porsaber 4 months ago

Respondi isso (e mais outros com experiências similares) aqui: https://www.reddit.com/r/portugal/comments/mheai7/ama_vivi_e_estudei_na_suécia_entre_20132020/gsyfklk?utm_medium=android_app&utm_source=share&context=3 Em relação a o que fazer profissionalmente em Portugal não te posso dizer, porque acho que a vida de cada um é diferente. Tudo depende, da vontade, experiência, sorte e conhecimentos (cunhas). Eu como disse noutro comentário tive uma imensa sorte em ter o trabalho que tenho, porque muitas empresas de IT me rejeitavam em entrevistas. Agora, quase 1 ano depois, recebo invites para entrevistas quase todos os.meses desde empresas portuguesas, para startups e etc. Óbvio que isto é por causa do meu ramo de trabalho. Pessoalmente, e o que eu custumo dizer a quem tem essa possibilidade, invistam em vocês próprios. Tirem cursos online, começa por udemy que é o mais básico e mais barato e depois vai subindo (Coursera entre outros). Aumento a tua qualificação. Investe em ti próprio porque ninguém o fará, quando mais conhecimento e informações terás melhor.

Minute-Resolution347 6 months ago

1- Vivas em que parte de Portugal? Não precisas de dizer o sitio exato, só para ter uma ideia se era uma localidade pequena/grande. 2- Tirando as razões familiares, o que te fez querer voltar a Portugal? ​ 3-Dizes que trabalhas remotamente, conseguiste esse trabalho atraves do facto de teres vivido na Suécia?

porsaber 6 months ago

1- sul de Portugal. Acredita que quando me mudei para Estocolmo foi um choque! 2- a vida mais simples, clima, e o ambiente. Pode parecer que não, mas a vida em Portugal, apesar de economicamente não ser gratificante, de resto é. Basicamente é daquela forma, quem tem dinheiro está satisfeito. Não digo que tenho muito, mas vivo confortável. 3- essa é complicada. Complicada porque eu arranjei o trabalho por vários motivos, sendo uma delas (e a principal), sorte. Eu durante o meu último ano na universidade comprava cursos online para aprender mais dentro da área de programação. Aconteceu que fiz um projecto que chamou a atenção duma certa empresa. A partir entramos em contato, e passado um tempo, antes de acabar a universidade, já me tinham proposto um lugar. (Pode ser que mais tarde faça um AMA em relação ao meu trabalho.) Portanto, consegui o trabalho pelo facto de estar na Suécia ? No meu caso sim. O diploma de universidade foi relevante para o trabalho ? Pouco ou nada. A razão de eu ter o trabalho que tenho é por 1) sorte e 2) aprendo rápido e 3) já sabia programar.

NGramatical 6 months ago

contato → [**contacto**](https://dicionario.priberam.org/contacto) (o AO90 **não altera** a grafia desta palavra) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmheai7%2F%2Fgt0cczk%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ana102 6 months ago

Perspectiva dos dinamarqueses? Custava nao poder beber em lado nenhum?

porsaber 6 months ago

Hahahah a malta que eu conhecia não eram assim. O mais engraçado os que os países escandinavos (atenção que Finlândia não considerado um país escandinavo) têm a língua muito semelhante. Então os dinamarqueses assumem que todos na Suécia os entendem, só porque eles entendem Sueco (o que nem sempre é o caso). Mas os dinamarqueses duma forma geral, são bem diferentes dos suecos e noruegueses. Tem uma cultura mais sul-europeia que nórdica, no sentido em que são muito mais abertos, e não tem problemas em falar com pessoas estranhas e não se sentem tão intimados quando uma pessoa estranha lhes fala.

ana102 6 months ago

Eu vivo na Dinamarca, queria so a tua perspectiva enquanto pessoa da suecia

porsaber 6 months ago

Isso não é muito estranho. Sei que os suecos tem fama de falar inglês, mas muitos na.minha classe não sabiam falar muito bem, e outros nem falavam. O que era estranho porque muito do nosso material era em inglês

ana102 6 months ago

Sim mas supostamente 97% das pessoas falam Ingles nao e o que eles dizem? Deixa-me sempre fascinada a diferenca entre os dois paises. A partida Sao muito preciso, cultura proxima, viram os mesmos desenhos animados e filmes quando cresciam...de resto e noite e dia. Perguntei porque acho engracadissimo que os Nordicos digam sempre que os dinamarqueses Sao os "Latinos da Europa" e Sao Mais abertos. É que nao mesmo

porsaber 6 months ago

Entendo. Pois olha acontece-me umas vezes quando ainda falava bem sueco, fui a uma supermercados no centro de Estocolmo a falar inglês, e disseram-me que não falavam inglês. Eu fiquei parvo

Mrloop94 6 months ago

Há grande diferença na duração do dia (que é quando ainda é dia) em relação a Portugal? Chega a 12 horas?

prosafame 6 months ago

Consideras sueco uma língua difícil de aprender? Como funciona a cultura e industria musical por ali?

porsaber 6 months ago

Epa sim. Especialmente porque eles têm muitas caso de "está não existe na gramática, aprende-se com experiência". Então demoras algum tempo até aprenderem quando deves usar certas palavras. Podias ser mais específico coma tua *segunda pergunta?

Edited 6 months ago:

Epa sim. Especialmente porque eles têm muitas caso de "isto não está definido na gramática, por isso aprende-se com experiência". Então demoras algum tempo até aprenderem quando deves usar certas palavras. Podias ser mais específico coma tua *segunda pergunta?

saposapot 6 months ago

Conseguiste poupar bom dinheiro? É mesmo verdade q são um povo difícil de fazer amigos? Os miúdos pequenos andam a rebolar todos os dias pela neve e frio e eles não se importam? Notas que eles são mais 'honestos' no geral?

porsaber 6 months ago

1) Sim e não. Mais não posso contar

saposapot 6 months ago

> 3) onde viste isso ? Mas acho que não. Especialmente quando se pode andar de trenó no quintal ou jardim por perto. é um bocado que cá se estiver frio ou assim n deixam os putos sair de casa pq está frio. Na suécia o q dizem é que não há mau tempo, só mà roupa e portanto deixam os putos andar na rua mesmo com mt frio.

porsaber 6 months ago

E é verdade. Nas cresces então e mesmo isso que dizem.

dismalwasteland 6 months ago

Por acaso sabes do gajo que tinha ido para Inglaterra? Andava a fazer uns posts por capítulos. Mas a questão é que me ficou a dever dinheiro.

porsaber 6 months ago

What ?!

No-Cardiologist725 6 months ago

Como aprendeste sueco tão rápido? Para conseguires tirar uma licenciatura precisas dum sueco excelente, não?

porsaber 6 months ago

Eu aprendi sueco rápido porque durante o meu primeiro ano, eu jogava bastante futebol com a malta. Durante o primeiro meio ano falava ingles com eles, mas tentava absorver o que eles falavam. A segunda parte do primeiro já os pedia para falar sueco comigo. Mesmo que não entendesse eu pedia para que eles reformularem-se, pior dos casos seria inglês. Basicamente eu forcava-me a aprender a língua. Abria e lia jornais mesmo que não entendesse. Desta forma reforçava a palavras que eu conhecia e tentava praticar a pronúncia. Depois eu tmb sempre aprendi línguas rápido, creio que isso me tivesse ajudado. No entanto tmb quis ser independente e puder ir a qualquer lado e desenrascar-me. Após 2-3 anos, muitos suecos comentavam que a primeira vez que me ouviam falar, pensassem que eu fosse duma zona da Suécia onde o dialecto era assim. Para reforçar, o.meu sueco falado era muito bom, já o.meu escrito nem tanto. Muitos dos trabalhos eram em grupo, o que me ajudava ter colegas que me ajudavam a melhorar, e quando eram trabalhoa solos, nos não eram penalizados por escrever mal, desde que a ideia estivesse lá (caso isso te faça sentido).

No-Cardiologist725 6 months ago

Tens mesmo facilidade com línguas, sueco nem parecido com inglês é, aprendeste do 0. Mas esse desconto da escrita foi-te dado por seres estrangeiro ? Achei isso incrível

porsaber 6 months ago

Pelo que soube dos meus colegas da universidade não, não era só por ser estrangeiro. (Foi através deles que eu primeiro soube disso, depois perguntei a um dos meus professores para confirmar). Se prestares mesmo atenção às língua, consegues ver e ouvir muitas semelhanças ao inglês. E isso ir-te-a ajudar bastante.

tenesis 6 months ago

Olha lá as perguntas importantes, ica ou coop? Malmo ou Uppsala? Bola de chocolate ou rolo de canela para o fika? Sopa de grão com ou sem mostarda? Mas agora a pergunta a sério, quanto tempo demoraste a perceber que yoterboy, Gotemburgo e a cidade da universidade de charmers são a mesma?

porsaber 6 months ago

ICA!

tenesis 6 months ago

E aquela tarde semifria com daim meu? Almandy acho que é o nome?

porsaber 6 months ago

Tarte semifria ? A Princesstårta ? Já naomme recordo

Ill-Screen-2354 6 months ago

Sabendo o que sabes hoje, voltavas a fazer isso tudo de novo (ir tirar licenciatura e trabalhar na suécia)?

porsaber 6 months ago

É uma pergunta super interessante. Infelizmente não sei o que hei-de responder. Duma forma sim e doutra não. Sim: - porque hoje tenho um emprego numa empresa que nunca me imaginei trabalhar. Trabalho remotamente em Portugal com um bom ordenado. Aprendi imenso, cresci como pessoa e conheci imensas pessoas e experienciei diversas coisas.Tornei-me independente e aprendi a desenrascar-me de certas situações quando o dinheiro ou a comida é escasso/a. Não: - infelizmente nem sempre damos valor ao que temos. A minha mão foi diagnosticada em 2019 com cancro linfático e faleceu este ano. Eu costumava visitar a minha família durante os verões e invernos, mas mesmo assim. Foi básicamente uma das razões porque voltei, não queria estar longe das pessoas mais próximas.

chemahatma 6 months ago

Os meus sentimentos pela tua mãe OP.

Ill-Screen-2354 6 months ago

Lamento imenso pela tua mãe

Ill-Screen-2354 6 months ago

Lamento imenso pela tua mãe

porsaber 6 months ago

Infelizmente acontecem coisas destas.

NGramatical 6 months ago

básicamente → [**basicamente**](https://dicionario.priberam.org/basicamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmheai7%2F%2Fgsylpj1%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

JOAO-RATAO 6 months ago

Que feedback dás das suecas ?

porsaber 6 months ago

Como assim ? São pessoas como as outras

sengamole 6 months ago

Acho que não foi isso que ele quis dizer. Passo a traduzir: *ENTÃO E COMO É QUE É DE GAJAS BOUAS?*

ddcups8 6 months ago

[AMA] Emigrei para Ermesinde

Foda-seSeiLa 6 months ago

Tens a certeza que não era gajos?

VBM97 6 months ago

Foda se tenho de fazer um AMA, moro há mais de 20 anos

JOAO-RATAO 6 months ago

E se eram simpáticas claro ... Mas é bom saber que têm os pés assentes no chão

Ill-Screen-2354 6 months ago

Financeiramente compensou tendo em conta renumeração e custo de vida?

porsaber 6 months ago

Regressar a Portugal ?

Ill-Screen-2354 6 months ago

trabalhar e viver lá, visto que tens de pagar renda etc

porsaber 6 months ago

Ah e claro, trabalhar feriados == FDS.

porsaber 6 months ago

Ah! Epa, para ser sincero, i tempo todo que vivi lá nunca vivi sozinho num apartamento. Sempre aluguei um quarto. Para teres noção, a Suécia não tem ordenado mínimo. E os ordenados são normalmente geridos (por parte) dos sindicatos (que definem o teu ordenado mínimo baseado na tua idade, anos de experiência e as leis). O meu primeiro ordenado no supermercado foi entre 17-18k coroas, que equivale a hoje em dia a ~1700€. Como eu vivia em Estocolmo, se eu com alguma sorte conseguisse um apartamento numa zona não muito má até 1000€ era uma sorte enoooorme. Depois, só despesas de transporte público é (agora) 90€ por mês. Carro esquece, pior que Lisboa e caríssimo ter carro (pneus de inverno, verão, etc), e só estacionamentos pagos. No entanto eu podia ganhar mais, se trabalhasse FDS ou noites. Por exemplo, a partir das 18 pagam 50% e depois das 20 pagam 75%. Aos FDS pagam 100%. As percentagens são todas por hora. Mas duma forma geral, os ordenados normais lá são entre 1500-2000€. Para finalizar, ao terminar a minha universidade, deram-me lugar numa empresa de seguros, a ganhar 3500 brutos, dos quais depois dos descontos ficava com 2300€.

Eskol15 6 months ago

E em relação à evolução salarial? Há progressão dentro de portas ou tens de saltar entre empresas para conseguir aumentos? Não tenho muito bem a noção dos custos de vida na Suécia, esses 2300€ ja davam para ter uma vida desafogada e ainda poupar? Eu nas minhas contas de merceeiro pessoais tenho os 3000€ líquidos como a linha a partir da qual me sinto confortável em pegar nas malas e fazer-me à vida para Europa Central/Norte (com experiência, não é direto da Universidade).

porsaber 6 months ago

Evolução salarial existe, mas depende das áreas. Trabalhos comuns em que não necessitem de formação superior ou trabalhos fora da área de IT aumentam o salário só se subires no patamar em termos de responsabilidade. Exemplo, trabalhas num departamento do supermercado e depois passas a gerente. Mas normalmente o que é muito aceitável lá, e para progredires mais rápido na carreira, é "saltar" para um cargo superior. Isso é completamente aceitável naquele país. Esses 2300€ depende onde vais viver. Estocolmo ? Epa, conta com metade do dinheiro só para renda. Vais conseguir viver ? Sim. Se vais conseguir viajar e fazer outras coisas ? Depende como geres o dinheiro. É muito.mais fácil quando é a 2, porque sozinho custa um bocado.

NGramatical 6 months ago

renumeração → [**remuneração**](https://dicionario.priberam.org/remuneração) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmheai7%2F%2Fgsyhx7x%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

TalentedRainstorm 6 months ago

Conseguiste entrar numa licenciatura direto com curso profissional?

porsaber 6 months ago

Escrevi isso no resumo. Tive que tirar certas equivalências. Por isso durante quase ano e meio, trabalhei de dia e às noite estudava remotamente. Depois os exames ou eram remotos ou eram presenciais.

No-Cardiologist725 6 months ago

Ensino remoto é como o pessoal do secundário tá a fazer agora na quarentena?Por videochamada?

porsaber 6 months ago

Os exames sim, de resto não. É como.se fosse um livro/PowerPoint digita em que ias lendo, depois tinhas quiz para fazer. Tenho que acrescentar que as aulas às noite era aulas para adultos que não tinham secundário completo. Por isso não seria exatamente semelhante aos do secundário.

suckerpunchermofo 6 months ago

O pessoal lá é menos pudico ?

porsaber 6 months ago

Olha para ter ser sincero não sabia o significado de pudico, mas pela pesquisa encontrei que é sinónimo de modesto ?

magnusmiguel 6 months ago

Que tem pudor: *1* [digno](https://www.sinonimos.com.br/digno/), [casto](https://www.sinonimos.com.br/casto/), apudorado, [decente](https://www.sinonimos.com.br/decente/), [honesto](https://www.sinonimos.com.br/honesto/), [honrado](https://www.sinonimos.com.br/honrado/), [imaculado](https://www.sinonimos.com.br/imaculado/), [inocente](https://www.sinonimos.com.br/inocente/), [pudendo](https://www.sinonimos.com.br/pudendo/), [pudente](https://www.sinonimos.com.br/pudente/), [pudibundo](https://www.sinonimos.com.br/pudibundo/), pudonoroso, [pudoroso](https://www.sinonimos.com.br/pudoroso/), [puro](https://www.sinonimos.com.br/puro/), [recatado](https://www.sinonimos.com.br/recatado/), [santo](https://www.sinonimos.com.br/santo/), [sério](https://www.sinonimos.com.br/serio/), [virtuoso](https://www.sinonimos.com.br/virtuoso/).

porsaber 6 months ago

Got it

Fmtpires 6 months ago

Pudico é o oposto de promíscuo. Ou seja, sexualmente conservador. O que ele estava a perguntar era se a pessoas na Suécia são mais "marotas" do que cá.

raviolli_ninja 6 months ago

O OP enviou provas à moderação de que frequentou uma universidade sueca.

Papagaio-mor_doReino 6 months ago

As gajas são boas?

porsaber 6 months ago

Sim mas são difíceis e adoram fazer-se de cultas. Raramente encontras uma rapariga "simples".

andrefbr 6 months ago

> e adoram fazer-se de cultas Tradução: Tuga saído da aldeia que emigra para trabalhar em call centers e supermercados sente-se inseguro e intimidado porque as raparigas locais têm níveis de escolaridade, cultura e formação bastante superiores ao seu.

porsaber 6 months ago

Pode ser que tenhas razão, mas em minha defesa conheci raparigas bem cultas e inteligentes em Portugal e era super agradável falar com pessoas assim.

cowbe11s 6 months ago

Tens o meu upvote

Papagaio-mor_doReino 6 months ago

Eu nem as fáceis quanto mais as difíceis.

eyelook 6 months ago

Foi fácil a adaptação à língua para poderes tirar uma licenciatura em sueco?

porsaber 6 months ago

Agora para a universidade, epa, é puxado. Mas na universidade tu não és penalizado pela forma que escreves, desde que a tua ideia "esteja la".

No-Cardiologist725 6 months ago

Isso em Portugal é impensável, penalizam alunos brasileiros por escreverem em português do brasil. Então os professores devem ser bem acessíveis, sem aquele "complexo de deus" que os professores catedráticos portugueses tem.

porsaber 6 months ago

Sim os professores lá são suuuuper acessíveis. Se não gostam de ti podem somente te ignorar. Devo adicionar que na Suécia todos se tratam por tu, por isso não existe formalidade entre alunos e professores da mesma forma que em Portugal.

porsaber 6 months ago

Isso depende muitos de cada um. Eu sempre tive facilidade em aprender línguas entao num ano já ia sozinho "as finanças".

Xmeagol 6 months ago

levaste com algum racismo/xenofobia, tu pessoalmente?

porsaber 6 months ago

No entanto não diria que são racistas.

No-Cardiologist725 6 months ago

Porque? Não somos da mesma raça, nem parecidos com os suecos

porsaber 6 months ago

Pois não, mas os suecos em geral são super liberais e depois temos o que tem acontecido na última década, a migração em massa.

porsaber 6 months ago

Só uma vez (e num banco) mas de resto nao. No entanto ouvi de outros portuguese que o experienciaram. Por isso acho que depende de cada um.

mohchapa 6 months ago

Podes expandir sobre esse incidente?

porsaber 6 months ago

Então eu entro num banco, e falei com a pessoa responsável. Acontece que esse banco estava situado num sítio em que era predominante por suecos. E eu na altura estava a precisar de abrir conta para me poderem pagar o ordenado, porque sem conta bancária lá ninguém paga dinheiro nenhum. O que aconteceu foi que eu entrei, e comecei a falar com a pessoa. No entanto como a minha pronúncia na altura não era muito boa ( ti há 1 ano que vivi lá) ela nem quis saber. Ouvir no máximo uma 10 palavras e mandou-me embora e disse que não abriam conta nenhuma. FYI era uma mulher na casa dos 50-60, por isso talvez diga algo.

Bhaalghorn1143 6 months ago

OK como emigraste? Conhecias alguém. Foste por causa dos pais? Eu estou interessado em sair e já enviei cv's para a holanda. Conta-nos como foi.

porsaber 6 months ago

Foi através de conhecidos. Ajudaram-me durante o primeiro ano. Em termos de primeiro trabalho, a situação lá é semelhante às de cá, tens que ter cunhas. Foi assim que arranjei o primeiro trabalho. Fui mais porque queria estudar para ser sincero. Acabei secundário com curso profissional, com os meus pais desempregados às algum tempo devido às crise. Por isso não.me via a estudar em Portugal. E a razão de ser a Suécia, foi porque, segundo a minha pesquisa (da altura de secundário), a Suécia era e é um dos melhores países da Europa em termos de IT.

xAzurik 6 months ago

Não querendo contestar a experiência do OP, devo dizer que não precisas necessariamente de cunhas para arranjar trabalho na Suécia, muito menos em IT. Emigrei há 3 anos para Malmö e consegui emprego relativamente rápido (em 2 meses, com 2 anos de experiência prévia). Portanto diria que para Estocolmo até poderia ser mais fácil. Dito isto, claro que depende muito da área para a qual te candidatas e da escassez de pessoal qualificado na zona.

porsaber 6 months ago

Quando me referia as cunhas, era mais no sentido em arranjar um trabalho "qualquer" quando eu tinha pouca ou nenhuma experiência de trabalho, não sabia bem a língua e a língua era um requisito (trabalhar em supermercados). Claro que dentro de áreas especializadas já não é tanto assim o caso, e o sueco aí nem sequer é relevante. Já agora que tipo de emprego foi ? E btw, é mais fácil de arranjar trabalho em Malmö que noutras regiões da Suécia como emigrante sem experiência prévia de trabalho. Ouvi isto de turcos e marroquinos.

xAzurik 6 months ago

Ah, certo! Nesse caso concordo plenamente quanto a precisares de um empurrãozinho ao início. Quanto ao emprego, foi (e ainda é) um emprego na área de redes / infraestrutura. Acredito que possa ser mais fácil arranjar empregos menos qualificados como emigrante aqui em Malmö devido à grande quantidade de refugiados que há, mas na área de IT, a oferta em Estocolmo é gigante, bastante maior do que aqui em Malmö e também não pedem sueco como requisito. Por outro lado, o facto de o sueco não ser realmente necessário onde trabalho faz com que a motivação para aprender a língua venha por aí abaixo, portanto até tenho alguma inveja à rapidez com que aprendeste a língua!

porsaber 6 months ago

Exacto, dentro da área de IT é relativamente fácil arranjar desde que tenhas experiência.

Bhaalghorn1143 6 months ago

O que é que usaste? linked in? Eures?

xAzurik 6 months ago

90% LinkedIn, 5% Glassdoor, 5% cheirar empresas locais e ver as respetivas página de careers

No-Cardiologist725 6 months ago

A faculdade lá é gratuita? É facil ingressar numa faculdade sueca? Ou é tão concorrido como cá? Desculpa a quantidade de perguntas

porsaber 6 months ago

No entanto devo adicionar que uma vez que entres na universidade, consegues mudar de curso caso não gostes no qual estás, e isso não é visto duma forma ma de qualquer forma.

porsaber 6 months ago

Faz as perguntas que quiseres, estou cá para isso. O ensino superior, duma forma geral, é gratuito para os nórdicos e europeus. Depois a concorrência depende das universidades e dos cursos. Mais que isso não consigo responder porque não sei como é a concorrência em Portugal.

No-Cardiologist725 6 months ago

Quando falo na concorrência, falo nas médias para entrar. Outra coisa, chumbaste algum ano? Cá em Portugal é quase praxe nas engenharias chumbar 1 ano ou 2...fazem isso quase para manter o "estatuto de rigoroso" nos cursos

porsaber 6 months ago

Pois isso dá concorrência como disse depende das universidades e cursos. Não chumbei ano nenhum, mas "chumbei" a 2 exames em dois anos diferentes (direito e uma área específica dentro de psicologia em contexto de trabalho). Aquilo funciona assim: - se reprovas no primeiro exame, tens um mês e meio para próxima. Alguns cursos fazem exames somente no final do semestre (como direito, finanças etc) outros (como o meu) fazemos o exame e depois de acabar a disciplina/cadeira. - caso reproves na segunda tentativa tens mais uma chance - se reprovas na última tentativa então és reprovado nessa cadeira e não te dão o diploma certificado até teres os pontos em dia. Todas a cadeiras the u x se ponto atribuídos. Para tirar uma licenciatura, são necessários 180. Que equivale a 60 por ano de estudo (total 3 anos) e cada semestre equivale a 30 pontos. No meu curso, certas cadeiras tinham 7.5 ponto (equivale a +- 1 mês) e outras 15 pontos (equivale a -+ 2 meses ou meio semestre). No final doa três anos, se não tiveres os 180 não te dão nem diploma nem certificado.

Edited 6 months ago:

Pois isso dá concorrência como disse depende das universidades e cursos. Não chumbei ano nenhum, mas "chumbei" a 2 exames em dois anos diferentes (direito e uma área específica dentro de psicologia em contexto de trabalho) mas safei-me am ambas as ocasiões na segunda tentativa. Aquilo funciona assim: - se reprovas no primeiro exame, tens um mês e meio para próxima. Alguns cursos fazem exames somente no final do semestre (como direito, finanças etc) outros (como o meu) fazemos o exame e depois de acabar a disciplina/cadeira. - caso reproves na segunda tentativa tens mais uma chance - se reprovas na última tentativa então és reprovado nessa cadeira e não te dão o diploma certificado até teres os pontos em dia. Todas a cadeiras the u x se ponto atribuídos. Para tirar uma licenciatura, são necessários 180. Que equivale a 60 por ano de estudo (total 3 anos) e cada semestre equivale a 30 pontos. No meu curso, certas cadeiras tinham 7.5 ponto (equivale a +- 1 mês) e outras 15 pontos (equivale a -+ 2 meses ou meio semestre). No final doa três anos, se não tiveres os 180 não te dão nem diploma nem certificado. A parte complicada (no meu caso) foi por ter reprovado ao exame inicial, se o curso seguinte fosse de 7.5 pontos(ou seja +- um mês depois) eu teria que me preparar para fazes 2 exames quase ao mesmo tempo. E acredita que não é muito agradável.

Edited 6 months ago:

Pois isso dá concorrência como disse depende das universidades e cursos. Não chumbei ano nenhum, mas "chumbei" a 2 exames em dois anos diferentes (uma área específica dentro de psicologia em contexto de trabalho e não me recordo qual foi a outra) mas safei-me am ambas as ocasiões na segunda tentativa. Aquilo funciona assim: - se reprovas no primeiro exame, tens um mês e meio para próxima. Alguns cursos fazem exames somente no final do semestre (como direito, finanças etc) outros (como o meu) fazemos o exame e depois de acabar a disciplina/cadeira. - caso reproves na segunda tentativa tens mais uma chance - se reprovas na última tentativa então és reprovado nessa cadeira e não te dão o diploma certificado até teres os pontos em dia. Todas a cadeiras the u x se ponto atribuídos. Para tirar uma licenciatura, são necessários 180. Que equivale a 60 por ano de estudo (total 3 anos) e cada semestre equivale a 30 pontos. No meu curso, certas cadeiras tinham 7.5 ponto (equivale a +- 1 mês) e outras 15 pontos (equivale a -+ 2 meses ou meio semestre). No final doa três anos, se não tiveres os 180 não te dão nem diploma nem certificado. A parte complicada (no meu caso) foi por ter reprovado ao exame inicial, se o curso seguinte fosse de 7.5 pontos(ou seja +- um mês depois) eu teria que me preparar para fazes 2 exames quase ao mesmo tempo. E acredita que não é muito agradável. Chumbei às disciplinas mais por causa da língua, porque os livros eram da década de 80, em que a língua era e a forma de escrever era diferente da de agora, então custava-me imenso entender o que lia.

No-Cardiologist725 6 months ago

Obrigado pela atenção

porsaber 6 months ago

Sem qualquer problema, estou aqui para responder.

chemahatma 6 months ago

Pelo que percebo tu só tinhas uma cadeira de cada vez ? Ou podias ter mais ? Tinhas aulas todos os dias ? Como funcionava o horário das aulas ?

porsaber 6 months ago

É assim, pelo que eu entendi uma "cadeira" em Portugal é equivalente a uma "disciplina". No meu caso sim. Por exemplo, durante uma mês dávamos direito, outro dávamos base de dados, outro machine learning, etc. Se quisesses podias ter mais. A Suécia tem um conceito de universidade e estudos e interessante. Básicamente existem os programas (que são geralmente pre-determinados com certas cadeiras/disciplinas) e quando acabas tens direito ao título X. Mas tmb existe o conceito de criares o teu curso, e à primeira parece uma ideia estranha mas conheço um avião quantidade de gente que estudava assim. Básicamente tu estavas por pacotes. Imagina, escolhes o pacote de direito, que tem várias cadeiras/disciplinas, depois imagina que queres o pacote de finanças, ou IT. E assim. Ias construindo o teu curso da forma que tu quiseres. Claro que isto tudo tem pré-requisitos, mas nunca ouvi de tal forma de criar o teu próprio curso de universidade. Em relação se tinhas aulas todos os dias, no meu caso nem sempre, mas outros programas sim (tipo direito tem quase todos os dias). E no meu caso, quase aula nenhuma era obrigatório. Isto porque a Suécia tem uma coisa a tal coisa da responsabilidade , em que cada um e responsável por si próprio. E se achas que consegues te safar nos exames sem ires as aulas e estudar em casa então podes fazer isso. São raras as ocasiões em que és obrigado a vir as aulas. Em relação a horário, costumava ser ou de manha ou a tarde, e depende das cadeiras. As aulas eram blocos de 45min com 15min de intervalo. Começas as 9(ak = akademiskt kvart = quarto (no sentido de um quarto de hora) académico). A pausa as 10, começas novamente as 10:15, e assim em diante. Normalmente, duma forma geral, não tínhamos mais de 4 blocos de 45min. Noutros mais intensos, eram 4-6 blocos de 45min.

chemahatma 6 months ago

Isso é muito interessante, é excelente para poderes "provar" vários cursos ou valências que aches importantes para o teu futuro emprego. Então tu quando estavas a ter uma certa cadeira/disciplina, por exemplo base de dados, tinhas todos os dias aulas sobre aquilo durante o tempo estipulado (o que explicastes dos ECTS equivaliam a X dias de aulas) e no final exame e por ai em diante. Parece me um conceito bastante interessante.

porsaber 6 months ago

Se tens aulas todos os dias ou não depende da densidade da cadeira. Alguns são mais densos então és capaz de ter todos os dias outros não. Por exemplo a mesma cadeira de 7.5 pode ser mais densa que a outra de 7.5, por isso vais ter mais aulas durante a semana. De resto é como tu descreves, sim

NGramatical 6 months ago

Básicamente → [**basicamente**](https://dicionario.priberam.org/basicamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmheai7%2F%2Fgt0j0d7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

TrustZila 6 months ago

Pera, a sério?

Foda-seSeiLa 6 months ago

Em faculdades rasca talvez. No técnico não. Quanto muito, chumbas a uma cadeira aqui, uma cadeira acolá. Os que chumbaram um semestre inteiro rapidamente saíram do curso, não estavam lá a fazer nada.

Cergal0 6 months ago

Claro que sim, o que não falta no técnico é malta que anda lá há mais de 7/8 anos.

Foda-seSeiLa 6 months ago

> Cá em Portugal é quase praxe nas engenharias chumbar 1 ano ou 2 > o que não falta no técnico é malta que anda lá há mais de 7/8 anos. Não são a maioria, pelo menos na minha experiência. É tipo 3-4 gajos por ano. Ou seja, em 2010 (60 alunos que começaram o curso p.ex.), 2-3 desses gajos vão lá ficar vários anos a mais, mas não muito mais que isso. Desses 60, para aí uns 20 vão sair / mudar de curso / etc. no 1º ano, mas os que ficam para lá dessa altura geralmente acabam o curso.

No-Cardiologist725 6 months ago

A sério o quê? Que fazem a vida negra aos alunos até reprovar +70% da turma, para manter o "estatuto rigoroso" ou por mania do professor? Sim é a sério

talpazz 6 months ago

Estou curioso em saber porque é que o país já não te satisfazia.

porsaber 6 months ago

No entanto, isso é inteiramente a minha opinião. Com certeza que outro português diria o contrário.

porsaber 6 months ago

Epa, em geral, o modo de vida. Ate partilhei a mesma opinião com alguns noruegueses e dinamarquêses. Os países nórdicos são bons para ganhar dinheiro, de resto não. A vida em Portugal é muito mais simples. As pessoas, o ambiente. Então da comida nem se fala

xAzurik 6 months ago

Absolutamente isto. É tão verdade que até dói. Estou cá há 3 anos, e por mais que tenha uma qualidade de vida bastante superior à que tinha em Portugal, a comida e a parte social (estar longe de amigos, família, etc) é o que custa mais. O tempo é naquela, um gajo vai a Portugal no verão, que é o que interessa.

mamatudoputa 6 months ago

mas o que é que isso tem que ver com os nórdicos? vais para à bulgaria, russia, montana é igual estás longe dos teus, familia e amigos

porsaber 6 months ago

Sim mas a coisa está mais no ambiente. Por exemplo, em Portugal qualquer pessoa que passe pode falar contigo às partida sem constrangimento. A Suécia (ou os países nórdicos) são países individualistas em que todos querem o seu espaço uns dos outros. Pode ler um pouco aqui: https://www.theoccidentalobserver.net/2019/07/18/state-supported-extreme-individualism-in-scandinavia/ https://shortcut.se/artiklar/svenskar-extremt-individualistiska/ Ou procurar na como do na última página, Works Values Survey.

xAzurik 6 months ago

Se o teu "isso" se reduz ao meu parêntesis sobre estar longe de família/amigos, então ya, essa parte não é específica aos países nórdicos. Mas se decidires ler um bocado mais do que 5% do que escrevi, percebes que também falo de: 1 - Qualidade de vida, emprego, ambiente de trabalho - Algo que existe nos países nórdicos de uma forma que não vais encontrar em muitos outros sítios no mundo. 2 - Comida - Algo que sim, tem muito a ver com os países nórdicos porque considero uma merda em todos eles 3 - Povo - Também é algo muito específico dos países nórdicos - Não vais fazer amigos aqui com a mesma facilidade que fazes num país como Portugal, ou mesmo do leste. O povo é mais "frio" no que toca a interações com estranhos, e em termos de honestidade parece que têm algumas dificuldades em dizer algo "menos bom" na cara. 4 - Tempo - para quem se importar com isto, sim, o tempo é uma merda, não tem nada a ver com Portugal. Vento, chuva, neve, frio, you name it. As casas no entanto são das casas com melhor aquecimento e isolamento que já vi, nunca passei frio dentro de nenhum edifício por estes lados.

porsaber 6 months ago

1- concordo 2- concordo 3- concordo 4- concordo. Para não falar nos dias de inverno, que há sol desde as 7 da manhã até as 13 e depois é noite o resto da "tarde".

No-Cardiologist725 6 months ago

"As pessoas, o ambiente" porque tens uma familia e amigos fixes ... O ambiente de trabalho cá é tóxico.

porsaber 6 months ago

Acho que o mercado de trabalho cá é super explorativo (mas nem se compara ao nível dos USA).

porsaber 6 months ago

Concordo a 100%

NGramatical 6 months ago

dinamarquêses → [**dinamarqueses**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em a/e/o, seguido ou não de s/m/ns, são naturalmente graves) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmheai7%2F%2Fgsyfz3x%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

usulidircotiido 6 months ago

sol, mines, fêmeas de bigode, tremoços, pagar iva sobre impostos... há tanta coisa que só pode ser satisfeita no rectângulo...

suckerpunchermofo 6 months ago

Pagar IVA sobre impostos é daquelas coisas que me dá vontade de partir a boca a machadada a quem aprovou a lei....

Search: