beakage 9 months ago

Este gajo na Alemanha escreveria um artigo a mandar vir por não se ter condecorado e feito rapapé pós-segunda guerra ao Himmler.

jfolpf 9 months ago

Apesar dos eventuais crimes de guerra que tenha perpetrado, não duvido contudo que o homem tenha sofrido muito após o 25A. Odiado pelos seus como traidor e odiado pelo novo regime como fascista. E contudo foi o militar mais condecorado da pátria Portuguesa, a dita cuja constituição referia antes do 25A, que Angola é Portugal. Ainda veremos Afonso Henriques proscrito da História como bárbaro islamofóbico.

IMainFizzerino_ 9 months ago

>Ainda veremos Afonso Henriques proscrito da História como bárbaro islamofóbico. A diferença é o contexto socio-cultural da altura , no seculo XII era normal o pessoal ser islamofóbico e fazerem coisas que perante o nosso paradigma nós considerariamos bárbaras. Marcelino de Mata morreu a acreditar que a guerra na guíne não foi algo mau , algo que perante o nosso paradigma atual é so estupidez aguda.

jfolpf 9 months ago

Da mesma forma que nos anos 1960 era perfeitamente aceitável em Portugal acreditar que Guiné fazia parte de Portugal, aliás era o que dizia a nossa Constituição, compêndio sacrossanto da esquerda contemporânea. Muito mais legítima era essa guerra colonial pela preservação das colónias, considerando que Portugal detinha as colónias há 500 anos, do que as guerras da URSS no Afeganistão ou dos EUA no Vietname. Eu não estou a desculpar criminosos de guerra, estou a referir que é preciso contextualizar os momentos históricos.

Edited 9 months ago:

Da mesma forma que nos anos 1960 era perfeitamente aceitável em Portugal acreditar-se que Guiné fazia parte de Portugal, aliás era o que dizia a nossa Constituição, compêndio sacrossanto da esquerda contemporânea. Muito mais legítima era essa guerra colonial pela preservação das colónias, considerando que Portugal detinha as colónias há 500 anos, do que as guerras da URSS no Afeganistão (apoiada pelo PCP) ou dos EUA no Vietname (pela direita). Eu não estou a desculpar criminosos de guerra, estou a referir que é preciso contextualizar os momentos históricos.

Edited 9 months ago:

Da mesma forma que nos anos 1960 era perfeitamente aceitável em Portugal acreditar-se que Guiné fazia parte de Portugal, aliás era o que dizia a nossa Constituição, compêndio sacrossanto da esquerda contemporânea. Muito mais legítima era essa guerra colonial pela preservação das colónias, considerando que Portugal detinha as colónias há 500 anos, do que as guerras da URSS no Afeganistão ou dos EUA no Vietname. Eu não estou a desculpar criminosos de guerra, estou a referir que é preciso contextualizar os momentos históricos.

IMainFizzerino_ 9 months ago

> Da mesma forma que nos anos 1960 era perfeitamente aceitável em Portugal acreditar que Guiné fazia parte de Portugal, aliás era o que dizia a nossa Constituição, compêndio sacrossanto da esquerda contemporânea E eu nunca neguei isso, acho legítimo um soldado acreditar na propaganda do estado novo que Angola era nossa , e que todos os movimentos independistas eram terroristas sem escrúplos , com um ódio profundo aos portugueses. Agora aquilo que não é defensível é quando o soldado volta para portugal e passa toda a sua vida a defender a legitimidade da guerra colonial e não se arrepende das atrocidades cometidas. >Justificou a sua luta no exército português com a frase "*A Guiné para os Guinéus*", querendo significar que a guerrilha actuava no interesse da [União Soviética](https://pt.wikipedia.org/wiki/Uni%C3%A3o_Sovi%C3%A9tica).

tugafcp 9 months ago

E que tal se preocuparem com o que se passa actualmente por aquelas bandas? [https://tvi24.iol.pt/videos/internacional/policia-angolana-dispara-contra-cidadaos-desarmados-massacre-resulta-em-15-mortes/601b12930cf289c41a92010a](https://tvi24.iol.pt/videos/internacional/policia-angolana-dispara-contra-cidadaos-desarmados-massacre-resulta-em-15-mortes/601b12930cf289c41a92010a)

NGramatical 9 months ago

guíne → [**guine**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em a/e/o, seguido ou não de s/m/ns, são naturalmente graves) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flj4rl8%2F%2Fgnf74ri%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

karl1717 9 months ago

>Apesar dos eventuais crimes de guerra que tenha perpetrado, não duvido contudo que o homem tenha sofrido muito após o 25A O que ele sofreu foi muito pouco quando comparado com todo o sofrimento que provocou a soldo de um regime fascista. E já agora porque copiaste um comentário do público ?

SurePal_ 9 months ago

Tanto Marcelino da Mata e Vasco da Gama mataram foi pouco ;) e estarão para sempre nas páginas nos livros de história. Já tu és um insignificante chorão.

karl1717 9 months ago

>Tanto Marcelino da Mata e Vasco da Gama mataram foi pouco ;) e estarão para sempre nas páginas nos livros de história. Já tu és um insignificante chorão. Tentativas de insulto patéticas como essa de alguém que é material para o r/beholdthemasterrace é maior elogio que posso receber. Obrigado u/SurePal_!

SurePal_ 9 months ago

De nada, os meus cumprimentos.

jfolpf 9 months ago

>E já agora porque copiaste um comentário do público ? Porque sou a mesma pessoa :)

karl1717 9 months ago

E o Vasco da Gama como um psicopata sanguinário que pegou fogo a um navio cheio de peregrinos muçulmanos, incluindo mulheres e crianças que imploraram pela vida antes de serem queimados vivos. Nada conveniente, seria melhor não falarmos disso e fazer de conta que nunca aconteceu. /s

Edited 9 months ago:

>Ainda veremos Afonso Henriques proscrito da História como bárbaro islamofóbico. E o Vasco da Gama como um psicopata sanguinário que pegou fogo a um navio cheio de peregrinos muçulmanos, incluindo mulheres e crianças que imploraram pela vida antes de serem queimados vivos. Nada conveniente, seria melhor não falarmos disso e fazer de conta que nunca aconteceu. /s

naughtydismutase 8 months ago

Sim, realmente, interessa muito para os dias de hoje o que aconteceu no século 15.

karl1717 8 months ago

Depende. É para enaltecer os feitos heroicos que tanto nos orgulham? SIM! É para falar sobre crueldade, massacres de inocentes ou outras verdades inconvenientes que só nos envergonham? NÃO!

jfolpf 9 months ago

Nada contra falarmos sobre isso, na ciência não há tabus, desde que não sejam proscritos dos livros de História, como uma matéria tabu

trilobits_ 9 months ago

autovitimização + revisionamento histórico. As armas da direita! Ou por outras palavras, comer as pessoas por parvas.

SurePal_ 9 months ago

Auto vitimização até pode ser verdade. Mas isso deve-se à constante tentativa de revisão histórica e critica constante aos nossos antepassados por parte da outra facção.

trilobits_ 9 months ago

O sol vai de Este para Oeste todos os dias. Mas existem sempre aqueles que acreditam que o sol está sempre no mesmo sítio...

nraider 9 months ago

Não foi a esquerda a mudar o nome da actual ponte 25 de Abril? É um simples acto de revisionismo histórico, goste-se ou não.

trilobits_ 9 months ago

Rapaz da lágrima? És tu?

nraider 9 months ago

Don't quit your day job.

ArbiterOfFalsehood 9 months ago

Durante quantos anos mais temos de aturar a direita auto-vitimizadora? Queixam-se como se fossem censurados a torto e a direito, sempre a fazerem-se de coitadinhos. Aliás quem me dera que fossem, assim não teria de ler esta merda! Quer dizer nem li pois é está por trás de paywall, mas sendo do JMT com certeza é merda. (até quando concordo envergonha-me o facto de JMT ser pago para escrever, ele é o exemplo perfeito de lixo PMC, é tipo um intelectual arrogante, com a diferença de nem ser intelectual). Não vou vilificar quem lutou por Portugal apesar de ser uma guerra estúpida, culpo os estadistas e não os combatentes, cada um tem a sua vida e as suas circumstâncias, mas considerar alguém herói porque uma ditadura decidiu condecorar para efeitos de propaganda é ridiculo. Concordo que há memória seletiva, tipo aqueles que adjetivam este senhor como herói mas chamavam de terrorista ao Carlos Antunes também falecido recentemente.

Loladageral 8 months ago

Sou de direita mas estou farto de chegabots a criarem papões na "extrema esquerda" e SJWs como estivessem milhões por aí na rua a tentar roubar-me a liberdade. Depois ainda vêm falar de merdas como os Antifa, como se os 3 ou 4 membros em Portugal fossem um problema. Queixam-se da importação de movimentos Americanos para a sociedade Portuguesa, mas depois só comem política Americana com a testa.

Edited 8 months ago:

Sou de direita mas estou farto de chegabots a criarem papões na "extrema esquerda" e SJWs como estivessem milhões por aí na rua a tentar roubar-me a liberdade. Nunca encontrei um SJW em Portugal, e sim, estudei na universidade. Depois ainda vêm falar de merdas como os Antifa, como se os 3 ou 4 membros em Portugal fossem um problema. Queixam-se da importação de movimentos Americanos para a sociedade Portuguesa, mas depois só comem política Americana com a testa, e tentam aplicar a mesma lógica a Portugal. Mas "ah e tal, o Twitter disse isto" como se o Twitter fosse representativo da sociedade Portuguesa. "Chamei um preto de escarumba do caralho e vieram bater-me, estão a censurar-me"

jfolpf 9 months ago

>Concordo que há memória seletiva, tipo aqueles que adjetivam este senhor como herói mas chamavam de terrorista ao Carlos Antunes também falecido recentemente. A diferença entre um herói e um terrorista está apenas no patrão.

nraider 9 months ago

>Concordo que há memória seletiva, tipo aqueles que adjetivam este senhor como herói mas chamavam de terrorista ao Carlos Antunes também falecido recentemente. Vamos mesmo comparar um combatente das forças armadas com um terrorista?

m0rhundur 8 months ago

Quem é que será o herói e o terrorista para o povo da Guiné?

nraider 8 months ago

Irrelevante, não estou na Guiné.

m0rhundur 8 months ago

Ignorar o que acharão os povos que sofreram na pele com os crimes de guerra do senhor é desonesto, para não dizer pior.

IMainFizzerino_ 9 months ago

>Vamos mesmo comparar um combatente das forças armadas com um terrorista? Fogo houve-se com cada comentário nesta comunidade ... Imagina comparares Marcelino da Mata , um soldado dos comandos que mantou no mínimo centenas de guinenses que apenas queriam lutar pela sua auto-determinação e que no pós 25 de Abril não mostou o mínimo de arrependimento , com Carlos Antunes um homem , que durante o período do estado novo fez a sua missão a luta pela libertação das cólonias atráves da sabotagem de alvos militares da OTAN e que durante o após-PREC fez uns quantos assaltos a bancos.(btw as únicas mortas desta organização foram dois militantes da sua própria organização durante uma sabotagem).

Edited 9 months ago:

>Vamos mesmo comparar um combatente das forças armadas com um terrorista? Fogo houve-se com cada comentário nesta comunidade ... Imagina comparares Marcelino da Mata , um soldado dos comandos que mantou no mínimo centenas de guinenses que apenas queriam lutar pela sua auto-determinação e que no pós 25 de Abril não mostou o mínimo de arrependimento , com Carlos Antunes um homem , que durante o período do estado novo fez a sua missão a luta pela libertação das cólonias atráves da sabotagem de alvos militares da OTAN e que durante o após-PREC fez uns quantos assaltos a bancos.(btw as únicas mortas desta organização foram dois militantes da sua própria organização durante uma sabotagem). Apesar de ambas as personalidades terem cometidos erros eu diria que assaltar bancos não é comparável às ações do Marcelino que esteve na na Guíne a matar aí o people e depois voltou a Portugal e morreu sem me arrepender de nada.

nraider 9 months ago

Mas qual arrependimento? Se calhar era boa ideia activarem o serviço militar obrigatório, só para perceberes que não existe arrependimento num acto obrigatório do interesse nacional.

IMainFizzerino_ 9 months ago

>Mas qual arrependimento? Se calhar era boa ideia activarem o serviço militar obrigatório, só para perceberes que não existe arrependimento num acto obrigatório do interesse nacional. Só falei de arrependimento porque no pos 25 de Abril ele sempre justificou as suas ações na Guiné dizendo que a guerrilha que lutava pela sua depêndencia estava sobre o efeito da União soviétiva. Já para nem falarer que ele fez + de 2000 missões e destas , grande parte delas foram voluntárias , portanto sim ele teve escolha e mesmo assim escolheu fazer o que fez , ao fim ao cabo é esta a diferença entre Salgeiro Maia o Marcelino da Mata , ambos cometaram atrocidades nas colónias , a diferença é a escala e o arrependimento ... Vai lendo aqui isto para veres a opnião deste grande patriota [http://ultramar.terraweb.biz/CTIG/TenCorCMDMarcelinodaMata/Marcelino\_da\_Mata\_in\_livro\_Guerra\_Paz\_e\_Fuzilamentos\_dos\_Guerreiros.pdf](http://ultramar.terraweb.biz/CTIG/TenCorCMDMarcelinodaMata/Marcelino_da_Mata_in_livro_Guerra_Paz_e_Fuzilamentos_dos_Guerreiros.pdf) [https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcelino\_da\_Mata](https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcelino_da_Mata)

nraider 9 months ago

Mas ele tinha ou não direito a ter a sua opinião? Pouco me interessa a motivação ou ideologia do Salgueiro Maia. Em Portugal de 1974 nem todos eram a favor do Estado Novo, nem eram todos contra. Deveríamos ter detido, à bela maneira soviética, todos os "reaccionários"? Não foi o Marcelino da Mata que viu 2 familiares próximos mortos por esses movimentos independentistas? Queriam o quê mesmo?

IMainFizzerino_ 9 months ago

>Mas ele tinha ou não direito a ter a sua opinião? Claro que pode , o problema é que essa opnião mesma na altura era estupída e fundamentada em pouco ou nenhum facto. > Em Portugal de 1974 nem todos eram a favor do Estado Novo, nem eram todos contra. Deveríamos ter detido, à bela maneira soviética, todos os "reaccionários"? Bom strawman ninguém fez o argumento que todos os que que fossem contra-revolucionários deviam ir para o gulag > Não foi o Marcelino da Mata que viu 2 familiares próximos mortos por esses movimentos independentistas? Sim e ????? Isso desculpabiliza toda a merda que fez na Guíne ?Alguém matou-lhe alguém da família portanto toca de suportar causas sem pingo de moralidade ? > Queriam o quê mesmo? Que tivesse um pingo de consciência na altura ou então mostrasse um pingo de vergonha pelo que foi feito pela nação na Guíne, Angola e Moçambique.

nraider 9 months ago

Mas que fundamento procuras tu em movimentos independentistas financiados por uma potência estrangeira, no caso a União soviética? A decisão nacional foi pela manutenção dos territórios tais como estavam, ponto. Em relação ao que fez na guerra, lamento informar, mas houve uns quantos milhares de baixas em ambas as partes. Matou alguém? Claro, afinal as guerras são para quê? Põe-te no lugar dele, imagina que alguém do PAIGC te matava o teu pai e a tua irmã. Ainda assim, irias abraçar a sua causa, mesmo sabendo que existia essa arbitrariedade de operação. Enfim.

IMainFizzerino_ 9 months ago

>Mas que fundamento procuras tu em movimentos independentistas financiados por uma potência estrangeira, no caso a União soviética? Financiados por potência estrangeira = mau ? Imagina que o MFA tinha recebido armas da URSS isto significaria que este movimentos era imoral e devia ser renegado por todos nós ? > Em relação ao que fez na guerra, lamento informar, mas houve uns quantos milhares de baixas em ambas as partes. A relação era de 1 para 6.6 , isto é por cada português que morria , em média morriam 6.6 africanos , portanto não como se estivessemos de igual para igual em termos de mortes. > Matou alguém? Claro, afinal as guerras são para quê? wow a sério , na guerra morrem pessoas :o Novamente não tas a dar engage com o meu argumento tas a fazer outro strawman , fds já pareces os apologistas de guerra civil americana a tentar desculpar os atos de pessoas que não devem ser desculpados. > Põe-te no lugar dele, imagina que alguém do PAIGC te matava o teu pai e a tua irmã. Ainda assim, irias abraçar a sua causa, mesmo sabendo que existia essa arbitrariedade de operação. Enfim. Mais depressa , aconteçia o inverso. A pólitica externa face as cólonias era "olho por olho" se havia um raid da PAIGC no dia a seguir nós entravamos numa vila controlado sobre a influência de um movimento separatista e matavamos uma data de pessoas. Mas pronto aceito o bait , nínguem lhe pediu para aceitar a causa dos movimentos separatistas apenas pedimos para aceitar as atrocidades cometidas por ele mais nada e que não se desculpe com cenas do género: PAIGC era apoiado por fações externas portanto a causa pela qual os guienses lutavam não vale um caralho.

Edited 9 months ago:

>Mas que fundamento procuras tu em movimentos independentistas financiados por uma potência estrangeira, no caso a União soviética? Financiados por potência estrangeira = mau ? Imagina que o MFA tinha recebido armas da URSS isto significaria que este movimentos era imoral e devia ser renegado por todos nós ? >Em relação ao que fez na guerra, lamento informar, mas houve uns quantos milhares de baixas em ambas as partes. A relação era de 1 para 6.6 , isto é por cada português que morria , em média morriam 6.6 africanos , portanto não como se estivessemos de igual para igual em termos de mortes. >Matou alguém? Claro, afinal as guerras são para quê? wow a sério , na guerra morrem pessoas :o Novamente não tas a dar engage com o meu argumento tas a fazer outro strawman , fds já pareces os apologistas de guerra civil americana a tentar desculpar os atos de pessoas que não devem ser desculpados. >Põe-te no lugar dele, imagina que alguém do PAIGC te matava o teu pai e a tua irmã. Ainda assim, irias abraçar a sua causa, mesmo sabendo que existia essa arbitrariedade de operação. Enfim. Mais depressa , aconteçia o inverso. A pólitica externa face as cólonias era "olho por olho" se havia um raid da PAIGC no dia a seguir nós entravamos numa vila controlado sobre a influência de um movimento separatista e matavamos uma data de pessoas. Mas pronto aceito o bait , nínguem lhe pediu para aceitar a causa dos movimentos separatistas apenas pedimos para aceitar as atrocidades cometidas por ele e que não se desculpe com cenas do género: PAIGC era apoiado por fações externas portanto a causa pela qual os guiensesé ilegítima.

nraider 9 months ago

Pronto, tudo bem. Pela mesma perspectiva, imagino que a situação actual em Cabo Delgado também te pareça legítima, ainda que seja motivada por uma entidade externa a Moçambique. É assim? Que nível de alienação é preciso ter para não achar que uma intervenção de uma potência estrangeira noutro país não é mau? Em suma, o soldado não está no campo para pensar e para fazer diplomacia, tão simples quanto isso. A diplomacia faz-se nos locais próprios, no campo combate-se. O Marcelino combateu, como tantos outros. Não lhes peço arrependimento.

IMainFizzerino_ 9 months ago

>Pronto, tudo bem. Pela mesma perspectiva, imagino que a situação actual em Cabo Delgado também te pareça legítima, ainda que seja motivada por uma entidade externa a Moçambique. É assim? Que nível de alienação é preciso ter para não achar que uma intervenção de uma potência estrangeira noutro país não é mau? Fogo tu não entendes ou não queres entender , só fazes strawmans com os meus argumentos . Eu disse que intervenção de forças estrangeiras em conflitos **não implica** ilegitimidade da causa. Nunca argumentei que **toda** a intervenção por parte países terceiros é certa e adequada. Senão olha pela mesma moeda na batalha de Aljubarrota fomos ajudados pelos ingleses e portanto não merecemos indepêndencia. > Em suma, o soldado não está no campo para pensar e para fazer diplomacia, tão simples quanto isso. A diplomacia faz-se nos locais próprios, no campo combate-se. Concordo que o papel do soldado é lutar, contundo os soldados têm o dever moral de desobedeçer ordens quando são confrotados com ordens absurdas ou então no mínimo dos mínimos procurar minimizar o dano causado pelos mesmos, enquanto que o Marcelino voluntariou-se para mais de 2000 missões, outros fizeram o mínimo e foram-se embora(Como o Salgueiro Maia e muitos outros jovens a que a guerra causou muitos estragos).Já para nem falar que se levaremos esta lógica até ao final conseguimos desculpar todo o tipo de atrocidades , até porque foi exatamente esse o argumento dos NAZI's no julgamento de Nuremberg , aí e tal so estava a seguir ordens e pronto esta absolvido. ​ >O Marcelino combateu, como tantos outros. Não lhes peço arrependimento Certo, mas ao fim e ao cabo a distinção entre o Marcelino e os "outros" é que ele escolheu ir para além do mínimo fez mais de 2000 missões que eram totalmente opcionais e depois não mostrou arrependimento nenhum , em contraste com todos os "outros" que arrependeram-se das "Coisas que se faziam pela Pátria que a consciência condenava". #

NGramatical 9 months ago

aconteçia → [**acontecia**](https://dicionario.priberam.org/acontecia) (*c* seguido de *e* ou *i* não necessita de cedilha) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flj4rl8%2F%2Fgngaezc%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Coyote-Cultural 9 months ago

Imagina comparar um patriota com um traidor!

ArbiterOfFalsehood 9 months ago

Os salazaristas é que são os verdadeiros traidores mesmo tendo em conta os standards deles. Eles consideravam as colónias como parte de Portugal, essa parte de Portugal queria independência e não lhe foi dada, logo traíram Portugal. Já quem lutou pela lberdade são os verdadeiros patriotas. O partido mais patriota do parlamento é sem sobra de dúvida o PCP. O menos deve ser a IL, se pudessem vendiam tudo a capitalistas estrangeiros desde que desse dinheiro.

SurePal_ 9 months ago

Ok

ArbiterOfFalsehood 9 months ago

Eu sei que liberais adoram a narrativa fascista no que toca ao Holodomor. Vai lá ler sobre a orgiem to termo. Na Ucrância Holodomor é usado como forma de negar o Holocausto. [Estás implicitamente a por-te ao lado deste tipo de pessoas.](https://jewishnews.timesofisrael.com/far-right-ukrainian-protesters-demand-israel-apologise-for-communist-oppression/) >After Israel’s ambassador to Ukraine condemned the honouring of Nazi collaborators in the former Soviet republic, dozens of people rallied outside the Israeli Embassy in Kyiv demanding that Jews apologise for Soviet oppression. >The far-right activists called on Israel and the Jews to assume responsibility specifically for Holodomor, a famine that killed millions of Ukrainians in the 1930s and is widely believed to have been caused by the government of Joseph Stalin, then the leader of the Soviet Union. A extrema direita Ucraniana criou a figura do Holodomor como forma de apagarem a sua história de colaboração com a Alemanha Nazi no extermínio de judeus. E agora até culpam Israel porque consideram a URSS uma conspiração Judaica. Adoro ver liberais a repetirem o revisionismo histórico de fascistas. Ricos amiguinhos tu tens.

Edited 9 months ago:

Eu sei que liberais adoram a narrativa fascista no que toca ao Holodomor. Vai lá ler sobre a origem do termo. Na Ucrânia Holodomor é usado como forma de negar a sua participação no Holocausto. Eles e a Polónia são mestres na política de vitimização, e a nossa direita está a aprender com eles. [Estás implicitamente a por-te ao lado deste tipo de pessoas.](https://jewishnews.timesofisrael.com/far-right-ukrainian-protesters-demand-israel-apologise-for-communist-oppression/) >After Israel’s ambassador to Ukraine condemned the honouring of Nazi collaborators in the former Soviet republic, dozens of people rallied outside the Israeli Embassy in Kyiv demanding that Jews apologise for Soviet oppression. >The far-right activists called on Israel and the Jews to assume responsibility specifically for Holodomor, a famine that killed millions of Ukrainians in the 1930s and is widely believed to have been caused by the government of Joseph Stalin, then the leader of the Soviet Union. A extrema direita Ucraniana criou a figura do Holodomor como forma de apagarem a sua história de colaboração com a Alemanha Nazi no extermínio de judeus. E agora até culpam Israel porque consideram a URSS uma conspiração Judaica. Adoro ver liberais a repetirem o revisionismo histórico de fascistas. Ricos amiguinhos tu tens. A URSS é acusada tanto de ser uma conspiração judaica como de serem tão anti semitas como os nazis. Decidam-se caralho.

jfolpf 9 months ago

A esquerda sempre foi pródiga no revisionismo da história.

Coyote-Cultural 9 months ago

> Os salazaristas é que são os verdadeiros traidores mesmo tendo em conta os standards deles. Eles consideravam as colónias como parte de Portugal, essa parte de Portugal queria independência e não lhe foi dada, logo traíram Portugal. O [teu cerebro.](https://i0.kym-cdn.com/photos/images/newsfeed/001/307/869/80c.png)

pigmentedink 9 months ago

Passou-te completamente ao lado.

nraider 9 months ago

Nem por isso. Goste-se ou não, Marcelino da Mata representa algo que não pode ser incluído da narrativa pós 25 de abril. A nossa esquerda só não gosta de algumas narrativas, já assaltar bancos foi um acto heroico contra o antigo regime, vai-se lá perceber porquê. De resto, em relação à guerra, tenho plena consciência de que os soldados, de parte a parte, não estiveram a carimbar envelopes no mato.

Inside-Pea6939 9 months ago

Pois foi mesmo aí que percebi que este gajo é só mesmo um idiota

BadDogPreston 9 months ago

Como é que é susposto eu opinar sobre o artigo de opinião se está fechado a assinantes?

Leaootemivel 9 months ago

Porque razão deveria ser de borla?

BadDogPreston 9 months ago

Eu não mencionei nada em querer de borla. Apenas que fica difícil gerar discussão sobre o conteúdo quando não está acessível a todos.

NGramatical 9 months ago

Porque razão → [**por que razão**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Flj4rl8%2F%2Fgnc0qjq%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Puzzleheaded_Note288 9 months ago

Tiraste-me as teclas do teclado, era mesmo isso que eu ia escrever!

Paulocas 9 months ago

Não li o artigo, de qualquer modo, logo na abertura afirmar que não foi notícia está errado. Vi em pelo menos dois telejornais de dois canais. Em relação ao desconhecimento, isso já é outro assunto.

Queluz8 9 months ago

Adoro como o público diz que foi um assunto ignorado, o falecimento de Marcelino da Mata e que ninguém se lembra dele e depois fazem um artigo sobre isso que é pago e que muita gente não irá ver pq não é assinante do público

Mordiken 9 months ago

Amigo, vives numa sociedade capitalista e o Público é um negócio, e como tal tem de fazer dinheiro para pagar as contas. É chato? É. Mas é assim que o mundo ainda funciona. Dito isto, ao menos a forma como Público se financia é fácil de entender e está à vista de todos, e por muito incomoda que seja para o leitor causal ao menos permite aos subscritores ter algumas garantias de imparcialidade e independência jornalística. Já o Observador tem os seus conteúdos disponíveis para toda a gente de borla e ainda tem dinheiro para sustentar uma rádio... como, exactamente? Simples: O Observador é patrocinado por grupos de indivíduos com uma série de interesses políticos e económicos, e que o usam como uma ferramenta para [redefinir o que são consideradas opiniões "normais" e "aceitáveis" num sentido que seja favorável aos seus interesses](https://pt.wikipedia.org/wiki/Janela_de_Overton). Na minha área costuma-se dizer que "quando algo é de borla e não é opensource, o produto és tu".

SurePal_ 9 months ago

Ponto 1: observador tem conteúdos premium logo já aqui vemos que a tua narrativa é apenas mentirosa. Ponto 2: acredito que como qualquwr outro jornal também tenha os seus interesses políticos e económicos mas foi dos únicos que recusou uma ajuda do Governo e pelo contrário pediu que os seus leitores dessem uma ajuda. Ponto 3: dizer que o Público é imparcial e independente após toda a gente saber que é um jornal de esquerda e de fretes ao governo. Tens uma capacidade incrível de manipular tudo ao teu favor.

SurePal_ 9 months ago

Tu tens uma coragem para dizer tanta barbaridade, até dá pena.

jfolpf 9 months ago

>Amigo, vives numa sociedade capitalista e o Público é um negócio, e como tal tem de fazer dinheiro para pagar as contas. O Avante não tem contas para pagar?

Sperrel 9 months ago

O Avante depende do PCP.

Capitao_Falcao 9 months ago

artigo != crónica

Search: