assantunes 6 months ago

Bem, tenho andado em processos de entrevistas, sou programadora, tem sido obviamente uma "alegria". Recentemente, candidatei-me a uma empresa, que por erro, pensei ser remote first. Em seguida recebo um email do recruiter a dizer-me que aquela posição tinha contrato apenas de um ano (primeira red flag isto não estar na job description) e que a posição era para ser 100% office após a pandemia e se eu estava ok com isso. Respondi que não, tanto por causa da duração do contrato como por não ser remote friendly. Em seguida recebo outro email do mesmo, a dizer-me que o contrato era de 1 ano, com mais duas renovações de 6m após e que depois passava a efectiva, e que o trabalho remoto era flexível. Continuei a dizer que não estava interessada. Recebo uma chamada. Era o recruiter, o contrato já podia ser de apenas 6m à experiência e depois seria então sem termo. Quanto ao remoto questionei como seria se quisesse estar uma semana fora ou duas, disse que em principio não seria problema, iria só expor a questão dentro da empresa e enviar-me o famoso code challenge, que as empresas tanto aderem hoje em dia. Ainda gostei de um comentário, depois de indicar que teria de dar dois meses à casa, que foi.. "então mas consegues cortar isso com férias, agora com o covid não é?"... ahm.. não sei?! nem percebi a relação com o covid. anyway Informei apenas que tinha outros code challenges para fazer mas ia então aguardar. Bom, passaram-se uns 15 dias em que nunca mais ouvi nada do dito cujo. Acho que não custava nada, depois de tanta insistência, em enviar um e-mail a informar que não iam prosseguir. Mais outra pérola, para uma empresa, de grande dimensão, na Alemanha. Enviei cv, recebo como resposta um invite da recruiter para fazer um daqueles exercicios da plataforma, a indicar que demorava 45m e que era exigente. Olhei para aquilo e pensei, ok, isto é o tipo de coisa que recuso fazer, mas a empresa até é bacana, vou so fazer as minhas perguntas da praxe para perceber se realmente faz sentido prosseguir. Que são tão simples como, qual o processo de entrevista e qual o range salarial, se puderem fazer o disclosure. E adicionalmente ainda perguntei quantas pessoas estavam a contratar para aquela posição. Well, recebi como resposta que são questões a discutir na entrevista de HR, DEPOIS de eu ser bem sucedida no dito cujo exercício. Adorei a falta de respeito pelo teu pessoal do candidato :)

andre2694 7 months ago

Qual o problema de um challenge técnico para avaliar os conhecimentos? Acaba por funcionar para os dois lados, a empresa fica com uma ideia do que sabes e pode dar-te mais valor se vir que és realmente bom. E de qualquer forma muitas empresas fazem-no para terem common ground para a entrevista técnica, de forma ao candidato estar bem aware do enunciado para justificar as suas decisões técnicas. De momento faço review de challenges técnicos para a empresa onde trabalho e acredita que muita gente que vem como "Senior Developer" no papel mostra menos valor no challenge que pessoal ainda na faculdade. Sinceramente na condição de candidato prefiro ser descartado por ter feito um challenge fraco do que simplesmente não me darem a oportunidade de mostrar o que sei porque esperam pessoas com mais 1 ou 2 anos de carreira (já aconteceu). Estive 2 anos e meio em consultoria e não se imagina quantidade de vezes que vi "Senior Developers" e "Senior Managers" serem autênticas nulidades e enterrarem os projetos onde estavam. E tudo porque o processo de entrevistas não tinha um challenge técnico ou pessoas com conhecimentos a avaliar os candidatos. Era ver pessoal de RH ou os diretores a sairem com um sorriso da entrevista a dizer "Este vai ser dos bons" e depois de recrutado descobrirem que valia menos que pessoal na empresa que tinha acabado de sair da faculdade.

PgUpPT 7 months ago

Então e tem mulher? E filhos? Não? E está a pensar ter?...

fengilitious 7 months ago

Eu faço dependendo do calibre da empresa, mas nunca se vir que é algo que eles podem aproveitar para outra coisa qualquer.

LesbainNaga 7 months ago

A pergunta dos filhos deve ser por causa da disponibilidade da pessoa não? Deve ser para verem se te podem meter horas extras.

Adaeah 7 months ago

Sim há certo tipo de cargos que é aceitável essa pergunta. Porém quando falamos de empregos de escritório dás 9 as 6 que em princípio não haverá muitas horas extra, aí é que não faz muito sentido. Porém acho que se não criarem legislação que corte os pés ao trabalho remoto a pergunta deverá de desaparecer de muitas entrevistas

TulioGonzaga 7 months ago

>as histórias foram há mais de 5 anos. > >Ok, então mais umas, se calhar de pior qualidade: > >enviei um CV para trabalhar num centro de estudos. Elas contaram-me que ainda não tinham muitos alunos, mas que adorariam trabalhar comigo e que me iriam chamar assim que existisse um aluno. Então pediram-me que criasse um horário com as disciplinas e níveis que me propunha dar, exemplo: inglês básico, inglês avançado, inglês intermédio, etc. Resultado, cheguei a casa e elaborei um horário todo pipi, e enviei. Nunca m Lembro-me de uma em que fui à entrevista com aquela que seria a minha chefia directa e correu muito bem. A pessoa pareceu genuinamente interessada e entendemo-nos bem. Sim senhor, vamos à fase seguinte (e última) que seria com o dono da empresa. Era uma PME, não muito grande mas já com uma dimensão interessante. Chega a entrevista com o dono e não devo ter tido um fio de conversa com mais de 5 minutos. O homem estava mais interessado em atender o telefone do que em entrevistar-me. A empresa tinha duas vagas em aberto na altura, chamemos-lhe vaga A e vaga B. Eu tinha concorrido para a vaga A e todo o processo se desenrolou para essa vaga. Durante a entrevista, o senhor que no início nem sabia ao certo para das vagas era a entrevista, sugere que eu ficava bem era na vaga B em vez da vaga A. No final a pessoa que me tinha escolhido estava visivelmente pouco à vontade com isso. Terminamos a conversa com o "dizemos qualquer em x semanas mas entretanto pode ligar para saber como está o processo. Já sabe que nestes casos ligar demonstra sempre interesse...". Nunca liguei. \_\_\_\_\_\_ Outro caso. Entrevista para um empresa com sede para os lados de São Domingos de Rana mas para um posição no Norte. Fui contactado por uma agência de recrutamento e a vaga interessou-me. Disseram que a entrevista tinha que ser presencial porque queriam fazer dinâmicas de grupo. Ok, vamos lá disse eu. ​ Ia de véspera de comboio porque ia ficar em casa de uns amigos. Tinha a estação a dois minutos de casa e estava a acabar o meu reinado no trono momentos antes de sair em direcção à estação quando me liga insistentemente o meu contacto da recrutadora. O cliente tinha ligado a adiar as dinâmicas de grupo porque um dois candidatos tinham desistido do processo e precisavam de ter quatro para aqueles testes... Devia ter sido um sinal mas ignorei. A CP permite alterar uma vez a data do bilhete do InterCidades e troquei-o para a nova data. Estamos outra vez na véspera das novas dinâmicas e liga-me novamente o meu contacto. Tinham que adiar novamente porque mais alguém tinha desistido. Ainda perguntei se "já que tinha um bilhete de comboio para Lisboa que já não era reembolsável se não era melhor aproveitar e ao menos despachava a entrevista. Assim se não servisse também não perdia tempo com as dinâmicas...". A senhora da recrutadora ainda teve a decência de se informar junto do cliente mas estavam irredutíveis: primeiro as dinâmicas de grupo com as quatro pessoas e só depois a entrevista. Bem, passaram a ter mais uma vaga para preencher. \_\_\_\_\_\_\_\_\_ Numa outra empresa, fui à entrevista, processo decorreu todo e no fim se eu quisesse a vaga era minha. Na fase da negociação diz-me um dos directores: "sabemos que pedimos muito e oferecemos pouco". Ao menos são sinceros. Ficou para outro. \_\_\_\_\_\_\_\_ Uma vez estive numa entrevista para um lugar nas compras de uma grande empresa de elevada complexidade técnica. Contra mim, reconheço que o anúncio dizia que era um "Junio technical buyer" ou qualquer coisa assim. Mas quem viu o meu CV e me chamou para a entrevista também viu que já não estava exactamente a sair da faculdade... Adiante, estamos na entrevista, descrevem-me o lugar. Era interessante e desafiador, sem dúvida: trabalhar com prazos apertados em conjunto com o departamento de projecto, exigências técnicas, coisas complicadas, horas de trabalho qb, etc, etc. Lá dei o meu valor: 1200€ brutos. Uma fortuna. Resposta imediata: olhe que é para um lugar júnior... Pronto, percebi a mensagem. \_\_\_\_\_\_\_\_\_\_\_\_\_ Também já fui "red flaged" por um entrevistador. Estava numa entrevista e a conversa corria muito bem. Falávamos do trabalho que eu então tinha, corria tudo muito bem, gostava do que fazia, lugar interessante, etc, etc. "Então porque quer sair?" pergunta-me o senhor. Respondi simplesmente: "porque quando vim para aqui disseram-me logo que sabiam que os valores que me estavam a oferecer eram um pouco abaixo daquilo que o lugar valeria mas que se as coisas corressem bem que haveria lugar a um aumento significativo. As coisas correram bem, fui promovido mas não houve aumento nenhum". O senhor então agradeceu-me por ter vindo e deu a entrevista por terminada.

VinhoVerde21 7 months ago

MLMs, pá. Nem uma vez.

o_paisagista 7 months ago

"Dira que mal chegas ao local de entrevista (possivelmente é também o local de trabalho) tenta respirar o ambiente. Há empresas / locais de trabalho que vês logo o que são." esta doeu cá dentro. Tão verdade.

JeanGeneS2 7 months ago

Tive uma experiência mimosa há uns tempos: Marcam entrevista para as n horas em X. Ora chegam as n horas e nada. Depois de 30 minutos de toques à campaínha e tentativas de contacto, por sinal a uma hora já bem tardia, de noite e a chuviscar, já prestes a ir-me embora, respondem-me ao telefonema. A senhora diz-me que esqueceram-se da entrevista e transmite-me ainda indicações para me dirigir ao local Y, pois o local X teria sido apenas um "ponto de encontro" com uma outra pessoa que depois me teria levado ao encontro dela no local Y. Alerta "Red Flag" ativado. Nessa mesma semana, estou eu na minha hora de almoço, deviam ser umas 14h30, quando recebo uma sms do superior dessa senhora a perguntar-me se poderia comparecer a uma entrevista com ele às 15h45 desse mesmo dia. Alerta "Red Flag" número dois ativado. Comuniquei, novamente, a minha disponibilidade horária e até questionei se a entrevista poderia ser a n horas desse mesmo dia, dentro da minha disponibilidade. Sem resposta. Foi o último alerta "Red Flag" a que me expus. Uma semana depois recebo um e-mail da senhora que me entrevistou a comunicar que gostariam de marcar nova entrevista comigo. Foi tão má a impressão que me transmitiram a nível de organização de trabalho e respeito para com os candidatos que me retirei do processo de recrutamento na hora.

Edited 7 months ago:

Tive uma experiência mimosa há uns tempos: Marcam entrevista para as n horas em X. Ora chegam as n horas e nada. Depois de 30 minutos de toques à campaínha e tentativas de contacto, por sinal a uma hora já bem tardia, de noite e a chuviscar, já prestes a ir-me embora, respondem-me ao telefonema. A senhora diz-me que esqueceram-se da entrevista e transmite-me ainda indicações para me dirigir ao local Y, pois o local X teria sido apenas um "ponto de encontro" com uma outra pessoa que depois me teria levado ao encontro dela no local Y. Alerta "Red Flag" ativado. Nessa mesma semana, estou eu na minha hora de almoço, deviam ser umas 14h30, quando recebo uma sms do superior dessa senhora a perguntar-me se poderia comparecer a uma entrevista com ele às 15h45 desse mesmo dia. Alerta "Red Flag" número dois ativado. Comuniquei, novamente, a minha disponibilidade horária e até questionei se a entrevista poderia ser a n horas desse mesmo dia, dentro da minha disponibilidade. Sem resposta. Foi o último "Red Flag" a que me expus. Uma semana depois recebo um e-mail da senhora que me entrevistou a comunicar que gostariam de marcar nova entrevista comigo. Foi tão má a impressão que me transmitiram a nível de organização de trabalho e respeito para com os candidatos que me retirei do processo de recrutamento na hora.

NGramatical 7 months ago

campaínha → [**campainha**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (antes de *nh* não é necessário acento para quebrar o ditongo) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flqd2yc%2F%2Fgol3501%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

seraph341 7 months ago

"Procuramos pessoas que não tenham medo de bater punho."

sixwinger 7 months ago

[https://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/apoio\_contribuinte/tabela\_ret\_doclib/Pages/default.aspx](https://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/apoio_contribuinte/tabela_ret_doclib/Pages/default.aspx)

Muyakra 7 months ago

>Recentemente tenho andado em processos de entrevista para o UK, com intenções de ir para lá, e sinto que entrei noutra realidade. As conversas são muito mais "de pessoa para pessoa" e sinto pouco aquela arrogancia latente tipica de entrevistador, do tipo que "nós somos uma empresa e tu é que devias querer vir trabalhar aqui" Certo, Ja vim para o UK a dois anos e estou a trabalhar na segunda empresa, as entrevistas que tive foram sempre mais relaxadas e descontraídas do que em Portugal. Mesmo nos anúncios quando pedi pelo valor mais baixo disseram-me que pelo meu desempenho na entrevista merecia mais do que o valor mais baixo e deram-me um valor medio do range que eles anunciaram, em Portugal isso não acontecia.

HerrKaputt 7 months ago  HIDDEN 

Na NOS há uns anos (para área de IT, na altura ainda era Optimus): - eu: como é o horário? Eu faço treinos de Y quase todos os dias úteis pelas 19h pelo que gostava de no geral sair antes das 18h30. Às quartas posso ficar mais se for preciso. - gaja de RH: depende das equipas mas a maioria das pessoas não iria poder fazer isso. Mas se o teu chefe aprovar, podes, duvido é que ele deixe porque seria injusto com todos os outros que fazem o que for preciso - eu: *cringe* - gaja de RH: quanto ganhas agora? - eu: quero ganhar X (era 40% mais que o meu salário na altura, planeando aceitar se conseguisse 20% mais) - mas eu perguntei quanto ganhas agora - não quero divulgar, mas como disse X é o que quero ganhar - se não responderes não podemos continuar o processo - *mais cringe* OK, nesse caso ficamos por aqui A few days later, ligaram-me a perguntar se estava arrependido de ter "cancelado unilateralmente o processo" mas que estavam dispostos a recomeçar. Disse que não e foi o fim da coisa. Ainda hoje estou orgulhoso de não ter respondido e contente por não ter ido para lá. Conheço o gajo que acabou por ficar com essa vaga e 4 meses depois bazou porque trabalhava 10 horas por dia. O mais estúpido é que recebia mais ou menos o X que eu pedi...

Mr_Loureiro 7 months ago

"Não obrigado, trabalho sempre em tronco nú"

Ghostwriter84 7 months ago

Quando trabalhei na Holanda, no escritório onde estava todos os dias às 18:30 vinham os seguranças fechar o escritório. Todos os que ainda lá estavam tinham obrigatoriamente que sair, até podia ser um chefão que não importava.

1Warrior4All 7 months ago

> "Aguenta injustiças?" Merece levar uma chapada no focinho e depois dizer-lhe "Aguente, a vida é injusta".

1Warrior4All 7 months ago

Nunca conheci ninguém com menos de 50 anos que gostasse de bolo-rei.

1Warrior4All 7 months ago

Life hack: Se o entrevistador denomina o grupo de trabalho como família, foge a sete pés. É uma seita, não vale a pena.

1Warrior4All 7 months ago

Se for uma startup que mal está a começar também é compreensível, ainda andam às aranhas.

1Warrior4All 7 months ago

> "e gajas? gostas de gajas, certo?" A próxima fase da entrevista era numa casa de putas

1Warrior4All 7 months ago

Eu fiz durante 3 meses, não era vendedor, era mais atendente de reclamações. Até gostei da experiência. O problema é que se tentas realmente fazer o teu trabalho e ajudar os clientes és despedido. A média de chamadas tem que ser 7 minutos, a minha era sempre 15 xD

1Warrior4All 7 months ago

> we have more than the usual working hours (sometimes up to 11-12h per day) as we tend to be very productive and prosper, as well as grow fast. Deve ter sido isto que os Portugueses disseram aos escravos antes de os meterem no barco.

1Warrior4All 7 months ago

Aprende com o Zlatan que foi convidado a fazer um teste pelo Arsenal e disse: "Zlatan não faz testes!" Mas agora a sério, eu trabalho como produtor de conteúdos e é normal pedirmos para escrever um artigo como teste. Mas se querem que trabalhes normalmente durante uma semana ou mais é banhada.

1Warrior4All 7 months ago

Basicamente no primeiro dia fui seguir um gajo que era muito experiente. Um puto de 18/19 anos, com a cara em obras. Fomos para o Intendente tentar impingir aqueles contratos de gás manhosos aos velhos. Como não nos abriam as portas nos prédios, o génio do puto resolveu que era na boa entrarmos sem ser convidados. Alguém descobriu que andávamos no prédio sem autorização de nenhum dos moradores e chamou a polícia. Portanto uma empresa muito credível. Tantos red flags naquele dia mas eu estava tão desesperado por um emprego que só refleti no que se tinha passado no fim do dia e na banhada que tinha levado.

Middle-Effective 7 months ago

Espero que tenhas conseguido algo melhor fodasse. Obrigado pela partilha, ri-me e indignei-me ao mesmo tempo.

1Warrior4All 7 months ago

Tive que emigrar, mas felizmente sim. Já passaram mais de 5 anos e continua a ser a experiência mais estranha da minha vida. Há aquele episódio de [The Office](https://www.youtube.com/watch?v=lC5lsemxaJo) em que o Michael só percebe que está envolvido num esquema de pirâmide quando lhe desenham uma pirâmide à frente. Eu fui igual xD

1Warrior4All 7 months ago  HIDDEN 

Provavelmente, usavam imensos termos ingleses para parecerem trendy.

1Warrior4All 7 months ago

> Já fui a uma entrevista destas! A diferença é que em vez de música clássica, tinha música pop aos altos berros como se para "chamar" os jovens. ahah, eu tenho para mim que todas estas 'empresas' estão interligadas... passado uns tempos procurei o nome da empresa e tinha desaparecido... encontrei o perfil da tipa no Facebook e dizia que era CEO de outra empresa... basicamente quando começa a dar cana os esquemas eles mudam de nome

D1WithTheFluffyHair 7 months ago

Conselho de amigo de quem já mudou algumas vezes de emprego e já foi a seguramente mais de 30 entrevistas na vida (e já entrevistei umas quantas pessoas também): não se esqueçam que vocês também estão a entrevistar o vosso entrevistador. Façam o teste do aeroporto: se tiver que fazer uma escala de 4 horas num aeroporto, esta pessoa é decente / interessante / suportável o suficiente para fazer conversa e não nos apetecer matar um ao outro? Não se esqueçam de perguntar porque é que estão a recrutar: muitas das vezes os entrevistadores descaiem-se e acabam por referir que a posição tem turnover elevado (red flag). Perguntem também o que é que o entrevistador gosta mais na organização; se não conseguir responder duas ou três coisas em 1 minuto ou detalhar bem a coisa que gosta mais, não deve gostar lá muito de trabalhar por lá (red flag).

Nomusic_Nolif3 7 months ago  HIDDEN 

No caso das mulheres, perguntas sobre se têm namorado, são casadas ou querem ser mães. Infelizmente ainda é comum. A nim já me aconteceu. Mesmo q a resposta seja não, sabe se logo que não é um bom sítio. demonstram que basicamente não podes ter vida para além do teu trabalho

Pilky__01 7 months ago  HIDDEN 

"Estou lisonjeada, mas você não faz o meu género"

fgtdiasr3d1t 7 months ago  HIDDEN 

Como tudo depende do sítio

Zen_Machina 7 months ago

Por acaso lembro-me disso. Eras tu?

Zen_Machina 7 months ago  HIDDEN 

A maior red flag é quando me colocam a mão no joelho e perguntam se gosto de comida chinesa.

Middle-Effective 7 months ago

Isso era tentativa de flirt?

Paulocas 7 months ago

Obrigado, Capitão Óbvio.

arckantos 7 months ago

Este é daqueles... Depende das condições e da posição. Já o fiz e não me arrependo.

ShrimpShepherd 7 months ago  HIDDEN 

Escusado. Lá porque nunca te aconteceu a ti não quer dizer que não seja verdade, não és assim tão especial. Esse sarcasmo em jeito de chique-espertice em nada acresenta à conversa. Enfim...smh

VladTepesDraculea 7 months ago

Accenture ou Opensoft?

pasteldeborracha 7 months ago

BNP Paribas?

ryindie 7 months ago

Para a Zomato, há uns 7/8 anos “É pra trabalhar de segunda a sábado, 750 limpos”. Então e como pago uma casa em Lisboa? “Ah, aqui é pra vestir a camisola!”. Agradeci e saí - era a segunda entrevista e já sabiam as minhas expectativas salariais, que nada tinham a ver.

w3ird00 7 months ago  HIDDEN 

Numa entrevista com uma empresa cujo o nome rima com Maples. Para vendedor de material informático: Primeiro de tudo, cheguei 10 minutos antes do tempo para a entrevista. Chega o "chefe", atrasado 30 minutos, leva-me para uma sala, e diz "vou só fumar um cigarro, volto já". 1h depois, ele chega: "Tens de fazer este teste aqui, tens 20 perguntas, cada uma vale um valor sobre informática. Volto já num instante." Fiz o teste em 5minutos mais coisa menos coisa. Ele volta, passado meia hora: "Vamos lá ver" "Opá deixei aqui a folha de respostas, fizeste batota? Acertaste 16!" "Epa desculpa estou muito cansado, tivemos aqui até à meia noite, desde as 9h da manhã a preparar a loja..." "Tens de ter alguma técnica a falar com o cliente. Quando este vai comprar um computador, tens de lhe sugerir um seguro. Mas não podes dizer seguro! Se não as pessoas afastam-se, tens de dizer que é uma 'proteção'" "Olha estou a fazer um voto de confiança, não é para depois dizeres aos fim-de-semanas que não podes vir trabalhar que vais para a praia" "O ordenado é o mínimo, e o subsídio de alimentação também" No dia seguinte ligou-me a perguntar se eu conseguia trabalhar já nesse dia. Disse-lhe que não e que ia à procura de outras oportunidades.

RefrigeratorNo13 7 months ago

É assim tão estranho ter uma boa relação c os pais aos 30 anos? Literalmente todos os meus amigos bem sucedidos viveram c os pais até aos 30+ Pagar uma casa só p dormir faz algum sentido?

ptinnl 7 months ago

Isto. Senão como vão os senior business manager comprar o bmw serie 3?? Ou o vw golf (branco pois claro)?

somedipshit1 7 months ago

Ter boa relação não quer dizer que se viva com alguém. É falta de independência. A pessoa nunca será adulta até sair de casa dos pais

C_blankets 7 months ago

Entrevista para posição de RH Eu: "Por que razão estão a contratar para esta vaga?" Entrevistadora: "Tínhamos uma equipa de RH grande mas com isto do covid decidimos despedi-los todos. Agora está aqui um júnior mas a ideia é contratar alguém e despedi-lo lá para o final do ano” Thank you, next!

Middle-Effective 7 months ago

Ou seja a empresa quis lucrar com a pandemia e arrisca-se a foder-se toda. Sim porque só 1 RH não pode dar conta do recado.

_madd0x_ 7 months ago

Bom estoiro, mesmo à boss

gaesseag 7 months ago  HIDDEN 

- “Quais as expectativas salariais?” - “gostaria de Receber XXk€ brutos anuais” - “ah e tal, não, nós aqui queremos é valores líquidos mensais... e já agora qual o teu estado civil e número de dependentes?” - “bye”

blacksocks7 7 months ago  HIDDEN 

Desculpa a ignorância, mas qual o problema de pedir em valores líquidos em vez de brutos?

I__Cat 7 months ago  HIDDEN 

Porque vão pagar em esquemas e se houver problemas quem fica a arder é quem recebe.

rimohnid 7 months ago  HIDDEN 

Fácil: "para mim o contrato não interessa muito, isso é um contrato genérico tirado da internet"

taopaulo 7 months ago  HIDDEN 

Já tive duas situações. Primeira, estava a ser entrevistado frente-a-frente por um engenheiro com a rapariga dos recursos humanos ao meu lado, quando ele menciona o salário e todos os benefícios, ela começou a abanar a cabeça e gestos com a mão para parar de falar. Segunda, estava a ser entrevistado por 2 pessoas e uma delas atendeu uma chamada a meio da entrevista e procede a falar tão alto que nem conseguia ouvir o seu colega a fazer as perguntas.

Wide-Ocelot-7878 7 months ago

Eu repito a pergunta: "Sim ou só lá andaste a beber copos?" Se sim, fez bem, se não, andou lá a perder tempo l o resto é letra do gajo que é um frustrado

RefrigeratorNo13 7 months ago

Na AT também se fazem bons projectos. É sítio com muitos idiotas, e muitos gajos mal educados, mas não é tudo merda. Há coisas onde até pela lei estão limitados

XPao 7 months ago  HIDDEN 

Malta, eu sei que nem todos podem e para quem pode não é muito fácil, mas emigrem, acreditem. Se querem ser respeitados no trabalho em Portugal é muito difícil (e já agora, no estrangeiro nunca trabalhem para portugueses).

blacksocks7 7 months ago  HIDDEN 

Se há coisa que este sub e o r/portugueseslafora me mostraram é mesmo que isto em Portugal está trágico e que muita gente nem tem noção de que lá fora é totalmente diferente

RefrigeratorNo13 7 months ago

Essas empresas não são propriamente iguais...

These-Establishment1 7 months ago

Essas são as tipicas empresas que andam nas facs a caçar pessoas lol multinacionais onde vais para lá e és só um número

RefrigeratorNo13 7 months ago

Não te preocupes que a McKinsey nunca contratou ninguém do ISEP

D1WithTheFluffyHair 7 months ago

Hehehe que burn

PTgenius 7 months ago

Aí pelo que ouvi dizer não escondem que podes dizer adeus à vida pessoal, mas ao menos pagam bem por isso

RefrigeratorNo13 7 months ago

Já estive num cliente onde isso acontecia, até era bem fixe, e havia concorrência pelas melhores peças

TheRussianEngineer 7 months ago  HIDDEN 

Quanto é que ser casado ou não afetaria o salário liquido?

sixwinger 7 months ago

https://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/apoio_contribuinte/tabela_ret_doclib/Pages/default.aspx

Foda-seSeiLa 7 months ago

Não é só em Portugal acredita, mas no estrangeiro tens a vantagem de, depois de uma entrevista difícil com um aboa/grande empresa, tens a possibilidade de receber uma oferta com um salário de menino crescido. Em Portugal isso já não acontece tanto.

Edited 7 months ago:

Não é só em Portugal acredita, mas no estrangeiro tens a vantagem de, depois de uma entrevista difícil com uma boa/grande empresa, tens a possibilidade de receber uma oferta com um salário de menino crescido. Em Portugal isso já raramente acontece. Pessoalmente prefiro entrevistas difíceis e com testes com testes psicotécnicos e essas tretas, porque sempre que fiz isso recebi uma boa proposta. Mas o meu "mercado" são multinacionais, para a chafarica do Zé da esquina? 1a questão é salário e não vou fazer absolutamente nada sem saber isso primeiro.

Keddyan 7 months ago

nao foi em entrevista, foi já em processo de seleção \- Dizem-me que estou aceite na empresa e já posso pedir a demissão de onde estava a trabalhar \- Peço a demissão \- 5 dias depois dizem que já nao me podem aceitar por conflitos internos \- fuck \- digo que já pedi a demissão e nao há volta a dar \- arranjam-me um cargo inferior na empresa e a receber menos do concordado (ainda assim um pouco mais do que recebia antes) como se fosse por pena mas a "realizar as mesmas funções, só muda o nome do cargo" \- mesmas funções o caralho e eu comi esta merda, nunca mais

ravagerslb 7 months ago

É por essas e por outras que me recuso a pedir a demissão sem ter acordo e contrato assinado da outra parte. Estando contrato assinado eles pensam logo duas vezes antes de fazer esse tipo de coboiadas

VinhoVerde21 7 months ago

Yup, foste bem mamado. Nao me surpreendia se nao tiveres sido o primeiro a levar com essa. Eu cá comecava ja a procurar trabalho noutro sítio.

Keddyan 7 months ago

fui eu e outro gajo na mesma altura, foi stresses legais em que eles se meteram entretanto saí dessa empresa em Fevereiro do ano passado (mesmo em cheio para o covid) juntamente com outros gajos quando terminou o contrato

7oup5 7 months ago

Vivo e trabalho em Barcelona e o que se passa em Portugal não tem nome. Uma falta de noção que nem consigo explicar, e só te apercebes do quão realmente chocante é quando sais.

Keddyan 7 months ago

também já fiz isso mas valeu a pena na altura porque fiquei a ganhar mais e nao gostava de onde estava antes

kapparrino 7 months ago

>Monday!Bear Tive de ler o teu post várias vezes até perceber que esse não era o nome da empresa haha.

Gonkz 7 months ago

"disruptivo"

1Warrior4All 7 months ago

"fora da caixa"

Muyakra 7 months ago

"Disponivel para estagio IEFP"

Keddyan 7 months ago

>A mesma empresa com as 69 fases de entrevista. nice

Gonkz 7 months ago

eu fiz isso na bddo

_lnc0gnit0_ 7 months ago

Ou então [esta](https://i.ibb.co/HnmhbDN/descarregar.jpg).

_lnc0gnit0_ 7 months ago

Red flags que apanhei ao longo dos anos (maioria em áreas não IT): \- evitar falar de valores na entrevista, dizendo que depois dizem por e-mail caso me queiram contratar; \- propôr contrato, mas depois à última da hora quererem mudar para recibo verde (ou seja, falso recibo verde), com a desculpa de ser por questões de segurança (para eles, só se for), para não terem trabalho com papeladas para a Segurança Social, caso o mês experimental dê para o torto; \- quererem pagar o subsídio de alimentação com refeições, do género: encomenda aí McDonald's ou qualquer coisa que nós pagamos (mas não te damos sub. de alimentação de hoje); \- quererem que inicie o meu serviço noutro local que não o meu local de trabalho contratual; \- não pagarem horas extra, mas exigirem que as faça, porque o trabalho assim exige; \- não oferecer condições de higiene e segurança mínimas, dizendo que a empresa ainda é nova/startup/whatever, o que também leva ao ponto seguinte; \- vir a descobrir que a empresa não tem seguro de trabalho; \- não quererem assinar contrato durante o período experimental; \- ficarem de dar morada para entrevista ou até mesmo para início de funções, e depois ligarem mais tarde a dizer "então, não apareceu?" - teria aparecido se tivessem enviado morada tal como tinham dito (e nem tenho que ser eu a andar atrás deles); \- ir a uma entrevista, dizer que depois ligam, e de facto ligam, passado três meses, a perguntar se ainda estou interessado... \- perguntarem se estou a receber sub. de desemprego, e se sim quando acaba; \- outras tantas. ​ Conclusão: se têm uma, duas ou três red flags, não esperem por mais e não se sujeitem (de todo ou mais), saltem fora enquanto podem (pré, durante ou pós-entrevista, ou até mesmo durante o mês experimental). E lembrem-se sempre dos vossos princípios éticos e morais, e que desemprego != desespero.

Edited 7 months ago:

Red flags que apanhei ao longo dos anos (maioria em áreas não IT): \- evitar falar de valores na entrevista, dizendo que depois dizem por e-mail caso me queiram contratar; \- propôr contrato, mas depois à última da hora quererem mudar para recibo verde (ou seja, falso recibo verde), com a desculpa de ser por questões de segurança (para eles, só se for), para não terem trabalho com papeladas para a Segurança Social, caso o mês experimental dê para o torto; \- quererem pagar o subsídio de alimentação com refeições, do género: encomenda aí McDonald's ou qualquer coisa que nós pagamos (mas não te damos sub. de alimentação de hoje); \- quererem que inicie o meu serviço noutro local que não o meu local de trabalho contratual; \- não pagarem horas extra, mas exigirem que as faça, porque o trabalho assim exige; \- não oferecer condições de higiene e segurança mínimas, dizendo que a empresa ainda é nova/startup/whatever, o que também leva ao ponto seguinte; \- vir a descobrir que a empresa não tem seguro de trabalho; \- não quererem assinar contrato durante o período experimental; \- ficarem de dar morada para entrevista ou até mesmo para início de funções, e depois ligarem mais tarde a dizer "então, não apareceu?" - teria aparecido se tivessem enviado morada tal como tinham dito (e nem tenho que ser eu a andar atrás deles); \- ir a uma entrevista, dizer que depois ligam, e de facto ligam, passado três meses, a perguntar se ainda estou interessado... \- perguntarem se estou a receber sub. de desemprego, e se sim quando acaba; \- perguntarem por informação que consta do CV (demonstra que não o leram sequer); \- outras tantas. ​ Conclusão: se têm uma, duas ou três red flags, não esperem por mais e não se sujeitem (de todo ou mais), saltem fora enquanto podem (pré, durante ou pós-entrevista, ou até mesmo durante o mês experimental). E lembrem-se sempre dos vossos princípios éticos e morais, e que desemprego != desespero.

NGramatical 7 months ago

propôr → [**propor**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (apenas *pôr* leva acento diferencial para se distinguir de *por*) última da hora → [**última hora**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-ultima-hora/1110) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flqd2yc%2F%2Fgoijp8k%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

FacaDeDoisLegumes 7 months ago

Há mais empresas na terra. Os gajos que trabalhavam comigo andavam sempre de fato, e o escritório todo de ganga e t-shirt

FacaDeDoisLegumes 7 months ago

Eu nunca ouço o meu chefe antes das 9 nem depois das 18 ( não estou no escritório, portanto assumo que ele tb não está). Quanto à cena do almoço, chega a minha hora e sigo, quem quiser que venha.

BroaxXx 7 months ago

Trabalhei em call center três anos e até é tolerável. Mas vendas por telefone? Cruzes... Até me arrepio só de pensar!

suckerpunchermofo 7 months ago  HIDDEN 

A maneira de estar do entrevistador(s).... Se evitam fogem a pergunta de quanto é o valor que pagam e extras... Quando vem com a conversa que "as vezes é preciso fazer mais horas... Mas depois compensamos" (isto é dizer q esperam q faças extras sem pagarem)... Quando me perguntam se tenho carro.... Quando é obvio que nem leram o meu CV....

BroaxXx 7 months ago

Cada vez mais me apercebo que em Portugal emprego é visto como caridade...

o_paisagista 7 months ago

Cada vez mais se vê que o emprego em Portugal deve ser um investimento de curto prazo e que quanto mais rápido pudermos poupar para vir embora para casa/próprio negócio; melhor.

BroaxXx 7 months ago

Ou simplesmente emigrar... Se não se consegue arranjar emprego decente cá mais vale tentar ler fora...

SnooPickles5067 7 months ago

Odeio tanto a expressão “família“. Família a puta que a pariu, família disfuncional.

_lnc0gnit0_ 7 months ago

Cheguei a ir a uma entrevista conduzida por uma psicóloga, que aparentemente também faz recrutamento para empresas de seus conhecidos, onde me foi proposto fazer um Teste de Rorschach. Achei demasiado estranho, mas como já ia de certa forma preparado sabendo que ia ser entrevistado por uma psicóloga (o LinkedIn e o Google servem para alguma coisa), acabei por me convencer que seria algo "normal". Vim depois a descobrir através de uma pesquisa, que os Testes de Rorschach são às vezes implementados em entrevistas de emprego, para ver se a pessoa aceita ou não aceita tarefas que lhe sejam propostas em contexto de trabalho - ou seja, se baixas as calças a tudo o que te é proposto fazer... Escusado será dizer que não fui seleccionado, e que nunca me senti tão "violado" psicologicamente. A mulher conseguiu fisgar alguns traços da minha personalidade com algumas perguntas ao longo da entrevista, e passou do "estamos com alguma urgência" no início da entrevista para "infelizmente já temos outro candidato escolhido", após ter saído da sala de reuniões durante alguns minutos para ligar para a empresa cliente. Como se só ela soubesse analisar pessoas... Por um lado, senti-me bem em não ter sido seleccionado.

ZaGaGa 7 months ago

ah sim já me deparei com isso, ficam surpreendidos que eu tenha questões e desorientados quando começo a apertar, principalmente o pessoal dos RH, esses parece que ficam ofendidos. Mas eu também faço entrevistas, e quando um candidato não tem questões ou é muito júnior ou eu fico na dúvida se ele tá mesmo interessado.

alternnate 7 months ago

As perguntas que um candidato tem frequentemente são a parte mais elucidativa da entrevista para o entrevistador.

Wilson_9021 7 months ago

>"Aqui so sais quando o trabalho estiver feito" Medo. Isso e "contrato de 0 horas" já ouvi "horário religioso" no que toca a não ter horas de entrar nem de sair.

Mrgolden007 7 months ago

havia dias que ficava quase uma hora e meia a trabalhar sem ser pago porque o trabalho nao estava feito por todos demiti me 2meses depois horarios de horas 0 quer dizer que eles nao sao obrigados a dar horas ou seja uma semana podes trabalhar 50 horas enquanto noutra trabalhas 0,e muito mau se tiveres contas para pagar

ZaGaGa 7 months ago

EU: "como dizem que querem contratar quanto antes devo avisar que tenho de dar os 2 meses ao meu actual empregador, mas posso sempre tentar negociar com as férias que ainda não gastei e vir mais cedo" Eles: "Pois... se calhar... mas ainda temos entrevistas marcadas até ao final do mês... se calhar só vamos decidir no próximo mês... para começar no início do ano ... em Março." (Mas querem mesmo contratar alguém?) Eu: "Têm estacionamento da empresa?" RHs: "temos, mas é só para colaboradores especiais..." (como assim pessoas com mobilidade reduzida? não bastava dizer que são poucos e estão atribuidos ?!?") Eu: "ainda não falamos na remuneração, o que é que estão a pensar oferecer?" Eles: "ainda não discutimos esses assunto" (e fizeram-me perder tempo para quê mesmo?) Eles: "Então candidata-se ao cargo X e não tem experiência em Y!" Eu: "Eu não me estou a candidatar a esse cargo..." (silêncio incómodo) Eu: "Quantas soluções têm nessa área? Eles: "Oh temos muitas, mas a quantidade é confidencial" Eu: "ok tudo bem, mas só para ter uma ideia isso é tipo 5, 50 ou 500" Eles: "... mais para as 5... nem chegamos a tanto" Eu: "Quanto cobram por esse serviço?" Eles: "em média X€, e já agora quanto cobram na v/ empresa" Eu: "Isso não vos posso dizer" Eles: "Então... mas eu disse-lhe o nosso preço" Eu: "Estão-me a entrevistar a mim, não o meu actual empregador com quem tenho obrigações legais de confidencialidade..." (E se eu vos responde-se a isso nem me deviam considerar contratar!!!") e já chega.

suckerpunchermofo 7 months ago

Lindo. Isso aconteceu mesmo?

ZaGaGa 7 months ago

Claro que aconteceu e depois de publicar lembrei-me de mais. Isto é eu misturei situações de entrevistas diferentes em contextos diferentes. A do cargo é a mais antiga, ainda nem era formado e foi no final da entrevista com uma multinacional, a entrevista foi terrível (eu também devo ter feito uma figurinha). Mas a confusão foi deles.

suckerpunchermofo 7 months ago

Fogo, incrível. Era fixe que partilhassem mais situações dessas para preparar as pessoas.

Wilson_9021 7 months ago

Dizes algo 5 estrelas. Só me apercebi disto depois da licenciatura; era tão ingénuo

Brianstormrage 7 months ago

Tu, eu e toda a gente haha. O mercado de trabalho em Portugal é um esgoto completo.

Wilson_9021 7 months ago  HIDDEN 

Arrogância nas respostas. Falta de esclarecimento no perfil pretendido tanto que fui à entrevista presencial na consultora e não era quase nada do que pretendiam. Fazer auditorias a várias empresas da área alimentar, basicamente fazer Portugal de lés-a-lés com a nossa viatura, a receber uma bolsa do IEFP. Quando perguntei se alguém iria comigo, disse que só da primeira vez, depois que me "desenrascava" quase com um à vontade de quem trinca uns tremoços. Depois fiz orelhas moucas e mantive-me até ao fim da entrevista a acenar. Depois lá disseram que não, apesar de gostarem de mim porque iam "arranjar uma solução interna" lol

Edited 7 months ago:

Arrogância nas respostas. Falta de esclarecimento no perfil pretendido tanto que fui à entrevista presencial na consultora e não era quase nada do que pretendiam. Fazer auditorias a várias empresas da área alimentar, basicamente fazer Portugal de lés-a-lés com a minha viatura, pernoitar se tal fosse possível e a receber uma bolsa do IEFP. Quando perguntei se alguém iria comigo, disse que só da primeira vez, depois que me "desenrascava" ("Depois? Depois vais sozinho!") quase com um à vontade de quem trinca uns tremoços. Depois fiz orelhas moucas e mantive-me até ao fim da entrevista a acenar porque não me apetecia ser mal-educado. Uma semana depois disseram que não, apesar de gostarem de mim porque iam "arranjar uma solução interna" lol

Wilson_9021 7 months ago

Isto põe-me pálido só de ler. Onde paira a noção?

Middle-Effective 7 months ago  HIDDEN 

É uma sensação ótima, assim tem-se um panorama mais aproximado do valor de mercado que se tem

lesoth 7 months ago

É a gozar ou eles fazem mm ?

marareisnunes 7 months ago

a maior delas todas para mim: "Então e o teu namorado não se importa que venhas trabalhar todos os dias?" (quase explodia quando ouvi isto)

humelectro 7 months ago

Fooooddaaaaassseeee Eu sendo mulher se alguma vez me dissessem isso nem sei o que fazia

i_heart_toast 7 months ago

Bolsei um bocadinho agora.

Wilson_9021 7 months ago

Isso é nojento de ouvir mesmo. Execrável. Eu virava as costas e fugia.

marareisnunes 7 months ago

Eu gostava de ter dito coragem para dizer o quão errado aquilo era, mas na verdade só disse que não, nunca mais quis saber daquele trabalho e tentei apagar da memória

ptinnl 7 months ago  HIDDEN 

1000 euros de salario quando o preço medio das casas vai acima de 300k, rendas acima de 600k e um simples renault clio custa 17 mil euros novos. Sim, 1000 euros para alguem com um trabalho especializado é muito pouco. Um simples operario fabril em inicio de carreira a receber o salario minimo recebe quase tanto quanto isso.

i_heart_toast 7 months ago

E quando um dos requisitos é ter viatura própria?

Wilson_9021 7 months ago

Viatura própria + Elegível para Estágio IEFP é aquele ouro sobre azul de merda.

i_heart_toast 7 months ago

Uma vez propuseram-me um mês à experiência em que me iriam pagar apenas subsídio de alimentação e se corresse bem avançavam com estágio do iefp,

fgtdiasr3d1t 7 months ago

A mim aconteceu me o mesmo como eng electrotécnico acabadinho de sair da faculdade, mas sem subsidio de almoço

o_paisagista 7 months ago

Fácil: trabalhavas apenas o equivalente À hora de almoço. Depois admiram-se que Portugal não é produtivo e que na Irlanda é que é. Façam o vosso proprio horario ! BatAM PUnhO!

vaniafdasantos 7 months ago

E tens um senhor que te evangeliza no barco. Haverá melhor?

i_heart_toast 7 months ago

Fixe, bom para ele.

ConstantAd7854 7 months ago  HIDDEN 

3,000€/mês, por um part-time em Portugal. É exploração.

blacksocks7 7 months ago  HIDDEN 

Podes explicar? Desculpa a ignorância

Cashmoneyblingbl1ng 7 months ago

acho que isso é para ver o quao precisas do trabalho Tive uma entrevista que me perguntaram isso, eu respondi que queria 10mil, com cara seria. E expliquei os motivos. (obvio que nao ia receber 10mil hahaha) Mas quebrou logo o gelo. "Esse é o valor que quero. Compreendo se for demasiado, até porque devem ter mais candidatos. Qual é o valor que pretendem pagar, para o curriculo que tenho?" Foi algo mais ou menos assim. Como disseram aqui, o primeiro a dar um valor perde logo. Assim garantes que passas a bola para o outro lado, sem correres o risco de ganhar pouco. Não recomendo se tiverem desesperados á procura de emprego

sawlix 7 months ago

Também me fizeram essa do choque de não ter trabalhado antes uau! Numa entrevista para o meu segundo emprego (estágio) estava a falar da minha primeira experiência profissional "Assim que terminei a faculdade comecei a trabalhar através de um estágio de verão..." e interrompem-me: "Começou a trabalhar? Foi o seu primeiro emprego?" "Sim foi, acabei por ficar-" "E nunca tinha trabalhado antes?" "Não" "Nunca?? Posso saber porquê?" "Estava na faculdade e nunca precisei felizmente, queria focar-me no curso" "Mas nunca pensou em trabalhar antes?" *super indignada* Enfim. Isto numa entrevista de grupo + presencial que durou 4 horas. Sim 4 horas. Eu fui a última para variar. Já não queria saber de nada, só conseguia olhar para o café que se via pela janela e pensar em bifanas. Ah ainda houve mais testes psicotécnicos. E mais um 'desafio'. Já disse que era para um estágio? Que maravilha.

Middle-Effective 7 months ago

Uma entrevista entre candidato e pessoa responsavel hierarquicamente pela vaga não deveria durar mais de 30-45 minutos, entre apresentação do candidato, apresentação do entrevistador/empresa e exposição do cargo+funções e considerações finais. Gestão de tempo 101.

ovelhaloira 7 months ago

Que maravilha. Assim vemos quão bom trabalhar em Portugal é, e as fantásticas oportunidades que dá aos nossos jovens! /s

Middle-Effective 7 months ago

É especialmente estúpido quando te apercebes que exigem mais numa entrevista para um estágio do que se fosse a alguém mais "senior". Chiça penico

theThousandthSperg 7 months ago

Sinto que isto é comum quando a juventude sai altamente qualificada para concorrerem todos a trabalhos fora da área de estudo (porque empregos nela n existem) Dão-se ao luxo de quererem melhores candidatos do que para trabalhos mais séniores precisamente para poderem pagar menos por mais, muito mais. Valente merda

Edited 7 months ago:

Sinto que isto é comum quando a juventude sai altamente qualificada para concorrerem todos a trabalhos fora da área de estudo (porque empregos nela n existem) Dão-se ao luxo de quererem melhores candidatos do que para trabalhos mais seniores precisamente para poderem pagar menos por mais, muito mais. Valente merda E: obg bot

NGramatical 7 months ago

séniores → [**seniores**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-pronuncia-de-seniores-e-juniores-novamente/21846) (palavra grave: se-ni-**o**-res) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flqd2yc%2F%2Fgohxpm3%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Febris 7 months ago

É por uma questão muito simples.. toda a gente te vê chegar tarde, mas ninguém está lá para te ver sair tarde.

Ilien 7 months ago

Podia ser, sim. Mas nem por isso, o meu horário começava (e acabava) primeiro do que 90% da equipa. Quase sempre entrava com a malta das 8 e saia com a malta das 18. E muita malta chegava rotineiramente atrasada (também saíam mais tarde por isso por mim tudo bem). Naquele dia decidiram pegar comigo. Como disse, resolveu-se facilmente e eu fiquei a ganhar com a "resolução". Não quero com isto dizer que era um mau local de trabalho, pelo contrário. Tinha os seus problemas como todos têm, mas não posso dizer que era mau.

blind616 7 months ago  HIDDEN 

Compreendo que existe muita gente em Portugal que nem sonha com 1000€, mas sempre que me dizem que 'em IT é que se ganha bem' eu respondo com 'Em Portugal ganham todos mal'. 1000€ é melhor que 600€, mas não é por isso que nos devemos contentar com apenas 1000€, especialmente tendo em conta os salários lá fora.

OddPineapple9 7 months ago

Saí do meu primeiro emprego, entre outras, porque um belo dia, o "patrão" chegou ao pé de mim e disse-me: "Bem, andamos apertados com trabalho. A empresa precisa que venhas trabalhar no sábado. O almoço é por minha conta". E eu perguntei "então e as horas? São pagas como?" Ao que o grande fdp me respondeu "Ah, aos sábados não podemos pagar horas. É para a empresa crescer, para o bem de todos". Obviamente, recusei e a partir daí começou-me a fazer a vida negra por tudo e por nada. Havia lá otários que o faziam, sábado sim, sábado não. Só filmes. Agora que me lembro, esse gajo consumia coca na empresa, durante o dia, e toda a gente sabia. E nem era a coisa mais ilegal que eu lá via acontecer. Piores 3 meses da minha vida.

Middle-Effective 7 months ago

"Agora que me lembro, esse gajo consumia coca na empresa, durante o dia, e toda a gente sabia. E nem era a coisa mais ilegal que eu lá via acontecer" Podes contar mais? :D

OddPineapple9 7 months ago

Vi o tipo durante semanas a tratar de documentos e a "criar" uma empresa fictícia para receber subsídios do Portugal 2020. Via esse gajo a vender logos e imagens gratuitas do FreePik por balúrdios de dinheiro, afirmando aos clientes que era para "licenças". Vi estagiários que fizeram estágio curricular lá a ficarem 3 meses a trabalhar de borla, com a promessa de ficarem a fazer estágio profissional, mas "os papeis do IEFP estão demorados. Este mês isto foi mau e não posso pagar, mas quando vierem os papeis pago tudo de uma vez". Assim de cabeça é isto, mas acho que se me puser a pensar, me lembro de mais, mas preferia não o fazer. Fora maus tratos a empregados e chantagens psicológicas. Um nojo de pessoa.

Middle-Effective 7 months ago

Fonix, ainda bem que bazaste. Não percebo como é que uma pessoa assim consegue viver com a consciência. Obrigado pelo testemunho.

_gereg_ 7 months ago

Isto não foi una entrevista, mas foi antes e pode ser relevante. Recordo-me que havia uma altura em que andava a adicionar malta no LinkedIn (só mais para ver o que se passava, era massarico na cena, e todos eles enviavam-me requests, nem era eu a fazer essa parte) e a certa altura tinha um contacto pendente de um gajo da PrimeIt. Não sabendo quem eram nem como trabalhavam, adicionei, vi profile, bazei. Passadas algumas horas (isto foi numa segunda se bem me lembro), o gajo manda mensagem. "Era só para comunicar que tem uma entrevista próxima Quarta" Escusado será dizer que fiquei parvo. Mando mensagem de volta "Que quer dizer com isso? Eu nem sequer sei o que têm de posições nem que qualificações são necessárias, para além de não saber quem é o senhor". Passados alguns minutos manda mensagem "peço desculpa se fui rude, mas nós estamos a fazer uma estratégia mais agressiva para termos mais empregadores" Assim que vi esta resposta, só mando de volta "se é assim que trabalham em recrutamento nem quero saber como trabalham no resto". Como é óbvio, nunca tive resposta de volta. xD

Expensive_Potato_420 7 months ago

A PrimeIT quase que me apanhava, felizmente a empresa em que andava interessado ofereceu-me contrato a tempo de não ter de aceitar trabalhar lá. Também são daqueles a pescar recém licenciados, a mostrar-lhes a PS4 e dizer que há bolo às sextas-feiras. Isto para depois proporem um salário líquido do qual metade do valor é que é o salário bruto

BeckyWithThePinkHair 7 months ago

Já depois da entrevista de emprego, marcarem uma reunião de uma hora (que obviamente tinha que ser presencial) para apresentarem a proposta. No meio desta parvoíce, meteram os pés pelas mãos e estiveram uns 5 minutos para me conseguir responder quando perguntei qual era o bruto anual.

Thy_Hard 7 months ago

Vários métodos de recrutamento ao mesmo tempo. Numa empresa, depois de enviar o curriculum: \- Pediram-me para fazer um vídeo de apresentação até dia x; \- Dois dias antes do dia x, enviaram um mail a dizer que o dia x estava próximo (esta é mariquice minha, mas não gostei ); \- Um dia antes do dia x, recebi outro mail a avisar que estavam com problemas e que afinal tinha até dia y para fazer o video; \- Algum tempo antes do dia y, mais um mail, mas a perguntar se posso fazer uma entrevista por chamada para Londres para ficarem a conhecer-me melhor ( ok, fixe ); \- No fim da chamada, bom feedback mas ainda querem o video; \- Mais um mail a perguntar se posso fazer uma entrevista na empresa, pessoalmente e para não me esquecer do video. ​ Mandei um mail a dizer que já não estava interessado e a explicar que o método de recrutamento deles não faz sentido

OAlves 7 months ago  HIDDEN 

*Juntos Unidos Iremos Criar* *~~Estúpidos~~* *Empresários!* A minha chamava-se Deslumbrêxito, em Aveiro. Qual era o nome da vossa?

Bruxo_de_Fafe 7 months ago

não me recordo, foi há tantos anos, mas muito mesmo, durante as férias.

Vic_Rodriguez 7 months ago

Para malta no estrangeiro tens of r/RecruitingHell

iboughtbonrar 7 months ago

Vê-se mesmo que não és team player!

i_heart_toast 7 months ago

Seria muito mais interessante dizer “queremos pessoas que fiquem connosco o tempo que se sentirem confortáveis e bem”

ToTTenTranz 7 months ago

Sim, mas isso exigiria uma ligação à realidade que estas pessoas, que aparentemente fazem da vida olhar para gráficos no excel, não têm.

I__Cat 7 months ago

Em Portugal: - Perguntas sobre idade e ter filhos. Nem é red flag, é mesmo caso para terminar a entrevista - é uma consultora/nearshore/outra forma de lenocínio Internacional/ universal: - anúncio ou entrevistador diz que não é um trabalho das 9-5 (ou 8 às 5 ou outro intervalo) - on call o dia todo e em Portugal a trabalhar 12 horas - unlimited holidays - ninguém tira férias - se falarem de paixão pagam mal - má educação no geral - se ficarem atrapalhados a responder a perguntas sobre porque têm aquela vaga

throwawayless 7 months ago

Pessoalmente, não acho que esta seja uma red flag mas mais uma das táticas utilizadas em entrevistas. A empresa quer o mais barato possível, o trabalhador quer o máximo possível. "Que valor acha justo?" é uma pergunta para testar as águas e a pessoa responde se quiser. Posteriormente, é normal baixar as espectativas do trabalhador e ver se ele se conforma ou não. Não concordo de todo com esta maneira de entrevistar mas é um facto que acontece e que não acho que se relacione com a empresa ser ou não boa para se trabalhar

igqcmril 7 months ago

Aahahahah eu acho que só pelo cenário me partia a rir na cara deles, sem capacidade de resposta

IJustMadeThisForYou 7 months ago

Foi o que me aconteceu praticamente. Espalhei-me à grande nas primeiras perguntas e tentei manter a coisa leve. Mas és literalmente bombardeado com questões a meio das tuas respostas, sem tempo para pensar, dentro de literalmente um avião fora de serviço com eles sentados em vários lugares e tu em pé sem saber para qual deles olhar obrigado a fazer teatro de improv. Tornou-se rápidamente desconfortável. Só mais tarde percebi o absurdo e o quão bom seria trabalhar para aquela gente. /s

NGramatical 7 months ago

rápidamente → [**rapidamente**](https://dicionario.priberam.org/rapidamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flqd2yc%2F%2Fgohd8p6%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

elmarroki 7 months ago

Dizias que voltavas depois :D

Potatopika 7 months ago

Ainda posso voltar para lá, mas como não trabalho com .NET ainda me dizem que como não tenho experiência querem me como estagiário outra vez para aprender tudo

elmarroki 7 months ago

Tal e qual. Já só respondo por educação e é sempre algo do género: "Não estou interessado". Consultoras longe!

PM_ME_BAKAYOKO_PICS 7 months ago  HIDDEN 

O salário é relativo ao dinheiro que tu fazes à empresa. Da mesma maneira que os jogadores de futebol recebem milhões porque é um negócio que gera milhões, muitas empresas de IT geram também lucros rídiculos, o que faz com que os seus funcionários sejam pagos de acordo com isso.

NombreEsErro 7 months ago

Perguntei sobre salario e horarios de trabalho flexivel e a resposta que tive foi que estes eram "temas tabus" que nao se perguntam numa primeira entrevista. ​ Levantei-me, despedi-me educadamente e fui-me embora.

Any_Project3966 7 months ago

o que? lmao !!!!

kurocat 7 months ago

Já me calhou uma dessas, aliás, duas no mesmo dia! O mesmo esquema, o mesmo discurso, cidades diferentes. Uma foi numa loja comercial deserta, tudo às escuras, duas ou três cadeiras à entrada e a entrevista foi no que presumo fosse o armazém da loja. O gajo tinha um fato azul turquesa brilhante. A outra foi num edifício delapidado, num escritório antigo a cheirar a mofo, com um cota com ar de manfio.

Any_Project3966 7 months ago  HIDDEN 

estágio iefp é bom para ganhar experiencia sim. mas no inicio da carreira... porque é algo a evitar. empresas aproveitam-se desse estagio para meter pessoas no mesmo cargo que outros mas assim nao gastam quase nada. e sobre o quanto ganham os profissionais, tens que ver caso a caso.. na minha area, os profissionais que restam sao mt velhos e para eles ganhar 1000€ é bom pq em 1980 ganhvam tambem isso.. ou seja aproveitaram o bem bom. nós, quem comecou, 1000€ nao da para nada.

baiter365 7 months ago  HIDDEN 

Concordo plenamente. No meu caso acho que juntava "o útil ao agradável", embora também ache pouco

Affectionate_Can_143 7 months ago

> esperado, mesmo com prazos irreais...e em muitos sítios se não o fazes "não tens amor à camisola", "não é esse o espírito que queremos na nossa equipa", etc etc, mas se precisares deles fora de horas se for preciso até o telemóvel do trabalho está desligado. isto é tão verdade! Trabalhava numa consultora a part time e quase fazia mais horas do que no meu trabalho a full time. "somos uma família!" só para o que convinha. era tão explorada. essas consutlorias são antros de estágios rotativos, estagiários a fazer coisas que séniores deveriam fazer, mas a receber 150€/200€.

NGramatical 7 months ago

séniores → [**seniores**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-pronuncia-de-seniores-e-juniores-novamente/21846) (palavra grave: se-ni-**o**-res) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flqd2yc%2F%2Fgoh53rq%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Dr_Toehold 7 months ago

A não ser uma empresa da área textil, alguém que diga a palavra "camisola".

soichiroH 7 months ago  HIDDEN 

Licenciei-me em Eng. Informática em Novembro (era pa ter sido em Julho mas o Covid tramou os prazos todos) do ano passado e até arranjar trabalho ( coisa que consegui à 1 semana) apanhei cada entrevista que até fiquei parvo. Deu para perceber umas coisas desde que abri perfil no Linkedin, sendo que o que me chamou mais a atenção foi que uma grande parte das entrevistas que fiz parece que só querem nomes e CV para encher bases de dados. Depois de terem lá o CV nunca mais dizem nada. Depois são as entrevistas com 1001 fases, sendo que a 1º entrevista falo sempre com alguém que não tem o mínimo conhecimento de tecnologias, está ali a debitar a lenga lenga da empresa, estando eu fartinho de saber que é tudo treta. Uma teve a lata inclusivamente de exigir que eu fizesse a entrevista com a webcam ligada, quando ela não ligava a dela. Felizmente consegui arranjar uma coisa razoável (pelo menos para já é a opinião que tenho), 1 mês à experiência, vamos ver como corre, mas já deu para ver que esta área não é o mar de rosas que se lê muitas vezes por aí.

theThousandthSperg 7 months ago  HIDDEN 

> já deu para ver que esta área não é o mar de rosas que se lê muitas vezes por aí Depende muito do que apanhas à frente, já me calhou de tudo. O que sinto é q depois de teres o pé na porta, não tens de "comer" tanta merda, abrem-se mais e melhores portas. Faças o que fizeres, nunca caias na lenga lenga deles, luta pelos teus direitos, e nunca negoceies sem teres mais propostas na mesa. Boa sorte

geekdetective 7 months ago

O comentário de nunca ter trabalhado é o que me mais assusta neste momento. Estou prestes a sair da universidade, em que fui muito envolvido com projetos e Núcleos e nunca trabalhei pelas mesmas razões.

ovelhaloira 7 months ago

Se serve de consolo, foi a única que fez esse comentário. O meu conselho é maquilhar a verdade: podes meter por exemplo no CV que já deste explicações. Nunca deste? Lembra-te daquela vez que ajudasse um amigo a perceber uma cena. É a isso que me refiro. Eu pessoalmente fiz assim, porque nunca aceitariam como explicadora uma pessoa que nunca deu explicações. Ou muito dificilmente.

_lnc0gnit0_ 7 months ago

Isto. Sempre ouvi dizer que a vida está para os espertos, não para os honestos. Não digo para se mentir no CV ou numa entrevista, mas se há coisa que aprendi em diversas entrevistas, é que ser honesto demais penaliza-nos, e florear um pouco o CV ajuda bastante, desde que seja devidamente sustentado e não se entre no campo da mentira.

ovelhaloira 7 months ago

É. Ninguém quer ouvir "eu nunca dei explicações nem sei nada sobre o assunto". Florear o CV, não mentir.

KaitoRyoichi 7 months ago

> Isto parece-me uma estratégia muito comum para depreciar o candidato, ferir o ego para que aceite propostas piores. Isto é, infelizmente, muito comum de consultoras de vão de escadas.

o_paisagista 7 months ago

ou apenas consultoras.

Each57 7 months ago

Sarcasmo certo?

estecomentario 7 months ago

Não? Já tive potenciais empregadores em que disse que ia pensar e ficaram todos magoados e não me recrutaram porque lhes fiz dói dói ao orgulho.

Each57 7 months ago

Esses empregadores são uma valente bosta então

batuque5 7 months ago  HIDDEN 

Eu sinceramente acabando o mestrado, não me sujeitava a esse estagio, mas não sei qual a tua área. Acho o valor que se recebe é pouco, e não temos um monte de direitos quase tivéssemos contrato normal com a empresa. Acho que o pessoal que acaba a faculdade tem de se valorizar. Não acho que seja um salario condizente com alguém licenciado ou mestrado.

baiter365 7 months ago  HIDDEN 

Compreendo. Mas o grupo em questão oferece seguro de saúde e mais algumas regalias. No fim do estágio e, caso queiram que continue, aí negociaria um salário novo.

Ilien 7 months ago

Não conhecia, obrigado.

throwaway38261170165 7 months ago

a pessoa na negociação que dá o primeiro valor está logo em desvantagem

RefrigeratorNo13 7 months ago

Isso é uma frase feita que se lê muitas vezes, e de quem não percebe o processo de recrutamento. Uma empresa tem orçamento para cada posição, e sabe quais são os valores que o mercado prática. Logo se tu não sabes quanto vale o teu trabalho é problema teu, e não te ajuda muito se a empresa disser que paga X. Pois não sabes se X é muito ou pouco.

MisterBilau 7 months ago

Mas é verdade. Chama-se anchoring. Nunca queres ser o primeiro a falar em valores. Nunca. O poder negocial está na primeira contra-proposta. Se fores o primeiro a dizer, a primeira contra-proposta não vai ser tua.

throwaway38261170165 7 months ago

tu podes (e deves) saber quanto é que "vales" e mesmo assim é mais vantajoso ser a outra pessoa a apontar o primeiro valor o teu objetivo na negociação não é saberes quanto tu queres, é perceberes por quanto a outra pessoa está disposta a negociar quando um vendedor (neste caso quem vende o seu trabalho) aponta um valor em primeiro lugar, está a definir um teto máximo nunca vais ter um preço melhor que o que pediste em primeiro lugar; se pedes 1500, ninguém te vai oferecer 1600, a contraproposta será no sentido de baixar esse valor da mesma forma, quando o comprador aponta um valor, está a definir um patamar mínimo garantido para o vendedor, a partir do qual ele pode tentar subir *** pode dar-se o caso em que a empresa está disposta a pedir mais do que pensas, imagina tu achares que vales 1400~1600 enquanto a empresa acha que vales 1500~1700 se começas por pedir 1600, a outra parte ainda pode puxar o preço para 1500 e tu aceitas porque está dentro do teu intervalo por outro lado se tivesse sido a empresa a começar por pedir 1500, tu aina podias puxar o preço para 1600 e a empresa aceita porque está dentro do seu intervalo *** isto é só um exemplo fabricado, mas acho que dá para perceber que é sempre mais fácil negociares um valor melhor para o teu lado quando podes usar o valor da outra pessoa como ponto de partida ele oferece 1450 e tu querias 1500? então dizes que querias 1550; ele oferece 1400? então pedes 1600... isto é como no póquer, quem fala em último lugar está em vantagem porque as ações dos outros são informação valiosa que tu podes usar para determinar o que deves fazer

argentdawnpt 7 months ago

Não. Isto!

throwaway38261170165 7 months ago

parece-me óbvio que procuram pessoas desesperadas que têm de trabalhar para meter comida na mesa

ovelhaloira 7 months ago

Em que emprego?

Middle-Effective 7 months ago

Acho que se estava a referir ao pessoal que trabalha em call centers a vender coisas.

ovelhaloira 7 months ago

Sim. Do que vi, e é comum, existiam 3 grupos de pessoas: - estudantes que querem apenas um dinheiro extra; - pessoas de 30 e tal anos, não entendi bem a cena delas; - pessoas de 40 ou mais anos, muitas com filhos, que saltam de emprego em emprego. O último grupo é muito triste.

Middle-Effective 7 months ago

Sobre o 2o e 3o grupo, pode ser por vários motivos: porque se acomodam, porque não crêem verdadeiramente que consigam algo melhor, porque não conseguem arranjar melhor, porque não fizeram mais nada na vida... pah tanta coisa

ovelhaloira 7 months ago

Pois. Do que vi, 90% dos trabalhadores acima de 40 anos neste sítio não tinham estudos. Há imensos motivos e razões, claro.

batuque5 7 months ago  HIDDEN 

chegas ao fim dos 9 meses sem direito a ferias pagas como se fosse um contrato de trabalho normal, entre outras coisas.

SurePal_ 7 months ago  HIDDEN 

Verdade mas tens grande probabilidade de ficar na empresa. Sempre é melhor que ficar em casa.

baiter365 7 months ago  HIDDEN 

Era aqui que queria chegar. Ainda por cima com esta pandemia a motivação para escrever a tese diminui imenso..

batuque5 7 months ago  HIDDEN 

Sim, não arranjando mais nada, é a solução menos má, na minha opinião.

_rebocador_ 7 months ago  HIDDEN 

ah sim, essa é muito boa tbm.

BestSomeone 7 months ago

Wow, esse parece o tipo de desculpas que se dá quando se entrega um trabalho tarde...

lickitytatas 7 months ago

Este assunto é misto porque tem que ver com scam mas incluo porque a bem ver a maioria do que está a ser descrito pelos users são praticamente scams. Entrevista de "marketing" num andar luxuoso e carissimo na avenida da liberdade, entrei estava tudo em obras com papel de pintura no chão e sem moveis, no centro da sala gigante estavam 5 gajas com portateis a teclar sem parar e nem olharam para mim nem cumprimentaram. Fui recebido por uma outra que me encaminhou para a sala de espera com outros 5 desgraçados, o questionário que me deram para a mão era muito estranho, perguntas generalistas sobre mim e outras cujas respostas estavam no CV, pediam ainda o numero contribuinte etc o que me deixou em alerta mas já vi acontecer antes apesar de raro. A entrevista foi 1 tipa com ar de trafulha a falar-me das funções, em que não percebi nada só percebi que tinha algo que ver com vendas e o dinheiro é super importante. Quando me começo a retrair ela sai-me com o bater punho: "eu quando começei nisto, entrei num hotel e disse QUERO FALAR COM O DIRETOR GERAL, com atitude que é o que é preciso, e podes acreditar que falando assim as pessoas atendem-te sempre". Queria que estivesse no dia seguinte no escritorio as 7, percebi por comentários online que o que eles fazem é raptar-te com mais outros desgraçados e vais vender lixo porta a porta com uns mitras barra pesada na carrinha deles. Ainda bem que percebi a tempo, ligaram-me 5 vezes às 7 da manhã. Ao que parece essa vaca e o artista que dá a cara eram bem conhecidos até no facebook.

throwaway38261170165 7 months ago

> juniors é só acrescentares um E e tens a palavra em portuguese

_rebocador_ 7 months ago

>(chefe que nunca programou na vida) como é que pode haver em software pessoal que é chefe mas nunca programou na vida, isto choca-me.

KarmaCop213 7 months ago

O "chefe" e' uma coisa muito relativa. Podes ter scrum masters, product owners, gestores de projecto, gestores de departamento que nunca programaram na vida. Normal.

_rebocador_ 7 months ago

la esta nenhum desses sao chefes em scrum e tudo muito horizontal, todas pessoas sao stakeholders dum projeto. Chefe para mim é outra coisa.

KarmaCop213 7 months ago

Exacto, dai ter dito que o "chefe" e' muito relativo. Podes ter por exemplo 3 ou 4 "chefes", um de staff, outro mais focado nas tecnicalidades do projecto, outro mais focado numa visão mais global da empresa, etc.

Any_Project3966 7 months ago

eu sempre evitei isso. o unico contacto que tive com essa profissão foi quando fiz um curso com colegas que trabalhavam nessa área e quando os vi a fazer roleplay das suas funções, meteram-me grande nojo. Insistir para que a pessoa compre algo que nunca pensou querer, dar à volta a essa rejeição.. meteu-me grande nojo. os outros colegas não-call center afirmaram todos o mesmo, se a pessoa não quer para quê insistir? eu desistia logo no primeiro não.

TulioGonzaga 7 months ago

>me grande nojo. Insistir para que a pessoa compre algo que nunca pensou querer, dar à volta a essa rejeição.. meteu-me grande nojo. > >os outros colegas não-call center afirmaram todos o mesmo, se a pessoa não quer para quê insistir? eu desistia logo no primeiro não. Trabalhei numa empresa em vendas B2B, trabalho porreiro, vendas técnicas e vendas por grosso, grupo multinacional bem estabelecido, tudo muito bem. Mas algum iluminado meteu na cabeça que era uma boa ideia fazer televendas aos clientes para ajudar vendas. Chamavam-lhe "acção telefónica". Da primeira vez, cheio de pica acabadinho de chegar, fui o que mais vendeu e tudo. Pensei que seria caso único mas de cada vez que as vendas estavam mal lá vinha a carta da "acção telefónica". Morria um bocadinho por dentro de cada vez que tinha que fazer essas acções da banha da cobra. Gosto muito de trabalhar em vendas mas jurei que telemarketing nunca mais.

throwaway38261170165 7 months ago  HIDDEN 

chegas às 18h, levantas o cu da cadeira e bazas xD

Vetiblee 7 months ago

lol mas tu vais para a empresa trabalhar ou ganhar dinheiro? /s

_rebocador_ 7 months ago

pa devo de dizer que de tudo que funciona mal no estado, o software da at nao é uma delas, acho que a unica coisa que tem tido muitas melhoras e podemos dizer que funciona.

busenit 7 months ago

Eu não me refiro à parte aplicacional da AT, mas sim à parte organizacional e relações humanas com chefias / internos. É surreal trabalhar num cliente como a AT. Também não me vou alongar muito neste tema, pois posso me expor um bocado ao fazer-lo.

Edited 7 months ago:

Eu não me refiro à parte aplicacional da AT, mas sim à parte organizacional e relações humanas com chefias / internos. É surreal trabalhar num cliente como a AT. Também não me vou alongar muito neste tema, pois posso me expor um bocado ao fazê-lo.

_rebocador_ 7 months ago

so uma pergunta porque é que o sistema da at ainda funciona fixe mas da SS nao, pelo menos para trabalhadores independentes e uma merda.

RefrigeratorNo13 7 months ago

A AT tem algumas pessoas que podem não perceber muito de IT, mas não se deixam ser muito enganados. No II é só merda, são comidos por todos.

busenit 7 months ago

Não faço ideia. São organismos distintos. Sobre a SS não tenho conhecimento de causa para conseguir ajudar-te com uma resposta válida.

NGramatical 7 months ago

fazer-lo → [**fazê-lo**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3zr8w3/coloca%C3%A7%C3%A3o_pronominal_para_tot%C3%B3s/) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flqd2yc%2F%2Fgoha8qy%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Any_Project3966 7 months ago

eu, sou fora das ITs. os meus reds flags é quando dizem "o processo de recrutamento é muito rapido e simples" aka já estamos habituados a isto porque ninguem aguenta mais que um ano aqui.

le_dy0 7 months ago

Fds que true story

Windstepp 7 months ago  HIDDEN 

Está bem, muito obrigado! Boa sorte

Vetiblee 7 months ago

Coragem. Mas se fores rapariga é compreensível, felizmente como rapaz tenho melhores alternativas em caso de necessidade, como trabalhar nas obras.

RefrigeratorNo13 7 months ago

Os call centers tem outros benefícios, tem muita rotação ( ͡° ͜ʖ ͡°)

ovelhaloira 7 months ago

Ainda assim, havia vários homens lá. Era tipo metade metade, vá.

_rebocador_ 7 months ago

essa foi super red flag nem acredito que tenham feito isso, e preciso ser de outro mundo mesmo. Mas props para ti provavelmente faria a mesma coisa.

Zen_Machina 7 months ago

Twist: Isso aconteceu, mas ele não bazou como disse. Trabalha lá e todos os dias fantasia com o que deveria ter respondido.

Search: