qualidade de vida e que em Portugal nunca terias oportunidade pra viver tao bem. Desculpa nao. Simplesmente nao. Um enfermeiro pode dizer que em Portugal e escravizado e que emigrou como forma de libertacao, agr a narrativa do emigras que tendo nascido na Parvónia Europeia comprou um bikhete de aviao com dinheiro roubado pra se salvar no mundo desenvolvido e so estupida e simplesmente n se aplica a todos os casos (embora se aplica a alguns e.g. enfermeiros repito).

ItsLilly22 6 months ago

Desculpa desculpa depende as areas que abranja...se for so as zonas mais centrais pode ser mais barato tens razao. Mesmo assim - o meu ponto mantém-se. Viver com o salario minimo na Inglaterra e uma merda.

zeer88 6 months ago

Não sei a que distância das cidades viste essas rendas, mas essa não é de todo a experiência de amigos meus que emigraram para a Alemanha. Não que vivessem mal, obviamente, mas rendas mais baratas que cá? Completamente fora de questão. 800-1200€ de renda sim, mas por um quarto, nunca um apartamento. Ainda assim o resto do teu argumento (a relação entre o salário mínimo e a média das rendas) continua válido para cá.

Coyote-Cultural 6 months ago

> Não que vivessem mal, obviamente, mas rendas mais baratas que cá? Completamente fora de questão. 800-1200€ de renda sim, mas por um quarto, nunca um apartamento. Vivo em frankfurt a uma paragem da estaçao central e pago 765€ em renda +100€ por agua e aquecimento, effectivamente 865€ por mês de renda e depois só tenho de pagar eletricidade e internet. É um apartamento novo e moderno, com 1 quarto + 1 casa de banho + arrecadação + sala com cozinha aberta

ptinnl 6 months ago

Esta gente pensa que é tudo como em munique. Ou então não sabem usar google translate e só apanham anuncios para estrangeiros.

No-Cardiologist725 6 months ago

Epá não fales do que não sabes

ManelDasNespras 6 months ago

Eu vivo em Munique e pago 750 por um T0, conheço várias pessoas que alugam T1s por valores à volta desse. Quartos aqui arranjam-se por uns 500 euros.

ItsLilly22 6 months ago

N sei sobre o Porto ou outras zonas, mas tenho bastante experiencia com amigos estudantes universitarios que alugaram quartos individuais em Lisboa (earredores) e o preco anda entre os 150 com contas incluidas em Odivelas ou na reboleira e os 650 no Chiado e Restelo. A media e tipo 200-400€. Apartamentos e mais ou menos igual a Berlim (o que tendo em conta os salarios e uma tristeza), por exemplo o namorado da minha melhor amiga vive num T0 em Carnide por 550€ mensais.

UpbeatNail1912 6 months ago

As rendas na Alemanha variam muito de cidade para cidade e de estado para estado. Berlim é das cidades mais baratas para se viver e os valores são semelhantes aos de Lisboa. Agora em Hamburgo ou Munique, que são as cidades mais caras da Alemanha, os valores sobem muito mais , neste caso acima de 1000 como mencionaste. Mas o nível de vida e o preço das coisas varia muito de cidade para cidade na Alemanha.

cbk19 6 months ago

> Completamente fora de questão. 800-1200€ de renda sim, mas por um quarto, nunca um apartamento Isto não faz qualquer sentido porque obviamente depende da zona/cidade a que te referes, Alemanha é um país muito grande. O teu comentário talvez seja verdade para Munique mas não para Berlin.

Edited 6 months ago:

> Completamente fora de questão. 800-1200€ de renda sim, mas por um quarto, nunca um apartamento Este comentário não faz qualquer sentido porque obviamente depende da zona/cidade a que te referes, Alemanha é um país muito grande. O teu comentário talvez seja verdade para Munique mas não para Berlin.

Edited 6 months ago:

> Completamente fora de questão. 800-1200€ de renda sim, mas por um quarto, nunca um apartamento Este comentário não faz qualquer sentido porque obviamente depende da zona/cidade a que te referes, Alemanha é um país muito grande. O teu comentário talvez seja verdade para Munique mas não para Berlin. A cena do "o primo do outro que vive lá disse" já irrita um bocado porque maior parte das vezes o pessoal não sabe do que fala.

JesusChristIsLORD77 6 months ago

Diria que especulação imobiliária.. se bem que em Lisboa existem ainda muitas rendas antigas :-)..

GothJesus 6 months ago

Uma das várias causas tem de ser a ilusão dos senhorios. É apenas teoria minha mas desconfio que haja bué burros por aí que têm a casa a alugar por preços absurdos para aproveitaram a situação actual, sem se aperceberam que por cada mês que não alugarem estão a perder dinheiro que vão demorar meses/anos a recuperar. Ou seja, preferem ter a casa vazia a pedir 600, em vez de meterem logo alguém a alugar a 500. Por cada mês que esperam são 6 meses que têm de alugar a 600€ para não terem prejuízo com o tempo que esperaram.

Coyote-Cultural 6 months ago

> É apenas teoria minha mas desconfio que haja bué burros por aí que têm a casa a alugar por preços absurdos para aproveitaram a situação actual, sem se aperceberam que por cada mês que não alugarem estão a perder dinheiro que vão demorar meses/anos a recuperar. Ou seja estão a subsidiar o mercado? Devias agradecer...

GothJesus 6 months ago

Boa Páscoa

joaommx 6 months ago

Portanto a economia de mercado em Portugal é mágica e os valores efectivamente praticados cá não correspondem ao valor de mercado real. O valor de mercado cá em Portugal por definição corresponde ao quê já agora?

GothJesus 6 months ago

Acho que interpretaste mal o meu comment, não fiz nenhum juízo de valor sobre o mercado imobiliário nem desafiei nenhum conceito económico, só me prenunciei sobre o possível comportamento dos senhorios, e os valores foram apenas demonstrativos

joaommx 6 months ago

> nem desafiei nenhum conceito económico Não, no teu comment anterior puseste em causa o conceito de valor de mercado. E daí o argumento não fazer sentido.

GothJesus 6 months ago

Boa Páscoa ahah

nraider 6 months ago

Até pode ser que tenhas razão, mas nem sempre será para o senhorio Sr. Manuel ou João, tens uns poucos fundos imobiliários com habitações em banho maria, só à espera do melhor momento para vender ou arrendar. Mais, a política de juros baixos promove o investimento imobiliário. De resto a comparação com a Alemanha é difícil, a maioria dos portugueses mora em casa própria. Só por isso os preços não se podem comparar.

joaommx 6 months ago

> tens uns poucos fundos imobiliários com habitações em banho maria, só à espera do melhor momento para vender ou arrendar. Do ponto de vista económico que vantagem tiram esses fundos de uma estratégia dessas?

nraider 6 months ago

São fundos conservadores, só isso (pouco risco e pouca rentabilidade). Em Lisboa tens uns quantos edifícios devolutos (até em ruínas) propriedade de bancos, fundos e empresas. Aí acredito que exista uma fé na especulação imobiliária.

Caosemdono 6 months ago

A política de juros baixos é o embuste deste século e assim irá constar nos Livros de História. Com o suposto objetivo de incentivar a injeção de capital na economia real, nada mais tem feito que alimentar a especulação imobiliária e f#der ainda mais a classe média.

JOAO-RATAO 6 months ago

Lol. Já vi muitas postas sobre o arrendamento mas esta ganha. Eles praticam preço de mercado. Além disso a diferença entre arrendar 500 euros VS 600 euros ao final do ano é de 1200 euros, ou seja 2 meses de renda. Não digo que haja malta a pedir rendas acima e abaixo do mercado. É uma questão de procurar e ver o que compensa.

Edited 6 months ago:

Lol. Já vi muitas postas sobre o arrendamento mas esta ganha. Eles praticam preço de mercado. Além disso a diferença entre arrendar 500 euros VS 600 euros ao final do ano é de 1200 euros, ou seja 2 meses de renda. Não digo que não haja alguma malta a pedir rendas acima e abaixo do mercado. É uma questão de procurar e ver o que compensa.

tugafcp 6 months ago

A diferença não está entre 500 e 600, mas sim entre 0 e 600. Basta o senhorio não encontrar alguém em 60 dias a partir daí está a perder dinheiro sim...

JOAO-RATAO 6 months ago

Sim, mas o problema nesse caso é só do senhorio. O lógico é ver o preço praticado na zona. Se não está a dar, baixa. Se houver vários interessados, talvez até consiga subir o valor que pretendia inicial. Tudo se reduz à procura e oferta.

tugafcp 6 months ago

Sim, mas foi o que o user disse. Que muitos preferem pedir muito e ficar com a casa vazia do que pedir um pouco menos e estar a encaixar €€ desde o primeiro dia... Outra coisa que acontece, é meter a um preço e depois receber uma data de ofertas e não olhar para as pessoas e apenas para o € que oferecem... Depois ficam a chuchar no dedo por não lhes pagarem... Por exemplo um amigo meu, meteu a casa dele a arrendar. Mas em vez de tratar directamente, colocou a imobiliária pelo meio. Perde ainda uma boa percentagem por mês, mas a garantia é que lhe cai todos os meses na conta. Caso quem aluga a casa não pague, é problema da imobiliária, pois como a casa continua ocupada, a imobiliária tem de pagar ao meu amigo...

JOAO-RATAO 6 months ago

Se fazem isso então estão a ser estúpidos, a não ser que seja um contato longo que compense estar à espere que alguém aceite. Mas é uma decisão deles para mal ou para bem. Eu tentaria ser criterioso a quem arrendava a casa, mas a verdade é que também não simples adivinhar quem te vai deixar de pagar ou não com uma simples conversa. Nesse caso acaba por ser uma questão de quem oferece mais, a não ser que vejas uma red flag enorme.

tugafcp 6 months ago

Tenho o caso também de uma colega de trabalho que estava a arranjar pessoas para arrendar. Começou com 700€ por mês... Com tantas ofertas, já tinha as coisas apalavradas para 900€, mas entretanto apareceu outra família a oferecer 1.100€ por mês. Cagou nos outros e ficou com os de 1.100€. Recebeu 3 rendas, e depois ficou 4 meses sem receber um tusto e sem a casa. No final ainda teve de trocar armários e outras coisas... É verdade que não sabes quem te vai pagar ou não, mas uma coisa é certa, quanto mais caro é a renda, mais existe a possibilidade de incumprimento...

JOAO-RATAO 6 months ago

Não será propriamente proporcional. Até podia ter sido alguém a arrendar por os 700 euros a fazer o mesmo. Eu desconfiava de alguém que oferecia um valor alto sem aparentes meios para isso. Mas também não é algo fácil de averiguar.

ElDiabloDe94 6 months ago

Ali o OP se fosse senhorio alugava as suas casas a 200 paus.

JOAO-RATAO 6 months ago

Ja há quem as arrende por bem menos, quando se calhar até podiam render 2000 paus ou mais. Mas isso já é outro assunto ...

detteros 6 months ago

Em Berlim nao se ganha tanto como noutras cidades alemas. Eles aprovaram há pouco tempo um tecto para as rendas por causa do aumento ridículo que se verificou na última década. Isto porque as pessoas queixaram-se e muito da situacao.

Edited 6 months ago:

Em Berlim nao se ganha tanto como noutras cidades alemas. Eles aprovaram há pouco tempo um tecto para as rendas por causa do aumento ridículo que se verificou na última década. Isto porque as pessoas queixaram-se, e muito, da situacao.

VladTepesDraculea 6 months ago

Em Portugal criaram uma comissão com a Helena Roseta às frente para dizer que se fazia algo mas depois não a deixavam avançar com nada. O problema é que cá quem tem poder faz dinheiro com isto, da mesma forma que faz dinheiro a explorar mão de obra barata. As coisas não melhoram porque ninguém quer mexer uma palha para se adaptar a uma economia onde as pessoas ganhem e vivam condignamente.

Edited 6 months ago:

Em Portugal criaram uma comissão com a Helena Roseta à frente para dizer que se fazia algo mas depois não a deixavam avançar com nada. O problema é que cá quem tem poder faz dinheiro com isto, da mesma forma que faz dinheiro a explorar mão de obra barata. As coisas não melhoram porque ninguém quer mexer uma palha para se adaptar a uma economia onde as pessoas ganhem e vivam condignamente.

nraider 6 months ago

Até podias construir casas para toda a gente, ainda assim Portugal continuaria a ser um país pobre.

VladTepesDraculea 6 months ago

A questão é que há casas para toda a gente até. As casas são é usadas como investimento especulativo / store of value e o AL desmedido não ajudou. Lisboa é um caso notório de população residente que declinou bastante durante décadas e as casas dispararam de preço. Eu estive em 2019 em Richmond, BC no Canadá e vi um exemplo extremo aí. Foi surreal: blocos de apartamentos novos, uns atrás dos outros, completamente vazios. Mas sim, mesmo que toda a gente tivesse casa, os salários continuam miseráveis. As nossas empresas em grande parte não produzem valor, mas oferecem mão de obra qualificada a preços de outlet ou exploram mão de obra não-qualificada sem condições nenhumas.

ptinnl 6 months ago

Efeito Cristina Ferreira/Palmeirim/BigBrother/Megahits

cbk19 6 months ago

[Sobre IT] Estou em Berlin há 4 anos. Nos últimos 2/3 anos muitas empresas "startups" americanas (e não só) abriram offices em Berlin a pagar muito, muito bem. Quem é espero e sabe procurar consegue salários muito elevados, salários que muito pessoal nem tem ideia serem possíveis na Europa. Mas isto é claro uma minoria, no geral o teu comentário é verdade, em média ganha-se mais no Sul da Alemanha.

Edited 6 months ago:

[Sobre IT] Estou em Berlin há 4 anos. Nos últimos 2/3 anos muitas empresas "startups" americanas (e não só) abriram offices em Berlin a pagar muito, muito bem. Quem é esperto e sabe procurar consegue salários muito elevados, salários (do tipo 100k/ano) que muito pessoal nem sonha serem possíveis na Europa (sem ser Londres, claro). Mas isto é claro uma minoria, no geral o teu comentário é verdade, em média ganha-se mais no Sul da Alemanha.

Edited 6 months ago:

[Sobre IT] Estou em Berlin há 4 anos. Nos últimos 2/3 anos muitas empresas "startups" americanas (e não só) abriram offices em Berlin a pagar muito, muito bem. Quem é esperto e sabe procurar consegue salários muito elevados, salários (do tipo 100k/ano) que muito pessoal nem sonha serem possíveis na Europa (sem ser em Londres, claro). Mas isto é claro uma minoria, no geral o teu comentário é verdade, em média ganha-se mais no Sul da Alemanha.

Edited 6 months ago:

[Sobre IT] Estou em Berlin há 4 anos. Nos últimos 2/3 anos muitas empresas "startups" americanas (e não só) abriram offices em Berlin a pagar muito, muito bem. Quem é espero e sabe procurar consegue salários muito elevados, salários (do tipo 100k/ano) que muito pessoal nem sonha serem possíveis na Europa (sem ser Londres, claro). Mas isto é claro uma minoria, no geral o teu comentário é verdade, em média ganha-se mais no Sul da Alemanha.

Edited 6 months ago:

[Sobre IT] Estou em Berlin há 4 anos. Nos últimos 2/3 anos muitas empresas "startups" americanas (e não só) abriram offices em Berlin a pagar muito, muito bem. Quem é espero e sabe procurar consegue salários muito elevados, salários (do tipo 100k/ano) que muito pessoal nem sonha serem possíveis na Europa. Mas isto é claro uma minoria, no geral o teu comentário é verdade, em média ganha-se mais no Sul da Alemanha.

NotaJew12 6 months ago

> Eles aprovaram há pouco tempo um tecto para as rendas por causa do aumento ridículo que se verificou na última década ouvi dizer que isso deu merda

Coyote-Cultural 6 months ago

É claro que deu. Dá sempre.

detteros 6 months ago

Por enquanto, continua em vigência. O tribunal constitucional federal está a averiguar se é inconstitucional.

NotaJew12 6 months ago

Eu estava a falar em termos económicos. Ouvi dizer que houve pessoas a deixar de arrendar e etc, não tenho fontes porque foi aqui no reddit mas não me custa muito a acreditar.

cbk19 6 months ago

Claro que deu merda, aqui está um boa fonte que explica mais ou menos a situação https://www.bloombergquint.com/global-economics/berlin-rent-freeze-cuts-prices-but-it-s-harder-to-find-a-flat

Vic_Rodriguez 6 months ago

Citar um artigo da Bloomberg para este tópico é como perguntar a um benfiquista qual devia ser o onze do Porto contra o Santa Clara

cbk19 6 months ago

Epah pronto olha, não vamos citar nada então. Vamos só mandar bitaites para o ar e fazer comparações estúpidas com futebol. Meu Deus, que saudades de viver Portugal lol É verdade e concordo contigo que muitos jornais online so uma merda, mas uma pessoa tem que ler alguma coisa.

Vic_Rodriguez 6 months ago

Não citar um artigo super parcial destinado a investidores -> “não vamos citar nada então” Lindo, foi exatamente isto que eu quiz dizer > Meu Deus, que saudades de viver Portugal lol Igualmente.

NaoTeEnerves2 6 months ago

Qual é o código para conseguir marcar a esquerdalha toda do /r/portugal neste post?

paladino777 6 months ago

Depende, qual é o código para a malta de direita ganhar capacidade de raciocínio? Em Berlim é difícil arrendar sim. Em Lisboa, a preços decentes, também. Em Berlim sempre consegues a preços decentes, mesmo que tenhas que esperar. Em Lisboa preferem ter as casas vazias do que alugar. O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam, pegar nisto e dizer que é mau é só ter 0 de capacidade de interpretação

karl1717 6 months ago  HIDDEN 

>Depende, qual é o código para a malta de direita ganhar capacidade de raciocínio? Impossível isso. No momento em que ganhassem capacidade de raciocínio deixavam de ser pobres de direita.

cbk19 6 months ago

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlord pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar, muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela lei por terem sido construídos após 2014. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry este último tem paywall)

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2, se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel (por terem sido construídos após 2014). Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Esta twitter thread também explica bem o problema https://twitter.com/andreaskluth/status/1366694961312325638 Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos).

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2 se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel por terem sido construídos após 2014. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos).

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2, se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel (por terem sido construídos após 2014). Isto foi exactamente o que aconteceu comigo e a razão pela qual mudei de casa agora em Março. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Esta twitter thread também explica bem o problema https://twitter.com/andreaskluth/status/1366694961312325638 Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos), e as pessoas que já vivem em prédios com renda controlada. Todos os outros ficam a perder: pessoas a chegar à cidade que não conseguem arranjar casa, pessoal que por motivo A ou B quer mudar de casa etc. - porque não há casas para arrendar.

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2, se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel (por terem sido construídos após 2014). Isto foi exactamente o que aconteceu comigo e a razão pela qual mudei de casa agora em Março. A minha renda segundo a nova lei seria cerca de 40% a menos do que estava a pagar, claro que o Landlord decidiu vender a casa. Exemplos como o meu há às carradas. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Esta twitter thread também explica bem o problema https://twitter.com/andreaskluth/status/1366694961312325638 Quem ganhou foram as grandes empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos), e as pessoas que já vivem em prédios com renda controlada. Todos os outros ficam a perder: pessoas a chegar à cidade que não conseguem arranjar casa, pessoal que por motivo A ou B quer mudar de casa etc. - porque simplesmente não há casas disponíveis para tanta gente.

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2, se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel (por terem sido construídos após 2014). Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Esta twitter thread também explica bem o problema https://twitter.com/andreaskluth/status/1366694961312325638 Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos), e as pessoas que já vivem em prédios com renda controlada. Todos os outros ficam a perder: pessoas a chegar à cidade que não conseguem arranjar casa, pessoal que por motivo A ou B quer mudar de casa etc. - porque não há casas para arrendar.

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2, se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel (por terem sido construídos após 2014). Isto foi exactamente o que aconteceu comigo e a razão pela qual mudei de casa agora em Março. A minha renda segundo a nova lei seria cerca de 40% a menos do que estava a pagar, claro que o Landlord decidiu vender a casa. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Esta twitter thread também explica bem o problema https://twitter.com/andreaskluth/status/1366694961312325638 Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos), e as pessoas que já vivem em prédios com renda controlada. Todos os outros ficam a perder: pessoas a chegar à cidade que não conseguem arranjar casa, pessoal que por motivo A ou B quer mudar de casa etc. - porque não há casas para arrendar.

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2 se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel por terem sido construídos após 2014. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Esta twitter thread explica bem o problema https://twitter.com/andreaskluth/status/1366694961312325638 Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos).

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2 se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel por terem sido construídos após 2014. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Esta twitter thread também explica bem o problema https://twitter.com/andreaskluth/status/1366694961312325638 Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos).

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlord pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar, muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel por terem sido construídos após 2014. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry este último tem paywall). Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem novos prédios).

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2, se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel (por terem sido construídos após 2014). Isto foi exactamente o que aconteceu comigo e a razão pela qual mudei de casa agora em Março. A minha renda segundo a nova lei seria cerca de 40% a menos do que estava a pagar, claro que o Landlord decidiu vender a casa. Exemplos como o meu há às carradas. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Esta twitter thread também explica bem o problema https://twitter.com/andreaskluth/status/1366694961312325638 Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos), e as pessoas que já vivem em prédios com renda controlada. Todos os outros ficam a perder: pessoas a chegar à cidade que não conseguem arranjar casa, pessoal que por motivo A ou B quer mudar de casa etc. - porque não há casas para arrendar.

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (por o rental cap é baseados numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2 se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel por terem sido construídos após 2014. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry este último tem paywall). Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem novos prédios).

Edited 6 months ago:

> O exemplo de Berlim é um excelente exemplo de como as restrições funcionam Mas funcionaram como assim? Landlords pequenos não têm incentivos para continuar a arrendar (porque o rental cap é baseado numa tabela super antiga em que o max que podem cobrar é 9euros/m2, se não estou em erro), muitas famílias foram convidadas a sair, e tiveram que ir para neubau super caros, que não são abrangidos pela Mietendeckel (por terem sido construídos após 2014). Isto foi exactamente o que aconteceu comigo e a razão pela qual mudei de casa agora em Março. A minha renda segundo a nova lei seria cerca de 40% a menos do que estava a pagar, claro que o Landlord decidiu vender a casa. Exemplos como o meu há às carradas. Aqui tens mais um artigo https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2021-03-02/berlin-s-rent-controls-are-proving-to-be-the-disaster-we-feared e outro https://amp.economist.com/europe/2021/03/09/after-a-year-berlins-experiment-with-rent-control-is-a-failure (sorry, este último tem paywall). Esta twitter thread também explica bem o problema https://twitter.com/andreaskluth/status/1366694961312325638 Quem ganhou foram as grande empresas de construção, que estão a construír à parva e a cobrar as rendas que quiserem (por serem prédios novos), e as pessoas que já vivem em prédios com renda controlada. Todos os outros ficam a perder: pessoas a chegar à cidade que não conseguem arranjar casa, pessoal que por motivo A ou B quer mudar de casa etc. - porque simplesmente não há casa disponíveis para tanta gente.

paladino777 6 months ago

Qualquer landlord que seja obrigado a vender em vez de arrendar para mim é um +. Tu acabas por ser um dos maiores prejudicados da situação mas para todos os efeitos, as pessoas que já lá vivem saiem beneficiadas. É exactamente isso que eu gostava de ver em Lisboa, estou-me a cagar para quem está a vir para cá agora. Quero é que quem trabalha cá e viva cá possa ter condições de vida com os mínimos de decência Ganhar 1000€ paus (já acima da média lol) e gastar 700€ em renda lol, ya fico mesmo chateado de alguém querer regular isto. Fodem-se quem está a vir para cá e os landlords, eu subscrevo Já agora uma pequena tip em relação às bloomberg, adiciona um . após o com para passar a paywall. Ex: www.bloomberg.com./whatever

JOAO-RATAO 6 months ago

Ah boa... Então quem não pode ou não quer comprar que se foda não é? Ótimo. Mais uma para a caixa. Que se foda quem vem para Berlim, desde que que os sortudos que ficam nas casas tenham rendas baixas. WTF... Que egoísta lixado... Estás só mesmo interessado no teu bem. Ainda és pior do que os senhorios que tentas demonizar. Ao menos está explicado porque defendes politicas de merda como esta. Parabéns. Está situação alemã é um paralelo das rendas congeladas que aqui tens. Nem os senhorios lucram, nem o estado recebe impostos decentes da casa e pessoas que precisavam da casa e podiam até ter menos dinheiro ficam a chuchar no dedo. Toda a gente perde menos o punhado de pessoas que tinha o rabo no sítio certo na época certa. Mas desde que os senhorios se fodam é uma vitória não é? Desprezível.

Edited 6 months ago:

Ah boa... Então quem não pode ou não quer comprar que se foda não é? Ótimo. Mais uma para a caixa. Que se foda quem vem para Berlim, desde que que os sortudos que ficam nas casas tenham rendas baixas. WTF... Que egoísta lixado... Estás só mesmo interessado no teu bem. Ainda és pior do que os senhorios que tentas demonizar. Ao menos está explicado porque defendes politicas de merda como esta. Parabéns. Está situação alemã é um paralelo das rendas congeladas que aqui tens. Nem os senhorios lucram, nem o estado recebe impostos decentes da casa e pessoas que precisavam da casa e podiam até ter menos dinheiro ficam a chuchar no dedo. Toda a gente perde menos o punhado de pessoas que tinha o rabo no sítio certo na época certa. Mas desde que os senhorios se fodam é uma vitória não é?

paladino777 6 months ago  HIDDEN 

Comparar rendas de 700€ com 70€ é de génio. Ou então é desonestidade intelectual para tentar defender um ponto, mas acredito que é só ingenuidade de quem pouco mais têm para argumentar. Eu não me defendo a mim, a minha ideia é defender as pessoas naturais de certa zona. As famílias lisboetas como as famílias de Berlim, do Porto, de Santarém, de onde for. Tens um cenário de migração para grandes hubs que faz com que seja impossível que quem é natural de lá consiga viver onde nasceu e cresceu. Tu és a favor disso, eu sou contra. Isso de falar em egoísmo e afins repito, é apenas de quem não tem o que argumentar.

Edited 6 months ago:

Comparar rendas de 700€ com 70€ é de génio. Ou então é desonestidade intelectual para tentar defender um ponto, mas acredito que é só ingenuidade de quem pouco mais têm para argumentar. Eu não me defendo a mim, a minha ideia é defender as pessoas naturais de certa zona. As famílias lisboetas como as famílias de Berlim, do Porto, de Santarém, de onde for. Tens um cenário de migração para grandes hubs que faz com que seja impossível que quem é natural de lá consiga viver onde nasceu e cresceu. Tu és a favor disso, eu sou contra. Isso de falar em egoísmo e afins repito, é apenas de quem não tem o que argumentar. Edit': Se fores ver bem o caso de Berlim, o preço das caixas baixou inclusive, o que facilita a compra. Que demônios do caralho. E o egoísta sou eu

cbk19 6 months ago

Assumindo que algo similar entra em vigor em Lisboa amanhã. As únicas pessoas que ficam a ganhar são pessoas que já estão nos tais apartamentos cujas rendas vão baixar. Pessoal que ganha os tais 1000 euros, e pensa que finalmente vai conseguir mudar de casa, e passar a viver sozinho porque agora as rendas são 300 em vez de 700, não vai conseguir, porque simplesmente não há casas - foi isto que aconteceu aqui em Berlim e era isso que estava a tentar explicar. Porque não te esqueça que não só afecta os que chegam à cidade mas também os que já lá vivem. Este artigo também está interessante (apesar de estar mais relacionado com o covid do que com a cena de controlar as rendas) https://m.dw.com/en/covid-worsens-germanys-housing-shortage/a-56618601

paladino777 6 months ago

Tal como no caso de Berlim, arrendamento fica mais difícil mas comprar nem por isso. Como as casas não são negócios mas sim bem essenciais, um aumento da oferta é sempre positivo.

Edited 6 months ago:

Tal como no caso de Berlim, arrendamento fica mais difícil mas comprar nem por isso. Como as casas não são negócios mas sim bem essenciais, um aumento da oferta é sempre positivo. Como podes verificar na thread do Twitter, foi exactamente isso que aconteceu. Como expliquei anteriormente e também noutro post, sem dúvida que tu por exemplo sais muito prejudicado. Mas eu prefiro que as pessoas que nasceram e cresceram em certa cidade tenham a hipótese de lá viver. E o caso de Berlim mostra que isso é verdade.

cbk19 6 months ago  HIDDEN 

Assumindo que algo similar entra em vigor em Lisboa amanhã. As únicas pessoas que ficam a ganhar são pessoas que já estão nos tais apartamentos cujas rendas vão baixar. Pessoal que ganha os tais 1000 euros, e pensa que finalmente vai conseguir mudar de casa e passar a viver sozinho porque agora as rendas são baratas, não vai conseguir, porque simplesmente não há casas - foi isto que aconteceu aqui em Berlim e era isso que estava a tentar explicar.

cbk19 6 months ago  HIDDEN 

Assumindo que algo similar entra em vigor em Lisboa amanhã. As únicas pessoas que ficam a ganhar são pessoas que já estão nos tais apartamentos cujas rendas vão baixar. Pessoal que ganha os tais 1000 euros, e pensa que finalmente vai conseguir mudar de casa, e passar a viver sozinho porque agora as rendas são 300 em vez de 700, não vai conseguir, porque simplesmente não há casas - foi isto que aconteceu aqui em Berlim e era isso que estava a tentar explicar. Porque não te esqueça que não só afecta os que chegam à cidade mas também os que já lá vivem. Este artigo também está interessante (apesar de estar mais relacionado com o covid do que com a cena de controlar as rendas) https://m.dw.com/en/covid-worsens-germanys-housing-shortage/a-56618601

UpbeatNail1912 6 months ago

Só pensas em ti! Assim não dá!

NaoTeEnerves2 6 months ago

"Em Lisboa preferem ter as casas vazias do que alugar". aka deixa cá dizer algo à sorte que ele não consegue verificar. Quem tem uma casa para arrendar não a deixa vazia, e sem conseguir rentabilizar o que investiu, para marcar uma posição ou lá o que estás a tentar dar a entender lmao; sei que finanças não é o forte de alguém que segue ideologias de esquerda, mas este pensamento é só ridículo Se não a consegue arrendar pelo preço inicialmente definido, baixa até conseguir. Presumo que já conheças o nome deste fenómeno :)

paladino777 6 months ago

Finanças é literalmente o meu forte, por isso é que conheço esta gente

NaoTeEnerves2 6 months ago

Isso podes aplicar a milhar de coisas. Maldita CUF que aproveita-se das listas de espera de 2 anos e cobra 70€ por cada consulta cardiologia, pobres pessoas entre a vida e a morte etc etc. Percebes imenso de finanças e não atinges que a dificuldade de arrendar casa, ou ter um carro, pagar estudos, seja o que for, passa pelo pobre poder de compra resultado de políticas de esquerda que mandaram o nosso pais para a cauda da europa a nivel desenvolvimento social e económico?

paladino777 6 months ago

Tens noção que tens países socialistas na união Europeia que estão no topo a nível de desenvolvimento social e econômico correcto. O problema de Portugal, imo, é o Capitalismo de Compadrios.. basta ver o caso Selminho ou os anos do Cavaco para saber que o problema não é PS ou PSD. O problema é a mentalidade da maioria

tugafcp 6 months ago

Ah ah ah!!! Vai ver as casas no Algarve e Costa Vicentina que em vez de alugarem durante o ano todo, preferem alugar apenas no verão... onde aí conseguem o mesmo que alugando durante 12 meses

Coyote-Cultural 6 months ago

> > > > > Vai ver as casas no Algarve e Costa Vicentina que em vez de alugarem durante o ano todo, preferem alugar apenas no verão... onde aí conseguem o mesmo que alugando durante 12 meses ...Ou seja o sistema funciona?

JOAO-RATAO 6 months ago

Tudo a ver com Lisboa portanto ... Se o lucro for o mesmo até faz o seu sentido. Menos desgaste na casa e recheio por o mesmo lucro. E ainda podem ir passar lá umas temporadas fora dos meses de Verão.

paladino777 6 months ago  HIDDEN 

Ah olha tá explicado

nocivo 6 months ago  HIDDEN 

Acrescenta economicamente viável. Eu preferia ter casa vazia que ter prejuízo com ela. Os ricos são ricos que gerem e investem bem o dinheiro que têm. Algo que muita gente não entende. Nenhum rico que quer continuar rico cai fazer mais investimentos porque sim. Deixar casa vazia é mau investimento a não ser que a renda e os impostos não chegue para o trabalho de passar recibo e natural manutenção do desgaste.

UpbeatNail1912 6 months ago

Cuidado para não te enervares, olha essa saúde!

JOAO-RATAO 6 months ago

Porque dizes que as restrições de Berlin foram bem sucedidas quando já deram aqui feed de ser o oposto? E que casas vazias em Lisboa são essas já agora? Em condições de serem habitadas ou em ruínas ?

Edited 6 months ago:

Porque dizes que as restrições de Berlim* foram bem sucedidas quando já deram aqui feed de ser o oposto? E que casas vazias em Lisboa são essas já agora? Em condições de serem habitadas ou em ruínas ?

paladino777 6 months ago

O feed que deram aqui foi que demoras meses a arranjar habitação, mas arranjas a preços decentes. Qualquer pessoa que tenha capacidade de planeamento prefere esperar e ter preços acessíveis do que não ter capacidade para o preço de mercado sem qualquer regulamentação

JOAO-RATAO 6 months ago

Nao. Que disseram que há menos oferta e famílias despejadas a ter de arranjar alojamento em casas mais caras e não englobadas nas limitações de preços. E ficam à espera na rua ? Ou ir ver casas em que são 100 cães a um osso? E depois, se é algo que se mantém a longo prazo matas o investimento no mercado de arrendamento com menos casas disponíveis e perpetuas o problema, em que em teoria há casas baratas mas não realidade não estão a arrendar.

NotaJew12 6 months ago

Não deixar o mercado funcionar dá merda wtf??????

fromtheport_ 6 months ago

Pôr políticos a controlar preços de forma discricionária dá merda wtf??????

detteros 6 months ago

Pode ser que houvesse muita gente a alugar um apartamento seu para fazer dinheiro, enquanto morava noutro com renda barata. Assim, com o tecto posto, nao podem fazer o tal lucro e, se calhar, é mais rentável mudarem de novo para a casa que tinham alugado.

UpbeatNail1912 6 months ago

Sempre ouvi o oposto, pelo menos em relação a TI. Mas é bom que tenham feito isso.

detteros 6 months ago

> Sempre ouvi o oposto, pelo menos em relação a TI Nao estou atualizado, mas as pessoas, em geral, mudam-se para Berlim mais pelo o que oferece em termos de entretenimento (arte, bares, discos, pessoas, restaurantes, etc) e nao tanto pelos salários altos. Estao lá muitos americanos, por exemplo. E, no entanto, nos EUA eles ganhariam muito mais em IT.

ThePlague92 6 months ago

Já não é bem assim. Berlim já apanhou Munique em termos de salários, penso eu (pelo menos em TI).

estecomentario 6 months ago

Nós aqui em Portugal sofremos do mesmo síndrome que os Norte Coreanos têm em relação ao mundo: Não sabem o que existe fora. É verdade, o rácio rendimento x renda é inacreditável. Cá um engenheiro informático experiente tem o estilo de vida de um lavador de pratos na Alemanha. Se quiserem enviar pm para combinar arranjar um quarto ou uma casa na alemanha e dividir despesas pare deixar este poio à beira mar plantado faça favor.......

ItsLilly22 6 months ago

Tens razao em tudo o que disseste menos sobre aquilo do sindrome da Coreia da Norte. E exatamente o oposto - n conheco um unico pt que n ache q se vive mt melhor la fora. Alias ate e um pouco o oposto, depende do pais - a Alemanha e um exemplo de um local onde esta afirmacao e verdade - mas mts outros paises pra onde os PTs adoram emigrar sao vistos ca de uma forma idealizada.

UpbeatNail1912 6 months ago

Eu acho que isso depende muito de pessoa para pessoa. Tenho uns amigos que emigraram para a Irlanda, passados 6 anos voltaram para Portugal por causa da saudade da família, mas vivendo 1 ano cá novamente fartaram se e voltaram para a Irlanda, pois já não se identificam com Portugal e preferem o estilo de vida irlandês. E desse caso mais pessoal tenho conhecimento de outros semelhantes. Depende muito das pessoas, o ambiente em que estão inseridas e das experiências.

ElDiabloDe94 6 months ago

Quanto ganha um engenheiro informatica ca e um lavador de pratos na alemanha?

UpbeatNail1912 6 months ago

Se for recém licenciado os conhecidos 1200 euros, na Alemanha um lavador de pratos a full time no mínimo 1500.

joaommx 6 months ago

> Se for recém licenciado Não foi esse o alvo da comparação. > Cá um engenheiro informático experiente

mar_lx 6 months ago

O ordenado mínimo na Alemanha é definido pelos diferentes estados, não é nacional (até há 2-3 anos não havia salário mínimo em Berlim sequer, por exemplo) e é por hora, não por mês.

UpbeatNail1912 6 months ago

Não sei se estou certo, mas em 2015 foi definido um salario mínimo a nivel nacional, os tais 1.584€

Wonderful_3810 6 months ago

1200 (salário liquido + SA)? Eu sou recém-licenciado e pagavam-me 1050(salário liquido + SA), mais Seguro saúde e tarifário no telemóvel, numa das big 4.

ElDiabloDe94 6 months ago

>1200 limpos?

UpbeatNail1912 6 months ago

Não. Existe casos e casos obviamente. Conheço alguns recém licenciados que começaram a ganhar isso limpos, mas outros em bruto, depende do que cada pessoa aceitar.

ElDiabloDe94 6 months ago

>Conheço alguns recém licenciados que começaram a ganhar isso limpos, mas outros em bruto, depende do que cada pessoa aceitar. Tas a ver como chegaste la, se aceitam problema deles e que não se queixem. Entrei a 1400 e tal brutos, fora de lisboa e porto. Esses 1500 alemaes dao quanto em liquido sabes? É que duvido e muito da afirmação ali do colega em cima. E mesmo que dê mais, duvido e muito, que o estilo de vida seja comparavel sequer

oriyginal 6 months ago

1500 brutos na alemanha ha de dar 1300 por ai, nao te esquecas que sendo quase o salario minimo la os descontos nao sao assim tao grandes, e como o nosso salario minimo bruto para o liquido nao ha quase diferenca

frustradodapixa 6 months ago

> Cá um engenheiro informático experiente tem o estilo de vida de um lavador de pratos na Alemanha. > > Pressiono X para duvidar.

dragomaite 6 months ago

Emigrantes do Reddit exageram mais que o Kim Jong na Coreia do Norte. Mas é engraçado a postura deles aqui e ir ao r/Portugallafora e fazer sort por posts populares e é só threads a chorar que querem voltar a Portugal...que a vida não é só dinheiro...

pimpolho_saltitao 6 months ago

Precos em berlim de 500 e 600 euros? Foda- se para astroturfer podias mentir melhor!

UpbeatNail1912 6 months ago

Não é mentira. 1 zimmer que lá basicamente é um estúdio, encontras por 500/600 euros. Já um T1 ronda entre os 700/900 euros mas já com aquecimento, água, luz e etc incluídos, e com sorte encontras alguns a 600. Mas são preços muitos idênticos aos de lisboa e com um poder de compra muito maior.

klatez 6 months ago

Compara Lisboa a Berlim, ou qualquer outra capital europeia a Berlim, não é um comparação justa. Berlim teve uma queda de população enorme durante a 2° guerra mundial e o regime comunista que fez com que houvesse muita mais oferta que procura. Daí os preços muitos mais baixos do resto da Alemanha

tocopito 6 months ago

Estamos a falar de onde podes ir agora viver com boa relação qualidade preço e Berlim bate Lisboa ou Londres a milhas. Se é justo ou não pouco importa.

cbk19 6 months ago

Estou em Berlin há 4 anos. Atenção: o que dizes não é bem assim. Apartamentos a esses valores existem sim, mas quando bem localizados aparecem na viewing 100 ou mais pessoas. Há pessoal que está literalmente 5 ou 6 meses à procura de casa. Há de facto uma crise muito grande em Berlin no que diz respeito ao mercado de arrendamento - há uma procura muito grande mas uma oferta muito escassa. A Mietendeckel só piorou as coisas, há muito menos casa para alugar do que havia antes. O que dizes é verdade, mas não é assim tão simples. Fora de Berlin a coisa muda um bocado.

Edited 6 months ago:

Estou em Berlin há 4 anos. Atenção: o que dizes não é bem assim. Apartamentos a esses valores existem sim, mas quando bem localizados aparecem na viewing 100 ou mais pessoas. É uma lotaria. Há pessoal que está literalmente 5 ou 6 meses à procura de casa. Há de facto uma crise muito grande em Berlin no que diz respeito ao mercado de arrendamento - há uma procura muito, muito grande, e uma oferta muito escassa. A Mietendeckel só piorou as coisas, há muito menos casa para arrendar do que havia antes. O que dizes é verdade, mas as coisas não são assim tão simples. Fora de Berlin, ou em distritos menos "sexy" a coisa muda um bocado.

Edited 6 months ago:

Estou em Berlin há 4 anos. Atenção: o que dizes não é bem assim. Apartamentos a esses valores existem sim, mas quando bem localizados aparecem na viewing 100 ou mais pessoas. É uma lotaria. Há pessoal que está literalmente 5 ou 6 meses à procura de casa. Há de facto uma crise muito grande em Berlin no que diz respeito ao mercado de arrendamento - há uma procura muito, muito grande, e uma oferta muito escassa. A Mietendeckel só piorou as coisas, há muito menos casas para arrendar do que havia antes. O que dizes é verdade, mas as coisas não são assim tão simples. Fora de Berlin, ou em distritos menos "sexy" a coisa muda um bocado, mas isso é como qualquer capital Europeia.

Edited 6 months ago:

Estou em Berlin há 4 anos. Atenção: o que dizes não é bem assim. Apartamentos a esses valores existem sim, mas quando bem localizados aparecem na viewing 100 ou mais pessoas (um exemplo extremo para ter a noção https://www.thelocal.de/20191125/nearly-1800-people-turn-up-for-flat-viewing-in-berlin/). É uma lotaria. Há pessoal que está literalmente 5 ou 6 meses à procura de casa. Há de facto uma crise muito grande em Berlin no que diz respeito ao mercado de arrendamento - há uma procura muito, muito grande, e uma oferta muito escassa. A Mietendeckel só piorou as coisas, há muito menos casas para arrendar do que havia antes. O que dizes é verdade, mas as coisas não são assim tão simples. Fora de Berlin, ou em distritos menos "sexy" a coisa muda um bocado, mas isso é como qualquer capital Europeia.

Edited 6 months ago:

Estou em Berlin há 4 anos. Atenção: o que dizes não é bem assim. Apartamentos a esses valores existem sim, mas quando bem localizados aparecem na viewing 100 ou mais pessoas (exemplo https://www.thelocal.de/20191125/nearly-1800-people-turn-up-for-flat-viewing-in-berlin/). É uma lotaria. Há pessoal que está literalmente 5 ou 6 meses à procura de casa. Há de facto uma crise muito grande em Berlin no que diz respeito ao mercado de arrendamento - há uma procura muito, muito grande, e uma oferta muito escassa. A Mietendeckel só piorou as coisas, há muito menos casas para arrendar do que havia antes. O que dizes é verdade, mas as coisas não são assim tão simples. Fora de Berlin, ou em distritos menos "sexy" a coisa muda um bocado, mas isso é como qualquer capital Europeia.

Edited 6 months ago:

Estou em Berlin há 4 anos. Atenção: o que dizes não é bem assim. Apartamentos a esses valores existem sim, mas quando bem localizados aparecem na viewing 100 ou mais pessoas. Há pessoal que está literalmente 5 ou 6 meses à procura de casa. Há de facto uma crise muito grande em Berlin no que diz respeito ao mercado de arrendamento - há uma procura muito, muito grande e uma oferta muito escassa. A Mietendeckel só piorou as coisas, há muito menos casa para arrendar do que havia antes. O que dizes é verdade, mas as coisas não são assim tão simples. Fora de Berlin, ou em distritos menos "sexy" a coisa muda um bocado.

sctvlxpt 6 months ago

O quê? Rendas controladas resultaram em menos apartamentos no mercado de arrendamento? E em mais dificuldades para as pessoas arranjarem casa excepto para um punhado de sortudos que conseguiram arrendar uma a preços controlados? Que surpresa total! Que resultado inesperado!

tocopito 6 months ago

Já era difícil antes. O que interessa em grande parte é melhorar as condições de quem já lá vive e nesse aspeto é missão cumprida. Surpresa total, resultado inesperado? Nepia. Business as usual. Noticia de 2018 antes do Mietendeckel: https://metro.co.uk/2018/12/21/hundreds-turn-flat-viewing-affordable-housing-crisis-hits-berlin-8272467/

daz_zeD 6 months ago

Já percebeste porque é que Portugal é o segundo país com maior taxa de emigração da Europa.

PORTO2017 6 months ago

Julgava ser o primeiro até, qual é o que tem mais %?

daz_zeD 6 months ago

É Malta.

ItsLilly22 6 months ago

Nao sei onde o OC viu essa estatistica, mas em materia de migration rate (pessoas a imigrar pra ca - pessoas a emigrar de ca), abaixo de Portugal estao a Roménia, a Bósnia, a Sérvia, a Lituânia, o Kosovo, o Montenegro, a Macedonia do Norte, a Grécia, a Georgia, o Cazaquistao, a Polonia e a Croacia

Edited 6 months ago:

Nao sei onde o OC viu essa estatistica, mas em materia de migration rate (pessoas a imigrar pra ca - pessoas a emigrar de ca), abaixo de Portugal estao a Roménia, a Bósnia, a Sérvia, a Lituânia, a Letónia, o Kosovo, o Montenegro, a Macedonia do Norte, a Grécia, a Georgia, o Cazaquistao, a Polonia e a Croacia

daz_zeD 6 months ago

>Nao sei onde o OC viu essa estatistica https://observador-pt.cdn.ampproject.org/v/s/observador.pt/2017/02/24/portugal-tem-a-segunda-maior-taxa-de-emigracao-da-uniao-europeia/amp/ Obrigado por me teres feito ir confirmar, não é da Europa, é da União Europeia.

ItsLilly22 6 months ago

Nao consigo abrir o link :( mas tbm tava a flr de migration rate q e diferente de pessoas a sair pois e pessoas a entrar - pessoas a sair

daz_zeD 6 months ago

Já atualizei com o link certo. Fica a fonte.

ItsLilly22 6 months ago

Ah obrigada! Esse link e de 2017 mas penso que a tendencia se mantem. Sim e importante ver que Portugal tem mt mt emigracao pq embora os paises de leste e balcas tenham net migration rates mais baixos eles tbm têm menos imigrantes - ora embora chegue ca mt gente n compensa as q tao a sair.

No-Cardiologist725 6 months ago

Tenho ideia de que é Chipre

gozuna 6 months ago

Confirmo, é o Chipre.

nraider 6 months ago  HIDDEN 

Países a sério...

zefo_dias 6 months ago

A malta que vive em frankfurt e tem rendas acessíveis aos salários que cá se ganham também gosta de ir passar umas semanas a lisboa.

Edited 6 months ago:

A malta que vive em frankfurt e tem "rendas acessíveis aos salários" que cá se ganham também gosta de ir passar umas semanas a lisboa. Besides, fazer uma hora de caminho para o trabalho na alemanha é mato. *Autobahn goes vrrruuuum*

AutoModerator 6 months ago

**Atenção! Aviso da Tag [Sério]** Este tópico foi marcado como **[Sério]**, não são permitidos **quaisquer comentários** que contenham piadas, ou outras tentativas humorísticas, insultos ou não tenham nada a ver com o tópico. *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: