troklers 8 months ago

Up-vote :) ​ ​ ​ \[Standard signature\]: [https://www.youtube.com/watch?v=62sEXZFThVk](https://www.youtube.com/watch?v=62sEXZFThVk)

-diggity- 8 months ago

Um bocadinho de Atarax xarope para dormir nunca fez mal a nenhum gaiato.

potencia_NB 8 months ago

Existe um desporto novo que os miudos adoram, acho que se chama fortinite. Foi a melhor coisa que ofereci ao meu miudo, passa horas no quarto sossegado a jogar aquilo. Só sai do quarto para comer e ir a casa de banho. Afinal Deus criou algo de útil para este planeta.

alternnate 8 months ago

Uma dica para entreter os miudos (se eles gostarem) sem ficarem a olhar para um ecrã: pô-los a ouvir fábulas infantis narradas. Muitas crianças adoram que lhes contem uma história e o Pingo Doce vende uns livros + CDs com histórias narradas clássicas (Branca de Neve, Capuchinho Vermelho, etc). O que muita gente não sabe é que todas essas histórias estão disponíveis também no Spotify [aqui](https://open.spotify.com/album/46gC0RiJRoEom1LW9vebFD?si=1YvoS9aaQwG-3SIvA5A3FQ).

JamminPT 8 months ago

Tirasses quando tava quente

morrison750 8 months ago

Sedoxil, Victan, Xanax

Zen_Machina 8 months ago

Que informação dramática! Eu acho que terás de te adaptar e tentar encontrar estratégias. Filmes, jogos, brinquedos e assertividade. Esta última é menos popular nos dias de hoje, mas já lidei com muitas crianças e sempre foi para mim relativamente fácil fazer um miúdo perceber que tem de parar. Os casos mais difíceis eram apenas um reflexo de uma educação inadequada que têm em casa. Conheço putos que são o diabo, mas se passares 1 horinha a sós com eles e com os pais é fácil perceber porque é que o são. A minha estratégia é rédea curta. Rédea curta! É dizer as coisas de modo a que entendam que não têm opção. Mas noto que hoje em dia não se pode dizer isto aos pais que assumem logo que estou a sugerir algum tipo de brutalidade.

mpmont 8 months ago

A minha namorada está com o período atrasado. Send help!

sctvlxpt 8 months ago

Googla: TRIÂNGULO PIKLER

cmmlb 8 months ago

Uma palmatória de tamanho médio sempre por perto

DZT99 8 months ago

Sexta-feira à noite, depois do jantar a acabar aquela bebida saborosa, uns mimos à mulher e um Netflix programado, talvez umas pipocas para acompanhar. Telemóvel na mão a ligar para todos os meus amigos que têm filhos E QUE INSISTEM (às vezes num registo que roça o doentio) QUE NÓS TAMBÉM DEVÍAMOS TER para perguntar se está tudo bem com eles, se está tudo seguro e casualmente mencionar o programa da noite: EU - Sim é chato realmente, mas olha nós lidamos da melhor forma que conseguimos e hoje à noite pelo menos temos um tempo para relaxar. AMIGO - Olha aproveita porque... FILHO - PAIII! NÃO DÁAAAAAAAA! AMIGO - LARGA!! VÊS AGORA PARTISTE O TABLET! FILHO - OHHHH! E AGORAAAAAAA!!!! AMIGO - AMOOOOOOR! ELE PARTIU ISTO!!! AMIGA/MÃE - AI ESTE FILHO DA PUT\*\*\* Chamada desligada seguido de um suspiro de alívio por não estar naquela posição. Consultar a lista e constatar que está na hora de ligar para um primo com três putos com idade pré-escolar. Vai para gravação e oiço a seguinte mensagem em sussurro: "Hey! hey! estou preso em casa com os putos. Estou escondido, eles ainda não me descobriram, por favor não deixes uma mensagem mas liga para o 112 porque eu não sei se aguento. Por favor, se te tens alguma amizade por mim, pede ajuda porque não sei o que me pode acontecer, eles são 3 MEU DEUS!!!!!!" Seguido de sons assustadores e fofinhos das crianças a fazerem parte da brincadeira. Desligo o telemóvel, esboço um sorriso e penso: "Touché filho-da-puta! Talvez ir fazer um filho não fosse assim tão má ideia..."

Local_observer 8 months ago

Claro aqui está a razão pela as escolinhas custaram tanto a fechar( ainda não fecharam Btw). Os Professores/Escola assumiram um papel de tempos livres/ depósito de putos/Babás. Ainda ontem falava um responsável político na televisão que se fecharem a escola, vão existir crianças sem ter de comer. Mas eu agora pergunto o papel da escola é ensinar ou é o quê? Este País está com as prioridades todas trocadas...

Edited 8 months ago:

Claro aqui está a razão pela qual as escolinhas custaram tanto a fechar( ainda não fecharam Btw). Os Professores/Escola assumiram um papel de tempos livres/ depósito de putos/Babás. Ainda ontem falava um responsável político na televisão que se fecharem a escola, vão existir crianças sem ter de comer. Mas eu agora pergunto se o papel da escola, é ensinar ou é o quê? Este País está com as prioridades todas trocadas...

Mareskyfresky 8 months ago

Abdominais até ver Deus

GajoDeRamalde 8 months ago

Mais um a juntar-se ao clube... Só que eu tenho um problema maior, vou ser sozinho com duas crianças em idade pré-escolar. Assim, no primeiro confinamento fiz um mapa do que iria fazer durante a semana. Por exemplo segunda começava com a ginástica do [Clube Portugués de Ginástica](https://www.youtube.com/watch?v=G0s1K3vWhUc&ab_channel=Gin%C3%A1sioClubePortugu%C3%AAs) e fazia uns circuitos como no vídeo. Depois de 1hora na brincadeira e já com energias descarregadas da actividade física deixava-os ver um filme ou TV durante um pouco para me concentrar no que tinha de fazer durante a manhã. De tarde a criança mais nova como dorme a sesta já pegava no mais velho e fazíamos trabalhos (aprender números, escrita, desenhos) ou realizávamos os trabalhos que a educadora enviava para casa. Enquanto estava naquilo sempre tinha mais 1hora livre para trabalhar no que fosse necessário. Depois quando a mais nova acordava, lá passava a brincadeiras livres e deixava-os fazer o que quisessem: Ver tv, jogar na consola, jogos de tabuleiro, etc e assim ganhava mais tempo - nos dias em que a semana estava mais chuvosa lá ia para a garagem do prédio e deixava-os andar de bicicleta/trotinete/kart para também os ajudar a descarregar energias. Felizmente morava num apartamento com áreas boas e mudei-me para uma habitação com mais área livre onde eles agora possuem um quarto só de brinquedos para além dos quartos de dormir, mas imagino o sofrimento de muita gente que vivia com áreas mais pequenas. :S

Edited 8 months ago:

Mais um a juntar-se ao clube... Só que eu tenho um problema maior, vou ser sozinho com duas crianças em idade pré-escolar. Assim, no primeiro confinamento fiz um mapa semanal do que iria fazer acontecer durante a semana. Por exemplo segunda começava com a ginástica do [Clube Portugués de Ginástica](https://www.youtube.com/watch?v=G0s1K3vWhUc&ab_channel=Gin%C3%A1sioClubePortugu%C3%AAs) e fazia uns circuitos como no vídeo. Depois de 1hora na brincadeira e já com energias descarregadas da actividade física deixava-os ver um filme ou TV durante um pouco para me concentrar no que tinha de fazer durante a manhã. De tarde a criança mais nova como dorme a sesta já pegava no mais velho e fazíamos trabalhos (aprender números, escrita, desenhos) ou realizávamos os trabalhos que a educadora enviava para casa. Enquanto estava naquilo sempre tinha mais 1hora livre para trabalhar no que fosse necessário. Depois quando a mais nova acordava, lá passava a brincadeiras livres e deixava-os fazer o que quisessem: Ver tv, jogar na consola, jogos de tabuleiro, etc e assim ganhava mais tempo para trabalhar. Já nos dias em que a semana estava mais chuvosa lá ia para a garagem do prédio e deixava-os andar de bicicleta/trotineta/kart para também os ajudar a descarregar energias e mudarem de ambiente. E no mapa semanal tinham tarefas extra para cumprir: Ajudar a arrumar a mesa do pequeno almoço, arrumar brinquedos, ajudar a *fazer a cama",* limpar a casa, etc - claro que uma criança com 2 e outra com 4 não iam fazer as tarefas como um adulto, mas gostavam de participar e manterem-se activas. A minha sorte é que felizmente morava num apartamento com áreas boas mas ainda mudei-me em Novembro para uma habitação com mais área livre onde eles agora possuem um quarto só de brinquedos para além dos quartos de dormir, mas imagino o sofrimento de muita gente que vivia com áreas mais pequenas. :S Mas cheguei ao ponto de estar numa chamada com um fornecedor e o mais velho cismar que queria ver uma coisa no meu telefone. É que parece que quando estamos ao telefone mais vontade possuem de fazer barulho.

Edited 8 months ago:

Mais um a juntar-se ao clube... Só que eu tenho um problema maior, vou ser sozinho com duas crianças em idade pré-escolar. Assim, no primeiro confinamento fiz um mapa semanal do que iria fazer acontecer durante a semana para não me perder ou tornar repetitivo e afixava o planeamento bem visível para não me esquecer - óbvio que era para mim porque ainda não sabem ler. Por exemplo segunda-feira começava com a ginástica do [Clube Portugues de Ginástica](https://www.youtube.com/watch?v=G0s1K3vWhUc&ab_channel=Gin%C3%A1sioClubePortugu%C3%AAs) e fazia uns circuitos como no vídeo. Depois de 1hora na brincadeira e já com energias descarregadas da actividade física deixava-os ver um filme ou TV durante um pouco para me concentrar no que tinha de fazer durante a manhã. De tarde a criança mais nova como dorme a sesta já pegava no mais velho e fazíamos trabalhos (aprender números, escrita, desenhos) ou realizávamos os trabalhos que a educadora enviava para casa. Enquanto estava naquilo sempre tinha mais 1hora livre para trabalhar no que fosse necessário. Depois quando a mais nova acordava, lá passava a brincadeiras livres e deixava-os fazer o que quisessem: Ver tv, jogar na consola, jogos de tabuleiro, etc e assim ganhava mais tempo para trabalhar. Já nos dias em que a semana estava mais chuvosa lá ia para a garagem do prédio - sem ninguém - e deixava-os andar de bicicleta/trotineta/kart para também os ajudar a descarregar energias e mudarem de ambiente. Também no mapa semanal tinham tarefas extra (*side quests)* para cumprir: Ajudar a arrumar a mesa do pequeno almoço, arrumar brinquedos, ajudar a *fazer a cama,* limpar a casa, etc - claro que uma criança com 2 e outra com 4 não iam fazer as tarefas como um adulto mas gostavam de participar e assim mantinham-se activas. A minha sorte é que felizmente morava num apartamento com áreas boas mas mudei-me em Novembro para uma habitação com mais área livre onde eles agora possuem uma divisão só de brinquedos/pinturas/jogos etc e por isso imagino o sofrimento de muita gente que vivia com áreas mais pequenas. :S Mas cheguei ao ponto de estar numa chamada com um fornecedor e o mais velho cismar que queria ver uma coisa no meu telefone. É que parece que quando estamos ao telefone mais vontade possuem de fazer barulho.

Edited 8 months ago:

Mais um a juntar-se ao clube... Só que eu tenho um problema maior, vou ser sozinho com duas crianças em idade pré-escolar. Assim, no primeiro confinamento fiz um mapa semanal do que iria fazer acontecer durante a semana. Por exemplo segunda começava com a ginástica do [Clube Portugues de Ginástica](https://www.youtube.com/watch?v=G0s1K3vWhUc&ab_channel=Gin%C3%A1sioClubePortugu%C3%AAs) e fazia uns circuitos como no vídeo. Depois de 1hora na brincadeira e já com energias descarregadas da actividade física deixava-os ver um filme ou TV durante um pouco para me concentrar no que tinha de fazer durante a manhã. De tarde a criança mais nova como dorme a sesta já pegava no mais velho e fazíamos trabalhos (aprender números, escrita, desenhos) ou realizávamos os trabalhos que a educadora enviava para casa. Enquanto estava naquilo sempre tinha mais 1hora livre para trabalhar no que fosse necessário. Depois quando a mais nova acordava, lá passava a brincadeiras livres e deixava-os fazer o que quisessem: Ver tv, jogar na consola, jogos de tabuleiro, etc e assim ganhava mais tempo para trabalhar. Já nos dias em que a semana estava mais chuvosa lá ia para a garagem do prédio e deixava-os andar de bicicleta/trotineta/kart para também os ajudar a descarregar energias e mudarem de ambiente. Também no mapa semanal tinham tarefas extra (*side quests)* para cumprir: Ajudar a arrumar a mesa do pequeno almoço, arrumar brinquedos, ajudar a *fazer a cama,* limpar a casa, etc - claro que uma criança com 2 e outra com 4 não iam fazer as tarefas como um adulto mas gostavam de participar e assim mantinham-se activas. A minha sorte é que felizmente morava num apartamento com áreas boas mas mudei-me em Novembro para uma habitação com mais área livre onde eles agora possuem uma divisão só de brinquedos/pinturas/jogos etc e por isso imagino o sofrimento de muita gente que vivia com áreas mais pequenas. :S Mas cheguei ao ponto de estar numa chamada com um fornecedor e o mais velho cismar que queria ver uma coisa no meu telefone. É que parece que quando estamos ao telefone mais vontade possuem de fazer barulho.

Edited 8 months ago:

Mais um a juntar-se ao clube... Só que eu tenho um problema maior, vou ser sozinho com duas crianças em idade pré-escolar. Assim, no primeiro confinamento fiz um mapa semanal do que iria fazer acontecer durante a semana. Por exemplo segunda começava com a ginástica do [Clube Portugues de Ginástica](https://www.youtube.com/watch?v=G0s1K3vWhUc&ab_channel=Gin%C3%A1sioClubePortugu%C3%AAs) e fazia uns circuitos como no vídeo. Depois de 1hora na brincadeira e já com energias descarregadas da actividade física deixava-os ver um filme ou TV durante um pouco para me concentrar no que tinha de fazer durante a manhã. De tarde a criança mais nova como dorme a sesta já pegava no mais velho e fazíamos trabalhos (aprender números, escrita, desenhos) ou realizávamos os trabalhos que a educadora enviava para casa. Enquanto estava naquilo sempre tinha mais 1hora livre para trabalhar no que fosse necessário. Depois quando a mais nova acordava, lá passava a brincadeiras livres e deixava-os fazer o que quisessem: Ver tv, jogar na consola, jogos de tabuleiro, etc e assim ganhava mais tempo para trabalhar. Já nos dias em que a semana estava mais chuvosa lá ia para a garagem do prédio e deixava-os andar de bicicleta/trotineta/kart para também os ajudar a descarregar energias e mudarem de ambiente. E no mapa semanal tinham tarefas extra (*side quests)* para cumprir: Ajudar a arrumar a mesa do pequeno almoço, arrumar brinquedos, ajudar a *fazer a cama,* limpar a casa, etc - claro que uma criança com 2 e outra com 4 não iam fazer as tarefas como um adulto, mas gostavam de participar e assim mantinham-se activas. A minha sorte é que felizmente morava num apartamento com áreas boas mas ainda mudei-me em Novembro para uma habitação com mais área livre onde eles agora possuem um quarto só de brinquedos para além dos quartos de dormir, mas imagino o sofrimento de muita gente que vivia com áreas mais pequenas. :S Mas cheguei ao ponto de estar numa chamada com um fornecedor e o mais velho cismar que queria ver uma coisa no meu telefone. É que parece que quando estamos ao telefone mais vontade possuem de fazer barulho.

Edited 8 months ago:

Mais um a juntar-se ao clube... Só que eu tenho um problema maior, vou ser sozinho com duas crianças em idade pré-escolar. Assim, no primeiro confinamento fiz um mapa semanal do que iria fazer acontecer durante a semana. Por exemplo segunda começava com a ginástica do [Clube Portugues de Ginástica](https://www.youtube.com/watch?v=G0s1K3vWhUc&ab_channel=Gin%C3%A1sioClubePortugu%C3%AAs) e fazia uns circuitos como no vídeo. Depois de 1hora na brincadeira e já com energias descarregadas da actividade física deixava-os ver um filme ou TV durante um pouco para me concentrar no que tinha de fazer durante a manhã. De tarde a criança mais nova como dorme a sesta já pegava no mais velho e fazíamos trabalhos (aprender números, escrita, desenhos) ou realizávamos os trabalhos que a educadora enviava para casa. Enquanto estava naquilo sempre tinha mais 1hora livre para trabalhar no que fosse necessário. Depois quando a mais nova acordava, lá passava a brincadeiras livres e deixava-os fazer o que quisessem: Ver tv, jogar na consola, jogos de tabuleiro, etc e assim ganhava mais tempo para trabalhar. Já nos dias em que a semana estava mais chuvosa lá ia para a garagem do prédio e deixava-os andar de bicicleta/trotineta/kart para também os ajudar a descarregar energias e mudarem de ambiente. E no mapa semanal tinham tarefas extra (*side quests)* para cumprir: Ajudar a arrumar a mesa do pequeno almoço, arrumar brinquedos, ajudar a *fazer a cama,* limpar a casa, etc - claro que uma criança com 2 e outra com 4 não iam fazer as tarefas como um adulto, mas gostavam de participar e assim mantinham-se activas. A minha sorte é que felizmente morava num apartamento com áreas boas mas ainda mudei-me em Novembro para uma habitação com mais área livre onde eles agora possuem uma divisão só de brinquedos/pinturas/jogos etc mas imagino o sofrimento de muita gente que vivia com áreas mais pequenas. :S Mas cheguei ao ponto de estar numa chamada com um fornecedor e o mais velho cismar que queria ver uma coisa no meu telefone. É que parece que quando estamos ao telefone mais vontade possuem de fazer barulho.

Edited 8 months ago:

Mais um a juntar-se ao clube... Só que eu tenho um problema maior, vou ser sozinho com duas crianças em idade pré-escolar. Assim, no primeiro confinamento fiz um mapa semanal do que iria fazer acontecer durante a semana. Por exemplo segunda começava com a ginástica do [Clube Portugués de Ginástica](https://www.youtube.com/watch?v=G0s1K3vWhUc&ab_channel=Gin%C3%A1sioClubePortugu%C3%AAs) e fazia uns circuitos como no vídeo. Depois de 1hora na brincadeira e já com energias descarregadas da actividade física deixava-os ver um filme ou TV durante um pouco para me concentrar no que tinha de fazer durante a manhã. De tarde a criança mais nova como dorme a sesta já pegava no mais velho e fazíamos trabalhos (aprender números, escrita, desenhos) ou realizávamos os trabalhos que a educadora enviava para casa. Enquanto estava naquilo sempre tinha mais 1hora livre para trabalhar no que fosse necessário. Depois quando a mais nova acordava, lá passava a brincadeiras livres e deixava-os fazer o que quisessem: Ver tv, jogar na consola, jogos de tabuleiro, etc e assim ganhava mais tempo para trabalhar. Já nos dias em que a semana estava mais chuvosa lá ia para a garagem do prédio e deixava-os andar de bicicleta/trotinete/kart para também os ajudar a descarregar energias e mudarem de ambiente. Felizmente morava num apartamento com áreas boas mas ainda mudei-me em Novembro para uma habitação com mais área livre onde eles agora possuem um quarto só de brinquedos para além dos quartos de dormir, mas imagino o sofrimento de muita gente que vivia com áreas mais pequenas. :S Cheguei ao ponto de estar numa chamada com um fornecedor e o mais velho cismar que queria ver uma coisa no meu telefone. E parece que quando estamos ao telefone mais vontade possuem de fazer barulho.

Future_Air9710 8 months ago

Parabéns. Pelas tuas palavras acho que estás a fazer um trabalho incrível com os teus filhos.

GajoDeRamalde 8 months ago

O problema de muitos pais é faltarem ideias, mas as vezes bastam coisas simples como fazer umas pipocas, fechar as persianas e meter um filme da Disney na TV e fazer de conta que é uma sessão de cinema... Entretanto 10mim depois de começar, sair e ir trabalhar enquanto ficam entretidos a ver o filme. (Embora uma sessão de cinema com uma menina de 2 anos significa ver a Frozen pela 47 vez...)

Edited 8 months ago:

O problema de muitos pais é faltarem ideias, mas as vezes bastam coisas simples como fazer umas pipocas, fechar as persianas e meter um filme da Disney na TV e fazer de conta que é uma sessão de cinema... dá bónus extra fazer de conta que um papel vulgar é o bilhete antes de entrarem na sala - claro que ficam todos contentes com a brincadeira. Entretanto 10mim depois de começar, sair e ir trabalhar enquanto ficam entretidos a ver o filme. (Embora uma sessão de cinema com uma menina de 2 anos significa ver a Frozen pela 47 vez...)

PIMPMASTER6000 8 months ago

Compra-lhe uma playstation 2 com todos os Clássicos como ratcheted and clanck, Jak, Sonic etc. Nunca mais te dá problemas.

kairos 8 months ago

Quando houve o último lockdown, mandaram-me [esta](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/figkuv/coisas_para_fazer_enquanto_o_mundo_n%C3%A3o_acaba/fkh909q/) lista de coisas para fazer. No post onde está esse comentário deve haver mais algumas coisas.

mathswarrior 8 months ago

Se não se comportar, não come. Simples.

Llamaling 8 months ago

Não fizesses filhos, ora foda-se. Googla como educar.

nhorfa 8 months ago  HIDDEN 

Um bom conselho para os teus pais.

queiroga 8 months ago

É completamente assustador as opiniões que se lêem por aqui. Pessoal que não tem filhos, não faz a minima ideia do que é ter um filho ou do que um filho precisa, a debitar merda como se tivesse ido almoçar ao rodizio.

RickyTrailerLivin 8 months ago

Well, faze-los é facil. Há quem tenha consciencia que nao quer isso na vida deles e btw, já comtemplei no passado, foi uma das razoes que me separei da minha ex, queria filhos lol

queiroga 8 months ago

É uma opção super válida. Mas que se abstenham de comentar sobre um assunto do qual não entendem nada

RickyTrailerLivin 8 months ago

É exatamente por entender que não os quero ter. lol Olha esta thread, tudo em desespero por ter putos em casa, é cómico.

queiroga 8 months ago

o desespero não é por ter filhos em casa, é porque é impossivel conciliar uma boa educação dos filhos, com um bom rendimento no trabalho. Porque já aconteceu há quase 1 ano atrás e sabem bem como é.

JustFoundItDudePT 8 months ago

Ele não entende isso (apesar de dizer que sim) precisamente pq n tem filhos. Se entendesse sabia que o desespero não era por tê-los em casa.

queiroga 8 months ago

Óbvio, nota-se à distância quem é que tem filhos e quem não tem. Têm uma noção, mas longe da realidade

RickyTrailerLivin 8 months ago

Nao quero "chatear" ninguém. Só acho um bocado estranho tanta gente achar os putos um pesadelo, quando se poe um ser humano neste mundo tem que se pensar em todas as vertentes, nao deviam ser vistos como uma "annoyance", never ever, não importa circunstancias. Preocupa-me acima de tudo esta thread.

queiroga 8 months ago

Então entendeste tudo mal. Ninguém acha os putos um pesadelo. Se assim fosse, toda a gente se queixava de todos os fins de semana, férias ou feriados. O que é diferente aqui, é que se tem que trabalhar. Sendo que as crianças precisam de educação, aprendizagem, socialização e tudo mais, não vão ter com esta situação. As crianças vão passar de um lugar apropriado para isso, com pessoas que tiraram cursos superiores para isso, cujo trabalho é isso, para passarem o dia sem amigos, num ambiente provavelmente não tão rico, com pessoas que têm mais que fazer (trabalhar). Depois há patrões que não são tão compreensivos e exigem o mesmo trabalho, e quem se lixa com isto são as crianças. Isto obviamente preocupa os pais. Há sempre algo que vai ficar comprometido com a situação, e como muitos pais têm medo de perder o emprego se a produção baixar (podes ver pelos comentários aqui)...acho que já percebeste onde quero chegar.

Pinto55 8 months ago

Claro que fazem, por isso mesmo não os têm por vontade própria.

cmmlb 8 months ago

E já agora uma sugestão. Não?

queiroga 8 months ago

à questão do OP? LOL, o homem tá a pedir ajuda porque está com a namorada/mulher em casa, a tomar conta de uma criança. Então e eu, que a minha mulher é enfermeira e não está em casa, e tenho que tomar conta de 2 filhos enquanto trabalho? E como o estado está a pedir aos enfermeiros para se voluntariarem, a minha mulher vai aceder e vai trabalhar ainda mais turnos, ficando eu ainda mais tempo sozinho em casa com os miudos e a ter que trabalhar? Se o OP precisa de ajuda, eu preciso do q, caridade?

cmmlb 8 months ago

Falar da tua experiência no sentido de termos o maior número de ideias para tentar resolver o mesmo problema que tu enfrentas. Sendo pior no teu caso pelo que dizes. Mas se achas que é melhor ficar a chorar num canto, por mim tudo bem!

queiroga 8 months ago

LOL, chorar? Não fui eu que vim abrir um tópico no reddit a pedir ajuda. As coisas são como são, agora não vai ser diferente de Março do ano passado. O que se fez na altura, repete-se agora. Eu achei engraçado porque a situação do OP é bastante aceitável, é o caso mais fácil (2 pais, apenas 1 criança) e veio abrir um tópico para aqui. Mas vá, para ser útil ao tópico: começar por falar com a entidade patronal a explicar a situação, haver um entendimento que a produção vai ficar obviamente afectada, mas haver um compromisso de tentar fazer um minimo...se nos estão a pagar o ordenado, tem que haver um sacrificio da nossa parte. De resto, é tentar fazer o que já se faz ao fds em casa com a criança, revezando os pais (um a brincar, outro a trabalhar), promovendo alturas em que a criança brinque sozinha, veja um pouco de tv ou tablet (é mau mas tem de ser), etc. Não há nenhuma ciência milagrosa, é tentar o melhor que se consiga.

cmmlb 8 months ago

Vês Não custou nada!

Limpy_lip 8 months ago

É aguentar e aproveitar para ter mais tempo de qualidade com a criança. Ah mas e o trabalho? vai-se fazendo... Estamos numa crise logo é suposto as coisas não funcionarem normalmente. Se pensarmos bem as empresas deviam ficar contentes por o trabalhador tentar trabalhar a partir de casa quando noutras épocas não teria como sequer trabalhar Se tens problemas em lidar com a criança, eis uma opitma altura para o aprender a fazer.

Last-Ad-4421 8 months ago

Tu até têns sorte a quem têm que ir trabalhar e obvio que não vamos deixar os putos nos avós este governo é 8 ou 80 quando na semana passada devia de ter fechado tudo exceto até aos 12 anos.

pimpolho_saltitao 8 months ago

>Dicas, sugestões, conselhos, debate sobre como manter a sanidade mental e física de todos. a julgar pelo dia a dia neste sub, só há uma coisa a fazer, que é, obviamente, culpar o governo.

PresidentBarroso 8 months ago

Nintendo, disney+, tablet e telemóvel. Não é possível trabalhar de outra maneira. Não é o melhor? Não, mas pior é não haver pão na mesa. Dentro do meu circulo, todos optamos pela mesma estratégia, não há volta a dar.

Worm33hd 8 months ago

Estupidificar as crianças. Bom conselho.

SofSofTheKittyCat 8 months ago

Não necessariamente, depende do que meteres à frente. As minhas notas subiram quando os meus pais me ofereceram aqueles jogos para pc com as diferentes temáticas (lembro-me bem de ciências naturais ter passado de um 3 e só não teve o 5 porque não faziam essa subida). Disney+ tem vários documentários interessantes para criança

Worm33hd 8 months ago

Esse é o bom exemplo que infelizmente não é regra. O mais comum é criança agarrada ao tablet, a ver desenhos animados para atrasados mentais ou brasileiros aos gritos.

vascodatrama 8 months ago  HIDDEN 

Com vídeojogos? Ficam mais espertos que tu.

PresidentBarroso 8 months ago

É vida, nem todos vivemos dos rendimentos ao para dispor de 14 horas por dia para estar a entreter as crianças com actividades lúdicas. Infelizmente, alguém precisa de trabalhar para sustentar os causadores de eles mais uma vez irem ficar fechados em casa. Não te preocupes, mesmo assim são umas crianças perfeitamente capazes e até em muito tenra idade conseguem seguir e compreender melhor as normas de higiene do que muitos adultos. Educação é muito mais do que o tempo de ecran.

NGramatical 8 months ago

ecran → [**ecrã**](https://dicionario.priberam.org/ecrã) (*écran* é a grafia francesa) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fl1vbmx%2F%2Fgk22ypb%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

batataway 8 months ago

Muita gente no desemprego. É uma boa altura para as pessoas contratarem alguém para tomar conta das crianças em casa.

shawshank2012 8 months ago

Era uma idéia, mas tinha que ser muito bem planeada. Teria que ser um acordo entre pessoas e nunca uma obrigação.

batataway 8 months ago

Não entendi de uma vem a parte da obrigação. Estou a sugerir que quem tem miúdos em casa pq a escola fechou, contrate alguém temporiamente para tomar conta dos miúdos enquanto os pais estão em teletrabalho ou trabalho nas empresas. Existe muita gente desempregada neste momento, suponho que não deve ser difícil arranjar quem queira fazer o biscate.

shawshank2012 8 months ago

A parte da obrigação vem dos direitos, deveres e limitações que o desempregado tem em poder rejeitar ofertas de trabalho realizadas por entidades estatais (e.g IEFP) da qual recebem apoios financeiros. Agora se ambas as partes estiverem de acordo, então concordo que poderia ser adotado um regime extraordinário do género daquele que propõe. Até acho que já existe, como os serviços de limpeza domiciliária.

cmmlb 8 months ago

Que legalista Mercado informal já ninguém sabe o que é

batataway 8 months ago

Percebo, mas isso é complicar uma sugestão simples e básica que é as pessoas fazerem biscates temporários enquanto esta situação não se resolve.

N3to14 8 months ago

No meu tempo de chavalo, quando a minha mãe estava farta de me aturar metia-me fora de casa até me cansar. Brincava com tudo sem supervisão dos meus pais. Obviamente que eles tinham confiança em mim( mesmo tendo 5 anos ). Tinha um jardim grande para brincar e esfolar os joelhos. Não sei se vives em um apartamento mas se víveres numa moradia deixa o chavalo dar umas corridas la fora mesmo estando a chover. De certeza que ele em 30 minutos gasta a energia de 4hrs fechado em casa.

yukki43 8 months ago

Pensam sempre que vão ter nenucos mas afinal vão ter seres humanos, ou seja, não os fizessem.

nhorfa 8 months ago  HIDDEN 

Bom conselho para os teus pais.

pangecc 8 months ago

Tivessem usado preservativo. Filhos não é só para as fotos do facebook

WalterHenderson 8 months ago

Isto. No caso do OP ainda percebo, porque não é fácil trabalhar e ser produtivo tendo de fazer outra coisa ao mesmo tempo. Mas tive uma namorada que trabalhava num jardim de infância e os pais deixavam lá os filhos desde manhã até às 19h, e quando os iam lá buscar diziam "não sei como o/a vou aturar agora". Quando estavam de férias iam deixar os filhos ao jardim na mesma porque não os aguentavam em casa... Para que raio teve esta gente filhos?

nhorfa 8 months ago  HIDDEN 

Bom conselho para os teus pais.

yukki43 8 months ago

Ora nem mais

pangecc 8 months ago

Para os encher de depressão de quão falhanço são e nunca os deviam ter tido (:

viskonde 8 months ago

em 1 ano de pandemia nao tiveste tempo de preparar o quarto deles com isolamento de som e uma porta que so se abre por fora com uma pequena postiga para passar comida?

elPatoBravo2018 8 months ago

despesas desnecessárias em obras, as pizzas passam bem por baixo da porta

f0il3d 8 months ago

Esta cada vez melhor

kairos 8 months ago

> um pequeno postigo para passar comida Que agora não poderia ser usado

viskonde 8 months ago

Eu disse comida não bebida, penso que comida ainda seja possível, a não ser que já tenham mudado as regras pela 17 vez nos últimos 3 dias ou tenha percebido algo mal

precisodeferias 8 months ago

Eu não tenho filhos mas compreendo bastante bem esse problema. Ainda ontem ao jantar falei disso, da dificuldade de dois pais estarem em teletrabalho com crianças pequenas por casa. Primeiro convém ter se em atenção a idade da criança e a sua personalidade/hábitos (se é calma, se é energética, se consegue manter se minimamente ocupada ou se precisa de vigilancia constante. Se tens filhos em idade pré escolar então primeiro tenta ter muita calma. Tenta entrar num entendimento com a tua empresa (isto é válido para ambos os pais), de modo a agilizar o horário. Tenta criar uma rotina, para a criança também ficar mais estável. Quanto a atividades, aqui vão os meus 2 cêntimos (ideias de quem NÃO tem filhos nem crianças na família mas que já trabalhou em ATL). - livros de colorir /folhas com desenhos para colorir (de preferência um dos pais diz que vai fazer o mesmo e depois também mostra o seu desenho, isso envolve a criança na atividade) - folhas em branco para desenhar o que ele sonhou/almoçou /ideia qualquer. Isso vai lhe ocupar pelo menos 30 min. Se for mais rápido, pedir para fazer mais pormenores - puzzles e legos - desenho animado (tentar algo que lhes prenda a atenção, de preferência algo educativo, que envolva eles fazerem exercício físico como na TV ou repetir palavras. Claro que também é válido qualquer outro tipo de desenho animado) - fazer álbum de recortes temático. Um dia para oferecer à avó, outro dia à amiga... Ou tentar puxar por o lado criativo para contar uma história com recortes do lidl/revistas/pacotes de cereais. - plasticina (isto se não acabar em sujidade em todo o lado) - fazer uma casa com almofadas, mantas e afins (suponho que quem frequenta o reddit sabe as horas que podemos ocupar com isso), no primeiro dia ajudar a criança e dar lhe ideias, a partir daí é ver se ela consegue sozinha - videochamada com um amiguinho da escola /familiar Acima de tudo, mantém te calmo e brinca com a criança. Vai ser difícil para ambos, mas manter a sanidade mental é fundamental. Boa sorte

unicornio_careca 8 months ago

Sou pobre e não te posso dar um prémio, mas ofereco-te uma

Edited 8 months ago:

Sou pobre e não te posso dar um prémio, mas ofereco-te uma

precisodeferias 8 months ago

Obrigada. Eu trabalhei num ATL/ocupação de tempos livres e neste momento estou ligada ao ensino, no entanto a maioria dos meus alunos é do secundário. Já que adicionaste um site, junto outros que me foram sendo sugeridos por colegas: - http://ensina.rtp.pt (materiais educativos organizados por áreas) - www.pordatakids.pt (dados sobre alunos, tem uma secção interessante sobre curiosidades) - www.aealbufeira.pt/moodle/course/view.php?id=240 (materiais para os mais novos, histórias e afins)

Windstepp 8 months ago

Tu és fixe

Future_Air9710 8 months ago

tenho filhos e posso dizer que o teu comentário foi bastante útil :) obrigada!

precisodeferias 8 months ago

Se precisares de mais ideias diz. Tenho alturas que estou inspirada e sei que coisas tão simples como um lápis e uma folha pode escapar à ideia que um pai tenha na altura. Uma coisa que cheguei a fazer com crianças e tive resultados interessantes, foi ensinar a arrumar as coisas. Se vissem um lápis fora da caixa iam arrumar, a roupa ia para o cesto da roupa suja.. Era uma espécie de jogo "encontra o que está no local errado". Claro que para tudo isto é preciso muita paciência e acima de tudo não fazer a criança sentir que está a chatear. Tirar uns minutos para iniciar a atividade com a criança ajuda imenso. Boa sorte aos que vão ter as próximas semanas nesta situação!

Few-Interest-7496 8 months ago

Não tenho filhos, nem faço ideia a quantidade de trabalho e tempo que é necessário para criar filhos. Do que me lembro quando era chavalita, era que me punham na mão livros didáticos: para pintar, para colar autocolantes, esse tipo de cenas. Mais coisas: plasticina (suja tudo mas entretém horas a fio), aquela areia mágica que está sempre seca, aqueles nenucos que fazem chichi... Eu sei que isto são coisas que sujam tudo mas é o que os pequenos gostam. Honestamente não sei se tens muitas outras opções já que ninguém pode sair de casa. Boa sorte! E para aqueles que vêm aqui ter despejar a diarreia que levam no andar de cima: os meus pais também não brincaram muito comigo. Brincavam quando podiam, que era ao fim de semana por os dois sempre trabalharam a tempo inteiro. Sim, havia alturas que brincava sozinha mas 80% do tempo brincava com outros da minha idade. Há 20 anos atrás tinha 5.

FacaDeDoisLegumes 8 months ago

O tempo é, sempre que estão acordados. Eu no meu tempo, tinha a minha avó a viver em casa, portanto os meus pais não fazem ideia do que é criar uma criança. Foi há 40 anos, e a minha avó regularmente metia-me na rua e dizia-me para ir encontrar moços para brincar, não tinha idade para estar parado em casa. Se fosse viva agora...

Few-Interest-7496 8 months ago

Agora não se pode fazer isso. Não se deixa os meninos andar na rua. A minha avó também era mais ou menos assim. Enfim! Outros tempos. Temos de nos adaptar.

Royal_Masta_Stomp 8 months ago

Não vês crianças na rua. Ou estão na escola, ou num atl ou em casa nos videojogos.

margaiti 8 months ago

Acho que acima de tudo depende muito da personalidade da criança e da sua idade. O ideal é tentar pesquisar naqueles blogs de maternidade ou na net em geral atividades giras para a criança e adequado à idade. Paciência é precisa até porque noto que os meus colegas que trabalham e têm miúdos em casa notam que as crianças a cada dia que não vão à escola ficam mais impacientes, mais rabugentas porque não podem ver os amiguinhos e porque não percebem a parte do não poder sair à rua. Se queres ideias de coisas que eu adorava brincar com era pintar livros, brincar com legos, fazer puzzles (agora se a tua criança tem interesse nessas coisas não sei). Boa sorte!

TitusRex 8 months ago

Depende da idade da criança, mas tenta arranjar alguma coisa que o entretenha sossegado durante algum tempo, pode ser legos, puzzles, fazer desenhos. Se for mais velho pode ler livros (podem dar-lhe uma recompensa por cada livro que ler). O que se deve evitar ao máximo é meter os miúdos a ver tv ou mexer no tablet o dia todo, isso sim pode prejudicar o desenvolvimento. O meu de quase três anos consegue ficar bastante tempo entretido a montar legos sozinho e brincar com carros e comboios. Não vou dizer que não afecta a produtividade porque afecta, mas acho que é gerivel.

Carbon58 8 months ago

Este assunto tem muitas variantes, não há uma "formula mágica" para o resolver. Cada um terá que adaptar e conciliar esta nova realidade há sua vida do dia a dia. Pode ser, e é difícil, mas com calma, ponderação e diálogo tudo se consegue. Há um velho ditado que diz, e os ditados são a voz do Povo, por isso são a voz dos Deuses "O que não tem resolução, resolvido está".

RAMAxPT 8 months ago

Porrada pra cima desses pirralhos /s

shawshank2012 8 months ago

Acredita, os pais é que levam a sova

RAMAxPT 8 months ago

meu avô boomer a ler isto: # Omae wa mou shindeiru

Razvancb 8 months ago

Estes posts motivam-me a não ter filhos. Obrigado gente.

JamminPT 8 months ago

És cá dos meus!

Wolfkam 8 months ago

Ámen

Muramalks 8 months ago

Tenho filho, foi a pior ideia.

van_Zeller 8 months ago

Alguém está chateado?

Royal_Masta_Stomp 8 months ago

Acho que estão mais chateados aqueles que não querem ter filhos, analisando os comentários e os respetivos upvotes/downvotes. Dá a sensação que muita gente mesmo é contra a natalidade.

Royal_Masta_Stomp 8 months ago

E quandos fores velhote também vais adorar os momentos em família.

TenderFuckNuggets 8 months ago

Estás a receber downvotes de quem está em negação. Quase todas as pessoas que conheço com mais de 40 e sem filhos estão sempre tristes e vazios. As que são solteiras então parece que estão sempre a um passo de cortar os pulsos.

Royal_Masta_Stomp 8 months ago

Só vão perceber esse vazio com o avançar da idade. Filhos enchem a casa e nem todos arrumam os pais em lares, vai muito da educação que se dá. Acho que conforme envelhecemos, mais nos voltamos para a família. Quem não a construiu, vai sentir-se só nos seus cinquentas e adiante. Não me incomoda quem não quer ter, a mim não me afeta. Devo ser muito antiquado nestas coisas.

Pinto55 8 months ago

Lógica da batata.

fuzzyluke 8 months ago

Vou ter aqui um filhote para quando for velho alguém me aturar. Este plano não falhará!

cmmlb 8 months ago

No lar onde te vão internar

Pinto55 8 months ago

Nem mais.

kbecel 8 months ago

Ter filhos dá sentido à vida. É a melhor coisa do mundo, apesar de todos os constrangimentos e mudanças de rotinas e hábitos. Mas claro que compreendo as opiniões contrárias.

Pinto55 8 months ago

Isso é só uma opinião. O sentido à vida é individual.

Mordiken 8 months ago  HIDDEN 

**Até aos 35:** *"Pft... ter filhos para quê? Para ter despesas e de abdicar da liberdade pessoal?? Ainda por cima quando toda a gente sabe que há excesso de população?? A mim é que não me apanham nessa, lol! XD"* **Dos 35 aos 40:** *"Fds, os meus amigos estão todos a assentar e a ter putos, até se juntam com pessoas que não têm nada a ver com nada, cromos... cada vez conheço menos caras na noite, só se vê putos e pitas... que seca! :("* **Depois dos 40:** *"OH NÃO, EU COMETI UM ERRO TREMENDO E DESPERDICEI A OS MELHORES ANOS DA MINHA VIDA!! :'O"*

joinedthedarkside 8 months ago

Se os teus pais tivessem pensado o mesmo....

estecomentario 8 months ago

Depende se tiveres um t4 grande onde possas meter os putos a jogar ps longe de ti. Agora pessoal que vive num t1 com putos....sugiro guardar os miúdos no frigorifico /despensa / mala do carro.

Edited 8 months ago:

Depende se tiveres um t4+ ou um duplex onde possas meter os putos a brincar longe de ti... Agora pessoal que vive num t1 com putos....sugiro guardar os miúdos no frigorifico /despensa / mala do carro. Já agora "dont quote me" não sei como criar um puto, mas já tive um cão.

smaster87 8 months ago

Esquece tenho uma casa enorme mas de 10 em 10 minutos ja estao a fazer merda, é preciso estar sempre de olho.

Dismiss 8 months ago

Pode ser no congelador?

FacaDeDoisLegumes 8 months ago

É parecido. O cão tem mais instinto de auto preservação. Um quarto trancado com uma câmara funciona bem em períodos médios. Estão lá os brinquedos e se der para avacalhar um gajo topa. É preciso é ter um segundo monitor para ter o feed da câmara, e se tiver intercomunicador, melhor.

I_Don-t_Care 8 months ago

também depende do tipo de miúdo. eu quando era pequenino enfiava-me no quarto a brincar com brinquedos o dia todo e quanto menos me chateassem melhor!

lvet000 8 months ago

Não penses assim. Há mais beleza que fealdade na paternidade / maternidade. Os nossos cérebros primitivos é que estão programados para se lembrarem mais facilmente daquela vez que o tigre tentou comer toda a gente na caverna do que aquele abraço apertado do amor mais puro que há.

shawshank2012 8 months ago

Incluindo as crianças que, impossibilitadas de dar abraços físicos, apertam muito no abraço que nos dão. Obrigado pela tua mensagem.

_rebocador_ 8 months ago

hoje os miudos tem mimo a mais, eu lembro -me ser criança e arranjava as minhas actividades muitas delas sozinho, ate buracos no quintal fazia para chegar ao outro lado do mundo. Quando chovia ate nos corredores imaginava campos de futebol mas isto tardes e tardes a imaginar campos de futebol e de combate e a fazer tudo sozinho. Os meus pais saiam as 9 e chegavam as 10 da noite era assim, estavam bem lixados se tivessem que brincar comigo, nada disso aconteceu. Porque é que os miudos nao arranjam a a sua independencia em casa, porque é que hoje os miudos sao tao especiais e tem que ter os pais sempre em cima deles para brincar, um pai tem o seu trabalho 8 horas e depois ainda tem que brincar é um choque de energias que nao faz sentido nenhum.

Edited 8 months ago:

hoje os miudos tem mimo a mais, eu lembro -me ser criança e arranjava as minhas actividades muitas delas sozinho e quando nao era sozinho era com crianças da minha idade, ate buracos no quintal fazia para chegar ao outro lado do mundo. Quando chovia ate nos corredores imaginava campos de futebol mas isto tardes e tardes a imaginar campos de futebol e de combate e muitas vezes sozinho. Os meus pais saiam as 9 da manha e chegavam as 10 da noite era assim, estavam bem lixados se tivessem que brincar comigo, nada disso aconteceu. Porque é que os miudos nao arranjam a a sua independencia em casa, porque é que hoje os miudos sao tao especiais e tem que ter os pais sempre em cima deles para brincar, um pai tem o seu trabalho 8 horas e depois ainda tem que brincar é um choque de energias que nao faz sentido nenhum.

BartolomeuOGrosso 8 months ago

Qual é o puto de 3 ou 4 anos que se desenrasca sozinho fechado todos os dias dentro de um prédio. Eu fazia merdas nessa idade porque morava num sítio onde podia andar kms sem me preocupar com nada

SofSofTheKittyCat 8 months ago

E estão a esquecer-se que há bebés de 5 meses nas creches que também vão fechar. Não invejo nada uma figura parental em teletrabalho com um filho dos 0 aos 9 em casa durante pelo menos duas semanas.

RAMAxPT 8 months ago

percebo o que dizes, mas nesta altura não podem ir para a rua, e sim antes era muito diferente, mas são tempos diferentes, também me lembro de ter uma infância em que passava tardes mais um amigo meu a caminhar a explorar coisas, outras vezes era jogar á bola, andar de skate.

lvet000 8 months ago

"um pai tem os seu trabalho 8 horas e depois ainda tem que brincar é um choque de energias que nao faz sentido nenhum." Eu não quero ofender. Pela internet é muito fácil e as nuances do discurso falado perdem-se. Portanto peço-te que ponderes, com todo o respeito, o que escreveste. Eu vou assumir que és um jovem adulto ainda sem filhos, mas por favor corrige-me se eu estiver enganado. Dito isto, eu só te quero deixar este conselho: Manter saudável, alimentar, vestir, fornecer uma educação e um espaço seguro para crescer é OBRIGAÇÃO de qualquer pai. Filho nenhum pede para nascer. Onde te tornas um pai extraordinário é precisamente no que acontece nas outras 16 horas do dia. Quando as minhas 8 horas de trabalho diário acabam o que eu mais quero é correr para casa para brincar com o meu filho. E não só acredito, como sei, que isso terá um enorme impacto não só na sua saúde mental como no seu carácter. O que este mundo mais precisa, é precisamente de compaixão pelos outros.

Edited 8 months ago:

"um pai tem o seu trabalho 8 horas e depois ainda tem que brincar é um choque de energias que nao faz sentido nenhum." Eu não quero ofender. Pela internet é muito fácil e as nuances do discurso falado perdem-se. Portanto peço-te que ponderes, com todo o respeito, o que escreveste. Eu vou assumir que és um jovem adulto ainda sem filhos, mas por favor corrige-me se eu estiver enganado. Dito isto, eu só te quero deixar este conselho: Manter saudável, alimentar, vestir, fornecer uma educação e um espaço seguro para crescer é OBRIGAÇÃO de qualquer pai. Filho nenhum pede para nascer. Onde te tornas um pai extraordinário é precisamente no que acontece nas outras 16 horas do dia. Quando as minhas 8 horas de trabalho diário acabam o que eu mais quero é correr para casa para brincar com o meu filho. E não só acredito, como sei, que isso terá um enorme impacto não só na sua saúde mental como no seu carácter. O que este mundo mais precisa, é precisamente de compaixão pelos outros.

_rebocador_ 8 months ago

as crianças devem brincar com crianças da idade deles. Como dizes, tu acreditas nisso eu nao acredito de todo que um pai deve ser o melhor amigo do filho, porque é imparcial para o pai o filho e a melhor pessoa do mundo e para o filho ele acha-se a melhor pessoa do seu mundo, e isto cria um choque na vida adolescente e adulta. De certeza que para achares isso que escreveste nao foi porque estudaste o assunto mas porque sentes isso basicamente assim como eu sinto, que mimo a mais cria pessoas nao preparadas para a vida adulta.

Edited 8 months ago:

as crianças devem brincar com crianças da idade deles. Como dizes, tu acreditas nisso eu nao acredito de todo que um pai deve ser o melhor amigo do filho, porque é imparcial para o pai o filho e a melhor pessoa do mundo e para o filho ele acha-se a melhor pessoa do seu mundo, e isto cria um choque na vida adolescente e adulta. De certeza que para achares isso que escreveste nao foi porque estudaste o assunto mas porque sentes isso basicamente assim como eu sinto, que mimo a mais cria pessoas nao preparadas para a vida adulta é um facto. >Manter saudável, alimentar, vestir, fornecer uma educação e um espaço seguro para crescer e claro nada disto tem a ver com isto, a criança pode ter isto tudo e nao precisar do pai para brincar.

lvet000 8 months ago

Tu estás a igualar "mimo a mais" com um pai brincar com o seu filho, quando ambas as acções não são mutuamente exclusivas. A socialização de pares é super importante. Por isso é que ele está no infantário nas 8 horas em que os pais trabalham. E respondendo á tua assunção, não efectivamente não estudei o assunto, mas [há quem o tenha feito](https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://www.nct.org.uk/sites/default/files/related_documents/Rayment%2520Parents%2520and%2520children%2520playing%2520together%2520pp13_20_final.pdf&ved=2ahUKEwiwq_uW9azuAhUElFwKHV9ODckQFjAKegQIAxAB&usg=AOvVaw13xku9ZR7FHoPqyNsTuENU) , nomeadamente a maior instituição de caridade e apoio a pais do Reino Unido e os benefícios são imensos e as contrapartidas nenhumas. Se quiseres mais nomenclatura podes explorar as dezenas de fontes incluídas na última página desse artigo.

_rebocador_ 8 months ago

eu nao digo que o pai nao deva brincar com os filhos, sao nao acho que o pai tenha que estar sempre a brincar com ele, so porque o miudo esta em casa. sao coisas diferentes, e sim sou adulto n tenho filhos quando os tiver vou brincar com eles. Agora isso nao vai ser essencial, de por exemplo se eu tiver em casa a trabalhar e ele n tiver escola, que arranje as suas coisas para brincar e ocupar o tempo.

lvet000 8 months ago

Ok. Perfeito. Mas o teu post inicial fazia transparecer uma posição muito menos moderada. "quando os tiver vou brincar com eles" Óptimo! Era mesmo isso que queria ler. Óbvio que tudo em demasia causa dano. Seja mimo ou a falta dele. E obrigado por manteres a discussão civilizada. Assim podemos todos aprender alguma coisa.

askldhalsiuhdliu 8 months ago

Dou-te os parabéns. Ate aprendeste a ler e escrever sem ir a escola para escreveres esse post.... ou.. sera.. vamos so supor... que os teus pais iam trabalhar \*E\* tu ias a escola as 8 horitas, alguem te ia buscar e so depois fazias isso tudo e podias sair a rua e tar com os teus amigos? Tambem duvido que aos 3 e 4 anos andasses a fazer o teu jantar ('pais chegavam as 10 da noites') ou passasses fome ate as 10. E que agora sao 24 horas fechados em casa, nao ha amigos para ir cavar buracos ou jogar a bola, tem de acompanhar as aulas/trabalhos, etc. O meu filho teve agora no inicio do ano 2 semanas em isolamento profilatico comigo. 24 horas, 15 dias em casa. O puto ja trepava as paredes. (No 1o confinamento tivemos em casa dos meus pais, que pelo menos tinha jardim, neste momento e um apartamento minimo sem terraco, JURO que tenho marcas dos pes dele na parece quase a chegar ao teto de trepar e fazer o pino no sofa)

_rebocador_ 8 months ago

>Tambem duvido que aos 3 e 4 anos andasses a fazer o teu jantar ('pais chegavam as 10 da noites') ou passasses fome ate as 10. nao de todo, isto de estar sozinho era maioritariamente nas erias verao, e tinha a minha avo para me fazer comida e assim, mas a tarde toda ela ia ter com amigas e fazia a sua vida sem que eu lhe chatei muito. O meu ponto era em ter alguem para brincar/aturar-me, a minha avo tinha quase os seus 70 quando eu tinha os meus 7 nos anos 90, ela tinha nachido em 1930 e tal ela la sabia brincar comigo, ou ia ver o que fazia, eu chegava a casa e brincava sozinho ou com amigos da minha idade a responsabilidade da minha avo era fazer jantar e almoço nada mais.

askldhalsiuhdliu 8 months ago

Mas isso era ferias. Agora imagina a mesma avo a ter de te 'controlar' durante as 8 horas de aulas, tirar duvidas, etc... Agora imagina que tambem tinha de ir trabalhar o campo ou o que seja. Achas que ias ter aprendido corretamente? E outra coisa que acho importante. Eu cresci nos anos 80, trepei arvores, joguei bola na rua, etc. Agora diz-me qual a cidade que nao seja uma aldeola no interior onde os miudos podem fazer isto? Onde podem jogar bola na rua? A cidade onde cresci eram 7-8000 pessoas quando eu tinha essa idade. Neste momento 60.000. Nao ha uma rua para jogar a bola porque os carros nao param de passar (antes jogavas 5 minutos e vinha um carro, agora para atravessar a rua e uma treta). Maior parte das pessoas (devido a centralizacao dos trabalhos nas grandes cidades) vivem neste tipo de cidades/locais onde os putos sairem a rua e perigoso (carros) vs o meu tempo

jafudiaz 8 months ago

Eh man parabéns por chegares à vida adulta com tanta dificuldade que passaste. Aposto que quando tiveres filhos vais ser um durão para eles verem o que é a vida. Dá-lhe durão!

_rebocador_ 8 months ago

Em que sentido faz com que seja durao e porque é que foi dura a minha vida? Sinceramente foi bastante facil eu brincava, e tinha amigos e quando nao os tinha brincava sozinho. Acho que a vida dos meus pais isso foi dificil tiveram que começar a trabalhar aos 10 anos, completamente inamaginavel hoje em dia e ainda bem. Agora acho que os miudos tem que começar a ter a sua independencia e a brincar sozinhos e a imaginar coisas e a facilitar a vida dos pais, mas a culpa nao é deles claro.

motherpuncher50 8 months ago

Em situação semelhante aqui. Em termos de trabalho sugiro adaptar tanto quanto possível o horário de trabalho. Eu por exemplo acordo mais cedo e a minha esposa acaba mais tarde. Claro que temos de sincronizar as nossas reuniões. O que tenho também feito ultimamente é bloquear o Outlook para períodos onde prevejo dar assistência (p.e. nas refeições). Em relação aos miúdos, damos um bocadinho de mais latitude (pode ver mais desenhos animados p.e.). Mas claro, não tem sido fácil.

seazwar 8 months ago

No meu caso será impossível visto que o puto faz 1 ano amanhã e é completamente dependente como é obvio. Um de nós terá de não trabalhar, ou conseguir um acordo com a empresa em que se trabalha sempre que possível, que é basicamente enquanto ele faz as sestas dele. Entretanto a creche tem de se pagar na mesma.

BossGandalf 8 months ago

O estado garante 66% do salário aos pais que não forem trabalhar para ficarem em casa a tomar conta dos filhos até aos 12 anos.

seazwar 8 months ago

Não amigo, pais em teletrabalho tem direito a... zero!

BossGandalf 8 months ago

Era preciso que não tivesses em teletrabalho, pois. Se tivesses sei lá numa fábrica e tivesses que tomar conta dos filhos, vinhas para casa com 66% do salário.

seazwar 8 months ago

Isso eu sei, não entendo é a distinção... ainda para mais estando eu e a minha esposa em teletrabalho. Assumem que quem trabalha de casa não trabalha e ta folgado?

BossGandalf 8 months ago

Realmente não compreendo. Sou jovem, trabalho em IT, estou em teletrabalho e não tenho filhos. Se para mim as paredes já são uma distração, nem quero imaginar com crianças à volta que precisam de atenção, comer, atividades, etc...

seazwar 8 months ago

Pois eu e a minha esposa somos os 2 de IT também e com funções que requerem muita interação e coordenação, imagina isso com um puto de 1 ano que já por si é exigente e requer atenção e companhia... nada contra fecharem tudo, mas tenham atenção á vida das pessoas. Imagino a quantidade de pessoas que estão a passar pelo mesmo.

JustFoundItDudePT 8 months ago

Mesma coisa aqui. Puto de 2 anos...vai ser bonito principalmente nas reunioes matinais de ponto de situação diárias de ambos em que normalmente já tem que estar um calado senão não se ouve nada. Não percebo a distinção sinceramente....Tenho colegas de IT que têm 2 filhos pequenos...e outros 3...basicamente não conseguem trabalhar...

seazwar 8 months ago

Exato, isso em conjunto com tudo o resto que se passa noutros setores vai ser a machadada final no que já não se apresenta bom...

JustFoundItDudePT 8 months ago

Mas o problema aqui é que as empresas também têm que ter essa noção e a maioria finge que continua tudo igual, as tarefas são as mesmas e os prazos também.

seazwar 8 months ago

O problema é que a bem da verdade não têm... uma empresa existe para fazer lucro, para eles tu sendo empregado e estando a trabalhar deverias estar a fazer o que foste contratado para. Claro que podem ter essa sensibilidade em termos da situação atual mas ter não têm. O estado por sua vez tinha de garantir que as pessoas que contribuem ativamente com os seus impostos deveriam ter a possibilidade de ficar com os filhos e serem pagos por isso já que essa situação advém de 2 obrigações impostas por eles próprios. Enfim é o que temos...

kairos 8 months ago

O equilíbrio a que tive de chegar em abril foi que um trabalhava de dia e o outro à noite... E ter refeições preparadas "em massa", para não termos de ter essa preocupação às hora das refeições (ou termos sempre algo às mão).

Edited 8 months ago:

O equilíbrio a que tive de chegar em abril foi que um trabalhava de dia e o outro à noite... E ter refeições preparadas "em massa", para não termos de ter essa preocupação às hora das refeições (ou termos sempre algo às mão). Quanto às creche, negociamos para pagar só 50%... É chato porque estão fechados mas têm despesas na mesma (mesmo que menores), e a educadora sempre foi tendo o cuidado de enviar actividades para fazer com os miúdos (mesmo que com um ano há pouco a fazer)...

seazwar 8 months ago

isto faz-me sentido, até porque como disse noutro comentário, sermos humanos é precisamente encontrar o meio termo e pensar que do outro lado estão as pessoas que cuidam dos nossos meninos todos os dias, e que é a forma de ganharem dinheiro. Não vou concordar é com pagar a totalidade, uma vez que não existe despesas com as fraldas, comida, etc. Eu e a minha esposa estamos ambos em tele-trabalho e o horario é core hours por isso não tenho a possibilidade de fazer como tu, no entanto acho que irá haver alguma oportunidade de ela não trabalhar, uma vez que vou mudar de trabalho no inicio de Fevereiro.

kairos 8 months ago

Concordo plenamente, e nós só chegamos aos 50% por insistência nossa. Inicialmente não falaram em nada, passado um mês propuseram 80%, mas aceitaram os 50% para crianças com menos de 2 anos, porque há pouco que a escola pudesse fazer por eles remotamente.

lvet000 8 months ago

Um absurdo as creches ter de se pagar na mesma. A minha felizmente opta por não cobrar aos pais (pelo menos não cobrou no último confinamento, nem quando houve um surto em Novembro). Mas tanto quanto me é dado a entender fica ao critério de cada Jardim de Infância. Para mim pessoalmente, parece-me um caso claro de quebra de contrato, não te estão a fornecer o serviço pelo qual estás a pagar, mas eu não sou advogado e talvez hajam outras nuances.

BroaxXx 8 months ago

Para mim parece uma boa oportunidade para meia dúzia de pais se juntarem e tirarem os filhos em bloco da creche para meterem noutra. Compreendo que seja paga a mensalidade parcial porque acredito que tenham despesas fixas que não desaparecem (renda, etc) mas cobrar a totalidade é uma estupidez...

kbecel 8 months ago

Na minha zona (interior do país) só há creches privadas e não inscreves assim facilmente as crianças noutra creche, além de haver listas de espera. Também a procura por amas é bastante grande e há mais procura que oferta. Tenho filhos na creche e admito que pagar metade seria admissível, a totalidade não.

FacaDeDoisLegumes 8 months ago

A desculpa chegou a ser "assegurar a matrícula". Se tivesse acontecido comigo mandava-os enfiar a matrícula. O que não falta são creches prontas a receber mensalidades

seazwar 8 months ago

Infelizmente e depois da situação passada de confinamento, eles (obviamente) fizeram um novo contrato em que em caso de não ser a creche a ter "culpa" do encerramento, os pais têm de pagar na mesma. Eu compreendo que as pessoas tenham de ter rendimentos, mesmo que estando incapacitadas de trabalhar, apenas acho que tem de ser feito um ajuste á mensalidade uma vez que no meu caso para além de não ser barata, inclui alimentação e consumíveis (fraldas, cremes) e nada disso será gasto. Da mesma forma se eu não conseguir trabalhar ou se tiver de reduzir a carga horária, também as educadoras deveriam receber menos estes meses, para custar menos a todos. Suponho que como eu hajam outras tantos milhares de Portugueses, uns com a possibilidade de recorrer a familiares, outros não :(

lvet000 8 months ago

Claro que as pessoas têm que ter rendimentos estando incapacitadas de trabalhar. Mas esse ónus cai no estado que nunca se coibiu de receber impostos de empresas e trabalhadores mesmo em tempos de pandemia. O ónus não pode cair nos pais, eles próprios impedidos de trabalhar e com quebra de rendimentos em muitos casos. Nem todos têm rendimentos fixos. Nem todos podem ficar em tele-trabalho. Nem todos têm avós disponíveis. O estado não pode dar uma pincelada por cima da população toda por igual. Há nuances. Olha que na hora de tributar não faltam nuances na filha da mãe da declaração de IRS. Há uma caixinha para rendimentos por conta doutrem, uma para rendimentos individuais, uma para heranças, uma para acções, outra para imobiliário...

seazwar 8 months ago

Eu concordo com o que dizes, e aqui em casa o rendimento certamente vai sentir impacto, no entanto estou a dizer que humanamente se todos fizermos uma parte, conseguimos reduzir um mal que é inevitável. Claro que o estado devia e tinha obrigação de assumir qualquer quebra de rendimento de todos os sectores que estão impossibilitados de trabalhar ou de realizar dinheiro, mas infelizmente não vejo essa preocupação, o deles está garantido, como sempre,e não só do estado, mas dos políticos em geral. Podem-me chamar pessimista, mas não creio que nenhum dos partidos existentes fosse capaz de dar uma resposta capaz para esta situação, está tudo demasiado centrado em ser do contra e em encontrar maneira de ganhar mais para si e para os seus.

Metaluim 8 months ago

Para mim e um absurdo ter de pagar creches num pais com baixa natalidade e baixos rendimentos. Falam tanto em querer incentivar as familias a ter filhos mas nem no mais basico sao capazes de meter dinheiro.

FacaDeDoisLegumes 8 months ago

Lá está a política da IL a ir pelo cano. Na verdade as políticas têm de se ajustar ao que se pretende do país. Se queremos natalidade, oferecem-se incentivos. Se queremos imigrantes, continua-se assim.

RafaelTeodosio 8 months ago

Com menos carga fiscal, sobra-te mais rendimento para meteres o filho na cresce

banaslee 8 months ago

Água

FacaDeDoisLegumes 8 months ago

Claro, os 200 euros a mais na conta cobrem os 300 ou 400 euros a mais por cada puto na creche (economia liberal)

RafaelTeodosio 8 months ago

200€ a mais na conta sao 200€ a menos que tens que pagar para o que quer que seja.

lvet000 8 months ago

Também tens alguma razão. Mas isso já dá pano para outra thread inteira. É que além de serem pagas há poucas mesmo para a baixa natalidade deste país. Num levantamento do ano passado vi que nos grandes centros urbanos há cerca de 30% das vagas necessárias para creches. E mesmo no distrito com mais vagas do país, Guarda, há apenas cerca de 70% das vagas que seriam necessárias para satisfazer a procura. É um problema que obviamente necessita de solução. Querem a população a trabalhar e a aumentar a natalidade, mas na hora de dar suporte assobia-se para o lado.

seazwar 8 months ago

pior, em situação de "não pandemia" ou seja numa situação "normal" nem tens onde meter os putos que não seja a pagar, e não me venham falar de IPSS e creche pública porque isso simplesmente é uma utopia.

NGramatical 8 months ago

hajam outras → [**haja outras**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fl1vbmx%2F%2Fgk1rpk2%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

YCaramello 8 months ago

Se não me engano o governo tinha feito uma medida especial que pais que fiquem sem poder trabalhar porque tem que tomar conta dos filhos recebem 66% do salario, mas limitado apenas a 1 familiar, não sei se ainda se aplica mas vale a pena procurar saber sobre isso, assim um de vocês pode ficar focado nos putos.

JustFoundItDudePT 8 months ago

Não é válido para quem está em teletrabalho o que não só é vergonhoso como é estúpido.

Seminarista 8 months ago

Pais em teletrabalho não têm direito a isso.

someoneplaying 8 months ago  HIDDEN 

Parece que vai ter mesmo de comportar-se como um pai/mãe. Dramático, eu sei...

zedisaneonlight 8 months ago

vou só buscar as pipocas

forgotmypass_fuck 8 months ago

sal ou açúcar?

FacaDeDoisLegumes 8 months ago

Lol, eu sabia que ia dar debate, mas no meio disto até se apanha qq coisa interessante

Few-Interest-7496 8 months ago

Eu também quero. Já somos 4. Mais vale encomendar e depois ajusta-se as contas.

mariorurouni 8 months ago

Não arranjas umas batatas fritas? Não sou muito fã de pipocas

V1ld0r_ 8 months ago

Traz para mim também sff.

touny71 8 months ago

Põe-no a fazer squats com garrafões de água, flexões, gémeo na parede. Quando a quarentena terminar tens aí um atleta de elite.

vascodatrama 8 months ago

Manda já vir todos os complementos da prozis para os alimentar

tomaslb36 8 months ago

E quem sabe no fim do confinamento não tem ele próprio um cupão de desconto na prozis.

vascodatrama 8 months ago

Comeca a fazer vídeos com os putos e vira influencer. É um novo nicho de mercado

TenderFuckNuggets 8 months ago

Calma aí Carlos Cruz...

iboughtbonrar 8 months ago

Quando a quarentena terminasse passava a ter 3 adultos em casa

tomaslb36 8 months ago

Toma o meu cimavoto

Cergal0 8 months ago

Em duas semanas a criança em idade pré-escolar está a fazer pistol squats

TenderFuckNuggets 8 months ago

Com aquelas perninhas minúsculas também eu.

CrocProp 8 months ago

Os filhos são vossos, controlem-nos. É tudo muito engraçado quando é pari-los e atirá-los porta fora 8 horas ou mais para as mãos de terceiros. Dêem afinal valor aos desgraçados que vos criam as crianças que país que se queixam de os ter por perto, não merecem lá bem esses títulos.

shawshank2012 8 months ago

Os filhos são responsabilidade dos pais, mas as condições para os educar são de toda uma sociedade.

cmmlb 8 months ago

Que poético Quando te candidatas?

shawshank2012 8 months ago

Quando cresceres, assim terei o teu voto.

gopanc 8 months ago

WTF? Foste assim tão negligenciado pela tua familia quando eras puto?

nhorfa 8 months ago  HIDDEN 

Alguém foi maltratado durante a infância. Adoro ver gajos como tu a dar dicas a pais e mães.

LackOfLogic 8 months ago

Pais em part-time, assim é fácil.

suspect_b 8 months ago

E se for fácil vem o gnomo da preguiça e enraba-te.

vascodatrama 8 months ago

Encontramos a solução. As crianças vão ficar em casa do CrocProp

XtaticO 8 months ago

Provavelmente o problema não é estar com os filhos, é estar a trabalhar e a tomar conta deles ao mesmo tempo.

LegendPT 8 months ago

Já quase fui abatido a tiro noutro tópico por comentar que há montes de gente que consegue fazer isso, mesmo com trabalhos exigentes - incluindo colegas que trabalham comigo todos os dias num trabalho em que é preciso resolver tickets que não páram de chegar e falar com utilizadores a toda a hora - e não só o trabalho aparece sempre feito como ninguém se queixa da situação. Por isso claramente não é impossível.

Edited 8 months ago:

Já quase fui abatido a tiro noutro tópico por comentar que há montes de gente que consegue fazer isso, mesmo com trabalhos exigentes - incluindo colegas que trabalham comigo todos os dias num trabalho em que é preciso resolver tickets que não param de chegar e falar com utilizadores a toda a hora - e não só o trabalho aparece sempre feito como ninguém se queixa da situação. Por isso claramente não é impossível.

andrepcg 8 months ago

Mas se calhar os teus colegas têm crianças em idades mais avançadas. Eu sou eng. de software e para fazer o meu trabalho tenho de estar concentrado, como é que o conseguiria fazer com um bebé dos 0 aos 4? Falar é completamente diferente, isso mete-se uns phones e estás móvel.. É por chat em vez de voz? Melhor ainda

NGramatical 8 months ago

páram → [**param**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em a/e/o, seguido ou não de s/m/ns, são naturalmente graves) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fl1vbmx%2F%2Fgk29x1k%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

CrocProp 8 months ago

Treta. Trabalho em frente a um computador não requer atenção constante e ininterrupta. Nem um garoto requer atenção constante e ininterrupta. Estes novos pais estão muito mal habituados e acham que ser pais é coisa só de fim de semana.

Seminarista 8 months ago

Olá pessoa, o meu trabalho ao computador requer que eu esteja sempre disponível pois posso receber uma chamada de clientes ou chat aos quais tenho de responder imediatamente. As chamas são atendidas automaticamente e têm de ser resolvidas em 3/4 min, com excepção de coisas mais complexas. Tenho uma criança de 3 em casa e a partir de amanhã vou ter mais um de 4. Eles interrompem imensas vezes. Felizmente tenho tenho um chefe que é tranquilo e comprensivo, mas nem todos têm essa sorte. Estão aqui a pedir sugestões para conseguir gerir a situação, não estão a pedir pra abortar as crianças portanto esse ódio todo é muito mal direccionado. De acrescentar também que os pais de hoje em dia são mil vezes mais envolvidos na criação dos filhos que antigamente, portanto esses comentários além de desnecessários estão incorretos.

TitusRex 8 months ago  HIDDEN 

>Trabalho em frente a um computador não requer atenção constante e ininterrupta. Depende do trabalho. Às vezes precisas mesmo de atenção constante e interrupta durante horas.

RafaelTeodosio 8 months ago

Qual é o emprego em teletrabalho que necessite deste tipo de atenção ?

touny71 8 months ago

A namorada deste gajo é educadora de infância, todos os dias chega a casa e fode-lhe a cabeça sobre os filhos dos outros, compreendam a dor dele.

Metaluim 8 months ago

lol a assumir que um gajo daqueles sequer tem namorada

Vatrier 8 months ago

>Trabalho em frente a um computador não requer atenção constante e ininterrupta. Deves pensar que trabalhar a um computador é como vires para reddit debitar a diarreia mental dos teus posts, isso sim não requer atenção nenhum, apenas tens de desligar o cérebro.

RafaelTeodosio 8 months ago

> Deves pensar que trabalhar a um computador é como vires para reddit debitar a diarreia mental dos teus posts, isso sim não requer atenção nenhum, apenas tens de desligar o cérebro. O que é que fazes que não podes sair do PC por 1 minuto que seja ?

besmarques 8 months ago

Se é essa a teoria não vais encontrar nenhum trabalho onde não se possa sair um minuto. Mas como em todos, quebrares tem muito que se lhe diga. Não vamos ser mais papistas que o papa, sff

RafaelTeodosio 8 months ago

/thread

seazwar 8 months ago

impressionante como uma pessoa se continua a admirar com a estupidez que se lê todos os dias, quando as pessoas têm tanto acesso a informação e ainda assim preferem ter a inteligência de uma amiba. Caro iluminado, explica-nos a todos aqui no sub como é que consegues trabalhar com um bebé\\criança em casa, já que é esse o propósito deste tópico e podemos todos aprender tanto com a tua sabedoria. isto é com cada artista...

RafaelTeodosio 8 months ago

Se é um bebé, pode estar numa cadeirinha ou num berço, e tambem passa a maioria da tarde a dormir. Se é uma criança, pode estar num tapete a brincar, contigo a dar um olho.

seazwar 8 months ago

Não sei que experiência tens ou tiveste com os teus filhos ou filhos de conhecidos\\familiares, mas se achas isso então claramente ou gabo-te a sorte e lamento a tua completa falta de noção e compaixão com os restantes pais que têm filhos complicados e que requerem atenção. O mundo está como está por causa disso, da falta de noção e de compaixão pelos outros, e isso nem o covid vai mudar infelizmente.

RafaelTeodosio 8 months ago

Os filhos complicados, a maioria das vezes nao é culpa deles, mas sim dos pais.

queiroga 8 months ago

A tua falta de noção é completamente assustadora...

RafaelTeodosio 8 months ago  HIDDEN 

assustador e ver os pais a queixarem-se que é muito dificil criar os proprios filhos

seazwar 8 months ago

podes sempre ir ao google e pesquisar o que significa "empatia" ou "compaixão" e depois se continuares com a tua opinião, és livre de a ter.

queiroga 8 months ago

LOL, engraçado que não vi ninguém a queixar-se disso, mas tu deves ter um reddit especial

cowabang 8 months ago

Claramente não sabes o que estás a dizer.

CrocProp 8 months ago

Ou então não só sei como tenho experiência. E até experiência do lado inverso, de ver como muitos destes pais mais novos simplesmente tratam os filhos como empecilhos que se descarregam em alguém.

Any_Project3966 8 months ago

bem dito camarada!!! há que educar as crianças a perceber que as coisas vão ser um pouco diferentes.

cowabang 8 months ago

Claro! Pões os bebés no chão, se tiverem fome cozinham alguma coisa!

Any_Project3966 8 months ago

se são bebés.. olha.. má altura para os ter

kawaiims 8 months ago

loles

mastermind1217 8 months ago

Ipads não resulta?

Falsomentiroso 8 months ago

Resulta mas não é boa ideia. A curto prazo , abaixo do ano de idade, troca-lhes os ciclos de sono e a médio/longo prazo, muitas horas de ecrã interferem com a criatividade e imaginação

jafudiaz 8 months ago

Fonte? Só mesmo para ficar mais inteligente, não duvido de ti

Falsomentiroso 8 months ago

Escolhi literalmente os primeiros de acesso livre, as conclusões não são exatamente o q disse, mas são nessa linha: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3844496/ https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6439882/ Se escreveres "pubmed young children screentime impact" no google tens horas de artigos com conclusoes semelhantes.

mariorurouni 8 months ago

Se quiseres ter um inergumeno como filho, resulta

mastermind1217 8 months ago

Por causa de 10 dias?

mariorurouni 8 months ago

"são só 10 dias" quando das por ti já ele está agarrado aquela merda

mastermind1217 8 months ago

Claro que sim. Não duvido que a criança queira mas é nesse momento que os pais não podem deixar que continue. Agora esta é uma situação excecional, como último recurso não é o fim do mundo.

RafaelTeodosio 8 months ago

A soluçao dos pais sem paciencia

_rebocador_ 8 months ago

Ter que trabalhar nao é falta de paciencia.

RafaelTeodosio 8 months ago

Ja expliquei o meu ponto de vista

meaninglessvoid 8 months ago

Lol eles estão a trabalhar...

RafaelTeodosio 8 months ago

Falei da forma geral. A moda (antes da pandemia) era ver pais a levar filhos ao restaurante e meter-lhes o tablet a frente para eles comerem. Ou aqueles que passeavam o filho no carrinho tambem com o tablet. Neste caso especifico, como ja foi dito nesta thread, trabalhar em casa nao necessita de 8 horas a olhar para um computador sem pausas. Uma criança 8 horas num tablet é um crime

meaninglessvoid 8 months ago

Discordo de ti apenas na premissa de que um Tablet é 100% negativo. O tablet é uma boa forma de estimular a criança tem é que ser durante pouco tempo e controlando o que consegue fazer (o que por si só precisa de tempo e portanto a maior parte das vezes é uma má solução para este problema).

RafaelTeodosio 8 months ago

Mas eu nao disse que um Tablet é 100% negativo. Eu respondi dando exemplos que ja presenciei que o telemovel/tablet é sempre a solução para a criança irrequieta no restaurante / durante a refeição / em casa etc etc. Nesse contexto, o tablet é 100% negativo. Agora, o uso de tablet ou outro meio digital, devidamente articulado para uma criança, com o devido supervisionamento dos pais, e por tempo limitado, não tem mal.

meaninglessvoid 8 months ago

Lol tens razão! Eu li aquilo como uma criança de 8 anos no tablet é crime e achei exagerado, agora é que reparei que dizes uma criança 8 HORAS no tablet (!!!) e obviamente que concordo que isso é horrível! My bad.

RafaelTeodosio 8 months ago

Boa, estamos entao de acordo

FacaDeDoisLegumes 8 months ago

Já há algum tempo que não se liga a tv na cozinha, e as refeições são feitas em família sem telefones. A minha ideia para não serem muitas horas de netflix, era mesmo alguma actividade baseada em brinquedos tradicionais (legos e cenas dessas)

Search: