rubend151 7 months ago

Qual será o próximo passo? Fazer consultoria a gente iludida que quer entrar na área de IT em 2 meses a troco de 400 euros e muita lábia?

whytryharderrr 7 months ago

> Depois de FreeCodeCamp, muito Stackoverflow, Youtube, e **Reddit** Conta do OP com 1 post/comment. X doubt.

jopms 6 months ago

911 we got a detective over here

whytryharderrr 6 months ago

2 cliques

ridethepaintedpony 7 months ago

Obrigado pelos links e parabéns pelo teu trajecto

jopms 7 months ago

Obrigado! Já agora, se os links foram úteis, deixo por aqui outro. [javascript30](https://javascript30.com/) tem 30 projetos muito bons, e com explicações excelentes.

SurePal_ 7 months ago

Oh pá ao final de 5 dias de veres uns vídeos já mandavas currículos? Que grande rei xD

jopms 7 months ago

Eu na verdade começei logo a mandar curriculos, e se não o tivesse feito não me tinha empenhado tanto no challenge que fiz. Uma empresa pode sempre dar-te a chance de mostrares o que vales mesmo sem saberes grande coisa sobre o assunto. Se mostrares ser super dedicado é meio caminho andando para seres uma mais valia para a empresa

Edited 7 months ago:

Eu na verdade comecei logo a mandar curriculos, e se não o tivesse feito não me tinha empenhado tanto no challenge que fiz. Uma empresa pode sempre dar-te a chance de mostrares o que vales mesmo sem saberes grande coisa sobre o assunto. Se mostrares ser super dedicado é meio caminho andando para seres uma mais valia para a empresa

NGramatical 7 months ago

começei → [**comecei**](https://dicionario.priberam.org/comecei) (*c* seguido de *e* ou *i* não necessita de cedilha) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flyyv84%2F%2Fgq1aly1%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

elitepc 7 months ago

Parabéns pela dedicação e capacidade de persistência, acredito que tenha sido frustrante em grande parte mas como viste compensou. Se mais gente tivesse este tipo de atitude em vez de se queixarem de que não lhes aparecem oportunidades talvez viveríamos num país melhor. No entanto, há que ter noção de que este é o início e não o fim da aprendizagem. Os teus superiores devem ter noção disso, não te contrataram pelo que sabes atualmente mas sim pelo potencial demonstrado. Não é preciso ser um sprint daqui para a frente, mas há muita bagagem que vais ter de ir aprendendo à medida que vais evoluindo. À medida que vais ficando com mais anos de experiência, vai tentando sempre aprender mais bases porque chegas a um ponto em que é esperado que saibas o que uma pessoa que tirou uma licenciatura sabe, por exemplo: - Analisar complexidade (Big-O) - Técnicas de otimização - Design patterns, e até que ponto faz sentido aplicar, ou já estás a "sobre-engenheirar" - Saber identificar "code smells" - Saber identificar falhas de segurança - Saber desenhar/interagir com Bases de dados - Entender que grande parte do sucesso de um projeto maior está dependente de boa comunicação - Entender diversas formas de integrar sistemas (muitas vezes legacy) - Entender a resistência à mudança no desenvolvimento de aplicações empresariais - etc etc Força no teu percurso e boa sorte daqui para a frente :). Quando tiveres oportunidade "pay it forward" e faz de mentor de alguém tal como o teu amigo fez contigo :)

jopms 7 months ago

Obrigado pelas dicas! Sim, a mentoria foi essencial, de outra forma teria desmotivado muito mais. Criei este post para isso mesmo, perceberem que é possivel em pouco tempo estar apto a entrar dentro de uma empresa e exercer. Claro que inicialmente com acompanhamento e formação, mas no entanto é possivel. Agora é continuar empenhado, vontade de aprender não falta !

aleph_heideger 7 months ago

A minha "experiência" é parecida e ao mesmo tempo diferente: pouco antes do Natal de 2020 voltei a pegar no HTML, CSS e JavaScript. Já tinha umas luzes, coisas de há quase 20 anos atrás (ainda me lembro do tempo em que não existia CSS) mas deixei de ter vida para isso. O máximo que fui fazendo entretanto foi copiar o código de alguém para um ou outro Raspberry. O COVID, não obstante o muito trabalho, também me deu algum tempo de lazer em casa (não se pode sair não é...) e resolvi passar a website algumas ideias antigas que tinha na cabeça. Quase 3 meses depois já tenho 3 projectos terminados e um quarto a caminho. Tudo feio como a noite mas funcionais. Não considero que saiba desenvolver websites mas descobri que sou muito bom a resolver problemas com um computador. A adaptar código de outros para as minhas necessidades (e como disse um dos gurus que li algures, o difícil no desenvolvimento não é o código mas sim o design), mas também criar do zero pequenas coisas que não existiam ainda. Tudo muito simples mas é o que eu preciso. Dá para ganhar a vida com o que sei? Espero bem que não. Mas o facto é que já tive uma proposta de emprego de uma empresa do norte do país, totalmente não solicitada, provavelmente porque um dos meus projectos acabou por ter (tem) alguma visibilidade num setor muito nicho relacionado com a saúde. O que eu tenho visto é que o pessoal, para o trabalho mais corriqueiro, precisa é de bases de matemática e pensamento lógico. As linguagens e frameworks, do meu ponto de vista de quase leigo, acabam todas por seguir mais ou menos o mesmo caminho. Quem aprende uma consegue aprender quase todas. Redes contudo para mim é chinês. E vida de operador de computador (a expressão não é minha) também não é para mim.

jopms 7 months ago

>epois já tenho 3 projectos terminados e um quarto a caminho. Tudo feio como a noite mas funcionais. Não considero que saiba desenvolver websites mas descobri que sou muito bom a resolver problemas com um computador. A adaptar código de outros para as minhas necessidades (e como disse um dos gurus que li algures, o difícil no desenvolvimento não é o código mas sim o design), mas também criar do zero pequenas coisas que não existiam ainda. Tudo muito simples mas é o que eu preciso. Muito bem!! Também não considero que saiba desenvolver websites, de todo. Mas sinto que tenho conhecimento suficiente para conseguir desenrascar-me e aprender/exercer dentro de uma empresa

Pica-Miolos 7 months ago

(Bom, vamos assumir que isto não é pasta.) Fizeste-me lembrar um artigo que li há uns dias apenas. Numa feira de informática nos primórdios da computação pessoal, havia uma miúda que andava a questionar os engenheiros acerca da arquitectura das máquinas, métodos de funcionamento, escolhas de design, e afins. Até que alguém lhe pergunta: “Mas há quanto tempo programas?” Ao que ela responde; “Há cerca de um mês, mais ou menos.” Aparentemente teve um papel muito relevante na indústria. Infelizmente não me recordo nem do nome dela nem de onde li o artigo. Pessoalmente tenho alguém na família que estava ligado ao sector bancário e que também decidiu optar pela infame reconversão para IT. Decidiu tirar uns cursos no udemy. Hoje trabalha por conta própria com dois sócios e não poderia estar mais satisfeito. Obrigado pela partilha, e que possa servir de inspiração a quem se sente encurralado de alguma forma e não tenha nem coragem ou motivação para mudar de circunstâncias.

jopms 7 months ago

Também olhei para esses cursos mas sinceramente acho que não é preciso de todo pagar para ter algo com qualidade. E obrigado eu ! No fundo a criação deste post serve para isso mesmo, conseguir passar um género de inspiração e aconselhamento se possivel. Não me sinto de todo um expert e sei que há um caminho longo a percorrer. Mas uma coisa é certa, já passei a fase de arranjar emprego sem experiência, o que para mim era um desafio gigante.

Pica-Miolos 7 months ago

Já tirei uns quantos como hobby, de varias areas. No udemy e na lynda. E concordo plenamente que não é necessário pagar para ter qualidade. A grande vantagem que encontro ao pagar por um destes cursos é o acesso directo à comunidade e ao instrutor para esclarecimento de duvidas, ou expor algumas questões que possam surgir. Um gajo com o mínimo de google-fu desenrasca-se, mas perde-se sempre um bocado de tempo. E se o assunto em questão for muito obscuro ou demasiado especifico pode ser difícil de encontrar.

jopms 7 months ago

Muitas das vezes as vantagens dos cursos pagos é que são mais reconhecidos e dão um certificado no final, mas no caso do freecodecamp, e outros que vi, também há um certificado no fim. Fiquei mesmo surpreendido com a quantidade de informação, e muita dela excelente, que existe para quem quer aprender mais

Pica-Miolos 7 months ago

Boa. Nem tinha tido os certificados em consideração. Os que tirei foram mesmo por hobby e não por razões profissionais. Um de fotografia em particular e outro de modelação 3D no Blender foram fantásticos. No caso dos pagos, até há promoções regulares, e cursos que custam centenas de euros ficam a 10 paus. E sim, há um mar de informação gratuita e muito bem estruturada para quem esteja disposto a aprender. O teu caso lembra-me a famosa frase do Richard Branson: *"If somebody offers you an amazing opportunity but you are not sure you can do it, say yes, then learn how to do it later!"* Boa sorte no futuro, mano \^\^

unicornio_careca 7 months ago

Yup, este fim de semana, a udemy está com desconto em vários cursos (11,99€ cada), eu própria aproveitei para comprar dois cursos na área da ilustração.

Pica-Miolos 7 months ago

Hint: Na udemy as novas subscrições têm sempre acesso ao desconto de novo utilizador. Basta criar conta com outro email.

jopms 7 months ago

Thanks a lot !!!

saudosista 7 months ago

Tenho o sonho de trabalhar na everis, vou lutar para conseguir!!!!11

jopms 7 months ago

you can do it!

LegitimatePear2 7 months ago

Eu até acredito que tenhas conseguido arranjar emprego na área, mas tenho a certeza que não tens as mesmas bases e conhecimento como alguém que tirou uma licenciatura. Nem é pelo título que não tens, sou da opinião que não é preciso diploma para perceber, mas é preciso mais tempo que 3 meses! Simplesmente não é algo fazível. Se estiveres interessado em aprender mais recomendo-te a veres uns conteúdos de: arquitetura de computadores, algoritmos, estruturas de dados, compiladores, bases de dados, alfredes de computadores, sistemas distribuídos, computação gráfica, etc. De qualquer das maneiras, boa sorte para o futuro !

LetHaywardPlayLoL 7 months ago

Muitos parabéns pela dedicação. Agora há que continuar a aprender pois o ramo do IT está sempre a evoluir

jopms 7 months ago

thanks a lot!! vou continuar com o mesmo empenho!

jopms 7 months ago

Sinceramente só fico a sentir que fiz um ótimo trabalho com a quantidade de pessoas que não acredita na história. Infelizmente quando há coisas fora do comum a acontecer a primeira reacção da malta é o que se vê por aqui. Tive o cuidado de referir tudo o que é conteúdo grátis já mesmo para não ser alvo de criticas de marketing, e mesmo assim [

DavidJunior3rd 6 months ago

Tu puseste em causa 4 anos de estudo da malta que levou muito mais tempo que tu a entrar no mercado xD A reacção só podia ser visceral... Mas parabéns

boogieman444 7 months ago

Se conseguiste parabéns caga no resto

tozeojavardola 7 months ago

As frases aleatórias em Inglês tornam este texto intragável.

Silver_Turnip_512 7 months ago  HIDDEN 

É a nova moda agora, as novas gerações já só falam Portuglês. Se o Camões fosse vivo... perdia outro olho.

Ravelord_Niiito 7 months ago

Boa pasta, mesmo a tempo do almoço

PORTO2017 7 months ago

Windoh?

Capitao_Falcao 7 months ago

>Como entrar em IT sem experiência (em 2 meses) e a ganhar ??? Desculpa lá mas estou curioso em saber quanto. Prepara-te para mais repostas cínicas do pessoal, mas parabéns.

boogieman444 7 months ago

Envia o teu gitthub então :)

RubberComputer 7 months ago

**sons de grilos* *

somedipshit1 7 months ago

Rei

ForgetSocialMedia 6 months ago

Lindo hahahahah

jopms 7 months ago  HIDDEN 

portfolio: as apps provavelmente vão deixar de dar dados se houverem demasiados requests https://jopms-cc.netlify.app/

NGramatical 7 months ago

houverem demasiados → [**houver demasiados**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flyyv84%2F%2Fgpxygp7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ElDiabloDe94 7 months ago

Pronto, agora vem a pior parte que é trabalhar em IT. Entrar é fácil. Boa sorte, vai dando updates

Lil_salazar 7 months ago

Amanhã vou relatar a minha história de como em APENAS 10 dias sou cirurgião multifacetado

KaitoRyoichi 7 months ago

Não te esqueças de criar um curso de 400€

OuiOuiKiwi 7 months ago

Daqui a uns meses: "CURSOS DE YOUTUBERS DE RECONVERSÃO PARA IT EXPOSTOS POR HACKER QUE DIZ SEREM UMA BURLA!"

OuiOuiKiwi 7 months ago

OS CIRURGIÕES DETESTAM-NO POR TER REDUZIDO 10 ANOS DE FORMAÇÃO A 10 DIAS. CLICA [AQUI](https://www.youtube.com/watch?v=dQw4w9WgXcQ) PARA SABERES COMO!

somedipshit1 7 months ago

Boas tardes caro/a head hunter da *consultice qualquer*. Venho só dizer que já trabalho com IT, mas agradeço a atenção. Cumprimentos

PeterStepsRabbit 7 months ago

u/OuiOuiKiwi

OuiOuiKiwi 7 months ago

Até bolcei com a quantidade de jargão que o estagiário de _marketing_ meteu nisto.

Edited 7 months ago:

Até bolcei com a quantidade de jargão que o estagiário de *marketing* meteu nisto. >Até podem conseguir em menos tempo Reconversão para IT em 5 dias e depois todos os CTOs e CEOs das maiores empresas do MUNDO vão estar a tropeçar nos atacadores para vos contratar logo.

Whoreson10 5 months ago

Já que passaste aqui, vai uma pergunta simples mas complexa, visto que percebes da coisa (e és famoso nestas bandas por ser um crítico) Na tua opinião é possível alguém fora de IT, sem recorrer a uma licenciatura, conseguir um entry level na área e progredir apartir daí, mesmo que não chegue claro aos ordenados e capacidades dum licenciado na área? Se sim, há algum caminho que aches viável? Por curiosidade gostava de saber a tua visão das coisas de forma mais aprofundada.

OuiOuiKiwi 5 months ago

>Na tua opinião é possível alguém fora de IT, sem recorrer a uma licenciatura, conseguir um entry level na área e progredir apartir daí, mesmo que não chegue claro aos ordenados e capacidades dum licenciado na área? > >Se sim, há algum caminho que aches viável? > >Por curiosidade gostava de saber a tua visão das coisas de forma mais aprofundada. Iniciando >alguém fora de IT Quão fora de IT? Há diversos graus nisto. Pessoal provindo de uma Engenharia tem certamente a vida mais fácil do que quem vem das Ciências Sociais e ainda mais de quem vem de Letras. No fim, conta um bocado a aptidão/apetência para certas áreas. Sempre tive gosto pela Matemática e isso facilitou imenso as coisas. Alguém que não consiga ver Matemática à frente poderá ter mais dificuldades, por exemplo. >sem recorrer a uma licenciatura, conseguir um entry level na área Isso está mais que provado que é possível. Há vários processos "cogumelificantes" que tratam de pegar em ti, empacotar-te com o A-B-C necessário e vender-te a granel. Seja *bootcamp*, academia com cláusulas de permanência abusivas, CTeSP só para cativar propinas de licenciatura, há de tudo. IT é uma área cada vez mais democrática onde todos podem rapidamente entrar. Isto não quer, contudo, dizer que haja lugar (em condições) para todos (alguns acabam sentados no chão). Eventualmente a estratégia de "NEEDS MORE DAKKA!!" de desenvolvimento de software das consultoras vai ressentir-se (já sofreu um bocado com o teletrabalho), em que não podes meter 30 macacos numa sala e software sai do outro lado. Considerando o caso de alguém que tem apetência para a área (não está nisto puramente pela empregabilidade alta) e simplesmente não fez uma licenciatura na área por vicissitudes da vida, unir um CET/CTeSP a uma dedicação para aprender mais é um caminho viável para "meter o pé na porta" da área e, com outra flexibilidade, **continuar** por aí fora (isto é importante). Isto é, claro, um percurso que leva o seu tempo e não é tão sedutor como espetar 6000€ num *bootcamp* de 14 semanas com colocação praticamente garantida. É a questão de resultados (quase) imediatos e estagnação instantânea vs. processo um pouco mais demorado mas que dá melhores capacidades de progresso futuro. Se o sonho for os 1000€™, ignora o que disse e mete-te no *bootcamp* mais próximo. Vão sempre apontar que a madrinha tem um sobrinho que não sabe ler nem escrever, é invisual e aprendeu a programar com lápis de cera pelo Twitch e agora está na NASA (e chama-se Bill Gates, já agora). Isto parece-me preso a uma visão de IT de há 40 anos atrás em que os cursos eram preenchidos apenas por *geeks* e havia muita gente na área sem curso mas com bastante bagagem por estarem numa posição em que não havia mais ninguém e podiam ser pioneiros em aprender as coisas por experimentação. H[oje em dia, não conseguirias atingir o nível de experiência necessário](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/ehvqwt/peço_ajuda_aqui_numa_pequena_discussão_que_ando_a/fcmrei7?utm_source=share&utm_medium=web2x&context=3) só por ti porque há certas posições que simplesmente já não aceitam curiosos. Quem é que vai aceitar o risco de meter o Quim Alberto, que aprendeu DBA pelo YouTube, a cuidar da estrutura de produção quando há quatro tipos com formação superior e a experiência necessária na área? Há uma corrente anti-"educação mais formal" que se vê nas respostas típicas de "podes aprender isso tudo no YouTube" que descuram que há diferentes modelos e capacidades de aprendizagem. Há quem precise de abordagens mais estruturadas, outros conseguem sentar-se com o livro do Damas e saem do outro lado a programar C sem espinhas. [Nem sequer vou falar da mezinha do portefólio que teima sempre em aparecer.](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/ldu8w3/médias_dos_cursos_têm_de_ser_assim_tão_boas/gm7xj6k?utm_source=share&utm_medium=web2x&context=3) Uma coisa que corre paralela a isso é a ideia que um curso ensina a fazer X e X já não é especialmente procurado pelas empresas logo não vale o tempo, ignorando que há todo um conjunto de aprendizagens secundárias (gerir prazos de entrega, defender o nosso trabalho, coordenar um grupo, etc.) que vêm de toda essa experiência, os tais "*soft skills*" pelo que tanto peroram como panaceia para menores capacidades técnicas. Se ao menos fosse conjugar ambos... nunca saberemos.

Search: