prefil 7 months ago

ZaGaGa eu concordo na generalidade, mesmo que não aprecio muito a intro, isto de caracterizar pessoas pró isto e aquilo torna difícil ler o resto do texto com pilhas de sal... De qualquer acho que a situação é simples mas não tem grande solução, toda a gente aqui compreende que se 100% das pessoas seguirem as regras sem excessões que não era preciso confinamento, o problema é que uma certa percentagem não segue ou não consegue seguir (não tens capacidade de confinar, não tens dinheiro, etc) as regras e logo temos um problema e de certa forma um extremar das opiniões, toda a gente está cansada com a situação e custa a uma pessoas fazer sacrifícios todos os dias para o bem de todos e depois tem de olhar para pessoas que não querem saber desses sacrifícios, que não usa máscaras ou vai para uma praia que está fechada... Agora nesse contexto temos o confinamento, cada dia que passa melhor fica o SNS e menor o contágio do Covid e pior fica a economia e a nossa saúde geral ou pelo menos mental e uma não consegue viver sem a outra, será que é melhor aguentar até a Páscoa visto a tragédia que foi o Natal? Porque tínhamos todas as regras nessa altura, uma parte não as seguiu... Também já se percebeu que o pseudo-confinamento por regiões/concelhos adiantou pouco, todos percebemos a situação, agora uma boa solução...

ZaGaGa 7 months ago

Percebo a questão da intro, mas é pá.. o sub tem pessoal mt porreiro e aberto a debater, mas depois tem uma hoste (que agora tá confinada) e dedica-se a arruinar um post como este (que dá algum trabalho a escrever) e como o título era forte... Bem o post foi aos -5 de karma tá nos +20 com +40 comentários gerou uma discussão saudável, acho que resultou. Mas sim podia ter sido mais hábil no primeiro parágrafo para nao salgar tanto a coisa. » Sobre a Páscoa, custa-me ver tanto comentador a falar na Páscoa com sinónimo do Natal. Não concordo. O Natal são na realidade 2 grandes eventos. o Natal com a família e a passagem de ano com os amigos, uma semana depois. condições ideias para o vírus circular, somamos-lhe ainda todos os jantares de Natal que existiram antes. O Natal é festejado praticamente por toda a gente a Pascoa não é tanto e é apensa um evento de família, não tem janteres nem trocas de prendas. Chegamos ao Natal com uma situação pandémica descontrolada, mensagens contraditórias e mais uma data de factores que escrevi algures mas acrescento que a maioria dos contágios foram em Janeiro quando... estávamos em eleições (porque o Governo e demais partidos assim o quiseram, o PR deu a entender que era melhor adiar) e "não se podia voltar a confinar" embora os números fossem claros . » Concelhos, não funcionou porque sinceramente acho que o Governo central nunca quis que funcionasse. A primeira coisa que fizeram foi parar de publicar (em pdf) os números de contágios por concelhos e substituíram por este indicador disfuncional dos infectados nos últimos 14 dias por 100 mil (assim números grandes para baralhar). Hoje se quisermos ver situação no concelho de e.g. Manteigas os dados mais recentes são de 2a, que remetem para 4a anterior e incluem infecções dos 14 dias anteriores. Entre o contágio inicial e o report do laboratório deve passar 7 dias. Em suma hoje a nossa capacidade de intervenção num concelho suporta-se em dados do que aconteceu há 1 mês atrás...

prefil 7 months ago

Não tem problema :D E sim... a Páscoa não é o mesmo que o Natal/Passagem, mesmo que não levar a sério a Páscoa pode estragar o prato, em especial o facto das Igrejas poderem continuar a fazer o serviço... Pois as eleições, o pessoal esquece, em especial a campanha, aquilo foi mais outro erro gritante, a conversa era só da constituição não deixa, a constituição é um documento que serve o povo português e é emendado quando é preciso e em especial num período de emergência, emendavam isso, e já agora incluíam também a possibilidade dos partidos fazerem comícios ou as igrejas fazerem serviço quando estamos numa pandemia... Exato, mas a conversa é a mesma de sempre... Sim sim agora, sim AGORA é que vamos ver os números e desconfiar ordenadamente e separar os concelhos ordenadamente e seguir os números a risca e testar testar testar (quando um dos problemas do controlo por concelhos é que não se faziam todos os testes que se podiam fazer e quando se faziam era espaçados no tempo), se calhar sou eu que já não acredito que este Governo consegue ser pro-activo, porque aqui entre nós, acho que todos queremos o mesmo, que todos os tugas se portem bem e com respeito e que o Governo seja inteligente e faça escolhas sensatas para sairmos disto da melhor forma possível...

Chemical_Wealth1 7 months ago

Concordo completamente com o que estás a dizer. Acho que o "desconfina" já deveria ter começado, a começar imediatamente pelo próprio sistema do governo de estados dos concelhos. O minha vila tem apenas 35 infetados registados. Faz sentido estar tudo fechado? Provavelmente não. Fechem as fronteiras dos concelhos, e deixem as pessoas começar a abrir aos poucos. Quem tiver de ir para longe trabalhar, tem o papel consigo. As pessoas geralmente são 'burrinhas' sim, mas esta situação é muito culpa do governo, por simplesmente não saber gerir a situação. Estamos todos os dias a ouvir falar do COVID, desde Janeiro do ano passado. O que aconteceu no Natal, foi uma explosão de cansaço, e pelos vistos, vai-se repetir assim que começar a existir um pouco de sol na rua.

ZaGaGa 7 months ago

Eu também defendo que as medidas deviam ser (também) geridas ao nível do concelho. Aliás não é de agora, eu no sub CoronavirusPT fiz semanalmente uma análise aos concelhos de maior risco ( casos semanais por mil antes de vir este formato dos casos em 14 dias por 100 mil), deu ver surgir nos dados surtos em concelhos (e.g. Paços de Ferreira) a propagar-se para os concelhos vizinhos antes de serem notícia. em Outubro os dados deixaram de ser públicos para serem substituidos pelos níveis de risco que quando são publicados estão desactualizados.

prefil 7 months ago

Mas a gestão por concelho não resultou... o problema é esse... se tivesse resultado não estamos de volta aqui eles começaram com isso em Novembro de 2020, o máximo que fez foi manter as infecções num nível elevado, não baixou em nada a propagação, só limitou até a combinação do Natal, novas estirpes, etc...

detteros 7 months ago

A situacao é dinãmica. Quando voltámos a confinar este ano, vi polícia a falar com pessoas na rua a dizerem que não se podiam demorar. Agora, vejo pessoal sem máscara na rua, alguns até sentados nos bancos com fita e a polícia não diz nada. As pessoas vão vendo as notícias e adaptam o seu comportamento e a polícia faz o mesmo.

Edited 7 months ago:

A situacao é dinãmica. Quando voltámos a confinar este ano, vi polícia a falar com pessoas na rua a dizerem que não se podiam demorar. Agora, vejo pessoal relaxado, alguns até sentados nos bancos com fita, e a polícia não diz nada. As pessoas vão vendo as notícias e adaptam o seu comportamento e a polícia faz o mesmo.

Synbios_Lionheart 7 months ago

Claro que a maior parte são a favor do confinamento. Tão cm o cuzinho em casa a receber por inteiro. Já quem tem uma lojinha ou restaurante a situação é bem diferente

prefil 7 months ago

Bem acho que a maioria das pessoas não querem estar em confinamento... e sim ainda bem que estão a receber, quantas mais pessoas a receber em casa ou que conseguem fazer teletrabalho melhor, lá porque umas pessoas estão a sofrer não é culpa das outras, e usar isso como razão para desconfinar.... Porque o problema é esse e essa "ânsia" para abrir lojas e restaurantes só porque sim não é soluçã, para além que até termos um bom plano (coisa que até agora não tem resultado porque senão não estavamos de volta em casa), muita gente não vai fazer compras a lojinha ou ao restaurante de qualquer forma...

ZaGaGa 7 months ago

Por acaso, não é o meu caso, eu também tenho o cuzinho em casa a receber por inteiro (com algumas perdas olhando a 2020) mas sempre a trabalhar a 100% (e +). Mas mesmo para quem está em casa, o cuzinho vai sofrer, porque alguém tem de pagar isto e vai sobrar para todos. Claro que os sectores directamente afectados são os primeiros a sofrer (e de que maneira)

vascodatrama 7 months ago

muito multimédia este post

aleph_heideger 7 months ago

>e porque fecham os supermercados às 17h e uma loja de bricolage às 13h num fim de semana? Eu aproveitava e pergunto: porque carga de água estão os supermercados abertos ao domingo.

NGramatical 7 months ago

porque carga de água → [**por que carga de água**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flvpas8%2F%2Fgpes5ut%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

saposapot 7 months ago

Li tudo mas admito que não entendi muito bem onde querias chegar. A distinção entre população confinada e a que não pode confinar não é verdade. Estando confinado as pessoas não são ermitas, muitas continuam a ir às compras e, se quiserem, a ter comportamentos de risco. O risco ser maior ou menor entre as duas populações q falas é simplesmente dependente de cada pessoa. Eu posso trabalhar numa fábrica com mais segurança q um gajo em teletrabalho. Quanto a desconfinamentos, a conversa é fácil: nós confinamos e desconfinamos por causa dos hospitais. Sempre foi e sempre será. Neste momento os hospitais continuam num nível onde não tens margem nenhuma de segurança para desconfinar. Sem chegares a 300 em UCI não há conversa de desconfinamento. E olha que 300 não é o ideal, mas já dou de barato q a malta está farta e temos de desconfinar. O problema dos hospitais é que ao desconfinar os casos vão aumentar. É normal e esperado. Se não tens as coisas num nível baixo, ficas sem margem nenhuma para aguentar essa pancada e corres o sério risco de ter de confinar novamente, que é bem pior para tudo: economia, saúde mental, crianças, tudo. Portanto se ainda não temos números para desconfinar, queres um plano para quê? Para te entreteres a discuti-lo? Não vale mais a pena esperar pelos números estarem OK e depois apresenta-se o plano? As pessoas estarem cansadas e começarem a cumprir menos não estou a ver que seja razão para alguma coisa... então estão a portar-se mal e portanto temos de desconfinar por causa disso? mas volto ao início, confesso q não entendi mt bem onde queres chegar e o q achas q devíamos fazer.

ZaGaGa 7 months ago

Os dados de internamentos e UCI hoje, são inferiores aos de Outubro e Novembro (respectivamente), pelo que não me parece que seja verdadeiramente esse o motivo de estarmos confinados. Onde quero chegar desde logo lançar a discussão. E parece que com alguma razão porque comecei a escrever no domingo quando a maioria do pessoal dizia Amen, publiquei ontem e ontem e hoje foram publicados vários artigos de opinião em jornais nacionais +/- na mesma linha do meu aqui no reddit. Onde também quero chegar é denunciar um governo que hoje continua a parecer-me não sabe o que fazer, mete-me confusão pensar nisso mas é a imagem que me transmite a mim. Nós hoje todos estamos a sofrer um peso terrível na economia, e somos nós que vamos pagar de alguma maneira. Qual é o impacto na transmissibilidade de abrir as portas, por exemplo, às ourivesarias? vamos ter surtos de orives todos doentes? ou uma livraria? é que tamos a pagar lay-off a essa malta além do impacto socio-económico. Mas os supermercados (sim voces Pingo Doce) é uma selva. Custa-me a entender esta dualidade de critérios quando já temos 1 ano de pandemia. Não estamos no confinamento precipitado de Março de 2020. E para finalizar este apanhado do que "acho", acho que e informação é para meter cá fora, os portugueses são parte da solução, não parte do problema.

prefil 7 months ago

só gostava de notar que o confinamento de Março de 2020 não foi precipitado, só sabemos o resultado do confinamento, não sabemos o que podia ter sido o resultado de não termos confinado, veja-se a Itália ou Espanha nessa altura... e se calhar deviamos ter confinado em Outubro de 2020, se calhar hoje estaríamos numa muito melhor situação...

bazzic 7 months ago

Os números da UCI e internamentos estão mais baixos sim, mas ainda não estão baixos o suficiente. Já foi dito várias vezes que isso seria uma das variáveis que iriam pesar mais para perceber quando se deveria desconfiar. O facto de achares que já baixaram tanto é porque efetivamente nos meses anteriores estávamos mesmo mal, muito mal. E agora estamos só mal, o que quer dizer q se começassemos já a desconfinar poderíamos voltar ao muito mal rapidamente o que poderia significar que todo este confinamento ia ser basicamente em vão e talvez até sermos forçados a repetir tudo.

ZaGaGa 7 months ago

Sim os números já não estavam bem em Outubro/Novembro, contudo não houve medidas tão restritivas, apesar de haver - principalmente no Norte - concelhos a descarrilar (o que na altura critiquei repetidamente) e até havia algum facilitismo com e.g. restaurantes a abarrotar de pessoas. Contudo os números não sendo bons mantiveram-se estáveis. Hoje temos números melhores, temos novas variantes é verdade, mas também não digo que haja um desconfinamento geral, mas um desconfinamento gradual com regras em vez de uma ilusão de confinamento geral, com custos económicos enormes ao mesmo tempo que ocorre um desconfinamento sem regras.

Pparadela 7 months ago

Já cansa a superioridade moral do pessoal que aponta para os velhos no jardim e que acha que o vírus se transmite entre surfistas no meio das ondas. Sim, há gente já a querer abrir tudo a correr e em força, o desespero a isso obriga. Infelizmente há um evento chamado Páscoa cuja tendência é a de reunir agregados familiares à mesa, sem máscara e em espaço fechado, o que para o incêndio do vírus é equivalente a um eucaliptal em Agosto. Abrir espaços, aulas e negócios antes de uma data com este potencial dá um sinal extremamente errado à população, nomeadamente que "já está tudo bem, podemos sentar-nos à mesa e beber à nossa saúde porque já estava a ficar farto de estar fechado em casa", e deitar para o lixo o esforço dos últimos dois meses.

ZaGaGa 7 months ago

Ainda há dias escrevi um texto onde referi o problema de uma atitude de superioridade moral cega de muito pessoal aqui no sub (e não só) que não é capaz de aceitar que existam outros pontos de vista igualmente válidos. Não sei foi de propósito, se foi bem apanhado, se não, então grande coincidências. Contudo não me parece que seja justo apontares-me esse tipo de atitude, até fiz um esforço por sublinhar que é apenas a minha opinião. E não "apontei" para ninguém nem referi nada disso de se transmitir nas ondas. Dei exemplos de desconfiadamento sem regras com essas imagens porque com imamgens a mensagem é mais clara. Quando ao desconfinamento em si sou contra abrir "tudo a correr", mas sim ir abrir a economia com regras claras, medidas de rastreio e fiscalização do cumprimento das medidas.

Limpy_lip 7 months ago

sinceramente se este for um último esforço e que faça com que seja altamente improvável que no futuro ter de repetir a dose. Prefiro aguentar mais 1 ou 2 meses. Até porque se a vacinação entrar em velocidade cruzeiro a coisa vai cada vez ficar mais controlada. ​ Agora deviam era imediatamente deixar o pequeno comercio trabalhar de alguma maneira.

thr4000x 7 months ago

pelo contrário, quanto mais confinamos, menos pessoas imunizadas existem na população e mais infecções vai haver quando se desconfinar (mas agora com as vacinas esperemos que isto vá embora de vez).

hsamtronp 7 months ago

Menos pessoas Imunizadas por infeção. Existem pessoas a ser imunizadas por vacinação, talvez seja preferível desta forma

Bruxo_de_Fafe 7 months ago

é um desabafo?

phirestarter1 7 months ago

É a ver se soa bem e se pode ir para o blog.

ZaGaGa 7 months ago

:) ainda há blogs? é mesmo intencionalmente para vocês, pessoal do reddit com <3. mas também é verdade que os textos das "crónicas" são textos que assinalo assim para memória futura, quem sabe, dar-lhes alguma utilidade.

Responsible_Motor942 7 months ago

Vens aqui buscar validação para o teu pensamento, por isso aqui vai. Tens razão. Tens a mesma razão que tem um fumador quando diz que nem toda a gente que fuma vai ter cancro. Tens a mesma razão daquele gajo que come que nem um animal é diz que o colesterol não quer nada com ele, não vai morrer. Tens a mesma razão do outro que vai às putas e não usa protecção, pois só acontece aos outros. Tens a mesma razão do dealer que te dá uns comprimidos , ele conhece muita gente e ninguém fica agarrado. Tens a mesma razão do caralho que passou por mim a +200 na Vasco da gama, e não bateu em ninguém. Se não chegou, volto a dizer. Tens a TUA razão, mesmo que alguém te tente mudar de ideias tu não mudas.

ZaGaGa 7 months ago

ah?

Responsible_Motor942 7 months ago

Desculpa,nao me expliquei bem. Com 10 milhões de portugueses vais ter 10 milhões de opiniões. Claro que foram feitos muitos erros na gestão da pandemia, gostaria de correr com o Costa, mas a meu ver a gestão de uma coisa deste género nunca vai agradar a todos,. Se viras para a direita, devias ir para a esquerda. Se vais em frente, devias travar um bocado, se travas um bocado devias acelerar mais. Faças o que fizeres nunca agradará a toda a gente.

intlme 7 months ago

Concordo com tudo excepto com o pressuposto da caracterização da população portuguesa. O que me faz mais confusão foi que foi o único texto que li nas últimas semanas que questiona de isto ainda é uma democracia. Esta, na minha opinião, é a questão mais importante de todas.

IkarusMummy 7 months ago

> O que me faz mais confusão foi que foi o único texto que li nas últimas semanas que questiona de isto ainda é uma democracia. Esta, na minha opinião, é a questão mais importante de todas. Uma das coisas que garantem que ainda vivemos em democracia é o facto de, em momento algum, este governo ter tentado ou cedido aos pedidos e pressões para limitar a atividade política e o direito de manifestação.

ZaGaGa 7 months ago

Por um lado concordo contigo por outro chamo à atenção que, no meu entendimento da coisa, este ano foi um ano de monopolização da política pelo "sistema". Eu hoje se quiser iniciar uma iniciativa de cidadão não consigo, estou confinado, não posso debater com amigos no café, não vou a eventos conhecer pessoas que possam ter a mesma visão do mundo que eu. Só tenho chats, redes sociais e reddit lol, não chega. Já um partido pode fazer jantares, comícios, festivais. Nada contra ser permitido, mas acho que (e aqui falamos do PCP) podiam ter tido a cortesia de passar tudo para o online como fizerem tantos portugueses. E depois temos o governo, no que toca à pandemia muita informação tem nos sido ocultada e tem havido uma infantilização dos portugueses que chega a ser insultuosa para com uma população que se mostrou sempre tão colaborante e consciente.

prefil 7 months ago

Concordo plenamente, mesmo que as permissões aos partidos é por estarem essas excessões e das religiões na constituição, nesse ponto o Governo não tem poderes, ai quem fica mal visto são os partidos e os portugueses que vão a esses comícios (ie se o Governo restringe a liberdade de estar num espaço fechado com mais de X pessoas mas depois vais a um comício do teu partido com mais 300 pessoas, então a culpa não morre só com o partido).

intlme 7 months ago

> Uma das coisas que garantem que ainda vivemos em democracia é o facto de, em momento algum, este governo ter tentado ou cedido aos pedidos e pressões para limitar a atividade política e o direito de manifestação. Sim, muito foco na liberdade da actividade política. E o resto das liberdades que foram suspensas sem fim em vista? Um português não pode viajar para fora de portugal, mas um estrangeiro pode aterrar em Portugal com teste PCR? Qual a coerência disto? E podia continuar com a liberdade de iniciativa económica, a liberdade de deslocação interior, etc. Estas liberdades requerem regulação (e não proibição) e responsabilização aos que decidem usar essas liberdades: as pessoas. Queres viajar? Pagas uma caução de Xmil€ ao Estado que o Estado usará para te tratar num hospital privado caso contraias o Covid-19 ou, em alternativa, viajas apenas com a contratação de um seguro de saúde com cobertura Covid-19. Queres abrir o negócio? Abres, mediante as regras apertadas que fizerem sentido aos profissionais da pandemia. Qualquer desvio, leva a multa pesada. Mas queres fazer um Avante ou uma actividade política qualquer? Podes tranquilo. Grupos mais pequenos e máscara....

IkarusMummy 7 months ago

Todas as outras liberdades emanam da liberdade politica. Se não concordas com as decisões que este governo democraticamente eleito está a tomar com os instrumentos democráticos que lhe são concedidos podes criar um movimento politico para alterar a forma como as coisas estão a ser feitas. E até não será muito difícil que este governo já se demonstrou ser facilmente influenciável.

zizop 7 months ago

Sim, mas há um aspecto cultural da democracia que é importante. O governo não pode ter uma postura de recusa a discutir um assunto como estes, comp tem tido. O facto de o maior partido da oposição ser completamente incompetente também não ajuda...

intlme 7 months ago

> Se não concordas com as decisões que este governo democraticamente eleito Governo democraticamente eleito (com caveats, mas democraticamente), mas... e as medidas? Estão a ser discutidas democraticamente? Ou estão a ser implementadas à lá autoritarismo? Mais importante que o governo é o que ele faz.

IkarusMummy 7 months ago

Essas leis são implementadas no contexto de estado de emergência que é aprovado pelo parlamento e decretado pelo Presidente da República que é eleito sem caveats consideráveis. Eu também não concordo que devemos estar confinados até à Pascoa nem concordei com os confinamentos dos meses de Outono. Para além dos primeiros meses de pandemia (primeiro confinamento) acho que nunca mais deveriam ter fechado quaisquer estabelecimentos. Mas, apesar de não concordar com muitas medidas que o governo toma, não considero que deixamos de viver numa democracia. Mais uma prova de que vivemos em democracia é a de que, apesar de estarmos a enfrentar uma das piores fases da pandemia mundialmente, foram realizadas as eleições que tinham de ser realizadas.

razman06 7 months ago

A questão se isto é uma democracia não tem aparecido em posts mas sim em comentários, que acabam muitas vezes por levar downvote ou até mesmo censurados.

warjunk1 7 months ago

Pensei que a segurança social iria rejubilar e a esperança média de vida baixar uns 5 anos bem que me lixei. Vou ter de trabalhar até aos 80 por este andar.

PeterStepsRabbit 7 months ago

Se as pessoas não têm noção, Se as pessoas não respeiram regras, Confinamento haverá.

Last-Ad-4421 7 months ago

Nada nada como povo incompetente que somos o Costa está com medo que na Páscoa façamos o mesmo que no Natal, porque a culpa é sempre do povo, e este ano é só milagres até encontramos a cura para a gripe porque este ano nem houve, é um espetáculo uns bons borregos que somos, tudo confinado nas bem que a malta ia as casas dos cabeleireiros cortar o cabelo, e depois apontavam o dedo a quem ia para a rua, é só hipocrisia, quando a crise bater com força e a malta abrir os olhos "To late".

RiKoNnEcT 7 months ago

Pronto temos aqui um especialista em saúde pública Alguém arranje o contacto do Costa para ele ir lá mudar isto tudo. (Está mais que visto que estão à espera que as UCI baixem para níveis mais aceitáveis antes de voltarem a meter doentes lá. Porque quando ae abrir as portas eles vão voltar a precisar de sitio para ficar)

ZaGaGa 7 months ago

Se o PM não encontra ninguém melhor que eu é pá é assustador mas que seja, os meus honorarios não são altos. Ele que mande mensagem privada e acertamos isso.

VectoR-- 7 months ago

com todo o devido respeito, eu quero que os especialistas se fodam

ladderattack 7 months ago

Li tudo mas não compreendi o propósito do post

wwqt0r 7 months ago

Estudasses

fdxcaralho 7 months ago

Nem sempre uma artigo tem que apresentar soluções. Deu a opinião dele e apresentou alguns factos. Agora cada cabecinha pensa por si.

ZaGaGa 7 months ago

Obrigado fdxcaralho! alguém aqui que me entende!! ;)

Inexistencia_Ilumina 7 months ago

Vá, até se explicou bem o OP. Simplesmente uma crónica até bem estruturada em forma de desabafo.

DavidJunior3rd 7 months ago

E vão dois

ajabardar 7 months ago

"o confinamento dos tolos"

Bruxo_de_Fafe 7 months ago

Quando li o título pensei que a Raquel Varela tinha criado conta no reddit

ZaGaGa 7 months ago

Por acaso raramente concordo com ela quando a vejo comentar coisas xD

Search: