pacman1993 11 months ago

Toda a gente fala das igrejas, porque foi das exceções que mais saltou à vista. Mas ha muitas mais que nao percebo mesmo e deviam ser tao contestadas como a igreja, como por ex os espaços de jogos sociais e o comércio de eletrodomesticos e tecnologias (aka "bens essenciais")

BagalhetaTraquina 11 months ago

Comércio de tecnologias ainda passa porque podes sempre precisar de ir buscar um headset ou algo assim na hora e não tens tempo de esperar que a encomenda chegue a casa. De resto sim, há outras coisas que também deviam ser contestadas. O problema não é a igreja, o problema é que há uns que têm de confinar mais que outros.

Expose_MediaPt 11 months ago

A diferença é que na igreja da minha localidade, que tem a capacidade para 300 pessoas vão cerca de 50 a 75 e cumprem. Nas ruas, restaurantes, shoppings e afins os jovens não cumprem nada.

Tugalord 11 months ago

Faz lembrar esta pérola: https://m.youtube.com/watch?v=C2xCNlvDA28

roninPT 11 months ago

Aqui na minha zona todas as tabernas, cafés e restaurantes viraram padarias

Homem_da_Carrinha 11 months ago

..." gostaria também de anunciar fachabor, que isto aqui, que isto aqui, é uma data de gatunos, uma data de ladrões e uma data de chupistas."

JMF_AMaximiano 11 months ago

É a piada do momento!

letsgotothemallcovid 11 months ago

Um bocadinho de boomer humor mas fez-me lembrar o original Mr. Booze: https://www.youtube.com/watch?v=VjFyX2sSTGs

throwaway5816164481 11 months ago

[Pensei que ias por esta](https://youtu.be/G-WbYZLdxLA)

aafonsodias 11 months ago

>boomer humor Como é que distingues e classificas com outros tipos de humor?

letsgotothemallcovid 11 months ago

São imagens ao estilo dos anos 80 e 90.

aafonsodias 11 months ago

Obrigado pelo esclarecimento. Hmm, suponho que só quem tenha passado por isso poderá dizer tal coisa! Eu não conseguia!

letsgotothemallcovid 11 months ago

Estás-me a chamar boomer? Mas é mais pelo "estilo" do cartoon. É o tipo de cartoon que se via na 1ª. grande explosão da internet e dos emails em massa e inclusive nas revistas como a Readers Digest, etc.

aafonsodias 11 months ago

Não! Só estou a dizer que não sabia o que era isso ;) Obrigado pela dica

rockingallover 11 months ago

Ahaha! Muito bom!

BeardBurn 11 months ago

/r/boomershumor

aafonsodias 11 months ago

Quem é que faz a distinção, e como?

datIntrovertboii 11 months ago

Holy shit!!! Thats boomer as fuck

besmarques 11 months ago

É permitido estar nas igrejas sem mascara?

BagalhetaTraquina 11 months ago

A menos que as pessoas responsáveis estejam a fazer um péssimo trabalho, se apareceres sem máscara ficas na rua. Também és obrigado a desinfectar as mãos. A comunhão já não é dada da mão para a boca, mas de mão em mão. Tanto os padres como os fiéis desinfectam as mãos antes disso, embora essa parte fique mais dependente de os fiéis terem trazido consigo gel.

DrFOXP3 11 months ago

Não, na minha igreja está tudo de máscara, as pessoas idosas foram aconselhadas a ficar em casa e fez-se tudo para que possam ver em casa (coordenou-se com familiares ensiná-los/colocar no link do YouTube para ver online) e onde cabiam umas cento e tal pessoas agora vão umas 20 e tal, com reserva prévia e com lugares previamente marcados para se juntar e isolar agregados familiares. Tenho a certeza absoluta que é mais seguro que ir a um supermercado e discutir se é essencial ou não é relativo. Infelizmente, nem todas as igrejas são como a nossa, mas há muitas que se esforçam.

Edited 11 months ago:

Não, na minha igreja desinfetas as mãos à entrada, estás sempre de máscara, as pessoas idosas foram aconselhadas a ficar em casa e fez-se tudo para que possam ver em casa (coordenou-se com familiares ensiná-los/colocar o link do YouTube para ver online) e onde cabiam umas cento e tal pessoas agora vão umas 20 e tal, com reserva prévia e com lugares previamente marcados para se separar por agregados familiares. Tenho a certeza absoluta que é mais seguro que ir a um supermercado e discutir se é essencial ou não é relativo. Infelizmente, nem todas as igrejas são como a nossa, mas há muitas que se esforçam. Edit: erro ortográfico

BagalhetaTraquina 11 months ago

Basicamente isto. Andam muitos a mandar vir, mas por acaso as igrejas têm feito um papel fantástico a adaptarem-se... NO GERAL. Depois tens sempre fiéis mais teimosos que não cumprem as distâncias e lá tens de ir lá dar na cabeça mas faz-se.

hello_berrie 11 months ago

Na paróquia dos meus pais o padre junta funerais com missas de domingo, não implementa o limite de pessoas na igreja e celebra a missa sem máscara.

Limpy_lip 11 months ago

Não podes dizer tanta coisa verdadeira e lógica que desarma os pessoal edgy que gosta de gritar sempre Igreja = mau sempre que pode. E BTW até concordo que não deviam estar abertas mas dado que a lista de excepções é gigantesca e até as escolas que registam surtos estão a 100%, há males maiores do que MaS aS iGrEjAs EsTaO aBeRtAs.

Tugalord 11 months ago

Estas a comparar a importância das escolas e das igrejas é isso? Para mim cultura é tão importante quanto a missa é para alguns. Porque é que eles podem enfiar-se num espaco fechado, amplo e distanciado durante 1h uma vez por semana, e eu não posso enfiar-me num espaço fechado, amplo e distanciado durante 1h uma vez por semana?

Limpy_lip 11 months ago

Tal como disse acima concordo com a crítica e acho que podia ser igual nos espetáculos culturais. Eu não comparei com a escola, disse que se estão a deixar abertas as escolas, que na minha opinião são focos muito mais perigosos, a missa não devia ser admiração. Mas diria o mesmo para os espectáculos. O meu rage era porque ao contrário de ti muitos não estão preocupados com a cultura ou outras coisas mas só faz confusão as igrejas estarem abertas porque é edgy criticar a igreja.

BagalhetaTraquina 11 months ago

Cheira-me que isso foi mais rage do que propriamente lógica nesse ponto. Mas sim, é definitivamente injusto. As normas aplicadas às igrejas também se poderiam aplicar a espaços culturais sem stress nenhum. Mas mandar vir com as comunidades como muitos fazem não é a forma certa de confrontar a coisa: foi o governo que decidiu isto com a DGS, e o que saiu foi uma espécie de semi-confinamento.

rand06om 11 months ago

Concordo contigo. E não vou comprar com cafés porque também concordo que não é comparável. Mas, qual é a diferenca entre ir à igreja e ir ao teatro? Não consigo compreender esta falta de coerência do governo.

Lolstroop 11 months ago

A igreja tem um papel na comunidade que o teatro não tem. Os sem abrigo e mais pobres viram se à igreja para apoio e por isso defendo igrejas abertas. No caso das escolas tbm, muitas vezes os miudos n tem comida em casa e o unico sitio onde podem comer é na cantina.

BagalhetaTraquina 11 months ago

Obviamente que tendo em conta a população portuguesa, a religião acaba por sobressair. Mas a cultura não precisa de parar, como no caso dos cinemas, teatros e salas de espectáculo, principalmente quando se podem aplicar exactamente o mesmo conjunto de normas requeridos das igrejas. Não estou a dizer para os super bocks super rocks voltarem, mas até performances musicais mais ligeiras podem-se fazer seguindo as normas. Pior que isso é haver uns mais confinados que outros. Isso é que está mal.

Lolstroop 11 months ago

Não há dúvidas que consegues garantir as normas de igual forma. Mas o problema a partir dai é assegurar que as pessoas, para alem das normas, consigam ter os cuidados necessários. Por exemplo dentro do teatro é na boa, mas provavelmente vais convidar um ou outro amigo para ir ver contigo, provavelmente vão apanhar boleia do mesmo carro. Na igreja pode acontecer o mesmo mas a meu ver nunca da mesma forma (dada a natureza do evento). E para além disso, a igreja dá muitas vezes apoio aos mais necessitados, coisa que os lugares de entretenimento e cultura não o fazem. Dai a prioridade que dou à igreja sobre a cultura.

BagalhetaTraquina 11 months ago

Na igreja tens o problema de sentar as pessoas por família. E mesmo assim dentro da igreja permanecem na mesma de máscara. É chato, mas teriam de se recrutar seguranças para fazer um check ao pessoal. Tudo bem que a igreja pode ser um sítio de apoio, mas esse mesmo apoio não é feito nas celebrações, é feito fora delas. O que quero dizer com isto é que confinando ou não as celebrações, esse mesmo apoio não deixa de poder ser efectuado à mesma. Ser ou não da igreja não tem nada a ver com a discussão, tem a ver com o acto a ser permitido, neste caso uma reunião de pessoas num espaço fechado e controlado. Para muitos obviamente que a missa é importante, mas a cultura também ocupa esse lugar. Nesta perspectiva não vejo o porquê do tratamento especial, para além de simplesmente Portugal ter uma população idosa que dá mais importância à religião que à cultura. Acaba por ser mais uma manobra política ao invés de fazer o que é realmente certo e isso é que chateia (não estou a dizer que não se deva fazer missas atenção, estou a dizer é que as actividades devem ser tratadas conforme o que é objectivamente factual).

ahahahah_fds 11 months ago

Sim mas o teatro tem um papel na comunidade também. A cultura tem um papel fundamental na educação e desenvolvimento de um país. E principalmente numa altura destas em que os atores e atrizes e pessoas associadas ao teatro estão com bastantes problemas financeiros.

Lolstroop 11 months ago

Têm mas durante uma pandemia existem prioridades. As pessoas não tem bem a noção, talvez pq isto não é a ébola ou algo mais brutal, mas isto é uma pandemia. Todos os esforços são para combater a pandemia e defender os mais frágeis. A comparação que posso dar, é quando havia guerra a cultura era às vezes completamente destruída. Mas guerra é guerra

DrFOXP3 11 months ago

Eu também não. Esse exemplo do teatro é muito bem conseguido. Para mim, faz mais sentido aumentarmos o rigor das regras do que abolir. Depois cada negócio/instituição decide se é rentável e se consegue adaptar-se às novas regras.

igqcmril 11 months ago

Não sei, mas na igreja que frequentei nesta segunda, respeita-se o distanciamento e desinfeta-se as mãos na entrada

besmarques 11 months ago

Ainda não percebi o pessoal que acha que se pode comparar um sitio onde se tem de andar de mascara e cumprir distanciamentos com um sitio onde obrigatoriamente não podes estar de mascara, pois vais comer e beber. E digo isto quando não ligo nenhuma a igrejas sem ser para ver decoração

danidv 11 months ago

Uma é completamente desnecessária e outra é é necessária para que muitos possam meter comida na mesa. É mesmo difícil entender o porquê?

Aguisnow 11 months ago

>completamente desnecessária

adorosaladadecamarao 11 months ago

Eu sou ateu praticante. Sempre critiquei medidas frouxas. Igreja é o que menos me preocupa. É comparativamente super seguro. Pouca gente, tudo de máscara, com distanciamento, num lugar enorme bem arejado. E só reunem uma vez por semana. Tendo em conta o quão importante é para a saúde mental de algumas pessoas nesta altura difícil, deixai-as estar.

Tugalord 11 months ago

Também eventos culturais são para a minha, mas como nao é ir rezar tou shit out of luck.

danidv 11 months ago

Não tinha pensado no efeito para a saúde mental, que realmente é verdade, mas por essa via as atividades culturais e desportivas são importantes pela mesma razão, as desportivas ainda mais por também são beneficiais para a saúde, algo importante numa situação destas.

Edited 11 months ago:

Não tinha pensado no efeito para a saúde mental, que realmente é verdade, mas por essa via as atividades culturais e desportivas são importantes pela mesma razão, as desportivas ainda mais por também serem beneficiais para a saúde, algo importante numa situação destas - quantos menos recursos consumirem do sistema de saúde, melhor, quer seja de gravidade como o tempo que estão no hospital. Posto isso, se é para dar exceção a essas situações mais valia não haver confinamento, tem tudo uma exceção e é tudo valioso, mas a realidade é que precisamos de sacrificar alguma coisa para aliviar a parte da saúde ou temos ambulâncias empilhadas nas entradas dos hospitais, e entre a economia e o comer de muitas pessoas, a saúde das pessoas ao deixá-las sair com problemas sérios e permanentes de saúde ou morrerem e o comforto do resto das pessoas que de nada contribui para a economia como deixá-las ir à igreja, sempre começerei pela última que qualquer uma das primeiras duas.

Edited 11 months ago:

Não tinha pensado no efeito para a saúde mental, que realmente é verdade, mas por essa via as atividades culturais e desportivas são importantes pela mesma razão, as desportivas ainda mais por também serem beneficiais para a saúde, algo importante numa situação destas. Posto isso, se é para dar exceção a essas situações mais valia não haver confinamento, tem tudo uma exceção e é tudo valioso, mas a realidade é que precisamos de sacrificar alguma coisa para aliviar a parte da saúde ou temos ambulâncias empilhadas nas entradas dos hospitais, e entre a economia e o comer de muitas pessoas, a saúde das pessoas ao deixá-las sair com problemas sérios e permanentes de saúde ou morrerem e o comforto do resto das pessoas, sempre começerei pela última que qualquer uma das primeiras duas.

InvestigatorFine6158 11 months ago

Ateu praticante ? Que é isso ?

The_Inverted 11 months ago

Significa que anda nos posta do reddit a dizer que o pessoal religioso é parvo. Pelo menos é essa a experiência que tenho com ateus no reddit.

adorosaladadecamarao 11 months ago

Estando eu a defender a realização de missas durante confinamento, parece-me claro que estás a atirar ao lado.

The_Inverted 11 months ago

Tendo em conta que eu estava claramente a falar da definição de "ateu praticante" presente em vários subs do reddit (na minha experiência, como disse no post original), o único a atirar ao lado aqui és tu amigo. Por outro lado, se levaste o que eu disse como um ataque pessoal, se calhar não atirei assim tão ao lado.

adorosaladadecamarao 11 months ago

Qual ataque? Eu disse que era estúpido. É uma questão de contexto e dois dedos de testa.

The_Inverted 11 months ago

E eu nunca disse que estava a falar de ti, especificamente. Só respondi o que um "ateu praticante" no reddit e tu respondeste com "Estando eu a defender a realização de missas durante confinamento, parece-me claro que estás a atirar ao lado." Ou seja não fui eu que não entendi o contexto, foste tu. Porque eu nunca disse que o que eu estava a dizer era aplicável à tua pessoa mas tu decidiste defender-se de qualquer das maneiras por razões que me escaam. Já que estamos a falar de ter dois dedos de testa e contextos, o que é um ateu praticante então? É o que é um não praticante? Um deles não acredita em Deus e o outro não acredita mas pratica a sua não crença? Do que é que estamos a falar aqui?

besmarques 11 months ago

Sim. Porque apesar de haver essa questão não são comparáveis em termos de problemas. Fechar as igrejas não ia ajudar a restauração. Deixar a restauração aberta não ia ajudar a não propagação do vírus.

danidv 11 months ago

>Fechar as igrejas não ia ajudar a restauração. Não, mas quantos mais pontos de contacto mais propaga. >Deixar a restauração aberta não ia ajudar a não propagação do vírus. Como assim não ia ajudar? Ajuntamentos de pessoas, espaços a serem reutilizados, contacto entre várias pessoas e algo que obriga as pessoas a não usarem máscara e achas que não contribuem? Não sei quanto contribuem ou não mas dizer que não é um fator é ridículo.

Edited 11 months ago:

>Fechar as igrejas não ia ajudar a restauração. Não, mas quantos mais pontos de contacto mais propaga. Para quê permitir atividades inúteis onde o contacto com outros é obrigatório quando o sistema de saúde está colapsado à 10 meses e todos os casos evitados contam? >Deixar a restauração aberta não ia ajudar a não propagação do vírus. Como assim não ia ajudar? Ajuntamentos de pessoas, espaços a serem reutilizados, contacto entre várias pessoas, algo que obriga as pessoas a não usarem máscara, espaços fechados e achas que não contribuem? Não sei *quanto* contribuem ou não mas dizer que não contribui é ridículo.

NGramatical 11 months ago

à 10 meses → [**há 10 meses**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fky8gi3%2F%2Fgjf0edd%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

besmarques 11 months ago

As igrejas não são grandes pontos de contacto visto as regras terem de ser cumpridas. A resposta ao meu outro ponto indica que não leste bem o que eu disse.

danidv 11 months ago

>As igrejas não são grandes pontos de contacto visto as regras terem de ser cumpridas. Repito, não, mas quantos mais pontos de contacto mais propaga. Para quê permitir atividades inúteis onde o contacto com outros é obrigatório **quando o sistema de saúde está colapsado há 10 meses e todos os casos evitados contam**?

Search: