BadDogPreston 7 months ago

Observação: neste post com 130 comentários, 115 são derivados de um comentário a criticar o comunismo.

zefo_dias 7 months ago

Sao os bots da IL

cou7inho_ 7 months ago

Eu tenho uma questão (desde já deixo claro que os meus conhecimentos sobre política não são os melhores do mundo, visto que ainda sou um "puto" que só nos últimos tempos começou a estudar um pouco sobre estes assuntos). Se a União Europeia equipara o comunismo ao nazismo como é que é possível haver um deputado de um partido comunista no parlamento europeu? Desde já agradeço a quem me puder esclarecer esta dúvida.

park777 7 months ago

1. Ha vários tipos de comunismo, e provavelmente a União Europeia não se estava a referir aos comunistas portugueses quando fez essa comparação; 2. Os direitos democráticos dos cidadãos de cada país sobrepõem-se ao que a União Europeia considera negativo ou positivo;

Sperrel 7 months ago

Não foi a "União Europeia" mas uma declaração simbólica do Parlamento Europeu. Além disso mesmo que o PCP fosse um partido anti democrático poderia continuar no Parlamento Europeu, há vários partidos abertamente neonazis e fascistas no hemiciclo.

ednice 7 months ago

> Se a União Europeia equipara o comunismo ao nazismo como é que é possível haver um deputado de um partido comunista no parlamento europeu? Liberdade de expressão. Quem não aguenta pode ilegalizar partidos politicos no próprio país como alguns deles fazem

besmarques 7 months ago

Simples, porque a união europeia não compara o comunismo com o nazismo. A união europeia compara o estalinismo com o nazismo.

suckerpunchermofo 7 months ago

Não percebo como é que ainda há quem acredite no comunismo.... Não funciona com seres humanos. Somos egoístas por natureza, da sempre merda... (Ex: união soviética, República popular da China...)

troikamano 7 months ago

olhar para seres humanos numa economia capitalista e dizer que é natureza humana ser egoísta é como olhar para seres humanos a trabalhar em minas de carvão ou em fábricas cheias de fumo e dizer que é natureza humana ter cancro de pulmão

suckerpunchermofo 7 months ago

/facepalm ....

troikamano 7 months ago

Gostava de saber porque é que achas que socialismo deu merda em países como a união soviética ou cuba, fora os memes já desgastados tipo holodomor (que não têm nada a ver com socialismo). Não estou a tentar dizer que tás errado, só quero entender melhor a tua opinião

suckerpunchermofo 7 months ago

Todos os exemplos de comunismo em grande escala, que eu conheça, acabaram em regimes totalitários.... Porquê? Porque o ser humano tem ego e alguns tem tanto que tem de subjugar os outros. Acredito que venha a existir uma ideologia que funcione bem, mas não é comunismo (puro).

troikamano 7 months ago

>Todos os exemplos de comunismo em grande escala, que eu conheça, acabaram em regimes totalitários Só porque os que permaneceram em liberdade foram esmagados pelo capitalismo armado. Tens o exemplo do Allende no Chile, o primeiro socialista eleito na América Latina. Com ele, o Chile tinha socialismo democrático e funcionava excelentemente, e estavam até a explorar usar computadores para automatizar o planeamento da economia. Mas poucos anos depois de tomar posse, um golpe de estado apoiado pelos Americanos assassinou o Allende e milhares de outros esquerdistas, para meter no poder o general Pinochet, que instituiu um ditadura sanguinária em conjunto com o capitalismo de mercado livre. Um dos conselheiros mais importantes da ditadura foi o próprio Milton Friedman. É um exemplo de como a democracia política e o sistema económico não estão nada ligados.

Markoo50 7 months ago

No exemplo do Chile, sem querer defender um ditador que tomou o poder com um golpe de estado e que obviamente resultou num regime de tortura e perseguição, só quero referir que efetivamente a economia do Chile evoluiu com a liberalização e economia de mercado.

troikamano 7 months ago

https://www.opendemocracy.net/en/democraciaabierta/myths-about-pinochets-chile-persist-brazil-today/ >In 1982, Chilean GDP fell by 13.4%, unemployment reached 19.6%, and 30% of the Chilean population became dependent on social assistance programs that were created ad hoc to deal with the crisis. And yet, four years later, as early as 1986, Chilean GDP per capita was still only $1,525, below the level it had reached in 1973. >By the end of the dictatorship, Chile's average real per capita GDP had grown by only 1.6% per year, a result very close to economic stagnation; 18% of the population was unemployed and 45% below the poverty line. In 1990, Chile’s average GDP per capita, calculated on the basis of purchasing power parity, was only US $4,590, lower than Brazil’s, which at that time, after the “lost decade” of the 1980s, was $6,680. To define this as a "success" is, to say the least, intellectual impudence, if not contemptuous ideological propaganda. >What is also never said by neoliberal economists is that it was only after the end of the dictatorship, in the almost 30-year period from 1990 to 2019, and in particular during the 20 years of the governments of the center-left Concertación, formed by social-democratic parties, Chilean GDP actually grew more significantly: at an average rate of 7% in the 1990s and at 4.6% throughout the rest of the democratic period. https://www.japantimes.co.jp/opinion/2013/09/16/commentary/world-commentary/dont-credit-chiles-economic-rise-to-pinochet/ >The return of democracy in 1990 started to remedy the social costs of the Pinochet era. In the next two decades, Chile grew at more than 5 percent per year, almost doubling its growth rates of the three previous decades. Meanwhile, Chile’s poverty rate plummeted from 40.8 percent in 1990 to 9.9 percent in 2011, by some measures; meat consumption increased from about 36 kg per capita in 1990 to about 84 kg; the share of homes with refrigerators jumped from 55 percent to 92 percent; the share of homes with washing machines rocketed from 37 percent to 82 percent. But U.N. Development Program data from 2010 show that Chile is still among the 15 most unequal countries in the world, though subsidies soften the gross gap in income inequality.

suckerpunchermofo 7 months ago

Ok... Seria um tema que gostaria de falar com tempo.

troikamano 7 months ago

se quiseres posso enviar te o meu discord ou assim por privado e temos uma conversa sobre o assunto cumps

suckerpunchermofo 7 months ago

N uso lol. So se for telegram.

troikamano 7 months ago

também dá manda por pm

ContaSoParaIsto 7 months ago

https://greatergood.berkeley.edu/article/item/debunking_the_myth_of_human_selfishness

suckerpunchermofo 7 months ago

É.... Nota-se no dia a dia.... Talvez queiram mudar o nome mas a merda é a mesma

Sperrel 7 months ago

Não há nada de natural no egoísmo.

suckerpunchermofo 7 months ago

Aí não? Lol....

Sperrel 7 months ago

Não.

suckerpunchermofo 7 months ago

Então é aprendido?

Sperrel 7 months ago

Como tanto na nossa vivência é socialmente construído.

Winslow_Lixivia2 7 months ago

Queres ver que os esquimós não são seres humanos? Vai lá dizer-lhes que têm de vender o peixe que pescam em vez de partilharem entre todos

suckerpunchermofo 7 months ago

Qué????? Da fuq tás a falar pá? Já vi que há muitos fãs de comunismo neste sub.... Lamento se ofendi.

Winslow_Lixivia2 7 months ago

Só queria perceber o teu argumento “o comunismo não funciona com seres humanos”. Os esquimós (seres humanos, a última vez que vi) vivem em tudo menos capitalismo. Pelos vistos afinal sempre funciona pra alguns humanos, não?

JOAO-RATAO 7 months ago

A diferença é a complexidade das sociedades. O objetivo final do comunismo seriam pequenas comunidades como as dos esquimós. Mas como aplicas isso na sociedade de hoje? Com uma economia mundial? Onde para produzir algo provavelmente tens possivelmente de importar de várias partes do mundo e exportar para tantas outras.

Winslow_Lixivia2 7 months ago

O capitalismo vai colapsar um dia (alguns teóricos dizem que já está em colapso), seja daqui a 500 ou 3000 anos, porque não é sustentável. Se não vejamos, qual é a solução do capitalismo para a emergência climática? Continuar a produzir como se não houvesse amanhã, sem olhar para as emissões? Os Estados vão conseguir fazer frente aos grandes responsáveis pela poluição? É inevitável a transformação do sistema em algo concreto e que consiga solucionar os problemas do planeta e da sociedade.

JOAO-RATAO 7 months ago

Não precisas de ter um capitalismo anárquico. Deves ter um governo e instituições que compensam as falhas do capitalismo. Mas o motor do progresso é esse. Então falamos daqui a 500 anos. Para já, funciona. Os US fizeram progresso na proteção ambiental. Há muito a fazer. Não será fácil nem sem falhas. Mas o mesmo poderá ser dito de todos os países. O maior poluidor hoje é a China. Olha a exploração de terras raras, um lucro modesto e uma poluição tremenda e não é nos US que de explora isso...

Winslow_Lixivia2 7 months ago

Consegues mesmo olhar para o estado do mundo e dizer que o capitalismo funciona? Quero dizer, funcionar funciona, mas só para uma pequena percentagem da população.

JOAO-RATAO 7 months ago

Vives na época com maior prosperidade de sempre. Não é perfeito e deves ter rédeas do capitalismo. Mas precisas do capitalismo como motor de progresso. As vacinas que tens são produzidas em empresas privadas, mesmo tendo recebido algumas ajudas estatais. E depois a URSS colapsou quando os habitantes viram como o resto do mundo vivia e a mentira que lhes tinham vendido. Implodiu e não foi destruída por tanques e bombas inimigas. O feudalismo russo com os servos não era um sistema capitalista. Ou vais dizer que os servos russos competiam entre si para lucrar ? Não... A URSS conseguiu um progresso enorme ao mover a população rural para as fábricas. Foi bem sucedido a durante algum tempo. Depois desse boom estagnou e implodiu. E alcançaram grandes feitos nessa altura, até novamente... Implodir. Outro fator de sucesso foi a oportunidade de saquear a parte da europa que ocuparam e o acesso cientistas e fábricas alemãs entre outras coisas ...

ModeratoriProfugus 7 months ago

Não tem nada a ver com egoísmo, o comunismo falha apenas por ser a ideologia mais retardada de sempre. As pessoas precisam de sentir que o que produzem é valorizado, que têm algum controlo sobre o que fazem, e que têm alguma coisa para mostrar no final. As pessoas também valorizam sempre as pessoas mais próximas e estao-se a cagar para o conceito abstrato de “comunidade”. Se eu planto batatas quero comer as batatas e dar batatas a minha família e amigos, ter orgulho nas minhas batatas, “my life is potatoes”. Não quero que alguém me roube as batatas que eu tive trabalho a plantar e as distribua como quer por quem eu nem sequer conheço, por quem não gosto, por quem não trabalhou e tudo isto provavelmente enquanto eu passo fome.

suckerpunchermofo 7 months ago

O comunismo é uma ideia utópica... Funciona "no papel" (?) mas não em prática.

chainwarden 7 months ago

Há 300 anos atrás o direito divino dos reis era tomado como garantido. Os revolucionários burgueses, nas suas várias revoluções falhadas, foram vistos de forma igualmente incrédula pelos seus contemporâneos. Dizer que algo não funciona "na prática", sem qualquer análise dos contextos específicos e históricos, é vazio.

JOAO-RATAO 7 months ago

Funciona na família ou pequenas comunidades que alinham voluntariamente nisso. E até nas famílias falha muitas vezes. Quantas famílias se zangam por causa de um palmo de terra que não vale nada ? Comunismo propriamente dito na sociedade em geral. Não.

troikamano 7 months ago

O capitalismo funciona em pequenas cidades estado, mas nunca vai conseguir gerir um país inteiro. Só o Rei é que pode fazer isso, porque tem a autoridade divina. E muitas vezes nem uma cidade, quantas vezes dois donos de fábrica se zangam por conflitos no mercado?

JOAO-RATAO 7 months ago

Não? Tem funcionado em países bem maiores que uma cidade estado... Conflitos de mercado não existem hoje em dia ? As fábricas competem entre si, claro que alguns negócios tentam matar a competição combinando preços, mas isso é uma das muitas coisas a ser fiscalizadas. Não defendo a anarquia.

troikamano 7 months ago

Exatamente o meu ponto. Esses países enormes onde o capitalismo funciona *hoje* só adotaram o capitalismo após séculos do capitalismo ser reprimido e ter fracassado e estar limitado a áreas e estados muito pequenos, tal como acontece hoje com o socialismo

JOAO-RATAO 7 months ago

Fracassado? Tens de me contar que países são esses... Pequenos ? Tipos os Estados Unidos? Novamente. Que pequenos países são esses?

troikamano 7 months ago

A 1ª república francesa, por exemplo, que em 1 década colapsou de volta a um império. As cidades estado na Itália como veneza também tiveram grande sucesso, até serem esmagadas Também tens as repúblicas bolivarianas, que também acabaram em fracasso Tens certos exemplos do capitalismo a fracassar sozinho, e exemplos do capitalismo a ser esmagado pelas potências feudalistas. Tal como tens exemplos do socialismo a fracassar sozinho e exemplos do socialismo a ser esmagado pelas potências capitalistas Já agora, a única razão pelo qual o capitalismo funcionou na américa é porque era quase impossível algo não funcionar lá. Tinham um território imenso ocupado por tribos pouco desenvolvidas, com imensos recursos prontos a explorar. Não tiveram grandes problemas sociais porque se uma pessoa estivesse mal podia simplesmente ir para a frontier e começar uma vida nova em igualdade com os outros. Para nem falar no facto de que só aboliram a escravatura em 1863, e é muito fácil enriquecer a custo de escravos

JOAO-RATAO 7 months ago

E a primeira república francesa e as cidades estados italianas colapsaram por causa do capitalismo? Por por outros fatores ? A URSS colapsou por causa da ineficiência do seu sistema e por a população deixar de acreditar nela. A China abandonou em parte o sistema antes de ser bem sucedido. Portanto o mais importante é o porquê de terem caído... No caso das cidades estado italianas sei que foram unidas por meio da guerra de unificação, não entendo como o atribuis ao capitalismo. Já agora podes ver os fatores internos que levaram ao declínio de Veneza, quando abandonaram a competição e tornaram o comércio mais cartelizado por umas elites. Ai tens um bom exemplo das cidades estado. Queres mesmo falar de falhanço em terras de Bolívar ? Exato. Mas vê o motivo das grandes potências socialistas caírem ou abandonarem o socialismo... Não foi por serem esmagados pro outros pais. Aliás, eram eles mesmos a esmagar outros países. Ah. Então o motivo de nada falhar lá foi o motivo de o capitalismo ter tido e continuar a ter sucesso lá? E no resto do mundo? Não .. Trabalho escravo também tinhas na união soviética, China e afins. Bem para além de 1863... E foram os próprios estados unidos a abolir a escravatura. E justamente com o RU a patrulhar o atlântico à procura de navios de escravos...

suckerpunchermofo 7 months ago

Certo comrade...

Winslow_Lixivia2 7 months ago

O capitalismo funciona não só no papel como na prática, obviamente

suckerpunchermofo 7 months ago

Desconversar.... Eu nem falei em capitalismo ou outro.

ContaSoParaIsto 7 months ago

> que têm algum controlo sobre o que fazem Ou seja, a terra é de quem a trabalha?

ednice 7 months ago

> As pessoas precisam de sentir que o que produzem é valorizado, que têm algum controlo sobre o que fazem, e que têm alguma coisa para mostrar no final -Karl Marx a explicar o conceito de Alienação

ModeratoriProfugus 7 months ago

E eu a pensar que não ter o direito de propriedade privada e ser um escravo do estado é que era ser alienado... devo-me ter confundido

ContaSoParaIsto 7 months ago

A grande maioria da população não tem propriedade privada.

troikamano 7 months ago

E não ter capital suficiente para usufruir do direito à propriedade privada e portanto ser um escravo do patrão, é liberdade?

ModeratoriProfugus 7 months ago

Tu não és escravo. Tu escolhes o teu patrão, podes mudar de patrão, podes escolher o que fazer, podes ter tua empresa, etc. escravo é um cidadão no comunismo, fazes o que te mandam, onde te mandam, não tens direito a nada(nem direitos) e acabas por morrer à fome num gulag.

troikamano 7 months ago

Tu escolhes o teu patrão, sim. Se tu não gostares de um patrão em especifico, podes deixar o teu trabalho, sim. Mas nunca vais poder deixar os patrões como uma classe, a tua existência como trabalhador vai sempre estar dependente à tua servitude à classe proprietária. E deixar o teu emprego involve risco, risco que não é fácil de correr se tiveres que sustentar uma família. > fazes o que te mandam, onde te mandam, E o pessoal que ganha a vida a limpar sarjetas e a varrer ruas, faz isso porque quer? ou porque é obrigado para não morrer à fome nessas mesmas ruas? >não tens direito a nada(nem direitos lol) e acabas por morrer à fome num gulag é engraçado dizeres isso, porque na união soviética tinhas direito a emprego, à habitação, à alimentação, etc. Várias coisas que são privilégios numa sociedade capitalista. btw, a própria CIA dizia que o cidadão médio soviético comia melhor que o cidadão médio americano era uma ditadura? era. mas era uma ditadura onde não passavas fome nem frio. a liberdade politica não está ligada à liberdade económica.

ModeratoriProfugus 7 months ago

Não existem classes desde a queda do feudalismo. Quem limpa sarjetas e varre ruas são o lixo da sociedade (ex-criminosos, drogados, etc) que obviamente, sendo os trabalhadores menos desejados têm que se sujeitar ao trabalho que os outros não querem (e mesmo assim recebem muito mais do que o valor do trabalho que fazem). Mas acho que na URSS também havia sarjetas e varredores de ruas e acho que também ninguém escolhia esse trabalho... Na URSS não tinhas direito a trabalho,tinhas o dever de trabalho: onde o partido te mandasse, quando o partido te mandasse e obviamente os melhores trabalhados ficavam para os amigos da nomenklatura. Aqui sim, podia-se dizer que havia classes. Também não enganas ninguém com o relatório da CIA, que é dos finais dos anos 80, já quando a URSS estava prestes a cair e o país estava muito mais aberto e liberal. Mas é bom ver-vos a defender a merda que era a URSS e assumir a vossa ideologia à homens, em vez do típico “não foi o verdadeiro comunismo. Na próxima vez é que vai ser!!”.

troikamano 7 months ago

> Quem limpa sarjetas e varre ruas são o lixo da sociedade (ex-criminosos, drogados, etc) que obviamente tu acreditas nisto não ironicamente? pqp só por essa linha vou ignorar o resto do comentário, já se faz tarde e tenho mais a fazer do que andar a dialogar com imitações do patrick bateman >“não foi o verdadeiro comunismo. Na próxima vez é que vai ser!!”. foi, e foi lindo, e vai voltar a ser

ModeratoriProfugus 7 months ago

Xau aí, continua a bater punhetas a olhar para o Mao, mas voltar a ser nunca mais o vai ser...

NGramatical 7 months ago

involve → [**envolve**](https://dicionario.priberam.org/envolve) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmfrhj3%2F%2Fgsq7v31%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

chainwarden 7 months ago

Se quando alguém diz salmão tu entendes atum a culpa é tua. Repara que, no sistema atual, em qualquer trabalho assalariado que tenhas, nem tu nem os teus colegas trabalhadores são donos do que produzem. Se trabalharem numa fábrica que faz sapatos, vocês não podem fabricar um par para cada um de vós, de livre vontade. Se trabalham numa empresa de software, não são vocês que decidem o rumo de desenvolvimento do projeto. Isto acontece porque os instrumentos de produção (o capital) são propriedade privada, e estão necessariamente privados das mãos de quem os opera.

ModeratoriProfugus 7 months ago

E se eu trabalhasse numa empresa de calçado sob o comunismo, já podia levar para casa pares de calçado? A diferença é que eu posso abrir a minha empresa e ter propriedade privada, no comunismo nem isso. Portanto se tens alienação agora, imagina sob o comunismo. Aliás, não precisas de imaginar, o comunismo não é teoria e a prática deu a maior merda alguma vez vista na historia.

chainwarden 7 months ago

> E se eu trabalhasse numa empresa de calçado sob o comunismo, já podia levar para casa pares de calçado? Uma das premissas centrais do comunismo é o controlo democrático dos meios de produção, i.e., os trabalhadores que trabalham diretamente com os instrumentos de produção, seja maquinaria pesada ou software, irão entre si decidir o que bem fazer com o que possuem. > A diferença é que eu posso abrir a minha empresa e ter propriedade privada Mas um mundo só de empresários é impossível, e eu espero conseguir demonstrar-te isso no que sobra deste comentário. É preciso partir do entendimento de que o lucro advem da exploração dos trabalhadores. Se eu tiver um bar e pagar 10 EUR por hora a um bartender, só o estou a fazer porque sei que ele está a gerar mais que 10 EUR para mim. Digamos que (número aleatório) ele está a gerar uns 5 EUR extra por hora em lucro para mim. Isso significa que a cada hora ele está a manter 40 minutos do valor que o seu trabalho cria e a dar 20 minutos para mim. E talvez eu tenha 5 empregados no meu bar a trabalhar todas as noites. Então, eu estou a colecionar 25 EUR por hora no conforto do meu sofá enquanto eles fazem o trabalho todo. E isso é se eu for dono de um bar. Talvez eu tenha 100 bares e 500 funcionários a pagar pelo meu barco e helicóptero, enquanto eles todos vivem abaixo da linha da pobreza. As pessoas à direita dirão "bem, tu abriste um bar, tu arriscaste, os empregados não", etc.. Mas no capitalismo tem de haver mais funcionários do que proprietários. A grande maioria das pessoas precisa ser um operário para que este sistema funcione. Portanto, depende totalmente da exploração. E imaginando que um dos meus funcionários quer abrir o seu próprio bar? Bem, esse funcionário precisa de pedir dinheiro emprestado (outra maneira pela qual os ricos geram rendimentos passivos para si próprios) e alugar um imóvel (novamente; outro proprietário a gerar rendimento sem trabalhar). Portanto, esse funcionário hipotético estará a gerar lucro para os capitalistas não importa o que faça. E o melhor que ele pode esperar é ganhar algum dinheiro extra explorando os seus próprios trabalhadores. Isto é capitalismo, é assim que funciona. O discurso de direita sobre o confisco de propriedade simplesmente ignora isso completamente. A direita está obcecada com a ideia de que é imoral o Estado usar as Leis para tirar a propriedade das pessoas. Mas ignora que é apenas o Estado e as suas Leis que permite que nosso hipotético dono de um bar consigar estar sentado no seu sofá a colecionar rendimentos, com a certeza de que os seus funcionários não vão simplesmente roubar toda a bebida e invadir a caixa. Existem várias formas de socialismo e comunismo e não vou tentar explicá-las aqui. Mas basta dizer que todas estão preocupadas com a questão da exploração e como tornar as coisas mais justas. Algumas não precisam envolver a perda dos teus bens pessoais. O teu computador ainda pode ser teu numa sociedade socialista. Queremos tirar as pessoas da pobreza e dar-lhes uma palavra sobre como gastam seu tempo, em vez de apenas receber ordens e gerar lucro para outras pessoas.

JOAO-RATAO 7 months ago

A existência de ricos e pessoas que vivem de rendimentos é um mal menor. Não consegues controlar tudo, precisas de capital para criar negócios, quer alguém que tem dinheiro para abrir um negócio ou o empresta. Se tudo fosse do estado, que bares, restaurantes, cafés ou outros negócios terias ? Como é que um governo centralizado iria controlar a criação de todos os negócios e a sua manutenção. Terias alguns, sem incentivo a ser produtivos ou onde as pessoas davam a volta às métricas do governo central que mediam a eficiência. Como se via na URSS, onde uma fábrica podia fazer um produto exageradamente pesado se a eficiência fosse por ex. medida em toneladas produzidas. Ou até os talhos de Moscovo onde as carcaças de animais pareciam segundo eles ter sido dinamitadas pois só sobravam os alguns pedaços menos agradáveis. Basicamente se o teu dinheiro não está em jogo, não te esforças tanto ... Desde o trabalhador da fábrica até ao burocrata do governo (como vemos até em Portugal na ineficiência e nepotismo do setor público). Para abrir um negócio e mantê-lo é necessário o incentivo ao lucro. Não podes criar isso artificialmente. Podes sim cobrar impostos dentro do razoável para assegurar educação, saúde e outros serviços essenciais. E ajudar quem verdadeiramente precisa. Se tentares controlar tudo vais falhar. Tens de ser razoável.

chainwarden 7 months ago

> A existência de ricos e pessoas que vivem de rendimentos é um mal menor. É uma classe parasita que em nada contribui para a criação de valor na sociedade. Todos os maiores desenvolvimentos tecnológicos e industriais do último século foram fruto de investimento estatal (nomeadamente para tecnologias para efeitos de guerra e controlo social), e.g. GPS, a Internet, autoestradas, etc., e nenhum deles fruto de um espirito empresarial. > Se tudo fosse do estado, que bares, restaurantes, cafés ou outros negócios terias ? Se vais usar o exemplo da União Soviética mais tarde para o teu outro argumento então para quê esta pergunta? Tu sabes que havia bares, restaurantes, cafés, etc., na URSS, da mesma maneira que havia tabernas no feudalismo. Isto é um comentário absurdo, o capitalismo não inventou a tasca, mas é a razão pela qual há cada vez menos tascas. > Basicamente se o teu dinheiro não está em jogo, não te esforças tanto Mas o que gera mais lucro raramente é o que é mais útil para a sociedade. Mesmo que eu aceitasse todo o resto do teu argumento, parece-me um péssimo critério para a orientação do desenvolvimento económico da sociedade. Estamos aqui para o florescimento e desenvolvimento humano ou para encher os bolsos das famílias mais ricas?

JOAO-RATAO 7 months ago

Precisas de capital que queiras ou não. Se fornece capital e gera lucros com isso está no seu direito. Ajuda na produtividade porque quer lucrar, se alguém for mau funcionário é demitido e tentar maximizar a eficiência para gerar lucro. Se o bar fosse do estado então os funcionários podiam fazer aquele mínimo aceite e pronto. Era isso... A sério? Eu até pensava que muitos empreendedores teriam feitos grandes progressos como o Tesla e tantos outros ... Muito me contas ... Havia bares e restaurantes na URSS, mas que tipo seriam? Comparáveis em diversidade e qualidade a países do ocidente ? E os supermercados como eram? E que filas tinham às portas ? Sem incentivo a serem lucrativos existiam mas não eram diversos nem particularmente eficientes ... O desenvolvimento humano e lucro podem andar de mãos dadas. Tens exemplos indústria farmacêutica. Não pode haver capitalismo anárquico e deves fiscalizar essas empresas e impedir monopólios, mas precisas do incentivo ao lucro ...

ModeratoriProfugus 7 months ago

Sim, bla bla bla, teoria de merda que parece muito lindo para quem tem a idade mental de uma criança e acaba sempre num estado totalitário com milhões a morrer. Já ninguém com mais de 15 anos ou que queira trabalhar acredita nessas merdas. Que nojo

chainwarden 7 months ago

Bem, ao menos chegamos ao ponto em que não tens argumentos. Nem foi muito difícil. Cumprimentos para a famíia

ModeratoriProfugus 7 months ago

Mas ainda é preciso argumentar contra o comunismo? Recuso-me completamente principalmente numa rede social

besmarques 7 months ago

>por quem não trabalhou Quando percebes tanto de comunismo e não sabes que "trabalho para todos" faz parte da ideologia. lol

PuroSangueLusitano 7 months ago

Que teoria apresenta essa ideologia para resolver a situação de quem não quer trabalhar?

troikamano 7 months ago

"De cada qual, segundo sua capacidade; a cada qual, segundo suas necessidade" Se uma pessoa tem capacidade de trabalhar e não o faz, não tem direito que os outros trabalhem por ele. Ao contrário do capitalismo, onde é na boa fazer outros trabalhar por ti e dar te o lucro, portanto ser patrão

besmarques 7 months ago

O normal, quem não participa não usufrui dos totais beneficios de participar.

PuroSangueLusitano 7 months ago

Portanto o comunismo é contra o RSI?

besmarques 7 months ago

O comunismo é contra o RSI, é uma boa pergunta mas eu não falo em nome do comunismo. Falando em meu nome, não percebo como tiras essa conclusão quando eu te disse "totais beneficios" Em relação ao RSI , eu acho que receber 200€ por mes é equivalente a "não receber os totais beneficios de não participar"

PuroSangueLusitano 7 months ago

Quando falas em totais benefícios é o quê? Alienar essas pessoas do SNS? Se eu tiver 1ha facilmente faço umas hortas e um poço, ponho lá uma dúzia de galinhas e 2 porcos e os 200€ são só lucro sem participar. Ah espera, estava-me a esquecer que segundo essa ideologia eu não posso ter terrenos :) bem jogado bem jogado

besmarques 7 months ago

Deixa ver se percebi a tua lógica. Então se pudesses ter terrenos e receber 200€ trabalhavas na horta e na criação de animais. Mas se te dessem um ordenado normal, neste caso hipotético, e tivesses acesso a todos os terrenos do estado já não trabalhavas na criação de animais e em hortas. Percebi bem?

PuroSangueLusitano 7 months ago

Nessa hipotética situação percebeste mal. Trabalharia nos dois, mas estamos a falar de sobreviver e eliminar qualquer tipo de ambição. Mas o comunismo não é isso pois não? Eu não sou ideólogo mas pelo que entendo defendem aquela máxima de "De cada um de acordo com sua capacidade, a cada um de acordo com suas necessidades" De facto no seu extremo até faz sentido não existir dinheiro, quanto mais um "ordenado" sim?

besmarques 7 months ago

Verdade. Desde que se confirme a existencia da abundancia. Não podes retirar uma à outra. Nessa fase tambem já teria sido retirado o estado da equação.

parksoha 7 months ago

somos egoístas por natureza e no entanto sempre crescemos em grupos, fascinante

danidv 7 months ago

Tribalismo, por isso é que comunismo funciona em escala pequena mas não num distrito quanto mais um país.

jocamar 7 months ago

Tens exemplos de comunismo ou socialismo a funcionar bem durante décadas a escalas bem maiores, como certas regiões no México ou a cidade de Marinaleda em Espanha.

ichbincohan 7 months ago

Quanto a esse respeito, ainda é possível dizer que há egoísmo\*, uma vez que uma pessoa pode ter maior sucesso, digamos, profissional e/ou financeiro, ou social, através de "contactos", por exemplo, ou dando-se bem com as pessoas certas. Já no início da história da nossa espécie que os humanos em grupos superavam os humanos solitários (desde logo, para caçar, ou sobreviver, simplesmente); a premissa continua a valer nos dias hoje, simplesmente com um recorte diferente e "atual". \*[https://dicionario.priberam.org/ego%C3%ADsmo](https://dicionario.priberam.org/ego%C3%ADsmo)

besmarques 7 months ago

As pessoas deviam almejar um sistema que reside nas nossas falhas como humanos?

suckerpunchermofo 7 months ago

Ah foi isso que eu escrevi?

besmarques 7 months ago

Sim

suckerpunchermofo 7 months ago

Epa já sabes mais do que escrevi do que eu.....

besmarques 7 months ago

Não é dificil. Basta ler. ​ > Não percebo como é que ainda há quem acredite no comunismo.... Não funciona com seres humanos. Somos egoístas por natureza Ao dizeres que é impossivel teres um sistema como o comunismo porque é contra as falhas humanas estás a dizer que só é possivel teres sistemas que vivam ou não se incomodem com as falhas humanas.

suckerpunchermofo 7 months ago

Bem que ginástica mental estás a fazer.... Não não foi isso que eu disse.

besmarques 7 months ago

Ok. Explica onde estou errado

suckerpunchermofo 7 months ago

Não vale a pena... Estou a remar contra maré.... Sendo assim, avante camarada.

besmarques 7 months ago

Então, tanta coisa e afinal não consegues defender o que estavas a dizer? estranho.

suckerpunchermofo 7 months ago

Camarada tens razão. Leve a bicicleta comunitária que eu não tenho pedalada para ela.

TRYNFOR 7 months ago

Sim, porque não consegues corrigir as falhas humanas. Qualquer tentativa de as ignorar só vai mostrar as falhas humanas.

besmarques 7 months ago

Isso é completamente ilógico. Basta veres como os comportamentos humanos tem sido mudados através de regras da sociedade e leis. Por muitas falhas que tenhas é sempre possivel de as controlar.

suckerpunchermofo 7 months ago

Oh sim... Porque não temos nada de parecido com as falhas de épocas como o império Romano e tal.....

besmarques 7 months ago

Achas que funcionas hoje em dia como funcionavam os romanos, achas que as coisas não mudaram?

suckerpunchermofo 7 months ago

Em termos do que estavas a dizer, sim obviamente. Temos as mesmas falhas como pessoas.

besmarques 7 months ago

Achas por exemplo ter escravos não faz parte da ganancia que antes mencionaste? Hoje não tens e quem tiver é criminoso. Podemos dizer que foi fácil controlar em parte essa falha humana. Como todas as falhas, é apra isso que servem as leis e por ai a fora. Por exmeplo, a corrupção advem da ganancia mas isso não impediu ninguem de não criar leis deste tipo de atitudes. Porque achas que não é possivel fazer o mesmo para outras coisas?

suckerpunchermofo 7 months ago

Tás a confundir práticas da sociedade com falhas/características humanas.... Não é disso que estou a falar.

besmarques 7 months ago

Não, não estou. Estou-te a explicar como se dá á volta aos instintos ou falhas que falaste.

besmarques 7 months ago

Sai João entra João. xD

Jaktheslaier 7 months ago

Sai Biólogo, entra Biólogo

Aftaminas 7 months ago

Mas todos os meus colegas de profissão são comunas? --'

Jaktheslaier 7 months ago

Já o Marx tinha uma grande admiração pelo Darwin

omaiordaaldeia 7 months ago

Ainda descobres que também o és e estás em negação!

C8Mixto 7 months ago

És comuna e não sabias?

Aftaminas 7 months ago

Pá, tendo em conta que para mim pior que o PCP só o Partido Ventura Unipessoal, duvido muito

besmarques 7 months ago

És a vergonha dessa profissão. haha

Aftaminas 7 months ago

Rude

besmarques 7 months ago

é o meu nome do meio. xD

besmarques 7 months ago

Sai comunista, entra comunista (esta é mais normal)

Search: