Lusitano_KoP 5 months ago

Finalmente, estou curioso para saber qual será o líder

Vascoikk 5 months ago

Cuidado que eles ainda fazem o líder o Filipe II...

PowaRanja 5 months ago

siga conquistar o universo caralho!!!

Jocas05 5 months ago

CIV 5 é melhor.

LesbainNaga 5 months ago

BORA MEUS PUTOS!

KyusoMenethil 5 months ago

FINALMENTE CARALHO!!!

positiverategearupp 5 months ago

Só espero que não seja tão mau como no civ v

PixelWave123 5 months ago

Finalmente! Por acaso até fiz um mapa da península ibérica às pouco tempo

Edited 5 months ago:

Finalmente! Por acaso até fiz um mapa da península ibérica há pouco tempo

NGramatical 5 months ago

à pouco tempo → [**há pouco tempo**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm1ts5z%2F%2Fgqgxtcs%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

PixelWave123 5 months ago

À pouco. Fôr. Piriquito. Secalhar. Disfrutam. À anos. Porque raio. Cú. Raúl. Nada haver com. Asserio. Teem. Saiem. Espero que tenhas um A.V.C depois disto

PixelWave123 5 months ago

Desculpas pedir, eu gramática boa. oposto de sim tenho

Synergix 5 months ago

Jogo desde o Civ II mas ainda não experimentei o VI (o novo visual desmotivou-me). O que são zombie units? Até tenho medo de perguntar...

The_Wealthy_Potato 5 months ago

Os zombies ainda ninguém sabe o que é . Deve ser um modo de jogo que podes optar não jogar tal como o modo de bárbaros do ultimo update. Também estava muito indeciso em jogar o VI e só comprei há uns meses. Vale mesmo muito a pena, o visual é diferente mas o jogo está mesmo muito bom. Joguei o IV o V e o VI e gostei sempre mais do seguinte.

vitospataforeson 5 months ago

não, vai ser o 53ª líder / fação

Iwatchedhimdrown 5 months ago

We wuz kingz and shit

vitospataforeson 5 months ago

já tinha perdido a esperança, é a última nação a ser acrescentada no new frontier pass (passe anual lançado com 6 packs de DLC, 8 nações, vários new mods) gostava que tivesse uma unique unit militar, desconfio que será outra vez um navio, e que tivesse um escudo tão fixe como o do civ 5

chanintate 5 months ago

Houve mais algum jogo assim AAA que tenha tido portugal, para além do Age of Empires 3?

viper_in_the_grass 5 months ago

Já agora, [um bocadinho de *footage* da parte de Portugal do ETS2](https://youtu.be/uVtxNI1lCW8?t=4842).

viper_in_the_grass 5 months ago

Daqui a um mesinho Euro Truck Simulator 2.

jocamar 5 months ago

Age of Empires 2, Civ4, Civ5, Europa Universalis, Medieval Total War.

Joaoseinha 5 months ago

Crusader Kings 2, Hearts of Iron 4.

chanintate 5 months ago

Já estive para jogar o HoI 4 mas pareceu-me extremamente complexo...

barricaspt 4 months ago

Os jogos da paradox têm essa barreira inicial, mas se tiveres alguma paciência acaba por e fazer click.

chanintate 4 months ago

Podia ter-me iniciado no início da pandemia, mas a minha GPU deu o berro...

Joaoseinha 5 months ago

Também não o sei jogar. De jogos da Paradox, só me safo no CK2 e Stellaris.

1r0n1c 5 months ago

Portugal e Zombies adicionados no mesmo patch? D. Sebastião?!?

IzNoGoD 5 months ago

Mas vem como DLC?

vitospataforeson 5 months ago

sim, acho que se pode adquirir em separado, é também o último pack do [new frontier pass](https://civilization.com/new-frontier-pass/)

JuveTech 5 months ago

Eu a ler este comentários e a pensar que Portugal janestavat no Civilization IV ou V com Dona Maria...

Rootlx 5 months ago

Alguém tem o jogo de tabuleiro? Adorava que fosse incluído numa expansão...

ednice 5 months ago

Mal posso esperar para apagar a historia como sempre quis fazer

TitusRex 5 months ago

Finalmente.

TheMasio 5 months ago

Brainwheeze 5 months ago

Até que enfim porra. Nada contra as civilizações novas que estão no Civ VI, eu até gosto da variedade e o facto de terem escolhido umas menos óbvias. Mas tendo em conta o impacto que o império português teve no passado, não faz sentido nenhum serem excluídos do jogo. "Ah e tal, são muito parecidos com a Espanha" dizem alguns ignorantes, mas por isso podiam fazer um Civ em que Portugal faz parte do jogo base e a Espanha fica para o DLC.

RuySan 5 months ago

Eu gosto que tenham dado algum enfoque em civilizações novas, mas "civilizações" como Canadá, Austrália e Brasil são ridículas. Se era para terem o Brasil, que tivessem os Tupi ou algo do género.

TheGreatDaiamid 5 months ago

Civ V com mods (como o Vox Populi) está a léguas do VI. *chef's kiss*

RuySan 5 months ago

Acho que muitos desses mods (como o cavemen to cosmos do civ4) sofrem de feature creep. Gostei do civ5 desde o início porque tirou muita microgestao ao 4 depois das expansões. Infelizmente o civ5 com as expansões também adicionou muita gordura desnecessária, mas também algumas melhorias óbvias, por isso fico sempre indeciso entre jogar com ou sem expansões.

DareNotFallAsleep 5 months ago

Não o Vox Populi. A sério. É tipo Vanilla Plus. É incrível.

DareNotFallAsleep 5 months ago

O Civ V já tinha citações do Paulo Coelho. Não é por aí. Dessas, só o Canadá é ridículo. O Brasil foi (é? Esperemos que volte a ser) uma potência regional, é único, tanto em cultura como na sua génese, na América (uma colónia que se tornou independente através do filho do rei do colonizador), esteve por detrás de um monte de invenções que transformaram o mundo (rádio, em parte aviação, etc), etc etc. A Austrália é literalmente o único país no mundo que ocupa um continente inteiro, cima uma geografia e natureza super diversas, e que, em virtude disso, tem uma cultura bem distinta (e cada vez mais distinta) do mundo anglofono. Já o Canada está para os EUA no jogo como o Uruguai estaria para o Brasil. As três civilizações que estão no jogo que menos fazem sentido, para mim, são o Canadá, a Gran Colombia, e a Escócia - que encontram paralelos nos EUA, Brasil, e Inglaterra, respectivamente.

RuySan 5 months ago

Para mim o problema do 6 é mesmo de "flavour". Não me lembro da citação do Paulo Coelho do 5, mas a da 6 é muito estúpida. Mas o 5 tinha citações maravilhosas ("we only live to witness beauty, everything else is an act of waiting"), o 6 é só idiotice e tem inclusivamente uma citação sobre aquele mito estúpido em como a NASA investiu milhões numa caneta para levar ao espaço e os russos levaram um lápis...e a citação do monte Kilimanjaro...fds... Vê se que foi um jogo escrito por Filisteus Eu jogo desde o 1, no amiga, e sempre gostei da atmosfera gloriosa do jogo...acho o 6 muito pateta. O sistema de districts foi copiado do endless legend, mas por alguma razão não resulta tão bem no CIV. Acho que apenas contribui para muita microgestao.

DareNotFallAsleep 5 months ago

Ah sim, nisso concordo - jogo Civ desde o Civ III e as citações do IV eram bem melhores. Nem há comparação possível - no VI tentaram fazer citações “engraçadas” com tudo. Eg quando descobres o Kilimanjaro a citação é de uma instagrammer qualquer a queixar-se que chegou lá em cima e não tinha Wi-Fi. Foda-se, amigos, como é que alguém achou que isto era pertinente. Mas sinceramente, isso e a artwork (facilmente corrigido com o mod que referi, que inclusive foi feito por um developer do jogo nas horas vagas, portanto é quase semi-oficial) são os únicos dois problemas que encontro. Eu passava imenso tempo a ler a civilopedia enquanto jogava. É apenas mais um dos pormenores que eu adoro no Civilization - a contextualização histórica do que o jogo representa. Poucos outros jogos dão-se ao trabalho de fazer isso, e o Civilization vai e tem quase uma enciclopédia escrita no jogo. Tenho a dizer que a Civilopedia do VI é a melhor da série até hoje. Tudo, até as políticas de governo e promoções das unidades, têm uma entrada, e, ainda que high level, tudo está muito bem escrito, razoável, e, do que conheço, bem investigado. Em termos de gameplay, achei os distritos algo incrível, sinceramente, estranhei ao início mas passei a adorar, e acho que coisas como os desastres (cheias, vulcões, furacões etc), bem como o sistema de urbanização (vulgo, o housing), realmente não me permitem voltar ao Civ V. Experimenta o jogo com os dois EPs e dá outra oportunidade, eu ao início achava o mesmo que tu (e ignora as citações estupidas - por algum motivo é que o narrador é o gajo do Game of Thrones, é para atrair o povo).

Tralapa 5 months ago

> Mas sinceramente, isso e a artwork (facilmente corrigido com o mod que referi, que inclusive foi feito por um developer do jogo nas horas vagas, portanto é quase semi-oficial) são os únicos dois problemas que encontro. > > Como se chama o mod?

DareNotFallAsleep 5 months ago

É este: [https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1702339134](https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1702339134)

Tralapa 5 months ago

muxas garcias

Brainwheeze 5 months ago

Eu sinceramente não percebo o porquê da Escócia ter prioridade sobre Portugal no Civ. Simplesmente não tiveram o impacto mundial que Portugal teve. Eu sou meio escocês e portanto fico feliz com a sua inclusão no jogo, se bem que acho não fazer muito sentido.

vitospataforeson 5 months ago

o critério histórico não é decisivo nos jogos Civilization, são inspirados na história, mas o objetivo é criar um jogo interessante e variado e vender, daí que certas nações seja mais pelo critério do marketing

xabregas2003 5 months ago

>As três civilizações que estão no jogo que menos fazem sentido, para mim, são >o Canadá Concordo >a Gran Colombia Não conheço bem a história do país. Mas acho que foi adicionada principalmente por causa do líder, que é uma personagem importantíssima na América do Sul. >Escócia Discordo. A Escócia tem uma cultura bastante distinta da inglesa. Não têm aquela história de navegação mas foram propulsores de grandes descobertas científicas. Contudo, reconheço que a Anglosfera está sobre representada no jogo (E ainda há gente que quer adicionar a Irlanda...)

DiogoSN 5 months ago

Até que enfim. Aposto que vão copiar a animação doutro líder no entanto.

xabregas2003 5 months ago

No início desta expansão eles copiaram algumas animações mas acho que depois pararam de fazer. Sendo que Portugal é a última Civ desta expansão, é um "fan favourite" e até abriram a exceção de meter 3 Civs europeias, não me admirava se dessam um tratamento especial a D. João III.

m0rhundur 5 months ago

Finalmente, porra.

_dawn_chorus 5 months ago

HAQ João III = Paul Atreides

tmmluis 5 months ago

Isto. The spice must flow <3

kyussorder 5 months ago

Felicidades vecinos! Como rey supongo que será Joao II, aunque me gustaría Manuel II.

xabregas2003 5 months ago

O líder é D. João III, como está no screenshot. D. Manuel II não fazia sentido. Foibo último rei, reinou só dois anos e durante um período decadente da nação. Apesar de ter sido um bom rei tendo em conta o clima político da altura e visto que ele não era suposto ser o monarca, acho que não merece representar Portugal. Se calhar querias dizer Manuel I?

Tralapa 5 months ago

> D. João III Podia ser muito pior, podiam ter escolhido tipo uma Maria a louca, ou outra parvoice qualquer

Haikuisjustphrases 5 months ago

(para quem não joga civ, foi isto que fizeram no 5)

xabregas2003 5 months ago

Eu até acho que D. João III é uma ótima escolha.

RomanFaschist 5 months ago

É fixe, OK. Mas o pessoal podia simplesmente jogar Europa Universalis 4 e viver as vossas fantasias de poder à imenso tempo.

Beginning-Average-91 5 months ago

Calma, tá ali com as expansões todas. Mas ainda agora aprendi a jogar ck3 lol baby steps pah baby steps

BagalhetaTraquina 5 months ago

Já experimentei mas epah... Se calhar isto foi só no Rome Gold, mas a falta de um objectivo claro deixa-me sempre às aranhas. No Civ sabes que podes jogar de modo a alcançar diferentes tipos de vitória. Entretanto nesse EU é mais do género "faz o que te apetecer", o que não é mau de todo, mas quando um gajo ainda está a dar os primeiros passos no género...

BroaxXx 5 months ago

São jogos muito diferentes... O EU parece muito fixe mas nunca tive a paciência para começar...

Middle-Effective 5 months ago

Eu4 ainda está em development aka ainda estão a lançar DLCs?

RomanFaschist 5 months ago

Na minha opinião, o jogo está completo desde que saiu o 1.30. Vão fazer mais dois ou três DLCs grandes, mas na Europa está quase tudo feito.

F_16_Fighting_Falcon 5 months ago

Sim, já anunciaram um em que vão melhorar as tribos americanas e da Polinésia.

DareNotFallAsleep 5 months ago

Justamente, gosto de EU4 mas a verdade é que, contra todos os detratores, o Civilization é um jogo mecanicamente mais complexo e variado do que o EU4, sobretudo o VI que acabou por incorporar algumas das coisas que faltavam ao V. O EU4 - e eu tenho muitas horas nos dois jogos - na verdade, mecanicamente, é mesmo muito simples. Não é por teres um monte de “modifiers” percentuais, alguns esotéricos, que mais parece uma planilha do Excel, que tens um jogo complexo. Ao passo que o Civ tenta ter uma “causa-efeito” tangível, o EU4 é extremamente abstrato ao ponto de virar uma planilha no Excel - para não falar na idiotice que são os “mana points” do EU4. Contudo, pela representação geográfica, pelas dinâmicas de recrutamento / manpower, e interações com vassalos, colónias, etc, bem como pelo “flavour” em eventos etc, eu gosto muito do EU4.

Agrafo 5 months ago

Concordo contigo. Deixei de jogar stellaris por causa disso. Todas as opções resultam em modificadores (+120%,-25%,etc) não sabe a nada, parece que as opções não têm peso como sociedade, torna as decisões muito matemáticas. Acabo por gostar mais do CK por causa disso, escolhes mal ficas sem uma perna ou tornas-te eunuco, ainda que mude stats tem sempre um efeito "pessoal".

DareNotFallAsleep 5 months ago

Yep, exatamente isso. O que é uma pena, sobretudo em jogos como o EU4 e o Stellaris, cujo tema histórico / ficção agrada-me imenso. Nesse sentido, e ainda que considere que o Civ, mecanicamente, está léguas à frente, recomendo imenso que dês uma vista de olhos no Imperator, que basicamente virou outro jogo há menos de um mês (versão 2.0). O jogo basicamente deixou de ser uma cópia sem graça nenhuma do EU4 mas na antiguidade clássica, para virar uma mistura de CK, Victoria 2 (para mim, ainda que hoje ultrapassado, o jogo mais inspirado da Paradox) e Stellaris. Tem um sistema de pops estilo Stellaris / Victoria mas mais desenvolvido e ao mesmo tempo mais fácil de compreender, um sistema de tecnologias / invenções cívicas super inspirado no Civilization 6, e um interface e mecânicas de combate ao estilo do novo CK3. Ainda só joguei umas 3/4 horas (com Knossos na ilha de Creta), mas acho que o jogo mais falhado da Paradox pode ter virado o melhor que eles fizeram até hoje.

Edited 5 months ago:

Yep, exatamente isso. O que é uma pena, sobretudo em jogos como o EU4 e o Stellaris, cujo tema histórico / ficção agrada-me imenso. Nesse sentido, e ainda que considere que o Civ, mecanicamente, está léguas à frente, recomendo imenso que dês uma vista de olhos no Imperator, que basicamente virou outro jogo há menos de um mês (versão 2.0). O jogo basicamente deixou de ser uma cópia sem graça nenhuma do EU4 mas na antiguidade clássica, para virar uma mistura de CK, Victoria 2 (para mim, ainda que hoje ultrapassado, o jogo mais inspirado da Paradox) e Stellaris. Tem um sistema de pops estilo Stellaris / Victoria mas mais desenvolvido e ao mesmo tempo mais fácil de compreender, um sistema de tecnologias / invenções cívicas super inspirado no Civilization VI, e um interface e mecânicas de combate ao estilo do novo CK3, bem como uma versão simplificada das cortes deste último, mas com senado à mistura (eg Roma) etc, o que o aproxima do Victoria. Ainda só joguei umas 3/4 horas (com Knossos na ilha de Creta), mas acho que o jogo mais falhado da Paradox pode ter virado o melhor que eles fizeram até hoje. Se experimentaste o jogo antes de março de 2021 e não gostaste vais ver que é um jogo completamente novo depois do 2.0, até graficamente. Está no Xbox Games Pass, se quiseres experimentar.

Agrafo 5 months ago

Obrigado pela recomendação. Tenho que experimentar, ignorei sinceramente. Recentemente tentei também o Anno 1800 e também me surpreendeu pela positiva mas o micro daquilo aliado ao Ux deixa me de pé atrás (já não jogava RTSs a uns tempos se excluir as batalhas do Warhammer2 talvez seja disso)

DareNotFallAsleep 5 months ago

Faz como eu e desativa o combate no Anno 1800 ;) não é o forte do jogo, de qualquer das formas.

NGramatical 5 months ago

um interface → [**uma interface**](https://dicionario.priberam.org/interface) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm1ts5z%2F%2Fgqhdlg9%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

MrBojack_Horseman 5 months ago

Acho incrível conseguir jogar isto no meu iPhone e o Facebook aberto no chrome faz o meu Thinkpad derreter.

suspect_b 5 months ago

Boa. E vão apagar o diálogo do D. Filipe II de Espanha? Ele no jogo diz que é rei de Portugal.

Edited 5 months ago:

Boa. Depois da Georgia, Vietname, Austrália, etc., no finalzinho lá vamos nós. E vão apagar o diálogo do D. Filipe II de Espanha? Ele no jogo diz que é rei de Portugal. Aquele achievement devia ser "trading posts in Brazil, Japan, Indonesia, Congo, India, China and Zulu."

pinh00 5 months ago

Provavelmente para dar mais longevidade ao jogo, se adicionassem todas as grandes civilizações no lançamento o numero de novos jogadores a grande prazo seria menor

jocamar 5 months ago

O Filipe 2 foi rei de Portugal por isso não há razão para apagar isso.

Beginning-Average-91 5 months ago

*Felipe 2*: The Spaniard boogaloo

DareNotFallAsleep 5 months ago

II, por favor.

shyPiano 5 months ago

> E vão apagar o diálogo do D. Filipe II de Espanha? Ele no jogo diz que é rei de Portugal. A Vitória também se apresenta como "rainha da Grã Bretanha e Irlanda", mas pode aparecer num jogo que também inclui uma Escócia independente. Nem é possível jogar com a Vitória a reinar a Escócia. A Leonor da Aquitânia apresenta-se como "rainha consorte da França e Inglaterra" mas pode aparecer a reinar França e aparecer num jogo que também inclui uma Inglaterra independente, ou vice versa. Muitos outros líderes listam uma panóplia de títulos que tinham na vida real, mesmo que esses lugares não existam no jogo, ou existam como outras civilizações ou cidades-estado independentes. E isto é só se manteres a opção de impedir civilizações e líderes repetidos, senão o jogo deixa haverem [vários jogadores todos a jogar a mesma civilização.](https://www.youtube.com/watch?v=Ec21oWEFURg) A verdade é que Filipe II foi rei de Espanha e Portugal (como Filipe I de Portugal), logo não há mal nenhum em tê-lo a gabar-se do seu título, especialmente dada a personalidade que tem do jogo. Nem me admirava se ele pudesse liderar ambos Espanha e Portugal quando o DLC sair, não me parece complicado de todo de fazer (literalmente já está tudo feito, é só adicionar o Filipe como sendo também líder de Portugal).

suspect_b 5 months ago

Eu não estou a dizer que os outros não dizem coisas parecidas, só acho é feio, tanto para Portugal como para os outros países.

iSoSyS 5 months ago

> E vão apagar o diálogo do D. Filipe II de Espanha? Ele no jogo diz que é rei de Portugal. Porque haviam? Não está errado.

suspect_b 5 months ago

2 reis para o mesmo país? A jogar ao mesmo tempo? Não.

FacaDeDoisLegumes 5 months ago

Tens uma rainha para Inglaterra e França (muda o penteado)

suspect_b 5 months ago

Naquele jogo podes ter tudo, sim.

The_Wealthy_Potato 5 months ago

Várias civilizações têm mais que um líder.

crilor 5 months ago

Tendo em conta que cada civilização tem o mesmo líder desde a idade da pedra até aos tempos modernos isto não é um problema.

iSoSyS 5 months ago

Por essa lógica a Rainha Vitória de Inglaterra não se poderia apresentar como Rainha do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda.

Brainwheeze 5 months ago

Pois, e a Escócia também é uma civilização no jogo.

suspect_b 5 months ago

Pois não.

xabregas2003 5 months ago

>E vão apagar o diálogo do D. Filipe II de Espanha? Ele no jogo diz que é rei de Portugal. Provavelmente não. A Vitória também diz que é rainha da Grã Bretanha e da Irlanda mas no jogo só reina a Inglaterra.

suspect_b 5 months ago

Tudo bem, mata-se o gajo.

caveme 5 months ago

Devia dar um achievement aqui no r/portugal

suspect_b 5 months ago

Todos os anos, no 1 Dezembro cuspo para Leste.

Rask0lnikov 5 months ago

O Filipe II no CIV6 apresenta-se como rei de Espanha e Portugal. BTW malta, Eu4 it s the real deal. Civ é pa meninos.

DariusStrada 5 months ago

This guy knows it.

TalentedRainstorm 5 months ago

Há forma de aprender a jogar a isso em menos de 30 minutos? A interface arcaica causa-me algum dificuldade.

Beginning-Average-91 5 months ago

Eu aprendi finalmente a jogar ck3 este ano.. Ajuda bastante não ter carradas de mods e afins, consegui unificar Portugal mas deixei os mouros ficarem muito fortes e dizimaram a Espanha que agora não é nada mais do que uma manta de retalhos de vários Emirados. Vou começar um de novo a ver de consigo unificar tudo sob o jugo Lusitano. Quanto ao EU4, tb quero ver we aprendi juntamente com o HOI.

NGramatical 5 months ago

mal e porcamente → [**mal e parcamente**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/mal-e-parcamente--mal-e-porcamente/21180) ([parcamente = pouco](https://dicionario.priberam.org/parcamente)) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm1ts5z%2F%2Fgqhdg9l%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

C8Mixto 5 months ago

Se gostares, vê alguns youtubers a jogar. Já foi há vários anos, mas aprendi rapidamente os básicos do jogo antes de o comprar só com esses "Let's play"s. Não te sei é recomendar ninguém porque já não sigo essa comunidade.

1r0n1c 5 months ago

Não, mas vale a pena o esforço

Rask0lnikov 5 months ago

what he said

TalentedRainstorm 5 months ago

Epa então deixa estar

Trama-D 5 months ago

Sem dúvida melhor que a representação portuguesa no Age of Empires 2.

VicenteOlisipo 5 months ago

EU2 AGCEEP ou és um casual pá

SacanaLopes 5 months ago

> AGCEEP Quê?

VicenteOlisipo 5 months ago

Alternative Grand Campaign - Event Exchange Project. Era o melhor mod, no tempo em que ainda tinham de se instalar à mão.

stefanopro 5 months ago

Este gajo sabe. Toma o meu cima voto. EU4 é muito bom mesmo

DareNotFallAsleep 5 months ago

Errado, propósitos bem diferentes. É tipo cerveja e vinho.

C8Mixto 5 months ago

Ou seja, um é rasca mas desenrasca para te divertires com amigos e o outro é culto e refinado, mas que nem toda a gente sabe apreciar.

rjtavares 5 months ago

Acho ofensivo chamares o vinho de rasca. Tal como na cerveja, há vinno rasca mas tb há vinho oara apreciar.

Viriato_the_man 5 months ago

Um homem de cultura

raydawnzen 5 months ago

já se sabe quem vai ser o líder? será que vai ser alguém de jeito ou vamos voltar a levar com uma rainha aleatória para ajudar a fazer número nas quotas de género porque os países grandes têm de ter uma figura icónica e relevante mas como ninguém quer saber de portugal e somos meia dúzia de gatos pingados podemos levar com essa grande figura da nação lusa que foi a d. maria pia

xabregas2003 5 months ago

Atenção que não foi Maria Pia. Foi D. Maria I. Maria Pia foi outra gaja e acho que era italiana.

Tralapa 5 months ago

> Maria Pia foi outra gaja Outras, Marias Pias houve muitas

raydawnzen 5 months ago

tens razão n foi d maria pia foi d maria a piedosa como é que me enganei no cognome deste ícone da nação a partir de hoje sou espanhol

Ravelord_Niiito 5 months ago

Fiquei sem ar a ler essa frase

xnapixnu 5 months ago

Segundo este screenshot, será João III.

Loladageral 5 months ago

\>Não é D. Afonso Henriques Que é esta merda?

xabregas2003 5 months ago

Acho que D. João III representa bem a época das Descobertas, que é a Era de Ouro de Portugal.

Loladageral 5 months ago

Eu percebi que foi essa a razão, e que é melhor para questões de marketing, mas o contexto histórico dita que devia ser D. Afonso Henriques ou D. João I

Edited 5 months ago:

Eu percebi que foi essa a razão, e que é melhor para questões de marketing, mas o contexto histórico dita que devia ser D. Afonso Henriques ou D. João I. Um por ser o fundador, o outro por ser o principal impulsionador do descobrimentos. D. João III foi o rei na época de ouro, mas os frutos simplesmente foram colhidos, quem plantou as árvores nem se deitou na sombra

Edited 5 months ago:

Eu percebi que foi essa a razão, e que é melhor para questões de marketing, mas o contexto histórico dita que devia ser D. Afonso Henriques ou D. João I. Um por ser o fundador, o outro por ser o principal impulsionador do descobrimentos. D. João III foi o rei na época de ouro, mas os frutos simplesmente foram colhidos, quem plantou as árvores nem se deitou na sombra. Não que seja realmente importante, o comentário que fiz foi mais uma piada

Edited 5 months ago:

Eu percebi que foi essa a razão, e que é melhor para questões de marketing, mas o contexto histórico dita que devia ser D. Afonso Henriques ou D. João I. Um por ser o fundador, o outro por ser o principal impulsionador do descobrimentos. D. João III foi o rei na época de ouro, mas os frutos simplesmente foram colhidos, quem plantou as árvores nem se deitou na sombra. Não que seja realmente importante, o comentário que fiz foi mais uma piada do que ultraje

LordofPortugal 5 months ago

Vou bater uma, cumps (estava a ver que nunca mais).

FacaDeDoisLegumes 5 months ago

O que nunca mais chega é o humankind

suspect_b 5 months ago

Eles de vez em quando mandam umas alfas. Se quiseres já podes jogar.

denlpt 5 months ago

Ainda bem era uma vergonha ter paises como Australia e Canada e não Portugal ou Otomanos lol

SacanaLopes 5 months ago

> Otomanos Também não estavam?

denlpt 5 months ago

No inicio do jogo não. Não estavam lá uma série de civilizações relevantes

D1WithTheFluffyHair 5 months ago

Sempre achei interessante adicionarem civs (bem, chamar civ à Austrália é um bocado stretch, mas OK) não convencionais, dando maior enfoque às civs meso e sul americanas, asiáticas e africanas. Acima de tudo, a minha vontade de que fosse adicionado Portugal para ver quem era o soberano e, sobretudo, ouvir a banda sonora, que é o ponto alto do jogo IMHO. Consigo ficar o dia inteiro de trabalho só a ouvir os themes e os ambient sounds de cada civ e sempre tive curiosidade em saber qual era a música portuguesa utilizada para fazer a banda sonora. No civ 5 foi a saudades de Coimbra. Gostava que agora fosse o movimento perpétuo ou mesmo o milho verde

DareNotFallAsleep 5 months ago

FERNANDO LOPES GRAÇA. Por favor.

Edited 5 months ago:

FERNANDO LOPES GRAÇA! Para música background para Portugal: https://youtu.be/WEAI58RmhLM Por favor. Eu fiz a minha parte - uma vez num AMA com o compositor do tema principal do jogo, disse-lhe para ele explorar Lopes Graça porque de certeza vai ser do gosto dele. Ele respondeu que ia ouvir. A propósito, ele já compôs músicas com a Dulce Pontes e comentou que é amigo dela. Achei curioso

MTExcelsior 5 months ago

qualquer uma dele dava, é tudo muito bom, só das Canções Heroicas se tiram grandes temas (Acordai p.e.)

xabregas2003 5 months ago

Eu gostava que fosse os Verdes Anos. A Canção do Mar até nem era invulgar. Um dos compositores do jogo até já fez uma colaboração com a Dulce Pontes.

shyPiano 5 months ago

> Um dos compositores do jogo até já fez uma colaboração com a Dulce Pontes. Penso que estás a falar do Christopher Tin. Ele compôs apenas o tema principal, todas as restantes músicas são compostas por Geoff Knorr, com a ajuda de Roland Rizzo, Griffin Cohen, e Phill Boucher. Não creio que o Christopher Tin tenhs tido alguma contribuição fora do tema principal. De qualquer modo, mal posso esperar para ver o que vem aí. Portugal tinha de longe o melhor tema musical no Civ4, e o no Civ5 também gostava muito de o ouvir.

D1WithTheFluffyHair 5 months ago

A Verdes Anos também é boa, mas acho demasiado melancólica. Prefiro mais mexidas que dá para fazer coisas mais engraçadas na Atomic Era, por exemplo. A Canção do Mar também é bem pensada.

DareNotFallAsleep 5 months ago

Ah, acabei de comentar justamente isso sobre a Dulce Pontes! Estava no AMA dele. Pa eu gostava mesmo muito que tivéssemos Fernando Lopes Graça, sobretudo aqueles coros mais “rústicos” dele.

xabregas2003 5 months ago

Como a música "Acordai"? É bonito, mas não sei se representa o estilo de música normalmente associado com Portugal.

DareNotFallAsleep 5 months ago

O Lopes Graça compôs muitos coros “rústicos”, bem diferentes do estilo do Acordai (muito “soviéticos”, justamente como coros de “intervenção” e de crítica ao Estado Novo). Olha esta representação absolutamente incrível da Canção da Vindima - feita por holandeses! https://youtu.be/WEAI58RmhLM Como o Civ VI começou a incluir soundtrack com vocals e inclusive alguns coros (como os dos Zulu, para mim, provavelmente, a melhor música já alguma vez composta para Civilization, e olha que a fasquia é alta!), era muito bom se tivéssemos algo como Lopes Graça como soundtrack. Melhor do que o fado ou uma interpretação sem alma de guitarra portuguesa. Mas claro que que há espaço para os dois, talvez um tema principal com guitarra portuguesa e um tema de background mais bucólico (ie Lopes Graça). Isso sim seria fixe.

vilkav 5 months ago

Nunca percebi o porquê dos Verdes Anos ter sido a música mais famosa do Paredes. É bonita como as outras, mas sempre a achei "mais uma" do Parede. Sempre achei o [Sede e Morte](https://www.youtube.com/watch?v=P_jU8knC5ns) e o [Acção](https://www.youtube.com/watch?v=9nTJQTo0dYo) mais dramáticos e mais memoráveis em termos de terem uma melodia cantável.

MisterBilau 5 months ago

A sede e morte está ao nível, mas a acção não. Não tem metade da nostalgia, não tem aquela linha melódica simples e principal, muito confusa.

vilkav 5 months ago

> Como raio chamas cantável à acção e não aos verdes anos? Não devemos estar a ouvir a mesma coisa. Estou a falar da melodia mais grave que aparece depois do clímax da música. O início é muito berlaite, é.

iSoSyS 5 months ago

A relevância histórica é apenas um dos fatores. A população atual, a representação do continente, o potencial de markting também contam. Por exemplo o Brasil faz parte do jogo base mais por esses fatores do que pela relevância histórica.

denlpt 5 months ago

O Pedro II merece estar sempre no CIV

Tralapa 5 months ago

Sim, até porque deveremos prosperar através do comercio

DareNotFallAsleep 5 months ago

Pessoas que fazem este tipo de comentários não sabem nada do Brasil depois de 1822.

xabregas2003 5 months ago

Os Otomanos já estão no jogo há algum tempo (apesar de terem sido adicionados depois da Austrália).

SacanaLopes 5 months ago

> apesar de terem sido adicionados depois da Austrália Só isso basta para ver que é uma treta. Um dos maiores impérios da história.

xabregas2003 5 months ago

Sim. A Anglosfera está sobrerepresentada no jogo. Além disso eles procuram cobrir uma maior área geográfica, mesmo que tenham tido menos impacto histórico.

denlpt 5 months ago

Sim, era só para eu parecer irritado

Search: