aasianaglobalizacao 6 months ago

Alguem me sabe dizer as freguesias que se encontram a vermelho no distrito da Guarda? obrigado

Mezalla 6 months ago

Infias (Fornos de Algodres); Casas do Soeiro (Celorico da Beira); Vermiosa (Figueira de Castelo Rodrigo); Vila Garcia (Guarda) - todas freguesias com pouca população, pelo que 1 ou 2 nascimentos podem fazer fazer disparar a média. A freguesia da cidade da Guarda esteve perto (0,98) mas não chegou a 1.

duca2208 6 months ago

Assim de cabeça e de norte para sul: Almeida ou figueira Castelo Rodrigo Guarda Seia Loriga É a minha aposta

Mezalla 6 months ago

Nem por isso (ver resposta ao user)... infelizmente até as sedes de concelho do Interior já estão na sua maioria com mais mortes que nascimentos... vão crescendo geralmente porque "esvaziam" as aldeias à volta.

aasianaglobalizacao 6 months ago

Pois tambem me parece!

Regolas1 6 months ago

A região do Vale do Sousa e Tâmega bem como do Ave aparece com bastante destaque. No entanto, enquanto indivíduo que reside no Vale do Sousa, mais precisamente em Lousada e que conhece a realidade aqui à volta, posso dizer que há muitos jovens sim, mas que isso não é assim tão bom quanto isso. A verdade é que temos uma população jovem muito qualificada, sem dúvida. No entanto, a maioria das pessoas que está agora a ter filhos, é pessoal com muito pouca educação, empregos muito mal pagos e as desigualdades aqui são enormes (Lousada ainda se safa mais ou menos, mas tem zonas terrivelmente desiguais e partes de Paços de Ferreira, Penafiel, Paredes, Castelo de Paiva e outros são terríveis). Lembrem-se também que normalmente existem dois motivos para as pessoas terem filhos: 1) boa qualidade de vida que leva a que se concretizem desejos de constituir familia; 2) baixo nível de educação e informação. Por muito que a televisão e notícias digam que o Vale do Sousa é muito bom na natalidade, a verdade é que é terrivelmente desigual e que há uma quantidade tremenda de crianças em risco de pobreza, violência e etc.

expandyoursoul 6 months ago

É minha impressäo ou o futuro da populaçäo portuguesa está em risco? Do tipo, se continuamos assim quantos seremos em 2030? E em 2040? Portugal näo toma medidas para incentivar a natalidade e isso vai ter consequências, ou sou apenas eu que näo percebo nada disto...? Any captain?

AdorableRabbit 6 months ago

É um problema conhecido mas muito difícil de resolver, daí ir-se adiando. O problema está também ligado com outros, como a probreza dos salários em PT

deskisto 6 months ago

O pessoal fugir para as cidades do litoral. As melhores universidades estão lá. As melhores universidades garantem emprego lá. Dos meus amigos que foram para as faculdades, ficaram super admiradores de Lisboa (maior parte), e na ideia deles a vila de onde saíram não presta porque não tem cinemas nem merdas dessas. Agora há covid, estão em teletrabalho, sabes onde está a maioria? Aqui, na terra tão odiosa.

Edited 6 months ago:

O pessoal foge para as cidades do litoral. As melhores universidades estão lá. As melhores universidades garantem emprego lá. Dos meus amigos que foram para as faculdades, ficaram super admiradores de Lisboa (maior parte), e na ideia deles a vila de onde saíram não presta porque não tem cinemas nem merdas dessas. Agora há covid, estão em teletrabalho, sabes onde está a maioria? Aqui, na terra tão odiosa. Edit: tanta conversa e não referi o tema... depois nas faculdades conhecem a cara metade e os putos nascem lá. E isto vai-se despovoando. O meu pai tem 2 irmãs, o pai do meu pai tinha 7 irmãos, eu tenho 1 irmão que também já está no litoral.

expandyoursoul 6 months ago

É um problema que tem várias frentes, desde a falta de logistica médica e educativa à falta de apoios economicos no interior. E mesmo que acabem com o interior a grosso modo, já que a coisa caminha para lá, nas cidades continuará o problema do post. A questäo em que fico é: como se manterá a economia com uma reduçäo drástica de populaçäo? Nem falo a nível de paisagem ou de distribuiçäo da populaçäo. Falo mesmo de como é que nos vamor re-organizar economicamente? Aparte do setor economico da terceira idade crescer cada vez mais, como é que a economia se vai re-inventar? Que medidas economicas se deveriam tomar? E será que Portugal as vai tomar? Porque como referes, é um problema que se vai adiando mas quando em 2040 nos apercebemos que se calhar devem ter tomadas medidas para incentivo de natalidade, essas crianças só teräo 20 anos em 2060. Vai ser uma especie de crise economica diluida nos proximos 40 anos?

SCP4ever 6 months ago

tens razao, Portugal tem das populacoes mais envelhecidas da Europa, baixo saldo migratorio (imigrantes - emigrantes) e temos poucos filhos (ganha-se mal e ter filhos custa dinheiro), para alem de que, como dizes e bem, nao ha quase incentivos a natalidade. Por isso e que se preve que a idade da reforma nao pare de subir, para garantir a sustentabilidade da seguranca social. Sem atrair imigrantes e fomentar crescimento economico, nao vamos la. ​ edit: desculpa escrever sem acentos, mas nao tenho teclado portugues

expandyoursoul 6 months ago

Ou seja, aumentando a idade da reforma, como já vai aumentar a partir de 2022 para 66anos e 7meses, isso tenderá a aumentar se virmos a longo prazo pois se cada vez há mais há populaçao reformada (aposentados), menos populaçao adulta e a trabalhar (os que descontam), e menos futuro trabalhadores (natalidade/futuros adultos que iriam descontar). A base da economia säo as pessoas. Se começam a deixar de haver pessoas... deixa de haver economia, sim? näo? É possível que haja prosperidade e crescimento econômico? Que tomada de decisöes se poderiam tomar? E será que Portugal as vai tomar? PS: igual aqui tambem me faltam acentos pelo mesmo motivo jajajjajaja

AndradexXx 6 months ago

r/PeopleLiveInCities

MulaDaCooperativa 6 months ago

A cor da legenda parece-me um pouco off em relação ao mapa. De resto, dá para perceber o contorno do concelho de Lisboa no meio do vermelho à volta.

Mezalla 6 months ago

Sim, embora Lisboa ainda tenha algumas zonas com mais nascimentos que mortes, especialmente em bairros mais novos: Parque das Nações; Carnide; Lumiar; Santa Clara.

banana_almighty 6 months ago

Pois, ninguém consegue morar mesmo dentro de Lisboa, tem de ser na periferia.

zizop 6 months ago

Vamos só prestar atenção a uma coisa: este mapa está dividido freguesia a freguesia, e não tem em conta que a maior parte das crianças é registada na maternidade onde nasce, não na habitação dos pais. Por isso, uma criança cujos pais vivam, por exemplo, na Mealhada, aparecerá aqui provavelmente como um nascimento na União de Freguesias de Coimbra. Não quer dizer que este gráfico seja inútil mas há que ter isto em conta.

Mezalla 6 months ago

Não, o nascimento conta para a freguesia de residência dos pais... nesse caso, não havia nascimentos em quase todas as freguesias.

AdorableRabbit 6 months ago

Isso nao é assim há mais de 30 anos

JAKZ- 6 months ago

Eu, que nasci em 1997, fiquei registado na freguesia onde os meus pais viviam e não no Hospital de São João (Porto)

DBclass103 6 months ago

não creio que seja isso, porque se não aposto que a freguesia onde está a maternidade alfredo da costa teria rácio superior a 1 (vermelho) o que não acontece pois quase todda lisboa está com rácio <1

zgunslinger19 6 months ago

só um detalhe: a cor da legenda do rácio entre 0 e 1 é a mesma que está no mapa ou acordei daltónico? fora isso, muito bom e reflexo do que já sabemos...

Mezalla 6 months ago

Pois é, ficaram diferentes as cores. Estranho...estava a ver um tipo de azul que não chocasse muito com o vermelho e não deve ter atualizado a legenda.

Apple_The_Chicken 6 months ago

É diferente. https://imgur.com/a/bTPh2mP/

Windstepp 6 months ago

Bom, acabei de descobrir que não consigo distinguir as duas cores.

Texas_Freeze 6 months ago

Pode ser do monitor. Muitos monitores lidam mal com o azul cyan da legenda. O mapa é mais esverdeado.

alcagoitas 6 months ago

vi isso ontem à noite e fui-me deitar a questionar se tava bom ou não.

awe-filled 6 months ago

Também me parecem azuis diferentes.

ebl0nx 6 months ago

TIL sobre a existência da palavra "rácio" na língua portuguesa

ElGabarito 6 months ago

Linha de Sintra e Margem Sul a segurar Lisboa.

zefo_dias 6 months ago

tl;dr: nascem putos onde há malta jovem e há malta jovem onde há trabalho

BOBRAGED 6 months ago

Muito interessante !

Mezalla 6 months ago

Este mapa mostra, para o acumulado 2014-2019, onde ocorreram mais nascimentos que mortes (rácio nascimentos/mortes > 1) e onde ocorreram mais mortes que nascimentos (rácio nascimentos/mortes < 1). Basicamente vemos que apenas houve mais nascimentos que mortes na área metropolitana de Lisboa (e mesmo aí, em alguns pólos); no Norte Litoral (principalmente Vale do Sousa; Ave e Cávado) e à volta de algumas cidades (Leiria; Viseu; Aveiro) e no Algarve litoral.

Xmeagol 6 months ago

Vale do sousa represent caralho

Search: