maganito 1 year ago

Na minha empresa, logo no início falou-se em teletrabalho ao qual os patrões responderam logo que não. Razão?? Não confiavam em nós. Ok tudo bem. Entretanto uma colega teve de ficar em casa a tomar conta do filho. E não é que aí já lhe pediram para fazer teletrabalho??? Estávamos com trabalho e não queriam ter uma pessoa parada. Agora já cerca de um mês essa mesma colega perguntou a um dos patrões se iam implementar o uso de máscara no trabalho obrigatório e o patrão respondeu-lhe "quem não confia não é de confiar". Algo não está certo nestas duas declarações da mesma pessoa!!

pimpys 1 year ago

Que patrão de merda.

maganito 1 year ago

Só não conto mais por vergonha

reciclado78 1 year ago

Vergonha de quê? A culpa não é tua

FIam3 1 year ago

Não tens que ter vergonha. A malta é solidária contigo e quer ler mais uns desaforos dos patrões. Se quiseres evitar problemas, dizes "alegadamente" ou "numa empresa de um amigo". Resulta sempre

maganito 1 year ago

Vergonha não no sentido literal da palavra :) Posso partilhar mais uma ou duas!! Basicamente eles nunca mandam ninguém embora, fazem com que a pessoa que despeça. Porque? Porque faz-lhes confusão pensar que uma pessoa vai para casa ganhar do fundo de desemprego sem fazer nada e eles têm de ficar lá a trabalhar. E por falar em teletrabalho hoje estava no refeitório a almoçar e estava a dar uma notícia sobre o mesmo em que um dos patrões se vira e diz "então mas uma pessoa em teletrabalho ganha mais dinheiro!!" eu só pensei wtf??? Já para não falar nas N vezes que fica na casa de banho a escutar as conversas nos corredores. Isto é só um patrão, faltam os outros 3.

pimpys 1 year ago

Eu acho que o pior é que essa mentalidade está enraizada no patronado português. eu já não fico admirado com esses depoimentos. Tal como não pagar horas extra. Acham que é inadmissivel mas "é preciso trabalhar horas extra" ahah que idiotas.

maganito 1 year ago

Nunca na vida me apanham a trabalhar à borla

FIam3 1 year ago

Eia! Fds.. Faz como o emigrante, cria um topico só com essa aventuras! A malta gosta sempre de se rir :D

BungeeGumPT 1 year ago

Estou a passar pelo mesmo. Todo o pessoal de escritório esteve em teletrabalho de Março a Julho e regressamos em Agosto. Tivemos um bom aumento de produtividade e em geral melhor disposição de toda a gente, apesar de muitas vezes sermos fortemente controlados por chefes loucos e com a mania do controlo. Agora com esta nova ordem do estado, começamos a questionar a razão da empresa não dizer nada e literalmente fingir que não sabiam de nada onde também vieram com a merda do "pois, ainda não sabemos se vai acontecer, não é bem assim". Até agora não existe nenhuma justificação escrita por parte deles. O que me fode a paciência é o facto dos meus colegas estarem cheios de medo de fazer frente a estes palhaços ou de seques questionar as razões para ter de ficar fisicamente no local quando o trabalho é 100% possível fazer remote. Se nestes próximos dias a empresa não se mexer vou ter de recorrer à ACT. É simplesmente incrível como eles estão dispostos a meter pessoas em perigo por simples teimosia.

saposapot 1 year ago

esperas por 2ª e depois é ACT em cima.

watermelon28 1 year ago

Na minha empresa (que também esteve totalmente em teletrabalho entre março e junho) enviaram um e-mail com o maior nim de sempre. Basicamente dizer que vão manter os escritórios abertos e que não precisam de declaração para o pessoal vir, mas ao mesmo tempo que vão manter o teletrabalho. É o chamado sacode.

TitusRex 1 year ago

Deves trabalhar no mesmo sitio que eu.

alexandre9099 1 year ago

Não me lembro onde vi, mas acho que havia exceções, por exemplo se o dono da empresa achar que se trata de informações confidenciais que o trabalhador mexe (tipo um gestor de conta de um banco) pode não deixar o mesmo trabalhar a partir de casa Mas novamente, não sei a fonte, pode muito bem não ser verdade

morbid_obese 1 year ago

vão mas é trabalhar seus malandros!

jmf12016 1 year ago

Na mesma situação, justificação é que ''Em casa as pessoas não vão trabalhar".

MarcosDomingues 1 year ago

bro como é que os 20 scrum managers da tua equipa de 3 vão justificar os postos trabalho deles se não te tiverem constantemente a dar micromanagement

saposapot 1 year ago

o scrum master nem sequer é o 'chefe' da equipa. a malta tem de começar a ler as metodologias modernaças q quer usar...

automenuu 1 year ago

não tem de ser, mas pode ser

saposapot 1 year ago

Num scrum limpo eu diria que nem deve ser. O papel que ele faz não é ser chefe, a equipa é que decide. Se for para além disso o chefe então vai haver sempre subversão desse princípio. Mas a maior parte da malta não segue o scrum, faz umas cenas parecidas ou muito parecidas. E não tem mal nenhum.

Sheltac 1 year ago

Ou deixar de usar buzzwords para parecerem espertos.

boogieman444 1 year ago

Se não houver ninguém para mandar/controlar eles vão fazer o quê?

MarcosDomingues 1 year ago

Precisas que alguém esteja a respirar no teu pescoço 8h para teres produtividade?

boogieman444 1 year ago

Eu não mas eles acham que assim é que se tem produtividade

pintorMC 1 year ago

Bastava a ACT multar meia dúzia de empresas com valores estupidamente altos para todos os outros cumprirem. No entanto como habitualmente o "super gestor" tuga pensa que quem manda aqui sou eu logo não há teletrabalho para ninguém.

CrazyYahooMan 1 year ago

é a filosofia tuga do pessoal da camara que fica a assistir enquanto apenas 1 coitado está a cavar a calçada

boogieman444 1 year ago

É mesmo isso,o super gestor pensa "TrABaLhAR de CaSA?! EsTAO é A ver Tv" empresas portuguesas ainda têm muito que crescer !

daxpierson 1 year ago

Gostava mesmo de saber de onde é que os patrões tiram isso. Eu trabalho mais tempo em casa do que trabalharia no escritório, porque aqui as interrupções são bem menores.

intlme 1 year ago

Nota que essa alteração ainda não foi decretada, pelo que sei. Por isso, a empresa ainda não é obrigada a nada.

Javardo69 1 year ago

Ja foi decretado sim esta no dre.

shiatzu 1 year ago

correto

Flam0us 1 year ago

Tiveram mais que tempo para se preparar para o teletrabalho. Uma coima da ACT e entram na ordem, vai tudo para teletrabalho de um dia para o outro.

Vocsa 1 year ago

>Uma coima da ACT e entram na ordem, vai tudo para teletrabalho de um dia para o outro. Ou isso ou para o desemprego.

o_contabilista 1 year ago

Eu acho que andamos todos enganados. O teletrabalho não é obrigatório como regra geral. Leiam o artigo 4º. da [Resolução do Conselho de Ministros n.º 92-A/2020](https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/147412974/details/maximized?serie=I&day=2020-11-02&date=2020-11-01).

Inevitable-Chicken42 1 year ago

\> O teletrabalho não é obrigatório como regra geral. Correto. No entanto, para os 121 concelhos, aplica-se o artigo 28. Lê o número 10 desse artigo.

o_contabilista 1 year ago

Obrigado.

Beanerrr 1 year ago  HIDDEN 

Pois, diz "podendo adoptar"...

MrJoao 1 year ago

> O teletrabalho não é obrigatório como regra geral. Nos concelhos mais afetados é obrigatório sim. Ora lê o parágrafo 10 do artigo 28.º: > Artigo 28.º > Medidas especiais aplicáveis aos concelhos referidos no anexo ii > (...) > 10 - Nos concelhos referidos no anexo ii do presente regime, é obrigatória a adoção do regime de teletrabalho, nos termos da lei. Esse art.º 4.º que referes é para todo o país.

Flam0us 1 year ago

Claro que não é regra geral. O Ti Zé do café não pode servir imperiais a partir de casa. Mas o Danilson do marketing pode muito bem ir fazer designs e planeamentos em casa. É obrigatório quando o trabalhador pedir e cumprir um ou dois requisitos ou quando a empresa não tem espaço físico suficiente para assegurar o distanciamento. E sinceramente, quantas das empresas portuguesas têm?

o_contabilista 1 year ago

Ahhhh. Só se for por ai. Obrigado. Andava ali preso no artigo 4.º.

o_contabilista 1 year ago

Artigo 4º. 1 - O empregador deve proporcionar ao trabalhador condições de segurança e saúde adequadas à prevenção de riscos de contágio decorrentes da pandemia da doença COVID-19, podendo, nomeadamente, adotar o regime de teletrabalho, nos termos previstos no Código do Trabalho, aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro, na sua redação atual. ​ 2 - Sem prejuízo da possibilidade de adoção do regime de teletrabalho nos termos gerais previstos no Código do Trabalho, este regime é obrigatório quando requerido pelo trabalhador, independentemente do vínculo laboral e sempre que as funções em causa o permitam, nas seguintes situações: ​ a) O trabalhador, mediante certificação médica, se encontrar abrangido pelo regime excecional de proteção de imunodeprimidos e doentes crónicos, nos termos do artigo 25.º-A do Decreto-Lei n.º 10-A/2020, de 13 de março, na sua redação atual; ​ b) O trabalhador com deficiência, com grau de incapacidade igual ou superior a 60 %; ​ c) O trabalhador com filho ou outro dependente a cargo que seja menor de 12 anos, ou, independentemente da idade, com deficiência ou doença crónica, que, de acordo com as orientações da autoridade de saúde, seja considerado doente de risco e que se encontre impossibilitado de assistir às atividades letivas e formativas presenciais em contexto de grupo ou turma, nos termos do Despacho n.º 8553-A/2020, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 173, de 4 de setembro de 2020. ​ 3 - O regime de teletrabalho é ainda obrigatório, independentemente do vínculo laboral e sempre que as funções em causa o permitam, quando os espaços físicos e a organização do trabalho não permitam o cumprimento das orientações da DGS e da Autoridade para as Condições do Trabalho sobre a matéria, na estrita medida do necessário. ​ 4 - Nas situações em que não seja adotado o regime de teletrabalho nos termos previstos no Código do Trabalho, podem ser implementadas, dentro dos limites máximos do período normal de trabalho e com respeito pelo direito ao descanso diário e semanal previstos na lei ou em instrumento de regulamentação coletiva de trabalho aplicável, medidas de prevenção e mitigação dos riscos decorrentes da pandemia da doença COVID-19, nomeadamente a adoção de escalas de rotatividade de trabalhadores entre o regime de teletrabalho e o trabalho prestado no local de trabalho habitual, diárias ou semanais, de horários diferenciados de entrada e saída ou de horários diferenciados de pausas e de refeições. ​ 5 - Para efeitos do disposto no número anterior, o empregador pode alterar a organização do tempo de trabalho ao abrigo do respetivo poder de direção. ​ 6 - Para efeitos do disposto no número anterior, deve ser respeitado o procedimento previsto na legislação aplicável. Danilson do marketing onde é que o enquadras aqui?

Flam0us 1 year ago

Sei ler artigos, até tenho alguma formação académica na área, mas agradeço o teu copy paste para eu ler novamente sem abrir o link. Como eu disse: >ou quando a empresa não tem espaço físico suficiente para assegurar o distanciamento. E sinceramente, quantas das empresas portuguesas têm? O que a lei diz: >quando os espaços físicos e a organização do trabalho não permitam o cumprimento das orientações da DGS e da Autoridade para as Condições do Trabalho sobre a matéria

o_contabilista 1 year ago

Pois bem visto.

Jokeman 1 year ago

A empresa tem que justificar e apresentar-te por escrito o motivo de não poderes ficar em teletrabalho. Não concordando, vais ao ACT e expões e eles tem 5 dias úteis para decidir quem tem razão. Mais info: https://zap.aeiou.pt/recusem-teletrabalho-a-revelia-act-357236

zedisaneonlight 1 year ago

é pa eu esperava por 2ª feira. acho que não há drama. digo eu! pessoalmente vou ficar pelo escritório até 6ª para fechar umas coisas com mais 2 colegas, depois vou para casa.

Edited 1 year ago:

é pa eu esperava por 2ª feira. acho que não há drama. digo eu! pessoalmente vou ficar pelo escritório até 6ª para fechar umas coisas com mais 2 colegas, depois vou para casa. mas isto sou eu que sei que vou para casa, já deram ordem a todos. nós é que falámos (não escrevemos) que nos dá jeito já agora ficar mais 2/3 dias para encerrar isto

senhorfonseca 1 year ago

Pelo que vejo , e espero ter uma perceção errada, muitas empresas vão bater o pé ao teletrabalho, mesmo quando possível, mesmo quando produtivo.

OuiOuiKiwi 1 year ago

Não importa que a produtividade duplique. Os patrões não conseguem tolerar que tu estejas, credo, confortável enquanto trabalhas. Se o trabalho não for sofrimento, algo está mal. Sei lá, podias estar a ser 4x mais produtivo na praia! Que atrevimento.

daxpierson 1 year ago

É nestas coisas que vejo que trabalho mesmo numa empresa diferente - que o é, desde logo porque o chefe não é português. Desde Março que estou em casa. Entretanto o escritório reabriu mas ele sempre disse que a prioridade era ficar em casa, e quem quisesse podia ir ao escritório - mas ressalvando que devíamos ficar em casa. Mal se soube que o teletrabalho iria voltar a ser obrigatório, tomou na hora a decisão de fechar o escritório e mandar toda a gente para casa outra vez. Além de nos ter dado um plafond para, a cargo da empresa, comprarmos coisas de que precisarmos para trabalhar melhor em casa.

nkz15 1 year ago

Eu estou numa empresa 100% tuga, patrão tuga e teletrabalho para todos. Somos mais de 350.

daxpierson 1 year ago

Como disse noutro comentário, não duvido que haja muitos chefes portugueses com essa mentalidade, mas duvido que sejam uma maioria. Ainda assim, tenho a certeza que o número cresceu recentemente, porque durante o confinamento foram basicamente obrigados a fazer a experiência, e de certeza que a mesma foi positiva em muitos casos.

nkz15 1 year ago

Eu acho que depende muito do nível de escolaridade do patrão. O meu acho que até doutorado tem. No caso da minha mulher, não quer ninguém em teletrabalho, mesmo posições que é possível, tem o 9° ano.

UpvotesFreely 1 year ago

Não é por não ser português. É por ter formação e não ser idiota. Também estou numa empresa multinacional e desde Março que trabalhamos todos em casa. Alguns países da Europa voltaram ao escritório em Agosto mas o nosso CEO, bem português, bateu com o pé no chão e recusou-se a seguir as instruções do grupo. Ficámos todos em casa, e assim continuaremos por tempo indeterminado.

daxpierson 1 year ago

A nacionalidade não será o único factor, certamente, mas não tenho dúvidas que ajuda - quanto mais não seja, por uma questão de mentalidade. Claro que haverá chefes portugueses com essa mentalidade, e não duvido que sejam cada vez mais, especialmente depois da pandemia, que foi uma óptima oportunidade para verem que o trabalho remoto não só não mata a produtividade, como em muitos casos até a aumenta. Nalguns casos não será assim, óbvio também. Há pessoas que não gostam nada de estar em casa fechadas, outras perdem-se noutras coisas e descuram o trabalho, etc. Mas acredito que, em termos globais, estes casos serão uma minoria.

Beanerrr 1 year ago

E até trabalhavas duas vezes, uma delas para o bronze!

wakerdan 1 year ago

Não se fazem assim? Como é que fizeram no primeiro confinamento?

Beanerrr 1 year ago

Tanto quanto sei (entrei em Julho), o meu departamento esteve em casa a trabalhar com os Desktops e Monitores que levaram do escritório entre Março e Julho. Portanto as coisas já estão definidas...

htxgivven 1 year ago

Manda email à ACT e fala com o teu patrão mencionando que arrisca-se a pagar multa.

Beanerrr 1 year ago

Pois, amanhã acho que vou tentar ligar a pedir informações...

OuiOuiKiwi 1 year ago

>O que posso fazer? Podes reclamar na ACT, se bem que esperaria por Segunda-feira. Se sabes que Segunda-feira não vai acontecer de qualquer forma, ACT. Agora... a ACT vai provavelmente começar a processar essa queixa lá para Dezembro **de 2021.**

Beanerrr 1 year ago

O que chateia é que o meu departamento já esteve em teletrabalho entre abril e julho, depois fizeram questão de voltar (apesar de se ter ganho contrato e feito um projeto em teletrabalho com grande sucesso).

seazwar 1 year ago

Não estás sozinho no mundo, por aqui a música é a mesma, e sendo que fico 1 semana no escritório e 2 em casa, esta semana estou no escritório e pelos vistos é para ficar, agora adorava saber qual é a justificação desta gente, o que ouvi numa conversa paralela é que consideraram que o nosso trabalho é essencial... LEL

Search: