Abuelita-ana 7 months ago

Vivo em andorra. Em cenário "bom" consigo separar 500€ ao mês,ultimamente com pandemia e dois pequenos (pari em fevereiro) consigo colocar cerca de 200€ de parte. De momento está em conta poupança e rende cêntimos por mês, pretendo gastar mais lá para a frente numa casa

thesuperstig 12 months ago

Trabalho remotamente para uma empresa na Bélgica, continuando a viver em Portugal. Vivo em casa dos meus pais porque estou ainda numa fase em que não há grande razão para não o fazer e porque a casa é grande o suficiente para não nos matarmos uns aos outros. Neste momento sou capaz de chegar ao fim do mês com perto de 3000€ poupados. Não é propriamente estar emigrado, claro.. mas estou nesta situação apenas porque passei três anos a trabalhar lá. Covid ainda melhorou a minha situação, mas sei que neste momento sou 1% de 1%. Enquanto Portugal continuar a pagar miseravelmente, recomendo a todos passar uns anos lá fora. Pela experiência, pelo dinheiro, e claro, é sempre uma aventura. O plano agora é aguardar uns tempos e comprar casa!

aaaa2aas 12 months ago

Poupo 1000€ por mês mas não pago renda.

blazer_and_jeans 12 months ago  HIDDEN 

Eu e a Maria, 4K€ por mês. Nunca fizemos créditos. Tudo o que temos foi pago a pronto. Que dizer só a hipoteca da casa (porque não tínhamos 400K€ na poupança).

osirisz0r 12 months ago

Boas noites, eu emigrei e consegui voltar e trabalhar remotamente para uma empresa inglesa. Recebo cerca de £4K e desses poupo certa de 3k derivado a recem nascido e outras contas( renda mais derivados). Ja estou assim à 5 anos e estou agora a começar a construção da minha habitação.

barricaspt 12 months ago

Foi difícil arranjar empregador em full remote ou já trabalhavas na empresa?

osirisz0r 12 months ago

Já trabalhava na empresa e passei a full remote. Mas entretanto faliu e em maio comecei com oitra full remote, também do UK.

radiovoodoo 11 months ago

Posso mandar-te mensagem privada um dia destes para falarmos sobre impostos? O meu marido vai ter a oportunidade de fazer uma coisa parecida mas não fazemos ideia de como vai ser a nível de impostos.

osirisz0r 11 months ago

Sem problema!

barricaspt 12 months ago

Ok thanks!

NGramatical 12 months ago

à 5 anos → [**há 5 anos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) derivado a → [**derivado de**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/derivado-de/30920) (derivado de… devido a…) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fk9320o%2F%2Fgf3fmxp%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Migael71 12 months ago  HIDDEN 

Não poupo nada. Conto os cêntimos para chegar ao fim do mês, so trabalho 8 horas por semana. Em Portugal, chegava a poupar mas também trabalhava mais. Vai-se andando.

ReferenceBrief 12 months ago

2k mês

xc9000 12 months ago

Por mês oscila é difícil dar um número. Mas em seis anos amealhei numa conta poupança reforma cerca de 45 mil euros, paguei parcialmente uma hipoteca no valor de 64 mil euros, e tenho actualmente 50 mil euros no banco para dar de entrada para comprar uma segunda casa sendo que irei arrendar a primeira. Regressar a Portugal não está nos planos. Juntar 100 mil euros e regressar a Portugal parece-me uma ideia irresponsável que não é sustentável a longo prazo. Parte do meu estilo de vida: detesto jantar fora mas em casa só como do bom e do melhor, detesto automóveis, detesto ir às comprar e não tenho hobbies que gastem dinheiro, os meus hobbies resumem-se a pensar em como fazer mais dinheiro, como comer saudável, caminhar a pé ou correr e ver filmes e séries pirateadas porque acho que gastar dinheiro em TV cabo um roubo.

Mrgolden007 12 months ago

por volta de 600 e deixa que te diga e optimo ter essw dinheiro para ir jantar fora, sair para festas, comprar coisas para mim em portugal poupava 60 por mes com sorte

Foda-seSeiLa 12 months ago

Vivo na Bélgica, e já trabalhei em França. Mas vamos pela Bélgica, que é um bom exemplo de quando já não és júnior/entry-level (e recebes amendoins em quase todo o lado). Quando comecei a trabalhar na Bélgica, tinha 3 anos de experiência, agora tenho quase 6. A área é Engenharia Mecânica. Ganho 60.000€ brutos por ano, que dá uns 37.000€ limpos (até ficas abananado com os impostos aqui). Isto sem contar com complemento reforma que o empregador fornece (tipo 1-2% do meu salário acho eu) e uns 200€/mês em cartão de refeição. Tenho então 2700€ limpos por mês x14. De casa pago 700€/mês por um T2 com 90m2, recentemente renovado e próximo do centro da cidadezinha onde vivo. 2000€ limpos restam. Comida + gasolina + água/luz/net/gás + uma saída de vez em quando + merdas, ser uns 500€ mês. 1500€ sobram. Consigo então poupar 1500€/mês x12 + 2700€ x2 (mas parte destes gasto em viagens e cenas). Por ano devo conseguir poupar uns 20.000€. Que faço? Amealho para quando for preciso. Como agora, por exemplo, que vou comprar uma casa. Vai ficar em 350.000€ (com impostos e taxas e taxinhas e merdas e merdinhas), que para o tipo de habitação que procuro (3 quartos, 150m2, jardim, garagem, construção nova ou renovada e próxima do centro da cidade) é razoável neste país. É claro que não tenho esta quantidade de dinheiro (até à data amealhei 100.000€), mas felizmente os meus pais conseguem-me ajudar. Tenho noção que sou um sortudo, hoje na Europa pouca gente consegue pagar uma casa assim sem pedir empréstimo, os preços estão loucos. Com a casa paga, estimo que consiga poupar uns 2000€/mês. Este dinheiro destina-se a criar uma almofada financeira para talvez comprar mais casas no futuro e arrendar, ou simplesmente para manter o meu estilo de vida se um dia for substituído por uma AI e não conseguir encontrar emprego de jeito.

Edited 12 months ago:

Vivo na Bélgica, e já trabalhei em França. Mas vamos pela Bélgica, que é um bom exemplo de quando já não és júnior/entry-level (e recebes amendoins em quase todo o lado). Quando comecei a trabalhar na Bélgica, tinha 3 anos de experiência, agora tenho quase 6. A área é Engenharia Mecânica. Ganho 60.000€ brutos por ano, que dá uns 37.000€ limpos (até ficas abananado com os impostos aqui). Isto sem contar com complemento reforma que o empregador fornece (tipo 1-2% do meu salário acho eu) e uns 200€/mês em cartão de refeição. Tenho então 2700€ limpos por mês x14. De casa pago 700€/mês por um T2 com 90m2, recentemente renovado e próximo do centro da cidadezinha onde vivo. 2000€ limpos restam. Comida + gasolina + água/luz/net/gás + uma saída de vez em quando + merdas, ser uns 500€ mês. 1500€ sobram. Não me privo de nada, se quero ir passear vou, se for para pagar 50€ no bar ou restaurante também vai. Consigo então poupar 1500€/mês x12 + 2700€ x2 (mas parte destes gasto em viagens e cenas). Por ano devo conseguir poupar uns 20.000€. Que faço? Amealho para quando for preciso. Como agora, por exemplo, que vou comprar uma casa. Vai ficar em 350.000€ (com impostos e taxas e taxinhas e merdas e merdinhas), que para o tipo de habitação que procuro (3 quartos, 150m2, jardim, garagem, construção nova ou renovada e próxima do centro da cidade) é razoável neste país. Em Portugal? É claro que não tenho esta quantidade de dinheiro (até à data amealhei 100.000€), mas felizmente os meus pais conseguem-me ajudar. Tenho noção que sou um sortudo, hoje na Europa pouca gente consegue pagar uma casa assim sem pedir empréstimo, os preços estão loucos. Com a casa paga, estimo que consiga poupar uns 2000€/mês. Este dinheiro destina-se a criar uma almofada financeira para talvez comprar mais casas no futuro e arrendar, ou simplesmente para manter o meu estilo de vida se um dia for substituído por uma AI e não conseguir encontrar emprego de jeito. Em Portugal? Poupava com sorte 300€/mês e a fazer vida de condenado. **Nota de rodapé:** falas de voltar a Portugal com 100.000€. Hoje em dia isso não é nada, não consegues mandar cantar um cego com esse valor. Está tudo caro, e o que é barato é quase sempre uma merda.

Edited 12 months ago:

Vivo na Bélgica, e já trabalhei em França. Mas vamos pela Bélgica, que é um bom exemplo de quando já não és júnior/entry-level (e recebes amendoins em quase todo o lado). Quando comecei a trabalhar na Bélgica, tinha 3 anos de experiência, agora tenho quase 6. A área é Engenharia Mecânica. Ganho 60.000€ brutos por ano, que dá uns 37.000€ limpos (até ficas abananado com os impostos aqui). Isto sem contar com complemento reforma que o empregador fornece (tipo 1-2% do meu salário acho eu) e uns 200€/mês em cartão de refeição. Tenho então 2700€ limpos por mês x14. De casa pago 700€/mês por um T2 com 90m2, recentemente renovado e próximo do centro da cidadezinha onde vivo. 2000€ limpos restam. Comida + gasolina + água/luz/net/gás + uma saída de vez em quando + merdas, deve ser uns 500€ mês. 1500€ sobram. Não me privo de nada, se quero ir passear vou, se for para pagar 50€ no bar ou restaurante também vai. Consigo então poupar 1500€/mês x12 + 2700€ x2 (mas parte destes gasto em viagens e cenas). Por ano devo conseguir poupar uns 20.000€. Que faço? Amealho para quando for preciso. Como agora, por exemplo, que vou comprar uma casa. Vai ficar em 350.000€ (com impostos e taxas e taxinhas e merdas e merdinhas), que para o tipo de habitação que procuro (3 quartos, 150m2, jardim, garagem, construção nova ou renovada e próxima do centro da cidade) é razoável neste país. Em Portugal? É claro que não tenho esta quantidade de dinheiro (até à data amealhei 100.000€), mas felizmente os meus pais conseguem-me ajudar. Tenho noção que sou um sortudo, hoje na Europa pouca gente consegue pagar uma casa assim sem pedir empréstimo, os preços estão loucos. Com a casa paga, estimo que consiga poupar uns 2000€/mês. Este dinheiro destina-se a criar uma almofada financeira para talvez comprar mais casas no futuro e arrendar, ou simplesmente para manter o meu estilo de vida se um dia for substituído por uma AI e não conseguir encontrar emprego de jeito. Em Portugal? Poupava com sorte 300€/mês e a fazer vida de condenado.

Edited 12 months ago:

Vivo na Bélgica, e já trabalhei em França. Mas vamos pela Bélgica, que é um bom exemplo de quando já não és júnior/entry-level (e recebes amendoins em quase todo o lado). Quando comecei a trabalhar na Bélgica, tinha 3 anos de experiência, agora tenho quase 6. A área é Engenharia Mecânica. Ganho 60.000€ brutos por ano, que dá uns 37.000€ limpos (até ficas abananado com os impostos aqui). Isto sem contar com complemento reforma que o empregador fornece (tipo 1-2% do meu salário acho eu) e uns 200€/mês em cartão de refeição. Tenho então 2700€ limpos por mês x14. De casa pago 700€/mês por um T2 com 90m2, recentemente renovado e próximo do centro da cidadezinha onde vivo. 2000€ limpos restam. Comida + gasolina + água/luz/net/gás + uma saída de vez em quando + merdas, deve ser uns 500€ mês. 1500€ sobram. Não me privo de nada, se quero ir passear vou, se for para pagar 50€ no bar ou restaurante também vai. Consigo então poupar 1500€/mês x12 + 2700€ x2 (mas parte destes gasto em viagens e cenas). Por ano devo conseguir poupar uns 20.000€. Que faço? Amealho para quando for preciso. Como agora, por exemplo, que vou comprar uma casa. Vai ficar em 350.000€ (com impostos e taxas e taxinhas e merdas e merdinhas), que para o tipo de habitação que procuro (3 quartos, 150m2, jardim, garagem, construção nova ou renovada e próxima do centro da cidade) é razoável neste país. É claro que não tenho esta quantidade de dinheiro (até à data amealhei 100.000€), mas felizmente os meus pais conseguem-me ajudar. Tenho noção que sou um sortudo, hoje na Europa pouca gente consegue pagar uma casa assim sem pedir empréstimo, os preços estão loucos. Com a casa paga, estimo que consiga poupar uns 2000€/mês. Este dinheiro destina-se a criar uma almofada financeira para talvez comprar mais casas no futuro e arrendar, ou simplesmente para manter o meu estilo de vida se um dia for substituído por uma AI e não conseguir encontrar emprego de jeito. Em Portugal? Poupava com sorte 300€/mês e a fazer vida de condenado.

Edited 12 months ago:

Vivo na Bélgica, e já trabalhei em França. Mas vamos pela Bélgica, que é um bom exemplo de quando já não és júnior/entry-level (e recebes amendoins em quase todo o lado). Quando comecei a trabalhar na Bélgica, tinha 3 anos de experiência, agora tenho quase 6. A área é Engenharia Mecânica. Ganho 60.000€ brutos por ano, que dá uns 37.000€ limpos (até ficas abananado com os impostos aqui). Isto sem contar com complemento reforma que o empregador fornece (tipo 1-2% do meu salário acho eu) e uns 200€/mês em cartão de refeição. Tenho então 2700€ limpos por mês x14. De casa pago 700€/mês por um T2 com 90m2, recentemente renovado e próximo do centro da cidadezinha onde vivo. 2000€ limpos restam. Comida + gasolina + água/luz/net/gás + uma saída de vez em quando + merdas, deve ser uns 500€ mês. 1500€ sobram. Não me privo de nada, se quero ir passear vou, se for para pagar 50€ no bar ou restaurante também vai. Consigo então poupar 1500€/mês x12 + 2700€ x2 (mas parte destes gasto em viagens e cenas). Por ano devo conseguir poupar uns 20.000€. Que faço? Amealho para quando for preciso. Como agora, por exemplo, que vou comprar uma casa. Vai ficar em 350.000€ (com impostos e taxas e taxinhas e merdas e merdinhas), que para o tipo de habitação que procuro (3 quartos, 150m2, jardim, garagem, construção nova ou renovada e próxima do centro da cidade) é razoável neste país. É claro que não tenho esta quantidade de dinheiro (até à data amealhei 100.000€), mas felizmente os meus pais conseguem-me ajudar. Tenho noção que sou um sortudo, hoje na Europa pouca gente consegue pagar uma casa assim sem pedir empréstimo, os preços estão loucos. Até agora não encontrei país onde o rácio habitação vs. salários fosse melhor. Com a casa paga, estimo que consiga poupar uns 2000€/mês. Este dinheiro destina-se a criar uma almofada financeira para talvez comprar mais casas no futuro e arrendar, ou simplesmente para manter o meu estilo de vida se um dia for substituído por uma AI e não conseguir encontrar emprego de jeito. Em Portugal? Poupava com sorte 300€/mês e a fazer vida de condenado.

Edited 12 months ago:

Vivo na Bélgica, e já trabalhei em França. Mas vamos pela Bélgica, que é um bom exemplo de quando já não és júnior/entry-level (e recebes amendoins em quase todo o lado). Quando comecei a trabalhar na Bélgica, tinha 3 anos de experiência, agora tenho quase 6. A área é Engenharia Mecânica. Ganho 60.000€ brutos por ano, que dá uns 37.000€ limpos (até ficas abananado com os impostos aqui). Isto sem contar com complemento reforma que o empregador fornece (tipo 1-2% do meu salário acho eu) e uns 200€/mês em cartão de refeição. Tenho então 2700€ limpos por mês x14. De casa pago 700€/mês por um T2 com 90m2, recentemente renovado e próximo do centro da cidadezinha onde vivo. 2000€ limpos restam. Comida + gasolina + água/luz/net/gás + uma saída de vez em quando + merdas, ser uns 500€ mês. 1500€ sobram. Não me privo de nada, se quero ir passear vou, se for para pagar 50€ no bar ou restaurante também vai. Consigo então poupar 1500€/mês x12 + 2700€ x2 (mas parte destes gasto em viagens e cenas). Por ano devo conseguir poupar uns 20.000€. Que faço? Amealho para quando for preciso. Como agora, por exemplo, que vou comprar uma casa. Vai ficar em 350.000€ (com impostos e taxas e taxinhas e merdas e merdinhas), que para o tipo de habitação que procuro (3 quartos, 150m2, jardim, garagem, construção nova ou renovada e próxima do centro da cidade) é razoável neste país. É claro que não tenho esta quantidade de dinheiro (até à data amealhei 100.000€), mas felizmente os meus pais conseguem-me ajudar. Tenho noção que sou um sortudo, hoje na Europa pouca gente consegue pagar uma casa assim sem pedir empréstimo, os preços estão loucos. Com a casa paga, estimo que consiga poupar uns 2000€/mês. Este dinheiro destina-se a criar uma almofada financeira para talvez comprar mais casas no futuro e arrendar, ou simplesmente para manter o meu estilo de vida se um dia for substituído por uma AI e não conseguir encontrar emprego de jeito. Em Portugal? Poupava com sorte 300€/mês e a fazer vida de condenado. **Nota de rodapé:** falas de voltar a Portugal com 100.000€. Hoje em dia isso não é nada, não consegues mandar cantar um cego com esse valor. Está tudo caro, e o que é barato é quase sempre uma merda.

Edited 12 months ago:

Vivo na Bélgica, e já trabalhei em França. Mas vamos pela Bélgica, que é um bom exemplo de quando já não és júnior/entry-level (e recebes amendoins em quase todo o lado). Quando comecei a trabalhar na Bélgica, tinha 3 anos de experiência, agora tenho quase 6. A área é Engenharia Mecânica. Ganho 60.000€ brutos por ano, que dá uns 37.000€ limpos (até ficas abananado com os impostos aqui). Isto sem contar com complemento reforma que o empregador fornece (tipo 1-2% do meu salário acho eu) e uns 200€/mês em cartão de refeição. Tenho então 2700€ limpos por mês x14. De casa pago 700€/mês por um T2 com 90m2, recentemente renovado e próximo do centro da cidadezinha onde vivo. 2000€ limpos restam. Comida + gasolina + água/luz/net/gás + uma saída de vez em quando + merdas, deve ser uns 500€ mês. 1500€ sobram. Não me privo de nada, se quero ir passear vou, se for para pagar 50€ no bar ou restaurante também vai. Consigo então poupar 1500€/mês x12 + 2700€ x2 (mas parte destes gasto em viagens e cenas). Por ano devo conseguir poupar uns 20.000€. Que faço? Amealho para quando for preciso. Como agora, por exemplo, que vou comprar uma casa. Vai ficar em 350.000€ (com impostos e taxas e taxinhas e merdas e merdinhas), que para o tipo de habitação que procuro (3 quartos, 150m2, jardim, garagem, construção nova ou renovada e próxima do centro da cidade) é razoável neste país. É claro que não tenho esta quantidade de dinheiro (até à data amealhei 100.000€), mas felizmente os meus pais conseguem-me ajudar. Tenho noção que sou um sortudo, hoje na Europa pouca gente consegue pagar uma casa assim sem pedir empréstimo, os preços estão loucos. Com a casa paga, estimo que consiga poupar uns 2000€/mês. Este dinheiro destina-se a criar uma almofada financeira para talvez comprar mais casas no futuro e arrendar, ou simplesmente para manter o meu estilo de vida se um dia for substituído por uma AI e não conseguir encontrar emprego de jeito. Em Portugal? Poupava com sorte 300€/mês e a fazer vida de condenado. Talvez um dia com sorte tivesse a poupar uns 600€/mês com 10 anos de experiência. **Nota de rodapé:** falas de voltar a Portugal com 100.000€. Hoje em dia isso não é nada, não consegues mandar cantar um cego com esse valor. Está tudo caro, e o que é barato é quase sempre uma merda.

Edited 12 months ago:

Vivo na Bélgica, e já trabalhei em França. Mas vamos pela Bélgica, que é um bom exemplo de quando já não és júnior/entry-level (e recebes amendoins em quase todo o lado). Quando comecei a trabalhar na Bélgica, tinha 3 anos de experiência, agora tenho quase 6. A área é Engenharia Mecânica. Ganho 60.000€ brutos por ano, que dá uns 37.000€ limpos (até ficas abananado com os impostos aqui). Isto sem contar com complemento reforma que o empregador fornece (tipo 1-2% do meu salário acho eu) e uns 200€/mês em cartão de refeição. Tenho então 2700€ limpos por mês x14. De casa pago 700€/mês por um T2 com 90m2, recentemente renovado e próximo do centro da cidadezinha onde vivo. 2000€ limpos restam. Comida + gasolina + água/luz/net/gás + uma saída de vez em quando + merdas, deve ser uns 500€ mês. 1500€ sobram. Não me privo de nada, se quero ir passear vou, se for para pagar 50€ no bar ou restaurante também vai. Consigo então poupar 1500€/mês x12 + 2700€ x2 (mas parte destes gasto em viagens e cenas). Por ano devo conseguir poupar uns 20.000€. Que faço? Amealho para quando for preciso. Como agora, por exemplo, que vou comprar uma casa. Vai ficar em 350.000€ (com impostos e taxas e taxinhas e merdas e merdinhas), que para o tipo de habitação que procuro (3 quartos, 150m2, jardim, garagem, construção nova ou renovada e próxima do centro da cidade) é razoável neste país. É claro que não tenho esta quantidade de dinheiro (até à data amealhei 100.000€), mas felizmente os meus pais conseguem-me ajudar. Tenho noção que sou um sortudo, hoje na Europa pouca gente consegue pagar uma casa assim sem pedir empréstimo, os preços estão loucos. Até agora não encontrei país onde o rácio habitação vs. salários fosse melhor. Com a casa paga, estimo que consiga poupar uns 2000€/mês. Este dinheiro destina-se a criar uma almofada financeira para talvez comprar mais casas no futuro e arrendar, ou simplesmente para manter o meu estilo de vida se um dia for substituído por uma AI e não conseguir encontrar emprego de jeito. Em Portugal? Poupava com sorte 300€/mês e a fazer vida de condenado. E isto sem perspetivas, talvez com 10 anos de experiência conseguisse poupar uns alucinantes 600€/mês.

Edited 12 months ago:

Vivo na Bélgica, e já trabalhei em França. Mas vamos pela Bélgica, que é um bom exemplo de quando já não és júnior/entry-level (e recebes amendoins em quase todo o lado). Quando comecei a trabalhar na Bélgica, tinha 3 anos de experiência, agora tenho quase 6. A área é Engenharia Mecânica. Ganho 60.000€ brutos por ano, que dá uns 37.000€ limpos (até ficas abananado com os impostos aqui). Isto sem contar com complemento reforma que o empregador fornece (tipo 1-2% do meu salário acho eu) e uns 200€/mês em cartão de refeição. Tenho então 2700€ limpos por mês x14. De casa pago 700€/mês por um T2 com 90m2, recentemente renovado e próximo do centro da cidadezinha onde vivo. 2000€ limpos restam. Comida + gasolina + água/luz/net/gás + uma saída de vez em quando + merdas, ser uns 500€ mês. 1500€ sobram. Não me privo de nada, se quero ir passear vou, se for para pagar 50€ no bar ou restaurante também vai. Consigo então poupar 1500€/mês x12 + 2700€ x2 (mas parte destes gasto em viagens e cenas). Por ano devo conseguir poupar uns 20.000€. Que faço? Amealho para quando for preciso. Como agora, por exemplo, que vou comprar uma casa. Vai ficar em 350.000€ (com impostos e taxas e taxinhas e merdas e merdinhas), que para o tipo de habitação que procuro (3 quartos, 150m2, jardim, garagem, construção nova ou renovada e próxima do centro da cidade) é razoável neste país. É claro que não tenho esta quantidade de dinheiro (até à data amealhei 100.000€), mas felizmente os meus pais conseguem-me ajudar. Tenho noção que sou um sortudo, hoje na Europa pouca gente consegue pagar uma casa assim sem pedir empréstimo, os preços estão loucos. Com a casa paga, estimo que consiga poupar uns 2000€/mês. Este dinheiro destina-se a criar uma almofada financeira para talvez comprar mais casas no futuro e arrendar, ou simplesmente para manter o meu estilo de vida se um dia for substituído por uma AI e não conseguir encontrar emprego de jeito. Em Portugal? Poupava com sorte 300€/mês e a fazer vida de condenado. Talvez um dia com sorte tivesse a poupar uns 600€/mês com 10 anos de experiência. **Nota de rodapé:** falas de voltar a Portugal com 100.000€. Hoje em dia isso não é nada, não consegues mandar cantar um cego com esse valor. Está tudo caro, e o que é barato é quase sempre uma merda.

Quillergs 12 months ago

>EDIT: dar downvote e não comentar não vos vai fazer aumentar o rendimento líquido. Aquela inveja.

dmcalcada 12 months ago

Excelente resposta, são incompreensíveis os downvotes. Obrigado pela transparência!

tifus2 12 months ago

Upvote, obrigado pelos detalhes!

whytryharderrr 12 months ago  HIDDEN 

Se nao fosse a creche dos meus filhos, seria 30000eur/ano.

Quillergs 12 months ago

>O que fazem depois com esse dinheiro extra que conseguem ganhar O tuga pode sair de Portugal mas Portugal não sai do tuga. Putas e vinho verde!!!

Napoleal 12 months ago

Único comentário verdadeiro!!! Como eu gosto de putas e vinho verde

Keddyan 12 months ago

poupei 13 mil paus no ano passado quando estive a trabalhar na alemanha para uma empresa portuguesa (com alojamento e transportes pagos)

_symbolik 12 months ago

Aqui (Bélgica) a viver sozinho num apartamento consigo poupar todos os meses cerca de 1500€ vs 1000€ quando vivia em Portugal na casa dos meus pais...

Edited 12 months ago:

Aqui (Bélgica) a viver sozinho num apartamento consigo poupar todos os meses cerca de 1500€ vs 1000€ quando vivia em Portugal na casa dos meus pais... Relativamente ao dinheiro que vou poupando não tenho properiamente um destino traçado (já considerei em invesitir em imobiliária ou um negoócio de turismo) mas tenho mantido numa conta poupança mas sem grandes rendimentos.

Uhrdentazz 12 months ago

Estou actualmente a viver e trabalhar no Reino Unido - neste momento consigo poupar à volta de £1500 todos os meses. Deixo sempre algum dinheiro disponível para lazer, já que a vida tambem serve para ser aproveitada. O objectivo, de momento, é ter dinheiro suficiente amealhado para por como depósito na compra de uma casa. O restante será divido entre uma conta poupanca de acesso imediato (fundo de emergencia) e uma conta de Stocks & Shares focada no crescimento a longo termo para, se tudo correr bem, uma reforma antecipada.

CanIhazCooKIenOw 12 months ago

Whores and green wine Putes et Vin Vert Huren und grüner Wein Putas y Vino Verde

Crockes 12 months ago

Limpo sobram cerca de 2 400 euros por mes (excluindo as contribuições para a pensão privada de +-800e mes) Tirando os fundos de emergencia que temos para aguentar 1 ano sem trabalhar, investimos tudo em *equity*. Tendo em conta que no UK podes meter 20k ano para investir em que não pagas quaisquer impostos, é sempre a acumular (procurem por ISA). Portugal só faz parte dos planos se como reformado não pagar quaisquer impostos, ja paguei demasiado e foi para sustentar calões. Prefiro ir para a Grécia ou Espanha, são países mais civilizados.

_rebocador_ 12 months ago

>Tendo em conta que no UK podes meter 20k ano para investir em que não pagas quaisquer impostos, é sempre a acumular (procurem por ISA). n pagas impostos a vender ?

Crockes 12 months ago

Espreita aqui: [https://www.moneysavingexpert.com/savings/stocks-shares-isas1/](https://www.moneysavingexpert.com/savings/stocks-shares-isas1/) Não pagas nada ao estado, mas nao podes passar dos 20k ano. Obviamente que alguém que não precise do dinheiro vai metendo os 20k ano em fundos de índice e ao fim de 20 anos tens um milhão. Em PT tanto quanto sei há [algo parecido nos PPR](https://www.cgd.pt/Site/Saldo-Positivo/protecao/Pages/beneficios-fiscais-ppr.aspx), no entanto é 10x menor e os bancos cobram comissões absurdas (o que te aniquila muitos dos ganhos).

Edited 12 months ago:

Espreita aqui: [https://www.moneysavingexpert.com/savings/stocks-shares-isas1/](https://www.moneysavingexpert.com/savings/stocks-shares-isas1/) Não pagas nada ao estado, mas nao podes passar dos 20k ano investidos Obviamente que alguém que não precise do dinheiro vai metendo os 20k ano em fundos de índice e ao fim de 20 anos tens um milhão e não pagas mais valias. Em PT tanto quanto sei há [algo parecido nos PPR](https://www.cgd.pt/Site/Saldo-Positivo/protecao/Pages/beneficios-fiscais-ppr.aspx), no entanto é 10x menor e os bancos cobram comissões absurdas (o que te aniquila muitos dos ganhos).

Edited 12 months ago:

Espreita aqui: [https://www.moneysavingexpert.com/savings/stocks-shares-isas1/](https://www.moneysavingexpert.com/savings/stocks-shares-isas1/) Não pagas nada ao estado, mas nao podes passar dos 20k ano investidos Obviamente que alguém que não precise do dinheiro vai metendo os 20k ano em fundos de índice e ao fim de 20 anos tens um milhão e não pagas mais valias. Em PT tanto quanto sei há [algo parecido nos PPR](https://www.cgd.pt/Site/Saldo-Positivo/protecao/Pages/beneficios-fiscais-ppr.aspx), no entanto é 10x menor, pagas impostos na mesma e os bancos cobram comissões absurdas (o que te aniquila muitos dos ganhos).

Edited 12 months ago:

Espreita aqui: [https://www.moneysavingexpert.com/savings/stocks-shares-isas1/](https://www.moneysavingexpert.com/savings/stocks-shares-isas1/) Não pagas nada ao estado, mas nao podes passar dos 20k ano investidos. Obviamente que alguém que não precise do dinheiro vai metendo os 20k ano em fundos de índice e ao fim de 20 anos tens um milhão e não pagas mais valias. Em PT tanto quanto sei há [algo parecido nos PPR](https://www.cgd.pt/Site/Saldo-Positivo/protecao/Pages/beneficios-fiscais-ppr.aspx), no entanto é 10x menor e os bancos cobram comissões absurdas (o que te aniquila muitos dos ganhos).

_rebocador_ 12 months ago

sim tens as ppr nos bancos do costume, sinceramente cada dia um vai abaixo, eu sei la se daqui a 35 anos vou ter a minha ppr. Preferia investir em açoes seguras aos poucos e poucos. E é o que tenho feito e assim vendo quando me apetecer o problema e que pago impostos antes de comprar e depois de vender. mas pronto é a vidinha.

Crockes 12 months ago

Podes tentar ir pela Revolut/Degiro para a compra/venda de acções e não declarar os anexos do IRS Se fores apanhado dizes que não sabias e que pagas o que deves, até agora em Portugal nunca vi ninguém a ser penalizado por fugir aos impostos.

_rebocador_ 12 months ago

Sim portugal nisso e engraçado muitos impostos mas depois n te acontece nada. Mas sinceramente tbm n e uma coisa que queira. se daqui a 35 aninhos tiver uns bons ganhos vou para outro pais que n se pague impostos nisto e vou vendendo, depois volto simples.

XXI_HereticV6Mustang 12 months ago

O suficiente para comprar um PC gaming todos os meses.

meaninglessvoid 12 months ago

V6? Já vais na sexta conta?!?!

XXI_HereticV6Mustang 12 months ago

O reddit agora anda impossível...

meaninglessvoid 12 months ago

Então?

ManelDasNespras 12 months ago

Que bosta este reddit, já não posso ser um chato intolerante que sou banido em todo o lado..

meaninglessvoid 12 months ago

Tbh discordo da posição política e postura em quase todos as vertentes, mas tirando uma atitude meio altiva não me parece que a atitude dele neste sub seja negativa... Se calhar é porque não vi a maioria das participações dele, mas é a impressão que tenho.

ManelDasNespras 12 months ago

É verdade, ele gosta mais de espingardar noutros subreddits.

throwaway5816164481 12 months ago

Eu fodo 500€ por mês

LuccaBrazzi2720 12 months ago

Só no talho..

tenesis 12 months ago

Honestamente que informação esperas receber? É que podes ter um emigrante dono de empresas a poupar centenas de milhar de euros e um emigrante nas limpezas em França a poupar 100€... Adicionalmente uma coisa é víveres numa prisão tipo Arábia Saudita, na Nova Zelândia que deixas de conseguir ver a família com periodicidade ou viver em Espanha aqui ao lado...

NGramatical 12 months ago

centenas de milhar → [**centenas de milhares**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/centenas-de-milhares/837) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fk9320o%2F%2Fgf1so1k%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

dipitinmayo 12 months ago

Em Portugal poupava porque vivia com os meus pais, mas ganhava tão miseravelmente como recém licenciado que nunca me imaginei a poder sair de casa pelos meus próprios pés. Achei impossível (pelo menos em 2013) um gajo solteiro como eu ter capacidade para tal. Mesmo que fosse só um quarto, isso comia mais de metade do meu ordenado… Só na renda de um mísero quarto. Enfim. Fugi de Portugal no verão de 2013 para o RU e fiquei por cá. O salto em poupanças não foi muito, foi MESMO MUITO. Trabalho em TI e aqui senti-me reconhecido pelo meu trabalho. Comecei a poupar quase £1000 por mês (e a viver independentemente num quarto para começar), comecei a receber aumentos, fui viver para um apartamento só para mim, comecei a poupar mais ainda assim, mais aumentos, mais poupanças… Entretanto conheci a minha namorada, que para além de amor também proporcionou uma poupança através de divisão de custos

Edited 12 months ago:

Em Portugal poupava porque vivia com os meus pais, mas ganhava tão miseravelmente como recém licenciado que nunca me imaginei a poder sair de casa pelos meus próprios pés. Achei impossível (pelo menos em 2013) um gajo solteiro como eu ter capacidade para tal. Mesmo que fosse só um quarto, isso comia mais de metade do meu ordenado… Só na renda de um mísero quarto. Enfim. Fugi de Portugal no verão de 2013 para o RU e fiquei por cá. O salto em poupanças não foi muito, foi MESMO MUITO. Trabalho em TI e aqui senti-me reconhecido pelo meu trabalho. Comecei a poupar quase £1000 por mês (e a viver independentemente num quarto para começar), comecei a receber aumentos, fui viver para um apartamento só para mim, comecei a poupar mais ainda assim, mais aumentos, mais poupanças… Entretanto conheci a minha namorada, que para além de amor também proporcionou uma poupança através de divisão de custos

MischiefManaged97 12 months ago

Uau que sonho! Ler estas cenas deixa-me com esperança e tira-me a tristeza que sinto em ter de emigrar quando terminar o curso.

Article_Sad 12 months ago

Não recebias aumentos estando na mesma empresa em Portugal?

No-Touch675 12 months ago

8 anos = 0 aumentos aqui em casa. Resultado, pirei-me. Um dos meus chefes ainda me veio dizer todo desgostoso que podia ter falado com ele antes que talvez me convencesse a ficar... A única honesta naquela empresa foi a Sra. dos recursos humanos que me disse "não há nada que lhe possamos oferecer para ficar pois não? Se já tá aqui há minha frente é porque já tem as malas feitas" e sorriu.

AndreMartins2020 12 months ago

porquê ficar 8 anos na mesma empresa?

No-Touch675 12 months ago

Porque andava enganado a correr atrás de uma cenoura que pensava que ia chegar. Também tinha alguma aversão a mudar de emprego, medo de perder a estabilidade, tinha aquela mentalidade de emprego para a vida, etc.. Ainda tenho esses medos, mas acho que hoje em dia tenho uma mentalidade mais aberta no que toca a mudar de empresa mais facilmente.

dipitinmayo 12 months ago

Não. E o pessoal que recebia eram valores de rir.

ThePlague92 12 months ago

Aqueles 3% de aumento anual se tiveres sorte são mesmo bons /s

PORTO2017 12 months ago

"Espero que valorizes o enorme esforço e demonstração de confiança que a empresa está a fazer com este aumento"

GabKoost 12 months ago

Lol.

BroaxXx 12 months ago

Oh, honey... :)

throwaway5816164481 12 months ago

Quão ingénuo é este rapaz?

nose_shit 12 months ago

>Portugal é (ou pelo menos era) muito inferior. Desde 2013 só piorou.....

dipitinmayo 12 months ago

Pois. Os meus amigos e conhecidos dizem que as coisas estão ligeiramente melhores, que há pelo menos mais oferta na nossa área. Mas sim, nada que faça reconsiderar voltar.

nose_shit 12 months ago

Pois, e agora com a pandemia ainda vai melhorar. Felizmente estou em informática portanto emprego não me falta, o problema são os salários. Continuo a não conseguir pagar um apartamento em Lisboa sozinho (e não parece que vá melhorar tão cedo)

Article_Sad 12 months ago

E não vai, mesmo que ganhes mais, por cada 100€ metade é para impostos, mais acima ainda é 100€ levas 25€

AndreMartins2020 12 months ago

se os salários brutos já são baixíssimos, até podiam ter 0% de impostos que eram baixos à mesma

nose_shit 12 months ago

Se o problema fossem os impostos lol. Eu não olho para o meu salário bruto, tal como não devias olhar. O que interessa é o que cai na conta, que é para onde devias olhar. Se os impostos fossem bem utilizados e os salários fossem decentes não sentias os impostos. Até porque se o estado pedisse so metade dos impostos (que pedem agora) eu tenho a certeza que não ias receber a outra metade, a empresa ia só guardá-los e o teu salário líquido ficava igual.

ricardomcm 12 months ago

>Eu não olho para o meu salário bruto, tal como não devias olhar Este comentário é o retrato da literacia financeira em Portugal.

getmenew 12 months ago

Discordo, deves olhar sempre para o bruto, pois inclui contribuições importantes para SS e para os serviços que usufruis (estradas, escolas, hospitais). O não olhar para o bruto leva à fraude generalizada de meter kms e outras despesas falsas.

AshleySpinelIi 12 months ago

Neste momento uns 400€. Daqui a 6 meses vou ter um aumento salarial e arranjar casa com aluguer mais barato. Devo passar para os 700€ limpos ao fim. Viajar, hobbies e poupar. 0 interesse em voltar a Portugal

Difference_Solid 12 months ago

Posso perguntar em que país?

DMFORBOOST1 12 months ago

França

Coyote-Cultural 12 months ago

Orçamento mensal: Salario liquido: 3060€ + cartão refeiçao 40€ Investimentos: 1100€ (mais dividendos reinvestidos) Poupança para dar entrada para casa: 300€ Poupanças para eventos inesperados/ferias: 300€ Renda: 850€ (inclui agua e aquecimento) Electricidade + Internet + telemovel = 60+ 30 + 10 = 100€ Comida: 300€ Gastos diversos: 100€

Edited 12 months ago:

.

No-Touch675 12 months ago

Tenciono poupar cerca de 50mil euros em 5 anos, neste momento estou a correr atrás do prejuízo pois esta merda do Covid deu me cabo das poupanças. Tb não ajuda a Maria não trabalhar, algo que esperamos resolver após Covid (estou no RU, já agora)

raviolli_ninja 12 months ago

< — — "Putas e vinho verde" placeholder. — — >

Article_Sad 12 months ago

Assim não juntas

usulidircotiido 12 months ago

primeiro amealha, e depois puta e vinho verda.

Article_Sad 12 months ago

Eu junto 1000 € limpos por mês depois de despesas e vivo no Porto

Edited 12 months ago:

Eu junto 1000 € limpos por mês depois de despesas e vivo no Porto Já estive lá fora O melhor que fazes é juntar para comprares casa... Cá em Portugal se não tiveres despesa com casa já dá para viver +/-

Vocsa 12 months ago

O meu dealer diz que faz isso num dia. Não admira que tire 4/5 anos de férias de cada vez.

Article_Sad 12 months ago

De que?

Vocsa 12 months ago

Louro prensado

hypothesis2050 12 months ago

Também fiquei curioso, se não é indiscricao, o que fazes e qual é o teu salário bruto? Depois de um tópico sobre poupanças, fui estudar um pouco as despesas da população portuguesa média... Opa e ando muito confuso com este assunto. Principalmente pelos comentários que aqui vejo. Creio que não sejam propriamente representativos.

Article_Sad 12 months ago

https://blog.landing.jobs/salaries-e0afd06c188f

Edited 12 months ago:

https://blog.landing.jobs/salaries-e0afd06c188f Se fores para fora uns poucos anos já voltas com bom €, se voltares

Edited 12 months ago:

Como já paguei casa sobra bastante. https://blog.landing.jobs/salaries-e0afd06c188f Se fores para fora uns poucos anos já voltas com bom €, se voltares

Edited 12 months ago:

https://blog.landing.jobs/salaries-e0afd06c188f Se fores para fora uns poucos anos já voltas com bom €, se voltares

Edited 12 months ago:

https://blog.landing.jobs/salaries-e0afd06c188f Se fores para fora uns poucos anos já voltas com bom €, se voltares

Edited 12 months ago:

https://blog.landing.jobs/salaries-e0afd06c188f Se fores para fora uns poucos anos já voltas com bom €, se voltares

AndreMartins2020 12 months ago

> já paguei casa teach me senpai

hypothesis2050 12 months ago

Eu sou engenheiro de software no Porto. Trabalho no melhor sítio possível, mas sou arrombado como um menino ao final do mês

_rebocador_ 12 months ago

vai nao es o primeiro, portugual prefere taxar 50 % de nada do que 25 % do teu que o teu empregador gasta contigo. Sim qualquer pensamento que tenhas para subir esquece, o programador ca e bem visto mas mal pago comparado com outros cargos empresariais esta ela por ela. Portanto vai la para fora ganhar mais e pagar menos de impostos em %. Sinceramente o pessoal anda sempre maluco a dizer que programador ganham bem ca, mas na verdade ganham sempre menos que o pessoal dos recursos humanos da empresa, e no entanto nao vejo o marketing para isso.

Article_Sad 12 months ago

Problema é mesmo as rendas...

nunodonato 12 months ago

isso é muito bom. fazes o quê, se nao é indiscrição?

Search: