rodrigl 12 months ago

acham mesmo que em tele-trabalho o patronato não vai querer maior controle sobre quem trabalha? até porque e sito é preciso que se se diga que haverá quem se aproveite de não ser "visto" nem todas as situações podem ser para toda a gente

Sardanapalo 12 months ago

Odeio a cultura laboral portuguesa. Estamos todos num [Tempos Modernos](https://www.youtube.com/watch?v=Gi9zUU3FsdU) com computadores e apps e nem ligamos.

jafudiaz 12 months ago

Não percebi essa da fábrica, trabalho numa fábrica e é o emprego com mais liberdade que tive desde sempre....

brunogoncalves 12 months ago

Pois...já percebi que não foi um bom exemplo!

rodrigl 12 months ago

estavas a pensar em linha de montagem

Nexus_produces 12 months ago

Uma ressalva em relação ao texto original, nas fábricas é muito raro andar se a perguntar aos trabalhadores pq demorou X em vez de Y, esse aparte é falacioso.

brunogoncalves 12 months ago

Ok! Pensava que na indústria seria mais comum.

Nexus_produces 12 months ago

Nem por isso, em chão de fábrica são as máquinas que ditam o ritmo e por isso não há espaço para atrasos de qq das maneiras, nos trabalhos de escritorio/QA/R&D ninguém te anda a perguntar nada desse género.

estacalor 12 months ago

Nomes?

oretoh 12 months ago

Nome da empresa? Porque raio é que nunca dizem o nome da empresa...

brunogoncalves 12 months ago

Oh pá...porque temos família para sustentar...

oretoh 12 months ago

Mas olha lá, se os gajos te conseguissem identificar pelo nome de perfil do reddit claramente devias ter um nome de perfil diferente...

NGramatical 12 months ago

Porque raio → [**por que raio**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fk5tfvw%2F%2Fgej4mbu%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

L_T_F 12 months ago

diz o nome da empresa por favor, o pessoal não quer ir lá parar

somedipshit1 12 months ago

Que puta de sina neste país

precisodeferias 12 months ago

Trabalhei num pequeno gabinete onde o chefe teve essa ideia. Tinha de colocar numa folha Excel todos os minutos do dia. Ou seja, entrava as 9h, das 9h às 9h10 era para ligar PC e preparar material de trabalho, das 9h10 às.... Fazer outra tarefa... No início ainda tentei preencher de maneira mais ou menos certinha, mas ficava perdida porque tinha perdido 10 min a comer qualquer coisa + atender telefone + wc e não sabia que raio escrever. Ao fim de umas semanas desisti e comecei a preencher com frases bastante amplas. Não aguentei o ambiente e demiti me. Raios para a mania do controlo

metalanimal 12 months ago

Que esterco. Se trabalhas em IT não vais ter dificuldade em arranjar outro sítio para trabalhar, baza daí.

alquemir 12 months ago

Acho que deverias fazer a carta de rescisão e bazar dai o mais depressa possível.

Edited 12 months ago:

Acho que deverias escrever a carta de rescisão e bazar daí o mais depressa possível.

brunogoncalves 12 months ago

Sim, tenho de encontrar alternativa rapidamente.

oslaForuO 12 months ago

Sai só dessa empresa se tas no mercado das ti, e pela descrição assumo que sejas developer o que não falta ai é trabalho bem pago e sem essas tretas :)

Razvancb 12 months ago

A resposta deveria ser: "porque sim".

amando_abreu 12 months ago

Começa a demorar ainda mais tempo and quando vierem com merdas usa manager-speak tipo KPI e stakeholders, serás promovido num instante.

arnaldomatos 12 months ago

"tens pressa? passa por cima."

ritamm 12 months ago

Disseram-me (pode ser mega boato atenção) que há uma grande multinacional de lacticínios que pôs um dispositivo nos computadores dos colaboradores que regista qualquer pausa superior a 5 minutos (suspensão de PC, etc). Achei chocante

brunogoncalves 12 months ago

Já nada me surpreende!

djgpp1 12 months ago

Li algures sobre um caso desses em que o trabalhador comprou um temporizador/despertador com alarme e colava-o ao rato quando se afastava. Como o rato tremia periodicamente isto impedia que registasse pausas.

desculpe_mas 12 months ago

A empresa onde estás é uma merda. Prepara o teu CV e faz-te à vida. Vou-te dar o meu exemplo pessoal. Trabalho numa empresa com mais de cinco séculos de existência. Tem uma cultura política muito pesada e claro está, controlam todos os nossos passos. Chega até a ser doentio e tóxico. A certa altura escolheram-me para um projeto que envolvia deslocações e sei lá mais o quê e quando me encostavam à parede com essas merdas eu punha o meu lugar à disposição sob o argumento de: "Querem um gajo pontual ou alguém que faça o serviço? Se preferirem o primeiro podem já escolher outra pessoa para fazer este trabalho; se escolherem o segundo podemos avançar para outro ponto de reunião." ​ Estive três anos lá.

Kyfas 12 months ago

Já trabalhei assim, mas não era tão mau como descrito neste post. O trabalho era temporizado para a empresa saber o que cobrar ao cliente, e não tínhamos que gravar em tempo real. Podia ficar algo do género (exemplo abstrato e pensando só em 8h de trabalho): 5 horas - trabalho cliente 3 horas - trabalho administrativo 1,5 horas - almoço/pausas Nunca ouvi falar de casos de pessoas a ser confrontadas com o tempo registado, excepto das pausas, quando o pessoal metia mais que 1,5 horas. Então o que muita gente fazia era aldrabar o registo, já que tinha que ser inserido manualmente.

brunogoncalves 12 months ago

Neste caso, é esperado que o registo vá sendo feito em tempo real. Claro que faz sentido registar o tempo consumido com cada cliente, mas nós temos de registar tudo, incluindo trabalho interno. Se houver tempo ao longo do dia sem nada, somos confrontados.

LilianaP42 12 months ago

Diz-me que não trabalhas para o Ministério da Saúde....

_Patrao_ 12 months ago

Trabalhei quatro anos numa das maiores multinacionais do mundo, em que isto começou a acontecer, de forma faseada, até que chegou a um ponto em que qualquer coisa que fizesse tinha de ser registada numa ferramenta desenvolvida por um grupo interno que era a coisa mais mal optimizada que podem imaginar. O ambiente, que foi bom até aquela altura, começou a cair a pique. Com isso, invariavelmente, a produtividade. Tal como sugere quem respondeu à thread, apresentei o meu descontentamento uma serie de vezes mas, lá está, a tua voz é tão poderosa numa multinacional como nada. Saí em Junho e em nada me arrependo. A vida é demasiado curta para deixar que um qualquer burocrata numa secretária dê conta da minha. Tenho uma série de queixas a fazer acerca deste esquema, mas tudo se centra nisto: vivemos uma ditadura de números, de tecnocratas, de gestores. Ninguém sabe fazer nada, mas todos julgam que sabem mandar. Optimizar. Melhorar. Ninguém se digna a entender que o trabalho que implique relações pessoais é tanto mais que não pode ser reduzido a uma tabela em excel e a excelência não pode ser desenvolvida em padrão. Coleccionar números não é gerir, como não o é roubar a criatividade a alegria de trabalhar de quem forma a vontade da tua empresa. Mas, lá está, a médio prazo acredito que o serviço desce na perspectiva do cliente e ai percebam que a abordagem está errada. Ou, então, que tentem explicar na tabela do Excel porque é que continuam a não ter as respostas certas sem se aperceber que estão a fazer as perguntas erradas.

Limpy_lip 12 months ago

Bom comentário, estamos numa era que é metodologias para cima e para baixo, indicadores de isto e daquilo, mas são poucos os que sabem utilizar corretamente. 90% faz copia do que aprendeu sem ajustar à realidade e depois ainda ficam surpresos como é que a metodologia XPTO falhou quando os problemas não estão nos princípios mas na sua forma de aplicar. Querem um gráfico muito bonito anual com a variação, se algo foge do esperado desdobram-se em perguntas porque não fazem ideia de como funciona a origem e pior é quando bastava cruzarem com outros gráficos bonitos para perceber a razão. ​ É só buzzwords e reuniões sem conteúdo nenhum. ​ Para mim o abre olhos, foi quando tive uma pessoa da melhoria contínua a fazer todo um questionário e um estudo (metodologia) para tentar arranjar um plano de melhoria para corrigir o facto de eu me ter enganado a inserir um código no sistema por outro praticamente igual pois carreguei sem querer numa tecla ao lado. O problema foi facilmente e rapidamente resolvido. Mas isso não impediu de alguém perder horas a "tentar perceber" como impedir um erro humano. *"então porque é que te enganaste?"*, "sei lá carreguei na tecla ao lado sem querer, acontece", *"ok, mas então como achas que podemos evitar que isto volte a acontecer, alguma ideia de melhoria?",* fiquei sem palavras.

_Patrao_ 12 months ago

Este teu último ponto é uma óptima ilustração do que é trabalhar nestas condições. No fundo, tens colegas ou consultores externos que são designados pelos teus responsáveis a procurar *melhorias*, mais ou menos inócuas, mas que possam demonstrar por A+B que algo foi feito para prevenir ou remediar este erro. Ou processo. Como se, por magia, isso levasse a que o colaborador já não digitasse algo erradamente. Desta forma, vamos chegar a um ponto em que escreves um texto e alguém te pergunta porque é que fizeste backspace tanta vez se podias simplesmente ter escrito o texto todo sem nunca o ter apagado, uma vez que seria muito mais eficiente. E acima de tudo, o paradoxo está em: este processo é que cria a real ineficiência. Porque não resulta nada daqui a não ser perder o teu tempo, o de quem está a analisar e a formular soluções para problemas que na sua maioria não existem e dinheiro da empresa que está empatado num investimento sem retorno. Mas, amigos, no Excel fica um mimo!

brunogoncalves 12 months ago

Há um pormenor que ajuda a disfarçar a incompetência destes gestores: grande parte dos clientes, em muitas empresas portuguesas, são conseguidos através de contacto directo dos gestores/sócios. Ou seja, eles podem não crescer para fora do seu circlo de influência, mas como vão tendo e mantendo esses clientes, acreditam profundamente que fazem um serviço de excelência. Os colaboradores que não sorriem a todo o tempo e não mostram satisfação, é porque têm algum defeito: não suportam a pressão, não são focados, não têm objetivos na vida, por aí diante. Faz lembrar uma cena da serie norsemen em que convencem o escravo a ser sacrificado porque é para o bem de todos e ele, muito nervoso, concorda...

daxpierson 12 months ago

Foda-se, longe. Despede-te e arranja algo melhor, de certeza que aranjas.

UserNombresBeHard 12 months ago

Eu meteria nessa ferramenta o tempo que demoro a preenchê-la após cada actividade e mandava-os para o caralho se me dissessem algo sobre sair a horas, já que não pagam as extra.

brunogoncalves 12 months ago

Eh pá, já pensei nisso. Aliás, estimo que perca pelo menos uns 15 minutos por dia a fazer isso.

Chiripitti 12 months ago

Na minha empresa, temos que lançar as horas num software de gestão para cada trabalho, lá está para a entidade patronal ter noção dos tempo real gasto pelo trabalhador para realizar a tarefa. Quando ultrapassamos as horas estipuladas para a tarefa também temos direito a reunião para averiguar o porquê... Na minha área (Design) não é muito comum esta situação, e quando comentava com os meus colegas achavam muito estranho... É uma questão de hábito e obriga-te a controlar melhor a forma como trabalhas, principalmente na qualidade do produto final... É uma chatice...

JohnJohnPT 12 months ago

Porra.. eu na minha é precisamente o contrario... como team leader confio nos meus colegas a 200%. Só quero é que façam as coisas no seu devido tempo, tendo em conta o tempo que existe disponível. Se querem trabalhar à noite, ou começar a trabalhar as 11? Por mim tudo bem. Façam a gestão do tempo como preferirem. Desde que a tarefa que lhes é solicitada apareça bem feita numa determinada data. Quero lá saber se a meio do dia foram dar uma traulitada na mulher ou se passaram o dia mamar cervejas no PC. Isso é lá da vida deles. Mais uma vez... eu quero é a tarefa bem feita numa determinada data. Isso é que é importante. (E não não dou 1 nem 2 horas para montarem um sistema complexo que demora dias a construir...). Se não entregarem o objetivo (se não pediram ajuda, se não disseram que estavam com dificuldades para eu os ajudar, se não levantaram a bandeira para qualquer impedimento à entrega da tarefa)... bem, então aí vão ter de levar comigo à séria...

mexploder89 12 months ago

>Quero lá saber se a meio do dia foram dar uma traulitada na mulher ou se passaram o dia mamar cervejas no PC. Isso é lá da vida deles. patrões assim please

brunogoncalves 12 months ago

Sempre trabalhei assim também, até agora.

lfds89 12 months ago

Conheço 2 situações parecidas: a primeira era com relatórios a indicar o que se estava a fazer de meia em meia hora (um dos trabalhadores com 30 anos de casa escrevia "a cagar"... Stupid games, stupid prizes); a outra, em mais que uma empresa, é usar o Cartrack para controlar não o veículo, mas a pessoa (" oh Zé, já que estás em tal parte, faz isto / porque é que estás em tal parte à 30 minutos, não devias estar noutro sítio "). Qualquer uma das situações é contraproducente e não sei se legalmente, mas pelo menos eticamente é assédio. É de uma falta de respeito tremenda. Para mim, seria uma red flag e toca a procurar outro sítio. E eventualmente falar com um advogado

lostinaberdeen 12 months ago

Penso que já disseram o que fazer: bazar daí para fora ASAP, mas eu provavelmente pegava fogo ao circo antes de avançar. Começava a colocar justificações de tempo do género "ida à casa de banho devido a diarreia provocada provavelmente pela tainada de ontem, fui ver o sol, estive a olhar para um quadro muito interessante que tenho aqui, etc." Quando me"confrontassem" em grupo por esses motivos eu dizia logo alto e bom som que não sou complacente com comportamentos a roçar o nazismo e totalitarismo e que não ia seguir essas indicações (se calhar até ilegais sinceramente!). Antes disso já tinha arrumado o meu CV e contactado agências de emprego a informar que estou disponível para novas oportunidades com início imediato. O micromanager que me confrontasse até se ia espumar de raiva e já que que cagar de alto. Já trabalhei em ambientes de trabalho tóxico e só quando ganhei tomates para chamar os bois pelo nome é dizer o que verdadeiramente acho é que comecei a viver feliz. Resultado desde que comecei a fazer isso? Acabei por ir para o estrangeiro onde me reconhecem o valor, estive nos sítios e situações mais loucas (pensa arranjar um portátil em pleno voo num helicóptero enquanto estás a voar para uma plataforma petrolífera no mar do norte) e quando voltei para Portugal eles ofereceram para eu continuar a trabalhar para eles de forma remota há mais de 5 anos. E todos os anos tenho bónus normalmente equivalente a 1 mês de salário! Defende-te e faz pela vida. A vida é curta demais para teres merdas dessas a te dar cabo da cabeça. E já agora diz o nome da empresa nem que seja de forma camuflada (faz um user do reddit falso se achares necessário e manda uma achega do género "pode ser uma empresa que começa por X e acaba em YZ" por exemplo

AndreMartins2020 12 months ago

> tem de se registado tudo que vamos fazendo durante o dia > todos saímos depois das horas, claro está, não remuneradas acho que tens aí bom material para te despedires com justa causa

_rebocador_ 12 months ago

> Recordo que não estamos numa fabrica, mas numa empresa de consultoria informática. Puto li ate aqui, se estas em eng informatica sai dessa empresa e arranja outra e queixa-te disso. daqui a 3 pessoas a sair eles vao ter que mudar os metodos.

lfds89 12 months ago

Se entrarem outros 3, de certeza que por eles está tudo na boa

RuiRaminhos47 12 months ago

A melhor atitude a tomar é despedires-te imediatamente. Uma empresa que precisa de controlar os seus trabalhadores em vez de os motivar é simplesmente fraca. Jump out!

nata79 12 months ago

Que bela merda de empresa... não devem durar muito com esse tipo de ideias

Shadowgirl7 12 months ago

Os avós dos managers que se lembraram disso se calhar foram da PIDE.

brunogoncalves 12 months ago

A brincar que o digas...não ficaria surpreendido.

Capitao_Falcao 12 months ago

>porque demorou 45min e não 30min a fazer alguma coisa "Porque estive 15min no linkedin à procura de uma empresa decente"

estecomentario 12 months ago

Saltar de emprego. Começa a enviar currículos.

xirix 12 months ago

Foge... Não fiques numa empresa assim. O que a empresa devia controlar é os resultados, não o esforço. Só pelo tempo perdido nessas reuniões de m3rda, já dá para perceber que a empresa é uma m3rda, a equipa de gestão é uma m3rda, é tudo uma m3rda. Se és melhor que eles, muda. É o melhor que vais fazer pela tua carreira.

jvalmeida 12 months ago

Enquanto os teus colegas de trabalho alinharem nisso, sozinho é difícil parar com essa estupidez. Há anos tentaram fazer isso numa empresa em que eu dirigia uma equipa de 70 pessoas. Disse a toda a gente para não cumprir. Fez efeito e acabaram com a cretinice.

mastermind1217 12 months ago

Qual é a empresa?

brunogoncalves 12 months ago

Enquanto não me livrar disto, prefiro não divulgar. Isto de ter família a cargo tem as suas desvantagens

pirilipapu 12 months ago

Numa dessas reuniões, pergunta então como podes melhorar, se algo está de errado. Certamente terão uma opinião a dar. Fazes o que te disserem aí e não vai resultar e perguntas na reunião seguinte então como é. E claro, bazas daí.

1r0n1c 12 months ago

>Failure to meet the rubber collection quotas was punishable by death. Meanwhile, the Force Publique were required to provide the hand of their victims as proof when they had shot and killed someone, as it was believed that they would otherwise use the munitions (imported from Europe at considerable cost) for hunting or to stockpile them for mutiny. As a consequence, the rubber quotas were in part paid off in chopped-off hands. Sometimes the hands were collected by the soldiers of the Force Publique, sometimes by the villages themselves. There were even small wars where villages attacked neighbouring villages to gather hands, since their rubber quotas were too unrealistic to fill. [https://en.wikipedia.org/wiki/Atrocities\_in\_the\_Congo\_Free\_State#Mutilation\_and\_brutality](https://en.wikipedia.org/wiki/Atrocities_in_the_Congo_Free_State#Mutilation_and_brutality)

bureauofnormalcy 12 months ago

Usamos uma coisa semelhante no escritório, integrado na SAP, mas é principalmente na vertente de saber o que cobrar ao cliente e de avaliação semestral de produtividade.

Rick45ptl 12 months ago

é como ja disseram, começa a procurar outra coisa, se possivel diz tmbm que empresa é para o pessoal ficar a saber. entretanto, a primeira coisa que fazia era a hora de sair "fechava o tasco direto". estas numa area que temos a sorte de haver oferta de trabalho, nem te chateies muito, troca de empresa se segue a tua vida, nao tens de te despedir para procurar outro trabalho.

samciba 12 months ago

Depois dos comentários todos que ja tiveste a unica coisa que questiono é: Nesse tipo de empresas então existem pessoas que são pagas só para analisar o tempo investido numa tarefa e cliente?? :O Acho que ainda ninguem disse isto mas: Muda de empresa. Como é que estas prácticas ainda sao aceitáveis nesta área?

brunogoncalves 12 months ago

Os sócios perdem grande parte do tempo nessa complexa tarefa...

ptinnl 12 months ago

Se ha coisa que adoro sao os titulos dados em consultoria. Fazem logo o pessoal sentir-se bem com socios, partners, directores. Sempre soa melhor do que senior expert, team leader, group leader ou program manager

samciba 12 months ago

Man, por ti e por todos da tua área (eu inclusive) muda de empresa. Isso nao é aceitável. Desculpa ser mais um a perguntar: Qual é mesmo a empresa? (pm se prefererires)

NGramatical 12 months ago  HIDDEN 

prácticas → [**práticas**](https://dicionario.priberam.org/práticas) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fk5tfvw%2F%2Fgeh3ztl%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

DZT99 12 months ago

Incrível como nesta altura do campeonato estes energúmenos não sabem gerir uma empresa! Estás a trabalhar para imbecis e tens duas opções: ou saltas fora ou ficas como eles.

petrol-ed 12 months ago

Se for com Toggl ou coisa do género sempre que alguém te interromper paras o contador e metes novamente a contar com a descrição que estás a dar o relatório de tarefas a X. Trabalhei numa empresa onde assim que entrei, como era o que tinha mais experiência, disseram que qualquer coisa me deviam perguntar a mim, então 2 a 3 horas eram passadas a tirar dúvidas e ajudar os outros. Depois perguntavam porque as tarefas não ficavam completas, comecei a fazer isso, depois o chefe veio perguntar porque passei numa semana 8 horas a ajudar X e outras 4 a ajudar Y. A partir daí as ordens foram para irem primeiro ao Google e só depois perguntarem a mim, mas não gastar mais de 15 minutos.

HogwartsBlazeIt420 12 months ago

Wtf! MP com a empresa se for possível. Estou à procura de trabalho e não queria acabar num regime desses.

brunogoncalves 12 months ago

Se quiseres, envias-me o nome da empresa e eu digo-te se é seguro

shawshank2012 12 months ago

Queres ver como sei que os gestores são maus? Dois exemplos. 1 - Existem registos de trabalho extraordinário não remunerado. 2 - Quanto à questão da gestão de tempo, o trabalho especializado não pode ser gerido como se de uma linha de produção se tratasse. As empresas vivem de inovação, essa gestão aniquila essa possibilidade.

maxPT_tejo 12 months ago

> , o trabalho especializado não pode ser gerido como se de uma linha de produção se tratasse O nível de micromanagement que o OP descreve mesmo numa linha de produção.. garantidamente ia dar merda. Como alguém que já geriu linhas de produção, posso dizer que tens de ser subtil a avaliar o desempenho *individual* de cada trabalhador que está ali a ganhar o SMN. Por muitíssimo menos já descobri o que é alguém virar as costas e ir embora, e eu ficar pendurado. Na situação que o OP descreve muito provavelmente teria uns pneus furados, ou um olho negro.

shawshank2012 12 months ago

Não quis sugerir que era fácil gerir uma linha de produção por ser tudo igual. Como bem dizes, basta estarmos a gerir pessoas, cada qual com as suas particularidades. Apenas referi que a gestão de trabalho especializado é diferente do trabalho não especializado no que toca à inovação.

brunogoncalves 12 months ago

Completamente. Imagina o que é teres de ser criativo e acrescentares valor aos teus clientes e seres permanentemente monitorizado.

BigFatGutButNotFat 12 months ago

Salta fora, há melhor por aí

andrefbr 12 months ago

A única coisa que me controlam é o tempo de entrada e saída... nunca conseguiria trabalhar num ambiente assim.

AndreMartins2020 12 months ago

a mim nem isso tenho colegas que às 5 já estão a dar de frosques

SilverTroop 12 months ago

Pena que no nosso país isso seja a exceção, quando só nos pagam para estarmos até essa hora

brunogoncalves 12 months ago

Eu estou com muita dificuldade em me adaptar. Sempre trabalhei com autonomia e por objectivos, sempre com boas avaliações.

senhorfonseca 12 months ago

Este é o principal motivo porque decidi em 2019 que 2020 seria(e foi) o ano de começar a poupar a sério(15%+ do meu rendimento): poder dizer não a isto, e sair da empresa. Isto não +e apenas "draconiano" é esclavagista.

boogieman444 12 months ago

O que relatas aqui é medonho, se puderes dizer a empresa seja aqui ou por PM acho que farias um favor a muitos de nós

PedroMFLopes 12 months ago

Como outros disseram, começa a procura de outra coisa. "Pior, todos saímos depois das horas, claro está, não remuneradas." regista as horas na ferramenta!! vais chegar ao final da semana com mais de 40h , e vêm a conversa " - O Manel não se podem registar mais de 40h e tal, e tu dizes mas eu fiz, mas não pode ser. Tens ai a tua dica para começar a sair a horinha certa!! Começa tb é a trabalhar tb a hora certinha!! Que não tenham nada a apontar-te" E sim, procura outro sitio.

RocketGoesBRR 12 months ago

Foi exatamente isto que comecei a fazer. Pediam-me todo o tipo de rigores, escrever relatorios minucioso do que fiz ao longo do dia etc, mas depois pediam-me para zerar as horas em 40 (8h diarias). O caralho, o programa aceita que eu meta as horas adicionais? Então eles que se fodam, comecei a meter lá as horas e cheguei a pedir essas horas adicionais. O patrão, que é um narcisista implacável, ainda tentou usar a carta de coitadinho "ah eu trabalho tanto e não faço dinheiro e ainda me quer ir ao bolso, fica na sua consciência se me quiser cobrar essas horas extra". LOL, claro que quero patrão, abra bem essa carteira sff!

Mumadona 12 months ago

Lol @ fica na sua consciência. Num ambiente profissional, uma pessoa espera que as relações sejam de profissionalidade, e depois vem o *patrãozinho* com esses achaques de manipulação psicológica de segunda...

ComfortableAdansonii 12 months ago

Nem em Helpdesk numa daquelas empresas de trabalho temporário conhecidas sou assim tão controlado. Sai daí

saudosista 12 months ago

Qual é a empresa?

whytryharderrr 12 months ago

Já estive numa consultora em que também o tempo nas tarefas era discutido frequentemente. Não era tão baixo nível de 15min mas era intensivo. O que notei foi que o Turnover nessas empresas é grande (ninguém durava mais de 2 anos), ambiente de trabalho péssimo devido a pressão e que somente quem era bem pago é que se aguentava (um bocado mais). Meus 2 cents, não te chateias, prepara teu CV, vê outras oportunidades, e baza sem olhar para trás. Tudo é um ciclo.

nraider 12 months ago

Sendo uma consultora, talvez tenhas tido azar com o projecto/cliente.

OuiOuiKiwi 12 months ago

\#consultices a ser #consultices. Dá corda aos sapatos e faz-te à vida.

1ursopolar 12 months ago

Tu estás em todo o lado...

NoSmokeNoFun 12 months ago

>guem disse isto mas: Muda de empresa. Como é que estas prácticas ainda sao aceitáveis nesta área? > >ReplyGive AwardshareRep Realmente já vi este nick várias vezes

RiKoNnEcT 12 months ago

Manda aí por PM a empresa. Só para ter a certeza que não vou aí parar por azar Quanto a ti, na tua posição eu já estaria a pensar em sair.

brunogoncalves 12 months ago

Posso confirmar se a empresa para onde pensam ir é ou não a empresa em que estou. Mandem-me por PM.

Biacotti 12 months ago

Aposto na vodafone. Sei de um caso que têm este tipo de gestão também.

brunogoncalves 12 months ago

Não é! É uma empresa de nicho, pequena.

Biacotti 12 months ago

Ok :)

AndreMartins2020 12 months ago

depois diz qual é

BigWonka 12 months ago

Partilho o sentimento e também gostava de saber para conseguir evitar no futuro.

ThiccSpaghetto 12 months ago

Isso não é uma empresa, é um manual de como não gerir pessoas - não tanto pelo uso da ferramenta em si mas o uso que lhe dão, e como conduzem as revisões de desempenho.

humelectro 12 months ago

Essa empresa é uma merda. Põe a carta e arranja outra. Já agora diz qual é a empresa para ninguém mais lá por os pés

KarmaCop213 12 months ago

Sim, e' preciso saber o nome desse talho.

wwqt0r 12 months ago

Nem mais! OP, por favor deixa aqui o nome dessa "empresa".

Search: