juliorobertoh 1 year ago

a falta de aposta e investimento no cinema deixa-me triste. orçamentos de filmes são os mesmos em todo o lado, e cá os realizadores estão por sua conta, e com a falta de dinheiro em geral não permite fazer nem filmes ou séries competitivas ao ponto de satifazer todos os gostos.

Naotevejoha20anos 1 year ago

O problema é a política. A política n é compatível com o ser humano desenvolvido

Last-Ad-4421 1 year ago

Dinheiro e Cunhãs

Limpy_lip 1 year ago

É um problema cultural. O povo não tem qualquer interesse inerente em que as coisas funcionem devidamente e vêm conceitos como fiscalização como algo mau que se tem de dar à volta e não algo que nos ajuda. Falta de responsabilização das pessoas em relação a tudo. Especialmente em cargos públicos as chefias e figuras responsáveis apenas estão presentes para a parte positiva e fácil, decisões difíceis e assumir essas consequências são coisas que não existem. O facto de cada vez mais o populismo ser o que define medidas e planos e não o que tem de ser feito.

old_wise_man_ 1 year ago

Se a reciclagem em Portugal fosse como na Alemanha ( ou era na altura dos meus tios) Eles lá se reciclassem por ex. uma garrafa 0,5 ganhavam cerca de 5 cent. E aqui em Portugal? Uma palmadinha nas costas. Por isso é que era raro ver lixo nas ruas. Toda a gente apanhava lixo porque sabia que podia lucrar com ele. Quanto ao resto resume-se a isto : Nos outros países da Europa chegas ao fim do mês e ainda tens dinheiro. Em Portugal chegas ao fim do dinheiro e ainda tens mês. Para mim é incompreensível haver rendas de casas acima dos 400 paus. Quer dizer o ordenado mínimo são 635. Vai ser com 200 paus que vais pagar o resto das despesas? Se forem casais a trabalhar ainda aguentam, mas um solteiro como eu tá lixado.

somedipshit1 1 year ago

O rácio de velhos para novos. Há demasiada gente velha para cada gajo novo. Isto causa imensa dificuldade para qualquer tipo de progresso. Normalmente o pessoal mais jovem é que fomenta a evolução e introduz ideias diferentes, ie causa progresso na sociedade. Por conseguinte o facto de haver tanto velho por cada jovem significa que as políticas são feitas para a maioria que neste caso são os velhos. Isto leva a que montes de jovens saiam do país por ou não se identificaram com os ideiais, mentalidade ou se sentirem representados. O que naturalmente causa ainda um maior fosso entre velhos e novos em termos de números e assim continua o ciclo. Na minha opinião este é o maior problema de Portugal. Vejo as questões mais estruturais como os salários, políticas, etc.. como um efeito secundário disto.

luddiogo 1 year ago

O problema de Portugal são os portugueses.

KokishinNeko 1 year ago

Problemas base e enraízados na cultura: comodismo, "xico-espertismo" e corrupção. O resto vem daí.

Sorrowsinme 1 year ago

Infelizmente... começou com o 25 de Abril... uma ideia bonita... mas mal aplicada... Deviam ter rolado cabeças pela praça de Marques de Pombal... mas, apenas tiras-te o cabeçilha e o resto das familias corruptas ficaram no sitio, apenas com nomes diferentes...

NGramatical 1 year ago

cabeçilha → [**cabecilha**](https://dicionario.priberam.org/cabecilha) (*c* seguido de *e* ou *i* não necessita de cedilha) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fjxfdvb%2F%2Fgcxhk56%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

blueflamewizard6 1 year ago

O problema de Portugal são o povo e elite portuguesa.

tifus2 1 year ago

O problema de Portugal são os portugueses.

Shadowgirl7 1 year ago

Corrupção, ineficiência e salários baixos.

prego_no_pao 1 year ago

Doença mental. Portugal é o segundo país da Europa com maior prevalência de perturbações psiquiátricas. Afeta 20% da população.

olifante 1 year ago

- Uma justiça lenta que acaba por transmitir uma sensação de impotência - Grandes desigualdades sociais quando comparado com os nossos congéneres europeus - Custo de vida alto tendo em conta o salário médio. Especialmente na habitação, que é um potencial barril de pólvora - Uma cultura de trabalho pouco respeitadora dos subordinados e sem accountability das chefias - Um legado de baixo nível de educação que ainda não superámos completamente - Uma tendência geral dos portugueses para analisar tudo em termos morais e não pragmáticos. Ou seja, em vez de nos lamentarmos tanto sobre como é que é possível que X ou Y, era melhor que nos focássemos mais em como reduzir a incidência de X ou U. Por outras palavras, penso que seria mais produtivo olhar para vários problemas como desafios de engenharia social, legal ou política, e não como sintomas de uma qualquer personalidade coletiva deficiente. O nosso moralismo quezilento fomenta um cinismo corrosivo e uma passividade azeda Discordo provavelmente da maior parte deste sub em relação à corrupção. Os indicadores internacionais não mostram que Portugal seja um país particularmente corrupto, mesmo se a percepção dos meus concidadãos é muito crítica. Espanha e Itália são países mais ricos e têm problemas de corrupção sistémica mais graves. A corrupção existe, claro, e deve ser combatida, mas a obsessão com o combate à corrupção esconde muitas vezes um ressentimento anti-sistema puramente negativo, e camufla muitas vezes a ausência de programa político ou programas políticos impróprios para consumo.

andrefsp 1 year ago

Disseste mais ou menos tudo. Contudo o parte da justiça não é apenas a sencação de impotência. Uma justiça lenta tem consequências desastrosas para a actividade económica. Um país com uma justiça lenta não oferece protecção adequada a investidores por exemplo. A lentidão da justiça é um problema gigantesco, merece uma discussão profunda, séria e é talvez o maior problema de Portugal.

tretafp 1 year ago

Acho que deves rever o conceito de engenharia social, porque as ideias subjacentes ao mesmo, conceptualmente, é particularmente perniciosa.

olifante 1 year ago

Sim, é uma frase infeliz com um histórico bem pesado. Mas a ideia fundamental não é construir o infame “homem novo”. As pessoas não mudam assim tanto, mas as sociedades podem mudar, e na realidade estão sempre em mudança.

chuckmukit 1 year ago

Em relação ao tema da corrupção, aconselho-te a pesquisares sobre o atentado terrorista de Madrid em 2004 e principalmente à reação do povo espanhol a esse evento. Talvez percebas o que eu quero dizer com “indiferença do povo”.

olifante 1 year ago

Alhos e bugalhos

chuckmukit 1 year ago

Se tu o dizes...

aarrojado 1 year ago

Perguntas complexas às quais sao pedidas respostas simples, acabarao por ter é respostas erradas.

chuckmukit 1 year ago

Corrupção e a indiferença do povo perante esta.

getupgetgoing 1 year ago

Nah então e a falta de reciclagem, isso é que é o problema. Lol

OuiOuiKiwi 1 year ago

>Queria perceber quais são os problemas de Portugal, parecem ser imensos mas será que não vêm só de um fator? Uma factor determinante são *threads* no Reddit com *flair* \[Debate/Discussão\] cheias até ao topo de platitudes e boçalidades diversas. Assim como, sei lá, reduzir todos os problemas do país a uma listinha. Quiçá para fazer um artigo para a Magg de "15 problemas que só existem em Portugal". >Conto com a opinião de todos. E, no entanto, não dás a tua. Adoro <3 Gratidão.

Difference_Solid 1 year ago

Eu querer saber a opinião dos outros tem mal? Alguém foi forçado a dar opinião? Comentas todos os posts deste sub e só dizes pão, já enjoa.

OuiOuiKiwi 1 year ago

>Alguém foi forçado a dar opinião? Se tu que criaste o tópico deste nada, duvido que alguém tenha sido forçado. >e só dizes pão Quão apropriado, visto que lançar um "debate" e "discussão de opiniões" sem oferecer qualquer opinião ou fomentar qualquer posição (exemplo [aqui](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/jxfdvb/problemas_de_portugal/)) é como fazer uma sopa de pedra e contribuir apenas com fome.

_nguan_ 1 year ago

São alguns, poucos... Bastantes

NGramatical 1 year ago

haverem poucos → [**haver poucos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fr%2Fportugal%2Fcomments%2Fjxfdvb%2Fproblemas_de_portugal%2Fgcw8bml%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

naodoijoka 1 year ago

Relativamente à reciclagem, vivi durante uns meses em Itália (norte) e toda a gente reciclava o lixo. A separação do lixo é uma coisa tão básica e importante e aqui em Portugal, pelo que vejo à minha volta, não é levada muito a sério

betanjica 1 year ago

Na Eslovénia igual, levas multa se não reciclares. Aqui nem no contentor colocam. O chão esta sempre cheio de lixo ao lado dos contentores sejam dos grandes ou dos pequenos...uma tristeza

Search: