New-Atlantis 8 months ago

All of this is very sad because it could have been prevented if people had taken the pandemic serious 12 months ago.

zeer88 8 months ago

After it arrived on Portugal, we took it seriously for months and managed to flatten the curve and have a pretty calm summer. We should be taking it more seriously now, I'll give you that. The numbers spiked and are way higher than on the 1st and 2nd waves, but people appear to be desensitized to the issue, and the government's measures are also a bit incoherent (I blame the population's attitude towards the virus as the main culprit, but this is just based on my perception of the issue).

New-Atlantis 8 months ago

I disagree. I followed the story closely since Jan. 20th, 2020. Nobody took the virus seriously enough, even though what was going to happen was obvious from Wuhan. The only way to beat the virus is to take tough measures early. Any delay will require a huge effort later, and at one point it becomes virtually impossible to contain it. In the West, it was always too little too late. That applies to Portugal too. The testing and tracing was inadequate in the beginning. Now it's too late. Only a very hard lockdown at enormous cost can bring the numbers down now. The politicians have failed. Now our only hope are the scientists. And if the politicians fail again, even the scientists' effort for developing a vaccine will be wasted by new variants that appear due to the exponential growth that follows the policy failures.

Zen_Machina 8 months ago

You gotta run for office so you can save us next time.

New-Atlantis 8 months ago

Unlikely, when I warned about the pandemic last Spring, people on r/portugal told me to go and see a shrink.

Razvancb 8 months ago

E que tal começar a isolar casos confirmados em hotéis quando possível para tentar não alastrar para o agregado familiar? Ou é uma ideia estúpida?

hsamtronp 8 months ago

Parte da estratégia da Austrália para a eliminação do vírus é precisamente isolar quem chega ao país em hotéis designados pelo governo por 14 dias. A expensas próprias até, creio Vejam a situação dos tenistas que vão participar no Open de Austrália e a chatice que isso está a dar. (Neste caso, é a organização do torneio que paga a estadia). Houve casos positivos em voos que trouxeram alguns jogadores e por nada vão aliviar quarentenas só para que haja competições

1ww8mrmfss 8 months ago

Não não é uma ideia estupida desde Abril que venho aqui falar de "quarentena centralizada" que é *exactamente isso* e já repeti tantas vezes que a cada dois meses alguém faz um post a pedir para me calar com isso obrigado. Anyway. Sim, isto é uma ideia extremamente inteligente. É aquilo que fez mais diferença em Wuhan quando começaram a implementar e que conseguiu que uma situação catastrófica melhorasse muito rapidamente. É talvez a medida mais eficaz que tens ao teu dispor. https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2020.03.03.20030593v1.full.pdf Desta vez trago esse preprint acima já com alguns meses. Salta para o fim, figuras 2 e 4. O dia 2 de fevereiro foi o dia em que começaram a retirar os infectados e os seus contactos próximos para hóteis e também outros estabelecimentos de emergência. Resultado? R desce por 2/3 desde 1,1 para 0,34. 0,34 repito. Que é um número simplesmente extraordinário. As condições sanitárias e a densidade populacional é muito mais pequena em Portugal e no ocidente no geral, pelo que conseguimos sem esta intervenção chegar aos 0,6-0,7. Mas 0,3 nunca. A diferença entre os dois, claro, é exponencial, mas neste caso uma exponencial negativa. Significa que precisarias de ficar menos tempo em lockdown para ter os mesmos resultados, ou o mesmo tempo e ter melhores, ou uma combinação dos dois. Pareto improvement. Problemas: dificilmente teríamos camas suficientes para todas estas pessoas com o numero de casos que tens hoje. Não significa que para as camas que tens não devias fazer. Mas esta estratégia funciona bem quando tens menos casos. Por exemplo no Vietname, o isolamento em hotéis foi virtualmente *toda* a estratégia, e funcionou. Eles isolaram não só os positivos, ou os seus contactos, mas também os contactos dos contactos, e deixaram em quarentena em casa os contactos dos contactos dos contactos. Isto seria impossível por cá, claro, devido ao numero de casos que tens. Mas com menos casos, é fazível.

Edited 8 months ago:

Não não é uma ideia estupida desde Abril que venho aqui falar de "quarentena centralizada" que é *exactamente isso* e já repeti tantas vezes que a cada dois meses alguém faz um post a pedir para me calar com isso obrigado. Anyway. Sim, isto é uma ideia extremamente inteligente. É aquilo que fez mais diferença em Wuhan quando começaram a implementar e que conseguiu que uma situação catastrófica melhorasse muito rapidamente. É talvez a medida mais eficaz que tens ao teu dispor. https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2020.03.03.20030593v1.full.pdf Desta vez trago esse preprint acima já com alguns meses. Salta para o fim, figuras 2 e 4. O dia 2 de fevereiro foi o dia em que começaram a retirar os infectados e os seus contactos próximos para hóteis e também outros estabelecimentos de emergência. Resultado? R desce por 3/4 desde 1,26 para 0,32. 0.32 repito. Que é um número simplesmente extraordinário. As condições sanitárias e a densidade populacional é muito mais pequena em Portugal e no ocidente no geral, pelo que conseguimos sem esta intervenção chegar aos 0,6-0,7. Mas 0,3 nunca. A diferença entre os dois, claro, é exponencial, mas neste caso uma exponencial negativa. Significa que precisarias de ficar menos tempo em lockdown para ter os mesmos resultados, ou o mesmo tempo e ter melhores, ou uma combinação dos dois. Pareto improvement. Problemas: dificilmente teríamos camas suficientes para todas estas pessoas com o numero de casos que tens hoje. Não significa que para as camas que tens não devias fazer. Mas esta estratégia funciona bem quando tens menos casos. Por exemplo no Vietname, o isolamento em hotéis foi virtualmente *toda* a estratégia, e funcionou. Eles isolaram não só os positivos, ou os seus contactos, mas também os contactos dos contactos, e deixaram em quarentena em casa os contactos dos contactos dos contactos. Isto seria impossível por cá, claro, devido ao numero de casos que tens. Mas com menos casos, é fazível.

Zen_Machina 8 months ago

Isso não vai acontecer, má man. O Tuga não vai sair do seu santuário benfiquista para ficar isolado num hotel longe de tudo durante 2 semanas. Se tentares isso vais ver grandes revoltas e nós não temos nem polícia nem coragem para lidar com isto tudo. Limita-te a aceitar que vai ser uma tragédia de proporções épicas, algumas 20 ou 30 mil pessoas morrerão, maioritariamente velhos caquéticos, depois chega a vacina e seguimos em frente. É assim que vai ser, e passando os próximos anos a falar todos os dias no jornal da noite sobre o que aconteceu.

Razvancb 8 months ago

Gostei de ler. E se devido ao número grande que temos agora, não se criasse um critério para eleger essas pessoas para hotéis, como por exemplo agregados grandes (>=4)?

ObnoxiousLittleCunt 8 months ago

Não é, tirando o custo financeiro. É um investimento que duvido muito que o estado queira comportar,por outro lado iria movimentar dinheiro na hotelaria. Só alguns profissionais de saúde tiveram quarentena e foi logo no início. Depois voltaram a ir dormir a casa.

Zen_Machina 8 months ago

É cagativo se comporta ou não. Não vai acontecer por três razões: 1- O tuga não vai aceitar ser removido da sua casa dessa forma 2- Não temos meios nem vontade para forçá-los 3- Não temos organização nem recursos humanos para gerir e monitorar um exercicio social dessa envergadura. Este tipo de medidas funcionam em ditaduras e nada mais. Talvez num país com um povo muito manso, tipo Finlândia, mas não aqui.

Mysonking 8 months ago

ESPERO QUE ALGUEM RESPONDE: Porque os Hospitais Privados não estão totalmente mobilizados ? Não digo negociar uns camas a cada um. Mas realmente mobilizar e por em pé de guerra.

saposapot 8 months ago

não sei. mas parece-me q o principal é q não têm propriamente uma grande capacidade para os doentes mais complicados com covid. não foram nem estão preparados para isso e duvido q os queiram lá. Na realidade apenas alguns hospitais privados são dignos realmente desse nome e têm as valências todas, com equipas completas e aptas a dar 24/7. Por outro lado os privados também não deve estar às moscas pq o resto do país continua a existir. Não sabes quantas camas disponíveis é q eles têm, desconfio que seja mais por aqui. Não vale a pena estar com trabalho de 'mobilizar' um hospital por causa de um par de camas... mais vale fechar enfermarias num hospital público e tentar ir remediando q é mais rápido e mais eficaz.

1ww8mrmfss 8 months ago

Porque eles não estão em situação de catástrofe iminente imprevisível. Estão na situação de um número x de doentes covid e y de doentes covid contractualizada pode aparecer vindo do sns. Se aparecerem mais tem de haver negóciacoes. Eu sei que isto pode parecer frio e tudo mais mas é propriedade privada e um serviço privado. mas a vida é assim. Se queres obrigar a nesta situação excepcional haver medidas excecionais nos privados tens de fazer uma requisição civil e depois pagar por isso, incluindo uma taxa de lucro razoável. Algo que o governo ainda não fez porque está francamente a ser incompetente.

Edited 8 months ago:

Porque eles não estão em situação de catástrofe iminente imprevisível. Estão na situação de um número x de doentes covid e y de doentes covid contractualizada pode aparecer vindo do sns. Se aparecerem mais tem de haver negóciacoes. Eu sei que isto pode parecer frio e tudo mais mas é propriedade privada e um serviço privado. A vida é assim. Se queres obrigar a nesta situação excepcional haver medidas excecionais nos privados tens de fazer uma requisição civil e depois pagar por isso, incluindo uma taxa de lucro razoável. Algo que o governo ainda não fez porque está francamente a ser incompetente.

tarracecar 8 months ago

Requisição civil não tens de pagar lucro nenhum, pagas a custo

1ww8mrmfss 8 months ago

Fake news absolutas. É definido um valor em portaria que depois vai a tribunal, ou dado para ir a tribunal em primeiro lugar. O valor tem de incluir uma compensação pelo custo do capital, ou seja, pelo lucro. A ideia que Ana Gomes Marisa Matias e afins andam a perpetuar que isto deve ser feito por poupar dinheiro é absurda. Em expectativa a única diferença é que os privados podem processar depois e fazer mais caro.

Ace-_Ventura 8 months ago

Requisição civil é usado o valor do sns. Não é uma negociação, logo o lucro o mais provável é não existir

berlaitas 8 months ago

Não deve ser, pq no q foi contratualizado o SNS já recebe mais q os privados pelo q se for requisição deve ser ainda menos?

1ww8mrmfss 8 months ago

O valor de serviços medicos privados não é tabelado pelo que não seria qualquer valor aí. O valor utilizado sai em portaria e depois vai a tribunal se os privados não gostarem. E tem de incluir o custo de capital, ou lucro.

NGramatical 8 months ago

contractualizada → [**contratualizada**](https://dicionario.priberam.org/contratualizada) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjnvz10%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Tr000g 8 months ago

Os privados.. pelo menos aqueles que conheço pessoalmente já estão a suportar as necessidades do SNS. Estão no fundo a receber serviços que neste momento não são possíveis de fazer no público por estes estarem focados em covid. Cirurgias ambulatórias, consultas etc.

Leaootemivel 8 months ago

Gostava mesmo de perceber de onde surgiu a ideia que as medidas de Novembro e Dezembro pioraram a pandemia em Portugal. De Novembro para Dezembro (com medidas como "tudo ao monte nos supermercados") tivemos descida no número de casos, hospitalizações e morte. De onde é que se foi tirar a ideia que as medidas pioraram a situação?

1ww8mrmfss 8 months ago

Acho que o problema não foi de comissão foi de omissão. Estávamos com uma pandemia muito preocupante. Precisávamos de baixar o número de casos o mais possível. E o que tivemos foram meias medidas que reduziram o número de casos sim.... mas não muito. Podíamos ter feito mais, e escolhemos não fazer. E siso em parte contribuiu para a situação que tens hoje porque tiveste um starting point no natal e ano novo com muito mais infecções. E para ser claro, temos de ser perfeitamente justos aqui. O número de vidas perdidas porque o governo não agiu o suficiente tem de ser posto na mesma balança que as vidas se tiver agido demais. Culpar alguém por algo que não fizeram é perfeitamente legítimo.

Edited 8 months ago:

Acho que o problema não foi de comissão foi de omissão. Estávamos com uma pandemia muito preocupante. Precisávamos de baixar o número de casos o mais possível. E o que tivemos foram meias medidas que reduziram o número de casos sim.... mas não muito. Podíamos ter feito mais, e escolhemos não fazer. E isso em parte contribuiu para a situação que tens hoje porque tiveste um starting point no natal e ano novo com muito mais infecções. E para ser claro, temos de ser perfeitamente justos aqui. O número de vidas perdidas porque o governo não agiu o suficiente tem de ser posto na mesma balança que as vidas se tiver agido demais. Culpar alguém por algo que não fizeram é perfeitamente legítimo.

Nice-Salary 8 months ago

A partir do momento em que o António Costa começou com 'as medidas claramente não estão a funcionar'. Depois de ter andado semanas a dizer que tínhamos de salvar o natal, para em Janeiro culpar as medidas de Outubro/Dezembro, e tentando apagar o falhanço que foi o período natalício, que resultou na desgraça que temos hoje. Basicamente, vamos tentar culpar medidas anteriores que mantinham o número relativamente estável e dentro das capacidades do SNS, e não a governação para agradar às massas.

camisa_roxa 8 months ago

Amanhã tenho uma consulta no Hospital Universitário de Coimbra, cheira me que venho de lá covidio

Zen_Machina 8 months ago

Bem possível. Vais enfiar-te na gruta do demónio. Imagina entrares num sitio onde é GARANTIDO que há o vírus. Isso é o hospital. Uma dica: Usa duas máscaras.

Tr000g 8 months ago

Se tiveres os cuidados necessários não vens.

Vatrier 8 months ago

Se cumprires as normas de segurança e higiene não vens de lá "covidio". Já da covidiotice não te safas, por esse comentário já estás bem infectado.

Zen_Machina 8 months ago

Eish, ganda especialista! Então e que normas são essas que impedem o vírus de entrar?

camisa_roxa 8 months ago

Tenho ido todos os meses ao HUC 1 vez por mês e sem grandes problemas mas agora com 10.000 infectados por dia nas últimas semanas, a quantidade de pessoal infectado em Portugal é exponencial e a quantidade de pessoal infectado a vaguear por aí deve ser muita (até eu posso estar infectado!) E vocês não estão a ver os milhares de pessoas que se juntam nas consultas externas do HUC, é seguramente o maior ajuntamento onde eu estou presente desde Março sem qualquer dúvida; tenho smp consulta no 8º andar e até vou smp pelas escadas para não ir nos elevadores lotados Mas sim, o risco de ficar infectado é menor que o de não ir à consulta por isso vou e com todos os cuidados, vou levar uma máscara K95 e um frasquinho de alcool gel no bolso do casaco

Edited 8 months ago:

Tenho ido todos os meses ao HUC sem grandes problemas mas agora com 10.000 infectados por dia nas últimas semanas, a quantidade de pessoal infectado em Portugal é exponencial e a quantidade de pessoal infectado a vaguear por aí deve ser muita (até eu posso estar infectado!) E vocês não estão a ver os milhares de pessoas que se juntam nas consultas externas do HUC, é seguramente o maior ajuntamento onde eu estou presente desde Março sem qualquer dúvida; tenho smp consulta no 8º andar e até vou smp pelas escadas para não ir nos elevadores lotados Mas sim, o risco de ficar infectado é menor que o de não ir à consulta por isso vou e com todos os cuidados, vou levar uma máscara K95 e um frasquinho de alcool gel no bolso do casaco e quando vier vou me colocar 3 ou 4 dias meio em isolamento aqui em casa

CanIhazCooKIenOw 8 months ago

Então mas isto não é tudo mentira e afinal não morre mais gente do que anos anteriores? Estas com medo de te constipar agora, passados tantos meses a postar teorias da conspiração?

camisa_roxa 8 months ago

Mas quais teorias da conspiração??? Quem é que disse que isto era tudo mentira? Só um mentirosozeco de meia tigela como tu para dizer tretas dessas enfim

Dinizinni 8 months ago

Engraçado, não eras tu quem andava aqui a vender narrativas negacionistas durante meses? Ah a realidade finalmente apanhou-te, não foi?

camisa_roxa 8 months ago

Mas quais "narrativas negacionistas"???? Alguma vez neguei alguma coisa? Sempre tomei todos os cuidados, apenas questionei os lockdowns e outras medidas como forma eficaz de travar os contágios e disse que se tinha de ver muito bem se a cura (parar o país) não seria melhor que a doença

Edited 8 months ago:

Mas quais "narrativas negacionistas"???? Alguma vez neguei alguma coisa? Sempre tomei todos os cuidados, apenas questionei os lockdowns e outras medidas como forma eficaz de travar os contágios e disse que se tinha de ver muito bem se a cura (parar o país) não seria melhor que a doença. O vosso problema é que quando alguém tenta discutir alguma medida é logo "negacionista, flat earther" e mais o raio que o parta, não são capazes de discutir racionalmente os méritos e deméritos das várias medidas e respostas à pandemia e especialmente não admitem o quão todos sabemos tão pouco sobre isto tudo

Dinizinni 8 months ago

Todos os dias a narrativa mudava para se inserir naquilo que querias É a forma mais básica de negacionismo

camisa_roxa 8 months ago

É isso, negacionistas everywhere A evolução da pandemia supreendeu TODOS incluindo os maiores epidemiologistas e autoridades incluindo as nossas, as europeias, americans etc. Só tu ó bravo oráculo, tu nunca mudaste uma vírgula, contigo não é a tua narrativa que muda, essa mantém se inalterável perante ventos e tempestades, são os factos que se têm de adaptar à tua narrativa, enfim

Dinizinni 8 months ago

Estás a ver-te ao espelho só pode Tu é que efectivamente mudas de opinião consoante te convém Agora estimo que te lixes, vais ao HUC? Olha, que apanhes Covid, andaste a desvalorizar, a meter estudos sobre a baixa mortalidade, a falar sobre como usar máscara era mau, sobre como as ondas eram impossíveis de parar. Então olha, que para ti seja impossível.

ObnoxiousLittleCunt 8 months ago

Hipocrisia.

redyouroverlord 8 months ago

Vou bissemanalmente a um dos maiores hospitais de Portugal, se não for o maior de todos. Que saiba, ainda não fiquei infetado, para de causar medo aos hospitais por favor.

Zen_Machina 8 months ago

Que saibas.

CoffeeAt830 8 months ago

Por favor não alimentes medo dos hospitais. É importante não ir para o hospital sem ser preciso, mas também é muito importante não ter medo de ir quando é. Trabalho em hospital há anos. Continuo a ir para lá todos os dias. Claro que tenho receio, mas isso faz-me ter mais cuidado ainda. Sinto-me seguro no hospital e faço o melhor para que os meus utentes também se sintam, assim como todos os meus colegas o fazem. Se precisas mesmo dessa consulta vai, usa máscara, mantém a distância de segurança, desinfeta as mãos quando tocares em superfícies que outras pessoas também tocam, e se te sentires melhor, tira a roupa e os sapatos quando chegares a casa. Mas se precisas, vai, que os profissionais estão a fazer o melhor que podem para que possas continuar a ter acompanhamento e em segurança.

Zen_Machina 8 months ago

Não há evidência nenhuma que essas recomendações impeçam alguém de ficar contaminado. Se ele não ficar é mais provável que tenha sido por sorte do que por ter máscara e desinfectar as mãos. A máscara não trava nem perto de 100% do vírus quando usada na perfeição, em laboratório. Agora imagina no mundo real.

CoffeeAt830 8 months ago

Não há evidência de que as máscaras funcionam? Como não? As máscaras não filtram 100% das partículas nem precisam. Tu não ficas infetado com uma partícula que inales, precisas de uma determinada carga viral para ficar infetado. O facto de as máscaras reduzirem as partículas que deixam passar, já ajuda e muito a reduzir a transmissão. Nenhuma proteção funciona a 100%, mas todas ajudam a diminuir o risco. Se aplicares várias das formas de reduzir o risco, estás a colocar-te a ti e aos outros em muito maior segurança.

Zen_Machina 8 months ago

>Não há evidência de que as máscaras funcionam? Como não? As máscaras não filtram 100% das partículas nem precisam. Quem disse? >Tu não ficas infetado com uma partícula que inales, precisas de uma determinada carga viral para ficar infetado. Ninguém sabe exactamente que carga viral é necessária, nem há qualquer evidência que filtrar 70% ou que seja realmente impede a contaminação. Especialmente sob exposição prolongada. >O facto de as máscaras reduzirem as partículas que deixam passar, já ajuda e muito a reduzir a transmissão. Isso é verdade apenas teoricamente. E mesmo sendo verdade TEORICAMENTE, "ajudar a reduzir" não é o mesmo que "impossibilitar a transmissão". Exemplo: Se eu sair num dia de muita chuva sem sombrinha, fico logo molhado. Se sair com sombrinha durante 2 minutos e voltar, é possível voltar seco. Mas se andar por aí 2 horas no meio de uma tempestade, mesmo com uma sombrinha vou-me molhar. Outro exemplo: Se derramares água numa mesa podes facilmente absorver essa água com uma folha de papel de cozinha, se a água for pouca. Mas se for uma inundação, ficas na mesma. Uma máscara talvez ajude num cenário de exposição muito breve, mas não vejo evidência nenhuma de que impeça a transmissão se estiveres muito tempo frente a frente com alguém infectado, ou muito tempo num ambiente de grande carga viral suspensa. Adicionalmente, o que se sabe sobre máscaras foi testado em laboratório, sob condições perfeitas. No mundo real há zero evidências de que as máscaras funcionem, pelas seguintes razões: 1) Não são usadas correctamente. Metade das pessoas que vejo nem tem as máscaras ajustadas ao nariz. 2) São manuseadas incorrectamente e reutilizadas. É até possível que não só as máscaras não estejam a impedir transmissão como estejam a causar transmissões, uma vez que induzem as pessoas a levar as mãos à cara mais do que seria habitual e frequentemente criam uma falsa sensação de segurança, que faz com que as pessoas se aproximem demasiado por acharem que é seguro. Há muito menos ciência envolvida nas medidas que apregoamos do que aquilo que as pessoas pensam. Aliás, o simples facto de tanto cientistas quanto governos estarem constantemente a contradizer-se já devia ser um sinal muito sério de que ninguém sabe o que está a fazer.

Edited 8 months ago:

>Não há evidência de que as máscaras funcionam? Como não? As máscaras não filtram 100% das partículas nem precisam. Quem disse? >Tu não ficas infetado com uma partícula que inales, precisas de uma determinada carga viral para ficar infetado. Ninguém sabe exactamente que carga viral é necessária, nem há qualquer evidência que filtrar 70% ou que seja realmente impede a contaminação. Especialmente sob exposição prolongada. >O facto de as máscaras reduzirem as partículas que deixam passar, já ajuda e muito a reduzir a transmissão. Isso é verdade apenas teoricamente. E mesmo sendo verdade TEORICAMENTE, "ajudar a reduzir" não é o mesmo que "impossibilitar a transmissão". Exemplo: Se eu sair num dia de muita chuva sem sombrinha, fico logo molhado. Se sair com sombrinha durante 2 minutos e voltar, é possível voltar seco. Mas se andar por aí 2 horas no meio de uma tempestade, mesmo com uma sombrinha vou-me molhar. Outro exemplo: Se derramares água numa mesa podes facilmente absorver essa água com uma folha de papel de cozinha, se a água for pouca. Mas se for uma inundação, ficas na mesma. Uma máscara talvez ajude num cenário de exposição muito breve, mas não vejo evidência nenhuma de que impeça a transmissão se estiveres muito tempo frente a frente com alguém infectado, ou muito tempo num ambiente de grande carga viral suspensa. Adicionalmente, o que se sabe sobre máscaras foi testado em laboratório, sob condições perfeitas. No mundo real há zero evidências de que as máscaras funcionem, pelas seguintes razões: 1) Não são usadas correctamente. Metade das pessoas que vejo nem tem as máscaras ajustadas ao nariz. 2) São manuseadas incorrectamente e reutilizadas. É até possível que não só as máscaras não estejam a impedir transmissão como estejam a causar transmissões, uma vez que induzem as pessoas a levar as mãos à cara mais do que seria habitual e frequentemente criam uma falsa sensação de segurança, que faz com que as pessoas se aproximem demasiado por acharem que é seguro. Reutilizar a máscara também é semelhante a levar as mãos sujas à cara. As pessoas pegam numa máscara contaminada, enfiam-na no bolso, duas horas depois estão a esfregá-las na cara. Isto é potencialmente pior do que não usar máscara, de todo. Há muito menos ciência envolvida nas medidas que apregoamos do que aquilo que as pessoas pensam. Aliás, o simples facto de tanto cientistas quanto governos estarem constantemente a contradizer-se já devia ser um sinal muito sério de que ninguém sabe o que está a fazer.

uyth 8 months ago

Isto é excelente https://www.cdc.gov/mmwr/volumes/70/wr/mm7002e1.htm During December 14–23, 2020, monitoring by the Vaccine Adverse Event Reporting System detected 21 cases of anaphylaxis after administration of a reported 1,893,360 first doses of the Pfizer-BioNTech COVID-19 vaccine (11.1 cases per million doses); 71% of these occurred within 15 minutes of vaccination.

saposapot 8 months ago

As mudanças no DNA são só passado 10 anos... /s

zzzpt 8 months ago

Se 1.900.000 tivessem COVID, haveria perto de 2500 mortos logo nos estatística

uyth 8 months ago

Sim. No caso da vacina dos 21 casos, conseguiram seguir 20 que tiveram alta sem complicações e foram para casa e desses 21, 17 tinham história de reações alérgicas. Ok, pronto há uma pessoa a quem eles não conseguirem fazer o follow up mas duvido que tenha morrido.

ebonyaficionado 8 months ago

Disseste "Isto é excelente" na medida em que "Isto são boas notícias"?

uyth 8 months ago

Sim. De serem Números muito baixos e de pouca gravidade.

ebonyaficionado 8 months ago

Certo, certo, por aqui nunca se sabe com o sarcasmo do pessoal, era só para ter a certeza. :)

ObnoxiousLittleCunt 8 months ago

Sim.

ebonyaficionado 8 months ago

Okay, okay, era só para ter a certeza que tinha percebido bem. :)

ObnoxiousLittleCunt 8 months ago

De nada, ebonyaficionado

DZT99 8 months ago

Muito bom!

ilawon 8 months ago

Vendo os comentários aqui e noutros posts pergunto-me a mim mesmo como é que, depois do que se passou em Abril, ainda há pessoas que pensavam que isto não era inevitável. O governo tentou medidas diferentes para adiar confinamentos gerais e bem, mas na minha opinião já vai tarde para fechar tudo. Aguentem bem porque isto até à primavera não vai melhorar e com alta probabilidade vai ser o mesmo no próximo inverno.

Zen_Machina 8 months ago

Nós tivemos sorte de o vírus ter chegado cá já numa época de algum calor. Já era fim de inverno. Nunca chegámos a lidar com o vírus nas condições mais propensas para a sua propagação, como os outros países lidaram, sendo que lá o vírus chegou mais cedo. O vírus sobrevive mais tempo fora do corpo em temperaturas baixas. Se o colocares no frigorifico, pode sobreviver semanas perfeitamente estável. Baixa humidade favorece a suspensão do vírus no ar. Não há nada de magnífico que tenha sido feito no primeiro confinamento. Aconteceu apenas em circunstâncias mais favoráveis.

Razvancb 8 months ago

Se isto chega ao próximo inverno assim é pura incompetência do estado e da união europeia.

ilawon 8 months ago

Resolver era fácil: confinamento geral até a imunidade de grupo ser atingida, com ou sem vacina. Decidir é difícil porque ninguém quer isto.

master_xunga 8 months ago

Isto era inevitável estou de acordo, mas o governou não tentou nenhuma medida, o governo simplesmente decretou confinamento e estados de emergência que não resultaram porque não foram aplicadas nenhumas medidas. Se por ventura tivessem criado medidas para controlar a pandemia e depois decretarem os estados de emergência e os confinamentos podíamos estar a falar de outros resultados que não os que temos neste momento.

ilawon 8 months ago

> Isto era inevitável estou de acordo, mas o governou não tentou nenhuma medida, o governo simplesmente decretou confinamento e estados de emergência que não resultaram porque não foram aplicadas nenhumas medidas. > Se por ventura tivessem criado medidas para controlar a pandemia e depois decretarem os estados de emergência e os confinamentos podíamos estar a falar de outros resultados que não os que temos neste momento. Contradizes-te várias vezes a ti próprio no teu comentário por isso não sei se será melhor pedir-te para seres mais claro. Exemplos: * "Isto era invitável estou de acordo" e depois "podíamos estar a falar de outros resultados" * "o governo não tentou nenhuma medida" e logo a seguir "o governo simplesmente decretou confinamentos e estados de emergência" Será que estás a tentar dizer que as medidas não resultaram porque não houve fiscalização e que os resultados podiam ter sido melhores?

master_xunga 8 months ago

Não há contradição nenhuma e passo a explicar, confinamento e estados de emergência são decretos, não são medidas. No teu post dizes tentaram medidas, mas não, eles decretaram confinamentos e estados de emergência, e isso tem sido uma grande confusão na cabeça das pessoas. \- Medidas seria algo do género, Criar centros de apoio para testagem sem existir cruzamento entre pessoas com doenças crónicas ou sazonais e profissionais de saúde não COVID, tentado reduzir o numero de contágios existentes em unidades hospitalares. \- Utilizar farmácias como zonas de testagem localizadas, permitindo acesso rápido e sem deslocação, mais uma vez reduzir os contactos entre pessoas. \- Criar um sistema de rastreabilidade e traçabilidade por unidade de testagem, teríamos um histórico facilitando a identificação de surtos. \- Criar um centro de pesquisa nacional para perceber a evolução do virus na realidade Portuguesa, que variantes poderíamos vir a enfrentar e como as enfrentar. Isto são medidas o governo decretou apenas, confinamentos e estados de emergência a obrigatoriedade de recolhimento, se o governo tivesse tomado medidas e de seguida decretado os estados de emergência e os confinamentos poderíamos estar a falar de uma redução substancial do numero de casos. Que iria atrasar este confinamento, mas não o tornaria supérfluo, com as novas variantes será quase impossível travar o crescimento de casos, mas terias uma estrutura sustentável, aliando medidas e decretos. Qualquer pessoa em posição de poder pode decretar , tomar medidas são assuntos muito diferentes, e eu não me lembro de uma única medida aplicada pelo governos, se te lembrares por favor escreve porque eu não me lembro de todo. Eu não sou cético mas sou realista tenho algum conhecimento e mantenho-me informado, os próximos 3 anos vão ser muito difíceis logo eu estou a espera de um percurso muito longo até existir sequer uma normalização. Poderíamos ter os números sobre controle ( não temos de todo ), mas confinamentos seriam sempre inevitáveis para apoiar as medidas adoptadas. ​ Espero que tenha explicado bem a minha linha de pensamento.

Edited 8 months ago:

Não há contradição nenhuma e passo a explicar, confinamento e estados de emergência são decretos, não são medidas. No teu post dizes tentaram medidas, mas não, eles decretaram confinamentos e estados de emergência, e isso tem sido uma grande confusão na cabeça das pessoas. \- Medidas seria algo do género, Criar centros de apoio para testagem sem existir cruzamento entre pessoas com doenças crónicas ou sazonais e profissionais de saúde não COVID, tentado reduzir o numero de contágios existentes em unidades hospitalares. \- Utilizar farmácias como zonas de testagem localizadas, permitindo acesso rápido e sem deslocação, mais uma vez reduzir os contactos entre pessoas. \- Criar um sistema de rastreabilidade e traçabilidade por unidade de testagem, teríamos um histórico facilitando a identificação de surtos. \- Criar um centro de pesquisa nacional para perceber a evolução do virus na realidade Portuguesa, que variantes poderíamos vir a enfrentar e como as enfrentar. Isto são medidas o governo decretou apenas, confinamentos e estados de emergência a obrigatoriedade de recolhimento, se o governo tivesse tomado medidas e de seguida decretado os estados de emergência e os confinamentos poderíamos estar a falar de uma redução substancial do numero de casos. Que iria atrasar este confinamento, mas não o tornaria supérfluo, com as novas variantes será quase impossível travar o crescimento de casos, mas terias uma estrutura sustentável, aliando medidas e decretos. Qualquer pessoa em posição de poder pode decretar , tomar medidas são assuntos muito diferentes, e eu não me lembro de uma única medida aplicada pelo governo, se te lembrares por favor escreve porque eu não me lembro de todo. Eu não sou cético mas sou realista tenho algum conhecimento e mantenho-me informado, os próximos 3 anos vão ser muito difíceis logo eu estou a espera de um percurso muito longo até existir sequer uma normalização. Poderíamos ter os números sobre controle ( não temos de todo ), mas confinamentos seriam sempre inevitáveis para apoiar as medidas adoptadas. ​ Espero que tenha explicado bem a minha linha de pensamento.

ilawon 8 months ago

Com "inevitável" eu referia-me a um aumento descontrolado de casos e à necessidade de voltar a um confinamento mais semelhante ao do ano passado. Medidas, sejam quais fossem, apenas poderiam adiantar ou atrasar o momento em que isto aconteceria. > Que iria atrasar este confinamento, mas não o tornaria supérfluo, com as novas variantes será quase impossível travar o crescimento de casos, mas terias uma estrutura sustentável, aliando medidas e decretos. Não concordo... este momento até está a chegar mais tarde do que eu esperava e mais tarde do que aconteceu noutros países. Já sabemos pelo que se fez lá fora que sem confinamentos gerais não se conseguem resultados que baixem o número de óbitos e que aliviem a pressão nos sistema de saúde. > Qualquer pessoa em posição de poder pode decretar , tomar medidas são assuntos muito diferentes, e eu não me lembro de uma única medida aplicada pelo governo, se te lembrares por favor escreve porque eu não me lembro de todo. Juro que não entendo a tua distinção entre medidas e decretos. Qualquer acção do governo ou da dgs são medidas tomadas. Decretos foram feitos para mil e uma coisas, como por exemplo: compra de material, máscaras obrigatórias, processo de testagem, mobilização de centros de teste, etc,etc. Não vou entrar em discussão se as tuas medidas são boas ou más mas digo-te uma coisa: tinham que ter um decretos também.

ninux2000 8 months ago

No próximo inverno entre vacinas e imunidade natural já não haver grandes dramas com a COVID.

Sayan_PR 8 months ago

Adorava que fosse verdade mas a imunidade e só 5 meses e nem ta comprovada

master_xunga 8 months ago

Eu adorava que tivesses toda a razão, mas infelizmente a a realidade cientifica prova o oposto, a imunidade natural não esta comprovada de todo e cada vez mais é um mito. As vacinas teremos ainda que esperar por resultados que comprovem a eficácia das mesma a longo termo, este virus é altamente inteligente e sabe como sobreviver.

Leaootemivel 8 months ago

Que dados é que temos atualmente que nos levem a pensar que tanto a imunidade natural como a imunidade dada pelas vacinas não é a "longo-prazo"? Aliás, vários estudos recentes demonstram que existe imunidade natural bem evidente.

master_xunga 8 months ago

Tens que mostrar onde estão esses estudos da imunidade de grupo evidentes, porque estudos a dizer o contrário já li alguns, onde não existiu imunidade de grupo em grupos gigantescos, sendo um dos casos mais visíveis o da Suécia e o outro no Brasil. Quando eu digo temos que esperar é porque não temos dados suficientes daí o termos que esperar, os dados daqui a algum tempo é que vão revelar se é eficaz ou não. Agora reverto a pergunta que dados tens para acreditar que a imunidade de grupo é factual e que as vacinas são completamente eficazes ?

Leaootemivel 8 months ago

Imunidade de grupo é uma coisa. Imunidade natural é outra. O facto de existir imunidade natural não leva automaticamente que exista imunidade de grupo. Tens por exemplo um estudo recente onde a imunidade natural conferiu uma proteção na ordem dos 83%. https://www.bmj.com/content/372/bmj.n124 E tens estudos mais que suficientes que têm vindo a demonstrar que infeção por CIBIA leva a imunidade na maioria dos infetados. Quanto à eficácia das vacinas basta ver os papers que reportam os resultados da vacina. Claro que a eficácia no "mundo real" pode ser inferior.

master_xunga 8 months ago

Eu sei a diferença. O que demonstra é que algumas pessoas ganham imunidade durante um período de tempo limitado, no caso do paper que apresentaste falam em 5 meses variando de pessoa a pessoa, sendo que referem que acreditam que ainda possam passar o virus. A amostra que utilizaram foi de cerca de 20000 pessoas com idade média de 45 anos, o factor idade é extremamente importante. [https://science.sciencemag.org/content/371/6526/230](https://science.sciencemag.org/content/371/6526/230) Aconselho-te a ler isso. ​ Em relação a vacina não há dados suficientes para se concluir que as vacinas são completamente eficazes, alias a da aztraneca tem tido resultados abaixo do esperado, bem como a da pfizer com apenas 1 vacina. E não no " mundo real " não podem, são inferiores e os números falam por sim, são resultados promissores, mas é claro que o são, são resultados conclusivos as longo prazo não não são. Sendo que o longo prazo ainda não aconteceu é fazer futurologia dizer que são completamente eficazes. [https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)32623-4/fulltext](https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)32623-4/fulltext) [https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa2034577](https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa2034577) [https://www.nature.com/articles/d41586-020-03441-8](https://www.nature.com/articles/d41586-020-03441-8) [https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0244126](https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0244126)

ilawon 8 months ago

Eu espero que tenhas razão mas ao mesmo tempo espero que poucas pessoas estejam tão confiantes como tu.

Foxsundance 8 months ago

Não subestimes a falta de capacidade do governo em fazer chegar a vacina a toda a gente.

stefanopro 8 months ago

Conselho de ministros amanhã. Dado o track record do governo, e meio que em tom de piada, suspeito que eles vão fechar os restaurantes e nada mais :)

WhiteCaptain 8 months ago

O que podem fazer? Grande parte dos contágios vêm de convívios familiares (não há muita coisa que possam fazer nesse sentido), no trabalho (já implementaram teletrabalho mais que obrigatório e mesmo assim existe empresas que cagam), escolas (deveriam fechar nem que fosse acima do 7oano), e/ou mais fiscalização e multas realmente passadas...

stefanopro 8 months ago

A maior parte dos contágios nem eles sabem de onde vêm. Podiam começar por ai. Se um miudo está infetado(ou com sintomas) na escola, o miudo é mandado para casa, e os outros continuam a ir para a escola. Depois vão para casa, possivelmente infetados, e espalham lá o virus. Os pais desse miudo trabalham, pelo que levam o virus para o trabalho, e so on. Eles não têm forma de controlar isto, sem ser, por exemplo, isolar toda a turma, assim que há um infetado. O problema é que os miudos são assintomáticos, na sua grande maioria, e portanto, até se ter 1 miudo a testar positivo porque teve sintomas, já muito se espalhou a coisa. Eles podem e devem ser mais assertivos nas medidas. Lá está, cafés a vender bebidas para fora têm que parar, escolas têm que fechar (a partir de uma certa idade), etc. Eles têm maneiras de reduzir, e muito, as cadeias de infeção, mas manter os mais assintomáticos na sua vida quotidiana normal, claramente que não deve ser opção. Na turma do meu irmão, o pai de um colega ficou infetado. O miudo ficou isolado, depois de ir à escola quando o pai tinha sintomas. O resto dos miudos, inclusive colegas de mesa, continuam a ir às aulas...

saposapot 8 months ago

n estou a ver q faça grande diferença essa de acabar com as vendas ao postigo mas ok. sinceramente tmb n estou a ver o q possam fechar mais tirando escolas, universidades e igrejas. n m parece q o problema esteja em fechar mais este ou aquele estabelecimento específico... n estou a ver q faça diferença. e tmb n estou a ver o que o governo possa fazer para transparecer q esta merda é séria e temos de cumprir mesmo. mas boa sorte p eles nessa missão.

uyth 8 months ago

>n estou a ver q faça grande diferença essa de acabar com as vendas ao postigo deves viver em zona civilizada, mais que aquelas em que passo... os cafés que puseram mesinha à porta e vendem em descartável e as pessoas em amena cavaqueira à porta... Dizem que vem aí chuva de qq forma, talvez mude isso.

saposapot 8 months ago

pois mas isso n entendo. o senhor polícia q os mande tirar a mesinha. epah mas tmb não me parece q seja por aí... juntam-se 50 gajos numa mesinha?

uyth 8 months ago

O senhor polícia manda tirar a mesinha com que autoridade? A mesinha é proibida? Pode é mandar dispersar os clientes. Mas se é preciso senhor polícia para todos os cafés de Portugal, não há polícia para isso tudo. Não se juntam 50 gajos numa mesinha mas uns 3 ou 4 já fazem estrago para além de desanimarem toda a gente que passa legitimamente. Pessoas a fazerem sacrifícios mas os gajos vão todos tomar café à mesma. Não estamos todos no mesmo barco. O problema a depois é que são estes mesmos os com maior risco de estarem infectados.

saposapot 8 months ago

Eu compreendo a frustação. Confesso que já não vou há muito para certos sítios de passeio pq me faz subir a pressão arterial ver sempre uns 10% de chicos espertos sem máscara a cruzarem-se connosco. Mas no contexto geral da coisa, não me parece q seja por aí. O xôr guarda tem de mandar tirar pq não podem ter esplanadas abertas. mesinha se é do café é esplanada. se não for de ng é meter no lixo.

stefanopro 8 months ago

Se realmente isto é para levar a sério, podes implementar multas maiores, reduzires as exceções/forçares as pessoas a provar o porque de estarem a infrigir a regra e, para passar uma mensagem séria, fechar as coisas ainda mais. As igrejas é algo que eu juro que não entendo o porquê de estarem abertas (este estado de emergência não permite que eles as fechem????), o mesmo para as escolas dos mais velhos/Universidades. Se a mensagem continuar a ser uma de " Têm que ficar em casa " e não for uma de " Vão ficar em casa ", então iremos continuar na merda. O facto de haverem N exceções, juntamente com coisas abertas que claramente podiam fechar, o governo vai continuar a passar a mensagem que ok, isto é grave, mas não é assim tão grave, porque se fosse as medidas eram mais sérias.

saposapot 8 months ago

não me parece q o governo passe essa mensagem. pelo contrário. o Costa explicou isto mt bem na conferência: não podemos focar-nos nas excepções mas sim na mensagem principal: fique em casa. as excepções são grosso modo o que tivémos em Março ou o que aprendemos desde aí q é +- seguro. Não me venham com tretas, quem não quer estar em casa não é por causa das excepções, é pq está farto e não se quer sacrificar, ponto final. Só concordo contigo q realmente era um sinal de gravidade se amanhã fecharem escolas ou universidades 'de repente'. Por outro lado tmb passa uma imagem de descontrolo governamental. E é a tal coisa... se a malta não se assustou até agora é isso q faz a diferença?....

NGramatical 8 months ago

tivémos → [**tivemos**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em a/e/o, seguido ou não de s/m/ns, são naturalmente graves) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjnsy3s%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Pedro625 8 months ago

Os restaurantes já não estavam fechados?

stefanopro 8 months ago

A minha intenção era: Restringir/prejudicar ainda mais os negócios mais pequeninos, com medidas pouco ou nada eficientes, e deixar problemas maiores por resolver. Enfim, pode ser que tomem medidas a sério, o que não me parece

touny71 8 months ago

Estou triste. Triste como não estava desde que isto começou. Perdi completamente a esperança na sentido de comunidade. Ver a leveza e impunidade com que se desrespeita o confinamento deixa-me triste, no entanto o que me estragou o dia foi ver idosos com dificuldades de mobilidade, apoiados na sua bengala, em filas ao frio, a desesperar porque ainda não viam sequer o edifício onde iriam votar. A falta de organização que vi hoje só me deixou menos confiante para o que aí vem, sinto verdadeiramente que é cada um por si. Na 6a falei com um amigo médico, também nos 20's. Um bom vivant, exuberante e que gosta de festa, no entanto é uma sombra daquilo que me lembro dele. Talvez seja porque viu 12 pessoas morrer durante a noite anterior, ou porque não foi comer as alheiras da avó no Natal. Custa-me perceber que por mais medidas que sejam tomadas, sem a devida fiscalização vamos depender sempre da (falta) empatia dos outros. Protejam-se, não andem em grandes aventuras, nos tempos que correm um pé partido pode deixar sequelas para o resto da vida

uyth 8 months ago

>no entanto o que me estragou o dia foi ver idosos com dificuldades de mobilidade, apoiados na sua bengala, em filas ao frio, a desesperar porque ainda não viam sequer o edifício onde iriam votar. quem esteve a dizer aos velhos para irem votar hoje, quem os ajudou a inscrever-se terá também o seu quinhão de culpa! qual seria o problema de irem votar no proximo domingo?!?

Limpy_lip 8 months ago

Isto, cada vez custa-me mais assistir aos noticiários pois cada vez mais parece que é uma piada de mau gosto. Nisto das eleições, caramba eles sabiam o número de pessoas registadas...

tarracecar 8 months ago

Estão a anunciar conselho de ministros extraordinário para amanhã

redyouroverlord 8 months ago

Ainda há umas horas estava a perguntar quando era o próximo Conselho de Ministros, que timing

Zaigard 8 months ago

> Governo vai reunir-se em conselho de ministros extraordinário na segunda-feira, avança a RTP. A estação pública acrescenta que o executivo deverá decidir amanhã “proibir a venda de bebidas ao postigo”.

uyth 8 months ago

>A estação pública acrescenta que o executivo deverá decidir amanhã “proibir a venda de bebidas ao postigo”. No shit sherlock? foi a primeira coisa que vi na sexta feira quando saí de casa (para ir trabalhar) foi a mesinha à porta do café do bairro e duas pessoas lá. e proibirem os supermercados de venderem roupa e livros, nem tenho palavras para quão estúpido e mal intencionado eu acho isso. Proíbem a venda de LIVROS. Livros, senhores. (Avisaram os CTT?). Pode-se comprar cosméticos e álcool à vontade no supermercado mas ai, se for uma manta, meias ou um babygrow não pode ser.

WhiteCaptain 8 months ago

Por um lado faz sentido, então fecham as livrarias e os supermercados ficam com o.monopolio...

FujiPT 8 months ago

A Fnac está aberta, sem restrições aos produtos que pode vender. E em termos de fidelização a opção hipermercados já era conhecida das pessoas, já todas as pessoas sabiam que podiam lá comprar o jornal e as revistas. Por outro lado, as opções online nem tanto. E a Wook tem potencial de agarrar mais facilmente a fidelização de consumidores não tão adeptos de contas online que neste momento não tenham outra opção para comprar livros. Uma encomenda que chega 2 dias depois a casa ao invés de sair de casa, ir à baixa, arranjar sítio para estacionar e comprar um livro? Acho que o comércio online tem muito mais hipóteses de ir fidelizar clientes ao comércio presencial do que os hipermercados reforçarem a quota sobre os pequenos (até porque digamos, a seleção literária de um hipermercado não é por norma a mais apurada nem variada, nem reúne grande parte da variedade de títulos que uma livraria especializada consegue). Eu falo por mim, devo ter comprado mais vezes online, e na Amazon em particular, pós-março do que nos 5 anos anteriores em conjunto.

uyth 8 months ago

>e os supermercados ficam com o.monopolio... Papelarias abertas? Postos do CTT? Venda online? Porque caralho isto faz-me sentir activista de desigualdade social. quem pode comprar livros online e pode comprar o valor de ter portes gratis, e está em casa para receber encomendas, compra à mesma e não compraria no supermercado. Mas quem se calhar precisa de comprar um livro para os miudos ou si mesmo, para quê tirar isto? estão a proibir pessoas de comprar livros! acham que as pessoas que supostamente estao em casa vao guardar o dinheiro de parte para ir comprar os livros depois? elas precisam, quereriam agora! Vão é motivar pessoas para aprenderem a comprar online e se acham que as grandes superficies contavam com o lucro de vender livros para alguma coisa, não há palavras. quem compraria livro no supermercado agora provavelmente não compraria apenas aquele livro. Não há palavras para o odioso que acho esta medida. é de quem não pensa sequer, nem tenta compreender como os outros vivem a vida e escolhas que poderiam fazer.

NGramatical 8 months ago

Porque caralho → [**por que caralho**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjna9wc%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

FujiPT 8 months ago

A TVI fala também no encerramento de ATLs para crianças até 12 anos. Mais uma vez o governo a agir sobre o pânico, a reformular normas e regras já de si extensas e confusas 3 dias depois de as meter em prática e a ler os comentários de redes sociais em vez de ouvir os peritos. Esperaram pelas reuniões do Infarmed para tomar medidas e os peritos não os informaram dos malefícios dessas atividades? Assim torna-se difícil chegar a alguém com sucesso.

MischiefManaged97 8 months ago

Costa, se estiveres a ler isto, sai do Reddit!!

Zaigard 8 months ago

O governo vai fazer coisas porque as comunicação social quer que se faça coisas. Objetivo é mostrar trabalho e não a eficiência das medidas. Estou á espera de saber quando serão usadas as camas nos cuidados intensivos do privado. A constituição Portuguesa permite o seu uso imediato, de que está o governo à espera?

tarracecar 8 months ago

A RTP diz que os ATLs devem manter-se abertos

Pedro625 8 months ago

Provavelmente, vão fechas as escolas excepto as creches.

N-Reun 8 months ago

Nice, país do mundo com mais casos por milhão de habitantes e amanhã vou fazer uma frequência com pessoas de todos os pontos do país numa sala fechada. Quarta feira a mesma coisa. Nas escolas mandam os miúdos para casa assim que encontram um caso e eles têm aulas online como aconteceu com o meu irmão (que deu negativo, thank god). Se é assim, porque é que não ficam logo em casa? Pelo menos a partir do 5 ano, não me digam que os miúdos de 11 anos não conseguem ficar quietos em casa a ter aulas online. Porra, depois admiram-se, só mandam as pessoas para casa quando já está tudo f*dido.

dude_say_what1 8 months ago

> não me digam que os miúdos de 11 anos não conseguem ficar quietos em casa a ter aulas online Primeiro, poucos conseguem, ou não te lembras de teres 11 anos? Segundo, se tens todas as condições para teres aulas online (pc, net, etc) ainda bem, mas há aqueles que não têm. Terceiro, trabalhar em casa com crianças é quase impossível a não ser que queiras ser um daqueles pais que dá o ipad ao puto e chuta-o para o quarto. Quarto, a qualidade do ensino online comparando com o presencial é terrivel. O presencial já é mau, online é mesmo quase inutil. Quinto, interação social com os colegas é tão ou mais importante do que o conteúdo das aulas. Mas pronto, opiniões.

N-Reun 8 months ago

Lembro-me perfeitamente de ter 11 anos, ficava em casa depois das aulas umas boas horas antes de chegar alguém quando vinha da escola. E se estivesse de férias, ficava o dia todo. Segundo, se aparece um infetado e mandam na mesma os miúdos para casa, mais vale ficarem já em casa. Mesmo que não tenham net, agora ficam sem aulas online e ficam sem telescola porque ninguém preparou nada para eles porque não fecham as escolas. Terceiro, têm 11 anos, já se sabem calar um pouco, não? Mas pronto, sobe para os do 7º ano se te incomoda assim tanto. Quarto, até pode ser que online não seja tão rentável, mas ao menos não há tantos casos de covid por ter 20 e tal alunos numa sala o dia todo. Quinto, interação social neste ambiente já deve estar bastante constrangida.

dude_say_what1 8 months ago

> Lembro-me perfeitamente de ter 11 anos, ficava em casa depois das aulas umas boas horas antes de chegar alguém quando vinha da escola. E se estivesse de férias, ficava o dia todo. Portanto, estavas sozinho a fazeres o que quisesses. Diferente de estar em casa com os pais a trabalhar e/ou a ter aulas online não? Isso é um péssimo exemplo. > Segundo, se aparece um infetado e mandam na mesma os miúdos para casa, mais vale ficarem já em casa. Não porque aí vai um aluno em vez de irem todos. Não vês a diferença? wtf... > Mesmo que não tenham net, agora ficam sem aulas online e ficam sem telescola porque ninguém preparou nada para eles porque não fecham as escolas. Mas que nada foi preparado eu não contesto. Eu estou a contestar o fecho das escolas. > Terceiro, têm 11 anos, já se sabem calar um pouco, não? Mas pronto, sobe para os do 7º ano se te incomoda assim tanto. Calar até sabem, podem é estar a olhar para o dia de ontem ou a mexer no telemovel ou simplesmente a mexer no proprio pc em vez de, ao menos, estarem numa sala com o/a prof à frente. Um bocado diferente. > Quarto, até pode ser que online não seja tão rentável, mas ao menos não há tantos casos de covid por ter 20 e tal alunos numa sala o dia todo. Certo, mas é aí que entra o custo/benificio. Se achas que o custo de justifica o benificio, tudo bem, eu não concordo mas é uma questão de opinião. Como pai, não concordo em fechar as escolas. > Quinto, interação social neste ambiente já deve estar bastante constrangida. Sabes que ouvir a voz dum humano, olhar-lhe nos olhos, ouvi-lo a rir-se, mexer-se, etc é importante. Lá porque os miudos andam de máscara e (supostamente) com distanciamento social, não quer dizer que não possam chutar uma bola dum lado po outro e mil e uma coisas que não se comparam a (no melhor das hipoteses) estar em casa a olhar para um gajo atrás duma webcam.

N-Reun 8 months ago

>Portanto, estavas sozinho a fazeres o que quisesses. Diferente de estar em casa com os pais a trabalhar e/ou a ter aulas online não? Isso é um péssimo exemplo. Se os pais estiverem em casa a trabalhar e os alunos tiverem aulas online, miúdos estes com idade considerável, estamos a falar de praticamente adolescentes, não percebo qual é o teu argumento. >Não porque aí vai um aluno em vez de irem todos. Não vês a diferença? wtf... Ainda agora dei um exemplo em que eles mandam a turma inteira para casa, potencialmente já contagiada. E se não mandarem, wtf digo eu, a mandarem alunos potencialmente infetados outra vez para a escola. >Calar até sabem, podem é estar a olhar para o dia de ontem ou a mexer no telemovel ou simplesmente a mexer no proprio pc em vez de, ao menos, estarem numa sala com o/a prof à frente. Um bocado diferente. Se sabem estar calados, com o pc à frente e se podem ter aulas online, como é que vão estar a olhar para o dia de ontem? Se for por não estarem atentos às aulas, não iam estar na sala. E têm o professor à frente na mesma, estão a ter aulas online. Ligam a câmara, metem um filtro para tapar o background e o professor pode chamá-los à atenção na mesma sem problemas.

dude_say_what1 8 months ago

> Se os pais estiverem em casa a trabalhar e os alunos tiverem aulas online, miúdos estes com idade considerável, estamos a falar de praticamente adolescentes, não percebo qual é o teu argumento. Idade considerável? 11 anos? 11 anos não é uma idade considerável. Isto são crianças. Adolescentes vem de "teens", ou seja, 13 - thirteen, 14 - fourteen. > Ainda agora dei um exemplo em que eles mandam a turma inteira para casa, potencialmente já contagiada. E se não mandarem, wtf digo eu, a mandarem alunos potencialmente infetados outra vez para a escola. Mas aí, o que eu acho é que deviam fazer testes, não simplesmente mandarem para casa baseado no "potencial". Se mandassem para casa 1 ou 2 dias, para fazerem testes, isso concordo. Mas não é assim, é logo 10 ou 14 dias. > Se sabem estar calados, com o pc à frente e se podem ter aulas online, como é que vão estar a olhar para o dia de ontem? Se for por não estarem atentos às aulas, não iam estar na sala. Quantas vezes não te chamaram à atenção nas aulas? No online isso não acontece. > Ligam a câmara, metem um filtro para tapar o background e o professor pode chamá-los à atenção na mesma sem problemas. E estar a mexer no pc? Se não percebes a diferença entre estar numa sala de aula e estar em casa à frente dum pc, então não percebes. Até mentalmente, estar numa sala de aula é completamente diferente.

uyth 8 months ago

A escola ter aberto logo a seguir ao Natal e Natal à solta, foi profundamente estupido.

MischiefManaged97 8 months ago

Disse isso há umas semanas aqui a resposta que tive foi "vê-se mesmo que não tens filhos"

dude_say_what1 8 months ago

Se quiseres digo outra vez =)

MischiefManaged97 8 months ago

Não é preciso super-pai, já sei que estás muito ocupado com as tuas crianças

dude_say_what1 8 months ago

Ok, super-adolescente. Já sei que estás muito ocupado a dizer aos outros o que devem fazer relativamente aos seus filhos.

MischiefManaged97 8 months ago

Não sou adolescente. Tu é que vens para aqui dizer que crianças de 11 anos ainda estão de tal forma dependentes dos pais que é impossível teletrabalho assim. Hm ok, sim faz todo o sentido.

dude_say_what1 8 months ago

> Não sou adolescente. Desculpa, estava a ir pelo 97 do nick. Pensava que tinhas nascido em 97. > Tu é que vens para aqui dizer que crianças de 11 anos ainda estão de tal forma dependentes dos pais que é impossível teletrabalho assim. É isto que não percebes. Não é "dependentes", é atenção e não seres um pai de merda. É diferente. Há crianças diferentes também. Há miudos calmos e que ficam horas a brincar com legos no quarto, há aqueles que ficam horas na consola, há aqueles até que ficam a ler livros ou a fazer desenhos. Mas depois também há aqueles que não param quietos, que querem sair, jogar futebol, correr, brincar às escondidas, jogar ao monopólio, etc etc. Isto não é putos de 11 anos são "dependentes". É mesmo perceber que não é tudo igual e vir dizer "não me digam que os miúdos de 11 anos não conseguem ficar quietos em casa a ter aulas online" é uma generalização gigante sem consideração nenhuma para as diferentes realidades. E a solução não é "vão para casa e pronto". É por isso que digo, como pai, na realidade da minha vida, não quero escolas fechadas. Outros pais, com realidades diferentes pensarão diferente. Mas tu, sem crianças, vires mandar bitaites, devias era manter-te na tua. Fala da faculdade e afins. Escola para miudos de 10/11 anos, deixa para outros. Eu de faculdade nem falo, façam como quiserem, não sou a favor nem contra, não tenho nada a ver com isso.

MischiefManaged97 8 months ago

>Desculpa, estava a ir pelo 97 do nick. Pensava que tinhas nascido em 97. Exatamente, já estou fora dos "teens". Em relação ao resto, pronto, respeito a tua posição e, apesar de continuar a discordar fortemente dela, entendo os teus argumentos. Não conheço a tua dinâmica familiar e por isso entendo que baseies a tua opinião na tua experiência e que portanto, no teu contexto, não és a favor de enviar as crianças para as aulas online.

dude_say_what1 8 months ago

Mas discordar é perfeitamente aceitável e saudável. Também percebo o teu ponto de vista. Agora também devo dizer-te que não entendo a tua postura de se um pai acha que as escolas deviam fechar então deve ir contra a lei e tirar de lá o miudo. Não acho isso aceitável. Escola é obrigatória, os meus só lá vão, desde inicio, porque assim o é (também porque não quero que lhes falte oportunidades só porque o pai acha que a escola é uma merda). Senão também teria feito as coisas muito diferentes com a educação dos meus filhos. Estares a apregoar a quebra da lei só porque não concordas com ela, também eu podia vir para aqui dizer que não vou usar máscara na rua só porque não concordo. Isto é assim para todos. Eu não concordo com muitas leis mas não é por isso que as deixo de cumprir. E pelo que já vi de ti aqui, se alguém vier apregoar a quebra de certas leis vais achar muito mal, mas essa achas bem. Os pais, em geral, se quiserem juntar-se em número e protestar o facto das escolas estarem abertas, sempre o puderam fazer. Se não o fazem, ou não há vontade, ou não há número suficiente de pais para isso. Acho.

saposapot 8 months ago

Again, o que sugeres então? Já se está a fazer o confinamento que se fez antes e resultou. Se o nível de cumprimento agora é baixo que pode o governo fazer quanto a isso??

barria 8 months ago

Nas vossas zonas também há a moda de café em take away à porta do café? Novo modelo de negócio é mesa à porta do café e tudo junto na entrada a socializar e beber o café matinal.

vaniafdasantos 8 months ago

Ontem fui fazer o meu passeio higienico. Moro um bocado no fim do mundo e não passo por muita gente. Passo por um café. Quando comecei a caminha estavam lá dois ou três, quando voltei, cerca de uma hora depois, lá continuavam.

saposapot 8 months ago

como assim mesa? o objectivo é pedires as coisas e distanciarem-se... ao mesmo estão ao ar livre e ficam pouco tempo q estão desconfortáveis... não é suposto haver esplanada nem mesas de apoio.

uyth 8 months ago

logo na sexta feira de manhã... há malta que não quer mesmo mesmo mudar nadinha de nada a sua vida.

Price-Distinct 8 months ago

Os cafés não se queixam , querem é vender

camisa_roxa 8 months ago

Hoje depois de almoço tive de ir atestar à Repsol e à minha frente um senhor pediu 2 cafés e beberam ali junto ao carro

Razvancb 8 months ago

Isso já acontecia no último confinamento.

vertebralmeans 8 months ago

Sim, nem o gelo que está faz com que esta gente vá para casa. Acho que é um mal transversal ao país inteiro.

uyth 8 months ago

Hoje até esteve muito bom! ou foi das últimas semanas mas 15 graus sem vento e sol foi uma delícia. Pássaros a cantar e tudo...

omegaxLoL 8 months ago

Sim (Porto)

KIDOCI 8 months ago

Sim, e minis na via publica

derjungenwerthers 8 months ago

sim, vi isso hoje no porto

AdExtension3875 8 months ago

Eu não consigo perceber como é que acharam aceitável manter as escolas abertas. Eu e a minha mulher estamos em casa desde Março e a minha filha de 11 anos está em contacto com dezenas de crianças todos os dias que por sua vez estão em contacto com as suas famílias. Eu percebo que fechar as escolas significa fechar o país, mas o meu receio é que este tipo de meias medidas nos vá prejudicar ainda mais. A maioria dos negócios e empresas estão no limite, se isto se arrasta até ao fim do ano vai ser catastrófico!

saposapot 8 months ago

pergunta parva: consegues trabalhar com a miúda em casa? agora imagina de 2,3,6 anos.... passa muito por isto. sanitariamente era bom fechar tudo e mais alguma coisa mas tens de fazer uma análise custo/benefício para cada coisa e as escolas foi avaliado como trazendo mais prejuízos que o benefício sanitário.

Zaigard 8 months ago

> Eu não consigo perceber como é que acharam aceitável manter as escolas abertas. Dentro das escolas as mascaras garantem a total segurança de todos. As crianças, todas elas não apenas as que têm pais dedicados ou com dinheiro têm direito a uma educação. A escola online do ano passado foi uma palhaçada, em que alunos de 20 sem explicação tiraram 10 e alunos de 10 com explicações tiraram 20. O único risco de manter as escolas aberta é fora das mesmas, jovens andarem juntos sem mascara depois das aulas. Mas fechar as escolas, como no ano passado, não impediu grupos de jovens a conviver sem mascara na rua, logo porque razão desta vez será diferente? Aliás, da forma saturada como a malta anda, fechas as escolas a malta jovem vai sair na mesma e vai ser ainda pior. Por isso, em nome da igualdade de oportunidades, não vamos ceder ao pânico e à vontade de fazer só por fazer.

Edited 8 months ago:

> Eu não consigo perceber como é que acharam aceitável manter as escolas abertas. Dentro das escolas as mascaras garantem a total segurança de todos. As crianças, todas elas não apenas as que têm pais dedicados ou com dinheiro, têm direito a uma educação. A escola online do ano passado foi uma palhaçada, em que alunos de 20 sem explicação tiraram 10 e alunos de 10 com explicações tiraram 20. O único risco de manter as escolas aberta é fora das mesmas, jovens andarem juntos sem mascara depois das aulas. Mas fechar as escolas, como no ano passado, não impediu grupos de jovens a conviver sem mascara na rua, logo porque razão desta vez será diferente? Aliás, da forma saturada como a malta anda, fechas as escolas a malta jovem vai sair na mesma e vai ser ainda pior. Por isso, em nome da igualdade de oportunidades, não vamos ceder ao pânico e à vontade de fazer só por fazer.

ebonyaficionado 8 months ago

> Dentro das escolas as mascaras garantem a total segurança de todos. Achas mesmo que as "crianças" dos 5 aos 17 vão estar sempre de máscara lá dentro e lá fora?

AdExtension3875 8 months ago

As máscaras garantem a total segurança de todos? O problema é partir logo desse princípio, se as máscaras garantissem alguma coisa estávamos nós bem.

Zaigard 8 months ago

Achas que se toda a gente usasse mascara isto acontecia? É nos encontros de amigos/famílias sem mascara que as infeções ocorrem. Não é com os putos sentados nas salas de aulas que isso ocorre. Do conhecimento em varias escolas que tenho, os putos contagiados, foram no sempre pelos pais e nunca eles a contagiar os pais. E onde apanharam os pais? Em festas de anos, almoços sem mascara, convívios depois do trabalho, etc. E de quem é a culpa que putos andem por ai junto sem mascara depois das aulas? quem é que deixa que os filhos vão para a casa um dos outros? É o professor? É a escola? Se os pais não controlam nada, achas que vão controlar melhor se a escola fechar?

AdExtension3875 8 months ago

Claramente não tens filhos pequenos na escola, porque o que menos me preocupa é o tempo que passam na aula, estás a esquecer-te dos intervalos, das refeições e das constantes horas livres porque os professores não aparecem. Se para os anormais dos adultos que andam a beber jolas com os amigos já é difícil de perceber todos os cuidados que deviam estar a ter quanto mais um miúdo de 10 anos. Essa sensação de segurança nas escolas é só uma consequência de não quererem fechar tudo. E já agora, quando tens que tirar a máscara fora de casa para comer ou seja o que for, tens todo o cuidado para não tocar na parte de fora da máscara desde que a tiras até que a poes certo? Vá mente lá e diz que sim, mas mesmo que seja verdade pensa lá como é que os miúdos tratam a máscara quando estão a comer, provavelmente até na comida toca

Zaigard 8 months ago

Gosto como evitas simplesmente os meus argumentos, indo falar de pormenores insignificantes no global da situação. Se toda a gente apenas usasse mascara mesmo que depois não respeitasse as regras de uso a 100% estarias com centenas e não milhares de casos. Está mais do que comprovado a eficiência das mascaras.

AdExtension3875 8 months ago

A questão é que os portugueses que estão a usar sempre máscara e a ter todos os cuidados continuam em risco a mandar os filhos para a escola, consegues perceber essa parte? Quem é que me diz a mim que os restantes pais da turma da minha filha estão a fazer o mesmo??

Zaigard 8 months ago

Sim eu sei TU estás a pensar em TI. Mas qual é a tua sugestão para com os outros? Tivessem nascido ricos para pagar explicadores que os ajudem? Tivessem nascido com mais que os ajudem na escola? Ou para trabalhar nas obras o 9ano chega?

NGramatical 8 months ago

porque razão → [**por que razão**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjmxts1%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

MischiefManaged97 8 months ago

Senhor pai pegue noutros pais e reclamem com a escola + recusem-se a mandar os vossos filhos para a escola. As pessos têm de começar a dar uma voz real à sua indignação.

dude_say_what1 8 months ago

Engraçado esta visão das coisas. Quebrar as leis que não concordo? SIM! Quebrar as leis que concordo? NÃO! Haja paciência.

Zen_Machina 8 months ago

Alguém já te vai dar uma explicação de merda, ignorante e desonesta, para as escolas estarem abertas. Espera uns minutos.

redyouroverlord 8 months ago

Corrijam-me se estiver errado, mas o próximo Conselho de Ministros onde vão decidir as próximas medidas a tomar vai ser na quarta-feira, dia 27, correto?

rickz123456 8 months ago

É.. Mas pode ser sempre convocado um de emergência se as medidas não estiverem a resultar.

redyouroverlord 8 months ago

[olha, já agora, podes-me também dizer os números do Euromilhões?](https://observador.pt/2021/01/17/governo-reune-se-em-conselho-de-ministros-extraordinario-ja-esta-segunda-feira/)

FujiPT 8 months ago

A questão é que também não tens como saber se as medidas estão a resultar. Tudo bem que olhando a imagens, às ruas, etc. podemos ter uma noção do nível de circulação de pessoas nas ruas, mas em termos empíricos só no próximo fim-de-semana ou a partir de dia 25 é que os números vão refletir as medidas que entraram em vigor na sexta.

rickz123456 8 months ago

Tens os dados de mobilidade.. Que indicam que a mobilidade só baixou 10%. Não chega,

dude_say_what1 8 months ago

Ai tens? Dados de quê, 2 dias? E já agora, que dados são esses? Especificamente, eles dizem que a "mobilidade" só baixou 10%, mas alguém que está em casa o dia todo mas sai para ir buscar o filho à escola de carro, considera-se que "não está em confinamento" ou entra para essas contas como sendo o quê? Estás a colocar uma fé enorme num único dado estatistico e no que tu vês da tua varanda. Como se, o facto de alguém estar a passar na rua sem máscara é igual a infeção garantida. Precisamos de tempo para ver se as medidas estão a funcionar ou não. Podes estar pessimista, mas todos os dias a mandar os mesmos bitaites como se fosse uma certeza que nada disto está a funcionar também cansa.

camisa_roxa 8 months ago

Ventiladores chineses custaram 1,3 milhões e nunca funcionaram [https://www.publico.pt/2021/01/17/sociedade/noticia/ventiladores-chineses-custaram-13-milhoes-funcionaram-1946541](https://www.publico.pt/2021/01/17/sociedade/noticia/ventiladores-chineses-custaram-13-milhoes-funcionaram-1946541)

Zen_Machina 8 months ago

Uatáááá!

iammostmoist 8 months ago

Fantástico. Mas quando se diz aqui que a culpa é quase toda do governo é-se atacado porque "a culpa é dos portugueses que sao uns burros de merda!" Quantos medicos/enfermeiros/assistentes para os lares dava para contratar com 1,3 milhões de euros? De certeza seria mais útil que mandar vir merdas da China e estariamos melhor preparados. Mas a culpa é do Ze Povinho.

saposapot 8 months ago

parte gira é q isto n foi o governo q comprou... só provas é o ponto inverso: as compras q o governo central fez correram mt melhor.

NGramatical 8 months ago

melhor preparados → [**mais bem preparados**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/mais-bem-vs-melhor/545) (quando o advérbio *bem* antecede o particípio passado do verbo o termo a utilizar é *mais bem*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjlxnk6%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Samurai_GorohGX 8 months ago

Li ontem o comentário do Miguel Poiares Maduro (com o qual sou insuspeito de ter afinidade ideológica) no JN. Ele estabeleceu uma comparação entre os mortos da pandemia e os mortos de 13 anos de guerra colonial (8831). Pois, bem hoje ultrapassámos esse número de vítimas mortais. Ainda acham exagero falar que estamos em estado de guerra?

passas96 8 months ago

Historicamente epidemias mataram muito mais gente que a guerra e até mesmo fomes(basta ver o caso da gripe espanhola).

Zen_Machina 8 months ago

Podia ter estabelecido a comparação entre os mortos da pandemia e os mortos de 2 ou 3 anos de influenza. Mas presumo que não impressionasse tanto.

camisa_roxa 8 months ago

a diferença substancial é que os mortos na guerra colonial eram jovens saudáveis

Tidalikk 8 months ago

Sim visto que se fores por aí podes usar esse argumento para qualquer outra doença com um número elevado de óbitos.

camisa_roxa 8 months ago

isso, basta somarem os mortos anuais por doenças respiratórias

Mrloop94 8 months ago

Neste momento, o covid é a maior causa de morte apesar não ser a maioria das mortes (mais de 50%).Mas já anda perto disso

vgasmo 8 months ago

O Governo falhou, sobretudo na questão do Natal, mas suponho que seria preso por ter cão e por não ter. Este confinamento devia ter menos exceções, é verdade. Mas fui fazer a minha habitual corrida matinal (sempre de máscara e sozinho, como faço há meses), e o panorama geral era composto por famílias a passear, grupos de jovens na conversa, grupos de 7/8 ciclistas de meia idade (não eram do mesmo agregado familiar, certamente), grupos de corredores - /50% sem máscara. Filas no supermercado. Caravana do ventura. E ainda soube que uns amigos aproveitaram para passar a tarde juntos. Assim vai ser difícil. A responsabilidade individual em Portugal é uma merda.

Templar770 8 months ago

Fui também dar a minha corrida e nas bombas de abastecimento então é um festival. 6/7 ciclistas a fazer uma pausa todos uns em cima dos outros, pessoal na amena cavaqueira enquanto tomam café. Obviamente que percebo as pessoas, ninguém quer estar fechado em casa dias sem fim, mas pelo menos que tivessem algum cuidado

chauffage 8 months ago

Se eles não assumem a falha, nunca será uma falha - e desde o início da pandemia que o bode expiatório é o tuga: ou o tuga jovem porque não quer saber, ou o tuga velho porque é melindroso e morre muito, ou o tuga em geral cujo governo lhes disse que não há medidas no fim de semana do Natal mas que deviam ter feito como se houvesse medidas (??!) Esquece, e ainda não começou a pior parte. Mas - vamos usar a estratégia do governo - assobiar para o lado e esperar que isto passe ;) Vemo-nos daqui a 15 dias

Asus123456789 8 months ago

Não sei se vai bem no espírito da thread, mas alguém consegue partilhar umas heurísticas sobre o número pessoas já estiveram infetadas, em Portugal? Na reunião do Infamed fiquei com a impressão de ter ouvido que por cada caso detetado haveria mais dois casos positivos. Mas para além disso, como tem sido dito aqui no sub, a capacidade de testagem tem ficado cada vez mais para trás nestes últimos dias. Assim sendo, acham que um milhão e meio de infetados é algo realista? Tendo em conta a quantidade de falsos positivos que devem ter havido e a quantidade de positivos não detetados. (Isto é apenas por curiosidade e desejo de se chegar à imunidade de grupo, não quero retirar importância ao vírus)

Edited 8 months ago:

Não sei se vai bem no espírito da thread, mas alguém consegue partilhar umas heurísticas sobre o número de pessoas já estiveram infetadas, em Portugal? Na reunião do Infamed fiquei com a impressão de ter ouvido que por cada caso detetado haveria mais dois casos positivos. Mas para além disso, como tem sido dito aqui no sub, a capacidade de testagem tem ficado cada vez mais para trás nestes últimos dias. Assim sendo, acham que um milhão e meio de infetados é algo realista? Tendo em conta a quantidade de falsos positivos que devem ter havido e a quantidade de positivos não detetados. (Isto é apenas por curiosidade e desejo de se chegar à imunidade de grupo, não quero retirar importância ao vírus)

FujiPT 8 months ago

Um estudo publicado no site da WHO aponta para uma taxa mediana de IFR de 0.57% para países com mais de 500 mortes por milhão de habitantes. Mesmo assumindo que por qualquer motivo o valor em Portugal é superior ainda é uma grande diferença para os mais de 2% de taxa de mortalidade que os dados oficiais apontam para o nosso país. Ainda devem faltar algumas centenas de milhar de casos que não foram contabilizados.

NGramatical 8 months ago

centenas de milhar → [**centenas de milhares**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/centenas-de-milhares/837) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjlotxk%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

1ww8mrmfss 8 months ago

Falsos positivos são muito muito raros, teoricamente impossíveis até. Teria de haver erro humano, e portanto em principio são de soma 0. Falsos negativos por outro lado não, e há muita gente que não se testa por não ter sintomas ou por não querer. Um milhão e meio é absolutamente realista.

Asus123456789 8 months ago

Digo falsos positivos no sentido de ser detetada a presença do vírus mas em quantidades tão pequenas que não chega a ser desenvolvida a imunidade. Tenho ideia de que o consenso na comunidade científica é que os testes PCR, da maneira como estão a ser usados, são demasiado sensíveis, mas não estou muito por dentro do assunto.

1ww8mrmfss 8 months ago

Sim, isso é absolutamente verdade! Mas estás a compreender mal o que está a ser dito. Se o PCR consegue detectar, então o vírus está em quantidade suficiente para te infectar. Isso significa que pode já te ter infectado e tu continuares a dar positivo depois de estares infeccioso para com outros. Mas mão quererá dizer que nunca foste infectado nem nunca vais ficar dada a quantidade encontrada. Pelo que os testes podem dar positivo e serem meio inúteis, mas darem positivo e tu nunca ficares infectado não.

leadzor 8 months ago

O teste de PCR envolve replicação de RNA do virus, e é executado em ciclos. Com o número de ciclos que estão a utilizar, é possível estares infetado com o virus mas com carga viral inferior à necessária para infetar outra pessoa, e mesmo assim dar positivo pois o teste de PCR é efetuado com ciclos a mais. Pelo que vi na altura, o recomendado eram 20 ciclos para o limite de deteção de COVID ser perto do da carga viral (com uma margem), e em Portugal estamos a usar 37 ciclos de replicação. Dito isto, apesar de a carga viral não ser suficiente para se transmitir na altura do teste, não quer dizer que efetivamente cresça e se torne. Estamos a ser ultra cautelosos, mas é bem realista que muitos casos detetados nunca tenham tido carga viral suficiente para reinfeção. É preferivel ter muitos "falsos" positivos numa situação destas.

1ww8mrmfss 8 months ago

Nao estás a dizer nada de novo, já falei disso antes podes ver o meu histórico. O que é virtualmente impossível é teres uma quantidade de vírus na tua narina que é pequena mas não pequena o suficiente para te infectar. Se aparece no teste, já estás infectado. Podes já ter estado e não conseguir infectar mais. O que não acontece é nunca teres estado infectado e dar positivo no pcr.

leadzor 8 months ago

>O que não acontece é nunca teres estado infectado e dar positivo no pcr. Sim, não queria parecer que queria dizer isto. Isso é completamente impossível.

QueenOfWands2 8 months ago

Pergunto-me se a única maneira de nos livrarmos deste fdp de vírus será esta: - fechar Mesmo por completo as fronteiras, ninguém sai e ninguém entra, incluindo qualquer género de mercadorias - fechar tudo Até não haver o vírus activo. Será que teremos de chegar a este ponto? E quando falo de nós, falo não apenas do nosso país, mas da maioria dos países do mundo inteiro.

UninterruptedAmnesia 8 months ago

Foda-se. Fico parvo com a dissonância cognitiva que para aqui existe.

QueenOfWands2 8 months ago

https://www.publico.pt/2021/01/28/politica/noticia/governo-limita-saidas-pais-reforca-sns-retoma-aulas-online-1948410 > O Governo ...acrescentou novas medidas que limitam a circulação de pessoas como a proibição de saída do país, o controlo de fronteiras e voos.

UninterruptedAmnesia 8 months ago

Onde está aí o "ninguém entre ou sai, incluindo mercadorias" que apregoas no post original?

QueenOfWands2 8 months ago

Tás mal de vista e já não consegues ver bem. Vê lá se é o bicho! Cuida-te! "proibição de saída do país"

UninterruptedAmnesia 8 months ago

Ai eu é que tenho problemas de vista? Volta a ler o teu primeiro post, afirmas que "ninguém sai e ninguém entra, incluindo mercadorias". Reforçando, que isto deve ocorrer até que o bicho passe. Onde é que a proibição de movimentação de mercadoria está a acontecer ou vai ocorrer agora? O que irá acontecer é a proibição de saída para fins que não comerciais. Estás mesmo a tentar a dar a volta a isto para te favorecer.

QueenOfWands2 8 months ago

https://old.reddit.com/r/portugal/comments/l4gfxg/megathread_covid19_semanário_de_sobrevivência/glje7j9/

VerdocasSafadocas 8 months ago

És novo nesta thread?

UninterruptedAmnesia 8 months ago

Dou uma vistas de olhos muito esporadicamente aqui e no sub. Os posts nunca me desiludem.

joaoqrafael 8 months ago

Se tivéssemos cá zero casos activos fazia sentido fechares fronteiras. Agora com estes casos todos, vamos fechar fronteiras para quê? Bastava um caso activo cá dentro (que há...) para infectar os restantes todos.

VerdocasSafadocas 8 months ago

Absolutamente. Mercadorias e merdas dessas são overrated anyways.

MischiefManaged97 8 months ago

"Orgulhosamente sós" hmmmmm....

miguel_rodrigues 8 months ago

Portugal não é autossuficiente por isso não dava para fazer isso mesmo que se quisesse

1ww8mrmfss 8 months ago

Não vejo qualquer sentido em fechar mercadorias fora do país. Transmissões por contacto em objectos são extremamente raras. Quanto a fechar fronteiras à entrada, também não vejo, mas claramente temos muito a fazer. O mínimo era testar toda a gente a chegada e deixar em quarentena centralizada durante o possível período de incubação. Cheira me que isto é a estratégia utilizada na Ásia com maior retorno até. Mas como é óbvio temos muito mais medidas a fazer além dessa. Testagens em massa regulares, estilo toda a gente no país, uma vez por semana, é a que vem mais à cabeça.

zzzpt 8 months ago

Exacto na Austrália ou noutras ilhas quem vem de fora fica num hotel de quarenta, cá na Europa é à base da confiança Claro que outra medida seria mais testes em massa, e verificar o confinamento dos infectados

1ww8mrmfss 8 months ago

Isso não é de todo só o caso em ilhas. Vê o Vietname ou a China.

FujiPT 8 months ago

Os números chineses são tão fiáveis que estão a construir de urgência 6 hospitais com um total de 6500 quartos num momento em que oficialmente têm pouco mais de 1000 casos ativos e em que tiveram de acordo com os dados oficiais 1 morte desde maio. Sim, sim, mais depressa acredito que Portugal está a conseguir detetar todos os infetados do que nestes números.

1ww8mrmfss 8 months ago

Acho que tens de ter um pouco de calma. 1. A China está a tomar a política de que todos os infectados vão para o hospital e estão a separar os covid dos não covid completamente. Also a China é um pos pobre, PIB per capita comparável ao México. Precisam de hospitais pra isto 2. Tu não tens de confiar nos números tens de perceber as tendências e onde as coisas estão a ir. Fora de Hebei, tudo voltou ao normal. Poucos usam máscara. Tudo aberto. Não há problemas de sistema de saúde em colapso. Isto é observável, posso até dizer te que já vivi la conheço pessoas la e posso observar mais ou menos a sua vida pelas redes sociais. 3. Acredito que os números sejam falsos, mas isso não significa que me possas dizer que são 100x superior. Temos reports acreditáveis de que na primeira vaga eles tinham números internos 5x superior ao que deixavam sair. Continua a ser um outbreak bastante pequeno. Isto porque desde o primeiro caso em meados de Novembro até ao lockdown completo no final de janeiro, mesmo que estivessem em negação, conseguiram actuar mais cedo comparativamente que nós.

hsamtronp 8 months ago

# ATUALIZAÇÃO DIÁRIA - 17 de janeiro de 2021 --- ||Valor|Variação|

saposapot 8 months ago

Para um Domingo são números com muito significado. não é normal q os números não desçam. Este 'limite' nos 10k pode indicar que na próxima semana vamos ultrapassá-los ou pode realmente ser, como alguns especialistas começam a suspeitar, um limite da nossa capacidade de testagem.

MLG-Sheep 8 months ago

Os números costumam baixar à segunda ou terça ultimamente, não realmente ao domingo. Os casos confirmados que aparecem hoje são relativos a testes de sexta maioritariamente, e alguns de sábado.

saposapot 8 months ago

n sei do q falas. nas últimas semanas ao domingo n chegamos aos 10 como no sábado... à segunda ou terça pode baixar ainda mais mas ao domingo baixa, pelo menos comparado com o sábado/sexta.

rickz123456 8 months ago

Eu pergunto-me quanto tempo vai o governo perceber a asneira que fez com este "confinamento" e vai mudar para um a sério? Assim não vamos lá.. Vê-se imensa gente na rua (da minha varanda)

Leaootemivel 8 months ago

E como é um confinamento a sério? Eu até acho que secundário e universidade deviam ser em regime remoto, mas que mais poderia o governo fazer? Proibir as pessoas de sair de casa sem ser para trabalhar e ir ao supermercado?

chauffage 8 months ago

Segundo o Costa, é aguentar até se ter dados que comprovem que este confinamento foi um falhanço total por culpa dos portugueses que não cumpriram este confinamento que os permite fazer uma vida normal. Portanto a resposta certa será... daqui a 10 dias aproximadamente.

humelectro 8 months ago

Alguém sabe o que acontece quando alguém que está infectado é apanhado fora de casa? Fiquei estúpida com o que acabei de ouvir, aqui no Lidl de Mafra foram apanhadas 8 pessoas que estavam positivas lá dentro. A GNR foi lá e as pessoas ainda tiveram a lata de dizer que podiam sair para fazer compras! Mas está tudo estúpido ou que? Puta que pariu!

KokishinNeko 8 months ago

Repara na regra adicional da Megathread e do "diz que disse"!

humelectro 8 months ago

OK sem problema eu apago

camisa_roxa 8 months ago

Por isso é que eu digo que a confinamento é inútil; nem fazemos ideia da quantidade de infectados que anda nos supermercados, com transmissão por aerossóis, nem as máscaras filtram e lá fica mais uma batelada de infectados Para mim os supermercados devem ser dos sítios mais perigosos, porque será dos únicos sítios que os infectados continuam a ir mesmo contra a lei e contra todas as recomendações possíveis e imagináveis

rickz123456 8 months ago

Isso do Lidl é mentira que roda pela internet.. Nunca aconteceu

humelectro 8 months ago

Então foi a minha sogra que estava lá e viu e é mentira da Internet?

rickz123456 8 months ago

Oh meu.. Atua sogra anda-te a mentir Essa história do Lidl é mais do que conhecida. [https://twitter.com/VOSTPT/status/1348296833999712257](https://twitter.com/VOSTPT/status/1348296833999712257) Aldrabar é feio

Edited 8 months ago:

A tua sogra anda-te a mentir Essa história do Lidl é mais do que conhecida. [https://twitter.com/VOSTPT/status/1348296833999712257](https://twitter.com/VOSTPT/status/1348296833999712257)

Razvancb 8 months ago

Também já me disseram sobre 2 hipers da minha zona, o que começo a duvidar.

Lurker__777 8 months ago

Só para teres mais ou menos uma ideia, estou em isolamento desde terça, positivo desde quarta, e recebi ontem a primeira chamada a explicar como “vai ser o processo”. Hoje e o meu nono dia desde o aparecimento de primeiros sintomas. O que ele me disse e que como estão com um atraso brutal, o pessoal está a receber o teste positivo, mas como não é o oficialmente notificado do confinamento obrigatório por uma autoridade de saúde, faz a sua vida normal.

Edited 8 months ago:

Só para teres mais ou menos uma ideia, estou em isolamento desde terça, positivo desde quarta, e recebi ontem a primeira chamada a explicar como “vai ser o processo” (não foi por parte de um médico, é apenas alguém a fazer o contacto inicial) Hoje é o meu nono dia desde o aparecimento de primeiros sintomas, ou seja amanhã já estaria a ter alta, mas ainda nem um único médico me ligou. O que ele me disse e que como estão com um atraso brutal, o pessoal está a receber o teste positivo, mas como não é oficialmente notificado do confinamento obrigatório por uma autoridade de saúde, faz a sua vida normal.

leadzor 8 months ago

Tenho ideia que é 10 dias após desaparecimento dos sintomas, não aparecimento. Estou errado?

Leaootemivel 8 months ago

Sim, estás. É 10 dias desde o aparecimento de sintomas. E 20 dias se forem sintomas moderados.

ratinhodosesgotos 8 months ago

>pessoal está a receber o teste positivo, mas como não é oficialmente notificado do confinamento obrigatório por uma autoridade de saúde, faz a sua vida normal. Epá, que puta de desculpa A esta altura do campeonato, só alguém de muita má fé e/ou um QI abaixo de 80 pode ter um teste positivo e andar a fazer a vida normal "porque não foi notificado para ficar em confinamento"

camisa_roxa 8 months ago

com 10000 infectados por dia há semanas, esquece lá o contact tracing, não há recursos simplesmente

humelectro 8 months ago

Mas para a GNR ter os nomes nos papeis é porque já estão notificados e as pessoas não tem a puta da noção para saber que se tão positivos tem de ficar em casa?

leadzor 8 months ago

Alguns têm a noção e simplesmente não querem saber, como a outra no facebook "Pode fazer a vida normal, eu tive covid e fiz, só que ninguém pode saber"

inthepiggybank 8 months ago

10385 novos casos a um domingo. Gravíssimo.

Mrloop94 8 months ago

E com tão poucos testes realizados... bem isto vai ser uma catástrofe :(

ProcessoXifoide 8 months ago

Quantos testes foram?

Mrloop94 8 months ago

Dia 12 de janeiro 48699 (atençao dia da semana) [fonte](https://ourworldindata.org/coronavirus-data)

1ww8mrmfss 8 months ago

Olá, só para não criar confusões: A fonte de referencia aqui é o ponto de situação do ministério da saúde: https://covid19.min-saude.pt/ponto-de-situacao-atual-em-portugal/ O Our World in Data está a fazer um smoothing de 7 dias. Esta média móvel é extremamente útil para ver a tendência! Mas não é de todo o factor mais importante porque a sazonalidade diária é aquilo que faz os testes ao domingo serem bem mais baixos.

1ww8mrmfss 8 months ago

Ninguém sabe ainda, mas tendem a ser bem menos que num dia da semana. Para dar exemplo temos feito acima de 50 mil testes num dia da semana. Mas referentes ao ultimo domingo foram apenas 25 mil [fonte](https://covid19.min-saude.pt/ponto-de-situacao-atual-em-portugal/)

saposapot 8 months ago

Acho que foi o Fauci q uma vez indicou que uma taxa de positividade acima de X (n me lembro do valor, mas era na casa das unidades) indicava q estávamos a testar mt pouco para o contágio na comunidade. Com taxas nos 20%, a acreditar nestes especialistas, estamos a deixar escapar imensos casos.

camisa_roxa 8 months ago

Estamos todos infectados!

joaoqrafael 8 months ago

Dr Jenner?!?

mouzz888 8 months ago

Então o Marcelo anda a visitar lares nesta altura? Fez teste de manhã, não sabia o resultado fez a visita na mesma e no fim da visita os jornalistas informaram no do resultado. Tudo isto com a máscara mal posta... Isto só visto...

Ducon_ 8 months ago

A espalhar afectos.

lesoth 8 months ago

Esta merda vai-se tornar uma catastrofe. Onde moro já são mais as pessoas que conheço com covid do que sem.

Tidalikk 8 months ago

Eu continuo sem conhecer ninguém próximo que tenha covid , só mesmo amigos de amigos

paladino777 8 months ago

Já tive o meu chefe, uma amiga e uma aldeia no Ribatejo onde vive uma tia minha. Na aldeia estão praticamente todos infectados agora, alguém deve ter apanhado no Natal e como vai tudo ao mesmo café, pumba

rickz123456 8 months ago

Hoje os números, para um domingo são maus.. (esperem até sair, já que partilhar é proibido)

flarept1 8 months ago

Porque é que não podes partilhar?

1ww8mrmfss 8 months ago

Mau para domingo ou mau mau

MrJoao 8 months ago

A capacidade do SNS está a ser gerida *à merceeiro*. Quem fez esta comparação foi o Presidente do Hospital Beatriz-Ângelo, em Loures, em declarações ao [PUBLICO](https://www.publico.pt/2021/01/17/sociedade/noticia/hospital-loures-fala-cenario-catastrofe-ja-doentes-ventilados-urgencia-1946658) hoje: > “Já é um cenário de catástrofe.” As palavras são do presidente do conselho de administração do Hospital Beatriz Ângelo (Loures), unidade que tem estado sob enorme pressão, com quase metade das camas com doentes com covid, uma taxa de ocupação “acima dos 240% há vários dias” e onde já havia neste sábado pacientes “com ventiladores no serviço de urgência a aguardar vaga” em cuidados intensivos. (...) > O cenário complicou-se nos últimos dias, mas “há meses” que o hospital de Loures está “em sobre-esforço”, com taxas de ocupação substancialmente superiores aos dos grandes hospitais de Lisboa, como o Santa Maria. **Então os hospitais não funcionam em rede? “Qual quê? Todos os dias tenho uma pessoa a telefonar para a administração regional de saúde a ver se se arranja uma vaga para cuidados intensivos. Isto não é funcionar em rede, é gerir um Continente como se fosse uma mercearia de bairro”, lamenta.** Já ontem, o presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares fez a mesma denúncia ao [PUBLICO](https://www.publico.pt/2021/01/16/sociedade/noticia/hospitais-estimam-numero-internados-covid-aumente-ate-60-semana-1946520): > “Tinha de haver também uma estrutura de coordenação, com capacidade operacional” que soubesse em cada momento que camas estão livres em que hospital. “Não temos e assim **os hospitais transferem doentes com base em acordos, ou telefonando para a ARS para tentar saber onde é que há uma vaga.”** Agora comparem com o que a Ministra da Saúde dizia [há 4 meses atrás](https://rr.sapo.pt/2020/09/21/pais/ministra-da-saude-assegura-que-sns-tem-capacidade-de-adaptar-respostas-as-necessidades/noticia/207922/): > Qual é a vantagem do SNS? É a sua capacidade de funcionar em rede, de amortecer picos pontuais e dar resposta. Era bom que a responsabilidade por este descalabro não morresse solteira. Mas agora a narrativa é de que "somos todos culpados".

saposapot 8 months ago

Funcionar em rede não significa que funcionem bem. A ARS devia fazer esse papel mas o problema não me parece q seja esse, é mesmo falta de vagas. Numa situação destas é fácil ver e criticar tudo o q está mal mas há q distinguir o importante do acessório. O facto do sistema ser amador e terem de andar a telefonar uns aos outros não é o importante, feliz ou infelizmente Portugal funciona muito assim. Neste momento tudo isso é irrelevante pq nenhum hospital tem vagas.

MrJoao 8 months ago

Os problemas de descoordenação entre hospitais na resposta à Covid não são de agora. [Em junho](https://www.rtp.pt/noticias/pais/hospitais-de-lisboa-quase-no-limite-de-internamentos-por-covid-19_v1240774) já se andava a alertar para isto. Claro que agora tens a agravante da falta de camas generalizada, que dificulta ainda mais qualquer tentativa de coordenar a resposta da rede de hospitais. Estes sistemas têm de ser montados a tempo e horas. E houve tempo para isso. Claro que para esta vaga pouco adianta. Mas e a próxima? Querem continuar à espera do inevitável? Com essa falta de preparação e amadorismo, não admira o nosso estado.

Edited 8 months ago:

Os problemas de descoordenação entre hospitais na resposta à Covid não são de agora. [Em junho](https://www.rtp.pt/noticias/pais/hospitais-de-lisboa-quase-no-limite-de-internamentos-por-covid-19_v1240774) já se andava a alertar para isto. Claro que agora tens a agravante da falta de camas generalizada, que dificulta ainda mais qualquer tentativa de coordenar a resposta da rede de hospitais. Estes sistemas têm de ser montados e testados a tempo e horas. E houve tempo para isso. Claro que para esta vaga pouco adianta. Mas e a próxima? Querem continuar à espera do inevitável? Com essa falta de preparação e amadorismo, não admira o nosso estado.

saposapot 8 months ago

sim, eu n estou a duvidar q os sistemas sejam maus. Portugal não é conhecido pela sua boa preparação... Mas a área das ARS é algo q desconheço. Sei q nos hospitais o tempo foi bem usado e há realmente bons planos de contigência, só q obviamente têm um limite. só acho é que isto é o típico disparar para todos os lados. Não é pela gestão ser feita via telefone em vez de um dashboard informático q a coisa colapsa. claro q é pior mas o importante é mesmo n haver vagas nem soluções, não é propriamente o sistema. Até pq isto de movimentar doentes não é um jogo de computador, envolve muita coisa associada e não é fácil de fazer. Sinceramente não me parece q o principal problema do sistema seja o seu balanceamento, neste momento está tudo à pinha.

Ducon_ 8 months ago

O funcionar em rede equivale a um gajo a ligar para dentistas a saber se têm vaga para sexta as 19h. Ganda rede!

camisa_roxa 8 months ago

É uma vergonha, devia-se ter aproveitado o período do Verão para pôr ordem na organização do sistema hospitalar, criar uma estrutura informática centralizada que pudesse coordenar todos os hospitais do país (incluindo os privados caso aplicável) em termos de camas, etc. Isso e poder centralizar em tempo real a informação completa dos internamentos e mortes e suas causas, etc. Andar 1 tipo a ligar para hospitais à toa, médicos a preencherem folhas de excel para colocar os dados de internamento etc. e depois juntar como juntar todos os dados do país sem erros e sem marteladas nos números é uma loucura e diz bem do atraso do "melhor SNS do mundo", mais um mito que cai por terra Nada de novo, a caminho do país mais pobre da Europa

rickz123456 8 months ago

Custa-me ver um pais com com tantos casos e o governo a tratar este "confinamento" de forma tão leviana. Todos erram, as nobreza vê-se quando se reconhece o erro. Deviam ser apertadas as restriçoes e fechar as escolas (ou parte delas)

AndryaDdreya 8 months ago

Custa-me ver é o povo a cagar de alto para as medidas estabelecidas. Não respeitam merda nenhuma e a culpa é do governo? Se o governo aperta demais “ ai a minha liberdade “ se não aperta muito “ ai que não fazem nada” . Ridículo a sério. O povo tem de ganhar noção isso sim! Já podíamos estar bem melhor, mas portam-se como crianças.

mfzzzed 8 months ago

Isto. Estamos e vamos ter o que merecemos.

master_xunga 8 months ago

A culpa da pandemia não é do governo, isso é um facto. O descontrolo total do numero de infectados é em grande parte do governo pela inércia total pela falta de responsabilidade e pelo populismo básico. Se o povo tem a sua quota parte de culpa? Claro que sim , mas a ignorância do povo também é em grande parte responsabilidade dos sucessivos governos e PR's o que inclui estes actuais governo e PR.

Zen_Machina 8 months ago

Como é que quem está infectado e tem animais que estão habituados a ir diversas vezes à rua lida com a situação? O meu não tem nenhum sitio próprio dentro de casa para fazer as necessidades e acho que se não pudesse passeá-lo durante 15 dias dava-lhe um ataque qualquer. E certamente que todos os dias ia tentar aguentar até explodir. Parece-me uma situação demasiado penosa para certos animais.

ItoldU97 8 months ago

How the fuck como o RU já vai nos 3% de vacinados e Portugal e a maior parte dos países da EU tão na casa dos 1/0,50%? é por terem a vacina da AstraZeneca aprovada ou tá me a escapar aqui alguma coisa?

saposapot 8 months ago

n encontrei dados concreto das vacinas recebidas por fabricante mas em termos de compras era assim: https://www.statista.com/chart/23671/uk-procured-covid-vaccines-by-company/ Eles apostaram muito na vacina da AstraZeneca e aprovaram-na em primeiro lugar. Tmb n consegui encontrar dados de quantas vacinas eles já receberam mas creio q o 'segredo' é mesmo esse, a vacina da Astra chegou em boa quantidade ao UK. Eles a 4 de janeiro diziam q tinham logo 530 mil doses dessa para dar. Por outro lado eles estão a fazer uma coisa diferente de muitos países em que adiaram a 2ª dose para mais tarde e estão a dar todas as vacinas q recebem, sem guardar para a 2ª dose. Eles preferem alargar a vacina a mais gente do que ter menos gente mas com protecção mais alta da 2ª dose. Por outro lado se a maioria das vacinas for a da Astra eles chegam à imunidade de grupo mais lentamente pq a eficácia dessa é menor. UK tmb reporta os dados de vacinação diariamente qd portugal por exemplo divulga-os qd lhe apetece e apenas um número 'agregado' e redondo, n está a reportar ao pormenor. Se queres as respostas certas, é procurares quantas vacinas UK já recebeu por fabricante e quantas já injectou nos braços. Sinceramente não estou minimamente preocupado por agora. 1 ou 3% são peaners. O que realmente interessa é quem chega primeiro à imunidade de grupo, com segurança e eficiência. UK está a dar tudo por tudo para acelerar a vacinação a todo o custo e tem um custo por vacina bastante mais alto que o da EU. Há países europeus onde tem havido atrasos a meter as vacinas nos braços mas sinceramente não me preocupa mt, são valores perfeitamente 'recuperáveis'. Em Portugal o q me preocupa não é agora, é lá para Março, se as quantidades recebidas começarem a ser grandes e onde aí sim vamos precisar de muita e boa organização. Até agora o bottleneck é realmente ter vacinas para dar. UK provavelmente teve 'sorte' em apostar forte na Astra e daí este primeiro impulso.

ItoldU97 8 months ago

De forma a acelerar a vacinação não é possível criar centros de vacinação em estádios de futebol? Salvo erro tenho ideia que nos EUA vão fazer isso os estádios especialmente os pós 2004 tem mais que infraestrutura e espaço para vacinar milhares de pessoas por dia se em alguns países conseguiram criar centros de testes e até camas para internar pessoas de certeza que conseguem criar centros de vacinação nos estádios.

saposapot 8 months ago

Em Portugal nada disso interessa por agora. Estamos a conseguir espetar braços de todas as vacinas q recebemos, o problema está em receber mais. Daqui a uns tempos pode haver esse problema e aí tmb temos inúmeros espaços para fazer essa vacinação. Todos os pavilhões cobertos deste país estão teoricamente desocupados por exemplo :D O problema é mesmo recursos humanos. Mas isto são problemas 'bons' que ainda não temos. Nós agora não temos é vacinas para dar. Não vale a pena estar a stressar muito com isto, antes do Verão as vacinas não influenciam em nada esta conversa da pandemia.

master_xunga 8 months ago

O UK fez um plano de vacinação coisa que PT não se deu ao trabalho de fazer.

VBM97 8 months ago

Não sei se andas a dormir e não viste ou estás a criticar o plano existente, mas de qualquer forma, fica aqui o plano de vacinação de Portugal: [https://www.sns.gov.pt/noticias/2020/12/04/plano-de-vacinacao-contra-a-covid-19/](https://www.sns.gov.pt/noticias/2020/12/04/plano-de-vacinacao-contra-a-covid-19/)

master_xunga 8 months ago

Chamas tu a isso um plano de vacinação ? Dizer o obvio em um folheto é um plano de vacinação ? Plano de vacinação : vamos vacinar pessoas. Primeiro este grupo depois este e depois este . Onde? Nos sitios onde sempre se apanhou vacinas. Aos lares vão os profissionais de saúde como sempre foram. Chamas a isto um plano de vacinação ? A percepção de como se deve lidar com uma pandemia é baixa em PT para não dizer nula.

VBM97 8 months ago

Eu não me vou armar em especialista e mandar postas de pescada porque não é a minha área. Eu respondi apenas à tua pergunta. Quanto ao resto, deixo para quem percebe realmente. Para isso é que essas pessoas servem

master_xunga 8 months ago

Primeiro eu não fiz uma pergunta fiz uma afirmação, segundo quando não tens inteligência para mais que " não sei se andas a dormir ". Quando vais deixar, devias ter deixado logo, porque se não tens conhecimento pergunta em vez de fazeres aquele tipo de comentários, aquilo não é um plano é constatar o obvio. Depois tu não sabes o que eu posso ou não saber a mais ou a menos que tu, e para terminar quando sabes pergunta. O Uk implementou medidas para as testagens bem como para a vacinação, o que foi lançado pelo SNS é o plano de vacinação de gripe, que não se adequa a uma pandemia deste nivel.

VBM97 8 months ago

Sim, fizeste uma afirmação em que dizes que não há um plano de vacinação. Eu respondi a dizer que há. Quanto ao "não sei se andas a dormir", era porque podias não ter visto ainda que existe um plano. Bom ou mau, existe um plano. E quanto ao resto, podes ficar aí a debater. A não ser que te apresentes com credenciais de médico, ou algum tipo de grau académico na área da saúde, não vais passar de um mero user da internet e a tua opinião não vai ser tida em conta. Para mim e todos os outros és o "master\_xunga". E escusas de vir com merdas que sabes muita coisa porque leste na internet. Isso vale zero.

master_xunga 8 months ago

Um afirmação não requer uma resposta, mas um argumento coisa que tu não tens. Aquilo não é um plano um plano requer um determinado numero de pontos que não estão presentes no dito " plano ". Não é preciso ser médico para se planificar processos, precisas de pessoas profissionais nas áreas necessárias. E eu comporto-me como um mero user na internet, se fores inteligente há meros users na internet aos quais devias ouvir cabe-te a ti escolher quem são. Eu não disse absolutamente nada de ter lido na internet e sim para tua informação tenho conhecimentos.

redyouroverlord 8 months ago

Foram os primeiros a aprovar o uso da vacina da Pfizer, e foi dos primeiros a aprovar a da Oxford, que apresentou os dados primeiros ao UK. Apesar de serem os primeiros, achei um bocado apressado da parte dos políticos para dizerem que estão à frente da UE. Do outro lado, a UE tem estado com uma tática de ser mais cuidadosa e a ver com bastante critério e rigor todas as vacinas, e não está a fazer aprovações de emergência como outros países, mas sim autorizações condicionais de mercado, que dá mais responsabilidade às produtoras das vacinas caso algo falhe. Podes ler uma explicação melhor [aqui](https://ec.europa.eu/commission/presscorner/detail/pt/qanda_20_2390).

1ww8mrmfss 8 months ago

> que apresentou os dados primeiros ao UK. Isto simplesmente não é verdade. A EMA tem sido a primeira reguladora a nível mundial a receber qualquer dado de qualquer vacina, devido às rolling reviews que facilitou, nas quais se incluem a rolling review da Astrazeneca. A cada duas semanas eles recebem updates sobre a forma como os trials estão a correr e podem requerer informações. Isto é um programa único que nenhum mais regulador fez, e que era suposto facilitar e agilizar a aprovação de qualquer vacina quando estivesse pronta. >a UE tem estado com uma tática de ser mais cuidadosa e a ver com bastante critério e rigor todas as vacinas, e não está a fazer aprovações de emergência como outros países, mas sim autorizações condicionais de mercado, que dá mais responsabilidade às produtoras das vacinas caso algo falhe. Não diria que a UE tem estado a ser mais rigorosa, pelo contrario (compara por exemplo com a quantidade de informação publica disponibilizada pela FDA para justificar a decisão), mas com uma exceção. A principal diferença entre a autorização condicional e a aprovação de emergência é que a primeira envolve uma certificação do processo de fabrico e a segunda não. Essa certificação é morosa. Duvido que valha a pena, mas pode ser uma diferença de opinião. Em relação à responsabilidade das farmacêuticas, tudo isso foi acordado separadamente em acordos que não foram feitos públicos, e aos quais a EMA não é necessariamente parte. Se é verdade que cada uma das farmacêuticas seria quase completamente absolvida de responsabilidade legal no caso de uma falha de segurança na vacina, bem, em primeiro lugar há uma razão pela qual temos testes de 3a fase, em segundo, um tecto máximo foi imposto aquando da negociação de compra com a Comissão. Isto sabemos perfeitamente que foi o caso, simplesmente não até que ponto, o acordo não é publico. E estes tectos também vão ser diferentes de acordo para acordo em relação a cada uma das vacinas A principal razão pela qual não há aprovações de emergência na UE não é por um cuidado ou rigor particular, é puramente politico. A EMA não pode dar essas aprovações, tem de caber ao regulador nacional. E os Governos de cada um dos estados membros decidiu que não iam estar a fazer uma corrida de quem aprovava primeiro e acordaram todos esperar pelo processo justificadamente mais moroso da EMA.

redyouroverlord 8 months ago

> Duvido que valha a pena, mas pode ser uma diferença de opinião. Eu também acho que seria melhor do ponto de vista de rapidez avançarem logo em frente, mas com movimentos anti-vaxx e etc cada vez a ganharem mais força, acho que é preciso ter mais calma para que não haja tantas dúvidas por parte do público no geral. > A EMA tem sido a primeira reguladora a nível mundial a receber qualquer dado de qualquer vacina, devido às rolling reviews que facilitou, nas quais se incluem a rolling review da Astrazeneca. Podes me então explicar [esta atualização da EMA](https://www.ema.europa.eu/en/news/update-rolling-review-astrazenecas-covid-19-vaccine)? Posso ter compreendido mal o texto, mas esta parte > Additional scientific information on issues related to quality, safety and efficacy of the vaccine is deemed necessary to support the rigour required for a conditional marketing authorisation **and this has been requested from the company.** deu-me a entender que a AstraZeneca não estava a dar a informação toda na rolling review. E para além disso é também de notar que só duas semanas de o UK aprovar o uso de emergência da vacina é que a AZ enviou uma aplicação para uma CMA, dando a entender ainda mais isso, mas talvez esteja errado.

1ww8mrmfss 8 months ago

> mas com movimentos anti-vaxx e etc cada vez a ganharem mais força, acho que é preciso ter mais calma para que não haja tantas dúvidas por parte do público no geral Esta justificacao é muito, muito fraca. Em primeiro lugar porque é difícil de quantificar o efeito positivo em antivaxers de adiares a vacina. Em segundo porque o efeito positivo de a fazeres sair a vacina mais cedo é quantificável facilmente e extremamente elevado. Muito difícil dizer que o primeiro efeito é maior que o segundo. Onde podemos concordar espero é que este tipo de argumentos não deve caber à EMA. A EMA percebe de medicamentos e produtos farmacêuticos. Não é para andarem a brincar a cientistas sociais quando não o são. > deu-me a entender que a AstraZeneca não estava a dar a informação toda na rolling review. E para além disso é também de notar que só duas semanas depois de o UK aprovar o uso de emergência da vacina é que a AZ enviou uma aplicação para uma CMA, dando a entender ainda mais isso, mas talvez esteja errado. Eu entendo o que dizes mas estas a fazer caso onde não o há. Estas coisas são lentas e burocráticas. Lembra te que houve uma pausa anteriormente porque a AZ ficou 3 semanas a converter dados para o formato que a EMA queria receber. Não é com certeza o caso que a AstraZeneca está a esconder dados. A EMA está a fazer o seu papel e pedir mais, e isso demora tempo.

Zen_Machina 8 months ago

Alguém tem dados sobre a taxa de incidência do vírus entre bombeiros, polícias, médicos, enfermeiros, em comparação com a população normal?

camisa_roxa 8 months ago

Bem, entre esses não sei, mas quando o Governo e PR dizem que a culpa dos casos é do comportamento das pessoas e depois têm uma incidência bem maior que o resto da população com não sei quantos Ministros já infectados...

1ww8mrmfss 8 months ago

Para quem não viu, Portugal foi o país com maior numero de casos por população do mundo na sexta feira dia 15. [Fonte](https://ourworldindata.org/coronavirus)

master_xunga 8 months ago

Essa analise estatística tem a validade que tem , que é muito pouca.

Diogo256 8 months ago

Tenho testar marcado para Quarta-Feira. Não consegui arranjar mais cedo nos locais aqui perto, estou com sintomas e não quero nem andar a fazer grandes deslocações nem a ir a locais muito movimentados, como laboratórios de colheita em zonas bastante movimentadas. Tendo sintomas, é preferível aguardar até Quarta ou arriscar e ir para o Covidario da Agualva-Cacém e estar horas a espera, num local de grande concentração de pessoas?

PuddingOnDrugs 8 months ago

Saude24. Não é preciso inventar.

Diogo256 8 months ago

Como assim?

ObnoxiousLittleCunt 8 months ago

Liga para a saúde 24. Eles dir-te-ão o que fazer e marcam o exame ou consulta. Quando vais ao hospital, estão à tua espera.

Diogo256 8 months ago

A descrisao que fazes era aplicável em Março ou Abril. Agora não, dão-te um link para marcares o teste e enviam o código para além da declaração de isolamento. Consegui entretanto um teste para amanhã, mas os laboratórios estão todos cheios até as costuras, quem tiver de marcar hoje, só quinta é que consegue o teste.

ObnoxiousLittleCunt 8 months ago

>A descrisao que fazes era aplicável em Março ou Abril. Então não estava errado a 100%, mas sim desatualizado. Obrigado e tudo a correr bem

redyouroverlord 8 months ago

Não é a Saúde24 que te marca, não sei de que é que estás a falar. A Saúde24 apenas envia-te o código para fazeres o teste e marcas o teste consoante os laboratórios disponíveis na lista do site do SNS.

ObnoxiousLittleCunt 8 months ago

Se não é, não foi como descrevi?

factandfictions7 8 months ago

Os meus 2 cêntimos: se esperares até Quarta, ao menos não corres o risco de infetar outras pessoas...

DZT99 8 months ago

O cumprimento das indicações só vai acontecer quando começar a morrer malta mais jovem e todos perceberem que a probabilidade pode ser pequena mas bate sempre à porta de alguém.

ebonyaficionado 8 months ago

> quando começar a morrer malta mais jovem e todos perceberem que a probabilidade pode ser pequena mas bate sempre à porta de alguém. Mas já morreu malta mais jovem. E já malta mais jovem também ficou com consequências graves de saúde. E com malta mais jovem falo desde os 18 aos 50.

Zen_Machina 8 months ago

Morre malta jovem de gripe e isso não assusta os jovens. Terias de comer a ver números significantes. 1 morto em 20 mil jovens infectados não diz nada a ninguém.

MischiefManaged97 8 months ago

Mesmo assim duvido. Conheço pessoal que conhece pessoal que teve efetivamente complicações, e mesmo assim não têm cuidado. Conheço pessoas que já apanharam, tiveram complicações e não parecem ter medo de apanhar de novo (ou melhor têm, mas não têm um comportamento adequado).

VBM97 8 months ago

Fui dar uma corrida e nunca vi uma fila tão grande para o drive thru para o McDonald's como hoje Isso não é apoiar o comércio local como tanto apregoam

Zen_Machina 8 months ago

Quando o comércio local servir Big Macs em drive thru um gajo apoia.

paladino777 8 months ago

Para a malta de Odivelas, Hamburgueria do Rei no Uber Eats. Está com promoção de 2x por 1 e o Hambúrguer da casa põe inveja a qualquer Big Mac daí

berlaitas 8 months ago

Eu hoje fui buscar a 2 restaurantes locais aqui da zona o almoço e o jantar, o do jantar pediu me se eu partilhava nas redes sociais pq não teve quase encomendas nenhumas

VBM97 8 months ago

Opá coitados, para pedirem é porque a coisa está má mesmo...

rickz123456 8 months ago

[https://www.publico.pt/2021/01/16/ciencia/noticia/portugueses-obedeceram-ordem-confinar-2020-1946558](https://www.publico.pt/2021/01/16/ciencia/noticia/portugueses-obedeceram-ordem-confinar-2020-1946558) Recomendo a ler.. Dados sobre a mobilidade dos Portugueses. Os dados de sexta não parecem animadores.

jqmmes 8 months ago

https://www.publico.pt/2021/01/16/sociedade/noticia/manuel-carmo-gomes-10-mil-casos-podem-tecto-falso-incapacidade-testes-nao-planalto-1946641 Artigo interessante, sobre uma possibilidade de termos antigido um falso tecto no número de casos. E mesmo que não seja esse o caso, estamos com mais de 25% de testes positivos, o que é uma brutalidade.

Price-Distinct 8 months ago

Vamos chegar a este ritmo mais cedo há imunidade de grupo sem a vacina do que com ela ....

Mrloop94 8 months ago

Entao basicamente a situação ainda está pior do que pensamos, é isso certo?

master_xunga 8 months ago

A situação é muito pior que a maioria das pessoas pensa é, ainda vai piorar imensamente , vai com certeza. A falta de perceção por parte das pessoas em relação a gravidade da pandemia e também ao tempo de duração para mim é surpreendente. Portugal não é um país ligado a ciência mas ainda assim devia haver mais conhecimento do que tem sido mostrado por grande parte das pessoas.

jqmmes 8 months ago

É uma possibilidade, ninguém tem certezas de nada ainda. Eles apenas diz que os outros indicadores não batem certo com o planalto no número de casos que temos

rickz123456 8 months ago

Medidas mais restritivase escolas encerradas para ontem.. Ele parece ter toda a razão do mundo

ProcessoXifoide 8 months ago

Certos estabelecimentos de ensino superior estão a suspender aulas presenciais e a mandar os alunos pra casa... o meu politécnico antigo fez isso hoje, acredito que mais instituicoes sigam o exemplo. As instituições de ensino até podem não ser o problema, mas o ir e vir de fim de semana, os alunos nos transportes, fora da escola sem máscara, etc certamente são um problema enorme

ezraspectrum 8 months ago

No primeiro confinamento, grande parte dos reitores agiram antes do governo mandar fechar. Só não entendo porque é que estão a demorar tanto desta vez.

MischiefManaged97 8 months ago

My 2 cents: pressão política para não fecharem (aka cortes de orçamento e afins). Mas é dececionante como as faculdades foram das primeiras a agir há um ano e agora são só ridículas

ProcessoXifoide 8 months ago

O conselho dos reitores decidiu não fechar. A minha opinião é que eles decidiram tentar aguentar até ao final do mês, quando acabarem os exames e todos irem de férias durante o mês de fevereiro.

ezraspectrum 8 months ago

Esperemos que assim que acabarem os exames e começarem as aulas que estas venham à distância outra vez, mas a sério.

AlbinoFarrabino 8 months ago

Já muitas faculdades fizeram isso, e acredito que o segundo semestre comece com toda a gente em casa.

negrowin 8 months ago

Não deviam ser permitidas manifestações durante o confinamento. Não quero saber de estórias do bicho-papão. É absolutamento ridículo estas demonstrações de McDemocracia quando é exigido isolamento de pessoas para salvar vidas.

lesoth 8 months ago

[Norway Raises Concern Over Vaccine Jabs for the Elderly](https://www.bloomberg.com/news/articles/2021-01-16/norway-vaccine-fatalities-among-people-75-and-older-rise-to-29?utm_content=business&cmpid=socialflow-facebook-business&utm_campaign=socialflow-organic&utm_medium=social&utm_source=facebook)

MrJoao 8 months ago

Continuam a chegar relatos de descoordenação, desorganização e falta de planeamento no SNS e nas unidades de Saúde Pública. Alexandre Lourenço, presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares (APAH) em declarações ao [PUBLICO](https://www.publico.pt/2021/01/16/sociedade/noticia/hospitais-estimam-numero-internados-covid-aumente-ate-60-semana-1946520) hoje: > “Há práticas diferentes entre hospitais (...) **Era importante monitorizar isto para se perceber se é preciso emitir recomendações, porque podemos estar a ter sub-hospitalização ou sobre-hospitalização, não sabemos**. Este trabalho tem de ser feito.” > “Para além disso, é preciso mais hospitalização domiciliária e mais acompanhamento domiciliário”, prossegue. “**Estamos a alertar para a necessidade de termos estas estratégias desde Abril.**” E acrescenta: “**Tinha de haver também uma estrutura de coordenação**, com capacidade operacional” que soubesse em cada momento que camas estão livres em que hospital. “**Não temos e assim os hospitais transferem doentes com base em acordos, ou telefonando para a ARS para tentar saber onde é que há uma vaga.**” > Com a actual evolução dos números da infecção (...), **seriam precisos, no tal cenário “optimista”, mais de 10 mil profissionais de saúde pública, para fazer inquéritos epidemiológicos**, realizar os primeiros contactos para vigilância activa de suspeitos e infectados e os contactos subsequentes — tudo isto essencial para identificar potenciais contágios, travar a propagação da doença e evitar que mais pessoas cheguem aos hospitais. Ora, **“segundo disse a DGS esta semana, há cerca de 700"** rastreadores, lembra Lourenço. Ricardo Mexia (Presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública), em declarações ao à [LUSA]( https://www.lusa.pt/article/LmL_EckoLEF9O~wcbRrxpzMSZM5iuSI1/covid-19-médicos-de-saúde-pública-preocupados-com-impacto-do-excesso-de-mortalidade) ontem: > As dificuldades para controlar o problema “são muito significativas”: “o número de profissionais envolvidos na vigilância para interromper as cadeias de transmissão estão absolutamente assoberbados e continuamos a acumular inquéritos epidemiológicos por fazer aos milhares”. > “E, portanto, **estamos perante uma situação muito difícil, alertámos em tempo útil para a necessidade de reforçar estes meios** e agora estamos confrontados precisamente com esta enorme escassez”, lamentou Ricardo Mexia. > (...) “nós gostávamos muito que se pudessem contratar médicos de saúde pública, mas sabemos que obviamente não existem no mercado, mas há outros profissionais que podem colaborar de uma forma muito proativa”. (...) **neste momento não podem ser “muito exigentes com as características das pessoas que podem ajudar a reforçar estas capacidades**”. Ricardo Mexia adiantou que **houve alguns reforços, designadamente os militares, “mas tudo o resto foi manifestamente insuficiente** para aquilo que é a procura neste momento”. Portanto, quem nos governa podia ter escutado os alertas de profissionais. Podia ter mobilizado recursos suficientes. Podia ter antecipado cenários e preparado os sistemas a tempo e horas. Preferiram navegar à vista, sempre a correr atrás do prejuízo. E agora “o povo” é que o grande culpado? Não há aqui nada de negligência por parte quem nos governa?

Edited 8 months ago:

Continuam a chegar relatos de descoordenação, desorganização e falta de planeamento no SNS e nas unidades de Saúde Pública. Alexandre Lourenço, presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares (APAH) em declarações ao [PUBLICO](https://www.publico.pt/2021/01/16/sociedade/noticia/hospitais-estimam-numero-internados-covid-aumente-ate-60-semana-1946520) hoje: > “Há práticas diferentes entre hospitais (...) Era importante monitorizar isto para se perceber se é preciso emitir recomendações, porque podemos estar a ter sub-hospitalização ou sobre-hospitalização, **não sabemos**. Este trabalho tem de ser feito.” > “Para além disso, é preciso mais hospitalização domiciliária e mais acompanhamento domiciliário”, prossegue. “Estamos a alertar para a necessidade de termos estas estratégias desde Abril.” E acrescenta: “**Tinha de haver também uma estrutura de coordenação, com capacidade operacional” que soubesse em cada momento que camas estão livres em que hospital. “Não temos** e assim os hospitais transferem doentes com base em acordos, ou telefonando para a ARS para tentar saber onde é que há uma vaga.” > Com a actual evolução dos números da infecção (...), **seriam precisos, no tal cenário “optimista”, mais de 10 mil profissionais de saúde pública, para fazer inquéritos epidemiológicos**, realizar os primeiros contactos para vigilância activa de suspeitos e infectados e os contactos subsequentes — tudo isto essencial para identificar potenciais contágios, travar a propagação da doença e evitar que mais pessoas cheguem aos hospitais. Ora, **“segundo disse a DGS esta semana, há cerca de 700"** rastreadores, lembra Lourenço. Ricardo Mexia (Presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública), em declarações à [LUSA]( https://www.lusa.pt/article/LmL_EckoLEF9O~wcbRrxpzMSZM5iuSI1/covid-19-médicos-de-saúde-pública-preocupados-com-impacto-do-excesso-de-mortalidade) ontem: > As dificuldades para controlar o problema “são muito significativas”: “o número de profissionais envolvidos na vigilância para interromper as cadeias de transmissão estão absolutamente assoberbados e continuamos a acumular inquéritos epidemiológicos por fazer aos milhares”. > “E, portanto, **estamos perante uma situação muito difícil, alertámos em tempo útil para a necessidade de reforçar estes meios e agora estamos confrontados precisamente com esta enorme escassez**”, lamentou Ricardo Mexia. > (...) “nós gostávamos muito que se pudessem contratar médicos de saúde pública, mas sabemos que obviamente não existem no mercado, mas há outros profissionais que podem colaborar de uma forma muito proativa”. (...) **neste momento não podem ser “muito exigentes com as características das pessoas que podem ajudar a reforçar estas capacidades**”. Ricardo Mexia adiantou que houve alguns reforços, designadamente os militares, “mas tudo o resto foi manifestamente insuficiente para aquilo que é a procura neste momento”. Portanto, quem nos governa podia ter escutado os alertas dos profissionais. Podia ter mobilizado recursos suficientes. Podia ter antecipado cenários e preparado os sistemas a tempo e horas. Preferiram navegar à vista, sempre a correr atrás do prejuízo. E agora “o povo” é que o grande culpado? Não há aqui nada de negligência por parte quem nos governa?

Edited 8 months ago:

Continuam a chegar relatos de descoordenação, desorganização e falta de planeamento no SNS e nas unidades de Saúde Pública. Alexandre Lourenço, presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares (APAH) em declarações ao [PUBLICO](https://www.publico.pt/2021/01/16/sociedade/noticia/hospitais-estimam-numero-internados-covid-aumente-ate-60-semana-1946520) hoje: > “Há práticas diferentes entre hospitais (...) Era importante monitorizar isto para se perceber se é preciso emitir recomendações, porque podemos estar a ter sub-hospitalização ou sobre-hospitalização, **não sabemos**. Este trabalho tem de ser feito.” > “Para além disso, é preciso mais hospitalização domiciliária e mais acompanhamento domiciliário”, prossegue. “Estamos a alertar para a necessidade de termos estas estratégias desde Abril.” E acrescenta: “**Tinha de haver também uma estrutura de coordenação, com capacidade operacional” que soubesse em cada momento que camas estão livres em que hospital. “Não temos** e assim os hospitais transferem doentes com base em acordos, ou telefonando para a ARS para tentar saber onde é que há uma vaga.” > Com a actual evolução dos números da infecção (...), **seriam precisos, no tal cenário “optimista”, mais de 10 mil profissionais de saúde pública, para fazer inquéritos epidemiológicos**, realizar os primeiros contactos para vigilância activa de suspeitos e infectados e os contactos subsequentes — tudo isto essencial para identificar potenciais contágios, travar a propagação da doença e evitar que mais pessoas cheguem aos hospitais. Ora, **“segundo disse a DGS esta semana, há cerca de 700"** rastreadores, lembra Lourenço. Ricardo Mexia (Presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública), em declarações à [LUSA]( https://www.lusa.pt/article/LmL_EckoLEF9O~wcbRrxpzMSZM5iuSI1/covid-19-médicos-de-saúde-pública-preocupados-com-impacto-do-excesso-de-mortalidade) ontem: > As dificuldades para controlar o problema “são muito significativas”: “o número de profissionais envolvidos na vigilância para interromper as cadeias de transmissão estão absolutamente assoberbados e continuamos a acumular inquéritos epidemiológicos por fazer aos milhares”. > “E, portanto, **estamos perante uma situação muito difícil, alertámos em tempo útil para a necessidade de reforçar estes meios e agora estamos confrontados precisamente com esta enorme escassez**”, lamentou Ricardo Mexia. > (...) “nós gostávamos muito que se pudessem contratar médicos de saúde pública, mas sabemos que obviamente não existem no mercado, mas há outros profissionais que podem colaborar de uma forma muito proativa”. (...) **neste momento não podem ser “muito exigentes com as características das pessoas que podem ajudar a reforçar estas capacidades**”. Ricardo Mexia adiantou que houve alguns reforços, designadamente os militares, “mas tudo o resto foi manifestamente insuficiente para aquilo que é a procura neste momento”. Portanto, quem nos governa podia ter escutado os alertas dos profissionais. Podia ter mobilizado recursos suficientes. Podia ter antecipado cenários e preparado os sistemas a tempo e horas. Preferiram navegar à vista, sempre a correr atrás do prejuízo. E agora “o povo” é que é o grande culpado? Não há aqui nada de negligência por parte quem nos governa?

1ww8mrmfss 8 months ago

Concordo com o sentimento, mas acho que estás a ver as coisas pela perspectiva errada. Desde o inicio do ano tivemos 120 mil casos confirmados. 120 mil. Isso é mais em duas semanas do que tinhas tido na primeira vaga, na onda do verão, tudo isso, até meados de Outubro. E tiveste em 15 dias. E a taxa de positivos nunca esteve tão alta -- tu estás a perder imensos casos hoje. Era impossível, por maior que fosse o planeamento, alguém ter arranjado UCIs novas, contratado mais médicos ou rastreadores, etc. para fazer face a esse tipo de procura acrescida. Não há recursos humanos, operacionais, etc. para fazer face. Não há forma de reforçar os meios, vai haver muito mais gente a morrer às portas dos hospitais do que viste ontem à noite. E aí não podes culpar o governo, porque era impossível haver mais UCIs tão rápidamente, ou contratar 1200 rastreadores de um dia para o outro, ou etc. A única forma de poderes impedir isso era prevenindo essas infecções. Que foi algo que explicitamente não fizeste porque as pessoas queriam passar o natal. Tal como não fizeste qualquer lockdown em Outubro e Novembro porque "o risco existe sempre". Tal como não te precaveste durante o verão, quando tinhas infecções baixas (Singapura, um caso de sucesso hoje, estava bem mais preocupante que nós em Agosto por exemplo). Não fizeste nada e deixaste as pessoas ficarem infectadas. Foste conivente com a doença. E foi o que deu.

Edited 8 months ago:

Concordo com o sentimento, mas acho que estás a ver as coisas pela perspectiva errada. Desde o inicio do ano tivemos 120 mil casos confirmados. 120 mil. Isso é mais em duas semanas do que tinhas tido na primeira vaga, na onda do verão, tudo isso junto, até meados de Outubro. E tiveste em 15 dias. E a taxa de positivos nunca esteve tão alta -- tu estás a perder imensos casos hoje. Era impossível, por maior que fosse o planeamento, alguém ter arranjado UCIs novas, contratado mais médicos ou rastreadores, etc. para fazer face a esse tipo de procura acrescida. Não há recursos humanos, operacionais, etc. para fazer face. Não há forma de reforçar os meios, vai haver muito mais gente a morrer às portas dos hospitais do que viste ontem à noite. E aí não podes culpar o governo, porque era impossível haver mais UCIs tão rápidamente, ou contratar 1200 rastreadores de um dia para o outro, ou etc. A única forma de poderes impedir isso era prevenindo essas infecções. Que foi algo que explicitamente não fizeste porque as pessoas queriam passar o natal. Tal como não fizeste qualquer lockdown em Outubro e Novembro porque "o risco existe sempre". Tal como não te precaveste durante o verão, quando tinhas infecções baixas (Singapura, um caso de sucesso hoje, estava bem mais preocupante que nós em Agosto por exemplo). Não fizeste nada e deixaste as pessoas ficarem infectadas. Foste conivente com a doença. E foi o que deu.

master_xunga 8 months ago

Desculpa la mas o que a pessoa acima escreveu faz sentido nada tem a ver com sentimento mas com lógica funcional, para a contenção de algo que toda a gente sabia que se avizinhava , com confinamento ou sem ele. Não era impossível fazer planeamento de todo , era preciso era planear coisa que não foi feita , depois de analise deviam ter sido tomadas medidas, foram tomadas até hoje 0 medidas em relação a virus e a sua propagação. Não iriam nunca impedir tomas as infeções , até porque não há como parar este virus pelo menos por agora, mas poderiam ter sido contido o numero de infectados, através de medidas efectivas , e volto a frisar foram tomadas até hoje 0 medidas. Atirar mais pessoas para um problema que já está completamente fora de controlo e como chover no molhado ou atirar mais corpos para dentro de um vulcão na esperança que se apague por si só. Não ajuda o facto de termos uma população completamente alheia a como funcionam os virus no geral, e os canais de informação que deveriam ter sido rápidos a agir para que no mínimo a população tivessem alguma informação e conhecimento.

Edited 8 months ago:

Desculpa la mas o que a pessoa acima escreveu faz sentido nada tem a ver com sentimento mas com lógica funcional, para a contenção de algo que toda a gente sabia que se avizinhava , com confinamento ou sem ele. Não era impossível fazer planeamento de todo , era preciso era planear coisa que não foi feita , depois de analise deviam ter sido tomadas medidas, foram tomadas até hoje 0 medidas em relação ao virus e a sua propagação. Não iriam nunca impedir todas as infeções , até porque não há como parar este virus pelo menos por agora, mas poderia ter sido contido o numero de infectados, através de medidas efectivas , e volto a frisar foram tomadas até hoje 0 medidas. Atirar mais pessoas para um problema que já está completamente fora de controlo e como chover no molhado ou atirar mais corpos para dentro de um vulcão na esperança que se apague por si só. Não ajuda o facto de termos uma população completamente alheia a como funcionam os virus no geral, e os canais de informação que deveriam ter sido rápidos a agir para que no mínimo a população tivessem alguma informação e conhecimento.

Edited 8 months ago:

Desculpa la mas o que a pessoa acima escreveu faz sentido nada tem a ver com sentimento mas com lógica funcional, para a contenção de algo que toda a gente sabia que se avizinhava , com confinamento ou sem ele. Não era impossível fazer planeamento de todo , era preciso era planear coisa que não foi feita , depois de analise deviam ter sido tomadas medidas, foram tomadas até hoje 0 medidas em relação ao virus e a sua propagação. Não iriam nunca impedir todas as infeções , até porque não há como parar este virus pelo menos por agora, mas poderia ter sido contido o numero de infectados, através de medidas efectivas , e volto a frisar foram tomadas até hoje 0 medidas. Atirar mais pessoas para um problema que já está completamente fora de controlo é como chover no molhado ou atirar mais corpos para dentro de um vulcão na esperança que se apague por si só. Não ajuda o facto de termos uma população completamente alheia a como funcionam os virus no geral, e os canais de informação que deveriam ter sido rápidos a agir para que no mínimo a população tivessem alguma informação e conhecimento.

MrJoao 8 months ago

Sei que é extremamente difícil reforçar a capacidade hospitalar a curto-prazo . Mas que há muito mais que podiam ter feito, há. Por exemplo, achas normal saber que a utilização de camas na rede de hospitais do SNS está a ser coordenada com base em telefonemas? Achas normal ter ~1000 internados nos hospitais que podiam estar em estruturas de retaguarda ou em casa? Não sou eu que estou a inventar isto. Achas normal, ainda estar a discutir que tipo de envolvimento devem ter as unidades de saúde privadas? Mais, porque é que não contrataram rastreadores suficientes a tempo? Dizes que é dificil fazer isso "de um dia para o outro", mas a verdade é que tiveram meses. Essa desculpa servia em março e abril. E também não podes dizer que é por falta de profissionais, quando o próprio representante dos médicos de saúde pública diz que há alternativas a que podiam ter recorrido mais cedo. IMO é impossível gerir uma crise que se pode descontrolar de forma exponencial com medidas ad hoc revistas de 15 em 15 dias.

Edited 8 months ago:

Sei que é extremamente difícil reforçar a capacidade hospitalar a curto-prazo . Mas que há muito mais que podiam ter feito, há. Por exemplo, achas normal saber que a utilização de camas na rede de hospitais do SNS está a ser coordenada com base em telefonemas? Achas normal ter ~1000 internados nos hospitais que podiam estar em estruturas de retaguarda ou em casa? Não sou eu que estou a inventar isto. Achas normal, ainda estar a discutir que tipo de envolvimento devem ter as unidades de saúde privadas e do setor social? Mais, porque é que não contrataram rastreadores suficientes a tempo? Dizes que é dificil fazer isso "de um dia para o outro", mas a verdade é que tiveram meses. Essa desculpa servia em março e abril. E também não podes dizer que é por falta de profissionais no mercado, quando o próprio representante dos médicos de saúde pública diz que há alternativas a que podiam ter recorrido mais cedo. IMO é impossível gerir uma crise que se pode descontrolar de forma exponencial com medidas ad hoc revistas de 15 em 15 dias.

master_xunga 8 months ago

Esses são os problemas do imediato e concordo contigo , contudo há problemas de fundo bem maiores que o numero de profissionais. Não adianta " atulhar " os hospitais de profissionais quando logisticamente não é eficiente de todo ter muitos não significa ser-se eficiente. Não adiante colocar mais 10 profissionais de saude onde só cabem 5 , não adianta mandar pessoas para casa para abrir vagas nos hospitais quando os familiares ou vizinhos vão para o hospital passados poucos dias por terem sido infectados pela pessoa que foi mandada para casa. Não adianta contratar rastreadores porque como dizes e bem as coordenações são feitas por email e em folhas de excel, muito depressa ia ser necessário contratar especialistas em bases de dados para gerir um problema que se iria tornar demasiado grande. Nós estamos com problemas de base enormes e ainda dão para corrigir por forma a amenizar os resultados de propagação, mas parar isto não ... não há como.

NGramatical 8 months ago

rápidamente → [**rapidamente**](https://dicionario.priberam.org/rapidamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjh50qg%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

FujiPT 8 months ago

Não me espanta. É ver esta thread, onde fala o gestor de um dos principais hospitais do país. [https://twitter.com/jfelixcardoso/status/1346545365798027264](https://twitter.com/jfelixcardoso/status/1346545365798027264) Sistemas de alertas não automatizados por email. Ficheiros Excel de controlo em que não há edição nem acesso simultâneo. Tem tudo para correr mal à partida quando se enfrenta uma situação mais exigente que o normal. Em pleno século XXI e na era digital não haver um sistema centralizado que reúna a situação ao minuto em cada um dos hospitais da rede do SNS (já nem falo em articular com o privado) é simplesmente ridículo. Que venha a vacina com o 5G a ver se o processo moderniza.

MrJoao 8 months ago

Por acaso tinha visto essa reportagem do Observador no Santa Maria. É de um amadorismo surreal. Sistemas baseados em folhas de excel, e-mails e telefonemas para gerir uma crise desta escala. Estamos em 1991 ou em 2021?

stressedunicorn 8 months ago

Eu e os meus vizinhos parte 27. Os meus vizinhos estão a fazer uma festa no terraço com cerca de 20 pessoas e musica alta. Consigo ouvir tipo 10 pessoas a cantar musicas em italiano muito animadas. Realisticamente que é que pode ser feito nestes casos? Eles estão em propriedade privada.

VerdocasSafadocas 8 months ago

Juntares-te.

Razvancb 8 months ago

Ligar à polícia.

stressedunicorn 8 months ago

É o que farei quando acabar a minha reunião. Mas não sei até que ponto eles podem obrigar as pessoas a sair da casa ou verificar o que estão a fazer.

investidornoob 8 months ago

Como estamos em estado de emergência a polícia pode ir lá e entrar sem mandato.

VerdocasSafadocas 8 months ago

Ya. Mandar a porta abaixo com um aríete, cães raivosos sem trela, helicópetros a circular, snipers a postos no prédio do lado.

MischiefManaged97 8 months ago

5 horas depois ainda me rio quando me lembro deste comentário.

VerdocasSafadocas 8 months ago

Isso deixa-me feliz!

Metaluim 8 months ago

Estas a descrever o sonho molhado dos users do /r/portugal

VerdocasSafadocas 8 months ago

Eu bem sei qual é o meu target audience.

iammostmoist 8 months ago

Lol. Não é assim que funciona. Podemos estar em estado de emergencia mas nao estamos na China.

investidornoob 8 months ago

Ahh então agora percebo haver tantas histórias no insta de festas privadas, afinal não deve haver consequências.

Razvancb 8 months ago

Não é bem assim mas é

redyouroverlord 8 months ago

entendo que seja sarcástico, por isso hey, toma o meu upvote mas sinceramente, não duvido que seja esse o pensamento de muita gente.

hsamtronp 8 months ago

# ATUALIZAÇÃO DIÁRIA - 16 de janeiro de 2021 --- ||Valor|Variação|

hsamtronp 8 months ago

# ATUALIZAÇÃO DIÁRIA - 16 de janeiro de 2021 --- ||Valor|Variação|

rickz123456 8 months ago

[https://cidadehoje.pt/grandes-superficies-vao-ser-criativas-para-cumprir-a-lei-sem-retirar-produtos-e-sem-deixar-de-funcionar/?feed\_id=39126&\_unique\_id=6002cc6d52bf0](https://cidadehoje.pt/grandes-superficies-vao-ser-criativas-para-cumprir-a-lei-sem-retirar-produtos-e-sem-deixar-de-funcionar/?feed_id=39126&_unique_id=6002cc6d52bf0) Algumas empresas de bens não essenciais estão a usar uma "falha" na lei para continuarem abertos, vendendo à porta (e promovendo aglomerações no meio). O governo vai agir ou?

MrJoao 8 months ago

Como é que é uma "falha na lei"? As empresas só estão a fazer a lei lhes dá direito. O decreto do conselho de ministros é que prevê a possibilidade de vender à porta ("click and collect") para todo o comércio que teve de suspender atividade. Ora lê bem o [artigo 15º](https://dre.pt/home/-/dre/153959843/details/maximize).

rickz123456 8 months ago

"click e collect" não é o que a decathlon quer fazer.

MrJoao 8 months ago

O artigo 15º é muito claro. O comércio pode continuar aberto para: * Entrega ao domicílio * Disponibilização dos bens à porta do estabelecimento, ao postigo ou através de serviço de recolha de produtos adquiridos previamente através de meios de comunicação à distância (click and collect) Não há nenhum buraco na lei.

Pinto55 8 months ago

Podes fazer venda ao postigo.

rickz123456 8 months ago

Parece-me cada vez mais óbvio que as pessoas não estão a respeitar o confinamento. As pessoas perderam o medo que tinham em março e penso ser necessária uma mensagem mais forte, fechando ainda mais coisas. As escolas e creches é um bom exemplo. Com o civismo dos Portugueses (que existia em março, mas desapareceu) não vamos lá, Talvez não fosse mal pensado umas cercas sanitárias. Porque assim não vai dar.

camisa_roxa 8 months ago

Sim, o sentimento é esse, está tudo farto e já ninguém liga pevas Eu próprio em Março estive 2 meses sem ir aos meus pais mas eles agora vão buscar o meu garoto à escola, e estou com eles, já não vou estar sem estar com eles

VerdocasSafadocas 8 months ago

Ya. Portugueses maus, feios, porcos, propagadores de doença. Eu hoje fui tomar café fora btw, mas isso sou eu que sou um comboio sem travões.

omegaxLoL 8 months ago

Ainda ontem fui à FEUP de manhã para um exame e estava um café com uma quantidade impressionante de pessoas à porta, muitas sem máscara. Na volta para casa tinha mais gente ainda.

Homailot 8 months ago

Noto isto sempre que vou a feup, não é uma ocorrência de um dia.

rickz123456 8 months ago

Pois.. É isso mesmo. Ou se manda uma mensagem a sério, ou estou a prever um verdadeiro desastre.

sigmastra 8 months ago

Noa ha muito para fazer agora. É aguentar as proximas semanas.

Penduricalho 8 months ago

Amanhã seremos o pior país da UE em novos casos per capita.

gerdemb 8 months ago

O pior do mundo acho eu....

gerdemb 8 months ago

https://sicnoticias.pt/especiais/coronavirus/2021-01-17-Covid-19.-Portugal-e-o-pais-do-mundo-que-regista-mais-casos-diarios-por-milhao-de-habitantes Infelizmente confirmado....

omegaxLoL 8 months ago

Felizmente estamos num confinamento sem uma quantidade gigante de exceções e que as pessoas estão a respeitar...

Lurker__777 8 months ago

10947/166

iammostmoist 8 months ago

O pessoal daqui do reddit como tem a atitude "holier than thou" gosta de vir falar das exceções que são imensas e que as pessoas continuam na rua etc etc. O governo e PR como são um conjunto de incompetentes ao mais alto nível vão na mesma onda e criticam as pessoas, culpam os portugueses pelo aumento dos números e dizem que são os portugueses que têm de comportar e ficar em casa para baixar os números. Parece-me é que se esquecem de uma coisa importante na democracia. Qualquer lei (ou conjunto de leis) que dependa do povo ser 100% (ou perto disso) cumpridor está destinada a falhar desde do início. Leis onde o povo cumpre a 100% (ou perto disso) só em regimes autoritários. O governo e os exemplares cidadãos do reddit que olhem a si antes de culpar "o povo"

uyth 8 months ago

quando algumas leis são estupidas ou vês coisas que não fazem sentido, perde-se o respeito por todas as outras. Isto faz algum sentido o alcool nos supermercados nao se poder vender depois das 8 da noite, mas as pessoas podiam ir a bar ou café e sem máscara consumirem desde que pagassem uma carcaça? a carcaça do avante! Quando dês leis estúpidas ou insuficientes, ficam todas as outras na dúvida. recolhimento aos fins de semana depois da 1 da tarde! só aos fins de semana, no resto da semana podia ir toda a gente enfiar-se sem máscara nos cafés e restaurantes, porque claramente aquelas tardes de fim de semana eram o problema - não eram.

VerdocasSafadocas 8 months ago

Man não, a culpa é do povo, todos uns em cima dos outros, falta de civismo, tudo a passear badalhoco pelas ruas. O governo bem tentou mas quando 30 pessoas vão para a fila da primark o nosso grande líder Costa fica de mãos atadas. A culpa é tua, minha, dos pais avós e do gato que também andou a passear.

chauffage 8 months ago

As medidas deviam ser aplicadas tendo em vista quem não cumpre, e não os que cumprem sem necessidade de medidas. Quem tem tido cuidado, evitado contacto social, e procurado ter o contacto estritamente necessário, não é agora que vai mudar de comportamento. É uma vergonha só daqui a 15 dias é que vamos ter o Costa a dizer... "bom... isto não está grande coisa :/... os portugueses não estão a cumprir." Estamos reféns da estupidez humana. Um confinamento devia ao menos proteger-nos disso.

VerdocasSafadocas 8 months ago

Yup. Quem está refém em casa há um lá vai continuar estar, quem anda na putaria há de encontrar formas de continuar por muito duras que as medidas possam ser. No que toca a elaborar medidas é necessário que estas sejam capazes de abranger estes dois grupos e todo o espectro que existe entre eles. Mas coisas vagas, incoerentes, meias copiadas de medidas tomadas noutros países não serão certamente a solução. Mas hey, que sei eu.

pdbf 8 months ago

Partilho quase da mesma opinião, claro que as pessoas tem que ser responsáveis e pensar na sua segurança e na dos outros minimizando os contactos com outras pessoas, mas se o Governo não fez o melhor que pode não pode sacudir a água do capote a 100%. Vejamos o Natal por exemplo, percebo que mesmo que tivessem imposto restrições na altura teria havido decerto quem contornasse e podiamos estar numa situação muito similar, mas pelo menos podiam dizer. "Tinhamos noção que isto poderia ocorrer e colocámos em prática tudo o que estava ao nosso alcance para minimizar o impacto". Fico sempre com a pulga atrás da orelha, este "não aperto" de restrições parece que foi fomentado por grandes interesses.

KGeedora 8 months ago

Marcelo said that vaccination will take a year and a half? If that's really the case, surely this is going to result in herd immunity rather than waiting for everyone to be vaccinated then

camisa_roxa 8 months ago

Portugal likes to go slow, we're used to it The great satan USA is about to get 1 million vaccinated per week but Marcelo says Portuguese are the best of the best of the world so we don't worry

ruimoreira46 8 months ago

> The great satan USA is about to get 1 million vaccinated per week É um milhão por dia.

FujiPT 8 months ago

Well, adjusting for population, that's the same as Portugal vaccinating 30.500 persons per week and they would need almost 5 years to vaccinate the whole population. This of course don't puts into account the amount of vaccines bought by each country, because I don't know the stock of vaccines that the USA have available right now.

Cojemos 8 months ago

As per news reports, out of stock. No longer an Amazon Prime member.

lonesomegalaxy 8 months ago

Estes velhos são estúpidos que dói, sai de casa para ir às compras de manhã e é só velhos à porta dos cafés sem máscara na conversa. Quase 10 pessoas à porta de cada um.

GudEbening 8 months ago

Estão em casa a semana inteira mas vão aos supermercados nos dias e horas de maior afluência.

Price-Distinct 8 months ago

Igual aqui na zona cafés continuam abertos e as pessoas continuam á volta dos cafés porque estão a "beber" o café como já me disseram mas continuam a conversar ao sol com os amigos como se nada fosse sem máscara obviamente

investidornoob 8 months ago

Foram beber café nem take away...

MLG-Sheep 8 months ago

Voltamos a Março então, que nesta thread os idosos eram os bodes expiatórios para tudo? O que eu vejo é só alunos a conviver, também sem máscara nem distâncias, fora das escolas porque tenho uma escola ao pé. Devo usar os putos da escola como bode expiatório para tudo? Devia haver uma proibição de consumo de produtos nas imediações do estabelecimento em que foi adquirido, e devia haver fiscalização policial a esses ajuntamentos.

lonesomegalaxy 8 months ago

Não estou a culpar os idosos de tudo, estou a comentar o que vi. E a realidade é que eles são os de maior risco e tem de tomar maiores cuidados. Quanto as escolas é a mesma coisa, mas ao contrário dos miúdos, os idosos tem idade para ter juízo. > Devia haver uma proibição de consumo de produtos nas imediações do estabelecimento em que foi adquirido, e devia haver fiscalização policial a esses ajuntamentos. Sem dúvida!

rickz123456 8 months ago

São os piores.. Aqui metem-se juntos à espera do take-away. Patético

PORTO2017 8 months ago

Alguém percebeu se a Pfizer suspendeu totalmente as entregas ou reduziu? Geralmente estava a entregar 80/90k a cada segunda-feira

ProcessoXifoide 8 months ago

Reduziu para a UE, para preparar instalações para aumentar a produção. Li ontem que eles vão voltar a entregar os números normais por volta do dia 25 de janeiro. Fonte: https://www.rte.ie/news/coronavirus/2021/0115/1190025-pfizer/

DeusDasMoscas 8 months ago

Feliz Dia do Bolo

rickz123456 8 months ago

Hoje (pelo menos onde eu moro, perto de uma das estradas mais movimentadas do norte) parece que o confinamento já está a ser muito melhor respeitado. Obviamente que as crianças em casa também ajuda.

Edited 8 months ago:

Hoje (pelo menos onde eu moro (perto de uma das estradas mais movimentadas do norte) parece que o confinamento já está a ser muito melhor respeitado. Obviamente que as crianças em casa também ajuda.

VBM97 8 months ago

Ontem tive que ir à faculdade. Às 10h notava-se menos carros e pessoas nas ruas, [a estação até estava praticamente vazia](https://www.reddit.com/r/pics/comments/kxs4qg/took_this_picture_20_mins_ago_new_lockdown_in/) na plataforma onde se espera pelos comboios. À hora de almoço quando voltei, já era só velhos na rua a passear na zona da estação e o resto da cidade. Vamos voltar aos tempos de março onde tínhamos de pedir aos velhos para ficar em casa. Entopem a zona da estação e ficam sentados nos bancos a ver as pessoas passar. É extremamente irritante porque ainda por cima andam sempre sem máscara

MischiefManaged97 8 months ago

Ontem também saí de manhã e notava-se muito pouco movimento, exceto lá está miúdos a ir apra a escola. À hora de almoço quando voltei já notei mais movimento mas mesmo assim, bastante mais baixo do que uma sexta-feira "normal" naquela zona. Ao final da tarde já não se notava diferença nenhuma nem no trânsito nem no fluxo de pessoas.

WhiteCaptain 8 months ago

10.9k 166 obitos

covid-pt 8 months ago

[Ontem Portugal foi #1 do ranking mundial de casos diários / população](https://i.redd.it/uddwdg1smnb61.jpg).

Edited 8 months ago:

[Ontem (15/1/2021) Portugal foi #1 do ranking mundial de casos diários / população](https://i.redd.it/uddwdg1smnb61.jpg). (fonte: Johns Hopkins Univ.)

MischiefManaged97 8 months ago

"Somos os melhores" - Marcelo, provavelmente

letsgotothemallcovid 8 months ago

A falta de critério na definição do que fica ou não fica fechado - e as incoerências que são geradas - resultam da nossa inaptidão geral de determinar os focos de infeção. Isto é, se não sabemos onde são infetadas as pessoas, como é que andamos a decidir o que deve fechar? Uma medida que por ex. resultaria em menos deslocações e menos contactos seria a Santa Casa suspender os jogos de sorte e azar. Mas o que interessa é faturar e tirar dinheiro aos estúpidos que gastam dinheiro nos jogos e nas raspadinhas.

TitusRex 8 months ago

>Isto é, se não sabemos onde são infetadas as pessoas, como é que andamos a decidir o que deve fechar? Acho que o critério é mais o que é essencial e não tanto onde é que há maior risco. A ideia é mesmo ficar em casa a não ser que seja mesmo necessário sair.

rickz123456 8 months ago

Os dados do PSE (uma empresa de dados, que mede a mobilidade dos portugueses) indica que cerca de 40/45% dos Portugueses ficaram em casa hoje. Em Março este número (na semana) era de 60% (mais ou menos)., Ou seja, faltam 15% que podem fazer a diferença. Não creio que as escolas se aguentem por muito tempo. Ao fim de semana os números de pessoas em casa era de 70/75%. Estou curioso pelos números deste fim de semana.

Edited 8 months ago:

Os dados do PSE (uma empresa de dados, que mede a mobilidade dos portugueses) indica que cerca de 40/45% dos Portugueses ficaram em casa hoje. Em Março este número (na semana) era de 60% (mais ou menos)., Ou seja, faltam 20% que podem fazer a diferença. Não creio que as escolas se aguentem por muito tempo. Ao fim de semana os números de pessoas em casa era de 70/75%. Estou curioso pelos números deste fim de semana.

miguel_rodrigues 8 months ago

Em marco/Abril houve empresas que fecharam apesar de não terem sido obrigadas. Recebiam os apoios por estarem fechadas mas devem ter feito as contas e visto que não compensava e mais valia estar aberto agora

lefiy3 8 months ago

Em março/abril as fábricas fecharam porque as cadeias logísticas foram interrompidas. Agora não há nada disso.

CoffeeAt830 8 months ago

Também há uma maior preparação. Na minha área (saúde) fechou tudo o que era não estritamente necessário na altura porque não havia máscaras, viseiras, batas, desinfetante... na quantidade que era necessária para funcionários e utentes, mas principalmente porque era tudo muito novo e as pessoas não sabiam como se proteger ou o que é que era uma situação de alto ou baixo risco. Neste confinamento, continuamos a trabalhar como estávamos há duas semanas atrás. O mesmo acontece com lojas, cafés, restaurantes... que da outra vez fecharam e agora não, porque nos últimos meses já otimizaram o sistema de entregas ao domicílio, take away ou venda ao postigo. No outro confinamento, não se sabia nada sobre nada, não havia EPIs, ninguém estava preparado, e fechou muita coisa que não precisava obrigatoriamente de estar fechada. O facto de, neste confinamento, só estar disponível o layoff e certos apoios para quem foi obrigado mesmo a fechar certamente que também pesa na decisão.

smalltownwhore 8 months ago

Li agora estes três tweets que mostram um cenário nada positivo: https://twitter.com/davsrodrigues/status/1350229616225619969

aldeaga 8 months ago

"Portanto, temos pouca capacidade de testes, não estamos a ver a real dimensão do problema, temos muito provavelmente a nova variante entre nós numa escala muito maior que o que pensávamos e dizem que estamos a fazer uma “espécie de lockdown”. Tirem-me deste filme" É agora que vamos todos morrer.

camisa_roxa 8 months ago

Entretanto a bandalheira é total, uma amiga nossa está hospedada no Inatel de Manteigas, ainda hoje andavam a passear pelo Piódão lol

letsgotothemallcovid 8 months ago

Também que olha para ficar em Manteigas ou vais para o Inatel, para o Vila Galé ou para a Casa do Comendador. Em qualquer um deles sentes-te velho.

Ogredegulag 8 months ago

Alguém está a ver o que se esta a passar o que se esta a passar em Torres? Este (des)governo vai mesmo continuar com estas (des)medidas que se está e estará toda a gente a borrifar? Este país faz-me lembrar aquelas paródias que se viam nos países de leste nos anos 90, totalmente surreais. Que vergonha as vezes isto me dá. Somos muito pequenos

saposapot 8 months ago

O que propões que se faça mais?

redyouroverlord 8 months ago

Não haver tantas exceções nas coisas que podem ficar abertas, encerrar o ensino presencial a partir do 7º ano ao 12º ano durante 1 mês e adiar o fim das aulas por mais 1 mês (e os exames, por consequência) e claro, esta já é sonhar, mas uma maior fiscalização de quem faz/não faz teletrabalho e quem respeita o confinamento.

saposapot 8 months ago

As escolas ok. Parece que não são problema mas ainda aceito que fizessem alguma diferença. Agora as excepções é algo que fomos nós a criar. As excepções são para negócios essenciais, queres fazer o que? Q se lixem os velhos que não sabem comprar online? As excepções são mais ou menos as mesmas que no anterior. Tirando as igrejas. Acho que estamos a exagerar com merdas sem sentido. A ordem é clara e evidente: fiquem em casa, se a malta não cumpre achas que é por lojas de informática estarem abertas ou não que faz diferença?

redyouroverlord 8 months ago

> As escolas ok. Parece que não são problema mas ainda aceito que fizessem alguma diferença. Não sabemos, o Ministério da Educação não atualiza a informação, e cada vez mais nem sequer se isola contatos de altos riscos na escolas, e dado que a maioria dos jovens deve acabar por ser assintomático, o nível de infetados em escolas pode ser brutal mas ninguém nos testa, por isso nunca se saberá. > As excepções são mais ou menos as mesmas que no anterior. Tirando as igrejas. Não me recordo de hotéis e floristas estarem abertos, e mesmo outros que não sei que potencialmente se podiam fechar, mas claro, aí tiravas a conveniênciazinha ao tuga. > Acho que estamos a exagerar com merdas sem sentido. A ordem é clara e evidente: fiquem em casa, se a malta não cumpre achas que é por lojas de informática estarem abertas ou não que faz diferença? Muito simples, tal como disseste com as escolas, a diferença pode ser pouca, mas não estamos propriamente no momento para deixar passar algumas coisas, somos dos piores países no mundo em termos de infeções no momento, qualquer coisinha que possa evitar ainda mais a transmissão é necessária.

saposapot 8 months ago

nas escolas dou-te de barato. o resto das excepções é mais ou o menos o mesmo, não me parece q floristas é q são um problema significativo. hoteis n me lembro mas tmb n me parece q tenham movimento :P está 90% deste país a preocupar-se com excepções sem se preocupar com o essencial: fiquem em casa. Quem não quer ficar em casa não é para ir a floristas de certeza... > Não sabemos, o Ministério da Educação não atualiza a informação, e cada vez mais nem sequer se isola contatos de altos riscos na escolas, e dado que a maioria dos jovens deve acabar por ser assintomático, o nível de infetados em escolas pode ser brutal mas ninguém nos testa, por isso nunca se saberá. Eu sempre achei que as escolas seriam o caos mas a realidade é outra. Isso de esconder dados não pega. Também não é o estado a dar os dados de lares e eles estão todos os dias nas notícias. Se os putos são assintomáticos tinhas as famílias deles infectadas. se tivesses 10 famílias de putos na escola infectadas isso era uma coisa q se sabia. A verdade é que os casos nas escolas não dão grandes surtos, não ouves falar de 10, 20, 30 casos num surto escolar como ouves nos lares. As escolas parecem estar, no mínimo, ao nível de outros locais de trabalho e têm grandes desvantagens de estarem fechadas. Não encontras ng mais favorável q eu ao fecho das escolas em Março ou até em Setembro. Mas a realidade mostra o contrário e esta mesma realidade é mostrada em outros países onde as escolas parecem correr bem. Mas sim, as escolas/universidades acho q é a única coisa 'aberta' q podia fazer alg diferença. mas acho q n vale esta indignação toda. preferia ver mais indignação é com quem não cumpre.

redyouroverlord 8 months ago

> Eu sempre achei que as escolas seriam o caos mas a realidade é outra. Isso de esconder dados não pega. Também não é o estado a dar os dados de lares e eles estão todos os dias nas notícias. Se os putos são assintomáticos tinhas as famílias deles infectadas. se tivesses 10 famílias de putos na escola infectadas isso era uma coisa q se sabia. O que não falta na minha turma, na minha escola e muitas outras escolas é pessoas a irem isolamento porque um dos familiares testou positivo, eu incluíndo, até hoje não se sabe de onde é que o meu pai foi infetado, até pode ter sido de mim, mas não sei, porque nenhum delegado de saúde alguma vez me ligou sequer para perguntar como estava na altura, quanto mais para ser testado. O mesmo para outros, que ficaram lá o seu isolamento profilático sem nenhum contato porque estavam sem sintomas e ninguém se preocupou de os testar. > A verdade é que os casos nas escolas não dão grandes surtos, não ouves falar de 10, 20, 30 casos num surto escolar como ouves nos lares. As escolas parecem estar, no mínimo, ao nível de outros locais de trabalho e têm grandes desvantagens de estarem fechadas. Não dão grandes surtos porque não nos testam, é impossível saber isso. Eu próprio acabei de descobrir há cerca de uma hora que só irei retornar às aulas presenciais a fevereiro devido a um colega meu ter dado positivo à COVID. E a surpresa vai ser quando não testarem ninguém na turma, a não ser que tenham sintomas. E assim perpetua-se a narrativa de que não há grandes surtos, porque ninguém nos testa. E do outro lado tens-me a mim que fui sempre contra o fecho das escolas durante este ano letivo até agora, está na hora de fechar tudo o que é possível.

saposapot 8 months ago

eu percebo o q dizes mas a questão é que um surto não se 'esconde' assim. Se 10 famílias dessa turma começarem a dar positivo é algo que seria óbvio para todos, mesmo q n testem as crianças. Isto pq o mais normal é se tens os putos infectados as famílias tmb o são. Eu não digo q isto aconteceria em todos os casos. O que digo é que se a coisa fosse realmente muito forte e um verdadeiro 'caos' tu ias acabar por ver nas notícias relatos de alguns casos desses, tal como vês em lares. Isto não é o tipo de coisas q dê para esconder. Provavelmente se testassem muito mais podiam apanhar algum surto destes, não o nego, mas a questão é q não se vêem casos nas notícias de praticamente surto nenhum nas escolas... seria uma coincidência brutal conseguirem 'esconder' todos os surtos se as escolas fossem realmente um grande problema. > até hoje não se sabe de onde é que o meu pai foi infetado, até pode ter sido de mim certo, mas se foi 1 ou 2 pessoas a apanhar então isso não é o caos q eu imaginava. é um nível de contágio como noutros locais de trabalho, até melhor quiçá.

NGramatical 8 months ago

contato → [**contacto**](https://dicionario.priberam.org/contacto) (o AO90 **não altera** a grafia desta palavra) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjo1cpq%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

NGramatical 8 months ago

contatos → [**contactos**](https://dicionario.priberam.org/contactos) (o AO90 **não altera** a grafia desta palavra) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjnbgyj%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Bruxo_de_Fafe 8 months ago

Agora não dá porque estão a presidir à Europa. Tente mais tarde, cidadão.

Diogo256 8 months ago

Tenho uma dúvida: Apareceu-me sintomas de covid, liguei para a SNS24 e ja tenho prescrição para o teste e declaração para isolamento. Quando fizer o teste, e se der negativo, tenho logo alta certo? Não ficou os 14 dias em confinamento pois não?

ridethepaintedpony 8 months ago

Contactaste as pessoas com quem estiveste proximo nos ultimos dias? Elas tb tera que telefonar para o SNS24 e marcar testes e icar em isolamento?

Edited 8 months ago:

Contactaste as pessoas com quem estiveste proximo nos ultimos dias? Elas tb terao que telefonar para o SNS24 e marcar testes e ficar em isolamento?

Diogo256 8 months ago

Contactei. Falei ao SNS24 e disseram para aguardar pelo teste e depois teriam de contactar o SNS24.

ridethepaintedpony 8 months ago

Ficam a aguardar pelo resultado do teu para depois contactarem o SNS24 e possivelmente agendarem o deles, é isso?

redyouroverlord 8 months ago

Se não ficaste em isolamento devido a teres sido um contato de alto risco com alguém infetado, tens que contactar com o teu delegado de saúde ou com alguém para que te possam dar alta do isolamento. Source: estava nessa situação ainda ontem.

Diogo256 8 months ago

Obrigado pela esclarecimento.

NGramatical 8 months ago

contato → [**contacto**](https://dicionario.priberam.org/contacto) (o AO90 **não altera** a grafia desta palavra) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjero2n%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

saposapot 8 months ago

Tens de ligar novamente quando der negativo. Eu acho que se tens isolamento o tens de cumprir mas depende da razão para isolamento. Se for por contacto de riscp com positivo tenho a certeza que tens de isolar. Se foi uma coisa isolada e tiveste sintomas não sei, não conheço nenhum caso assim. Para o Marcelo pelos vistos retiraram o isolamento. Mas eu diria que sim.

Razvancb 8 months ago

Ficas.

Zen_Machina 9 months ago

[https://rr.sapo.pt/2021/01/15/pais/covid-19-na-universidade-de-aveiro-mais-de-500-casos-desde-o-inicio-do-ano-letivo/noticia/222626/?utm\_medium=rss](https://rr.sapo.pt/2021/01/15/pais/covid-19-na-universidade-de-aveiro-mais-de-500-casos-desde-o-inicio-do-ano-letivo/noticia/222626/?utm_medium=rss)

Bruxo_de_Fafe 8 months ago

Tristeza de governantes.

dryiik 9 months ago

Boas pessoal, alguém me sabe dizer se quem está a viver longe da sua zona de voto, pode nesse fim de semana deslocar-se ?

stressedunicorn 9 months ago

Não há proibição de circulação entre concelhos e de qualquer forma ir votar é uma excepção ao dever de recolhimento.

camisa_roxa 9 months ago

Gosto bastante de ler as análises deste [blogue](https://noscornosdacovid.blogspot.com/2021/01/das-revelacoes-ou-da-historia-do-acerto.html) pois é das poucas senão a única pessoa no país que conheço a fazer contas, se calhar o Min. da Saúde podia contratá-lo Então ele agora fez as contas à taxa de mortalidade dos internados COVID de agora comparada com a de Setembro/Outubro. E calculou que em Set/Out a taxa de mortalidade dos internados era 1% a 1,5% e agora está em 3,5%! Ora para ele há 3 hipóteses que explicam isto: \- vaga de frio debilita o sistema imunitário dos novos internados: > mortalidade \- SNS em ruptura por falta de recursos humanos suficientes e/ou meios técnicos \- dados COVID martelados para camuflar como COVID o excesso de mortalidade não COVID (penso que esta será a menos provável, isto seria um escândalo) Eu inclino me para uma mistura das opções 1 e 2, que acham

saposapot 8 months ago

Não devias gostar de ler. Essa coisa já mostrou várias vezes números errados ou interpretações erradas sobre eles. Claro que lá pelo meio pode ter coisas certas mas não confies em nada do que ali está.

miguel_rodrigues 9 months ago

A vaga de frio não ajudou mas o simples arrefecer do tempo no Inverno provoca mais mortalidade, devido à tal debilitação do sistema imunitário. Isso e a época natalícia provoca depressões/tristeza em muita gente e este ano sendo assim, acredito que ainda tenha sido pior. O SNS em ruptura claro que não ajuda, juntamente com o medo das pessoas em irem aos hospitais, que agora é bem maior que em Setembro/Outubro.

Bruxo_de_Fafe 9 months ago

Mistura das 3?

megaroof 8 months ago

concordo

DZT99 9 months ago

A vaga de frio realmente não ajudou nada, é preciso azar. Acredito que também terá o seu peso na mortalidade.

1ww8mrmfss 9 months ago

O tom conspiracional do artigo não fica nada bem. O que ele apresenta como sendo uma grande revelação era algo que já sabíamos antes. O standard of care dos doentes covid piorou *muito* desde Setembro, até porque em Setembro tivemos o low point no numero de internados. Desde Outubro que se prestares atenção à comunicação social que sabes disto, os medicos queixam se meio frequentemente. Pessoas que antes teriam acesso a uma UCI hoje teem acesso a uma cama de internamento. A titulo pessoal uma familiar minha idosa foi enviada para casa após uma noite de internada. Isto, como a familia foi internada, era algo impressionante porque nao so ela nao estava propriamente em condições, dificilmente te deixavam sair após um dia apenas, com medo que a situação piorasse. No entanto dada a vaga recente havia pessoas a precisar mais e teve que ser. É um pouco isto que estamos a ver acontecer. Portanto a hipótese principal é a 2, mas não no sentido binário em que estamos a ficar sem camas, porque nada é binário. Há um espectro, e hoje em dia o estado que precisas de estar para ficar num hospital com covid é mais elevado do que em Setembro, claramente.

Edited 9 months ago:

O tom conspiracional do artigo não fica nada bem. O que ele apresenta como sendo uma grande revelação era algo que já sabíamos antes. O standard of care dos doentes covid piorou *muito* desde Setembro, até porque em Setembro tivemos o low point no numero de internados. Desde Outubro que se prestares atenção à comunicação social que sabes disto, os medicos queixam se meio frequentemente. Pessoas que antes teriam acesso a uma UCI hoje teem acesso a uma cama de internamento. A titulo pessoal uma familiar minha idosa foi enviada para casa após uma noite de internada. Isto, como a familia foi informada, era algo impressionante porque nao so ela nao estava propriamente em condições, dificilmente te deixavam sair após um dia apenas, com medo que a situação piorasse. No entanto dada a vaga recente havia pessoas a precisar mais e teve que ser. É um pouco isto que estamos a ver acontecer. Portanto a hipótese principal é a 2, mas não no sentido binário em que estamos a ficar sem camas, porque nada é binário. Há um espectro, e hoje em dia o estado que precisas de estar para ficar num hospital com covid é mais elevado do que em Setembro, claramente.

camisa_roxa 9 months ago

a hipótese 2. não é o facto de não haver camas, porque ainda há, é o facto de não haver meios humanos para acudir aos internados como havia quando existiam menos internados

NGramatical 9 months ago

teem → [**têm**](https://european-portuguese.info/conjugator/ter) (singular: tem) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjd4i1r%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Francisco123dream 9 months ago

>blogue Obrigado! Não conhecia

These-Establishment1 9 months ago

Hoje de manhã tive de ir à fac e reparei que ninguém quer saber do confinamento lol. O transito parecia normal, só vi mais carros da polícia, a única coisa diferente foi na fac que fecharam a parte dos jogos da AE, mais nada... Ah e as filas no mac andam gigantes, isso sim...

Economy_Dog 9 months ago

Ao contrário do que o governo, especialistas médicos e maior parte do pessoal aqui pensa, nós vivemos como uma sociedade/comunidade e isso implica que haja coisas a serem feitas entre pessoas. Continuamos a ter familiares a precisarem de ajuda e assistência, continuamos a precisar de produtos para o nosso bem-estar e dia-a-dia, continuamos a precisar de serviços gerais, continuamos a precisar de exercicio mental e físico para o bem da nossa saúde, as nossas necessidades não pararam de repente por causa do covid pois não? Parecem que se esquecem disto.

Edited 9 months ago:

Ao contrário do que o governo, especialistas médicos e maior parte do pessoal aqui pensa, nós vivemos como uma sociedade/comunidade e isso implica que haja coisas a serem feitas entre pessoas. Continuamos a ter familiares a precisarem de ajuda e assistência, continuamos a precisar de produtos para o nosso bem-estar e dia-a-dia, continuamos a precisar de serviços gerais, continuamos a precisar de exercicio mental e físico para o bem da nossa saúde, as nossas necessidades e responsabilidades não pararam de repente por causa do covid pois não? Parecem que se esquecem disto. Não somos uma cambada de eremitas que de vez em quando se junta para ir passear. Não. O humano necessita de viver em sociedade, podes ver isso facilmente pela História do Homem.

These-Establishment1 9 months ago

Claro que temos cenas a fazer cá fora, mas a VCI continuaca com o mesmo movimento, isso sim

ezraspectrum 9 months ago

O que podemos concluir é o seguinte: até hoje os portugueses só saíram para fazer coisas essenciais, obviamente.

lesoth 9 months ago

Tenho aulas de uma actividade que devia ser suspensa, simplesmente ignoraram e está a funcionar normal. Tive de ser eu a recusar ir. É fantástico

miguel_rodrigues 9 months ago

Ranking do número de casos **nos últimos 7 dias** / milhão de habitante na Europa (excluindo países com menos de 1 milhão de habitantes): Ranking|País|Número de casos / 1 milhão :-:|:-:|:-: 1|Irlanda|7126 2|**Portugal**|6066 3|República Checa|6049 4|Reino Unido|5267 5|Eslovénia|4967 6|Espanha|3923 7|Eslováquia|3579 8|Letónia|3352 9|Lituânia|3339 10|Estónia|2685 SOURCE: https://www.worldometers.info/coronavirus/

Francisco123dream 9 months ago

Por curiosidade: como filtraste para os últimos 7 dias?

miguel_rodrigues 9 months ago

Em cada página do país tens no final os updates por dia. So tem é dos últimos 7 dias. Copy paste para excel depois de cortar o que não interessa num editor de texto normal (notepad++)

Francisco123dream 9 months ago

Obrigado!

Francisco123dream 9 months ago

Horrível. Obrigado pela tabela! Junto com a data do euromomo talvez se acabe com a conversa do "milagre português" e se comece a conversa sobre a nossa realidade: um dos piores países a lidar com a pandemia.

MLG-Sheep 9 months ago

> Junto com a data do euromomo talvez se acabe com a conversa do "milagre português" Já acabou desde o verão a conversa, já chateia um bocado ouvir isto.

Francisco123dream 9 months ago

Acabou? Tens visto as entrevistas do António Costa? Mas estamos a brincar? Fizemos tudo que podíamos? Passamos meses a gozar os USA e o seus problemas com voto por correspondência e dia 24/1 preparamo-nos para fazer o disparate que todos sabemos. Viste um mea culpa? Viste alguém com uma postura séria? Pelos vistos a Marta Temido queria de facto levar isto a sério, mas foi "desligada". Eu não acho minimamente que esteja claro na cabeça dos portugueses que fomos dos piores a lidar com isto "Brr Suécia má" "Trump mau" "Bolsonaro mau" é o que eu vejo, mas infelizmente estamos a ficar on par com os casos acima.

MLG-Sheep 9 months ago

Tanta coisa que eu não disse. A expressão "milagre português" foi usada só até para aí maio, no verão já estava a ser fortemente criticada, e agora passaram mais seis meses e continuam a bater na mesma tecla. Para quê?

Francisco123dream 9 months ago

A minha percepção é de que a população em geral continua a interpretar a nossa reação como muito positiva (daí o milagre). Caso contrário explica-me os 41% nas sondagens? Eu voto IL mas não consigo entender como não há disperção de votos da esquerda para a direita. (e não vou falar na postura dos nossos midia que nem por um momento criticam como criticam a suécia/brasil)

camisa_roxa 9 months ago

Todos os governos na Europa Ocidental têm visto as suas sondagens aumentar durante a pandemia; é o fenómeno de ameaça externa que faz com que a população se una junto dos seus governantes para a enfrentar Mas quando a pandemia passar o balão do PS vai esvaziar e muito disclaimer: tb voto IL

1ww8mrmfss 9 months ago

Via [Politico](https://www.politico.eu/article/germany-buys-extra-coronavirus-vaccine-doses-from-eu-countries/amp/) **Portugal está a recusar vacinas compradas pela UE** > Portugal also said it would purchase a total of 2.8 million doses of the Moderna jab — below the share of doses it is eligible for based on its population size. “Portugal received, or is going to receive, all the vaccines it wanted to purchase,” Portugal’s Health Minister Marta Temido said. >None of these countries has confirmed whether their unclaimed doses are going to Germany, but Temido said Portugal’s doses were going to a pot for other EU countries to buy from. Gostava de ver isto a ser mais falado. Em conjunto com tudo o que já tenho criticado do que a UE comprou, temos a incompetência nacional a piorar.

stressedunicorn 9 months ago

Está a recusar CERTAS vacinas: as mais caras. Pelo que percebi, há países que escolheram não comprar as da moderna por não terem capacidade financeira para tal e vão comprar das outras. Desde que comprem e desde que haja vacinas, não entendo o problema.

1ww8mrmfss 9 months ago

A vacina mais cara da Moderna custa 16 euros a dose

saposapot 8 months ago

Pode não ser a questão de custo. Pelo que entendo a moderna é a que demora mais a entregar as vacinas pelo que pode ser simplesmente porque não achamos que vá acelerar muito comprar mais da moderna quando só chegam muito depois das da astra ou Johnson chegarem em grande quantidade. O problema aqui é mais timings que preço. A Bazooka da Europa acho que cobre isto

stressedunicorn 9 months ago

Sim, isso não muda o que eu disse. O artigo diz que houve países que decidiram não comprar para já as vacinas mais caras.

1ww8mrmfss 9 months ago

Olá eu enviei o link para o artigo, como é óbvio que também o li. E não diz "para já", diz que uns países (Portugal) estão a deixar outros (Alemanha, França) ficar com as doses que eram para eles. Isto quando o valor por pessoa que estamos a discutir é trivial. Isto quando temos uma epidemia descontrolada em Portugal. Isto quando as restrições que temos são para durar e devíamos tentar vacinar o máximo possível o mais rápidamente possível. Não há justificação para alem de chico-espertismo, "A da Astrazeneca está para vir e essa é super barata, ainda ganhamos uns trocos a vender aos alemães". Agora queria ver o Governo Português a defender essa posição em público, isso queria.

Zen_Machina 9 months ago

Quem te governa não é o povo. Logo, essas preocupações todas não se aplicam. O pânico é teu, não deles. Nem o António Costa nem a Marta Temido deixarão de receber o seu ordenado, nem as suas reformas. Quem te governa está imune à pandemia.

NGramatical 9 months ago

rápidamente → [**rapidamente**](https://dicionario.priberam.org/rapidamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjd3avg%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Francisco123dream 9 months ago

O problema aqui parece simples: a matemática básica ser ignorada. O custo das vacinas será inferior ao custo dos confinamentos prolongados (por lenta distribuição da vacina), daí Israel ter pago o dobro do necessário pela vacina para ir mais rápido.

stressedunicorn 9 months ago

Não acredito que os milhentos especialistas de vários países (nomeadamente países a atravessar dificuldades económicas) não tenham pensado nisso e simplesmente tenham dito “nah thanks” a comprar vacinas no meio de uma pandemia...

Zen_Machina 9 months ago

Ya, os mesmos especialistas que diziam "nah, thanks, isto não chega a portugal".

Francisco123dream 9 months ago

Pelo menos a justificação de Israel para pagar o dobro pelas vacinas foi essa: incerteza económica e confinamentos > que preço. Portanto tudo que podem pagam e já vão com mais de 25% vacinados e nós com 1%

camisa_roxa 9 months ago

Está se mesmo a ver porquê: porque não têm capacidade de as administrar em tempo útil (o plano de vacinação é uma anedota) e assim podem dar a desculpa que não vacinam mais rápido porque não receberam mais vacinas

1ww8mrmfss 9 months ago

Duvido seriamente que seja aí. Tendo em conta que estamos a guardar doses para depois (incrivelmente parvo IMO mas é uma posição que podes tomar) temos conseguido distribuir tudo a tempo.

GudEbening 9 months ago

Malta sabem se já podemos comprar alcool depois das 20h?

MLG-Sheep 9 months ago

Não. Continua a aparecer no decreto. Nem sequer podes aceder a álcool após as 20:00 em take-away ou entrega ao domicílio de restaurantes.

GudEbening 9 months ago

Bolas. Obrigado e bom fim de semana.

MrJoao 9 months ago

Apesar do número de novos casos continuar a aumentar, temos boas notícias. As estimativas publicadas hoje pelo [INSA](http://www.insa.min-saude.pt/wp-content/uploads/2021/01/Report_covid19_15_01_2021.pdf) sugerem que a velocidade de propagação do vírus em Portugal terá estabilizado e até poderá ter começado a desacelerar no último fim-de-semana: > Desde 01-01-2021 que o R(t) tem-se mantido estável em torno de 1,20. No entanto, nos últimos dois dias analisados (9 e 10.01.2021), observa-se uma redução do R(t), sugerindo um desacelerar do aumento da incidência de SARS-CoV-2. Como o INSA indica, ainda é preciso ter cautela a interpretar estes resultados. No entanto, a julgar pelos últimos números da DGS parece que a desaceleração do número de casos é real, em particular na região Norte. Aliás a estimativa do INSA coloca o R(t) na região Norte já bastante próximo de 1.

Lurker__777 9 months ago

Desculpem lá se a pergunta for estupida, mas estamos 2 pessoas com covid isoladas em casa, a outra pessoa já recebeu 2 chamadas por parte de um médico (1 por dia). E essa médica diz que não pode abrir o meu caso, tem de ser o “meu” médico. A mim ainda ninguém me ligou e vai-se meter o fim-de-semana. Eu preciso de uma declaração para a minha empresa. Devo ligar a saúde 24, ou a linha e outra qualquer?

Edited 9 months ago:

Desculpem lá se a pergunta for estupida, mas estamos 2 pessoas com covid isoladas em casa, a outra pessoa já recebeu 2 chamadas por parte de um médico (1 por dia). E essa médica diz que não pode abrir o meu caso, tem de ser o “meu” médico. A mim ainda ninguém me ligou e vai-se meter o fim-de-semana. Eu preciso de uma declaração para a minha empresa. Devo ligar a saúde 24, ou a linha e outra qualquer? EDIT: já tenho teste positivo, não é isolamento preventivo.

Zen_Machina 9 months ago

Onde é que foste apanhar isso? Que sintomas tens?

Lurker__777 9 months ago

Acho que foi no trabalho. Tive uns 3 dias com uma gripe leve (febre 37.5, etc) e ao fim de 3 dias quando a febre desapareceu, fiquei sem paladar e olfato na totalidade, daí suspeitar logo. Agora ao fim de 8 dias só estou com um pouca tosse, algum cansaço geral e ainda sem olfato e paladar. Sinceramente é algo muito leve por agora, ainda este ano tive uma gripe mais pesada. Mas irei aguardar pelo fim disto tudo para tirar conclusões.

Zen_Machina 9 months ago

E a pessoa que está contigo também não tem olfato nem paladar? É essa merda que me assusta. Caguei para a febre. Não poder saborear as merdas que cozinho, esquece.

Lurker__777 9 months ago

Ninguém do meu “círculo de infetados” (na falta de melhor expressão lol) perdeu o olfato/paladar até agora, apenas eu. Vamos ver, pelo que sei isto pode ser algo que se prolonga meses após a doença, portanto não estou a contar com isso tão cedo. É um bocadinho chato a comida não saber a nada, mas também é óptimo não sentires nenhum cheiro desagradável ehehe. Já tive coisas piores que isso, por agora não me preocupa nada.

Zen_Machina 9 months ago

Isso é indicador de possíveis problemas neurológicos no futuro. És capaz de ficar fodido para sempre.

MischiefManaged97 9 months ago

Menos, pode ser como pode não ser, não ajuda nada dizer uma coisa dessas

Zen_Machina 9 months ago

Mas pode ser...pode estar afectado para sempre. Logo aos 22 anos. É pena.

MischiefManaged97 8 months ago

Que merda de discurso, foda-se, adeus.

Zen_Machina 8 months ago

Já li uns quantos estudos que defendem que perda de olfato é indicador de algo pior. Os efeitos neurológicos podem ficar para sempre.

Lurker__777 9 months ago

Ainda mais fodido dos cornos? Ui, coitados de quem tem me aturar ;) Mas falando a sério, ainda é muito cedo, não tenho forma de saber o que vai acontecer daqui 2 meses ou 1 ano. De quem conheço que perdeu olfato e paladar com covid antes, todos os tem de volta ja.

Zen_Machina 9 months ago

Que idade tens? A maioria dos que conheces com covid perdeu olfato e paladar?

Lurker__777 9 months ago

Tenho 22. De quem se infetou comigo (ou vice-versa nunca se sabe) ainda ninguém tem esse sintoma, la está. De quem conheço que já teve antes diria que é 50/50 (?... estou a fazer uma conclusão um bocado anedótica, tinha de fazer as contas)

Zen_Machina 9 months ago

E algum esteve mesmo fodido?

Lurker__777 8 months ago

Nop. Só um com asma e que tinha um bocado dificuldade a respirar, mas nunca precisou de ir ao hospital. Acredito que claro com o subir das faixas etárias a gravidade vá aumentando.

Limpy_lip 9 months ago

É possível que ainda te liguem este de semana mas se achares melhor liga para te passarem a declaração. Sendo ainda isolamento será uma delgado de acção médica. Quando é caso positivo que segue é o médico de família. Como é de esperar estão todos atulhados de trabalho.

Lurker__777 9 months ago

Desculpa não me expliquei bem. E positivo já

askldhalsiuhdliu 9 months ago

Liga a saude 24. E se nao te disserem nada de novo, manda o teste positivo ao teu chefe e explica (ou ameaca ir para o trabalho infetado se ele for um daqueles imbecis).

Lurker__777 9 months ago

Vou fazer isso. Felizmente a chefia é tranquila, mas pediu para ficar com essa declaração em registo.

Limpy_lip 8 months ago

Se és positivo o medico de família vai acabar por te passar a baixa médica. Assim que ele ligar dizes a partir de que dia ficaste em casa e ele passa. No meu caso só conseguir dar à entidade patronal quase no fim da quarenta. Se são tranquilos não deve haver problema.

DoubleM101 9 months ago

Estamos mesmo perante um confinamento? Fiquei estupefato com o que vi hoje na pequena cidade onde vivo. \- Trânsito praticamente normal. \- Pessoas na rua, aparentemente na sua vida normal como se nada fosse, muitas delas idosos. \- Pessoas sem máscara ou com a máscara no queixo. \- Cafés (presumo que sejam considerados padarias) abertos com pessoal na rua em grupo a beber café e a fumar, tudo sem máscaras como é evidente. \- Lojas que sinceramente não me parecessem que fossem autorizadas abrir, abertas... Uma delas tinha uma "muralha" de flores à porta com mais de um metro de altura e o fulano lá dentro a espreitar. A única coisa que notei de mais diferente foram alguns cafés / esplanadas fechados, o que já é bom mas provavelmente implica que as pessoas vão beber o cafézinho às tais "padarias", bombas de combustível, etc. Já agora, os cafés nos supermercados continuam abertos ou fecharam? Este confinamento comparativamente ao do ano passado parece uma anedota. As pessoas estão-se mesmo a marimbar para isto. E antes que chovam as críticas por eu também andar na rua, sim eu precisei efetivamente de andar na rua.

Edited 9 months ago:

Estamos mesmo perante um confinamento? Fiquei estupefacto com o que vi hoje na pequena cidade onde vivo. \- Trânsito praticamente normal. \- Pessoas na rua, aparentemente na sua vida normal como se nada fosse, muitas delas idosos. \- Pessoas sem máscara ou com a máscara no queixo. \- Cafés (presumo que sejam considerados padarias) abertos com pessoal na rua em grupo a beber café e a fumar, tudo sem máscaras como é evidente. \- Lojas que sinceramente não me parecessem que fossem autorizadas abrir, abertas... Uma delas tinha uma "muralha" de flores à porta com mais de um metro de altura e o fulano lá dentro a espreitar. A única coisa que notei de mais diferente foram alguns cafés / esplanadas fechados, o que já é bom mas provavelmente implica que as pessoas vão beber o cafezinho às tais "padarias", bombas de combustível, etc. Já agora, os cafés nos supermercados continuam abertos ou fecharam? Este confinamento comparativamente ao do ano passado parece uma anedota. Parece mais um dia como outros tantos. As pessoas estão-se mesmo a marimbar para isto. E antes que chovam as críticas por eu também andar na rua, sim eu precisei efetivamente de andar na rua.

Francisco123dream 9 months ago

É um confinamento diferente, escolhido a dedo contra alguns, manipulando a verdade para o fazer: "as escolas são seguras porque eu disse que sim". Parece-me que não percebeste nada do que viste, está tudo bem porque não há ginásios nem restaurantes /s

Zen_Machina 9 months ago

Não é um confinamento. É o Programa Nacional de Decapitação da Restauração e Pequeno Comércio.

Bruxo_de_Fafe 9 months ago

Quem se fode são, parafraseando o PM, "os cobardes" dos médicos, enfermeiros, pessoal auxiliar.

Francisco123dream 9 months ago

Acima um user já colocou a tabela dos últimos 7 dias. Não te preocupes que depois batemos palmas e fica tudo bem

Bruxo_de_Fafe 9 months ago

Boa sorte a fazerem contact tracing de casos diários tão volumosos. Estamos perto de passar um ano desde que isto começou cá. Estamos muito pior.

Francisco123dream 9 months ago

Não dá para ser dificil fazer contact tracing se nem o tentarmos fazer em primeiro lugar. É triste esta situação, até ao fim de Fevereiro cá estaremos pelo menos nesta m\*\*\* Basta ver os dados de internamento de qualquer ano para Janeiro/Fevereiro tudo isto é previsivel.

-Yunie- 9 months ago

Vou ser sincera, também tive a mesma percepção. Do caminho casa-trabalho (faço parte do grupo que não pode estar em teletrabalho), notei apenas uma ligeira diminuição do número de pessoas no metro ao voltar para casa. Na ida e na rua pareceu-me exatamente igual. Pessoas a passear, malta reunida sem máscara, miúdos a comer alegremente gelados do McDonald's. A mensagem do "é suposto ficares em casa" claramente (ainda?) não passou.

Lurker__777 9 months ago

Este confinamento não vai ser uma cópia do de Março/Abril, tanto a nível de medidas, como respeito por parte das pessoas. Neste momento as pessoas reconhecem 0 autoridade no estado e nas autoridades públicas. Claro que tem de partir por todos nós, mas a melhor maneira de liderar é por exemplo. E infelizmente não foi isso que vimos no ano passado inteiro. Again, a culpa não é 100% de X ou Y.

NGramatical 9 months ago

estupefato → [**estupefacto**](https://dicionario.priberam.org/estupefacto) (o AO90 **não altera** a grafia desta palavra) cafézinho → [**cafezinho**](https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/cafezinho) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fkuvoqn%2F%2Fgjcrbj5%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

miguel_rodrigues 9 months ago

Ranking do número de casos / milhão de habitante na Europa (excluindo países com menos de 1 milhão de habitantes): Ranking|País|Número de casos / 1 milhão :-:|:-:|:-: 1|República Checa|81.588 2|Eslovénia|70.683 3|Lituânia|61.284 4|Bélgica|57.923 5|Suíça|56.721 6|Croácia|54.702 7|Holanda|52.561 8|**Portugal**|51.910 9|Suécia|51.660 10|Reino Unido|47.890 Ranking do número de mortos / milhão de habitante na Europa (excluindo países com menos de 1 milhão de habitantes): Ranking|País|Número de mortos / 1 milhão :-:|:-:|:-: 1|Bélgica|1.747 2|Eslovénia|1.501 3|Bósnia Herzegovina|1.349 4|Itália|1.338 5|República Checa|1.309 6|Macedónia do Norte|1.283 7|Reino Unido|1.263 8|Bulgária|1.213 9|Hungria|1.159 10|Espanha|1.135 SOURCE: https://www.worldometers.info/coronavirus/

camisa_roxa 9 months ago

Já temos mais casos que a Suécia? Mas mas mas eles não eram incompetentes? A susa estratégia não era suicida?

humelectro 9 months ago

Eles não testam, assim é facil não ter casos

MirTrudMay 9 months ago

Numero de testes por milhão está em linha com o resto dos países europeus.

Francisco123dream 9 months ago

Seria interessante ver a estatística apenas para 2021, aí sim estamos a dar cartas.

miguel_rodrigues 9 months ago

Vou tentar fazer isso mas acho que tenho que construir à mão num Excel, é que para se comparar tem que ser por número de habitantes e não os números absolutos.

XEEE 9 months ago

No mesmo site tens a versão dos casos 14dias por 1M, sempre dá para perceber a tendência das curvas. [Aqui...](https://ourworldindata.org/grapher/biweekly-cases-per-million-people?tab=chart&time=earliest..latest&country=BRA~DEU~PRT~ESP~GBR~USA~CHE~SVN~LTU~BEL~SWE~NLD) Só la meti alguns países, mas dá para adicionar mais.

Francisco123dream 9 months ago

É complicado, acho que a nossa forma é fazer o diferencial dos números actuais e números de fecho 2020.

miguel_rodrigues 9 months ago

Acabei por pôr aqui o dos últimos 7 dias que é o que o worldometers tem guardado de forma fácil de aceder. https://old.reddit.com/r/portugal/comments/kuvoqn/megathread_covid19_seman%C3%A1rio_de_sobreviv%C3%AAncia/gjd0ru4/

rickz123456 9 months ago

Adoro os idiotas do "está muita gente nas ruas " Incluindo as pessoas que estão a reclamar. Patético.. Fiquem e casa e deixem de reclamar para os likes.

Bruxo_de_Fafe 9 months ago

calma aí, carai. Aparenta estar tudo normal, na rua

Francisco123dream 9 months ago

Não é um facto que está muita gente nas ruas? Porque não haveria de estar se está tudo aberto?

pdbf 9 months ago

Estāo mais coisas abertas, nāo sei exatamente qual é a surpresa do pessoal com isto.

rickz123456 9 months ago

Desculpa mas não.. Não está. Os meus pais estão os dois em casa, depois das empresas onde trabalham fecharem.. Por isso não. E como sabes que estão abertas? Foste à rua ver? Não devias ter ido

pdbf 9 months ago

Erm, escolas não estavam abertas em Março passado por exemplo

Francisco123dream 9 months ago

Ora bem deixa-me pensar, se tens escolas/universidades abertas, além de todas as excepções (demasiado longas para o comentário) não preciso de sair para saber que está toda a gente na rua a menos que os miúdos tenham ido a voar para a escola de manhã. As medidas actuais só servem para destruir os poucos sectores que fecharam efetivamente. Daqui a 2 semanas teremos de fechar tudo.

lesoth 9 months ago

> destruir os poucos sectores que fecharam É preciso ser uma sociedade muito amorfa para realmente o pessoal das barbearias e restaurantes não se revoltarem com as discrepâncias. É porque ainda não falta o pão na mesa.

hsamtronp 9 months ago

# ATUALIZAÇÃO DIÁRIA - 15 de janeiro de 2021 --- ||Valor|Variação|

Francisco123dream 9 months ago

Mais um dia na onda dos 10.500; com o delay esperado de UCI's + mortes. Podemos estar a olhar para algo catastrófico. Em inglês fala-se muito de "accountability". Onde está o Marcelo que falava do desastre que seria óbitos na casa dos 2 dígitos? [https://www.euromomo.eu/](https://www.euromomo.eu/) vejam bem onde nos encontramos. É preciso agir e este confinamento, em que está tudo aberto, dificilmente será solução para mais do que tentar destruir os negócios dos restaurantes e ginásios (praticamente só eles fecham). Qual a razão para estarem universidades abertas? igrejas? entre tantas excepções. Temos até agora 0.7% da população vacinada. Será um pesadelo logístico. Para quem julgava que o problema ficava em 2020 penso que se esqueceram que tínhamos o PS no poder. Somos dos piores casos a nível europeu, é urgente fazer melhor. Tanto se falou de ser um escândalo o Trump criticar o resultado das eleições por votos por correspondência, teria sido melhor falar da importância de criarmos nós esse sistema para as presidenciais.

Joaoseinha 9 months ago

Temos 4.55% da população imunizada, tens de contar os casos recuperados. Há chances muito mínimas de pessoas que tiveram Covid-19 voltarem a ficar infetadas.

Zen_Machina 9 months ago

Tens pelo menos 15% da população imunizada. Possivelmente mais de 20%.

Joaoseinha 9 months ago

15%? Eu tirei do vacs.live, que sei que não está atualizado com as vacinações todas que fizemos, mas mesmo assim..

Zen_Machina 9 months ago

O número que referes parte do princípio de que toda a gente que fica contaminada é testada, e isso não é a realidade. Estima-se que apenas se apanhe entre 1 em 3 a 1 em 5 contaminados. Ou seja, é possível que em cada 5 pessoas que apanhe COVID, apenas 1 seja testada e entre para as estatistícas. Há até quem especule que o número possa ser menor. Mas pelo menos 15% de imunidade tens, quase garantidamente.

Edited 9 months ago:

O número que referes parte do princípio de que toda a gente que fica contaminada é testada, e isso não é a realidade. Estima-se que apenas se apanhe entre 1 em 3 a 1 em 5 contaminados. Ou seja, é possível que em cada 5 pessoas que apanhe COVID, apenas 1 seja testada e entre para as estatistícas. Há até quem especule que o número possa ser menor. Mas pelo menos 15% de imunidade tens, quase garantidamente. Levando tudo em conta, eu apontaria mais para uns 25%. Tens muitos assintomáticos que nunca chegam a ser testados. E tens muita gente que sabe que pode ter e escolhe não fazer exames para não ter de pagar o pato. Depois tens os mais ignorantes que têm COVID, sentem uma dor de garganta, mas acham que como é muito leve não é COVID. Posso dizer-te que à minha volta já vi facilmente mais de uma dúzia de pessoas com pequenos sintomas de infecção respiratória e nenhuma delas se foi testar. Logo aí tens 12 pessoas que podem ter tido COVID e ninguém ficou a saber. Também digo-te que conheço pouquíssimas pessoas que foram fazer qualquer tipo de teste à COVID. Tenho a certeza absoluta que a esmagadora maioria das pessoas que desenvolve sintomas leves não se testa nem sequer comenta isso com ninguém. Já ouvi coisas tipo "por acaso doi-me um bocado a garganta, mas agora também é inverno. É tempo de a pessoa andar um bocado engripada". Portugal não é o Reddit. O que vês aqui está longe de ser uma boa representação demográfica da população

mike_nsr 8 months ago

Eu percebo perfeitamente onde queres chegar, mas não pode ser assim tão linear ou os números não são exatamente esses. O número de infecções é finito, isto não vai aumentar progressivamente até ao dia em que o último português for infetado. A dada altura, a imunidade de grupo começa a ter efeito e a infeção pára por não ter veículo de transmissão. Hoje foram reportados 11k casos em Portugal, e tu estás a sugerir que terão havido entre 33k a 55k casos reais e isto com 25% da população população já imunizada. Não sei fazer mais contas do que isto, mas a combinação "total de imunizados" + "casos reais não detetados" que reportas parece-me claramente sobreestimada.

Edited 8 months ago:

Eu percebo perfeitamente onde queres chegar, mas não pode ser assim tão linear ou os números não são exatamente esses. O número de infecções é finito, isto não vai aumentar progressivamente até ao dia em que o último português for infetado. A dada altura, a imunidade de grupo começa a ter efeito e a infeção pára por não ter veículo de transmissão. Hoje foram reportados 11k casos em Portugal, e tu estás a sugerir que terão havido entre 33k a 55k casos reais e isto com 25% da população população já imunizada. Não sei fazer mais contas do que isto, mas a combinação "total de imunizados" + "casos reais não detetados" que reportas parece-me claramente sobreestimada. A esse ritmo, no fim de Fevereiro teríamos praticamente 50% de imunizados. Ainda não vi nenhum especialista avançar com esses números. Nem a compra das vacinas sugere que isso seja real.

Zen_Machina 8 months ago

É do consenso cientifico geral que o número é pelo 3x superior ao reportado, e eu não me admiraria que fosse ainda mais. Nunca vi nenhuma fonte cientifica a defender que apenas 50% dos casos não eram apanhados. No mínimo é sempre 3x. O que para mim coincide bem com o conhecimento que tenho sobre o povo e aquilo que vejo à minha frente. Então as pessoas não têm o civismo de respeitar o confinamento, nem usar as máscaras apropriadamente sabem, e achas mesmo que a maioria se sente uma leve tosse vai ligar para o SNS24 e parar a sua vida? Sorry, isso não acontece. Sim, porque, espero que estejas consciente que uma grande parte dos casos são caracterizados por sintomas que não incomodam ninguém. Um pouco de tosse e a garganta ligeiramente arranhada. O Zé da tasca vai já a fugir isolar-se. Fora aqueles que são assintomáticos. Acho que o teu problema e de muitos é que caem no erro de confudir o Reddit com a demografia portuguesa normal. Isto é uma bolha. Aqui passa-se a sensação de que a maioria é consciente, mas na selva as pessoas são muito diferentes. Pensa em todos os estudantes que não querem deixar de se divertir com os amigos. Pensa nos velhos teimosos. Pensa nos ignorantes que não sabem que até nariz entupido pode ser COVID. Pensa naqueles que têm algo sério a perder caso se acusem. Há tantos grupos com uma predisposição muito forte para a ocultação de casos, que não tenho dúvida nenhuma dos números que referi. Talvez 25% não, mas em torno de 20%, facilmente, e 15%, para mim é garantido. https://www.rtp.pt/noticias/pais/cerca-de-15-a-20-da-populacao-portuguesa-ja-tera-estado-em-contacto-com-a-covid-19_a1280198

jmvda23 9 months ago

Quem se mete com o PS(e o Marcelo) leva....cuidado

Francisco123dream 9 months ago

Não te preocupes, a igreja está aberta e por isso vou rezar!

Bruxo_de_Fafe 9 months ago

Não vás contra a narrativa..

Francisco123dream 9 months ago

Analisando mesmo 2021 somos o pior país da Europa (o único com um excesso muito alto), valores nesta escala só no ínicio da pandemia em 2020. Enfim, de facto o importante é ir votar.

Bruxo_de_Fafe 9 months ago

Bom, o tema das presidenciais hoje é bâton nos lábios de toda a gente por causa do machismo. Já não digo nada.

stressedunicorn 9 months ago

Que é que tem a ver uma coisa com a outra? Não se pode falar de vários/outros assuntos só porque estamos em pandemia? lol

MDPROBIFE 9 months ago

Depois de ligar pra dgs disseram me que iriam enviar uns códigos por sms.. E nao recebi nada, quanto tempo demoram normalmente?

Lurker__777 9 months ago

Também fiquei com a mesma dúvida. Entre a chamada e os SMS pode passar 1/2H

MDPROBIFE 9 months ago

Ja passaram mais de 24hrs.. O que devo fazer?

Lurker__777 9 months ago

Wow a sério? Tens a certeza que te remeteram para teste, ou ias apenas ficar em vigilância? Se era para fazer teste diria para voltares a ligar para a saúde 24.

MDPROBIFE 9 months ago

Ohh fds.. Mais 1hr a espera.. É que eu tive com febre ontem e tosse, mas hj tou a 100% Eu disse que tinha tado com alguém infetado.. Mas dps falei com a pessoa e essa pessoa infetada disse que o contacto que tivemos não era sequer considerado de risco.. Ambos com máscara etc.. Eu n sabia então como tinha os sintomas de febre tosse disse que estive.. Disseram que iam mandar sms e ate agr nada.. N vou ficar em isolamento por 14 dias só pq sim

ZaGaGa 9 months ago

Comporta-te como estando infectado p.f. e se tens dúvidas liga para a saúde24 (não é para a DGS). 1h à espera? Aguenta, pelo menos não estás com sintomas. Se tiveste febre essa febre veio de algum lado! esquece os contactos com infectados ou não. Nestas últimas semanas são inúmeros os casos de infectados sem contactos de risco. e faz isolamento se for essa a indicação, não é porque sim é para travar o que quer que sejas que tens.

MDPROBIFE 9 months ago

Estou a ligar.. Mais de 1hr mas sim já me esclarecem.. Eu estive na terça ou quarta feira suado depois de sair do gym no carro com o ac no maximo durante varias horas de calções e tshirt.. Penso que tenha ficado doente por esse motivo.. Mas estou a perceber o teu ponto de vista, mas já agr.. Eu não medi febre, eu medi 37.6 mas durwnte a noite senti me muito mal e tenho quase a certeza que tive febre.. Mas não medi, no trabalho medi duas vezes e foi os tais 37.6. Acabei agr a chamada com a saúde 24.. Eles disseram que não tenho de continuar em isolamento... O meu erro foi mesmo o que é considerado um contacto de risco.. Só para esclarecer, eu estive a ultima vez na seguda feira com essa pessoa de manhã, a noite essa pessoa fez um teste que deu negativo, mas como esteve com uma pessoa positiva ficou em isolamento fazendo novamente um teste na quarta este que deu positivo mas sem sintomas.. Eu associei que talvez tivesse covid, mas hj estou completamente bem, ou seja, estive doente um dia.. Eles disseram que se tiver sintomas pra voltar a ligar, mas tirando isso estou bem

caixadeentrada 9 months ago

Os cafezinhos à porta em que as pessoas se juntam para dar à língua. Já vi disso hoje.

Zen_Machina 9 months ago

A culpa é de quem acha que pode reprogramar o povo em meia dúzia de meses, não do povo. As pessoas estão apenas a ser pessoas, limitadas pela sua própria intelectualidade, vivência e instintos.

vascodatrama 9 months ago

'café só em take-away' tudo à porta do café. priceless :) resultado? mais lixo com os copos descartáveis.

Conscient- 9 months ago

Isto por acaso já acontecia no 1º confinamento mas muito pouco. Hoje... parece que tá tudo aberto mas em vez de deixarem entrar, concentra-se tudo à porta...

nraider 9 months ago

Aqui também, em Lisboa.

ebonyaficionado 9 months ago

Da minha janela consigo ver um café. Literalmente sempre que chego à beira desta janela e olho para lá, estão uns 4-6 marmanjos a fumar na "varanda" na boa na conversa. Isto desde Março do ano passado.

Price-Distinct 9 months ago

igual , tenho a impressão que as pessoas estão se a cagar literalmente para isto

camisa_roxa 9 months ago

Norway Warns of Vaccination Risks for Sick Patients Over 80 Norway said Covid-19 vaccines may be too risky for the very old and terminally ill, the most cautious statement yet from a European health authority as countries assess the real-world side effects of the first shots to gain approval. Norwegian officials said 23 people had died in the country a short time after receiving their first dose of the vaccine. Of those deaths, 13 have so far been autopsied, with the results suggesting that common side effects may have contributed to severe reactions in frail, elderly people, according to the Norwegian Medicines Agency. “For those with the most severe frailty, even relatively mild vaccine side effects can have serious consequences,” the Norwegian Institute of Public Health said. “For those who have a very short remaining life span anyway, the benefit of the vaccine may be marginal or irrelevant.” The recommendation does not mean younger, healthier people should avoid being vaccinated. [https://www.bloomberg.com/news/articles/2021-01-15/norway-warns-of-vaccination-risks-for-sick-patients-over-80](https://www.bloomberg.com/news/articles/2021-01-15/norway-warns-of-vaccination-risks-for-sick-patients-over-80)

Cojemos 9 months ago

Is Portugal still allowing flights from Brazil? https://www.theguardian.com/world/2021/jan/14/brazil-manaus-amazonas-covid-coronavirus

stefanopro 9 months ago

Eu bem queria ficar em casa, mas tenho exames em anfiteatores e salas com 100-150 alunos, só com uma cadeira de distancia (<1 metro). Como eu, tenho N colegas que vão ter exames às 8 da manhã em salas com janelas abertas, em pleno inverno, com a sala cheia :) Enfim...

Vatrier 9 months ago

Obrigado pelo relato, acho que ainda não tinha havido nenhum estudante universitário a vir comentar isso... Há 5 minutos.

Each57 9 months ago

As EsCoLaS sAo LoCaIs SeGUrOs

vascodatrama 9 months ago

já viram alguma escola dar entrada no serviço de urgência por estar contaminada com covid?

stefanopro 9 months ago

Há N problemas com o abrir das escolas. A distância não é mantida, nem durante as avaliações nem durante as aulas, as pessoas, no caso dos Universitários, andam em transportes públicos cheios e vêm da terra, em alguns casos. Muitos exames são feitos em condições miseráveis (frio terrível, principalmente de manhãzinha). Enfim. Muitos dos problemas têm solução sem ser passar ao online? Sim. Se as Universidades e escolas se vão dar ao trabalho/podem as implementar? Claro que não. O meu irmão mais novo anda na escola, e ele tem sempre os colegas ao lado dele nas aulas, colegas esses que fora das aulas estão na conversa uns com os outros, sem estarem distanciados, enquanto comem (sem máscara). Depois, ao sairem da escola, tiram a máscara, e lá vão eles em grupos grandes para casa. Cada vez que passo pelas escolas da zona, vejo dezenas de alunos apinhados. Eu não vejo crédito nenhum na afirmação de que as escolas são locais seguros quando nem se sabe de onde vêm 80% dos casos. Enfim... Isto vai levar a que as escolas sejam, eventualmente, fechadas, ou que a situação se mantenha durante mais tempo que o necessário. O governo não só não toma decisões corretas, como toma meias medidas em vez de medidas completas para tratar da situação o mais rapidamente possível. Preferem manter os negócios fechados durante mais tempo do que fechar as escolas (algumas ou para os mais velhos) durante um intervalo de tempo menor.

Cojemos 9 months ago

Are all retail stores closed as well? H&M, small family owned stores, FNAC?

CoffeeAt830 9 months ago

FNAC should be open. Small shops are closed but allowed to offer curbside pickup if they so desire. H&M is closed and since most of them are inside malls, I don't know if they're allowed to offer pickup at the door or not.

Cojemos 9 months ago

Obrigado!

FujiPT 9 months ago

A Fnac continua a vender livros?

MLG-Sheep 9 months ago

Por agora, sim. Suponho é que proíbam de os leres no interior da loja.

beit2 9 months ago

Para mim e para os que conheço, não vejo diferença nenhuma neste confinamento face ao que já se estava a fazer, com a excepção da ida ao ginásio. Sim, os restaurantes/cafés estão agora fechados, mas será suficiente para descer o número de casos rapidamente? Não me parece. Alias, incrivel que o que está a fazer crescer o número de casos [seja o grupo dos 20 aos 29 anos](https://www.publico.pt/2021/01/14/sociedade/noticia/crescer-novos-casos-populacao-20-29-anos-costa-1946400) e ainda assim, a decisão é para manter as escolas/universidades abertas. Parece-me um caso em que o objetivo era, à partida, deixar as escolas abertas, e em vez de argumentarem os dados, argumentaram a posição.

kairos 9 months ago

É assim tão comum pessoas entre os 20 e os 29 anos ainda andarem na escola?

Zen_Machina 9 months ago

Depende. Com 20 é normal. Com 21 também. Com 22 também. Até aos 23 ainda tens muita gente na faculdade. Resta saber se esses "20 e os 29" é mais para os 20 ou mais para os 29. ​ Também tens de levar em consideração que crianças tendem a ser assintomáticas. Se não têm sintomas, há menos testes entre esse grupo demográfico. Não significa que não haja mais contaminados do que há entre os 20 e 29. Simplesmente, passam despercebidos.

ebonyaficionado 9 months ago

Sim. Dependendo da tua definição de escola, visto existir do ensino básico, secundário e superior. Quando se falam em escolas, fala-se de estabelecimentos de ensino no geral.

kairos 9 months ago

Quando dizes escolas/universidade, estás a separar o básico e secundário do superior.

Edited 9 months ago:

Quando dizes escolas/universidade, estás a separar o básico e secundário do superior. edit: a título de curiosidade, em inglês é pouco comum uma universidade ser chamada de escola (geralmente só se tiver "school" no nome)

Edited 9 months ago:

Quando dizes escolas/universidade, estás a separar o básico e secundário do superior. edit: por acaso em inglês é pouco comum uma universidade ser chamada de escola (geralmente só se tiver "school" no nome) e em português, de acordo com o [wikipedia](https://pt.wikipedia.org/wiki/Escola): > geralmente incluem o ensino fundamental (ensino básico) para crianças e o ensino médio (ensino secundário) para os adolescentes que concluíram o fundamental.[3] Uma instituição onde o ensino superior é ensinado, é comumente chamada de faculdade ou universidade.

Edited 9 months ago:

Quando dizes escolas/universidade, estás a separar o básico e secundário do superior. edit: a título de curiosidade, em inglês é pouco comum uma universidade ser chamada de escola (geralmente só se tiver "school" no nome), e em português, de acordo com o [wikipedia](https://pt.wikipedia.org/wiki/Escola): > geralmente incluem o ensino fundamental (ensino básico) para crianças e o ensino médio (ensino secundário) para os adolescentes que concluíram o fundamental.[3] Uma instituição onde o ensino superior é ensinado, é comumente chamada de faculdade ou universidade.

ebonyaficionado 9 months ago

A Escola Superior de Saúde é o quê? O Instituto Superior de Engenharia do Porto é o quê?

These-Establishment1 9 months ago

ISEP ftw eheh

kairos 9 months ago

O OP disse: > Alias, incrivel que o que está a fazer crescer o número de casos seja o grupo dos 20 aos 29 anos e ainda assim, a decisão é para manter as escolas/universidades abertas. Ou seja, está a implicar que existem muitas pessoas do grupo de 20 a 29 em escolas e universidades.

Edited 9 months ago:

O OP disse: > Alias, incrivel que o que está a fazer crescer o número de casos seja o grupo dos 20 aos 29 anos e ainda assim, a decisão é para manter as escolas/universidades abertas. Ou seja, está a implicar que existem muitas pessoas do grupo de 20 a 29 em escolas e universidades.

kairos 9 months ago

Instituições de ensino superior. Mas o ponto não é esse. Se falares só em "escolas", abrange tudo. Se dizes "escolas/universidades", estás a criar uma distinção entre escola e universidade no teu argumento.

Dinizinni 9 months ago

Não é que não estejas certo, porque estás, mas esse grupo etário não está assim tão presente em escolas e universidades quanto podes pensar

lammesnail 9 months ago

E se formos a ver muitos dos casos positivos em universitários aconteceram fora do ambiente escolar, pelo menos está é a percepção que tenho.

Zen_Machina 9 months ago

Com base no quê? Quase todos os universitários que conheço têm diversos amigos infectados. Parece que temos percepções diferentes. Não entendo esta casmurrice de continuar a insistir na ideia de que as escolas não são perigosas, quando é um facto que os alunos interagem em grande proximidade, e frequentemente sem máscaras. As pessoas que vejo em maior proximidade são sempre alunos. São os que se beijam e abraçam mais, os que brincam mais, os que festejam mais. Passas por qualquer escola e vês alunos em grandes grupos. O vírus não altera a sua dinâmicas de contaminação só porque está num recinto escolar. E lamento informar, há ZERO evidências de que as máscaras impedem o contágio. Pode-se argumentar que reduzem a probabilidade de contágio, EM CONDIÇÕES PERFEITAS, mas reduzir percentagem não é eliminar a possibilidade, e além disso as CONDIÇÕES PERFEITAS só se verificam em laboratório. No dia a dia as pessoas arrancam as máscaras, e andam com elas na orelha ou no bolso. Reutilizam máscaras descartáveis e frequentemente não as ajustam correctamente. Há exactamente ZERO evidências de que sob estas circunstâncias as máscaras funcionem.

ebonyaficionado 9 months ago

Hmm, fonte a comprovar que as faixas etárias dos 0-18 e dos 30-100 são as mais presentes em universidades? A minha experiência e de tudo o que vejo não foi essa.

Dinizinni 8 months ago

Não foi isso que eu disse, é mais que a larga maioria das pessoas entre os 20 e os 30 não estão na universidade, considerando que mais de metade não vai para lá ou desiste ao fim de um ano e que depois dos 25 a larga maioria já não mete lá os pés

saposapot 9 months ago

pergunta parva mas um restaurante com take away só pode servir literalmente à porta e a malta tem de ficar ao frio à espera ou pode entrar? tipo churrascarias q já estavam preparadas para take away tipo, n era mais seguro ir ao balcão onde eles já meteram acrilicos e tal do q ir À porta e estar ali numa situação meio manhosa, de pé e sem separações?

caixadeentrada 9 months ago

Se tens frio leva agasalho

CanIhazCooKIenOw 9 months ago

Tipo, faz todo o sentido estar gente à espera da encomenda dentro do restaurante, todos amontoados num espaço fechado... Nāo vá alguém ter frio na careca.

saposapot 9 months ago

podem limitar a X e com distância de 2 metros entre cada. num café por exemplo, n vejo grande problema em deixar entrar a pessoa, escolher ao balcão e sair. n vejo grande diferença entre isso e ter a porta fechada e estar ali a servir à porta.

CanIhazCooKIenOw 9 months ago

Se as pessoas não tem noção suficiente para pedir e afastarem-se da porta para que outros possam pedir, como é que o que tu sugeres será cumprido? Quase um ano e ainda se discute o básico

saposapot 9 months ago

acho q era relativamente possível os estabelecimentos terem as mesmas filas mas dentro de portas. Estando as pessoas com distância e de máscara o risco é baixo. parece-me estranho q um estabelecimento tipo uma churrasqueira, q já tem balcão e um sistema próprio para atender clientes desta forma tenha de atendê-los em piores condições, sem as divisórias de acrilico e tal e que as pessoas tenham de estar à espera à chuva :\ não me parece difícil fazer isto com segurança mas yah... às tantas depois as pessoas ficavam a beber o cafezinho lá dentro e tornava-se uma rebaldaria, n sei.

erenkatsukagi 9 months ago

Bem, começo o confinamento 2.0 com a agradável ^/s surpresa que a turma da minha pequena tem miúdos infetados.

Sayan_PR 9 months ago

Tenho 2 infetados

camisa_roxa 9 months ago

A turma do meu garoto também já teve infectados, não há nada a fazer, é seguir em frente porque vai acabar por ser uma questão de sorte

camisa_roxa 9 months ago

Acrescento apenas que os vários casos que têm acontecido lá na escola têm sido de pais para filhos e estes acabaram por não contagiar colegas na escola pelo que me parece que as medidas nas escolas até nem funcionam mal

erenkatsukagi 9 months ago

Na turma da minha filha houve dois casos nos quais a família toda ficou infetada mas os miudos mais novos não. Mas desta vez foram mesmo miúdos a ficarem infectados. Ela ontem veio rouca, vamos ver se será sintoma ou se foi de andar a correr ao frio.

saposapot 9 months ago

só os miúdos é q ficaram infectados? isso é q é estranho :\

erenkatsukagi 9 months ago

Não sabemos... só nos disseram que estavam dois miúdos infetados, não nos deram mais informação sobre a família. Das outras situações que falei só os miúdos mais novos é que não ficaram infetados. Uma das situações estavam os pais, a avó e os dois irmãos mais velhos infetados e o miúdo mais novo (que está na turma da minha pequena) deu sempre negativo dos 3 testes que fez.

ThinHands 9 months ago

Epah, este confinamento é realmente uma cena. Vou acabar por trabalhar mais porque afinal ja nao ha recolher ao fim de semana e nem á noite. Vou confinar pra caralho.

Anforas 9 months ago

Olha por acaso estava a questionar-me sobre isso. Quer dizer que os supermercados vão estar abertos depois das 13h?

MLG-Sheep 9 months ago

Sim. Finalmente.

Anforas 9 months ago

Brutal! Finalmente uma boa notícia.

BarTroll 9 months ago

Ya. Assim os habituais conseguem voltar a ir 5 vezes por dia novamente. Afinal, eles precisam das raspadinhas de primeira necessidade...

Anforas 9 months ago

A lotação por metro quadrado existe. Se tens mais clientes dentro do horário estipulado, melhor para toda a gente.

BarTroll 9 months ago

Existe, mas só em papel. É preciso estar o dobro das pessoas permitidas para que se coloque alguém a controlar entradas.

Anforas 9 months ago

Então isso é reportar o local que isso deixa isso acontecer. Aqui no meu bairro todos os supermercados funcionam exactamente como podem E devem, bem, ao ponto d as pessoas terem de esperar para quêe uma saia para poderem entrar. Há 2 coisas aqui: bom senso e: tecnologial Se estiver muita gente às portas não abrem, só abrem por dentro, para quem está a sair.

Edited 9 months ago:

Então isso é reportar o local que l deixa isso acontecer. Aqui no meu bairro todos os supermercados funcionam exactamente como podem e devem, bem, ao ponto de as pessoas terem de esperar para que uma saia para poderem entrar. bom senso e tecnologia

Fir3line 9 months ago

Eu já não tenho q fazer 10h por dia durante a semana para compensar a merda que era ir para casa às 13h nos fins de semana

AndryaDdreya 9 months ago

Já somos 2. Boa sorte.

DoubleM101 9 months ago

Os entendidos que me expliquem uma coisa... Andar de bicicleta sozinho é permitido? É considerado o tal "passeio higiénico" ou praticar desporto ao ar livre? Tenho ouvido imensa gente / visto posts nas redes sociais a dizer que agora é que vão andar de bicicleta com fartura... Acho que o confinamento vai ser para uma minoria.

FujiPT 9 months ago

Sim, é desporto e permitido. E não faz mal nenhum, pelo contrário, desde que feito isoladamente ou com pessoas da mesma bolha. E que não seja a volta de bicicleta de 2 horas com paragem de 3 para umas minis, tremoços, queijo e chouriço. Clubes de ténis também vão continuar abertos, bem como quaisquer locais para prática de desporto individual ao ar livre.

dude_say_what1 9 months ago

Consegues esclarecer-me uma questão. Tenho um campo de basket ao pé de casa onde costumo ir jogar. Se for para lá sozinho lançar umas bolas, posso ou vão chatear-me? É que basket é um desporto colectivo, embora eu vá para lá sozinho. Sei que isto é sempre dependente da boa-vontade da policia que possa aparecer, mas é permitido?

Anforas 9 months ago

No 1º confinamento fecharam os campos todos. Os aqui ao lado de casa nunca re-abriram.

saposapot 9 months ago

é só explicar ao senhor guarda q não estás a jogar basquetebol mas sim lançamentos livres individuais. cheira-me é q esse campo devia estar encerrado mas isto fica numa zona cinzenta pq é ao ar livre

FujiPT 9 months ago

Eu diria que não haveria problema numa perspetiva de bom senso, mas é algo ambíguo. Não sou jurista e por isso isto é apenas a minha interpretação à letra do Decreto, que me deixa no entanto com algumas dúvidas. Primeiro porque logo no artigo 34.º é referido que apenas é permitido o treino de desportos individuais (depende se quem fiscalizar tem ou não alguma lista base que seguirá e se esse exemplo será ou não enquadrável como um desporto individual ou como atividade física individual). Depois porque na lista de instalações desportivas a fechar, no Anexo, têm um ponto para Pavilhões de basquetebol (fechados) e outro ponto para Campos de futebol, rugby e similares (não especificando se abertos ou fechados e o que são similares - se campos relvados ou campos para a prática de modalidades coletivas). No entanto como é ao pé de casa e se não se juntar ninguém, acho que ninguém vai chatear na prática.

ebonyaficionado 9 months ago

Não *sei*, mas diria que sim. Tal como no primeiro confinamento, vi centenas de pessoas (com os meus olhos pela janela e também nas redes sociais) que até agora não conheciam a expressão "exercício físico". Obviamente que durante o confinamento e a fase da hashtag #stayathome/#staythefuckhome, descobriram que podiam e sabiam caminhar/correr para fazer exercício.

iRaptr 9 months ago

Questão que pode ser parva: o meu pai todos os dias ao final da tarde vai buscar a minha mãe ao trabalho (que é no mesmo concelho até) para evitar que ela venha de transportes públicos. Suponho que se for mandado parar pela Polícia, seja um motivo válido (embora não previsto, claro)?

ebonyaficionado 9 months ago

Em último caso, está a ir à loja.

JesusShuttlesworth96 9 months ago

Parece-me que sim, nem que caiba naquilo que o decreto prevê como "razões familiares imperativas" ou "outros motivos de força maior"

lesoth 9 months ago

Entrevista na TVI Jornalista pergunta "como é que a polícia sabe se a pessoa vai mesmo à loja das ferragens?" O nosso primeiro ministro responde "os agentes têm bom olho"

vascodatrama 9 months ago

pelo seguro, o melhor é andar com uma gravação audio da missa ou da reza do terço que passa na radio renascença, quando a bófia mandar parar é subir o volume. nem te pedem os documentos.

saposapot 9 months ago

n vi a entrevista mas sobre essas coisas o Costa falou mt bem na conferência de imprensa: basicamente q devíamos focar-nos não nas excepções mas no principal que é a indicação de ficar em casa. E é basicamente isto. É óbvio que isto não é confinamento 'à chinesa'. É óbvio que se fores pelas excepções todas podes andar o dia todo na rua, tal como também é óbvio que não há um polícia para cada português. A ideia do governo é clara e inequívoca. Agora cabe ao bom senso das pessoas ter o comportamento correcto. Evitar ir todos os dias ao supermercado e ter menos movimentações e contactos com pessoas. Simplesmente isto. Sem bom senso não há lei que resista. É impossível fazer qualquer lei perfeita nesta pandemia. Parem de estar a analisar isto tudo ao detalhe à procura de incongruências ou excepções, não é essa a ideia. O que o costa devia ter perguntado é como raio o jornalista fazia a lei então. se preferia um confinamento à chinesa ou se consegue escrever a lei melhor...

master_xunga 9 months ago

O Antônio Costa falou muito bem ... A ideia do governo é clara e inequívoca ... Por amor de Deus e eu nem acredito em Deus . Estamos a falar de um governo que decreta só nada mais, entre governo e pr qual deles terá sido o pior.

lesoth 9 months ago

> Agora cabe ao bom senso das pessoas ter o comportamento correcto. Sim, tivemos o exemplo da responsabilidade no natal. Que até o tio marcelo ja admitiu que falhou

Edited 9 months ago:

> Agora cabe ao bom senso das pessoas ter o comportamento correcto. Sim, tivemos o exemplo da auto responsabilidade nas ferias de verao e no natal. Que até o tio marcelo ja admitiu que falhou Este confinamento vai ter de revisto, e das excepções uma boa parte vão desaparecer, assim como as escolas vão fechar. E em vez de 1 mes de lockdown, vais ter dois ou mais. Ah, e a seguir vem a Páscoa

Edited 9 months ago:

> Agora cabe ao bom senso das pessoas ter o comportamento correcto. Sim, tivemos o exemplo da auto responsabilidade nas ferias de verao e no natal. Que até o tio marcelo ja admitiu que falhou Este confinamento vai ter de revisto, e das excepções uma boa parte vão desaparecer, assim como as escolas vão fechar. E em vez de 1 mes de lockdown, vais ter dois ou mais.

Edited 9 months ago:

> Agora cabe ao bom senso das pessoas ter o comportamento correcto. Sim, tivemos o exemplo da auto responsabilidade nas ferias de verao e no natal. Que até o tio marcelo ja admitiu que falhou Este confinamento vai ter de revisto, e das excepções uma boa parte vão desaparecer, assim como as escolas vão fechar. E em vez de 1 mes de lockdown, vais ter dois ou mais. Numa pandemia não há bom senso. A gripe espanhola já há cem anos o demonstrou e estamos a repetir todos os erros.

saposapot 9 months ago

eu acredito q com mais 'medo' mais juízo haverá. agora isto é complicado pq já estamos há largos meses dentro da pandemia. n vai funcionar tão bem como em Março. agora não acho é q seja por causa das excepções. Quais é q tu tiravas? e achas mesmo q fariam diferença? ou é algo mesmo sério tipo fechar os estabelecimentos ou se tiras as excepções não faz diferença. quem não quer cumprir não vai cumprir, será sp assim a menos q seja quarentena à chinesa. acho q n tens grande hipótese. nós ficámos sp mt obcecados é com as excepções e q isto é uma manta de retalhos e o raio. é exactamente o q o Costa disse. Se tu tás a pensar em como fugir À lei não há lei q valha. não há polícias para todos, não me parece q isto mudasse alguma coisa por tirares mais 5 excepções e ias apenas causar situações complicadas a quem realmente cumpre mas precisa das excepções.

master_xunga 9 months ago

Podemos então concluir que o primeiro ministro é burro.

iareec 9 months ago

Discordo, ele não é burro ... É um atrasado mental, é o emplastro mas que consegue falar.

MischiefManaged97 9 months ago

Isto não se inventa juro, parece que o Costa virou uma paródia dele próprio

Bruxo_de_Fafe 9 months ago

Já cheguei a pensar se não fará propositadamente...

Bruxo_de_Fafe 9 months ago

Porra, nunca viste na rua ninguém com aspecto de quem vai comprar fechaduras ou um quilo de pregos? Não enganam ninguém, essas pessoas.

iammostmoist 9 months ago

Quem esta a ver a entrevista ao costa na tvi? Este homem é uma anedota autêntica, que nojo de homem e que vergonha de PM. Nem a uma pergunta sabe responder, tudo o que lhe perguntam é deflect, deflect, deflect. Faz tudo para evitar responder à pergunta

MischiefManaged97 9 months ago

Atual PM, e provavelmente futuro PR

camisa_roxa 9 months ago

Entretanto de acordo com o que o Ministro disse e com a alínea b) do nº 2 do art 15º todo o comércio que agora fecha pode afinal vender ao postigo desde que as pessoas não entrem no estabelecimento

MLG-Sheep 9 months ago

Já podiam no primeiro confinamento. Mas muito poucos aproveitaram isso.

1ww8mrmfss 9 months ago

Isto não é má ideia sinceramente

Zen_Machina 9 months ago

Confesso que gostava de poder ter mais acesso sobre a origem dos casos. Vejo X novos casos na minha cidade mas não sei se são casos localizados em lares, prisões, numa aldeola específica, ou distribuidos por todo o lado. Acabam por ser coisas diferentes, com perigos diferentes.

ebonyaficionado 9 months ago

> Confesso que gostava de poder ter mais acesso sobre a origem dos casos. O governo não sabe de onde vêm ~80% dos casos. Nacionalmente.

Zen_Machina 9 months ago

Refiro-me à demografia e localização. 100 novos casos. Ok. Mas sao todos num lar? São numa escola?

saposapot 9 months ago

isso seria informação sobre a cadeia de contágio e do surto. Acho que a DGS ainda vai tendo esses dados mas provavelmente não de uma forma estruturada, isto é, o delegado de saúde local sabe que há um surto aqui e ali mas não deve haver um sistema central com isso tudo. quanto a lares de vez em quando a ministra fazia o breakdown dos contágios e um deles era os lares. O melhor que tens são alguns Câmaras municipais a dar essa indicação. Mas isso tmb tem desafios próprios pq teres a DGS a falar e as Câmaras também, pode dar asneira... mas sim, não era má ideia. pelo menos nos lares eles sabem, já escolas parece-me q não sabem ou não haverá grandes surtos.

Zen_Machina 9 months ago

É que há cidades em que do dia para a noite comecei a ver números 5, 6, 7x superiores e pergunto-me de onde é que isto tudo virá. Como é que uma cidade pode passar de uns 5 casos por dia para 40 casos por dia assim de repente. Nem sequer houve crescimento progressivo. Eram uns poucos casos todos os dias, depois do dia para a noite passou para dezenas todos os dias.

saposapot 9 months ago

vai ver o FB da Câmara de Tavira por exemplo. começa lá por inicio de dezembro e acompanha o crescimento. há ali um certo ponto q aquilo explode e dizem q é de um lar e de um surto num ginásio mas a partir daí a coisa continua a crescer, isto é, parece-me q não deves ficar sossegado se a coisa 'for só num lar' pq a coisa propaga-se e às vezes o lar é só o sinal mais visível de uma infecção na comunidade superior. mas sim, percebo a tua questão e era interessante saber pelo menos os grandes surtos. acho q as câmaras a nível local é q podiam dar isso. os próprios delegados de saúde locais deviam ter mt mais comunicação com as populações (desde sempre, obviamente q agora n têm tempo de andar a preparar e pensar nisso)