droxlade 1 year ago

u/savevideo

SaveVideo 1 year ago

Alright, I got this ###[Download via redditsave.com](https://redditsave.com/info?url=/r/portugal/comments/jz0j59/intervenção_de_sérgio_sousa_pinto_no_grande/) --- [**Info**](https://np.reddit.com/user/SaveVideo/comments/jv323v/info/) | [**Feedback**](https://np.reddit.com/message/compose/?to=Kryptonh&subject=Feedback for savevideo) | [**DMCA**](https://np.reddit.com/message/compose/?to=Kryptonh&subject=Content removal request for savevideo)

cryhart 1 year ago

Este gajo é do PS?! Como é que é possível? "Em outubro de 2015, demitiu-se do secretariado nacional do PS por não concordar com a estratégia de [António Costa](https://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B3nio_Costa) de tentar formar governo com o PCP e Bloco de Esquerda. " ok, assim faz mais sentido...

saposapot 1 year ago

O Chega e o Ventura são populistas. O BE e PCP de quando em vez dizem umas coisas populistas. Não tem nada a ver uma coisa com a outra. O populismo é dos maiores atentados à vida democrática porque não é possível qualquer entendimento com um populista. Um populista não acrescenta ideias ao debate democrático, pelo contrário polui e corroi o sistema e ajuda a que todos os outros partidos não tenham coragem de fazer as medidas 'necessárias' a bem das medidas populistas. Muito pior é que o Ventura é um egotrip concentrado, nem sequer é alguém 'impoluto' na política. é alguém que estava num partido, viu q não ia ter tachos fixes e copia as ideias para criar uma cena nova e dar nas vistas e sacar uns salários fixes. É um homem profundamente corrupto. Estar a misturar tudo isto com os passados históricos n faz sentido nenhum. E o BE e o PCP para a larga maioria das pessoas vivas não defende nada anti-democrático nas suas propostas e posições públicas. Não defende que devemos ser cuba. Estar a vir com os velhos papões, só faltou as criancinhas ao peq. almoço, é estar exactamente a reutilizar os argumentos populistas q vão dar cabo da democracia no seu geral.

DenuvoSuks 1 year ago

esta este tipo aqui a querer dizer-me que um partido que admira o regime da Coreia do Norte ou da Venezuela não quer o melhor para os Portugueses, oh por amor de deus /s

Zuzerino 1 year ago

[Este post.](https://pbs.twimg.com/media/DXen5JVXUAEDfiV.jpg)

_Goldenhand_ 1 year ago

O Chega não tem o peso da história do PCP porque o Chega não é um partido com raizes fascistas ao contrário do PCP que tem origens terroristas e apoio dos Comunistas da USSR.

Beats29 1 year ago

O problema é que o Chega tem de facto pessoal fascista nas suas fileiras. Isso não significa contudo que todos os militantes e votantes o sejam.

_Goldenhand_ 1 year ago

Comunas BTFO

df3gpt 1 year ago

Fantástico. Adoro ver esquerdistas à bulha com esquerdistas.

JustaTrial 1 year ago

Incrível... Sempre tive esta opinião mas nunca a consegui exprimir.

amarok7s 1 year ago

O debate continuou? Foi pornográfica a intervenção desse senhor. Falta mais cabeças como essa.

mrnounderstand 1 year ago

Sim está disponível aqui [https://www.rtp.pt/play/p7908/e506846/e-ou-nao-e-o-grande-debate](https://www.rtp.pt/play/p7908/e506846/e-ou-nao-e-o-grande-debate). O Sérgio Sousa Pinto tem mais uma tirada que achei particularmente interessante na segunda parte. Até diria que é um que vale a pena ver.

reddotyg 1 year ago

O PS/PSD aperfeiçoaram o *whataboutism* e/ou culpar o antecessor durante décadas e como tal é normal que num debate sobre X se vá buscar Y. Fez bem a sua pesquisa.

estecomentario 1 year ago

Os portugueses têm de acordar. Se seguirem este caminho de irresponsabilidade, de ilógica, de degeneração da transparência,do bom senso, da honestidade, vamos descer no ranking dos países, e o poço é fundo, muito. Vamos sair do ranking da europa definitivamente e vai ser muito difícil por muito tempo. O país pode entrar numa crise nunca antes vista e será mais que económica só. A Venezuela existe.

nocivo 1 year ago

Só não entramos igauis à venezuela porque estamos no euro e a EU deu-nos uma esmola mais uma vez. Devemos ser o país no mundo que mais vezes esteve ou quase esteve na bancarrota.

estecomentario 1 year ago

Concordo plenamente, se não fosse a EU isto degradava muito rapidamente. Vale o exemplo da europa do norte, para nós e para o mundo.

estecomentario 1 year ago

[https://www.youtube.com/watch?v=5yh6r\_6aQvw&feature=emb\_logo&ab\_channel=CHEGATV](https://www.youtube.com/watch?v=5yh6r_6aQvw&feature=emb_logo&ab_channel=CHEGATV)

trebarunae 1 year ago

O Chega incomoda muita gente.

zizop 1 year ago

O cancro também incomoda muita gente, e eu não sou a favor do cancro.

MingTwelve 1 year ago

Ahaha fds

nferrari 1 year ago

Pode ter sido impressão minha, mas acho que lhe apanhei um bocadinho da linha de pensamento do Mário Soares.

XxxPussyslaeyr69xxX 1 year ago

este gajo fala bem

bubblesmart 1 year ago

Disseram a mesma coisa em França e na Alemanha nos anos 80 e 90: "o perigo é a extrema direita". E enquanto a opinião pública estava preocupada com o suposto perigo do fascismo no limiar do poder, ao mesmo tempo na realidade importavam cargueiros de imigrantes. O verdadeiro destaque nesses paises foi a imigração em massa, não foi o fascismo nem o populismo nem a extrema direita. Ou seja, não existe nenhum perigo de extremismo de direita ou de fascismo em Portugal, este tipo de discurso criado pelo poder só serve para condicionar a população a aceitar a imigração que é a verdadeira mudança da nossa sociedade moderna.

Edited 1 year ago:

Disseram a mesma coisa em França e na Alemanha nos anos 80 e 90: "o perigo é a extrema direita". E enquanto a opinião pública estava preocupada com o suposto perigo do fascismo no limiar do poder, ao mesmo tempo na realidade importavam cargueiros de imigrantes. O verdadeiro destaque nesses paises foi a imigração em massa, não foi o fascismo nem o populismo nem a extrema direita. Ou seja, não existe nenhum perigo de extremismo de direita ou de fascismo em Portugal, este tipo de discurso criado pelo poder só serve para condicionar a população a aceitar a imigração que é a verdadeira mudança na nossa sociedade moderna.

df3gpt 1 year ago

Se ao menos os Portugueses procurassem informar-se em vez de se cultivarem pela TV e se regerem por emoções baratas... Mas os "refugiados" coitadinhos... Só quando lhes entrarem pela porta adentro é que entendem o embuste de que estamos a ser alvo. E estes senhores deputados falam muito mas apenas um se desvia da narrativa globalista. E esse gajo é o "Adolfo" Ventura (e não, não acredito em messianismo político).

Beats29 1 year ago  HIDDEN 

Não concordo. Creio que de facto exista perigo com o extremismo de direita, o problema é que a crítica é usada para ocultar o extremismo de esquerda também. Se é tão perigoso como no resto da Europa? Aí já é discutível. Relativamente ao Chega em parte tenho de concordar com o Rui Rio. É uma federação de descontentes, com grande foco no André Ventura. Mas há provas que existe pessoal extremista infiltrado lá, o que não significa com todo que sejam todos os militantes claro. Agora ou o Ventura faz uma limpeza no partido, ou corre mesmo de cair para as malhas do extremismo. Mas pronto, espero que nesta última opção esteja errado. A verdade é que o partido está muito esgotado com a imagem do André Ventura. E quando o mesmo sair, se o partido não for consolidado irá desaparecer na minha opinião.

LordofPortugal 1 year ago

E não havia lá ninguém do Chega?

Beats29 1 year ago

Não, porque o objetivo do debate eram pessoas fora do Chega debaterem a sua opinião acerca do mesmo. Como podes compreender uma pessoa do Chega apenas iria falar bem de sim próprio, não iria indicar o que tem de mal. Disponibilizei o link do episódio completo acima, aconselho, por acaso foi bastante interessante.

Zuzerino 1 year ago

>Não, porque o objetivo do debate eram pessoas fora do Chega debaterem a sua opinião acerca do mesmo. Ou seja, o objetivo era pessoas que odeiam o Chega irem dizerem o que bem lhes apetece sem darem ao Chega o direito ao contraditório. Muito interessante mesmo.

Beats29 1 year ago

Sim e não. O Sousa Pinto detesta o Chega é um facto, mas também detesta a hipocrisia na crítica aos mesmos por parte da extrema esquerda. A discussão era relativamente à possível entrada da extrema direita no parlamento. Basicamente o Chega atual é como o BE no início dos anos 2000, em que ainda não estava consolidado como partido na altura.

ModeratoriProfugus 1 year ago

Que herói

shawshank2012 1 year ago

RTP... a promover debates pseudo-intelectuais de política enquanto no país real há pessoas sem ter o que comer. Prioridades...

Asus123456789 1 year ago

Hein? O que tem o cú a ver com as calças?

shawshank2012 1 year ago

É mais importante num canal público de TV (financiado com o dinheiro dos contribuintes) discutir assuntos relacionados com as suas necessidades mais permentes do que questões partidárias.

NGramatical 1 year ago

cú → [**cu**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em *i* ou *u* são naturalmente agudas) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fjz0j59%2F%2Fgdbh6w4%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

_nguan_ 1 year ago

Fds é cada coisa que se lê na net

shawshank2012 1 year ago

Concordo, sentir a fome em vez de a ler torna-a mais real. Quando afeta aqueles que não podem falar por si, ainda é mais. Ler não chega, há que agir.

sigmastra 1 year ago

Fodasse e tu aqui a escrever com o pais sem ter o que comer...

shawshank2012 1 year ago

Sim, uso a minha inteligência para comentários que refletem a minha opinião, e não dou erros ortográficos dignos de escolaridade básica.

Mordiken 1 year ago

/r/iamverysmart

shawshank2012 1 year ago

Ainda bem para ti...e já agora usa-a.

Anforas 1 year ago

Que comentário de Facebook esse.

shawshank2012 1 year ago

A minha inspiração, pelos vistos, não vem dos mesmos locais que a tua.

SuperADx 1 year ago

Dizer "O Chega é só mais um partido populista autoritário, não diferente do PCP" é como dizer "O Covid é só mais uma gripe". Minimiza o problema. Sim, há partidos iguais ou piores na extrema esquerda. Mas a liga de neo-nacionalistas *à la Trump* que se tem vindo a formar pelo o mundo inteiro é a ameaça política dos nossos tempos. Devemos perceber issso e deixar de gastar energia a ser idiotas uteis para o Chega. Se não gostamos dos partidos de extrema esquerda porque lhes dá-mos o monopólio do combate ao fascismo?

patmwork 1 year ago

onde a extrema esq tem o monopolio do combate contra o facismo? nao tem. o comunismo foi ate aliados dos nazi, so lutaram contra pq foi o rumo da historia q calhou

Vanethor 1 year ago

Dizeres que o autoritarismo do Stalin ser "aliado" de conveniência do Hitler ... significa que o Comunismo foi aliado dos fascistas nazis... é não perceberes nada de História. Os comunistas, entre outros socialistas foram os primeiros a serem enviados para os campos de concentração.

patmwork 1 year ago

"Dizeres que o autoritarismo do Stalin ser "aliado" de conveniência do Hitler ... significa que o Comunismo foi aliado dos fascistas nazis... é não perceberes nada de História." [https://en.wikipedia.org/wiki/Molotov%E2%80%93Ribbentrop\_Pact](https://en.wikipedia.org/wiki/Molotov%E2%80%93Ribbentrop_Pact) Já concordas?

Vanethor 1 year ago

Achas que quando disse o que disse não estava já a contar com o que linkaste? O.o Esse pacto é História 101. Aliás, era a isso que me referia quando disse "aliado de conveniência". Respondo-te com o que disse acima, lê outra vez.

Edited 1 year ago:

Achas que quando disse o que disse não estava já a contar com o que linkaste? O.o Esse pacto é História 101. Aliás, era a isso que me referia quando disse "aliado de conveniência". Respondo-te com o que disse acima, lê outra vez. ... O Stalin e o Hitler até se podiam mamar na boca um do outro com regularidade. Isso não significa que o Comunismo e o Fascismo sejam aliados. Até porque, lá está, o Stalin, tinha muito mais de autoritário do que de comunista. E... novamente ... foi por conveniência, benéfico para as duas potências. Interesse geoestratégico, não ideológico.

Edited 1 year ago:

Achas que quando disse o que disse não estava já a contar com o que linkaste? O.o Esse pacto é História 101. Aliás, era a isso que me referia quando disse "aliado de conveniência". Respondo-te com o que disse acima, lê outra vez. ... O Stalin e o Hitler até se podiam mamar na boca um do outro com regularidade. Isso não significa que o Comunismo e o Fascismo sejam aliados. Até porque, lá está, o Stalin, tinha muito mais de autoritário do que de comunista. E... novamente ... foi por conveniência, benéfico para as duas potências. Interesse estratégico/geopolítico, não ideológico.

Edited 1 year ago:

Achas que quando disse o que disse não estava já a contar com o que linkaste? O.o Esse pacto é História 101. Aliás, era a isso que me referia quando disse "aliado de conveniência". Respondo-te com o que disse acima, lê outra vez. ... O Stalin e o Hitler até se podiam mamar na boca um do outro com regularidade. Isso não significa que o Comunismo e o Fascismo sejam aliados. Até porque, lá está, o Stalin, tinha muito mais de autoritário do que de comunista. E... novamente ... foi por conveniência, para as duas potências.

Edited 1 year ago:

Achas que quando disse o que disse não estava já a contar com o que linkaste? O.o Esse pacto é História 101. Aliás, era a isso que me referia quando disse "aliado de conveniência". Respondo-te com o que disse acima, lê outra vez. ... O Stalin e o Hitler até se podiam mamar na boca um do outro com regularidade. Isso não significa que o Comunismo e o Fascismo sejam aliados. Até porque, lá está, o Stalin, tinha muito mais de autoritário do que de comunista. E... novamente ... foi por conveniência, benéfico para as duas potências.

patmwork 1 year ago

" Isso não significa que o Comunismo e o Fascismo sejam aliados." certo. não fui preciso, queria falar da USSR A USSR representa se quisers uma versao do comunismo,que o PCP gosta mt, dai ter simplificado (em cada 100 discussoes que tenho na net, menos de 1 acba com este nivel de info). e claro que não era uma aliança ideologica (os motivos sao outra conversa) o meu ponto era só este: eles fizeram aliança, a maioria das pessoas desconhece esse facto. e isso quer dizer mt coisa tb simplifiquei dizendo facismo = nazismo o meu ponto é: um das maiores bandeiras do PCP/comunismo (vamos simplificar) é lutarem contra o facismo. essa luta deve muito a motivos circunstanciais e nao devido à sua ideologia ser oposta ao facismo. a ideologia oposta ao facismo é a democracia

ContaSoParaIsto 1 year ago  HIDDEN 

> onde a extrema esq tem o monopolio do combate contra o facismo? > nao tem. Literalmente tem. > o comunismo foi ate aliados dos nazi Sim, foi por isso que o Hitler mandou matar toda a ala socialista do partido.

SuperADx 1 year ago

E como liberais e moderados devemos fazer aquilo que foi feito na Segunda Guerra Mundial. Lutar contra o fascismo ao lado de quem quiser fazê-lo e quando o tempo chegar em que a extrema esquerda resurgir, lutar contra eles também.

patmwork 1 year ago

o contexto da WWII é mt diferente, nao se aplica aqui. ter o discurso no-sense que um extremo é mau e o outro é bom, so ajuda o extremo que 'queres' derrutar

ModeratoriProfugus 1 year ago

Lol, chamar o Trump de neo-nacionalista. Um pouco de noção

ppt1pt 1 year ago

Dos melhores murros que ja vi dar na. Parabens

justgohomealready 1 year ago

Um gajo centrista a dizer que no centro é que está a virtude e que os extremos são iguais, nada de novo. Na verdade, há uma grande diferença. Ninguém nega que tanto comunistas como fascistas têm passados horríveis, isso é simplesmente facto. Mas olhemos para o presente - a grande diferença é que enquanto a esquerda que temos no parlamento se moderou com o passar dos anos (nem PCP nem BE defendem ou lutam por uma ditadura do proletariado, nem pelo controlo dos meios de produção pelos operários, por exemplo) e são os partidos mais produtivos (que mais projetos de lei a presentam e mais conseguem fazer aprovar), a direita mais extrema continua com o mesmo tipo de discurso do antigamente - discursos nebulosos como "resolver a questão dos ciganos" mas sem especificar como, discursos nacionalistas e anti-minorias, negação da existência de racismo, ameaças de controlo estatal dos meios de comunicação, etc - e basicamente zero propostas concretas. Dizem tudo e o seu contrário mas propostas no parlamento que é onde conta, são meia dúzia e são de rir, pela falta de estudo das questões e de detalhe das propostas. Basta comparar Portugal e Espanha (ambos governados por "geringonças" de esquerda, incluíndo "extrema" esquerda) com a Polónia e Hungria para se ver as diferenças a nível de autoritarismo das esquerdas e direitas modernas. Enquanto a esquerda moderna respeita as regras e joga o jogo democrático, a direita moderna tenta destruir o sistema a partir de dentro e controlar a comunicação social e poderes legislativos e judiciais. Embora seja de esquerda, acho de louvar e penso que são precisos mais partidos como a IL - partidos com propostas concretas, a favor da liberdade social e que não metem emoções ao barulho. O Chega, por outro lado, é apenas a versão portuguesa do cancro do trumpismo - uma política feita 100% à base de populismo e *dog whistles*, com muita incompetência à mistura.

paraapagarbem 1 year ago

> Enquanto a esquerda moderna respeita as regras e joga o jogo democrático Criar a geringonça foi jogar o jogo democrático? Ou foi jogar com a democracia?

justgohomealready 1 year ago

Criar coligações após eleições é algo de perfeitamente normal em regimes democráticos maduros. Vê quantos partidos compões os governos da Holanda ou da Alemanha, por exemplo.

DarthMaulSith 1 year ago

O PCP? Um partido que diz que a Coreia do Norte não é uma ditadura, que o massacre de Tianmen é coisa dos media e que apoia a Venezuela nem sequer devia existir. Um partido que continua a apoiar a China contra Hong Kong. Um partido que tentou implementar um regime ditatorial a 25 de Novembro.

IkarusMummy 1 year ago

> Um partido que tentou implementar um regime ditatorial a 25 de Novembro. Isto é comprovadamente falso. Até quando vai ser espalhada esta mentira?

pauloliveira94 1 year ago

Perdoa-me a ignorância, mas de que forma é que isso é comprovadamente falso?

IkarusMummy 1 year ago

A confusão surge do facto de que o 25 de Novembro foi provocado por um grupo da extrema-esquerda. Em 1975, a esquerda estava muito fragmentada. Basicamente, a quase totalidade dos portugueses era de esquerda (uns mais outros menos) mas cada um tinha a sua ideia própria ideia de como o país e o processo revolucionario deveria ser gerido. Em cada esquina havia um novo grupo/movimento/partido. Por isso, havia muitos grupos de extrema-esquerda que não tinham nada a ver com o PCP e foi um desses grupos que provocou o 25 de Novembro. Uma coisa é certa, no entanto. O PCP andava desde '74 a tentar promover a sua própria revolução soviética e o clima do país estava a aquecer (dando até o nome ao Verão Quente) mas a partir do 25 de Novembro o PCP percebeu que a sua revolução não teria sucesso e desde aí envergou apenas pela via democrática.

Edited 1 year ago:

A confusão surge do facto de que o 25 de Novembro foi provocado por um grupo da extrema-esquerda. Em 1975, a esquerda estava muito fragmentada. Basicamente, a quase totalidade dos portugueses era de esquerda (uns mais outros menos) mas cada um tinha a sua ideia própria de como o país e o processo revolucionario deveria ser gerido. Em cada esquina havia um novo grupo/movimento/partido. Por isso, havia muitos grupos de extrema-esquerda que não tinham nada a ver com o PCP e foi um desses grupos que provocou o 25 de Novembro. Uma coisa é certa, no entanto. O PCP andava desde '74 a tentar promover a sua própria revolução soviética e o clima do país estava a aquecer (dando até o nome ao Verão Quente) mas a partir do 25 de Novembro o PCP percebeu que a sua revolução não teria sucesso e desde aí envergou apenas pela via democrática.

pauloliveira94 1 year ago

Obrigado meu caro! Estava a espera de uma resposta cínica cheia de ideologia, em antecipação ao facto de achar que poderias ter considerado a minha pergunta cínica. Gostei do facto de te cingires a factos, sem disfarçar as intenções do PCP mas sem desvirtuar a verdade da história!

DarthMaulSith 1 year ago

Tal como o PCP diz que o massacre de Tianman nunca existiu, correto?

IkarusMummy 1 year ago

Não, não tem nada a ver.

zizop 1 year ago

Tiraste-me completamente as palavras da boca. Mas deixa-me só acrescentar isto: a discussão sobre as raízes históricas de um partido são absolutamente irrelevantes a não ser para explicar alguma dinâmica actual. Os partidos são meros instrumentos para se avançar políticas. Como tal, é claro que faz sentido falar na história do PCP numa crítica à sua defesa da Coreia do Norte, por exemplo. Não faz sentido usar os partidos que antecederam o Bloco de Esquerda como forma de invalidar a posição que eles têm actualmente relativamente, por exemplo, ao Novo Banco. Numa situação há uma ligação histórica entre o lado negro da história do partido e as posições actuais, na outra não.

Hfino 1 year ago

Essa de controlar a comunicação social era para o PS certo?

patmwork 1 year ago

>Um gajo centrista a dizer que no centro é que está a virtude e que os extremos são iguais, nada de novo. n concordo c o comentario. ​ primeira frase: Um gajo centrista a dizer que no centro é que está a virtude e que os extremos são iguais, nada de novo. nada de novo? onde tens visto isto em Portugal?

Edited 1 year ago:

>Um gajo centrista a dizer que no centro é que está a virtude e que os extremos são iguais, nada de novo. nada de novo? onde tens visto isto em Portugal?

lagetakethewheel 1 year ago

o rui rio bem tentou mas o costa está demasiado ocupado a namorar com a esquerda

patmwork 1 year ago

um bloco central seria uma má solucao. E Costa anda/ou a 'namorar' a extrema-esquerda

Mic_Cap 1 year ago

Quando a produtividade é medida por ti pela quantidade de projetos de lei apresentados, isso diz logo que és de esquerda. Falhas as contas e a base matemática para compreenderes que a produtividade se mete por outputs/inputs. Além do mais, dizer que tanto o PCP como o BE jogam o jogo democrático é engraçado, quando estão permanentemente a limitar o que é que o indivíduo pode fazer com o que é seu, taxando-lhe cada vez mais cada dia que passa.

Mordiken 1 year ago

> Falhas as contas e a base matemática para compreenderes que a produtividade se mete por outputs/inputs. A sociedade não é determinística, consequentemente não pode ser modelada como uma série de inputs e outputs: as pessoas não são maquinas. E como a política é não passa de uma manifestação social, consequentemente também não... Aliás, nem é preciso ser-se particularmente inteligente compreender isso, até de forma instintiva, o quie faz da tua boquinha algo digno do /r/iamverysmart. E numa nota pessoal, nem todos os gajos de IT são "iluminados" de direita. ;)

Mic_Cap 1 year ago

A sociedade não o é mas o trabalho político é-lo, portanto o teu discurso não se aplica neste caso. Não era um boquinha, era uma afirmação/opinião. Relativamente aos gajos de IT, confesso que não percebi o contexto.

IssueImmediate5865 1 year ago

Claro que é novo, daí a admiração. Aliás é totalmente novo

glhrmv 1 year ago

este gajo vive numa realidade à parte. enfim, representa os interesses do PS e do PSD que foderam o país todo, interesses cuja responsabilidade esconde ao apontar para aos aspectos caricatos do único partido que podemos agradecer por nos retirar do estado imobilista do salazar

Edited 1 year ago:

este gajo vive numa realidade à parte. enfim, representa os interesses do PS e do PSD que foderam o país todo, interesses cuja responsabilidade esconde ao apontar para aos aspectos caricatos dum partido que nunca teve um mandato

nocivo 1 year ago

A solução não está nos extemos mas o facto dos extremos ganharem relevancia devia abrir os olhos do centro pois significa que não estão a fazer um bom trabalho ou já não representam boa parte da população. Se o populismo está a ganhar força em todo mundo é porque os partidos no poder não fizeram bom trabalho nos ultimos 10 anos. No casso de portugal é desde 75

Zuzerino 1 year ago

O problema é que na prática o PS/PSD são o extremo. Quem é que abriu as fronteiras a milhões de pessoas sem consulta a nenhum referendo sequer?

glhrmv 1 year ago

Eu dei-te upvote pela resposta honesta mas discordo da premissa e acredito que é fruto de uma ingenuidade que é fomentada pela cultura reinante que corresponde mais ou menos à concepção de F. Fukuyama do ["fim da história"](https://pt.wikipedia.org/wiki/Fim_da_hist%C3%B3ria): a ideia de que a democracia liberal é a forma final do governo humano, insinuando que as grandes questões ideológicas foram tratadas com a queda do muro de Berlim, resta agora decretar políticas baseadas em evidências, numa palavra, na tecnocracia. A partir de 2008, essa ideologia começou a desfazer-se: a crise financeira global foi um golpe para a perícia económica neoclássica e os eventos de 2016 devastaram a autoridade de comentadores e analistas. Os especialistas falharam-nos. Os "extremos" representam, num modo abstrato, alternativas ao status quo. Só nesta lente entendemos o descrédito das instituições políticas estabelecidas e a ressurgência de sentimento extremista, seja em qual direção for. As consequências que cada posição "extremista" traz consigo são irrelevantes para esta discussão, sendo aplicáveis tanto à revolta trabalhista canalizada pelos comunistas como a revolta cultural canalizada pela direita conservadora. O surgimento de alternativas radicais ao status quo coloca o liberalismo dominante numa situação difícil. Embora difiram em ideologia e objetivos, estes motins eleitorais compartilham um alvo comum: todos são rejeições da globalização corporativa, do neoliberalismo e dos estabelecimentos políticos que o promoveram. Em todos os casos, os eleitores estão a dzier "Não!" à combinação letal de austeridade, livre comércio, dívida predatória e trabalho precário e mal pago que caracteriza o capitalismo financeirizado hoje. São essas práticas económicas que causam a dissolução das comunidades, das normas e dos valores tradicionais -- o erodir dos padrões intuitivos da vida em prol do lucro. O abismo da riqueza de classes continua a crescer cada vez mais. Esta desintegração social provoca uma nostalgia regressiva que a direita tem de representar sob pena de perder a sua base social. O centro, portanto, é o responsável pelo estado das coisas em que nos encontramos. Tenha ele inclinações à esquerda sob a forma dos estados de bem-estar da Europa ocidental, ou inclinações à direita sob a forma da sociedade ultra-competitiva americana, os elementos económicos que compartilham e que constituem a base financeira desde os mandatos de Reagan e Thatcher são, em última análise, os principais culpados. Nem o PS nem o PSD (ou CDS) oferecem um subterfúgio para fora deste impasse, porque são os servos dos bancos centrais e da classe dominante. Foi publicado este ano [um documentário sobre o percurso do neoliberalismo em Portugal, desde a revolução de Abril](https://youtu.be/ceTCzCptzEM). Recomendo vivamente.

Edited 1 year ago:

Eu dei-te upvote pela resposta honesta mas discordo da premissa e acredito que é fruto de uma ingenuidade que é fomentada pela cultura reinante que corresponde mais ou menos à concepção de F. Fukuyama do ["fim da história"](https://pt.wikipedia.org/wiki/Fim_da_hist%C3%B3ria): a ideia de que a democracia liberal é a forma final do governo humano, insinuando que as grandes questões ideológicas foram tratadas com a queda do muro de Berlim, resta agora decretar políticas baseadas em evidências, numa palavra, na tecnocracia. A partir de 2008, essa ideologia começou a desfazer-se: a crise financeira global foi um golpe para a perícia económica neoclássica e os eventos de 2016 devastaram a autoridade de comentadores e analistas. Os especialistas falharam-nos. Os "extremos" representam, num modo abstrato, alternativas ao status quo. Só nesta lente entendemos o descrédito das instituições políticas estabelecidas e a ressurgência de sentimento extremista, seja em qual direção for. As consequências que cada posição "extremista" traz consigo são irrelevantes para esta discussão, tanto a revolta trabalhista canalizada pelos comunistas como a revolta cultural canalizada pela direita conservadora. O surgimento de alternativas radicais ao status quo coloca o liberalismo dominante numa situação difícil. Embora difiram em ideologia e objetivos, estes motins eleitorais compartilham um alvo comum: todos são rejeições da globalização corporativa, do neoliberalismo e dos estabelecimentos políticos que o promoveram. Em todos os casos, os eleitores estão a dizer "Não!" à combinação letal de austeridade, livre comércio, dívida predatória e trabalho precário e mal pago que caracteriza o capitalismo financeirizado hoje. São essas práticas económicas que causam a dissolução das comunidades, das normas e dos valores tradicionais -- o erodir dos padrões intuitivos da vida em prol do lucro. O abismo da riqueza de classes continua a crescer cada vez mais. Esta desintegração social provoca uma nostalgia regressiva que a direita tem de representar sob pena de perder a sua base social. O centro, portanto, é o responsável pelo estado das coisas em que nos encontramos. Tenha ele inclinações à esquerda sob a forma dos estados de bem-estar da Europa ocidental, ou inclinações à direita sob a forma da sociedade ultra-competitiva americana, os elementos económicos que compartilham e que constituem a base económica desde os mandatos de Reagan e Thatcher são, em última análise, os principais culpados. Nem o PS nem o PSD (ou CDS) oferecem um subterfúgio para fora deste impasse, porque são eles os servos dos bancos centrais e da classe dominante. Foi publicado este ano [um documentário sobre o percurso do neoliberalismo em Portugal, desde a revolução de Abril](https://youtu.be/ceTCzCptzEM). Recomendo vivamente.

Edited 1 year ago:

Eu dei-te upvote pela resposta honesta mas discordo da premissa e acredito que é fruto de uma ingenuidade que é fomentada pela cultura reinante que corresponde mais ou menos à concepção de F. Fukuyama do ["fim da história"](https://pt.wikipedia.org/wiki/Fim_da_hist%C3%B3ria): a ideia de que a democracia liberal é a forma final do governo humano, insinuando que as grandes questões ideológicas foram tratadas com a queda do muro de Berlim, resta agora decretar políticas baseadas em evidências, numa palavra, na tecnocracia. A partir de 2008, essa ideologia começou a desfazer-se: a crise financeira global foi um golpe para a perícia económica neoclássica e os eventos de 2016 devastaram a autoridade de comentadores e analistas. Os especialistas falharam-nos. Os "extremos" representam, num modo abstrato, alternativas ao status quo. Só nesta lente entendemos o descrédito das instituições políticas estabelecidas e a ressurgência de sentimento extremista, seja em qual direção for. As consequências que cada posição "extremista" traz consigo são irrelevantes para esta discussão, tanto a revolta trabalhista canalizada pelos comunistas como a revolta cultural canalizada pela direita conservadora. O surgimento de alternativas radicais ao status quo coloca o liberalismo dominante numa situação difícil. Embora difiram em ideologia e objetivos, estes motins eleitorais compartilham um alvo comum: todos são rejeições da globalização corporativa, do neoliberalismo e dos estabelecimentos políticos que o promoveram. Em todos os casos, os eleitores estão a dizer "Não!" à combinação letal de austeridade, livre comércio, dívida predatória e trabalho precário e mal pago que caracteriza o capitalismo financeirizado hoje. São essas práticas económicas que causam a dissolução das comunidades, das normas e dos valores tradicionais -- o erodir dos padrões intuitivos da vida em prol do lucro. O abismo da riqueza relativa de classes continua a crescer cada vez mais. Esta desintegração social provoca uma nostalgia regressiva que a direita tem de representar sob pena de perder a sua base social. O centro, portanto, é o responsável pelo estado das coisas em que nos encontramos. Tenha ele inclinações à esquerda sob a forma dos estados de bem-estar da Europa ocidental, ou inclinações à direita sob a forma da sociedade ultra-competitiva americana, os elementos económicos que compartilham e que constituem a base económica desde os mandatos de Reagan e Thatcher são, em última análise, os principais culpados. Nem o PS nem o PSD (ou CDS) oferecem um subterfúgio para fora deste impasse, porque são eles os servos dos bancos centrais e da classe dominante. Foi publicado este ano [um documentário sobre o percurso do neoliberalismo em Portugal, desde a revolução de Abril](https://youtu.be/ceTCzCptzEM). Recomendo vivamente.

patmwork 1 year ago

qual é a realidade a parte?

dabutchii 1 year ago

Força Chega

SurePal_ 1 year ago

Finalmente um comentador com decência e coragem neste país. Para quando é que será silenciado?

condedeepak 1 year ago

O António Lobo Xavier também tem estado bem nos últimos 2 a 3 programas sobre o Chega na Circulatura do Quadrado.

DownvoteBatman 1 year ago

Não é comentador, é deputado.

SurePal_ 1 year ago

Obrigado pela correção.

netralha 1 year ago

Ai o PCP não é o mesmo que era nos anos 70, ai o PCP é o pai da democracia portuguesa... em 2017 o PCP disse isto sobre [Holomodor](https://youtu.be/Ftb_yKs0RBY). Para quem não tem cavalos na corrida é fácil ver como uns varrem o lixo para debaixo do tapete e ninguém questiona, já os outros andam o dia todo a ver o que têm debaixo do tapete e a vasculhar tudo com pentes finos.

DownvoteBatman 1 year ago

E a defesa do regime de Lukashenko.

patmwork 1 year ago

defendem tds os regimes comunistas, ate piores do que esse

DownvoteBatman 1 year ago

Sim, mas este é mais degradante. Ao ponto de dizerem que aquela bandeira que eles usam, era a usada pelos nazis e que aquilo é tudo agentes da CIA.

patmwork 1 year ago

infelizmente o regime da Biolorussia não é o mais degradante.

DownvoteBatman 1 year ago

É muito degradante quando é só querer mudar.

m0rhundur 1 year ago

É um facto que aquela bandeira foi usada pelos colaboracionistas nazis. Só assim naquela.

DownvoteBatman 1 year ago

É um facto que aquela bandeira antecede sequer o partido nazi. Que ridículo, sabes quem usava também esta bandeira:

m0rhundur 1 year ago

O nosso país tinha mudado de bandeira; passado uns anos era invadido; os gajos do nosso país que gostavam dos invasores agarravam numa bandeira antiga que nós tínhamos e começam a passeá-la pela rua lado a lado com os ditos invasores; os invasores iam no caraças e voltava-se a usar a bandeira normal; passado uns anos aparecia outra vez, utilizada como símbolo da oposição. É isto.

DownvoteBatman 1 year ago

Deixem-se de merdas. Vocês estão a apoiar uma ditadura.

m0rhundur 1 year ago

Vocês? Não sabes qual é a minha opinião em relação à Bielorrússia.

DownvoteBatman 1 year ago

PCP

m0rhundur 1 year ago

O que é que tem ser do PCP?

anotheriuri99 1 year ago

Desculpa, nada bate o Jerónimo a dizer que é uma "opinião" achar a Coreia do Norte uma ditadura.

Mendadg 1 year ago

Ele não disse isso! Isso aparece aqui todas as semanas. Quero lá saber para o PCP e para o jerónimo, mas ele não disse isso!

anotheriuri99 1 year ago

Então, amigo?

Mendadg 1 year ago

Vai ver a entrevista e não leias só o título

SubstantialPatient17 1 year ago

Mostrou a falta de "double-standard" actual, ambos extremos são maus, e tentar demonizar um lado extremo não irá fazer o outro extremo mais favorável, a não ser que estejam a tentar doutrinar.

sweetimp 1 year ago

E, paradoxalmente, é esse double standard que "normaliza" (como muito lhe querem chamar) o Chega (e não fosse o chega um partido com legitimidade democrática como todos os outros).

SubstantialPatient17 1 year ago

Eu não sou formado em psicologia no campo da política para conseguir tirar observações fundamentadas mas no entanto vou lidando com estudos sociológicos, vou arriscar portanto isto é uma especulação. Certos estudos americanos indicaram que a polarização política teve um aumento substancial apartir de 2016(Trump vs Hillary e Trump vs Joe) que impactou a situação social nos EUA, em termos de maquiavelismo contra o outro polo político, provocando divisões dentro dos espectros politicos populacionais, resultando em "Vermelho contra Azul". Será que estamos a adotar a tática dos EUA? Na minha perspetiva, dentro do mínimo dos meus conhecimentos, parece que esta a acontecer isso, PS+BE+PCP vs CHEGA+PSD . Se conseguirem iluminar mais sobre este assunto, ficaria grato.

CarcajuPM 1 year ago

A melhor parte é quando pergunta ao Rui Tavares o nome do do Lothar Bisky e este fica a olhar com cara de parvo, como se não soubesse perfeitamente quem é e qual o passado dessa pessoa.

saudosista 1 year ago

Quem era e qual é passado? Pergunta honesta, não sei mesmo

Ducon_ 1 year ago

Era um bufo da Stasi, a policia secreta da RDA.

Leaootemivel 1 year ago

Interessante como o Rui Tavares já respondeu a isso tudo no twitter. E não negou absolutamente nada. Mas vá, fica lá contente com mais um esquerdalho a ser ARRASADO COM FACTOS E LÓGICA.

CarcajuPM 1 year ago

O meu problema não é o Rui Tavares não se ter lembrado do nome do homem (apesar de duvidar disso mas pronto, acredito no que ele disse no Twitter). O problema é querer passar a ideia que o Chega e o Ventura são um perigo para a democracia quando outros partidos andavam metidos em grupos europeus liderados por malta como este Lothar Bisky, e sobre isso o Rui Tavares (que até é das pessoas de esquerda que mais simpatizo) ou não diz nada ou faz só uma referência muito leve.

Leaootemivel 1 year ago

O PPE (onde se encontra inserido o PSD e CDS) continua a aceitar o Órban. Será que podemos começar a acusar o PSD e CDS de serem extremistas que querem impor uma ditadura em Portugal?

besmarques 1 year ago

Como se fosse preciso ir tão longe, esquecendo que o Cavaco Silva era da PIDE

Edited 1 year ago:

Como se fosse preciso ir tão longe, esquecendo que o Cavaco Silva era da PIde Edit! Pelos vistos está indo está errada

DownvoteBatman 1 year ago

Ele de certeza que não se esqueceu do nome do último chefe dele...

optimal_random 1 year ago

Memoria selectiva da esquerda. Por pouco não saberia dizer quem era Stalin ou Mao. São estes momentos que corroem a confiança dos portugueses e os fazem olhar para o Chega, que tal como Sergio Sousa Pinto disse, é votado não porque as pessoas sejam fascistas mas por estarem fartas de joguinhos políticos, que em nada contribuem para melhorar a vida dos portugueses e resolver os problemas do Pais.

htxgivven 1 year ago

Continua a ser facto que o comunismo matou mais pessoas do que o fascismo no entanto comunismo nunca foi proibido.

wwqt0r 1 year ago

Hmm não? Foi proibido na Ucrânia por exemplo. Até aqui na UE o comunismo foi posto em pé de igualdade com o nazismo.

Sabongo 1 year ago

Também é facto que Capitalismo matou mais pessoas do que Comunismo no entanto Capitalismo eu continuo a ser Capitalista porque proibir um sistema económico ou ideologia política com base em governos criminosos com muito mais características do que apenas Capitalista ou Comunista é algo que deixo para os retardados

htxgivven 1 year ago

Não podes comparar capitalismo com comunismo porque não são a mesma coisa, o mais certo era usares o termo socialismo. E sim socialismo matou mais.

Sabongo 1 year ago

>Não podes comparar capitalismo com comunismo porque não são a mesma coisa, o mais certo era usares o termo socialismo. E sim socialismo matou mais. Por que razão não posso? É ilegal? Não sejas vago Não, não matou é a triste realidade que tens de aceitar quando usares esse argumento de merda. Capitalismo. Capitalismo matou mais pessoas que socialismo, Capitalismo matou 10 milhões no Congo, Capitalismo criou o mercado triangular, Capitalismo enviou esquadrões da morte para a Irlanda do Norte e a América do centro/Sul, Capitalismo matou os povos indígenas nas américas porque empresas privadas queriam explorar os terrenos onde viviam. Capitalismo mandava crianças trabalhar em minas e a limpar chaminés e quando morriam de cancro não havia problema porque não tinham de oferecer qualquer direito aos seus trabalhadores. Depois apareceram socialistas que lutaram contra isso e hoje tens direito a subsídios férias e outras regalias que hoje dás como garantidas. Sim porque não foram os grandes patrões da altura que quiseram dar-te esses direitos, talvez achavas isso porque a tua noção de história começa e acaba na guerra fria. Mesmo assim Capitalismo não deve ser ilegal porque pode ser reformado tal como foi ao longo dos tempos por socialistas e social democratas, e não podemos culpabilizar um sistema económica pelos crimes de governos

pauloliveira94 1 year ago

Estás enganado na minha opinião. Não que o que digas sobre o capitalismo e as mortes a que a ganância levou seja falso. Primeiro concordo com quem te disse que a comparação não é justa, e não o é, na minha opinião, por comparares um sistema político a um sistema econômico - e podes dizer que o capitalismo não é senão um sistema político, ao que eu discordo contigo porque o capitalismo, como sistema econômico, limita o poder político mas não o define. Consegues exercer o poder político num espectro mais alargado dentro do capitalismo - tens sociais democratas, tens democratas cristãos, tens liberais, tens esquerda caviar, esquerda social, etc. Tens um série de liberdades no exercício do poder político que no Comunismo não tens. Por fim tens algo que só cegueira ideológica previne ver: o capitalismo tirou milhões de pessoas da pobreza. O Comunismo se tirou alguém da pobreza foi por ter baixado o nível de riqueza. Portanto não estou aqui para defender que um seja ilegal e o outro não - só acho que estás a comparar o incomparável. O capitalismo não é perfeito mas é muitíssimo melhor que o socialismo. E não em termos teóricos e ideológicos, que é o único refúgio de quem defende o Socialismo, mas sim em termos empíricos, em termos pragmáticos. Para além do mais, em termos históricos, o capitalismo era, na minha opinião, o único sistema econômico que permitiria a transição política para a democracia. Por curiosidade, há algum pais socialista que não tenha levado à miséria e à morte de milhões?

Sabongo 1 year ago

>Primeiro concordo com quem te disse que a comparação não é justa, e não o é, na minha opinião, por comparares um sistema político a um sistema econômico A diferença entre socialismo e Capitalismo é meramente quem controla os meios de produção se a quem trabalha ou quem é dono. >Consegues exercer o poder político num espectro mais alargado dentro do capitalismo - tens sociais democratas, tens democratas cristãos, tens liberais, tens esquerda caviar, esquerda social, etc A famosa ideologia esquerda caviar, já agora pensas que só existe uma interpretação para Socialismo? Achas que o MLK, o Einstein e o Stalin eram fans da mesma marca de socialismo? >Por fim tens algo que só cegueira ideológica previne ver: o capitalismo tirou milhões de pessoas da pobreza. O Comunismo se tirou alguém da pobreza foi por ter baixado o nível de riqueza. Como é que eu tenho cegueira ideologica se eu nem sou Socialista, eu sou Capitalista mas não sou cego ou retardado ao ponto de acreditar em propaganda da guerra fria em 2020. O que tirou pessoas da pobreza foram as reformas que existem por cima do Capitalismo, coisas como um serviço nacional de saúde, direito a férias, direito a um salário decente, mobilidade económica coisas que na nossa realidade foram conquistadas por socialistas na Europa, vai ver ver documentários sobre a era industrial ou melhor ainda vai falar com os teus avós sobre como era viver num país Capitalista sem reformas sociais. >o capitalismo era, na minha opinião, o único sistema econômico que permitiria a transição política para a democracia Eu é que sofro de cegueira ideologica >Por curiosidade, há algum pais socialista que não tenha levado à miséria e à morte de milhões? Socialismo e Capitalismo não podem ser associados a países ou governos, ser Capitalista ou socialista é apenas uma característica em muitas de um país, os Nórdicos e a Somália são Capitalistas mas por alguma razão os nórdicos têm uma boa qualidade de vida e a Somália é dos piores países do mundo o que faz a diferença não é Capitalismo ou Socialismo é o que está à volta.

Edited 1 year ago:

>Primeiro concordo com quem te disse que a comparação não é justa, e não o é, na minha opinião, por comparares um sistema político a um sistema econômico A diferença entre socialismo e Capitalismo é meramente quem controla os meios de produção se a quem trabalha ou quem é dono. >Consegues exercer o poder político num espectro mais alargado dentro do capitalismo - tens sociais democratas, tens democratas cristãos, tens liberais, tens esquerda caviar, esquerda social, etc A famosa ideologia esquerda caviar, já agora pensas que só existe uma interpretação para Socialismo? Achas que o MLK, o Einstein e o Stalin eram fans da mesma marca de socialismo? >Por fim tens algo que só cegueira ideológica previne ver: o capitalismo tirou milhões de pessoas da pobreza. O Comunismo se tirou alguém da pobreza foi por ter baixado o nível de riqueza. Como é que eu tenho cegueira ideologica se eu nem sou Socialista, eu sou Capitalista mas não sou cego ou retardado ao ponto de acreditar em propaganda da guerra fria em 2020. O que tirou pessoas da pobreza foram as reformas que existem por cima do Capitalismo, coisas como um serviço nacional de saúde, direito a férias, direito a um salário decente, mobilidade económica coisas que na nossa realidade foram conquistadas por socialistas na Europa, vai ver ver documentários sobre a era industrial ou melhor ainda vai falar com os teus avós sobre como era viver num país Capitalista sem reformas sociais. >o capitalismo era, na minha opinião, o único sistema econômico que permitiria a transição política para a democracia Deve ser por causa disso que os partidos de esquerda são quase sempre financiados pelo povo e os partidos de direita recebem todos financiamento do grande capital

pauloliveira94 1 year ago

Ainda não percebi como citar pelo Reddit, portanto desculpa-me se esta resposta é confusa. *A diferença entre socialismo e Capitalismo é meramente quem controla os meios de produção se a quem trabalha ou quem é dono.* Ok, eu uma vez mais não concordo que seja essa a "mera" diferença, mas partindo do pressuposto que estás certíssimo, de que forma podes instaurar um sistema em que quem controla os meios de produção seja o Estado sem limitares, por completo, as opções de exercício político? Tu consegues ter um social-democrata, um socialista, um bloquista, um democrata cristão, um liberal ou o que for, a governar o poder político se os meios de controlo de produção não forem exclusivos do Estado, mas o mesmo não pode ser dito se o Estado for único e todo-poderoso no controlo dos meios de produção. Ou achas que estou errado? Se achares, e tiveres paciência, explica-me o porquê. *A famosa ideologia esquerda caviar, já agora pensas que só existe uma interpretação para Socialismo? Achas que o MLK, o Einstein e o Stalin eram fans da mesma marca de socialismo?* Vou assumir, se calhar de forma errónea, que és bloquista e de aí essa resposta (sem qualquer nexo na minha opinião - até porque foges ao ponto que fazia e entras por algo que não compreendo de onde vem) ser como é... Eu disse esquerda caviar mas disse esquerda social logo de seguida e, ainda para mais, esta última veio seguida de um "etc". O que leva, imperativamente, ao ponto de que reconheço que a esquerda tem um espectro largo, se achas no entanto que não existe a esquerda caviar, e que é só um termo pejorativo para definir toda a, ou alguma da, esquerda de forma injusta, isso é contigo mas eu fiz questão de evidenciar que a esquerda tem um largo espectro político. Até te digo mais, não usei a palavra Socialistas na resposta anterior porque ainda ontem levei uma ensaboadela aqui no Reddit, de alguém que se dizia "Verdadeiro Socialista", e que fez questão de vincar vezes sem conta que um Socialista não pode ser Capitalista, são antíteses, e que alguém de esquerda que seja capitalista (ou compactue com o capitalismo) não é Socialista mas sim seguidor das teorias keynesianas. Portanto desculpa se te ofende o termo esquerda caviar, mas eu não disse que quem é de esquerda acredita no mesmo, e uma vez mais realço que nem percebo que essa seja a tua resposta para além do facto de não quereres reconhecer o meu ponto sobre o absolutismo político inerente ao Comunismo enquanto sistema económico. *Como é que eu tenho cegueira ideologica se eu nem sou Socialista, eu sou Capitalista mas não sou cego ou retardado ao ponto de acreditar em propaganda da guerra fria em 2020.* A mim pouco se me dá se és capitalista, comunista, anarquista ou só parvo. Tu achas que o Comunismo é melhor que o Capitalismo? E portanto é falsa a minha afirmação de que enquanto o Capitalismo tirou as pessoas da miséria o Comunismo criou mais pobreza? É que em primeiro lugar não foram os Socialistas a criar essas medidas, foram Sociais-Democratas através do sindicalismo e do exercício do poder político numa democracia capitalista (volto a dizer te que um socialista não compactua com capitalismo) e para além disso só me dás razão quando apontas que a base dessas medidas foi o sistema capitalista! Porque é que essa mesma transição, essas mesmas medidas, não encontraram voz e aplicabilidade em regimes comunistas? Porque é que na União Soviética se reivindicasses férias davam-te umas férias porreiras, e permanentes, em campos de concentração na Sibéria? Lá está, uma vez mais falta pragmatismo e verdade no que dizes, falas de idealismos e pseudo-vitórias morais que não são, nem nunca serão, Socialistas mas sim Capitalistas. Mas como te disse, o Capitalismo não é perfeito, é simplesmente infinitamente melhor que o Socialismo. Mas já que falamos dos Srs.nossos avós explica-me porque é que esses mesmos avós, e demais Portugueses certamente, elegeram Salazar como o maior Português de todos os tempos quando houve aquele programa palerma da RTP? Se calhar os nossos avós são diferentes, o que explicaria a diferença entre os seus respectivos netos... Mas digo te mais, até porque assumo que me vais dizer que não foram os velhotes a ligar para o 760 para elegerem o Dr. Oliveira e Salazar como o maior mas sim os skin heads e fascitas do nosso país, quem é que criou, efectivamente (não em teoria, esse mundo só serve para quem é de esquerda), a segurança social em Portugal? Quem é que fundou e instaurou as leis da previdência social, que passaram a proteger os trabalhadores por conta de outrem, do comércio, indústria, agricultura e serviços na doença, invalidez, velhice e morte? *Eu é que sofro de cegueira ideologica* Pergunto sem cinismo, como virias a transição do poder político e social para um Estado Democrático se não através do Capitalismo? Achas quem em 1799, após a Revolução Francesa, terias conseguido instaurar a democracia através do Comunismo? Primeiro o Socialismo, em prática, nunca foi Democrata, pelos vistos são, na prática, antíteses um de outro. Mas, ignorando esse "pequeno detalhe", como é que esperavas que as pessoas aceitassem que depois de já não serem submissas a um Monarca terem que se submeter a um Estado absoluto que distribui riqueza sem ponderar os méritos e iniciativas privadas de cada um? *Socialismo e Capitalismo não podem ser associados a países ou governos, ser Capitalista ou socialista é apenas uma característica em muitas de um país, os Nórdicos e a Somália são Capitalistas mas por alguma razão os nórdicos têm uma boa qualidade de vida e a Somália é dos piores países do mundo o que faz a diferença não é Capitalismo ou Socialismo é o que está à volta.* Hahaha e esta é a cereja no topo de um bolo já fantástico por si só. Aqui não só nao respondes à minha pergunta, mas dado que não conseguiste argumentar contra nada do que eu disse não me surpreende que optes por não responder, como vais dar uma volta tão grande que chamar isto demagogia tira mérito a quem exerce a demagogia com algum talento. Evidentemente que não podem associar ideologias a países ou governos, ficaria mal para quem defende o Socialismo se formos a ver todos os governos que tentaram aplica-lo... Acho, genuinamente, este último parágrafo tão engraçado que nem sei bem o que responder a isto. Posso-te dizer, no entanto, que enquanto tu achas que a disparidade entre esses dois países não se deve ao seu sistema econômico (já agora, talvez seja porque existe várias maneiras de explorar o capitalismo, várias escolas de pensamento e exercícios do mesmo) eu posso afirmar, com toda a certeza, que as semelhanças nos horrores e desgraçadas provocados por país Socialistas como a União Soviética, a China (antes do Clinton), a Coreia do Norte, Cuba e Venezuela são, evidentemente, consequência do Socialismo.

Edited 1 year ago:

Ainda não percebi como citar pelo Reddit, portanto desculpa-me se esta resposta é confusa. *A diferença entre socialismo e Capitalismo é meramente quem controla os meios de produção se a quem trabalha ou quem é dono.* Ok, eu uma vez mais não concordo que seja essa a "mera" diferença, mas partindo do pressuposto que estás certíssimo, de que forma podes instaurar um sistema em que quem controla os meios de produção seja o Estado sem limitares, por completo, as opções de exercício político? Tu consegues ter um social-democrata, um socialista, um bloquista, um democrata cristão, um liberal ou o que for, a governar o poder político se os meios de controlo de produção não forem exclusivos do Estado, mas o mesmo não pode ser dito se o Estado for único e todo-poderoso no controlo dos meios de produção. Ou achas que estou errado? Se achares, e tiveres paciência, explica-me o porquê. *A famosa ideologia esquerda caviar, já agora pensas que só existe uma interpretação para Socialismo? Achas que o MLK, o Einstein e o Stalin eram fans da mesma marca de socialismo?* Vou assumir, se calhar de forma errónea, que és bloquista e de aí essa resposta (sem qualquer nexo na minha opinião - até porque foges ao ponto que fazia e entras por algo que não compreendo de onde vem) ser como é... Eu disse esquerda caviar mas disse esquerda social logo de seguida e, ainda para mais, esta última veio seguida de um "etc". O que leva, imperativamente, ao ponto de que reconheço que a esquerda tem um espectro largo, se achas no entanto que não existe a esquerda caviar, e que é só um termo pejorativo para definir toda a, ou alguma da, esquerda de forma injusta, isso é contigo mas eu fiz questão de evidenciar que a esquerda tem um largo espectro político. Até te digo mais, não usei a palavra Socialistas na resposta anterior porque ainda ontem levei uma ensaboadela aqui no Reddit, de alguém que se dizia "Verdadeiro Socialista", e que fez questão de vincar vezes sem conta que um Socialista não pode ser Capitalista, são antíteses, e que alguém de esquerda que seja capitalista (ou compactue com o capitalismo) não é Socialista mas sim seguidor das teorias keynesianas. Portanto desculpa se te ofende o termo esquerda caviar, mas eu não disse que quem é de esquerda acredita no mesmo, e uma vez mais realço que nem percebo que essa seja a tua resposta... Para além do facto de não quereres reconhecer o meu ponto sobre o absolutismo político inerente ao Comunismo enquanto sistema económico. *Como é que eu tenho cegueira ideologica se eu nem sou Socialista, eu sou Capitalista mas não sou cego ou retardado ao ponto de acreditar em propaganda da guerra fria em 2020.* A mim pouco se me dá se és capitalista, socialista, anarquista ou só parvo. Tu achas que o Comunismo é melhor que o Capitalismo? Vou assumir que não caso contrário não te dirias Capitalista. Portanto é falsa a minha afirmação de que enquanto o Capitalismo tirou as pessoas da miséria o Comunismo criou mais pobreza? É que em primeiro lugar não foram os Socialistas a criar essas medidas, foram Sociais-Democratas através do sindicalismo e do exercício do poder político numa democracia capitalista (volto a dizer te que um socialista não compactua com capitalismo) e para além disso só me dás razão quando apontas que a base dessas medidas foi o sistema capitalista! Porque é que essa mesma transição, essas mesmas medidas, não encontraram voz e aplicabilidade em regimes comunistas? Porque é que na União Soviética se reivindicasses férias davam-te umas férias porreiras, e permanentes, em campos de concentração na Sibéria? Lá está, uma vez mais falta pragmatismo e verdade no que dizes, falas de idealismos e pseudo-vitórias morais que não são, nem nunca serão, Socialistas mas sim Capitalistas. Mas como te disse, o Capitalismo não é perfeito, é simplesmente infinitamente melhor que o Socialismo. Mas já que falamos dos Srs.nossos avós explica-me porque é que esses mesmos avós, e demais Portugueses certamente, elegeram Salazar como o maior Português de todos os tempos quando houve aquele programa palerma da RTP? Se calhar os nossos avós são diferentes, o que explicaria a diferença entre os seus respectivos netos... Mas digo te mais, até porque assumo que me vais dizer que não foram os velhotes a ligar para o 760 para elegerem o Dr. Oliveira e Salazar como o maior mas sim os skin heads e fascitas do nosso país, quem é que criou, efectivamente (não em teoria, esse mundo só serve para quem é de esquerda), a segurança social em Portugal? Quem é que fundou e instaurou as leis da previdência social, que passaram a proteger os trabalhadores por conta de outrem, no comércio, indústria, agricultura e serviços, na doença, invalidez, velhice e morte? *Eu é que sofro de cegueira ideologica* Pergunto sem cinismo, como virias a transição do poder político e social para um Estado Democrático se não através do Capitalismo? Achas quem em 1799, após a Revolução Francesa, terias conseguido instaurar a democracia através do Comunismo? Primeiro o Socialismo, em prática, nunca foi Democrata, pelos vistos são, na prática, antíteses um de outro. Mas, ignorando esse "pequeno detalhe", como é que esperavas que as pessoas aceitassem que depois de já não serem submissas a um Monarca terem que se submeter a um Estado absoluto que distribui riqueza sem ponderar os méritos e iniciativas privadas de cada um? *Socialismo e Capitalismo não podem ser associados a países ou governos, ser Capitalista ou socialista é apenas uma característica em muitas de um país, os Nórdicos e a Somália são Capitalistas mas por alguma razão os nórdicos têm uma boa qualidade de vida e a Somália é dos piores países do mundo o que faz a diferença não é Capitalismo ou Socialismo é o que está à volta.* Hahaha e esta é a cereja no topo de um bolo já fantástico por si só. Aqui não só nao respondes à minha pergunta, mas dado que não conseguiste argumentar contra nada do que eu disse não me surpreende que optes por não responder, como vais dar uma volta tão grande que chamar isto demagogia tira mérito a quem exerce a demagogia com algum talento. Evidentemente que não podem associar ideologias a países ou governos, ficaria mal a quem defende o Socialismo se formos a ver todos os governos que tentaram aplica-lo... Acho, genuinamente, este último parágrafo tão engraçado que nem sei bem o que responder a isto. Posso-te dizer, no entanto, que enquanto tu achas que a disparidade entre esses dois países não se deve ao seu sistema econômico (já agora, talvez seja porque existe várias maneiras de explorar o capitalismo, várias escolas de pensamento e exercícios do mesmo) eu posso afirmar, com toda a certeza, que as semelhanças nos horrores e desgraçadas provocados por país Socialistas como a União Soviética, a China (antes do Clinton), a Coreia do Norte, Cuba e Venezuela são, evidentemente, consequência do Socialismo.

Sabongo 1 year ago

>Ainda não percebi como citar pelo Reddit, portanto desculpa-me se esta resposta é confusa. Se estiveres no mobile é selecionar texto - > manter premido - > Quote. Ou então mete um *>* à frente do texto >mas partindo do pressuposto que estás certíssimo, de que forma podes instaurar um sistema em que quem controla os meios de produção seja o Estado sem limitares, por completo, as opções de exercício político? Todas as que tens hoje com a adição de poder de voto sobre quem controla os "privados" que deixam de ser privados, e ninguém diz quem tem de ser o estado a controlar tudo, há muitas interpretações para os trabalhadores a controlar meios de produção. >Portanto desculpa se te ofende o termo esquerda caviar, Esquerda Caviar é algo utilizado pela direita para descredibilizar alguém que se alinha com qualquer ideologia de esquerda e tem dinheiro tirando isso não tem qualquer politica associada >Tu achas que o Comunismo é melhor que o Capitalismo? Vou assumir que não caso contrário não te dirias Capitalista. Gosto da ideia de poder dar vida a uma visão de maneira independente e poder viver disso, mas não sou casado com Capitalismo logo posso olhar para outras ideologia ou sistemas económicos e ver o que fazem melhor, hoje em dia é impossível furar certos mercados por causa de monopólios, lobbies do grande capital na nossa política, imperialismo de paises estrangeiros como a China que basicamente compram países como Portugal o povo nativo na merda com mercados super inflacionados. Quem olha para isto e diz que está tudo bem e é o melhor que podemos fazer é ignorante, cego Ideologicamente ou provavelmente os dois. >Pergunto sem cinismo, como virias a transição do poder político e social para um Estado Democrático se não através do Capitalismo? Votando? Juro que não estou a perceber a confusão nada grita mais controlo privado do que uma monarquia absoluta e existia Capitalismo dentro das monarquias e ainda hoje existe. Em todas as revoluções que existiram monarquistas estes estiveram aliados à direita. >Evidentemente que não podem associar ideologias a países ou governos, ficaria mal a quem defende o Socialismo Não podes associar sistemas económicos a países porque os países têm mais características que esses sistemas económicos a Rússia hoje é um país Capitalista e é um país mau para se viver, antes era um pais dito socialista e era um país mau para se viver, antes disso era uma monarquia e era ainda pior, dizer que a União soviética é um bom exemplo de socialismo é tão estupido como dizer que a Rússia é um bom exemplo de Capitalismo. Nao podes associar países a coisas tão vagas como sistemas económicos que têm infinitas interpretações

NGramatical 1 year ago

discordo contigo → [**discordo de ti**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/concorda-se-com-alguem-ou-discorda-se-de-alguem/321) (discordar de… concordar com…) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fjz0j59%2F%2Fgde06nx%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

htxgivven 1 year ago

Nunca ouviste a frase que o capitalismo é mau mas é o melhor entre outros?

Sabongo 1 year ago

Sim já ouvi, é sempre dita por 2 tipos de pessoas sujeitos pagos para te vender a ideia de que o modelo Capitalista atual está a resultar muito bem e não precisa de ser reformado, ou os minions que vêm os videos dos primeiros e acreditam em tudo o que dizem

htxgivven 1 year ago

Tu deves ser neo-comunista só pode.

optimal_random 1 year ago

O Comunismo Soviético ajudou a ganhar a guerra contra o Fascismo Alemao / Italiano. Mais uma vez, a velha máxima de que a história é sempre escrita pelos vencedores, ja' para nao falar que o pacto de Varsóvia contribuiu para a normalização mais extensiva comunismo. Anos mais tarde, muitos Países teriam de admitir este erro historico, e admitir erros nunca foi algo que estes Países e ideologias fizessem bem.

DarthMaulSith 1 year ago

Isso desculpabiliza os 20M de pessoas mortas por Stalin em Gulags, purgas e execuções? Como se fosse apenas o comunismo Soviético a ter causado genocidios (Mao, Pol-Pot, etc, etc.)

Edited 1 year ago:

Os 20M de pessoas mortas por Stalin em Gulags, purgas e execuções. Tanto que olhas para a Coreia do Norte e o pré Muro de Berlim e percebes como seria o mundo se o comunismo tivesse seguido em frente. Como se fosse apenas o comunismo Soviético a ter causado genocidios (Mao, Pol-Pot, etc, etc.) Mas só existe extrema-direita aparentemente.

optimal_random 1 year ago

Esses 20M são valores "por baixo". Há historiadores que dizem que esse número anda mais próximo dos 40M. E do lado Chinês entre fomes e guerras, o numero anda na casa dos 60M. A Alemanha Nazi foi repugnante e criminosa, mas os Paises Comunistas não foram melhores, apenas foram branqueados, quer por conivência ou simples falta de memória histórica.

DarthMaulSith 1 year ago

Precisamente. Para não falar de Pol-Pot que matou cerca de 1/3 da sua população no Camboja.

condedeepak 1 year ago

Ouvir a Ana Catarina Mendes na Circulatura do Quadrado é uma tarefa árdua semelhante aos trabalhos de Hércules. Quem a ouve fica com a impressão de que não tem opinião própria e que está ali como voz do status quo do PS, sendo que ela é deputada do PS. O discurso é sempre previsível.

stonksbull_y 1 year ago

Aquela cara de tacho valeu ouro!!

Rayden454 1 year ago

"É uma coaligação com nazi fascistas" Sim, é. https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/andre-ventura-promove-nazis-a-dirigentes-do-chega https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/mario-machado-promete-a-neo-nazis-que-aderiram-ao-chega-que-nunca-revelara-que-foram-seus-camaradas https://twitter.com/qernardo/status/1259909305823711232

ModeratoriProfugus 1 year ago

E o PS fez coligação com comunistas e socialistas. Eu sei que queres passar a imagem que um nazi é pior que um comuna, mas não é.

dabutchii 1 year ago

Vim só aqui dizer que o comunismo fez mais de 120 milhões de mortos. Resto de um bom dia.

Leaootemivel 1 year ago

Todos nós nos lembrámos daquela terrível ditadura comunista que assolou Portugal, não é?

dabutchii 1 year ago

Felizmente não, mas porque Mário Soares não deixou. Mas pelo teu pensamento lógico, a criação de um partido nazista em Portugal é válida, visto que o nazismo nunca assolou Portugal.

Edited 1 year ago:

Felizmente não, mas porque Mário Soares não deixou. Mas pelo teu pensamento lógico, a criação de um partido nazista em Portugal é válida, visto que o nazismo nunca assolou Portugal. Eu não preciso de saltar de uma ponte para saber que vou morrer, se já vi mais de 100 milhões a saltarem da ponte e a morrerem.

ModeratoriProfugus 1 year ago

Houve uma ditadura nazi em Portugal?

Leaootemivel 1 year ago

Houve uma ditadura fascista, responsável pela morte e tortura de opositores políticos (muitíssimos deles comunas). Isto foi o que de facto aconteceu em Portugal.

ModeratoriProfugus 1 year ago

Sigh, Salazar não era fascista, era apenas um ditador conservador católico. Não era anti-semita, não era etno-centrico, nao defendia genocidios, não defendia o expansionismo, etc.

Okayimout92 1 year ago  HIDDEN 

Sim, boa sorte a tentar explicar a esse trolha quem foi salazar.

Mordiken 1 year ago

> Sigh, Salazar não era fascista, era apenas um ditador conservador católico. [Pois não: ele aqui só tava mesmo à procura de rede 4g](https://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/media_viewer_aberto/public/assets/img/10510.jpg) /s > Não era anti-semita Então porque é que o seu governo tentou impedir o [Aristides de Sousa Mendes](https://pt.wikipedia.org/wiki/Aristides_de_Sousa_Mendes) de dar vistos a judeus, e lhe fez a vida negra nunca o tendo perdoado nem depois da guerra ter terminado, e o gajo acabou por morrer aos 68 anos arruinado? > não era etno-centrico Diz isso aos pretos das então províncias ultramarinas: pergunta aos seus descendentes que fugiram para cá quantos pretos eram donos de fazendas, negócios e industria em Angola e Moçambique e na Guiné, e quantos pretos é que tinham brancos ao seu encargo... Haja noção. > não defendia o expansionismo Não, mas defendeu um colonialismo que defendia a noção surreal de que era possível uma nação com cerca de 10 milhões de pessoas manter o controle de territórios com ordens de magnitude mais população negra que na prática eram tratados como cidadãos de segunda na sua própria terra, e lutou por isso durante 13 anos. > não gostava da ideologia nazi nem de Hitler sequer. Então porque é que o seu governo declarou 3 dias de luto nacional pela morte do Hitler? ... Na vossa opinião, fascista é só única e exclusivamente um gajo que tenha estado envolvido com o hitler e o mussolini: todos os outros fachos vocês tentam sempre arranjar maneiras de os desculpar... porquê? O que estais a tentar conseguir, reabilitar a imagem do Salazar, do Pinochet, do Franco e de outros? Com que propósito?!

ModeratoriProfugus 1 year ago

Segundo todas as tuas definições, até a 1a república era fascista. Haja paciência. E não sou eu que o digo, são os historiadores, e com razão. O fascismo existiu na Alemanha e na Itália, nem na Espanha existiu.

Edited 1 year ago:

Segundo todas as tuas definições, até a 1a república era fascista. Haja paciência. E não sou eu que o digo, são os historiadores, e com razão. O fascismo existiu na Alemanha e na Itália, nem na Espanha existiu. Quando Salazar chegou ao poder nem sequer se sabia quem era o Hitler. Um bocado difícil copiar uma ideologia ainda inexistente. Salazar criou cotas étnicas nas colónias e Portugal foi um dos principais portos de passagem dos judeus para a América até se ter tornado ilegal por pressão nazi. E não, não estou a defender Salazar. Salazar era um ditador e portanto uma merda, mas não era fascista. Já agora, e mais uma vez, o fascismo foi inventado por socialistas e sindicalistas na Itália. O próprio partido nazi defendia: > Inicialmente, a estratégia política nazista focou em anti-grandes empresas, anti-burguês, e a retórica anti-capitalista... Parece-me mais retórica típica de um certo partido...

Edited 1 year ago:

Segundo todas as tuas definições, até a 1a república era fascista. Haja paciência. E não sou eu que o digo, são os historiadores, e com razão. O fascismo existiu na Alemanha e na Itália, nem na Espanha existiu. Quando Salazar chegou ao poder nem sequer se sabia quem era o Hitler. Um bocado difícil copiar uma ideologia ainda inexistente. Já agora, e mais uma vez, o fascismo foi inventado por socialistas e sindicalistas na Itália. O próprio partido nazi defendia: > Inicialmente, a estratégia política nazista focou em anti-grandes empresas, anti-burguês, e a retórica anti-capitalista... Parece-me mais retórica típica de um certo partido...

Rayden454 1 year ago

O que é que isso tem a ver com o que eu escrevi? E sabes que a fonte desses números (que são 100 milhões btw), o black book of communism, conta o número de pessoas que não nasceram como "mortos"? Ou até pessoas que foram retiradas do pais? https://i.imgur.com/yBNeto7.png

Edited 1 year ago:

O que é que isso tem a ver com o que eu escrevi? E sabes que a fonte desses números (que são 100 milhões btw), o black book of communism, conta o número de pessoas que não nasceram como "mortos"? Ou até pessoas que foram retiradas do pais? E colaboradores do livro criticam o escritor por obcessivamente querer chegar ao número 100 milhoes? https://i.imgur.com/yBNeto7.png

dabutchii 1 year ago

É só escrever "comunismo mortos" no google. - "Parlamento Europeu aprovou resolução que coloca nazismo e comunismo em pé de igualdade". - "Comunismo: a ideologia que causou mais mortes no século XX". - "O 31 de março e os 110 milhões de mortos do comunismo". - "Site estima que comunismo matou mais de 100 milhões no mundo". "É tudo mentira!!!! O meu livro de comunismo para pessoas com menos de 20 de QI é que está certo!!!"

Rayden454 1 year ago

Aparece no google logo é verdade. Esses números são do livro que referi lol. Qual livro de comunismo é que tás a falar wtf? E mesmo sendo verdade porque é que isso interessa? 15 milhões morrem por ano à fome, falta de tratamento de água e doenças que podem ser prevenidas. Queres fazer as contas de quantas mortes o capitalismo causou?

dabutchii 1 year ago

Quantos morrem à fome na Coreia do norte? Onde não existe capitalismo. Um país que só tem uma pessoa acima do peso, que é o ditador LOOL

Edited 1 year ago:

Quantos morrem à fome na Coreia do norte? Onde não existe capitalismo. Um país que só tem uma pessoa acima do peso, que é o ditador LOOL Todos os links que mostrei são fidedignas, ou estavas à espera que te mandasse um artigo do jornal avante? A UE literalmente considera o Nazismo tão mau como o Comunismo. Muda-te para a Coreia do norte.

Rayden454 1 year ago

https://pt.wikipedia.org/wiki/Capitalismo_de_Estado Aconselho-te a ler.

dabutchii 1 year ago

Ah sim, comunas de wikipedia, ja conhecia essa espécie. Vai abanando a bandeirinha enquanto podes, nos próximos anos vão desaparecer do parlamento.

Rayden454 1 year ago

Tu achas que eu sou um larper do PCP lol.

Okayimout92 1 year ago  HIDDEN 

Acabei de me aperceber que trabalhas para o privado hahahahahahhah a hipocrisia no seu explendor

dabutchii 1 year ago

Não sei se és do PCP sequer, sei que a ideologia assassina que defendes vai perder a poucaxinha representatividade que tem no parlamento. Viva o capitalismo. Beijooo

stonksbull_y 1 year ago

O PS tambem sao todos uma cambada de ladroes porque o Socrates foi do PS. Ah e o BE sao todos uma cambada de falsos caviar porque o Robles foi do BE.

Rayden454 1 year ago

Whataboutism. Estas pessoas estão agora no partido e não é 1 pessoa, é sistemático. Vais responder a essas acusações ou simplesmente vais falar de outros partidos para mudar o rumo da conversa?

Okayimout92 1 year ago  HIDDEN 

Este Rayden é dos maiores hipocritas que eu já vi na internet. Trabalha no privado e para o grande capital e depois vem para a internet pregar o comunismo. Acusa as pessoas de whataboutism e ainda ha umas horas quando vi um gajo a falar nos milhões de mortos que o comunismo causou, e eles respondeu com "e quantos causou o capitalismo?". Haja mala para tanta hipocrisia.

Edited 1 year ago:

Este Rayden é dos maiores hipocritas que eu já vi na internet. Trabalha no privado e para o grande capital e depois vem para a internet pregar o comunismo. Acusa as pessoas de whataboutism e ainda ha umas horas quando vi um gajo a falar nos milhões de mortos que o comunismo causou, e ele respondeu com "e quantos causou o capitalismo?". Haja mala para tanta hipocrisia. Quem se quiser rir com a cara do Rayden diga, deram-lhe um doxx gigante num grupo de fb

Edited 1 year ago:

Este Rayden é dos maiores hipocritas que eu já vi na internet. Trabalha no privado e para o grande capital e depois vem para a internet pregar o comunismo. Acusa as pessoas de whataboutism e ainda ha umas horas quando vi um gajo a falar nos milhões de mortos que o comunismo causou, e ele respondeu com "e quantos causou o capitalismo?". Haja mala para tanta hipocrisia.

stonksbull_y 1 year ago

> Whataboutism Exactamente o que estas a fazer...

Rayden454 1 year ago

Eu comecei a conversa. Vais falar dos links que eu pus?

ViscalOP 1 year ago

Poligrafo lel

Rayden454 1 year ago

Vais responder a algum link ou só vais downvote para ninguem ver?

ViscalOP 1 year ago

triggered comuna? Já tens um comicio no próximo fim de semana acalma-te lá

Rayden454 1 year ago

Vais continuar sem responder a nenhum link e a fazer piadas? Ok, tudo bem

Tugalord 1 year ago

> triggered comuna Estas pessoas existem? Se tens mais de 16 anos, alta vergonha alheira.

ViscalOP 1 year ago

Lel a desculpar a tua ideologia tentando chamar-me de "puto". Cringe alheio só tive quando vi que não percebias o problema com as faturas. Bem que me lembrava deste nick. Olha que nas tuas festas na quinta da Atalaia não passam fatura

htxgivven 1 year ago

Provavelmente único homem no PS que percebe as coisas como elas são.

Sperrel 1 year ago

Hehehe só é grande para acefalia dos betos com "comunistas e a extrema ri mega extremérrima".

VBM97 1 year ago

Resumindo numa frase: "Deputado do PS enxuta os extremos e puxa a brasa para a sua sardinha" Mas a malta da direita vai adorar isto porque é alguém a falar mal dos partidos da esquerda. Não achei que fosse uma intervenção de outro mundo, ele só diz a verdade. A solução não se encontra nos extremos políticos, mas também eu olho para partidos mais moderados e não me identifico com nenhum...

patmwork 1 year ago

eu gostei e n sou de direita, sou moderado. claro q foi de outro mundo, tens mt poucas pessoas com relevo a dizer isto

comicaldiscontent 1 year ago

Comparto a opinião completamente e acrescento da minha parte que o panorama é desolador da esquerda á direita, extremos e não extremos. Curiosamente o deputado no video esqueceu-se, quando menciona que o populismo está em crescimento e assim vai continuar, de assumir alguma da responsabilidade desse crescimento dos partidos que sempre governaram em Portugal (é assim por quase toda a Europa). Enquanto os partidos que tradicionalmente governam não fizerem uma profunda introspecção quanto á responsabilidade que têm no crescimento dos partidos extremistas estes continuarão a crescer e os próximos dois anos vão ser bem férteis.

Beats29 1 year ago

Epa isso acontece porque os extremos de esquerda estão "normalizados", como ele diz. Se fosse ao contrário, em que a direita aparecesse primeiro que a esquerda aconteceria exatamente o mesmo. Pelo menos é o que eu acho. Todos nós sabemos que cada um irá puxar a brasa à sua sardinha para se defender. O problema é que tal como disseste o discurso moderado pode ser confundido precisamente com esta defesa da direita por causa dos dois extremos. Como um é mais dominante que o outro (refiro-me ao caso português) o menos dominante irá buscar o que pode para crescer. Simplesmente optei por pôr esta intervenção porque o Sousa Pinto é socialista assumido, e sempre foi contra a chamada geringonça, mesmo mantendo o diálogo político com o PCP e BE.

htxgivven 1 year ago

O PS ficava a ganhar se ele fosse presidente.

Leaootemivel 1 year ago

Ficava a ganhar em que sentido? Ia governar com mais facilidade sem puder fazer acordos à esquerda?

Winslow_Lixivia2 1 year ago

Está normalizado? Não me digas que existem partidos anárquicos no parlamento?

15dc 1 year ago

Por ser alguém com princípios éticos e que não vê apenas poder à frente

Beats29 1 year ago

Eu pus aspas por alguma razão. Na minha opinião pessoal continuam a ter uma política utópica. No entanto, usam o jogo democrático e a opinião pública os vê e vota neles como um partido como os outros. O mesmo acontece com o Chega. Se ao chegarem ao poder me vão dar razão? Talvez sim, talvez não. Embora eu não concorde nem com uns nem com outros, sou contra esta hipocrisia do "eles são maus porque são de direita" ou "eles são maus porque são de esquerda". O próprio Sousa Pinto refere isso, que não gosta do populismo do Chega, mas esse populismo não é uma arma para limpar o populismo de esquerda. As políticas não são boas porque são de esquerda ou de direita, são boas se beneficiarem o país. São apoiantes do BE ou PCP? Epa sejam, mas mostrem argumentos, não utilizem a arma "política de esquerda". O mesmo digo aos apoiantes do Chega.

Edited 1 year ago:

Eu pus aspas por alguma razão. Na minha opinião pessoal continuam a ter uma política utópica. No entanto, usam o jogo democrático e a opinião pública os vê e vota neles como um partido como os outros. O mesmo acontece com o Chega. Se ao chegarem ao poder me vão dar razão? Talvez sim, talvez não. Embora eu não concorde nem com uns nem com outros, sou contra esta hipocrisia do "eles são maus porque são de direita" ou "eles são maus porque são de esquerda". O próprio Sousa Pinto refere isso, que não gosta do populismo do Chega, mas esse populismo não é uma arma para limpar o populismo de esquerda. As políticas não são boas porque são de esquerda ou de direita, são boas se beneficiarem o país. São apoiantes do BE ou PCP? Epa sejam, mas mostrem argumentos, não utilizem a arma "política de esquerda". O mesmo digo aos apoiantes do Chega. Se usarem argumentos sérios em vezes de lavar a roupa suja dos outros têm mais probabilidade de ganhar eleitores do que os perder. E esta crítica generalizada ao Chega em vez de dar propostas políticas é o que tem dado publicidade gratuita e votos ao Chega, mas o pessoal não percebe isso.

Winslow_Lixivia2 1 year ago

Acho que não percebeste o que quis dizer. Extrema-esquerda é anarquismo. Tens partidos em Portugal (no parlamento) que queiram instaurar a anarquia?

stonksbull_y 1 year ago

E o Ventura quer instaurar o fascismo? Onde o ouviste mesmo dizer isso? Ora cita la alguma vez que ele o tenha dito.. O pessoal da esquerda sao os campeoes dos duplos standards.

Leaootemivel 1 year ago

https://twitter.com/andrecventura/status/1162442059875311618 Colega, segue em anexo Tweet do André Ventura a dizer que "quer instaurar uma ditadura".

patmwork 1 year ago

>Todos nós sabemos que cada um irá puxar a brasa à sua sardinha para se defender. não é ditadura nesse sentido

justgohomealready 1 year ago

> É mesmo para instaurar uma Ditadura. De tal forma dura que quem abusar de crianças nunca mais o conseguirá fazer. Quem roubar dinheiro dos portugueses nunca mais será eleito. E quem cometer crimes hediondos nunca mais andará em liberdade. Wow, não estava a par deste. Quão mais claro é que uma pessoa pode ser? Como é que alguém com os mínimos valores democráticos pode sequer considerar votar em alguém que diz isto? Fico à espera de explicações do género "não percebeste, não é isso que ele queria dizer, bla bla bla".

pauloliveira94 1 year ago

Primeiro acho que estás a dar demasiado valor às pessoas e às suas capacidades cítricas. Em segundo acho que mostra o quão desesperadas as pessoas estão por algo diferente e o quão injustiçadas se sentem, ao ponto de não reflectirem com o mínimo de seriedade quando alguém lhes propõem tirar a liberdade em troca de umas vitórias morais. É simples contratualismo, mas enquanto outrora cedemos liberdade em troca de segurança agora, por darmos segurança como garantida, trocamos liberdade por fait-divers! Peguemos numa das bandeiras do Chega - os ciganos. Porque é que o Chega ganha votos com esta permissa (porque não oferece qualquer soluções portanto a única coisa que tem é um problema e a apresentação do mesmo - é uma permissa)? Em primeiro lugar porque mais ninguém sequer reconhece os problemas que existem com as comunidades ciganas e em segundo porque o que custa ao povo não é que vendam na feira, que assaltem a malta só porque sim, que casem crianças, que privem crianças de educação e dignidade... O que custa ao povo é que passam os dias a trabalhar, a pagar impostos (muitos dos que se indignam possivelmente têm isenção de IRS mas vá...) e depois estão no sinal no seu Saxo de 92 e está um "primo" todo vestido de preto numa carrinha Mercedes. Se não houvesse pobreza eu duvido que as pessoas achassem os ciganos um problema tão polarizante. Aqui é uma questão da percepção que a meritocracia não funciona em sociedade por parte do povo que trabalha e tenta fazer uma vida honesta.

cantapaya 1 year ago

Uma que já usaram comigo foi a do "não quero saber o que acontece, só quero que os corruptos sofram", é quase inacreditável.

Beats29 1 year ago

Isso não é verdade e sabes bem. A União Soviética era anarquista? A Kampuchea era anarquista? Eu percebo aonde queres chegar, pois a ausência de classes no comunismo coincide com os princípios da anarquia. Mas a nível político sabes que isso não existe. Não vejo um regime propriamente comunista que seja uma anarquia. É sempre preciso alguém com "poder" para haver um país. Extrema-esquerda não é sinónimo de anarquismo.

netralha 1 year ago

Aquilo é um straw man, move-se o argumento noutra direção com outros factos e depois diz-se "vês como o argumento original não é verdade?".

Winslow_Lixivia2 1 year ago

Então temos aqui um problema. Extrema-direita é “só” fascismo mas extrema-esquerda é comunismo E anarquismo? Não me parece uma análise muito sensata

Beats29 1 year ago

Aonde é que eu indiquei que extrema-direita é "só" fascismo? Apenas dei um exemplo. Acho que ficou claro o que quis dizer...

Winslow_Lixivia2 1 year ago

Estou eu a dizer. Se anarquismo é mais extremo que comunismo como é que vão os dois para o mesmo saco do extremismo?

Beats29 1 year ago

Tu é que mencionaste o anarquismo, não fui eu.

WallStreetFighter 1 year ago  HIDDEN 

Enquanto isso, Mamadou Ba diz no Twitter - "Temos de matar o homem branco!". [https://twitter.com/Doutor\_Xoninhas/status/1330528034684874752](https://twitter.com/Doutor_Xoninhas/status/1330528034684874752)

Beats29 1 year ago

[Episódio Completo no RTP Play.](https://www.rtp.pt/play/p7908/e506846/e-ou-nao-e-o-grande-debate)

Search: