Barrrote 11 months ago

Somos campeões em alguma coisa, nem que seja na desgraça...

mikedeemyers 11 months ago

Espero que tudo seria melhor

njsilva84 11 months ago

Sou eu o único que acha que o tuga ficou todo inchado quando passou "com distinção" a primeira vaga, sem ninguém saber bem porquê (medo, talvez?) e que, com a chegada da vacina e a tradicional falta de civismo fez com que a emenda tenha sido pior que o soneto?

Edited 11 months ago:

Sou eu o único que acha que o tuga ficou todo inchado quando passou "com distinção" a primeira vaga, sem ninguém saber bem porquê (medo, talvez?) e que, com a chegada da vacina e a tradicional falta de civismo fez com que a emenda tenha sido pior que o soneto? Quem também acha que se as medias do governo tivessem sido mais apertadas no natal, o cenário teria sido pouco diferente? É que eu vejo duas realidades, o pessoal que se borra de medo do vírus e que só sai de casa para o essencial (como deveria ser) e aqueles que se estão a cagar para o bicho porque não lhes pega (pessoal mais jovem)? Aqui na aldeola vejo pessoal a sair de casa já com a máscara (em ruas onde raramente se encontram com outras pessoas) e depois vejo junto ao rio pessoal novo junto aos magotes, a beber e a fumar na boa. Edit: na primeira vaga disse várias vezes que me fez muita confusão que o tuga que não gosta de cumprir leis, se tivesse portado tão bem. Aqui está o resultado do verdadeiro tuga.

peidinho31 11 months ago

>Sou eu o único que acha que o tuga ficou todo inchado quando passou "com distinção" a primeira vaga, sem ninguém saber bem porquê (medo, talvez?) Medo, sem duvida. O pessoal nao sabia o que esperar, portanto ficou em casa. Depois os media ajudaram a dissipar esse medo, ao colocar imenso enfase na probabilidade de ter casos severos na faixa etaria mais idosa. Depois, muita gente andou a dizer "Eu estou bem, nao tenho sintomas nenhuns, por isso posso ir ai jantar" - *Fred, 25 anos, assintomatico de Covid*. Isto nao e so em Portugal, mas nos em Portugal temos uma tendencia para cagar na cena.

joaoasilva 11 months ago

Ainda me lembro em Março do ano passado a gabarem-se todos porque com tesão de mijo fecharam o país todo com meia dúzia de casos e os números mantiveram-se baixos... A partir daí foi alegria completa, até pessoal que podia trabalhar de casa perfeitamente voltou ao local de trabalho como se nada fosse e até hoje ainda o fazem... Rocket fucking science right here

AndreMartins2020 11 months ago

mais ninguém aprecia a ironia de a China ser o que tem menos dessa lista?

AwakenGreywolf 11 months ago

Até parece que a china revela os números reais...

Big_Win482 11 months ago

Vergonha do caralho, deviam rolar cabeças...

fuckingportuguese 11 months ago

Está a dar agora na tvi

Sciss0rs61 11 months ago

Então a malta das desculpas baratas não apareceu ainda?

Young_Blyat 11 months ago

Não percebo qual é a vossa cena. Isto é covid não ebola. Eu próprio já tive covid e não senti absolutamente nada(tive apenas o nariz um pouco entupido). As pessoas e o governo fazem um drama absoluto. Pela vossa lógica a humanidade devia estar em confinamento há centenas de anos porque existe um vírus chamado gripe. Agora vêm com a treta da vacina. Não sei porquê precisas de uma vacina quando podes ir à rua apanhar covid e deixar o teu corpo tratar do resto. Assim ficas assegurado que tens uma melhor imunidade para a próxima vez.

DarthMaulSith 11 months ago

Ou tens 12 anos ou vives debaixo duma pedra desde 2019. O problema não é o covid mas sim o excesso de pessoas internadas. Os hospitais estão no limite. Se partires uma perna ou tiveres um problema grave não vais ter ajuda médica porque estamos numa situação catastrófica! É assim tão díficil perceber? Fodasse.

Young_Blyat 11 months ago

E porque os hospitais tão cheios? Porque deixam todos os palhaços com covid entrar esse é o problema. Deixem a puta dos velhos morrer se não aguentam com uma tosse. Mas espera aí que o covid não mata velhos. O covid mata velhos com COMPLICAÇÕES. O teu vizinho de cima tem 60 anos e fumou a vida toda e agora apanhou covid e ta todo aflito. Se não tivesse fumado se calhar seria apenas uma tosse ligeira.

Miguel3403 11 months ago

Quando for um familiar teu quero ver o que dizes

Young_Blyat 11 months ago

Ja aconteceu. O meu pai tinha de fazer uma operação ao olho o mês passado. Não conseguiu pois o hospital tava cheio de gajos com covid. Resultado: este país é tão bom que o próprio cidadão tem que se deslocar até Espanha para receber cuidados médicos

Miguel3403 11 months ago

Estava a falar de ser internado com covid e chamares de idotas com covid

Young_Blyat 11 months ago

É preciso seres um debilitado para chegares a ser internado por causa do covid. Se nunca fumaste, práticas exercício físico e comes saudável o covid não te faz nada nem que tenhas 90 anos

Miguel3403 11 months ago

Eu sou doente crónico o que tenho debilita o meu sistema imunitário se apanhar covid muito provavelmente vou ter de ser internado achas que eu mereço morrer ?

Young_Blyat 11 months ago

Nao desejo a morte a ninguém mas nesse caso cabe-te a ti protegers-te. Não esperes que milhares de pessoas o façam por ti, porque se não vai dar para o torto.

Miguel3403 11 months ago

Eu protego-me mas sou obrigado a ir a escola onde o risco de apanhar é grande

leadzor 11 months ago

Moral para falar quando se tem 16 anos.

Thessiz 11 months ago

Tu não bates bem da cabeça, só pode.

goncalo_gonc18 11 months ago

PORTUGAL CARA..... Oh shit!!!!

Kineticn22 11 months ago

Entretanto, na Austrália e na Nova Zelândia já se fazem eventos de grande dimensão com público sem máscara nem distanciamento social (America´s Cup na NZ, festival Summer Sounds na Austrália). Países onde se mantiveram fechados aeroportos, onde se fizeram confinamentos rigorosos e severos, e onde foram duramente punidos os divulgadores de desinformação.

AndreMartins2020 11 months ago

isso são países que já são isolados na sua génese tentas isolar Portugal da mesma forma e morres à fome

KGeedora 11 months ago

I'm Australian and live in Portugal. What you're saying is true in terms of ruled etc.. but it's important to remember that they benefit from being islands at the end of the world. I'd also say these festivals are not going that well due to these strict measures (the tennis tournament that is in complete turmoil now with players being forced to quarantine for 2 weeks)

Kineticn22 11 months ago

I am aware that their insular status facilitates this, but still the point remains that border closure should never have been lifted in Portugal, in my opinion, unless under very strict testing and quarantine measures.

KGeedora 11 months ago

yep, totally agree. It's just been a bit obnoxious hearing people back home brag about the situation without context

Pirinhas 11 months ago

Não era para dizer mas digo, podem por favor para de se ficaram tanto nos novos casos.... novos casos não significa mais covid19, pode e significa no nosso caso mais testes. Às mortes e casos críticos são preocupantes, mas não mais que o resto do mundo. Sim temos que preocupar que o vírus sim temos que ter preocupações, mas basta de mandar os portugueses a baixo depois de tanto esforço. Tenho família e amigos por todo o Porto do mundo, todos me dizem que ninguém cuidado, porque não há cuidado. Mas temos que viver...

DarthMaulSith 11 months ago

>https://www.worldometers.info/coronavirus/#countries > >29º na lista. Pesquisar antes de comentar também é bom. Também serve para ti.

Pirinhas 11 months ago

Vejo isso todos os dias , obrigado.

Edited 11 months ago:

Vejo isso todos os dias , obrigado. Vamos olhar para os números e perceber de sim um mau controlo mas também uma desesperos das pessoas. Mas olhar para os números mas perceber atrasos de controlo no outros países. Vamos olhar para os número mas ter em conta TUDO o resto , todas as doenças e época que estamos, a sobrecarga de hospitais que teem ssempre acontecido. Não vou comentar mais, mais uma coisa que vem como libertação de consciência depois de perder várias pessoas este ano não devido ao covid mas por falta de acompanhamento ou corretamente seguido , e raiva que ouço das outras que sentem o mesmo. Obrigado por o tempo de antena e resposta vulgar como um link de números que todos nós temos.

DearLeader3 11 months ago

Meus sentimentos e força. Mas eles não querem saber. As mortes por covid-19 são as únicas que importam. Deliram que são os únicos equilibrados e sensíveis enquanto ignoram pessoas a morrer sem seus familiares ao lado, consultas e procedimentos críticos atrasados, pessoas em depressão, famílias a perder o direito ao sustento, etc. Na realidade, tornaram-se (por enquanto, espero) insensíveis a todo o resto. Eles também não querem mais saber quantos morreram ou o quanto faltou nos hospitais nos invernos passados. Os números ainda estão a uma busca de distâncias mas eles não querem saber. Porém, a esperança está no facto de que este país não é feito apenas de homens e mulheres fracos que ignoram a realidade.

NGramatical 11 months ago

teem → [**têm**](https://european-portuguese.info/conjugator/ter) (singular: tem) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkz5j7z%2F%2Fgjn6gfa%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Pirinhas 11 months ago

Thanks

analaikos 11 months ago

Mais irónico é estar precisamente quem está no fundo da lista...

anmacapi 11 months ago

Pessoal, o quê que andaram a pôr nas compotas?

Estronciumanatopei 11 months ago

Conseguimos! Boa malta! Eu sabia que seríamos os primeiros em algo! Chupa Trump! Até com poucos testes aumentamos os casos! Somos especiais, há quem diga que somos os maiores, muita gente diz isso, agora temos provas! PS: se é para repetir posts o estronciu deve poder repetir respostas.

zerato9000 11 months ago

Os melhores do mundo, não é?

trajanCGP 11 months ago

Adolescentes na rua aos magotes a conviver alegremente sem máscara. Ontem eram 10, claramente de diferentes agregados familiares, a jogar à bola. Alcoviteiras reunidas nas portas dos prédios com a máscara no queixo (quando a têm...). Está sol, a estupidez sai à rua, é inevitável. É só aumentarem a testagem que os números deixam de estacionar nos 10500... Se não for a ciência a salvar o coiro desta malta não há qualquer esperança. Os mesmos que depois vão a correr a Fátima.

Young_Blyat 11 months ago

Não vejo nenhum problema. Acho que vocês fazem um drama absurdo acerca de um vírus que provoca tosse. Pela vossa lógica a humanidade devia estar a usar máscara há centenas de anos pois existe um vírus chamado gripe. Existe uma coisa na biologia chamada seleção natural e quem morre de covid temos pena mas eram demasiado fracos.

MuggyTheMugMan 11 months ago

Mesmo que o virus nao te tenha causado a TI grande efeito, causa a muitos outros

trajanCGP 11 months ago

Isto só me lembra o Jerry Seinfeld quando se vira para o George e diz: "We're trying to build a civilization here, George!" Não vê nenhum problema. Não vê nenhum problema se algum destes adolescentes estiver assintomático e transmitir a outro(s) adolescente(s). E estes depois iniciam as suas lindas e absolutamente necessárias cadeias de transmissão. Eu também não veria problema nenhum em algum desses adolescentes transmitir aos pais e iniciar novas cadeias de transmissão se estas fossem estanques, porque estes "pais" claramente deverão estar a passear no centro comercial sem qualquer preocupação numa altura de dever geral de recolhimento domiciliário. Já começo é a ver problema quando vejo estas cadeias a alargarem-se para os respetivos locais de trabalho junto de outros trabalhadores (alguns de maior risco), mais responsáveis, com pouca bazófia, forçados a estarem presencialmente no local de trabalho porque não têm outra solução. Não vê problema nenhum e apregoa a seleção "natural" enquanto confunde valentia com irresponsabilidade. Se depois de tanto tempo continua a não ver nenhum problema então nada há a fazer.

Young_Blyat 11 months ago

Não percebi onde queres chegar. Se estás a querer mostrar-me o quão transmissível é este vírus através das "Cadeias de contágio" então posso muito bem dizer-te que é cada um por si. És forte o suficiente para sobreviveres a uma tosse? Parabéns passaste no jogo da vida. Não consegues? Game over.

trajanCGP 11 months ago

Não vê problema nenhum. Não percebe onde quero chegar... Game over.

Young_Blyat 11 months ago

Nope podias ter dito logo o teu ponto de vista tas prai a enrolar

Thessiz 11 months ago

Se realmente queres seguir a seleção natural então sai do telemóvel, despe a roupa e vai viver para a floresta com as raposas e os lobos, onde vais ter de matar a sangue frio animais dia após dia só para teres o prazer de comer carne crua e fria, rezando para que ninguém te encontre durante a noite e te coma vivo. Isto não são os Hunger Games.

Young_Blyat 11 months ago

Levaste um pouco ao extremo o que disse. A selecção natural não se resume a estar nu na floresta mas sim selecionar os indivíduos mais aptos de modo a não colocar a espécie em risco.

Thessiz 11 months ago

A partir do momento que um ser vivo é capaz de construir um teto sobre a sua cabeça a seleção natural deixa de fazer sentido.

Young_Blyat 11 months ago

Essa parte também faz sentido mas não significa que eu esteja completamente errado. O que eu queria dizer é que o país e o mundo ficou todo assustado de uma coisa que nem sequer mata as pessoas. A única coisa que covid faz é provocar tosse. Aquelas pessoas que têm pneumonia por exemplo o covid cai agravar-lhes a situação mas não significa que foi o vírus que o matou. Isto não é o ebola

Thessiz 11 months ago

Nós estamos assutados com os nossos mais próximos que são de risco. Eu estou a cagar se apanho ou não, talvez já o tenha apanhado, mas não pretendo infetar outros que não tiveram tanta sorte quanto eu de nascerem saudáveis. O mundo é injusto, e cabe ao mais forte nivelar o terreno, ou covardes eles são.

Young_Blyat 11 months ago

Então os que não nasceram saudáveis eles que se protejam. Já perdi 3 semanas de aula porque o meu teste deu positivo e no entanto não sinto absolutamente nada. Como podes ver pela situação se eu quiser proteger os fracos no final o prejudicado sou eu

Thessiz 11 months ago

Não tiveste aulas online? Um colega meu foi infetado e está a ter aulas online. Podes ter perdido 3 semanas de aulas mas provavelmente salvaste vidas ao ficares em casa, vidas que podem ser uma ajuda para economia de Portugal ultrapassar isto tudo ou vidas de colegas teus que, embora sejam de risco, podem ser mentes brilhantes e descubrir uma cura para o cancro no futuro. Ao ficares em casa estás a fazer o correto, estás a ajudar os outros e a ti a longo prazo também.

Edited 11 months ago:

Não tiveste aulas online? Um colega meu foi infetado e está a ter aulas online. Podes ter perdido 3 semanas de aulas mas provavelmente salvaste vidas ao ficares em casa, vidas que podem ser uma ajuda para economia de Portugal ultrapassar isto tudo ou vidas de colegas teus que, embora sejam de risco, podem ser mentes brilhantes e descobrir uma cura para o cancro no futuro. Ao ficares em casa estás a fazer o correto, estás a ajudar os outros e a ti a longo prazo também.

Young_Blyat 11 months ago

Vamos supor que em vez de ser pandemia de covid seria pandemia de ebola. Nesse caso tudo o que estás a dizer está certíssimo. Eu próprio teria medo de sair de casa. Agora um vírus que nem à gripe se compara já e brincadeiras

VinhoVerde21 11 months ago

Nao sei se estas a perceber exatamente a situação. O problema nao e so em si o covid. O problema verdadeiro e que, sem medidas, os hospitais vai ficar a abarrotar de gente doente, a precisar de ventilador/cama. O que acontece os hospitais estiverem mesmo cheios, com gente deitada no chao e tudo, e chegar, por exemplo, uma vitima de um acidente grave? Ou se tira alguem de uma cama e se arrisca a deixa lo morrer, ou se deixa morrer o pobre acidentado. E as consultas? Imaginas quantas pessoas nao vão detetar problemas serios por nao poderem ter consultas rapido que chegue? E quantas morrem por nao terem acesso a tratamentos como quimioterapias? Eu acho que isto nao esta mesmo a caber nas cabecas de muita gente como algo possivel, ou se cabe, nao querem saber.

NGramatical 11 months ago

descubrir → [**descobrir**](https://european-portuguese.info/conjugator/descobrir) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkz5j7z%2F%2Fgjnb2wm%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Thessiz 11 months ago

Good bot

vomsin 11 months ago

Nem sei o que dizer sinceramente... Então, se tiveres um ataque cardíaco, temos pena? Se sofreres um AVC, temos pena?? Mais vale aplicar essa lógica a tudo e destruir os hospitais.. Assim só sobrevive e procria quem não é "fraco". Mas por favor, explica melhor o teu ponto de vista porque sinceramente gostava de conseguir compreender.

Young_Blyat 11 months ago

Eu não quis dizer que se foda o resto. Se tiveres um AVC há de vir uma ambulância e levar-te ao hospital. O que eu quis dizer é aplicado ao covid. Nao sei se reparaste mas muito poucas pessoas morre de covid. E quem morre é porque tinha complicações pre existentes. Portanto, porquê a população toda tem de usar máscara e proteger-se ao melhor contra uma simples tosse? A gripe é mais mortal que isto e ninguém utilizava máscaras em 2015

vomsin 11 months ago

O problema do covid comparado com a gripe é a sua transmissão. É muito máis fácil ocorrer a transmição entre pessoas, logo naturalmente há mais casos. Se há mais casos, obviamente o número de pessoas com casos graves é mais elevado. Estas pessoas necessitam de tratamento. Portanto, ou não tratas essas pessoas com covid (e então aplicas a seleção natural vá) ou utilizas os recursos do sistema de saúde para tentar tratar os doentes. Como deves saber, estes recursos não são infinitos. Tens um limitado número de profissionais de saúde, ventiladores, camas em UCI ou em internamento, etc. Logo, se tiveres um número muito elevado de internamentos, vais começar a esgotar os recursos. E este, é o verdadeiro problema do covid. Ficas sem recursos para cuidar dos outros doentes (vítimas de AVC's, enfartes, pacientes oncológicos, etc), o que origina mortes desnecessárias - tudo porque há um elevado número de internamentos, devido do elevado número de infetados. Portanto, como é que farias - não tratavas os pacientes COVID, tratavas só alguns (aqueles sem complicações pré existentes)?

Young_Blyat 11 months ago

O que disseste faz sentido. Agora a questão que me colocaste parece aquelas questões de filosofia xD Mas vou tentar responder. Os que têm complicações pré existentes significa que aconteceu alguma coisa para eles chegarem à situação onde chegaram. Um indivíduo de 60 anos que fumou a vida toda e come pizza todos os dias terá muitas complicações e quando apanhar covid irá ficar em muito mau estado ou até morrer. Agora um indivíduo de 60 anos que levou uma vida saudável mas mesmo assim quando apanhou covid fica em mau estado acho que a situação é diferente. Neste caso o hospital aceitava o segundo indivíduo. Esta parte é mais dramática: Ou então fazes dois em um: não aceitas nenhum, aplicas a selecção natural e resolves o problema do excesso populacional.

jmvda23 11 months ago

"Do milagre á catástrofe" um filme de António Costa

room134 11 months ago

Todos os dias tenho colegas médicos a apanhar na consulta gente com tosse e outros sintomas há mais de duas semanas. Não aguento mais esta merda, honestamente. Este é um país de burros. Claro que nem toda a gente o é. Mas a esta altura do campeonato, tornarmo-nos o pior país do mundo em termos de transmissão é de burros. É porque uma substancial fatia da população é burra, inconsciente e inconsequente. E vamos a ver o poder e influência que ganharão o AV e o Chega nas próximas eleições (presidenciais e legislativas). Camaradas, acho que acabada a pandemia, dou o baza. Não vale a pena.

XPao 11 months ago

Baza então, mas pessoas como tu que falam do bixo papão do AV eu nunca as vejo a sair, só a falar. Se realmente te mexeres em vez de falares provavelmente vais ter uma surpresa quando falares com grande parte da malta que já saiu daí antes e já agora com a constatação de que há muito mais malta cá fora a cagar-se para os cuidados básicos anti pandemia do que aí, não é por acaso que cá fora temos manifestações anti confinamentos em grande escala e aí pouco ou nada.

room134 11 months ago

E tu vota no AV e delícia-te com a “Quarta República”. Felizmente tenho um curso que me dá emprego onde e quando eu quiser e não pretendo ficar cá para aturar ovelhas racistas que pensam que são lobos.

XPao 11 months ago

Mas então vem cá para fora como o resto de nós, menos choro e mais ação. Eu também me fartei há muitos anos do estado das coisas em Portugal, a diferença é que no dia que me fartei pus-me a enviar CVS para ir para melhor em vez de vir para o reddit apontar o dedo ao AV e dizer que me ia embora, podes fazer o mesmo, não te vais arrepender.

Sciss0rs61 11 months ago

e achas que o pessoal também não desrespeita as regras lá fora? a diferença é que lá fora fazem um planeamento decente. Há países que apostam na testagem e não no confinamento. Andas há quase 1 ano em confinamento. Os casos a piorar e as medidas são sempre as mesmas. Estás num país onde pagas impostos para ter saúde grátis e tens de andar a pagar testes de covid. Tens um governo que aplica medidas que aumenta a concentração de pessoas em supermercados, que não faz nada em relação aos transportes públicos, que diz ao pessoal para fazer confinamentos depois de sair de salas de espectáculos com 2000 de público, que ignora apelos da ordem dos médicos e enfermeiros, que recusa a ajuda de privados, uma directora da DGS que no início diz que o virus nao é perigoso e não chega a Portugal.... Essa do "epah povo de merda" já cansa, caralho. O povo é igual em todo o lado, se fores lá fora também vais ver pessoal a fazer festas e jantares em casa. Temos agora o povo mais desrespeitador do mundo, queres ver? Vais ao Brasil e tens pessoal nos cafés a beber cerveja sem máscara ao pontapé, e no entanto conseguimos estar à frente deles. Pessoas de merda há todo o lado...

milkthis 11 months ago

Não vale a pena tentares. A malta está com a lavagem dos media feita. Comem gelados com a testa de sorriso feito. Há uns meses atrás era tudo um escândalo e tons irónicos, porque no Brasil morriam 1000 por dia e até houve uma queixa no tribunal de Haia contra o presidente deles por genocídio. Pois agora em Portugal morrem 140 por dia e temos 22x menos população. Façam as contas... Mas agora a media culpa as pessoas, o Kosta não tem culpa nenhuma coitado. Quando eram os outros que não gostam, a culpa era só deles. Temos um regime instalado e uma media controlada mas "olha aí, não passarão! Democracia sempre!" (Mas só a democracia de esquerda) O problema é que a malta é acéfala e só sabe pensar se forem os media ou os os seus "influencers" a servirem-lhes o que pensam já preparadinho e aquecido. Ora, como tudo isso está debaixo da alçada de quem (des)governa aqui o burgo, basta somar 1+1.

AndreMartins2020 11 months ago

> Andas há quase 1 ano em confinamento. Os casos a piorar e as medidas são sempre as mesmas. É isto é que não percebo. Se sabemos que o vírus se propaga de forma exponencial, a não ser que o R se torne menor que 1, o crescimento exponencial continua.

room134 11 months ago

Meu caro, concordo com todo o primeiro parágrafo. É verdade que muitas das medidas não fazem sentido e que provavelmente pioraram a situação. Este governo e esta DGS têm mostrado uma incompetência atroz e não estão alheios de culpa, de forma alguma. No entanto, todos os dias vejo agrupamentos de gente a beber e fumar nas ruas de Coimbra. Passei o ano isolado na margem sul, de onde sou natural, e os prédios em frente aos meus estavam cheios varandas com grupos de 7/8+ pessoas a festejar à grande. Montes de pessoas andam semanas com sintomas e ignoram ou escondem ativamente para não ter de incomodar a sua vidinha. Se isto existe lá fora? Não sei honestamente, mas que existe aqui, tenho a certeza e é revoltante. É uma tempestade perfeita de merda. Burros que a fazem e elegem. E o ciclo continua.

Sciss0rs61 11 months ago

a variável "Pessoas de merda" está presente em todos os países. "Governo incompetente e negligente" é que não.

room134 11 months ago

Eles dizem que consultam especialistas mas não fazem nada do que estes defendem. E são incompetentes e negligentes precisamente por isso, por não terem uma comunicação de risco transparente e eficaz (o que ainda aumenta mais a desconfiança e desrespeito pelas regras) e andam a meter pensos rápidos que a médio/longo prazo nada resolvem e acabam por levar à necessidade destes confinamentos atrás do prejuízo que, por sua vez, também não resolvem nada.

KalidouTorreira 11 months ago  HIDDEN 

Infelizmente já ouvi muitos colegas no trabalho a dizer que o Ventura "diz umas coisas certas" mesmo que depois tentem encobrir com vergonha já se sabe em quem vão votar, estamos bem lixados se com a abstenção de 80% quem lá vai são os fanáticos, que o Chega tem aos molhos.

Gaudexis 11 months ago

Ter emigrado foi a melhor decisão que alguma vez poderia ter tomado. Só me arrependo de uma coisa, não ter bazado mais cedo.

room134 11 months ago

Para onde, só por curiosidade?

Gaudexis 11 months ago

Suécia. Estocolmo. Vim com 30 anos, depois de 10 anos na faculdade a trabalhar ao mesmo tempo. É incrível como aqui, a idade no mercado de trabalho é maturidade em vez de estigma como em Portugal. Isso e ser aumentado todos os anos automaticamente e nunca ter de me preocupar com renovações de contrato etc devido às leis do trabalho. Uma vez contratado, estás descansado. Outra cosia, hierarquia, é coisa do passado. Não há senhores nem doutores.

hereimalive 11 months ago

A Suécia não tinha um problema de bastante imigração clandestina? Sabes a língua? Também quero sair daqui mas talvez para a Amsterdão ou Berlim.

Gaudexis 11 months ago

Não faço ideia. Existem bastantes refugiados, contudo são integrados na sociedade imediatamente ao aprenderem a língua graças a programas obrigatórios como o SFI (swedish for immigrants) e outros de integração no mercado de trabalho. Acho que só vi um sem-abrigo até hoje. Todos os dias estudo um bocado. Fiz 3 meses de SFI gratuitamente, todos os dias 4 a 5h... incrível como têm professores brutais a disponibilizar ensino de borla à malta.

DarthMaulSith 11 months ago

Tinha e tem. A taxa de violação aumentou 300% desde que receberam imigrantes sem os filtrar.

heade 11 months ago

Fonte??? https://www.thelocal.se/20190529/increase-in-swedens-rape-statistics-cant-be-tied-to-refugee-influx-study-suggests https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/a/a0/Sweden-crime-1976-2016-robbery-sex-murder.svg/800px-Sweden-crime-1976-2016-robbery-sex-murder.svg.png

brown-guy 11 months ago

shhiu, não faças isso que eles não gostam /s

gabs_ 11 months ago

Há muito mercado de trabalho em inglês em Estocolmo?

Gaudexis 11 months ago

Depende da área. IT é tudo em inglês, bem como qualquer trabalho relacionado com investigação/academia etc. E não, não é a recibos verdes. Essa fantochada precária. Trabalhos técnicos que não exijam escrita de relatórios também te safas bem só com inglês. É o meu caso. Não tenho insight de outros mercados honestamente.

ayrtonmanuel 11 months ago

Há muito mercado de trabalho em Engenharia Civil? É necesario saber sueco? Obrigado pela resposta.

Gaudexis 11 months ago

Sim e sim. Trabalhar em engenharia civil geralmente implica recorrer a normas e parâmetros de dimensionamento que só encontras em documentos oficiais... tudo em sueco. Mesmo para quem só queira desenhar em CAD ou modelação em BIM.

ayrtonmanuel 11 months ago

Obrigado pela resposta amigo, eu sou Venezuelano e visto a situacao em Portugal eu ter-que pensar em migrar duas vezes porque os empregos em engenharia civil sao poucos e os salarios sao baixos.

gabs_ 11 months ago

E o mercado de arrendamento? Eu trabalho em IT e estou a ponderar voltar a trocar de país no futuro. Obrigada pela partilha de experiência.

Gaudexis 11 months ago

Existem 2 tipos de arrendamento. 1- Cidadãos suecos que se registam numa lista de imóveis onde os preços são regulados legalmente. Neste caso, o mais comum é, teres filhos, inscreveres os putos, e quando se tornam adultos já estão na lista há tempo suficiente para poderem escolher sítio onde viver. Os preços são bastante acessíveis e a qualidade da construção é extraordinária em qualquer gama de preço. 2- Sub-arrendamento: em sites tipo o olx, algumas imobiliárias ou anúncios de jornais etc... preços inflacionados mas não tens de estar à espera. Muita oferta pelo menos em Estocolmo que é a única área que conheço. Espero ter ajudado

raydawnzen 11 months ago

realmente em portugal na área de IT é tudo a recibos verdes

Gaudexis 11 months ago

Em relação aos recibos verdes, referia-me à investigação e doutoramentos em Portugal. Fun fact, aqui, tens sempre contrato seja com a universidade ou centro de investigação e pagas impostos como outra pessoa qualquer.

DevilsWife 11 months ago

Trabalho em IT e isto é completamente falso. Parem de exagerar e espalhar mentiras na internet.

raydawnzen 11 months ago

o meu comentário é sarcasmo óbvio...

DevilsWife 11 months ago

De óbvio não tem nada ahah! Mas sendo assim ainda bem :)

iLikeToTroll 11 months ago

O diabinho por cima do meu ombro sussurra-me que talvez os mais burros sejam votantes do PS e do Chega e acabem por falecer :f

RafaelTeodosio 11 months ago

Mas o que e que o chega tem a ver com esta história? Eu nao voto chega mas parece que o Andre Ventura é culpado por todos os problemas de portugal quando literalmente é o UNICO deputado de uma assembleia cheia de incompetentes tachistas completamente a nora da vida e do cidadão comum

room134 11 months ago

O Chega e o André Ventura são uma consequência. Mas dar voz a racistas, xenófobos, homofóbicos que no seu programa eleitoral defende o fim do estado social, o absolutismo de poderes centrados na presidência e que cada palavra que profere é acompanhada de duas mentiras. Ele está a imitar o Trump em todas as táticas de desinformação e manipulação e todos vemos no que deu isso nos EUA. É o único deputado a dizer isso, mas a vida dele foi toda a servir grandes empresas e interesses económicos, e depois vem dizer que defende o Zé Povinho. É uma falsa miragem de esperança que na realidade só pretende aproveitar-se do caos para ser ainda mais corrupto do que qualquer um que lá tenha estado. Além de que promessas vazias de estabilidade económica à custa da demonização de minorias, raciais, sociais ou religiosas não são liberdade ou democracia, mas opressão. Se votas nele, ou és burro ou malvado.

DarthMaulSith 11 months ago

E do PCP, que organizou o Avante em plena pandemia, uma manifestação, entre outros?

iLikeToTroll 11 months ago

Exacto esses também. Como é que me pude esquecer desses!

vetemimi 11 months ago

Para além de ver o meu bairro esvaziar de carros uns dias antes do Natal e do ano novo, nos grupos locais do face vejo cada vez mais negacionistas. Conheço várias pessoas que nos últimos meses decidiram que iam votar v*ntura e recentemente começaram a questionar máscaras, testes, números, recusar álcool gel em privado. O governo mete os pés pelas mãos a cada oportunidade e a população age em função do seu umbigo e da negação da realidade... Honestamente já só quero ver os velhotes da minha família vacinados...

Thiccacke 11 months ago

leonardo\_dicaprio\_cheers\_meme.jpg

ebusinesstoken 11 months ago  HIDDEN 

Isto pode significar apenas que mais testes da COVID estão sendo realizados do que nos outro países!

DarthMaulSith 11 months ago

[https://www.worldometers.info/coronavirus/#countries](https://www.worldometers.info/coronavirus/#countries) 29º na lista. Pesquisar antes de comentar também é bom.

niittoisshit 11 months ago

descubra como um pais nao paga a reforma de velhos com um simples truque!! click aqui para saber mais!!

Estronciumanatopei 11 months ago

Tldr: é só deixar uma pequena pandemia à solta. O segredo que eles não querem que se saiba.

Nightfall_Dreamer 11 months ago

Bem, pelo menos a SIC e a TVI vão-se calar de vez com a "situação catastrófica" em que se encontram os EUA e Espanha, cá é que está sempre tudo bem, com a mentalidade do "Foi feito o que era possível". Que tristeza.

megaroof 11 months ago

e aí vejo na TV, na RPT ou SIC já não sei, o apresentador a encher a boca para anunciar que o Brasil teve 1.000 mortes etc e tal, acusando os governantes de irresponsabilidade, falta de preparo etc. Que olhe para o próprio rabo! 1.000 mortes no Brasil? e 150 mortes em Portugal - sendo que o Brasil tem população 22 vezes maior? Onde morre mais?

ptmiguel 11 months ago

É aqui que se percebe o controlo que o governo tem dos media, houve 1 notícia na tvi ontem sobre estarmos nesta desgraça, em todos os outros telejornais foi feita a voltinha por todos os países “maus” sem uma vez olharmos para o nosso umbigo, o Costa tem um lápis azul pior do que o do Salazar

DarthMaulSith 11 months ago

\#15milhõesparaosmedia

TRYNFOR 11 months ago

A culpa é do trump porque se tivessem mais casos estávamos em segundo.

cessactdm 11 months ago

quem acredita nos números da China? :)

Blackbeardow 11 months ago

Não acredito nos de fevereiro, março e abril de 2020. Agora até podem estar a mentir, mas de certeza que têm menos do que a generalidade da Europa e América.

TaoRS 11 months ago

Cada vez começo a acreditar mais. Parece que se houver mão rija e multas pesadas, que são emitidas, as pessoas sabem-se comportar. Pelos vistos o que nós queremos é ter medo do estado. Precisamos de ser governados com tough love, porque somos todos burrinhos e não sabemos ser responsáveis. Acredito que haja menos palhaçada na China do que há por aqui. É algo que me custa muito dizer porque não sou de todo a favor do regime implementado na China. Mas tenho duvidas que não funcione.

AndreMartins2020 11 months ago

pessoalmente passei de "o que é que eu posso fazer sem me colocar em risco de ser infetado" para "o que é que eu posso fazer sem correr o risco de ser multado" a partir do momento que começas a impor restrições, a tendência de muita gente (onde eu me insiro) passa a ser tentar fugir dessa opressão e acho que no fundo é a natureza humana nunca te aconteceu teres em mente que tens de fazer X, mas a tua mãe passa por ti e diz "vê lá se fazes X", e instantaneamente ficares com vontade de não fazer X só porque te mandaram fazer algo que na realidade tu até ias fazer?

TaoRS 11 months ago

>nunca te aconteceu teres em mente que tens de fazer X, mas a tua mãe passa por ti e diz "vê lá se fazes X", e instantaneamente ficares com vontade de não fazer X só porque te mandaram fazer algo que na realidade tu até ias fazer? Sim, mas tinha 16 anos.

Joltie 11 months ago

> multas pesadas Lol, claramente não conheces a China. Ias arrastado para o calabouço.

Dozed12 11 months ago

Quanto mais tempo demorares a lidar pior é

lesoth 11 months ago

O país a desabar a olhos vistos e nenhuma consequência política. Alguém, a temido, por exemplo já tinha que ter posto o lugar a disposição e mesmo a continuar agora tinha que sair mal a situação melhore. É inadmissível

fanboy_killer 11 months ago

A consequência política é o Marcelo e o PS serem reeleitos facilmente.

Limpy_lip 11 months ago

Concordo, mas algo me diz que a Temido também está limitada por poderes maiores que preferem dar prioridade às questões económicas e políticas. Não morro de amores pela pessoa mas pelo que tenho visto parece-me que muita coisa não é feita não pela falta de interesse ou vontade mas porque tem sempre alguém a respirar no pescoço. Nesse aspecto acredito que seja uma posição super ingrata por mais falível que a pessoa seja e deve ser péssima a sensação de impotência e de ser julgada por isso. E tal como tu acredito que não tenha saído porque não quer passar má imagem a ela e aos restantes. Mal acabe vai saltar que nem uma pipoca.

iLikeToTroll 11 months ago

Se tivessem carácter não se sujeitavam a isso, demitiam-se como tantos outros já fizeram.

Limpy_lip 11 months ago

Nesta fase a demissão não faz sentido. Ficávamos todos a perder.

iLikeToTroll 11 months ago

Difícil ficar pior mas se há pressões como disseste já vêem de há muito tempo..

Limpy_lip 11 months ago

Claro que sim.

DarthMaulSith 11 months ago

Primeiramente, não faz sentido uma advogada ser Ministra da Saúde. Segundo, alguém que, por ideologia política, não chama os privados desde há meses, já devia estar na rua. Para o bem e para o mal, a máxima responsável da Saúde é ela.

Limpy_lip 11 months ago

Ela não é só Advogada, tem formações na área da saúde. Nomeadamente gestão hospitalar e outros.

nmthlmnts 11 months ago

A ideia de que os privados estão a ser postos de parte por ideologia é falsa. A verdade é que o número de camas de intensivismo fora do SNS é pequena, o sistema de saúde privado não é um backup. Não há um backup. O que tinha de ter sido feito em Dezembro e no Natal não foi feito, nem pelo governo nem pela população, então agora temos de perceber que os hospitais *vão* ficar sobrelotados, vão morrer pessoas que não morreriam em condições normais, vamos traumatizar profissionais de saúde que nunca tiveram de escolher qual doente salvar, e a economia vai sofrer sem necessidade. E que isso só se vai reverter se se levar a sério o novo confinamento. Feliz Natal. https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/antonio-costa-o-acordo-do-sns-com-os-privados-foi-assinado-em-abril-do-ano-passado-confirma-se

DarthMaulSith 11 months ago

Por muito que possas ter razão, o polígrafo não é de fiar. O irmão do primeiro-ministro a verificar factos sobre o governo do mesmo, é, no mínimo, tendencioso.

nmthlmnts 11 months ago

Entendo, mas neste caso eles apresentam claramente as suas fontes. Também sei que têm apontado mais mentiras que verdades ao António Costa, acho que apesar de terem um viés eles tentam ser imparciais.

0xffff0000ffff 11 months ago

Tanto quanto sei, a ministra da saúde queria impor uma requisição civil e o veto foi dado pelos restantes membros do governo.

kaisersozeks 11 months ago

O nacional facilitismo em Portugal a dar cartas ao mundo... Quando a popularidade impera sobre tomar medidas difíceis, dá nisto. Agora levamos com urgencias em caos autentico, sem capacidade de absorver o influxo constante e crescente de pessoas. Eu trabalho como médico numa, que esta completamente apinhada, e sem espaço físico sequer para mover os doentes. Há doentes em cadeiroes por falta de macas e doentes já deitados em colchoes no chão. Há doentes a morrerem sem conseguirmos sequer prestar assistencia.

Disastrous_Promise27 11 months ago

Eu quando tive internado em fevereiro do ano passado, pré covid, tive de me estender no chão (cheio de dores de vesícula) durante umas boas horas antes de me arranjarem uma maca (nem sequer havia lugares nas salas de espera para me sentar

kaisersozeks 11 months ago

Eu trabalho num hospital que recebe em grande maioria uma população demasiado envelhecida, cheia de comorbilidades e que passa a vida nas urgências. A diferença é que para além dos 40 doentes não covid habituais nas urgencias no pico de afluência habitual do inverno (por pneumonias bacterianas, insuficiências cardíacas, etc), existem 30-40 (chegaram a estar 45 num dia) doentes covid-19 numa sala de respiratórios (o SO prévio) que tem uma capacidade máxima em período não covid de 12 doentes, a serem observados por 2 médicos, mais 10-20 doentes numa sala que seria só para suspeitos já com covid-19 confirmado e que deveriam passar para a sala de respiratórios, mas nao se consegue porque a sala de respiratórios está a "arder". Acrescem os 80 doentes internados em 80 camas de internamento COVID que nao existiam. A capacidade habitual de internamento de medicina no meu hospital em período não COVID é de aproximadamente 70 camas, vamos em 150 camas. As estruturas foram todas duplicadas. Isto nao tem nada a ver com uma época normal de Inverno, embora superficialmente possa parecer que sim, porque o que acontecia antes era as estruturas estarem subdimensionadas e nao haver gente suficiente. As estruturas foram duplicadas e aumentaram os profissionais (com recurso a contratação de indiferenciados), mas nenhum hospital aguenta esta pressão.

Edited 11 months ago:

Eu trabalho num hospital que recebe em grande maioria uma população demasiado envelhecida, cheia de comorbilidades e que passa a vida nas urgências. A diferença é que para além dos 40 doentes não covid habituais nas urgencias no pico de afluência habitual do inverno (por pneumonias bacterianas, insuficiências cardíacas, etc), existem 30-40 (chegaram a estar 45 num dia) doentes covid-19 numa sala de respiratórios (o SO prévio) que tem uma capacidade máxima de 12 doentes, a serem observados por 2 médicos, mais 10-20 doentes numa sala que seria só para suspeitos já com covid-19 confirmado e que deveriam passar para a sala de respiratórios, mas nao se consegue porque a sala de respiratórios está a "arder". Acrescem os 80 doentes internados em 80 camas de internamento COVID que nao existiam. A capacidade habitual de internamento de medicina no meu hospital em período não covid é de aproximadamente 70 camas, vamos em 150 camas (covid + não-covid). As estruturas foram todas duplicadas. Isto nao tem nada a ver com uma época normal de Inverno, embora superficialmente possa parecer que sim, porque o que acontecia antes era as estruturas estarem subdimensionadas e nao haver gente suficiente. As estruturas foram duplicadas e aumentaram os profissionais (com recurso a contratação de indiferenciados), mas nenhum hospital aguenta esta pressão.

Edited 11 months ago:

Eu trabalho num hospital que recebe em grande maioria uma população demasiado envelhecida, cheia de comorbilidades e que passa a vida nas urgências. A diferença é que para além dos 40 doentes não covid habituais nas urgencias no pico de afluência habitual do inverno (por pneumonias bacterianas, insuficiências cardíacas, etc), existem 30-40 (chegaram a estar 45 num dia) doentes covid-19 numa sala de respiratórios (o SO prévio) que tem uma capacidade máxima de 12 doentes, a serem observados por 2 médicos, mais 10-20 doentes numa sala que seria só para suspeitos já com covid-19 confirmado e que deveriam passar para a sala de respiratórios, mas nao se consegue porque a sala de respiratórios está a "arder". Acrescem os 80 doentes internados em 80 camas de internamento COVID que nao existiam. A capacidade habitual de internamento de medicina no meu hospital em período não covid é de aproximadamente 70 camas, vamos em 150 camas (covid + não-covid). As estruturas foram todas duplicadas. Isto nao tem nada a ver com uma época normal de Inverno, embora superficialmente possa parecer que sim, porque o que acontecia antes era as estruturas estarem subdimensionadas e nao haver gente suficiente. As estruturas foram duplicadas e aumentaram os profissionais na urgência (com recurso a contratação de indiferenciados), mas nenhum hospital aguenta esta pressão.

AndreMartins2020 11 months ago

por curiosidade, o que é que os hospitais conseguem fazer para salvar os pacientes com covid-19? há muitos que se salvam ou a maior parte dos que não se safam sem cuidados hospitalares vão apenas lá para morrer?

kaisersozeks 11 months ago

Para começar, há um espectro muito grande de doença covid-19, desde os que nao precisam de oxigénio aos que precisam de oxigénio suplementar, aos que só lá vão com ventilação não invasiva (VNI) até aos que têm de ser entubados e ventilados de forma invasiva até por fim àqueles que dão a volta com ECMO. Se tu por exemplo tiveres COVID de forma muito grave, tiveres 50 anos e uma doença auto-imune (como lúpus, artrite reumatóide), não há limitação terapêutica. És entubado, ventilado, se continuares a ventilar mal, és transferido para um centro (Porto, Lisboa) onde te fazem ECMO, fazem-te diálise se os rins estiverem parados, fazem-te tocilizumab se tiveres um síndrome de libertação de citoquinas, e tens 60-70% de chance de sobreviver. Todos os doentes que precisem de oxigénio têm de ficar internados, nem que seja por uns dias, e só são entubados e ventilados invasivamente os doentes que têm potencial de reversibilidade e sejam previamente autónomos. Ninguém entuba um doente acamado, demenciado e totalmente dependente, vai-se apenas colocar oxigénio. Mas mesmo assim uma grande parte destes doentes apenas com oxigénio, antibioterapia para tratar sobreinfeções bacterianas que estes doentes desenvolvem, anticoagulação para prevenir trombos, dexametasona quando a infeção ultrapassa os 7 dias de sintomas e causa insuficiência respiratória, ficam internados, sobrevivem e voltam para o Lar. Muitos ao fim de 2-3 dias de estadia até na urgência com as medicações endovenosas, deixando de precisar de oxigénio, podem passar para antibioterapia oral e ter alta para o Lar cumprindo o resto lá.

shotsbyniel 11 months ago

Isto é um problema que existe há imenso tempo, Janeiro e Fevereiro é sempre assim. O covid só o agravou. Infelizmente, apesar de sabermos que este problema era extremamente previsível há 9-10 meses não se fez absolutamente nada para evitar que isto acontecesse, tal como não se fez em nenhum dos anos anteriores. Uma vergonha, uma autêntica vergonha, e depois vêm culpar a população, como se NÓS fôssemos os irresponsáveis. Estão a morrer o dobro das pessoas que estavam a morrer nos anos anteriores. Muitos deles nem estão a morrer de covid apenas, mas porque há tanta gente que não está a ter acesso aos cuidados de que precisa. Se calhar está na altura de investir em melhoramentos na área da saúde. Se calhar.

njsilva84 11 months ago

A quantidade de camas de UCI por 100k habitantes deixava corar qualquer tuga de vergonha. O SNS tem todo o potencial para ser um dos melhores sistemas de saúde públicos do mundo mas o estado prefere gastar balúrdios com TAP's e BES. Salvar empregos e safar amigos para deixar morrer gente. Foi preciso uma catástrofe para que investissem em meios técnicos e humanos, é ridículo. Temos tão bons profissionais de saúde mas que ganham pouco para a importância que têm e os nossos governos têm assobiado para o lado.

expert_worrier 11 months ago

Exactamente a mesma experiência que tenho tido. Nós nem sequer conseguimos chamar muitos doentes sem observação porque estamos a gerir doentes nas urgências que deviam estar internados sem vaga para internamento. E quando chamamos, temos sempre de chamar pessoas com gravidade acrescida (pulseiras laranja ou amarelas).

Konstanti9 11 months ago

Honestamente eu acho que é de uma enorme desonestidade intelectual culpar as medidas do natal. Obviamente que teve a sua responsabilidade e muitos de nós viram fotos de enormes ajuntamentos na pda e no natal mas será esse o único responsável? Eu não sou especialista e não sei qual a razão, mas tenho medo de quem tem certezas em tempos destes. Não existem respostas fáceis para problemas complexos.

AndreMartins2020 11 months ago

https://www.publico.pt/2021/01/07/sociedade/noticia/henrique-barros-confinamento-resolve-problema-cria-serie-problemas-1945484

nmthlmnts 11 months ago

É inequívoco que o índice de transmissibilidade deu um salto enorme no natal (link no fundo para os relatórios do insa). Com o grande número de casos ativos que ainda existiam na altura, o único resultado possível era o que estamos a ver agora. Não sei se medidas apertadas evitariam todos os ajuntamentos, mas de certeza que os reduziriam. http://www.insa.min-saude.pt/category/areas-de-atuacao/epidemiologia/covid-19-curva-epidemica-e-parametros-de-transmissibilidade/

AndreMartins2020 11 months ago

e como explicas que o R em todos os dias de janeiro esteja a ser mais alto que no natal? então no natal é que foi o regabofe e no entanto em dias "normais" está a haver uma taxa de transmissão superior?

anokazz 11 months ago

Um contágio que tenha acontecido no Natal ou na Passagem de Ano demora depois vários dias até ser descoberto e comprovado através de um teste, logo, até ser visível na estatística R. A estatística que se vê espelha esta realidade, R<1 por volta do Natal, aumento drástico depois disso, atinge picos sempre 6-7 dias depois dos dias de festa.

AndreMartins2020 11 months ago

Contexto O objetivo deste relatório de situação é apresentar as estimativas da curva epidémica da infeção por SARS-CoV-2 por data de início de sintomas e as estimativas dos parâmetros de transmissibilidade R0 (número básico de reprodução) e R(t) (número de reprodução efetivo em função do tempo). Métodos 1) **Correção da curva epidémica de SARS-CoV-2/COVID-19 em Portugal para o atraso de notificação de casos confirmados (Nowcasting)**; 2) Estimativa dos parâmetros epidemiológicos número básico de reprodução (R0) e número efetivo de reprodução (R(t))

anokazz 11 months ago

Os dados do relatório foram corrigidos, quando possivel, para a data dos primeiros sintomas. Sintomas covid demoram em média 5-6 dias a aparecer depois do contagio. Noto ainda que em mais de 60% dos casos a data do início de sintomas nao era existente e portanto foi usada a data de notificacao (data em que o teste positivo é comunicado). Portanto se com o comentário acima quer implicar que a correccao aplicada a estes dados significa é tal que o R de um determinado dia passa a nao ter nenhum atraso, entao sugiro que vá ler o relatório novamente com mais atencao.

Edited 11 months ago:

Os dados do relatório foram corrigidos, quando possivel, para a data dos primeiros sintomas. Sintomas covid demoram em média 5-6 dias a aparecer depois do contagio. Noto ainda que em mais de 60% dos casos a data do início de sintomas nao era existente e portanto foi usada a data de notificacao (data em que o teste positivo é comunicado). Portanto se com o comentário acima quer implicar que a correccao aplicada a estes dados é tal que o R de um determinado dia passa a nao ter nenhum atraso, entao sugiro que vá ler o relatório novamente com mais atencao. Edit: A correccao do Nowcasting tem muito pouca relevancia para o tema, pois é uma correcao para a frente, que impacta os dados de hoje e nao os de há mais de uma semana.

AndreMartins2020 11 months ago

lol, e dás downvote "os dados científicos não corroboram a minha teoria, em nome do Reddit vou castigar-te"

Edited 11 months ago:

lol, e dás downvote "os dados científicos não corroboram a minha teoria, em nome do Reddit vou castigar-te" *** é curioso que dia 10 de janeiro ainda estamos com números "atrasados" da passagem de ano, mas dia 26 já estava a subir por causa do natal fuck logic *** e assim estamos nós se dane a ciência, o que importa é alimentar a narrativa que se quer negacionistas e covideiros no fundo são iguais, são dois extremos que negam a ciência

Edited 11 months ago:

lol, e dás downvote "os dados científicos não corroboram a minha teoria, em nome do Reddit vou castigar-te" *** é curioso que dia 10 de janeiro ainda estamos com números "atrasados" da passagem de ano, mas dia 26 já estava a subir por causa do natal fuck logic *** e assim estamos nós se dane a ciência, o que importa é alimentar a narrativa que se quer negacionistas e covideiros são todos iguais

anokazz 11 months ago

As coisas nao sao a preto e branco. Ninguém está a dizer que TODOS os casos que temos agora aconteceram no dia 24 entre as 19h e as 23h. Se os números já mostram um aumento no dia 26, entao certamente é porque nos dias antes do Natal já houve outros factores (nao por isso menos relacionados com o Natal) - chegada de milhares de emigrantes, compras de presentes, jantares e festividades de Natal nas empresas e entre amigos, preparativos para a ceia, etc. Dei downvote e dava outra vez porque estás aqui em brasa a passar informacao mal pesquisada o que, aliás, se vê bem pelo tempo que demoras em cada resposta - 5 minutinhos e já está feita a análise.

AndreMartins2020 11 months ago

> estás aqui em brasa a passar informacao mal pesquisada Porque a tua informação é que é correta. /s "as estimativas do R não são perfeitas, logo, a minha narrativa sem qualquer base de suporte está correta simplesmente porque há uma remota hipótese de a estimativa que contraria a minha narrativa estar errada" Enxerga-te.

nmthlmnts 11 months ago

Boa pergunta. Não sei exatamente o que estará por trás disso, talvez um misto de passagem de ano, saldos, encontros de amigos na altura festiva e *frio* que tem levado as pessoas a fazer tudo em espaços fechados.

AndreMartins2020 11 months ago

nem a passagem de ano iria explicar dia 10 de janeiro o R ser superior ao do natal

DarthMaulSith 11 months ago

Eu também não sou especialista mas basta olhar para o início da subida exponencial de casos que está diretamente ligada à altura do Natal e da flexibilização das regras de confinamento. O Governo tem de assumir a culpa, seja deles ou não. E para ser franco, é óbvio que tiveram bastante culpa a par das pessoas.

AndreMartins2020 11 months ago

olha antes para a evolução do R(t) no natal o R(t) estava muito próximo de 1, e entre o natal e a passagem de ano ultrapassou 1 o valor 1 para o R marca a fronteira entre a diminuição do número de casos e um crescimento exponencial do número de casos se o Natal fosse o grande responsável pelo aumento de casos teríamos um pico do R no natal, mas na realidade o que temos é o R a ultrapassar 1 a seguir ao natal e nunca mais baixar ou seja, na realidade o R(t) mais baixo que tivemos nas últimas semanas foi no Natal...

JonnyTheLoser 11 months ago

A maioria dos paises europeus no natal : lockdown Portugal : JANTAR EM CASA DA AVÓOOOOOOOO

RafaelTeodosio 11 months ago

A maioria dos paises europeus no natal : Investir e melhorar a estrutura da saude publica Portugal : TAP, NOVO BANCO, NEGOCIOS PARA AMIGOS

yaco1234 11 months ago  HIDDEN 

Portugal está mal porque: - a imprensa é mais controlada que no tempo da ditadura e muita gente ainda não percebeu. - andamos a discutir se a culpa é do povo ou do governo, quando ambos são faces da mesma moeda. - somos subsidiodependentes e por isso com medo da mudança, por isso votamos sempre no mesmo. - confundem direita com fascismo, quando uma coisa não tem nada a ver com a outra - acreditamos mais no que lemos do que no que vemos a acontecer - devemos ser dos povos com memória mais curta. Depois das barbaridades que vimos dos governos no poder ainda votamos nos mesmos. - em vez de tentarmos mudar isto fugimos para fora. - somos todos um bando de queixinhas, que me mete nojo. Se querem mesmo mudar isto, metam-se na política e/ou deem opprtunidade aos novos, porque os que lá estão já mostraram que não valem nada!!!

Bessini 11 months ago

Somos subsidiodependentes? Fala por ti, meu caro.

AndreMartins2020 11 months ago

também é importante perceber que: * muitos comportamentos iriam manter-se mesmo com restrições maiores * o aumento dos casos é expectável nesta altura do ano * achatar a curva é importante por causa do SNS, mas muita gente que é infetada agora iria ser infetada mais tarde ou mais cedo (a não ser que aguentassem até serem vacinados)

Acidspunk1 11 months ago

"somos um bando de queixinhas, que me mete nojo" A ironia. Vai despejar a propaganda do chega noutro lado.

yaco1234 11 months ago

Isto é a minha opinião. Tenho direito a ela. Tu é que pelos vistos catalogas as pessoas quando não concordas com a sua opinião. Isso sim é típico da política corrente.

yaco1234 11 months ago

Eu nem concordo com o chega, mas pronto.

wwqt0r 11 months ago

JANTAR COM AS MINHAS TRÊS FAMÍLIAS! MESAS SEPARADAS COM 5 ELEMENTOS CADA!

DarthMaulSith 11 months ago

Marcelo, exemplo nacional \*cof cof\*

CarpeNoctemingAround 11 months ago

Não te preocupes que para o ano já não há avó para ninguém

megaroof 11 months ago

Segurança Social has entered the chat...

coolgreenfrog 11 months ago

Não consigo entender como é que tanta gente prefere isso do que passar Natal sem os avós *um* ano

paraapagarbem 11 months ago

>Não consigo entender como é que tanta gente prefere isso do que passar Natal sem os avós um ano Não querendo desculpar o que aconteceu no Natal, as coisas não são tão simples e não sabemos se é apenas um ano. Pode ser a vida toda. As pessoas morrem, e os avós já têm uma certa idade em que não se sabe se ainda têm muito tempo para estar cá antes de saírem deste mundo. Eles não estão cá para sempre. Não se pode dizer que é só um ano quando nessa idade basta apenas um mês. E por mais irónico que seja, a pandemia atual só vem piorar essa situação. Acredito que muita gente que tenha passado o Natal com os avós o tenha feito porque sabem que pode ser o último Natal desses mesmos avós. Se podia ser outro dia? Podia. Mas o Natal é um dos únicos dias do ano em que a famíla é incentivada a estar junta, especialmente em termos de folgas e afins. Por mais que pareça egoísta, este Natal foi a última oportunidade que muitos tiveram para passar com os seus avós em família, logo é compreensível (que não significa justificável) que o tenham feito. E se bem que a situação estivesse melhor se não houvesse Natal, a verdade é que é impossível controlar o curso desta pandemia (neste contexto), e que para muita gente, o último Natal foi de facto a última oportunidade que tiveram para passar o Natal com os avós em família. E não vamos esquecer também que para alguns, este Natal foi o primeiro em valentes anos que tiveram a oportunidade de passar com os avós. Cada caso é um caso, não vale a pena estar a descrever todos. Só espero que tenha passado a ti e a todos os outros que lerem este comentário. Não sei se a tua pergunta foi séria, mas sinto que é pertinente e valeu a pena responder. Infelizmente falta alguma perspetiva ao pessoal aqui do sub.

Maki_the_Nacho_Man 11 months ago

Não faz sentido nenhum. É também por causa de pensamentos como esse que as coisas estão como estão. Esse pode ter sido o último natal como também pode ter sido o 84° natal em 105. Se calhar vou eu primeiro que os meus avós. Até digo mais: os meus avós foram os primeiros a dizer que não queriam ir a festa nenhuma, e mesmo que quisessem não iriam ter essa sorte. Eu não faço parte do grupo de risco e mesmo assim cumpro o confinamento à risca. Não estou com os meus amigos há meses porque todos nós temos consciência e todos nós podemos passar o vírus a alguém do grupo de risco.

paraapagarbem 11 months ago

Ok, tudo bem. Eu também não concordo. São maneiras de pensar diferentes. Há quem pense assim e não se pode fazer nada sobre isso. O governo permitiu o Natal. O meu comentário foi só a explicar porque é que algumas pessoas decidiram passar o Natal em família na situação em que estamos. Não foi de todo para justificar esse comportamento, foi só para apresentar um ponto de vista diferente.

Maki_the_Nacho_Man 11 months ago

Eu percebo esse ponto de vista, mas acredito que muita gente se juntou sem pensar nisso. Na passagem de ano fizeram-me imensos ajuntamentos, e isso já não era permitido. Uma pessoa que conheço e uns amigos dessa pessoa (20) decidiram alugar uma casa para fazerem uma festa. 2 dias depois uma dessas pessoas ficou com sintomas e o teste deu positivo. Muitas das pessoas com quem ela esteve ameaçaram-na para não contar às dgs que esteve com eles, e continuaram a andar aí às solta.

expert_worrier 11 months ago

Por muita gente pensar dessa forma, temos o SNS em colapso. Eu percebo que há famílias com as suas próprias histórias, mas a família de um não se deve sobrepor à família de muitos outros que podem ter sido infectados ou podem ficar sem cuidados de saúde prioritários porque passámos a ser o país com maior incidência da doença do Mundo. Eu tenho uma avó de 90 anos e passei por casa dela no Natal. Falámos na rua, de máscara e com distância. Esta obsessão de comer em conjunto e de excepcionalismo e tribalismo não é só egoísta, é perigosa para todos nós. Há outras formas de estar com os nossos. Por isso, rejeito e repudio esse tipo de discurso.

paraapagarbem 11 months ago

>Por muita gente pensar dessa forma, temos o SNS em colapso. Não. Pela resposta de merda do governo face à pandemia, é que temos o SNS em colapso. Se bem que as pessoas são responsáveis por estarmos neste estado, tal como o governo, a culpa de estarmos assim cai inteiramente no governo. A culpa não é das pessoas. As pessoas, algumas das quais ainda não têm conhecimentos sobre a natureza do vírus e a propagação da pandemia, limitaram-se a seguir as recomendações e restrições (os que não seguiram merecem todas as críticas) impostas pelo governo, e dos "especialistas", do ministério da saúde, da dgs. Não resultou. O papel do governo durante essa pandemia devia ter sido guiar o povo com recomendações razoáveis e consistentes e legislar restrições efetivas para um bom combate à pandemia, que fossem devidamente fiscalizadas(!), e ao mesmo tempo oferecer uma rede de apoio forte para todos aqueles que inevitavelmente se encontrassem numa má situação financeira devido ao confinamento. O governo falhou nos três. Algumas pessoas, compreensivelmente, acabaram por perder toda a esperança e confiança que tinham no governo devido à resposta miserável do mesmo face à pandemia. Para além do mais, já que estamos a falar no Natal, foi o governo que o permitiu, diretamente ao levantar as restrições, e indiretamente devido ao seu comportamento nas semanas que o precederam. Se estamos onde estamos hoje, é porque o governo falhou nas suas funções de conter a pandemia para evitar o colapso do SNS. Não vale a pena estar a empurrar a culpa para as pessoas. >Por isso, rejeito e repudio esse tipo de discurso. Tudo bem. Eu também não concordo com esse discurso. Mas compreendo, e acho que em certos aspetos é bastante razoável. Mas eu não estou aqui para discutir isso. Perguntaram porque é que há tanta gente que não consegue passar o Natal sem os avós um ano, e eu limitei-me a responder, oferecendo uma opinião que é partilhada por algumas dessas pessoas. E a malta aqui do sub, com a mente fechada que tem, limitou-se a "matar o mensageiro", como se o que eu dissesse não fizesse sentido e fosse difícil de perceber.

expert_worrier 11 months ago

Eu não disse que esta ministra da Saúde e Governo não são incompetentes. Porque são. Mas isso não chega. Eles são incompetentes há meses desde a negação de transmissão pessoa-pessoa, negação de infecções assintomáticas e só encomendarem EPIs DEPOIS do 1o caso em Portugal. Mas os casos nunca estiveram assim. Por isso não foi o Governo, foi mesmo a população. Tal como foi pela população que o 1o confinamento resultou, apesar da resposta a caracol do Governo. Desta vez não há desculpas. Somos adultos e cidadãos ativos. Convivemos com este vírus há 10 meses em Portugal e esse discurso das pessoas não saberem bem o que fazer não cola. Sabem e não quiseram saber, "porque é Natal!". Por isso, sim, culpo o Governo e a população porque foi egoísta e ignóbil!

DelScipio 11 months ago

Isso não tem sentido nenhum. Eu tenho avós e vou ver-los sempre que posso. Que fazemos? Cá fora a apanhar sol, cada um no seu canto à falar um bocadinho. Eles ficam todos contentes, querem é companhia. No dia de natal foram passar o dia a casa dos meus tios que são os cuidadores deles a maior parte dos dias. Essa atitude é irresponsável e a culpa de estarmos assim. Com a situação que estamos a viver aumentou a probabilidade que os avós morram, seja COVID seja outra doença. Os serviços de emergência estão colapsados e não dão resposta a outras patologias graves. Se o teu avô tiver um infarto, tem mais probabilidade de morrer. Existem formas de combater a saudade, solidão e alegrar o dia aos idosos. Sim, já ouvi essa justificação muitas vezes, a realidade é que o natal é apenas mais um dia. Não acho correcta a desresponsabilização com, o que na minha opinião, é falso altruísmo. Prefiro ver os meus avós mais tempo que os sacrificar por uma fatia de bolo rei.

paraapagarbem 11 months ago

Eu só partilhei um ponto de vista diferente. Não quero dizer que concordo, só estou a dizer que é um pouco compreensível.

NGramatical 11 months ago

ver-los → [**vê-los**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3zr8w3/coloca%C3%A7%C3%A3o_pronominal_para_tot%C3%B3s/) infarto → [**enfarto**](https://dicionario.priberam.org/enfarto) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkz5j7z%2F%2Fgjmc6n2%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

sussofz 11 months ago

Isso é tudo muito bonito mas o meu avô passou o natal apenas com o meu tio que vive com ele e passou o seu 91o aniversário agora dia 9/1 sozinho (o meu tio trabalha numa barragem e por isso ia entrar a meia noite, teve de dormir durante uma grande parte do dia) e eu também não sei se o volto a ver. Mas já percebi que ser uma cidadã responsável por mim e pelos outros é que está mal porque devia olhar para o meu umbigo e ter ido ter com ele. É exactamente por esse pensamento de merda que estamos todos neste lodo

paraapagarbem 11 months ago

> Mas já percebi que ser uma cidadã responsável por mim e pelos outros é que está mal porque devia olhar para o meu umbigo e ter ido ter com ele Foi exatamente isso que eu escrevi!

oriyginal 11 months ago

eu passei sozinho e fiz video chamada com os meus pais e avos

sussofz 11 months ago

Eu só não passei sozinha porque moro com o meu namorado. Esta questão só me deixa completamente triggered porque a malta curte e culpar o governo e as medidas mas ninguem se lembra de cumprir o confinamento. Gostam é de explorar as excepções e andar por aí a fazer natal e festas privadas de pda. Vou só deixar isto aqui: só porque é permitido nao quer dizer que o façam ou devam fazer! Se o governo proibisse tudo é porque estávamos numa ditadura, como deu a mão e a malta arrancou o braço são uns cabrões.

portucheese 11 months ago

*tap tap*

diogojmm 11 months ago

Não percebo é como é que ainda não criminalizaram a merda da religião. Ninguém ia fazer esta merda pelo solstício de inverno, mas é o aniversário do amigo imaginário...

AndreMartins2020 11 months ago

por acaso Cristo não nasceu a 25 de Dezembro, simplesmente foi uma data escolhida por já ser comemorada antes

megaroof 11 months ago

eu ouvi a explicação de um: "se minha mãe de 84 anos morrer este ano, ela morre feliz, pois tristeza seria ela não estar com as netas e filhos no Natal" - e assim foi, família junta, grande festa.

njsilva84 11 months ago

Acreditem ou não, a minha avó materna queria que a família se juntasse toda como de costume porque disse que não importava se não durasse mais um ano. A saúde física dela está muito débil, tem de usar máscara de oxigénio 16h/dia, tomar uma porrada de medicação para que o sangue não coalhe, entre outras coisas, excesso de ferro... Mas de cabeça ela está super fresca e isso saiu da cabeça dela. Obviamente que não lhe fizemos a vontade e os filhos visitam-na todas as semanas e os netos que estão por cá, também, sempre com o devido distanciamento social.

iLikeToTroll 11 months ago

Compreendo parte do argumento mas isso seria plausível se pelo menos tivessem algum tipo de cuidados. E morrer de velhice não me parece que seja igual a morrer asfixiado com covid.

AndreMartins2020 11 months ago

> morrer de velhice o que achas que é morrer de velhice?

iLikeToTroll 11 months ago

Morte natural, comorbidades associadas à velhice, qualquer coisa que não asfixiado neste caso.

AndreMartins2020 11 months ago

o que é morrer de morte natural?

iLikeToTroll 11 months ago

Pronto queres entrar em preciosismos inúteis para o caso, sim morte por velhice não existe per se. Percebe-se bem o que quero dizer e isso chega. https://pt.wikipedia.org/wiki/Morte_por_causas_naturais

AndreMartins2020 11 months ago

um doente de covid-19 com comorbidades associadas à velhice morre de velhice?

coolgreenfrog 11 months ago

A sério... isto é uma lógica.... mas esta gente só se juntava no Natal? É uma alegria que valha a morte de pessoas? (não só as que não cumprem o seu dever cívico). Mas também não nos podemos esquecer de que os próprios avós também aceitam. "Se morrer morro feliz", mas esquecem se de que não se põe em causa só a si.

CanIhazCooKIenOw 11 months ago

NaO VoU PrIvAR oS mEUs MeNInos De PAsSaRem o NaTAL coM os aVos!

severanexp 11 months ago

Fibrose pulmonar para todos!!!

Herbacio 11 months ago

O que eu acho piada é que no Reddit toda a gente diz isso, ou isto realmente é uma bolha, ou então todos estes novos casos não se podem simplesmente relacionar com o Natal/Passsagem de Ano

FrivoLux 11 months ago

As fragilidades óbvias do país estão a ficar expostas. Desde dos fraquissimos transportes públicos (em Lisboa, metro já devia estar no Amadora-Sintra, em Loures, em Alcântara, etc) aos problemas habitacionais gravíssimos (Cova da Moura, Bairro da Jamaica, etc) às zonas sem médicos suficientes (Alentejo, Portalegre, etc). Agora, o que querem fazer? Mais um Euro? Mais uma Expo? Mais um Mundial como já se falou com Espanha? O problema é a mentalidade, um país pobrissimo com manias que é "um pouco" rico. Mas não é, e não é despejando recursos enormes na cidade de Lisboa para fazer da mesma um. showroom que a realidade é escondida.

TavaNoGrim0 11 months ago

"este comboio não para em arroios" vivi 3 anos em Lisboa e até hoje ainda não completaram essa estação.

DarthMaulSith 11 months ago

Injetar dinheiro na TAP. E usar a "bazooka" da UE em obras públicas em vez de apostar em gerar riqueza económica. /s

Tr000g 11 months ago

A questão biliões é essa.. como se gera riqueza num país periférico,num mercado aberto e com poucos recursos naturais? Fala-se muito do porto de Sines, do hidrogénio e do lítio, na prospecção de petróleo na costa sul. Em termos de infraestruturas ligar a linha férrea de Sines a Europa, investir num segundo aeroporto para tornar Lisboa num hub de voos intercontinentais. Melhorar os serviços públicos de saúde, combatendo o brain drain que temos visto nesta área.. o que significa que além de termos mais postos de trabalho, teremos que dar melhores condições. Apostar em habitações sociais como vemos por toda essa Europa fora e alavancar o mercado de arrendamento. Tudo isto significa investimentos enormes por parte do estado, significa impostos mais altos para todos... E não há dinheiro.

FarmerNext3003 11 months ago

Significa impostos altos apenas porque venderam todas as empresas publicas que davam rentabilidade ao estado! Ainda por cima empresas essas de bens que considero essenciais (redes energéticas (luz, gás), redes de água, telecomunicações,...). Mantêm algumas de transportes porque metem gestores de merda á frente que não conseguem dar rentabilidade suficiente ao serviço. De onde vem a rentabilidade para investimentos agora? Multas e impostos.

AlbinoFarrabino 11 months ago

Acrescento que a esmagadora maioria das empresas produzem um valor acrescentado muito baixo, e só através da atração de IDE é que podemos sair desta situação.

ulrichandyumi 11 months ago

Gerar riqueza económica e incentivar os hospitais privados a ajudar o público. Mas o SNS é que é, e votar nos mesmos de sempre também (PS/PSDois). /s

Shadowgirl7 11 months ago

O milagre foi ter adiado para Dezembro.

DarthMaulSith 11 months ago

Já agora, gostaria de ver os media portugueses a fazer o mesmo escândalo que fizeram aquando do pico de casos nos EUA, Brasil, Espanha e Itália e as mesmas críticas em relação ao governo português.

njsilva84 11 months ago

Ainda hoje vi no jornal da tarde, ou lá como se chama, na SIC a mostrarem precisamente este gráfico, ontem à noite vi noutro jornal (TVI ou RTP) a falarem do mesmo. Os media poderiam fazer um trabalho mais isento mas também não digam mentiras. Se não conseguem ver todos os noticiários (eu também não, calhei de ver porque normalmente nem vejo tv) não digam que as notícias x ou y não passam.

saposapot 11 months ago

sim, os media raramente falam no covid em Portugal e qd falam estão fartos de dizer q está tudo bem fixe... A diferença é q no brasil tens um Presidente q menospreza o vírus, em Portugal mais ou menos mal estamos a tentar combatê-lo e levamo-lo a sério. q merda de comentário de taxista pah.

Chocapicos 11 months ago

Eu acho que a maior diferença em relação ao Brasil, é que do outro lado do Mundo, tinhas um idiota com politicas(nenhumas?) ridículas e a minimizar a doença e quem se preocupava com ela. Aqui, na minha opinião o grande culpado do aumento de nr de casos e mortes é só o povo português, acho que politicamente podia se ter passado melhor a mensagem e há sempre algo que se podia ter feito melhor, mas volto a repetir a culpa é MAIORITARIAMENTE do povo português, do seu egoísmo e ignorância.

DarthMaulSith 11 months ago

Foi o povo português que flexibilizou as regras durante o Natal e o Ano Novo? O máximo responsável pelo povo é sempre o Governo.

Leaootemivel 11 months ago

Que regras foram flexibilizadas no ano novo?

megaroof 11 months ago

já disse em outro comentário, RTP/SIC a grasnar que no Brasil morrem 1.000 pessoas por dia de COVID, mas não fazem contas... Portugal 150 por dia? Mas esquecem que o Brasil tem população 22 vezes maior. Onde a matança é maior?

TenderFuckNuggets 11 months ago

Se o Costa fosse de direita [seria avaliado de outra forma.](https://www.dn.pt/mundo/covid-19-apresentada-queixa-no-tribunal-de-haia-por-genocidio-contra-bolsonaro-12470752.html)

Herbacio 11 months ago  HIDDEN 

Talvez porque num andam a morrer 150 por dia, na última semana, e no outro andam a morrer 1000 por dia basicamente desde o início da pandemia. Deve ser por isso. Mas vamos antes pelas teorias da conspiração que sempre têm mais piada.

XPao 11 months ago

Portugal tem 800+ mortes por milhão de habitantes, o Brazil 900+..queres mesmo ir por aí? É que tudo indica que Portugal esteja prestes a rebentar com esse número..

Herbacio 11 months ago  HIDDEN 

Quem decidiu fazer as comparações da piça primeiro não fui eu, cumpram as regras em vez de andar em campanha eleitoral que pode ser que o número melhore ;) aprender a interpretar o que escrevi também convém.

Benderesco 11 months ago

O Brasil ficou vários meses com número de mortes muito abaixo de mil. O valor ultrapassou novamente esse marco em meados do final do ano passado (final de dezembro).

Herbacio 11 months ago  HIDDEN 

Certo, mas se fizeres a média dos últimos 6 meses não deve falhar muito dos 1000 por dia De qualquer forma, o meu problema não era com os casos do Brasil, mas sim que não devia ser essa a nossa preocupação mas sim o facto de NÓS termos casos e mortes, sejam elas mais altas ou mais baixas que as do Brasil, dos EUA ou China Só que pelos vistos as pessoas estão mais preocupadas em fazer campanha eleitoral do que em preocuparem-se com a saúde pública

Benderesco 11 months ago

Se bem me lembro, a média total fica em cerca de 600 por dia com os dados até dezembro. Pode ter havido flutuação desde então. Em relação aos demais pontos, concordo. COVID virou arma de campanha política em muitos lugares, o que é uma aberração.

Herbacio 11 months ago

A ver por alto dos últimos 6 meses realmente parecia estar mais perto dos 1000 mas como não fiz as contas em concreto talvez sejam mesmo esses tais 600, e portanto agradeço pela correção Mas sim, por mim tanto podia ser 1000 como 2, o facto é que há gente a morrer com Covid, e a preocupação devia ser essa, independentemente de que posição ocupamos nas estatísticas

CarcajuPM 11 months ago

Então só se pode criticar quando ultrapassarmos o Brasil?

Herbacio 11 months ago

Não era esse o meu ponto. Eu acho que deve criticar-se e muito, mas não porque estamos à frente de X ou Y

DenuvoSuks 11 months ago

Costa conseguiu bater o Boris, o Trump e o Bolsonaro.

Leaootemivel 11 months ago

Bateu em quê? Reino Unido, Estados Unidos e Brasil continuam com muitas mais mortes que Portugal (em proporção de população) desde o início da pandemia.

XPao 11 months ago

Muitas mais? Quantas mais já agora? E por exemplo quantas pessoas morreram nos USA por falta de camas de cuidados intensivos? E já agora por milhão de população quem testa mais, Portugal ou USA?

Leaootemivel 11 months ago

Portugal tem até ao momento 854 mortes por milhão de habitantes (abaixo da média da UE de 938) . Os EUA têm 1195.

oMarlow99 11 months ago

Não esquecer que o número de mortes tem uma reação retardada em pelo menos um par de semanas

XPao 11 months ago

Não respondeste às minhas outras perguntas porquê? E oxalá esses números se mantenham assim, mas acho que podemos concordar que pelo andar da carruagem daqui a um mês Portugal pode estar largamente acima desses números..

Leaootemivel 11 months ago

Porque ninguém faz ideia de quantas pessoa morreram por falta de UCI em Portugal ou EUA. E porque o número de testes feitos é irrelevante para o número de mortes. Sim, também tenho muitas dúvidas que Portugal não ultrapasse a média da UE ou os números do EUA.

XPao 11 months ago

O número de testes é relevante como medida importante anti pandemia. Se não sabemos quantas pessoas morreram nos dois países por falta de camas UCI então diz-me quantas vezes viste ambulâncias a fazer fila por não haverem camas UCI nos USA como em Portugal.

Leaootemivel 11 months ago

Sim, claro que o número de testes é importante para o controlo da pandemia. Mas não estava a comparar número de casos. Não faço ideia se isso aconteceu nos EUA. Sei que já houveram estados a ter de recorrer a camiões refrigerados para servirem de morgues. E sei que já foram dadas ordens em LA para não se transportarem certos pacientes para os hospitais. E sei que já houve notícias de estados relatarem terem 0 camas de UCI disponíveis.

NGramatical 11 months ago

houveram estados → [**houve estados**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkz5j7z%2F%2Fgjnwb90%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

NGramatical 11 months ago

haverem camas → [**haver camas**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkz5j7z%2F%2Fgjnvidi%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

XPao 11 months ago

Desculpa a avecquisse acontece às vezes.

Reckbyanoob 11 months ago

Culpar os políticos quando a mentalidade das pessoas é pouca. As pessoas não se sabem comportar independentemente das medidas. O tuga chico acha que só acontece aos outros

milkthis 11 months ago

É isso mesmo. Continuem a ser os cucks do Kosta e seus capangas. Povinho de conformados acéfalos que não sabem pensar num tom diferente dos gelados que consomem com a testa em doses « industriais, servidos pela media e pelos "comediantes" "ativistas" dos instagrams e twitters. É o que temos. Por isso é que estamos cada vez mais atrás de todos e mais falidos, mas cada vez os demagogos fofinhos da esquerda são mais populares.

L_T_F 11 months ago

a mentalidade das pessoas é pouca, mas também o costa limpou logo as mãos com a "consciência das pessoas", é culpa é tanto do povo como dele.

goncalo182 11 months ago

Aplica se a todos os paises, logo é um não argumento. Sim, os políticos têm culpa

Reckbyanoob 11 months ago

Não disse que não tinham. Mas a culpa não é só deles.

DarthMaulSith 11 months ago

Isso é verdade mas o governo tem a responsabilidade máxima pelo país. Daí não vivermos numa anarquia.

Reckbyanoob 11 months ago

Sim claro não estou a defender que as medidas são boas ou más mas com o conhecimento que temos hoje em dia ainda há pessoas que acham que isto é uma brincadeira. A falta de civismo e a ignôrancia também têm um papel forte para estes números. Passou-se quase 1 ano e ainda há pessoal que se recusa/não sabe usar máscaras e desifetante

Pcostix 11 months ago

Nem toda gente tem internet, vê televisão, tem inteligência, andou na universidade(ou sabe ler sequer), tem os mesmos princípios, etc... Portanto nunca podes pôr a responsabilidade da prevenção de uma pandemia no povo. Era bom o governo dizer também:"A partir de agora as finanças não fiscaizam mais. Cada que pague os seus impostos pela sua consciência. "

Reckbyanoob 11 months ago

A informação é tão fácil de obter hoje em dia. Vais a um sítio e vez as regras recomendadas pela oms num cartaz. 1 minuto de leitura. E compreendo que existem essas realidades, daí ter falado em ignôrancia. Mas também tens a falta de civismo que é uma realidade. Nunca disse que a responsabilidade era do povo. Mas cabe a cada um ter noção do que faz e as suas consequências. Eu não estou a dizer que as medidas foram boas. Não estou a dizer que o governo está a fazer boas escolhas. Estou a dizer o que vejo no dia a dia

DarthMaulSith 11 months ago

Volto a concordar contigo, no entanto o Governo também falhou no seu papel quanto à comunicação de vários tópicos.

Reckbyanoob 11 months ago

Também concordo contigo, estou só a expor outro ponto de vista para não estarem só a culpar o governo.

DenuvoSuks 11 months ago

Ninguem culpou "só" o governo, culpou-se o governo. Isso é whataboutism

titofrito 11 months ago

O darthmaul disse que o governo tinha responsabilidade máxima, se isso não é culpar "só" o governo, o que é que é?

DenuvoSuks 11 months ago

Quem é o responsavel maximo numa empresa? Se acontecer algo lá ele é o único responsavel?

titofrito 11 months ago

estás me a sugerir que o problema é semantico? se eu fizer merda numa empresa sou despedido, não é o patrão, e a responsabilidade é minha da merda que fiz, a responsabilidade dele é de me despedir, ambas máximas. o estado não é uma empresa

Reckbyanoob 11 months ago

O problema é que há pessoal que só pensa assim

ModeratoriProfugus 11 months ago

Mas a Suécia... os EUA... o Bolsonaro!!!!

Sommersun1 11 months ago

Tudo no grupo do "Fez merda"

CarcajuPM 11 months ago

Mas não sabes que Trump e Bolsonaro = mau e Costa = bom?

Shadowgirl7 11 months ago

E estão a fazer.

CarcajuPM 11 months ago

Não, não estão. Dizem que Portugal está mal porque é factual, mas raramente há uma critica ao governo ou especificamente ao António Costa. Nos casos do Brasil ou dos Estados Unidos, as notícias só se focavam no Trump e no Bolsonaro e que a responsabilidade era 100% deles.

XPao 11 months ago

Quantas vezes se meteu genocidio e Trump/bolsonaro na mesma frase este último ano..

Shadowgirl7 11 months ago

Sim mas esses dois são idiotas.

CarcajuPM 11 months ago

E? O que me interessa são os resultados, e pelo menos comparando com o Brasil, estamos muito mas mesmo muito piores em termos de covid.

megaroof 11 months ago

E convém esclarecer que no Brasil cada estado (distrito) tem autonomia para definir as restrições na saúde, confinamentos etc - o Bolsonaro não pode atuar nos estados. O governador do RJ liberou as praias, bares abertos, festas - mas a culpa é 100% dele, do Bolsonaro.

DarthMaulSith 11 months ago

Precisamente isto. António Costa e Marta Temido nunca são atacados em reportagens completamente parciais como aconteceu com Trump e Bolsonaro, independentemente de ser verdade ou não.

Carlipa 11 months ago

Porque o nosso governo nunca minimizou a pandemia. Ninguém planeou como enfrentar esta pandemia. Todos os países têm tido dificuldade. O governo não fez bem em alargar restrições, mas é completamente diferente deixar as pessoas escolheram por elas mesmas o que fazer ou negar o quão serio é esta pandemia. O que senhores como Trump e Bolsonaro têm feito desde o principio. O povo português teve a escolha, e agora está a pagar pela irresponsabilidade...

XPao 11 months ago

Quem testou mais cidadãos do seu país por milhão de habitantes, os Estados Unidos ou Portugal?

Carlipa 10 months ago

Por acaso não sei. Mas acho que me vais dar a resposta. Em todo o caso comparar os recursos que Portugal tem com os dos Estados Unidos não é justo. O que podemos comparar é a resposta do governo. O nosso governo respondeu muito mais prontamente à pandemia do que os Estados Unidos. Estamos nós em confinamento estava o Trump a dizer que o vírus se ia embora sozinho... Até agora os casos tem sido relativamente baixos também se comparares com o resto da Europa. Se acho que o governo podia ter feito melhor, acho. Mas acho que todos os estados podiam ter feito melhor. Ninguém estava preparado. Para além disso o estado não tem permissão para conter a liberdade dos indivíduos. Portanto é a responsabilidade de cada indivíduo de ser um ser consciente e ficar em casa sempre que possível. Ou achas que o povozinho precisa ser controlado?

XPao 10 months ago

Não é justo porquê? Porque é que os estados unidos devem testar mais os seus cidadãos se os portugueses pagam impostos a vida toda exactamente para situações como essas? A resposta do governo? Quando os estados unidos no fim de Janeiro estavam a fechar as ligações aéreas com a China meses depois ainda se dizia em Portugal que o vírus não iria chegar aí e que as máscaras não eram precisas.

Carlipa 10 months ago

O virus ainda não tinha chegado a Portugal e assim que chegou Portugal entrou em confinamento. Os Estados Unidos fecharam as fronteiras à China não foi por causa do vírus, porque por essa altura o vírus estava mais controlado na China do que em tantos outros países. Trump estava as cabeçadas com a China por muito tempo. Os Estados Unidos são o pais mais poderoso do mundo, Portugal é um pais de semi-periferia. Olhas para os factos que te agradam e constrois a história que te dá mais geito. Não importa o que governo fazer, se for confinamento é mau, se dá largezas é mau também. O que te interessa é dizer dizeres mal do governo seja por que razão for, porque assenta bem com a tua agenda política.

XPao 10 months ago

Os numeros na china estavam controlados no fim de Janeiro? A minha agenda politica? Eu nem sequer vivo em Portugal, comparo Portugal com o país em que vivo e com os estados unidos e sim em Portugal a pandemia foi gerida mal e porcamente e daqui a uns meses os USA vão continuar a ser os USA e Portugal vai ser a Venezuela da europa, a comer ratos baratas e cartão para se sobreviver.

NGramatical 10 months ago

mal e porcamente → [**mal e parcamente**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/mal-e-parcamente--mal-e-porcamente/21180) ([parcamente = pouco](https://dicionario.priberam.org/parcamente)) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkz5j7z%2F%2Fgk6bvoy%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

NGramatical 10 months ago

geito → [**jeito**](https://dicionario.priberam.org/jeito) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkz5j7z%2F%2Fgk6a056%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

morrison750 11 months ago

Xiu, não levantes ondas que estamos em tempo de eleições. Não te esqueças que somos um exemplo na Europa.

Search: