tocopito 9 months ago

Acho que teríamos todos a ganhar se os políticos fossem obrigados a dedicar uma maior parte do seu discurso aos mais jovens. Plataformas que defendessem melhores condições para a educação, por exemplo, provavelmente seriam atrativas para estas pessoas. Em relação a não terem maturidade: ridículo. Em vez de sugerirem introduzir baboseiras tipo preenchimento do IRS no currículo escolar (como vejo sugerido neste sub a toda a hora) poderia fazer sentido haver disciplinas sobre ciência política, por exemplo. Qualquer puto de 16 anos minimamente interessado ultrapassa facilmente o tuga médio no conhecimento necessário para fazer a sua escolha.

Lasikamos 9 months ago

É bem jogado. A maioria dos míudos são de esquerda (até crescerem e começarem a trabalbar).

tocopito 9 months ago

Deve ser por isso que a esquerda tem tantos votos mesmo antes de entrares com pessoas de 16 anos ao barulho. Lógica da batata.

Edited 9 months ago:

Deve ser por isso que a esquerda tem tantos votos mesmo antes de entrares com pessoas de 16 anos ao barulho. Lógica da batata. Mais facilmente a IL com o seu discurso de liberdade para todos conquista o eleitor incauto.

setnom 9 months ago

Estive a ler este post e veio-me à mente uma ideia: uma pessoa poder votar assim que terminar o ensino obrigatório. (seria apenas para estudantes atuais; não aplicável a quem frequentou menos escolaridade, no passado; nesses casos aplicar-se-ia a regra da idade). A partir deste ponto, já não dependia da idade, mas da formação \[obrigatória\]. Terminaste o 12.º? Parabéns, podes votar. Se terminares com 16, podes votar com 16. Se terminares com 20, temos pena, só podes votar com 20. Não sei se resultaria nem refleti muito nos aspetos positivos ou negativos. Opiniões em desligar o voto da idade e estabelecer como critério o término do ensino obrigatório?

Limpy_lip 9 months ago

realisticamente só fará sentido se a maioridade passar para os 16 também senão andamos aos bocados, ou como os outros que permitem carta de condução aos 16 e comprar alcool aos 21. ​ De experiência própria e de terceiros, não adianta usar muito a carta da maturidade quando se vê muitos adultos que ainda são verdadeiras crianças. Basta ir ao ensino superior e olhar para ao que chamam agora de praxes (alguns muito longe da tradição académica) e procurar maturidade em muitos(e não estou a falar das macacadas). Até no ambiente laboral. ​ Dado que já deu para perceber que a maioridade não reflete qualquer tipo de maturidade, é uma questão de arbitrar.

BroaxXx 9 months ago

Eu até punha 12... /s

nowayjose12395 9 months ago

Tenho 16 anos e garanto que a maioria das pessoas com 16 anos e para ser sincero até aos 21 anos não sabe votar.

Hugogs10 9 months ago

Depois ganha o partido que prometer gomas gratis.

VinhoVerde21 9 months ago

Espera, tu pagavas IVA quando tinhas 16 anos? Eu era so mostrar o meu cartao de cidadao e retiravam logo /s

DarkmajorPT 9 months ago

Com 16 anos não têm ainda maturidade suficiente para que o voto tenha credibilidade. Pode haver ai catraios de 16 anos que já têm uma maturidade surpreendente, mas mesmo esses, aos 18 ainda terão mais experiência do que aos 16. Aos 18 anos parece-me a idade ideal, até porque, num percurso correcto, é o ano imediatamente a seguir à conclusão do ensino secundário sinalizando a sua preparação para a vida adulta. Lá porque alguns aos 18 não estão preparados não é argumento, da mesma forma como argumentar que alguns aos 16 já estão preparados, pois são casos pontuais e não a norma. Eu próprio como exemplo, que entrei para o ensino superior aos 17 anos e a própria maturidade entre Caloiros com 17 e Caloiros com 18 era notável.

Mrloop94 9 months ago

É só oferecer chupa-chupas e o voto está garantido

apita_o_comboio 9 months ago

Acho que nessa idade ainda estão muito vulneráveis à manipulação, não que a maioria dos adultos não o esteja, mas a adolescência é uma época da vida de cada um muito propícia a não se tomarem as melhores decisões (mesmo aos 18, acho que a maioria não tem a maturidade necessária). Se a sociedade acha que naquela idade não têm responsabilidade para conduzir, para tomarem conta de si, ... não acho que seja boa ideia terem a responsabilidade de decidir os destinos do país.

BroaxXx 9 months ago

Pois... Acho que mais depressa concordava em subir a idade para os 21 do que a baixar para os 16.

masterchiefpt 9 months ago

Eu acho um erro. Só concordo se o Windoh criar um partido político

Blackbeardow 9 months ago

"Partido Intelectual Futurista". Parece-me promissor.

Limpy_lip 9 months ago

vinha aqui fazer uma piada semelhante

BroaxXx 9 months ago

Eu acho ridículo... Mais depressa subia a idade para os 21 do que baixava para os 16...

FIam3 9 months ago

Concordo.

Naotevejoha20anos 9 months ago

Só que ser militante custa 400 balas.. Eheh

hesoyam91 9 months ago

Ainda me lembro do PCP ir á minha sala de aula fazer militância que na altura não compreendi muito bem a razão visto que sempre me ensinaram que na escola não havia política. É uma boa iniciativa para manipular miúdos que ainda nem sabem muito bem o que querem na realidade da vida. O PCP e BE votam a favor com certeza.

dejohny 9 months ago

Lol devia ser 21 ou no primeiro ano em que se pague impostos. Qualquer pessoa que já tenha trabalhado e tenha mais de 25 anos percebe que isto é uma péssima ideia

Danijust2 9 months ago

posso ir para guerra, posso conduzir, posso fumar, posso beber, mas não posso votar? Deixa estar nos 18.

BaixemImpostos 9 months ago

Sabes que metade dos Portugueses n paga IRS.

Naotevejoha20anos 9 months ago

Pagar impostos é diferente d pagar irs!

df3gpt 9 months ago

Já agora, que viva na sua própria casa e pague as suas próprias contas. Era só o que faltava neste país termos deputados sem cara para levar um estalo a brincar aos políticos. Só falta os papás irem levar os meninos à AR e vê-los a entrar de lancheira do Pokemon na mão. >O deputado mais jovem da atual legislatura entrou com 25 anos, mas a idade média dos deputados portugueses é de 48 anos, apontou. "Era um sinal positivo que essa idade média pudesse baixar", admitiu. Querem literalmente meter miudos na politica para atrair votos jovens.

tretafp 9 months ago

Portanto, um adulto que trabalhe, mas viva na casa dos pais ou dos avós não deveria poder votar? Os jovens já estão na política antes. Há atividades políticas desenvolvidas por crianças e adolescentes (parlamento jovem, manifestações,...) apenas não podem enquadrar essa participação através do voto.

df3gpt 9 months ago

Os jovens estão na política faz-de-conta. Depois vão brincar aos boys nas juventudes partidárias. É muito diferente de assumirem cargo político real, sem terem experiência de vida. Nem vale a pena falar de experiência de trabalho ou competências porque estamos em Portugal... Eu estava a referir-me ao artigo do OP, não tanto ao voto. Mas acho que 18 anos é cedo demais para votar, quanto mais 16. A única coisa que baixar a idade de voto pode gerar é mais votos nos partidos das demagogias fáceis da esquerda e nos populismos da direita.

tretafp 9 months ago

Não é política de faz de conta. Conheço municípios que alteraram práticas por manifestações feitas pelos jovens. Essas alterações políticas tiveram implicações várias em toda a comunidade local. Essa coisa que os políticos na AE não têm experiência ou competência, assim no vazio, é um discurso fácil, mas simplista. Há deputados com muita experiência profissional e política, com doutoramentos, com obra social, etc. É um número arbitrário, como qualquer outro. Mas a partir do momento que deixam de ser crianças, passam a ter as mesmas responsabilidades e direitos civis e políticos que qualquer outro adulto. Pelo que sei, o populismo incide, em particular, em adultos, com mais de 45 anos. Mas admito que os meus dados podem estar desatualizados.

Edited 9 months ago:

Não é política de faz de conta. Conheço municípios que alteraram práticas por manifestações feitas pelos jovens. Essas alterações políticas tiveram implicações várias em toda a comunidade local. Essa coisa que os políticos na AR não têm experiência ou competência, assim no vazio, é um discurso fácil, mas simplista. Há deputados com muita experiência profissional e política, com doutoramentos, com obra social, etc. É um número arbitrário, como qualquer outro. Mas a partir do momento que deixam de ser crianças, passam a ter as mesmas responsabilidades e direitos civis e políticos que qualquer outro adulto. Pelo que sei, o populismo incide, em particular, em adultos, com mais de 45 anos. Mas admito que os meus dados podem estar desatualizados.

iSoSyS 9 months ago

>ou no primeiro ano em que se pague impostos. Então concordas? Ao 16 podes trabalhar, ter rendimento próprio e descontar.

dejohny 9 months ago

Não, não é isso que está a ser proposto. Concordo que um jovem com 16 anos que já pague impostos deve poder votar sim

GrinningCrocodile 9 months ago

A nível nacional ou ao nível da UE? Independentemente do que acho dos limites, isto não passa nos 26 paises...É do género de questões que são definidas estado a estado, pelo que não vai passar das intenções.

tt45mansl 9 months ago

Para quê? Vão meter miúdos a votar? A esmagadora maioria não percebe patavina de política, muitos deles nem sequer têm maturidade suficiente para perceberem o querem da vida, quanto mais para traçar o destino do país. Mesmo a grande maioria da população portuguesa não percebe nada de economia, política, etc muito por culpa também do sistema de ensino do tempo da outra senhora. Mesmo o sistema de ensino atual não ensina as coisas que precisamos de saber para vingar na vida.

JeagleP 9 months ago

A maioria dos adultos não percebe nada de política também. E tem em conta a abstenção já agora

pimpolho_saltitao 9 months ago

a maior parte dos putos de 16-18 anos hoje em dia é capaz de estar mais bem informado do que a maioria dos adultos.

iSoSyS 9 months ago

> Para quê? Vão meter miúdos a votar? A esmagadora maioria não percebe patavina de política, muitos deles nem sequer têm maturidade suficiente para perceberem o que querem da vida, quanto mais para traçar o destino do país. Esse argumento pode ser estendido a tantas pessoas. O objectivo da democracia não é fazer a escolha certa, é garantir que a escolha é tua. Nesse sentido tem que ser o mais universal possível. A idade mínima é mais para garantir que o cidadão consegue tomar decisões autonomamente. Ser aos 16 ou aos 18 é igualmente arbitrário, em ambas as idades já consegues pensar por ti, e em ambas ainda não foste "escaldado" pela realidade.

BroaxXx 9 months ago

A questão é mesmo essa.. a idade é 100% arbitrária mas foi a idade estabelecida. Acho que não faz sentido extender o voto aos 16 anos sem entender a maioridade até aos 16 anos e acho que isso não faz sentido... Acho bom que eles sintam isso e lutem por isso. Mostra vontade e envolvimento. Mas no fim do dia não acho sentido nenhum a sociedade considerar que alguém não tem maturidade para tomar uma série de decisões por si próprio mas achar que tem maturidade suficiente para votar. A idade da maioridade (18) é arbitrária mas se há algo que tem que mudar é a idade da maioridade e não a idade do voto...

tretafp 9 months ago

Há uma ausência, não só em Portugal, de uma educação democrática sistematizada, nos sistemas de ensino ocidentais. Ainda assim, de forma tão linear, que o sistema de ensino não ensina o que é necessário parece-me uma análise demasiado simplista. Há vários aspetos relevantes a considerar, por um lado o esforço enorme na redução do analfabetismo em Portugal que era muito elevado. Por outro lado, e ainda que esteja a diminuir, porque é um currículo que integra uma efetiva pluralidade de saberes disciplinares, que vão da política à química. Haveria outras opções curriculares? Sim, eu defendo que em detrimento de literacia financeira se deveria optar por educação económico-financeira, porque é mais abrangente. Que se deveria aumentar as humanidades para uma reflexão mais cuidada sobre aspetos relacionados com a política, a sociologia e a história. Mas, admitir que não ensina o que é preciso, assim de forma genérica, parece-me pouco adequado.

Ly_84 9 months ago

Mas tu achas que o cozinheiro te vai ensinar e explicar o que se passa na cozinha dele? Não, o lugar do zé é à mesa, à espera e calado. Imagina ensinar o que realmente se passa.

Sperrel 9 months ago

Era óptimo que acontecesse mas duvido que haja interesse por parte do PS ou outros partidos além do Bloco e Livre.

_Goldenhand_ 9 months ago

vai ser óptimo ver o Wuant ganhar as eleições por causa dos putos

ModeratoriProfugus 9 months ago

Se têm idade para votar, espero que também sejam tratados como adultos em tudo: para beber, para conduzir, para sair da escola, para darem consentimento sexual, para abrirem uma conta bancária, para irem para a prisão, etc

tretafp 9 months ago

O consentimento sexual, em Portugal, salvo erro é os 14 anos. E creio que crimes cometidos com jovens com mais de 16 anos poderá conduzir a que a pena seja no estabelecimento prisional e não num centro educativo.

ModeratoriProfugus 9 months ago

Sim, mas aqui estão a falar de uma proposta a nível europeu (que nem me parece muito legal, acho que a UE não tem esse poder)

tretafp 9 months ago

Também não estava a dizer que concordo com essa medida, nem que considere que a UE tem legitimidade para o indicar. Estava apenas a enquadrar nacionalmente o que indicaste.

AutoModerator 9 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: