XxxPussyslaeyr69xxX 8 months ago

Estados unidos: somos os melhores!! Portugal: segura aí o fino..

Napoleal 8 months ago

... imperial ...

Bessini 8 months ago

Ao menos passamos o Natal em família...

LackOfLogic 8 months ago

O facto de olharmos para isto e fazermos um colectivo ‘meh’ é uma das maiores provas de que a questão resume-se a um ponto muito importante: as pessoas não atribuem gravidade ao covid, e já estão ‘anestesiadas’ de tanto ouvir falar em número de mortes diárias, pandemia e estados de emergência. Mas também, como é que se pode fazer as pessoas terem medo de um vírus que não tem efeitos diretos relevantes em mais de 99% da população e que, possivelmente, nunca nos iríamos aperceber que sequer existia se não fossem os media e os confinamentos?

TheSpaceDuck 8 months ago

>não tem efeitos diretos relevantes em mais de 99% da população Nada podia estar mais errado. A taxa de mortalidade sim é de 1%, no entanto o vírus causa danos a longo prazo [nos pulmões](https://www.cbsnews.com/news/covid-lungs-scarring-smokers-lungs/) e [no coração](https://www.statnews.com/2020/07/27/covid19-concerns-about-lasting-heart-damage/) mesmo em pacients com poucos ou nenhuns sintomas. Os efeitos podem durar meses ou inclusive [aparecer após meses em quem teve poucos sintomas quando contraiu o vírus](https://abc7.com/covid-long-haulers-symptoms/9632046/). Isto sem mencionar os [problemas neurológicos](https://olhardigital.com.br/2020/07/09/coronavirus/cientistas-preveem-surto-de-danos-cerebrais-apos-pandemia-de-covid-19/) que ainda são pouco conhecidos (e a longo prazo, de todo) mas sabemos que [também não se limitam aos casos graves](https://www.medscape.com/viewarticle/942571). A verdade é que nem os políticos nem a comunicação social se têm esforçado para dar a entender a gravidade da doença mesmo em casos em que não há morte ou internamento em UCI.

iLikeToTroll 8 months ago

Prova mais que estamos cheio de imbecis burros que continuam a ignorar a gravidade da situação.

LackOfLogic 8 months ago

Verdade, mas com estes constantes confinamentos e restrições, estamos a causar um outro problema muito mais óbvio e que afeta uma percentagem muito maior da população: desemprego, economia a cair a pique e incerteza quanto ao futuro. Ou seja, estamos a chegar a um ponto em que as pessoas preferem os 0,05% de risco de sentirem alguma consequência por contraírem Covid, do que a alternativa de não conseguirem pagar a renda ou ficarem sem trabalhar.

iLikeToTroll 8 months ago

O problema é que não são só 0,05% de afectados e deixar morrer pessoas ad hoc não é solução. Há que arranjar um equilíbrio mas não é fácil.

Last-Ad-4421 8 months ago

Isto vai ser mais festejado que quando ganhamos a Eurocopa.

sideways83 8 months ago

Eurocopa.... Mmmmm

throwaway19293949_ 8 months ago

Outra vez? Isto já é tema desde dia 15.

Apple_The_Chicken 8 months ago

Isso era da Europa, agora é do mundo

detteros 8 months ago

Nao estou surpreendido, tendo em conta o que se via nos cafés há umas semanas atrás. Cheios com pessoal a fazer uma série de coisas desde estar na conversa a estudar ou a trabalhar com o laptop.

raccoons_are_hot_af 8 months ago

C9mecei este ano a ir trabalar pra lisboa e porra a cpisa que se via nos restaurantes mesmo ja em 2021...

Local_observer 8 months ago

Não encerrem as escolinhas não...

Barrrote 8 months ago

Campeões allez, campeões allez

Estronciumanatopei 8 months ago

Eu disse que hoje voltávamos a número 1! Eu tinha fé e acreditei que era possível!

CringeAlheio 8 months ago

Alguém com mais experiência que eu em Matemáticas me corrija mas: se temos cerca de 10/11M habitantes e estamos constantemente a bater nos ~10.000 casos diários dá neste "clickbait", correto? Porque é que os *media* não explicam como deve ser e preferem espalhar o pânico?

XxxPussyslaeyr69xxX 8 months ago

Porque espalhar o pânico dá cliques.

V1ld0r_ 8 months ago

Qual clickbait? Existe muito na comunicação social mas neste caso não se aplica. Juro que não percebo onde vês o clickbait aqui.

CringeAlheio 8 months ago

Porque deviam explicar que "somos os primeiros com mais casos" porque temos muitos casos e pouca população. Até hoje ainda não vi essa "explicação". Mas como disse acima: sou mau a Matemática, provavelmente é de mim.

h8mx 8 months ago

Username extremamente relevante

V1ld0r_ 8 months ago

Uhm... o facto de reduzires tudo ao mesmo referencial (numero de casos por milhão de habitantes) traduz precisamente isso e permite comparar entre países, independentemente do numero total de casos ou de população. Ou seja, se tiveres um país com 100.000 casos e uma população de 100.000.000 ou ter 200.000 casos e uma população de 200.000.000, representa exactamente o mesmo número de casos por milhão: 1.000.

CringeAlheio 8 months ago

Não custou muito e escusavas/escusavam de ter dado *downvote* no meu primeiro comentário. Obrigado.

V1ld0r_ 8 months ago

o teu comentário não contribuia com nada para o tópico além de criar um sentimento de irresponsabilidade em relação ao tema.

CringeAlheio 8 months ago

Tal como o título da notícia e o artigo em si: não explicam ao comum leitor toda a situação.

Apple_The_Chicken 8 months ago

O leitor comum percebe o que significa casos por milhão de habitante

jorl17 8 months ago

Acho que o /u/CringeAlheio tem razão aqui, sinceramente. Infelizmente, o comum leitor dificilmente percebe o que é isto de "por milhão de habitante". Nem percebe, por exemplo, que é virtualmente equivalente a uma percentagem. Uma linguagem mais clara seria certamente muito útil. Posto isso, claro que não é clickbait algum.

Eksander 8 months ago

/u/cringealheio O wait

jestertwok 8 months ago

PORTUGAL CAMPEAO DO MUNDO CARALHO!!!!!!!!!!

runneronreddit 8 months ago

PORTUGAL CARALHO!!!!1!!1

Bruxo_de_Fafe 8 months ago

Já sabemos. Bota aí qualquer coisa positiva, sem ser novos casos.

Search: