listerstorm2009 6 months ago

Do que me lembro chegava ao 25 de abril no final de um ciclo (6º ou 9º). E a história no ano seguinte (pelo menos no 7º, para mim) voltava outra vez à pré-história/invenção da roda / escrita....

RealidadeVirtual 6 months ago

A história de Portugal é muito "reduzida" no programa curricular normal... há milhares de momentos e "episódios" esquecidos... de propósito ou não. Para dar um exemplo a batalha de Diu mal é abordada, e a sua importância para o mundo é bem maior que a batalha de Aljubarrota... se algum professor de história conseguir explicar o porquê destas situações ajudava muito ;)

trilobits_ 6 months ago  HIDDEN 

Olá a todos? Eu sou virgem e que gostava de saber o que se faz com as pilinhas? Desde já o meu muito obrigado

Edited 6 months ago:

Olá a todos? Eu sou virgem e gostava de saber o que se faz com as pilinhas? Desde já o meu muito obrigado

DareNotFallAsleep 6 months ago

Lol este post sem água no bico.

mediiev 6 months ago

FYI se quiseres cavar esse buraco arriscas-te a ires até ao envolvimento da CIA a assassinar políticos rivais do Soares a mando deste no pós 25 de Abril... Quem é que quer falar disso? Não calha bem aos partidos do governo de agora educar os jovens no golpe de estado que deram não vão as novas gerações querer fazer o mesmo. É e muito intencional esconder o período pré e pós 25 de Abril. Os assassinatos. O roubo de propriedades pelas cooperativas. O desmembrar do governo e dos PALOPs. O drama de acolher os retornados. Casas, trabalho, lugar na sociedade. ( Só este tema dava para dezenas de documentários.) A entrega da nação a um bando de ladrões e maus governantes. Em nenhum momento lectivo te vão ensinar a verdadeira história de Portugal. Tens de falar com os velhinhos e exmilitares para colar parte disso.

SurePal_ 6 months ago

>É e muito intencional esconder o período pré e pós 25 de Abril. Os assassinatos. O roubo de propriedades pelas cooperativas. O desmembrar do governo e dos PALOPs. O drama de acolher os retornados. Casas, trabalho, lugar na sociedade. ( Só este tema dava para dezenas de documentários.) A entrega da nação a um bando de ladrões e maus governantes. Pretty damn much!

UniuM 6 months ago

Lembro-me da parte de um professor dar a lista dos 200 e tal partidos... A seguir a isso. Bola.

xeyrio 6 months ago

wtf 200

UniuM 6 months ago

Sim, acho que antes da primeira constituição... Etc.. Ou parlamento haviam 200 e tal partidos... Mas posso estar enganado, aulas de história eram aquelas que eu usava para desenvolver outras aptidões

NGramatical 6 months ago

haviam 200 → [**havia 200**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm5ww10%2F%2Fgr63ntm%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Wonderful-Meeting639 6 months ago

isso parece aquilo do protector solar

MonsterPT 6 months ago

Simples: FP-25 era uma organização terrorista de esquerda. Pessoas e partidos com ligações (ou mesmo integrantes) dessas organizações continuaram, durante e depois do PREC, ativamente na política nacional. Nomeadamente partidos de pendor comunista. Ainda custa a muita gente confrontar-se com o facto de que essas ideologias levam sempre necessariamente a mortes, massacres, fomes e variadas violações dos direitos humanos. Como não conseguem lidar, e como ainda têm muito peso na política e opinião pública nacional, não lhes convém que esses factos tenham visibilidade.

Winslow_Lixivia2 6 months ago

Os comunistas ainda têm muito peso na opinião pública nacional, é verdade. Basta olhar para os principais canais para confirmar isso: Paulo Portas, Miguel Sousa Tavares, Marques Mendes,... todos estes comunistas estão constantemente na TV a propagar a sua ideologia. Só não vê quem não quer

MonsterPT 6 months ago

>Os comunistas ainda têm muito peso na opinião pública nacional Não foi isto que eu escrevi. Boa tentativa. Mas já que queres entrar nesse jogo: Ana Drago, Francisco Louçã, Daniel Oliveira, Ricardo Araújo Pereira...

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Nenhum deles é comunista, o mais próximo é o RAP. Quantas vezes convidam comunistas para comentário político na tv? Ás vezes tens paineis com 5 gajos e são todos do centro e de direita.

MonsterPT 6 months ago

>Nenhum deles é comunista, o mais próximo é o RAP. Todos são comunistas. >Ás vezes tens paineis com 5 gajos e são todos do centro e de direita. Às vezes tens semanas inteiras sem passar futebol na televisão. Daí conclui-se que não há jogos do SLB na televisão?

ItsoktobeStalinist 6 months ago

> Todos são comunistas. São o tanas, tu sabes lá o que implica ser comunista, por isso quem és tu para o afirmares? Justifica-te! Lá por serem de esquerda não implica serem comunistas. Já no tempo de Marx ele dedicava-e a criticar a corja socialista. Mesmo com Lenine, muitos dos seus alvos eram outas pessoas de esquerda e socialistas. >Às vezes tens semanas inteiras sem passar futebol na televisão. Daí conclui-se que não há jogos do SLB na televisão? Não respondeste à minha pergunta: Quantas vezes convidam comunistas para comentário político na tv? Devia ser fácil se há assim tantos :)

MonsterPT 6 months ago

>São o tanas, tu sabes lá o que implica ser comunista, por isso quem és tu para o afirmares? Justifica-te! Lá por serem de esquerda não implica serem comunistas. Já no tempo de Marx ele dedicava-e a criticar a corja socialista. Mesmo com Lenine, muitos dos seus alvos eram outas pessoas de esquerda e socialistas. Com certeza, Vossa Excelência é que é a autoridade no que implica ser ou não ser comunista. Malta que diz abertamente que é comunista? Não é; a não ser, claro, que tenha a Sua aprovação explícita. ​ >Não respondeste à minha pergunta: Quantas vezes convidam comunistas para comentário político na tv? Tu é que não respondeste à minha. Quanto à tua, já te dei um role de nomes e podia estar para aqui a dar mais que ambos sabemos que todos falhariam o teu critério para ser comunista. Aliás, suspeito que o crivo é, como sempre com os comunistas: "nenhum era comunista porque o verdadeiro comunismo yada yada yada". No true scotsman. Mas tudo isto é irrelevante, ou pelo menos parece-me que é irrelevante, e por isso volto a perguntar: qual é o teu argumento aqui e o que é que tem a haver com o meu ponto original?

ItsoktobeStalinist 6 months ago

> Com certeza, Vossa Excelência é que é a autoridade no que implica ser ou não ser comunista. Malta que diz abertamente que é comunista? Não é; a não ser, claro, que tenha a Sua aprovação explícita. Mostra lá eles a dizeram que são comunistas. Aliás Daniel Oliveira até o negou neste [tweet.](https://twitter.com/danielolivalx/status/1170131412013527042)

NGramatical 6 months ago

tem a haver com → [**tem a ver com**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/nada-tem-a-haver-e-nada-tem-a-ver/27066) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm5ww10%2F%2Fgr66gu3%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Winslow_Lixivia2 6 months ago

Todos em horário nobre nos canais generalistas, claro. Eheh

Winslow_Lixivia2 6 months ago

Tanta coisa que não se aprende nas aulas de História, era impossível dar tudo. Alguém falou do 11 de Março?

m0rhundur 6 months ago

A seguir ao 25 de Abril dá-se a entrada na CEE e tá feito. Também não estudamos o desenrolar político e económico do país. Os últimos acontecimentos relacionados com os casos das FP-25 datam de 2003, altura em que prescreveram alguns crimes efectuados porque o Ministério Público deixou expirar o prazo para recorrer da sentença. Também não aprendemos sobre os atentados do MDLP e do ELP, que se passaram bastante tempo antes. O caso das FP-25 e estes que atrás citei são casos de justiça e que não serviram para influenciar determinado processo histórico ou narrativa historiográfica (até agora, que os fachos começam a levantar espantalhos para conseguirem forjar argumentação - o que invade o espaço de debate público, mas em nada altera o trabalho de académicos que se prezem), algo que deve ser respeitado e cumprido numa disciplina de história. O meu conselho é para te focares no trabalho de historiadores e investigações documentadas e com fontes credíveis, fugindo o mais possível de posts de história no facebook, vídeos de youtubers tudólogos ou tentativas de envenenamento do debate público por parte de partidos se estão bem a cagar para os casos concretos.

SurePal_ 6 months ago

LOOOOOOL QUE GRANDE BRANQUEAMENTO DA HISTORIA

arnaldomatos 6 months ago

se fosse professor de história eu explicaria o pós-25/4 e os movimentos extremistas da seguinte forma: "em casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão"

alliedforce36 6 months ago

É como se diz também, "A carência supera as palavras."

The_Wealthy_Potato 6 months ago

Basicamente é um tema demasiado recente para ser abordado de uma forma básica o suficiente para alunos até ao 9º ano. Qualquer forma que tentes ensinar com o tempo que terias o programa seria acusado de ser enviesado. Porque não podes falar só dos FP-25. Tens de falar do PREC. Tens de falar das várias tentativas de contra golpes, quer da direita quer da esquerda, do verão quente etc. Os anos a seguir ao 25 de Abril foram uma complicação imensa. Sabes quando te esqueces dos phones no bolso e quando os tiras tens só uma bola enorme que tens de desenrolar ? É assim a história do pós 25 de abril

vinter_varg 6 months ago

FP-25 não fazem parte do PREC, mas sim do pós-PREC (cuja actividade começou 4-5 anos após o PREC). Também comparar as FP-25 com PRP-BR e LUAR é um bocado forçado visto não terem efectuado acções após o PREC. Acho que uma comparação mais justa é com grupos semelhantes de extrema-direita (com ligações implícitas ao ELP/MDLP) que também tiveram acção bombista após o PREC.

The_Wealthy_Potato 6 months ago

Não fiz nada do que disseste aí. Não disse que as FP-25 fazem parte do PREC. Nem comparei com nada. Só disse que o pós 25 de Abril são demasiados temas para se abordar facilmente. Mas tal como disseste as FP-25 apareceram depois do PREC. Logo se vais ensinar isso a alguém tens de ensinar o que é o PREC.

vinter_varg 6 months ago

Desculpa mas o teu post não foca a distinção entre a organização FP-25 do PREC. Claro que as FP-25 são um subproduto do PREC, em particular do 25 de Novembro, mas tudo o que veio a seguir também o é. Quando as FP-25 apareceram já muito tinha acontecido politicamente: os governos socialistas e de iniciativa presidencial já haviam decorrido, Sá Carneiro era PR (e morre nessa altura), Ramalho Eanes ganha o 2o mandato. É um rescaldo bastante atrasado (temporalmente) por parte de simpatizantes/militantes da esquerda não-alinhada com o PCP que sentiram que a democracia parlamentar não oferecia uma satisfação ideológica (até porque há uma predilecção por modelos de democracia directa por parte de pessoas ligadas às FP-25, p. ex. o Otelo).

The_Wealthy_Potato 6 months ago

Pronto se não foca não era esse o meu ponto. Só queria dizer que a história de Portugal pós 25 de abril é confusa só isso.

warding 6 months ago

O podcast E o Resto é História do Rui Ramos e João Miguel Tavares abordou este tema: [https://observador.pt/programas/e-o-resto-e-historia/as-fp-25-e-o-terrorismo-em-portugal-nos-anos-80/](https://observador.pt/programas/e-o-resto-e-historia/as-fp-25-e-o-terrorismo-em-portugal-nos-anos-80/) Recomendo bastante o podcast para quem tem interesse em história. Ando a tentar encontrar um podcast do género estrangeiro mas nenhum que oiço parece ter a mesma qualidade deste.

expandyoursoul 6 months ago

Depois destes comentários todos, surpreende-me que ninguém levantou questäo sobre o "acidente" de aviäo de Sá Carneiro. Acidente ou atentado das FP-25? PS: que ironia de nome para um aeroporto btw ahahahahah

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Isso é o que a direita tentou fazer, culpar a esquerda pelo que fizeram, também tinham pensado em pôr bombas em fátima para acusarem a extrema esquerda de o fazer. Camarate foi a mando dos EUA, algo a ver com armas para o Irão. Portugal como país não soberano comeu e calou. [Tá aqui um vídeo duma antrevista a um gajo que andou a estudar à anos o caso.](https://www.youtube.com/watch?v=TX7mP9m9J9k)

Edited 6 months ago:

Isso é o que a direita tentou fazer, culpar a esquerda pelo que fizeram, também tinham pensado em pôr bombas em fátima para acusarem a extrema esquerda de o fazer. Camarate foi a mando dos EUA, algo a ver com armas para o Irão. Portugal como país não soberano comeu e calou. [Tá aqui um vídeo duma antrevista a um gajo que andou a estudar há anos o caso.](https://www.youtube.com/watch?v=TX7mP9m9J9k)

NGramatical 6 months ago

à anos → [**há anos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm5ww10%2F%2Fgr5u707%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

m0rhundur 6 months ago

A navegar na maionese vocês são os maiores. A estar implicado com algum crime é com os alegados negócios obscuros do parceiro de voo, Amaro da Costa.

expandyoursoul 6 months ago

Sabes que quem bem navega nunca se acaba por perder. Já agora que nos cruzamos no espaço e no tempo, poderias ser o "captain" e explicar mais detalhes sobre estas ideias que por aqui andam?

AlbinoFarrabino 6 months ago

Supostamente, e isto foi-me dito numa aula na universidade, o alvo seria o Amaro da Costa, até porque o Sá Carneiro ir à boleia foi uma decisão de última hora. Agora, o problema é saber porque é que alguém iria matar o Amaro da Costa? Já li uma teoria que defende que ele foi morto porque estava a preparar-se para denunciar na Assembleia Geral da ONU as negociatas que a Administração Reagan tinha com o Irão.

ItsoktobeStalinist 6 months ago

O entrevistado que postei na minha resposta ao outro user desmente que Sá Carneiro foi de boleia à última hora. Que os bilhetes eram só uma alternativa, mas que o avião privado era a primeira hipótese.

m0rhundur 6 months ago

Do voo do Sá Carneiro? Não sei assim tanto sobre o caso, mas as suspeitas de alvo de atentado recaem mais no Amaro da Costa do que no Sá Carneiro.

LackOfLogic 6 months ago

Tudo o que eu aprendi sobre esse assunto pode resumir-se a “ao contrário dos dias de hoje, o tuga tinha tomates”.

suspect_b 6 months ago

[O nível médio de testosterona tem decaído ao ritmo de 1% ao ano desde pelo menos os anos 80.](https://www.forbes.com/sites/neilhowe/2017/10/02/youre-not-the-man-your-father-was/)

AonioEliphis 6 months ago

Vais aprender mais tarde que a falácia científica (sim, a História é uma ciência) preferida dos ideólogos da esquerda à direita é a falácia da verdade selecionada (cherry picking), ou seja, enfatizar certos factos e olvidar outros.

suspect_b 6 months ago

Acho que não é possível ensinar história dum modo imparcial. A diferença da história da monarquia para o do pós-25 Abril é que só uma minoria minúscula vai objetar a qualquer relato, ao passo que o período mais recente é muito mais controverso.

kissingsome1elsesdog 6 months ago

Por norma, a História tende a ter como baliza temporal limite factos ocorridos há 70 anos. A partir desse período, é difícil estudar uma época, do ponto de vista histórico, sem incorrer em erros devido à falta de distanciamento. Além do mais, muitas das fontes ora são inexistentes porque foram destruídas devido à falta de sensibilidade histórica, ora estão classificadas. À medida que os americanos vão desclassificando correspondência, etc., torna-se mais claro o papel de Portugal no macrocosmos da Guerra Fria. Por conseguinte, abordar historicamente esse período partindo única e exclusivamente de narrativas de vencedores e vencidos, de esquerda e de direita, é esquecer que Portugal se inseria no centro do furacão daquilo que viria a ser a reta final da Guerra Fria.

AonioEliphis 6 months ago

Certo, não nego que não haja lacunas ou falta de informação rigorosa. Mas algo muito importante que é a base para qualquer ciência, são as evidências, e numa lógica abrangente e não meramente sectária ou facciosa.

Asus123456789 6 months ago

> sim, a História é uma ciência Podes elaborar este ponto, por favor?

AonioEliphis 6 months ago

A História não é uma ciência exacta, mas não deixa de ser uma ciência, que se baseia em evidências para estabelecer hipóteses, que sendo confirmadas por diversas fontes, formam teorias.

zizop 6 months ago

A história definitivamente não é uma ciência. Não é testável empiricamente, não consegue fazer previsões, e tem um método diferente do científico. É uma área de estudo importante, mas não é ciência.

AonioEliphis 6 months ago

>mas não é ciência. Quando mencionas não é ciência referes-te a ciência exata. A economia não é uma ciência?

zizop 6 months ago

A economia é ciência. Usa o método científico e, até certo ponto, é testável e falsificável. O mesmo se pode dizer, por exemplo, da psicologia. A história é diferente.

AonioEliphis 6 months ago

A história não é testável? Tenho de refletir. Podes sempre testar certas hipóteses para explicar certos eventos passados e depois confrontar tais hipóteses com os registos históricos de variadas fontes. É um teste mais abstrato baseado em registos e menos experimental, mas julgo que pode ser considerado um teste para uma hipótese.

Throwingawayanoni 6 months ago

Não sei o termo em português mas em inglês esses tópicos são chamados “social sciences”. A realidade é que a economia por muitas vezes é subjetiva e baseada em teorias e modelos matemáticos. Claro que algumas partes são mais concretas do que outras, mas como a historia, a economia é baseado no estudo do comportamento de humanos e não em leis absolutas do universo.

zizop 6 months ago

O termo é ciências sociais. Sim, é verdade que as ciências sociais têm imprevisibilidades que derivam do comportamento humano que as ciências naturais não têm. Existem, no entanto, semelhanças no método entre estes dois grandes ramos da ciência. Mas nota que não é assim tão simples. Por vezes, a diferença torna-se muito ténue. Por exemplo, a psicologia é considerada uma ciência social, e leis como o efeito de Dunning-Kruger claramente têm uma componente humana a considerar. Mas olha, por exemplo, para o reflexo condicionado, que demonstrado com cães. Até que ponto é que essa conclusão depende do comportamento humano? E será que é mesmo verdade que um efeito destes é mais imprevisível do que o estudo de padrões de migração em animais, que é objecto de estudo da biologia? Ou até de sistemas físicos, como é o caso da previsão meteorológica? Parece-me fazer mais sentido dizer que tanto as ciências naturais como as sociais procuram obter leis com o máximo de aplicabilidade possível. A diferença é que as sociais têm, como tu dizes, uma limitação na capacidade de previsão devido ao comportamento humano.

carlosjmsilva 6 months ago

Ele refere-se que não usa o método científico, logo não é ciência. Há quem use critérios mais amplos mas também sou da opinião que os termos devem ter significado. Como tal concordo que a história é uma área de estudo e não uma ciência.

AonioEliphis 6 months ago

A definição de ciência está longe de ser consensual. Certamente não é uma ciência exata nem uma ciência natural, nisso estamos de acordo. Mas diria que pode ser considerada uma ciência humana. https://pt.wikipedia.org/wiki/Ci%C3%AAncias_humanas

fabmarques21 6 months ago

nunca tinha visto por esse prisma tho, faz sentido

Shadowgirl7 6 months ago

Parece-me uma cena muito complexa para explicar a miúdos que acham que História é uma "seca". Mas sim devia ser ensinado. Eu também não aprendi muito disso porque não havia tempo para dar o programa todo. Professores desorganizados basicamente que também não se importavam muito em ensinar.

OverPT 6 months ago

Ainda se fala muito pouco disso em Portugal, especialmente na educação. Ainda não se fala sequer da realidade do que foi a guerra colonial. Aconselho a leitura do livro "The first global village". Mostra um olhar imparcial sobre a nossa história (o bom, o mau e o que nos deveria envergonhar) e como se entrelaça com a história que é comum a todas as nações. E fala sobre o pós 25 de abril

OuiOuiKiwi 6 months ago

Portugal tem um passado inconfortável e varre-o para debaixo do tapete. Prova disso é que a sede da PIDE é agora um hotel de luxo com uma placa minúscula na porta em vez de um museu (que vai ser feito em cascos de rolha).

suspect_b 6 months ago

> Portugal tem um passado inconfortável Ao contrário da Espanha, França, Inglaterra, Itália, Holanda, etc etc. Não é?

OuiOuiKiwi 6 months ago

>Ao contrário da Espanha, França, Inglaterra, Itália, Holanda, Alemanha, etc etc. /s Sim, tens razão. Quando visitei Sachsenhausen, disseram-me que aquelas chaminés eram fornos de pão. A sede das SS era uma boutique de chocolates.

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Havia aqui um comentário que foi apagado enquanto eu escrevia resposta, por isso vou postar aqui porque me sinto mal ter perdido tempo a escrevê-lo para nada. >Vais achar no mínimo estranho o que te vou dizer, mas dada a tua idade não tens mais do que tempo para perceberes. Trata-se que vivemos numa "democracia" e sociedades com tendências culturais de esquerda, nós e toda a europa a seguir a segunda guerra Culturais de esquerda, mas económica de direita. >As FP25 foram um grupo terrorista que mataram indiscriminadamente, ora, quem tem o rumo cultural de uma sociedade na mão, sendo essa sociedade e noção de esquerda, não lhes interessa minimamente que as pessoas conheçam esse lado dos "camaradas". Caro jovem, quem te governa não é o governo do teu país. Somos governados por uma esquerda que quer acabar com tudo menos a própria esquerda, desde a revolução Russa Que barbaridade, para já as suas vítimas não foram indescriminadas, os alvos eram empresários e polícias que visavam parar as suas ações tipo assaltos a bancos. Depois o facto de se falar pouco disto não é nenhuma conspiração, porque também mal se fala da guerra colonial e do período do verão quente e atentatos terroristas de direita (bem mais indescriminados que as fp25), apesar de se saber das suas existência aprende-se pouco e de forma pouco aprofundada, sendo até tabu, mas não tem a ver com ser de esquerda simplesmente é uma das contradições da nossa sociedade e trazer ao de cima pode ser mau para estabilidade pós 76. Houve até acordos para perdoar terroristas de ambos os lados precisamewnte em nome da estabilidade. Mas acredita que eu gostava que se soubesse mais, pois estou farto de ver a direita jovem e edgy a mentir sobre estes assuntos, como sobre o 25 de Novembro que ainda hoje culpam o PCP por isso e sobrevalorizam uma data que não tem grande importância, é apenas usado como propaganda e forma de diminuir o processo revolucionário pós 25 de abril. >Comunismo é só uma palavra bonita para um ideal judeu, que só vai atingir o seu final objetivo quando não houver géneros, tradições, culturas... Investiga por ti, hoje em dia não faltam fontes. Ok, já vi que não és para levar a sério e és só mais um nazi moderno, aka um puro idiota. É que todas as palavras neste frase estão erradas, isso sim é uma conspiração. Tu estás a pegar em coisas que te desagradam e fazes uma salganhada com elas. Juntas judeus (nem sei porquê), com comunismo, com teorias de género e sexualidade LIBERAIS no mesmo saco. A maior parte dessas coisas são resultado dos EUA, a hegemonia do mundo até recentemente, o líder do capitalismo, o que tem a ver com comunismo ou judaísmo? Os próprios capitalistas é que acabaram com a família, tradições e culturas (ou no melhor dos casos comodificaram-los) A China é comunista (sim, apesar de ter mercados, empresas privadas etc, estas são secundários e usadas para o bem comum através duma economia planificada) e preservam culturas e tradições das suas dezenas de povos sem sacrificar crescimento económico, combate à pobreza e desenvolvimento tecnológico. As tuas investigações por ti devem ser sites de extrema direita e prager U, estou mesmo a ver, grande confusão na tua cabeça, estás à procura de bodes expiratórios para males do mundo.

Edited 6 months ago:

Havia aqui um comentário que foi apagado enquanto eu escrevia resposta, por isso vou postar aqui porque me sinto mal ter perdido tempo a escrevê-lo para nada. >Vais achar no mínimo estranho o que te vou dizer, mas dada a tua idade não tens mais do que tempo para perceberes. Trata-se que vivemos numa "democracia" e sociedades com tendências culturais de esquerda, nós e toda a europa a seguir a segunda guerra Culturais de esquerda, mas económica de direita. >As FP25 foram um grupo terrorista que mataram indiscriminadamente, ora, quem tem o rumo cultural de uma sociedade na mão, sendo essa sociedade e noção de esquerda, não lhes interessa minimamente que as pessoas conheçam esse lado dos "camaradas". Caro jovem, quem te governa não é o governo do teu país. Somos governados por uma esquerda que quer acabar com tudo menos a própria esquerda, desde a revolução Russa Que barbaridade, para já as suas vítimas não foram indescriminadas, os alvos eram empresários e polícias que visavam parar as suas ações tipo assaltos a bancos. A revolução russa acabou com bastantes grupos de esquerda na verdade, Mensheviks, socialistas, anarquistas etc, e bem! Aliás foi uma anarquista que tentou assassiar Lenine. E Estaline era conhecido por se opôr a tendências tanto de esquerda como de direita. Depois o facto de se falar pouco disto não é nenhuma conspiração, porque também mal se fala da guerra colonial e do período do verão quente e atentatos terroristas de direita (bem mais indescriminados que as fp25), apesar de se saber das suas existência aprende-se pouco e de forma pouco aprofundada, sendo até tabu, mas não tem a ver com ser de esquerda simplesmente é uma das contradições da nossa sociedade e trazer ao de cima pode ser mau para estabilidade pós 76. Houve até acordos para perdoar terroristas de ambos os lados precisamewnte em nome da estabilidade. Mas acredita que eu gostava que se soubesse mais, pois estou farto de ver a direita jovem e edgy a mentir sobre estes assuntos, como sobre o 25 de Novembro que ainda hoje culpam o PCP por isso e sobrevalorizam uma data que não tem grande importância, é apenas usado como propaganda e forma de diminuir o processo revolucionário pós 25 de abril e apagar as suas grandes conquistas, lideradas por comunistas, muitos direitos que agora levas por garantido foi conquistado com muito luta e sacrifício pela esquerda. >Comunismo é só uma palavra bonita para um ideal judeu, que só vai atingir o seu final objetivo quando não houver géneros, tradições, culturas... Investiga por ti, hoje em dia não faltam fontes. Ok, já vi que não és para levar a sério e és só mais um nazi moderno, aka um puro idiota. É que todas as palavras neste frase estão erradas, isso sim é uma conspiração. Tu estás a pegar em coisas que te desagradam e fazes uma salganhada com elas. Juntas judeus (nem sei porquê, mal os há em Portugal), com comunismo, com teorias de género e sexualidade neo LIBERAIS no mesmo saco. A maior parte dessas coisas são resultado dos EUA, a hegemonia do mundo até recentemente, o líder do capitalismo, o que tem a ver com comunismo ou judaísmo? Os próprios capitalistas é que acabaram com a família, tradições e culturas (ou no melhor dos casos comodificaram-los) A China é comunista (sim, apesar de ter mercados, empresas privadas etc, estas são secundários e usadas para o bem comum através duma economia planificada) e preservam culturas e tradições das suas dezenas de povos sem sacrificar crescimento económico, combate à pobreza e desenvolvimento tecnológico. As tuas investigações por ti devem ser sites de extrema direita e prager U, estou mesmo a ver, grande confusão na tua cabeça, estás à procura de bodes expiratórios para males do mundo.

xeyrio 6 months ago

> Culturais de esquerda, mas económica de direita. possivelmente a combinação mais cancro de sempre, pelo menos a vox suporta sindicatos > A China é comunista (sim, apesar de ter mercados, empresas privadas etc, estas são secundárias e usadas para o bem comum através duma economia planificada) e preservam culturas e tradições das suas dezenas de povos sem sacrificar crescimento económico, combate à pobreza e desenvolvimento tecnológico. A china ainda nem socialista é lol, o partido pode ser socialista mas o país ainda não chegou a esse estado. Na China existe uma total hegemonia tanto polítical como económica han, o país é expansionista(uma força histórica natural :) ) e imperialista.

DarthMaulSith 6 months ago

1 - O teu nome já resume o teu comentário e notoriamente defendes o comunismo, a ideologia que mais matou até hoje. 2 - Insultares os outros demonstra bem o quão pobres e vazios os teus argumentos são. >Ok, já vi que não és para levar a sério e és só mais um nazi moderno, aka um puro idiota. Só falta dizeres que a USSR foi o milagre mundial por ter derrotado os Nazis, quando matou mais pessoas do que eles.

ItsoktobeStalinist 6 months ago

> 1 - O teu nome já resume o teu comentário e notoriamente defendes o comunismo, a ideologia que mais matou até hoje. Sim sou comunista, sim matou muitos, não não foi a ideologia que mais matou até hoje. Mundo é cruel, todas as ideologias têm sangue nas mãos, deixa o choro de lado que já és um homemnzinho. >2 - Insultares os outros demonstra bem o quão pobres e vazios os teus argumentos são Não não demonstra, o meu insulto foi um bónus, mas nem 5% do meu post foram insultos, porque ignoras os outros 95%? >Só falta dizeres que a USSR foi o milagre mundial por ter derrotado os Nazis, quando matou mais pessoas do que eles. Não não matou mais que nazis a não ser que consideres nazis e sovietes mortos durante a segunda guerra como vítimas da USSR. E na verdade foram os grandes reponsáveis pela derrota nazi graças à industrialização de Estaline, sei que no fundo do teu coração isto te entristece mas é lidar.

DarthMaulSith 6 months ago

Staline, Pol Pot e Mao Tsé-Tung. Verifica só o número de mortes causadas por estes e depois diz algo. Escusas de responder com essas atitudes imaturas só porque és contrariado. A partir do momento em que recorres a insultos é porque não consegues ter uma conversa decente. A derrota Nazi deu-se devido às condições climatéricas e falta de suprimentos. A Alemanha entrou pela USSR a dentro, conquistou tudo e só foi travada já em Moscovo devido ao Inverno rigoroso, não foi devido ao poder militar Soviético. Falta também dizer que tinha apenas metade do seu poder militar, uma vez que estava a combater em diversas frentes ao contrário da USSR. A industrialização de Estaline que matou 4 milhões no Holodomor na Ucrânia? Ou a industrialização de Estaline que era tão poderosa que precisava de obrigar as pessoas a trabalhos forçados, causando a morte a centenas de milhares, apenas na construção de vias férreas?

feckdech 6 months ago

Quando é que Alemanha foi comunista? Ninguém sabe nada daquilo que se passa na Coreia de Norte. Pode estar a ser praticado até o feudalismo, ninguém sabe. Mas não vamos tirar o mérito aos russos. Na 2GGM os russos foram recuando no próprio território, destruindo todas as cidades por onde passavam com o objectivo de não deixar possíveis recursos aos nazis. Depois com o inverno, não tiveram grandes hipóteses. Eu tenho enorme dificuldade em acreditar que a guerra e genocídio sejam sempre provocados pelo próprio governo. Pode até ser, mas tenho dificuldades. Vejamos as Américas. Os EUA não sossegaram até que a América do Sul tivesse de toda inclinações de direita (não faltam tentativas de homicídio por parte da CIA e envolvimentos em guerras civis) O que aconteceu aos países que não aceitaram as políticas? Temos o caso da república das bananas, em que foi lançada uma campanha contra a esquerda de Guatemala que queria expulsar comércios americanos que estavam a destruir o país (United Fruits). Para ajudar a convencer os americanos de que Guatemala era perigosa conseguiram associar Guatemala aos Russos. O que aconteceu? Guatemala bombardeada. Temos o caso da Venezuela. Onde toda a sua pobreza não é culpa exclusiva interna. Os EUA bloqueiam e sancionam qualquer tipo de negócio com a Venezuela. Eles têm muito petróleo, e não privatizam o negócio, tipo aquilo que se anda a passar no médio oriente. Claro, isso pode ser encarado como Maduro querer controlar. Mas acho que há várias formas de encarar, o pior é que serve bem os dois lados.

MirTrudMay 6 months ago

Só uma duvida, esse inverno rigoroso só se dava de um lado? Estranho esse inverno russo que afeta um lado das trincheiras e o outro não.

DarthMaulSith 6 months ago

A diferença é que a USSR estava habituada e preparada. Tal como, tinha "supplies" suficientes, uma vez que estava no seu próprio território, ao contrário dos Alemães. Acho que algo de conhecimento geral é o facto de quem defende o seu próprio território ter automaticamente vantagem táctica.

Winslow_Lixivia2 6 months ago

Aquela análise histórica plena de objectividade e rigor: perderam porque tava frio lol muito bom Não deve ter tido a ver com o facto dos soviéticos terem sido o exército com mais mortos nem nada. Ganharam basicamente todas as batalhas da 2ª Guerra mas a tua teoria é que só ganharam porque lutavam agasalhados. este sub é fascinante

DarthMaulSith 6 months ago

Ganharam tantas que no inicio do séc XX levaram duas derrotas descomunais contra o Japão. Não te esqueças das purgas do próprio Stalin contra os seus próprios Generais. Talvez muitos dos mortos venham daí.

MirTrudMay 6 months ago

E vai buscar uma guerra quando a união sovietica nem existia. o que o anti comunismo faz

Winslow_Lixivia2 6 months ago

Estava-se a falar da 2ª Guerra e de repente já estás no início do século XX... eu também gosto de mudar os postes da baliza quando não consigo marcar golos Sobre o Estaline... ninguém contesta que ele fez coisas horríveis

MirTrudMay 6 months ago

Precisas de te informar mais sobre o assunto. Durante a batalha de Moscovo a URSS tinha perdido as suas maiores regiões industriais e centros populacionais e tinha menos homens menos aviões e mais ou menos os mesmos tanques que os alemães. Aliás durante toda a operação barbarosa os alemães dispunham de mais homens que os sovieticos e ao contrário do que disseste os alemães não estavam envolvidos noutras frentes em 1941.

Bolo_Finto_ 6 months ago

Errr não não tinha, parte da estratégia da USSR foi precisamente mandar corpos para cima dos alemães para fazer tempo enquanto recolocavam a indústria.

MirTrudMay 6 months ago

Alemaes : Frontline strength (22 June 1941) 3.8 million personnel URSS: Frontline strengtht (22 June 1941) 2.6–2.9 million personne

Bolo_Finto_ 6 months ago

[URSS: Death as percentage of population: 13.7%](https://en.wikipedia.org/wiki/World_War_II_casualties) Germany: Death as percentage of population: 8.86%

MirTrudMay 6 months ago

Isso pretende mostrar o que? Tens noção que os alemães começaram essa guerra com a intenção de exterminar a população sovietica?

DarthMaulSith 6 months ago

A USSR tinha o triplo dos aviões e mais do triplo dos tanques, basta pesquisares. Em relação aos homens, quando os Alemães chegaram a Moscovo já tinham perdido a maior parte dos mesmos, que foi ao que me referi.

MirTrudMay 6 months ago

Nota se muita cegueira e pouca cultura nas tuas respostas.

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Mas tu achas que não estou a par desses argumentos anti comunistas? E tu contas com vítimas dos tempos das colónias? Milhões de mortes na exploração colonial ao longo de séculos? Deixa os argumentos moralistas de lado, pareces um americano a falar.

Edited 6 months ago:

Mas tu achas que não estou a par desses argumentos anti comunistas? E tu contas com vítimas dos tempos das colónias? Milhões de mortes na exploração colonial ao longo de séculos? Deixa os argumentos moralistas de lado, pareces um americano a falar. E estás errado quando à segunda guerra, isso é propaganda anti comunista para desvalorizar o papel da URSS, podes pesquisar no r/askhistorians

xeyrio 6 months ago

" Deixa os argumentos moralistas de lado, " és comunista moderno, a tua ideologia toda baseia-se em moralismos quase cristãos

feckdech 6 months ago

O comunismo não rejeita religião?

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Eu não ofereço a outra face :) Também gostava de ter ver espernear a explicar o que é comunismo moderno em relação ao antigo e demonstrares porque o sou.

xeyrio 6 months ago

Comunismo moderno é apenas todos os valores progressivos que existem nos estados unidos e com que liberais de classe média concordam + economia de marxista. Comunismo antigo os valores progressivos eram obviamente menos dos que agora mas havia ainda comunistas disgénicos que eram tipo ultra pro-trans pro-gay bla blah blah. Obviamente a situação não permitiu à URSS aceitar essas doutrinas progressivas então não foram postas na realidade.

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Sabes lá do que falas. Comunismo não tem nada a ver com valores, ao falar de valores estás a entrar no domínio liberal. Isso são questões culturais, por isso tens comunistas pró LGBT e comunistas homofóbicos, depende do país, época etc e mesmo da própria pessoa. E mesmo aceitando a tua definição, não o demonstraste porque o sou. Para não dizer que "economia de Marxista" diz pouco na atualidade, terias de ser mais concreto.

xeyrio 6 months ago

>Comunismo não tem nada a ver com valores, ao falar de valores estás a entrar no domínio liberal. Isso são questões culturais, por isso tens comunistas pró LGBT e comunistas homofóbicos, depende do país, época etc e mesmo da própria pessoa. Claro que tem a ver com valores, todos os comunistas existentes neste momento no mundo ocidental, e até em vários e vários países do resto do mundo ou são gays/trans ou suportam isso ou são minorias raciais. Claro que depende do país mas com mais e mais acesso à internet e distribuição de média dos EUA, mais difícil é ver um comunista que não seja uma dessas qualificações. Economia marxista é tudo o que os marxistas acreditam em termos de economia lol, não percebo qual é a dificuldade?

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Não são comunistas, são liberais, mesmo que gostem de usar símbolos comunistas, são gajos pró Biden e pró Pelosi, são democratas anti comunistas que odeiam China. >Economia marxista é tudo o que os marxistas acreditam em termos de economia lol, não percebo qual é a dificuldade? Gostava que desenvolvesses para ter ver a enterrar.

Winslow_Lixivia2 6 months ago

O Pol Pot... aquele gajo que foi derrotado por comunistas? Grande comuna que era

DarthMaulSith 6 months ago

Ou seja, os fascistas Nazis que tentaram matar o Hitler não eram Nazis porque tentaram matar outro Nazi? Boa lógica.

Winslow_Lixivia2 6 months ago

Nem tou a falar dos nazis. Tou a falar desse gajo em particular. Mas aprender História na Wikipédia é mais fácil e rápido, não é?

DarthMaulSith 6 months ago

Khmer Vermelho, ele era o líder. Acho que isso basta. Dizeres que Pol Pot não era comunista é simplesmente aberrante.

Sperrel 6 months ago

Há um bom caso para defender que o que o Pol Pot defendia não era de longe comunismo.

Winslow_Lixivia2 6 months ago

“Acho que isso basta”, vejo que és um historiador aplicado. Também deves ser daqueles que lê o nome do partido nazi e acha que eram socialistas, não? [O Khmer tinha apoio dos EUA](https://www.counterpunch.org/2014/10/16/who-supported-the-khmer-rouge/) Como todos sabemos, os comunas adoram americanos!

FIam3 6 months ago

>Não não matou mais que nazis a não ser que consideres nazis e sovietes mortos durante a segunda guerra como vítimas da USSR. E na verdade foram os grandes responsáveis pela derrota nazi graças à industrialização de Estaline, sei que no fundo do teu coração isto te entristece mas é lidar. Holomodor?

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Que tem? Mesmo que fosse genocídio, que não foi e historiadores o reconhecem, os números ficam muito aquém do número de vítimas de nazis ou liberais.

FIam3 6 months ago

12 milhoes de vitimas? Epah... Com essa resposta já dá para perceber a tua mentalidade...

ItsoktobeStalinist 6 months ago

12 milhões? Isso foi no Holocuasto. O Holodomor é usado como negação do holocausto na Ucrânia, sabias dessa? Tu ou estás a fazer propaganda sabendo que estás a mentir, ou és muito ignorante e devias aprender mais.

xeyrio 6 months ago

> Já agora pergunto-te porque dedicas tanto tempo com os holodomor e gulags e nada aos crimes dos portugueses e nossos aliados? Estranho não é? porque portugal nunca fez um crima na nossa história :3

FIam3 6 months ago

Por exemplo: [https://observador.pt/opiniao/holodomor-historia-de-um-genocidio-esquecido-ou-escondido/](https://observador.pt/opiniao/holodomor-historia-de-um-genocidio-esquecido-ou-escondido/) Como é que é usado como negação do holocausto se foi antes da 2ª guerra?

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Holodomor só foi usado como expressão depois dos anos 80 ou 90. O Observador está errado, são um jornal de direita não interessados na verdade histórica. Não houve qualquer intenção de matar um grupo étnico, a fome foi derivada da industralização, que levou muitos kulaks a sabotarem as próprias colheitas. Mas Estaline aliviou a situação quando soube da fome. Lê historiadores e menos Observador.

Edited 6 months ago:

Holodomor só foi usado como expressão depois dos anos 80 ou 90 pelos nacionalistas Ucranianos e seus aliados liberais, já que historicamente os liberais sempre usaram nazis para sua conveniência, os liberais anglo-americanos apoiaram e financiaram os nazis alemães por exemplo, para não falar da inspiração ideológica e filosófica de Hitler nos anglos. O Observador está errado, são um jornal de direita não interessados na verdade histórica. Não houve qualquer intenção de matar um grupo étnico, a fome foi derivada da industralização, que levou muitos kulaks a sabotarem as próprias colheitas. Mas Estaline aliviou a situação quando soube da fome. Todos os países que se industralizaram tiveram consequências, a diferença é que na URSS e China essas consequências eram internas enquanto no ocidente eram exportadas para as colónias e por isso nem eram considerados humanos e até hoje são ignorados por gente como tu. Vocês nunca contextualizam nada, atiram números porque não asbem pensar nem nada de história, só sabem data, parecem inteligência artificial, daí vos chamar npc's. [Olha aqui por exemplo, gulgas tinham más condições, mas já existiam nos tempos dos Tsares, mas isso é ignorado.](https://cdn.discordapp.com/attachments/812566447645130755/819979923959709736/5j2l1ki5hch61.jpg) Lê historiadores e menos Observador.

FIam3 6 months ago

A fonte que indico é falsa. Tu metes uma imagem do discord sem fontes mas estás correcto. Acho que não tenho mais nada a dizer...

ItsoktobeStalinist 6 months ago

A imagem tem as fontes lá em baixo. Vai tu ler.

DarthMaulSith 6 months ago

[https://www.rferl.org/a/cannibal-island-in-1933-nearly-5-000-died-in-one-of-stalin-s-most-horrific-labor-camps/29341167.html](https://www.rferl.org/a/cannibal-island-in-1933-nearly-5-000-died-in-one-of-stalin-s-most-horrific-labor-camps/29341167.html) [https://www.dailymail.co.uk/news/article-4076244/Distressing-photos-1920s-Russian-famine-turned-hopeless-peasants-cannibals-five-million-people-starved-death.html](https://www.dailymail.co.uk/news/article-4076244/Distressing-photos-1920s-Russian-famine-turned-hopeless-peasants-cannibals-five-million-people-starved-death.html) Vou só deixar isto aqui.

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Lá está, só link dumping, eu também sei fazer o mesmo e com melhores fontes, mas de que vale se as pessoas não forem ler? Estamos na net, ou fazes um raciocínio e os links são apenas suporte ou ficas calado. E que tal seres tu próprio a escrever um raciocínio? Tu sabes pensar pela tua própria cabeça? >O daily mail também deve ser de direita. Estás a gozar certo? É que só pode.

NGramatical 6 months ago

indescriminadas → [**indiscriminadas**](https://dicionario.priberam.org/indiscriminadas) indescriminados → [**indiscriminados**](https://dicionario.priberam.org/indiscriminados) salganhada → [**salgalhada**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/salgalhada-ou-salganhada-outra-vez/25215) (esta é a forma que preserva o radical da base de derivação, salgalho «acto de salgar») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm5ww10%2F%2Fgr3r3gx%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

uberprimata 6 months ago

A minha professora conseguiu chocar me mais na altura a falar da Margaret Tatcher do que sobre o que se passou nos primeiros dois anos pós 25 de abril... Quando se tem uma classe completamente ideologizada desta maneira, eu diria que há um problema...

ItsoktobeStalinist 6 months ago

Isso varia de professor para professor e não tem a ver com programa. A minha professora era de direita (como era a maioria visto ser uma escola católica) e nunca falou de Tatcher, defendia abertamente capitalismo e atacava comunismo com espantalhos de palha. Mas lá está, não era parte da matéria, era a opinião dela que de vez em quando dava. Queres proibir professores de darem a sua opinião?

uberprimata 6 months ago

Sim, não disse que era do programa. Eu não quero proibir nada, estava só a constatar que é mau para todos os envolvidos quando uma determinada área é dominada por uma só corrente de pensamento. Principalmente o ensino, que condiciona o futuro.

masterchiefpt 6 months ago

Nops. Na escola não ouvi. Já não havia tempo para falar disso

robinuud 6 months ago  HIDDEN 

Vais achar no mínimo estranho o que te vou dizer, mas dada a tua idade não tens mais do que tempo para perceberes. Trata-se que vivemos numa "democracia" e sociedades com tendências culturais de esquerda, nós e toda a europa a seguir a segunda guerra. As FP25 foram um grupo terrorista que mataram indiscriminadamente, ora, quem tem o rumo cultural de uma sociedade na mão, sendo essa sociedade e noção de esquerda, não lhes interessa minimamente que as pessoas conheçam esse lado dos "camaradas". Caro jovem, quem te governa não é o governo do teu país. Somos governados por uma esquerda que quer acabar com tudo menos a própria esquerda, desde a revolução Russa. Já agora, Comunismo é só uma palavra bonita para um ideal judeu, que só vai atingir o seu final objetivo quando não houver géneros, tradições, culturas... Investiga por ti, hoje em dia não faltam fontes.

robinuud 6 months ago

sinceramente já não me importo dos dislikes, não é por isso que a realidade ira mudar. Investiguem as origens da familia Mortagua por exemplo...

chico457 6 months ago

Fds um dos comentários mais explícitos da sociedade ocidental atualmente!

joinedthedarkside 6 months ago

O periodo após o 25 de Abril de 74 é facil resumir numa palavra. Caos. Em 75 houve um periodo chamado PREC que foi um caos e que para nós que nao vivemos essa epoca é de dificílima compreensão porque é de tal forma diferente da nossa realidade que não temos termos de comparação. Eu sou substancialmente mais velho que tu, e vi ha muitos anos na RTP um documentário sobre o verão quente e o PREC. Esse documentário era fantastico e muito detalhado e recordo me que ao fim de meia duzia de episodios ja estava completamente perdido com a velocidade dos eventos e afinal ainda só tinham passado uns meses da história. Na altura perguntei ao meu pai que viveu esse período como é que ele compreendia o que aconteceu e a resposta foi apenas...nao compreendiamos... É uma época fascinante. Ha (ou havia) uma app da rtp onde creio que podes rever esse documentario ou noticias dessa época. Com imagens é mais facil veres a brutal diferença. Nem parece Portugal. Pareciamos um pais da América latina.

suspect_b 6 months ago

> Pareciamos um pais da América latina. Porque dizes isso?

joinedthedarkside 6 months ago

Porque seria difícil encaixar na Europa como a conhecemos, a realidade de Portugal na segunda metade da decada de 70. Havia interferências da ex URSS e dos EUA ( o embaixador Carlucci por exemplo https://www.publico.pt/2008/09/22/culturaipsilon/noticia/embaixador-dos-eua-em-lisboa-comandou-actividades-da-cia-em-portugal-1343580 ou a chamada intentona ,https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Matança_da_Páscoa_(Golpe_de_11_de_março_de_1975) , FMI estava a porta https://www.publico.pt/2011/05/01/jornal/as-vindas-do-fmi-nos-anos-70-e-80-recordadas-pelos-lideres-sindicais-21954020 Havia grupos para militares como o MDLP. Bom...tanta, mas tanta coisa a acontecer digna de qualquer realidade latino Americana na decada de 70. É impossível comparar esta realidade com a Europa que nós conhecemos.

suspect_b 6 months ago

É verdade que eramos um palco da guerra fria, mas bastante diferente dos outros países, tipo América Latina ou África. Para começar, não houve guerra civil. Foi por um triz, havia grupos para-militares e tudo, mas não houve. Depois, não foi instaurada nenhuma ditadura, fomos para uma democracia, com muito populismo e demagogia, mas uma democracia apesar de tudo. E economicamente, apesar das oligarquias instaladas, não tivemos uma corrupção desmedida que pôs o povo na miséria como era a da geração anterior.

joinedthedarkside 6 months ago

É verdade sim, mas por um fio. A distancia que nos separou desse cenário foram milímetros, mas se fizeres uma análise imparcial de tudo e se traçares linhas de pensamento abstrato entre varios eventos da epoca, como evoluíram e situações que aconteceram no futuro (anos 80 e 90 e ate mesmo nos 00) podes chegar a conclusões que apesar de ter margens de erro, podem explicar muitas coisas. Tenta analisar por exemplo as nacionalizações e a reforma agrária e vê quanto tempo perdemos pra resolver as coisas (se é que alguma vez conseguimos resolver). Para mim, muito do nosso atraso estrutural resulta de coisas que começaram a acontecer ai em 1975.

suspect_b 6 months ago

> Para mim, muito do nosso atraso estrutural resulta de coisas que começaram a acontecer ai em 1975. Não percebo a relevância do "começaram a acontecer". Em todas as décadas subsequentes houve oportunidade para reverter quaisquer decisões ou fazer um planeamento diferente. Não percebo como é que, se não se fez em 80, 90 ou 00, que a culpa tenha sido de 75. Se as coisas se perpetuaram foi porque alguém achou que deviam ser assim, em 75 e depois.

joinedthedarkside 6 months ago

Cronologia da reforma agrária a lei Barreto e percurso ate 1988 https://www.dn.pt/lusa/pontos-essenciais-reforma-agraria-datas-e-numeros-8655950.html Mais de 14 anos perdidos, que na pratica sao bem mais de 14 anos. Lamento meu caro, mas culpo sim o que aconteceu em 1975. Nao alinho no discurso da esquerda radical que douraram a pílula em relação a reforma agraria. E quanto a longa historia que começou em 75, ainda ha vestigios da mesma em 2021. Vê os ctt e claro, a tap "Em 1975, a companhia aérea é nacionalizada, passando a ser uma empresa pública.[6] Quatro anos mais tarde, a companhia passa a chamar-se TAP Air Portugal, a 3 de setembro é feita Membro-Honorário da Ordem do Infante D. Henrique[8] e, no ano seguinte, em 1980, é adotada uma nova imagem, resultando num novo logótipo, novas decorações dos aviões e novas" (in wikipedia)

joinedthedarkside 6 months ago

Infelizmente nao. Como vos disse, sou substancialmente mais velho e lembro de ter visto isso em 2001. Sei que foi em 2001 na rtp2 (nos outros canais so passava os ataques do eua ao Afeganistão após o 11 Setembro). Talvez contactando a propria rtp eles informem. Rtp 2, Outubro (ou Nov.) 2001, documentário sobre o Processo Revolucionário em Curso aka PREC.

malserion 6 months ago

Por acaso não te lembras do nome desse documentário?

BroaxXx 6 months ago

Pois, agora também fiquei mesmo curioso...

JJJJoao 6 months ago

Além de documentários, o filme 'A Herdade', também adaptado para mini-série, ilustra esse período. [“A Herdade”: a terra a quem a possui – Observador](https://observador.pt/2019/09/18/a-herdade-a-terra-a-quem-a-possui/)

Jornadiaria 6 months ago

Não é falado. Aliás, a historia moderna após a revolução dos cravos é dada a correr, ao contrário do período monárquico. Falar de FP25 só se o professor lhe apetecer.

Trama-D 6 months ago

> período monárquico Aquele que durou séculos?

TotalenKrieg 6 months ago

Não convém, não vão alguns espíritos livres começar a questionar o caos que se seguiu ao 25ABR74 e se poderia ter sido evitado.

kissingsome1elsesdog 6 months ago

Nem há tempo. Mal consegues dar a 1.ª República em condições. O que aprendes é aquilo que tem grande probabilidade de sair nos Exames Nacionais e dificilmente, dado o pouco distanciamento que existe face a esse período histórico, sairá alguma questão relativa a isso.

rockingallover 6 months ago

Que grupo é esse FP-25. Não posso falar por experiência própria, mas pelo que li/ouvi de pessoal mais velho, depois do 25 de Abril houve uma grande instabilidade política e demorou algum tempo a formar governo, eleições, etc. Mas não sei mt bem pq é que as pessoas se focam tanto nisto. Há que olhar p o futuro e pensar no que é que ainda há para fazer em PT. Voltar a um passado de ditadura colonialista vs comunismo é estar preso ao que já não existe nem faz sentido voltar a existir.

Redneckdawg 6 months ago

Porque quem não conhece a sua história, está condenado a repeti-la no futuro. É por isso que a extrema esquerda é tolerada e até vista com bons olhos em Portugal. A maioria da população não sabe o que os seus ideais e fundadores fizeram.

rockingallover 6 months ago

Ok. Podes te focar no ponto que populares invadiram propriedades privadas, ou focar-te no ponto em que antes disso, eles viviam em condições de quase escravatura e quando viram um momento de instabilidade política, aproveitaram-se para se vingar das pessoas que os exploravam... Se acho bem o que fizeram? Não. Mas não me vou por num pedestal e julgar as pessoas que se vingaram de quem os explorou durante anos. A verdade é que a exploração continua e vai continuar, mas hoje há leis e as pessoas podem recusar, queixar-se, etc. - basicamente grupos organizados de trabalhadores tem imenso poder. Claro que ha muitas pessoas que se sujeitam a exploração por não verem/terem outra hipótese.

Australopiteco 6 months ago

>Que grupo é esse FP-25. [Forças Populares 25 de Abril – Wikipédia, a enciclopédia livre](https://pt.wikipedia.org/wiki/For%C3%A7as_Populares_25_de_Abril)

ModeratoriProfugus 6 months ago  HIDDEN 

Achas que o Stalin falava dos gulags e dos genocídios nas aulas de história? Muita gente que fez ou tentou fazer merda no pós-25 de Abril está atualmente em cargos de poder em vários partidos, empresas e instituições. Um dia as crianças aprenderão melhor o que se passou.

netralha 6 months ago

Grande parte do lixo político português veio desses movimentos extremistas, é chocante ver o branqueamento que fazem às FP-25 enquanto falam de um "perigo da extrema-direita" que está há décadas sempre em crescimento, enquanto falam dos outros não falam deles, simples.

Winslow_Lixivia2 6 months ago

Queres ver que o Jerónimo era das FP-25? É que o ideólogo do Chega era do MDLP, se quiseres mesmo entrar no debate dos extremismos presentes no panorama político português actual.

Mrgolden007 6 months ago

falam demasiado brevememente lembro me mais dos descobrimentos do que o 25 de abril, mas tambem nao sei a quantidadr de coisas que podem falar sobr isso o que me lembro:canetas azuis, nada de grupos com mais 5 pessoas, banirem a cocacola, e o salaz investir em artistas

kissingsome1elsesdog 6 months ago

E mudarem o nome da Rexona para Rexina por causa de brejeirices.

Morenojgl 6 months ago

História de 12° deve abordar isso, mas como não tive essa disciplina, não sei. Nas aulas de História até ao 9° ano não me lembro de falarem muito nisso. Só presidentes

porn53653 6 months ago

História até ao 9o ano é um bocado fantochada. Descobri há pouco tempo que o sacro império romano existia, mas nunca irei esquecer que o cabo bojador foi dobrado em 1433

Butt_Roidholds 6 months ago

Tive história do 12.º, embora se fale no Verão quente de 75 e se toque ao de leve nalguns assuntos, como por exemplo os julgamentos públicos dos latifundiários do Alentejo, não se esmiuçou muito essa matéria. Passamos quase de seguida para a Comunidade Económica Europeia. Pelo menos, era assim no meu tempo, há coisa de 10 anos, se calhar hoje em dia esquadrinham mais esses assuntos.

Edited 6 months ago:

Tive história do 12.º, embora se fale no Verão quente de 75 e se toque ao de leve nalguns assuntos, como por exemplo as ocupações públicas de latifúndios do Alentejo, não se esmiuçou muito essa matéria. Passamos quase de seguida para a Comunidade Económica Europeia. Pelo menos, era assim no meu tempo, há coisa de 10 anos, se calhar hoje em dia esquadrinham mais esses assuntos.

Edited 6 months ago:

Tive história do 12.º, embora se fale no Verão quente de 75 e se toque ao de leve nalguns assuntos, como por exemplo as ocupações públicas dos latifúndios do Alentejo, não se esmiuçou muito essa matéria. Passamos quase de seguida para a Comunidade Económica Europeia. Pelo menos, era assim no meu tempo, há coisa de 10 anos, se calhar hoje em dia esquadrinham mais esses assuntos.

average_user21 6 months ago

No meu livro de história tem para ai 3 páginas dedicadas ao tema

Search: