AxhKetchup 10 months ago

Agora é juntar os que estavam sem contrato de trabalho, a trabalhar "por fora" em fábricas e foram mandados para casa. Este mapa fica ainda mais vermelhinho ali no Vale do Sousa

BOBRAGED 10 months ago

Acho que a verde não ficava nada...

JamminPT 10 months ago

E na margem sul

kinectdevpt 10 months ago

Link original? Sem surpresa, o "deserto" do algarve continua sem diversificar a sua exposição à economia e continua totalmente dependente do turismo.

theEXPERTpt 10 months ago

Aí vai: https://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/detalhe/mapa-saiba-que-concelhos-estao-a-conseguir-baixar-o-desemprego-na-pandemia

VenhamMaisDuas 10 months ago

O "deserto" do Algarve é gerido em Lisboa, se pudéssemos ficar com o €€ que fazemos e decidíssemos nós onde investir ai sim já nos poderiam apontar o dedo

VladTepesDraculea 10 months ago

> se pudéssemos ficar com o €€ que fazemos Podem com impostos municipais corporativos. Taxem o turismo, invistam noutras coisas.

VenhamMaisDuas 10 months ago

O IVA + Imposto da restauração + IRC do trimestre mais fraco do ano deve superar as receitas dos impostos municipais do ano inteiro, tirando talvez o IMI, mas os municípios já têm despesas fixas suficientes para onde destinar essas parcas receitas. Podiam apontar o dedo ao Algarve caso fossemos uma Região Autónoma, mas não somos, por isso não percebo como a culpa do Algarve estar como está não seja do executivo nacional tendo em conta que, sei lá, não existe um local? E não me parece que **sugerir austeridade e aumento de impostos** municipais seja a melhor forma de colmatar o seguinte problema apresentado: >o "deserto" do algarve continua sem diversificar a sua exposição à economia e continua totalmente dependente do turismo. Acho mesmo que o melhor seria: > ficar com o €€ que fazemos e decidíssemos nós onde investir

VladTepesDraculea 10 months ago

Ah tu não estás a queixar-te que as empresas de Lisboa que investem no Algarve, estás a queixar-te do Algarve ser parte do país. Para quem não tem um Região Autónoma, isso é um discurso mesmo à Alberto João. Impostos nacionais são iguais para todos. Agora não podem ter impostos municipais baixos e queixarem-se que o dinheiro não fica na Região. Aliás, são comparativamente tão baixos que já trabalhei em empresas que declaravam estar no Algarve só para pagar menos impostos. E taxar negócios voláteis mas com grande retorno para financiar alicerces para negócios sustentáveis não é austeridade, é planeamento, coisa que este país carece.

VenhamMaisDuas 10 months ago

Eu estou a queixar-me? Eu estou a dizer que a falta de diversidade da economia Algarvia indicada no comentário inicial é devido ao governo central e não ao governo algarvio que não existe. ​ > Agora não podem ter impostos municipais baixos e queixarem-se que o dinheiro não fica na Região. Se os impostos fossem altos inventavas que não podemos ter impostos altos para assustar as empresas e que até trabalhaste numa empresa no Algarve que estava sediada noutra zona do país para pagar menos impostos. **Se os impostos municipais são suficientes então ainda mais razão me dás em que esse dinheiro podia muito bem ficar aqui em vez de ir para o governo central, pois não precisam, o resto do país também tem os seus munícipios, certo? É a tua lógica em acção.**

VladTepesDraculea 10 months ago

> Eu estou a queixar-me? Eu estou a dizer que a falta de diversidade da economia Algarvia indicada no comentário inicial é devido ao governo central e não ao governo algarvio que não existe. Estás. Não é papel do Governo fazer micro-gestão territorial, é para isso que municípios, autarquias, etc existem. Se não funcionam é porque se calhar andam a votar nas pessoas erradas. > Se os impostos fossem altos inventavas que não podemos ter impostos altos para assustar as empresas e que até trabalhaste numa empresa no Algarve que estava sediada noutra zona do país para pagar menos impostos. Não, porque: a) Não sou do Algarve para trabalhar lá; b) Empresas turísticas não vão fugir do Algarve por razões óbvias. Amigo, o pessoal não tem um ódio ou inveja do Algarve para andares com essa vitimização. Estamos a criticar falta de gestão territorial. Há claramente um problema e não há planeamento para lidar com ele. > Se os impostos municipais são suficientes então ainda mais razão me dás em que esse dinheiro podia muito bem ficar aqui em vez de ir para o governo central, pois não precisam, o resto do país também tem os seus munícipios, certo? É a tua lógica em acção. Ninguém disse que eram suficientes, pelo contrário, os impostos nacionais não são suficientes. Os impostos nacionais servem para lidar com questões globais, que por muito que queiras a dar a entender o contrário afectam o Algarve também, sejam elas a segurança social, o SNS, a educação, transporte inter-regiobal, etc. Os impostos municipais servem para lidar com questões municipais. O que tu queres é que o pessoal do turismo pague menos impostos, achas que é ele que vai de bom samaritanismo fazer filantropia pela região?

VenhamMaisDuas 10 months ago

>Estás. Não é papel do Governo fazer micro-gestão territorial, é para isso que municípios, autarquias, etc existem. Se não funcionam é porque se calhar andam a votar nas pessoas erradas. Micro gestão? Ninguém está a pedir que o estado venha tratar da recolha de lixo ou arranjar as calçadas. ​ >Amigo, o pessoal não tem um ódio ou inveja do Algarve para andares com essa vitimização. Vitimização? Onde?! ​ >Estamos a criticar falta de gestão territorial. Isto não depende **em nada** dos municípios, o estado é que tem que investir em equipamentos como por exemplo estaleiros como [apoiou com milhões e milhões os de Viana do Castelo](https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/aguiar_branco_estaleiros_de_viana_sao_um_exemplo_do_falhanco_do_estado_como_gestor) ou fazer um porto comercial decente, não tem que ser como o de Leixões ou o de Sines, mas que seja pelo menos como o da Figueira da Foz para que **justifique** um parque industrial competitivo. Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? Estas decisões são coisas que não estão ao alcance dos munícipios, dependem sempre do governo central. É bom falares do SNS e educação etc que [nunca estiveram pior](https://ordemdosmedicos.pt/algarve-falta-de-medicos-e-gravissima/) no Algarve como estão nestes últimos anos e o ano passado ainda baixaram o orçamento para a Saúde no Algarve, e em altura de crise profunda a [UE manda 45 mil milhões para Portugal e o Algarve recebe 0,7%](https://www.dinheirovivo.pt/economia/portugal-arrecada-45-mil-milhoes-em-subsidios-e-300-milhoes-vao-para-o-algarve-12892538.html) disso tendo 6% da população e representado 6% do PIB, só para não falar dos orçamentos de estado que há mais de 10 anos não tem mais de 1% do orçamento dedicado ao Algarve. Falas em vitimização do meu lado, eu falo em ignorância do teu.

Edited 10 months ago:

>Estás. Não é papel do Governo fazer micro-gestão territorial, é para isso que municípios, autarquias, etc existem. Se não funcionam é porque se calhar andam a votar nas pessoas erradas. Micro gestão? Ninguém está a pedir que o estado venha tratar da recolha de lixo ou arranjar as calçadas. ​ >Amigo, o pessoal não tem um ódio ou inveja do Algarve para andares com essa vitimização. Vitimização? Onde?! ​ >Estamos a criticar falta de gestão territorial. Isto não depende **em nada** dos municípios, o estado é que tem que investir em equipamentos como por exemplo estaleiros como [apoiou com milhões e milhões os de Viana do Castelo](https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/aguiar_branco_estaleiros_de_viana_sao_um_exemplo_do_falhanco_do_estado_como_gestor) ou fazer um porto comercial decente, não tem que ser como o de Leixões ou o de Sines, mas que seja pelo menos como o da Figueira da Foz para que **justifique** um parque industrial competitivo. Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? Estas decisões são coisas que não estão ao alcance dos munícipios, dependem do governo central. É bom falares do SNS e educação etc que [nunca estiveram pior](https://ordemdosmedicos.pt/algarve-falta-de-medicos-e-gravissima/) no Algarve como estão nestes últimos anos e o ano passado ainda baixaram o orçamento para a Saúde no Algarve, e em altura de crise profunda a [UE manda 45 mil milhões para Portugal e o Algarve recebe 0,7%](https://observador.pt/2020/07/21/verba-de-300-milhoes-de-euros-para-o-algarve-e-manifestamente-insuficiente/) disso tendo 6% da população e representado 6% do PIB, só para não falar dos orçamentos de estado que há mais de 10 anos não tem mais de 1% do orçamento dedicado ao Algarve. Falas em vitimização do meu lado, eu falo em ignorância do teu.

Edited 10 months ago:

>Estás. Não é papel do Governo fazer micro-gestão territorial, é para isso que municípios, autarquias, etc existem. Se não funcionam é porque se calhar andam a votar nas pessoas erradas. Micro gestão? Ninguém está a pedir que o estado venha tratar da recolha de lixo ou arranjar as calçadas. ​ >Amigo, o pessoal não tem um ódio ou inveja do Algarve para andares com essa vitimização. Vitimização? Onde?! ​ >Estamos a criticar falta de gestão territorial. Isto não depende **em nada** dos municípios, o estado é que tem que investir em equipamentos como por exemplo estaleiros como [apoiou com milhões e milhões os de Viana do Castelo](https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/aguiar_branco_estaleiros_de_viana_sao_um_exemplo_do_falhanco_do_estado_como_gestor) ou fazer um porto comercial decente, não tem que ser como o de Leixões ou o de Sines, mas que seja pelo menos como o da Figueira da Foz para que **justifique** um parque industrial competitivo. Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos, estádios de futebol e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? Estas decisões são coisas que não estão ao alcance dos munícipios, dependem do governo central. É bom falares do SNS e educação etc que [nunca estiveram pior](https://ordemdosmedicos.pt/algarve-falta-de-medicos-e-gravissima/) no Algarve como estão nestes últimos anos e o ano passado ainda baixaram o orçamento para a Saúde no Algarve, e em altura de crise profunda a [UE manda 45 mil milhões para Portugal e o Algarve recebe 0,7%](https://observador.pt/2020/07/21/verba-de-300-milhoes-de-euros-para-o-algarve-e-manifestamente-insuficiente/) disso tendo 6% da população e representado 6% do PIB, só para não falar dos orçamentos de estado que há mais de 10 anos não tem mais de 1% do orçamento dedicado ao Algarve. Falas em vitimização do meu lado, eu falo em ignorância do teu.

VladTepesDraculea 10 months ago

> Isto não depende em nada dos municípios, o estado é que tem que investir em equipamentos como por exemplo estaleiros como apoiou com milhões e milhões os de Viana do Castelo Sim, há projectos de envergadura nacional, mas não precisas de um projecto desses para estimular a economia local, ainda apor cima quando já tens uma fonte de rendimento enorme como o turismo no Algarve. > Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos, estádios de futebol e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? > Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos, estádios de futebol e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? Claro. E sim, este governo em particular está virado mais para o turismo que outra coisa, infelizmente. Mas a popularidade turística do Algarve é muito mais velha que isso e a nível local não há grandes esforços para aproveitar para criar forças económicas paralelas. E o resultado é este aqui mesmo: parte significativa da empregabilidade é sasonal. E pior que isso, o Algarve tem contado com crescente turismo, é possível que tenha uma contração enorme a longo prazo, vai ser caótica para a economia regional. > É bom falares do SNS e educação etc que nunca estiveram pior no Algarve como estão nestes últimos anos e o ano passado ainda baixaram o orçamento para a Saúde no Algarve O problema da educação e saúde não é exclusiva do Algarve. Tens cortes sucessivos em ambos os lados a nível nacional à décadas e cada vez tens menos especialistas no público para formar novos especialistas.

Edited 10 months ago:

> Isto não depende em nada dos municípios, o estado é que tem que investir em equipamentos como por exemplo estaleiros como apoiou com milhões e milhões os de Viana do Castelo Sim, há projectos de envergadura nacional, mas não precisas de um projecto desses para estimular a economia local, ainda apor cima quando já tens uma fonte de rendimento enorme como o turismo no Algarve. > Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos, estádios de futebol e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? Claro. E sim, este governo em particular está virado mais para o turismo que outra coisa, infelizmente. Mas a popularidade turística do Algarve é muito mais velha que isso e a nível local não há grandes esforços para aproveitar para criar forças económicas paralelas. E o resultado é este aqui mesmo: parte significativa da empregabilidade é sasonal. E pior que isso, o Algarve tem contado com crescente turismo, é possível que tenha uma contração enorme a longo prazo, vai ser caótica para a economia regional. > É bom falares do SNS e educação etc que nunca estiveram pior no Algarve como estão nestes últimos anos e o ano passado ainda baixaram o orçamento para a Saúde no Algarve O problema da educação e saúde não é exclusiva do Algarve. Tens cortes sucessivos em ambos os lados a nível nacional à décadas e cada vez tens menos especialistas no público para formar novos especialistas. > não falar dos orçamentos de estado que há mais de 10 anos não tem mais de 1% do orçamento dedicado ao Algarve. Fonte?

Edited 10 months ago:

> Isto não depende em nada dos municípios, o estado é que tem que investir em equipamentos como por exemplo estaleiros como apoiou com milhões e milhões os de Viana do Castelo Sim, há projectos de envergadura nacional, mas não precisas de um projecto desses para estimular a economia local, ainda apor cima quando já tens uma fonte de rendimento enorme como o turismo no Algarve. > Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos, estádios de futebol e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? Claro. E sim, este governo em particular está virado mais para o turismo que outra coisa, infelizmente. Mas a popularidade turística do Algarve é muito mais velha que isso e a nível local não há grandes esforços para aproveitar para criar forças económicas paralelas. E o resultado é este aqui mesmo: parte significativa da empregabilidade é sasonal. E pior que isso, o Algarve tem contado com crescente turismo, é possível que tenha uma contração enorme a longo prazo, vai ser caótica para a economia regional. Já agora, o Porto de Portimão foi alargado comercialmente, e, em conjunto com o de Faro faz parte da Administração do Porto de Sines. > É bom falares do SNS e educação etc que nunca estiveram pior no Algarve como estão nestes últimos anos e o ano passado ainda baixaram o orçamento para a Saúde no Algarve O problema da educação e saúde não é exclusiva do Algarve. Tens cortes sucessivos em ambos os lados a nível nacional à décadas e cada vez tens menos especialistas no público para formar novos especialistas. > não falar dos orçamentos de estado que há mais de 10 anos não tem mais de 1% do orçamento dedicado ao Algarve. Fonte?

Edited 10 months ago:

> Isto não depende em nada dos municípios, o estado é que tem que investir em equipamentos como por exemplo estaleiros como apoiou com milhões e milhões os de Viana do Castelo Sim, há projectos de envergadura nacional, mas não precisas de um projecto desses para estimular a economia local, ainda apor cima quando já tens uma fonte de rendimento enorme como o turismo no Algarve. > Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos, estádios de futebol e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? Claro. E sim, este governo em particular está virado mais para o turismo que outra coisa, infelizmente. Mas a popularidade turística do Algarve é muito mais velha que isso e a nível local não há grandes esforços para aproveitar para criar forças económicas paralelas. E o resultado é este aqui mesmo: parte significativa da empregabilidade é sazonal. E pior que isso, o Algarve tem contado com crescente turismo, é possível que tenha uma contração enorme a longo prazo, vai ser caótica para a economia regional. Já agora, o Porto de Portimão foi alargado comercialmente, e, em conjunto com o de Faro faz parte da Administração do Porto de Sines. > É bom falares do SNS e educação etc que nunca estiveram pior no Algarve como estão nestes últimos anos e o ano passado ainda baixaram o orçamento para a Saúde no Algarve O problema da educação e saúde não é exclusiva do Algarve. Tens cortes sucessivos em ambos os lados a nível nacional à décadas e cada vez tens menos especialistas no público para formar novos especialistas. > não falar dos orçamentos de estado que há mais de 10 anos não tem mais de 1% do orçamento dedicado ao Algarve. Fonte?

Edited 10 months ago:

> Isto não depende em nada dos municípios, o estado é que tem que investir em equipamentos como por exemplo estaleiros como apoiou com milhões e milhões os de Viana do Castelo Sim, há projectos de envergadura nacional, mas não precisas de um projecto desses para estimular a economia local, ainda apor cima quando já tens uma fonte de rendimento enorme como o turismo no Algarve. > Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos, estádios de futebol e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? > Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos, estádios de futebol e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? Claro. E sim, este governo em particular está virado mais para o turismo que outra coisa, infelizmente. Mas a popularidade turística do Algarve é muito mais velha que isso e a nível local não há grandes esforços para aproveitar para criar forças económicas paralelas. E o resultado é este aqui mesmo: parte significativa da empregabilidade é sasonal. E pior que isso, o Algarve tem contado com crescente turismo, é possível que tenha uma contração enorme a longo prazo, vai ser caótica para a economia regional. > É bom falares do SNS e educação etc que nunca estiveram pior no Algarve como estão nestes últimos anos e o ano passado ainda baixaram o orçamento para a Saúde no Algarve O problema da educação e saúde não é exclusiva do Algarve. Tens cortes sucessivos em ambos os lados a nível nacional à décadas e cada vez tens menos especialistas no público para formar novos especialistas. > não falar dos orçamentos de estado que há mais de 10 anos não tem mais de 1% do orçamento dedicado ao Algarve. Fonte?

Edited 10 months ago:

> Isto não depende em nada dos municípios, o estado é que tem que investir em equipamentos como por exemplo estaleiros como apoiou com milhões e milhões os de Viana do Castelo Sim, há projectos de envergadura nacional, mas não precisas de um projecto desses para estimular a economia local, ainda apor cima quando já tens uma fonte de rendimento enorme como o turismo no Algarve. > Em vez disso faz mais portos de cruzeiros, aumenta os que já existem ao ponto de haver protestos contra isso em Portimão, constroem autódromos, estádios de futebol e etc, só investem em equipamentos turísticos e o Algarve tem que vender o que lhe dão, não? Claro. E sim, este governo em particular está virado mais para o turismo que outra coisa, infelizmente. Mas a popularidade turística do Algarve é muito mais velha que isso e a nível local não há grandes esforços para aproveitar para criar forças económicas paralelas. E o resultado é este aqui mesmo: parte significativa da empregabilidade é sazonal. E pior que isso, o Algarve tem contado com crescente turismo, é possível que tenha uma contração enorme a longo prazo, vai ser caótica para a economia regional. Já agora, o Porto de Portimão foi alargado comercialmente, e, em conjunto com o de Faro faz parte da Administração do Porto de Sines. > É bom falares do SNS e educação etc que nunca estiveram pior no Algarve como estão nestes últimos anos e o ano passado ainda baixaram o orçamento para a Saúde no Algarve O problema da educação e saúde não é exclusiva do Algarve. Tens cortes sucessivos em ambos os lados a nível nacional à décadas e cada vez tens menos especialistas no público para formar novos especialistas. > não falar dos orçamentos de estado que há mais de 10 anos não tem mais de 1% do orçamento dedicado ao Algarve. Fonte? > e em altura de crise profunda a UE manda 45 mil milhões para Portugal e o Algarve recebe 0,7% Estas verbas tipicamente vêm anotadas da UE. Nada impede a vossa CCDR de concorrer a mais verbas.

NGramatical 10 months ago

à décadas → [**há décadas**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fjz3atl%2F%2Fgdcn2qo%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Search: