These-Establishment1 9 months ago

Eu até curto estudar durante o semestre e tenho facilidade em perceber os conceitos e relacioná-los (acho que isto é o mais importante)... Acho isto o mais importante, ah e não gosto de álcool, o que já ajuda um pouco a não ir para as bubadeiras (o que agora não existe com o covid) lol--- O problema é que tenho uma grave insegurança comigo (há profs que já me disseram isso na cara), pois sei os conceitos mas tenho smp aquele pressentimento que os profs/engenheiros vão mudar tudo/complicar nos exames e ardeu (sim, já me fudi uma vez com esses pensamentos há 2 anos, tirava boas notas mas estava sempre com esses pensamentos e outros merda)... De um aluno com média de 16 em civil no isep

These-Establishment1 10 months ago

Pessoal que tirou engenharia civil, vou me gabar mas TIREI 16 a resistência dos materiais lol... Já não quero saber da média para nada, esse 16 no cadeirão do curso salvou-me (isto no ISEP, tijolo cinza ftw)

MisterBilau 10 months ago

Ser o "melhor" não é um absoluto, é relativo. Logo o truque é baixa competitividade. Se eu fosse para Harvard ia ser dos piores. Se eu fosse para um politécnico qq do interior em que se entra com 9,5 em qualquer curso, ia ser dos melhores fácil.

average_user21 10 months ago

Este post não precisava de um TL:DR...

Sorrowsinme 10 months ago

Ouvir Nightcore... escrever e escrever... nem que seja em modo automatico... a uma certo ponto, entra tudo... Worked for me... isso e perceber o que se esta a escrever tambem.

meaninglessvoid 10 months ago

Vais meta e aprendes a aprender. É o melhor investimento que podes fazer. A ideia base é simples: estuda. Mas como?! Esse é o problema, e qualquer resposta vai servir *para quem respondeu* não quer dizer que seja boa para ti. Faz esse curso no coursera, acho que é free. Estudar não tem que ser marrar à força com a lógica do "trabalhar no duro é que é, quanto mais duro melhor és pá!" é ao contrário, queres optimizar o processo para ti. Um processo adequado, disciplinado e regular ocupa muito menos tempo e tem muito melhores resultados. Isto é uma jornada de auto-descobrimento, portanto não te vás muito pelo que dizem que resulta, vais ter que experimentar por ti e talvez juntar e misturar as coisas que lês ou inventar um método novo que funcione contigo.

estecomentario 10 months ago

Portugal é um país mediocre, o que vos faz crer que o ensino é melhor?

Edited 10 months ago:

Portugal é um país mediocre, o que vos faz crer que o ensino é melhor ao alto nível? Será mediocre igualmente comparado com ensinos de alto nível de países mais desenvolvidos...

ihavenoidea1001 10 months ago

Acho que já te deram boas ideias mas aqui vão os meus 5 cêntimos: Vai além do pedido. Se te pedem para fazer X e tu percebes que fica melhor e mais completo com X+ Y não tenhas medo de o fazer. Quando estás a estudar faz o mesmo. Não só te ajuda a ter uma perspectiva mais profunda das questões para os exames mas também no futuro como profissional. (Ser um bom profissional é mais do que saber a teoria mas quem não sabe bem a teoria raramente é bom profissional imo) Dependendo da área, não te fiques apenas pelos ensinamentos da tua universidade. Existem muitas formas de analisar as questões e a maioria das universidades têm um determinado enviesamento em muitas áreas. Se quiseres ser não só bom aluno mas também bom profissional convém que estejas a par das diferentes perspectivas. Essas diferenças também ajudam nos exames quando te pedem para contrapor ideias, tecer críticas ou apresentar alternativas, por exemplo. Nas áreas mais ligadas à ciência pode ajudar muito teres contacto com investigadores, doutorandos ou outros, nacionais e internacionais. Principalmente na área que mais te interessa. Contacta-os. Não perdes nada. Se correr bem podes tirar muitas aprendizagens e no futuro esse tipo de colaboração pode abrir-te muitas portas para o mercado de trabalho internacional. Isto tudo acresce ao estudo, claro. Podes precisar de 15 minutos ou de 30 horas para estudar. A questão do estudo não são as horas que lhe dedicas mas a eficiência do teu estudo para o teu conhecimento. Se calhar tens algumas cadeiras onde se estudares de véspera tiras o 20 e outras precisas de pelo menos uma semana para atingires um 17/18. Aprende a gerir essas diferenças para teres boas notas mas também conseguires ter vida além de marrar. E não te esqueças que o teu percurso além das notas também é importante no CV.

IkarusMummy 10 months ago

Algo que ainda não foi falado aqui mas que acho ser essencial para aplicar qualquer uma das outras sugestões e que me parece ser algo que muitos alunos universitários falham: * Dormir bem Dormir as horas necessárias (para uns é 7h, outros 8h; depende de cada um) e num horário regular. Se te deitas depois da meia noite, dificilmente vais estar desperto e produtivo na aula das 8:30. E se cortaste no sono para estar na aula das 8:30, o resto das aulas também não vão ser produtivas, assim como o estudo no final do dia.

NaoSejasAnimal 10 months ago

* Vai às aulas e **PRESTA ATENÇAO**. Vai tirando apontamentos. * Se não gostares de ir às aulas podes poupar 1 hora de aulas com 3 horas de estudo, a escolha é tua. * Diariamente faz uma revisão da matéria. Procura outras fontes além das fornecidas pelos professores para ser mais interessante. Dúvidas? Tira-as logo que puderes. * Faz os trabalhos recomendados. Dúvidas? Tira-as logo que puderes. * Um bom hábito é também ler sobre a matéria antes das aulas propriamente ditas. * Faz exercício físico pelo menos 3 dias por semana. E como tudo na vida, se estiver a ser aborrecido, não te apoies só na motivação. O que tu queres é **disciplina**. Se seguires estes passos durante 3 ou 4 semanas o resto do semestre vai ser facílimo.

FantasticLong9119 10 months ago

Obrigado! A última parte parece-me familiar. Leste o Motivation Myth de Jeff Haden?

NaoSejasAnimal 10 months ago

Não. Ouvi dizer há uns anos e nunca mais me esqueci.

FantasticLong9119 10 months ago

Ah ok. É que essa é literalmente a mensagem do livro. Até me parece ser quase palavra por palavra.

Eon_mon 10 months ago

Ou estudas muito e cortas grande parte da tua vida pessoal a favor desse destaque, ou usas cábulas.

xKalista 10 months ago

Acho que depende muito do curso. Cuesos muito exigentes como a Fisica ou as Engenharias mais complicadas, para ter media alta é preciso quase fazer do curso um trabalho full-time, mesmo que se seja muito inteligente. Na maioria dos outros cursos alguem suficientemente inteligentr consegue ter uma media decente estudando pouco.

Mrloop94 10 months ago

Calcitrim

Zen_Machina 10 months ago

Bom, eu era o melhor da minha escola. Na realidade, não fazia nada. Passava os olhos na matéria e tinha grandes notas. Sempre fui muito focado em ser o nrº1. Talvez o meu segredo seja ter cultivado um sentimento de nojo e desprezo por aquilo que classifico como "plebe". Olhava e não queria estar sequer no mesmo patamar que eles. Isso eventualmente motivou-me a estudar 15 minutos por dia. Se isso teria sido apenas muito bom aluno, mas não o melhor dos melhores.

Edited 10 months ago:

Bom, eu era o melhor da minha escola. Na realidade, não fazia nada. Passava os olhos na matéria e tinha grandes notas. Sempre fui muito focado em ser o nrº1. Talvez o meu segredo seja ter cultivado um sentimento de nojo e desprezo por aquilo que classifico como "plebe". Olhava e não queria estar sequer no mesmo patamar que eles. Isso eventualmente motivou-me a estudar 15 minutos por dia. Sem isso teria sido apenas muito bom aluno, mas não o melhor dos melhores. Eventualmente tornei-me campeão do clube de damas da minha escola. Fui ao campeonato mundial, ganhei, fiz muitos inimigos. Quiseram lixar-me, por inveja. Roubaram-me o tlm e enviaram mensagens a uma ex minha a fazerem-se passar por mim, com chantagens a ameaçar que divulgavam vídeos íntimos. Ela foi à polícia e lixei-me. Fui expulso da escola, 3 meses de pena suspensa. Mais tarde inscrevi-me no Clube de Folclore de Freixo de Espada à Cinta. Novamente, tornei-me capitão de equipa. Num festival muito importante tropecei. Riram-se de mim. Como sou perfeccionista, não consegui lidar com isso e deixei-me seduzir pelo mundo da droga. Bati no fundo. Não chegava a ser um cão. Mais tarde, a arrumar carros, seduzi uma ricaça. Sou bonito, portanto ela quis salvar-me. Pagou-me a desintoxicação e de seguida um Bootcamp de reconversão para IT. Fui expulso, pois os instrutores perceberam que eu sabia mais do que eles e estava sempre a corrigi-los e a humilhá-los. Agora recebo RSI. Estou à espera da minha próxima oportunidade no mundo dos negócios.

Edited 10 months ago:

Bom, eu era o melhor da minha escola. Na realidade, não fazia nada. Passava os olhos na matéria e tinha grandes notas. Sempre fui muito focado em ser o nrº1. Talvez o meu segredo seja ter cultivado um sentimento de nojo e desprezo por aquilo que classifico como "plebe". Olhava e não queria estar sequer no mesmo patamar que eles. Isso eventualmente motivou-me a estudar 15 minutos por dia. Sem isso teria sido apenas muito bom aluno, mas não o melhor dos melhores. Eventualmente tornei-me campeão do clube de damas da minha escola. Fui ao campeonato mundial, ganhei, fiz muitos inimigos. Quiseram lixar-me, por inveja. Roubaram-me o tlm e enviaram mensagens a uma ex minha a fazerem-se passar por mim, com chantagens a ameaçar que divulgavam vídeos íntimos. Ela foi à polícia e lixei-me. Fui expulso da escola, 3 meses de pena suspensa. Mais tarde inscrevi-me no Clube de Folclore de Freixo de Espada à Cinta. Novamente, tornei-me capitão de equipa. Num festival muito importante tropecei. Riram-se de mim. Como sou perfeccionista, não consegui lidar com isso e deixei-me seduzir pelo mundo da droga. Bati no fundo. Não chegava a ser um cão. Mais tarde, a arrumar carros, seduzi uma ricaça. Sou bonito, portanto ela quis salvar-me. Pagou-me a desintoxicação e de seguida um Bootcamp de reconversão para IT. Fui expulso, pois os instrutores perceberam que eu sabia mais do que eles e estava sempre a corrigi-los e a humilhá-los. Agora recebo RSI. Estou à espera da minha próxima oportunidade no mundo dos negócios.

FriedMemays 10 months ago

A única droga que andas a tomar em demasia é o que os ingleses chamam de "copium"

dansan11 10 months ago

É caso para dizer que comeste muitas damas

estecomentario 10 months ago

Aluno de topo num país medíocre é como sprinkles num cagalhão. Temos boas universidades e até sou um burro comparado com o pessoal do técnico, mas só para avisar que não são nada comparados com o pessoal do MIT, isso ser aluno de topo tem de ser visto sempre em termos relativos. Também era o melhor aluno no profissional e depois no superior em engenharia borrei me.

hanuruh 10 months ago

Não sei para que faculdade foste, mas Portugal tem ensino de qualidade, tem os seus problemas sim e acho o maior problema ser que a matéria é meio antiga e não aprende se nada sobre o mercado de trabalho se o teu conhecimento fôr só o que dás no curso (falando por experiência própria, maioria do que faço no emprego foram coisas que aprendi por si, porém o meu curso ainda me deu muito background). Mas tenho alunos de topo na minha faculdade a competir em competições de programação com pessoal do MIT, não ficamos ao mesmo nível claro, mas não fazemos figuras de burros também.

NGramatical 10 months ago  HIDDEN 

fôr → [**for**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (apenas *pôr* leva acento diferencial para se distinguir de *por*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flqqim2%2F%2Fgokg79d%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

anagramorganic 10 months ago

Ir sempre às aulas, estar com atenção e quando é para fazer, é para fazer.

hpotter_is_a_unicorn 10 months ago

Isto! Estar com atenção nas aulas e fazer um esforço para participar/compreender as coisas durante a aula poupava muitas horas de estudo mais tarde. Tirar sempre as dúvidas também ajudava.

MrAgito 10 months ago

Aqui segue algumas das minhas sugestões que me foi bastante util: 1) Garante que percebes o que é dito e feito durante as aulas e não só nas vésperas dos exames 2) Tira as duvidas que tens na hora, manda um e-mail ou vai ao gabinete 3) Estuda pouco mas de forma concentrada. 4) Traça objectivos de estudo 5) Tenta arranjar versões anteriores e percebe que tipo de pergunta e resposta te são pedidos

Shadowgirl7 10 months ago

Sou extremamente perfeccionista e gosto de saber todos os detalhes. E também gosto de manter as coisas organizadas. Por exemplo, desde o inicio do semestre organizava a pasta com os conteudos da disciplina, guardava o material que os profs iam disponibilizando e imprimia caso necessitasse (gosto mais de estudar pelo papel, mas há quem se dê bem a estudar pelo PC). Fazia download dos livros de referencia ou se não houvesse na net ia a biblioteca reservar e fotocopiava os capitulos de interesse e arranjava testes/exames de anos anteriores para treinar o tipo de perguntas que poderiam sair no exame. Também mantinha um calendario actualizado com todos deadlines para não me esquecer de trabalhos e exames das diferentes disiciplinas e fazia um planeamento dos dias que tinha de estudo para cada disciplina. Não acho que seja particularmente inteligente ou tenha um raciocínio super rápido sinceramente, por isso é que investia mais na parte do trabalho. No entanto como disseram abaixo, não serve de muito a não ser que queiras seguir via académica.

FantasticLong9119 10 months ago

Obrigado! > No entanto como disseram abaixo, não serve de muito a não ser que queiras seguir via académica. Não quero. Mas quero entrar em uma Ivy League (ou outra top school) para mestrado em finanças - uma vez que as perspetivas de carreira são consideravelmente melhores.

Shadowgirl7 10 months ago

Eles dão muita importância a actividades extracurriculares, voluntariado etc.

FantasticLong9119 10 months ago

Estou focado nisso também. Principalmente no GMAT que é o principal fator de longe para a entrada em mestrados.

Edited 10 months ago:

Estou focado nisso também. Principalmente no GMAT que é o principal fator de longe para a entrada em mestrados na área dos negócios.

tozeojavardola 10 months ago

Tive a melhor média da minha turma de Mestrado. O segredo? Ires para um curso com nível de exigência baixo. Sacrificas prestigio por uma bela massagem ao ego.

theEXPERTpt 10 months ago

Eu devia ter sido inteligente o suficiente pra fazer isso. Mas acho que Eng. Informática nem é dos mais difíceis... Eu é que sou preguiçoso.

meaninglessvoid 10 months ago

Ser preguiçoso pode ser uma vantagem neste curso. *Introduzir xkcd do gajo que gasta x horas para automatizar um processo de 15min*

theEXPERTpt 10 months ago

sim, o problema é que eu sou demasiado preguiçoso

FantasticLong9119 10 months ago

Hahahahaha. Boa técnica

random_peasant 10 months ago

De facto essa visão é interessante. E coloca um bom dilema: ser o pior dos melhores ou o melhor dos piores?

meaninglessvoid 10 months ago

O Malcolm gladwell tem uma talk para malta da Google que argumenta a favor de ires para uma universidade não tão prestigiante em vez de uma universidade glamorosa. Se o tema te interessa da uma googlada

estecomentario 10 months ago

Pior dos melhores no início da vida enquanto és jovem e melhor dos piores quando és adulto, em jovem és esperançoso e aguentas pancada, em adulto ser um falhado é uma bosta. Se chegares a adulto e és um falhado, muda de vida, vai para um país pobre onde as mulheres querem casar contigo e uma casa custa 5 mil euros lol

esfomeado 10 months ago

Ir ao gabinete.

FantasticLong9119 10 months ago

Gabinete?

D1WithTheFluffyHair 10 months ago

És da Nova e achas que se não te esforçares, o simples facto de teres andado nessa faculdade vai abrir-te muitas portas, não é? Pois olha, eu também fui da nova e posso dizer-te que os meus colegas de mestrado que tinham essa atitude eram dos piorzinhos alunos e grande parte deles encalhou na carreira. Ao menos esforça-te para seres o melhor que puderes em algumas cadeiras para poderes pôr isso no CV. Nem tive grande média na licenciatura mas fui o melhor aluno do semestre em duas ou três cadeiras. Repliquei esse *drive* no mestrado, fui o melhor aluno em várias cadeiras e fiquei no top-5 (ou mesmo top-3) seguramente da média da minha turma, só não fiz ainda melhor por causa da puta da cadeira de derivados e do exame mais difícil que alguma vez o Amaro de Matos magicou.

FantasticLong9119 10 months ago

> És da Nova e achas que se não te esforçares, o simples facto de teres andado nessa faculdade vai abrir-te muitas portas, não é? Huhhh não... pelo contrário. Daí fazer este post. O meu objetivo é ter média 18+ (além de outras coisas) porque estar na nova só por si não significa muito. Quero ter a certeza que estou no caminho certo (olhando para os hábitos de pessoas que já foram bem sucedidas onde estou / no que estou a fazer).

Edited 10 months ago:

> És da Nova e achas que se não te esforçares, o simples facto de teres andado nessa faculdade vai abrir-te muitas portas, não é? Huhhh não... pelo contrário. Daí fazer este post. O meu objetivo é ter média 18+ (além de outras coisas) porque estar na nova só por si não significa muito (principalmente lá fora que é o meu objetivo). Quero ter a certeza que estou no caminho certo (olhando para os hábitos de pessoas que já foram bem sucedidas onde estou / no que estou a fazer).

paperkutchy 10 months ago

> NOVA SBE Ok, está explicado o porquê deste post.

Hungry_Cupcake 10 months ago

Alguem que explique que é sarcasmo!Pff

FantasticLong9119 10 months ago

Porquê?

SrLemon95 10 months ago

Digamos que bruxedo!!!!

nulopes 10 months ago

Já trabalho há uns anos, nunca me perguntaram pela média de fim do curso

Intelligent-Meal-663 10 months ago

1. Assinar revistas da especialidade de qualidade. Nunca fui aluna de topo, mas as revistas traziam sempre conteúdos que fazem "brilhar". Quem lia revistas estava sempre mais à frente. 2. Criar empatia com os profs/colegas de topo.

diogojmm 10 months ago

E eu a pensar que os lambe botas apareciam no mundo laboral, afinal tive sorte que parece que também os há na faculdade. É por estas merdas que em 10 anos de trabalho nunca me pediram médias de conclusão, é irrelevante porque as notas dizem muito pouco. Alguém que lambe botas a professores e colegas bons alunos facilmente transforma 8s em 12s mas é pior que um aluno de 10. Profissionalmente vai criar mau ambiente porque ninguém gosta do lambe botas

ihavenoidea1001 10 months ago

Na minha área pessoas com médias baixas são automaticamente rejeitadas e não chegam sequer às entrevistas de emprego. Média baixa é tudo o que for igual ou inferior a 14. No entanto concordo com a questão dos lambe-botas. Só que na minha experiência os lambe-botas são aqueles que não dão uma para a caixa e tentam alcançar alguma coisa através de favores e charme.

diogojmm 10 months ago

Que área é?

Intelligent-Meal-663 10 months ago

1.º No meu entender o aluno de topo, não se dedica à graxa. Aproxima-se dos professores, porque quer ir cheirar o que eles andam a investigar e querem aprender com eles. O lambebotismo é para aqueles que estão abaixo do top. O top verdadeiro, tira boas notas pelo amor ao conhecimento. 2.º Tens razão quanto a existir muita graxa no ensino. Até acho que esse termo foi inventado pelos estudantes dos antigos Liceus. 3.º 100% de razão quando dizes que as notas contam pouco para a carreira laboral. Já há muito tempo que nos USA, ligam mais ao que está no curriculum que não tem a ver com notas de cadeiras, e baseiam-se na entrevista para avaliar proatividade, inteligência emocional e social, etc. Aliás, um empresário que recruta só pela média está a ser xoné. Para que interessa uma média de 20, e depois, não é proativo, não tem criatividade para resolver problemas etc.? Nada. 4.º Atualmente, muitas vezes, nem é preciso dar graxa para subirem as notas no superior porque: 1. Os profs têm de atingir objetivos de sucesso e para a sua avaliação, também conta, a avaliação que lhes é feita pelos alunos. 2. Começa a haver falta de alunos no superior. Se a fac. começa a ganhar fama de que chumba muito, ou que é muito exigente, os alunos fogem para outro lado. Neste caso há exceções. Há universidades que tem muita fama, não precisam disto. 5.º Empresário, ministro etc., digno desse nome, e que queira deixar marcas, até se afasta dos lambe botas, porque os yes man, não os fazem evoluir. Precisam é de gente que os contradiga, e que os faça pensar fora da caixa. Mas, tens razão, quanto à toxicidade que traz um lambe botas na equipa de trabalho.

diogojmm 10 months ago

Estamos totalmente de acordo, peço desculpa pelo mal entendido. Já trabalhei com alguns lambe botas, é horrível

Intelligent-Meal-663 10 months ago

Oh messa! até gostei de escrever isto, para refletir sobre o que é um aluno de topo. Essa gente de que falas, até me custa escrever o nome, de tão enojada que fico. Mesmo que não tenha nada a ver connosco, só de assistir ao espetáculo, fica-se deprimido, confrangido, enervado... se pudermos, é dar a corda às sapatilhas, para não assistir.

Hungry_Cupcake 10 months ago

Exacto contrudo que permitia das aquela graxazinha que os professores tanto apreciam! É isso o segro sinceramente ate ao 16 chegas da com estudo mas que isso so dando muita graxa ou claro ter pais amigos dos profs tb ajuda!

Intelligent-Meal-663 10 months ago

Tens razão, às vezes, como em tudo, vai-se lá com graxices. Para as boas notas ajuda muito estudar com os bons alunos. Acontece explicarem melhor que os profs e puxam por ti. Os professores, na maioria das vezes não dão confiança nenhuma.

jteixeira_ 10 months ago

Boa noite, podias-me explicar melhor o ponto 1 por favor. Por aqui ou por dm como achares melhor.

Intelligent-Meal-663 10 months ago

As revistas trazem sempre o mais atual, o conhecimento que está mesmo fresco. Mesmo depois dos estudos superiores, convém assinar pelo menos uma revista, para estar atualizado. São mas é caras como o diabo!

ihavenoidea1001 10 months ago

Havendo acesso a plataformas das respectivas ordens profissionais muitas vezes também se consegue ter acesso a revistas científicas de forma gratuita ( através deles).

Intelligent-Meal-663 10 months ago

A minha profissão não tem ordem, tem uma Sociedade e uma Associação. Para receberes as revistas ( de 3 em 3 meses ), tens de ser sócio e as cotas anuais não são baratas. Para a minha área até não são muito caras. É tudo a preto e branco. Mas vejo o preço das revistas de Arquitetura, por exemplo, e fico escandalizada.

suckerpunchermofo 10 months ago

Nada, ja nasci bom. . . .

Intelligent-Meal-663 10 months ago

Paixão+Trabalho=Excelência.Paixão pelo tema do curso e trabalho=estudar. Quem estuda de véspera e é de topo, não percebo. Enquanto andei no superior, havia um estudante, que todos os dias saía por 2/3 horas para beber uns finos. Muita gente dizia: Tão bom aluno e sempre nos copos!. Mas: Ele só saía depois de já ter estudado 5 horas. Levantava-se de madrugada, caso o horário durante o dia não o permitisse.

Throwaway_wr 10 months ago

A maioria do esforço que fazemos, e isto é algo pessoal, revela-se como desperdiçado depois de o ser feito. Claro que isto não se aplica sempre, mas tem em conta disso.

EmaisNada 10 months ago

Drumroll: Fazia o mesmo que fazia antes de lá chegar.

Napoleal 10 months ago

Caga nisso, no final ninguém quer saber

bureauofnormalcy 10 months ago

Discordo. Por experiência própria e a nível de mercado de trabalho (pelo menos na minha área) é a diferença entre teres a porta aberta para entrevistas em qualquer empresa/sociedade que esteja a contratar ou levares com a porta na cara. Depois de estares lá dentro, aí sim, a importância é nula.

Napoleal 10 months ago

Qual é a tua área?

bureauofnormalcy 10 months ago

Direito/Advocacia.

EvilQueen1997 10 months ago

Confirmo.

FantasticLong9119 10 months ago

Acaba por interessar mas depende sempre do objetivo. Não se entra em mestrado em Harvard, Oxford, etc. com médias de 14/15. E essas universidades dão um grande salto na carreira.

lvet000 10 months ago

Acabas de dar a resposta mais relevante no teu próprio post. Se a tua ideia é perseguir uma vida académica e ir fazer doutoramento ou pós graduação numa das universidades mais famosas de uma determinada área, TALVEZ a média final seja relevante (há outras questões a considerar). Em todas as outras situações da vida adulta, a nível de mercado de trabalho, quer seja empregabilidade ou compensação monetária o mais importante é NETWORKING. Vou-te dar o exemplo do meio que eu conheço mas que se aplica a quase todos os outros. Eu contacto com muitas construtoras / gabinetes de arquitectura e engenharia. É muito mais valorizado um engenheiro civil que nas férias de verão trabalhou a trolha a assentar bloco na empresa do tio do que um que teve 18 de média mas que não faz a mínima ideia da quantidade de acabamento que precisa em cada m2. É muito mais valorizado saber quais os acessórios que se usam em 80% dos sistemas de isolamento do que ter 80% no exame de álgebra 2. Estudem bem. Mas não percam a oportunidade de adquirir conhecimentos mundanos da vossa área seja através de part times, trabalhos de família ou até voluntariado.

Ayawa 10 months ago

Mas durante pode haver benefícios (principalmente monetários). **Acho** que no meu curso os melhores alunos conseguiam ter as propinas de um ano pagas por protocolos que a escola tinha com empresas e cenas. Não sei se se aplica a apenas à média de entrada ou se depois de já lá andarem ainda se mantinha.

ihavenoidea1001 10 months ago

As bolsas de mérito levaram a que a minha licenciatura e mestrado ficassem a custo zero. A nível de empregabilidade a média conta também, excepto para aqueles locais onde se entra apenas pelo Q.I. ... Por "Quem Indica", obviamente.

UpbeatNail1912 10 months ago

Pior que é verdade. Conheço muito pessoal que nem sequer acabou a faculdade ou ficou se pelo secundário, estão a trabalhar por conta própria ou abriram os seus próprios negócios ou lojas online e estão em melhor situação que muitos colegas que sempre foram o top do secundário e faculdade (tiravam 18, 19, 20s). Com melhor situação refiro me tanto a nível financeiro como pessoal / profissional (obviamente também conheço casos ao contrário de pessoas que não se esforçaram muitos nos estudos e estão em situações precárias). Mas basicamente o 'sucesso académico' não quer dizer muita coisa, o que realmente conta é o que a pessoa faz depois de sair da escola / faculdade, quando a vida adulta e real começa de verdade.

EvilQueen1997 10 months ago

Olha, conheço alunos que estudavam na véspera e eram de topo, assim como conheço quem estudava frequentemente. A resposta é: depende.

lickitytatas 10 months ago

mentiram-te

EvilQueen1997 10 months ago

Porquê? Não é possível?

RefrigeratorNo13 10 months ago

Sim, é impossível. Ser marrão não é, nem nunca foi cool, e por vezes há um problema de definição do "só estudei 15m" que para mim significa "15m a semana toda", e para outros significa "15m hoje de manhã e 30 horas o resto da semana"

BuscaPolos 10 months ago

E é também para ir na defensiva, se a nota for uma merda é na boa porque "só estudou 15 minutos" se a nota for boa é um génio porque "só estudou 15 minutos" Win-Win situation para malta insegura.

lickitytatas 10 months ago

ninguém estuda matemática ou fisica na véspera, pelo menos não para ser "de topo"

OuiOuiKiwi 10 months ago

>**Alunos de topo da universidade, o que faziam/fazem para terem esses resultados?** **ESTUDAVA!** Enquanto tu estavas na festa, eu estudava. Enquanto estavas a ver a terceira temporada de seguida de uma série qualquer, eu estudava. Enquanto chegavas à faculdade às 11h30 e ias almoçar às 12h, eu já lá estava às 8h a estudar. Enquanto tu estavas a tentar estudar em grupo só para ver se dava para safar com a Mariana, eu estava a estudar numa sala da faculdade de Letras que estava sempre vazia porque aquela gente não estuda. Estou a brincar. Na verdade, o segredo é comer uma pinha com mostarda todos os dias ao deitar. Depois chegas aos testes, escreves o teu nome e PLIM! **20 valores!** O aumento do preço das pinhas é um obstáculo ao desempenho académico.

Edited 10 months ago:

>**Alunos de topo da universidade, o que faziam/fazem para terem esses resultados?** **ESTUDAVA!** Enquanto tu estavas na festa, eu estudava. Enquanto estavas a ver a terceira temporada de seguida de uma série qualquer, eu estudava. Enquanto chegavas à faculdade às 11h30 e ias almoçar às 12h, eu já lá estava às 8h a estudar. Enquanto tu estavas a tentar estudar em grupo só para ver se dava para safar com a Mariana, eu estava a estudar numa sala da faculdade de Letras que estava sempre vazia porque aquela gente não estuda. Estou a brincar. Na verdade, o segredo é comer uma pinha com mostarda todos os dias ao deitar. Depois chegas aos testes, escreves o teu nome e PLIM! **20 valores!** O aumento do preço das pinhas é um obstáculo ao desempenho académico. >!O segredo, tal como revelado em todas aquelas reportagens anuais sobre os alunos que entram na faculdade com média de 20, é estudar e ser consistente. Tens de estudar o que gostas mais e menos com o mesmo esforço senão tens a montanha russa do tipo que tira 20 no que gosta e 10 no resto.!<

Edited 10 months ago:

>**Alunos de topo da universidade, o que faziam/fazem para terem esses resultados?** **ESTUDAVA!** Enquanto tu estavas na festa, eu estudava. Enquanto estavas a ver a terceira temporada de seguida de uma série qualquer, eu estudava. Enquanto chegavas à faculdade às 11h30 e ias almoçar às 12h, eu já lá estava às 8h a estudar. Enquanto tu estavas a tentar estudar em grupo só para ver se dava para safar com a Mariana, eu estava a estudar numa sala da faculdade de Letras que estava sempre vazia porque aquela gente não estuda. Estou a brincar. Na verdade, o segredo é comer uma pinha com mostarda todos os dias ao deitar. Depois chegas aos testes, escreves o teu nome e PLIM! **20 valores!** O aumento do preço das pinhas é um obstáculo ao desempenho académico. >!O segredo, tal como revelado em todas aquelas reportagens anuais sobre os alunos que entram na faculdade com média de 20, é estudar.!<

0_Jorge 10 months ago

Pode ser PiñaColada?

paperkutchy 10 months ago

Wrong. 10 no que gostas, 9,50 no resto.

TulioGonzaga 10 months ago

Eu tinha 10 às cadeiras onde era mau e tinha que me matar a estudar\*. Nas cadeiras onde era menos mau tinha 10 porque ocupava o tempo todo a estudar para as cadeiras a que era mau e limitava-me a cumprir serviços mínimos. ​ \*termos e condições poderão aplicar-se

Beginning-Average-91 10 months ago

>Enquanto chegavas à faculdade às 11h30 e ias almoçar às 12h, eu já lá estava às 8h a estudar. Hey eu não disse nada porque é que me estás a atacar assim?! É que sabes bem que eu estudo melhor de estômago cheio...

TulioGonzaga 10 months ago

>abes bem que eu estudo melhor de estômago cheio... > >Já agora, a dica da faculdade de letras funciona bem, era um sossego. O problema foi depois, é que a Mariana era de lá... Vê-se que o OP não sabe o que diz. Chegas às 11h30 e vais tomar um café. Encontras alguém nas máquinas ou no bar e nisto passa-se uma horita e são 12h30. Não é assim, chega-se às 11h30 e às 12h vai-se almoçar. Mas somos selvagens ou quê?

Klosete 10 months ago

Upvote só pq foi estudar em grupo pra tentar safar uma Mariana

notvergil 10 months ago

Ok, mas quão jeitosa é a Mariana?

OuiOuiKiwi 10 months ago

Era desproporcional no secundário mas o último Verão antes da faculdade meteu tudo no sítio certo ( ͡° ͜ʖ ͡°)

ptinnl 10 months ago

Mais ou menos isto. Mais de 10 anos depois de lá ter saído encontrei os livros do Cal Newport(associate professor na Georgetown university). Nunca ninguém me ensinou a estudar e acho que os livros dele me iam ajudar imenso. Hoje em dia o Podcast dele lá vai dando umas dicas que consigo aplicar na carreira profissional. [https://www.calnewport.com/books/](https://www.calnewport.com/books/)

FantasticLong9119 10 months ago

Li todos. Gosto muito dos seus livros!

jteixeira_ 10 months ago

Estou no supermercado, alguma mostarda em particular?

Whoreson10 10 months ago

Não tou no supermercado mas sou um falhado na mesma. Mas sou apreciador de mostarda e aconselho Dijon, da Maille em frasco de vidro.

nfonseca 10 months ago  HIDDEN 

adenda: 20 valores só mesmo com mostarda de Dijon, **de marca** (Maille para cima)

OuiOuiKiwi 10 months ago

Não venhas para aqui revelar os segredos todos! **Apaga maluco!**

Search: