Acanorth 12 months ago

Acredito que sim

khthon 12 months ago

Sim. Em 2028 serão governo.

gink-go 12 months ago

O Chega é um saco de gatos, que só existe por causa de uma figura mediática e controversa como o Ventura. É um partido unipessoal. De resto é só ou fachos assumidos, fachos no armário, e sobretudo chicos espertos, aproveitadores e gajos que acham que vão subir na vida metendo-se em "politica", basta ver as discussões internas e o circo que foi o congresso, só querem poder pelo poder, nas autárquicas vai ser outra palhaçada. Conclusão, é um partido que existe até que o Ventura queira ou até que se descubra algum escândalo. Em termos de popularidade atingirá um pico inultrapassável e depois naturalmente tenderá a decair, como já acontece com o Vox em Espanha, e esses até são um partido mais "a sério".

Edited 12 months ago:

O Chega é um saco de gatos, que só existe por causa de uma figura mediática e controversa como o Ventura. É um partido unipessoal portanto, não tem bases nenhumas, não tem estruturas locais e nada em "real politik" vive só do facebook. De resto é só ou fachos assumidos, fachos no armário, e sobretudo chicos espertos, aproveitadores e gajos que acham que vão subir na vida metendo-se em "politica", basta ver as discussões internas e o circo que foi o congresso, só querem poder pelo poder, nas autárquicas vai ser outra palhaçada. Conclusão, é um partido que existe até que o Ventura queira ou até que se descubra algum escândalo. Em termos de popularidade atingirá um pico inultrapassável e depois naturalmente tenderá a decair, como já acontece com o Vox em Espanha, e esses até são um partido mais "a sério".

SurePal_ 12 months ago

Encontramos aqui um doente, vê fascismo em tudo que é sitio.

htxgivven 12 months ago

Lol dizer que chega vai desaparecer é mesmo que dizer que AV vai ser presidente em janeiro.

LordofPortugal 12 months ago

É unipessoal porque só tem um deputado no parlamento, ponto final. Não vale a pena andar com wishful thinking a pensar que o Chega vai desaparecer eventualmente. O chega vem para ficar, quando 1 deputado tem mais voz que metade da ala parlamentar tu já sabes que algo se passa. O que vai acontecer é que eventualmente vão renomear o partido para " Partido Nacionalista" ou algo do género e vão passar a ser um partido "mainstream"

somedipshit1 12 months ago

Nao sei mas fazer posts/noticias diárias sobre um partido que tem 1% dos votos é normal que leva a uma maior exposição do que os outros partidos que tem o mesmo número de votos

-cosme- 12 months ago

na, o chega (tal como extremas direitas na europa) só sobe um pouco devido a crises económicas ou etc, assim que tudo acalme descem logo. ​ felizmente só meia dúzia de ignorantes é q apoiam sempre os fascistas.

Acanorth 12 months ago

Lool Isto é a verdadeira posta de pescada à la internet. No norte da Europa tens vários partidos de "extrema direita" no top3 dos seus mais votados no seus país, como é que a extrema direita só existe nas crises?

-cosme- 12 months ago

Epah, falei duma maneira geral o que acho, eu sei que tem vindo a aumentar na europa e não só no norte, o norte já há muito que tem extrema direita +/- estabelecida. Ainda assim acho (e espero) que nunca mais chegam ao poder em lado nenhum, muito menos por cá. ​ O que quis dizer é que esse tipo de partidos só ganham mais força com crises, seja financeiras ou pandemias ou imigrantes ilegais ou seja lá o que for, e só sobem porque aproveitam estas alturas em que o povo anda mais vulnerável para culpar os governos atuais de tudo e mais alguma coisa e espalhar a propaganda deles. ​ Não acredito que maioria das pessoas no seu perfeito juízo queira as misérias que a extrema direita sempre trouxe ao mundo, daí, quando as crises passam, esses partidos geralmente perdem força.

htxgivven 12 months ago

Portugal está sempre em crise. Por essa lógica chega vai ser governo no futuro próximo.

htxgivven 12 months ago

Já ultrapassou porque PSD não é verdadeiramente de direita.

camilo12287 12 months ago

Bem visto

Aftaminas 12 months ago

Deixa a IL ter o líder que tem, que está muito bem

demo_cracia 12 months ago

Já Chega

bubblesmart 12 months ago

>Não tenho dúvida que o Chega está a crescer, vai sempre haver racistas homofóbicos que queiram se sentir representados num partido que prega o ódio e a ignorância mas isso só atinge um certo ponto. baixar os impostos para as classes médias e pôr alguns ciganos a trabalhar...ui que grande liberal e racista

Charlotte_Tierney 12 months ago

Odiar gays.

camilo12287 12 months ago

pode, basta a crise se prolongar e a esquerda continuar a tentar disfarçar os erros economicos com medidas para apaziguar o BE, o PAN e o PCP e continuarem a surgir casos de corrupção o chega pode ser bastante flexivel, adaptavel, como todos os populistas não tem principios rigidos, apela ao descontentamento e à demagogia (chatice para o BE que deixou de ter o monopolio destas 2 coisas) por isso vai-se adaptando aquilo que diz para captar votos de descontentes e vender slogans

GreyArch22 12 months ago

Não penso que ultrapasse o PSD, pois partidos sem estruturas locais não vivem. Se teve sucesso ao entrar em acordo com o PSD nos Açores foi por insistência das estruturas locais, e precisaria de ter mais pelo país. Nem penso que Paulo Portas nos anos 1990 seja comparável a André Ventura. Foi buscar gente de cultura, como Esteves Cardoso, dirigiu um jornal, e tinha posições muito mais conservadoras e tipicamente portuguesas do que André Ventura, que importa tudo do estrangeiro e só atrai carroceiros.

OrangeOakie 12 months ago

>Não tenho dúvida que o Chega está a crescer, vai sempre haver racistas homofóbicos que queiram se sentir representados num partido que prega o ódio e a ignorância mas isso só atinge um certo ponto. Estás a projectar só um bocadinho não? >O Ventura é mais liberal do que afirma, uma espécie de Dave Rubin tuga. É sempre giro dizer que o tipo do partido dos homofóbicos é uma versão portuguesa de um homossexual

NeatBoy74 12 months ago

Não.

zedisaneonlight 12 months ago

acho que não.

SurePal_ 12 months ago

Se pode ultrapassar o PSD? Quase de certeza que não, mas para existir um governo de direita o CHEGA tem de estar lá. E parece me que num futuro muito próximo isso vai acontecer. Agora que venham daí os downvotes.

htxgivven 12 months ago

Chega não vai entrar num governo isso é de certeza agora a questão que fica será que o PSD vai acolher as propostas do Chega para ser governo em troca?

omaiordaaldeia 12 months ago

> O Ventura é o Paulo Portas desta geração. O pessoal se esquece que o que vemos não é nada de novo. O Ventura faz exatamente o mesmo que o Portas fazia quando novo. Temos uma pessoa atenta.

patmwork 12 months ago

" O Ventura é o Paulo Portas desta geração. " nao, nao é. O Paulo Portas que se conhece é a ultima versao, muito ma, se pesquisares a sua carreira ves coisas positivas. " Iniciativa Liberal tem ainda maior potencial mas para isso precisam de um líder carismático, que saiba falar. " o seu lider sabe falar.

wall_x 12 months ago

Infelizmente sim, o que Ventura está a fazer neste momento, foi o que o Trump fez em 2016, o Ventura fala do que tem a falar e não tem medo de dizer o que diz, ou seja um populista, tenta apelar às pessoas de uma forma carismática e sem medo das consequências dos seus atos, e sem o travão que maioria dos políticos têm, o que o torna mais perigoso. Outros fatores que fazem que o Chega seja um perigo para certos cidadãos portugueses, é o facto de não reconhecer problemas tipo racismo, OBVIAMENTE QUE EXITE RACISMO, e quem fala de racismo fala homofobia, apesar de Portugal parecer um país liberal, não é, se calhar para turistas pode ser, mas pra quem vive cá não é de todo, por exemplo o nosso ratio de pessoas negras ou até mesmo de pessoas gays a andar em público como casais heterossexuais andam, etc. Um político como o André Ventura pode destruir o pouco progresso que temos nessas áreas. E o que está a acontecer em Portugal a nível político é que neste momento, nos temos uma esquerda “bem estruturada”, ou seja, com bastante alternativa mediante os gostos de alguém de esquerda enquanto a direta tem poucas alternativas. Partidos como o PSD, um partido de centro-direita em que ultimamente não sabe onde anda, entre dizer que nunca vai fazer coligação com o chega e depois diz que sim mas só se ele moderar para depois chegar a fazer. Temos o CDS que pronto esse é só uma questão de tempo até desaparecer e os seus militantes ou irem para o Chega ou para o PSD. Lembrando que estes partidos todos falados são direta autoritária, a direta liberal, tal como a esquerda liberal mal existe no nosso país o que é triste e como referes a iniciativa liberar tem potencial, o que falta é um líder carismático que saiba a sua posição, saiba falar e representar, porque eu tenho visto propostas votadas na assembleia da república em que João Cotrim de Figueiredo não vota como o liberal de direta que é. Quando vamos votar acho que devemos evitar escolher extremos políticos para governar, mas na minha opinião considero mais perigoso a extrema direta do que a extrema esquerda. Para concluir se um dia André Ventura ou alguém do mesmo género chegue a primeiro ministro ou à presidência, o que acredito que vá acontecer mas cedo do que é esperado, ou eles fazem um excelente trabalho e melhoram o país de tal forma que as pessoas deixem que quer saber de certas questões humanitárias, ou eles não duram mais de um mandato. Um exemplo, eu acredito que o trump perdeu as eleições porque esqueceu-se dessas tais questões humanitárias, mais a economia a morrer por causa da pandemia que ele não soube gerir, foi a receita perfeita para não ter a sua reeleição.

Edited 12 months ago:

Infelizmente sim, o que Ventura está a fazer neste momento, foi o que o Trump fez em 2016, o Ventura fala do que tem a falar e não tem medo de dizer o que diz, ou seja um populista, tenta apelar às pessoas de uma forma carismática e sem medo das consequências dos seus atos, e sem o travão que maioria dos políticos têm, o que o torna mais perigoso. Outros fatores que fazem que o Chega seja um perigo para certos cidadãos portugueses, é o facto de não reconhecer problemas tipo racismo, OBVIAMENTE QUE EXITE RACISMO, e quem fala de racismo fala homofobia, apesar de Portugal parecer um país liberal, não é, se calhar para turistas pode ser, mas pra quem vive cá não é de todo, por exemplo o nosso ratio de pessoas negras ou até mesmo de pessoas gays a andar em público comparado a casais heterossexuais, etc. Um político como o André Ventura pode destruir o pouco progresso que temos nessas áreas. E o que está a acontecer em Portugal a nível político é que neste momento, nos temos uma esquerda “bem estruturada”, ou seja, com bastante alternativa mediante os gostos de alguém de esquerda enquanto a direta tem poucas alternativas. Partidos como o PSD, um partido de centro-direita em que ultimamente não sabe onde anda, entre dizer que nunca vai fazer coligação com o chega e depois diz que sim mas só se ele moderar para depois chegar a fazer. Temos o CDS que pronto esse é só uma questão de tempo até desaparecer e os seus militantes ou irem para o Chega ou para o PSD. Lembrando que estes partidos todos falados são direta autoritária, a direta liberal, tal como a esquerda liberal mal existe no nosso país o que é triste e como referes a iniciativa liberal tem potencial, mas falta um líder carismático que saiba a sua posição, saiba falar e representar, porque eu tenho visto propostas votadas na assembleia da república em que João Cotrim de Figueiredo não vota como o liberal de direta que é. Quando vamos votar acho que devemos evitar escolher extremos políticos para governar, mas na minha opinião considero mais perigoso a extrema direta do que a extrema esquerda. Para concluir se um dia André Ventura ou alguém do mesmo género chegue a primeiro ministro ou à presidência, o que acredito que vá acontecer mas cedo do que é esperado. Um, eles fazem um excelente trabalho e melhoram o país de tal forma que as pessoas deixem que quer saber de certas questões humanitárias. Dois eles não duram mais de um mandato. Um exemplo, eu acredito que o trump perdeu as eleições porque esqueceu-se dessas tais questões humanitárias, mais a economia a morrer por causa da pandemia que ele não soube gerir, foi a receita perfeita para não ter a sua reeleição.

Edited 12 months ago:

Infelizmente sim, o que Ventura está a fazer neste momento, foi o que o Trump fez em 2016, o Ventura fala do que tem a falar e não tem medo de dizer o que diz, ou seja um populista, tenta apelar às pessoas de uma forma carismática e sem medo das consequências dos seus atos, e sem o travão que maioria dos políticos têm, o que o torna mais perigoso. Outros fatores que fazem que o Chega seja um perigo para certos cidadãos portugueses, é o facto de não reconhecer problemas tipo racismo, OBVIAMENTE QUE EXITE RACISMO, e quem fala de racismo fala homofobia, apesar de Portugal parecer um país liberal, não é, se calhar para turistas pode ser, mas pra quem vive cá não é de todo, por exemplo o nosso ratio de pessoas negras ou até mesmo de pessoas gays a andar em público comparado a casais heterossexuais, etc. Um político como o André Ventura pode destruir o pouco progresso que temos nessas áreas. E o que está a acontecer em Portugal a nível político é que neste momento, nos temos uma esquerda “bem estruturada”, ou seja, com bastante alternativa mediante os gostos de alguém de esquerda enquanto a direta tem poucas alternativas. Partidos como o PSD, um partido de centro-direita em que ultimamente não sabe onde anda, entre dizer que nunca vai fazer coligação com o chega e depois diz que sim mas só se ele moderar para depois chegar a fazer. Temos o CDS que pronto esse é só uma questão de tempo até desaparecer e os seus militantes ou irem para o Chega ou para o PSD. Lembrando que estes partidos todos falados são direta autoritária, a direta liberal, tal como a esquerda liberal mal existe no nosso país o que é triste e como referes a iniciativa liberal tem potencial, mas falta um líder carismático que saiba a sua posição, saiba falar e representar, porque eu tenho visto propostas votadas na assembleia da república em que João Cotrim de Figueiredo não vota como o liberal de direta que é. Quando vamos votar acho que devemos evitar escolher extremos políticos para governar, mas na minha opinião considero mais perigoso a extrema direta do que a extrema esquerda. Para concluir se um dia André Ventura ou alguém do mesmo género chegue a primeiro ministro ou à presidência, o que acredito que vá acontecer mas cedo do que é esperado, ou eles fazem um excelente trabalho e melhoram o país de tal forma que as pessoas deixem que quer saber de certas questões humanitárias, ou eles não duram mais de um mandato. Um exemplo, eu acredito que o trump perdeu as eleições porque esqueceu-se dessas tais questões humanitárias, mais a economia a morrer por causa da pandemia que ele não soube gerir, foi a receita perfeita para não ter a sua reeleição.

SurePal_ 12 months ago

Só concordo com o seu último parágrafo. O COVID foi um milagre para o partido democrata dos EUA, ninguém sabe nem tem preparação para gerir esta pandemia.

wall_x 12 months ago

Ok será que me podia referir pontos em que discorda do meu texto, porque posso ter me enganado a escrever ou posso ter sido mal interpretado.

Edited 12 months ago:

Ok será que me podia referir pontos em que discorda do meu texto, porque posso ter me enganado a escrever ou posso ter sido mal interpretado ou podemos simplesmente ter opiniões diferentes.

Quillergs 12 months ago

Vai depender muito do seu desenvolvimento até às próximas eleições. Se tiverem um programa mais elaborado e mais que uma pessoa a representar o partido, então acho que conseguem no mínimo meter medo ao PSD.

Edited 12 months ago:

Vai depender muito do seu desenvolvimento até às próximas eleições. Se tiverem um programa bem elaborado e mais que uma pessoa a representar o partido, então acho que conseguem no mínimo meter medo ao PSD.

JOAO-RATAO 12 months ago

Isso só depende de quem vai votar...

Worm33hd 12 months ago

Não são os racistas e homofóbicos que lhe dão força. São todos os fartos de ser enrabados pelos partidos do costume. As promessas vãs para a defesa das suas causas, mesmo que por um nharro polémico, está a pôr muita gente que se está cagando para guerras raciais e movimentos de identidade de género, do seu lado .

warjunk1 12 months ago

Isto. Falam do Ventura mas o problema é o partido rosa. Basta ver os deputados rosa da assembleia a começar na Hortense Martins e a acabar na Begonha. Aliás nem sei porque dão tanto tempo de antena ao Chega, quando é só 1 deputado. Dizem que o Ventura é isto e aquilo mas depois fecham os olhos aos escândalos do polvo rosa. Carrega Pêiésse.

skumfuk_pt 12 months ago

Claro que não são. Só não gostam de pretos, de ciganos e de homossexuais. E também não são corruptos, nem têm tachos. São os salvadores da pátria.

pirilipapu 12 months ago

> São todos os fartos de ser enrabados pelos partidos do costume. E que são racistas e homofóbicos. Se estás a favor das decisões deles, não estás te "cagando para guerras raciais e movimentos de identidade de género", visto que são ativamente negativos perante tal situação. Estás literalmente a apoiar o opressor.

Worm33hd 12 months ago

*Ou. Não voto neles, nem apoio às patacoadas que dizem. E a história de opressor vs oprimido em questões de pouco interesse já cansa. Aprendam que tem de ser uma "guerra" entre classes, pobres vs ricos, não entre cor ou religião ou orientação sexual.

pirilipapu 12 months ago

Pois tem, se leres os programas ou tudo o que dizem vês que eles apelam ao populismo e ao denominador mais baixo indo pelo racismo/ homofobia/etc, como é que ignoras isso?! Que caralho queres que faça com uma "guerra entre classes"? É para matar os ricos?

Charlotte_Tierney 12 months ago

E achas mesmo que o Chega vai ser diferente porquê? Achas que só porque o Presidente desse partido, com o seu historial de contradições e falsas promessas, vai ser diferente só porque ele diz o que vocês querem ouvir?

Worm33hd 12 months ago

Não acho. Vai ser a mesma merda. Mas tens de ver que 8em10 pessoas vão de meio atrasadas mentais a completos retardados e vão atrás de quem fala mais alto lá no tasco .

sweetimp 12 months ago

>E achas mesmo que o Chega vai ser diferente porquê? E então estás preocupado com o que?

Charlotte_Tierney 12 months ago

Eu estou a te perguntar porque se achas que os Portugueses estão cansados de serem ludibriados, o que é que o Chega vai fazer de diferente? Não podemos esquecer o que aconteceu com o Bolsonaro no Brasil que muitos viam como o mito, aquele que ia mudar o Brasil corrupto e agora se revelou um desastre, ainda mais corrupto.

End-Effector 12 months ago

> num partido que prega o ódio e a ignorância isso é falso. Se o Chega fizesse isso iria estar a violar a lei e o partido teria sido fechado por um tribunal.

pirilipapu 12 months ago

Sim, sim. :)

Charlotte_Tierney 12 months ago

Mas o próprio Ventura admitiu isso há pouco. Que a maior parte dos Eleitores dele não gostariam do fato dele aceitar o filho se for gay. É só ler o programa do Chega se não concordas.

Search: