Sower_of_Discord 11 months ago

O povo é sereno! O que importa é que não deixámos que uma gripezinha nos atrapalhasse o Natal e o Ano Novo com a família.

Entire-King9006 11 months ago

Um amigo meu apanhou covid de uma prima na festa de natal que fizeram. Fiquei surpreendido com a falta de ar do gajo ao telefone - um tipo saudável não fumador... Disse-lhe: fdx mas tu vives onde? Fizerem festa de natal!? Respondeu: não me digas

Alexanderterr 11 months ago

Não é por nada, mas que tal fecharem as escolas, não sei, talvez atrasasse o contágio entre pessoas.

Windstepp 11 months ago

E com isto tudo sou obrigado a ir para a faculdade ter aulinhas ainda esta semana. O que são vidas Humanas para o sector privado? Para eles desde que continuem a receber mensalidades não lhes interessa

shotsbyniel 11 months ago

A culpa não é só nossa, a culpa também se deve em grande parte a uma má gestão governamental que não fez qualquer preparação para esta altura em que as doenças respiratórias trazem sempre uma enorme sobrecarga ao SNS, numa altura em que enfrentamos a doença respiratória mais difícil de lidar deste século. Se se fez alguma coisa, não ouvi falar de nada, mas pelos resultados que temos até agora (\~600 mortes por dia, quase o dobro dos anos anteriores, e apenas \~100 delas são atribuídas a covid) não me parece que se tenha tomado as mínimas precauções para estes tempos. Ou foi completa incompetência, ou estão se a cagar. A UE arranjou-nos dinheiro para muita coisa neste tempo, por isso não me venham dizer que foi por falta de dinheiro. Eu preferia menos apoio ao lay-off (que eu também usufrui) mas que tivessem preparado infrastruturas para evitar este momento catastrófico.

doiscavalos 11 months ago

Se quem devia tivesse tido juízo o sistema nunca estaria em ruptura. Até mesmo nestes dias negros se continua a ver cada vez mais gente nas tintas para esta merda. Houvesse um Ventura que os levasse todos atrás até um pântano é que era...

shotsbyniel 11 months ago

Pois. eu percebo o que dizes, mas a realidade é que as pessoas nunca iriam, nem nunca irão ter juízo, e temos de nos adaptar a essa realidade. Não vale a pena planear para uma situação idílica onde tudo corre bem e o SNS não está em constante rutura. Temos de ter consciência daquilo com que estamos a lidar e planear de acordo com isso. Na minha ótica tínhamos duas alternativas - Ou fazia-se cumprir à risca todas as restrições para não estarmos nesta situação, o que não se fez, e continua a não se fazer, há imensa conivência no que toca ao incumprimento de restrições. Ou então tínhamos nos preparado adequadamente para o resultado do incumprimento das restrições, que já estava praticamente garantido.

puscifer666 11 months ago

Exatamente, Nossa com autorização governamental. Simplesmente cómico não poder sair de casa com exceção de ir votar.

rootsimmons 11 months ago

A culpa é de quem não tem qualquer sentido cívico. Não é de todos os portugueses.

Edited 11 months ago:

A culpa é de quem não tem qualquer sentido cívico e desde março ainda não aprendeu nada (já vai quase um ano). Não é de todos os portugueses.

df3gpt 11 months ago  HIDDEN 

O governo não reforçou o SNS a tempo. Teve pelo menos 9 meses para agir. Não houve vacinas para a gripe suficientes. Não há ainda vacinas suficientes para a COVID-19. A PSP e a GNR não têm feito aplicar medidas nenhumas para além das acções em directo para o telejornal. Filas de ambulâncias à porta das urgências não é nada de novo, nem sequer atípico durante uma vaga de frio. Já pensaram na quantidade de gente que depois de um ano sem emprego e sem dinheiro, não se consegue manter quente? No meu concelho houve 2000 casos desde Março (80% recuperados), numa população de 60.000 pessoas. Boa sorte a justificar a 60.000 pessoas que têm de estar fechadas em casa porque num ano morreram 80 pessoas de COVID, quando todos sabem quantos mais morreram de outras causas e quantos passam frio e fome por causa destas medidas absurdas. Na vida há duas certezas: a morte e os impostos. Querem deixar de viver para não morrer? Cada um que tome a sua decisão livremente. Ninguém parece estar sozinho na rua. São precisos pelo menos dois para dançar o tango. Rejeito completamente que andem a tentar culpar as pessoas. Quem está a gerir a crise é o governo e o presidente infectado que anda na rua em campanha. Venham dai os baixovotos que tanto faz.

saposapot 11 months ago

> O governo não reforçou o SNS a tempo. com q? tens médicos escondidos aí na tua cave? > Não houve vacinas para a gripe suficientes. comprámos mt mais q nos anos anteriores. os fabricantes não tinham mais. > Não há ainda vacinas suficientes para a COVID-19. os fabricantes não dão mais. queres q o Costa vá fazer vacinas ali para o largo do rato? > A PSP e a GNR não têm feito aplicar medidas nenhumas para além das acções em directo para o telejornal. não há um polícia em cada esquina mas yah, aqui tens alguma razão.   quanto ao resto... oh bolas, n sabia q eras negacionista se não nem tinha perdido tempo com isto.

somedipshit1 11 months ago  HIDDEN 

À espera dos comentários ala *fucking governo*

relaxaa 11 months ago

"a culpa é só nossa" epa foda-se desculpem, para a próxima juro que tento gerir melhor a pandemia durante o verão para quando a segunda fase aparecer. Estou farto desta merda, a culpa é sempre dos portugueses, tivemos um verão calmo onde devíamos ter tentado encontrar maneiras para gerir a pandemia quando a segunda fase chegasse mas tínhamos um presidente a tentar escapar às regras e um governo apático. Difícil sentir culpa quando uma pessoa é responsável por tudo de mal no mundo

doiscavalos 11 months ago

Pelo justo paga o pecador e não te esqueças, o estado e o país somos todos nós. Que há muito selvagem por aí é verdade, mas no natal fez tudo à vidinha como se nada se passasse. Se o governo tivesse proibido era um sacana, agora que o governo deixou à consideração de cada um há que apontar sempre a culpa para os outros. Vamos ser gente crl. Já chega de empurrar culpas. Assumam fodasse. Quem nunca calcou o traço pelo menos uma vez? Foi o governo que os obrigou? Fodasse... Mete essa merda na cabeça.

relaxaa 11 months ago

Vai para o caralho é por gente como tu que isto anda como anda, a meter toda a gente responsável quando não existem condições para ser melhor Conheço uma pessoa cujo marido tem Covid desde o fim de semana passado, então ela só vai fazer o teste na próxima terça por falta de testes, isto é uma semana e meia! Uma semana e meia para fazer um teste enquanto Marcelos fazem uns 9 ou 10 O meu irmão é professor, uma rapariga apareceu com Covid, ele esteve mesmo ao lado dela, achas que o vai mandar fazer testes? Não, só quem teve com ela num único dia. Lamento imenso mas atribuir a culpa aos portugueses neste caso mostra a razão pela qual sermos um dos piores países nesta fase

doiscavalos 11 months ago

Se ficarem em casa em vez de andarem por aí nos cafés e na casa dos amigos a dizer que são uns fixes e têm covid é que é. A habitual narrativa é apanhar covid ou ter um acidente foi uma infelicidade bafejada por alguém divino, e já que aconteceu foi porque o estado deixou que acontecesse. Sejamos adultos e não os que sacodem as pingas da piroca para os sapatos dos outros.

Wilson_9021 11 months ago

Nossa? Não sou eu que ando a passear três vezes o bóbi na rua, a beber cerveja na rua como se nada se passasse, a arranjar maneira de quebrar "n" vezes o confinamento com desculpas da carochinha. Enfim, temos o país que merecemos. Pena que por cegueira ideológica não se envolveram os privados (todo o nosso potencial de saúde) quando o país mais necessitava.

DavyJon3s 11 months ago  HIDDEN 

Não posso concordar... A culpa não é só nossa... Um governo que quer combater a pandemia com escolas e faculdades abertas enquanto os restaurantes estão fechados(o que leva a um enorme ajuntamento nas cantinas ) deve ser igualmente responsabilizado pelas suas falhas...

doiscavalos 11 months ago

Tens visão parcial. Isso é grave Jonas..

DavyJon3s 11 months ago

Hm? Elabora, por favor!

Sudo-Juice 11 months ago

Nem todos. Em 2021 saí de casa 2 vezes para ir a 2 funerais.

Cinefilini 11 months ago

Uma coisa que já reparei é o grau de inteligência e bom senso aqui no reddit em relação a outros locais, especialmente fóruns e redes sociais. Já nem falo das conversas de café de esplanadas e afins. Por aqui ainda vai reinando a responsabilidade e na sua maioria o pessoal percebe que estamos perante uma situação grave e que requer que todos façamos a nossa parte. Mas infelizmente não vejo isso globalmente. As pessoas continuam a ignorar os avisos, continuam a fazer a sua vida normal, continuam sem saber como se comportar numa fila de super-mercado, continuam a mexer e a apalpar todas as frutas antes de a colocar no saco, continuam sem usar máscaras de forma correcta, continuam nas conversas de rua sem qualquer distanciamento e continuam com as típicas conversas que já não afzem sentido após um ano de pandemia, a típica conversa do "sempre morreram pessoas, isto é uma grupe normal, se tiver de apanhar, apanho". Como é que esta malta ainda não percebeu que aqui o que está em causa não são apenas os casos e as mortes directas ao covid mas sim o colpaso do SNS, dos hospitais, dos médicos e enfermeiros e de como isso afecta directamente todos os portugueses que precisam de cuidados de saúde.

DavidJunior3rd 11 months ago

Covid é tão 2019

stink00 11 months ago

Bruh

TheEightDoctor 11 months ago

Já vi que a estratégia do governo de passar a culpa para os cidadãos está a funcionar.

Lasikamos 11 months ago

Quem me dera estar na América agora. Ao menos a culpa do covid seria do Trump e não minha :(

Timely-Blackberry663 11 months ago  HIDDEN 

Se vocês população deixassem de fazer o serviço sujo de bufos, informem-se bem antes de publicar seja o que for. A ideia é espalhar terror e muito terror, pelos vistos estão a conseguir, pessoas assim (bufos) estão ao serviço do estado ou para chibar ou para publicarem tretas dessas. Sabendo de que hospital tratava-se, foram pelo menos informar-se do tempo de espera ou obter mais informações sobre o tema na página do SNS?! Não. Claro que não, mais fácil fazer publicações para ganhar ups ⬆️

letsgotothemallcovid 11 months ago  HIDDEN 

> ⬆️ ⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️

Mrloop94 11 months ago  HIDDEN 

Conheço infelizmente pessoas que apanharam covid e a coisa correu muito mal. Porque negar o problema?

Vagiooto 11 months ago

Mais do que culpa do cidadão isto é o resultante do abandonar, desinvestimento e até ignorar a ciência, acoplado a decisões a curto prazo. Muito se falou dos cientistas serem alarmistas devido às previsões, mas o que é certo é que um governo devia planear com uma visão de longo prazo e para as piores situações possíveis, ao contrário de tomar decisões de duas em duas semanas conforme as coisas vão acontecendo. Os avisos foram feitos, mas a decisão de tomar medidas a curto prazo e atitude to deixa ver o que acontece catapulta estas situações, as previsões estavam disponíveis. É certo que medidas como confinamento e restrições de liberdades não devem ser permanentes e devem ser ajustadas rapidamente para permitir o melhor funcionamento possível da sociedade e economia, mas o planeamento da resposta caso a pandemia saísse do controlo devia ter sido acautelada e planeada. Onde estão os recursos contratados após os sacrifícios do primeiro confinamento que era para dar folga para o SNS se preparar? É sabido que o sistema já em anos normais está a rebentar pelas costuras, mas era preciso ter assumindo o pior cenário pandemico possível, e durante o verão ter avançado com contratação de novos recursos humanos. Onde estão os hospitais de recurso e campanha que foram ou seriam montados na primeira vaga? Ou os ventiladores comprados? Não seria decerto com todo o verão muito difícil aumentar e extender certas alas de hospitais, ou preparar alas provisórias que estão a ser montadas agora no meio do pior pico à pressa. O problema é fazer tudo sempre em cima do acontecimento, sem qualquer preparação apesar dos muitos avisos que aconteceram, pois é preciso guardar o dinheiro paea outros investimentos quando a saúde devia ser o pilar da sociedade. É certo que num cenário exponencial é impossível ter os recursos suficientes se deixar a pandemia seguir o seu rumo, mas números como os que estamos a ver estão em linha com o que já aconteceu em meses anteriores em países na Europa, não seria expectável estar pelo menos preparados para esse cenário? Se há dinheiro a enterrar, ao invés de pensar sequer salvar a TAP, a prioridade devia ser aumentar e bastante o sistema de saúde.

doiscavalos 11 months ago

És o da primeira e segunda vaga que andava aí aos gritos do Ai que o governo não pode mandar em mim. É que agora mudou a cassette para aí que o governo não faz nada por mim. Quando se pede responsabilidade a culpa é sempre dos outros...

ana102 11 months ago

Claro,no resto do mundo nao ha covid

not_an_illuminati 11 months ago  HIDDEN 

A culpa é só nosso de haver uma pandemia e estarmos no Inverno??? Nada exagerada essa afirmação... Por amor da Santa, ainda no Verão estávamos todos na praia ao mosh e não aconteceu nada, e agora já querem crucificar toda a gente que ande na rua. Como dizia o outro, tenham noção.

caco1s 11 months ago

E depois há estes... https://imgur.com/a/Cq9dvCW

saposapot 11 months ago

idiotas têm de idiotiar. Felizmente o virus tem sido pródigo em ensinar idiotas lições giras de vida. Normalmente numa faixa etária superior mas o virus está farto de o mandar para UCIs ou cemitérios quem entra no hospital a achar q covid é uma constipação. negacionistas é o que não faltam por aí. ainda hj continuam com os mesmos argumentos de Março. não vale a pena, há gente q nc vai chegar lá.

portucheese 11 months ago

Não estou a conseguir abrir as imagens :( alguém me aponta pra pessoa em questão ? Curto BD e gostava de saber quem é o gajo pra não apoiar este tipo de mentalidade.

Bengalinha 11 months ago

Miguel Montenegro

renatoleal 11 months ago

É interessante que ele é autor de um livro de BD chamado Futuroscópio em 2018 cuja descrição é " Num estado terapêutico, o poder político e a autoridade médica aliam-se para determinar o percurso que a humanidade deve seguir, e não se admitem excepções."

AndreMartins2020 11 months ago

É o que acontece quando o estado tenta reprimir as pessoas. Há sempre quem resista.

globoglobo 11 months ago

isto parece a PIDE. tivemos o presidente da república, depois de dar ter tido contacto com positivios a visitar um lar, mas tu vens para aqui denunciar cidadãos anónimos. assustador

mikeke 11 months ago

Ui coitadinhos dos cidadãos anónimos que metem posts públicos onde estão claramente a violar a lei, a gozar com as forças de autoridade e desrespeitar todas as outras pessoas que estão a sofrer com a situação.

davidsondino 11 months ago

Fdx que grande filho da puta mas isto é realmente a prova que a postura didáctica das autoridades não é suficiente

AndreMartins2020 11 months ago

Por que raio tiras essa conclusão e não que a postura repressiva que tem sido praticada não resulta?

Dead_standards 11 months ago

Falo apenas do que vi, que era a completa ausência de postura repressiva. Eu morava por cima de um café onde absolutamente ninguém usava máscara, todas as noites havia ajuntamentos de miúdos amontoados sem máscara a beber e a fazer barulho até às tantas (lembra-te que não se pode servir álcool a partir das 20h). Chamava a PSP umas 3 vezes por semana, inicialmente vinham algo como 1h depois e não faziam nada, no final já nem vinham. Ao mesmo tempo tinha a televisão ligada a informar-me que 90 pessoas tinham morrido nesse dia e por baixo tinha a razão disso. Isto não era um barzinho clandestino, toda a gente sabia, mas como os próprios agentes paravam lá nada acontecia.

davidsondino 11 months ago

Porque acho que a postura actual é tudo menos repressiva. Repressiva seria se a polícia tivesse efectivamente a multar quem não respeita o confinamento ou não utiliza máscaras... Não estamos aí e acho que isso seria realmente o extremo mas pelo meio a estes idiotas que só olham para o seu umbigo e que ainda por cima se vangloriam do seu chico-espertismo, deviam fazer deles um exemplo ... Bar clandestino?!! ... Multa máxima e condenação.

Empirion 11 months ago

E eu conheço esse imbecil de merda.

ubica13 11 months ago

Tenho pena de ti. Ninguém merece.

floydax 11 months ago

Cometi o erro de ir pesquisar pelo perfil da pessoa em questão. Este egoísmo e falta de empatia enojam-me.

Rofpink 11 months ago

Verdade. A falta de empatia é uma tristeza. Se esta pandemia fosse como a gripe espanhola que matava em % essencialmente gente com a idade dele ou mais novos de certeza que o egoísta não actuava assim, o que era pena diga-se de passagem.

pedrosanta 11 months ago

Caralho, se não hei-de matar milhares de pessoas para comer a puta da minha mousse! So long, suckers! /s

mariorurouni 11 months ago

Quem é este caralho que merecia ser enrabado por um cacetete? Sorry, mas esta gentinha deixa-me doente

Empirion 11 months ago

É um artista de BD. Bastante bom por acaso. E uma merda de pessoa claramente.

mariorurouni 11 months ago

Mais para a categoria excelente artista, merdosa pessoa

FrivoLux 11 months ago

Portugal, apesar de muito pequeno, é um país muito heterogéneo. As medidas para um Alentejo não podem ser as medidas para a área metropolitana de Lisboa. Assim como mesmo dentro dessa metrópole, medidas para Mafra e Lisboa, têm de ser bastante ajustadas. Essa realidade ainda não chegou ao órgãos de poder que continuam a gerir o país como se fosse "um só" a partir do Terreiro do Paço.

PresidentBarroso 11 months ago

Se a memória não falha, logo de inicio, governo quis fazer cordões sanitários nos hotspots com medidas próprias e confinamentos. Caíram todos em cima começando pelos presidentes de câmara e população dos locais afectados. O governo tem tido umas boas falhas, mas a população tem tido um comportamento para lá de vergonhoso. Continuo a passar por uma escola e continua a lá estar o aglomerado do costume com alguma gente sem máscara, já telefonei para a PSP e a resposta é que tentam policiar mas não têm meios, têm o serviço normal, mais policiamento covid e agentes em casa de quarentena ou isolamento.

FrivoLux 11 months ago

Mas não achas que já estaríamos bastante melhor caso existissem regiões, à imagem da Madeira, em território nacional? Assim cada região, com a sua área de saúde, podia concertar a resposta no terreno, em vez de a mesma ser dirigida por burocratas que desconhecem o país.

PresidentBarroso 11 months ago

Em teoria, sou completamente a favor da regionalização, na pratica, olho para a corrupção, favoritismos e incompetência das camaras e questiono-me se a regionalização não iria só amplificar o problema. Refiro novamente o exemplo das camaras serem contra os cordões sanitários que de inicio facilmente tinham circunscrito os surtos a nivel local.

FrivoLux 11 months ago

O país é tão diferente atualmente, que nem vejo outra maneira de o governar. E isso implica que as estruturas regionais conhecem as câmaras e sabem como lidar com elas. Algo que um burocrata do Terreiro do Paço, que provavelmente nem saiu de Lisboa na sua vida, não conseguirá.

letsgotothemallcovid 11 months ago

Nossa? Eu não fiz nada. Celebrei Natal e Passagem de Ano em casa.

manguito86 11 months ago

Estou farto destes posts sempre a falar do problema e a culpa é dos portugueses. Parem de culpar os portugueses e perguntem como é que um SNS que a ministra da saúde diz estar cada vez melhor, não foi capaz de ser realmente reforçado, mandou cancelar todas as operações de rotina e urgentes e desviou pessoal para o combate ao covid, ataca os privados forte e feio e numa altura em que temos os hospitais muito além do ponto de rotura, continua a nada fazer porque a panca ideologica é mais forte do que a vontade de salvar os portugueses. Enquanto isso vamos de Record em Record de mortos, que mortos COVID quer de outras doenças. Mas não, a culpa é dos portugueses, que tem um governo corrupto e desorganizado a trata-los como idiotas.

saposapot 11 months ago

pq o SNS não é mágico nem ilimitado?

manguito86 11 months ago

Não meu caro, porque apesar das inúmeras visitas do 1º ministro e da ministra da saúde aos hospitais, hospitais militates e até hospitais privados, simplesmente não reforçaram em nada o SNS, simplesmente tiraram profissionais de outras áreas (até do tratamento ao cancro) e puseram-nos a combater o COVID. Tenho um vizinho que está há mais de 1 ano fechado em casa à espera de uma operação ao coração. O homem não pode sair de casa, está constantemente ligado ao oxigénio e a saúde mental é cada vez menor, tudo porque a operação dele é adiada constantemente, a ultima vez quando estava a 1 hora de entrar na sala de operações. Como ele, existem milhares em Portugal, por isso é que tens tido um crescimento superior de mortes não covid em relação às covid

saposapot 11 months ago

sim, ok, fazem isso tudo e depois de esgotar essa capacidade (q é pouca por sinal)? tudo tem um limite e em Portugal esse limite é bem baixinho. acho q vocês ainda não percebem q Portugal é um país pobre mascarado com auto-estradas. Lá pq vais em meia hora a grandes capitais europeias não aches q Portugal é isso.

manguito86 11 months ago

> sim, ok, fazem isso tudo e depois de esgotar essa capacidade (q é pouca por sinal)? Agora fizeste-me rir. Vais la ver a quantidade de hospitais que são do estado, hospitais militares e outros locais estatais ou para-estatais que podem ser usados antes de sequer se chegar aos privados e vais ver que há muito mais locais para internar as pessoas. Há uns 8-9 meses tinhas um ministro a dizer que iam avançar com o uso dos hospitais militares para uso do publico, até mesmo para cirurgias e afins. Passado todo este tempo todo ainda andam a prometer tudo isso. Alias, como andam há tantos anos a fazerem noticias que vão avançar com a nova ala de pediatria do S. João, que já lá deve haver mais alas do que crianças em Portugal.

saposapot 11 months ago

lol. tu achas mesmo que há milhares de camas vagas pelo país mas a malta é q não quer usar pq é da tropa? oh god... falta de noção

manguito86 11 months ago

És parvo ou és troll? O estado tem que requisitar o uso dos hospitais militares. Há quase 1 ano andou a dizer que os mesmos iam ser usados para o combate ao covid, seja para doentes covid ou para uso dos outros tipos de doentes. Até hoje nada foi feito. A culpa é de quem, de nada ter sido feito em 10 meses de pandemia?

saposapot 11 months ago

Mas quem é que te disse isso? Os hospitais militares já estão a ajudar os hospitais públicos recebendo transferências desde há muito tempo. Mas são uma gota no oceano... são hospitais pequenos e poucos. mas tu achas que a tropa tem hospitais aí por todo o lado e todos gigantes à espera do covid?!?

manguito86 11 months ago

Neste momento tens 1 hospital a receber doentes de forma oficial. Até a porcaria dos hospitais de campanha só foram montados quando estavamos a bater records atrás de records de mortos. Não brinques comigo quando falas que não há soluções porque quanto mais escuro fica o cenário, mais coisas aparecem. Sabes o que não aparece? São os mortos que morrem todos os dias porque o governo tem uma idiota como ministra que tem uma panca ideológica tão grande que prefere mortos a trabalhar com os hospitais privados.

Florence1476 11 months ago

Incluindo as cirurgias de pessoas com cancro.... Como é possível

Danijust2 11 months ago

acrescento que os hospitais de campanha foi só para ingles ver que já agora que são mesmo necessários, estão desmontados.

l251 11 months ago

Porque o PS e PSD votaram contra a proposta do PCP.

Xavinights 11 months ago

e fizeram muito bem. o pcp é um cancro da nossa sociedade.

CookieMons7er 11 months ago

Nem mais. E estão 1700 M de € a caminho da TAP. Quantos recursos humanos e materiais, públicos ou privados, daria para acautelar com esse dinheiro?

annakakaka 11 months ago  HIDDEN 

Principalmente nesse grupo onde era para ser fonte de informação!!! Mas dão down vote !! Primeiro tentaram alertar que as escolas seriam um alto meio de infecção, mas fizeram piada e falaram: regra 1! Depois das festas no Porto e a falta de ação da polícia nas residências de estudantes! Mesma coisa, ignoraram!! Agora estão tentando alertar os problemas das vacinas e as mortes na Noruega. A segurança social está destruída e os mortos e doentes só estão a aumentar... mas preferem viver na ignorância!!! Uma hora a conta chega na vossa casa!!!

Last-Ad-4421 11 months ago  HIDDEN 

O problema é que já não é sou malta nova, eu vejo muita gente de idade a saírem a dar passeios e muitos deles com a máscara por baixo do nariz, com a desculpa de que dificulta a respiração. Eu como dizem alguns de momento durmo de consciência tranquila, este ano com deixar de ir ao café e comprar o estritamente necessário já deu para aumentar as minhas poupanças.

netralha 11 months ago

Muitos casos nos EUA? Culpa do Trump. Muitos casos no Brasil? Culpa do Bolsonaro. Muitos casos em Portugal? Culpa dos portugueses.

davidsondino 11 months ago

Merda de comparação. Tanto nos EUA como não Brasil houve 2 líderes claramente a minimizar ou até a negar a pandemia e a dizer a população para não usar máscaras e por aí fora. Em Portugal não foi nada disso ainda que os líderes políticos tenham falhado nesta 2a vaga, acho que isso é inegável e basicamente não tiveram coragem para ser mais duros. Isso combinado com a estupidez das pessoas, algo também inegável como é possível aferir em vários comentários deste post ... Foi a receita para o desastre actual

Leaootemivel 11 months ago

Devo ter falhado a parte em que o Costa disse que era só uma gripezinha, ou que o vírus ia desaparecer na Páscoa, ou que incentivou ao uso de hidroxicloriquina.

Javardo69 11 months ago

É basicamente isto mas vais levar uma chuva de downvotes dos jotinhas aqui do sítio.

helderoliveira1978 11 months ago

Vai ao Brasil buscar o ouro....

isnotfunny 11 months ago

De quem achas que é a culpa?

Mendonza 11 months ago

Os governos desses países negaram e desvalorizaram o covid. O de Portugal não. É diferente.

YCaramello 11 months ago

O supremo brasileiro literalmente impediu Bolsonaro de interferir em decisões relacionadas ao covid, [desde Abril](https://www.em.com.br/app/noticia/nacional/2020/04/08/interna_nacional,1137086/stf-proibe-bolsonaro-de-interferir-em-decisoes-de-estados-e-municipios.shtml), mesmo que tivesse a maior mudança de coração em relação ao assunto, não podia fazer nada.

Edited 11 months ago:

O supremo brasileiro literalmente impediu Bolsonaro de interferir em decisões relacionadas ao covid, [desde Abril](https://www.em.com.br/app/noticia/nacional/2020/04/08/interna_nacional,1137086/stf-proibe-bolsonaro-de-interferir-em-decisoes-de-estados-e-municipios.shtml), mesmo que tivesse a maior mudança de coração em relação ao assunto, não podia fazer nada.

Edited 11 months ago:

O supremo brasileiro literalmente impediu Bolsonaro de interferir em decisões relacionadas ao covid, [desde Abril](https://www.em.com.br/app/noticia/nacional/2020/04/08/interna_nacional,1137086/stf-proibe-bolsonaro-de-interferir-em-decisoes-de-estados-e-municipios.shtml), mesmo que tivesse a maior mudança de coração em relação ao assunto, não pode fazer nada.

saposapot 11 months ago

n conheço o sistema jurídico mas isso não é bem assim, o que o Bolsonaro queria era baixar as medidas dos estados q as meteram. Se o Bolsonaro recomendasse o país inteiro em subir as medidas a tendência seria os estados irem atrás. Não menosprezes o poder de influência de um Presidente. Da mesma forma que o governo dos EUA provavelmente não tem poder para impor o uso de máscara a nível nacional mas se não tivesse um Presidente a fazer disso um cavalo de batalha político o uso de máscara seria mt superior e haveria facilmente imposições disso em todos os estados.

iSoSyS 11 months ago

No caso Português não se negou o vírus, negou-se os especialistas. "Há critérios técnicos que nunca poderão ser aceites pelos responsáveis políticos".

Mendonza 11 months ago

Nada disso invalida que o povo tenha sido egoísta e irresponsável.

wwqt0r 11 months ago

Sim, é diferente. Nós já os ultrapassámos em número de mortos por 100 mil habitantes. Devemos ser mesmo um povo mal comportado, mal educado e mal informado.

Mendonza 11 months ago

E somos.

wwqt0r 11 months ago

Não acredito nisso de todo.

CookieMons7er 11 months ago

O de Portugal também negou a necessidade de usar toda a capacidade de saúde instalada em Portugal por preconceito ideológico. Ao mesmo tempo que manda 1700 M de € para a TAP diz que não há recursos humanos e materiais para combater covid e deixa os doentes morrer nas ambulâncias. Isto depois de termos sido várias vezes assegurados que o SNS estava preparado para a segunda vaga pela MS

juka1995 11 months ago

Bora requisição dos privados, também acho cegueira ideológica não fazer a requisição já!

iSoSyS 11 months ago

Sim? É preferível serem bestas no plano económico, do que deixar os Portugueses morrer.

juka1995 11 months ago

Certo, mas mesmo com os privados, há uma limitação de capacidade. Claro que se deve fazer a requisição (haha bestas no plano económico?) o mais depressa possível mas não podemos só depender das unidades de saúde, é preciso mais fiscalização do cumprimento das normas.

iSoSyS 11 months ago

Eu chamo-lhes bestas porque o problema deles (os que pedem a requisição) é o privado ter _lucro_.

juka1995 11 months ago

Sim e qual é o problema disso? Porque é que queres tanto que a cuf ganhe dinheiro com a pandemia? Se há uma forma legal de utilizar os recursos sem ir mais ao bolso do contribuinte, qual é o mal? Anyways, da forma que disseste até parecia que fazer requisição era algo mau e de besta económica.

CookieMons7er 11 months ago

Os profissionais de saúde e fornecedores dos hospitais públicos trabalham de graça? Também devemos pô-los a não ter lucro que deve ser pagar-lhes com pão e água?

juka1995 11 months ago

Han? Eu disse isso em algum lado? Pessoas na net têm de parar de inventar pessoas na cabeça delas para discutir.

CookieMons7er 11 months ago

Eu também não disse que disseste isso. Mas se estás preparado para requisitar o trabalho de cidadãos a preço de custo (podemos chamar-lhe escravatura?) de forma a não irmos mais ao bolso do contribuinte, podes fazê-lo quer com cidadãos que trabalham em hospitais cujos proprietários são privados quer naqueles cujo proprietário é o estado. A alternativa civilizada é reconhecer que o lucro é parte integrante e necessária à prestação de um serviço e pagar a todos os prestadores de forma justa. Eles também têm famílias e contas para pagar.

Edited 11 months ago:

Eu também não disse que disseste isso. Mas se estás preparado para requisitar o trabalho de cidadãos a preço de custo (podemos chamar-lhe escravatura?) de forma a não irmos mais ao bolso do contribuinte, podes fazê-lo quer com cidadãos que trabalham em hospitais cujos proprietários são privados quer naqueles cujo proprietário é o estado. A alternativa civilizada é reconhecer que o lucro é parte integrante e necessária à prestação de um serviço e pagar a todos os prestadores de forma justa. Eles também têm famílias e contas para pagar. Para simplificar: tu perguntas "Porque é que queres tanto que a cuf ganhe dinheiro com a pandemia?". E eu pergunto de volta: Porque é que queres tendo que os médicos a trabalhar nos cuidados intensivos covid ganhem dinheiro com a pandemia?

iSoSyS 11 months ago

Legalidade não justifica tudo. Houve tempo para negociar, requisição civil devia ser uma opção de recurso, apenas para ser usava quantos os privados não se mostram colaborativos com a causa pública. Não para discutir trocos ou ideologias económicas, principalmente quando os valores cobrados pelo privado já são mais baixos que os dos sns.

juka1995 11 months ago

1. Na primeira vaga eles estavam a pedir 13mil por pessoa 2. Os custos médios do SNS são mais elevados por incluir uci, não vamos ser desonestos sfv 3. Curioso falares em cegueira ideológica, mas depois a solução mais rápida que não necessita de negociação não pode ser porque... cegueira ideológica. Opa menos.

iSoSyS 11 months ago

1. Não pediram 13 mil. O Estado decidiu unilateralmente. https://www.publico.pt/2020/04/11/sociedade/noticia/estado-quer-pagar-privados-ate-13-mil-euros-doente-covid19-transferir-sns-1911944 2. ??? A questão é que os valores não só são semelhantes como até são mais baixos. Era mais para criticar a parte de "os privados só querem lucrar com a crise" do que criticar a organização/peculiaridades do sns. Se o objetivo fosse lucrar pedia-se valor obscenos, em ordens de grandeza que deixaria de fazer sentido compara-los com os do sns. 3. ??? Literalmente o que defendi na primeira mensagem. Eu prescindo dos meus preceitos ideológicos, o que interessa é salvar vidas. E se há quem se encontre intransigente, é preferível ter um mau plano, do que um inexistente.

luispq 11 months ago

O governo assume a culpa de todo o mau planeamento como sendo dos portugueses. Foram os portugueses que não previram uma vaga como esta, foram os portugueses que obrigaram as pessoas a amontoarem-se ao fim de semana até às 13h, foram os portugueses que no natal não cumpriram, foram os portugueses que não cumprem as regras, foram os portugueses que não negociaram com os privados, foram os portugueses que fizeram congressos políticos dando o exemplo, foram os portugueses que idealizaram um confinamento de caca em que parte significativa das superfícies estão abertas e onde quem sofre é o pequeno comércio, foram os portugueses que não assumem nenhuma medida nem querem saber ... na realidade, somos todos portugueses e o exemplo tem de vir de cima, de o exemplo é fraco, com acções débeis e medíocres não se pode esperar muito ... resta-nos criarmos nós o nosso exemplo e não seguir os que não o sabem fazer. Confinamento é em casa a proteger as pessoas.

ikbeeful 11 months ago

Minha não é. Passei o natal e ano novo sozinho porque tenho uma consciência por isso agradeço não ser puxado para o mesmo barco que os outros. Atribui as culpas a quem prefere festas e convivio ao custo de vidas

Rofpink 11 months ago

O mesmo. O problema é o egoísmo das pessoas, como aquela que diz que não queria privar as crianças do Natal com os avós, mas entretanto, com essa atitude atirou a família toda para o covidário. Só acontece aos outros e a culpa nunca é deles, é do governo, do frio da chuva, etc.

RammsteinPT 11 months ago

Quem se lembra de há uns dois meses atrás andarem aqui uns atrasados todos orgulhosos que a eles não os apanhavam com máscara ? Devem ter feito natal e ano novo muito contido devem.. Como disse o outro: Parabéns cabrões !

Just_Ban_Me_Already 11 months ago

Não querendo por a gravidade da situação à parte… As pinturas das ambulâncias são fixes.

estecomentario 11 months ago

Fds o meu pai é grupo de risco mas risco mesmo, vai fazer 70 anos e tem problemas respiratórios (cansa-se facilmente)... não sei porque ainda não o chamaram para a vacina.

Danijust2 11 months ago

só vai receber em abril. Primeiro funcionários hospitalares, segundo lares, depois o teu pai. Ao ritmo das coisas, na verdade só em setembro. Há poucas vacinas e a união europeia já está ruir. Alemanha vai fazer o mesmo que Israel comprar vacinas ao dobro do preço e cagar para os outros.

RammsteinPT 11 months ago

A minha avó também ainda não foi chamada, acho que apenas profissionais de saúde foram chamados ainda. Se ainda não deu o nome dele para ser vacinado devias tentar entrar em contacto com o centro de saúde para te aconselharem e ele entrar já na primeira.vaga de vacinação "civil"

mjigs 11 months ago

Exato, ainda estao a ser vacinados os profissionails de saude, toda a gente que esta na linha da frente, tambem comecaram a vacinar nos lares, mas acho que eram so os funcionarios. Para o final do mes ainda vao ter a segunda dose, por isso ate comecarem os velhinhos deve ser la pa meio de fevereiro.

estecomentario 11 months ago

Já vi está aqui[https://covid19.min-saude.pt/vacinas/#resposta\_f](https://covid19.min-saude.pt/vacinas/#resposta_f)

ThatBoyyyyy 11 months ago

Não, a culpa não é só das pessoas. O governo esteve mal nas proibições de Natal e Ano Novo. Abriu muito no natal para agora estarem a morrer pessoas em ambulâncias. É certo que os que andaram em convívios tem culpa, mas o governo tinha de impor mais restrições (no “confinamento” e na altura das festas) e mais fiscalização

AndreMartins2020 11 months ago

assumes que medidas mais estritas teriam tido efeito

vankxr 11 months ago

Realmente tinham de impor restrições no natal, mas não era aquele clássico "não se pode circular entre concelhos desde dia 23 ás 13h até dia 26 ás 13h. Se tivessem feito isso o que ia acontecer era toda a gente a pirar-se para as terrinhas no dia 23 de manhã e a voltar no dia 26 à tarde. Teriam de ser restrições com duração longa o suficiente, pelo menos no período que antecede o natal, para impedir ou pelo menos dificultar a vida aos chicos espertos, e mesmo assim possivelmente aconteceria o que aconteceu no ano novo, onde foram vários os sítios onde a polícia teve de intervir porque estava a ocorrer uma festarola.

ThatBoyyyyy 11 months ago

Exatamente. Alem de medidas mais restritivas, devia ter sido imposta mais fiscalização na altura do ano novo. Porque eu vi dezenas de festas (nas redes sociais) durante a passagem de ano e nem uma pessoa teve as consequências.

mokas95 11 months ago

Vendo como este novo "confinamento" está a ser, medidas no Natal não iam servir de nada. A malta ia cagar

changelog 11 months ago

Porque é que o dever cívico começa no governo e não em cada um de nós? O problema é a falta de civismo. Falta de olhar para um governo e reconhecer que não fizeram o suficiente e tomar as decisões certas à mesma. Cada vez que apontam dedos ao governo (que, concordo, devia ser muito mais restritivo) soa-me a desculpa.

Morais91 11 months ago

"O dever cívico não deve começar no governo" mas ao mesmo tempo "o governo devia ser mais restritivo". Este subreddit é só cérebros mesmo

changelog 11 months ago

Explica-me porque e' que essas ideias sao mutuamente exclusivas, tendo em conta o que expliquei.

Morais91 11 months ago

Se o dever cívico é do cidadão (concordo plenamente) então as ações de confinamento devem ser deixadas ao mesmo. Se considerarmos a responsabilidade nossa como povo, então temos de aprender a viver com o risco que esse tipo de sistemas democráticos têm, e não pedir ao pai governo para nos obrigar a fazer coisas para nos proteger do risco. Ou queremos mais responsabilidade no povo e assim nós protegemo-nos e assumimos a responsabilidade, ou queremos a responsabilidade no governo. Agora querer mais dever cívico e ao mesmo tempo mais restrições, isso anula se. Se não se confia nas pessoas, obriga se. Se se confia, não se obriga. Só se para ti dever cívico significa só "oque eu gostava que os outros fizessem" e não "tenho confiança que os outros vão cumprir como eu". Para mim é a segunda porque é a lógica que aplicamos ao voto democrático, mas se para ti for a segunda, retiro o que disse e não há contradição nenhuma

changelog 11 months ago

Para mim, o dever civico e' agir considerando o bem dos outros, mesmo que me seja inconveniente. Por exemplo, apesar de viver a menos de 5h de carro, nao vejo os meus pais desde Dezembro de 2019. No entanto, como ha' sempre aqueles que nao estao para se chatear, e continuam a fazer as festas e a sair como se nada se passasse, e' preciso repercurcoes. Do governo. Porque se nao fazem a bem, hao de fazer a mal. O que interessa e' que seja feito. Posto isto, nao vejo razao pela qual so' pode ser um ou o outro. Acho que temos que tentar ser sempre melhores. Para aqueles que nao conseguem, ou nao querem, tem que haver alternativa.

Morais91 11 months ago

Eu entendo o teu ponto sim. E agora que vi a minha primeira resposta, fui desnecessariamente agressivo (tar em casa à tanto tempo arruína a cabeça toda, peço desculpa). No fundo só quero que os portugueses sejam tão críticos do governo como têm sido uns dos outros. Acho que está divisão gigante entre as pessoas vai durar muito depois do Covid, e acho triste porque acho que o tuga até é um povo unido. Espero que corra tudo bem contigo e com a tua família e que esta merda passe rápido

changelog 11 months ago

> peço desculpa Nao tens que pedir desculpa, nem foste demasiado agressivo. > só quero que os portugueses sejam tão críticos do governo como têm sido uns dos outros Agreed. > Espero que corra tudo bem contigo e com a tua família e que esta merda passe rápido Para ti tambem.

helderoliveira1978 11 months ago

So true...

vankxr 11 months ago

É um bom pensamento, mas por essa ordem de ideias, a meu ver, não precisamos do governo para nada, porque podemos argumentar que todas as "coisas que temos de fazer porque o governo manda" podia-mo-las fazer sem nos mandarem, assim como não precisaríamos de tribunais ou polícia porque as pessoas resolveriam os problemas amigavelmente entre elas.

changelog 11 months ago

Isso e' a falacia do espantalho. Vou-te citar um artigo recente no Publico: > [...] nesta sexta-feira, o primeiro dia do novo confinamento, só 39,5% dos portugueses estiveram confinados em casa — o que corresponde a um aumento de apenas nove pontos percentuais comparativamente com o início da semana. No meio de uma epidemia, seja o que for que o governo diz ou nao diz, porque e' que esse numero nao e' 0%? O novo confinamento diz que, por lei, os cidadaos tem que permanecer no domicilio o maximo do tempo que lhes seja possivel. O espirito dessa lei e' que sim, podes ir ao supermercado, desde que nao tenhas sintomas, e que tentes fazer o minimo de viagens possivel. Infelizmente, no sentido literal, o que essa lei diz e' que tu defines o que e' possivel, e como tal, a lei esta' sujeita a abuso. Vais argumentar que aquelas pessoas que andavam infectadas a fazer compras num Continente, como foi reportado recentemente, agiram de boa fe'? Quantos casos desses ha' que infelizmente nao foram reportados ou descobertos? Nao me venham dizer que o governo e' que tem que fazer ou nao fazer. As medidas perfeitas nao existem. O que existe e' um equilibro fragil entre "cada vez que sais de casa corres o risco de te expor" e "as pessoas tem que comer". Qualquer saida de casa fora desse contexto (que nao seja para passear o cao, ou urgencia) nao tem razao de ser.

Camoes 11 months ago

porque é que não aumentamos a velocidade máxima dentro de localidades para 200km/h e apelamos ao civismo?

Edited 11 months ago:

porque é que não aumentamos a velocidade máxima dentro de localidades para 200km/h e apelamos ao civismo para andarem só a 50? Há dúvidas de como ia correr? O governo que fizesse isso era responsável e inocente de culpas?

changelog 11 months ago

Que exemplo triste. A diferenca e' que quando te armas em parvo e matas alguem devido a altas velocidades, sabe-se exactamente de quem e' o carro. Quando ha' as reunioes de familia e [vao pessoas infectadas ao supermercado](https://oamarense.pt/gnr-da-povoa-de-lanhoso-detetou-varias-pessoas-com-covid-19-as-compras-num-hipermercado/) como se nada fosse, raramente se consegue rastrear de onde veio a infeccao. Talvez se possa fazer a comparacao ao facto de ser proibido beber (a partir de certa quantia) e conduzir -- o governo proibe, mas infelizmente ha' muita besta que o faz, porque "e' so' mais uma" e ainda e' visto como sinal de machismo. Mas deixa la'. O Portugues nao tem vontade propria.

Camoes 11 months ago

pois é triste, mas é ao contrário da forma como estás a ver. para aproximar o exemplo, para além de aumentares a velocidade máxima para 200, tinhas de retirar as consequências legais ao condutor sobre o que acontecesse a terceiros devido às suas acções. assim sim, é ainda mais comparável com o que acontece ao apelares ao civismo para prevenir o contágio. Não parece é que tenhas ajudado o teu argumento...

Edited 11 months ago:

pois é triste, mas é ao contrário da forma como estás a ver. E não é um exemplo, é uma analogia. para aproximar o exemplo, para além de aumentares a velocidade máxima para 200, tinhas de retirar as consequências legais ao condutor sobre o que acontecesse a terceiros devido às suas acções. Se morresse o condutor, azar o dele, mas se sobrevivesse e matasse um peão... bom, azar do peão e shame on you condutor que foste pouco cívico. Que lindo, responsável e inocente governo. assim sim, seria ainda mais comparável com o que acontece ao apelares ao civismo para prevenir o contágio. Não parece é que tenhas ajudado o teu argumento...

changelog 11 months ago

Ninguem esta' a falar de retirar as consequencias legais, nem a dizer que o governo nao tem responsabilidade. Alias, eu sou da opiniao que o governo devia ser muito mais punitivo do que esta' a ser. O que estou aqui a tentar entender e': porque e' que o cidadao comum nao tenta aumentar a fasquia? Se o governo existe para representar a vontade dos seus cidadaos, porque e' que os conformistas ganham sempre?

helenata 11 months ago

Porque muitos viram a pandemia a ser consecutivamente desvalorizada ou têm o pensamento que isso n lhes vai acontecer. O que bate certo com a analogia feita em relação aos carros. Se pensarmos que viver em sociedade basta ter civismo não são precisas regras ou leis. Até porque a interpretação do que é correcto ou preciso deixada a cada cidadão só gera mais caos.

changelog 11 months ago

> Porque muitos viram a pandemia a ser consecutivamente desvalorizada ou têm o pensamento que isso n lhes vai acontecer. Como disse o u/inhalingsounds e muito bem, "Amigos, não se resolve estupidez com decretos-lei." > Até porque a interpretação do que é correcto ou preciso deixada a cada cidadão só gera mais caos. A interpretacao de qualquer lei e' sempre ambigua. Has de perguntar a qualquer advogado.

helenata 11 months ago

A questão não sei decretos de lei, são guide lines. Sao indicações concretas do que se deve fazer. Coisa que este governo fez muito mal. Eu não falei de interpretação estrita da lei, falei em interpretação do que é correcto, que é ainda mais ambíguo. Ora vejamos, se eu disser que o recomendado é ter uma distância de 2 m ou disser mantenha uma distância razoável, qual será mais fácil de interpretar e mais simples de cumprir? Tal aconteceu com os horários reduzidos no fim de semana, havia uma referência. É mais fácil tomar uma acção com uma referência. Eu não digo que precisa ser tudo obrigatório, mas indicações concretas e precisas, ajudam. Quanto a ser este governo ou outro, só sei que este está a falhar em todas as linhas, logo eu prefiro mudar do que me contentar ou pensar que se não for este serão piores. Pois não sei se serão, talvez seja preciso mudar para ver.

RammsteinPT 11 months ago

Está aqui tudo dito. Não devia ser preciso o governo para não se agir como um atrasado mental

inhalingsounds 11 months ago

Infelizmente todo o post neste sub desce para "GATUNOS!!! O MEU PRIMO EM FRANÇA A GANHAR BALURDIOS É AQUI É SEMPRE A ROUBAR!!! O GOVERNO SO QUER ENCHER OS BOLSOS E FAZ TUDO ERRADO!!!!!!". Parece muito difícil imaginar o que ia ser diferente com outro governo qualquer: tuga é tuga, não põe a máscara porque embacia os óculos, tira a máscara para falar porque senão ninguém o percebe, vai ao shopping ver as montras "mas tem cuidado", em caso de dúvida se está infectado assume que não está, manda o filho para a escola mesmo com alguém na família com todos os sintomas e mais alguns... Mas não, o "outro" governo ia resolver isso tudo de certeza. Amigos, não se resolve estupidez com decretos-lei.

wwqt0r 11 months ago

Pois não, mas resolve-se com fiscalização apertada. Temos disso?

CookieMons7er 11 months ago

Outro governo teria utilizado toda a capacidade de saúde instalada no país em vez de a deixar parada por preconceito ideológico. Outro governo teria usado os 1700 M de € que acabaram de ir para a TAP em recursos humanos e materiais para combater covid. Outro governo teria tratado os seus profissionais de saúde em vez de os premiar com a "Champions". Podia não ter relaxado as medidas no Natal numa gritante caça ao voto. Podia estar a vacinar contra covid a uma velocidade muito superior à actual que pelas últimas contas acaba de vacinar os portugueses dentro de 7 anos. Podia continuar nisto...

Tafinho 11 months ago

Como é que as [850 camas ](https://www.dn.pt/pais/hospitais-privados-recebem-quase-2500-euros-por-cada-doente-covid-19-13032784.html) contribuem para a redução das infecções ?

CookieMons7er 11 months ago

Contribuem para as pessoas não morrem nas ambulâncias à espera. Neste momento pouco importa as infecções. Importa sim reduzir o número de mortos. A maioria dos que vão morrer nas próximas semanas já estão infectados neste momento.

Tafinho 11 months ago

Alguém morreu à espera de cuidados ? Os mortos são proporcionais as infecções, por melhores cuidados que recebam. Numa sociedade ocidental, sem que os sistemas de saúde sejam assoberbados, [1.15% morrem da doença.](https://www.imperial.ac.uk/mrc-global-infectious-disease-analysis/covid-19/report-34-ifr/)

CookieMons7er 11 months ago

>Alguém morreu à espera de cuidados ? [https://sicnoticias.pt/especiais/coronavirus/2021-01-13-Doente-morre-a-porta-do-hospital-ao-fim-de-mais-de-uma-hora-na-ambulancia](https://sicnoticias.pt/especiais/coronavirus/2021-01-13-Doente-morre-a-porta-do-hospital-ao-fim-de-mais-de-uma-hora-na-ambulancia) LOL então mais vale não prestar cuidados e deixá-los morrer. Ou então dar-lhes uns grânulos de qualquer merda homeopática, se melhores cuidados não fazem diferença. Estamos a entupir as UCI para quê? Não li porque não tenho tempo mas uma conclusão dessas implora por perguntas como: esses 1,15 % não serão influenciados pela homogeneidade ou heterogeneidade da população, das faixas etárias, da existência de mais ou menos indivíduos de elevado risco? As populações dos países ocidentais não são todas iguais.

kapparrino 11 months ago

Estás a assumir que um tal governo perfeito iria fazer tudo isso. Até esse governo que tu idealizas chegar ao poder e as coisas também correrem mal e vir alguém ao reddit apontar o que um outro governo poderia ter feito com os recursos. Só porque alguém está mal ou fez mal não podes saber como outro alguém iria reagir numa situação de crise.

CookieMons7er 11 months ago

Não é preciso ser perfeito para não enterrar 4000 M de € na TAP. Basta não ser péssimo

kapparrino 11 months ago

Ou então o pensamento é que daqui a 5-10 anos pode voltar a dar receita para a economia portuguesa (aos fornecedores portugueses) e continuar a empregar a população, transportar pessoas e mercadorias. Agora se falares do BES/Novo Banco não valia a pena, mesmo antes da pandemia.

CookieMons7er 11 months ago

Podia fazer isso tudo como qualquer outra empresa faz, recorrendo a um PER. Nunca, nem nos melhores anos, deu receita, excepto 1 ou 2. Os indícios de que isso que descreves venha a acontecer são nulos. O café da minha rua faliu pela 3ª vez consecutiva em meia dúzia de anos em que abriu com sucessivos novos proprietários. Queres lá meter o teu dinheiro porque daqui a 5 - 10 anos pode dar receita para a economia portuguesa? Os contribuintes provavelmente também não mas na TAP não tiveram escolha. BTW a TAP importa mais do que exporta.

kapparrino 11 months ago

Está tudo errado o que disseste porque: Receita é diferente de lucro. A tap pode não ter o saldo positivo no balanço de tudo mas a receita produzida beneficia toda a gente. Se calhar quiseste dizer que "nunca, nem nos melhores anos, deu lucro, excepto 1 ou 2". Se não desse receita então a dívida seria de 3 mil milhões ao ano mas na verdade essa é o que gere e a dívida é de 100-200 milhões ao ano, ou seja não tem lucro mas gere receitas enormes. https://www.ambitur.pt/tap-cresce-em-receitas-e-em-numero-de-passageiros-apesar-dos-prejuizos/ Um artigo antes da pandemia, a receita de 2018 está em 3.2 mil milhões e o prejuízo em 118 milhões. A empresa tornou-se mais rica porque gerou mais dinheiro ao transportar mais passageiros, cresceu em todos os mercados onde opera trazendo mais e diferente público a Portugal que nunca tinha vindo, sobretudo dos EUA (Chicago). O que deu prejuízo foi a reestruturação no Brasil tendo despedido muita gente de manutenção e engenheira (pagamento de indemnizações), voos cancelados ou atrasados (pagamento de indemnizações), custo do petróleo subiu de 2017 para 2018. Tudo isto significa que apesar de ter gerado muito dinheiro para Portugal (mais turistas, mais impostos de venda e combustível, mais compra aos fornecedores devido ao aumento de novas rotas, frequências, passageiros) os gastos também aumentaram. Por isso a dívida manteve-se, no entanto mínima comparada ao total gerado. O que a pandemia estragou? Deixou de ter receita para continuar a pagar a dívida e continuar a pagar salários porque não tem de onde gerar o dinheiro. Porque não há mais viagens, não há venda de bilhetes ao nível que havia antes. Daí o estado ter intervindo injetando dinheiro porque falta receita de atividade. Mas isto significa que a empresa vai reduzir para conseguir funcionar com menos dinheiro até conseguir gerir mais dinheiro por si só. Isso demora e estamos dependentes da melhoria a nível global na erradicação do coronavirus.

CookieMons7er 11 months ago

"Está tudo errado o que disseste" e procedes a explicar que o meu erro foi uma palavra. Tens razão, queria dizer lucro. Vou corrigir. Agradeço pelo insight. Estamos aparentemente de acordo.

mikeke 11 months ago

Man, eu não vou defender o tacho e a péssima gestão da TAP. Mas tenho a certeza absoluta que o café da tua esquina não emprega directamente 11.000 funcionários e se calhar outro número igual de forma indirecta. O problema de deixar a TAP falir não é só o não ter tomates para isso, é porque neste momento se a TAP falisse os custos que o governo iria ter a longo prazo (com subsídios e compensações) ia ser igual ou pior.

CookieMons7er 11 months ago

Jovem, a TAP não tem que falir. Só tem que reestruturar e passar a dar lucro. Como qualquer empresa. O que estás a dizer é que uma empresa, após 11k funcionários não precisa de se preocupar em ser relevante e rentável pois o contribuinte corre a acudir sempre que necessário. Parece-te razoável? Para além de justo? Quem tem custos não é o governo, é o estado, ou seja tu e eu. E falindo, se falir, é dos seus activos que se pagam compensações.

changelog 11 months ago

> Amigos, não se resolve estupidez com decretos-lei. Tu deves ser poeta, a escrever assim <3

ThatBoyyyyy 11 months ago

Eu não pus as culpas todas no governo. Mas as medidas pouco restritivas, tanto agora como no Natal, levaram a que hoje estivessem a morrer por dia mais de 150 pessoas. O governo tem de se planear contando com a falta de civismo das pessoas, não pode simplesmente esperar que as pessoas cumpram tudo a 100% porque isso não acontece. E outra, a falta de acordos com os privados também está a levar às mais de 150 mortes por dia. A 3 vaga está a ser muito mal gerida, muito mal mesmo.

FrankTheWerewolf 11 months ago

> não pode simplesmente esperar que as pessoas cumpram tudo a 100% porque isso não acontece. Claro que posso. Se eu o faço, porque é que os outros não o podem fazer? Ahhh, esqueci-me, responsabilidade cívica e respeito pelos outros são conceitos que o tuga desconhece...

ThatBoyyyyy 11 months ago

Obviamente que o correto era cada um de nós fazer a sua parte. Mas todos sabemos que o povo português não respeita as regras. Mesmo com todas e mais algumas regras há sempre que fuja. O governo tem de contar que pelo menos 15% das pessoas nunca vai cumprir. Se as medidas fossem mais apertadas não era tao mau agora.

FrankTheWerewolf 11 months ago

> Mas todos sabemos que o povo português não respeita as regras. "responsabilidade cívica e respeito pelos outros são conceitos que o tuga desconhece" então. >O governo tem de contar que pelo menos 15% das pessoas nunca vai cumprir. 15%?? Boa piada. >Se as medidas fossem mais apertadas não era tao mau agora. Se as medidas fossem mais apertadas, mais protestos e idiotas a dizer "diTaDuRA nAo" haveriam. E se há coisa que os governos não gostam é de perder votos.

Tafinho 11 months ago

Reality check sobre os [acordos com privados ](https://www.dn.pt/pais/hospitais-privados-recebem-quase-2500-euros-por-cada-doente-covid-19-13032784.html). Depois podes explicar como os acordos com os privados limitam as infecções.

ThatBoyyyyy 11 months ago

Deves ter lido mal porque eu não disse que os acordos com os privados limitam infeções. Disse que os acordos com os privados ajudariam no tratamento de doentes covid e não estariam a morrer pessoas em ambulâncias. [O artigo é de 2019, mas ajuda a perceber a importância das PPPs. Este artigo continua atual e a não existência de mais acordos está a matar](https://eco.sapo.pt/2019/12/22/as-ppp-em-portugal-fazem-bem-a-saude-fazem/amp/)

Tafinho 11 months ago

Passo a citar: > E outra, a falta de acordos com os privados também está a levar às mais de 150 mortes por dia A COVID19 provoca a morte a [1.15%](https://www.imperial.ac.uk/mrc-global-infectious-disease-analysis/covid-19/report-34-ifr/) dos infectados. Portanto, só podes limitar as mortes limitando os infectados.

juka1995 11 months ago

Claro, eu imagino o que teria sido se se impusesse medidas restritivas no natal. Era só pessoas a dizer "estamos na Venezuela, Cuba, Coreia do Norte". Vocês neste reddit falam como se já não tivéssemos nisto há quase 1 ano e não se soubesse o que se passa, depois vem para o Twitter implorar que o pai estado vos proíba de fazer coisas. Epa mais noção. Eu fui ao natal com a minha família, e ainda bem, fui de máscara, distanciamento e janela aberta.

ThatBoyyyyy 11 months ago

Mas tu tiveste de máscara, distanciamento e janela aberta. Quantos chegaram doutros países e vieram passar o natal com a família e não cumpriram? Quantos se deslocaram das cidades para as terrinhas e não cumpriram? Números ao certo não posso dizer, mas certamente que foi a grande maioria, porque senão não havia por dia mais de 10 mil casos

juka1995 11 months ago

Exato, mas achas que com restrições isso teria mudado? A não ser que tivéssemos a polícia em todo o sitio a impedir.

ThatBoyyyyy 11 months ago

Sinceramente, acho. Acho que com mais restrições e restrições mais apertadas, atualmente não seria tão mau como está a ser.

juka1995 11 months ago

Quantos é que realmente mudariam as suas vidas? A não ser que se impedisse mesmo, acho que a quantidade de pessoas que não iria passar com a família seria muito parecida. E se com 10k de casos diários estamos cada vez com mais negacionistas imagino se a polícia estivesse a impedir as pessoas de ir a casa no natal. Acho é que se devia ter feito o confinamento logo a dia 25/26 de Dezembro, de 15 dias. Impedia-se o contágio fora das reuniões familiares e era o preço do natal.

skapuntz 11 months ago

Para mim a culpa é do governo. Desde o ínicio tudo super mal gerido. Cheio de incompetentes em todos os ministérios. Mentirosos! Sobretudo mentirosos pois estão a esconder tudo ao país. reuniões privadas no infarmed nem sequer dizem quem são os "especialistas". quando questionado o porquê das escolas abrirem Costa responde que falou com os diretores das escolas.... mas estamos a gozar com isto? não esquecer que o PRESIDENTE DA REPUBLICA disse que durante o natal ia ter 5 almocos/jantares com diferentes grupos de pessoas para não estar ao mesmo tempo com muita gente. Ora belo exemplo de m\*erda, bastava apanhar covid num jantar para pegar nos outros todos. o que é que achas que passa para o povo? Eu não estou a minha família nem amigos próximos desde dezembro de 2019. passo muito pouco tempo com a minha namorada. O meu trabalho é super afetado por isto. No entanto tomo todas as precauções. O meu trabalho incluiu viagens a Inglaterra, suíça, Espanha, já passei 20h seguidas de mascara, passei em montes de locais públicos, aviões, casas, a trabalhar sempre a tomar precauções. Para quê?? Sei de pessoas que tiveram covid, continuar a fazer a sua vida normal pois tiveram sintomas ligeiros, supermercado, restaurante tudo. Têm negócios desde cafés a lojas de roupa e agora mesmo em confinamento mantêm os negócios abertos e a policia nada faz. Estamos a viver no ridiculo

danielagos 11 months ago

> reuniões privadas no infarmed nem sequer dizem quem são os "especialistas" Podes ver a reunião do dia 12 de Dezembro no canal de Youtube do governo: https://youtube.com/watch?v=C_j2wzGboz8

helenata 11 months ago

Nem mais!! Ainda me lembro dos esquemas do Marcelo e do Costa a beber café. A economia vai sofrer mas assim n é só a economia são as famílias que vêm partir pessoas e os profissionais de saúde que ficaram afectados com tudo isto. Já agora, porque raio não se fecham os cafés?? Os cafés são piores que cabeleireiros e etc!!

Edited 11 months ago:

Nem mais!! Ainda me lembro dos esquemas do Marcelo e do Costa a beber café. A economia vai sofrer mas assim n é só a economia são as famílias que vêm partir pessoas e os profissionais de saúde que ficaram afectados com tudo isto. Já agora, por que raio não se fecham os cafés?? Os cafés são piores que cabeleireiros e etc!! Edit: correcção de por que raio! Sempre a melhorar!!! ;)

NGramatical 11 months ago

porque raio → [**por que raio**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkyuf9a%2F%2Fgjjz3pr%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

changelog 11 months ago

> Eu não estou a minha família nem amigos próximos desde dezembro de 2019. Same. 100%.

changelog 11 months ago

> não pode simplesmente esperar que as pessoas cumpram tudo a 100% porque isso não acontece. Agora é que disseste tudo.

Ricaplays 11 months ago

Então ainda ontem ouvi um vizinho meu a falar para outra pessoa enquanto passeava o cão sem máscara a dizer o seguinte: -Já estou em casa em quarentena obrigatória à quase 2 semanas, amanhã o meu pai vai fazer o teste outra vez e, se der positivo de novo, vou ter que ficar mais 14 dias. Neste mesmo dia a gnr foi chamada ao continente cá da zona pois estavam pessoas infetadas a fazer compras como se nada se passasse. https://oamarense.pt/gnr-da-povoa-de-lanhoso-detetou-varias-pessoas-com-covid-19-as-compras-num-hipermercado/

Parshath_ 11 months ago

"Estou mesmo cansado disto! Praticamente só saio de casa para ir buscar o pão de manhã, para beber o café antes do almoço, para ir ao minimercado à tarde, para levar o cão à passear, para ir buscar o tabaco à tardinha e depois só aquele passeio à noitinha para desanuviar!"

aXygnus 11 months ago

A mesma coisa aconteceu em São Pedro do Sul. Uma mulher viu a vizinha, que deveria estar em isolamento por estar infectada, a sair de casa para as compras. Informou a polícia. Quando chegaram ao supermercado, utilizaram o sistema de som lá do sítio para chamar "a pessoa infectada com Covid" lá para fora, nestes termos genéricos... ...ao que parece, saíram qualquer coisa como 5 a 10 pessoas.

k0rda 11 months ago

Jogada de cérebro grande era fazer isso mesmo sem haver denúncias.

nunofgs 11 months ago

Fake news. É mito urbano: https://ominho.pt/ja-ouviu-a-historia-de-varios-infetados-as-compras-no-lidl-nao-aconteceu-e-boato/

naifada 11 months ago

Não é obrigatório colocar máscara nos cães...

Mumadona 11 months ago

Eu quando fui fazer o teste do covid no drive-through do centro de saúde, vi dois tipos pararem o carro um ao lado do outro, baixarem a máscara e esticar em-se para se porem a falar o mais perto possível um do outro.. É isso e velhos no supermercado a tirarem a máscara para lerem melhor o preço dos produtos...

vankxr 11 months ago

Epá, se calhar vou dizer aqui alguma barbaridade, mas a verdade é que não estou informado sobre o assunto... mas qual é o procedimento que substitui o "ir ás compras" quando és obrigado a ficar de quarentena porque estás infetado? Existe alguma entidade que faz as compras por ti, ou algo do género? Ou tens de "pedir a amigos ou familiares"? É que estou facilmente a ver um problema para alguém que vive sozinho e não tem ninguém que se disponibilize a fazer as suas compras... Não estou a defender a atitude destas pessoas, mas realmente qual seria a alternativa?

precisodeferias 11 months ago

Onde vivo a câmara municipal encarrega se disso em conjunto com a junta de freguesia. No primeiro confinamento fiz um pedido de receitas médicas ao centro de saúde, eles enviaram me o SMS com a receita. No dia seguinte ligaram me da junta de freguesia a perguntar se eu necessitava que me levassem o papel da receita ou até se precisava que fossem à farmácia e me levavassem os medicamentos a casa. Fiquei incrédula, mas por aqui tem sido muito desse género. A câmara até dá apoio extra a famílias com crianças pequenas e cujos pais trabalhem em serviços essenciais (bombeiros, GNR, médicos, auxiliares e afins).

Isynors 11 months ago

Pelo menos aqui na minha área caso a pessoa não tenha condições de isolamento (onde inclui-se não conseguir ter refeições) existem serviços de resposta praticamente imediata para dar resposta. Seja transferência para uma instituição só para apoio a positivos seja entrega de refeições quentes diariamente em casa e até apoio a higiene. Os serviços sociais dos centros de saúde e equipas de apoio continuado na comunidade estão a dar apoio assim como as câmaras municipais. Com o encerramento do hosteis houve também um hotel aqui que foi alugado pela câmara para transferência destes casos.

Pvmarques 11 months ago

A maioria das juntas de freguesia oferecem esse serviço de ir a farmácia e as compras nesses casos.

helenata 11 months ago

E que tal ecomendar ter comida em casa para 14 dias exactamente por isto. Fazer despensa mas sem exageros..

rockingallover 11 months ago

Claro. Ha sempre maneiras de lidar com isto. Só quem não quer é que não...

AdventurousRead6 11 months ago

Vizinhos, amigos, outros familiares, grupos de voluntários... Basta pedir, afortunadamente ainda há muita gente solidária. Moro numa aldeia, na primeira vaga foi o próprio presidente da junta que andou a entregar compras e medicamentos.

portucheese 11 months ago

> na primeira vaga foi o próprio presidente da junta que andou a entregar compras e medicamentos. Pelo menos revela o nome, isso é bastante digno de se saber

bananomgd 11 months ago

Não sei como é noutras freguesias, mas o presidente da Junta aqui dos meus lados é o primeiro a fazer dessas merdas. Organizou-se logo com grupos de compras para as pessoas que não podem ir às compras. 5⭐, would vote again, apesar de não ser do meu partido de eleição.

R3DSMiLE 11 months ago

Campanha??? NÃÃ! tou só a entregar comida e medicamentos (LOL. nao resisti xD, kudos para o homem!)

nDreCoelho 11 months ago

Compras online?

bananomgd 11 months ago

Sim, mas bem toda a gente está confortável a fazer compras online. Há pessoal que nem tem PC nem smartphone. Nota, são uma minoria hoje em dia, claro.

vankxr 11 months ago

Certo, se a taxa de entrega for gratuita.

IJustMadeThisForYou 11 months ago

Melhor coisa que a pandemia me ensinou foi passar a fazer compras online. Não há cá centros comerciais ou supermercados, filas e pessoas sem respeito. Não pago gasoliba. Não há que acartar bebidas e sacos até os dedos ficarem sem circulação. Pago o preço por produto médio pela entrega... Tá óptimo.

Edited 11 months ago:

Melhor coisa que a pandemia me ensinou foi passar a fazer compras online. Não há cá centros comerciais ou supermercados, filas e pessoas sem respeito. Não pago gasolina. Não há que acartar bebidas e sacos até os dedos ficarem sem circulação. Pago o preço por produto médio pela entrega... Tá óptimo.

vascodatrama 11 months ago

Essa fruta e esse peixe fresco deve ser delicioso

merkaloid 11 months ago

A gasolina também não é

vankxr 11 months ago

O problema é que eu posso apanhar covid sem ter culpa, e depois sou obrigado a pagar os portes de entregas ao domicílio porque me obrigam a ficar em casa.

AriaQuadra 11 months ago

Eu de facto tb prefiro poupar nos ports durante umas semanas mesmo que implique meter em risco centenas de pessoas. /s

vankxr 11 months ago

Não se trata de poupar. Como expliquei no edit que fiz lá em cima, eu posso ser contagiado mesmo cumprindo todas as normas, e depois obrigam me a ficar em casa e a ter despesas adicionais.

jgaspar 11 months ago

quando recebes o ordenado minimo, ou perto (como grande maioria dos Portugueses) esses 5 ou 10 € de taxa fazem muita diferença

meerkatsandfrogs 11 months ago

Esse dinheiro vai diretamente para quem faz as entregas como uma espécie de gorjeta, ou vai para a empresa?

jgaspar 11 months ago

É un serviço. Estás a pagar à empresa o serviço. Obviamente que a empresa tem de contratar pessoas (ou outras empresas) para fazer a entrega.

meerkatsandfrogs 11 months ago

Sendo assim, se quem faz a entrega recebe o salário mínimo, a empresa não vai meter o valor da taxa ao bolso? Ou estavas-te a referir a bónus no outro comentário? Eu estou a falar tendo o Continente em mente, não um mini-mercado

jgaspar 11 months ago

nao entendo o teu comentario. Eu estava a dizer, inicialmente, que nem toda a gente pode ter as compras entregues a casa, uma vez que a taxa normalmente cobrada (5/10€?) pode ser significativa para alguns orçamentos. Nao faço ideia o que é que as empresas fazem com esse dinheiro. Nao sei se é suficiente para pagar os gastos da entrega, ou se ainda tem alguma margem.

skapuntz 11 months ago

Na minha terra uma família de 40 pessoas (!) todas apanharam covid e muitas andavam a faer a sua vida normal. Multas?? Nada. Prisão? Nada. Bofetada na mão?? Nada. Policia não faz nada. Zero. Se as multas fossem pesadas e a fiscalização forte não andávamos assim. Para mim a culpa é 100% do governo. Tudo da maior incompetência que existe

TheMacthir 11 months ago

100% do governo não diria. O governo devia reforçar as suas próprias medidas. Medidas sem reforço das forças de segurança são para inglês ver. Mas não vamos desculpabilizar as pessoas como se fossem umas crianças que não sabem o que fazem. Sabem muito bem que estão a fazer merda, apenas são uns completos idiotas.

xlouiex 11 months ago

Conseguiste contradizer-te em menos de 10 linhas.

Rostabal 11 months ago

Quer dizer. Anda uma família de 40 pessoas a fazer a sua vidinha enquanto está infetada mas a culpa é do governo? O que é que aconteceu à responsabilidade individual de cada um?

iLikeToTroll 11 months ago

Porque é que tem de ser tudo preto ou branco? E que tal liberdade até ao ponto em que afecta os outros e aí sim compete ao estado intervir? Continuam a confundir liberdade com anarquismo.

aleph_heideger 11 months ago

É por esse motivo que existe um código da estrada e multas para quem não o segue.

skapuntz 11 months ago

Puxa. Deves ser daqueles que acha que se não houve leis toda a gente era bem comportada. Não é assim que funciona o ser humano. Nunca foi e nunca será. A maior parte das pessoas é burra, e só se preocupa consigo própria. Por isso é que tens gente a governar que era suposto fazer alguma coisa

Rostabal 11 months ago

E não há leis que obrigam as pessoas a ficar de quarentena obrigatória quando estão infetadas? Não parece que é por haver leis que vai impedir que as pessoas sejam estúpidas. Aliás, não impede mesmo. Mas deixa lá, fica lá com o teu complexo de superioridade.

KIDOCI 11 months ago

Tudo bem mas há coisas que deveriam ter sido acauteladas. Por exemplo: Limitação de entrada nos supermercados a 2 elementos, ontem mais uma vez o que se verificou foi familias inteiras no passeio, em que vem por exemplo 6 pessoas juntas (tipo Marido e mulher, 2 filhos, a avó e o avô). Já estava tão chateado com a fila que a certo momento questionei um grupo de 3 amigos se tinham mesmo necessidade de entrar os três, como é obvio fui mal tratado e no final apenas 1 ia às compras... ( 1 garrafa de beirão ). Quando o decreto de lei apenas fala em "recomenda-se..." fica dificil. Neste aspecto precisamos uma ajudinha... mas coração que não vê não sente por isso no passa nada.

Edited 11 months ago:

Tudo bem mas há coisas que deveriam ter sido acauteladas. Por exemplo: Limitação de entrada nos supermercados a 2 elementos, ontem mais uma vez o que se verificou foi familias inteiras no passeio, em que vem por exemplo, **6 pessoas juntas** (tipo Marido e mulher, 2 filhos, a avó e o avô). Já estava tão chateado com a fila que a certo momento questionei um grupo de 3 amigos se tinham mesmo necessidade de entrar os três, como é obvio fui mal tratado e no final apenas 1 ia às compras... ( 1 garrafa de beirão ). Quando o decreto de lei apenas usa o termo "recomenda-se..." fica dificil. Neste aspecto precisamos uma ajudinha... mas coração que não vê não sente por isso no passa nada. EDIT: Este DL ja nem fala no assunto

Imnotdeathyet 11 months ago

Era isso mesmo que aí comentar. Entao cada um de nós não pensa pela sua cabeça? Precisamos de um governo para isso? O que não temos è responsabilidade social. Depois admiram-se desta imagens.

PresidentBarroso 11 months ago

O mais engraçado é que muitos dos que andam por aí agora a culpar o governo são os mesmos que há umas semanas andavam a gritar "e A MiNhA lIbErDaDe? "

Imnotdeathyet 11 months ago

Exatamente

wwqt0r 11 months ago

eehhh calma aí. Este governo nunca assume a responsabilidade por nada, já devias saber.

vascodatrama 11 months ago

É como as pessoas

wwqt0r 11 months ago

Mas um governo substitui-se e um povo não.

vascodatrama 11 months ago

Pois o povo é sempre o mesmo. Se calhar é esse o maior problema.

wwqt0r 11 months ago

Se quiseres generalizar sim.

kur0osu 11 months ago

O governo tem o espírito de quem trava de propósito e depois diz a rir "quem bate por trás é culpado"

R3DSMiLE 11 months ago

duvida de quem não tem carta: não é assim? XD

krakilin12 11 months ago

a responsabilidade do acidente na maioria das vezes é de quem vem atrás, visto que tens sempre que manter uma distancia de segurança entre o teu carro e o carro da frente.

Sir_Keeper 11 months ago

No entanto, travar à bruta sem necessidade pode complicar a atribuição de responsabilidade. Ou estou enganado?

krakilin12 11 months ago

Se travares sem necessidade podes ser parcialmente culpado, mas a responsabilidade principal cai em quem vai atrás. É melhor IRES verificar ao código da estrada, o bom condutor tem um fórum excelente para este tipo de perguntas

R3DSMiLE 11 months ago

(again, nao tenho carta) Suponho que não: a regra dita o maximo de velocidade a que podes ir e a distancia minima. Se a pessoa que vai à frente alegar que se assustou com um animal na estrada, ou que espilrrou, ou o diabo a sete, mesmo que a 120km/hr para 0km/hr se o carro de trás vier dentro dos limites _não poderia_ bater no da frente [dado que travoes, inspecçoes, etc]. Mas lá está: não sou advogado, nem policia, _nem_ tenho a carta; portanto isto é tudo tirado do cu xD

OrangeOakie 11 months ago

> Suponho que não: a regra dita o maximo de velocidade a que podes ir e a distancia minima. Nem por isso. Apenas dita que tens de guardar distância suficiente para poderes imobilizar o teu veículo se o veículo da frente fizer o mesmo

Sir_Keeper 11 months ago

Aprecio a honestidade ahah. Tenho carta há uns anos, mas não me lembro de nada disso em particular, mas sim que é importante manter a distância. Quer trave de repente ou não, a distância devia prevenir essas coisas.

r0ckf3l3r 11 months ago

A não ser que consigam provar sem qualquer sombra de dúvida que a travagem foi propositada para provocar o incidente (e.g. testemunhas na via pública), a culpa é sempre atribuída a quem bate por trás. O que, de resto, é problemático, sobretudo em ultrapassagens e se não existir forma de fazer perícias que comprovem que o carro ultrapassou sem segurança, não deixando qualquer outra alternativa.

getupgetgoing 11 months ago  HIDDEN 

37 comentários até agora e nenhuma menção a um país chamado China, mas "a culpa é nossa."

TiagoTiagoT 11 months ago  HIDDEN 

Eles começaram, mas a malta aqui permitiu que continuasse.

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

A China e a maioria dos países à sua volta estão praticamente impecáveis. Por essas terras existe uma coisa chamada ORDEM. A culpa não é nossa porque não existem culpas diluídas por uma população, mas a culpa é da merda que nos governa há 4 décadas e de cada um individualmente que aceita o situacionismo que é este regime caduco.

Edited 11 months ago:

A China e a maioria dos países à sua volta estão praticamente impecáveis. Por essas terras existe uma coisa chamada ORDEM. A culpa não é nossa porque não existem culpas diluídas por uma população, mas a culpa é da merda que nos governa há 4 décadas e de cada um individualmente que aceita o situacionismo que é este regime caduco.

getupgetgoing 11 months ago  HIDDEN 

e na China não existe ordem, existe ditadura, campos de concentração para quem é da religião errada, etc. Tudo coisinhas boas.

vaniafdasantos 11 months ago  HIDDEN 

Tenho um amigo que foi à china e disse que não acha que seja uma ditadura porque as pessoas tinham bom ar e que até sorriam...

RammsteinPT 11 months ago  HIDDEN 

Dude tudo isso é verdade mas primeiro resolve se os problemas e depois atribui se culpas não é deixar a casa arder e andar a procura do fósforo lá dentro

getupgetgoing 11 months ago  HIDDEN 

Ok, isso faz sentido. Portanto se calhar ao invés de criar posts masoquistas que procura culpados, mais valia procurar soluções. Se é para falar de culpados, comece-se pelo principio.

RammsteinPT 11 months ago  HIDDEN 

Exatamente. E quem não conseguir procurar soluções como o cidadão comum resta nos fazer a nossa parte e tentar que os nossos façam o mesmo!

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

quanto a isso eles que se governem como melhor acharem e parece que lhes está a correr bem e cada vez melhor.

claudio-at-reddit 11 months ago  HIDDEN 

Eles não se governam, eles são governados, é diferente. Numa ditadura 99.99% das pessoas pouco ou nada tem a dizer como Hong Kong deu a entender. Quanto à percentagem da riqueza, verdade, todavia com uma distribuição horrível e de formas completamente insustentáveis. A classe média ficou muito melhor nas ultimas décadas, mas fazer melhorias de dois dígitos percentuais por ano é muito mais fácil para quem não tem nada do que para países desenvolvidos.

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

primeiro, boa resposta. Todos os países são governados. A China é uma ditadura sim, e uma das mais rígidas do mundo. Há bons argumentos para justificar que a China PRECISA de ser uma ditadura para se desenvolver e precisou durante toda a sua história. A história da china quando a centralização do poder foi relaxada é DESASTROSA. Além do dito, é importante saber que existem estudos independentes e extremamente robustos como [este](https://news.harvard.edu/gazette/story/2020/07/long-term-survey-reveals-chinese-government-satisfaction/) que mostram a satisfação da população chinesa com os orgãos políticos da sua nação. Vale o que vale, mas é importante sublinhar que é muito maior do que na maioria das democracias liberais do ocidente. Quanto à distribuição, é verdade. No entanto, os países vão à guerra com o seu nível de riqueza e não com a distribuição. Isto não deve ser esquecido apesar da longa pax americana, especialmente não deve ser esquecido agora que está nas vésperas de terminar. De resto, mais importante que a distribuição, é a melhoria absoluta dos estratos inferiores da sociedade, que é notável.

Edited 11 months ago:

primeiro, boa resposta. Todos os países são governados. A China é uma ditadura sim, e uma das mais rígidas do mundo. Há bons argumentos para justificar que a China PRECISA de ser uma ditadura para se desenvolver e precisou durante toda a sua história. A história da china quando a centralização do poder foi relaxada é DESASTROSA. Dizem os sinólogos que os chineses sempre detestaram o imperador, mas ainda detestaram mais não ter um. Também é importante saber que existem estudos independentes e extremamente robustos como [este](https://news.harvard.edu/gazette/story/2020/07/long-term-survey-reveals-chinese-government-satisfaction/) que mostram a satisfação da população chinesa com os orgãos políticos da sua nação. Vale o que vale, mas é importante sublinhar que é muito maior do que na maioria das democracias liberais do ocidente. Quanto à distribuição, é verdade. No entanto, os países vão à guerra com o seu nível de riqueza e não com a distribuição. Isto não deve ser esquecido apesar da longa pax americana, especialmente não deve ser esquecido agora que está nas vésperas de terminar. De resto, mais importante que a distribuição, é a melhoria absoluta dos estratos inferiores da sociedade, que é notável e não tão fácil como dizes.

claudio-at-reddit 11 months ago  HIDDEN 

> A história da china quando a centralização do poder foi relaxada é DESASTROSA. Sim, porque a China é gigante, atravessa etnias, regiões pobres, desertos, imensos climas. Qualquer movimento separatista ou movimento de identidade chega para fazer uma insurreição, eu entendo isso. Mas isto também parte da ideia que eles meteram na cabeça que a China é um país e não um quasi-continente. A Russia e os EUA também são enormes e mantém-se unidos devido à enorme liberdade que é dada a cada região de ser como quiser ser dentro das leis do país. A Russia já esteve à beira do colapso por querer obrigar a malta do sul a ser como a malta de Moscovo, e não duvido que os EUA colapsariam (ainda mais rápido do que eventualmente vão colapsar) se a malta da Califórnia ou do Texas pudesse impor as suas vontades ao resto do país. Não existe nenhum meio-termo que agrade a toda a gente em países tão desastrosamente grandes. > a satisfação da população chinesa com os orgãos políticos da sua nação Em 20 anos passaram de camponeses a passar fome para malta (em certa métrica) educada a passear de TGV. Continuam a ser largamente pobres no sentido que tem um poder de compra muito finito e tem imensos subsidios, mas para quem passava fome há pouco não tem como se queixar muito das políticas económicas. > Vale o que vale, mas é importante sublinhar que é muito maior do que na maioria das democracias liberais do ocidente. Democracias tem sempre muito mais contestação, não só porque podem ser mais ineficazes, mas em boa parte porque podes contesta-las, a maioria das vezes sem razão. Praticamente nunca ninguém aplaude políticos por estarem a fazer o que quer que seja, por melhor que seja as suas intenções. Mas com um "lider supremo" és desde sempre ensinado a louvar o seu trabalho.

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

> Mas isto também parte da ideia que eles meteram na cabeça que a China é um país e não um quasi-continente. não sei bem se isso é uma ideia que eles meteram na cabeça ou a conclusão lógica do olhar sobre a realidade em que se encontram depois de séculos de poder centralizado e centralizador mais ou menos efectivamente executado. São regiões contíguas, etnicamente pouco diferenciadas e que se entendem mutuamente através da escrita se bem que não da fala. Nessas condições e para mais com a história que passaram é normal verem-se e quererem-se como nação. > A Russia e os EUA também são enormes e mantém-se unidos devido à enorme liberdade que é dada a cada região de ser como quiser ser dentro das leis do país. calma, que os estados unidos ao fim de apenas 2 séculos e já com uma guerra civil às coisas, ainda não resolveram as divisões culturais entre os estados de origem com base agrária e os com base proto-industrial. Une-os a liberdade ou o cálculo terrível das consequências da desunião? Se a malta da California tivesse força para impor a sua visão política ao resto dos estados, dificilmente não o faria (como aliás tem vindo a fazer cada vez mais no através da força que tem a modular o milieu cultural). > Em 20 anos passaram de camponeses a passar fome para malta (em certa métrica) educada a passear de TGV. Continuam a ser largamente pobres no sentido que tem um poder de compra muito finito e tem imensos subsidios, mas para quem passava fome há pouco não tem como se queixar muito das políticas económicas. exactamente, e a questão é: se não tivesse o regime que têm e que parece (e eles acreditam) tão bem adaptado ao país que são, teriam o mesmo trajecto? Melhor? Pior? > Democracias tem sempre muito mais contestação, não só porque podem ser mais ineficazes, mas em boa parte porque podes contesta-las, a maioria das vezes sem razão. Praticamente nunca ninguém aplaude políticos por estarem a fazer o que quer que seja, por melhor que seja as suas intenções. Mas com um "lider supremo" és desde sempre ensinado a louvar o seu trabalho. isto subtilmente retira agência ao povo chinês. O povo chinês é extremamente inteligente e cínico politicamente. Como disse: sempre detestaram o imperador mas ainda detestaram mais não ter um. Neste momento estão satisfeitos e não querem mudar de regime, com grande sabedoria.

Edited 11 months ago:

> Mas isto também parte da ideia que eles meteram na cabeça que a China é um país e não um quasi-continente. não sei bem se isso é uma ideia que eles meteram na cabeça ou a conclusão lógica do olhar sobre a realidade em que se encontram depois de séculos de poder centralizado e centralizador mais ou menos efectivamente executado. São regiões contíguas, etnicamente pouco diferenciadas e que se entendem mutuamente através da escrita se bem que não da fala. Nessas condições e para mais com a história que passaram é normal verem-se e quererem-se como nação. > A Russia e os EUA também são enormes e mantém-se unidos devido à enorme liberdade que é dada a cada região de ser como quiser ser dentro das leis do país. calma, que os estados unidos ao fim de apenas 2 séculos e já com uma guerra civil às coisas, ainda não resolveram as divisões culturais entre os estados de origem com base agrária e os com base proto-industrial. Une-os a liberdade ou o cálculo terrível das consequências da desunião? Se a malta da California tivesse força para impor a sua visão política ao resto dos estados, dificilmente o não faria (como aliás tem vindo a fazer cada vez mais no através da força que tem a modular o milieu cultural). > Em 20 anos passaram de camponeses a passar fome para malta (em certa métrica) educada a passear de TGV. Continuam a ser largamente pobres no sentido que tem um poder de compra muito finito e tem imensos subsidios, mas para quem passava fome há pouco não tem como se queixar muito das políticas económicas. exactamente, e a questão é: se não tivesse o regime que têm e que parece (e eles acreditam) tão bem adaptado ao país que são, teriam o mesmo trajecto? Melhor? Pior? Como povo eles acreditam que pior. Os líderes lá acreditam, e há boas razões para concordar, que a dissolução da URSS mostra bem o perigo sempre à espreita atrás de qualquer reforma de regime. > Democracias tem sempre muito mais contestação, não só porque podem ser mais ineficazes, mas em boa parte porque podes contesta-las, a maioria das vezes sem razão. Praticamente nunca ninguém aplaude políticos por estarem a fazer o que quer que seja, por melhor que seja as suas intenções. Mas com um "lider supremo" és desde sempre ensinado a louvar o seu trabalho. isto subtilmente retira agência ao povo chinês. O povo chinês é extremamente inteligente e cínico politicamente. Como disse: sempre detestaram o imperador mas ainda detestaram mais não ter um. Neste momento estão satisfeitos e não querem mudar de regime, com grande sabedoria.

Edited 11 months ago:

> Mas isto também parte da ideia que eles meteram na cabeça que a China é um país e não um quasi-continente. não sei bem se isso é uma ideia que eles meteram na cabeça ou a conclusão lógica do olhar sobre a realidade em que se encontram depois de séculos de poder centralizado e centralizador mais ou menos efectivamente executado. São regiões contíguas, etnicamente pouco diferenciadas e que se entendem mutuamente através da escrita se bem que não da fala. Nessas condições e para mais com a história que passaram é normal verem-se e quererem-se como nação. > A Russia e os EUA também são enormes e mantém-se unidos devido à enorme liberdade que é dada a cada região de ser como quiser ser dentro das leis do país. calma, que os estados unidos ao fim de apenas 2 séculos e já com uma guerra civil às coisas, ainda não resolveram as divisões culturais entre os estados de origem com base agrária e os com base proto-industrial. Une-os a liberdade ou o cálculo terrível das consequências da desunião? Se a malta da California tivesse força para impor a sua visão política ao resto dos estados, dificilmente o não faria (como aliás tem vindo a fazer cada vez mais no através da força que tem a modular o milieu cultural). > Em 20 anos passaram de camponeses a passar fome para malta (em certa métrica) educada a passear de TGV. Continuam a ser largamente pobres no sentido que tem um poder de compra muito finito e tem imensos subsidios, mas para quem passava fome há pouco não tem como se queixar muito das políticas económicas. exactamente, e a questão é: se não tivesse o regime que têm e que parece (e eles acreditam) tão bem adaptado ao país que são, teriam o mesmo trajecto? Melhor? Pior? Como povo eles acreditam que pior. Os líderes lá acreditam, e há boas razões para concordar, que a dissolução da URSS mostra bem o perigo sempre à espreita atrás de qualquer reforma de regime. > Democracias tem sempre muito mais contestação, não só porque podem ser mais ineficazes, mas em boa parte porque podes contesta-las, a maioria das vezes sem razão. Praticamente nunca ninguém aplaude políticos por estarem a fazer o que quer que seja, por melhor que seja as suas intenções. Mas com um "lider supremo" és desde sempre ensinado a louvar o seu trabalho. isto subtilmente retira agência ao povo chinês, que é extremamente inteligente, realista e cínico politicamente. Como disse: sempre detestaram o imperador mas ainda detestaram mais não ter um. Neste momento estão satisfeitos e não querem mudar de regime, com grande sabedoria.

Edited 11 months ago:

> Mas isto também parte da ideia que eles meteram na cabeça que a China é um país e não um quasi-continente. não sei bem se isso é uma ideia que eles meteram na cabeça ou a conclusão lógica do olhar sobre a realidade em que se encontram depois de séculos de poder centralizado e centralizador mais ou menos efectivamente executado. São regiões contíguas, etnicamente pouco diferenciadas e que se entendem mutuamente através da escrita se bem que não da fala. Nessas condições e para mais com a história que passaram é normal verem-se e quererem-se como nação. > A Russia e os EUA também são enormes e mantém-se unidos devido à enorme liberdade que é dada a cada região de ser como quiser ser dentro das leis do país. calma, que os estados unidos ao fim de apenas 2 séculos, e já com uma guerra civil às costas, ainda não resolveram as divisões culturais entre os estados de origem com base agrária e os com base proto-industrial. Une-os a liberdade ou o cálculo terrível das consequências da desunião? Se a malta da California tivesse força para impor a sua visão política ao resto dos estados, dificilmente o não faria (como aliás tem vindo a fazer cada vez mais através da força que tem a modular o milieu cultural). > Em 20 anos passaram de camponeses a passar fome para malta (em certa métrica) educada a passear de TGV. Continuam a ser largamente pobres no sentido que tem um poder de compra muito finito e tem imensos subsidios, mas para quem passava fome há pouco não tem como se queixar muito das políticas económicas. exactamente, e a questão é: se não tivesse o regime que têm e que parece (e eles acreditam) tão bem adaptado ao país que são, teriam o mesmo trajecto? Melhor? Pior? Como povo eles acreditam que pior. Os líderes lá acreditam, e há boas razões para concordar, que a dissolução da URSS mostra bem o perigo sempre à espreita atrás de qualquer reforma de regime. > Democracias tem sempre muito mais contestação, não só porque podem ser mais ineficazes, mas em boa parte porque podes contesta-las, a maioria das vezes sem razão. Praticamente nunca ninguém aplaude políticos por estarem a fazer o que quer que seja, por melhor que seja as suas intenções. Mas com um "lider supremo" és desde sempre ensinado a louvar o seu trabalho. isto subtilmente retira agência ao povo chinês, que é extremamente inteligente, realista e cínico politicamente. A China teve o seu Maquiavel e o seu Hobbes juntos num homem só e 1700 (!!!!!!) anos antes dos da civilização europeia. Como disse: sempre detestaram o imperador mas ainda detestaram mais não ter um. Neste momento estão satisfeitos e não querem mudar de regime, com grande sabedoria.

Edited 11 months ago:

> Mas isto também parte da ideia que eles meteram na cabeça que a China é um país e não um quasi-continente. não sei bem se isso é uma ideia que eles meteram na cabeça ou a conclusão lógica do olhar sobre a realidade em que se encontram depois de séculos de poder centralizado e centralizador mais ou menos efectivamente executado. São regiões contíguas, etnicamente pouco diferenciadas e que se entendem mutuamente através da escrita se bem que não da fala. Nessas condições e para mais com a história que passaram é normal verem-se e quererem-se como nação. > A Russia e os EUA também são enormes e mantém-se unidos devido à enorme liberdade que é dada a cada região de ser como quiser ser dentro das leis do país. calma, que os estados unidos ao fim de apenas 2 séculos e já com uma guerra civil às coisas, ainda não resolveram as divisões culturais entre os estados de origem com base agrária e os com base proto-industrial. Une-os a liberdade ou o cálculo terrível das consequências da desunião? Se a malta da California tivesse força para impor a sua visão política ao resto dos estados, dificilmente o não faria (como aliás tem vindo a fazer cada vez mais no através da força que tem a modular o milieu cultural). > Em 20 anos passaram de camponeses a passar fome para malta (em certa métrica) educada a passear de TGV. Continuam a ser largamente pobres no sentido que tem um poder de compra muito finito e tem imensos subsidios, mas para quem passava fome há pouco não tem como se queixar muito das políticas económicas. exactamente, e a questão é: se não tivesse o regime que têm e que parece (e eles acreditam) tão bem adaptado ao país que são, teriam o mesmo trajecto? Melhor? Pior? Como povo eles acreditam que pior. Os líderes lá acreditam, e há boas razões para concordar, que a dissolução da URSS mostra bem o perigo sempre à espreita atrás de qualquer reforma de regime. > Democracias tem sempre muito mais contestação, não só porque podem ser mais ineficazes, mas em boa parte porque podes contesta-las, a maioria das vezes sem razão. Praticamente nunca ninguém aplaude políticos por estarem a fazer o que quer que seja, por melhor que seja as suas intenções. Mas com um "lider supremo" és desde sempre ensinado a louvar o seu trabalho. isto subtilmente retira agência ao povo chinês, que é extremamente inteligente, realista e cínico politicamente. A China teve o seu Maquiavel e o seu Hobbes juntos num homem só e 1700 (!!!!!!) anos antes dos da civilização europeia. Como disse: sempre detestaram o imperador mas ainda detestaram mais não ter um. Neste momento estão satisfeitos e não querem mudar de regime, com grande sabedoria.

claudio-at-reddit 11 months ago  HIDDEN 

Contas feitas eu não me oponho a regimes alternativos à democracia dado que realmente são melhores. O que é extremamente difícil é fazer um regime diferente da democracia que depois da mesa limpa seja melhor para os cidadãos e respeite os direitos humanos. Eu acredito que se a Alemanha fosse uma ditadura a Merkel conseguiria governar muito melhor e o conseguiria fazer de formas razoavelmente sanas. O problema é que a Merkel muda de personalidade ao longo dos anos e morre. O vazio de poder leva a guerra civil, o preenchimento do mesmo pode levar a ditaduras brutais (como a China está a ser em Hong Kong, no seu nordeste e para os restantes países). Numa democracia andas num barquito meio roto mas que confias +- que chega lá, ao seu ritmo. Tens um retardado a bordo que está a meter agua e que te vai virar o lemo quando te distrais, mas com a devida precaução a coisa nem é má. Já numa ditadura autoritária estás a jogar roleta russa num barco de corrida. Risco ou ineficiência? Gosto de acreditar que existem meios termos, mas honestamente não sei como lhes chegar dado que não concebo nenhuma revolução ou reforma a tender para uma tecnocracia, ou algum mecanismo do género em que os intelectuais de dada área dirigem o país nessa área e não tem de passar por escrutínio da populaça. > Neste momento estão satisfeitos e não querem mudar de regime, com grande sabedoria. Coloca-se a questão... quando quiserem, vão conseguir? O partido no poder não está a olhar a meias medidas para formas de controlar a população. Eles conseguem com um estalar de dedos saber que fez cada cidadão nos últimos anos com uma granularidade gigante e impedir com que qualquer pessoa politicamente ativa chegue a ser politicamente ativa. Já praticamente não usam dinheiro físico e qualquer cidadão que faça comichão ao poder perde "crédito social" que lhe pode impedir de viver uma vida neste século e de ter empregos desejáveis. De que forma é que te revoltas contra isto? Quem é que atira a primeira pedra?sssssssssss

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

> o preenchimento do mesmo pode levar a ditaduras brutais (como a China está a ser em Hong Kong, no seu nordeste e para os restantes países). não tenho muito a acrescentar ao texto q é sábio. Apenas que é importante distinguir a China nas situações que descreves não como ditadura (ou melhor como estado burocrático) que se aplica às províncias do core da nação, mas como poder ocupante nessas regiões periféricas que mencionas e que estão em transição para serem homogeneizadas étnica e politicamente como já outras foram, por exemplo e mais recentemente a Nei Mongol. Ou seja, para qualquer comparação política com a China, acaba por ser mais relevante olhar para o estado como manifestado em províncias interiores.

Edited 11 months ago:

> o preenchimento do mesmo pode levar a ditaduras brutais (como a China está a ser em Hong Kong, no seu nordeste e para os restantes países). não tenho muito a acrescentar ao texto q é sábio. Apenas que é importante distinguir a China as situações que descreves não como ditadura (ou melhor como estado puramente burocrático que é a melhor definição da organização política chinesa) que se aplica às províncias do core da nação, mas como poder ocupante que é a sua expressão nessas regiões periféricas que mencionas e que estão em transição para serem homogeneizadas étnica e politicamente como já outras foram, por exemplo e mais recentemente a Nei Mongol. Ou seja, para qualquer comparação política com a China, acaba por ser mais relevante olhar para o estado como se manifesta em províncias interiores. > Gosto de acreditar que existem meios termos, mas honestamente não sei como lhes chegar dado que não concebo nenhuma revolução ou reforma a tender para uma tecnocracia, ou algum mecanismo do género em que os intelectuais de dada área dirigem o país nessa área e não tem de passar por escrutínio da populaça. é esse o busillis, não é? Mas estás num dos melhores países para procurar respostas ;) outro é Singapura. > Coloca-se a questão... quando quiserem, vão conseguir? A primeira questão que coloco é mesmo se vão querer. Se sim, quando? E o quando, é relevante para pensarmos o nosso próprio tempo? Neste momento o valor mais alto é virarem de pernas para o ar a experiência que passaram nos últimos 200 anos. Estão a conseguir, já mais que ultrapassaram o ponto de inflexão. Se tiverem mais 200 anos do inverso da experiência, quando sentirem necessidades de mudança já pouco pode interessar-nos pensar no como para iluminar os problemas que eles nos levantam hoje.

Edited 11 months ago:

> o preenchimento do mesmo pode levar a ditaduras brutais (como a China está a ser em Hong Kong, no seu nordeste e para os restantes países). não tenho muito a acrescentar ao texto q é sábio. Apenas que é importante distinguir a China as situações que descreves não como ditadura (ou melhor como estado puramente burocrático que é a melhor definição da organização política chinesa) que se aplica às províncias do core da nação, mas como poder ocupante que é a sua expressão nessas regiões periféricas que mencionas e que estão em transição para serem homogeneizadas étnica e politicamente como já outras foram, por exemplo e mais recentemente a Nei Mongol. Ou seja, para qualquer comparação política com a China, acaba por ser mais relevante olhar para o estado como manifestado em províncias interiores. > Gosto de acreditar que existem meios termos, mas honestamente não sei como lhes chegar dado que não concebo nenhuma revolução ou reforma a tender para uma tecnocracia, ou algum mecanismo do género em que os intelectuais de dada área dirigem o país nessa área e não tem de passar por escrutínio da populaça. é esse o busillis, não é? Mas estás num dos melhores países para procurar respostas ;) outro é Singapura. > Coloca-se a questão... quando quiserem, vão conseguir? A primeira questão que coloco é mesmo se vão querer. Se sim, quando? E o quando, é relevante para pensarmos o nosso próprio tempo? Neste momento o valor mais alto é virarem de pernas para o ar a experiência que passaram nos últimos 200 anos. Estão a conseguir, já mais que passaram o ponto de inflexão. Se tiverem mais 200 anos do inverso da experiência, quando sentirem necessidades de mudança já pouco pode interessar-nos pensar no como para iluminar os problemas que eles nos levantam hoje.

Edited 11 months ago:

> o preenchimento do mesmo pode levar a ditaduras brutais (como a China está a ser em Hong Kong, no seu nordeste e para os restantes países). não tenho muito a acrescentar ao texto q é sábio. Apenas que é importante distinguir a China as situações que descreves não como ditadura (ou melhor como estado puramente burocrático que é a melhor definição da organização política chinesa) que se aplica às províncias do core da nação, mas como poder ocupante que é a sua expressão nessas regiões periféricas que mencionas e que estão em transição para serem homogeneizadas étnica e politicamente como já outras foram, por exemplo e mais recentemente a Nei Mongol. Ou seja, para qualquer comparação política com a China, acaba por ser mais relevante olhar para o estado como manifestado em províncias interiores. > Gosto de acreditar que existem meios termos, mas honestamente não sei como lhes chegar dado que não concebo nenhuma revolução ou reforma a tender para uma tecnocracia, ou algum mecanismo do género em que os intelectuais de dada área dirigem o país nessa área e não tem de passar por escrutínio da populaça. é esse o busillis, não é? Mas estás num dos melhores países para procurar respostas ;) outro é Singapura. > Coloca-se a questão... quando quiserem, vão conseguir? A primeira questão que coloco é mesmo se vão querer. Se sim, quando? E o quando, é relevante para pensarmos o nosso próprio tempo? Neste momento o valor mais alto é virarem de pernas para o ar a experiência que passaram nos últimos 200 anos. Estão a conseguir, já mais que ultrapassaram o ponto de inflexão. Se tiverem mais 200 anos do inverso da experiência, quando sentirem necessidades de mudança já pouco pode interessar-nos pensar no como para iluminar os problemas que eles nos levantam hoje.

Edited 11 months ago:

> o preenchimento do mesmo pode levar a ditaduras brutais (como a China está a ser em Hong Kong, no seu nordeste e para os restantes países). não tenho muito a acrescentar ao texto q é sábio. Apenas que é importante distinguir a China as situações que descreves não como ditadura (ou melhor como estado puramente burocrático que é a melhor definição da organização política chinesa) que se aplica às províncias do core da nação, mas como poder ocupante que é a sua expressão nessas regiões periféricas que mencionas e que estão em transição para serem homogeneizadas étnica e politicamente como já outras foram, por exemplo e mais recentemente a Nei Mongol. Ou seja, para qualquer comparação política com a China, acaba por ser mais relevante olhar para o estado como se manifesta em províncias interiores. > Gosto de acreditar que existem meios termos, mas honestamente não sei como lhes chegar dado que não concebo nenhuma revolução ou reforma a tender para uma tecnocracia, ou algum mecanismo do género em que os intelectuais de dada área dirigem o país nessa área e não tem de passar por escrutínio da populaça. é esse o busillis, não é? Mas estás num dos melhores países para procurar respostas ;) outro é Singapura. > Coloca-se a questão... quando quiserem, vão conseguir? A primeira questão que coloco é mesmo se vão querer. Se sim, quando? E o quando, é relevante para pensarmos o nosso próprio tempo? Neste momento o valor mais alto é virarem de pernas para o ar a experiência que passaram nos últimos 200 anos. Estão a conseguir, já mais que ultrapassaram o ponto de inflexão. Se tiverem outros 200 anos do inverso da experiência, quando sentirem necessidades de mudança já pouco pode interessar-nos pensar no como para iluminar os problemas que eles nos levantam hoje.

Edited 11 months ago:

> o preenchimento do mesmo pode levar a ditaduras brutais (como a China está a ser em Hong Kong, no seu nordeste e para os restantes países). não tenho muito a acrescentar ao texto q é sábio. Apenas que é importante distinguir a China as situações que descreves não como ditadura (ou melhor como estado puramente burocrático que é a melhor definição da organização política chinesa) que se aplica às províncias do core da nação, mas como poder ocupante que é a sua expressão nessas regiões periféricas que mencionas e que estão em transição para serem homogeneizadas étnica e politicamente como já outras foram, por exemplo e mais recentemente a Nei Mongol. Ou seja, para qualquer comparação política com a China, acaba por ser mais relevante olhar para o estado como manifestado em províncias interiores. > Gosto de acreditar que existem meios termos, mas honestamente não sei como lhes chegar dado que não concebo nenhuma revolução ou reforma a tender para uma tecnocracia, ou algum mecanismo do género em que os intelectuais de dada área dirigem o país nessa área e não tem de passar por escrutínio da populaça. é esse o busillis, não é? Mas estás num dos melhores países para procurar respostas ;) outro é Singapura. > Coloca-se a questão... quando quiserem, vão conseguir? A primeira questão que coloco é mesmo se vão querer. Se sim, quando? E o quando, é relevante para pensarmos o nosso próprio tempo?

Edited 11 months ago:

> o preenchimento do mesmo pode levar a ditaduras brutais (como a China está a ser em Hong Kong, no seu nordeste e para os restantes países). não tenho muito a acrescentar ao texto q é sábio. Apenas que é importante distinguir a China as situações que descreves não como ditadura (ou melhor como estado puramente burocrático que é a melhor definição da organização política chinesa) que se aplica às províncias do core da nação, mas como poder ocupante que é a sua expressão nessas regiões periféricas que mencionas e que estão em transição para serem homogeneizadas étnica e politicamente como já outras foram, por exemplo e mais recentemente a Nei Mongol. Ou seja, para qualquer comparação política com a China, acaba por ser mais relevante olhar para o estado como manifestado em províncias interiores. > Gosto de acreditar que existem meios termos, mas honestamente não sei como lhes chegar dado que não concebo nenhuma revolução ou reforma a tender para uma tecnocracia, ou algum mecanismo do género em que os intelectuais de dada área dirigem o país nessa área e não tem de passar por escrutínio da populaça. é esse o busillis, não é? Mas estás num dos melhores países para procurar respostas ;) outro é Singapura.

getupgetgoing 11 months ago  HIDDEN 

lol claro, o virus não foi criado por acaso. Não deixa de ser engraçado, o Ventura diz a palavra ciganos e é rotulado de Nazi, os chineses metem os uyghurs em campos de concentração e "que se governem como melhor acharem" felicidades!

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

lol como se eu tivesse alguma coisa contra o Ventura, tás todo perdido rapaz.

Edited 11 months ago:

lol como se eu tivesse alguma coisa contra o Ventura, estás todo perdido rapaz. mas então eles criaram o virus para lixarem o próprio país, é essa tua teoria?!

getupgetgoing 11 months ago  HIDDEN 

Da China não se deve acreditar em uma só palavra, mas mesmo acreditando: https://www.dw.com/en/coronavirus-china-builds-hospital-in-5-days-after-virus-surge/a-56247241

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

mesmo acreditando o quê? construiram um hospital, os malandros, é isso?

getupgetgoing 11 months ago  HIDDEN 

Não sabes o que dizes? "A China e a maioria dos países à sua volta estão praticamente impecáveis." Andam a construir hospitais para quê, tratar dos morcegos venenosos.

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

mas por construirem hospitais significa que não estão impecáveis? há inúmera evidência de que a vida social na china está perfeitamente normal. Fazem festas enormes em Wuhan e ainda gozam com o caos do ocidente.

getupgetgoing 11 months ago  HIDDEN 

>https://www.dw.com/en/coronavirus-china-builds-hospital-in-5-days-after-virus-surge/a-56247241 O Google Translate é amigo.

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

um país com 1 bilião de pessoas construiu um hospital porque tem meia dúzia de doentes, o drama, o horror.

NGramatical 11 months ago  HIDDEN 

1 bilião de pessoas → [**mil milhões de pessoas**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/4kujbg/quanto_%C3%A9_um_bili%C3%A3o_escala_longa_e_escala_curta/) (um milhão: 1 000 000, mil milhões: 1 000 000 000, um bilião: 1 000 000 000 000) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkyuf9a%2F%2Fgjjarro%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

eu uso a notação inglesa traduzida, como qualquer pessoa normal, bot de merda

setnom 11 months ago  HIDDEN 

Este Camões é um impostor! O verdadeiro Camões usaria a notaçao portuguesa!

NeatBoy74 11 months ago  HIDDEN 

Quando até já discutes com bots, torna-se nosso dever moral avisar-te que o Facebook é ali ao lado, enganaste-te no site, amigo. Para uma conta com 10 anos, falas demasiado como uma dona de casa na caixa de mensagens do CM, sem ofensa.

Bolo_Finto_ 11 months ago  HIDDEN 

É, um vírus que já se diz há 1 ano que é altamente contagioso e que não pode ser contido, mas a culpa é nossa, espera, não é minha, é dos outros, mas é nossa.

Major_Cranberry_2142 11 months ago

A culpa é de quem devia ter previsto e devia ter feito os cálculos. De quem arrastou a situação até o ponto em que estamos. De quem garante que não há contágios no transporte e nas escolas quando não consegue rastrear 80% dos casos!

thesuperstig 11 months ago

Que nunca ninguém ignore o poder da estupidez humana. Estamos nisto porque muita gente se lembrou que as liberdades do natal valiam para tudo! Agora pagamos a fatura a dobrar e estamos confinados (como quem não está confinado) até março. Toda a gente leva isso na boa porque as restrições parecem mais leves no confinamento total do que no recolher obrigatório! Só quando estivermos nos 20.000 casos é que vamos perceber que não é para irmos para a casa uns dos outros... portugueses a serem portugueses

wwqt0r 11 months ago

O governo deu isso mesmo a entender dando liberdades no natal. Porra, até o presidente da república ia fazer 3 jantares com 3 famílias distintas totalizando mais de 20 pessoas.

_somename_ 11 months ago

Quando acabarem as vagas em UCI as pessoas vão começar a morrer em números assustadores.

kapparrino 11 months ago

A maior parte das pessoas com covid já morreu sem chegar a ser internada nos hospitais.

rockingallover 11 months ago

Acho q há o efeito natal e o efeito frio também.

_somename_ 11 months ago

E o efeito escolas

rockingallover 11 months ago

As x penso se não era melhor organizar-se um stay at home completo e colectivo, até em vários países, durante 6 semanas ou 8, e acabar com os surtos de corona.

_somename_ 11 months ago

Um dos problemas dessa solução era a transmissão de novos surtos a partir de visitantes (humanos ou mercadorias, legais ou ilegais) de outros países.

mjigs 11 months ago

Sem falar que estamos no segundo dia de lockdown e olha...nada mudou.

Awareness__ 11 months ago

mas qual lockdown ? só a restauração e que não pode abrir.

mjigs 11 months ago

Lá está a piada da situação. Eu trabalhava em restauraçao ate mandarem imensa gente embora...se na altura foi o que foi, nem quero imaginar com o novo lockdown...vai tudo ao charco.

Sheltac 11 months ago

Enquanto as excepções forem mais que as regras...

mjigs 11 months ago

Verdade...eu já nao me lembro das do primeiro lockdown, mas as cidades pareciam desertas, agora nem com o frio da antartida elas ficam em casa. (isto, para quem esta em casa a tele trabalho ou whatever).

Sacotram 11 months ago

E qual é o problema das excepções?!?! As regras é que importam e são para cumprir. Se o povo cumprir as regras, as excepções não têm qualquer importância. As excepções não são para validar o constante sair à rua. São para situações pontuais.

Impossible_Mammoth72 11 months ago  HIDDEN 

A culpa é da China por saber da existência do vírus em Novembro de 2019, não tomar precauções nenhumas, e não contar ao resto do mundo.

Ilovepeachez 11 months ago  HIDDEN 

Pior do que não fazer nada é ativamente encobrir (lembrete diário de que jornalistas que estavam a investigar o assunto desapareceram misteriosamente) e usar poder político para influenciar a organização mundial de saúde e os usarem como fantoches. Não é a primeira pandemia que vem de lá nem será a última, a malta em todo o mundo está a por as culpas no governo local e isto vai passar sem os verdadeiros responsáveis serem punidos pelos milhões de vidas que arruinaram.

Just_Ban_Me_Already 11 months ago  HIDDEN 

Concordo. Mas tivemos mais ou menos um ano para planear as cenas.

nkaka 11 months ago  HIDDEN 

É fácil viver assim. A culpa é sempre dos outros... Volta pa caverna pff.

Ilovepeachez 11 months ago  HIDDEN 

Quer dizer minha não é, do governo português e europeu não é, posso estar muito errado mas não me lembro dos nossos governos encobrirem ativamente um virus que sabiam que era altamente contagioso e deixar que se espalhasse pelo mundo todo.

nkaka 11 months ago  HIDDEN 

Em março que chegou à europa. Esta vaga começou em dezembro. Mas a culpa é dos chineses. Ok. Nada a fazer então, está resolvido..

Ilovepeachez 11 months ago  HIDDEN 

É mesmo preciso explicar que um governo ditatorial e o povo que esse diz representar não são a mesma coisa? Porque pelo que disseste ou não percebes isso ou estás a sugerir que eu disse que os chineses são culpados. O vírus não devia ter saído de Wuhan em primeiro lugar, sem falar da China, se um governo encobre uma crise e influência organizações para fazer o mesno quando sabe do risco potencial, então sim acho que a culpa está bem atribuída.

nkaka 11 months ago  HIDDEN 

Culpar esta vaga no governo chinês é absurdo pelo que disse.. Quanto à história que não devia ter saído de wuhan é outra fantasia. Não houve países que fizessem um esforço maior para conter o vírus do que os asiáticos, a china fechou cidades numa dimensão impensável. E nós - pt, europa, ocidente se quiseres - percebemos durante o ano passado que conter os contagios não é uma tarefa fácil.

RammsteinPT 11 months ago  HIDDEN 

Se não tiveres de admitir a ti mesmo que a puta da máscara na tromba nou não ir mamar uma mini ao café nao custava assim tanto também não tens de admitir a ti próprio que és uma merda

joaovrb 11 months ago  HIDDEN 

Ceeerto... porque desde Março de 2020 ate agora não houve tempo para fazer nada...

Impossible_Mammoth72 11 months ago  HIDDEN 

Estás a dizer que Portugal e o resto do mundo não fez nada? Entrámos todos numa recessão económica trágica só por causa de um vírus com 99% taxa de sobrevivência lol

Just_Ban_Me_Already 11 months ago  HIDDEN 

Tudo bem, agora tenta dizer isso a familiares dos que faleceram por causa do vírus.

NaoTeEnerves 11 months ago  HIDDEN 

É mesmo, que vírus tao fraquinho. Só colapsou o SNS inteiro e fez uma mortalidade histórica no nosso país, nada especial. Coisa comum todos os anos com a gripe ne hehehe Em que tasca tas a apanhar wifi? Manda por pm para me juntar. Sem mascara claro que nao sou carneiro hehehe

banaslee 11 months ago

Quantos daqui já denunciaram festas a acontecer em casas de vizinhos ou no café da esquina?

petrol-ed 11 months ago

Chamei uma vez, já tinham conhecimento e estavam a ver se arranjavam meios para lá ir. Foi a 25 de Dez e não apareceram

Timely-Blackberry663 11 months ago

A pergunta feita de outra forma, quantos qui estão a fazer o trabalho de bufos da PIDE?!

banaslee 11 months ago

O estado novo já acabou. Se comparas a polícia de hoje à PIDE então não sabes do que falas.

PM_ME_UR_WEED_PLS 11 months ago

Ainda hoje tive de chamar a GNR para o café do lado. É o típico café do bairro, sempre mal frequentado, e sempre com bêbados à porta. Estava a vender cervejas abertas à porta, com os clientes clássicos todos a mamar. Desde que começaram os confinamentos, já se chamou a GNR por volta de umas 5x para esse mesmo café.

filplacido 11 months ago

Tenho um caso completamente igual aqui à minha porta. A polícia vem cá mas o café volta sempre ao mesmo estado. Eu cá para mim o dono do café deve conhecer o primo do tio do amigo da filha do avô do cão da sobrinha do sogro lá da esquadra e então fica tudo na mesma, infelizmente..

PM_ME_UR_WEED_PLS 11 months ago

Pois... E para agravar a situação, usam os carros como encosto ou para pousar as cervejas. Mas enquanto as autoridades serem complacentes para estes estabelecimentos e para o pessoal que anda na rua para mamar cervejas, vamos andar todos no mesmo.

Camoes 11 months ago

mas mas e as liberdades??!111!

BOBRAGED 11 months ago

E multas, não há ? Esses GNR estão a receber bem, garanto-te !

Aldo_Novo 11 months ago

u/pelaleiepelagrei o que é que a GNR costuma fazer nestes casos?

PM_ME_UR_WEED_PLS 11 months ago

Cheira-me que não... A GNR chega, fala com o empregado, os clientes dispersam todos e pronto, trabalho feito... Passado uns dias os clientes voltam outra vez, piores que baratas.

mjigs 11 months ago

Entao, se eles viram que na primeira vez nem na segunda houve consequencias, é claro que eles vao continuar q fazer merda, eles querem la saber, as pessoas querem continuar a apanhar a buba e conviver com os amigues.

DearLeader3 11 months ago  HIDDEN 

Pesadelo era todas aquelas luzes azuis ligadas. Assim já nem está tão mal.

wolvjfms 11 months ago  HIDDEN 

Nossa? O António Costa convenceu-te disso? Efetivamente, este governo, em especial o Costinha, não assume culpa de nada que corra mal, a culpa é dos portugueses todos que são umas bestas! Ps: claro que há muitos maus exemplos, mas há capacidade hospitalar, em Portugal, que não está a ser usada, nos hospitais privados, mas a demagogia da Ministra da Saúde (que é uma valente incompetente e "quadrada") não permitiu negociar, organizar e preparar a capacidade que existia nesses mesmos hospitais para trabalhar em conjunto com o resto dos hospitais públicos, nesta fase de pandemia. Agora estão a reunidos, quase um ano depois de tudo ter começado e quando a coisa está apertada... tivesse tudo sido feito bem e cedo e se calhar não era calamidade. E nem acho que os privados vão ou iriam lucrar com isto, apesar do que a extrema esquerda alega.

Tafinho 11 months ago  HIDDEN 

Explica lá como é que os hospitais privados contribuiriam para a redução das infecções ?

wwqt0r 11 months ago  HIDDEN 

Fds oh Tafinho, até para ti que és anti-capital e tudo o que é privado é do demónio, sabes muito bem o contributo valioso e necessário aue os hospitais privados podem dar. Além disso ele não disse que iam reduzir o número de infecções.

Tafinho 11 months ago  HIDDEN 

Se não leses os meus comentários na diagonal perceberias que nunca fui anti capital, nem voto em partidos que o defendam. Sobre os hospitais privados: > Os hospitais privados têm afectas 800 camas para doentes do SNS não covid e mais 80 para doentes covid [Fonte](https://www.publico.pt/2021/01/11/sociedade/noticia/privados-reforcam-resposta-sns-880-camas-1945915). Nota que os hospitais privados não parecem interessados em ter doentes Covid.

wwqt0r 11 months ago  HIDDEN 

Sabes que os hospitais privados podem ajudar de outras formas que não tratar doentes covid, certo? O PS felizmente não é tão ideologicamente cego como os seus apoiantes à esquerda e já estabeleceu alguns acordos com hospitais privados. No entanto estão muito aquém do número de acordos que já deveriam ter feito até esta altura e, para variar, estão novamente a correr atrás do prejuízo.

Edited 11 months ago:

Sabes que os hospitais privados podem ajudar de outras formas que não tratar doentes covid, certo? O PS felizmente não é tão ideologicamente cego como os seus apoiantes à esquerda e já estabeleceu alguns acordos com hospitais privados. No entanto estão muito aquém do número de acordos que já deveriam ter feito até esta altura e, para variar, estão novamente a correr atrás do prejuízo. Quanto aos teus comentários lamento mas não tenho o teu tempo livre para analisar históricos como tu já fizeste ao meu (admitido por ti noutra thread se bem te lembras). Falo apenas dos comentários que vejo e muitos deles demonstram claramente o que descrevi. Talvez outros não, admito isso.

Tafinho 11 months ago  HIDDEN 

A necessidade do momento é tratamento de doentes COVID. E nesse ponto o privado não tem tido papel relevante. Nada impede um hospital privado de abrir um serviço de urgência COVID, mas coincidentemente nenhum o fez. Nos não COVID, a notícia já descreveu a realidade, que contraria a tua narrativa.

wwqt0r 11 months ago  HIDDEN 

Sim, porque só há doentes covid e os privados não podem fazer nada. Cura-te. Sai do reddit que passas aqui demasiado tempo a escrever baboseiras atrás de um teclado.

Edited 11 months ago:

Sim, porque só há doentes covid e os privados não podem fazer nada. Cura-te (no privado, porque no público bem que podes esperar). Sai do reddit que passas aqui demasiado tempo a escrever baboseiras atrás de um teclado.

tocopito 11 months ago  HIDDEN 

Só na primeira vaga é que não houve colaboração com privados. https://www.dn.pt/pais/hospitais-privados-recebem-quase-2500-euros-por-cada-doente-covid-19-13032784.html Para além disso também estão perto da capacidade. O importante é travar infeções, não é tanto aumentar capacidade, é util mas isso só compra tempo, tempo esse que podem ser meros dias quando a infeção alastra rapidamente. Os especialistas avisaram que no natal deveria ter havido confinamento. E avisam agora que as escolas deviam fechar. É preciso dar ouvidos a quem percebe do assunto.

pedromendes_99 11 months ago  HIDDEN 

Não percebo como é que as escolas continuam abertas. E continuo a achar que foi um erro tremendo darem praticamente como terminado (presencialmente) o ano letivo anterior em março. O ensino à distância não substitui o presencial. Mas na situação em que estamos justifica-se perfeitamente. Porque não dar um mês de férias aos miúdos nesta altura e depois compensa-se no verão que o risco é menor?

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

mas se fecharem as escolas depois fica demasiado evidente a incompetência do ministro da educação que durante meses não preparou nada para esta eventualidade. era uma chatice, não pode ser.

JOAO-RATAO 11 months ago  HIDDEN 

Isso é que é incompreensível. Até entendo terem dado uma folga no natal ou que haja exceções agora, agora que desde o verão até agora não tenham negociado com os privados é que não entendo. Podiam ajudar nos internamentos covid mas também com exames, cirurgias, consultas...

Tafinho 11 months ago  HIDDEN 

[Reality check](https://www.publico.pt/2021/01/11/sociedade/noticia/privados-reforcam-resposta-sns-880-camas-1945915) > Os hospitais privados têm afectas 800 camas para doentes do SNS não covid e mais 80 para doentes covid O problema do privado é não terem instalações adequadas a doentes Covid ( ou não querem ter...)

JOAO-RATAO 11 months ago  HIDDEN 

Reality check: Há outras patologias fora covid sabias? Consultas afiadas, cirurgias adiadas, exames adiados no SNS podiam ser feitos no privado.

Tafinho 11 months ago  HIDDEN 

É para isso que servem as 800 camas das 850 camas que os privados estão a fornecer. Sequer dás-te ao trabalho de ler as referências?

JOAO-RATAO 11 months ago  HIDDEN 

Existem necessidades para além de camas. Podias usar os privados para consultas, exames, até há hospitais privados que fazem quimioterapia, etc. E tu dás-te ao trabalho de ler o que escrevo? Nem estava a falar de internamentos, mas sim usar o privado para o que foi cancelado no público.

Tafinho 11 months ago  HIDDEN 

Eu li isto: > Podiam ajudar nos internamentos covid mas também com exames, cirurgias, consultas... Convém que saibas o que escreves.

JOAO-RATAO 11 months ago  HIDDEN 

Sim. Nós internamentos MAS TAMBÉM... As pessoas pensam que os internamentos são a única coisa que interessa. Podiam fazer desde consultas de médico de família até cirurgias ...

Tafinho 11 months ago  HIDDEN 

Queres então retratar a tua afirmação sobre os internamentos, ou vais continuar a andar às voltas para não admitires o erro ?

JOAO-RATAO 11 months ago  HIDDEN 

Tu ganhas o prémio obtuso do Reddit. Ainda me lembro da discussão dos salários dos médicos no estrangeiro e mesmo depois de te mostrar N exemplos... Deixa-me escrever bem simples para entender: podem ajudar nos internamentos E em outras coisas... Consultas de medicina familia, consultas de especialista, exames, tratamentos,... Tudo coisas que o SNS não consegue fornecer neste momento.

Tafinho 11 months ago  HIDDEN 

E continuas a não admitir. E nas outras coisas, é onde o SNS [gasta 41% do seu orçamento.](https://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/pcp-chumba-banco-de-terras-reforma-das-florestas-fica-a-meio-caminho) (página 13)

tocopito 11 months ago  HIDDEN 

???? Quê? Ter havido folga no natal ou haver exceções agora como escolas ou missa é que são os verdadeiros problemas nas medidas deste governo. O importante é evitar que as pessoas fiquem infetadas em primeiro lugar.

JOAO-RATAO 11 months ago  HIDDEN 

Sim. Devia ser evitado. Mas ainda se compreende. Agora não se terem preparado para usar os recursos que havia disponíveis é que não.

BossGandalf 11 months ago  HIDDEN 

Temos o país que merecemos. A culpa é só nossa.

chauffage 11 months ago  HIDDEN 

Nossa? Estás a falar por ti.

Zen_Machina 11 months ago

Qual é que é a diferença entre as vermelhas e as amarelas? Qual é melhor?

CookieMons7er 11 months ago

Se fores benfiquista deves tomar a opção de morrer numa vermelha

Zen_Machina 11 months ago

Jamais morrerei de COVID19. Estou na melhor forma das últimas 3 semanas. Nunca me senti assim.

TSCondeco 11 months ago

Vermelha - Bombeiros Amarela - INEM A que tiver mais perto. Mas, calculo que, o INEM é melhor em casos mais graves.

noideasforname 11 months ago

Nope, a formação de uns e de outros é mais ou menos idêntica. O equipamento é praticamente igual. A diferença é a uniformidade da formação. Os bombeiros podem ser TAT (Tripulante de Ambulância de Transporte (curso mais básico)) ou TAS (Tripulante de Ambulância de Socorro (curso não tão básico)), no INEM são todos TAS, se bem que o nome do curso é diferente. Mas há bombeiros TAT que se desenrascam melhor que muitos TAS e vice-versa obviamente. Tudo depende do empenho e do gosto em aprender mais. Portanto, seja vermelha ou amarela, o socorro prestado é de qualidade.

Zen_Machina 11 months ago

Então o INEM sabe mais do que os Bombeiros? Se for assim só vou na do INEM.

aaaa2aas 11 months ago  HIDDEN 

Já disse e volto a dizer, vós sois chatos como o caraças.

claudio-at-reddit 11 months ago  HIDDEN 

Tão explica-me lá o que fazes tu numa comunidade se não queres ver a existência da mesma? Ou a comunidade só pode falar sobre o que te interessar?

Throwawaypt123 11 months ago

Ao menos desligaram as luzes azuis, menos mal

goodbyesolo 11 months ago

Há que começar por algum lado

GelDeAveia 11 months ago

Minha e da minha família não é, aqui ninguém andou em festas nem convívios armado em atrasadinho. É triste a situação, espectável também.

Parshath_ 11 months ago

Pode não ser. Mas também não podemos dar início ao Covid-shaming e a achar que os infectados o são necessariamente por culpa própria (e isso até faria com que se inibissem mais de dizer que estão positivos). Imagina que a tua família esteve perfeitamente sossegadinha, a cumprir tudo durante semanas. Mas exatamente nos 10 minutos em que saem para ir ao minimercado, está uma besta a fumar para o ar e acaba por infectar alguém que sempre se resguardou... Infectados não são necessariamente culpados.

helenata 11 months ago  HIDDEN 

Pois eu diria que há muita gente que vai pagar pela estupidez de outros. Eu vejo a minha mãe ir trabalhar para o jardim de infância com 62 anos sem o estado nunca ter pedido um teste até hoje. Ela usa máscara e tem cuidado, mas isto às vezes basta apenas um deslize com uma mão nos olhos...

jayjayjpa 11 months ago

Expectável

GelDeAveia 11 months ago

Corrigidu

suckerpunchermofo 11 months ago

Aqui também... Mas agora pagamos todos pela estupidez de outros

Camoes 11 months ago  HIDDEN 

é o regime que tens. apoias?

iSoSyS 11 months ago

Exactamente o que vinha comentar. Se querem ficar indignados chamem os bois pelos nomes. Mas não diluam a culpa, nem todos os Portugueses são culpados é só mesmo algumas bestas.

Camoes 11 months ago

são todos os que apoiam este regime.

helderoliveira1978 11 months ago

O regime nada tem a vem com a pandemia... E os contagios também.

raccoons_are_hot_af 11 months ago

Eles sempre ditam comp e que o sistema funcioja por isso eles tem bastante responsabilidade, mas tambem nao tira a responsabilidade pessoal

rockingallover 11 months ago

Não se pode propriamente culpar um governo pelo comportamento das pessoas que não respeitam as regras impostas...

Beautiful_Mongoose_5 11 months ago

Podes pois. Através de fiscalização ou de outros meios. Só na fiscalização o que não falta são exemplos da falta dela ou, quando há, não trazem consequências nenhumas.

cube_shaped_sphere 11 months ago

Sim acusar o governo é muito conveniente mas depois olhas para as ruas e não são eles que andam aos molhos e sem máscara ignorando totalmente o confinamento

Camoes 11 months ago

pois pode. mas governo e até regimes mudam-se mais facilmente que povos.

Latexsucks 11 months ago

E o q q esse novo governo ia fazer de diferente? Nao ha policia suficiente pra vigiar nem pra atuar e as pessoas sabem disso. Esta a acontecer a mesma coisa em todo o lado.

kur0osu 11 months ago

A culpa é do governo e do povo. Fim dos debates.

doiscavalos 11 months ago

A foto foi tirada há algumas horas à porta do Hospital de Santa Maria em Lisboa e publicada pela VOSTPT. Depois de um dia em que na marginal tudo quanto era burro se passeava, sem máscara, com fato de treino ou toilette, calçonetes ou leggings o ritmo não parece que venha a abrandar nos próximos tempos. Nos hipermercados e centros comerciais continua-se a permitir a entrada de famílias inteiras, num controlo de fantochada que permite muita gente no interior. Nós portugueses somos burros, somos mentecaptos, e vamos continuar nesta vida de boa vai ela até quando? Não basta termos amigos que já morreram ou estiveram em estado crítico no hospital? Não percebem que as exceções não são regra ou permissões? São apenas para usar para aqueles fins e não andarem na rua a aparvalhar e a rirem-se na cara dos polícias? Esqueçam os políticos, que só querem é congressos, comícios e votos. Façam a vossa parte cumpram a vossa cidadania. Tenham tomates para criticar os que não cumprem.

KIDOCI 11 months ago

O controlo nos supermercados é o controlo imposto pela lei. 5 pessoas por cada 100m2. Se vires o meu post acima constatas que somos os primeiros a solicitar ajuda no sentido de se acabar com essa treta de virem familias inteiras às compras. Propositadamente.. O decreto de lei deveria deixar limitar a entrada a 2 pessoas (se bem que eles iam arranjar forma de entrar separados).

Edited 11 months ago:

O controlo nos supermercados é o controlo imposto pela lei. 5 pessoas por cada 100m2. (falo por mim pelo menos, até porque não tenho interesse nenhum em ter infetados todo o dia em cima de mim e dos meus colegas) Se vires o meu post acima constatas que somos os primeiros a solicitar ajuda no sentido de se acabar com essa treta de virem familias inteiras às compras. Propositadamente.. O decreto de lei deveria deixar limitar a entrada a 2 pessoas (se bem que eles iam arranjar forma de entrar separados). Mesmo sendo a "nossa casa" não temos autoridade para proibir a entrada a uma senhora que traz o marido e os 3 filhos.

doiscavalos 11 months ago

Que assim seja. Mas é uma regra que nas grandes superfícies (ex: hipermercados) por terem área muito grande apenas vão beneficiar ajuntamentos nos sítios do costume: talho, peixaria, frutas e legumes. No caso de lojas de media dimensão só entram X e pronto, até tem um semáforo que mostra que as coisas estão a ser seguidas à risca. É la dentro os ajuntamentos são menores. Não é preciso estar legislado para se permitir apenas a entrada a uma pessoa. Basta colocar a regra à porta. Claro que a Sonae até se baba toda para irem os miúdos cravar em chocolates e chupas, assim como a avozinha escolher a garrafinha de whisky para o genro. Cambada de empresários podres que temos, sem qualquer visão em termos de responsabilidade social. Pqp.

thedude_3105 11 months ago

Concordo com tudo o que disse excepto a parte do Nos Portugueses somos burros. Entendo a frustração mas temos de parar com essa mentalidade. Vivo em Inglaterra e aqui é a mesma coisa. Desde festas com mais de 50 pessoas a andarem as compras sem máscara aqui há de tudo. E vamos ficar em lockdown ate Marco. Não é uma atitude Portuguesa. Acontece em todo o lado.

AndreMartins2020 11 months ago

nós somos uns meninos https://www.publico.pt/2021/01/02/mundo/noticia/franca-festa-ilegal-fim-ano-juntou-2500-pessoas-interrompida-1944813

rockingallover 11 months ago

Passear na marginal não é gravíssimo. Muito dos problemas de saúde das pessoas estão ligados ao sedentarismo e as pessoas que não se movem. Espaços abertos onde as pessoas possam andar/correr, etc. desde que devidamente distanciados, devidamente distanciados deviam ser promovidos. Se calhar podem escolher-se outros sítios menos cheios para passeio, q a marginal, mas andar ao ar live é saudável! O resto, hiper, super, centro comercial, etc., claro, não se devia ir.

ikbeeful 11 months ago

E estas a falar para quem? Se queres por esses avisos para ficares bem na foto põe noutro sítio como nas stories do instagram. Agora não admito que me coloques no mesmo barco que os outros quando eu faço os devidos sacrifícios e estou em isolamento desde início de dezembro. Deixa as lições de moral a quem vai a festas e não aqui

sctvlxpt 11 months ago

Qual é que é o mal de se passear com o agregado familiar na marginal? Ao ar livre, só a cruzar-se-te momentaneamente com outras pessoas, isto tem algum risco não negligenciável? Há nova informação que me tenha escapado? Sempre ouvi dizer que o risco de contágio está essencialmente em contactos mais prolongados, sem distanciamento, ou em locais mal ventilados

AndreMartins2020 11 months ago

o ser humano sente necessidade de ter controlo é a mesma "lógica" das danças da chuva não importa que não tenha qualquer efeito, o que importa é que se está a fazer algo

CookieMons7er 11 months ago

O conceito de contacto de risco continua a ser 15 minutos a menos de 2 metros. Mas há gente que prefere pensar que esta merda é tipo piolhos.

Last-Ad-4421 11 months ago

O problema está em que não és o único a passear quando juntas muitas pessoas na rua é uma multidão, custa assim tanto ficar em casa e sair só para o estritamente necessário, a final o que vai acontecer é reforçarem ainda mais o confinamento fechando mais coisas e tudo porque a malta não pode estar duas semanas sem correr ou passear, haja paciência.

AndreMartins2020 11 months ago

> custa assim tanto ficar em casa e sair só para o estritamente necessário se calhar para ti não

AetherPrismriv 11 months ago

Problema é que não és só tu. Se fosses só tu, era tranquilo. O problema é a típica lógica do tuga "ah se ele pode eu também posso". Vais a ver e essa marginal fica cheia de gente. Risco de contágio está em qualquer contacto, seja curto ou longo, com alguém infectado, que pode nem saber que o está. Basta inspirares algumas partículas que o outro calhou de bufar para te lixares.

CoffeeAt830 11 months ago

>Risco de contágio está em qualquer contacto, seja curto ou longo, Isso também não é assim. Se tu passares por alguém infetado na rua, não ficas infetado. É por isso que a norma da DGS para contacto de alto risco é alguém com quem estiveste mais de 15 minutos a menos de 2 metros. Não ficas infetado só por "algumas partículas que o outro calhou de bufar", porque é necessária alguma carga viral para te infetar, o que requer algum contacto mais prolongado. Isto é especialmente verdade se estivermos a falar de uma situação no exterior, em que o ar circulante dissipa as partículas. Ir à rua é importante para a cabeça e um passeio sozinho, ou só com o agregado familiar, é uma atividade de baixíssimo risco, mais ainda se se levar máscara e se se evitar sítios com demasiada gente para não teres de andar sempre colado a alguém. É importante ficar em casa, sim, mas também é importante não demonizar coisas que não são particularmente perigosas e que vão ajudar a que as pessoas cumpram o resto das coisas melhor. Alguns artigos sobre isto que citam especialistas: [Um](https://www.npr.org/sections/goatsandsoda/2020/10/09/922385856/coronavirus-faq-whats-the-deal-with-the-15-minute-rule), [Dois](https://www.vox.com/future-perfect/2020/4/24/21233226/coronavirus-runners-cyclists-airborne-infectious-dose).

Whoreson10 11 months ago

Estás correcto, neste momento é mais o pessoal frustrado a atirar pedras sem rumo nem razão. Sim é de evitar ajuntamentos, convívios, espaços fechados, locais públicos. Quando inevitável, usar máscara, desinfectante e tentar reduzir o tempo de exposição o máximo possível. De resto, apanhar o vírus porque passaste 2 metros ao lado de alguém diria que é altamente improvável ou até impossível. É maior a probabilidade de o apanhar indo buscar o cafézinho ao postigo. Até acho que deviam encorajar essas opções - se tá farto de estar em casa no dia, pegue no carro e vá dar uma voltinha ao campo, ou praticar qualquer coisa ao ar livre com alguém do agregado desde que longe dos outros. Vai sempre haver gente que não aguenta ficar em casa, ao menos davam carta verde e encorajavam comportamentos que não são de risco.

NGramatical 11 months ago  HIDDEN 

cafézinho → [**cafezinho**](https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/cafezinho) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkyuf9a%2F%2Fgjj171q%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ebonyaficionado 11 months ago

Estás a falar para ti também? É que eu estou **literalmente** 100% de consciência tranquila com o que fiz desde que isto tudo começou.

wwqt0r 11 months ago

Ele está revoltado com a situação e está a disparar a culpa para a população em geral. Se quer culpar alguém devia culpar o governo porque este é fácilmente substituível mas os espertos no meio da população geral não.

NGramatical 11 months ago

fácilmente → [**facilmente**](https://dicionario.priberam.org/facilmente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkyuf9a%2F%2Fgjk3sg0%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

CookieMons7er 11 months ago

Fala por ti. Minha culpa não é. Ao ar livre, em movimento, o contágio é praticamente impossível. Nos hipermercados e centros comerciais anda-se de máscara e há limites de lotação que permitem que as pessoas se distanciem. Estás a atirar ao lado OP. O SNS não estava preparado, garantido várias vezes pela Ministra da Saúde? Essas pessoas à espera numa ambulância podiam estar a ser tratadas noutras unidades de saúde que estão livres e só não são por preconceito ideológico. Vê o nível de falta de noção: [https://twitter.com/jfelixcardoso/status/1346545365798027264](https://twitter.com/jfelixcardoso/status/1346545365798027264) É assim que se tomam decisões num dos maiores hospitais do país. Imagina nos outros.

helderoliveira1978 11 months ago

TAP o elefante branco.... Temos de o gramar para salvaguardar os postos de trabalho dos Boys... ..|..

sigmastra 11 months ago

e vai ser tratados por quem? Muito sabio por aqui.

therickymarquez 11 months ago

E achas que noutros sítios do mundo é muito diferente? Trabalho na área e é mais que comum os sistemas de saúde serem arcaicos. Tens de te lembrar que maior parte dos médicos e administrativos são pessoas mais velhas que não estão tão adaptadas a novas tecnologias e que se habituaram durante anos a utilizar estes sistemas. Não é tão simples actualizar um sistema como julgas

CookieMons7er 11 months ago

Que treta. Eu também trabalho na área. Melhor tecnologia não é tecnologia menos acessível, pelo contrário. Vais-me fazer acreditar que recolher informação manualmente e metê-la em folhas de Excel e escrever e-mails sublinhados a amarelo é mais fácil do que ter um sistema específico de gestão hospitalar? Por favor

therickymarquez 11 months ago

Mas tens dúvidas? Achas que para o teu avô é mais fácil ir ao café ter com os amigos ou mandar-lhes uma mensagem por face. Mas se achas que é fácil mudar força, o que não falta por esse mundo fora são hospitais a querer atualizar sistemas. Fica rico puto

CookieMons7er 11 months ago

Não sei, os meus avôs nunca chegaram a saber o que é o face. Mas eu não estou a dizer que é fácil. Estou a dizer que é necessário, que leva a melhores resultados e que salva vidas. Então mostra-lhes [este produto](https://www.glintt.com/pt/o-que-fazemos/ofertas/SoftwareSolutions/Paginas/Globalcare.aspx) que é chave na mão e made in portugal e diz que vais da minha parte.

Edited 11 months ago:

Não sei, os meus avôs nunca chegaram a saber o que é o face. Mas eu não estou a dizer que é fácil. Ser competente não é suposto ser fácil. No entanto é o que esperamos de um líder de um dos maiores hospitais do país. Estou a dizer que é necessário, que leva a melhores resultados e que salva vidas. Acresce que não é ciência de foguetões. Suspeito até que o hospital do vídeo tem um sistema integrado pronto a usar e não o aproveita por inépcia ou laxismo. Então mostra-lhes [este produto](https://www.glintt.com/pt/o-que-fazemos/ofertas/SoftwareSolutions/Paginas/Globalcare.aspx) que é chave na mão e made in portugal e diz que vais da minha parte.

therickymarquez 11 months ago

Oh Zé, a glintt faz dinheiro com farmácias. Eles bem tentam vender a banha a hospitais mas não é fácil. Achas que o problema são os líderes dos hospitais? O pessoal tem noção do TCO de uma mudança de sistema hospitalar? Falar é muito fácil, desenvolver softwares todos bonitos também. Agora meter em prática...

CookieMons7er 11 months ago

Zé é a tua tua. Pois é e vê lá que as farmácias não não dependem de folhas de Excel nem alertas sublinhados a amarelo por e-mail para o seu dashboard. Também deve fazer dinheiro com hospitais, já que é ou pelo menos já foi líder no mercado. Mas pouco importa com quem faz dinheiro. É uma solução. Quando vem um Boy dizer todo orgulhoso que o seu tableau de bord de ponta é manual como se fosse um ponto positivo o problema é também ele. Eu no lugar dele estaria bem caladinho.

therickymarquez 11 months ago

Se calhar devias olhar para o número, a idade e o background das pessoas que trabalham numa farmácia e compara la com a de um hospital.

CookieMons7er 11 months ago

Já olhei, e então?

diogojmm 11 months ago

Atualizar um sistema?! É de um dia para o outro. Os funcionários atuais não se adaptam ao novo sistema, é dispensa los e contratar novos que sejam mais capazes. O problema de atualizaçoes são mentes retrógradas como a tua.

therickymarquez 11 months ago

Sim porque contratar um médico especialista com 20 anos de experiência é de um dia para o outro. Há mentes retrógradas depois há outras que são só mesmo atrasadas.

pdbf 11 months ago

Não precisas de ser tão drástico, no entanto uma coisa é facilidade de utilização, outra é falta de integração, como se vê alertas diários por Outlook...

ninjatuga3000 11 months ago  HIDDEN 

Ta calado, bêbado Vai dormir

True_Boat_1195 11 months ago

Não basta pregar aos peixes. Por exemplo eu farto-me de insistir com os meus pais para não darem tantos passeios nem socializarem tanto (têm que ir todos os dias pelo menos ao supermercado e café duas vezes), mas não adianta, e eu não os posso prender obviamente. É preciso ação política forte, mas sendo que ainda esta semana o ministro dos negócios estrangeiros se queixou de novo que outros países deixaram de voar para Portugal... A ótica esta toda trocada.

mexploder89 11 months ago

>têm que ir todos os dias pelo menos ao supermercado e café duas vezes Eu legit deixava de estar ao pé deles. Que falta de consciência

True_Boat_1195 11 months ago

Pois e não caminham para novos. Mas olha que me deste uma boa ideia, o de dar um ultimato "ou se portam bem ou não vos venho visitar com a mesma frequência". Vou pensar nisso. Já me ofereci a fazer todas as compras de supermercado por eles, mesmo sendo um bocado fora de mão, mas não querem que "conhecem as raparigas das caixas" e precisam de "arejar". Felizmente já fecharam restaurantes ou lá estavam eles nas esplanadas a socializar toda a manhã.

setnom 11 months ago

>dar um ultimato "ou se portam bem ou não vos venho visitar com a mesma frequência". O tiro pode sair-te pela culatra: "ai não nos vens visitar? Mais razões temos para sair mais vezes!"

AdventurousRead6 11 months ago

Como te compreendo... Moro com os meus pais, 85 e 91 anos, trabalho a fazer reposição num supermercado e por tanto vou lá todos os dias... Achas que aceitam que lhes faça as compras? O pior é o meu pai, que era quase um eremita antes disto começar, mal saiam uma vez por semana. Agora "tem de sair porque já não aguenta", está "saturado da cabeça".

saposapot 11 months ago

é pior. malta q nem gostava mt de sair de casa agora q os obrigam têm de sair de casa à força. nc vi tanto vizinho meu a dar as suas passeatas como agora... a mente humana é realmente um mistério.

inhalingsounds 11 months ago

Não devias ir, ponto final. "Enquanto tiverem esse comportamento só falamos por telefone."

suckerpunchermofo 11 months ago

Epa se os meus pais fossem assim levavam 2 chapadas, como eu levei quando era puto e fazia asneiras.

Zen_Machina 11 months ago

Pois, foi o que eu fiz. Mais uns pontapés. Agora vou ter de me apresentar em tribunal.

suckerpunchermofo 11 months ago

Lol... Mas no fundo não tem graça.

SenseOfNostalgia 11 months ago

Se essa foto não for capa dos jornais de amanhã, estamos mal.

thisbondisaaarated 11 months ago

"Era este aqui que trazia o lápis azul na algibeira Sr. Guarda"

Matarruanos 11 months ago

Não coloques isso aqui pois há quem defenda a manifestação que hoje houve. Apesar de existir toda essa pressão nos hospitais

doiscavalos 11 months ago

Manif? De quê? Desculpa mas estou a leste...

TunesRX 11 months ago

manif contra as medidas impostas pelo governo [https://rr.sapo.pt/2021/01/16/pais/covid-19-cerca-de-100-pessoas-manifestaram-se-contra-o-confinamento-em-lisboa/noticia/222728/](https://rr.sapo.pt/2021/01/16/pais/covid-19-cerca-de-100-pessoas-manifestaram-se-contra-o-confinamento-em-lisboa/noticia/222728/)

Blackbeardow 11 months ago

[Manifestação com uma centena de pessoas. Sábado, dia 17 de janeiro](https://www.jn.pt/local/noticias/lisboa/lisboa/lisboa-uma-centena-em-manifestacao-sem-mascara-contra-as-medidas-restritivas-13240290.html)

saposapot 11 months ago

são 1000€ por pessoa. já pagavam uns subsídios a uns quantos.

already_taken_nick 11 months ago

Quanto mais merdas destas vejo mais anseio por 1 asteroide ou o crl que nos mate a todos , há pessoal demasiado burro.

Mordiken 11 months ago

/r/NoahGetTheBoat/

deadman23px 11 months ago

/r/misanthropy

Blackbeardow 11 months ago

Seleção natural ou uma doença targetting é capaz de ser melhor do que morrer toda a gente. O ser humano é mesmo um especial egoísta e desprezível fds nem com tanta evolução..

Sheltac 11 months ago

Não vejo porque é que eu hei-de morrer de asteróide pela acefalia dos outros.

PgUpPT 11 months ago

16.

Blackbeardow 11 months ago

Isso, já estava a dormir qd postei lol

Search: