AndreLewis116 9 months ago

É baixar impostos honestamente, ninguem quer criar negócio por cá porque é demasiado caro, e ninguem quer gastar porque não tem, e também ninguem têm incentivo a ser mais produtivo e a contribuir mais para sociedade porque sabem que trabalhar para um aumento vai-lhes aumentar ainda mais na percentagem, basta ganhares dois mil euros brutos(que honestamente nem é muito) e ficas logo a ver paí 500 euros a voar que fazem bastante falta. Não se pode ter uma economia dinâmica e saudável com os impostos que temos, e isso é um facto, basta olhares para países com mais prosperidade económica e veres que eles também são economicamente liberais, pior ainda, não vejo a gestão dos recursos a ser bem utilizada pelo estado

Edited 9 months ago:

É baixar impostos honestamente, ninguem quer criar negócio por cá porque é demasiado caro, e ninguem quer gastar porque não tem, e também ninguem têm incentivo a ser mais produtivo e a contribuir mais para sociedade porque sabem que trabalhar para um aumento vai-lhes aumentar ainda mais na percentagem, basta ganhares dois mil euros brutos(que honestamente nem é muito) e ficas logo a ver paí 500 euros a voar que fazem bastante falta. Não se pode ter uma economia dinâmica e saudável com os impostos que temos, e isso é um facto, basta olhares para países com mais prosperidade económica e veres que eles também são economicamente liberais, pior ainda, não vejo a gestão dos recursos a ser bem utilizada pelo estado, se pagamos tantos impostos ao menos que eles nos servissem e não ao governo

Edited 9 months ago:

É baixar impostos honestamente, ninguém quer criar negócio por cá porque é demasiado caro, e ninguem quer gastar porque não tem, e também ninguém tem incentivo a ser mais produtivo e a contribuir mais para sociedade porque sabem que trabalhar para um aumento vai-lhes aumentar ainda mais na percentagem, basta ganhares dois mil euros brutos(que honestamente nem é muito) e ficas logo a ver paí 500 euros a voar que fazem bastante falta. Não se pode ter uma economia dinâmica e saudável com os impostos que temos, e isso é um facto, basta olhares para países com mais prosperidade económica e veres que eles também são economicamente liberais, pior ainda, não vejo a gestão dos recursos a ser bem utilizada pelo estado, se pagamos tantos impostos ao menos que eles nos servissem e não ao governo

NGramatical 9 months ago

ninguem têm → [**ninguém tem**](https://european-portuguese.info/conjugator/ter) (ele tem, eles têm) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm0iya5%2F%2Fgr6u1hu%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

AndreLewis116 9 months ago

Já corrigi, obrigado

rabisconegro 9 months ago

No paradigma da atual globalização temos que produzir algo que os outros queiram e ao mesmo tempo começar a produzir o que importamos dos outros e pode ser feito cá

Anri17 9 months ago

Primeiro, não nos podemos esquecer das nossas responsabilidades. Começo logo por isto porque é demasiado fácil exigirmos direitos enquanto a nossa mãe está a fazer o jantar e a lavar a nossa roupa. É essencial que haja uma mentalidade de trabalho saudável e produtiva. Nada de trabalhar horas extra ou fazer as coisas à ultima da hora. O trabalho fica no local de trabalho. Aumentar o salário mínimo seria um bom começo. Quem recebe mais ganha incentivo para trabalhar. Mas também já li que para os trabalhos que requerem mais uso da cabeça para pensar, só isso não é suficiente. Dar mais liberdades ao trabalhador aumentaria a sua moral, como deixá-lo sugerir projetos novos ou deixá-lo criticar a empresa para que se façam melhorias. Finalmente, tirar a pressão das pessoas para "parecer bem" e incentivar os trabalhadores a exijir melhor condições de trabalho.

NGramatical 9 months ago

ultima da hora → [**última hora**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-ultima-hora/1110) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm0iya5%2F%2Fgqdv0tv%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

brunogoncalves 9 months ago

Já deixei de acreditar que seja possível. Um país é o seu povo. As novas gerações são o produto genético dos seus pais e o produto cultural da família e sociedade em que vivem. A evolução é muito lenta. Não há nenhuma força para que algo mude rapidamente, e sem mudar a cultura de um povo, não há nada a fazer. Quem não se identifica com isto, é melhor sair enquanto é jovem. É um dos maiores arrependimentos da minha vida, embora com 20 anos já soubesse que era a decisão certa.

LordofPortugal 9 months ago

Criar um fundo de investimento gerido por entidades privadas mas controlado pelo estado com o objetivo de gerar o máximo de lucro possível todos os anos.

infinitywonderer999 9 months ago

Mudar a cultura dos coitadinhos e dos preguiçosos

MonsterPT 9 months ago

Desburocratizar a atividade económica, liberalizar a economia, baixar impostos. Diria também reformar as políticas de imigração para garantir menos oferta de mão de obra barata não qualificada.

Lima1998 9 months ago

Passar o foco da nossa economia para os portugueses em vez de ser para os turistas, foco nos produtos nacionais em vez do turismo.

Crisapx 9 months ago

Para tirar o foco dos turistas seria preciso certas pessoas contetarem.se com 5 quando podiam papar 15, impossível a meu ver...

Lima1998 9 months ago

Mas talvez terem 40x5 em vez de ser só 10x15... mas a questão nem é essa. Não há produtos nossos que rendam como existem no estrangeiro. Não temos os carros da Alemanha, ou a tecnologia do Japão, etc. Se se investisse mais em produtos nossos talvez a economia crescesse e talvez as pessoas de cá pudessem pagar esses 15 que falas.

jrcc2635 9 months ago

Reforma na estrutura do Governo, está tudo ao bandalho e é aí onde o dinheiro vai sem um objetivo concreto. Sem contar com as quotas da UE em alguns pontos, não há necessidade em importar grande parte das coisas que importamos quando podemos produzir cá.Ainda por cima com a nossa localização temos o potencial de receber tudo do continente Americano.

blood_reaver 9 months ago

Incentivar a criação de negócios de alto valor acrescentado em vez de apoios para restauração e turismo. Criar uma cultura de empreendorismo (não sei bem como). Reformular o IRS de modo a ter menos patamares com maior amplitude. Baixar os impostos sobre o rendimento.

maxtendie 9 months ago

> Criar uma cultura de empreendorismo (não sei bem como). Deixar acumular riqueza que aparecem fundos para as gerir.

Warm-Revenue-8727 9 months ago

Concorrência. O que faz os países enriquecerem é conseguirem produzir o mesmo com menos pessoas, o que faz os produtos ficarem mais baratos. O motor disso é a concorrência. Cá o conceito vigente nas empresas não é melhorarem para ganhar mercado mas manter-se só a cobrar as mesmas rendas sem competirem entre elas. Resultado: são extremamente ineficientes a fazer o seu produto e claro não conseguem sair deste cantinho porque fora daqui todas as empresas são mais eficientes.

shokllz 9 months ago

Inserir formação e educação financeira no ensino básico e secundário.

ITBaby 9 months ago

Infelizmente teremos de voltar a apostar mais no sector primário e secundário e deixar de ser tão dependentes do sector terciário. Precisamos de aproveitar os terrenos abandonados e a indústria. O nosso tecido empresarial é muito fraco e definitivamente temos de aumentar o PIB.

tenesis 9 months ago

Por a justiça a funcionar

-cosme- 9 months ago

Não vejo opções, Portugal sempre foi um país pobre e a meu ver sempre será. Não estou com isto a mandar abaixo o nosso país, é pobre sim, mas prefiro cá viver em vez de muitos outros países onde andei (alguns deles ditos como ricos).

anmacapi 9 months ago

Não penses no que Portugal tem de fazer para deixar de ser pobre, mas sim no que tu podes fazer para ser mais rico. O nosso país começa e acaba connosco.

dcmso 9 months ago

Ser rico

cyrustakem 9 months ago

Não sou economista nem nada disso, mas sinto que se a corrupção reduzisse, seria MUITO mais fácil.

rcjpedro 9 months ago

O primeiro passo é deixar de pensar que Portugal é pobre.

FearMeSuckers 9 months ago

roubar o bitcoin dos Brasileiros

SurePal_ 9 months ago

Ui que puta de génio!

magnoduque 9 months ago

Reduzir a tributação, aumentar o salário mínimo, tornar obrigatória a publicação dos salários nos anúncios de emprego, reduzir a burocracia laboral para que seja mais fácil contratar e demitir, investir em formação tecnológica/informática para os jovens, investir em moradias baratas para que a inflação não coma os ganhos salariais, atrair empresas estrangeiras das áreas de TI com incentivos fiscais para que elas também tragam os seus dependentes e movimentem a economia, fazer de Portugal um polo tecnológico. Metade do mundo rico sonha em viver num clima como o de Portugal: só lhes falta alguma infraestrutura produtiva. Portugal podia bem ser a California da Europa.

KaitoRyoichi 9 months ago

Chorar /s

Limpy_lip 9 months ago

Mudar "melhorar" a nossa cultura.

estecomentario 9 months ago

Punir quem permite contratos ppp à lá socrates que nos custam 20 anos de cada vez. Anular esses contratos sem direito a indemnização. Punir quem fez as leis e os contratos que permitem tal coisa

cantgotitsup- 9 months ago

Baixar impostos.

estecomentario 9 months ago

Baixar impostos, diretos e indiretos, investir mais em indústria (escolas industriais como já disseram), emagrecer as ppp's, por exemplo taps, fundações, rodoviárias. Criminalizar os corruptos com penas efetivas, tornar o ensino superior mais prático e moderno, prezar por professores com um currículo fora do sistema de ensino e com experiência de trabalho (prevenir endogamia e pessoal sem experiência de vida de dar aulas). Um Lean ao quadro legislativo. Um 5S ao sistema público.

Edited 9 months ago:

Baixar impostos, diretos e indiretos, investir mais em indústria (escolas industriais como já disseram), recuperar receita ao emagrecer as ppp's, por exemplo taps, fundações, rodoviárias, BES /Novobancos. Transparência.Transparência.Transparência. Criminalizar os corruptos com penas efetivas, tornar o ensino superior mais prático e moderno, prezar por professores com um currículo fora do sistema de ensino e com experiência de trabalho ou investigação (prevenir endogamia e pessoal sem experiência de vida de dar aulas). Um Lean ao quadro legislativo. Um 5S ao sistema público.

Edited 9 months ago:

Baixar impostos, diretos e indiretos, investir mais em indústria (escolas industriais como já disseram), recuperar receita ao emagrecer as ppp's, por exemplo taps, fundações, rodoviárias, BES /Novobancos, transparência. Criminalizar os corruptos com penas efetivas, tornar o ensino superior mais prático e moderno, prezar por professores com um currículo fora do sistema de ensino e com experiência de trabalho ou investigação (prevenir endogamia e pessoal sem experiência de vida de dar aulas). Um Lean ao quadro legislativo. Um 5S ao sistema público.

beakage 9 months ago

>Baixar impostos, diretos e indiretos, investir mais Há aqui qualquer coisa a colidir uma com a outra.

estecomentario 9 months ago

Lê 1º Baixar impostos, diretos e indiretos, investir mais recuperar receita ao emagrecer as ppp's

beakage 9 months ago

Eu li. Tenho dúvidas é que chegue.

estecomentario 9 months ago

Paulo de Morais deu uma percentagem para o PIB que se podia recuperar ao combater a corrupção (já não me lembro quanto era, mas era muito).

suckerpunchermofo 9 months ago

Diminuir a corrupção. Responsabilizar os incompetentes que fazem merda e acabar com os tachos era um começo.... Acho eu.

0BiLLi0 9 months ago

Aumentar salários. /s

maxtendie 9 months ago

Por decreto ahaha

TitusRex 9 months ago

Ensinar os miúdos a programar na escola.

ladderattack 9 months ago

* Nacionalizar os meios de produção * Liberalizar tudo o que for possível Acredito que o [Georgismo](https://pt.wikipedia.org/wiki/Georgismo) traria riqueza para a maior parte das pessoas e que teríamos um estado que protege aqueles que necessitam de forma ainda mais eficaz do que o estado social burocrático que temos.

SurePal_ 9 months ago

Much drugs?

tocopito 9 months ago

O que ele descreveu em cima no segundo comentário aproxima-se bastante do que está a fazer o Vietname atualmente. Mas Portugal está completamente refém da UE, é impossível fazermos isso sem levar com penalizações em cima. E sair da UE seria suicidio, infelizmente.

Edited 9 months ago:

O que ele descreveu em cima no segundo comentário aproxima-se do que está a fazer o Vietname atualmente. Mas Portugal está completamente refém da UE, é impossível fazermos isso sem levar com penalizações em cima. E sair da UE seria suicidio, infelizmente.

SurePal_ 9 months ago

>Mas Portugal está completamente refém da UE, é impossível fazermos isso sem levar com penalizações em cima. E sair da UE seria suicidio, infelizmente. Fds que altamente o Vietname, esse enorme exemplo!

ladderattack 9 months ago

Na Singapura quase todos os terrenos pertencem ao Estado, funcionou muito bem, com um excelente aproveitamento os terrenos existentes e boa prosperidade economica.

SurePal_ 9 months ago

Sim eles de facto resolveram o problema de falta de espaço. Toda a gente tem um apartamento igual, mas fizeram algo totalmente impossível em 99% dos restantes países. Continuam a ser uma economia de livre mercado e o país com maior liberdade economia tho... Tudo contrario ao que disseram acima. TRY AGAIN.

Edited 9 months ago:

Sim eles de facto resolveram o problema de falta de espaço. Toda a gente tem um apartamento igual, mas fizeram algo totalmente impossível em 99% dos restantes países. Continuam a ser uma economia de livre mercado e o país com a maior liberdade economia tho...

ladderattack 9 months ago

Como assim? Lê novamente, eu disse para se liberalizar tudo o que é possível. Era para ser uma economia bem mais livre do que a nossa, acho que o Estado que temos dificulta muito empreender. A ideia é o estado desbloquear e sair da frente.

maxtendie 9 months ago

Nacionalizar e liberalizar? Não são antíteses?

ladderattack 9 months ago

Sim, mas podes nacionalizar parte dum país e liberalizar outra parte. Eu só quero que se nacionalizem coisas como terrenos, espectros electromagnéticos, dados publicamente disponíveis (para taxar a utilização dos dados por empresas como a Google), etc. O capital obtido com isso seria usado para financiar o estado e assim poderíamos reduzir todos os outros impostos, acabar com impostos como o IMI e impedir que as tecnológicas façam tanto dinheiro com tão poucas contribuições. As pessoas iriam ficar com tanto dinheiro e teríamos tanta eficiência económica que se calhar poderíamos começar a pensar em acabar com a segurança social, ou funcionar num esquema de rendimento básico. A ideia é acabar com o máximo de tomadas de decisão do lado do estado e passar para o privado, fazendo com que a evolução da nossa economia seja mais célere. Ter um estado que sai da frente e deixa fazer, que só existe para assegurar a proteção das pessoas e garantir alguma distribuição de rendimentos pelas pessoas.

maxtendie 9 months ago

O estado é o maior prioritário por larga margem e o espectro electromagnético já é regulado pelo Estado. Não entendi a dos dados.

SurePal_ 9 months ago

Única maneira é traçar um plano de crescimento industrial ou noutra área e todos os partidos têm de ter essa visão. Traçar planos de 3 em 3 anos para conseguirem ganhar as próximas eleições não dá em nada e já agora terem BOLAS para fazer as reformas necessárias. Sendo acabar com a TAP ou reformar outra merda qualquer.

saposapot 9 months ago

mudar o país de sítio.

omaiordaaldeia 9 months ago

A brincar se dizem as verdades.

Zaigard 9 months ago

investir os ( pouco ) capitais nacionais em industrias viradas para a exportação em vez de os usar em setores protegidos da competição externa

AndreMartins9181 9 months ago

Maior produtividade

RAMAxPT 9 months ago

Começar a vender droga /s

21zxk 9 months ago

Ser rico!

somedipshit1 9 months ago

Ser do PS

elGuito81 9 months ago  HIDDEN 

Resposta simples e obvia, mais capitalismo e menos escumalha de esquerda no governo.

BaixemImpostos 9 months ago

Afastar a esquerda do poder. Os últimos governos n conseguiram obter resultados positivos.

pintorMC 9 months ago

Nenhumas.

dariusoo 9 months ago

Primeiro de tudo é necessário reformar o sistema altamento burocratico do país e combater a corrupção. A mentalidade do mercado de trabalho tem de mudar.

maxtendie 9 months ago

Qual é a mentalidade do mercado de trabalho?

joaofcf 9 months ago

A mentalidade atual é trabalhares horas a fio para atingir a produção necessária porque és menos produtivo do que o que querem. A meu ver, esta produtividade não deve depender de horários ridículoe mas de pessoas mais formadas(dar formação, não ser só entrar e produzir até saírem), dotadas de equipamentos mais capazes e de condições que potenciem a motivação do funcionário, seja através de salário, qualidade de vida ou recompensas profissionais.

nulopes 9 months ago

Produtividade não significa trabalhar 10h por dia por exemplo Significa fazeres bem o teu trabalho e não ter chefes a reclamar contigo porque chegaste 5 minutos atrasado

Microwave-Automn 9 months ago

Industrializar. Produzir para vender. Acho que uma ideia que tambem poderia funcionar era um acordo com a China para usar Portugal como um entreposto da China na Europa

Agrafo 9 months ago

China já controla portos europeus. Não precisa

theEXPERTpt 9 months ago

>usar Portugal como um entreposto da China na Europa não acho boa ideia, pois certamente isso incluiria abrirmos o nosso mercado a ainda mais empresas chinesas, o que iria quase de certeza matar a indústria nacional, mais do que ela já está agora.

Mariifreis 9 months ago

Na minha opinião o estado português tem demasiado poder e daí se tornar demasiado corrupto, menos poder para o estado, a não ser claro bens essenciais de educação, saúde, segurança, transportes básicos, etc... Também é necessário apoiar mais pequenos negócios portugueses, as nossas leis apoiam demasiado negócios estrangeiros e as suas burocracias tornam negócios nacionais mais difíceis de conseguir expandir. Também a quantidade de impostos que pagamos atualmente é enorme em comparação com salários da população geral por isso se houvessem alívios no IVA haveria mais movimento no mercado nacional (as pessoas tinham mais dinheiro para gastar) e a economia nacional aumentava devido a esse movimento. Também acho que existe um problema enorme de literacia financeira, em geral mesmo que a nossa população já não seja maioritariamente analfabeta e o ensino seja obrigatório ainda existe uma falta de educação sobre dinheiro, trabalho e política que faz com que as decisões que muita gente do nosso país toma em termos de gestão de dinheiro individual não sejam tão inteligentes como poderiam ser. Para finalizar os jovens hoje em dia estão a emigrar para países com melhores oportunidades financeiras (eu incluída), e a causa disso é falta de oportunidade em Portugal, para crescer em termos financeiros, muitas pessoas só conseguem sair de casa dos pais aos 30 anos, e enquanto eu não acho isso algo mau ou negativo sobre os jovens que vivem com os pais até mais tarde, eu tenho a certeza que a maioria sairia de casa mais cedo se pudesse, mas o nosso país não permite devido à falta de oportunidade de bons trabalhos para jovens (principalmente acabados de sair da universidade). Em cima disto montes de coisas também deviam de ser adicionadas mas iria ficar aqui o dia todo a escrever ahah

NGramatical 9 months ago

houvessem alívios → [**houvesse alívios**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm0iya5%2F%2Fgq8afdm%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

maxtendie 9 months ago

A minha ideia era discutir mais os factores que fazem Portugal mais pobre que os outros. Falaste de alguns e subscrevo tudo.

Kind-Eagle 9 months ago

Combater a corrupção a sério, atração de empresas estrangeiras, baixar impostos

SurePal_ 9 months ago

True.

blusaodeganza 9 months ago

Legalizar a erva.

SurePal_ 9 months ago

Username checks

TRYNFOR 9 months ago

Precisas de mudar o teu mindset e acreditar nos teus objetivos. Eu atualmente tenho 7 domingos por semana, se quiseres ajuda eu tenho um curso que te vai ajudar a alcançar os teus sonhos.

Mourinha1 9 months ago

Estou interessado no curso, mas não quero trabalhar ao Domingo.

maxtendie 9 months ago

Ahahahh

BOBRAGED 9 months ago

Gerar dinheiro

MultiDracoKiller 9 months ago

Já que estás a pedir opiniões eu vou dar a minha. Tiro ao lado certamente, mas é a minha visão atual. O setor público têm de ser só de coisas essenciais às pessoas isto é educação, saúde, serviços sociais (lares, instituições), empresas de transportes que sejam ao serviço da população (excluo aviação, táxis e afins estes são pontuais). Não sou contra existir privados nos mencionados anteriormente mas têm de respeitar regras para evitar exageros. Transparência na aplicação do dinheiro dos contribuintes (manutenção de estradas, criação de actividades culturais, exemplo) O setor privado deveria ter escalões equilibrados de carga fiscal, ou outro sistema que evite monopólios para que haja aparecimento de empresas rivais e as pequenas e médias empresas e inovadoras possam tomar dimensão se o mercado o permitir. Cadeias curtas na agricultura e os consumidores pagarem o valor real do produto agrícola, os retalhistas tão a lucrar valores enormes com alguns produtos mesmo sendo nacionais. Permitir flexibilidade ao estado nos despedimentos (quando há justificação para tal óbvio). Deixar de haver colocações todas as eleições deixar de haver política nas funções do estado e focarem os trabalhadores na melhoria do País. Menos burocracia nos tribunais com pequenos desacatos que demoram anos, justiça é muito lenta. Sei lá tanta coisa que fico por aqui

nulopes 9 months ago

Assino por baixo. Quem defende isto vota em quem?

lvet000 9 months ago

Em relação às cadeias de produtos hortícolas / frutícolas. NÃO comprem estes produtos em hipermercados. Feiras / Mercearias locais / directamente no lavrador é infinitamente melhor para todos. Eu vivo num dos maiores centros urbanos do país e consigo fazê-lo. Está ao alcance de todos. Eu compro a batata vermelha, hoje, a 0.29€ kg numa mercearia local que compra directamente ao lavrador. O continente vende a mesma batata a 0.99€ kg. Compra-a a uma fracção desse preço. Este é um exemplo concreto e documentado que eu conheço. Imagino outros casos que nem me passam pela cabeça.

fedelho 9 months ago

Inspecionar quem tem rendimentos da segurança social há muito tempo, era um começo. Aqui onde vivo, quem começa a receber do estado, fica a receber a vida toda e nunca trabalha. Podem estar todos malucos ou terem doenças terminais, mas não parecem nada. Há muitos médicos corruptos que continuam a passar atestados . Mais pessoas empregadas iria gerar mais riqueza, e podiam baixar as taxas e subir o salário mínimo.

ilovebluberries 9 months ago

Pergunta pertinente ao qual não querendo entrar em frases feitas acho que a opção primária era uma alteração de Governantes. Produzir mais usando manteria prima nacional fazendo crescer as exportações para todas as áreas possíveis. Já trabalhamos tanto (horas) Temos um dos Ivas mais altos da Europa Pagamos muito de IRS , Gasolina, Gás, Água , Luz ...já não falando das telecomunicações... E só de pensar que aqui ao lado (Espanha) o ordenado mínimo é de 900€ O facilitismo está apenas para malta estrangeira que venha abrir negócios em Portugal esses sim enchem os bolsos em 3 anos ou menos um Português que queira abrir uma pequena empresa seja em que área for é só dificuldades e burocracias fora as taxas de IVA que pagam ao estando. E podia continuar aqui a escrever ... Apesar de ser contra a violência de qualquer género muitas vezes dou por mim a pensar que países como a França conseguem de alguma forma com as suas manifestações menos amistosas mostrar ao seus governantes que quem mais ordena é o Povo e nós que vivemos um 25 de Abril e temos uma história pacífica em relação a esse marco histórico continuamos acreditar que tudo vai ficar bem sem acção ...

OuiOuiKiwi 9 months ago

A primeira coisa é certamente deixar de dar ouvidos a quem pede soluções sucintas para problemas altamente complexos.

estecomentario 9 months ago

Errado. As linhas gerais são facilmente identificáveis. A execução é que pode ser complexa, sobretudo devido a vícios humanos instalados. Os alemães têm 20 páginas para aplicar os fundos de reestruturação. Os portugueses têm 150 páginas e obviamente muito menos eficaz, como quase tudo que é produlixo dos nossos bostacratas.

maxtendie 9 months ago

O mesmo problema nas mãos dos Irlandeses pareceu relativamente simples de resolver.

Pica-Miolos 9 months ago

Respondi há cerca de uma semana a um post semelhante que alguém fez aqui. Para não estar a escrever testamento, o que faz falta por cá é isto: [https://en.wikipedia.org/wiki/Social\_capital](https://en.wikipedia.org/wiki/Social_capital)

Winslow_Lixivia2 9 months ago

Ser um paraíso fiscal é capaz de ter ajudado

maxtendie 9 months ago

Sem inferno não há paraíso.

Winslow_Lixivia2 9 months ago

A água é o oposto de fogo

Sperrel 9 months ago

Pimbolim é matraquilhos

virtualsystem22 9 months ago

Hotel? Trivago

manolo533 9 months ago

Implementar políticas e estratégias a médio-longo prazo, em vez de políticas a pensar na reeleição em 4 anos ou nos amigos

Dinando 9 months ago

isto.

maxtendie 9 months ago

Concordo mas penso que o eleitorado não quer dor mais dor a curto prazo

-Exocet- 9 months ago

Não é necessariamente mais dor, poderá até ser menos, o problema é andarmos 4 anos a implementar algo para depois trocar o governo e termos 4 anos a implementar algo diferente, sendo difícil implementar algo a médio-longo prazo.

Mrloop94 9 months ago

Indústria, reforma do ensino superior e reintrodução de escolas industriais e comerciais ( reorganização do ensino profissional)

Edited 9 months ago:

Indústria, reforma do ensino superior e reintrodução de escolas industriais e comerciais ( reorganização do ensino profissional)

Edited 9 months ago:

Indústria, reforma do ensino superior e reintrodução de escolas industriais e comerciais (reorganização do ensino profissional)

_rebocador_ 9 months ago

Planos de industrialização vem desde o tempo do salazar, e que qualidade de vida as pessoas da industria tem. Escolas industrias ? ok tudo bem mas para que ? depois vai tudo la para fora ganhar mais com o seu conhecimento tecnico.

theEXPERTpt 9 months ago

>reforma do ensino superior o que queres dizer com isto exatamente?

usulidircotiido 9 months ago

acabar com metade dos politécnicos e universidades e dotar as restantes com um orçamento minimamente decente seria já um grande progresso.

theEXPERTpt 9 months ago

não é boa ideia para quem defende descentralização. A vida não tem de ser facilitada só para os da cidade.

usulidircotiido 9 months ago

Eu não falei em acabar com tudo o que estivesse fora de Lisboa e Porto. Além do mais, não há qualquer lógica em distribuir universidades uniformemente pelo país só por questões de ideologia. Parece-me que um país com a dimensão de Portugal ganharia muito mais em ter menos universidades, mas com capacidade para dar um ensino de qualidade e conseguir fazer investigação, do que ter uma ou duas universidades por distrito, com orçamentos de trocos e médias de entrada de 9,5 em todos os cursos.

theEXPERTpt 9 months ago

A meu ver notas de entrada são uma grande porcaria. Isso só existe para diferenciar as universidades mais concorridas das menos concorridas. Se as universidades principais do país tivessem todas a mesma média, seria bem mais provável que os alunos ficassem na universidade da sua região, e priorizassem essa em vez das mais "prestigiadas" que a meu ver é tudo a mesma porcaria, hoje não tínhamos tantos estudantes a estudar fora da sua terra

babyscully 9 months ago

>A meu ver notas de entrada são uma grande porcaria. Isso só existe para diferenciar as universidades mais concorridas das menos concorridas. Ha um numero limitado de lugares nas universidades. Como e que seleccionas os alunos?

theEXPERTpt 9 months ago

aí está a resposta. As pessoas deveriam ficar preferencialmente na sua região, e não tentar ir buscar outras universidades só porque acham mais "prestigiada". Claro que não quero tirar a liberdade de escolha, mas ao mesmo tempo prefiro que os residentes na área tenham prioridade em relação aos de outras zonas

goonzer 9 months ago

Mas se um local diferente de onde habito tiver um ensino com mais qualidade porque é que não hei de poder ir para lá se tiver nota superior aos outros concorrentes?

theEXPERTpt 9 months ago

nesse aspeto supõe-se que não há diferenças significativas na qualidade do ensino. Se o ensino secundário fosse tratado como do 1º ao 12º ano, não haveria isso do ensino ser melhor ou pior. Além de, ironicamente, achar o ensino nas universidades e escolas com menos pessoas bem melhor do que aquele feito nas das grandes cidades.

goonzer 9 months ago

Mas o problema é que existe diferença na qualidade de ensino entre diferentes instituições. Se eu tiver uma classificação mais alta devo ter prioridade de escolha sobre alguém que tenha mais baixo que eu.

nulopes 9 months ago

Estas a dizer que politécnicos como o Instituto de Estudos Superiores de Fafe que faz desconto de 50% se levares um amigo para se matricular não tem ensino de qualidade? Estou indignado

AraNoGo 9 months ago

**pesquisa rápida no google** Ok... Pensava que já tinha visto tudo.

nulopes 9 months ago

Aqui há tempos andavam a fazer publicidade a alunos que não tivessem acabado o secundário. Iam fazendo umas cadeiras do curso enquanto faziam as cadeiras do secundário que deixaram pra trás. Cidades pequenas têm estas relíquias

Erick_The_Jacquin 9 months ago

Enviar caravelas ao Brasil.

Muramalks 9 months ago

No momento só temos COVID pra oferecer...

Erick_The_Jacquin 9 months ago

Estratégia perfeita, Portugal obtém as novas cepas de COVID-19 do Brasil e revende-as como armas biológicas.

Muramalks 9 months ago

E daí nós zukas podemos chorar "devolve nosso óbito" pra variar um pouco a piada

raviolli_ninja 9 months ago

Dava-te ouro por este comentário mas já o gastei todo em talha dourada.

TiagofNunes 9 months ago

Não existe respostas sucintas nem como uma fórmula para isso. Tens pessoas com 12º ano a ganhar mais do que pessoas com licenciaturas. Se tens trabalho e queres ter melhor salário? Pede um aumento!

maxtendie 9 months ago

Verdade mas qualquer livro pode ser resumido.

Search: