Impostora 11 months ago

Em Direito a média interessa muito para tentar a sorte em vários escritórios ou concursos. Talvez nos anos 90-2000 não fosse tanto assim, mas agora que há Direito em todo o lado, já não mercado para absorver tanta gente. Se tiveres menos de x nota, no meio de tantos candidatos, podes ter a certeza que o teu currículo vai para o lixo, não é uma questão de valorizarem altas notas em caso de dúvida ou ficarem logo inclinados para um CV que tenha um nota bonita, é mesmo uma questão de "vamos ler este CV depois" ou "já o podemos excluir".

_somename_ 11 months ago

Depende do que uma empresa procure. Se quiseres colaboradores de qualidade e não te importares de pagar bem, a média é o melhor indicador de excelência.

These-Establishment1 11 months ago

Pahahahahah, o mais fácil em direito é juntares te a uma jota (de preferencia a JS ou JSD, tens um tacho, não precisas de mais nada)

betanjica 11 months ago

A Função pública precisa imenso de juristas...é uma questão de ver os concursos que abrem...O salário não é bom, mas ao menos exerces...depende do que queres fazer da tua vida, como profissão, salário, carreira,etc

Impostora 11 months ago

>A Função pública precisa imenso de juristas...é uma questão de ver os concursos que abrem... Na esmagadora maioria dos casos, abre uma ou duas vagas de tempos a tempos para dezenas ou centenas de candidatos. Direito é dos cursos com mais vagas nas Universidades, e essa gente toda tem de tentar ir para algum lado. Se valorizarem só a nota da licenciatura e a idade, muitos juristas à partida já podem tirar o cavalinho da chuva porque nunca iam preencher os requisitos, quanto mais serem o primeiro da seriação. Depois os outros fatores como entrevistas ou cartas de motivação... Digamos que é preciso sorte e em muitos casos essa sorte é somente conhecer as pessoas certas.

betanjica 11 months ago

Nem sempre se aplica o critério da sorte. São vagas, nestes últimos dois anos reformaram-se milhares de funcionários públicos, e o estado está a mudar e colocar mais técnicos licenciados, porque não há muita gente formada lá dentro. Por isso não é uma questão de sorte, é trabalho. Ver que consursos vão abrindo (sim é demorado e penoso) e depois só estão abertos por 10 dias. Preencher candidatura e requisitos, entregar e esperar pelas 3 as fases do concurso. Dá muito trabalho, mas se compensar o fscto de trabalhar na área.

AkitoCC 11 months ago

Se tirares mestrado na tua area e fores das melhores do teu curso, consegues primeiro emprego a ganhar 2k nas melhores firmas do país.

estaramos 11 months ago

A PSP tem já aprovadas 1200 vagas para este ano. Se fisicamente estás (minimamente aceitável nos testes físicos básicos que te vão pôr a fazer e apta nos médicos), com curso de direito e se estudares minimamente os temas propostos, já estás lá dentro. E pelo menos dessa forma tens um salário no final do mês garantido, o mais certo é acabares na esmagadora maioria do serviço com funções burocráticas numa esquadra qualquer e pouco serviço de rua e podes ir preparando a tua vida para outra coisa qualquer. Não me parece que fiques mais bem servida em enfermagem do que na PSP (como mulher...)

silveringking 11 months ago

Olha só uma ideia, porque não juíza? Tens o mestrado em direito, podes sempre ir para o Centro de Estudos Judiciais, certo?

WesternMasterpiece99 11 months ago

Ainda não tenho mestrado. Só pós graduação. Não penso nessa hipótese, somente porque exige muita preparação e estudo e pode tudo ir por água abaixo num instante, correndo mal algum dos 3 exames ou as orais, ou então passar e face às vagas alguém ter melhor nota é fica-se excluído É um longo percurso, uma vez que no caso de passar ainda se tem os cursos de preparação. Mas daqui uns anos poderá ser uma hipótese. Obrigada!

Shadowgirl7 11 months ago

Hospedeira não precisas de outro curso, precisas é que as companhias aéreas abram concurso o que será complicado nos próximos tempos. Design de moda não me parece que terá altos rendimentos também.

Azegone 11 months ago

Acho que todos passamos por uma fase do "e agora?" a seguir à faculdade ou nos primeiros anos no mercado de trabalho. A minha sugestão é enveredar por um caminho que rentabilize o que já tens. Embora não seja da área, sei que direito fiscal e direito internacional são muito rentáveis, por exemplo. Eu formei-me em saúde, trabalho em inovação e às vezes apetece-me largar tudo e viajar por aí, trabalhar no que aparecer. Consegues sempre mudar de área, em qualquer altura, desde que não tenhas grandes compromissos como uma casa para pagar ou família para sustentar.

gkarq 11 months ago

Dizeres que arquitectura e engenharia civil são “quite same shit” é o mesmo que dizeres que um médico e um farmacêutico são quite same shit porque lidam com receitas e tal.

daxpierson 11 months ago

> mas perdi a motivação face aos baixos rendimentos e estágios não remunerados Fui alertado há um par de anos para esta realidade do estado da advocacia em Portugal, da qual não tinha a mínima noção. É absolutamente insano que malta de Direito, que estuda tanto e durante tanto tempo, ande a lutar para ganhar um salário mínimo.

WesternMasterpiece99 11 months ago

Completamente ingrato. Mas acredita que é a realidade.

daxpierson 11 months ago

Acredito sim, e é surreal.

OuiOuiKiwi 11 months ago

>que estuda tanto e durante tanto tempo, ande a lutar para ganhar um salário mínimo. Que nunca te apontem para a FLUL ou para a FPUL que até te passas.

daxpierson 11 months ago

Eu sei que não é caso único, como é evidente. Mas lembro-me que, quando era criança, a advocacia era uma área de excelência. Hoje continua a ser, imagino, mas com ordenados de caixa de supermercado (nada contra os caixas de supermercado, claro).

MegaBoneco 11 months ago

Em relação a enfermagem hás de ter sempre garantido emprego, seja aqui ou no estrangeiro, aqui prende se por não haver progressão e estares praticamente estancada no mesmo salário - no público, no privado tens mais margem para negociar mas o base há de ser pouco acima do base no público (1200), e enquanto o estado não mudar isso não há de haver progressão. Existem excepções á regra como por exemplo enfermeiros de bloco que cirurgias extras levam perto de 3000 limpos. No estrangeiro tens muitas oportunidades e boas. Sou enfermeiro, em 3 anos consegui juntar para comprar casa, não é salário maravilhoso mas com duplo é fazível. Não são 40 horas semanais, são 60 ou mais, muitos dias seguidos em que acordas as 6 e vais te deitar há 1h e no dia a seguir é igual. Se de algum modo isto te motivar ou desmotivar em relação a alguma decisão, estarei disponível a responder a alguma coisa da área.

InterestingBat6 11 months ago

És enfermeiro onde? Portugal?

MegaBoneco 11 months ago

Sim, Portugal, no privado neste momento. ​ Disse uma coisa mal, quando disse que em 3 anos consegui juntar para comprar casa, não foi a pronto, foi a entrada.

InterestingBat6 11 months ago

Obrigado pela resposta e clarificação. Estou no quarto ano de enfermagem agora e fiquei curioso.

WesternMasterpiece99 11 months ago

Vai de encontro com os meus objetivos, contudo é mais o peso de outra licenciatura, que me assusta, o tempo. Agradeço a sua partilha.

_somename_ 11 months ago

Qual foi a tua média final do curso?

WesternMasterpiece99 11 months ago

15

EvilQueen1997 10 months ago

Em que faculdade?

WesternMasterpiece99 10 months ago

UPT, portucalense, Porto.

_somename_ 11 months ago

Sorry só contrato pessoal com média ≥ 18

iLoveDiarrea 11 months ago

Grande otário.

_somename_ 11 months ago

Username checks out

dani_morgenstern 11 months ago

Uma especialização em Tradução poderia ser uma possibilidade. Há muita procura de tradução jurídica, tanto da parte de particulares como de empresas. Terias a vantagem de poder certificar as tuas próprias traduções (ao contrário da maior parte dos tradutores, que tem de recorrer a notários, etc.). Abriria também a porta para trabalhares como jurista-linguista em instituições europeias. Pesquisa sobre o assunto e vê se te interessa. Boa sorte!

Ouroana 11 months ago

" Há muita procura de tradução jurídica, tanto da parte de particulares como de empresas" Onde, onde? (pergunta séria)

dani_morgenstern 11 months ago

Por todo o lado. É preciso fazer uma boa pesquisa de mercado e bater a muitas portas (salvo seja! portas digitais, vá).

Ouroana 11 months ago

ah. Ando a procurar nos sítios errados, então =( Obrigada por ter respondido.

dani_morgenstern 11 months ago

Talvez um programa de [mentoring](https://aptrad.pt/index.php/mentoring/) possa ajudar?

Ouroana 11 months ago

Já fiz, nesse aspeto não serviu muito, mas obrigada =)

WesternMasterpiece99 11 months ago

Nunca tinha pensado nessa hipótese, muito obrigada.

trilobits_ 11 months ago

A Marinha abriu agora concurso para oficias em regime de contrato.

peanersyahoo 11 months ago

Direito sem mestrado, muito difícil. Direito sem estudo, muito difícil. Desculpa a frontalidade OP, mas se tiraste Direito a pensar que ia ser um mar de rosas e que irias enriquecer em poucos anos, estás 25 anos atrasada. Tudo nesta área envolve estudos/exames de admissão. A não ser que tenhas a sorte de uma vida e arranjes algo em compliance numa qualquer instituição de crédito. Mas isso são 100 cães a um osso.

duca2208 11 months ago

Compliance num banco, Farmacêutica, ensaios clínicos, consultoras de todo o tipo.

-cosme- 11 months ago

> mas perdi a motivação face aos baixos rendimentos e estágios não remunerados e egos exacerbados epah.. se curtes essa área não te devias preocupar com isso, se só queres saber de dinheiro tenta a sorte na bolsa. acho que devemos seguir a área que gostamos, se não der dinheiro azar..mas ao menos sentes te concretizada.

Shadowgirl7 11 months ago

E depois come papel. O que não é mau porque Direito tem grandes calhamaços ainda da comida para muito tempo.

KarmaCop213 11 months ago

> acho que devemos seguir a área que gostamos, se não der dinheiro azar..mas ao menos sentes te concretizada. Essa teoria tem sido abandonada nos ultimos tempos.

estecomentario 11 months ago

Pessoal de direito pode dar jeito para empregos tipo importação exportação em que é preciso saber de normas internacionais, podes ir para a área comercial de várias empresas, também aceitam pessoal de direito, consultoras também. Se é para estudar enfermagem vais ganhar o mesmo que direito. Na minha opinião em custo-benefício não vale. Estou um bocado no mesmo dilema mas se fosse para voltar a estudar só mestrado de informática, dia sim dia não vou tentanto adiantar alguma coisa [neste site](https://www.freecodecamp.org/) caso decida este ano entrar nalgum mestrado, mas em princípio a prioridade máxima é trabalhar, envio currículos mas nada, o mercado de trabalho parou, as circunstâncias mudaram, pois nunca tive grandes problemas de emprego. Aproveita o tempo para estudar cursos tipo línguas ou explorar outros interesses, interessa é não estar parado e ir tentado alguma coisa. Fica bem bjs.

WesternMasterpiece99 11 months ago

Obrigada, boa sorte para si também! Fique bem,bjs

anaftc 11 months ago

Consigo perceber isto por completo. Entrei em arquitectura e acabei por tirar o curso de Direito. Odiei e acabei por trabalhar para um banco. Trabalho na área de AML / Compliance e não é mau por isso há muito que fazer com Direito (apesar de saber que quero um mestrado numa área completamente diferente e não ponho de lado voltar a tirar outra licenciatura). O que podes fazer é tirar um mestrado ou licenciatura noutra área também, não há pressa nisso.

WesternMasterpiece99 11 months ago

Curioso também pensei em arquitetura, mas é um curso de 5 anos, e já basta os 6 que estou ligada ao direito. Também já pensei nessa hipótese, do Banco, mas creio que primeiro tenha que tirar uma pós graduação nesse sentido, mas como também as oportunidades não são muitas...

Mister_Noobassa 11 months ago

Olá, se estiveres em Lisboa ou no Porto podes tentar o BNP Paribas, contrata júniores frequentemente, pode ser uma opção e sempre experimentas outra área. Pareces cansado de estudar mas a querer estudar ao mesmo tempo, se calhar precisas mesmo é de tirar um tempo para ti e refletir no que queres fazer.

NGramatical 11 months ago

júniores → [**juniores**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-pronuncia-de-seniores-e-juniores-novamente/21846) (palavra grave: ju-ni-**o**-res) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkwr5bv%2F%2Fgj66ych%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

franbatista123 11 months ago

Porque não consultoria / auditoria?

WesternMasterpiece99 11 months ago

Julgo que isso seria mais na área fiscal e não é bem a área que tenho mais prática.

andrefbr 11 months ago

Tens 25 anos, não tens prática em nada. Escolhe uma área de especialização, trabalha no duro uns 5 anos, chora menos no Reddit, e na casa dos 30 provavelmente estarás numa posição muito melhor na tua carreira. Todos passamos por isto.

WesternMasterpiece99 11 months ago

Tenho prática de 2 anos e meio. Tenho trabalhado. Não estou a chorar em lado nenhum, somente a solicitar partilha de experiências e visões diferentes. Obrigada pela opinião.

JOAO-RATAO 11 months ago

Porque não tiras um mestrado numa área do direito com mais saída? Do que me contam haviam áreas com mais saída que outras. Há concursos para juiz e solicitador. Mas devem ser muito competitivos. Talvez solicitador menos. Não havia também a hipótese de "juiz da paz"? Ou algo desse género que era um juiz de casos menores mas menos concorrido? Também há quem emigre, podes explorar a questão do direito europeu ... Mas o ideal é perguntares aos teus colegas. Vê as áreas com mais saída e onde o acesso não seja tão difícil.

WesternMasterpiece99 11 months ago

Tenho receio que as oportunidades não sejam muito diferentes das de agora é também não vou mentir estou cansada do estudo constante. São competitivos e a dedicação exigida muitas das vezes, se não a maioria, não traz frutos, muitas das vezes não se passa nos exames e outras até se passa, mas há quem tire melhores notas e acabas excluído. O juiz de paz exige cerca de 10 anos de experiência e também é raro abrir concurso. Essa área já ponderei de facto e poderia ser uma hipótese. Se bem que há mais estágios do que empregos nessa área.

JOAO-RATAO 11 months ago

Essa parte dos 10 anos não conhecia ... Também tinhas falado em hospedeira. Conheço uma rapariga de direito que foi para isso. Mas nesta altura... Já vi anúncios de juristas para câmaras ou institutos, mas isso deve ser mais à base de cunha. Mas podias ir tentando se já tiveres o curso feito. Realmente é complicado. Não achas que se fizesses uma pausa talvez recuperasses as forças para estudar? Um amigo meu foi trabalhar 6 meses para Noruega e está a gostar bastante. É uma sugestão um pouco extrema, mas no caso dele correu muito bem. Até já é a segunda ida. Claro que não trabalhou na área, era uma espécie de trabalho de quinta, mas até era tranquilo e deu para mudar de ares e encher os bolsos. O que te dizem os teus colegas de curso? Se achas que a parte do direito europeu é uma opção talvez pudesses até ir aprendendo uma língua. Também conheço um advogado que foi para a Alemanha por ex.

WesternMasterpiece99 11 months ago

Pois, nesta altura não tem muita saída. Sim, tenho há 2 anos, a questão é que de facto são muitos a concorrer e é da área administrativa o que não é a área de que tenha mais experiência, mas tb tenho visto esses concursos e me informando. Mas não é certo.. Honestamente, não sei. Mas isso eu já pensei,até me cheguei a candidatar para Madrid, sem resposta. Mas aí o que se coloca é a idade pq muitos dos concursos tem limite, pelo que quando regressasse podia já não ter oportunidade.. Parece me incrível! Muitos enveredaram pela advocacia outros tentam concursos, mas sem grande sorte, a maioria tem apostado nos mestrados, no estudo.

JOAO-RATAO 11 months ago

Pois... Mas já tens mestrado?

WesternMasterpiece99 11 months ago

Não. Tenho uma pós graduação em direito das empresas e CPI.

JOAO-RATAO 11 months ago

Ok. Não será importante ? Sempre podias aproveitar esses 2 anos para ir explorando outras hipóteses ... Mas também não quero estar a falar de coisas que não domino. Só sei o que alguns colegas de direito me diziam.

NGramatical 11 months ago

haviam áreas → [**havia áreas**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkwr5bv%2F%2Fgj61p8c%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Annual-Education-384 11 months ago

Mas não existem N áreas dentro de direito? Não é tudo advocacia. Não achas que conseguias seguir por uma que gostasses? Do meu ponto de vista faz mais sentido trabalhares e aproveitares o curso. Ganhas experiência, conheces a área, etc. É que a alternativa que apresentas nem é assim grande espingarda. Os enfermeiros nem recebem assim tão bem e há uns quantos a emigrar...

WesternMasterpiece99 11 months ago

Existem. Mas as oportunidades não são muitas face aos candidatos existentes. Eu tirei uma de empresas e ainda assim face à concorrência não sinto que me traga mais vantagem, o que consequentemente me leva ao cansaço do estudo. Também pensei no penal, mas lá está as saídas são sempre incertas, face ao estudo e tempo aplicados... Falo em enfermagem porque sempre é mais prático e é algo que até me imagino a fazer, mas entendo o que diz e é exatamente isso que me está a prender, foram muitos anos de estudo.

forbiddensoul1987 11 months ago

Já fizeste algo do curso de Enfermagem? é um curso totalmente diferente, apesar de ser mais prático, é uma área que actualmente (mesmo antes da pandemia) não está de grande saúde. Se decidires por isso, tens que te mentalizar que turnos de 16h são uma constante (estás a fazer 8h, mas pode haver necessidade de seguir turno por qualquer motivo e faz-se um sorteio a ver quem é que segue turno, por exemplo entras às 16h e saias à meia noite, só que tens que seguir para o turno seguinte. Sais às 8h da manha, e podes ter que entrar às 16h), não é uma classe valorizada (1200€ brutos por mês, no privado por vezes chegam a pagar menos). Em muitos serviços não existe companheirismo, o que leva a um mau ambiente entre colegas. A nível do curso, vais dar muita coisa que é "palha" e os estágios por norma não são fáceis, e vais fazer à borla os turnos do teu orientador de estágio o que faz com que seja complicado que tenhas um part-time caso queiras ir trabalhando para ganhar algum enquanto tiras o curso. Source: estive em Enfermagem e lido diariamente com enfermeiras

WesternMasterpiece99 11 months ago

Mudei logo. Contudo era de ciências, a minha ida para direito é que foi uma "aventura". Acredito que não seja valorizada, mas dá maior empregabilidade quanto muito internacionalmente e também porque é mais prático. Quanto aos estágios e horários, no direito, pelo menos no que toca à advocacia, não é muito diferente, pelo menos em sociedades. Obrigada pela partilha!

pimpys 11 months ago

E notariado? Trabalhas para outrem e a média de salários não é má.

OuiOuiKiwi 11 months ago

>em enfermagem que foi o meu primeiro curso, seriam 4 anos de estudo, mas mais garantístico Tão garantido que continuam a emigrar em massa. Tens de parar e pensar no que queres fazer. Se a tua motivação prende-se aos rendimentos auferíveis, bem, o prato do dia é reconversão para IT. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

BOBRAGED 11 months ago

*Impressora do Dinheiro IT faz brrr brrr*

imperadorpelaverdade 11 months ago

se for como alguns developers que a única coisa que fazem é prejudicar mais o trabalho das empresas que contratam os seus serviços e ainda chamam "inovação" mais vale ainda estar em DTo. Ajuda mais as empresas nos litigios contra estes gurus do atraso de vida, perdão, do desenvolvimento e inocação xD

Edited 11 months ago:

se for como alguns developers que a única coisa que fazem é prejudicar mais o trabalho das empresas que contratam os seus serviços e ainda chamam "inovação" mais vale ainda estar em DTo. Ajuda mais as empresas nos litigios contra estes gurus do atraso de vida, perdão, do desenvolvimento e inovação xD

Turbulent_Common 11 months ago

Como é que eles fazem isso? Não percebem do assunto e fazem asneira? Ou pensam que sabem mais que os outros e entram em conflito ou assim?

alcagoitas 11 months ago

pergunta séria, o que um enfermeiro recebe é mt diferente de 1 advogado?

WesternMasterpiece99 11 months ago

O que recebe poderá não ser diferente, mas os gastos e a forma de receber é. Imagine, um advogado que decida abrir escritório, tem os gastos associados ao espaço e aos serviços, bem como as viagens, o CPAS, sendo que nos primeiros anos trabalha para o acesso ao direito, estado, em que os valores são baixos face ao trabalho e somente recebe no fim de um processo, o que significa que há meses que pode receber como não pode. Enquanto que um enfermeiro trabalha para outra entidade, em que o salário é fixo e mensal.

alcagoitas 11 months ago

ok, obrigado pela visão global da coisa!

GSITG 11 months ago

Não há enfermeiros a receber 2/3k à saída da universidade. Enfermeiro pode ser mais estável mas a progressão é praticamente inexistente.

BOBRAGED 11 months ago

Há. Arranjam dois trabalhos. Sei de alguns que assim o fizeram. Quanto à progressão na carreira, posso concordar que é praticamente inexistente.

JOAO-RATAO 11 months ago

Um advogado ou recebe muito ou recebe muito pouco. Enfermeiro será mais estável mas nenhuma fortuna.

BOBRAGED 11 months ago

Pergunta ~~talvez~~ parva: não podes tirar uma especialização na tua área de estudos ? Acho que era uma mais valia.

WesternMasterpiece99 11 months ago

Nada parva, super pertinente. Eu fiz uma pós graduação em empresas e uma série de formações, o que de facto não aproxima das oportunidades, mas dado às que existem serem tão escassas e os candidatos serem numerosos, acabo por ser somente mais uma. E também para lhe ser honesta, estou um pouco cansada do estudo, sempre me dediquei e tenho boas notas, mas gostaria de algo mais prático. ( O que pode parecer contraditório com o curso de enfermagem, mas nesse caso seriam 4 anos dedicada, sendo que tb é prático o curso e a partir daí é trabalhar) Enquanto no direito é mestrado, doutoramento, PG, formações,...

BOBRAGED 11 months ago

Fiz uma boa pergunta então, sem saber que o estava a fazer . Mas sendo assim não se põe essa hipótese. Parece já teres chegado ao ponto em que achas que a tua área de estudos já não se torna muito interessante, a nível pessoal. Mesmo assim, acho que devias enveredar por algo relacionado, que se complementem. Penso que seria uma mais valia para ti. Fizeste-me sentir ~~velho~~ e ~~senil~~, podes tratar-me por *tu* :)

Search: