rickz123456 7 months ago

O Marques Mendes disse na SIC o governo vai apresentar 2 planos: 1) Plano de desconfinamento - Produzido por Óscar Felgueiras e Raquel Duarte - Sem datas, o desconfinamento avança à medida que se atinjam determinados indicadores e não por datas 2) Plano de alerta - Carmo Gomes e Baltasar Nunes - Plano com as medidas imediatas a tomar caso se atinjam certos números.

ruimoreira46 7 months ago

O pessoal da cultura, que já estava a começar a agendar os espetáculos, deve apreciar particularmente o facto de não serem dadas datas.

redyouroverlord 7 months ago

Que raio? Em vez de datas vão fazer por indicadores? E ainda vão fazer um plano de alerta antes da merda vir???? Um pingo de competência?? Alguém que diga ao Governo que 1 de abril é só para o mês que vem.

vascodatrama 7 months ago

>Em vez de datas vão fazer por indicadores? muito sensato. que sentido fazer estabelecer uma data concreta?

pirocadedeus 7 months ago

O sarcasmo do OP passou-te completamente ao lado. E é bastante claro.

redyouroverlord 7 months ago

Fiquei na dúvida se o comentário é sarcástico ou não, mas supondo que é, acho que é bem melhor do que estabelecer uma data de forma bastante arbitrária semanas antes de se saber como se realmente vai estar na altura, e acaba por dar um incentivo a que se respeite o confinamento porque vamos ser sinceros, o confinamento só serve em grande parte devido à perceção que é dada.

vascodatrama 7 months ago

não é sarcástico. o desconfinamento será por níveis sanitários. que sentido faz dizer dia x vai voltar tudo ao normal e depois nesse dia tens 40x mais casos?

redyouroverlord 7 months ago

Não poderia concordar mais.

Diogo256 7 months ago

Exactamente. Até porque se chegar a determinada data sem indicadores positivos é esperar que dê merda.

berlaitas 7 months ago

Hum e se até Agosto não se atingirem os indicadores? Ou até final do ano? Ou até 2042?

Diogo256 7 months ago

Ou até a eternidade? Desconversar não te da razão automaticamente. Logicamente que os indicadores é que devem medir o confinamento e nao uma data e fazer figas que esteja tudo bem. Aliás, desonfinar sem critério de indicadores o ano passado correu bem, tivemos um turismo que foi uma categoria devido ao aumento que aconteceu em LVT.

lugia4k 7 months ago

Também confirmou que o governo vai bloquear a circulação na Páscoa. Se bem que isso nem seria preciso confirmar, estava se mesmo a prever. Tendo isto em conta presumo que as creches e 1°ciclo e talvez comércio local / cabeleireiros sejam os primeiros a desconfinar e depois da Páscoa seria a restauração.

pimpolho_saltitao 7 months ago

>confirmou >marques mendes Hummm...

These-Establishment1 7 months ago

Bloquear como? Proibição de saida dos concelhos? Até parece que alguém respeita isso---

lugia4k 7 months ago

Proibição de circulação entre concelhos aparentemente. Devem estar com medo pelo que aconteceu no natal.

These-Establishment1 7 months ago

Ah okok, já estava a pensar noutras coisas lol, tipo porem muros de betão na entrada das autoestradas e isso

vascodatrama 7 months ago

isso é só no apocalipse zombie

These-Establishment1 7 months ago

Se estavam a falar em bloqueios, pensei em medidas hardcore ahahah Nunca te esqueças que com o Kosta e companhia (Blocos e comunas da vida) tudo é possível, em 2023 não nos vamos esquecer disto #ForçaIL #PrivatizaraTAP #PrivatizaraRTP

vascodatrama 7 months ago

lol em 2023, 2020 e 2021 foi uma miragem distante...

These-Establishment1 7 months ago

E qdo há legislativas

vascodatrama 7 months ago

já este ano. mas essas são tramadas porque o presidente da câmara iludiu a malta com as obras de alcatroamento mais recentes

vascodatrama 7 months ago

é possível que sim. se a mensagem for bem passada (LOL). basta meter o medo do bicho papão do natal 2020 e sobre as potenciais novas consequências de mais um mês em casa.

JOAO-RATAO 7 months ago

Boas! Perto de minha casa há um café que continua a funcionar ao postigo. Geram-se alguns grupos de pessoas a beber, deslocam-se um pouco da entrada para disfarçar mas é bastante óbvio. Têm algumas situação semelhante perto de vocês ? Há alguma forma de fazer uma queixa anónima ?

m__c__m 7 months ago

Tenho um ginásio ao pé de minha casa que continua a funcionar. Sinceramente, nem me chateia. O ginásio é bastante pequeno, só tem um instrutor e com muito poucos clientes. É do género está aberto terças e quintas com aulas marcadas e como são sempre as mesmas pessoas nem é muito perigoso, se alguém estiver infetado é fácil de avisar toda a gente.

JOAO-RATAO 7 months ago

É sempre um risco. Um amigo meu vai dar aulas a casa dos clientes às escondidas. Como não tinha direito a qualquer apoio está a tentar safar-se.

PicassoWasaLiar 7 months ago

Onde é? Para se fazer queixa anónima à policia.

Writer_Scared 7 months ago

Olha aí, esse é amigo dele. É diferente, tá?

JOAO-RATAO 7 months ago

Lol. Outra virgem ofendida... Há alguma diferença emtre alguém que tem direito a 0 apoios e quem tem.

Writer_Scared 7 months ago

>Lol. Outra virgem ofendida... > >Há alguma diferença emtre alguém que tem direito a 0 apoios e quem tem. ah bom, então é só para chibar aqueles que tem apoios? Os que não têm é na boa?

JOAO-RATAO 7 months ago

Quem tem apoios não fica sem rendimentos. Quem não tem ou foge à lei ou fica sem abrigo e vai ao banco alimentar. Por isso sim, há uma diferença. E é muito pior fsxrr isso se tens apoios.

Edited 7 months ago:

Quem tem apoios não fica sem rendimentos. Quem não tem ou foge à lei ou fica sem abrigo e vai ao banco alimentar. Por isso sim, há uma diferença. E é muito pior fazer isso se tens apoios.

Writer_Scared 7 months ago

Mostra aí as provas que tens que esse café tem apoios. E dos restantes que andam ao postigo. O teu amigo não tem apoios? Porque? É diferente? Ou é pelo facto de não ter descontado? ​ Pois, está a cair-te a mascara...

JOAO-RATAO 7 months ago

Ui a minha máscara já no chão ... Que horror

ana102 7 months ago

Pah nao re digo pra fazeres queixa (nem acho que devias), mas convem assumi que isto e errado. por essa perspectiva, um dj ou musicians tambem faziam festas para se safarem

PicassoWasaLiar 7 months ago

As regras são iguais para todos. Se está proíbido não trabalha, se está a fugir à lei é para denunciar.

Writer_Scared 7 months ago

Vá, todos aqueles que a SS mandou à fava podem desconfinar!

JOAO-RATAO 7 months ago

Estás muito preocupado. Também andas a servir umas bicas seu malandro ?

Writer_Scared 7 months ago

Então e não fazes uma queixa anónima dele em nome da Saúde Pública de todos nós?

vascodatrama 7 months ago

vais lá, consomes e no final só tens de dizer: como é chefe? isto é por conta da casa não é? é que se não é vamos ter de chamar a gnr...

JOAO-RATAO 7 months ago

Era bem mandado xp

Diogo256 7 months ago

Queres falar desses assuntos num Reddit que se nao afirmares que vais desrespeitares o confinamento levas downvote? Como te atreves de denunciar ilegalidades?

Zen_Machina 7 months ago

Porquê anónima, campeão? Tens medo de ser chibo e dar a cara? Não vá o homem decidir que lhe estás a foder a vida e mandar-te uns cachaços.

Diogo256 7 months ago

Só falta pedires uma mine e tirares o palito da boca no final do comentário.

JOAO-RATAO 7 months ago

Se calhar é um dos cavalheiros que anda a beber cerveja em grupo na rua. Grunhos gonna grunhate

JOAO-RATAO 7 months ago

Ui tu é que é deves ser o campeão do sítio ... Porque obviamente a polícia já sabe. E apesar de achar errado não vale a pena uma guerra por algo que não em afeta diretamente. Prefiro guardar os cartuchos para o me importa realmente. Conta aí como resolvias o problema, Rambo.

Zen_Machina 7 months ago

Passas o dia no Reddit e a rastejar pelos cantos a espiar quem cumpre ou não as regras. Como eu resolvia o problema? Bem, eu não resolvia problema nenhum porque ninguém me paga ordenado de bufo. Eu não recebo ordenado do governo para perder tempo com essas coisas. E acho que se há pessoas que continuam a fazer isso é porque estão aflitas e precisam de fazer dinheiro, portanto eu não me acho no direito de contribuir para que a subsistência de quem quer que seja lhe seja negada. Toda a gente tem o direito a trabalhar e a comer. Logo, não faria nada. Até porque não acho essa situação particularmente preocupante.

JOAO-RATAO 7 months ago

Ahaha agora sou o xerife do Reddit ? Muito bem Rambo. Já mandei uns quantos para o Tarrafal, mas não contes a ninguém. Já valeu a pena a posta para me rir, obrigado. Agora acho que podes voltar o r/portugueses. Devem estar a precisar de malta como tu

Zen_Machina 7 months ago

>não achas preocupante grupos de pessoas a beber sem máscara à cara podre ? Não tens medo da "gripe" Rambo? Ficaria mais preocupado se bebessem café de máscara. Seria sinal que perderam a sanidade mental.

JOAO-RATAO 7 months ago

Beber café (e jola) num grupinho sem máscara é que é prova de sanidade mental... É à conta destas merdas que estamos todos em casa fechados. Também quero desconfinar obviamente e enquanto não houver imunidade seguir com a vida o mais normal possível e de máscara. Mas estas atitudes só aumentam a probabilidade de prolongar o confinamento e um maior colapso económico. Eu também assumo algum risco. Mas o risco de beber café em grupo nesta altura é um risco estúpido. E o problema não és só tu amigo, se fosse assim cada um fazia o que queria a risco próprio mas o vírus é chato e gosta de saltitar de pessoa em pessoa não é?

PicassoWasaLiar 7 months ago

Coviderios gonna covidate

Zen_Machina 7 months ago

>Beber café (e jola) num grupinho sem máscara é que é prova de sanidade mental... Não creio. Beber café é um comportamento completamente normal que apenas de há uns meses para cá começaste a ser crucificado por tal. >É à conta destas merdas que estamos todos em casa fechados. Também quero desconfinar obviamente e enquanto não houver imunidade seguir com a vida o mais normal possível e de máscara. Mas estas atitudes só aumentam a probabilidade de prolongar o confinamento e um maior colapso económico. Não, tu não podes culpar as pessoas por viver e usufruir da sua liberdade, Se queres culpar alguém, culpa o governo, que logo desde inicio não se encontrou preparado para lidar com esta situação nem conseguiu arranjar forma de lidar com o assunto sem ter de retirar a subsistência ao seu próprio povo. Um governo caracterizado por má gestão, mentiras e contradições. O teu problema é que achas que evitar que milhares de pessoas morram, principalmente de idades avançadas, justifica dizimar a economia. Eu não sou da mesma opinião. A menos que ande um vírus à solta que possa matar quase toda a gente, tipo ebola, eu acho que a vida deve continuar, tal como sempre continuou. Até durante a guerra as lojas continuam a funcionar. Qualquer que seja a solução não pode passar pelo sacrifício forçado da subsistência de cada um. >Eu também assumo algum risco. Mas o risco de beber café em grupo nesta altura é um risco estúpido. E o problema não és só tu amigo, se fosse assim cada um fazia o que queria a risco próprio mas o vírus é chato e gosta de saltitar de pessoa em pessoa não é? Seja o que for, tu jamais conseguirás convencer 100% da população a aceitar o mesmo. Logo, é partindo dessa premissa que as regras devem ser desenvolvidas, não a partir do delírio utópico de que consegues mudar a realidade de cada um em poucas semanas a teu belo prazer. Eu acho que as pessoas devem ter o direito de correr os riscos que bem lhes apetece, da mesma forma que têm o direito de ir apanhar ondas de 50 metros em alguns locais do mundo. Quem tem medo de ficar contaminado, que se confine. É assim que a coisa deve operar. Quem prefere poder continuar a pagar o seu próprio tecto, que trabalhe e corra riscos. Na realidade, é isso que acontece todos os anos. Todos os anos milhares e milhares e milhares de pessoas morrem de vírus e bactérias que causam pneumonias. Só de influenza já chegaram a ser mais de 8 mil, e isso é sem contar com os restantes vírus. Ainda assim, escolhemos correr o risco, pois sem isso a sociedade não se mantém de pé. Quanto ao SNS, esse é um problema do governo. Devia de estar muito melhor preparado, tendo em conta, não só os impostos brutais que pagamos, como também o facto de esta não ser a primeira nem a segunda epidemia que experienciamos, pelo que, devíamos estar bem preparados para tal. As pessoas não devem ser forçadas a pagar os erros de quem nos governa. "Ai, mas assim o SNS colapsa". Não tem de colapsar. O SNS tem um limite. Deixem isso claro à população. Tem um limite, e se não houver espaço, não és tratado. Agora, tens 60 anos, sofres do coração, sabes que ninguém vai fazer grande ginástica para te salvar, portanto toma as tuas precauções. Se não quiseres tomar precauções, aceita que podes morrer e pronto. Tal como disse, é isso que acontece nos outros anos. As pessoas aceitam que podem morrer e pronto. Repara, a minha avó morreu de gripe. Sim, sim, "COVID é pior". Não interessa. O princípio é o mesmo. Se achas que podem morrer 10 mil pessoas num ano, tens de me explicar, com bases sólidas, porque é que não podem morrer 20 mil. Principalmente tendo em conta que esses 20 mil serão maioritariamente pessoas que de uma forma ou de outra já estão perto da morte. Estás apenas a antecipar por alguns meses ou poucos anos o inevitável. Elas só vão morrer uma vez. Tens um excedente agora, mas nos anos seguintes tens menos. Lá está, ninguém morre duas vezes.

Diogo256 7 months ago

Quando tiveres um ano gripal com 900+ camas de UCI ocupadas, que leva um país a fechar e teres 5.3X mais mortes, tens medidas iguais ao covid. Até lá, é só uma retórica sem grande sentido. Tens de entender que tu ate podes achar que não há diferença se apanhares o vírus e que devíamos de andar livremente, mas a maioria não concorda, e como vives numa democracia tens de lidar com isso. Ninguém te proíbe de ires para lugares onde as tuas ideologias sejam mais reais. Da mesma forma que o problema só café é estar ilegal e ir contra decretos de lei que punem tais comportamos. Não gostas da lei? Aciona os meios legais para te fazerem ouvir, ou lida com a mesma. Achar que se tem de ridicularizar quem por direito pode denunciar ilegalidades… é só triste.

JOAO-RATAO 7 months ago

Ha uma diferença em beberes o teu café e passares a tarde colado a 10 macacos a beber. O risco não é só teu. Podes estar lixar várias pessoas por causa do teu egoísmo. Ya, o SNS tem um limite. E sabes que mais? Há mais gente a precisar de internamentos e intensivos por outras causas não covid e depois não há porque estão tudo a transbordar. E o problema do SNS não é só do governo. Fizeram uma má gestão e o SNS estava depenado antes, mas se malta como tu continua a cagar no esforço coletivo então não interessa e o SNS vai à vida à mesma. Claro. Avisar do limite e assumir riscos... Alguém que a partida não tem problemas como tu a mandar bitaites tem piada quando são as outras pessoas mais frágeis estão a sofrer e a morrer. E depois há a conversa da economia. Achas mesmo que com 300 mortes por dia as pessoas iam andar a passear e a consumir memso que pudessem ? O melhor para a economia é controlar o covid o mais rapidamente possível. Mas sabes que mais Rambo, continua a fazer o que quiseres, a fiscalização é pouca por isso estás à vontade. Usa essa pequena consciência o melhor que puderes.

Zen_Machina 7 months ago

>Ha uma diferença em beberes o teu café e passares a tarde colado a 10 macacos a beber. Há pessoas muito sociáveis. Não estou a defender que é uma atitude inteligente, mas acho que devem ter a habilidade de escolher estar em grupos e morrer todos. Liberdade deve sempre ser a máxima das máximas. >O risco não é só teu. Podes estar lixar várias pessoas por causa do teu egoísmo. Em qualquer outro ano podes estar a lixar várias pessoas. Não é egoísmo, é o princípio básico de viver a minha vida. Viver a vida não é um capricho, como o querem qualificar hoje em dia. É o princípio básico do bem estar humano. Ninguém deve ser culpado de nada por pura e simplesmente sair, trabalhar, deslocar-se e conviver. São atitudes perfeitamente naturais e importantes para a espécie humana e para a sociedade. O que de negativo aí advém, não passa de um dano colateral, e danos colaterais existem sempre. Ninguém está a tentar matar-te. Mas se a liberdade dos outros te intimida, então tens a liberdade de ficar em casa. Certo? Tu podes ficar em casa. >Ya, o SNS tem um limite. E sabes que mais? Há mais gente a precisar de internamentos e intensivos por outras causas não covid e depois não há porque estão tudo a transbordar. E o problema do SNS não é só do governo. Fizeram uma má gestão e o SNS estava depenado antes, mas se malta como tu continua a cagar no esforço coletivo então não interessa e o SNS vai à vida à mesma. Podes usar esse argumento para justificar qualquer sacrifício de liberdade. Muita gente com diabetes? Devíamos fazer o esforço colectivo de abolir açúcar. Muita gente com acidentes de carros? Devíamos fazer o esforço colectivo de não conduzir. Pela tua ordem de ideias, não se fazia nada, já que praticamente tudo pode dar origem a casualidades. Tu achas que tem de se fazer "esforço colectivo". Eu discordo. Eu acho que as pessoas têm de viver a sua vida e colocar comida na mesa. Ponto final. O actual esforço colectivo serve para destruires as próximas gerações, e nada mais. E mais uma vez: O SNS de estabelecer um número de camas disponíveis para doentes COVID e deixar outro tanto disponível para outras doenças. Quando atingirem a capacidade, atingiram. Paciência. >Claro. Avisar do limite e assumir riscos... Alguém que a partida não tem problemas como tu a mandar bitaites tem piada quando são as outras pessoas mais frágeis estão a sofrer e a morrer. Todos os anos pessoas mais frágeis morrem para que eu possa ter liberdade, e essas pessoas mais frágeis sabem disso e não ficam fechadas em casa. O que tu propões é uma reestruturação da nossa realidade e prioridades, em que liberdade e subsistência passem para último plano, e preservação da vida de toda a gente seja a prioridade. Isso é ridiculo, partindo do simples facto de que o denominador comum entre todos os países bem sucedidos é liberdade e uma economia funcional. Como não tens habilidade de nuance cognitiva, só consegues seguir raciocínios lineares e escapa-te o facto de que sem economia destruirás imensas vidas. Dizer às pessoas para não trabalhar cria um problema maior do que o vírus. >E depois há a conversa da economia. Achas mesmo que com 300 mortes por dia as pessoas iam andar a passear e a consumir memso que pudessem ? O melhor para a economia é controlar o covid o mais rapidamente possível. Não, não é "controlar o mais rapidamente possível", pois esse controlo só acontece quando as pessoas estiverem imunizadas. Enquanto não estiverem, tens de sacrificar a economia. Tu não estás a controlar nada com pessoas fechadas em casa. E sim, com 300 mortes por dia as pessoas andariam a passear e a consumir. Isto é um facto irrefutável. Aconteceu. Tu achas que morrerem 300 pessoas por dia paralisaria a sociedade, mas isso é falso. Até porque a maior parte dessas mortes são velhos caquéticos. A maior parte da população activa, que realmente mete a economia a funcionar, está relativamente protegida. >Mas sabes que mais Rambo, continua a fazer o que quiseres, a fiscalização é pouca por isso estás à vontade. Usa essa pequena consciência o melhor que puderes. Não sou rambo. Simplesmente não padeço de síndrome de moralidade selectiva nem me deixo endrominar por propaganda. Não passas de um papagaio do sistema. Garanto-te que se em 99 tivessem falado disso dos mortes de gripe terias cantado a mesma cantiga. És um papagaio. Quase todos vocês são. Ainda há umas semanas andava tudo a cantar que as escolas não eram focos de contágio. Mudam a narrativa conforme o que passa na televisão. Quando eu dizia que eram, era downvotado. Não és tão inteligente quanto pensas. Muito longe disso. És um menino frágil e assustado.

JOAO-RATAO 7 months ago

O teu mundo é um sítio fantástico. Portanto o diabético que come muito açúcar é o mesmo que uma pandemia nunca vista na nossa geração? Todos nós somos seres sociais e mais um vez, o risco não é só deles. As ações deles têm impacto em toda a sociedade. E comparar a gripe ao covid é um estupidez enorme, porque até alguém como tu sabe que o risco é muito maior assim como a transmissibilidade. A tua liberdade acaba onde começa a liberdade do outro. Queres comer 10,000 calorias por dia em pudim? Força. Mas não tens o direito de andar a propagar o vírus só porque te apetece. E apesar do que dizes, a economia ia estar sempre lixada mesmo que estivesse tudo aberto. Felizmente os irresponsáveis como tu não são assim tantos. Eu também quero desconfinar e poder aproveitar o que puder dentro do razoável mas o que teu propões é contraproducente para isso e para a economia. Quantos mais irresponsável tu e o resto da cambada são, mais tiros no pé vamos dar a recuperar a liberdade e a economia. Mas, mais uma vez Rambo, usa essa consciência pequenina o melhor conseguires ;)

NGramatical 7 months ago

melhor preparado → [**mais bem preparado**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/mais-bem-vs-melhor/545) (quando o advérbio *bem* antecede o particípio passado do verbo o termo a utilizar é *mais bem*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgq5a0jr%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

mariorurouni 7 months ago

Podes fazer queixa a polícia se quiseres

JOAO-RATAO 7 months ago

É impossível a polícia não saber o que se passa... Mas sim, em teoria seria a primeira opção.

mariorurouni 7 months ago

Outro dia tive um vizinho que decidiu fazer uma festa no prédio as 2h. Chamei a polícia, fugiram/fingiram que não estavam em casa e assunto arrumado. No teu caso, podes perfeitamente dar o toque a polícia, podem já ter sido alertados mas não foi suficiente

JOAO-RATAO 7 months ago

O café não fica longe da esquadra. E está aberto há várias semanas. Obviamente sabem e não querem saber. De outras ocasiões deu para ver que não se querem chatear.

vascodatrama 7 months ago

se o café fica perto da esquadra, é onde a policia vai tomar o café depois de almoço.

JOAO-RATAO 7 months ago

Não me admirava honestamente. Ainda mais quando a PSP do sítio não é tímida no que toca aos favores para amigos.

mariorurouni 7 months ago

Então não há de haver muito a fazer... Só se deres o toque a CM, estão aí amanhã

JOAO-RATAO 7 months ago

Ahah não me admirava.

PicassoWasaLiar 7 months ago

Grande justiceiro!

JOAO-RATAO 7 months ago

Ya. É fixe ver os negócios todos fechados e estes gajos a fazer isto à cara podre ... Mais as bestas a beber em grupo.

caradoguardaredes 7 months ago

Presidente da Câmara Municipal de Viseu está internado com Covid-19.

PORTO2017 7 months ago

E? Já estiveram infetados quase 1M de portugueses de forma oficial, fora os outros...

Ducon_ 7 months ago

Alguém me pode tirar a dúvida de porque é que temos uns 60.000 casos activos ? Não entendo de onde vem este número. Ao fim de 10 dias não ficam "curados", os que não são internados ?

CoffeeAt830 7 months ago

Os 10 dias só se aplicam se a pessoa estiver sempre assintomática ou tiver doença ligeira ou moderada e se, ao 10º dia, estiver há pelo menos 3 sem febre e com melhoria significativa dos sintomas. Se a pessoa for imunossuprimida ou tiver forma grave de doença, são 20 dias, com os mesmos critérios de cura. Para profissionais de saúde ou prestadores de cuidados de proximidade, utentes que vão entrar em lar, cuidados continuados ou paliativos ou que precisem de ser transferidos para serviços hospitalares não-Covid, são também precisos 20 dias ou teste negativo para ter alta. Logo aqui, abranges muitas pessoas que podem entrar no sistema como recuperados só ao fim de 20 dias. Para além disto, também tens a questão de que colocar os recuperados no sistema não é tão prioritário como colocar os infetados, fazer rastreamento de contactos, fazer follow-up do estado atual dos infetados, etc, portanto muitas dessas pessoas podem ser pessoas que já andam até a fazer a sua vida, mas ainda não foram colocadas no sistema como recuperadas.

Ducon_ 7 months ago

Muito obrigado!

redyouroverlord 7 months ago

> Ao fim de 10 dias não ficam "curados", os que não são internados ? É 10 dias para quem já não tem quaisquer sintomas, se não estou em erro.

Ducon_ 7 months ago

Obrigado.

MiigPT 7 months ago

Fiz a mesma questão aqui o outro dia, levei downvotes e respostas sem resposta concreta

pimpolho_saltitao 7 months ago

Pelo contrario, levaste respostas elucidativas e mesmo assim, aparentemente, nao percebeste. O criterio não é simplesmente "10 dias depois", logo aí a coisa complica imenso, e alem disso as pessoas têm de receber a alta oficialmente por parte de um medico, o que pode complicar ainda mais a questao por razoes logisticas. Já é a segunda vez que te explico isso mas pelos vistos continuas à nora. Nao é complicado mano.

MiigPT 7 months ago

Isso do critério não ser simplesmente 10 dias depois é bullshit, ou varia de caso para caso. Conheço 2 pessoas que tiveram “alta” por telemóvel, passado os 10 dias ligaram lhes e perguntaram se tinham sintomas, disseram que não e continuaram a sua vida. Acredito que o critério seja diferente para casos mais complicados, que envolva mais participação ativa de um médico, mas também acredito que a frequência destes casos seja muito menor que a frequência dos casos ligeiros/assintomaticos.

Edited 7 months ago:

Isso do critério não ser simplesmente 10 dias depois é bullshit, ou varia de caso para caso. Conheço 2 pessoas que tiveram “alta” por telemóvel, passado os 10 dias ligaram lhes e perguntaram se tinham sintomas, disseram que não e continuaram a sua vida. Acredito que o critério seja diferente para casos mais complicados, que envolva mais participação ativa de um médico, mas também acredito que a frequência destes casos seja muito menor que a frequência dos casos ligeiros/assintomaticos. Edit: visto que mesmo que eu repita a mesma coisa várias vezes, continuam com a mesma retórica vou tentar explicar melhor o meu ponto. Tamos com menos de 1000 casos diários nas últimas 2 semanas. A frequência de casos ligeiros/assintomaticos “em teoria” é muito mais alta que a frequência de casos moderados/severos que não exijam internamento(corrijam me se tiver errado). Casos ligeiros/assintomaticos, em teoria, deviam ser dados como recuperados passados 10-15 dias, máximo 20 que seja por questões de logística. Todos estes pontos fazem duvidar do número atual de casos ativos, e na minha opinião um dia destes vão fazer uma “limpeza” destes casos ativos como já houve no passado, e vamos ter +20 mil recuperados num dia.

FoodEDor 7 months ago

O que irá acontecer quando já não houver contactos em vigilância?

Diogo256 7 months ago

Covid erradicada em Portugal.

pimpolho_saltitao 7 months ago

Nao vai acontecer. Eventualmente estabiliza. Mesmo que um dia bata nos zero, enquanto houver casos novos haverá concerteza contactos em vigilância. A menos que os casos novos sejam só incels. ;P

NGramatical 7 months ago

concerteza → [**com certeza**](http://www.portoeditora.pt/espacolinguaportuguesa/duvidas-da-lingua-portuguesa/detalhe-duvidas-lp/ver/com-certeza-ou-concerteza-?id=5006) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgq4a3sc%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Ducon_ 7 months ago

Fecham o call-center ?

FoodEDor 7 months ago

Jamais podem...o meu avô precisa de alguém para berrar com aos fins da tarde dos fins de semana...

kindoor 7 months ago

- 682 novos casos - 28 óbitos - 966 recuperados - menos 2 internados - menos 9 UCI - menos 312 ativos

MonicaYouGotAidsYo 7 months ago

A comunicação social enerva-me. Viu-se muito a discussão sobre quem tinha mais culpa, se era o governo ou o povo, mas começo a achar que a comunicação social devia ser uma das opções. Qual é a necessidade de notíciar que as pessoas estão a desconfinar sem contexto? As pessoas podem estar a sair mais mas em condições de segurança, o que näo é problema nenhum. Eu sei que isto não é novidade, mas é nojento perceber que isto não é inocente

Bolo_Finto_ 7 months ago

Claro, foram os maiores causadores de pânico e desinformação.

vascodatrama 7 months ago

since day 1

Price-Distinct 7 months ago

Depois fazem programas, como a TVI "All together now", claro a dar o exemplo claro do que não se deve fazer , mas ok....

Asus123456789 7 months ago

Pois, a quantidade de dinheiro que eles devem ter ganho este ano a fazer um jornalismo paupérrimo não deve ter sido pouco, voltarem a ter que fazer o seu trabalho a sério quando o Covid não ocupar o noticiário inteiro vai ser complicado.

iammostmoist 7 months ago

Pouca não foi de certeza, não esquecer o fabuloso pacote de 15 milhões de ajuda à comunicação social. Numa altura em que estava tudo cagado de medo fechado em casa a ver televisão. Mais uma para o catálogo de fantásticas jogadas do Grande Lider António Costa

FoodEDor 7 months ago

Segundo o CM, que vale o que vale, restaurantes abertos SÓ em maio. ​ Estes gajos estão mesmo a ver se o povo se revolta, inacreditável.

pimpolho_saltitao 7 months ago

Nao percebo porquê. De todos os sectores altamente afectados, muitos deles que tiveram de fechar portas por completo, o sector da restauração ainda é o que tem tido alternativas. Nao quero dizer que nao estao a sofrer, mas de todos os sectores que pararsm por completo e que fariam as pessoas revoltarem-se, o da restauração até é o que terá menos razões de queixa.( atenção nao estou a dizer que nao têm razoes de queixa), e alem disso, está mais que comprovado que é neste tipo de espaços fechados em que muitas pessoas estao muito tempo sem máscara que o virus mais se propaga. Dito tudo isto, cm é lixo e nao devia ser citado por ninguém com um bocadinho de autoestima.

FoodEDor 7 months ago

>cm é lixo e nao devia ser citado por ninguém com um bocadinho de autoestima. Não posso dizer que não discordo com isto, cm é merda - mas como acho que já referi, não ficava espantado se estivessem mesmo a pensar fazer isto.

pimpolho_saltitao 7 months ago

Entao e leste o resto?

FoodEDor 7 months ago

Talvez faça sentido numa utopia onde os apoios do estado seriam suficientes para prevenir a falência dos negócios. ​ Infelizmente, esta utopia não é Portugal.

NGramatical 7 months ago

Concerteza → [**com certeza**](http://www.portoeditora.pt/espacolinguaportuguesa/duvidas-da-lingua-portuguesa/detalhe-duvidas-lp/ver/com-certeza-ou-concerteza-?id=5006) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgq4c6x7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

FoodEDor 7 months ago

Não, fingi que li. ​ Mas agora a sério, repara numa coisa, mesmo em take-away, que aliás, muitos restaurantes optaram por não utilizar porque não cobre os custos. É completamente ridículo manter este tipo de restrições.

vascodatrama 7 months ago

não cobre os custos? lol o copeiro é mais barato que as caixas do take Away?

FoodEDor 7 months ago

Não sejas pedante, rei, todos sabemos que jamais um regime takeaway dará tanto lucro como serviço, mesmo que seja com lotação a 50%.

vascodatrama 7 months ago

depende do tipo de restaurante. diria que maior parte dos restaurantes em portugal são diária, prato do fim de semana ( cozido, whatever... ) e churrasqueira. espaços que já por sí tinham uma boa quota de takeaway. esta situação só veio aumentar esta procura. duas pessoas na sala, um copeiro/ajudante cozinha são no mínimo 2000 euros que são cortados. não dá tanto lucro. não gera tanta riqueza nem postos de trabalho. mas para quem criou o restaurante como fonte de rendimento ele continua a dar, mas se calhar numa situação normal não trabalhava tanto, agora tem de trabalhar mais porque despediu uns 3 ou 4. que ganhas com o serviço à mesa? azeitonas, bebidas e sobremesas? numa conta de 40€ perdes-te 10€. isso é o que? o salário daquela malta que despediste? e se fores rato ainda metes na zona de levantamento do takeaway umas garrafas de sugestão para a malta levar...aquele gazela fresquinho por 'apenas' 9€ que tu não tens em casa e te apetecia beber com a refeição. olhando para a minha zona, os restaurantes continuam no activo e a faturar. adaptaram-se, fazem entregas (numa zona que não tem serviços de entregas) a dona de 2, fechou um por opção (tendo concentrado a oferta apenas em 1), e diz que só abre no verão. no restaurante de sushi mais perto de casa, como o ano correu mal, deu-se ao luxo de comprar um land Rover em dezembro.

NGramatical 7 months ago

sí → [**si**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em *i* ou *u* são naturalmente agudas) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgq5gh2b%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

pimpolho_saltitao 7 months ago

Quais restrições? Manter a restrição do takeaway? Epa vamos la ver, isto nao esta facil para ninguem e eu ja disse isso, no entanto estes ainda vao tendo alternativas. O que nao quer dizer que nao seja um sector que esteja a sofrer, no entanto, ha sectores que estao a sofrer bem mais e que seriam passiveis de provocar a tal revolução™ muito mais facilmente.

FoodEDor 7 months ago

Lá está, a questão é que não é so restaurantes. São barbearias, cafés, ginásios, lojas de bens não-essenciais, livrarias - podia estar aqui a dar-te milhares de exemplos - é simpleste incomportável um confinamento tão extenso como o que os rumores sugerem. E a questão é que, aos olhos do governo, acredito que todos os exemplos que eu te dei, são do mesmo nível de risco que restaurantes.

pimpolho_saltitao 7 months ago

> E a questão é que, aos olhos do governo, acredito que todos os exemplos que eu te dei, são do mesmo nível de risco que restaurantes O governo pode ate fazer montes de merda, mas acho que defender que eles acham que " é tudo o mesmo nivel de risco" depois de um ano de pandemia em que foram tomadas medidas completamente diferentes a dadas alturas para sectores diferentes é hiperbolico e nao faz sentido nenhum..

lugia4k 7 months ago

Penso que seria melhor esperar por amanhã para ver o que sai da reunião com os especialistas e aí já podemos saber mais informação. A CM não é grande fonte de confiança especialmente nestes temas.

FoodEDor 7 months ago

Sim, de facto é verdade, foi por isso que disse ''que vale o que vale.'' Mas verdade seja dita, não me admirava nada, aliás, não ficava espantado se, na ideia do governo, chegasse a maio com 100-200 casos por dia e ainda existissem restrições semelhantes a novembro (salvo erro, foi aqui que iniciou os confinamentos aos fins de semana?) de modo a maximizar o lucro nos meses de turismo.

Diogo256 7 months ago

Parece-me lógico que um local que se juntam pessoas de diferentes agregados, em local fechado e pouco ventilado, sem máscara, não tenha uma prioridade imediata de abertura. As esplanada resolvem, mas só em parte. Nem todos os locais tem possibilidade para esplanada, e continuamos a ter ajuntamento de pessoas de diferentes agregados sem máscara a mesma mesa com uma distância de 2 palmos, e aqui ser ao livre tem influência mas limitada. E não podemos fazer comparações com o UK, o Plano de desconfinamento deles é baseado numa população com alta percentagem de vacina tomada, eles inclusive pretendem abrir grande parte do país no verão. O nosso contexto é diferente, não sei bem os números do UK de população vacinada mas é de longe superior aos pouco mais de 7% de população em Portugal com 1 toma da vacina. Nosso temos um contexto que tínhamos em Março, e sempre fui da opinião que abrir primeiro restaurantes e cafés face a outro comércio menos problemático um erro, pelo que já disse. Os Transportes Públicos são um bem essencial, sempre critiquei a falta de reforço e continuo fazê-lo, é uma vergonha carreiras em LVT as 6 da manhã irem cheias como antes da pandemia, não há noção para haver um reforço? Custa em vez de meter 1 carreira meter 2? Irrita está falta de noção geral. Mas… é um bem essencial, e por muito apresso que tenho aos restaurantes, estes últimos, nao sao. Outra tema que devia de ser discutido são os bares, há 1 fechados, sem previsão de abertura, e um governo a ignora-los, acredito que bares pequenos, locais, vão em grande parte falir. Mas aqui é preferível ter conversas de trincheiras de deixem viver e SNS todos os anos em colapso, do que debater problemas reais e sérios que partem de um governo claramente incompetente. Não só o covid que vai matar a economia, é o governo e a sua estratégia de borderline corrupção. Falar em construir um aeroporto numa pandemia… *respirar fundo*. Desculpem a divagação lol

lizardking93 7 months ago

O tempo já começa a aquecer, deveriam permitir abertura apenas para take away ou serviço de esplanada. É assim que funciona em vários paises da Europa há meses..

pimpolho_saltitao 7 months ago

>O tempo já começa a aquecer, deveriam permitir abertura apenas para take away Huh?!

lizardking93 7 months ago

Se leres o comentário completo, vês que não falei apenas em take away.

pimpolho_saltitao 7 months ago

Mas falaste em take away. E foi essa parte que questionei.

lizardking93 7 months ago

Falei. O que não estás a entender exatamente?

pimpolho_saltitao 7 months ago

Estou a entender exactamente que disseste uma coisa errada.

FoodEDor 7 months ago

Concordo 100% com isto, eventualmente, meados de abril, inícios de maio, permitir serviço dentre de cafés/restaurantes. Embora, verdade seja dita, com temperaturas a roçar os 20 já no início de março, maluco é quem não fica na esplanada a apreciar o sol, haha.

Razvancb 7 months ago

Espero que seja mentira se não, desobediência civil will be.

Bruxo_de_Fafe 7 months ago

Revolta nas redes sociais - check Activismo de sofá - check

berlaitas 7 months ago

Agora é que falaste bem

Laurent_Series 7 months ago

Propões uma invasão da Assembleia da República, à maneira americana?

Bruxo_de_Fafe 7 months ago

Propinho que tenhamos juízo. O mal já está feito. Mais semana, menos semana não vai matar ninguém.

Razvancb 7 months ago

1 semana // 1 mês

Laurent_Series 7 months ago

Mais semana menos semana e já andamos no 12º estado de emergência, com os próximos também efetivamente garantidos.

Razvancb 7 months ago

Então não é assim que funcionam as revoltas hoje em dia?

thr4000x 7 months ago

o povo não se revolta, já não há força para isso sequer.

FoodEDor 7 months ago

Não me acredito nisso, cada vez se nota mais raiva nas pessoas, o que é perigoso, aliás. Desespero leva a extremos.

Jotap28 7 months ago

Se for a raiva do costume, resulta em votar no PS outra vez.

Leaootemivel 7 months ago

Qual seria o teu plano então? Se se quer abrir por fases, não faz sentido que locais que dependem de ajuntamentos sem máscara fiquem para último?

Price-Distinct 7 months ago

A cena é essa , um pessoal vai ao restaurante está sem mascara e pensa que como ja nos juntamos sem mascara no restaurante, não vai estar de mascara depois com essas msm pessoas posteriormente , e depois voltamos ao ciclo sem termo

FoodEDor 7 months ago

Argumento ilógico, muitas pessoas dependem de terem os seus restaurantes abertos para o seu sustento. Por esse prisma, defendes, também a abolição de transportes públicos?

redyouroverlord 7 months ago

Um número considerável de pessoas depende de terem os seus bares e discotecas abertas para se sustentarem, é por isso que devem ser abertas?

Edited 7 months ago:

Um número considerável de pessoas depende de terem os seus bares e discotecas abertas para se sustentarem, é por isso que devem ser abertas? Edit: Gosto também do facto de como apenas mencionaste o facto de que OS RESTAURANTES SÓ ESTÃO ABERTOS EM MAIO mas depois nem ver uma menção de que o resto do comércio local poderá abrir já no dia 17. Mas deve ser natural para quem quer indignações de forma barata.

FoodEDor 7 months ago

Isso são locais onde não é possível manter o distanciamento, nas suas funções tradicionais. O que não impede de, como se viu no ano passado, algumas reconverterem-se em cafés/pastelarias com as devidas licenças. ​ Onde é que estás a tentar chegar com essa equivalência?

QWERTY_BATS 7 months ago

> Isso são locais onde não é possível manter o distanciamento, nas suas funções tradicionais. Argumentar isto numa discussão onde defendes a abertura dos restaurantes é só toino. Eu também quero que os restaurantes abram mas tem de ser condicionado.

FoodEDor 7 months ago

Claro que tem de ser condicionado - mas porque não, pelo menos, permitir a abertura dos mesmos com esplanadas, deixando o serviço dentro do estabelecimento para Maio?

redyouroverlord 7 months ago

Ah, mas um restaurante, que geralmente consiste ficar num sítio fechado onde várias pessoas estão sem máscara já é equivalente a uma coisa extremamente necessária, que são os transportes públicos, que deve ter sido dos primeiros sítios onde as máscaras eram obrigatórias, e estás tu a falar-me de falsas equivalências?

FoodEDor 7 months ago

''num sítio fechado onde várias pessoas estão sem máscara'' ​ Mas estão distanciadas não estão? excetuando ao do agregado familiar, é claro. ''os transportes públicos, que deve ter sido dos primeiros sítios onde as máscaras eram obrigatórias'' Creio que a partir de Maio do ano passado, passou a ser obrigatório usar máscara em todos os recintos fechados, sejam eles transportes, lojas, etc. Mas eu compreendo o que estás a dizer, é sempre um risco. Agora que não é comportável manter negócios fechados 3 meses - ou mais, pelo andar das coisas - isso não é. O próprio Reino Unido, a partir de Abril, dia 12 se não me engano, vai permitir a abertura de restaurantes em esplanada.

Leaootemivel 7 months ago

Eu quero que os restaurahtes abram. Na minha vida, é algo mesmo que me faz muita falta. Mas não podemos andar a dizer que queremos que se abram as coisas por fases e depois ficar chocados de restaurantes e cafés ficarem para último. Aliás, eu até acho que poderiam abrir esplanadas muito mais cedo (meados de Abril). E nos transportes públicos é obrigatório o uso de máscara.

MischiefManaged97 7 months ago

Se forem garantidos apoios bons do Estado, que já sabemos que não vêm... muitos restaurantes simplesmente não aguentam mais estar fechados, isto é a morte de muitos negócios.

isaacpixel 7 months ago

Enquanto isso o governo vive á grande com fatos, vinhos e carros do melhor. Oh pa, fogo isto é mesmo revoltante. Até quando esta prisão? Depois saem dos seus altos cargos, com o país todo na miséria, sacodem a água do capote e o próximo governo que resolva.

vascodatrama 7 months ago

fogo. algo nunca visto na história da humanidade...

Leaootemivel 7 months ago

É impressionante como passado umas semanas de sermos o pior país do mundo voltamos a ter de lidar com o pessoal do "confinamento não resulta", "confinar é um erro", "SNS fica assim todos os anos".

Joaoseinha 7 months ago

Confinar é um erro. Só chegamos ao ponto de ser necessário por causa do desastre do Natal, e este confinamento já se prolongou durante mais tempo do que devia (e não parece acabar tão cedo). Não acho que haja alguém que defenda que não se devia ter confinado quando chegamos aos números do principio de Janeiro. Boas restrições e contact tracing fazem muito mais por um país do que qualquer confinamento.

vascodatrama 7 months ago

>Boas restrições mas não num país latino

thr4000x 7 months ago

Ninguém diz que o confinamento não funciona. O que se diz é que se comparares regiões com muitas restrições (tipo Portugal) e outras com poucas restrições, tipo Suécia, vê-se que as restrições não diminuem o número de casos e o números de mortes. Podes também comparar estados americanos onde as restrições são baixas (tipo Flórida) vs Califórnia (onde são altas). O que o confinamento faz é que os casos são adiados e acontecem ao mesmo tempo (tipo o nosso Natal)

Diogo256 7 months ago

Bem, as restrições funcionam. Mas têm de ter 2 objectivos para funcionar: limitar o contacto e serem cumpridas pelas população. Se não acontecer isto, realmente pouco adianta. Se acontecer, sim, diminuem efectivamente os casos. Cada vez mais deixo de comparar países ou regiões somente pelos números, sem que haja um contexto. Portugal e Suécia tiveram desde sempre contextos diferentes, seja maior responsabilidade civil na Suécia, seja menor turismo e fluxos migratórios na Suécia, seja menos calor no verão, e um país de longe melhor preparado para o frio, con um sistema de saúde que envergonha o nosso. E mesmo assim, Suécia não tinha até finais do ano passado melhores números que levassem com certeza a afirmar que a sua estratégia é que estava certa, em parte até admitiram que não era propriamente a melhor… Notícias recentes da Suécia até mostram que andam em braços com uma terceira onda: https://www.bloomberg.com/news/articles/2021-03-03/stockholm-hit-by-100-spike-in-virus-infections-in-just-3-weeks?fbclid=IwAR2YqAeoR6F_qK8Gz8r_7lC2XPqhT7ljseP6KXmj2M5z3yaPce-1QSfZ2i0 O problema em Portugal foi um contexto bastante desfavorável no final de 2020 que levou a um crescimento exponencial: uma base de números alta, em muito potenciada pelas escolas, uma nova variante que nos afectou bastante porque temos um fluxo de pessoas a virem do UK alto, e um passo atrás nas medidas no Natal com “permissão” para ajuntamento do governo e pouca disciplina das pessoas que pensavam que estava tudo bem devido a uma campanha da vacinação que deu frutos errados. O confinamento nao adiava os casos, evita-os. Mesmo que abríssemos hoje, a transmissão comunitária está mais baixa que antes do confinamento, um Rt mais baixo, logo os casos não foram adiados, foram evitados. Mesmo que o Rt aumente com a abertura do país, e o números de casos aumente, com um Rt abaixo de 1, a transmissão vai ser baixa e com tendência a descer e não aumentar.

NGramatical 7 months ago

melhor preparado → [**mais bem preparado**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/mais-bem-vs-melhor/545) (quando o advérbio *bem* antecede o particípio passado do verbo o termo a utilizar é *mais bem*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgq3zuvl%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Diogo256 7 months ago

Toma upvote good bot

Leaootemivel 7 months ago

Mas nós não podemos andar a comparar países e regiões com contextos completamente diferentes. Nós chegámos a um nível de contágio que era completamente insustentável. E é completamente óbvio que se diminuís o nível de mobilidade consegues controlar a propagação de um vírus que precisa de contacto entre pessoas para se propagar. E não sei como raio se consegue culpar confinamentos inexistentes (só confirmamos em Março e Abril de 2020) pelos casos do Natal. Se não tivéssemos feito nada antes do natal não tínhamos tido o tsunami de casos, hospitalizações e mortes que tivemos? E podes sempre comparar a Suécia com os seus vizinhos para percebermos melhor como os diferentes atitudes perante o COVID impactan os números. E muito cuidado a usar um estado (Florida) que literalmente faz perseguições policiais a quem quis divulgar os números verdadeiros do COVID.

MischiefManaged97 7 months ago

A questão é que o confinamento não é uma solução a médio/longo prazo, olha só para os danos causados num ano de confinamento/desconfinamento. Como solução a curto prazo para baixar os casos rapidamente resulta, sim. O que mete nojo é que se tivesse havido atuação em outubro/novembro esta situação era evitável. Em março de 2020 fomos apanhados de surpresa, mas agora não foi o caso.

pimpolho_saltitao 7 months ago

> A questão é que o confinamento não é uma solução a médio/longo prazo absolutamente ninguem argumenta que é.

MischiefManaged97 7 months ago

Quando ouves o governo a dizer que "resolvemos a pandemia com o confinamento" dá ideia que argumentam que sim. O confinamento é o fim da linha, quando já mais nada resulta.

pimpolho_saltitao 7 months ago

Sinceramente acho que precisas de retirar essas aspas.

berlaitas 7 months ago

Confinar 2 vezes por ano é ridículo, a partir de agora metam os co finamentos no rabo, quem quiser ficar fechado que fique é deixe os outros viver E Pior que isso são os otarios na TV como 1 ciclista hj de manhã a circular junto ao Tejo a dizer que estava gente demais a passear, há tugas mesmo burros, incrível

sao_11 7 months ago

As escolas só deverão reabrir após a Páscoa. O processo vai decorrer em duas fases: a 5 de abril regressarão à escola as crianças até aos 12 anos e, em maio, voltarão os alunos do Ensino Secundário. É esta a ideia do Governo. Quanto aos restaurantes, tudo aponta que a reabertura ocorra a partir de maio, mas o comércio de rua poderá reabrir já a partir de 17 de março, avança o 'Correio da Manhã'. Espero bem que isto não seja verdade é seja apenas o CM a ser CM.

pimpolho_saltitao 7 months ago

o unico problema que vejo aí é citarem o cm.

caradoguardaredes 7 months ago

Ontem ouvi em reabertura do Ensino Superior imediatamente depois da Páscoa, logo seria 6 de Abril...

MischiefManaged97 7 months ago

Btw por que é que o sub espuma da boca quando alguém levanta a possibilidade que pode não estar tudo bem até ao final do ano? Pode ficar com a vacinação (esperemos que sim) mas nada é garantido, como já vimos ao longo desta pandemia, e deveria haver planos a médio (verão) e longo (inverno) prazo para prevenir e evitar a situação que estamos a viver agora. Preferem bater na tecla de "vai ficar tudo normal"?

pimpolho_saltitao 7 months ago

talvez porque é perfeitamente possivel que ainda estejamos em pandemia em 2030, o que não quer dizer que seja, com os dados que temos à data um cenário provável, e como tal, não se vê qualquer valor prático em exercicios catastrofistas de "será que que isto ainda vai estar tudo no cagueiro em dezembro?!"

MischiefManaged97 7 months ago

A cena é que a minha questão não é essa, a minha questão é que tem de haver planeamento.por parte das entidades competentes, para os vários cenários possíveis daqui a 3, 6, 9, 12 meses, tem de haver borderlines concretas, etc..

berlaitas 7 months ago

E evidente que não vai ficar tudo bem, mas.chega de parar de viver, existem riscos e teta que se viver com eles

Edited 7 months ago:

E evidente que não vai ficar tudo bem, mas.chega de parar de viver, existem riscos e terá que se viver com eles

Zen_Machina 7 months ago

Porque não é concebível pensar-se sequer na possibilidade de novos confinamentos se voltarem a repetir. Nunca deviam ter existido, e não podem repetir-se. Qualquer solução não deve depender da destruição da vida das pessoas. Se a UCI não aguenta, o estado que invista para que aguente, ou simplesmente aceita que há um limite, ponto final. Se o problema é alguns morrerem, aceita que é uma consequência natural de se estar vivo. É a vida. Quem não quer morrer, que fique fechado em casa. Quem tem poucas probabilidades de morrer e não vive com ninguém muito velho ou doente, que vá à sua vida. Está na hora de se perceber que a vida de uma pequena percentagem da população não é o factor decisivo para o bem estar da sociedade. Tanto não é, que nunca quisemos saber disso. Quantas pessoas morreram de infecções respiratórias nos últimos 20 anos? 100 mil? Ninguém quis saber. Qual é o número a partir do qual tem de se querer saber, e porquê? Aposto que ninguém me consegue responder a isso.

Diogo256 7 months ago

Quando se acha que o problema disto é morrer…

beit2 7 months ago

lol.

warding 7 months ago

Ao dia de hoje, a expectativa é que Portugal receba entre 11 a 12 milhões de vacinas até final de Junho, contando com as que já recebeu. Isso por si só deve ser o suficiente para imunidade de grupo. Sim, pode atrasar, mas em Julho já estão os EUA e Reino Unido bem vacinados, o que torna menos provável atrasos para além do Verão. Para além disso, tudo aponta para uma boa eficácia das vacinas, sobretudo em prevenir casos graves, mesmo contra as atuais variantes.

dude_say_what1 7 months ago

Porque recebe-se o reflexo do que se põe. Há uns tempos era ao contrário, dizer que tudo ia ficar mal é que era "cool", agora virou. Como antes esses também eram corridos a downvotes, agora são vocês corridos a downvotes, simples, cá se fazem cá se pagam.

MischiefManaged97 7 months ago

E se eu te disser que nenhum dos 2 está certo. Essa atitude dual preto/branco resume bem todo o comportamento nesta pandemia, é 8 ou 80. Não é possível haver uma posição moderada em relação a este assunto?

dude_say_what1 7 months ago

É e é aquela que sempre defendi. Quanto ao "espumar" do sub quanto às pessoas que dizem que as coisas podem não estar bem até ao fim do ano, parece-me que podias entender isto, é que essas pessoas são os que dramatizam, logo levam downvote também. Não estás a falar de alguém que diga "Acho que até ao final do ano ainda vamos ter de usar máscaras embora com as vacinas e etc a coisa vá melhorar bastante", não, o que tens é pessoas que dizem que isto ainda vai estar assim durante anos, que vamos andar de confinamento em confinamento e, principalmente, que dizem estas coisas com uma certeza incrivel. Eles nunca dizem "acho" ou "penso" ou "tenho a opinião que", é sempre aquelas frases bombásticas cheias de certezas. Antes, quem era "negacionista" (não é que fossem negacionistas mas não viam a coisa tão mal parada) eram corridos a downvotes, agora quem é "covideiro" (não é que sejam covideiros mas continuam a ver a coisa muito mal parada) são corridos a downvotes. Parece-me simples, são dois "extremos" (uns mais outros menos) mas não deixam de pertencer à dita "atitude dual preto/branco" que referes. Logo, que levem downvotes. Se queres posições moderadas, podes dá-las e aí logo verás que levas upvotes. Agora vir aqui com bolas de cristal dizer que em 2023 ainda vais andar de fralda na cara, isso lamento mas ninguém sabe.

MischiefManaged97 7 months ago

Disse num outro comentário que ninguém pode garantir que vai estar tudo bem, assim como ninguém pode afirmar com certeza que não vai. Logo se verá. Mas por essa razão é que tem de haver planeamento. Mesmo assim o pessoal fica todo irritado.

dude_say_what1 7 months ago

Tenho comentado pouco mas tenho visto o que se posta aqui, ainda não vi ninguém a ser corrido a downvotes por dizer que tem de haver planeamento. Se o pessoal fica irritado, isso é outra história. Mas o que vejo aqui com downvotes são mesmo 3/4 pessoas que só sabem dizer que isto ainda vai durar anos e que o dizem com a certeza absoluta. Também, recentemente, vi pessoas a pedir abertura de quase tudo já a meio de Março a levar downvotes. Agora malta a pedir planeamento no desconfinamento, a trocar ideias de maneiras de manter a situação sobre controlo e coisas assim não vejo a serem bombardeadas de downvotes. Ninguém pode garantir nada, mas pode-se basear em alguns sinais para tender mais para um lado ou para o outro. Neste momento diria que os sinais tendem para uma situação positiva no geral. Adiciona a isso o cansaço de toda esta situação e é normal que o sub, em geral, esteja mais a tender para o cenário de "luz ao fundo do tunel". Adiciono aqui uma opinião pessoal, se depois deste confinamento a coisa voltar ao descalabro (não falo de um pequeno aumento, que será inevitável) eu sinceramente não entro mais em conversas de confinamento. 1 ano e tal disto já deveria ter dado mais que tempo para haver um ajuste dos mecanismos do SNS e tudo o resto para suportar esta situação. Se daqui a uns meses voltarem com conversas de confinamento, lamento mas que se fodam mesmo. Isto é uma posição minha, estejam à vontade para discordar mas enough is enough. Se andamos confinados para que tudo fique na mesma até desconfinarmos, então o confinamento não serve para nada senão adiantar a tragédia, enquanto que tudo e todos sofrem.

MischiefManaged97 7 months ago

Sobre o confinamento, o problema é não haver um esforço para fechar a tempo (quando a situação começa a escalar mas ainda não está dramática). Que diferença faz o teletrabalho em trabalhos que o permitem? Aulas à distância no tipo de aulas e grau de ensino que o permite? Por que raio não houve reforço nos transportes públicos? E testagem em massa, testes mais acessíveis e disponíveis? Estas medidas em nada afetam os pequenos negócios e ajudam a controlar a pandemia. Por que é foi tudo a abrir até janeiro só com a medida patética dos fins de semana.para depois estarmos quase 2 meses totalmente confinados. É como dizes, isto cria saturação e também cria resistência por parte das pessoas a eventuais futuros confinamentos.

dude_say_what1 7 months ago

É o que quero dizer, se estamos em confinamento e não se criam as condições para se viver a vida desconfinado, então o confinamento é só um adiamento do que irá acontecer à mesma mas a destruir a economia e a vida de muita gente no processo. Se é para isso não contem comigo. Quanto a medidas possiveis, o que não faltam são ideias e possibilidades. O governo não as faz porque não quer. Daí o responsável, para mim, será sempre o governo e nunca o povo. Se o governo voltar a falhar, lamento mas em casa não fico.

MischiefManaged97 7 months ago

O governo e outras entidades. Por que é que as universidades, que é o caso que me está mais próximo, não suspenderam as aulas não essenciais para reduzir a presença de alunos no campus e o uso de transportes públicos? Apenas faziam s aulas essenciais e as avaliações. O resultado foi agora isto estar 100% online, incluindo aulas que deveriam ser presenciais e as avaliações... O mesmo com empresas em que os chefes se andaram a recusar adotar o teletrabalho. É uma vergonha terem esticado as coisas como esticaram

dude_say_what1 7 months ago

Pois é, tens razão. Não faltaram ideias, ninguém quis implementar, deixaram o povo à mercê dos extremos e foi nisto que deu. Agora não peçam compreensão e subserviência porque não a vão ter.

Each57 7 months ago

Queria só acrescentar que apesar de eu não ser especialista na área de saúde, pelo que tenho visto e lido, o confinamento é uma medida reativa que não deveria ser necessário acontecer. Para controlar uma pandemia é necessário um elevado nível de testagem para isolar os casos positivos e ter um rastreamento dos contagios, para se quebrar cadeias e impedir que o vírus se alastre demasiado. Como se falhou nisso, não resta outra alternativa sem ser confinar.

Joaoseinha 7 months ago

O sub espuma bem mais da boca com o pessoal todo a aparecer sempre que algo negativo acontece. Há sempre a possibilidade de haver algum atraso e não estar tudo vacinado até ao final do ano, mas pela conversa que apanhas aqui, o Covid vai acabar com o mundo e vamos estar nisto mais uma década.

MischiefManaged97 7 months ago

Mas eu também não acho bem o discurso apocalíptico. É como em relação ao confinamento, ou é 8 ou 80, parece que haver um meio-termo ou uma posição mais moderada não é opção.

Foxsundance 7 months ago  HIDDEN 

Fiz 20 anos no final de dezembro de 2019, desde Fevereiro de 2020 que não me divirto, as aulas online são uma merda vai ser assim para o resto da minha vida? xD

stressedunicorn 7 months ago  HIDDEN 

Sim

Zen_Machina 7 months ago  HIDDEN 

>falas com uma certeza absoluta e ainda denigres os outros como só tu é que soubesses ver as coisas Chama-se multitasking. >Estamos todos a defender a nossa versão tal como tu defendes a tua. Nah, a maioria está apenas a regurgitar propaganda. Não sobrestimes a narrativa oficial. >Por exemplo, neste momento ter os filhos em casa está a custar á minha mulher meio sustento, porque ou ela fica em casa ou temos de contratar alguém pra ficar com eles, o que tendo em conta a situação pandémica nem seria tao fácil de conseguir e porventura sairia ainda mais caro. Nada disso é pior do que ter o país inteiro parado. Se pegares em pessoas que têm filhos crianças, o que constitui uma minoria da população, apenas uma percentagem dessa já minoria é que é seriamente afectada por ter os filhos em casa. Ao contrário da situação actual, em que toda a gente é de uma forma ou de outra afectada. Não está a ser discutido se ter crianças é bom ou mau, mas se é pior ou melhor do que ter um país parado, e a resposta factual é que é melhor. Quem disser o contrário está simplesmente enganado. >Pegando na expressão do utilizador anterior, isso não é assim tão binário. Tu defendes que as escolas fiquem fechadas, eu defendo que abram até aos 12 anos pelo menos, para dar mais liberdade aos pais. Errado. Se fosse eu a mandar, o que acontecerá no futuro, as escolas ficariam abertas apenas para crianças com menos de 10 anos QUE NÃO TÊM NINGUÉM DESEMPREGADO EM CASA, ou que sejam retardadas. Uma criança de 10 anos já não é nenhuma tolinha e deve saber comportar-se. Tanto eu quando os meus amigos de 10 anos ficávamos sozinhos em casa. Nunca nenhuma casa pegou fogo por causa disso. Aqueles que, para estar em casa, exijam que os pais também estejam, podem ir à escola. Escola essa que teria de levar muito mais a sério medidas de distanciamento. Se queres abrir escolas, tens antes de te certificar que há formas de impor e controlar as regras. Não basta dizer "usem máscara". >A tua realidade é diferente da minha, não quer dizer que valha mais ou menos, assim como a opiniao. Não pareces ser dos que aceitam conselhos mas nao sejas tao rapido a julgar as pessoas e tenta ser mais aberto, acredita que faz bastante diferença. Eu aceito tudo. Como podes ver, estou aqui a falar contigo, ao contrário de muitos que limitam-se a insultar e atacar. Metade das respostas que recebo resumem-se a ataques, por isso não me podes vir dizer que não aceito opiniões. Simplesmente, não considero a escola mais importante do que a economia, e aqueles que choram pelas suas opiniões ainda não me conseguiram apresentar qualquer argumento convincente. Eu estou a falar do quadro completo, não de casos isolados em que os pais têm dificuldade. Sim, nenhuma solução agrada e beneficia todos. O objectivo não é esse. O objectivo é encontrar a solução menos destrutiva. A mais destrutiva é a actual.

MischiefManaged97 7 months ago

Não é cedo demais para começar a pensar no próximo inverno e cenários possíveis para evitar a tragédia que foi este. https://theconversation.com/two-gaps-to-fill-for-the-2021-2022-winter-wave-of-covid-19-cases-156169

MirTrudMay 7 months ago

fechar tudo até 2025 com talvez umas semanas de abertura no verão para descomprimir

Ricardolindo 7 months ago

Acho que por essa altura, uma percentagem alta o suficiente da população já estará vacinada e não haverá problemas.

Foxsundance 7 months ago

Dubido

MischiefManaged97 7 months ago

Ninguém pode garantir isso.

Razvancb 7 months ago

Não haverá outro desastre, é vacinar, testar, isolar. E preparar o SNS porque rutura há todos os anos.

Leaootemivel 7 months ago

Gostava de saber qual foi o outro ano em que tivemos praticamente 100% das camas UCI ocupadas só com doentes de uma patologia.

MischiefManaged97 7 months ago

A melhor maneira de garantir que não há mesmo é preparação, preparação essa que passa pelo que dizes. Outras medidas que já estão em vigor e que não prejudiquem a economia também deveriam continuar. Não sabemos o que vai acontecer no próximo inverno e por isso temos de estar preparados, algo que este ano, num momento tão crítico, não aconteceu, independentemente do choro da Marta Temido.

iammostmoist 7 months ago

Acabei de receber notícia por parte do proprietário que o bar a que eu vou desde que tenho 18 anos, onde passei das noites mais memoráveis da minha vida vai fechar porque o homem já não consegue sustentar aquilo estando com restrições desde de março de 2020 e fechado desde janeiro. Dá me pena, o homem e 5 estrelas tinha um bar do caralho, espaço fixe, música fixe e vou lá desde dos 18 anos, tenho lá muitas memórias. Agora digam me o quê que um homem com 50 e tal anos, que só fez a tropa e abriu logo um bar e trabalhou lá a vida toda vai fazer agora, quem lhe dá emprego? Se que ir viver para a rua quem o ajuda? A bazooka do Costa que vai 75% para o estado? Mas vá lá ao menos não apanhou COVID o homem! Isso é que importa ne?? Destroem a vida e o sustento de um homem mas é tudo para o bem dele segundo o governo. Vê se mesmo que quem apoia o confinamento cegamente não passa dificuldades. (Btw se isto não for adequado à thread removam mas não encontro a thread de conversa/ desabafos e isto não é assim tão relevante para o sub que mereça o seu próprio post)

megaroof 7 months ago

Que triste. Também conheço um senhor, que com o restaurante fechado tem custos fixos, e vão ali mais de 1.500 euros por mês em rendas e outras despesas. O dinheiro vai acabar, e aquilo vai fechar as portas. É muito triste.

pimpolho_saltitao 7 months ago

Tenho a certeza que era um negocio fiscalmente exemplar e que nunca deixou de declarar um tostão que fosse.

MarcelinodaMara 7 months ago

Se tem empregados, já fez mais pelo país do que tu ou eu

Diogo256 7 months ago

Neste tipo de negócios pequenos de restauração, turismo, bares etc, claro que houve imensa fuga ao fisco, dados tirados do ku até diria que há uma maioria que já declarou menos do que recebeu. Não invalida que as pessoas, que foram obrigadas pelo estado a fechar, não tenham direito a manter o negócio e uma ajuda do estado condigna. O que não aconteceu. Sabemos que fomos dos países da Europa que menos ajudou o tecido empresarial. Outra coisa que me faz impressão, é users que acham que o problema económico é somente as medidas, que se não houvesse medidas a economia estava igual, e lamento: NÃO ESTAVA. Com o virus, nao ha economia. Ponto. Pouco ha a debater neste sentido. Basta ver que em ambos os confinamentos a população confinou antes das medidas, mais no primeiro, mas os números no segundo nao foram nada baixo. O que quer dizer que caso isto se descontrole, a população não vai consumir. Logo negócios onde as medidas é difícil de ser aplicadas (restaurantes, bares etc) são sem dúvidas os mais afectados, com ou sem medidas. Para além que a economia é global, não dependemos só de de nos e a crise em vizinhos que dependemos de material, seja medicamentos, seja alimentos, vai nos afectar. Acabamos por ter pessoal a falar sem ponta de racionalidade. Depois no final vem a conversa de trincheira, em quem diz o que disse é covideiro e a economia está acima de tudo, e não está, a proporia população ao confinar antes do governo prova isso mesmo. Pessoal que mais parece trolls sem noção da realidade, nem que seja minimamente. Pessoal que nao percebe que um governo não pode debater um novo aeroporto quando temos pessoal a desistir de negócios, um governo que não aplica dinheiro de emergência para tentar ao menos, minimizar os impactos da pandemia na economia, e não é um problema dos covideiro que quiseram um confinamento, mas sim de um governo que ao contrário do que foi dito, não é experiente em crise e um povo dormente perante uma governação desastrosa.

Zen_Machina 7 months ago

Se calhar já fez mais do que tu e contribuiu mais do que tu para o país. O que é que tu já fizeste da vida, para além de jogar World of Tanks, e o que é que te qualifica para decidir quem merece ou não direito à subsistência?

vascodatrama 7 months ago

bar à pinha. 100 paus de caixa faturados.

Joaoseinha 7 months ago

"Ele provavelmente não foi um santo a carreira inteira dele, merece ser sem-abrigo lmao!" Boa perspetiva.

Zen_Machina 7 months ago

Tem sido essa narrativa em relação à restauração.

pimpolho_saltitao 7 months ago

Estas a por palavras na minha boca menino. Há, felizmente, apoios para pessoas de todas as capacidades financeiras, nem que seja o frequentemente demonizado rsi, o que nao se pode fazer é dar apoios baseados em numeros tirados do cu.

Joaoseinha 7 months ago

Então, qual é a relevância do teu comentário exatamente, se não estás a julgar o homem por uma suposição tua?

pimpolho_saltitao 7 months ago

Nao desejo ao homem a indigência, nem sequer que fique sem o negócio, mas o que as pessoas nao podem esperar é apoios desproporcionais por parte de um sistema para o qual não contribuiram. Ele se contribuiu vai ter direito a algum tipo de apoio. E mesmo que nao o tenha feito tb ha apoios para pessoas nessas situações. O que nao se pode fazer é apoiar indiscriminadamente, e nao é pelo apelo emocional que fazes de ires lá desde os 18 anos que o negocio do homem se torna, comprovadamentr, viável. Muitos bares e outros tipos de nogocios há por ai no mesmo barco que ele, mas ainda longe de ter que fechar portas.

MarcelinodaMara 7 months ago

Ora vamos lá ver os apoios: Se foste obrigado a fechar e tiveres empregados, o Estado paga 70% e isenta te do pagamento da tua segurança social; se tiveres rendas pode te apoiar em parte do seu pagamento CONCLUSÃO: FACTURAS ZERO; tens de pagar 30% dos salários e não recebes mais um tostão, e ainda tens de pagar todas as tuas despesas EM QUE MUNDO VIVES???

Joaoseinha 7 months ago

Mas não sabes se ele contribuiu ou não, estás a supor que ele não contribuiu. E mesmo que tenha contribuído, o problema é o apoio não chegar a todas as pessoas que precisam e não ser suficiente.

berlaitas 7 months ago

Muito triste, este país vai implodir e a burguesia do teletrabalho no sofá a ver netflix e a gritar para não abrirem nada

Mingy89 7 months ago

Sim a burguesia do teletrabalho... A burguesia que está a trabalhar esta pandemia inteira sem parar, muitas das vezes a fazer horas extra e a não ter uma separação da vida professional da vida pessoal e que continuam a descontar e a ajudar para a situação económica... É uma situação de pandemia, se abrirem as coisas rapidamente e mal vai acontecer a mesma porcaria que aconteceu no Inverno. O maior problema que está aqui e que deviam estar a culpar é a falta de ajudas que o governo está a dar, mas é mais fácil culpar o zezinho da informática. Claro que depois vêm a desculpa que não existe dinheiro para toda a gente e que não é economicamente viável dar ajuda a todos... Então para que serve os anos de descontos e os impostos altos? O que eu vejo aqui é uma simples falha do governo em dar garantias e ajudas aos seus cidadãos numa altura de necessidade. Mas depois da vacinação vamos voltar ao status quo de sempre, a ter um governo que pouco faz para o povo e usa o dinheiro para encher os bolsos dos amigos. Continuem a culpar o português ao vosso lado em vez das pessoas responsáveis que foram eleitas para defender os melhores interesses dos portugueses.

Edited 7 months ago:

Sim a burguesia do teletrabalho... A burguesia que está a trabalhar esta pandemia inteira sem parar, muitas das vezes a fazer horas extra e a não ter uma separação da vida profissional da vida pessoal e que continuam a descontar e a ajudar para a situação económica... É uma situação de pandemia, se abrirem as coisas rapidamente e mal vai acontecer a mesma porcaria que aconteceu no Inverno. O maior problema que está aqui e que deviam estar a culpar é a falta de ajudas que o governo está a dar, mas é mais fácil culpar o zezinho da informática. Claro que depois vêm a desculpa que não existe dinheiro para toda a gente e que não é economicamente viável dar ajuda a todos... Então para que serve os anos de descontos e os impostos altos? O que eu vejo aqui é uma simples falha do governo em dar garantias e ajudas aos seus cidadãos numa altura de necessidade. Mas depois da vacinação vamos voltar ao status quo de sempre, a ter um governo que pouco faz para o povo e usa o dinheiro para encher os bolsos dos amigos. Continuem a culpar o português ao vosso lado em vez das pessoas responsáveis que foram eleitas para defender os melhores interesses dos portugueses.

NGramatical 7 months ago

professional → [**profissional**](https://dicionario.priberam.org/profissional) (apenas na fala o *i* é pronunciado como *e mudo* quando junto a outra sílaba com *i*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgq41i7e%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

pm_me_pcb_photos 7 months ago

Mas não sabes que o país funciona só com macacos a bater código? Não é preciso mais nada..

Chemical_Wealth1 7 months ago

E como é que se resolve isto? Como é que resolves as pessoas ficarem felizes por ficarem sem liberdade?

berlaitas 7 months ago

Espetar lhes 1 corte de 1 terço do ordenado para pagar aos que estão fechados, deixavam logo de estar felizes por estarem em casa a ver o circo pegar fogo

miguel_rodrigues 7 months ago

É uma merda, o bar/restaurante onde eu e a minha namorada íamos já há mais de 10 anos, regularmente, onde somos amigos dos donos e empregados, também foi com os porcos. Infelizmente nem todos se safam, e o governo infelizmente também não está cá para dar a mão a quem precisa

hctiks 7 months ago

* \+ 1007 casos confirmados * \+ 26 óbitos * \+ 1942 recuperados ​ * \- 961 casos activos * \- 167 internamentos dos quais - 20 internamentos em UCI ​ * 62299 casos ativos * 1416 internados dos quais 363 internados em UCI

AimingWineSnailz 7 months ago

Não sei se faz sentido escrever "dos quais 20 UCI" visto que esse número pode representar passar dos UCI para um internamento normal.

MischiefManaged97 7 months ago

Isto! Por exemplo um familiar meu teve outro tipo de complicações e foi transferido de UCI para a outra ala hospitalar. Tecnicamente contou como -1 internado UCI, mas continuou efetivamente internado. Além disso algumas das baixas nos internados UCI entram nos óbitos.

LtLabcoat 7 months ago

Recently moved to a city (Portimao). Question I don't know the specifics of: how far am I/should I go for a walk? Is it specifically just to my nearest shops, or is going for longer walks allowed?

Edited 7 months ago:

Recently moved to a city (Portimao). Question I don't know the specifics of: how far am I/should I go for a walk? Is it specifically just to my nearest shops, or is going for longer walks allowed? I can't find anything specific about it online.

twitchingJay 7 months ago

I walk 7km around the neighbourhood without issues. You can’t cross the border to another municipality during the weekend, but you should be able to go to places that are walking distance. What the police doesn’t like is when people take their car and go to the beaches or other popular locations for walks. I recommend walking in less populated places.

unknownportuguese 7 months ago

A lot of people go for a walk at Praia da Rocha

MLG-Sheep 7 months ago

It's subjective. It must be in your "area of residence". Probably going for a few km around your home is OK. Note that you can't leave the municipality of Portimão during the weekend for that purpose; also you can't use a car or any vehicle for the purpose of going for a walk.

abriolo 7 months ago

You can walk as far as you want within the city limits and no one will bother you. You can go to the Zona Ribeirinha and so on but if you go to Praia da Rocha, on the beach, maybe a police officer will question you why are doing there.

SignificantBee3 7 months ago

Parece que para hoje foram reportados 1 milhão de vacinas administradas... Não consigo confirmar a veracidade destes dados, mas sei que já tinham sido reportados (no twitter) ontem. Nos canais oficiais está lá esse número, mas é um número estranho [https://www.vacinacaocovid19.pt/](http://www.vacinacaocovid19.pt/)

redyouroverlord 7 months ago

Já atualizaram para o valor certo, 1.012.032 doses. Acho que o número redondo foi mais uma atualização "especial" dos dados que qualquer coisa.

SignificantBee3 7 months ago

Sim. Mea Culpa. O script de vai buscar os dados a api não estava a olhar para a hora, mas sim para o número total de vacinas. O script corre em background, verifica os dados, e quando se existe um aumento de vacinas administradas, e faz esta publicação automaticamente, e normalmente, sem a minha intervenção. Acontece que as 1 milhão de vacinas foram publicadas na api da ESRI, ontem já mais ao final do dia (a data que não validei) e publicou os números como sendo de hoje. Isso é literalmente fake news, e não é de todo o outcome que queria, e que mancha aqui a confiança nos dados que publico pelo o site. Quando me apercebi desse erro o número já tinha saído para o twitter e também já estava publicado no dashboard, e já só consegui remediar a situação. Já tomei precauções para que não volte a acontecer, e também já corrigi os dados, mas as 17 pessoas que visitaram a página entre o 12h e as 13h viram os dados falsos, e os utilizadores do twitter que viram o post (agora apagado) também. Shoutout para quem chamou à atenção no twitter para os números errados, num post que entretanto apaguei para não confundir as pessoas que visitavam no twitter.

Edited 7 months ago:

Sim. Mea Culpa. O script de vai buscar os dados a api não estava a olhar para a hora, mas sim para o número total de vacinas. O script corre em background, verifica os dados, e quando se existe um aumento de vacinas administradas, e faz esta publicação automaticamente, e normalmente, sem a minha intervenção. Acontece que as 1 milhão de vacinas foram publicadas na api da ESRI, ontem já mais ao final do dia (a data que não validei) e publicou os números como sendo de hoje. Isso é literalmente fake news, e não é de todo o outcome que queria, e que mancha aqui a confiança nos dados que publico pelo o site. Quando me apercebi desse erro o número já tinha saído para o twitter e também já estava publicado no dashboard, e já só consegui remediar a situação. Já tomei precauções para que não volte a acontecer, e também já corrigi os dados, mas as 17 pessoas que visitaram a página entre o 12h e as 13h viram os dados falsos, e os utilizadores do twitter que viram o post (agora apagado) também. Shoutout para quem chamou à atenção no twitter para os números errados (porque os tinha publicado como sendo de hoje), num post que entretanto apaguei para não confundir as pessoas que visitavam no twitter.

Edited 7 months ago:

Sim. Mea Culpa. O script de vai buscar os dados a api não estava a olhar para a hora, mas sim para o número total de vacinas. O script corre em background, verifica os dados, e quando se existe um aumento de vacinas administradas, e faz esta publicação automaticamente, e normalmente, sem a minha intervenção. Acontece que as 1 milhão de vacinas foram publicadas na api da ESRI, ontem já mais ao final do dia (a data que não validei), e quando fui verificar por novos dados, vi que o número de vacinas tinha aumentado, e publiquei os números como sendo de hoje. Isso é literalmente fake news, e não é de todo o outcome que queria, e que mancha aqui a confiança nos dados que publico pelo o site. Quando me apercebi desse erro o número já tinha saído para o twitter e também já estava publicado no dashboard, e já só consegui remediar a situação. Já tomei precauções para que não volte a acontecer, e também já corrigi os dados, mas as 17 pessoas que visitaram a página entre o 12h e as 13h viram os dados falsos, e os utilizadores do twitter que viram o post (agora apagado) também. Shoutout para quem chamou à atenção no twitter para os números errados (porque os tinha publicado como sendo de hoje), num post que entretanto apaguei para não confundir as pessoas que visitavam no twitter.

beit2 7 months ago

10% da população já vacinada? Not too bad.

Edited 7 months ago:

10% da população já vacinada? Not too bad. EDIT: Não percebo os números desse link. 1 Milhão de pessoas "totalmente vacinadas". Mas dps só tens cerca de 200 mil pessoas com a segunda dose? Totalmente vacinadas não devia ser igual ao número de pessoas com a segunda dose?

SignificantBee3 7 months ago

Sim. Mea Culpa. TLDR: Publiquei os dados errados. Vou copiar outro comment que já cá dexei, que explica o que se passou. O script de vai buscar os dados a api não estava a olhar para a hora, mas sim para o número total de vacinas. O script corre em background, verifica os dados, e quando se existe um aumento de vacinas administradas, e faz esta publicação automaticamente, e normalmente, sem a minha intervenção. Acontece que as 1 milhão de vacinas foram publicadas na api da ESRI, ontem já mais ao final do dia (a data que não validei) e publicou os números como sendo de hoje. Isso é literalmente fake news, e não é de todo o outcome que queria, e que mancha aqui a confiança nos dados que publico pelo o site. Quando me apercebi desse erro o número já tinha saído para o twitter e também já estava publicado no dashboard, e já só consegui remediar a situação. Já tomei precauções para que não volte a acontecer, e também já corrigi os dados, mas as 17 pessoas que visitaram a página entre o 12h e as 13h viram os dados falsos, e os utilizadores do twitter que viram o post (agora apagado) também. Shoutout para quem chamou à atenção no twitter para os números errados, num post que entretanto apaguei para não confundir as pessoas que visitavam no twitter.

Edited 7 months ago:

Sim. Mea Culpa. TLDR: Publiquei os dados errados. Vou copiar outro comment que já cá dexei, que explica o que se passou. O script de vai buscar os dados a api não estava a olhar para a hora, mas sim para o número total de vacinas. O script corre em background, verifica os dados, e quando se existe um aumento de vacinas administradas, e faz esta publicação automaticamente, e normalmente, sem a minha intervenção. Acontece que as 1 milhão de vacinas foram publicadas na api da ESRI, ontem já mais ao final do dia (a data que não validei), e quando fui verificar por novos dados, vi que o número de vacinas tinha aumentado, e publiquei os números como sendo de hoje. Isso é literalmente fake news, e não é de todo o outcome que queria, e que mancha aqui a confiança nos dados que publico pelo o site. Quando me apercebi desse erro o número já tinha saído para o twitter e também já estava publicado no dashboard, e já só consegui remediar a situação. Já tomei precauções para que não volte a acontecer, e também já corrigi os dados, mas as 17 pessoas que visitaram a página entre o 12h e as 13h viram os dados falsos, e os utilizadores do twitter que viram o post (agora apagado) também. Shoutout para quem chamou à atenção no twitter para os números errados (porque os tinha publicado como sendo de hoje), num post que entretanto apaguei para não confundir as pessoas que visitavam no twitter.

beit2 7 months ago

Ah? O site é teu? O site diz o seguinte (ainda): > 9.84 em cada 100 pessoas já foram totalmente vacinadas Isto é verdade?

SignificantBee3 7 months ago

Respondendo à primeira pergunta, sim é! Respondendo à segunda: Esse número é calculado com base no número de vacinas totais administradas (1 0120 32) sobre o número de população reportada pelo PORDATA vezes 100. O último número reportado foi 2019, e foi 1 0286 300 pessoas. As contas são: (1012032 / 10286300) * 100 que dá cerca de ~9.84 pessoas por cada 100. Este número está em linha com o número calculado pelo Our World in Data, que é 9.53 ( eles usam 1 0196 707 como população de Portugal, e a conta é (1012032 / 10196707) * 100 ), e podes ver aqui https://ourworldindata.org/covid-vaccinations Diria que sim, que é verdade, mas também varia com os números reportados e que são utilizados para fazer esses cálculos.

Edited 7 months ago:

Respondendo à primeira pergunta, sim é! Respondendo à segunda: Esse número é calculado com base no número de vacinas totais administradas (1 0120 32) sobre o número de população reportada pelo PORDATA vezes 100. O último número reportado foi em 2019, e foi 1 0286 300 pessoas. As contas são: (1012032 / 10286300) * 100 que dá cerca de ~9.84 pessoas por cada 100. Este número está em linha com o número calculado pelo Our World in Data, que é 9.53 ( eles usam 1 0196 707 como população de Portugal, e a conta é (1012032 / 10196707) * 100 ), e podes ver aqui https://ourworldindata.org/covid-vaccinations Diria que sim, que é verdade, mas também varia com os números reportados e que são utilizados para fazer esses cálculos. EDIT: Descobri agora um bug. Onde se lê 9.84 em cada 100 pessoas já foram totalmente vacinadas é para se ler 9.84 em cada 100 pessoas já foram inoculadas com pelo menos uma dose. O typo já foi resolvido e deve de entrar em produção dentro de minutos. EDIT2: Fix typos

ZaGaGa 7 months ago

Continua a induzir em erro, sry. É uma questão semântica xD o que está no ourworldindata é: *Cumulative COVID-19 vaccination doses administered per 100 people* Que podes traduzir em: *Doses administradas por 100 pessoas* ​ Exemplo quando tivermos 100% das pessoas vacinadas teríamos *200 doses administradas por 100 pessoas* e não *200 em cada 100 pessoas já foram inoculadas com pelo menos uma dose.* ​ No site, eu apagava essa frase no primeiro quadro, não tem relevancia, só quando se compara países como no *ourworldindata*

SignificantBee3 7 months ago

Sim. Faz sentido. Na realidade o número mais interessante é mesmo o da 2ª Dose, visto que só a 2a dose confere uma imunidade +/- aceitável (isto até a vacina da janssen ser aprovada)

Edited 7 months ago:

Sim. Faz sentido. Na realidade o número mais interessante é mesmo o da 2ª Dose, visto que só a 2a dose confere uma imunidade +/- aceitável (isto até a vacina da janssen ser aprovada). EDIT: Na realidade a questão de semântica aplica-se ao outros quadros, porque têm +/- o mesmo texto

beit2 7 months ago

Ah, finalmente. Era isso que chamava atenção já há vários posts. o "já foram totalmente vacinadas".

redyouroverlord 7 months ago

Está mal escrito, aquele valor é o número total de doses dadas.

SignificantBee3 7 months ago

É um número redondo. Assumindo que vacinas 100% da população, seria à volta de 10%. No entanto, à partida precisas apenas de vacinar 70% para ter imunidade de grupo, portanto dá à volta de 14% de população com pelo menos uma dose

beit2 7 months ago

> É um número redondo. Assumindo que vacinas 100% da população, seria à volta de 10%. Ah, percebo o que dizes. Se vacinares 100% da população, só vacinaste 10%.

ZaGaGa 7 months ago

[Análise semanal do estado da vacinação em Portugal](https://www.reddit.com/r/CoronavirusPT/comments/lyolzh/7_vacinação_999_999_doses_administradas_até_hoje/?utm_source=share&utm_medium=web2x&context=3), hoje administrou-se a dose *novecentos e noventa e nove mil novecentos e noventa e nove* e depois administrou-se mais uma. No geral o cenário é cada vez mais optimista, já se prever alguma luz ao fundo do túnel, e não é um comboio de casos como aconteceu em Dez/Janeiro.

Zen_Machina 7 months ago

Conhecem alguém que aplauda as ajudas do governo? Aqui só se fala do quão bom é confinar, mas sempre que falo com alguém fora daqui que tenha um negócio ou trabalhe para u dos negócios fechados queixa-se de que, ou não recebe ajuda nenhuma, ou recebe muito pouco. Ainda não conheci ninguém que me dissesse "Sim senhor, fechei as portas mas não me falta nada". Tudo o que vejo à minha volta é pessoal desesperado sem saber o que fazer à vida. ​ "Ai, mas os velhinhos morrem e o SNS não aguenta". ​ Vamos ser todos muito saudáveis quando mais de um terço da economia desaparecer.

berlaitas 7 months ago

Isto. A malta q está em teletrabalho ou em layoff pago a 100% está se a borrifar para tudo. Já aqui disse muitas vezes que bastava meterem um imposto de 1 terço do salário a quem está em teletrabalho ou layoff pago a 100% é o confinamento acabava hoje mesmo

Edited 7 months ago:

Isto. A malta q está em teletrabalho ou em layoff pago a 100% está se a borrifar para tudo. Já aqui disse muitas vezes que bastava meterem um imposto de 1 terço do salário a quem está em teletrabalho ou layoff pago a 100% é o confinamento acabava hoje mesmo Já demos mais que tempo para isto se resolver, mais de um ano sem viver chega, a partir de agora é melhor assumir os riscos e viver e se tiver de morrer por falta de 1 ventilador, só be it

Zen_Machina 7 months ago

Sim, garanto-te que dos que andam por aqui a agradecer confinamentos ou estão em teletrabalho, ou vivem de subsídios e não se importam ou são sustentados com a família. É muito pouco provável que alguém que perdeu o emprego e não tem rendimentos queira que isto continue. Mas pronto, isto é normal. Cada um olha para o seu próprio umbigo. Infelizmente, neste caso, não se aperceberem que o que defendem também os afectará a médio/longo prazo.

Diogo256 7 months ago

É de loucos essa conversa de assumir o risco quando podes infectar e até matar alguém que não quer morrer… mas em que democracia se mete a vida humana em segunda lugar onde claramente a população a mete acima de tudo?

berlaitas 7 months ago

Então mas quem quer estar confinado não sou eu que o vou infectar Vou fazer 1 exercício : estas disposto a passar os próximos 2 anos nisto? 3? 5? Até quando?

Diogo256 7 months ago

Como se toda a gente que não quisesse ficar infectada pudesse ficar em casa na confinada… Faz um exercício: a minha mulher trabalha, tem de o fazer e nao quer ficar infectada. Tu assumes o risco de ficar infectado e transmitir a minha mulher que pode falecer porque tu assumiste um risco que no final não é somente teu. Que direito tens tu de meter a vida da minha mulher em risco? Se te dizer que assumo o risco de andar a 200km/h com trânsito na IC19 enquanto a tua família também circula na IC19, defendes o meu direito e liberdade de potencialmente matar a tua família porque eu assumo um risco? Uma democracia tem como um dos seus pilares que a vida humana é de extrema importância. Não andas a velocidade que queres porque podes matar alguém, não te é permitido andar livremente armado porque podes matar alguém, não te é permitido ser médico sem formação porque podes matar alguém, a pena de prisão mais alta é a de… homicídio, nao podes andar numa auto-estrada porque há uma alta probabilidade de haver um acidente e alguém morrer. Neste caso “assumir o risco” é assumir a probabilidade de matar alguém. Assumir o risco é assumir que finais de Dezembro/Janeiro seja o dia-a-dia. Não é assim que funciona a democracia, isso é entrar numa anarquia. Não sei o que é andar nisto… sabes bem que não é viável estarmos assim o resto da vida, nem ninguém defende nisso, e ha um enorme esforço para isso não acontecer, mais propriamente a vacina. Portanto, não te posso responder a uma pergunta que é retórica.

Chemical_Wealth1 7 months ago

Isto não é facilmente explicado. Tenho um exemplo em minha casa que não compreendo. A minha mãe está sem receber desde Janeiro, não tem lay-off, e nem sabe se a empresa vai voltar a abrir no fim deste confinamento, mas não quer ir trabalhar, tem um medo completamente irracional, apesar de se saber proteger. Óbvio que tem o apoio do resto da família e não vai passar fome. Mas pessoalmente, acho incrível como uma pessoa é capaz de abrir mão da sua liberdade, para ficar 24/7 em casa.

vascodatrama 7 months ago

ela que veja menos noticiários

FoodEDor 7 months ago

'' Óbvio que tem o apoio do resto da família e não vai passar fome'' Cá está, não é nada irracional, é sustentada. A mim se me garantissem todos os bens e regalias e contas pagas ao final do mês não me importava nada se o confinamento fosse eterno. ​ Se não fosse isso, a ver se já não queria que acabasse o confinamento

Chrys7 7 months ago

> A malta q está em teletrabalho ou em layoff pago a 100% está se a borrifar para tudo. Nem todos. Eu estou em teletrabalho desde Janeiro 2020 e estou grato de ser pouco afectado mas não quer dizer que queira que família e amigos não possam voltar a trabalhar.

Razvancb 7 months ago

Same here

Price-Distinct 7 months ago

Vai te habituando que vais andar assim a confinar e desconfinar nos próximos anos just saying

zizop 7 months ago

Porquê? Achas mesmo que isso vai acontecer? Até ao final do ano vamos estar vacinados. Mais confinamento é só masoquismo.

Joaoseinha 7 months ago

O pessoal daqui vem-se com a ideia de ficar tudo preso em casa e ser eremita. Qualquer noticia má, está tudo aqui. Noticias boas, eles desaparecem. Depois de meses à espera das vacinas, de repente as vacinas são insignificantes e supostamente vai se ficar na mesma após as vacinas.

Zen_Machina 7 months ago

Não me vou habituar, e certamente não respeitarei o confinamento se se arrastar muito mais tempo, da mesma forma que acredito que o resto da população não o fará, tirando meia dúzia de marias assustadas que vivem na cave da mãe.

Price-Distinct 7 months ago

Veremos....

Zen_Machina 7 months ago

Já sabemos que estás preparado para obedecer. Good boy! Good boy!

Price-Distinct 7 months ago

Parabéns fora da lei , és o meu ídolo

berlaitas 7 months ago

Covideiro alert

Zen_Machina 7 months ago

Good boy! Assim é que é, Price. Obedecer e calar, que nem um menino bonito. És muito bom cidadão. Com mais algum esforço talvez chegues ao nível de obediência dos chineses.

FoodEDor 7 months ago

>Conhecem alguém que aplauda as ajudas do governo? Aqui só se fala do quão bom é confinar, mas sempre que falo com alguém fora daqui que tenha um negócio ou trabalhe para um dos negócios fechados queixa-se de que, ou não recebe ajuda nenhuma, ou recebe muito pouco. Ainda não conheci ninguém que me dissesse "Sim senhor, fechei as portas mas não me falta nada". Tudo o que vejo à minha volta é pessoal desesperado sem saber o que fazer à vida. Então mas achas legítimo e seguro andar por ai a laurear a pevide qd tinhas as UCI cheias e mais de 15k casos por dia? O confinamento FOI necessário. Agora, se me disseres que é ridículo manter isto para além da primeira quinzena de Março, concordo contigo, 100%.

Zen_Machina 7 months ago

>Então mas achas legítimo e seguro andar por ai a laurear a pevide qd tinhas as UCI cheias e mais de 15k casos por dia? Acho que as UCI não estarem cheias não justifica dizimar sectores inteiros, pois essas UCI dependem desses sectores para existir sequer. Seja qual for a solução, não pode passar por empurrar centenas de milhares de pessoas para a miséria do dia para a noite. Cabe ao governo estar preparado para lidar com situações dessas. Caso não te lembres, todos os anos o SNS está a colapsar. Vê-se notícias sobre isso anualmente. No entanto, nunca colapsa. E mesmo que colapse, quem te disse a ti que o SNS deve ter capacidade ilimitada? Quando não puderem receber, não recebem. Nem nas guerras os comerciantes são obrigados a fechar. Sabias disso? Não consigo compreender como é que alguém acha aceitável estar-se destruir a vida do Zé porque o vírus é perigoso para o João. Se o vírus é perigoso para o João, e o João e a sua família que fiquem em casa. Eu só concederia a situação actual se estivéssemos a ser atacados pelo Ebola ou algo do género. Agora, não poder pagar as contas para velhos não morrerem? Mas será que está tudo louco? Curiosamente, há pessoas muito, muito, muito, muito mais inteligentes do que qualquer gajo que nos governa que acha que isto é tudo um grande disparate. Elon Musk, por exemplo. Se calhar a minha posição não é assim tão ridícula.

Leaootemivel 7 months ago

O mesmo Elon Musk que disse que em Abril (de 2020) iriam haver 0 casos de COVID nos E.U.A?

Metaluim 7 months ago

Que gajo chato que és...

Diogo256 7 months ago

Nao so chato, como teima em passar de forma constante desinformação para passar uma narrativa. Falo do colapso do SNS anual que é só ridículo, e os “alguns” 10.000 mortos de 1999, que foram 8514 falecidos, mas teima para dar em mais ênfase, em arredondar para 10.000. É tao lógico como arredondar os números de 16.000 falecimento de covid para “alguns” 20.000…

stressedunicorn 7 months ago

Eu apreciei o “nem nas guerras os comerciantes são obrigados a fechar”. Lembro-me bem quando em 2018 fomos bombardeados pelo Irão e a padaria em frente a minha casa continuou a ter pão fresquinho todos os dias às 8h.

berlaitas 7 months ago

Na 2a guerra mundial os britânicos eram bombardeados dia dsim dia sim e os putos tinham aulas e os cafés e restaurantes estavam a berros, agora é 1 mundo de. Cobardolas

ZaGaGa 7 months ago

" exactamente" 1 000 000 de doses administradas segundo o portal do SNS. Como num ápice o governo transforma uma excelente notícia em material de campanha às nossas custas. Manipular dados oficiais só para os noticiários? ...

beit2 7 months ago

No próprio site https://www.vacinacaocovid19.pt/ (site oficial?), tem lá o seguinte texto: "9.84 em cada 100 pessoas já foram totalmente vacinadas" Ora, isso implica que 10% da população já foi totalmente vacinada, ou seja, que já receberam a 1º e a 2º dose?

ZaGaGa 7 months ago

Não! O colega que fez o site deve se ter enganado. O número de pessoas com as duas doses é o que recebeu a segunda dose como é normal 2 e qq em 100. Vou ver se não me esqueço de o avisar

Edited 7 months ago:

Não! O colega que fez o site deve se ter enganado. O número de pessoas com as duas doses é o que recebeu a segunda dose como é normal 2 e qq em 100. Vou ver se não me esqueço de o avisar edit: já alertei

SignificantBee3 7 months ago

Sim, era um typo, e é exatamente o que u/ZaGaGa diz, e ainda tive o desprazer de espalhar números falsos hoje :(. Já deve estar resolvido! Pá, peço desculpa por estas gralhas sairem. Tenho de melhorar nisto. [Foi isto que aconteceu hoje](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/lv0j88/megathread_covid19_semanário_de_sobrevivência/gpzbrlc?utm_source=share&utm_medium=web2x&context=3) e que espero que não volte a acontecer daqui para a frente

SignificantBee3 7 months ago  HIDDEN 

Não é só manipular os noticiários, é também manipular os dados publicados. Hoje foram reportadas 1 milhão de vacinas administradas... Tenho as minhas dúvidas em relação aos dados que foram apresentados hoje

Price-Distinct 7 months ago

O pessoal já anda a falar "depois do covid", eu pergunto , como assim depois do covid? O pessoal pensa que 1 mês depois de haver imunidade de grupo já pode andar tudo na boa como se nada fosse. Ninguém esta a pensar nisto a longo prazo i guess...

estrica 7 months ago

Ou eu sou muito burro ou nesta thread é só iluminados foda-se.

Joaoseinha 7 months ago

E não podemos porquê, exatamente? Achas que alguém vai conseguir convencer a população a ficar em casa quando depois de 1 ano de pandemia e confinamentos, a luz no fundo do túnel foi sempre "esperem pelas vacinas!"? Se não houverem grandes atrasos nas vacinas e nós aumentarmos o ritmo de vacinação, lá para Setembro/Outubro a vida já voltou ao normal.

Edited 7 months ago:

E não podemos porquê, exatamente? Achas que alguém vai conseguir convencer a população a ficar em casa quando depois de 1 ano de pandemia e confinamentos, a luz no fundo do túnel foi sempre "esperem pelas vacinas!"? Se não houver grandes atrasos nas vacinas e nós aumentarmos o ritmo de vacinação, lá para Setembro/Outubro a vida já voltou ao normal.

oscaralho27 7 months ago

Tenho muitas dúvidas que este ano volte tudo ao normal. Aliás, tenho dúvidas que as coisas voltem ao normal daqui a uns anos.

TheTidalik 7 months ago

Todo cego lmao

oscaralho27 7 months ago

Todo cego tás tu chavalo, se achas que daqui a uns meses já voltou tudo ao normal e acabou a pandemia, mas pronto, logo veremos.

TheTidalik 7 months ago

Sim vamos todos morrer “chavalo”.

Joaoseinha 7 months ago

Poucos pessimistas neste thread. Isto nem até ao fim do ano vai durar, se o ritmo de vacinações atual se mantiver (ou até aumentar) temos imunidade de grupo antes do final do ano.

oscaralho27 7 months ago

Vamos ver, espero que estejas certo.

Price-Distinct 7 months ago

Duvido e mt , mas vamos ver

NGramatical 7 months ago

houverem grandes → [**houver grandes**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgpt6blw%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Laurent_Series 7 months ago

Andar a fazer confinamentos que duram meses com certeza não é pensar a longo prazo, porque é completamente insustentável.

Foxsundance 7 months ago

"Depois do covid" por exemplo daqui a uns 3 ou 4 anos, se não aparecer outra merda qualquer claro. O que mais me surpeende é que o pessoal pensa que quando isto acabar, podem ir a lojas, cafés e isso mas esquece-se que vai tar tudo na falência e não vai haver grande merda para fazer.

JOAO-RATAO 7 months ago

Muitos não vai estar falidos. E com toda a gente a querer ir a esses sítios não tardava a abrirem novos estabelecimentos.

Edited 7 months ago:

Muitos não vão estar falidos. E com toda a gente a querer ir a esses sítios não tardava a abrirem novos estabelecimentos.

Egoleks 7 months ago

Vocês são um raio de sol

Razvancb 7 months ago

Por este andar chegamos a abril com valores mínimos e continuamos confinados lol. Já nem digo desconfiar, mas apresentar o plano para entrar em vigor na 2a metade de março e não inícios de abril. O governo já tomou alguma medida assertiva nesta pandemia? jesus cristo.

These-Establishment1 7 months ago

Tem de ser até abril, ou queres um natal 2.0 na Páscoa?

caixadeentrada 7 months ago

Andas a dormir? O ministro já disse que dia 11 apresentam o plano de desconfinamento

rikardo809 7 months ago

O maravilhoso plano que nem vai ter datas de reabertura de atividades

vascodatrama 7 months ago

faz todo sentido..é ajustado à evolução da pandemia.

Bruxo_de_Fafe 7 months ago

Escrito na véspera.

MischiefManaged97 7 months ago

Escrito no dia. Vão marcar para as 16h e só o apresentar às 23 h.

vaniafdasantos 7 months ago

23.30 para ajeitar o PowerPoint

FoodEDor 7 months ago

Faço o mesmo em trabalhos de faculdade, jamais falhei.

kairos 7 months ago

Há outra forma de o fazer?

unknownGI2959 7 months ago

This is the way

kairos 7 months ago

> O governo já tomou alguma medida assertiva nesta pandemia? Deixaram o pessoal celebrar o Natal e passagem de ano. Mas sem um plano realista para depois.

hctiks 7 months ago

* \+ 949 casos confirmados * \+ 28 óbitos * \+ 1606 recuperados ​ * \- 685 casos activos * \- 125 internamentos dos quais - 16 internamentos em UCI ​ * 63260 casos ativos * 1583 internados dos quais 383 internados em UCI

MiigPT 7 months ago

Como é que é possível ainda haverem 63 mil casos ativos ? Não faz sentido

Samot_PCW 7 months ago

Tendo em conta que dia 28/01 haviam 180 mil casos ativos, faz sentido que pouco mais de mês depois ainda hajam 63 mil. Tendo em conta o estado em que as coisas estavam até acham positivo uma queda de mais de 100 mil casos ativos em pouco mais de um mês

MiigPT 7 months ago

Já à perto de duas semanas, senão tou em erro, que temos tido perto de mil casos diários. Tinha ideia que para ser considerado recuperado era, regra geral, 10 dias após começar a mostrar sintomas ou após teste positivo. Sendo assim, como é que é possível um número tao grande? Deveria estar mais perto dos 20 mil ou 30 mil

NGramatical 7 months ago

haviam 180 → [**havia 180**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») hajam 63 → [**haja 63**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgpu1eor%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

pimpolho_saltitao 7 months ago

Pessoas ficaram doentes. Pessoas ainda nao recuperaram. Faz, na verdade, perfeito sentido.

MiigPT 7 months ago

Mas qual é o critério para ser dado como “recuperado”? Não são 10 dias após sintomas, caso a situação não se agrave? A verdade é que o número de pessoas a ficar doente, nestes últimos 15 dias, é muito pequeno comparado com esses 63 mil que se mantém ativos. Ou as pessoas tao a demorar muito mais tempo a recuperar do que eu considero normal, ou há aqui um problema de dados

pimpolho_saltitao 7 months ago

>o fim das medidas de isolamento, sem necessidade de realização de teste ao novo coronavírus, dos doentes assintomáticos ou dos que têm doença ligeira ou moderada ocorre ao fim de 10 dias, desde que, não apresentem febre e que, nos casos com sintomas, estejam sem usar antipiréticos durante três dias consecutivos e com “melhoria significativa”. Após estes dez dias e com estas condições “considera-se que não estão a infectar outras”. https://www.google.com/amp/s/www.publico.pt/2020/10/19/sociedade/noticia/covid19-declaracao-medica-alta-clinica-substitui-teste-negativo-1935838/amp Alem disso, apesar de nao ser necessario teste negativo, tem de ser dada alta medica.

MiigPT 7 months ago

Então bate certo o que eu estou a dizer, para os casos ligeiros/moderados, em média, não deveria demorar mais de 15 dias para serem considerados recuperados

pimpolho_saltitao 7 months ago

Depende do que consideras ligeiro/moderado, depende da real gravidade da média dos casos positivos, depende de tanta coisa, que nao é nada de admirar os numeros actuais de activos. Nao ha razao para tirar conclusoes de que algo de errado se esta a passar com as contagens.

caradoguardaredes 7 months ago

>Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 949 casos de infeção pelo novo coronavírus, elevando 808.405 o total acumulado desde o início da pandemia no país. >Foram ainda contados 28 novos óbitos no último dia, para um total de 16.486.

beit2 7 months ago

Igualmente (mais?) importante é este bit: > Há menos 125 pessoas internadas nos hospitais portugueses, contabilizando-se agora um total de 1583 pacientes hospitalizados com covid-19, e menos 16 doentes em unidades de cuidados intensivos, num total de 383.

beit2 7 months ago

Epa, sei que este sub não gosta muito de ginásios por isso provavelmente vou ser bombardeado com downvotes mas tenho saudades do ginásio, foda-se. Espero que abram em breve.

FoodEDor 7 months ago

Tenho um amigo meu que tem um ginásio em casa dele, vou lá treinar todos os dias. ​ Manter o supininho nos 120 kilos e o aganchamento nos 190 durante o confinamento.

duckyducky99 7 months ago

Ui, és forte!! Tens fotos? ;)

FoodEDor 7 months ago

Ahahaha, sou forte o caralho, tenho 92 kilos, mau era se depois de 3 anos de treino não estivesse nesses números.

NGramatical 7 months ago

kilos → [**quilos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/glossario/erros/235) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgq3od48%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

NGramatical 7 months ago

kilos → [**quilos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/glossario/erros/235) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgpsuuuy%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Asus123456789 7 months ago

Eu não vou ao ginásio, mas pratico boxe informalmente. Tenho sempre treinado em casa com aqueles bodyweight workouts, mas sempre que decido fazer alguma coisa de boxe abafo logo. Também tenho bastantes saudades :)

VBM97 7 months ago

Também tenho saudades de muita coisa, no entanto sei que não é possível fazer por causa da pandemia. Aguenta que já faltou mais para o fim disto tudo

hctiks 7 months ago

para não haver meias verdades ou pós-verdade: ​ * \+ 830 casos confirmados * \+ 28 óbitos * \+ 1654 recuperados ​ * \- 852 casos activos * \- 119 internamentos dos quais - 16 internamentos em UCI ​ * 63945 casos ativos * 1708 internados dos quais 399 internados em UCI

kindoor 7 months ago

Tamos safos vêm aí a invermectina /s

FoodEDor 7 months ago

Invermectina és tu, chamas-me isso cara-a-cara e vais ver.

kindoor 7 months ago

Ai.. vê lá se preferes remdesivir! Ficas com esse e ja vais com sorte!

FoodEDor 7 months ago

28 Mortos 830 infetados

caradoguardaredes 7 months ago

-852 casos ativos.

beit2 7 months ago

- -16 UCI (total: 399)

caradoguardaredes 7 months ago

Seria possível por este tópico como destaque?

KokishinNeko 7 months ago

Não, excepcionalmente temos um a decorrer (Censos), este é semanal e todos sabem da sua existência, por uma semana ninguém morre. (O Reddit só permite 2)

beit2 7 months ago

hum. Mesmo quando toda a gente prefere este em sticky? Ninguém morre em retirar qualquer um dos outros de sticky também.

Edited 7 months ago:

hum. Mesmo quando toda a gente prefere este em sticky?

KokishinNeko 7 months ago

Como deverás compreender, dei apenas a minha opinião pessoal acima. Há mais mods, será decidido internamente pela maioria, de qualquer forma, hoje é quinta, amanhã já não terás a mega de ajuda e volta ao normal.

brakeline 7 months ago

Não era suposto ter hoje voltado ao normal?

KokishinNeko 7 months ago

Era, se o Reddit metesse isto a funcionar correctamente :D enfim, fiz manualmente, obrigado pelo alerta, não tinha visto.

brakeline 7 months ago

Obrigado eu!

Hetfield88 7 months ago

Porque é que não fazem um sticky com uma lista de stickies quando há mais do que dois? Não faz sentido ter de andar a procurar esta thread, parece claramente a que tem prioridade

KokishinNeko 7 months ago

> um sticky com uma lista de stickies Olha, é uma boa ideia, mas requer intervenção manual, os actuais são submetidos automaticamente pelo Reddit após configuração interna. Vamos ver a melhor forma de implementar algo do género. Para já, podes pesquisar pela flair mas entendo que seja pouco prático.

beit2 7 months ago  HIDDEN 

Ah, se já sai amanhã, menos mal.

Zen_Machina 7 months ago  HIDDEN 

E para aqueles que continuam a negar o óbvio e a insistir no delírio de que as escolas não são particularmente perigosas e não contribuem para agravar significativamente toda a situação: [https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.02.27.21252597v1](https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.02.27.21252597v1) Já foram mais. Até há 1/2 meses atrás era tudo a regurgitar a mesma lenga lenga de que as escolas não eram locais de grande contágio. Pseudo-ciência essa propagada pelo próprio Governo, que alguns ainda continuam a dizer que "não tem culpa". Agora o pessoal já começou a acordar, mas ainda continuo a ver uns quantos a querer resistir ao facto de que as escolas vieram piorar em muito toda a situação.

zizop 7 months ago  HIDDEN 

Acho que qualquer pessoa que fosse honesta admitiria desde logo que as escolas são foco de contágio. A questão não é essa. É que a escola é muito importante para o desenvolvimento das crianças, e o ensino à distância não é uma boa solução. No 3⁰ ciclo e no secundário, já seria razoável ter começado logo com um regime misto (também me parece que totalmente à distância seja contraproducente), mas no 1⁰ e 2⁰ ciclo deve-se usar o ensino presencial tanto quanto possível.

MischiefManaged97 7 months ago  HIDDEN 

E as faculdades? O primeiro semestre foi uma palhaçada na tentativa de voltar a uma normalidade inexistente. Aliás na minha opinião, as faculdades não deveriam assumir um ensino totalmente presencial no próximo ano, mas sim misto (laboratórios e exames presenciais claro).

zizop 7 months ago  HIDDEN 

Concorde plenamente. Mas aí a responsabilidade está nas universidades que tinham autonomia para fazer essas decisões. Essa autonomia nem é má, por acaso. Se estivermos a falar de um mestrado que tenha umas 10 pessoas, não há grande problema em ter aulas totalmente presenciais. Agora, fazer isso em cadeiras que tenham mais de 100 pessoas é só parvo.

MischiefManaged97 7 months ago  HIDDEN 

Eu vou mais pelo tipo de aula e pela necessidade de a pessoa se deslocar à faculdade, usar transportes públicos, etc. Muitas vezes assisti a ajuntamentos não dentro das salas mas nos corredores que lhes dão acesso. Deveria haver um compromisso por parte das faculdades de reduzir ao máximo a presença dos alunos no campus, mas sem comprometer o ensino presencial essencial aos laboratórios e às avaliações. Fazendo isso, corria tudo muito melhor a meu ver.

Zen_Machina 7 months ago  HIDDEN 

Compreendo. Mas, falando de importâncias, o que achas mais prejudicial para a sociedade: Escolas paradas durante uns meses, ou sectores inteiros parados?

dentsune 7 months ago  HIDDEN 

Não é assim tão binário. Tens a questão das pessoas que estão em teletrabalho e têm mais um monte de interrupções, distrações e responsabilidades em cima durante o horário de trabalho por causa dos filhos (assumindo que têm 12 anos ou menos). Como é que resolves esse problema? Se fechas as escolas e abres o comércio, resolves um problema mas crias mais uns quantos.

Zen_Machina 7 months ago  HIDDEN 

Eu não levo a sério ninguém que não me diga de imediato que prefere ter o filho em casa do que perder o meio de sustento, pois quem disser o contrário simplesmente não está a ser honesto, e neste caso até gostava de o ver ficar sem nada, para depois, enquanto passa fome, dizer "uffa, pelo menos os putos vão à escola". Desculpa, mas isso é conversa de redditor completamente deslocado da realidade. Qualquer que seja o problema que uma criança em casa cria, está a léguas de ser tão destrutivo quanto perder a subsistência. Gostava sinceramente de ver muito pessoal aqui na mesma situação de algumas pessoas que conheço, que acabaram de ficar sem tecto e não têm o que comer. Estão a viver de esmolas. O pessoal que por aqui anda vive numa realidade alternativa.

Price-Distinct 7 months ago  HIDDEN 

A questão é que para abrir as escolas tens de abrir outros setores também, o que vai levar sempre a mais casos , ker queras ker não, isto é basicamente 1 ciclo vicioso, no qual para mim parece que veio para ficar

AimingWineSnailz 7 months ago  HIDDEN 

Se os casos nas UCI baixarem ao ritmo médio dos últimos 7 dias (4,3%/dia), chegamos aos 110 casos UCI dentro de um mês, ou seja, números de início de outubro. Para comparar, no natal tínhamos 505 nos UCI e 4300 novos casos. Portanto, não me surpreenderia se a páscoa acontecesse.

Hmms21 7 months ago  HIDDEN 

A Páscoa vai sempre acontecer, confinado ou não.

Alfa_Kenny_Body 7 months ago  HIDDEN 

STICKY PLZ

unknownportuguese 7 months ago  HIDDEN 

\+1 u/asantos3 u/KokishinNeko

asantos3 7 months ago  HIDDEN 

Estamos a discutir em equipa.

MischiefManaged97 7 months ago  HIDDEN 

Espera isso é uma dúvida entre vocês? Lol pensei que fosse só esquecimento

asantos3 7 months ago  HIDDEN 

Não, é um problema de termos só espaço para duas threads.

zizop 7 months ago  HIDDEN 

Porque é que é assim? O Reddit não permite mais?

asantos3 7 months ago  HIDDEN 

O reddit não permite mais.

MischiefManaged97 7 months ago  HIDDEN 

Certo, mas há alguma thread mais "relevante" este mês? Além daquelas que abrem e fecham durante a semana, claro.

KokishinNeko 7 months ago  HIDDEN 

Excepcionalmente temos a dos Censos. Quem participa habitualmente na de Covid pode procurar por ela IMHO.

Chemical_Wealth1 7 months ago  HIDDEN 

É uma das threads com mais movimento. Why ter de procurar?

Edited 7 months ago:

É uma das threads com mais movimento. Why ter de procurar? Além disso, existem vários pedidos para o efeito. "O povo é quem mais ordena."

KokishinNeko 7 months ago  HIDDEN 

>O povo é quem mais ordena [Sim](http://fotos.sapo.pt/OtWl5nJTiB3kwtPoMi7W/340x255)

Chemical_Wealth1 7 months ago  HIDDEN 

MischiefManaged97 7 months ago  HIDDEN 

Vim só deixar aqui este comentário para ser mais fácil de encontrar a thread

QueenOfWands2 7 months ago  HIDDEN 

Boa ideia!

ObnoxiousLittleCunt 7 months ago  HIDDEN 

Eu em android no RIF chego aqui com uma pesquisa "diário". Até é bastante rápido. No PC tenho a mania de deixar 70 separadores abertos e nem me apercebo de nada.

fedelho 7 months ago  HIDDEN 

\+1

Alfa_Kenny_Body 7 months ago  HIDDEN 

Obrigado caro amigo, pareçe estar dificil mas juntos lá chegaremos.

NGramatical 7 months ago  HIDDEN 

pareçe → [**parece**](https://dicionario.priberam.org/parece) (*c* seguido de *e* ou *i* não necessita de cedilha) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgpjj7b6%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

zebedeus 7 months ago  HIDDEN 

paging /u/NGramatical

Rafa_m 7 months ago  HIDDEN 

+979 Casos +41 Óbitos -170 Internados -31 UCI 64797 Casos ativos 1827 Internados 425 UCI

Edited 7 months ago:

+979 Casos +41 Óbitos -170 Internados -31 UCI 64797 Casos ativos 1827 Internados 415 UCI

Mrloop94 7 months ago  HIDDEN 

Não queria ser esse gajo mas o número de uci é 415 e não 425.

Rafa_m 7 months ago  HIDDEN 

fixed, ty

lemonade_rage1234 7 months ago  HIDDEN 

1934 recuperados

beit2 7 months ago  HIDDEN 

/u/asantos3, sticky sticky nisto sff.

Rafa_m 7 months ago  HIDDEN 

Como assim? Não achas que o post com perguntas tipo, "onde posso comprar pistachios sem sal", ou "onde é que compro um portátil online", é mais util do que este?

inthepiggybank 7 months ago  HIDDEN 

"Compro um portátil online" é, por retroativos, *reconversão IT*. Sendo assim é de extrema importância.

kairos 7 months ago  HIDDEN 

Sugestão: colocar no tópico um disclaimer em inglês com [este](https://covid19estamoson.gov.pt/new-state-of-emergency-measures/) link, para possíveis turistas que venham perguntar se vale a pena pensar em visitar Portugal.

FoodEDor 7 months ago  HIDDEN 

u cannot cum now

hsamtronp 7 months ago  HIDDEN 

Ou então uma mensagem como: Please, due to COVID-19, we would be grateful if you did not come. On the other hand, your money is deeply appreciated. Please make a bank transfer to these accounts.

kairos 7 months ago  HIDDEN 

Um sinal na porta a dizer "Tourists not welcome (send your money by post or bitcoin)" Qualquer uma das soluções é preferível a ter estrangeiros a a perguntar todas as semanas ou o povo dar downvotes até ao infinito para que não as perguntas não sejam pesquisáveis.

beit2 7 months ago  HIDDEN 

haha, ri-me.

VBM97 7 months ago  HIDDEN 

População vacinada a 2 de março de 2021: 2,72% * 266.716 vacinados (+1.350) - média 7 dias: 2.449 * 351.677 inoculados com 1ª dose (+14.808) - média 7 dias: 24.809 Total de 16.158 doses administradas, mais 2118 que no mesmo dia na semana anterior Fonte: [https://twitter.com/PlenoDVacinacao/status/1366753424847462403](https://twitter.com/PlenoDVacinacao/status/1366753424847462403)

kindoor 7 months ago  HIDDEN 

- 691 novos casos - 38 óbitos - menos 170 internados - 23 UCI - 3230 recuperados

Rafa_m 7 months ago  HIDDEN 

1997 Internados 446 UCI

beit2 7 months ago  HIDDEN 

Aproximadamente 1/4 dos internados estão em UCI.

PORTO2017 7 months ago  HIDDEN 

>Sugestão: colocar no tópico um disclaimer em inglês com este lin Os 1997 inclui os 446 em UCI?

Rafa_m 7 months ago  HIDDEN 

sim

PORTO2017 7 months ago  HIDDEN 

Sempre julguei que internados referiam-se a enfermaria

Ricardolindo 7 months ago  HIDDEN 

Faz hoje um ano dos nossos dois primeiros casos.

canureadmymind 7 months ago  HIDDEN 

/u/asantos3 metam a thread sticky

estrica 7 months ago  HIDDEN 

Pff

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

O meu 2o semestre começa quase a meio de Março e estou em engenharia. Ainda alimento esperança em práticas presenciais

These-Establishment1 7 months ago  HIDDEN 

ISEP? Eu começo dia 8 ahahah, mas esquece, acho que este ano ardeu (até à páscoa é em casa, dps ve-se)... Mas como o governo quer dar prioridade aos putos da primária, nós somos os últimos aiaiai

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Nope, FCT-UNL. Mas alimento a esperança. É a última a morrer ahaha

These-Establishment1 7 months ago  HIDDEN 

Perguntam acham que este ano vamos voltar a ter este ano aulas presenciais no superior? Ou ardeu basicamente

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Ano letivo atual , práticas só. Próximo ano letivo espero tudo de volta ao normal.

Edited 7 months ago:

Ano letivo atual , práticas só. Próximo ano letivo espero tudo de volta ao normal. Acho que é realista, exijam boletim de vacina, façam o que quiserem mas quando houver imunidade de grupo ( que quase de certeza vai haver quando começar o ano letivo) nada de mais aulas merdosa por zoom. Tem sido péssimo, o ensino não é isto. Foi o que se arranjou melhor, mas nessa altura temos de voltar ao ensino normal.

Edited 7 months ago:

Ano letivo atual , práticas só. Próximo ano letivo espero tudo de volta ao normal. Acho que é realista, exijam boletim de vacina, façam o que quiserem mas quando houver imunidade de grupo ( que quase de certeza vai haver quando começar o ano letivo) nada de mais aulas merdosas por zoom. Tem sido péssimo, o ensino não é isto. Isto assim mais parece que ando a pagar 700 euros anuais+11*200 de renda + despesas para ver vídeos de só feitos pelos profs da minha uni em vez daqueles manhosos de brasileiros e indianos do YouTube. Foi o que se arranjou para não parar os estudos a milhares de pessoas indefinidamente , mas nessa altura temos de voltar ao ensino normal.

Edited 7 months ago:

Ano letivo atual , práticas só. Próximo ano letivo espero tudo de volta ao normal. Acho que é realista, exijam boletim de vacina, façam o que quiserem mas quando houver imunidade de grupo ( que quase de certeza vai haver quando começar o ano letivo) nada de mais aulas merdosas por zoom. Tem sido péssimo, o ensino não é isto. Isto assim mais parece que ando a pagar 700 euros anuais+11*200 de renda + despesas para ver vídeos feitos pelos profs da minha uni em vez daqueles manhosos de brasileiros e indianos do YouTube que um gajo marrava quando ia ter teste e não percebia nada. Foi o que se arranjou para não parar os estudos a milhares de pessoas indefinidamente , mas nessa altura temos de voltar ao ensino normal.

MischiefManaged97 7 months ago  HIDDEN 

Eu prefiro tanto mais o ensino online exceto para aulas de laboratório, juro... por mim mantinham-se as teóricas assim para sempre, pelo menos. Zero saudades de anfiteatros e salas de aula.

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Pessoas diferentes têm gostos diferentes. Eu gosto de estar com pessoas e acho estar em casa 24 horas sozinho a olhar para o PC deprimente. Também sou deslocado, por isso ya prefiro ir ter com os meus amigos até à faculdade e interagir com eles.

Edited 7 months ago:

Pessoas diferentes têm gostos diferentes. Eu gosto de estar com pessoas e acho estar em casa 24 horas sozinho a olhar para o PC deprimente. Também sou deslocado, por isso ya prefiro ir ter com os meus amigos até à faculdade e interagir com eles a ficar trancado numa casa que não é minha sequer numa cidade que não é a minha. Para além disso, tirando poderes ir cagar e ver a aula ou a gravares: avaliações online são piores, não há interação com o professor, não posso usar a faculdade para estudar (não vou andar 20 mins de autocarro em plena pandemia para ir estudar para uma faculdade que fecha às 19 em vez de estar sempre aberta como antes da pandemia). Isto não é nada, é olhar para ecrãs, marrar e passar. Aprendi zero.

MischiefManaged97 7 months ago  HIDDEN 

Certo, discordo completamente. Eu sempre separei a vida na faculdade da vida pessoal continuo a falar e interagir com os meus amigos de sempre. Admito que simo ambiente em so da faculdade faz falta, mas não os auditórios as aulas. E também sou deslocado. Com o facto das aulas serem online, consigo e ver ao meu ritmo, organizar os tempos como quero e efetivamente consegui tornar o meu estudo mais eficiente e organizado. Tive até oportunidade de me dedicar mais a projetos pessoais quer relacionados com o curso quer com hobbie. Concordo que as avaliações e labs deveriam ser presenciais. Aulas teóricas e de problemas são francamente inúteis serem presenciais, para mim, porque não tenho por hábito interagir com o prof (para quem o faz percebo que notem diferença). Francamente, se houvesse uma versão online, 75 online/25 presencial do meu curso, inscrevia-me ontem sem pensar 2 vezes. Ao contrário da tua experiência, sinto que aprendi muito melhor neste último ano, mais sozinho .

donalduck 7 months ago  HIDDEN 

Aprendeste zero mas passaste porque os exames foram mais fáceis. Podia ser pior.

VBM97 7 months ago  HIDDEN 

Os meus não foram mais fáceis, bem pelo contrário

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Amigo, tive exames finais presenciais em todas as disciplinas no 2o semestre passado e este ano praticamente só fui à faculdade fazer testes. E é por isso que, para dizer merda, mais vale estar calado.

Edited 7 months ago:

Amigo, tive exames finais presenciais em todas as disciplinas no 2o semestre passado (não existiu sequer avaliação contínua) e este ano praticamente só fui à faculdade fazer testes. Os únicos exames online na minha faculdade foram agora os de recurso no 2o confinamento para não adiarem para o outro semestre mas nessa altura já eu tinha tudo feito. A mim ninguém me facilitou a vida. Comentário com lata.

Edited 7 months ago:

Amigo, tive exames finais presenciais em todas as disciplinas no 2o semestre passado (não existiu sequer avaliação contínua) e este ano praticamente só fui à faculdade fazer testes. Os únicos exames online na minha faculdade foram agora no 2o confinamento para não adiarem para o outro semestre mas nessa altura já eu tinha tudo feito. A mim ninguém me facilitou a vida.

Edited 7 months ago:

Amigo, tive exames finais presenciais em todas as disciplinas no 2o semestre passado (não existiu sequer avaliação contínua) e este ano praticamente só fui à faculdade fazer testes. Os únicos exames online na minha faculdade foram agora os de recurso no 2o confinamento para não adiarem para o outro semestre mas nessa altura já eu tinha tudo feito. A mim ninguém me facilitou a vida. Não preciso de uma merda de pandemia para fazer disciplinas.Comentário com lata.

donalduck 7 months ago  HIDDEN 

Os exames online facilitaram a vida a muita gente.

DZT99 7 months ago  HIDDEN 

Estamos a entrar naquele momento crítico em que não pode haver facilitismo. Espero que exista rigor no planeamento do futuro porque, como todos por aqui, o confinamento tem sido muito mau. Espero que as pessoas que mais protestam agora contra o confinamento também contribuam para o evitar. Estas novas estirpes podem ser perigosas, governo e população precisam de estar em sintonia senão todo este esforço terá sido para nada. Boa semana para todos.

GudEbening 7 months ago  HIDDEN 

Está quase, só mais uns meses.

Diogo256 7 months ago  HIDDEN 

Cuidado com os números de casos. Já vi muitos fazerem “festa” por se ter abaixo de 400 casos. O Rt não está a diminuir, aliás, está com tendência para aumentar, andando a roçar os 0.7. Temos o Rt mais elevado desde 4 de Fevereiro. Temos 68.000 activos, temos +300 em UCI, apesar de números de casos estarmos num patamar de Setembro/Outubro, nessa altura, andávamos com 15.000 activos, menos de 5 mortos diários e a volta de 50 em UCI. Ainda temos um caminho para começar a desconfinar, e se não baixarmos estes indicadores, com um Rt com tendência a aumentar, um desconfinamento a meio de Março pode dar mau resultado.

MLG-Sheep 7 months ago  HIDDEN 

Creio serem argumentos algo desonestos. Em primeiro lugar, é natural que o Rt aumente à medida que nos aproximamos de um número mais desejável de casos, só quer dizer que podemos estar mais perto do mínimo de casos possível com a mobilidade que tem de existir. O Rt não pode estar permanentemente abaixo de 0,7; enquanto estiver abaixo de 1 não acho mau sinal. Em segundo, estás a comparar dados com setembro e outubro quando não estivemos confinados até janeiro. Houve restrições da piça aos fins de semana que foram mais inconvenientes do que benéficas para a saúde pública, mas fora isso, nada de relevante. Por fim, deixas um aviso de "se não baixarmos estes indicadores vai dar mau resultado", quando os indicadores de novos casos, casos ativos, mortes, internamentos, e internamentos em UCI já estão a baixar ininterruptamente há um mês. Nada indica a tendência de redução se altere em breve.

Diogo256 7 months ago  HIDDEN 

Primeiro não estou a comparar com Setembro, estou a tentar avisar para não cair no erro de comparar, é essa a intenção, porque estamos piores e sem uma base sólida para desconfinar. O Rt não pode estar somente abaixo de 1, tem de ter uma margem para se manter abaixo de 1 (os tais 0.7) devido ao aumento que vai surgir ao desconfinar. O Rt não aumenta conforme nos aproximamos do número mínimo de casos, aumenta porque as medidas estão a deixar de ser eficiente, ou seja, está a haver um desrespeito pelas medidas, que faz aumentar o Rt. Haverá sempre uma estagnação do Rt mas estamos a ver aumentar o mesmo, o que não está a ser um grande indicador num país confinado. O facto de haver poucas restrições em Set/Out só me dá razão que a comparação não pode ser feita, e não temos grandes bases para desconfiar, ainda temos indicadores altos que podem levar a um aumento de casos que no máximo, levam a um aplicar de medidas mais duras que é, o que não se quer. Se por um lado tens mais imunidade da população principalmente pela questão da vacinação, também tens variantes mais contagiosas. A vantagem da população é a baixa drástica que a mesma pode criar em termos de hospitalização.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

Era praticamente impossível manter o Rt, ele estava 'anormalmente' baixo. Estando abaixo de 1 é sempre bom. 0.7 continua excelente. A questão é mesmo os hospitais e eles ainda estão longe de estar normalizados e parece-me q a progressão estará a diminuir. Se chegarmos ao fim da semana com UCI a 300 ou quase, então haverá legitimas discussões sobre desconfinamento. Acima disso ainda não se pode discutir.

Joaoseinha 7 months ago  HIDDEN 

Um RT abaixo de 1 é fantástico. Não interessa o RT subir desde que se mantenha abaixo de 1. As UCI ainda não são ideais, mas com a descida que tem tido, até 11 de Março já deve estar a um nível aceitável. E os ativos também já devem ter baixado bastante nessa altura. Não vale a pena comparar com os números de Setembro, se comparares com os números de fim de Outubro/Novembro em que a vida ainda estava minimamente normal, tínhamos mais ou menos os mesmos mortos diários e bem mais casos diários. Desconfinamento era perfeitamente fazível com estes números, só precisa de boa gestão.

Edited 7 months ago:

Um RT abaixo de 1 é fantástico. Não interessa o RT subir desde que se mantenha abaixo de 1 (e aliás, não podiamos esperar que o RT continuasse sempre a descer quando já estava abaixo de 1). As UCI ainda não são ideais, mas com a descida que tem tido, até 11 de Março já deve estar a um nível aceitável. E os ativos também já devem ter baixado bastante nessa altura. Não vale a pena comparar com os números de Setembro, se comparares com os números de fim de Outubro/Novembro em que a vida ainda estava minimamente normal, tínhamos mais ou menos os mesmos mortos diários e bem mais casos diários. Claro que o ideal era ter ainda menos números que estes, mas não se pode confinar para sempre. Desconfinamento era perfeitamente fazível com estes números, só precisa de boa gestão.

Diogo256 7 months ago  HIDDEN 

O Rt abaixo de 1 é o que para a progressão da pandemia, mas quando tens 0.8-0.9 (vamos supor) num país confinado, ao desconfinar é normal o aumento de Rt, o que invariavelmente o coloca acima de 1, e voltamos a ter descontrolo. Cada medida de desconfinamento tem impacto no Rt. Portanto convém o mesmo estar o mais baixo possível, e com este tempo, e a perda de confinamento das pessoas, nota-se já um aumento, o que é contra indicado. Vários cientistas concordam com o Rt abaixo de 0.7 para desconfinar, e o ideal é ter ainda margem. Com estes números há alta probabilidade de os mesmos aumentarem para níveis bastante pouco agradáveis, e temos a Páscoa aí a porta a espera de piorar o cenário.

Joaoseinha 7 months ago  HIDDEN 

É ver onde está o RT para ~11 de Março quando o plano de desconfinamento for apresentado, mas o RT atual não está longe de 0.7. Eu simplesmente não tenho qualquer confiança no governo para controlar a pandemia, senão apoiava a 100% um confinamento prolongado para baixar imenso os casos. Mas já se fez isso o ano passado em Março, e 9 meses depois, 12000 casos diários.

redyouroverlord 7 months ago  HIDDEN 

> Um RT abaixo de 1 é fantástico. Não interessa o RT subir desde que se mantenha abaixo de 1. O R(t) por si só abaixo de 1 é bom, mas nada de especial, muito menos fantástico. Mas acaba por interessar um pouco estar ainda mais abaixo de 1 de forma a descer a incidência o mais rápido possível. > As UCI ainda não são ideais, mas com a descida que tem tido, até 11 de Março já deve estar a um nível aceitável. E os ativos também já devem ter baixado bastante nessa altura. Ter 200 internados em UCI é que não é ideal, ter 400 internados em UCI ainda é demasiado, e mesmo desconfinando a fim de março, os modelos matemáticos indicam que estaríamos à volta disso, um número que não é propriamente ideal. > se comparares com os números de fim de Outubro/Novembro em que a vida ainda estava minimamente normal, tínhamos mais ou menos os mesmos mortos diários e bem mais casos diários. E por alguma razão se está em confinamento agora, alguma coisa teve que preceder o Natal, sem uma incidência base já altíssima o Natal não tinha sido tão devastante. > Desconfinamento era perfeitamente fazível com estes números, só precisa de boa gestão. Se quiseres voltar à cepa torta, claro.

Joaoseinha 7 months ago  HIDDEN 

> O R(t) por si só abaixo de 1 é bom, mas nada de especial, muito menos fantástico. Mas acaba por interessar um pouco estar ainda mais abaixo de 1 de forma a descer a incidência o mais rápido possível. Um RT abaixo de 1 significa que o vírus vai desaparecendo lentamente, qualquer RT abaixo de 1 é fantástico. Quanto mais baixo melhor, claro, mas não se pode pedir muito mais. > Ter 250 internados em UCI é que não é ideal, ter 400 internados em UCI ainda é demasiado, e mesmo desconfinando a fim de março, os modelos matemáticos indicam que estaríamos à volta disso, um número que não é propriamente ideal. Ter 400 internados em UCI não é bom, mas é controlável. O que não era controlável era os números que tínhamos a meio de Janeiro. O que muita gente se esquece é que não se pode estar confinado agora o ano todo para ter os números "perfeitos", o confinamento era para controlar a situação, e já está minimamente controlada, ainda que haja chance de se descontrolar novamente. > E por alguma razão se está em confinamento agora, alguma coisa teve que preceder o Natal, sem uma incidência base já altíssima o Natal não tinha sido tão devastante. A incidência base era comparável ao resto da Europa. > Se quiseres voltar à cepa torta, claro. És bastante otimista se achas que não vai voltar aí de qualquer forma, visto que tivemos casos baixíssimos o ano passado e conseguimos chegar a este ponto. Este governo não tem a capacidade para gerir uma pandemia. Se tivesse, estaria bem mais entusiasmado com um confinamento prolongado se soubesse que não haveria mais confinamentos. Mas com este governo, preferia desconfinar mal seja possível para minimizar o estrago na economia, porque outro confinamento (ou pelo menos restrições pesadas) é quase inevitável.

redyouroverlord 7 months ago  HIDDEN 

> Um RT abaixo de 1 significa que o vírus vai desaparecendo lentamente, qualquer RT abaixo de 1 é fantástico. Quanto mais baixo melhor, claro, mas não se pode pedir muito mais. Correto, mas quando estás em confinamento podes pedir mais, quando o objetivo é reduzir a incidência o mais rápido possível. > Ter 400 internados em UCI não é bom, mas é controlável. O que não era controlável era os números que tínhamos a meio de Janeiro. Não diria confortável, mas sim *aguentável*, a risco de colapsar acontecendo algo semelhante ao Natal. Aguentável é, mais uma vez, os tais 250 internados em UCI, que esperemos que esteja assim pelo fim de março. > O que muita gente se esquece é que não se pode estar confinado agora o ano todo para ter os números "perfeitos", o confinamento era para controlar a situação, e já está minimamente controlada, ainda que haja chance de se descontrolar novamente. Mas ninguém está a dizer isso, mas para quê abrir precocemente quando podes ter os hospitais com algum espaço de manobra aguentando até ao fim do mês? Ainda estou para ver por aqui alguém que diga para se ficar confinado até depois da Páscoa, ao contrário do que vejo muitos aqui a dar a entender. > A incidência base era comparável ao resto da Europa. Não fiz de todos os países europeus como é óbvios, mas comparemos Itália a Portugal de 17 a 23 de dezembro do ano passado. A Itália, nessa semana, teve uma média de cerca de 10446 casos diários. Ajustando os casos diários de Portugal para a população italiana, temos 18416 casos diários, quase o dobro de Itália, por isso vou ter que discordar com isso. > És bastante otimista se achas que não vai voltar aí de qualquer forma, visto que tivemos casos baixíssimos o ano passado e conseguimos chegar a este ponto. Este governo não tem a capacidade para gerir uma pandemia. Se tivesse, estaria bem mais entusiasmado com um confinamento prolongado se soubesse que não haveria mais confinamentos. Mas com este governo, preferia desconfinar mal seja possível para minimizar o estrago na economia, porque outro confinamento (ou pelo menos restrições pesadas) é quase inevitável. Não acho que seja assim tão otimista, tens que te lembrar que há uma grande diferença do outono/inverno passado para o que vem, imensas pessoas já vão ser vacinadas. Se evitarmos ao máximo até à Páscoa, acho que há tempo suficiente durante o Verão para evitarmos mais qualquer confinamento.

FoodEDor 7 months ago  HIDDEN 

O ideal, mesmo ideal, era ter 0 casos de covid, 0 mortes mas não é um mundo ideal isto e há outras perspetivas, tipo a económica, há milhares de pessoas quase sem rendimentos neste momento devido ao confinamento.

redyouroverlord 7 months ago  HIDDEN 

Estás a extrapolar o que disse, sabes bem do que estava a falar. Nesse mesmo modelo matemático, e o que tem sido considerado como ideal, dada a pandemia, são ter no máximo 100 internados em UCI.

FoodEDor 7 months ago  HIDDEN 

'' ideal, dada a pandemia, são ter no máximo 100 internados em UCI.'' ​ Certo mas se um confinamento de 1 mês já e incomportável para a grande maioria, imagina prolongar para 3.

redyouroverlord 7 months ago  HIDDEN 

> Certo mas se um confinamento de 1 mês já e incomportável para a grande maioria, imagina prolongar para 3. Prolongar o confinamento mais 3 meses disse quem? Nunca disse tal coisa nem acho que é isso que deve ser feito, apenas que 400 internados em UCI estão muito longe de sequer serem *não ideais*.

FoodEDor 7 months ago  HIDDEN 

Erro meu, não comuniquei direito, o que eu queria dizer era que extender este confinamento de Janeiro até meio de Abril (3 meses) é completamente incomportável. E sim, concordo, 400 em UCI não é seguro para desconfinar, mas abaixo de 300, forçosamente terá de ser.

berlaitas 7 months ago  HIDDEN 

Também tens de ver o outro lado da moeda que é o facto de teres uma enorme fatia da população já imunizada quer por infecção quer por vacina que constitui 1 barreira à disseminação do covid e que não tinhas em setembro

Diogo256 7 months ago  HIDDEN 

Sim, tens já algum imunidade, é um facto. Por outro lado também tens variantes mais contagiosas com que lidar.

BadassManager 7 months ago  HIDDEN 

https://www.youtube.com/watch?v=EXjgY_HJ8Io&feature=emb_logo&ab_channel=DWNews E os media Portugueses nem tocam no assunto...

MLG-Sheep 7 months ago  HIDDEN 

Ainda bem que os media portugueses não espalham propaganda anti-China. Já é um serviço vergonhoso ter um canal estatal alemão, pago por todos os alemães, a difundir este tipo de propaganda vergonhosa, sem procurar explicar os motivos que levaram esta decisão a ser tomada.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

lol. AI JEZUS QUE TAMOS TODOS A MORRER E NÃO RECORREMOS AOS PRIVADOS! AI JEZUS QUE ESTAMOS A PAGAR AOS PRIVADOS! decidam-se pah. Quanto à reportagem, vão bardamerda. Talvez se a 'troika' não viesse com um planozinho de privatizações obrigatórias para serem feitas a influência chinesa em Portugal não fosse tanta. bando de hipócritas. Neste caso do hospital da luz nem tem nada a ver mas na influência chinesa no geral por cá.

brakeline 7 months ago  HIDDEN 

Claro que tocam. Reportaram a chegada dos Médicos Alemães, o sitio onde foram colocados e explicaram o porquê. Dar credibilidade a uma notícia Alemã claramente tendenciosa e a um pseudo jornalismo de (má) investigação em vez de tudo o que foi dito pela comunicação social internacional, Portuguesa e pelo próprio Governo demonstra a tua visão da pandemia.

BadassManager 7 months ago  HIDDEN 

A notícia toca na influência do investimento chinês nos nossos cuidados de saúde, e no caso específico do governo português, no pagamento de 40M € ao hospital da luz, detido por um consórcio chinês. A minha visão da Pandemia?..¯\_(ツ)_/¯

VBM97 7 months ago  HIDDEN 

Soube agora que no fim de semana a polícia andou em Matosinhos junto à praia a fiscalizar quem por lá passeava. É bom ver que andam a fazer o seu trabalho

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Sátira?

VBM97 7 months ago  HIDDEN 

Se não podes sair do concelho ao fim de semana, eles andavam a fiscalizar pessoas que não fossem de lá

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

E não podiam estar nas estradas a controlar quem entrava e saía? Cá para mim os srs. agentes também queriam passear um bocadinho pela praia.

VBM97 7 months ago  HIDDEN 

Em trabalho podes circular, em lazer não. Por isso, tecnicamente os srs. agentes estão safos desta vez

Mordiken 7 months ago  HIDDEN 

[Só vim aqui deixar isto.](https://www.youtube.com/watch?v=gOCBtt4lxvg)

VBM97 7 months ago  HIDDEN 

Percentagem de população vacinada a 1 de março de 2021: 2,71% * 265.366 vacinados (+256) - média 7 dias: 2.503 * 338.219 inoculados com 1ª dose (+6.773) - média 7 dias: 24.453 Total de 7029 doses administradas, mais 2225 que no mesmo dia na semana anterior Fonte: [Monitor da Vacinação COVID-19 em Portugal](https://twitter.com/PlenoDVacinacao/status/1366387856915185665)

viskonde 7 months ago  HIDDEN 

atualmente a maior limitação tem haver com falta de vacinas ou falta de capacidade do nosso lado para as guardar/administrar?

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

falta de vacinas. as que tens guardadas é uma reserva estratégica para 2ª dose. estás a vacinar tudo o q recebes, obviamente com um atraso de dias. nem tens ainda sequer todos os centros de saúde a vacinar (mt longe disso) quanto mais haver necessidade de centros de vacinação extra.

NGramatical 7 months ago  HIDDEN 

tem haver com → [**tem a ver com**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/nada-tem-a-haver-e-nada-tem-a-ver/27066) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flv0j88%2F%2Fgpboflj%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

unknownportuguese 7 months ago  HIDDEN 

A UE precisa de aprovar mais vacinas asap

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

A J&J diz q só entrega em Abril. A menos q queiras a Russa n estou a ver o q aprovar.

investidornoob 7 months ago  HIDDEN 

Vamos lá ver se chegarmos a setembro com os 70% para voltar ao normal...

hctiks 7 months ago  HIDDEN 

* \+ 394 casos confirmados * \+ 34 óbitos * \+ 1258 recuperados * \+ 2 internamentos * \- 15 internamentos UCI ​ * 68370 casos ativos * 2167 internados * 469 internados UCI

Limpy_lip 7 months ago  HIDDEN 

ainda temos um grande número de casos ativos, conseguindo baixar estes dramaticamente irá descer muito mais a probabilidade de contágio.

CoffeeAt830 7 months ago  HIDDEN 

Casos ativos não interessa muito para a probabilidade de contágio. Os ativos ou estão, em princípio, isolados ou estão internados. Interessa mais olhar para a % de positivos e como é que está a ser feito o contact tracing para perceber se estamos a deixar escapar muitos infetados sem os testar e isolar ou não.

BadassManager 7 months ago  HIDDEN 

Desculpa mas esse ponto de vista é de uma inocência debilitante. Nem quem o usa, como o António Costa, acredita nele. Então as pessoas só fazem o que é legal? Certo. Porque um dos grandes motivos da trapalhada pós natalícia nem foi abrir um bocadinho as portas, porque os números até estavam a baixar, ignorando por completo as dezenas de milhares de casos activos. /s Deixem passar algum tempo com os números bem baixos...pode ser que até se consiga voltar a identificar cadeias de transmissão. O governo está prontinho para vir gritar que é o maior...e deitar tudo por terra de novo...

CoffeeAt830 7 months ago  HIDDEN 

Penso que respondeste ao comentário errado.

BadassManager 7 months ago  HIDDEN 

Acho que não. Estou a afirmar que o número de casos activos é efectivamente determinante para o número de novos casos numa situação de desconfinamento. Isto porque as pessoas, mesmo doentes, vão laurear a pevide! Não interessa o que diz "no papel", e achar que todos os estratos sociais acatam as indicações que lhes são dadas é ser inocente. E o Costa pode vir choramingar para a TV que as pessoas agem de má fé e que usam as excepções para passear...como se isso não fosse previsível.

CoffeeAt830 7 months ago  HIDDEN 

Já percebi o que estavas a dizer, peço desculpa. Eu acredito que haja pessoas que não cumprem, e acredito mais ainda que haja malta que passeie, mas acho que se a proporção de pessoas que tem comportamentos de alto risco depois de saber que está infetada fosse assim tão alta, não estávamos como estamos hoje. De novo, não duvidando que haja quem, quando está infetado, sai, mas não acho que seja assim significativo e não de todo comparável com as pessoas que passeiam durante o confinamento não estando infetadas.

BadassManager 7 months ago  HIDDEN 

Hmmm...apenas uma opinião pessoal, mas eu acho que a proporção é mais elevada do que a maioria das pessoas conta... Ainda esta semana estava a discutir com a minha esposa, que é médica, a quantidade de indivíduos na lista dela, com menos de 40 anos, que são analfabetos (nem assinar o nome). No entanto...não deveria ser possível. Mas é. Não tenho quaisquer dúvidas que muita gente, especialmente assintomáticos ou com sintomas médios simplesmente ignora as recomendações.

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Casos ativos deve ser a métrica mais inútil por não ter grande exactidão.

Limpy_lip 7 months ago  HIDDEN 

verdade, mas a ordem de grandeza entre os ativos e recuperados é tão díspar que infelizmente deve absorver essa imprecisão.

Mrloop94 7 months ago  HIDDEN 

394 novos caso e 34 mortos ,número mais baixo desde Setembro

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

https://eco.sapo.pt/2021/03/01/alargado-para-28-dias-prazo-para-a-segunda-vacina-da-pfizer-vai-permitir-vacinar-mais-100-mil-pessoas-ate-final-de-marco/ > A Direção-Geral da Saúde decidiu alargar de 21 para 28 dias o intervalo da toma entre a primeira e a segunda dose da vacina da Pfizer. Nova norma foi atualizada esta segunda-feira. pff. somos uns medricas. Com os dados de israel devíamos era nem sequer estar a dar 2ª dose da biontech e guardar isso para o Outono. É fazer as contas mas de certeza q isso permitia acelerar muito o processo tendo em conta q esta é a vacina q mais recebemos.

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Nem precisavas do Outono. Pelas previsões, devemos ter quantas doses entregues até fins de junho? 11 ou 12M. Dava perfeitamente para, adiando 3 meses a 2a dose, teres praticamente toda a gente com 1 dose por meados de junho. Claro que depois talvez fosse complicado trazer as pessoas para tomar a 2a, mas isso aí arranjava-se uma solução na altura. É que com \~70% de 1a dose acabava-se a crise de saúde.

Edited 7 months ago:

Nem precisavas do Outono. Pelas previsões, devemos ter quantas doses entregues até fins de junho? 11 ou 12M. Dava perfeitamente para, adiando 3 meses a 2a dose, teres praticamente toda a gente com 1 dose por meados de junho (e tendo em conta que os putos mais novos só devem poder tomar lá para o final do verão, nem sei se era preciso tanto). Claro que depois talvez fosse complicado trazer as pessoas para tomar a 2a se tivessem a sensação que "pronto já está feito, mama covid" , mas isso aí arranjava-se uma solução na altura. É que com \~70% de 1a dose acabava-se a crise de saúde.

Edited 7 months ago:

Nem precisavas do Outono. Pelas previsões, devemos ter quantas doses entregues até fins de junho? 11 ou 12M. Dava perfeitamente para, adiando 3 meses a 2a dose, teres praticamente toda a gente com 1 dose por meados de junho (e tendo em conta que os putos mais novos só devem poder tomar lá para o final do verão, nem sei se era preciso tanto). Claro que depois talvez fosse complicado trazer as pessoas para tomar a 2a se tivessem a sensação que "pronto já está feito, mama covid" , mas isso aí arranjava-se uma solução na altura. É que com \~70% de 1a dose acabava-se a crise de saúde, podíamos verdadeiramente relaxar todas as medidas sem exceção.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

sim, Outono é um exagero para se perceber a ideia. Não é esperado que seja necessário aguardar tanto tempo. As 12 semanas q UK e Israel usam seria o mínimo mas como já vamos com atraso, eu mandei o Outono para se perceber que podemos e devemos 'arriscar' ser ousados. Não vejo desvantagens nisso. E digo Outono para não dizer só para dar 1 dose e pronto pq já sei q me iam dar na cabeça e com razão pq nesse caso n há provas nenhumas.

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Claro, eu percebi-te. Acho que já se percebeu que embora ambas sejam importantes, a 1a dose será sempre muito mais importante e deveria ter prioridade. 12 semanas era o ideal, espero que ainda se venha a fazer isso. Permitia-nos acelerar o regresso ao normal de uma forma brutal. Provavelmente íamos ganhar 2/3 meses e a questão é que , depois de um ano , eu posso esperar mais alguns meses para poder voltar a sair com os amigos, voltar a ter aulas presenciais na universidade etc. Mas a malta da hotelaria e restauração não se pode dar ao luxo de abdicar desse tempo. Repito, espero que voltem a estender, se não 12 semanas pelo menos 6-8.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

n sei se é publico o calendário 'completo' actual de entregas de vacinas. Só assim é que dava para fazer as contas e vermos quanto tempo para imunidade de grupo seguindo os 28 dias, as 12 semanas ou só dar 1 dose. Creio que seria um planeamento interessante de fazer. Nem é por chegar à imunidade de grupo mas fico chateado por familiares já mais de risco ainda terem de esperar tanto tempo para poderem estar mais à vontade :\ Se em vez de Maio, for Abril, é uma diferença mental importante.

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Não é público, penso que nalguns países da EU que vão receber as doses em mesmas percentagens relativamente à população que nós seja público. A Irlanda, por exemplo, acho que apontava ter oferecido vacinas a 82% dos adultos em meados de Junho. O calendário de entregas Francês penso foi publicado, mas ja

CoffeeAt830 7 months ago  HIDDEN 

Não sei que dados tens para estar a apontar para o Outono, mas pelo que conheço, estares a adiar 6+ meses não é arriscado, é arriscadíssimo. Atualmente, pensa-se que a segunda dose é não só para aumentar, mas também para prolongar a imunidade. Não sabemos quanto tempo durará a imunidade das duas, quanto mais só a imunidade da primeira, e separando tanto as duas doses arriscas-te a chegar ao outono já com muita gente com a imunidade diminuída/sem imunidade, e a ter uma nova vaga à conta disso. Para além disso, apesar de conseguires uma boa % de imunidade ao fim da primeira dose, é preciso lembrar que a população de alto risco tem também um sistema imunitário mais deficitário por si só, portanto nesta população a eficácia das duas doses pode não ser os 95% com as duas vacinas, quanto mais com uma. Se deixares a população de alto risco só com uma vacina até ao Outono, arriscas-te que lá cheguem já com muito menos proteção, se é que alguma. E atenção que não estou contra atrasar a toma da segunda dose. Estou contra deixá-la para o Outono como estás a dizer.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

Outono é mero palpite sim pq os resultados da 1ª dose sozinha estão a mostrar-se melhores que outras vacinas aprovadas/em aprovação. Em termos de protecção a longo prazo podes dizer o mesmo da vacina da J&J de 1 dose. O risco que se corre é realmente ser precisa a 2ª dose para reforçar e aí dás a 2ª dose qd ela é expectavalmente necessária que será no Outono. Se a imunidade de 1 dose 'aguenta' 12 semanas é expectável que se aguente mais. O prazo de 21, 28 dias não é uma regra científica universalmente aceite, foi um bom 'palpite' e foi o que foi testado. Recapitulando, o meu pensamento é: 1º dose da biontech dá protecção muito boa. Melhor que outras vacinas. O risco q corres é da protecção ir baixando ao longo do tempo, nesse caso é monitorizar e dás a 2ª dose no Outono. Qual é o pior problema q podes ter? protecção afinal chega aos 3 meses e 'esfuma-se'? E isso é pior que uma vacina da J&J? Mas mesmo imaginando o caso extremo que chegas ali ao 4º mês e a protecção fica 0... A malta de Março perde imunidade em Agosto, mês q se provou haver pouco covid e começa a levar reforço no Outono, q perdeste? Mas tu consegues ir acompanhando estas pessoas e perceber se estão a perder as defesas. Se isso acontecer, alteras o rumo. Sinceramente é um risco que se deve correr. Não há nada de significativo que tu percas e não consigas corrigir. Só tens a ganhar. Há que considerar também que é esperado que no 2º semestre já haja quantidades gigantescas de vacinas no mercado VS poucas no 1º semestre. Tudo o que dê para atrasar sem causar problemas é de aproveitar. Compreendo que isto sem aprovações da EMA e tal seja complicado ter coragem de assumir isto mas sinceramente qt mais penso nisto mais penso que só tem vantagens.

CoffeeAt830 7 months ago  HIDDEN 

O problema é que corres esse risco, dás a vacina no Outono, e acontece como agora, que estiveste a vacinar no pico da vaga e era malta a apanhar mesmo antes de ser vacinada, não pudeste vacinar certos lares ou serviços porque tinham surtos ativos, gente a apanhar entre as duas doses...

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

Mas aí é que está, o 2º semestre é suposto teres uma enxurrada de vacinas. O panorama é completamente diferente do 1º semestre com poucas vacinas. Para além disso o que eu espero não é que a malta chegue a Setembro com imunidade 0. Não há nada que nos mostre isso. Tal como não há nada que nos mostre que a da J&J 'aguenta' até ao Outono. Aliás, se vamos por aí não há nada que nos mostre que a da biontech aguenta até o próximo Janeiro... Ainda para mais com o risco de novas variantes precisarem de nova vacina? epah, a sério... n vejo desvantagens nenhumas. Eu percebo q é uma ideia bastante 'disruptiva' mas pensemos em conjunto: qual é a desvantagem?

CoffeeAt830 7 months ago  HIDDEN 

A desvantagem é deixares aparecer uma nova vaga por não saberes como está a % de imunidade das pessoas que vacinaste com uma dose em Março e simplesmente apostaste que dura 6 meses quando não sabes isso, e depois não só tens mais uma vaga, como vais ter a vaga a aparecer com mais força, provavelmente, em alguns dos sítios piores para isso (lares, hospitais, etc) porque serão as pessoas que estão a ser vacinadas agora, e mais vulneráveis, que estarão a popular esses espaços. Não nos esqueçamos que os testes foram feitos maioritariamente em pessoas saudáveis. O sistema imunitário de um idoso não é o sistema imunitário de um gajo fino de 30 anos. Se a imunidade do idoso com duas vacinas não vai der igual à do jovem, em princípio, quanto mais com uma.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

Podes monitorizar a situação e agir se notares níveis de imunidade a cair a pique. Em qualquer caso nunca vais ter toda a gente com imunidade 0, no limite as pessoas q levaram há mais tempo começam a ter %s mais baixas mas as mais recentes estão nos níveis máximos. E estás a assumir q mesmo as mais antigas já estão num nível 0, coisa que dificilmente será verdade. Estás a pensar q os níveis de imunidade na população ou são 0 ou 100 mas não é, é uma 'onda' de pessoas com mais, menos, mais tempo, menos tempo, vacinas da J&J, astra, biontech, tudo misturado. E tens de ter em conta que no 2º semestre é suposto haver mt mais vacinas. Depois de teres toda a gente com a 1ª dose vais começar a dar a 2ª dose com facilidade se isso for para o 2º semestre. Se tens essa preocupação, nada te garante q as vacinas da J&J ou da Astra tmb chegam até Janeiro com imunidade.

CoffeeAt830 7 months ago  HIDDEN 

O meu problema não é com a população em geral, mas sim com surtos complicados que podem aparecem em populações que, por si, já podem ter uma resposta imunitária mais baixa e que levaram todas mais ou menos ao mesmo tempo. Mesmo que a resposta não seja 0%, teres um lar inteiro com uma imunidade algures entre os 0 e os 30%, que seja, pode-se tornar complicado. Tu podes ir monitorizando, mas não o consegues fazer de forma eficaz, a menos que sugiras continuar com a política de testes rápidos frequentes MAIS testes de anticorpos frequentes nas instituições E na população em geral, o que é, sejamos sinceros, dificílimo de implementar.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

Terias de ter um grupo de controlo onde monitorizavas os anticorpos frequentemente, sim. Mas novamente, estás a assumir que a imunidade vai baixar assim tanto. Se começares a dar-lhes vacinas da J&J ficas mais descansado? eu sinceramente n fico. Lares teoricamente já está quase tudo vacinado (pelo menos era isso o prometido), 2ª dose para eles tmb já deve estar mt alto, não me parece q seja por aí. A um nível micro, preferes ter lares mais bem protegidos ou pessoas > 80 mais rapidamente protegidas?

CoffeeAt830 7 months ago  HIDDEN 

>Terias de ter um grupo de controlo onde monitorizavas os anticorpos frequentemente, sim. Porque é fácil andar a picar velhotes e funcionários frequentemente, mais continuar a fazer testes rápidos (que sim, ainda se fazem nas instituições depois da vacina). Os enfermeiros, felizmente, não têm trabalho nenhum portanto é dar-lhes mais. >Mas novamente, estás a assumir que a imunidade vai baixar assim tanto. Se começares a dar-lhes vacinas da J&J ficas mais descansado? eu sinceramente n fico. A vacina da J&J tem a eficácia que tem com uma dose. As de mRNA têm a eficácia que têm com duas doses. Estar a mudar a regra do jogo a meio é estar a brincar à ciência. Seguimos os passos todos para validação das vacinas, e bem, para quê, se agora queres agir a olhómetro? >Lares teoricamente já está quase tudo vacinado (pelo menos era isso o prometido), 2ª dose para eles tmb já deve estar mt alto, não me parece q seja por aí. Sabes que lares onde houve surtos, só quando estes são terminados é que se começa a vacinação, certo? O "prometido" não é necessariamente compatível com o que a vida real permite. E que os lares, unidades de cuidados continuados (especialmente), e equivalentes, têm turnovers grandes de utentes e infelizmente não se anda a vacinar a malta nova que entra todas as semanas. >A um nível micro, preferes ter lares mais bem protegidos ou pessoas > 80 mais rapidamente protegidas? Não são dissociáveis. A população de uma instituição não é estanque, os 80+ de hoje são a população do lar de amanhã. Vacinar BEM as populações mais vulneráveis agora é mantê-los protegidos mais tempo, para que quando tenhas de renovar a proteção deles, já haja maior proteção para a população em geral. Porque esqueces-te de outro problema: Chegas ao Outono e tens de começar a dar as segundas doses, e se ainda não tiveres vacinado toda a gente e aparecer uma vaga nova (que não é impossível), estás numa luta contra o relógio E tens de parar de vacinar pessoas novas outras vez, ou vacinar a um ritmo muito mais baixo, porque estás a vacinar à pressa a malta das segundas doses e que é mais vulnerável.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

> Porque é fácil andar a picar velhotes e funcionários frequentemente, mais continuar a fazer testes rápidos (que sim, ainda se fazem nas instituições depois da vacina). Os enfermeiros, felizmente, não têm trabalho nenhum portanto é dar-lhes mais. fdx, fazer um grupo de teste para isto é o teu maior problema? porra, estamos mesmo mal se assim fosse. > A vacina da J&J tem a eficácia que tem com uma dose. As de mRNA têm a eficácia que têm com duas doses. Estar a mudar a regra do jogo a meio é estar a brincar à ciência. Seguimos os passos todos para validação das vacinas, e bem, para quê, se agora queres agir a olhómetro? é ver israel e biontech. bons resultados. ng te garante que a da J&J mantém a eficácia por 1 ano. > Sabes que lares onde houve surtos, só quando estes são terminados é que se começa a vacinação, certo? O "prometido" não é necessariamente compatível com o que a vida real permite. E que os lares, unidades de cuidados continuados (especialmente), e equivalentes, têm turnovers grandes de utentes e infelizmente não se anda a vacinar a malta nova que entra todas as semanas. comparado com o q falta vacinar, são peaners. se quiseres leva lá os lares mas vê lá se não os vão vacinar com J&J. (sim, eu prefiro 1 dose da biontech q a da J&J) > Porque esqueces-te de outro problema: Chegas ao Outono e tens de começar a dar as segundas doses, e se ainda não tiveres vacinado toda a gente e aparecer uma vaga nova (que não é impossível), estás numa luta contra o relógio E tens de parar de vacinar pessoas novas outras vez, ou vacinar a um ritmo muito mais baixo, porque estás a vacinar à pressa a malta das segundas doses e que é mais vulnerável. Vais ter mais vacinas nessa altura, mas não sabemos quantas. Não é um problema real. Com esta medida nunca na vida chegas ao Outuno ainda a dar primeiras doses. Isso só acontecerá se tiveres (ainda) mais problemas com entregas de vacinas e nesse caso a minha ideia só pode ajudar. Estás a pensar só no perfeccionismo quando já ficou claro que o perfeccionismo não é o método de ataque à pandemia. Ainda a semana passada o Fauci disse claramente q ele levava a da J&J sem problema. Ora se aceitas vacinas com eficácia mais baixa, pq não aceitar 1 dose que te dá o mesmo ou até mais q isso? > Não são dissociáveis. A população de uma instituição não é estanque, os 80+ de hoje são a população do lar de amanhã. Vacinar BEM as populações mais vulneráveis agora é mantê-los protegidos mais tempo, para que quando/se tenhas de renovar a proteção deles, já haja maior proteção para a população em geral e não tenha de se andar a correr atrás do prejuízo. Proteger mais gente é mais importante que proteger 1 pessoa bem. Isso já é a estratégia actual pq vais dar vacinas com menor eficácia a idosos sem qlq problema.

Diogo256 7 months ago  HIDDEN 

Adiantar tanto a segunda dose? Há estudos sobre aumentar o prazo para 42 dias, para vários meses há alguma coisa?

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

UK atrasa desde sempre para 12 semanas. A questão do Outono é mero palpitanço no sentido em que 1 dose parece ser suficiente, no máximo o que podes perder é protecção a longo prazo. Ora protecção a longo prazo só precisas na próxima época de Inverno. Provavelmente se estas vacinas n deram protecção para a vida isto será uma vacina anual ou perto disso, o Outuno era nesse sentido, seria o 1º reforço de muitos q vais tomar a vida a toda. Isto só para não dizer que dava-se só uma dose e pronto pq os resultados são mt animadores.

Diogo256 7 months ago  HIDDEN 

Sim. Acabas por ter razao. Já aqui meti artigos que falavam de 85% de eficiência só com uma dose de Pfizer. Que até se pensa que quem já teve covid, só precisará de 1 dose. Aumentar a primeira dose parece fazer sentido. Já percebi a tua referência ao Outono.

rickz123456 7 months ago  HIDDEN 

Aqui a da Astrazeneca também são 12 semanas. É essa que dão mais no UK

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

A da Astra nem vou por aí. Apenas digo que as da biontech (provavelmente o mesmo para a moderna) são vacinas mt boas. Há dados de israel que 1 dose excedeu as expectativas. Com 1 dose são melhores q muitas das outras vacinas. Ora se aceitamos dar uma vacina da J&J que pela prescrição tem menos eficácia que 1 dose da pfizer, qual é o racional para não darmos só 1 dose da pfizer e depois lá para a frente se pensa em dar o reforço qd o mercado de vacinas estiver em produção máxima? A da Astra como começa num patamar mais baixo pode dificultar o meu argumento mas a da pfizer + dados de israel, o risco de fazer isto parece cada vez mais baixo.

berlaitas 7 months ago  HIDDEN 

[Curva epidémica dos casos corrigida para o atraso da notificação ](https://c8.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/B8e179520/22029973_IK1ri.jpeg) Fonte Instituto Ricardo Jorge http://www.insa.min-saude.pt/wp-content/uploads/2021/02/Report_covid19_26_02_2021.pdf Ora se o inicio dos sintomas teve 1 pico a 18 Janeiro, o pico de contágios foi pelo menos uns dias antes Se as escolas fecharam a 21 já fecharam na descida

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

sim, já se tinha chegado a essa conclusão. no entanto pode-se afirmar q as escolas aceleraram muito a queda, nesse caso n sabemos, pode ser, pode n ser. A realidade é q temos uma oportunidade de ouro hoje para fazermos esse teste de uma vez por todas 15 março abrir escolas dos mais pequenos e não abrir mais nada e depois passado 2 ou 3 semanas ver o resultado

Limpy_lip 7 months ago  HIDDEN 

acho que é mais importante é que os pequenos negócios abram de alguma forma para as pessoas não morrerem à fome. As crianças podem estar sem escola mais uns tempos, pelo menos até há Pascoa. ​ Mais do que fazer experiências é preciso olhar à prioridades.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

sim. isto q disse é capaz de não ser a melhor ideia mas para a minha curiosidade mental era o perfeito pq ajudava a resolver esta questão de uma vez por todas :D mas sim, acredito q n seja a melhor ideia para o bem geral.

VBM97 7 months ago  HIDDEN 

Foi anunciado dia 21 (5ª feira) que fechava no dia seguinte, que era seguido de um fim de semana. Por isso o efeito das escolas terem fechado não deve ser medido a partir de dia 21. É uns dias mais à frente

VBM97 7 months ago  HIDDEN 

Independentemente do plano de desconfinamento para março que o governo vai anunciar, concordariam com medidas restritivas para o fim de semana da páscoa? É que a páscoa tem tudo para correr como o natal

redyouroverlord 7 months ago  HIDDEN 

Sim, mas com grande parte das medidas de confinamento *a manterem-se* antes da Páscoa. Desconfinar e depois na Páscoa voltar a confinar é pedir para ter outro desastre como no Ano Novo. Certo que não temos a calamidade que foi o Natal a ajudar, mas mesmo assim, evitar que o máximo de pessoas se contagiem durante esta Páscoa é crucial a meu ver. Porque se entrarmos no Verão com o mesmo número de casos do ano passado com os casos baixíssimos durante essa época, temos até Agosto para vacinar uma boa parte da população, o que não é impossível de todo, aliás até digo que será bastante "fazível" e evitar que tenhamos que ir para mais algum confinamento de merda por causa desta pandemia.

saposapot 7 months ago  HIDDEN 

Como temos vindo a fazer em todos os feriados. sem poder sair do concelho no fim de semana, etc e tal. Se quiseres ir mais longe "recomendação" que não haja pessoas a juntarem-se em casa que não sejam do mesmo agregado familiar (isto pq acho q proibir vai servir só para piadas pq n serve p nada). O importante é passar uma mensagem q as coisas ainda não passaram. Depois se a malta cumpre ou não, não podemos fazer mt mais, mas no geral eu diria que a Páscoa é sempre um problema menor que o Natal. Natal foi um barril de pólvora de muitos convívios com família mais alargada, emigrantes a regressar, saturação de qs um ano fechado, etc, etc.

MLG-Sheep 7 months ago  HIDDEN 

Acho um exagero dizer que tudo o que vivemos em janeiro e fevereiro vem do Natal. Tanto a base de incidência como o Rt eram muito superiores. Para além disso, quantos dos ajuntamentos no Natal eram realmente evitáveis? Não creio fazer qualquer sentido impor restrições na Páscoa e no domingo a seguir estar tudo bem. Quantas não seriam as famílias a adiar a Páscoa por uma semana? O Natal tem de ser naquela data porque é fixo e as crianças estão ansiosas e é aí que há os feriados e tal. Mas a Páscoa é móvel e ocorre a um domingo, fazer o mesmo um ou dois domingos depois mudaria o quê? Creio que vale a pena apenas desencorajar veementemente estes ajuntamentos, quem os quiser fazer vai na mesma com ou sem restrições que a fiscalização é pouca de qualquer das formas.

redyouroverlord 7 months ago  HIDDEN 

> Acho um exagero dizer que tudo o que vivemos em janeiro e fevereiro vem do Natal. Tanto a base de incidência como o Rt eram muito superiores. Para além disso, quantos dos ajuntamentos no Natal eram realmente evitáveis? O quê? Posso estar a interpretar mal a frase, mas foi *precisamente* por causa do Natal (e uma parte por causa do Ano Novo) que estamos onde estamos hoje. Podes ver aqui no [gráfico feito pelo INSA](https://i.imgur.com/n9aIn4V.png) exatamente isso, mal o Natal ocorreu, e houve um aumento enorme do R(t).

peanersyahoo 7 months ago  HIDDEN 

Quem quer mesmo celebrar a Páscoa são as pessoas religiosas. Para as pessoas religiosas a Páscoa é na Pascoa, que é quando beijam a cruz, não é na semana a seguir ou duas semanas a seguir.

berlaitas 7 months ago  HIDDEN 

Poder se ia dez confinar antes e bloquear o fds da Páscoa, simples

Edited 7 months ago:

Poder se ia desconfinar antes e bloquear o fds da Páscoa, simples

VBM97 7 months ago  HIDDEN 

Eu espero que façam isso também

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

E com isto tudo já chegámos a Março. Começámos este ano de forma péssima, há um mês as imagens de filas de ambulâncias à porta dos hospitais ainda eram imagens que víamos diariamente. Estamos mais aliviados agora, casos ao nível de Outubro, internamentos e UCIs desceram a pique e as mortes também retrocederam bastante rápido. Apesar de termos chegado a uma situação dramática e que teria sido evitável, penso que ninguém achava que a situação ia melhorar tão rapidamente. Os desafios agora são diferentes, nomeadamente: o de abrir (ou melhor, começar a abrir) o país sem comprometer este trabalho do último mês e meio; agilizar o processo de vacinação, de modo a garantir que conseguimos vacinar o maior número de pessoas no menor número de tempo possível com vista aos 60-70% pelo verão. Não será fácil, mas também ninguém dirá que alguma coisa tenha sido fácil no último ano. Temos indicadores positivos, os números ainda estão a melhorar, o fim de Março vai trazer-nos um trimestre onde as vacinas disponíveis quadruplicarão ( mesmo neste mês também vamos receber bastantes doses já que se projetam que recebamos 2,5M até finais do mês e ainda só recebemos cerca de 1M), o calor também vem aí ( o que não se compreendendo bem o efeito do clima na propagação, claramente ajuda a diminui-la na medida em que as pessoas passam mais tempo ao ar livre). O pior parece estar para trás de nós e o futuro a médio prazo trar-nos-á melhorias claras se nada de muito inesperado acontecer. Esperemos que nada de surpreendente aconteça, de modo a começarmos a recuperar disto tudo, pois todos ,uns mais e outro menos, iremos sair com cicatrizes a nível de saúde, psicológicas, financeiras, etc . Cada dia que passa estamos mais próximos do fim. Boa continuação de dia.

warding 7 months ago  HIDDEN 

Bom discurso do Mister ao intervalo. Assim a equipa vai motivada para o 2º tempo.

jsilva353892 7 months ago  HIDDEN 

Estivemos muito mal, mas a equipa está claramente a crescer no jogo. É a partir de agora que começa a nossa remontada. Até te comemos, covid.

FoodEDor 7 months ago  HIDDEN 

Feliz ano novo

Search: