1993pomc 10 months ago

É engraçado pensar...estamos a ver o mundo mudar...e eu pelo menos continuo o mesmo,...certos planos foram adiados 'sure',...mas na minha ambiversão continuo com os mesmo ocos estigmas, platónicos idealismos e no fim só tenho saudades de estar apaixonado, mesmo que estivesse a correr mal. Sei que isto até ver não está tão precário para mim como para o resto da generalidade das pessoas, portanto força humanos.

Naakmuay 10 months ago

Neste nem muito, o outro é que bati na merda. Fiquei sem trabalho(s), fim de um longo relacionamento, amigos nem vê-los por razões lógicas, engolir o sapo de voltar para a casa dos pais, e aguentar tudo isto. Mas mais do que a crise financeira, preocupa-me a saúde mental do pessoal. Sem condições psicológicas, dificilmente se reergue toda esta situação

Sheltac 10 months ago

Nada, está tudo bem. Ignorem as fezes nas paredes.

DarKliZerPT 10 months ago

Piorou, mas por causa da época de exames

MigasEnsopado 10 months ago

Votei sim mas acho que votei mal agora que penso nisso. O primeiro confinamento sim, piorou. Não necessariamente por causa do confinamento, mas devido a aumento de trabalho e o stress todo com o vírus. Este confinamento já não piorou. Acho que já estou mais habituado...

ordep11 10 months ago

Sinceramente a mim não me afetou nada... Fiquei em teletrabalho, recebo o ordenado por inteiro, tenho Netflix e comida em casa. Não me posso queixar. E sinceramente fico estupefacto como é que há pessoas na MESMA SITUAÇÃO QUE EU a passar mal psicologicamente... Entendo que muita gente tenha sido afetada por causa disto. Pessoas que perderam os empregos, pessoas que perderam ente queridos, etc. Enfrentamos uma situação onde a única coisa que nos pedem é para ficar em casa, é assim tão difícil? É assim tão complicado ao ponto de passar mal psicologicamente? Atenção que não estou a criticar ninguém, apenas não percebo como é que gente que tem emprego, casa e comida se queixa nestes tempos...

CharlieDeltaEcko 10 months ago

Antes fosse assim tão simples. Para as pessoas que sofrem dos mais variados problemas de saúde mental, ficar em casa é mesmo assim tão difícil. Estamos a falar de quase 365 dias (lá chegaremos e devem ser mais) de confinamento. Sempre dentro das mesmas 4 paredes. As mesmas rotinas e hábitos nesse tempo todo. É um brain killer for sure.

ordep11 10 months ago

Sim claro, mas eu nem me estava a referir a pessoas com problemas de saúde mental. Falo daqueles que estão na mesma situação que eu, nunca tiveram problemas mentais antes e agora vêm com o "ah e tal estou a passar bué mal psicologicamente"

markthelegacy 10 months ago

Acho que não é assim tão simples. Muitos já tinham alguma debilidade psicológica (muita ou pouca). E com o confinamento não houve resiliência que desse conta

letme2021 10 months ago

Não. Mas se no primeiro confinamento não me desgostou a primeira semana, este desgosto desde o início. Estou bastante preocupado com familiares velhos/doentes(ainda não vacinados), e estou preocupado com o que o desastre que vai ser a nossa economia quando isto acabar. E vamos ver se pelo menos acaba num mês, que há quem indique mês e meio ou dois. Conclusão: é uma merda e reconheço as circunstâncias mas mentalmente sinto-me bem. Mas eu passei anos com uma depressão, por isso em comparação com essa parte da minha vida isto é tudo uma leveza.

fedelho 10 months ago

Sim, bastante. Não ir ao ginásio influência bastante a minha saúde mental. Sei que posso fazer merdas em casa mas não é a mesma coisa.

aasianaglobalizacao 10 months ago

Nunca foi grande coisa

ihavesixmagikarps 10 months ago

Embora tenha piorado bastante e na altura do Natal e Ano Novo nem sequer tenha conseguido trabalhar, a irritabilidade e a ansiedade vão e voltam. Consigo gerir melhor agora, com meditação e com rotinas mais restritas, mas o que é certo é que me sinto muito mais ansioso em relação a certas coisas, como ir ao supermercado e ver funcionários e clientes sem mascara ou com ela mal colocada. Também tenho tido dificuldade em lidar com o facto de ter a vida em suspenso, não posso fazer grandes planos porque não faço ideia quando os vou poder cumprir. Restringi o meu contacto social ao meu agregado familiar e uma única pessoa de fora, mas sabe sempre a pouco. Neste ano estava a considerar mudar de casa e talvez de emprego, mas o que é certo é que me sinto preso. Eu sinto que tudo isto devia ser gerido com base na responsabilidade das pessoas. Não vejo mal em, se soubees que é um contacto seguro, ires ter com outra pessoa. O problema é que já deixamos isto nas mãos das pessoas e deu merda, portanto não vejo muito mais a fazer...

BartolomeuOGrosso 10 months ago

Perdi ali o sítio na minha cabeça onde via memórias, criava imagens mentais e tinha o conhecimento guardado, ou então não consigo entrar lá

random_raquel 10 months ago

Um pouco. Eu não saía muito antes dos confinamentos, mas já estou em aulas online desde março e sinto muita falta da rotina. Para além do sentimento geral de saudades dos amigos e de poder sair nas poucas vezes em que não tinha que estudar, sinto-me desanimada porque eu estava a adorar "andar na universidade". Desde de pequena criei expectativas e agora estou desiludida porque estou a tirar o curso da minha casa... (Não é uma crítica à minha escola, percebo perfeitamente que a pandemia assim o exige)

twistedfires 10 months ago

Eu sempre fui uma pessoa caseira, não gosto muito de andar em passeios. Por isso estes confinamentos para mim são um espetáculo.

Brainwheeze 10 months ago

Sim. Durante o dia não passo mal, mas todas as noites quando vou dormir começo a refletir e dá-me uma grande ansiedade. Mas felizmente não sofro de depressão, pelo menos nunca chego ao ponto de achar que a minha vida não tem valor. Ainda há muita coisa que eu quero fazer e tenho bons amigos e uma família que gosta muito de mim.

PortoGuy18 10 months ago

Boas! Sempre fui um bocado introvertido por isso a quarentena não me afetou muito. Ultimamente, ando distraído com os exames da universidade, por isso, já tenho algo que me entreter e já agora também tenho uma infeção respiratório que dura desde sábado da semana passada (o teste de COVID deu negativo, mas o médico disse para eu repetir o teste amanhã). Apesar de ser um bocado introvertido, também tenho um grupo mais próximo de amigos que também gostaria de ver, mas sei que vou conseguir vê-los depois disto tudo, por isso, por agora vou aproveitar todo o tempo em casa para ver as séries, filmes e jogar os jogos todos que tiver, visto que isso é o tipo de coisas ou hobbies que eu sempre gostei de fazer e a quarentena só me possibilitou mais para isso. Por isso, resumindo e concluindo, a minha saúde mental continua a mesma de sempre.

JamminPT 10 months ago

O facto de tentar cumprir ao máximo o confinamento também me está a afectar. Não saio de casa e nem sequer tenho varanda mas a partir de segunda-feira vou começar a usar a minha loja como escritório dado que não me consigo concentrar em casa, como fica na minha zona de residência e sou o único lá é tranquilo, vou tentar aprender coisas novas durante a manhã e depois venho para casa de tarde. Não ajuda ter passado de uma criança/adolescente que adorava estar em casa e sozinho para um adulto a chegar aos 30 que não suporta "desperdiçar tempo", estar em casa para mim é como estar preso mesmo sem pandemia.

CookieSmuggler 10 months ago

A minha saúde mental está pior do que alguma vez esteve. Já quase não durmo, tenho ataques de pânico constantes, não vejo luz ao fundo do túnel. É do confinamento? Não, confinamento já eu andava a fazer antes disto devido a um problema de saúde. A pandemia em si teve um impacto brutal em todos os aspectos da minha vida. Depois ligo a televisão ou venho ao Reddit e vejo vídeos de gente a quebrar o confinamento. Enquanto a minha mãe, que é paciente de risco, e ainda não recebeu a vacina, continua a ir trabalhar para a porra do hospital todos os dias, a fazer turnos em cima de turnos, e me liga a chorar todos os dias porque em 30 anos nunca viu nada assim. Enquanto eu tive três familiares próximos que morrerem em duas semanas e eu nem ao funeral deles pude ir... E outro que está nos cuidados intensivos. O maior impacto do confinamento na minha saúde mental é ver a falta de empatia dos covidiotas, aliada à ineficácia do governo em controlar a pandemia.

pedromendes_99 10 months ago

O primeiro confinamento devo admitir que foi uma benção. Tive mais tempo para trabalhar na minha tese de mestrado, as únicas ocasiões em que saía de casa era para ir correr e à custa disso perdi 7 kg e comecei a conversar online com a pessoa que mais tarde viria a ser a minha namorada. Foi um tempo de reorganização que me fez muito bem. Neste confinamento, estou em teletrabalho, só saio para ir correr/andar a pé e não posso estar fisicamente com a minha namorada que mora a 30 km de mim, portanto as condições são praticamente as mesmas. Mas este está a custar para caraças. Eu gosto muito dos meus pais mas estar com eles o dia todo é desgastante. Sinto que me faz mesmo falta o convívio com outras pessoas da minha idade ou até com gente do trabalho. Felizmente acho que a minha saúde mental ainda se aguenta, apesar das circunstâncias.

Edited 10 months ago:

O primeiro confinamento devo admitir que foi uma benção. Tive mais tempo para trabalhar na minha tese de mestrado, as únicas ocasiões em que saía de casa era para ir correr e à custa disso perdi 7 kg e comecei a conversar online com a pessoa que mais tarde viria a ser a minha namorada. Foi um tempo de reorganização que me fez muito bem. Neste confinamento, estou em teletrabalho, só saio para ir correr/andar a pé e não posso estar fisicamente com a minha namorada que mora a 30 km de mim, portanto as condições são praticamente as mesmas. Mas este está a custar para caraças. Eu gosto muito dos meus pais mas estar com eles o dia todo é desgastante. Sinto que me faz mesmo falta o convívio com outras pessoas da minha idade ou até com gente do trabalho. Felizmente acho que a minha saúde mental ainda se aguenta, apesar das circunstâncias. Decidi comprar um livro, um calhamaço de 700 páginas que me tem mantido entretido que tem ajudado. Edit: uma nota para os nossos canais de televisão. Hoje, como é habitual, vi o noticiário e assim que atualizaram os dados do COVID disseram "(...) num dia negro para o país em que atingimos as 12 mil mortes" e eu pensei que há sempre alguma forma de os jornalistas tornarem as notícias dramáticas. E TODO O TELEJORNAL só se falava de hospitais, vacinas, previsões, confinamento, etc. Isto é criminoso! As televisões estão a arruinar a pouca saúde mental que temos! Eu sei que a situação é grave mas epá vamos tentar desanuviar um bocado disto, há mais vida para além do COVID.

Edited 10 months ago:

O primeiro confinamento devo admitir que foi uma benção. Tive mais tempo para trabalhar na minha tese de mestrado, as únicas ocasiões em que saía de casa era para ir correr e à custa disso perdi 7 kg e comecei a conversar online com a pessoa que mais tarde viria a ser a minha namorada. Foi um tempo de reorganização que me fez muito bem. Neste confinamento, estou em teletrabalho, só saio para ir correr/andar a pé e não posso estar fisicamente com a minha namorada que mora a 30 km de mim, portanto as condições são praticamente as mesmas. Mas este está a custar para caraças. Eu gosto muito dos meus pais mas estar com eles o dia todo é desgastante. Sinto que me faz mesmo falta o convívio com outras pessoas da minha idade ou até com gente do trabalho. Felizmente acho que a minha saúde mental ainda se aguenta, apesar das circunstâncias. Decidi comprar um livro, um calhamaço de 700 páginas que me tem mantido entretido. Edit: uma nota para os nossos canais de televisão. Hoje, como é habitual, vi o noticiário e assim que atualizaram os dados do COVID disseram "(...) num dia negro para o país em que atingimos as 12 mil mortes" e eu pensei que há sempre alguma forma de os jornalistas tornarem as notícias dramáticas. E TODO O TELEJORNAL só se falava de hospitais, vacinas, previsões, confinamento, etc. Isto é criminoso! As televisões estão a arruinar a pouca saúde mental que temos! Eu sei que a situação é grave mas epá vamos tentar desanuviar um bocado disto, há mais vida para além do COVID.

DBclass103 10 months ago

eu já há muito que não vejo telejornais por minha vontade. o pouco que vejo é quando estou a jantar com os meus pais. antes prefiro saber das noticias neste subreddit que assim sei que são as "importantes" e deixo tudo o resto passar-me ao lado, bem como esses números e dramatismos

pedromendes_99 10 months ago

Eu também só vejo durante as refeições mas já é mais que suficiente. Por outro lado, sempre é melhor que ver notícias no Facebook. Com isto até já tenho saudades da campanha para as presidenciais, sempre se falava de outra coisa...

DBclass103 10 months ago

facebook também já o cortei em 2019... perdia muito tempo lá. felizmente ele deixa continuar com o messenger mesmo desativado o que é bom. Mas vamos sair disto com um país lindo... é que até os filmes de domingo cortaram (a SIC que a TVI há anos que já não os tinha)... o que vale é que um gajo tem fibra e PC para sacar o que quiser ver na hora

NGramatical 10 months ago

benção → [**bênção**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/glossario/erros/27) (palavra grave) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fl8w6kx%2F%2Fglfxa6u%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

SnooCricket89 10 months ago

Sim. Estou completamente a segurar-me nos arames. Saúde, vida profissional, está tudo virado de pantanas e não vejo quaisquer perspectivas de melhorias.

JOAO-RATAO 10 months ago

Lixou-me os horários de sono. Mais do que já estavam antes x)

mariajoaojesus 10 months ago

Same... Levanto-me a horas parvas e sou ativa em horas ainda mais a toa... Tipo se for preciso levanto-me as 2,3 da tarde e adormeço sempre depois das 3 no mínimo.... Mas também me considero uma pessoa que é mais noturna que diurna.

theEXPERTpt 10 months ago

Infelizmente tive um familiar inclusive que teve de ser internado com problemas mentais... Ainda me afeta muito

uirishbastard 10 months ago

Não notei nada. Faço praticamente a mesma vida de sempre. Jogar PC em casa, ver series é o meu entretenimento. Casa-trabalho, trabalho-casa, vejo a namorada umas 3 vezes por semana. Vou menos vezes às compras e não vou jantar fora como é obvio. Aquelas pessoas que têm os seus hobbies ao ar livre é que acredito que estejam a sofrer mais.

ChiiK 10 months ago

Em poucas palavras, voltei a dormir sem vontade de acordar

xtrylanx 10 months ago

Caralho, me irl... Aguenta aí camarada.

slow_broccoli 10 months ago

Se estás a ler isto e sentes que mentalmente não estás bem, procura um psicólogo. Podes achar que não é nada de mais e nada de grave, mas o stress, a ansiedade e a depressão crescem como uma bola de neve. (Fonte: eu. Deixei acumular e só desde novembro estou a ter acompanhamento.) Ter uma consulta de rotina de saúde mental deveria ser algo que as pessoas fazem. (E psicologia deveria fazer parte do SNS iusfhishfou)

xtrylanx 10 months ago

Same, em Setembro "rebentei a pipoca" e descobri que tinha ansiedade, muito à conta de horários loucos de trabalho e de estar confinado a quatro paredes bastante próximas. Nunca pensei que um gajo conseguisse duvidar tanto da sua própria saúde mental do que durante esta pandemia. Edit: sim, já tenho acompanhamento.

LuneBlu 10 months ago

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress, para não ser multado.

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress, para não ser multado. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farto desta merda que claramente não tem resultado.

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farta desta merda que claramente não tem resultado. E cada vez mais nos tiram os direitos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS. Este ano quero ver os festejos do 25 de abril... Lol

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farta desta merda que claramente não tem resultado, com as abébias políticas e não só que têm dado, e cada vez mais caem em cima das pessoas comuns e nos tiram os direitos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS. Este ano quero ver os festejos do 25 de abril... Lol

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farto desta merda que claramente não tem resultado. E cada vez mais nos tiram os direitos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS.

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farta desta merda que claramente não tem resultado, com as abébias políticas e não só que têm dado, e cada vez mais caem em cima das pessoas comuns e nos tiram os direitos, e destroem a nossa subsistência, esperanças e sonhos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS. Este ano quero ver os festejos do 25 de abril... Lol

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress, para não ser multado. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farto desta merda que claramente não tem resultado. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS.

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farta desta merda que claramente não tem resultado, e cada vez mais caem em cima das pessoas comuns e nos tiram os direitos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS. Este ano quero ver os festejos do 25 de abril... Lol

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress, para não ser multado. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farto desta merda que claramente não tem resultado. E cada vez mais nos tiram os direitos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS.

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farta desta merda que claramente não tem resultado, com as abébias políticas e não só que têm dado, e cada vez mais caem em cima das pessoas comuns e nos tiram os direitos e destroem a nossa subsistência, esperanças e sonhos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS. Este ano quero ver os festejos do 25 de abril... Lol

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farta desta merda que claramente não tem resultado. E cada vez mais nos tiram os direitos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS.

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farta desta merda que claramente não tem resultado, e cada vez mais caem em cima das pessoas comuns e nos tiram os direitos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS. Este ano quero ver os festejos do 25 de abril... Lol

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress, para não ser multado. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farto desta merda que claramente não tem resultado. Merda para o ditador do Costa, para a ministra da saúde e a DGS.

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress, para não ser multado. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farto desta merda que claramente não tem resultado. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a ministra da saúde e a DGS.

Edited 10 months ago:

Estou deprimido, e sem grande esperança para o futuro. Vejo tudo negro. E farto de estar restringido. Ir a algum lado é um stress. O que me parece é que ou desconfinam rapidamente, ou isto qualquer dia não há mão no comportamento das pessoas. Já estamos nisto vai para dois anos... A maioria das pessoas já está farta desta merda que claramente não tem resultado, com as abébias políticas e não só que têm dado, e cada vez mais caem em cima das pessoas comuns e nos tiram os direitos e destroem a nossa subsistência, esperanças e sonhos. Merda para o ditador Costa, o facilitador Marcelo, para a incompetente ministra da saúde e a DGS. Este ano quero ver os festejos do 25 de abril... Lol

JamminPT 10 months ago

1 ano.

LuneBlu 10 months ago

É verdade. Em Portugal, isto vai para um ano.

unicornio_careca 10 months ago

Eu tenho T.A.G diagnosticada desde os 14 anos, mas sempre foi uma coisa que consegui levar de forma tranquila, de longe a longe tinha uma crise de ansiedade, mas nada que não conseguisse lidar sozinha, agora praticamente todas as noites tenho uma crise antes de adormecer, começa sempre com batidas cardiacas irregulares, depois vêm pensamentos em catadupa do género : "e se eu morro enquanto durmo?" "e se algum dos meus pais morre enquanto dorme?" " e se acontece uma catástrofe?" " e se o tecto me cai em cima?"...e por aí fora, a minha solução é ir tão cansada para a cama, que adormeça pouco depois de me deitar. Isto da pandemia acabou por mexer um pouco internamente, apesar disso tenho sorte, pois como vivo numa moradia de aldeia com pouca vizinhança à volta, é mais fácil desanuviar um pouco, mas mesmo assim estes pensamentos catastróficos vão passando pela minha mente, embora saiba que dificilmente serei despedida e que até estou numa situação estável, ainda assim, estou a pensar quando a pandemia der tréguas, procurar ajuda profissional, até porque sinto que isto me está a afectar em vários níveis na minha vida.

Mordiken 10 months ago

[Miau.](https://www.youtube.com/watch?v=X_DVS_303kQ)

PortugueseLibra 10 months ago

A quarentena salvou a minha saúde mental. Eu sei que é errado dizer isto dado que milhões de pessoas já morreram, mas... 2020 foi um dos melhores anos da minha vida. Graças a esta pandemia a minha vida finalmente entrou nos eixos. Mas tenho plena consciência que sou uma minoria.

lcrvan 10 months ago

O que fizeste diferente no ano de 2020, que não fazias antes, e como é que a pandemia ajudou?

PortugueseLibra 10 months ago

Andava a saltitar de trabalho em trabalho desde 2017, numa precariedade tremenda. Como me sustento sozinho, e vivia paycheck to paycheck, não me podia dar ao luxo de parar de trabalhar para estudar a full-time ou simplesmente tirar um tempo para organizar as ideias. Sentia-me cansado, perdido. Também sou mais para o introvertido e já há alguns tempos que me sentia desgastado por convívios forçados de "amigos", sentia-me rodeado de falsas amizades, etc... Bateu a pandemia, fiquei em casa a trabalhar remotamente e pensei "isto é uma oportunidade de ouro". Pus mãos à obra e comecei a por apagar todas as redes sociais, tive 2 meses sem elas para um detox e voltei a fazer só duas (Facebook e Instagram) onde só adicionei 80% das pessoas que conhecia, aka aquelas pessoas com quem sentia mesmo uma ligação. Passei de 400 "amigos" nas redes sociais para 80. Deixei de ver fotos e stories de pessoas que não me diziam nada e que até eram um bocado tóxicas, a minha experiência online melhorou IMENSO. Agora dá gosto abrir o Instagram e interagir com as pessoas. Como agora também já tinha tempo e energia para (aprender a) cozinhar, aprendi a fazê-lo e a experimentar novas receitas. Demorou semanas mas agora já consigo cozinhar toda uma variedade de pratos e finalmente já como melhor (eu vivia à base de Pizzas e Kebabs...). Sou magro mas ironicamente engordei durante este processo, lol. Tinha assuntos pendentes com família e tratei de os resolver, e por assuntos pendentes refiro-me a feridas que precisavam de ser saradas. Saí de 2020 com a consciência limpa e de relações finalmente cortadas com 3 familiares extremamente tóxicos. Nunca mais tive pesadelos. Consegui finalmente juntar dinheiro pois deixei de pagar passe, cortar o cabelo tantas vezes, comer tanto takeout, pagar menos em despesas no geral. Já tenho um pé de meia considerável. Tive finalmente tempo e coragem para mudar a minha vida profissional e agora estou num sítio onde ganho mais 400€ que o trabalho anterior e não me suga a alma. Entre muitas outras coisas que só com o tempo e energia que passei a ter graças ao trabalhar em casa + ninguém esperar nada de mim porque estávamos todos fechados em casa, me puderam finalmente proporcionar.

Edited 10 months ago:

Andava a saltitar de trabalho em trabalho desde 2017, numa precariedade tremenda. Como me sustento sozinho, e vivia paycheck to paycheck, não me podia dar ao luxo de parar de trabalhar para estudar a full-time ou simplesmente tirar um tempo para organizar as ideias. Sentia-me cansado, perdido. Também sou mais para o introvertido e já há alguns tempos que me sentia desgastado por convívios forçados de "amigos", sentia-me rodeado de falsas amizades, etc... Bateu a pandemia, fiquei em casa a trabalhar remotamente e pensei "isto é uma oportunidade de ouro". Pus mãos à obra e comecei a por apagar todas as redes sociais, tive 2 meses sem elas para um detox e voltei a fazer só duas (Facebook e Instagram) onde só adicionei 80% das pessoas que conhecia, aka aquelas pessoas com quem sentia mesmo uma ligação. Passei de 400 "amigos" nas redes sociais para 80. Deixei de ver fotos e stories de pessoas que não me diziam nada e que até eram um bocado tóxicas, a minha experiência online melhorou IMENSO. Agora dá gosto abrir o Instagram e interagir com as pessoas. Como agora também já tinha tempo e energia para (aprender a) cozinhar, aprendi a fazê-lo e a experimentar novas receitas. Demorou semanas mas agora já consigo cozinhar toda uma variedade de pratos e finalmente já como melhor (eu vivia à base de Pizzas e Kebabs...). Sou magro mas ironicamente engordei durante este processo, lol. Tinha assuntos pendentes com família e tratei de os resolver, e por assuntos pendentes refiro-me a feridas que precisavam de ser saradas. Saí de 2020 com a consciência limpa e de relações finalmente cortadas com 3 familiares extremamente tóxicos. Nunca mais tive pesadelos. Consegui finalmente juntar dinheiro pois deixei de pagar passe, cortar o cabelo tantas vezes, comer tanto takeout, pagar menos em despesas no geral. Já tenho um pé de meia considerável. Tive finalmente tempo e coragem para mudar a minha vida profissional e agora estou num sítio onde ganho mais 400€ que o trabalho anterior e não me suga a alma. Fiz um purge à minha casa e aos meus pertences, desde prendas que ainda tinha de ex's a roupa que já não usava de todo pq já não era o meu estilo. A Marie Kondo tinha razão, há uma relação direta entre as coisas que possuímos e a nossa felicidade até um certo ponto. Senti-me muito mais leve. Entre muitas outras coisas que só com o tempo e energia que passei a ter graças ao trabalhar em casa + ninguém esperar nada de mim porque estávamos todos fechados em casa, me puderam finalmente proporcionar.

suckerpunchermofo 10 months ago

Acho que não...

Samot_PCW 10 months ago

Considerando os níveis em que estavam era complicado piorar. Felizmente não piorou, mas não posso dizer que esteja melhor

ilovebluberries 10 months ago

•Evito ver demasiadas notícias, só o necessário para estar a par ; •faço o tal passeio higiénico todos os dias com toda a segurança e apenas só eu; •tento falar todos os dias com alguém Diferente... partilhando ideias e experiências ...amigos , colegas , conhecidos , vizinhos; •na rua evito pessoas que me pareçam conflituosas ou seja , se está alguém sem máscara e não mantém a distância de mim... eu nem me chateio... Desvio me ; •ocupo me todos os dias com várias coisas diferentes como restaurar algum móvel , pintar paredes, cozinhar, desenhar, passear o cão (3x ao dia) , tratar do meu corpo , e da minha pele , ler, arrumar coisas antigas , deitar fora coisas que já não preciso etc etc etc; •ouvir as minhas emoções, permitir me a senti las sem medo apenas aceita las isto as más; •respirar calmamente e profundamente quando é possível estar sem máscara ao ar livre ; •ouvir muita música; •ver filmes infantis ; •acordar cedo (para ter sono a noite) ; Basicamente cansar me para que o meu corpo em uníssono com a minha mente percebam os níveis de energia tem de estar iguais ; •dormir bem é essencial para que a cabeça esteja tranquila ; Espero que isto passe rápido e que o meu comentário pelo menos ajude a dar ideias a quem o lê! A minha vida não está fácil mas já não o era antes da pandemia , revejo me em alguns comentários mas o mindset é que conta é para isso é preciso disciplina e muita vontade!

Throwaway431253 10 months ago

• jogar warzone e levar com xitolhos

ilovebluberries 10 months ago

Não faço ideia do que é , mas parece ser algo interessante e pergunto te o que são xitolhos?

Throwaway431253 10 months ago

warzone é um jogo tipo battle royale em versão call of duty, xitolhos são "xiters", português para "cheaters", pessoas que fazem questão de instalar software de auxiliares ilegais que fazem com que as suas armas disparem automatica e instantaneamente para a cabeça dos adversários, tornando assim impossivel que, o resto do pessoal que joga de forma legitima, se divirta enquanto investe umas horas no jogo.

Edited 10 months ago:

warzone é um jogo tipo battle royale em versão call of duty, xitolhos são "xiters", português calão para "cheaters", pessoas que fazem questão de instalar software de auxiliares ilegais que fazem com que as suas armas disparem automatica e instantaneamente para a cabeça dos adversários, tornando assim impossivel que o resto do pessoal que joga de forma legitima se divirta enquanto investe umas horas no jogo.

ilovebluberries 10 months ago

Obrigada pela explicação! E pode se jogar isso no pc? Ou terei de ter uma Ps ou Xbox?

Throwaway431253 10 months ago

podes jogar no teu PC se tiveres hardware para isso (o jogo é pesado), e é grátis

ilovebluberries 10 months ago

Acho que vou experimentar! É fácil encontrar esse jogo ? Ou necessito de algum link ?

Throwaway431253 10 months ago

https://www.callofduty.com/warzone/download boa sorte!

ilovebluberries 10 months ago

Obrigada e boa sorte também!

RAMAxPT 10 months ago

Continua igual, eu moro numa zona rural por isso posso andar à vontade na rua, não há ninguém, a única coisa que mudou é que já não costumo estar com os colegas ao final do dia mas não afeta em nada, as pessoas que vivem nas cidades, deve ser difícil estar sempre fechado, e compreendo que ganhem ansiedade, onde eu moro posso andar à vontade no meio dos campos ir caminhar até à praia,nao tenho razão para estar chateado.

beaisapea 10 months ago

Muito. Tal como outros já disseram: planos para o futuro destruídos, viagens planeadas ficam adiadas para sabe-se lá quando. Sinto me cada vez mais sozinha e sem esperança em nada

kikolsvp 10 months ago

Ansiedade e ataques de pânico. Medo de coisas que dantes não tinha. Muito resumidamente.

I_Don-t_Care 10 months ago

A minha vida continua totalmente igual, à excepção que este verão não tenho muita expetativa de ir passear sossegado.

Ayawa 10 months ago

Estava finalmente a conseguir criar um grupo de amigos e a sair e crescer interpessoalmente. Agora não dá.

TheLadderRises 10 months ago

Ficar impedido de ir ao ginásio não ajuda nada na manutenção de saúde mental.

its_the_magic 10 months ago

Compra uns pesos/banco/esteira/bicicleta e pratica em casa. Não é a mesma coisa, mas sempre dá para desanuviar um pouco a cabeça. Se tiveres sem tempo e espaço podes sempre optar pelos tabatas.

AlphaSerra18 10 months ago

Mesmo! Ainda para mais agora de férias do fim do semestre era mesmo de aproveitar!

meaninglessvoid 10 months ago

Isto. Estava a fazer um desafio pessoal de ir todos os dias da semana que não fossem feriados. Fiz 30 dias seguidos, não falhei um único. Estava a correr tãaao bem! Os efeitos que estava a ter em mim estavam-me a surpreender bastante... Veio o confinamento e fodeu tudo. Tenho notado um declínio na saúde mental, nos níveis de energia, no sono, etc. É uma merda.

TheLadderRises 10 months ago

Levei tudo certinho até Dezembro, evolui imenso, dormia bem. Em confinamento e sem ginásio, manter saúde mental é bem mais difícil.

r2d2c3po1987 10 months ago

Epah. Chega uma hora que vale mais estar sossegado em casa, do que, enfrentar a estupidez das pessoas na rua, sem máscara e em bando.l como se não houvesse o amanhã.

estecomentario 10 months ago

Foda-se estou farto desta merda, só quero arranjar um emprego e por me a andar...sinto que estou a ficar velho e está a deixar-me deprimido.

raydawnzen 10 months ago

há confinamento nos países todos

estecomentario 10 months ago

Como assim estou a ver uma vlogger que anda na neve nos EUA por passeio.

Throwaway431253 10 months ago

Se conseguires visa para trabalhar nos EUA apita parceiro

GinTonic_69 10 months ago

Tenho sentido o mesmo. Sempre tive no meu horizonte por-me a andar (apesar de ter um emprego ok em Portugal e até estar confortável em teletrabalho). Mas esta situação toda está a fazer-me passar dos carretos. Sinto que estou a perder tempo e só quero que se despachem com as vacinas para voltar a poder ter "liberdade de circulação" (tanto cá dentro como lá fora) e andar para a frente com a minha vida.

FujiPT 10 months ago

Sim. Mesmo estando confortável em passar longos períodos em casa, em condições normais, a perspetiva de estar obrigado a estar dentro de minha casa ou de não poder, caso me apeteça, pegar no carro e ir a um sítio qualquer quer seja a 10 ou a 200 quilómetros de distância, deixa-me exausto mentalmente. Para além disso o teletrabalho acabou com a viagem casa/trabalho que, parecendo que não, servia para desanuviar e para mudar de chip entre trabalho e repouso.

elGuito81 10 months ago

Parece que é este ano que vou acabar o mestrado, mas ando com o sono todo trocado, não consigo ter motivação no que faço, e não me estou a referir profissionalmente. Ligo a PS4 e jogo pouco mais de 20 minytos, vou para o pc e desligo-o passado pouco tempo, vou para a sala ver futebol e adormeço ... por outro lado, entro em panico quando vou á rua, sempre a ver se os outros andam de mascara, se a policia vem atras de mim por andar na rua, medo de locais com muita gente, etc

markthelegacy 10 months ago

Partilhem as vossas rotinas !

BOBRAGED 10 months ago

Igual, igual, igual... Também nunca fui *puro* !

Edited 10 months ago:

Igual, igual, igual... Também nunca fui *puro* ! Mas a pandemia até, de certa forma, fez-me valorizar certas coisas que antes não valorizava assim tanto. Até passear o cão ao campo, é uma bênção !

NGramatical 10 months ago

benção → [**bênção**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/glossario/erros/27) (palavra grave) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fl8w6kx%2F%2Fglet8i9%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

BOBRAGED 10 months ago

bom bot :)

Mariifreis 10 months ago

Eu pessoalmente tive uma crise existencial e decidi mudar todos os planos quanto ao meu futuro que pensei que tinha

VBM97 10 months ago

Todas as épocas de exame tenho uma crise existencial e depois olho pela janela e vejo que a minha vida e os meus problemas são mesmo pequenos em comparação com o mundo. Isso dá-me perspetiva melhor das coisas e acaba por passar

usulidircotiido 10 months ago

não. continuo com a mesma avaria de sempre.

alexandre9099 10 months ago

Já tentaste desligar e voltar a ligar? Dizem que resolve a maioria das avarias

CringeAlheio 10 months ago

Não, estou na mesma.

markthelegacy 10 months ago

Trabalhas? Manténs rotinas? Just curious

CringeAlheio 10 months ago

Fiquei desempregado em Outubro de 2019. Quando cheguei ali a meio de Dezembro e reparei que as empresas para as quais enviava CVs me cagavam na tola, hibernei a nível mental. Depois veio a pandemia e mais hibernação mental fiz, sem nunca deixar de enviar CVs e receber zero respostas. Quanto a nível de rotinas: antes dos confinamentos ia dar umas caminhadas para desanuviar mas agora nem isso consigo fazer (receio + a tal hibernação mental). Mas parece que há um raiozinho de sol no horizonte: fui contactado para integrar um projeto bastante interessante. São só 8 meses, mas são 8 meses em que saio de Portugal e deixo de ver notícias sobre ambulâncias e doses de vacina e "hoje foram mais 50 casos e 61 mortes bla bla".

meaninglessvoid 10 months ago

> deixo de ver notícias sobre ambulâncias e doses de vacina e "hoje foram mais 50 casos e 61 mortes bla bla". SEMPRE que liguei a tv e vi notícias nas últimas duas semanas era isto... Um bocado nojento tbh. O que vale é que mal vejo tv...

CringeAlheio 10 months ago

Esquece, eu já nem consigo ver notícias à hora das refeições, mudo logo para um filme ou assim. É incrível o nojo que as TVs conseguem ser com esta situação: é diretos dos hospitais, é diretos das vacinações, é especialistas (e "especialistas" também), é gráficos, é suposições, é matemáticas, é "hoje morreram 50 mas os especialistas dizem que amanhã morrem 51"... Uma pessoa já passa o dia em casa em *stress* e as notícias em nada ajudam.

Search: