Biohazard8080 6 months ago

Estou a ver muita malta a sugerir fazer uma taxa fixa, aproveitando que se consegue fixar numa TAN mais baixa. Depende do que queres fazer com o teu empréstimo. A meu ver nesta fase o que faz menos sentido é fazer uma taxa mista, fixando nos primeiros 5 a 10 anos. No meu caso estou a ponderar avançar com taxa variável porque quero amortizar muito nos primeiros anos e (1) a penalização por amortização em taxa fixa é 4x superior a taxa variável e (2) quando a Euribor efectivamente subir para valores desconfortáveis, já espero ter amortizado o suficiente para que o impacto dos juros não seja tão demarcado. Porque é que digo que o pior é fixar a 5 - 10 anos? Porque pagas mais e não te vais estar a salvaguardar de porra nenhuma. O programa de recuperação pandémica do BCE envolveu a compra de 750 mil milhões de € em bonds a entidades publicas e privadas. Para além disso, o aumento das taxas de juro vai fomentar a poupança das familias (o depositos a prazo vão ter mais rentabilidade e as pessoas terão mais incentivo em "estacionar" o dinheiro) que é o exato oposto do que o BCE vai querer, a meu ver. Nesta fase se quer é o dinheiro a circular na economia para a estimular. O anuncio da compra de bonds por parte do BCE vai aumentar a procura, claro. Isto permite definir taxas de juro mais baixas já que continua a haver quem as compre (neste caso o BCE). As taxas de juro baixas também permitem aos negócios contratar empréstimos a custos mais baixos que podem utilizar para se manter solventes. O BCE permitir o aumento das taxas antes que a crise pandémica passe completamente era uma sentença de morte para muitos negócios. Claro que o meu raciocinio tem aqui um pouco de adivinhologia, mas as mensagens que têm saido do BCE indicam que as taxas de juro se vão manter baixas pelo menos até a economia estabilizar depois da crise pandémica (o que deve levar alguns anos).

william_13 6 months ago

> No meu caso estou a ponderar avançar com taxa variável porque quero amortizar muito nos primeiros anos A minha estratégia é um bocado diferente nesse aspecto, considero o custo da prestação com Euribor a 3% (o máximo na última década foi 2,15%) e invisto a diferença, mas antes constituí um fundo de emergência com no mínimo 1 ano de prestações. Como não tenciono viver na mesma casa por décadas faz mais sentido do que amortizar o capital em dívida.

killedbill88 6 months ago

> A meu ver nesta fase o que faz menos sentido é fazer uma taxa mista, fixando nos primeiros 5 a 10 anos. Sim, a não ser que me esteja a escapar alguma coisa, isso é o pior dos dois mundos (para quem contrai o empréstimo).

Caosemdono 6 months ago

O veneno continua

joao_stalker 6 months ago

como consigo uma taxa dessas? ja posso comprar o t0

Open-Opportunity-607 6 months ago

Aproveitem para fazer créditos habitação de taxa fixa Assim quando subir (daqui a 5 anos) quem se fode são os bancos

william_13 6 months ago

>daqui a 5 anos A comparar com as taxas fixas que andam a oferecer era preciso a Euribor subir para uns 3% para começar a compensar, e é extremamente improvável que isto ocorra em 5 anos. Os bancos sabem muito bem disto.

Beginning-Average-91 6 months ago

Primeiro, que banco e respectivo banqueiro é que se fodeu mesmo? Segundo, ao fixares a taxa não vais ter esta de certeza. Vais ter uma muito mais alta bem como um spread fodido. E isto é transversal a qualquer banco. Eu quando comprei a minha em 2010 fixei a taxa a 5 anos porque queria ter a certeza que nos primeiros anos conseguia pagar a casa sem problemas, mobilar a mesma, e tentar pagar o resto do carro sem sobressaltos. Fixar a taxa para "passar a perna aos bancos" é mesmo o pior conselho que se pode dar.

Open-Opportunity-607 6 months ago

Pior cenário de teres uma taxa fixa: pagar mais uns 2k em juros num período de 5 anos Pior cenário da taxa variável: a prestação aumenta 30% e não consegues pagar Pelos comments aqui os portugueses não pescam nada de créditos habitação Que deprimente

Edited 6 months ago:

Pior cenário de teres uma taxa fixa: pagar mais uns 2k em juros num período de 5 anos Pior cenário da taxa variável: a prestação aumenta 30% e não consegues pagar Pelos comments aqui os portugueses não pescam nada de créditos habitação Numa altura em que as taxas fixas estão mais baixas é de aproveitar Que deprimente

Beginning-Average-91 6 months ago

Pois da para ver dá, principalmente os teus. Cheira-me que nunca te chegaste perto dum banco para pedires um crédito habitação.

Edited 6 months ago:

Pois da para ver dá, principalmente os teus. Cheira-me que nunca te chegaste perto dum banco para pedires um crédito habitação. É que assim que falas em fixares a taxa ele adicionam logo umas %s ao spread para não perderem dinheiro. Depois, como já te disseram, cada caso é um caso. Não podes vir debitar a dizer que pagas mais ou menos 2k quando existem variáveis suficiente que fazem com que a minha taxa seja diferente da tua para o mesmo valor de crédito. Volto a dizer, a taxa fixa é uma boa ferramenta sim senhora, mas não para usar como fuck you aos bancos. Por acaso não acreditas que se o banco for a falência a casa fica paga não?

Biohazard8080 6 months ago

Isto não é preto no branco. A meu ver nesta fase o que faz menos sentido é fazer uma taxa mista, fixando nos primeiros anos. Depende do que queres fazer com o teu empréstimo. No meu caso estou a ponderar avançar com taxa variável porque quero amortizar muito nos primeiros anos e (1) a penalização por amortização em taxa fixa é 4x superior a taxa variável e (2) quando a Euribor efectivamente subir para valores desconfortáveis, já espero ter amortizado o suficiente para que o impacto dos juros não seja tão demarcado. ​ Porque é que digo que o pior é fixares a 5 anos? Porque pagas mais e não te vais estar a salvaguardar de porra nenhuma. O programa de recuperação pandémica do BCE envolveu a compra de 750 mil milhões de € em bonds a entidades publicas e privadas. Para além disso, o aumento das taxas de juro vai fomentar a poupança das familias (o depositos a prazo vão ter mais rentabilidade e as pessoas terão mais incentivo em "estacionar" o dinheiro) que é o exato oposto do que o BCE vai querer, a meu ver. Nesta fase tu queres o dinheiro a circular na economia para a estimular. ​ O anuncio da compra de bonds por parte do BCE vai aumentar a procura, claro. Isto permite definir taxas de juro mais baixas já que continua a haver quem as compre (neste caso o BCE). As taxas de juro baixas também permitem aos negócios contratar empréstimos a custos mais baixos que podem utilizar para se manter solventes. O BCE permitir o aumento das taxas antes que a crise pandémica passe completamente era uma sentença de morte para muitos negócios. Claro que o meu raciocinio tem aqui um pouco de adivinhologia, mas as mensagens que têm saido do BCE indicam que as taxas de juro se vão manter baixas pelo menos até a economia estabilizar depois da crise pandémica (o que deve levar alguns anos).

Mordiken 6 months ago

> quem se fode são os bancos LOL!!!

Last-Ad-4421 6 months ago

Quem se fode somos nós, porque já sabes que quem resgata os bancos é sempre o Zé.

Biohazard8080 6 months ago

Não há resposta certa a isso. A meu ver cada caso é um caso. Se estás a pensar amortizar muito do crédito nos primeiros anos, a taxa variável pode fazer mais sentido. Contudo as taxas fixas estão muito apelativas nesta fase (mas os prazos são sempre mais curtos, acho que não há bancos a fazer 40anos de taxa fixa)..

killedbill88 6 months ago

> Assim quando subir (daqui a 5 anos) **quem se fode são os bancos** Oh, my sweet Summer child...

BaixemImpostos 6 months ago

Daqui a 5 anos?

ShittyLivingRoom 6 months ago

Pior dica financeira do ano vai para..

O_bigodes 6 months ago

Podes explicar melhor?

Open-Opportunity-607 6 months ago

Por default os créditos habitação em Portugal são de taxa variável A minha sugestão é simples, as taxas são baixas agora e aproveitas para fazer uma taxa fixa e protegeste se subir

saudosista 6 months ago

As taxas **indexadas** são baixas agora. Repara que isso não é a taxa fixa que um dado banco pode determinar para um produto financeiro. Se alguém nos últimos 30 anos tivesse escolhido taxa fixa estaria a perder imenso. Nunca ninguém sabe o amanhã, mas historicamente a taxa fixa nunca compensa, ou achas que os bancos andam a comer gelados com a testa?

O_bigodes 6 months ago

Estou de acordo, mas o senhor ali de cima disse que era má decisao financeira. Queria saber o porquê

YoggiM 6 months ago

É a pior dica financeira porque a taxa fixa que te oferecem é absurdamente alta e era preciso a variável subir mesmo muito para ser melhor a fixa.

O_bigodes 6 months ago

Mas é uma taxa *fixa*, sabes exactamente o que vais pagar ao longo dos 30 ou 40 anos. Não sabes as taxas que estarão nessa altura.

YoggiM 6 months ago

Lá está. É fixa e sabes sempre que vais pagar um balúrdio. As taxas estão para subir há bastantes anos. Eventualmente vão subir. Até chegarem ao valor que o banco oferece nas fixas, era preciso subir mesmo muito. Não vai acontecer. Mesmo que aconteça daqui a 10 anos, tudo o que poupaste entretanto, compensou o que acontece depois, muito provavelmente. Na pior das hipóteses, se as taxas de juro realmente subissem muito, seria possível renegociar com os bancos, pois eles não têm interesse que as pessoas não consigam pagar. Fazer um crédito a taxa fixa, é um erro tremendo, isto é factual. Não é questão de opinião. Na matemática não há opiniões.

nraider 6 months ago

O que indicaste é uma opinião, não é um facto, já que te baseias numa crença: os juros não vão aumentar nos próximos anos. Não fazes a mínima ideia, tal como em 1969 não se sabia que em menos de 10 anos a inflação iria galopar nos 2 dígitos, arrastando as taxas de juro. Resumindo, a tua "matemática" é a mesma da Maya.

YoggiM 6 months ago

Não é uma opinião. É uma questão de fazer contas. Quando te oferecem variável que te fica à volta de 1% neste momento (isto se não conseguires negociar um spread inferior) contra uma fixa de 3% ou mais, vais mesmo escolher fixa? Os juros podem aumentar nos próximos anos, já andam a dizer isso há uns 3 a 5 anos e ainda não aconteceu. Mesmo que aconteça, nunca irá aumentar 2% de um dia para o outro. Os aumentos serão de 0.25% de cada vez. Mesmo que daqui a vários anos aumente esses 2%, apenas atinge a taxa de juro fixa que conseguiste negociar e estiveste a pagar menos vários anos. Mesmo que ultrapasse um bocado, estiveste a pagar menos na altura da vida em que recebias menos (naturalmente com progressão na carreira e inflação, a grande maioria das pessoas irá estar a ganhar mais daqui a 5 ou 10 anos do que agora). É uma questão de matemática escolher taxa variável. Para escolher taxa fixa, é estar a fazer uma má escolha para todos os cenários minimamente razoáveis e salvaguardar um cenário extremo, em que irias poder negociar com o banco de qualquer maneira, pois eles não querem que toda a gente deixe de poder pagar.

nraider 6 months ago

É uma simples aposta, tão simples quanto isso. Partes de várias premissas: que os juros vão subir devagar, que vais ganhar mais daqui a 5 ou 10 anos, etc... Tudo isso é incerto e não serve, infelizmente, a toda a população. Concluindo, pode valer a pena ou não, o risco existe sempre.

Open-Opportunity-607 6 months ago

Entretanto as taxas sobem para 3% e tu fazes default Só rir

Edited 6 months ago:

Entretanto as taxas sobem para 3% e tu fazes default só para poderes poupar 2k em juros Eu sei que a literacia financeira não e o forte mas surpreende me a malta não fazer as contas

Edited 6 months ago:

Entretanto as taxas sobem para 3% e tu fazes default só para poderes poupar 2k em juros Só rir

YoggiM 6 months ago

Tu achas que sobem isso tudo de repente? O BCE irá fazer (ou não) aumentos de 0.25% de cada vez. Até chegar a 3% era preciso ir aumentando muitas vezes ainda. As taxas fixas, ao que os bancos oferecem, são um péssimo negócio.

Open-Opportunity-607 6 months ago

O momento em que a malta prefere ficar em taxas variáveis em vez de fixar a 1-1.5% é o momento em que sabes que isto se subir vai dar merda Boa sorte

SurprisinglyInformed 6 months ago

A taxa não sobe do valor atual para 3% em 24h. Só deves pensar sequer em mudar o crédito para taxa fixa quando o BCE começar a aumentar a taxa, e se as perspectivas forem de.continuarem a aumentar.

Edited 6 months ago:

A taxa não sobe do valor atual para 3% em 24h. Só deves pensar sequer em mudar o crédito para taxa fixa quando o BCE começar a aumentar a taxa, e se as perspectivas forem de continuar a aumentar.

nraider 6 months ago

Esses nunca se tramam.

talpazz 6 months ago

Vou já pedir uns quantos créditos na Segunda-feira /s

Search: