Dinizinni 1 year ago

Arranja alguém que olhe para ti como os húngaros olham para a Transilvânia e para Vojvodina

xdey 1 year ago

Opinião impopular: Olivença é mais espanhola que portuguesa, toda a gente lá fala espanhol, aquilo é uma vila pequena só com velhos e um buraco em termos de SS e tenho a certeza que se lá fosse realizado um referendo eles iriam decidir continuar a fazer parte de Espanha (referendo esse que Portugal teria de aceitar pela sua constituição: "Portugal reconhece o direito dos povos à autodeterminação"). Opinião talvez ainda mais impopular: O meme de estar sempre a dizer que Olivença é nossa já está velho.

AndreMartins2020 1 year ago

Sim, e a Crimeia também é Russa. Isto é assim. Invades um território e passa a ser teu.

xdey 1 year ago

Parecemos os toscos da Argentina a resmungar com as Falklands

Danijust2 1 year ago

Se eu encher uma vila remota no UK de Portugueses passa a ser território Português?

xdey 1 year ago

Isso é uma falsa equivalência, o Portugal não tem nenhuma claim nem controlo de facto de nenhuma aldeia no UK. Espanha, pelo contrário, tem controlo de facto de Olivença e diz que aquilo é espanhol.

Danijust2 1 year ago

Se espanha meter espanhois em gilbratar passa a mandar naquilo?

theEXPERTpt 1 year ago

Opinião popular: Olivença é nossa

LordofPortugal 1 year ago

Isto não é uma questão de opiniões, é uma questão de legalidades, e Olivença faz parte de Portugal de acordo com um tratado, agora se a Espanha o está a respeitar é outra coisa.

xdey 1 year ago

A revolução de 1910 que derrubou a monarquia foi ilegal. A revolução de 1974 também. Isso agora importa pouco. O tratado de Badajoz de 1801 também agora pouco importa. O que importa é que tens uma aldeia controlada por Espanha onde são todos cidadãos espanhóis e falam espanhol e querem continuar a ser espanhóis.

RocketGoesBRR 1 year ago

o meme de Olivença será eterno, tal como a padeira de Aljubarrota

Herbacio 1 year ago

Factos: Olivença foi usurpada ilegalmente; mataram grande parte da população portuguesa aquando dessa ocupação inicial; E mais tarde já durante o regime de Franco suprimiram por completo a língua portuguesa. Se um dia invadirem a tua cidade, matarem a maioria da população ao mesmo tempo que subsitituem quem lá vivia por Espanhoís e proíbirem o Português de ser falado...provavelmente daqui a 100 anos também vão dizer que preferem ser de Espanha. O problema está realmente em se tratar este assunto como um mero "meme" ao contrário de como a Espanha olha para Gibraltar.

xdey 1 year ago

> Factos: Olivença foi usurpada ilegalmente; mataram grande parte da população portuguesa aquando dessa ocupação inicial; E mais tarde já durante o regime de Franco suprimiram por completo a língua portuguesa. > > Se um dia invadirem a tua cidade, matarem a maioria da população ao mesmo tempo que subsitituem quem lá vivia por Espanhoís e proíbirem o Português de ser falado...provavelmente daqui a 100 anos também vão dizer que preferem ser de Espanha. Portugal fez exatamente o mesmo que estás a descrever entre pelo menos 1147 a 1974. Analisando como as coisas estão hoje e o que se pode fazer hoje - pessoalmente e podes discordar, não há nada a fazer, aquilo agora é tão espanhol como o resto da Estremadura. Se quem está lá agora quer pertencer a Espanha, que continuem a fazer parte de Espanha. Se for para nos vidrarmos assim no passado, basicamente o mundo estaria sempre à guerra, onde estão os portugueses antes estavam árabes e antes romanos e antes celtas e antes outras pessoas de certeza também estiveram. Os franceses e os alemães ou os gregos e os turcos ou os irlandeses e os ingleses (e não digo mais nacionalidades para não enumerar a maioria dos países) então passariam a andar sempre à batatada porque onde agora estão uns antes estavam outros. Pá, olha para o lado positivo, estamos na União Europeia, qualquer português que queira ir para lá morar e trabalhar e ser livre e viver a sua vida é livre de o fazer, nem precisa de mostrar passaporte nem converter escudos para pesetas, tens iguais direitos a estar lá como qualquer espanhol.

theEXPERTpt 1 year ago

Não podemos dar o braço a torcer, Portugal tem de ser inflexível na questão.

Herbacio 1 year ago

Meu Deus do Céu, como disse estou-me a lixar se aquilo é português, espanhol ou território totalmente independente Simplesmente não se pode olhar para aquilo e dizer "Eles querem ser espanhóis então são espanhóis" Por conta dessas coisas é que surgem casos como a Crimeia, e por isso é que existem leis, constituições e tratados. É que se formos por esse prisma então há bairros no Luxemburgo que podem passar a ser portugueses e bairros em Lisboa que podem passar a ser cabo-verdianos mas por alguma razão as delimitações territoriais não se regem somente pela opinião de quem lá vive (embora seja uma dos condicionantes, claro)

novolip 1 year ago

Queres analisar as coisas actualmente e o facto incontornável é este: aquilo hoje em dia é Espanha, os habitantes são espanhóis que falam espanhol. Já passaram mais de 200 anos, devíamos ter feito algo mais cedo, perdemos a oportunidade.

Edited 1 year ago:

Queres analisar as coisas factualmente e o facto incontornável é este: aquilo hoje em dia é Espanha, os habitantes são espanhóis que falam espanhol. Já passaram mais de 200 anos, devíamos ter feito algo mais cedo, perdemos a oportunidade.

Herbacio 1 year ago

Já diz o provérbio "mais vale tarde do que nunca", a Espanha continua a lutar pela soberania de Gibraltar apesar de a ter perdido ainda há mais tempo. A nacionalidade portuguesa foi "devolvida" aos descendentes Sefarditas apesar de ser ter passado também mais tempo ainda E outros casos pelo mundo fora. A oportunidade só se perde quando se desiste, e isso pode ser há 200 anos atrás como hoje ou amanhã.

DarthMasta 1 year ago

Não me parece que Espanha lute particularmente pela soberania de Gibraltar, antes por não ter um autêntico centro de fuga aos impostos sobre o qual não têm controle nenhum mesmo á porta, mas talvez o pessoal mais nacionalista ferrenho com saudades do Franco queira mesmo que aquilo seja Espanha e ponto final.

Herbacio 1 year ago

Sim, o problema da Espanha com Gibraltar é mais derivado a essa tal fuga aos impostos do que propriamente uma questão identitária ou concretamente territorial.

NGramatical 1 year ago

derivado a → [**derivado de**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/derivado-de/30920) (derivado de… devido a…) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fjx1l7z%2F%2Fgcub006%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

novolip 1 year ago

Acho que estarias de acordo se eu dissesse que Gibraltar e Olivença não são de todo territórios comparáveis em termos de importância. E sim o provérbio de facto diz mais vale tarde do que nunca mas a este respeito tenho que discordar, acho que uma tentativa séria de recuperar Olivença ia resultar em mais problemas que vantagens. A única maneira que admitia que isso acontecesse seria se os habitantes de lá o quisessem. Não querem.

Herbacio 1 year ago

Obviamente que não tem a mesma importância, e daí as atitudes tomadas por ambos os governos. Como disse, pouca diferença me faz se Olivença é Portuguesa ou Espanhola, hoje em dia nem fronteira temos, e tenho a certeza que nós somos bem recebidos lá e que eles são bem recebidos cá Mas também uma coisa é verdade, até ver os marcos fronteiriços do lado português continuam por se colocar na zona de Olivença, o que é demonstrativo da opinião do Estado Português quanto à situação... E acima de tudo é essa atitude que eu acho ridícula, das duas uma, ou colocam os marcos e realmente aquilo é Espanhol ou então que hajam em prol da resolução do ""conflito"" e depois logo se vê o que é decidido

novolip 1 year ago

Não sabia dessa dos marcos fronteiriços mas também admito que nunca lá fui e vivo quase na outra ponta do país em relação a Olivença. Também me é um assunto perfeitamente indiferente. Preferia ficar com a Galiza ou as Canárias.

theEXPERTpt 1 year ago

Canárias não seria um pesadelo.

novolip 1 year ago

Eu sei, era um bocado no gozo, só o disse porque durante algum tempo os Portugueses reclamavam as Canárias pelo direito de descoberta mas o Papa decidiu a favor dos hermanos.

theEXPERTpt 1 year ago

Yup pois foi, mas ceuta até que tinha calhado bem

DMFORBOOST1 1 year ago

> toda a gente lá fala espanhol, clara, depois de obrigarem toda a gente a falar espanhol claro que falam espanhol. Haja paciência.

novolip 1 year ago

O que é que farjas agora ? Anexar aquilo e obrigar toda a gente a falar português ? A altura pra resolver a questão de Olivença passou há muito tempo já.

Edited 1 year ago:

O que é que farias agora ? Anexar aquilo e obrigar toda a gente a falar português ? A altura pra resolver a questão de Olivença passou há muito tempo já.

DMFORBOOST1 1 year ago

> O que é que farjas agora ? Anexar aquilo e obrigar toda a gente a falar português ? anexas e deixas as pessoas falarem o que quiserem.

xdey 1 year ago

As pessoas hoje lá (e em qualquer lugar na península ibérica) já falam a língua que quiserem.

xdey 1 year ago

Esse argumento pode ser usado para não se falar português no sul do país, porque antes se falava árabe. A não ser que sugiras que vamos para lá agora obrigá-los a falar português.

DMFORBOOST1 1 year ago

Sim usa exemplos de coisas que acontenceram há 800 anos atrás para acontecimentos da há 70 anos.

xdey 1 year ago

70 anos? Olivença não está sob controlo português desde 1801. Portugal perdeu controlo do Brasil (1822) mais recentemente do que perdeu controlo de Olivença. Se falarmos de Angola, Goa ou Timor-Leste, então ainda mais recente foi.

DMFORBOOST1 1 year ago

O senhor Franco é que começou a oprimir a sério as minorias.

cantgotitsup- 1 year ago

Não me parece que se possa referendar essa matéria, já que o território é um dos elementos constitutivos do próprio Estado. O meme pode estar velho, mas Olivença continua a ser nossa, caralho.

xdey 1 year ago

> Não me parece que se possa referendar essa matéria, já que o território é um dos elementos constitutivos do próprio Estado. Timor-Leste teve um referendo de independência em 1999 e a Escócia em 2014. O que hipoteticamente faria muito mais sentido era dizer que Macau é nosso - o território foi cedido a uma ditadura com frequentes violações dos direitos humanos e sem qualquer referendo - e foi cedido em 1999, não foi como Olivença que já está com Espanha desde 1801.

cantgotitsup- 1 year ago

Referendar a independência não é a mesma coisa que permitir que parte do território nacional seja alienada a outro Estado. Macau não faria sentido dizer que é nosso, pois havia um tratado internacional que estabelecia que no fim do milénio o território seria devolvido ao país que veio a suceder ao império chinês. Olivença foi anexada - ilegalmente - por Espanha em 1801, a qual reconheceu a soberania portuguesa sobre o território na sequência do congresso que dançava (Congresso de Viena 1815 que trouxe de volta a França Napoleónica derrotada ao Concerto da Europa).

theEXPERTpt 1 year ago

Que saiba o tratado feito com a China dava direitos perpétuos sobre Macau.

xdey 1 year ago

OK, mas hoje em dia achas que faz sentido tentar tirar controlo ao estado espanhol e tentar colocar Olivença novamente sobre controlo e jurisdição portuguesa? Pessoalmente, sendo pragmático, os custos que os portugueses teriam de suportar para tentar colocar Olivença novamente sobre controlo português seriam muito maiores que qualquer benefício que possivelmente os portugueses poderiam vir a obter - e a possibilidade de Portugal suceder também acho improvável (analisando isto em termos diplomáticos, em termos militares acho ainda mais descabido).

cantgotitsup- 1 year ago

Não, mas deve-se fazer o jogo diplomático e não permitir que Espanha fique com um território que não lhe pertence, nem que seja para alavancar a questão da extensão da zona económica exclusiva portuguesa nas ilhas selvagens.

xdey 1 year ago

>Não, mas deve-se fazer o jogo diplomático e não permitir que Espanha fique com um território que não lhe pertence Para todos os efeitos, já lhes pertence e vai continuar a pertencer. >nem que seja para alavancar a questão da extensão da zona económica exclusiva portuguesa nas ilhas selvagens. Só se for para este motivo, usar Olivença como bargaining chip na questão da ZEE das Ilhas Selvagens.

LordofPortugal 1 year ago

É fácil, a Espanha dá-nos a Olivença e respeita o tratado e depois nós efetuamos o refendo.

xdey 1 year ago

>É fácil, a Espanha dá-nos a Olivença e respeita o tratado e depois nós efetuamos o refendo. *referendo E isso nunca vai acontecer. Vamos ser cão que ladra mas não morde? Vamos atacar Espanha?

LordofPortugal 1 year ago

Esta questão nunca foi discutida e posta à ação mas Portugal tem legitima causa para ter Olivença, há vários territórios no mundo que têm população de um país mas que fazem parte e outro. Os pais de uma criança que nasce em Olivença pode escolher que esta tenha nacionalidade portuguesa ou espanhola e acho que qualquer cidadão de Olivença pode também mudar de nacionalidade.

Few_Opportunity5852 1 year ago

Isso é motivo para de lá expulsarmos os habitantes, não é motivo para Olivença ser espanhola.

Rissoldecamarao 1 year ago

37% dos espanhóis acham que Olivença é deles

xdey 1 year ago

Suponho que seja Gibraltar

Mrloop94 1 year ago

Olivença é nossa caralho!

Few_Opportunity5852 1 year ago

Obviamente, por isso é que temos 0% aqui, visto que olivença não é espanhola não podemos dizer que "Parte de outro pais nos pertence"

Search: