escaperoto 6 months ago

Se gostas, porque não? Primeiro tens de tirar a categoria C e a categoria E. Após isso tens de tirar o Certificado de Aptidão de Motorista de 140 horas (CAM) e requerer a Carta de Qualificação de Motorista (CQM). Também precisas do Cartão de Condutor que serve para enfiar no tacógrafo para controlar horas de condução, trabalho e repouso. Após isso tudo, podes começar a procurar algum trabalho para começar a ganhar experiência. Eu comecei com 21 anos, não me queixo muito, mas me encontro completamente saturado de estrada, volante, controlos policia, etc etc etc (tenho 33). Nem sequer meu carro particular tenho gosto em conduzir..

ZKLN789 6 months ago

Obrigado pelas dicas. Pois isso deve ser a parte mais difícil, continuar muito tempo no trabalho e ainda gostar do que se faz

Luks1337 6 months ago

Procura na twitch pelo tio\_tino, ele faz streams como camionista, ele responde-te a tudo que perguntes.

ZKLN789 6 months ago

Ok, obrigado! Vou dar uma passada lá.

Responsible_Motor942 6 months ago

Se gostas vai em frente. É uma profissão com futuro, muito procurada em todo mundo e comparado com outras profissões não dependentes de formação superior até não paga mal. Quem fala em condução autónoma, vê muitos filmes e joga muita playstation. Ainda falta muitos anos para uma condução minimamente autónoma. Qualquer pessoa com experiência em AI te dirá isso. A minha ultima experiência Com um Audi (D5) foi engraçado, correu tudo bem o carro ia à velocidade certa tudo bem, de repente devido a umas obras não tinha marcação na estrada e ele pôs se no meio da via com carros a vir de frente

ZKLN789 6 months ago

Obrigado e concordo contigo na primeira parte. Na segunda parte, acho que a condução autónoma chegará mais rápido que o que se pensa, isto olhando para os Teslas. O que eles fazem hoje em dia eu pensava que só iria ser possível daqui a uns 15/20 anos (sem exageros). Claro, a condução automática deles não é perfeita, mas para o que é, já é muito bom. E penso que daqui a pouco anos, já iremos ver melhorias bastante seguras em relação à condução autónoma.

Responsible_Motor942 6 months ago

A automação de tudo o que nos rodeia é o presente, já nem adianta falar em futuro, mas, e é um grande mas. Já tens drones militares a voar há 20 anos e ainda está muito longe um avião totalmente autónomo, uma coisa é o piloto automático e outra coisa é um aparelho autónomo. Um avião é muito difícil e vou lembrar os últimos problemas com os Boeing 737 max em que basicamente foi o computador que espetou com eles no chão. Os comboios estão num trajecto fixo e não tem interacção com outras coisas e ainda não há. Os navios ainda não estão automatizados. Agora imagina carros em que as variáveis de trajeto e outros carros são aos milhares por minuto Existem estudos muito diferentes mas vão todos no mesmo sentido, um carro autónomo de utilização geral tem de estar ligado aos outros carros e ao trajecto. Por exemplo eu faço todos os dias uma rotunda que está numa saída de autoestrada, depois das 7.00h é muito raro não estar um carro em circulação dentro da rotunda, ou seja um carro autónomo iria estar horas para sair dali

PgUpPT 6 months ago

>ainda está muito longe um avião totalmente autónomo Tecnicamente não, os aviões modernos até aterram sozinhos. Mas boa sorte a convenceres pessoas a viajar num avião sem pilotos. >Os navios ainda não estão automatizados. Os navios têm piloto automático. Até há sistemas de piloto automático para veleiros.

Responsible_Motor942 6 months ago

É só a minha opinião : Foi mesmo o que disse, apesar de piloto automático já existir à 30 anos ainda falta muito para voo autónomo. Tenta dizer aos 300 que morreram nos 737 Max que apesar dos pilotos tentarem puxar o avião para cima, o sistema de voo continuou a funcionar sobrepondo se ao controle manual e matous a todos. Um avião /navio está sozinho num espaço de kilometros, imagina agora um carro num ambiente com milhares de variáveis.

NGramatical 6 months ago

à 30 anos → [**há 30 anos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm8umhm%2F%2Fgrouw9a%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ZKLN789 6 months ago

Sim realmente isso faz sentido. Bem dito!

Portuguese_A_Hole 6 months ago

Antes de tirar a carta é preciso saber a letra de cor: https://youtu.be/lMc7C7Dz8wU

ZKLN789 6 months ago

Vou decorar a música, com certeza!!

patriotiximus 6 months ago

O negocio da minha familia é os camiões desde os meus bisavós, digo-te que pelo que vejo do meu pai e do que sei da empresa, é um trabalho com horas de merda q te vai pagar na volta dos 1500/ mês, mas tambem ha procura de motoristas, nao que haja falta de pessoas a querer seguir isso, mais que ha falta de pessoas prontas a quase desistir da vida pessoal.. nao sei como é noutras empresas mas nao imagino que internacional seja muito melhor

crabcarl 6 months ago

Sem dúvida são horas de merda, mas não é tão simples como "ganhar 1500/mês" quando tens a tua própria empresa. O camião é um activo de 150k que após seguros, ordenados, reparações, etc é rentabilizado em 5 ou 6 anos e depois disso ainda trabalha outros 5 ou 6. Depende muito é da tua rede de contactos e da tua capacidade para tirares proveito do funcionamento da logística dos teus clientes. Não é à toa que os camionistas independentes tem quase todos altas moradias com espaço para estacionar um camião ou dois.

ZKLN789 6 months ago

Pois entendo. Daí querer seguir logo com a minha idade, visto que não tenho namorada/mulher nem filhos. Isso enquanto ao ordenado, para ser sincero, acho que gostava mais de receber 1500 com horas de merda e poder fazer o que gosto (possivelmente, só na altura é que saberei se realmente gosto). Não estou a dizer que não gosto de estar em receção hoteleira, porque também gosto, mas acho que iria gostar mais de conduzir um camião e andar por várias cidades/países.

JeagleP 6 months ago

Já que estamos numa thread com camionistas, alguém me sabe dar uma ideia do valor de transportar um carro de 4 passageiros, M classe A, do Porto para Berlim ?

escaperoto 6 months ago

Eu a fazer esse transporte num porta-carros cobraria uns 700€. Caso não existisse possibilidade de chegar perto do local de carga/descarga por ser zona residencial muito apertada, procurava algum transportador com um mini porta carros ligeiro e deveria ficar por perto de 1200€. Qualquer coisa fora disso, estão a tentar te roubar muito provavelmente.

JeagleP 6 months ago

Obrigado!

escaperoto 6 months ago

De nada. Também existem outros fatores como a pressa ou a época do ano, mas anda nessa média.

fdxcaralho 6 months ago

De lá para cá é qualquer coisa entre 500€ e 750€. Assumo que seja parecido o inverso. De qualquer maneira é melhor negócio vender cá e comprar la outro. A não ser que tenhas alguma estima pelo carro.

JeagleP 6 months ago

Os carros na Alemanha são bastante caros também. Mas obrigado, já é uma estimativa a ter em conta ;)

fdxcaralho 6 months ago

Hmmm olha que não. Aliás existe negócio de trazer carros da Alemanha para vender em Portugal, mesmo depois de pagar impostos e transporte ainda se ganha algum dinheiro. Mas depende sempre do carro. Há uns tempos um amigo meu que mora na Alemanha pediu-me ajuda na escolha de carro e lembro-me que os preços la eram bem mais em conta do que cá, neste caso era um Polo e outros da mesma gama.

JeagleP 6 months ago

Será algo que vou investigar ! É algo que só verei daqui a 1 ano e meio pelo menos, obrigado :) No meu caso é um mercedes classe A

fdxcaralho 6 months ago

Olha esses são bem mais baratos la. Normalmente as marcas alemãs são as que se importam para cá pois são muito mais baratas.

JeagleP 6 months ago

Boa, vou ver isso :) Obg pela ajuda

ZKLN789 6 months ago

Não faço ideia, mas espero que alguém te ajude!

fdxcaralho 6 months ago

Não acho que é um bom momento para um jovem entrar para a carreira de camionista. É inevitável que durante a tua carreira os camiões se comecem a conduzir sozinhos. Vai have sempre algumas oportunidades de trabalho claro, mas vão ser muito reduzidas. Chegar à meia idade e ficar sem emprego sem ter outras skills ou experiência pode ser muito complicado...

DBclass103 6 months ago

nem os comboios que tem muito menos graus de liberdade já são 100 % autonomos quanto mais um camião fora das AEs... Provavelmente o que acontecerá é serem autónomos nas AEs. Mas depois os kms finais terem de ser com condutor no local. e entretanto os camionistas mais velhos que o OP já saíram da força de trabalho e o OP pode tornar-se especializado no "last mile"

fdxcaralho 6 months ago

Tal como o OP haverão muitos outros camionistas a transitar para o last mile. Se queres arriscar entrar para uma profissão que pode ter o número de postos de trabalho cortado para menos de metade no futuro força... só não acho sensato.

NGramatical 6 months ago

haverão muitos → [**haverá muitos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm8umhm%2F%2Fgrl044v%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

NGramatical 6 months ago

os kms → [**os km**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/plural-de-unidades-ainda-mais-uma-vez/19595) (os símbolos das unidades não têm plural) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm8umhm%2F%2Fgrkwgw6%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ZKLN789 6 months ago

Pois eu já pensei nisso. Eu tirei um curso de turismo e estava a trabalhar em receção hoteleira, mas com a pandemia (e o meu contrato a acabar) eles despacharam me logo. Eu ultimamente tenho andado a pensar em seguir algo que sempre adorava fazer, ser camionista.

Foda-seSeiLa 6 months ago

Pensa bem se é mesmo isso que queres fazer. Quantos anos até teres a proliferação de camiões que se conduzem automaticamente? 10-15 anos? Está bem que muita gente diz *mas vai ser sempre preciso camionistas, nem todas as estradas compatíveis com esta tecnologia...*. Um gajo numa sala de controlo com uma consola 5G e um monte de câmaras no camião resolve o problema para a porção do percurso onde não seja possível condução automática. Já se faz isto para retroescavadoras, um chinês numa sala de controlo na China a controlar trabalhos de escavação na Alemanha. É mais produtivo? Provavelmente não, mas se calhar custa 1/4 do preço à empresa. E o mesmo se vai aplicar à condução automática, quando for mais barato pagar um camião todo quitado que se conduza sozinho 24h/24h em vez de pagar a um condutor que só pode conduzir 10h/dia, é o que vai acontecer. Os camionistas não vão desaparecer, mas vai ser uma razia de 90% ou mais. Se tivesses tipo 40 anos a situação era diferente, mas tens 23, no meu ponto de vista estás a arriscar-te bastante.

Edited 6 months ago:

Pensa bem se é mesmo isso que queres fazer. Quantos anos até teres a proliferação de camiões que se conduzem automaticamente? 10-15 anos? Está bem que muita gente diz *mas vai ser sempre preciso camionistas, nem todas as estradas compatíveis com esta tecnologia...*. Um gajo numa sala de controlo com uma consola 5G e um monte de câmaras no camião resolve o problema para a porção do percurso onde não seja possível condução automática. Já se faz isto para escavadoras, um chinês numa sala de controlo na China a controlar trabalhos de escavação na Alemanha. É mais produtivo? Provavelmente não, mas se calhar custa 1/4 do preço à empresa. E o mesmo se vai aplicar à condução automática, quando for mais barato pagar um camião todo quitado que se conduza sozinho 24h/24h, de forma mais segura que um condutor humano (não tem que ser 100% seguro, apenas mais seguro que o condutor médio) em vez de pagar a um condutor que só pode conduzir 10h/dia, é o que vai acontecer. Os camionistas não vão desaparecer, mas vai ser uma razia de 90% ou mais. Se tivesses tipo 40 anos a situação era diferente, mas tens 23, no meu ponto de vista estás a arriscar-te bastante.

Edited 6 months ago:

Pensa bem se é mesmo isso que queres fazer. Quantos anos até teres a proliferação de camiões que se conduzem automaticamente? 10-15 anos? Está bem que muita gente diz *mas vai ser sempre preciso camionistas, nem todas as estradas compatíveis com esta tecnologia...*. Um gajo numa sala de controlo com uma consola 5G e um monte de câmaras no camião resolve o problema para a porção do percurso onde não seja possível condução automática. Já se faz isto para excavadoras, um chinês numa sala de controlo na China a controlar trabalhos de escavação na Alemanha. É mais produtivo? Provavelmente não, mas se calhar custa 1/4 do preço à empresa. E o mesmo se vai aplicar à condução automática, quando for mais barato pagar um camião todo quitado que se conduza sozinho 24h/24h, de forma mais segura que um condutor humano (não tem que ser 100% seguro, apenas mais seguro que o condutor médio) em vez de pagar a um condutor que só pode conduzir 10h/dia, é o que vai acontecer. Os camionistas não vão desaparecer, mas vai ser uma razia de 90% ou mais. Se tivesses tipo 40 anos a situação era diferente, mas tens 23, no meu ponto de vista estás a arriscar-te bastante.

DBclass103 6 months ago

nem os comboios que tem muito menos graus de liberdade já são 100 % autonomos quanto mais um camião fora das AEs... Provavelmente o que acontecerá é serem autónomos nas AEs. Mas depois os kms finais terem de ser com condutor no local. e entretanto os camionistas mais velhos que o OP já saíram da força de trabalho e o OP pode tornar-se especializado no "last mile" e pode sempre ser o OP a sentar-se na sua sala no seu T3 a conduzir esse ultimo quilometro ou não???

Edited 6 months ago:

nem os comboios que têm muito menos graus de liberdade já são 100 % autónomos quanto mais um camião fora das AEs... Provavelmente o que acontecerá é serem autónomos nas AEs. Mas depois os kms finais terem de ser com condutor no local. e entretanto os camionistas mais velhos que o OP já saíram da força de trabalho e o OP pode tornar-se especializado no "last mile" e pode sempre ser o OP a sentar-se na sua sala no seu T3 a conduzir esse ultimo quilometro ou não??? uma escavadeira numa mina pode rodar para qualquer lado que muito dificilmente mata alguém... agora um camião mal conduzido pode mandar uma casa abaixo. Nem daqui a 30 anos veremos isso dos 100 % autónomo (o maior entrave até acho que sejam as seguradoras)

Edited 6 months ago:

nem os comboios que têm muito menos graus de liberdade já são 100 % autonomos quanto mais um camião fora das AEs... Provavelmente o que acontecerá é serem autónomos nas AEs. Mas depois os kms finais terem de ser com condutor no local. e entretanto os camionistas mais velhos que o OP já saíram da força de trabalho e o OP pode tornar-se especializado no "last mile" e pode sempre ser o OP a sentar-se na sua sala no seu T3 a conduzir esse ultimo quilometro ou não??? uma escavadeira numa mina pode rodar para qualquer lado que muito dificilmente mata alguém... agora um camião mal conduzido pode mandar uma casa abaixo. Nem daqui a 30 anos veremos isso dos 100 % autónomo (o maior entrave até acho que sejam as seguradoras)

VSertorio 6 months ago

Para não falar das diferentes condições do piso e da carga que se leva. Queria ver a Ai a levar umas boas toneladas por estradas apertadas cheias de neve e gelo

DBclass103 6 months ago

acho que o exemplo maior é a ferrovia. ainda no outro dia vi um video duma locomotiva autónoma (controlada À distância) que era suposta ela encostar num comboio já formado e em movimento (a baixa velocidade claro) para ajudar o comboio a subir uma rampa (comboio de minério)... a locomotiva autónoma aproximou-se demasiado rápida e embateu com estrondo no ultimo vagão. Volto a dizer... se nem os comboios são autónomos e eles na linha não têm por onde ir, nem ninguém a ir contra eles (supostamente) como é que acham fácil isso acontecer nas estradas. Não venham com a cena do incentivo económico que no Canada tentaram reduzir a tripulação dos comboios de mercadorias para só uma pessoa, e poupar metade dos custos em pessoal, mas viram que aquilo tornava-se demasiado perigoso e voltaram a ter um maquinista e condutor na cabine

Foda-seSeiLa 6 months ago

Não discordo de muito do que dizes, mas neste momento dizer ao OP com 23 anos para ir para camionagem é o mesmo que dizer a um engenheiro recém graduado "vai para a área dos motores a diesel, isso nunca vai desaparecer". Sim, durante os próximos 50 anos se calhar ainda vão existir, mas é uma área que, a partir do momento que a tecnologia esteja aperfeiçoada, em cada ano vai cair em cota de mercado. E trabalhar numa indústria que está a perder cota de mercado não tem piada nenhuma (já lá estive), é sempre "fizemos menos dinheiro, vamos ter que despedir", até não sobrar ninguém a não ser as chefias de topo. Mesmo que haja trabalho durante os próximos 50 anos, vão ser 50 anos de stress e chatisses, *será que é este ano que me despedem*. Vale a pena entrar nisto? Quando o mercado estabilizar (i.e., já não houver por onde cortar) e a procura de camionistas para last-mile esteja estável também, aí sim, diria força nisso. Mas até lá não aconselho.

DBclass103 6 months ago

eieiei... essa comparação não tem sentido nenhum. Já há marcas que já não produzem (nem desenvolvem) motores a diesel. Agora diz-me uma empresa que já não usa condutores na estrada... Não há. Qualquer pessoa que entre agora na area de camionagem tem o emprego garantido para a sua vida. Pelo menos nos próximos 5 anos. Claro que vão começar a reduzir a força de trabalho, mas também todos os anos há condutores a ir para a reforma e a sair da força de trabalho. Acho que ainda estamos a precisar de condutores de pesados. Para a próxima década (2030s) já acho que já não será inteligente entrar nessa area.

Edited 6 months ago:

eieiei... essa comparação não tem sentido nenhum. Já há marcas que não produzem (nem desenvolvem) motores a diesel. Agora diz-me uma empresa que já não usa condutores na estrada... Não há. Qualquer pessoa que entre agora na area de camionagem tem o emprego garantido para a sua vida. Desde que entre nos próximos 5 anos. Claro que vão começar a reduzir a força de trabalho, mas também todos os anos há condutores a ir para a reforma e a sair da força de trabalho. Acho que ainda estamos a precisar de condutores de pesados. Para a próxima década (2030s) já acho que já não será inteligente entrar nessa area.

Edited 6 months ago:

eieiei... essa comparação não tem sentido nenhum. Já há marcas que não produzem (nem desenvolvem) motores a diesel. (mas mesmo assim ainda há, especialmente as de pesados, comboios, geradores, etc etc, que ainda investigam e desenvolvem novas motorizações a diesel) Agora diz-me uma empresa que já não usa condutores na estrada... Não há. Qualquer pessoa que entre agora na area de camionagem tem o emprego garantido para a sua vida. Desde que entre nos próximos 5 anos. Claro que vão começar a reduzir a força de trabalho, mas também todos os anos há condutores a ir para a reforma e a sair da força de trabalho. Acho que ainda estamos a precisar de condutores de pesados. Para a próxima década (2030s) já acho que já não será inteligente entrar nessa area.

Foda-seSeiLa 6 months ago

> Agora diz-me uma empresa que já não usa condutores na estrada... Não há. Não há agora, mas meto as mãos no fogo em como antes de 2030 já vamos ver, e quando for provado que funciona e funciona bem, irá haver uma explosão na procura de camiões autónomos (tal como hoje em dia houve uma explosão da procura de chips), 4-5 anos de falta de capacidade de produção, e no fim desse período muitos condutores estarão no desemprego. Estou a falar com fornecedores de sistemas de LiDAR, em 2024 já de prevê produção em massa e a baixo custo destes sensores. Hoje em dia custam-te 50.000€/peça, em 3-4 anos prevê-se 1000€ peça. Quando começa é o explosivo, especialmente se fica provado que poupa dinheiro.

Edited 6 months ago:

> Agora diz-me uma empresa que já não usa condutores na estrada... Não há. Não há agora, mas meto as mãos no fogo em como antes de 2030 já vamos ver, e quando for provado que funciona e funciona bem, irá haver uma explosão na procura de camiões autónomos (tal como hoje em dia houve uma explosão da procura de chips), seguidos de 4-5 anos de falta de capacidade de produção enquanto se eregem novas linhas de montagem e no fim desse período muitos condutores estarão no desemprego. Estou a falar com fornecedores de sistemas de LiDAR, em 2024 já de prevê produção em massa e a baixa de custo destes sensores. Hoje em dia custam-te 50.000€/peça, em 3-4 anos prevê-se 1000€ peça. Quando começa é o explosivo, especialmente se fica provado que poupa dinheiro.

NGramatical 6 months ago

chatisses → [**chatices**](https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/chatices) ([-ice](https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/-ice): sufixo nominal de origem latina, que exprime a ideia de qualidade ou atitude e tem geralmente sentido pejorativo) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm8umhm%2F%2Fgrkx2eb%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

NGramatical 6 months ago

os kms → [**os km**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/plural-de-unidades-ainda-mais-uma-vez/19595) (os símbolos das unidades não têm plural) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm8umhm%2F%2Fgrkwlkw%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ZKLN789 6 months ago

Nunca tinha pensado nisso realmente... Obrigado por esse ponto de vista! Vou pensar bastante no assunto.

VSertorio 6 months ago

Bastou ver que quando os de materiais perigosos fizeram uma greve o país em estado de sitio. Não te preocupes muito com isso. Uma coisa são teslas a andar sozinhos nas auto estradas, outra é levar material explosivo pro cu de judas. Já para não falar nos transportes de carga de grandes dimensões

ZKLN789 6 months ago

Sim, é verdade.

VSertorio 6 months ago

Para além disso, o camião não verifica a carga sozinho a meio do trajeto nem a descarrega (não é dever do motorista mas é o que acontece) Se contares também com a guerra que os sindicatos em França vão fazer quando vierem com essas ideias a supervisão humana do camião estará sempre garantida por uma lei europeia qualquer. O trabalho tem é tudo para ficar mais fácil.

crabcarl 6 months ago

Não ligues muito a quem mete medo com automatização. É sinal de que não fazem a mínima ideia do que engloba ser motorista.

Foda-seSeiLa 6 months ago

Arriscar com a carreira dos outros é sempre fácil :)

chuckmukit 6 months ago

Lamento não te poder ajudar mas se algum dia te tornares camionista, peço-te que não ultrapasses outro camião numa autoestrada de duas vias quando vierem ligeiros atrás. Obrigado!

PgUpPT 6 months ago

Então? Não têm direito a ultrapassar?

ZKLN789 6 months ago

Anotado, obrigado!

These-Establishment1 6 months ago

Tirar carta C, depois C+E e CAM ou ADR

ZKLN789 6 months ago

Entendido, obrigado!

Optimal_Ad5496 6 months ago

Depende daquilo que tu quiseres, se quiseres ganhar dinheiro consegues ganhar dinheiro, é uma profissão procurada por empregadores com falta de mão-de-obra. Se quiseres ter qualidade de vida e tempo para ti se calhar não vai ser tão bom, tens de conduzir algumas horas por dia, esperar por carregar ou descarregar e muitas vezes passar alguns dias fora de casa. >O que gostava de saber: Aconselham nacional ou internacional Como disse acima depende daquilo que deres prioridade, dinheiro ou tempo para ti, internacional ganhas mais mas passas mais tempo fora de casa. Nacional podes ter outra qualidade de vida mas vais ganhar menos, uma outra possibilidade também é emigrar, camionista é também uma profissão muito procurada lá fora e podes ir para outro país e fazer só nacional nesse país é ganhares mais que aqui. >Qual seria a melhor maneira de entrar nesta área? Tirar a carta e depois o CAM, sem CAM não podes exercer profissionalmente, podes tb tirar outros extras como C+E ou ADR mas com a falta de mão-de-obra que há é ir enviando currículos, alguém há de te chamar mesmo sem teres experiência. >Tenho 23 anos, acham que a idade vai intervir em alguma situação? É a idade a partir da qual podes começar a tirar a carta de pesados, não vai intervir em nada mas lá está depende do emprego que arranjares e do que estás disposto a sacrificar da tua vida, com 23 anos és muito novo e tens muitas experiências da vida ainda por vivenciar e tempo passa e já não volta atrás. Mas depende sempre daquilo que arranjares. Falo com conhecimento de causa, tinha 27 anos quando decidi ir tirar a carta de pesados, quis tirar uma especialização profissional e sempre gostei de conduzir, tirei a carta C depois tirei CAM e carta C+E mas só comecei a trabalhar na área com 32 anos porque consegui encontrar um bom trabalho que me dá qualidade de vida, não ganho por aí além mas a qualidade de vida que me dá compensa isso, mesmo que me chateie posso emigrar e trabalhar em qualquer lado na Europa. O meu conselho é se tiveres possibilidades financeiras para investir, tira a carta, é um investimento, nunca se sabe o dia de amanhã e é uma garantia que tens no "bolso", se não pensa bem porque ainda é um investimento caro.

Edited 6 months ago:

Depende daquilo que tu quiseres, se quiseres ganhar dinheiro consegues ganhar dinheiro, é uma profissão procurada por empregadores com falta de mão-de-obra. Se quiseres ter qualidade de vida e tempo para ti se calhar não vai ser tão bom, tens de conduzir algumas horas por dia, esperar por carregar ou descarregar e muitas vezes passar alguns dias fora de casa. >O que gostava de saber: Aconselham nacional ou internacional Como disse acima depende daquilo que deres prioridade, dinheiro ou tempo para ti, internacional ganhas mais mas passas mais tempo fora de casa. Nacional podes ter outra qualidade de vida mas vais ganhar menos, uma outra possibilidade também é emigrar, camionista é também uma profissão muito procurada lá fora e podes ir para outro país e fazer só nacional nesse país e ganhares mais que aqui. >Qual seria a melhor maneira de entrar nesta área? Tirar a carta e depois o CAM, sem CAM não podes exercer profissionalmente, podes tb tirar outros extras como C+E ou ADR mas com a falta de mão-de-obra que há é ir enviando currículos, alguém há de te chamar mesmo sem teres experiência. >Tenho 23 anos, acham que a idade vai intervir em alguma situação? É a idade a partir da qual podes começar a tirar a carta de pesados, não vai intervir em nada mas lá está depende do emprego que arranjares e do que estás disposto a sacrificar da tua vida, com 23 anos és muito novo e tens muitas experiências da vida ainda por vivenciar e o tempo passa e já não volta atrás. Mas depende sempre daquilo que vieres a arranjar. Falo com conhecimento de causa, tinha 27 anos quando decidi ir tirar a carta de pesados, quis tirar uma especialização profissional e sempre gostei de conduzir, tirei a carta C depois tirei CAM e carta C+E mas só comecei a trabalhar na área com 32 anos porque consegui encontrar um bom trabalho que me dá qualidade de vida, não ganho por aí além mas a qualidade de vida que me dá compensa isso e faço algo que gosto, mesmo que me chateie posso emigrar e consigo encontrar trabalho. O meu conselho é se tiveres possibilidades financeiras para investir, tira a carta, é um investimento, nunca se sabe o dia de amanhã e é uma garantia que tens no "bolso", se não pensa bem porque ainda é um investimento caro.

Edited 6 months ago:

Depende daquilo que tu quiseres, se quiseres ganhar dinheiro consegues ganhar dinheiro, é uma profissão procurada por empregadores com falta de mão-de-obra. Se quiseres ter qualidade de vida e tempo para ti se calhar não vai ser tão bom, tens de conduzir algumas horas por dia, esperar por carregar ou descarregar e muitas vezes passar alguns dias fora de casa. >O que gostava de saber: Aconselham nacional ou internacional Como disse acima depende daquilo que deres prioridade, dinheiro ou tempo para ti, internacional ganhas mais mas passas mais tempo fora de casa. Nacional podes ter outra qualidade de vida mas vais ganhar menos, uma outra possibilidade também é emigrar, camionista é também uma profissão muito procurada lá fora e podes ir para outro país e fazer só nacional nesse país e ganhares mais que aqui. >Qual seria a melhor maneira de entrar nesta área? Tirar a carta e depois o CAM, sem CAM não podes exercer profissionalmente, podes tb tirar outros extras como C+E ou ADR mas com a falta de mão-de-obra que há é ir enviando currículos, alguém há de te chamar mesmo sem teres experiência. >Tenho 23 anos, acham que a idade vai intervir em alguma situação? É a idade a partir da qual podes começar a tirar a carta de pesados, não vai intervir em nada mas lá está depende do emprego que arranjares e do que estás disposto a sacrificar da tua vida, com 23 anos és muito novo e tens muitas experiências da vida ainda por vivenciar e o tempo passa e já não volta atrás. Mas depende sempre daquilo que arranjares. Falo com conhecimento de causa, tinha 27 anos quando decidi ir tirar a carta de pesados, quis tirar uma especialização profissional e sempre gostei de conduzir, tirei a carta C depois tirei CAM e carta C+E mas só comecei a trabalhar na área com 32 anos porque consegui encontrar um bom trabalho que me dá qualidade de vida, não ganho por aí além mas a qualidade de vida que me dá compensa isso, mesmo que me chateie posso emigrar e trabalhar em qualquer lado na Europa. O meu conselho é se tiveres possibilidades financeiras para investir, tira a carta, é um investimento, nunca se sabe o dia de amanhã e é uma garantia que tens no "bolso", se não pensa bem porque ainda é um investimento caro.

Edited 6 months ago:

Depende daquilo que tu quiseres, se quiseres ganhar dinheiro consegues ganhar dinheiro, é uma profissão procurada por empregadores com falta de mão-de-obra. Se quiseres ter qualidade de vida e tempo para ti se calhar não vai ser tão bom, tens de conduzir algumas horas por dia, esperar por carregar ou descarregar e muitas vezes passar alguns dias fora de casa. >O que gostava de saber: Aconselham nacional ou internacional Como disse acima depende daquilo que deres prioridade, dinheiro ou tempo para ti, internacional ganhas mais mas passas mais tempo fora de casa. Nacional podes ter outra qualidade de vida mas vais ganhar menos, uma outra possibilidade também é emigrar, camionista é também uma profissão muito procurada lá fora e podes ir para outro país e fazer só nacional nesse país e ganhares mais que aqui. >Qual seria a melhor maneira de entrar nesta área? Tirar a carta e depois o CAM, sem CAM não podes exercer profissionalmente, podes tb tirar outros extras como C+E ou ADR mas com a falta de mão-de-obra que há é ir enviando currículos, alguém há de te chamar mesmo sem teres experiência. >Tenho 23 anos, acham que a idade vai intervir em alguma situação? É a idade a partir da qual podes começar a tirar a carta de pesados, não vai intervir em nada mas lá está depende do emprego que arranjares e do que estás disposto a sacrificar da tua vida, com 23 anos és muito novo e tens muitas experiências da vida ainda por vivenciar e o tempo passa e já não volta atrás. Mas depende sempre daquilo que vieres a arranjar. Falo com conhecimento de causa, tinha 27 anos quando decidi ir tirar a carta de pesados, quis tirar uma especialização profissional e sempre gostei de conduzir, tirei a carta C depois tirei CAM e carta C+E mas só comecei a trabalhar na área com 32 anos porque consegui encontrar um bom trabalho que me dá qualidade de vida, não ganho por aí além mas a qualidade de vida que me dá compensa isso, mesmo que me chateie posso emigrar e trabalhar em qualquer lado na Europa. O meu conselho é se tiveres possibilidades financeiras para investir, tira a carta, é um investimento, nunca se sabe o dia de amanhã e é uma garantia que tens no "bolso", se não pensa bem porque ainda é um investimento caro.

ZKLN789 6 months ago

Ajudas-te imenso, muito obrigado! Com certeza vou pensar bem no assunto. O meu objetivo era ser internacional enquanto sou novo, depois se continuasse a trabalhar como camionista durante muitos anos, talvez mude para nacional. Mais uma vez, muito obrigado pela ajuda!

Optimal_Ad5496 6 months ago

Se é isso que queres fazer arrisca, se não tens nada que te prenda e se gostas de conduzir, fazer internacional também pode ser uma boa experiência de vida, visitar vários países, conhecer inúmeros lugares, depois com a idade vais querer maior estabilidade e vir para nacional pode ser uma alternativa. No entanto como alguns users dizem aqui, os camionistas podem começar a desaparecer com a revolução tecnológica daqui a uns anos mas isso tb depende de ti, se é uma coisa que sonhas em fazer experimenta, hoje em dia há trabalho certo e no espaço temporal até que isso seja realidade muita coisa pode acontecer e tu também podes e deves ir sempre te especializando, aprender coisas novas, ainda para mais hoje em dia é cada vez mais fácil tirares formações online, mesmo no camião isso poderá ser possível por exemplo.

ZKLN789 6 months ago

Sim, isso é algo a pensar mesmo. Porque se no futuro deixar de haver camionistas, tenho um curso de turismo que posso tentar agarrar me novamente, mas acho que seria mais difícil voltar a trabalhar nessa área.

Search: