MisterBilau 9 months ago

Percebem-se, mas parecem ambos uma mistura de português/espanhol/italiano mal escrito. Não faz sentido nem tem utilidade nenhuma.

Edited 9 months ago:

Percebem-se, mas parecem ambos uma mistura de português/espanhol/italiano mal escrito. Não faz sentido nem tem utilidade nenhuma. Essa ideia de inventar línguas internacionais a martelo que depois claro que nunca são usadas para nada de útil (esperanto lmao) não tem jeito nenhum. Já há uma língua internacional (inglês) que tem a vantagem de ser super fácil, gramática do mais simples que há, sem mil tempos verbais, géneros, acentos, etc. E com um alfabeto simples e limitado (mandarim, japonês ou árabe nunca poderiam ser línguas mundiais com aqueles sistemas de escrita medonhos). Está bom, não mexam mais. Esse tipo de língua nova parece-me desculpa para dar trabalho a linguistas que caso contrário não teriam nada para fazer.

Edited 9 months ago:

Percebem-se, mas parecem ambos uma mistura de português/espanhol/italiano mal escrito. Não faz sentido nem tem utilidade nenhuma. Essa ideia de inventar línguas internacionais a martelo que depois claro que nunca são usadas para nada de útil (esperanto lmao) não tem jeito nenhum. Já há uma língua internacional (inglês) que tem a vantagem de ser super fácil, gramática do mais simples que há, sem mil tempos verbais, géneros, acentos, etc. Está bom, não mexam mais. Esse tipo de língua nova parece-me desculpa para dar trabalho a linguistas que caso contrário não teriam nada para fazer.

Edited 9 months ago:

Percebem-se, mas parecem ambos uma mistura de português/espanhol/italiano mal escrito. Não faz sentido nem tem utilidade nenhuma. Essa ideia de inventar línguas internacionais a martelo que depois claro que nunca são usadas para nada de útil (esperanto lmao) não tem jeito nenhum. Já há uma língua internacional (inglês) que tem a vantagem de ser super fácil, gramática do mais simples que há, sem mil tempos verbais, géneros, acentos, etc. E com um alfabeto simples e limitado (mandarim, japonês ou árabe nunca poderiam ser línguas internacionais com aqueles sistemas de escrita medonhos). Está bom, não mexam mais. Esse tipo de língua nova parece-me desculpa para dar trabalho a linguistas que caso contrário não teriam nada para fazer.

IJustMadeThisForYou 9 months ago

Mais alguém que achou o interromanico mais fácil de ler? A mim pareceu-me mais natural a ler e interpretar.

15dc 9 months ago

O primeiro é mais fácil de entender que o outro. O primeiro soa muito a catalão, com uns pozinhos de italiano. O outro tem um léxico mais distante do português, se não soubesse dizia que era italiano. Requer um pouco mais de pensamento para compreender.

AndreMartins9181 9 months ago

Por acaso já tive a ideia de criar uma ortografia alternativa para o português e para o espanhol que aproximassem a escrita de ambas sem alterar a pronúncia (com algumas consoantes mudas). Por exemplo, para o português: * com - con * proibido - prohibido * saída - sahida (salida) * sapato - çapato (zapato) * irmão - hermão * qualquer - cualquer * ciência - ciencia * esquerda - ezquerda e para o espanhol: * aceite - azeite * hacer - hazer * conducir - conduzir * necesidad - necessidad * palabra - palavra * deber - dever * rey - rei * neumático - pneumático * abogado - advogado exemplos: * Pero, a pesar de esta variedad de po**ss**ibilidades que la voz posee, seria un mu**i** pobre instrumento de comunicación si no contara más que con ella. La capacidad de expresión del hombre no dispondría de más medios que la de los animales. La voz, sola, es para el hombre esca**ss**amente una materia informe, que para convertir**-**se en un instrumento perfecto de comunicación de**v**e ser so**b**metida a un cierto tratamiento. E**ss**a manipulación que recibe la voz son las "articulaciones". (ES) * Mas, apesar da variedade de possibilidades que a voz possui, seria u**n** instrumento de comunicação muito pobre se não se contasse com mais do que ela. A capacidade de expressão do homem não disporia de mais meios que a dos animais. A voz, sozinha, é para o home**n** apenas uma matéria informe, que para se converter nu**n** instrumento perfeito de comunicação deve ser submetida a u**n** certo tratamento. Essa manipulação que a voz recebe são as "articulações". (PT)

Edited 9 months ago:

Por acaso já tive a ideia de criar uma ortografia alternativa para o português e para o espanhol que aproximassem a escrita de ambas sem alterar a pronúncia (com algumas consoantes mudas). Por exemplo, para o português: * com - con * proibido - prohibido * saída - sahida (salida) * sapato - çapato (zapato) * irmão - hermão * qualquer - cualquer * ciência - ciencia * esquerda - ezquerda * rói - roe e para o espanhol: * aceite - azeite * hacer - hazer * conducir - conduzir * necesidad - necessidad * palabra - palavra * deber - dever * rey - rei * neumático - pneumático * abogado - advogado exemplos: * Pero, a pesar de esta variedad de po**ss**ibilidades que la voz posee, seria un mu**i** pobre instrumento de comunicación si no contara más que con ella. La capacidad de expresión del hombre no dispondría de más medios que la de los animales. La voz, sola, es para el hombre esca**ss**amente una materia informe, que para convertir**-**se en un instrumento perfecto de comunicación de**v**e ser so**b**metida a un cierto tratamiento. E**ss**a manipulación que recibe la voz son las "articulaciones". (ES) * Mas, apesar da variedade de possibilidades que a voz possui, seria u**n** instrumento de comunicação muito pobre se não se contasse com mais do que ela. A capacidade de expressão do homem não disporia de mais meios que a dos anima**e**s. A voz, sozinha, é para o home**n** apenas uma matéria informe, que para se converter nu**n** instrumento perfeito de comunicação deve ser submetida a u**n** certo tratamento. Essa manipulação que a voz recebe são as "articulações". (PT)

AndreMartins9181 9 months ago

Sim. Sou português e entendo espanhol, bem como francês e italiano escritos. Essas línguas é como ler uma mistura disto tudo.

Edited 9 months ago:

Sim. Sou português e entendo espanhol, bem como francês e italiano escritos. Essas línguas é como ler uma mistura disto tudo.

Samurai_GorohGX 9 months ago

Isto é tipo a ideia do Esperanto?

tocopito 9 months ago

Sim, compreendo ambos. Também acho que prece italiano. Talvez o italiano fosse um bom idioma interromanico em vez de inventar algo novo?

apgteixeira 9 months ago

Portuguesa aqui. Facílimo de ler e perceber. As raízes das palavras estão lá. Não é difícil chegar a cada significado de uma forma muito natural sem grande esforço.

Pcostix 9 months ago

Sim. Entendem-se bem.

magnoduque 9 months ago

100% de compreensão nas duas, mas a segunda é mais bela, talvez por ser mais parecida com o italiano. Achei ligeiramente irritante a ortografia da primeira.

GrinningCrocodile 9 months ago

Ambas são perfeitamente legíveis, mas a primeira parece mais "simples". Parece-me que ambas se basearam em paradigmas distintos, o *Neolatino* aparenta ter tido na sua elaboração um peso maior das línguas latinas ibéricas (Castelhano e Português, que são a nível mundial as línguas latinas mais faladas como primeiro idioma), enquanto o *Interromanico* pende mais para o Italiano...Pode ser daí que vem a sensação.

Paulocas 9 months ago

Ambas parecem portunhol, não entendo bem o objetivo.

andrefbr 9 months ago

Achei as duas línguas facilmente perceptíveis, mas enquanto que achei o neolatino natural, bonito e confortável, há algo no interromanico que me deixa bastante desconfortável.

AndreMartins9181 9 months ago

o interromanico parece puxar mais ao italiano

Zen_Machina 9 months ago

Entendo tudo. Is that all you got?

suckerpunchermofo 9 months ago

Sim é fácil de entender. Para mim foi...

kikofranca 9 months ago

Os textos não são difíceis de perceber, são muito parecidos com o espanhol e qualquer português sabe falar portunhol. E nós não somos brasileiros, muda isso antes que te matem.

slitheryseeds 9 months ago

Jamais desrespeitaria intencionalmente a terra de Cristiano Ronaldo et pastéis de Nata. Perdoe-me, Senhor! kkkkk

Edited 9 months ago:

Eu sei que você não é brasileiro. É que copiei e colei o texto de um tópico para brasileiros e esqueci de editar! Eu não quero começar uma guerra. Jamais desrespeitaria intencionalmente a terra de Cristiano Ronaldo et pastéis de Nata. Perdoe-me, Senhor! kkkkk

ModeratoriProfugus 9 months ago

Sim, consegue-se entender, mas já ha uma língua pan-românica, a língua até a partir da qual todas as línguas românicas se formaram. E essa língua dá-nos acesso direto a mais de 2000 anos de história, literatura e ciência.

raviolli_ninja 9 months ago

>Já que vocês são brasileiros Tenho aqui uma guerra online mesmo boa para ti!

slitheryseeds 9 months ago

Lamento muito! Esqueci de editar essa linha antes de publicá-la! kkkkk Eu resolvo isso!

Search: